SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS NATUR-OIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS NATUR-OIL"

Transcrição

1 TUOURO - Tubos em PV, S.. Produtos para Proteção mbiental SEPRDORES DE HIDRORONETOS NTUR-OI Os separadores de Hidrocarbonetos NTUR-OI são construídos com base na norma EN858-1: 2 e cumprem os requisitos TUOURO NTUR-OI lasse 1 de acordo com a norma EN858-1 amelar e oleofílico Válvula em óleos , , , , , , , , , , , , , ,29 plicações: 38 Tabela de preços 2014

2 Produtos para Proteção mbiental TUOURO - Tubos em PV, S.. SEPRDORES DE HIDRORONETOS NTUR-OI OM Y-PSS Os separadores de Hidrocarbonetos NTUR-OI são construídos com base na norma EN858-1: 2 e cumprem os requisitos TUOURO NTUR-OI lasse 1 de acordo com a norma EN858-1 amelar e oleofílico Válvula em audal ponta óleos 3/ , ,86 6/ , ,00 10/ , ,00 15/ , ,14 20/ , ,14 25/ , ,29 plicações: Tabela de preços

3 TUOURO - Tubos em PV, S.. Produtos para Proteção mbiental SEPRDORES DE HIDRORONETOS NTUR-OI EE Os separadores de Hidrocarbonetos NTUR-OI são construídos com base na norma EN858-1: 2 e cumprem os requisitos TUOURO NTUR-OI lasse 1 de acordo com a norma EN858-1 amelar e oleofílico Válvula em óleos Ø Tub. Ent. Ø Tub. Sai. Tampa Tampa 1.5EE , ,57 3.0EE , ,29 6.0EE , , EE , , EE , , EE , , EE , ,71 NOT: Inclui 2 eletrobombas OWR DOMO 7VX ou equivalente e quadro de comando. 40 Tabela de preços 2014

4 Produtos para Proteção mbiental TUOURO - Tubos em PV, S.. SEPRDORES DE HIDRORONETOS NTUR-OI Os separadores de Hidrocarbonetos NTUR-OI são construídos com base na norma EN858-1: 2 e cumprem os requisitos TUOURO NTUR-OI lasse 1 de acordo com a norma EN858-1 amelar Válvula em óleos , , , , , , ,00 14., , ,00 plicações: Tabela de preços

5 TUOURO - Tubos em PV, S.. Produtos para Proteção mbiental SEPRDORES DE HIDRORONETOS NTUR-OI Os separadores de Hidrocarbonetos NTUR-OI são construídos com base na norma EN858-1: 2 e cumprem os requisitos TUOURO NTUR-OI lasse 2 de acordo com a norma EN858-1 Não Válvula em Inferior a 100 mg/l nas condições de teste da EN858-1 óleos , , , , , , , , , ,00 plicações: 42 Tabela de preços 2014

6 Produtos para Proteção mbiental TUOURO - Tubos em PV, S.. QUDRO DE RME e um quadro elétrico de comando e alarme. de lamas, indicando a necessidade de limpeza do separador / unidade ITRO DE RVÃO / unidade Tabela de preços

SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO NATUR-OIL

SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO NATUR-OIL SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO SEPARADORES DE HIDROCARBONETOS TUBOFURO Os Separadores de Hidrocarbonetos são construídos com base na Norma EN858-1:2002 e cumprem os requisitos legais da Directiva

Leia mais

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares INDICE Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro G para aspiração directa ou aspiração à distância Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro

Leia mais

v1.8-060312 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858

v1.8-060312 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858 Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL Classe 1 de acordo com a Norma EN858 APRESENTAÇÃO Os Separadores de Hidrocarbonetos, tipo ECODEPUR, Gama DEPUROIL, são equipamentos destinados

Leia mais

Separadores Água/Óleo

Separadores Água/Óleo Separador Água/Óleo Separadores Água/Óleo Tratamento de Água e Efluentes Folheto Técnico Separadores Água-Óleo (SAO) A poluição da água pela presença de hidrocarbonetos oleosos é especialmente danosa a

Leia mais

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial

Série 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial 83400 Regulador eletrônico de pressão diferencial Identifica a pressão diferencial requerida para atuar em filtros com pó Boa interferência de imunidade tal como na Diretiva EMC Usando operação dot matrix

Leia mais

TÉCNICAS DE SEPARAÇÃO DE HIDROCARBONETOS

TÉCNICAS DE SEPARAÇÃO DE HIDROCARBONETOS DE HIDROCARBONETOS INDICE Separador de hidrocarbonetos em PEAD Reforçado 3-15 l/s modelo KESSEL Acessórios para Separadores de hidrocarbonetos em PEAD Reforçado 3-15 l/s modelo KESSEL Separador de hidrocarbonetos

Leia mais

Serviços. Instalação de Unidades Geradoras. 1. Desvio do Rio: Montagem de guias das comportas; Montagem das comportas de desvio (painéis)

Serviços. Instalação de Unidades Geradoras. 1. Desvio do Rio: Montagem de guias das comportas; Montagem das comportas de desvio (painéis) 1. Desvio do Rio: Montagem de guias das comportas; Montagem das comportas de desvio (painéis) Montagem de estrutura para descida da comporta (pórtico fixo) 2. Vertedouro Montagem das guias das comportas

Leia mais

DG BluePRO. Rotor vórtex recuado. eletrobombas submersíveis CATÁLOGO DE PRODUTOS 3/2010. Características gerais

DG BluePRO. Rotor vórtex recuado. eletrobombas submersíveis CATÁLOGO DE PRODUTOS 3/2010. Características gerais eletrobombas submersíveis AÁLOO DE PRODUOS /00 Rotor vórtex recuado aracterísticas gerais Rotor vórtex recuado Potência Polos Saída Vazão máx. Altura máx. 0,7,5 kw AS / - vertical max 50 mm.6 l/s 5. m

Leia mais

ÖWAMAT TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS

ÖWAMAT TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS TECNOLOGIA NO TRATAMENTO DE CONDENSADOS Olhe em volta na sua estação de ar comprimido Uma estação de ar comprimido completa inclui, alem de um compressor, um reservatório, um secador por refrigeração,

Leia mais

PARA SOLICITAR SERVIÇOS DOS POSTOS AUTORIZADOS BUILT, LIGUE PARA OS TELEFONES CONSTANTES NA LISTA DE POSTOS AUTORIZADOS, ACESSE O SITE

PARA SOLICITAR SERVIÇOS DOS POSTOS AUTORIZADOS BUILT, LIGUE PARA OS TELEFONES CONSTANTES NA LISTA DE POSTOS AUTORIZADOS, ACESSE O SITE BUILT - INDUSTRIAL ELETRODOMÉSTICOS LTDA CNPJ: 04.113.146/0004-47 - INDUSTRIA BRASILEIRA Estrada do Coco, Km 10, Galpão 0 - Catu de Abrantes - Camaçari - BA Contatos: (71) 304-0631 - built@built.com.br

Leia mais

2.4 (regulação, representatividade, composição, atribuições, posição organizacional) SIMULAÇÃO DO PERFIL DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO DAS UNIV 1.

2.4 (regulação, representatividade, composição, atribuições, posição organizacional) SIMULAÇÃO DO PERFIL DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO DAS UNIV 1. 1 Qualidade do serviço no acompanhamento do contrato 1.1 Perfil dos servidores envolvidos no acompanhamento do contrato 1.2 Dimensionamento da equipe envolvida no acompanhamento do contrato 2 Práticas

Leia mais

Opere sua válvula diafragma da forma que mais lhe convier

Opere sua válvula diafragma da forma que mais lhe convier Opere sua válvula diafragma da forma que mais lhe convier Válvula diafragma asséptica - Todos os nossos atuadores padrão possuem uma peça de ligação/distanciamento em aço inoxidável, que permite a operação

Leia mais

Em vigor desde 05/06/2015 Máquinas e Ferramentas - 1 TABELA DE PREÇOS CÓDIGO DESCRIÇÃO UN. PVP

Em vigor desde 05/06/2015 Máquinas e Ferramentas - 1 TABELA DE PREÇOS CÓDIGO DESCRIÇÃO UN. PVP Em vigor desde 05/06/2015 Máquinas e Ferramentas - 1 1660022 TUBO POLIETIL.BD PN4 1/2= 16MM$ Mt 0,27 1660024 TUBO POLIETIL.BD PN4 5/8= 20MM$ Mt 0,33 1660026 TUBO POLIETIL.BD PN4 3/4= 25MM$ Mt 0,53 1660028

Leia mais

SUMARÉ RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não Conformidades

SUMARÉ RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não Conformidades RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE SUMARÉ PRESTADOR: DAE DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não Conformidades Americana,

Leia mais

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados:

Nota Técnica. Requisitos Gerais para a armazenagem de óleos usados: Nota Técnica ARMAZENAGEM DE ÓLEOS USADOS Para efeitos do presente documento, considera-se a definição de óleos usados constante na alínea b) do artigo 2.º do Decreto-lei n.º 153/2003. Define-se reservatório

Leia mais

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE

SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO NATUR-GREASE SEPARADORES DE GORDURAS TUBOFURO EN 109 Km 160,3 2425-737 Ortigosa Leiria ; Telf, 244616073 / Fax: 244616074 E-mail: geo@tubofuro,pt www.tubofuro.pt Apresentação Os Separadores de Gorduras são construídos

Leia mais

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos).

Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Modelo CL001I, equipamento chuveiro e lava-olhos com crivo inox (chuveiro) e bacia inox (lava-olhos). Modelo CL001I Detalhe do Produto Modelo CL001I equipamento chuveiro e lava-olhos, crivo

Leia mais

Transformadores de Corrente

Transformadores de Corrente Transformadores de Corrente Uso externo Isolado a óleo JOF (24 550) kv Descrição geral Os TCs to tipo JOF são utilizados em sistemas de alta tensão entre 24 e 550 kv. Eles transformam níveis elevados de

Leia mais

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda.

Eberhardt Comércio e Assist. Técnica. Ltda. Rua das Cerejeiras, 80 Ressacada CEP 88307-330 Itajaí SC Fone/Fax: (47) 3349 6850 Email: vendas@ecr-sc.com.br Guia de instalação, operação e manutenção do sistema de monitoramento de poços ECR. Cuidados

Leia mais

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015 O projeto O Projeto Heróis da Água é promovido pela EMAS de Beja e pela Câmara Municipal de Beja, enquadra-se na área da sensibilização e educação ambiental. O projeto mantem-se pelo 3.º ano e continua

Leia mais

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda

zeppini@zeppini.com.br www.zeppini.com.br Estrada Sadae Takagi, 665 CEP 09852-070 Fone (11) 4393-3600 Fax (11) 4393-3609 Zeppini Comercial Ltda + Sideraço Industrial do Brasil Ltda Rua Francisco Reis, 785-3º Distrito Industrial CEP 88311-710 Itajaí - SC Fone (47) 3341-6700 Fax (47) 3341-6717 vendas@sideraco.com.br www.sideraco.ind.br Zeppini Comercial

Leia mais

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction 1 Sistema Pneumático 1 1.1 SISTEMA PNEUMÁTICO O sistema pneumático da Irizar está baseado no conceito de bloco de distribuição. Isto significa que todos os componentes pneumáticos estão concentrados em

Leia mais

Semirreboque Tanque Semirremolque Tanque / Tank Semi-trailer

Semirreboque Tanque Semirremolque Tanque / Tank Semi-trailer Leve e resistente, o Semirreboque Tanque Cilíndrico Rodovale é a opção certa em custo e benefício para o transporte de líquidos. Semirreboque Tanque Semirremolque Tanque / Tank Semi-trailer Soluções para

Leia mais

PERFURATRIZES DIRECIONAIS (HDD) FERRAMENTAS PARA HDD

PERFURATRIZES DIRECIONAIS (HDD) FERRAMENTAS PARA HDD MND Shopping PERFURATRIZES DIRECIONAIS (HDD) Completa linha de perfuratrizes direcionais Tracto-Technik e Prime Drilling com capacidades de 4 a 500 toneladas de força de tração com ou sem martelo percussivo.

Leia mais

SUMÁRIO Componentes do Sistema de Água Tarefas do Operador Operação e Manutenção dos Equipamentos

SUMÁRIO Componentes do Sistema de Água Tarefas do Operador Operação e Manutenção dos Equipamentos MANUAL DO OPERADOR SUMÁRIO Componentes do Sistema de Água... 05 Tarefas do Operador... 06 Na captação do poço profundo... 06 No abrigo para equipamentos... 07 No reservatório... 08 Na adução / distribuição...

Leia mais

Informação do Produto Filtros da Linha RCS

Informação do Produto Filtros da Linha RCS Rev-00 Plug: ½ NPT Os filtros da Linha RCS são projetados para separação de água e sólidos de hidrocarbonetos em aplicação no abastecimento industrial, aeronaves e postos de gasolina. Objetivamente, os

Leia mais

Compressores. Índice. Para outros acessórios assim como para peças de reposição para acessórios consulte catálogo "Acessórios" Página

Compressores. Índice. Para outros acessórios assim como para peças de reposição para acessórios consulte catálogo Acessórios Página Índice Página PJ 1910 2-3 DLR 100 4-5 DLR 120 6-7 DP 2.100 8-9 DP 2.140 10-11 DP 98 12-13 DP 140 14-15 Para outros acessórios assim como para peças de reposição para acessórios consulte catálogo "Acessórios"

Leia mais

ANEXO ITEM QUANT. REFERENCIA DESCRIÇÃO VALOR UNIT. R$

ANEXO ITEM QUANT. REFERENCIA DESCRIÇÃO VALOR UNIT. R$ ANEXO PROCESSO Nº 011/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2015 OBJETO: FORNECIMENTO DE PEÇAS E SERVIÇOS PARA RECUPERAÇÃO PARCIAL DO TRATOR DE ESTEIRAS D 130, CONFORME DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS E PEÇAS DA RELAÇÃO

Leia mais

OPERADOR DE CALDEIRA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos

OPERADOR DE CALDEIRA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos OPROR LIR NOM: Nº INS.: PRRH Pró-Reitoria de Recursos Humanos 01 caldeira em que os gases quentes da combustão percorrem o interior de seus tubos é aquotubular. elétrica. de enson. de circulação forçada.

Leia mais

Sua solução - todos os dias

Sua solução - todos os dias Sua solução - todos os dias A produção de um leite de qualidade depende de diversos fatores, entre eles a higiene da ordenha e do tanque, a manutenção dos equipamentos, a disponibilidade de um ambiente

Leia mais

adaptável, inovador, desempenho Thermo Scientific ThermoFlex Series Resfriadores Recirculadores Aplicações Típicas Análise Biotecnologia Industria

adaptável, inovador, desempenho Thermo Scientific ThermoFlex Series Resfriadores Recirculadores Aplicações Típicas Análise Biotecnologia Industria plicações Típicas nálise iotecnologia Industria Laser Metrologia Farmacêuticos Embalagem Impressão Pesquisa Thermo Scientific ThermoFlex Series Resfriadores Recirculadores adaptável, inovador, desempenho

Leia mais

Técnica de estruturas e autoclismos de encastrar

Técnica de estruturas e autoclismos de encastrar T4 Viega Mono Técnica de estruturas e autoclismos de encastrar PT 3/15 Tabela de Preços 2015 Reservados os direitos a alteracoes tecnicas. Estruturas de encastrar individuais para louça suspensa em paredes

Leia mais

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção

FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E. Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Página1 UTILIZAÇÃO FILTRO COALESCENTE PARA GLP FASE VAPOR MODELO : F G L 5000 E Manual de Informações Técnicas, Instalação e Manutenção Para remoção de Oleína (*) em sistemas que utilizam GLP. Segundo

Leia mais

Transformadores trifásicos de distribuição

Transformadores trifásicos de distribuição s Transformadores trifásicos de distribuição Transformadores Siemens fabrica a mais completa linha de transformadores de distribuição imersos em óleo mineral isolante, desde kv para redes aéreas até 10.000

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

LIVRO DE REGISTRO DE SERVIÇO

LIVRO DE REGISTRO DE SERVIÇO LIVRO DE REGISTRO DE SERVIÇO Número da Chave Passo da Hélice Número de Série do Motor Registro de serviço do cliente Todo o serviço deve ser completado por um revendedor autorizado pelo Distribuidor ou

Leia mais

RAMPAS NIVELADORAS E PONTES DE LIGAÇÃO

RAMPAS NIVELADORAS E PONTES DE LIGAÇÃO RAMPAS NIVELADORAS E PONTES DE LIGAÇÃO RAMPA NIVELADORA REFRAL / OPG ELECTROHIDÁULICA LÁBIO REBATÍVEL Rampa niveladora electrohidráulica REFRAL / OPG para uso intensivo. Fabricada em conformidade EN 1398.

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos

hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos Projeto Termo-hidr hidráulico de Trocadores de Calor Tipo Casco e Tubos Opções e decisões de projeto Trocadores do tipo casco e tubos sem mudança de fase Condições de projeto Dimensionamento da unidade

Leia mais

Descrição cronológica de intervenções no Sistema de Drenagem de Águas Residuais e Pluviais 27º Trimestre 2014

Descrição cronológica de intervenções no Sistema de Drenagem de Águas Residuais e Pluviais 27º Trimestre 2014 277 Rede Residual 1-7-14 EN 118 - coletor que passa nas instalações da Baral Pego Desobstrução de Coletor 278 EE 1-7-14 EE Alferrarede Velha - EN3 Alferrarede Velha Desobstrução da entrada da elevatória

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

TABELA DE PREÇOS 2014

TABELA DE PREÇOS 2014 TABELA DE PREÇOS 2014 ECODEPUR - Tecnologias de Protecção Ambiental, Lda Urbanização da Chã Av. 21 de Junho, n.º 103 Apartado 8 2435-087 Caxarias PORTUGAL T. +351 249 571 500 F. +351 249 571 501 geral@ecodepur.pt

Leia mais

CATÁLOGO. Qualidade. & segurança. FCV - Ind. Platinense de Extintores Ltda. Rua Deputado José Afonso,634. Santo Antônio da Platina - PR

CATÁLOGO. Qualidade. & segurança. FCV - Ind. Platinense de Extintores Ltda. Rua Deputado José Afonso,634. Santo Antônio da Platina - PR 0 CNPJ - NASHA 1,0 NASHA,0 38.719.118/0001-47 CATÁLOGO FCV - Ind. Platinense de Extintores Ltda. Rua Deputado José Afonso,634 Santo Antônio da Platina - PR Telefax: (43)3534-4340 www.fcvextintores.com.br

Leia mais

LEME RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não Conformidades

LEME RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não Conformidades RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE LEME PRESTADOR: SAECIL SUPERINTENDÊNCIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA CIDADE DE LEME Relatório R3 Continuação do Diagnóstico e Não

Leia mais

FOSSAS SÉPTICAS. TUBOFURO - Tubos em PVC, S.A.

FOSSAS SÉPTICAS. TUBOFURO - Tubos em PVC, S.A. FOSSAS SÉPTICAS As Fossas são aplicáveis no tratamento biológico de efluentes domésticos (cozinha e casa de banho) sempre que se verifique a impossibilidade de ligação à rede de esgotos municipal. Estes

Leia mais

MANUTENÇÃO DOS MÓDULOS QUADRO DE IRRIGAÇÃO

MANUTENÇÃO DOS MÓDULOS QUADRO DE IRRIGAÇÃO 5- Manutenção MANUTENÇÃO DOS MÓDULOS Os módulos WallGreen são feitos de plástico injetado com alta resistência e proteção U.V. e não necessitam de nenhuma manutenção específica. Ocasionalmente pode acontecer

Leia mais

Desenho Explodido: MDG-5000S/ATS - Conjunto Escapamento

Desenho Explodido: MDG-5000S/ATS - Conjunto Escapamento Desenho Explodido: MDG-5000S/ATS - Conjunto Escapamento Lista de Peças: MDG-5000S/ATS - Conjunto Escapamento Nº Código Referência Descrição 1 17140.6 186FGi Motor 10,0 HP 2 14447.4 ATS102 Suporte da Tampa

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO -

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - INTRODUÇÃO Conforme a Resolução CONAMA 273 de 2000, postos de revenda e de consumo de combustíveis devem ser dotados de sistema de drenagem

Leia mais

Desenho Explodido: CARTER

Desenho Explodido: CARTER Desenho Explodido: CARTER Lista de Peças: CARTER Nº Código Referência Aplicação Nº Código Referência Aplicação 1 00028515.5 11110 - CARTER MD-188 20 00028532.5 11152/C178F - JUNTA DE VEDAÇAO DO AR MD-188

Leia mais

Empilhadeira Tracionária Elétrica LET15

Empilhadeira Tracionária Elétrica LET15 Empilhadeira Tracionária Elétrica LET15 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 Sistema do Comando Conjunto da Tração Sistema da Suspensão - Barra Estabilizadora

Leia mais

elegância e sofisticação

elegância e sofisticação B A R B E C U E S 2 0 1 5-2 0 1 6 BARBECUES Utilizando as melhores matérias-primas, o conhecimento profundo e a experiência comprovada no mundo das cozinhas profissional e doméstica, a Smeg criou dois

Leia mais

Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão

Pulverizadores costais manuais. Prof.: Brandão Pulverizadores costais manuais Prof.: Brandão PULVERIZADORES COSTAIS Operação Manutenção Regulagem da pulverização PJH O QUE É UM PULVERIZADOR COSTAL MANUAL? - Os pulverizadores Costais Manuais são equipamentos

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DUCHA KIBANHO

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DUCHA KIBANHO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DUCHA KIBANHO Tensão (Volts): 127V~ Resistência Código: 0430 Potência Nominal Watts: 3.000W Potência Econômica Watts: 2.000W Seção Mínima do condutor (mm²): 4,0 Disjuntor ou Fusível

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST PRESENTE NO ACORDO 01 Eletrobombas submersíveis 8413.70.10 36,00% SIM 8504.10.00 50,00% SIM 8504.21.

ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST PRESENTE NO ACORDO 01 Eletrobombas submersíveis 8413.70.10 36,00% SIM 8504.10.00 50,00% SIM 8504.21. ITEM DESCRIÇÃO NCM IVA-ST PRESENTE NO ACORDO 01 Eletrobombas submersíveis 8413.70.10 36,00% SIM 85.10.00 50,00% SIM 85.21.00 50,00% SIM 85.22.00 50,00% SIM 85.23.00 50,00% SIM 85.31. 50,00% SIM 85.31.19

Leia mais

Limpeza é fundamental!

Limpeza é fundamental! Limpeza é fundamental! Limpeza é absolutamente fundamental quando o assunto é a produção de alimentos de forma higiênica. A prioridade é evitar a proliferação de germes e eliminar corpos estranhos. Além

Leia mais

Cód. J. Universal Cód. Original Qtde

Cód. J. Universal Cód. Original Qtde 48.0 48.0 - UC 48.0 - US 48.0 - SC 48.0 - SCR 48.1 - U 371MMB0 371MMB0 371MMB0 371MMB0 MB 6.9/9/9/917/936/963... / 180 DIESEL Completo MB 6.9/9/9/917/936/963... / 180 DIESEL c/ Cab. s/ Ret. MB 6.9/9/9/917/936/963...

Leia mais

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais.

O modelo da foto pode conter equipamentos opcionais. Contate o seu concessionário Hyundai para mais informações. O equipamento apresentado pode variar de acordo com normas internacionais. Todas as medidas em libras e polegadas estão arredondadas. Novo Conceito

Leia mais

(MANUAL OU MOTORIZADA) PARA VENTILOCONVECTORES

(MANUAL OU MOTORIZADA) PARA VENTILOCONVECTORES FIH TÉNI - EZEMRO 1 S E 2 VIS (MNUL OU MOTORIZ) PR VENTILOONVETORES ORPO plcações............... rcutos fechados; Água quente, fra (glcol até %) Pressão Nomnal.......... PN Temperatura de Fludo...... +2

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo V Aula 08 1. Introdução A proteção contra incêndio abrange o transporte e uso de materiais tais como espuma, dióxido de carbono (CO 2 ), produtos

Leia mais

KIT HIDRÁULICO CARREGA TUDO

KIT HIDRÁULICO CARREGA TUDO KIT HIDRÁULICO CARREGA TUDO MANUAL DE INSTALAÇÃO, OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO. APRESENTAÇÃO PARABÉNS! Você acaba de adquirir um produto Lycos. Desenvolvido e fabricado para atender todos os requisitos de ergonomia

Leia mais

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1

Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 v1.4-300312 -281011 Fossas Sépticas, TIPO ECODEPUR De acordo com a Norma EN12566-1 APRESENTAÇÃO As Fossa Séptica, tipo ECODEPUR, são recipientes estanques, destinados ao armazenamento de águas residuais

Leia mais

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR MS500 - Condensação SEM ÓLEO AEFICIÊNCIA INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO R134A CASCO-TUBOS Seleção Rápida - Turbotosi com Condensação MODELO CHILLERS TURBOTOSI - CONDENSAÇÃO A ÁGUA

Leia mais

INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com

INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com V-tex 400/450 INSTRUÇõES DE OPERAÇãO Benron equipment & Supply, Inc. 818-787-4455 www.benron.com info@benron.com 1. Antes de usar a todos os equipamentos V-TEX leia as instruções de uso de acordo com os

Leia mais

Série ILT ATEX NOVIDADE VENTILADORES CENTRIFUGOS IN-LINE DE BAIXO PERFIL ANTI-DEFLAGRANTE ILT ATEX. Ventiladores em linha. Tampa de inspecção

Série ILT ATEX NOVIDADE VENTILADORES CENTRIFUGOS IN-LINE DE BAIXO PERFIL ANTI-DEFLAGRANTE ILT ATEX. Ventiladores em linha. Tampa de inspecção VENTILDORES ENTRIFUGOS IN-LINE DE IXO PERFIL NTI-DEFLGRNTE Série ILT TEX NOVIDDE Ventiladores centrífugos in-line de baixo perfil, especialmente desenhados para extracção de ar em atmosferas explosivas,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SILO UTILIZADOR TABAL-SEPOR, LDA. PÁGINA 2 DE 20 ÂMBITO... 3 SILO DE PRESSÃO... 3 Válvula de Segurança... 4 Funcionamento do silo de 2 bar de pressão... 4 Tubagens de entrada de

Leia mais

Quadros Elétricos. Tabelas de Preços WWW.JFANDRADE.COM

Quadros Elétricos. Tabelas de Preços WWW.JFANDRADE.COM . WWW.JFANDRADE.COM Quadros Elétricos Tabelas de Preços. 2015 Tel.: (351) 229 682 319/20/21 - Fax: (351) 229 682 322 DANFOSS 230V 32AQN1M11044D0401 QUADRO NÍVEL 11044/RNPSO 2,7 4,2 AMP (0,33 0,50HP) 93,00

Leia mais

Homologado pelos fabricantes de equipamentos

Homologado pelos fabricantes de equipamentos Homologado pelos fabricantes de equipamentos Confiabilidade e durabilidade são indispensáveis. A suspensão de uma sessão de radioterapia ou a perda de hélio em uma ressonância magnética precisam ser evitadas

Leia mais

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático)

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197 Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL

ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL 1 OBJETIVO: Padronizar os diversos tipos de sistemas de bomba de incêndio das edificações, seus requisitos técnicos, componentes, esquemas elétricos-hidráulicos e memória de cálculo, de acordo com os parâmetros

Leia mais

Desenho Explodido: MG-2500CL 3000CL 3000CLE 5000CL 6000CLE MGG-8000 CLE MGT-6000 CLE MGT-8000 CLE

Desenho Explodido: MG-2500CL 3000CL 3000CLE 5000CL 6000CLE MGG-8000 CLE MGT-6000 CLE MGT-8000 CLE Desenho Explodido: MG-2500CL 3000CL 3000CLE 5000CL 6000CLE MGG-8000 CLE MGT-6000 CLE MGT-8000 CLE MODELOS: MG-5000 CL MG- 6000 CLE MGT-6000 CLE MGG- 8000 CLE MGT-8000 CLE Nº Código Referência Aplicação

Leia mais

Manual de Instruções SATA 67595

Manual de Instruções SATA 67595 1. Conheça o produto...2 2. Âmbito do fornecimento...5 3. Dados técnicos...6 4. Modo de atuação da unidade de limpeza de ar com adsorvente de carvão ativo e do cinto sem adsorvente de carvão ativo...7

Leia mais

Tecnologias de Prevenção e Combate a Incêndios João Gama Godoy

Tecnologias de Prevenção e Combate a Incêndios João Gama Godoy Tecnologias de Prevenção e Combate a Incêndios João Gama Godoy Técnico de Segurança do Trabalho Senac - 2010 É proibida a reprodução do conteúdo desta apresentação em qualquer meio de comunicação, eletrônico

Leia mais

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO

ÍNDICE MANUTENÇÃO PREVENTIVA COMO PEDIR PEÇAS DE REPOSIÇÃO Este manual ajudará você a familiarizar-se com a sua Empilhadeira Manual BYG. Facilitará também, possíveis manutenções periódicas. Recomendamos uma atenção especial para utilização do equipamento, antes

Leia mais

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV VÁLVULA ISO 99/1 SÉRIE IPV-ISV As válvulas ISO 1 e ISO 2 têm dimensões da superfície de montagem conforme a ISO 99/1. Disponíveis nas versões vias a 2 e 3 posições e com acionamentos do tipo pneumático

Leia mais

ANEXO II.7-1 - ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGOS - APP

ANEXO II.7-1 - ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGOS - APP ANEXO II.7-1 - ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGOS Pág. 1/19 ANÁLISE PRELIMINAR DE PERIGOS CLIENTE PETROBRAS REV. 00 DATA Out/2010 FOLHA 1/19 INSTALAÇÃO Unidade Marítima de Perfuração NS-21 (Ocean Clipper)

Leia mais

Painel Setorial de Fogões e Fornos a Gás. A visão do setor produtivo sobre a regulamentação de fogões e fornos a gás

Painel Setorial de Fogões e Fornos a Gás. A visão do setor produtivo sobre a regulamentação de fogões e fornos a gás Painel Setorial de Fogões e Fornos a Gás A visão do setor produtivo sobre a regulamentação de fogões e fornos a gás Inmetro Xerém (RJ) 10 Dezembro 2014 Evolução do Programa de Fogões e Fornos a Gás.Iniciativa

Leia mais

III - ANEXO I e ANEXO II (Conforme Resolução CONAMA n. 273/2000)

III - ANEXO I e ANEXO II (Conforme Resolução CONAMA n. 273/2000) III - ANEXO I e ANEXO II (Conforme Resolução CONAMA n. 273/2000) 1. IDENTIFICAÇÃO DO RESPONSÁVEL PELO EMPREENDIMENTO Nome: Endereço: CEP: CPF: RG: e-mail: 2. IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDIMENTO Nome Fantasia:

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio s 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluentes 2.0 Brigada de incêndio 2.1 Limpeza da área s 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Estação de tratamento de esgoto - ETE Tratamento

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MONTAGEM PASSO A PASSO

PROCEDIMENTO DE MONTAGEM PASSO A PASSO 3189P RETENTOR APLICADO NO CUBO DE RODA TRASEIRO DO EIXO MÉRITOR 1) Após desmontagem e limpeza do cubo, verificar o estado do alojamento do mesmo. 5) O retentor deverá ser aplicado até o encosto final

Leia mais

Petróleo e Meio Ambiente

Petróleo e Meio Ambiente Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi Petróleo e Meio Ambiente Curso:Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora: Raquel Simas Pereira Maio de 2012 Completação Objetivo da Completação Deixar o poço

Leia mais

Tecnologia do Vácuo 1. INTRODUÇÃO

Tecnologia do Vácuo 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO A automação dos processos industriais de produção vem crescendo dia após dia e, com ela, a necessidade do emprego de novas tecnologias cujo objetivo, na maior parte das vezes, busca substituir

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA NAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, HIDRÁULICAS, SANITÁRIA, COMBATE A INCÊNDIO E GRUPO

Leia mais

Acessórios Pneumáticos

Acessórios Pneumáticos Conteúdo 5.. 5.. 5.. 5.4. 5.5. 5.6. 5.7. 5.8. 5.9. 5.. 5.. 5.. 5.. 5.4. 5.5. 5.6. 5.7. 5.8. 5.9. Silenciador Cônico Silenciador Charuto Silenciador Controle de Fluxo Silenciador Controle de Fluxo Mondial

Leia mais

Aspirador de pó ASP 1000

Aspirador de pó ASP 1000 ELIMINAÇÃO DE PROBLEMAS ASPIRADOR NÃO LIGA Verificar se a tomada está energizada ou o plugue (16) está encaixado corretamente FALTA OU DIMINUIÇÃO DE SUCÇÃO Acessórios (mangueira e tubos) podem estar obstruídos.

Leia mais

SAN.T.IN.PR 143. Projeto e Instalação de Válvulas de Controle e Macromedidores 1. FINALIDADE

SAN.T.IN.PR 143. Projeto e Instalação de Válvulas de Controle e Macromedidores 1. FINALIDADE 1 / 8 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS GERAIS 5. CONSIDERAÇÕES GERAIS 6. REFERÊNCIAS 7. ANEXOS 1. FINALIDADE Este procedimento define diretrizes básicas

Leia mais

Recarga dos Extintores

Recarga dos Extintores Recarga dos Extintores Orçamentos fechados ou abertos, qual a melhor opção? Com cada vez mais incidentes de incêndio em condomínios nos últimos anos, a atenção dos síndicos e administradores vem sendo

Leia mais

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies Gianfranco Verona DESCARTE ZERO NUMA CABINE DE PINTURA SKIMMERFLOT Para o tratamento e a reutilização de águas provenientes

Leia mais

Etapas do Manual de Operações de Segurança

Etapas do Manual de Operações de Segurança OPERAÇÕES www.proteccaocivil.pt DE SEGURANÇA CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS ETAPAS LEVANTAMENTO DE MEIOS E RECURSOS ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA PLANO DE EVACUAÇÃO PLANO DE INTERVENÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO

RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO PRESTADOR: DAAE DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTOS DE RIO CLARO Relatório R4 Continuação diagnóstico e Não Conformidades

Leia mais

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F Apresentação Os es de Gorduras e Féculas, tipo EcoAlcance são recipientes estanques, destinados à recepção de águas residuais gordurosas procedentes do uso doméstico ou industrial, originadas pelo manuseamento

Leia mais

CENTRAL HIDRELÉTRICA DE ITAIPU ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESP 002/07 SISTEMA DE PRODUÇÃO, PURIFICAÇÃO, COMPRESSÃO E ARMAZENAMENTO DE HIDROGÊNIO

CENTRAL HIDRELÉTRICA DE ITAIPU ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESP 002/07 SISTEMA DE PRODUÇÃO, PURIFICAÇÃO, COMPRESSÃO E ARMAZENAMENTO DE HIDROGÊNIO BRASIL PARAGUAI CENTRAL HIDRELÉTRICA DE ITAIPU ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESP 002/07 SISTEMA DE PRODUÇÃO, PURIFICAÇÃO, COMPRESSÃO E ARMAZENAMENTO DE HIDROGÊNIO 2 1 No DESCRIÇÕES APROV. DATA REVISÕES Elab. :

Leia mais

COMPRESSORES HERMÉTICOS DE 1/6 A 1-1/4 HP

COMPRESSORES HERMÉTICOS DE 1/6 A 1-1/4 HP COMPRESES HERMÉTICOS DE 1/6 A 11/4 HP O s Compressores Herméticos Elgin foram desenvolvidos para alto torque de partida, com tensão de 115 ou 220 V monofásica 60 Hz, do tipo monocilíndrico alternativo

Leia mais

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida.

Podemos filtrar ou separar para aproveitar tanto a parte líquida quanto a parte sólida. 1. FILTRAGEM 1/6 É o processo que tem como objetivo de separar mecanicamente sólidos de líquidos ou gases. Quando a separação se faz por meio de coalescência ou centrifugação, dizemos que se trata apenas

Leia mais

IRACEMÁPOLIS RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R4 Continuação diagnóstico e não conformidades

IRACEMÁPOLIS RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE. Relatório R4 Continuação diagnóstico e não conformidades RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO TÉCNICA DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO MUNICÍPIO DE IRACEMÁPOLIS PRESTADOR: SAE SERVIÇO DE ÁGUA E ESGOTO DE IRACEMÁPOLIS Relatório R4 Continuação diagnóstico e não conformidades

Leia mais

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO SRP Nº 1167 2012 CPL 04 SESACRE

1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO SRP Nº 1167 2012 CPL 04 SESACRE 1ª RETIFICAÇÃO PREGÃO SRP Nº 1167 2012 CPL 04 SESACRE OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviços de fornecimento de Gases Medicinais, com a locação e instalação de um GERADOR DE GASES MEDICINAIS:

Leia mais

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart - R Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart versão 2.20 Conceito O SMART é um sistema de controle e supervisão para instalações

Leia mais

Compressores Reciprocantes Herméticos tipos MT / MTZ e NTZ

Compressores Reciprocantes Herméticos tipos MT / MTZ e NTZ tipos MT / MTZ e NTZ Introdução Os compressores recíprocos foram desenhados para aplicações de baixas, médias e altas temperaturas de evaporação, como instalações de refrigeração e ar condicionado comercial.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 Obrigado por adquirir o Aspirador de pó Mantix Cadence, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito importante ler atentamente este

Leia mais