PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA"

Transcrição

1 PROCEDIMENTOS DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS EAD DE LICENCIATURA (LETRAS, HISTÓRIA, MATEMÁTICA E PEDAGOGIA) 1 - Diretrizes Gerais As disciplinas de Estágio Supervisionado contemplam as áreas de formação de Professores da Educação Básica no Ensino. O Estágio Supervisionado Curricular é OBRIGATÓRIO por lei para todos os cursos de licenciatura, sem o qual nenhum aluno poderá concluir o curso. Para o seu desenvolvimento, o aluno deverá cursar a disciplina e cumprir a carga horária definida no Projeto Pedagógico do Curso, de acordo com as Diretrizes Curriculares, em Instituição privada legalizada (com CNPJ ou CPF e Registro em Conselho) ou Instituição pública. Antes de definir a instituição escolar onde irá estagiar, o aluno deverá verificar, na secretaria do Polo, a existência de convênios entre a sua Instituição de Ensino Superior (IES) e a Rede Escolar. Na ausência desses, o aluno será responsável por conseguir uma escola para vivenciar seus estágios. De acordo com a legislação de estágio, a carga horária do estágio deve respeitar o limite de 6 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais. Para aprovação do aluno serão considerados os seguintes critérios: a) Apresentação dos quatro documentos comprobatórios (descrito no item 5.2.2); b) Apresentação do Relatório Final das Atividades; c) Envio, pela sala de aula virtual (na ferramenta trabalho), dos trabalhos previstos, nas datas cadastradas.

2 2 - Etapas da realização das disciplinas de Estágio Supervisionado O aluno, ao iniciar a disciplina de Estágio Supervisionado, deverá proceder conforme abaixo: Primeira Etapa Procedimentos iniciais Termo de compromisso- TC-: O termo de compromisso é um documento obrigatório para iniciar o estágio. Para obter o TC, o aluno deverá proceder conforme definido abaixo: Providenciar 3 vias do termo de compromisso (biblioteca da disciplina);

3 Preencher as 3 vias do termo de compromisso;

4 Colher a assinatura da empresa nas 3 vias do termo de compromisso:

5 Agendar atendimento na secretaria do polo, através do s.i.a, para Assinatura do Termo de Compromisso de Estágio ;

6 Abrir um requerimento no SIA: "Assinatura de Termo de Compromisso de Estágio" e preencher todos os dados;

7 Comparecer à Secretaria do polo com as 3 vias preenchidas e assinadas pela empresa, e com a sua própria assinatura, para a Estácio assinar; Postar sala de aula virtual o termo de compromisso já assinado pela Estáciona Ferramenta Trabalho - Trabalho Termos de Compromisso ; Devolver para a empresa uma via do termo de compromisso; 2.2 Segunda Parte - Plano de Atividades: Este documento deve apresentar os objetivos e o planejamento de como o estágio irá ocorrer. Para obtê-lo, o aluno deverá proceder conforme definido abaixo: Imprimir o modelo do plano de atividades - Anexo I do KIT FORMUÁRIOS INICIAIS - (biblioteca da disciplina);

8 Preencher com seus dados, conforme instruções do modelo, utilizando também os conteúdos das aulas Agendar atendimento para assinatura do documento pelo Tutor Presencial de Polo Entregar o plano de atividades ao responsável da escola Os objetivos e atividades previstas de estágio apresentados nesse Plano podem ser utilizado para o preenchimento do campo PLANO DE ATIVIDADES do Termo de Compromisso. 2.3 Terceira Parte - Carta de apresentação: É um documento com informações sobre o aluno que deverá ser entregue à instituição escolhida para o desenvolvimento das atividades previstas pelo Estágio Curricular, com o objetivo de apresentá-lo oficialmente. Esse documento é opcional, só será apresentado mediante solicitação da escola. Para obter a carta, o aluno deverá proceder conforme definido abaixo: Imprimir o modelo da carta de apresentação - Anexo II do KIT FORMULÁRIOS INICIAIS - (biblioteca da disciplina); Preencher com seus dados, conforme instruções do modelo Agendar atendimento para assinatura do documento pelo Tutor Presencial de Polo

9 3 Incorporação da Carga Horária de Estágio ICH: A Resolução do MEC nº 2, de 19 de fevereiro de 2002, prevê a redução da carga horária de Estágio para o aluno que comprovar: a) atuação na função há mais de 180 dias; b) exercício em função compatível com a proposta da disciplina de estágio; c) registro em carteira, na função. Para solicitar a ICH, o aluno deverá proceder conforme definido abaixo: 3.1. Providenciar a documentação necessária: Declaração da Instituição informando o CARGO/FUNÇÃO e DATA DO INÍCIO DA ATIVIDADE. A declaração deve indicar o segmento de atuação. Este documento necessita estar DATADO e Carimbado com o CNPJ da Instituição. No caso dos professores da rede pública, o documento deve ser emitido pelo órgão/setor competente. Cópia da página contrato de trabalho admissão e demissão da CPT para os professores da rede privada. Cópia do último contra cheque Enviar, até 30 dias após o início do período letivo, a documentação DIGITALIZADA para o da coordenação de estágio NÃO ABRA REQUERIMENTO NO SIA. 3.2 A redução de carga horária para o aluno do curso de Pedagogia que comprovar o exercício da docência em Educação Infantil e/ou Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano será 100% da carga horária da prática (66) da disciplina. A redução será concedida apenas para a carga horária da prática, respectiva ao Estágio cursado, sendo obrigatório cursar as aulas teóricas e cumprir todas as atividades acadêmicas

10 previstas nas disciplinas de Prática de Estágio Supervisionado. As demais disciplinas de Estágio do Curso de Pedagogia - Disciplinas Pedagógicas, Gestão Escolar e Gestão Não Escolar- NÃO TÊM REDUÇÃO DE CARGA HORÁRIA Para os alunos dos demais cursos de Licenciatura (Letras, História e Matemática) a redução, de até 50%, será concedida apenas para a carga horária da prática (168 horas), sendo obrigatório cursar as aulas teóricas e cumprir todas as atividades acadêmicas previstas nas disciplinas de Prática de Estágio Supervisionado. 4 - Realização do Estágio Esta etapa compreende a realização das atividades práticas no campo de estágio, ou seja, na escola. O roteiro de observação e as orientações específicas para cada estágio serão postados na Biblioteca da disciplina no início de cada período e serão posteriormente acompanhados/apoiados pelo tutor on line. Além disso, o aluno deverá sempre que for ao campo de estágio preencher a ficha de registro de frequência na qual serão descritas as atividades de campo realizadas por ele. 5 Procedimentos Avaliativos Esta etapa compreende três momentos. O aluno dever proceder conforme definido abaixo: 5.1 Trabalho Um T1: Enviar o T1 versão relatório parcial parte 1, pela sala de aula virtual, na ferramenta trabalho, conforme modelo postado na Biblioteca da disciplina, na data estabelecida no cronograma.

11 Realizar as correções sugeridas pelo professor Trabalho Dois T2: Enviar o T2 - versão parcial do relatório parte 2, pela sala de aula virtual, na ferramenta trabalho, conforme modelo postado na Biblioteca da disciplina, na data estabelecida no Cronograma.

12 Realizar as correções sugeridas pelo professor Enviar, pela sala de aula virtual na ferramenta trabalho, a documentação comprobatória do estágio KIT FORMULÁRIOS FINAIS:

13 Os quatros documentos são OBRIGATÓRIOS e deverão ser postados e caso não estejam corretos, O ESTÁGIO SERÁ INVALIDADO. São quatros os documentos que devem ser enviados e antes do envio faça uma revisão cuidadosa: a) Declaração de Estágio Curricular Supervisionado: Certifique-se de que o documento possui carimbo com o CNPJ ou CPF e Registro em Conselho. Não basta a declaração em papel timbrado, observe se consta a assinatura do diretor da escola. b) Ficha de registro de freqüência: Confira se o professor da turma rubricou a ficha. c) Ficha de avaliação do estagiário- Instituição: Confira se o professor da turma rubricou a ficha d) Ficha de avaliação do estagiário Universidade - Confira se seus dados foram preenchidos corretamente. ENVIAR EM FORMATO WORD. Faça cópia digitalizada SCANEAR OS DOCUMENTOS - da documentação comprobatória. ATENÇÃO! Os Documentos A. B e C devem ser enviados NUM ÚNICO ARQUIVO E EM FORMATO PDF. O documento D deve ser enviado SOZINHO E EM FORMATO WORD. 5.3 Trabalho Três - T3

14 Enviar o T3 - VERSÃO FINAL DO RELATÓRIO, pela sala de aula virtual, na ferramenta trabalho, conforme modelo postado na Biblioteca da Disciplina, na data estabelecida no Cronograma. As etapas anteriores, os relatórios parciais - T1 e T2 deverão, portanto, integrar este documento com todos os ajustes sugeridos pelo professor Aprovação na Disciplina de Estágio Curricular Supervisionado Para aprovação do aluno serão considerados os seguintes critérios: apresentação dos quatros documentos comprobatórios e apresentação dos Relatórios Parcial e Final das Atividades nas datas estabelecidas no Cronograma. O aluno Curso de Pedagogia que obteve 100% da incorporação do cumprimento da carga horária das atividades práticas no campo de estágio, será avaliado com base na apresentação dos Relatórios Parciais e Final das Atividades nas datas estabelecidas no Cronograma. Qualquer dúvida ou problema entre em contato com a coordenação de estágio, através do

ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM MATEMÁTICA

ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM MATEMÁTICA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM MATEMÁTICA Como funciona o Estágio no curso de matemática? O Curso de Licenciatura em Matemática atende também a essa determinação, pois integra em seu currículo as disciplinas Prática

Leia mais

Áreas: Comunicação, Exatas e

Áreas: Comunicação, Exatas e REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO - OBRIGATÓRIO BACHARELADO Áreas: Comunicação, Exatas e Negócios CAPITULO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR E SUAS FINALIDADES Art. 1º Este regulamento tem

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR Ensino a Distância (EaD) - BACHARELADO CAPITULO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR E SUAS FINALIDADES Art. 1º Este regulamento tem por finalidade orientar a operacionalização

Leia mais

c) Modelo de Declaração de dispensa de Estágio Curricular Não Obrigatório para

c) Modelo de Declaração de dispensa de Estágio Curricular Não Obrigatório para TUTORIAL DE APOIO 1 ÍNDICE 1. Preenchimento do Termo de Compromisso 4 a) Dados da Instituição de Ensino 4 b) Dados da Empresa Concedente de estágio 4 c) Dados do (a) aluno (a) 5 2. Preenchimento do plano

Leia mais

Licenciatura em Ciências Exatas Revisão 3 REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO

Licenciatura em Ciências Exatas Revisão 3 REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO O Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências Exatas do Setor Palotina da UFPR prevê a realização de estágios nas modalidades de estágio obrigatório e

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO VIVÊNCIA PROFISSIONAL ESCOLA SENAI DE VALINHOS CFP 5.64

GUIA DE ESTÁGIO VIVÊNCIA PROFISSIONAL ESCOLA SENAI DE VALINHOS CFP 5.64 GUIA DE ESTÁGIO VIVÊNCIA PROFISSIONAL ESCOLA DE VALINHOS Área Profissional: INDÚSTRIA Habilitação: Técnico em Eletromecânica Técnico em Eletroeletrônica ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA

Leia mais

CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 68h de atividades teóricas presenciais na UFLA

CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 68h de atividades teóricas presenciais na UFLA 1 CARTILHA DA ATIVIDADE PRG 107 O ESTÁGIO SUPERVISIONADO E O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Estágio de 408h formal e registrado na PROEC por meio de Convênio de Estágio e Termo de Compromisso 68h de atividades

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O Curso de Educação Física - Licenciatura - objetiva a formação pedagógica, ao contemplar uma visão geral da educação e dos processos formativos dos educandos. Adequar-se-á

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC Local de Atendimento: Secretaria do CMCC Bloco B 8º andar Sala R803 Falar com Thereza 4996-0094 thereza.silva@ufabc.edu.br secretariacmcc@ufabc.edu.br Leia a Resolução

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA RESOLUÇÃO CSTGP Nº 02/2015 Regulamenta o Estágio Supervisionado obrigatório do Curso

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC Local de atendimento: Divisão Acadêmica do CMCC Bloco A 5º andar - torre 2 Sala R503-2 Falar com Christian 4996-0094 secretariacmcc@ufabc.edu.br Leia a Resolução

Leia mais

Licenciatura em Matemática MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Licenciatura em Matemática MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura em Matemática MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2012 APRESENTAÇÃO Este manual tem como objetivo principal auxiliar você a cumprir o estágio supervisionado obrigatório e as Atividades Complementares

Leia mais

Orientações - Estágio Curricular Obrigatório

Orientações - Estágio Curricular Obrigatório Orientações - Estágio Curricular Obrigatório 1. Apresentação O estágio curricular é obrigatório para as Licenciaturas e está baseado na seguinte Legislação: 1.A - LICENCIATURAS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS,

Leia mais

ESCOLA SENAI CONDE ALEXANDRE SICILIANO

ESCOLA SENAI CONDE ALEXANDRE SICILIANO GUIA DE ESTÁGIO ESCOLA SENAI CONDE ALEXANDRE SICILIANO Área Profissional: INDÚSTRIA Habilitação: Técnico em Plástico Técnico em Eletroeletrônica ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO

Leia mais

ESTÁGIOS CURRICULARES

ESTÁGIOS CURRICULARES 1 CONCEITUAÇÃO: ESTÁGIOS CURRICULARES Consideram-se Estágio Curricular, as atividades de aprendizagem social, profissional e cultural, proporcionadas ao estudante pela participação em situações reais de

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA. Manual de Horas Complementares

CURSO DE PEDAGOGIA. Manual de Horas Complementares FACULDADES INTEGRADAS DE RIBEIRÃO PIRES CURSO DE PEDAGOGIA Versão 2016 Manual de Horas Complementares Ribeirão Pires 2 Prezado acadêmico Este manual destina-se a orientar o aluno de Licenciatura em pedagogia

Leia mais

Processo Seletivo Transferência/Reingresso

Processo Seletivo Transferência/Reingresso Cursos Superiores de Tecnologia Processo Seletivo Transferência/Reingresso Vagas para transferência externa e para portadores de diploma de curso superior Edital 2012 1º semestre Normas para o processo

Leia mais

DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA

DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 DOS CURSOS DE LICENCIATURA Considerando a importância de garantir unidade de princípios e ações no processo de desenvolvimento dos estágios supervisionados

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS EaD HABILITAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS EaD HABILITAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS EaD HABILITAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O Estágio Supervisionado é parte integrante e obrigatória do currículo

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PASSOS DE PROCESSO

ESPECIFICAÇÃO DE PASSOS DE PROCESSO Observações importantes sobre os procedimentos: Os procedimentos acadêmicos descritos a seguir deverão ser solicitados na Secretaria do no Pavilhão Administrativo. As cópias dos documentos necessários

Leia mais

MANUAL DO PROJETO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO AMERICANA

MANUAL DO PROJETO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO AMERICANA FACULDADE DE AMERICANA 1 Mantida pela Associação Educacional Americanense Credenciamento Portaria MEC N 766/99 DOU 18/05/99 MANUAL DO PROJETO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO AMERICANA Fevereiro 2017 2 FICHA

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular

REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular REGULAMENTO INSTITUCIONAL Estágio Curricular CAPITULO I DA DEFINIÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR E SUAS FINALIDADES Art. 1º Este regulamento tem por finalidade orientar a operacionalização do Estágio Curricular

Leia mais

PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada

PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada PROCEDIMENTOS GERAIS Disciplina Estágio Supervisionado / Prática Profissional Supervisionada 2012 Regulamentos 1. Regulamento de Estágio Unifacs Determina as diretrizes gerais dos estágios realizados pelos

Leia mais

Tipos de Estágios. Estágio Obrigatório. Estágio não Obrigatório. O que é o Estágio?

Tipos de Estágios. Estágio Obrigatório. Estágio não Obrigatório. O que é o Estágio? O que é o Estágio? A atividade de estágio é um fator significativo na formação do profissional, por proporcionar a interação do aluno com a realidade da profissão e a complementação prática do aprendizado

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO UGB PARTE I - DOS ASPECTOS GERAIS DO ESTÁGIO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DO ESTÁGIO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO UGB PARTE I - DOS ASPECTOS GERAIS DO ESTÁGIO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DO ESTÁGIO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO UGB PARTE I - DOS ASPECTOS GERAIS DO ESTÁGIO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DO ESTÁGIO Art. 1º - Este regulamento tem por finalidade, fixar

Leia mais

Estágio Supervisionado A

Estágio Supervisionado A UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Estágio Supervisionado A Coordenação de Estágios: Prof. Roberto Bichueti Estágio Supervisionado em Administração

Leia mais

Estágio Curricular. Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios

Estágio Curricular. Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios Estágio Curricular Profa. Dra. Tatiana Renata Garcia Coordenação de estágios Normas gerais Estágio obrigatório: é aquele definido como tal no projeto do curso, cuja carga horária é requisito para aprovação

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura em Arte (Teatro Artes Visuais Música - Dança)

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura em Arte (Teatro Artes Visuais Música - Dança) MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Licenciatura em Arte (Teatro Artes Visuais Música - Dança) FACULDADE PAULISTA DE ARTES FPA Av. Brigadeiro Luís Antônio, 1224 Bela Vista CEP: 01318-001 São Paulo/ SP Tel.:/Fax

Leia mais

I - Das disposições iniciais

I - Das disposições iniciais EDITAL Nº07 DE MATRÍCULA NAS CATEGORIAS DE TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PARA AS VAGAS RESIDUAIS DO ENSINO SUPERIOR. A Diretoria de Ensino do Instituto

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Regulamento de Estágios visa disciplinar os estágios do curso de Engenharia da Computação,

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E ESTÁGIO NÃO-OBRIGATÓRIO PALMAS/2011 SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA NATUREZA...03 CAPÍTULO II - DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO...03 Seção I - Da

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO INTERNO DO ESTÁGIO DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS TITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. Este regulamento normatiza o aproveitamento das 120 horas do Estágio do Curso de Graduação

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Praia Grande São Paulo Dezembro de 2008 CAPÍTULO I DA NATUREZA Artigo 1º O presente regulamento tem como objetivo normatizar as atividades relacionadas com o estágio

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING EAD 2º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

EDITAL NEAD/UESPI N.º 06/2017 DE 26 DE ABRIL DE 2017

EDITAL NEAD/UESPI N.º 06/2017 DE 26 DE ABRIL DE 2017 EDITAL NEAD/UESPI N.º 06/2017 DE 26 DE ABRIL DE 2017 EDITAL RELATIVO ÀS SOLICITAÇÕES DE INGRESSO COMO PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR PARA O PERÍODO 2017.2 A Universidade Estadual do Piauí - UESPI,

Leia mais

AULA INAUGURAL EAD 2015

AULA INAUGURAL EAD 2015 AULA INAUGURAL EAD 2015 Universalização do Conhecimento EaD Educação a Distância Conforto; Comodidade; Disciplina; Comprometimento. Tecnologia PREFEITURAS Convênio entre o Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Faculdade São Miguel Curso de Nutrição MANUAL DE ESTAGIO CURRICULAR DO CURSO DE NUTRIÇÃO

Faculdade São Miguel Curso de Nutrição MANUAL DE ESTAGIO CURRICULAR DO CURSO DE NUTRIÇÃO MANUAL DE ESTAGIO CURRICULAR DO CURSO DE NUTRIÇÃO 1. APRESENTAÇÃO A formação do Nutricionista deve garantir o desenvolvimento de estágios curriculares, sob supervisão docente, contando com a participação

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA EAD 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO FATEC-CAMPINAS

PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO FATEC-CAMPINAS PROGRAMA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO FATEC-CAMPINAS Campinas, março de 2016. Orientações Gerais O Regulamento Geral dos Cursos de Graduação das Faculdades de Tecnologia do Centro Paula Souza prevê o estágio

Leia mais

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA

EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA EDITAL 21/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA Dispõe sobre a Transferência Externa para cursos de graduação da Faculdade Guanambi. A Direção Acadêmica e Administrativa da Faculdade Guanambi, no uso de suas atribuições

Leia mais

Normatização de estágio do IFC

Normatização de estágio do IFC ESTÁGIOS Normatização de estágio do IFC Nacional: Lei nº11.788, de Setembro de 2008; Institucional: RESOLUÇÃO Ad Referendum Nº 014/2013 CONSELHO SUPERIOR 17/05/2013; Campus Santa Rosa do Sul: Projeto Pedagógico

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO)

REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) REGULAMENTO DE ESTÁGIO PROFISSIONAL (SUPERVISIONADO) GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA PROFª MS. ELAINE CRISTINA SIMOES BRAGANÇA PAULISTA 2013 O estágio é um ato educativo supervisionado, desenvolvido no ambiente

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA REGULAMENTO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE TURISMO CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º O Projeto Pedagógico do Curso Turismo da UFPR prevê a realização de estágio nas modalidades de obrigatório

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. São Paulo, 25 de junho de 2008.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogadas as disposições contrárias. São Paulo, 25 de junho de 2008. RESOLUÇÃO CONSEPE 17/2008 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS ESTÁGIOS SUPERVISIONADOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO - BACHARELADOS DO UNILASALLE NORMAS DE FUNCIONAMENTO Disciplinas de Estágio Supervisionado Art. 1º De acordo

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA

Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA Universidade Federal do Oeste do Pará PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA 1. Quais são os requisitos para obtenção de bolsa monitoria? a) o discente deve estar regularmente matriculado no período letivo em

Leia mais

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS 1 UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSOS DE LICENCIATURA REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 2017_1 2 DA NATUREZA E DAS FINALIDADES O Estágio Curricular Supervisionado

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANTIDA PELA INSTITUIÇÃO PAULISTA DE ENSINO E CULTURA - IPEC REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA TUPÃ SP 2016 LEGISLAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESTÁGIO

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO Atualizado em janeiro de 2015 UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO Organização Vera Lucia Lima do Espírito Santo Colaboração Coordenadores de Cursos de Graduação 1 Sumário Lista de Anexos... 3 Apresentação... Fundamentação

Leia mais

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso

Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Passo a passo para utilização do Atendimento Expresso Atendimento Expresso Para facilitar o seu dia-a-dia na instituição a ETEP Faculdades disponibiliza o ATENDIMENTO EXPRESSO. Para acessar o Atendimento

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA Este Regulamento e a Resolução do Conselho Superior da Uneal (CONSU/UNEAL) que o aprovou foram publicados na edição do Diário

Leia mais

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Coronel Fabriciano/ 2008 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVOS... 1 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 2 4. ATRIBUIÇÕES... 2 5. LOCAIS DE ESTÁGIO E

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO

DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO DOCUMENTAÇÃO PARA ESTÁGIO PASSO A PASSO Caro Aluno, Leia atentamente as instruções abaixo para saber como entregar seus documentos de estágio. Os documentos deverão ser entregues ANTES de iniciar o estágio.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CEPE Nº 120, DE 14 DE MAIO DE 2014. Dispõe sobre o estágio supervisionado dos cursos de licenciatura

Leia mais

EDITAL MOBILIDADE INTERNACIONAL AMÉRICA LATINA Edital N 05/2014 DRI/PROAES

EDITAL MOBILIDADE INTERNACIONAL AMÉRICA LATINA Edital N 05/2014 DRI/PROAES EDITAL MOBILIDADE INTERNACIONAL AMÉRICA LATINA Edital N 05/2014 DRI/PROAES Dispõe sobre o programa de Mobilidade Acadêmica Internacional para alunos de graduação da Universidade Federal Fluminense que

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS COMPLEMENTARES DE ESTÁGIO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL

INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS COMPLEMENTARES DE ESTÁGIO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL NORMAS COMPLEMENTARES DE ESTÁGIO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AMBIENTAL Art. 1 o O Estágio regulamentado pela Lei N o 11.788, de

Leia mais

Normatização de estágio do IFC

Normatização de estágio do IFC ESTÁGIOS Normatização de estágio do IFC Nacional: Lei nº11.788, de Setembro de 2008; Institucional: RESOLUÇÃO Ad Referendum Nº 014/2013 CONSELHO SUPERIOR 17/05/2013; Campus Santa Rosa do Sul: Projeto Pedagógico

Leia mais

Normalização de procedimentos COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO E TRABALHO

Normalização de procedimentos COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO E TRABALHO Normalização de procedimentos COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO E TRABALHO NORMALIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS FLUXOGRAMA DE PROCEDIMENTOS ESTÁGIO Formalização do Termo de Compromisso de Estágio Curricular Formalização

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO EM JORNALISMO

NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO EM JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO COLEGIADO DO CURSO JORNALISMO NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

Capítulo I - Da caracterização. Capítulo II - Do objetivo

Capítulo I - Da caracterização. Capítulo II - Do objetivo REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO Capítulo I - Da caracterização Art. 1º. O Estágio Curricular Obrigatório Supervisionado (ECOS) é atividade individual obrigatória do Currículo

Leia mais

01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB?

01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB? Perguntas Frequentes 01. Qual o Local e horário de funcionamento da Coordenação de Estágios e Relações Empresarias da Reitoria do IFPB? A Coordenação de Estágio e Relações Empresariais é o setor da Pró-Reitoria

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO INFORMES GERAIS PARA CURSISTAS OURO PRETO 2013 APRESENTAÇÃO O Curso de é um curso em nível de pós-graduação

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre

Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar os estilos do texto mestre Estágio Segundo Obrigatório nível Terceiro nível Quarto nível Setor de Estágios Quinto nível estagios@restinga.ifrs.edu.br

Leia mais

UniBrasil Centro Universitário

UniBrasil Centro Universitário 1 UniBrasil Centro Universitário REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA CURITIBA MARÇO DE 2014 2 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Do estágio e sua finalidade...3 CAPÍTULO 2 Das condições...3

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00)

SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS 2015/2 SOLICITAÇÕES DE 24/06/2015 a 24/08/2015 (TAXA - R$ 17,00) Informativo GR nº 003/2015, de 23/06/2015. ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS

Leia mais

Número da Apólice:

Número da Apólice: INSTRUÇÕES GERAIS PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO O Estágio Supervisionado Obrigatório tem por objetivo: oportunizar ao aluno a realização de atividades práticas em situações reais de trabalho,

Leia mais

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio

DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS. Dos Princípios. Do Local de Estágio UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE LETRAS CLÁSSICAS E VERNÁCULAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS/LIBRAS RESOLUÇÃO Nº 04/2011 - CLL Regulamenta

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Resolução 01/2017PPGEQ Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química PPGEQ do, no uso das atribuições que lhe são conferidas no Regulamento

Leia mais

EDITAL INTERNO FAP Nº 021/2017 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP PARA O 8 PERÍODO

EDITAL INTERNO FAP Nº 021/2017 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP PARA O 8 PERÍODO EDITAL INTERNO FAP Nº 021/2017 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP PARA O 8 PERÍODO A Diretora Geral da Faculdade de Pimenta no uso de suas

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE FILOSOFIA DA USJT CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE FILOSOFIA DA USJT CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE FILOSOFIA DA USJT CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este Regulamento estabelece as normas para o cumprimento da carga horária mínima em Estágio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL Nº 024/ DERCA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL Nº 024/ DERCA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE REGISTRO E CONTROLE ACADÊMICO EDITAL Nº 024/2016 - DERCA ABERTURA DE INSCRIÇÃO À CATEGORIA DE ALUNO ESPECIAL I EM DISCIPLINAS

Leia mais

FAQ. 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer?

FAQ. 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer? FAQ 1. Não consigo trocar a senha do autoatendimento, o que devo fazer? R - A troca de senha deve ser feita na página inicial do autoatendimento em ESQUECI MINHA SENHA, abrirá uma página solicitando o

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO

ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO ORIENTAÇÃO PARA REQUISIÇÃO DE DIPLOMAS DE MESTRADO Aos discentes que concluíram com êxito um dos cursos de pós-graduação em nível de Mestrado na UNILAB, informamos que já é possível solicitar seu diploma

Leia mais

INSTRUÇÕES DA COMISSÃO DE ESTÁGIO Data: 10/03/2016

INSTRUÇÕES DA COMISSÃO DE ESTÁGIO Data: 10/03/2016 INSTRUÇÕES DA COMISSÃO DE ESTÁGIO - 2016-1 Data: 10/03/2016 Prezados alunos, A Comissão de Estágio vem, por meio destas instruções, informar as datas limite para entrega da documentação de estágio em 2016-1

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS E FLUXOS PREVISTOS PARA ABERTURA DE PROCESSOS

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS E FLUXOS PREVISTOS PARA ABERTURA DE PROCESSOS NECESSÁRIOS E FLUXOS PREVISTOS PARA ABERTURA DE PROCESSOS A Coordenação de Registros Acadêmicos e Escolares (CORAE) é o departamento subordinado à Coordenação de Administração Acadêmica e Apoio ao Ensino

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO PARA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares (AC) atendem ao Parecer n 776/97 da CES, que trata das Diretrizes Curriculares dos Cursos

Leia mais

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO

PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ANO LETIVO DE 2018 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AO 3º ANO DO ENSINO MÉDIO O Colégio Recanto, em conformidade com os dispositivos legais vigentes, torna público

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO NORMATIZAÇÃO ATIVIDADES ACADÊMICAS 1 DAS ATIVIDADES EQUIVALENTES

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO

CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE PEDAGOGIA REGULAMENTO CAPÍTULO I - DA DEFINIÇÃO DO ESTÁGIO Artigo 01 - O Estágio Supervisionado constitui disciplina obrigatória do Currículo dos Cursos de Licenciatura.

Leia mais

Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos

Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção PPGEP do, no uso das atribuições que lhe são conferidas no

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 Regulamenta as atividades de Estágios Supervisionados Obrigatório e Não

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO- ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS CURSO DE PEDAGOGIA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO REGULAMENTO Anápolis, 2 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 As Atividades Complementares são componentes da

Leia mais

Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO?

Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO? Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO? O Setor de Estágio (SESTA) da Diretoria de Ensino da Pró -Reitoria de Graduação

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00)

SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00) APROVEITAMENTO DE ESTUDOS 2015/1 SOLICITAÇÕES DE 12/12/2014 a 13/03/2015 (TAXA - R$ 17,00) Informativo GR nº 001/2014 ATENÇÃO! ESTE INFORMATIVO CONTÉM TODAS AS ORIENTAÇÕES E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta)

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) Estabelece normas para a realização de estágios obrigatórios e não obrigatórios no âmbito dos cursos de graduação da Faculdade

Leia mais

Manual do Estagiário. O que é o Estágio? NUCEN

Manual do Estagiário. O que é o Estágio? NUCEN Manual do Estagiário O que é o Estágio? A atividade de estágio é um fator significativo na formação do profissional, pois proporciona a interação do aluno com a realidade da profissão e a complementação

Leia mais

Manual de Estágio Supervisionado

Manual de Estágio Supervisionado Manual de Estágio Supervisionado Este Manual do Estágio Supervisionado contém informações e orientações importantes e necessárias aos estudantes do curso de Pedagogia. Nele, encontram-se os procedimentos

Leia mais

Regulamento dos Bacharelados e Licenciaturas e Regulamento dos Cursos de Tecnologia em vigor até 2010

Regulamento dos Bacharelados e Licenciaturas e Regulamento dos Cursos de Tecnologia em vigor até 2010 Informações sobre as principais modificações existentes no Regulamento da Organização Didático-Pedagógica dos Cursos de Bacharelados e Licenciaturas e no Regulamento da Organização Didático-Pedagógica

Leia mais

EDITAL Nº 01 DE 2017

EDITAL Nº 01 DE 2017 EDITAL Nº 01 DE 2017 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SOCIAL (GITS) O Centro das Humanidades (CHU) e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Inovação (PROPGPI) da Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento visa orientar os alunos referente aos objetivos, critérios, procedimentos e mecanismos de

Leia mais

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A

TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A TUTORIAL PLATAFORMA PHILA - ALUNO CURSOS NESCON / GRUPO A Tutorial Plataforma Phila Curso Nescon / Grupo A Sumário 1 Acessar Plataforma Phila... 1 1.1 Autenticação... 2 1.2 Nescon... 3 1.3 Criar conta...

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL E CLÍNICA LATO SENSU MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL E CLÍNICA LATO SENSU MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL E CLÍNICA LATO SENSU MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO por PROFª Ms. Maria Rosa Silva Lourinha Rio de Janeiro, MARÇO / 2013 1 MANUAL DE ESTÁGIO

Leia mais

Período ATIVIDADE OBJETIVO Responsabilidade Local

Período ATIVIDADE OBJETIVO Responsabilidade Local Período ATIVIDADE OBJETIVO Responsabilidade Local Durante todo Estágio (Teórica e prática) Março a junho 2013 Mês de março e abril de 2013 25 a 31 março Preparação para o ingresso no Estágio Leitura obrigatória

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO INFORMES GERAIS PARA CURSISTAS OURO PRETO 2014 APRESENTAÇÃO O Curso de Especialização em

Leia mais