Ano lectivo: 2006 / 2007 T TP P Ciclo 1º Ano 1º Semestre 1º Horas/semana Créditos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ano lectivo: 2006 / 2007 T TP P Ciclo 1º Ano 1º Semestre 1º Horas/semana Créditos"

Transcrição

1 Curso: Engenharia Electrónica e Redes de Computadores Licenciatura Bi-etápica Disciplina: Subgrupo: Análise Matemática I Matemática Ano lectivo: 2006 / 2007 T TP P Ciclo 1º Ano 1º Semestre 1º Horas/semana Créditos Docente: Paula Maria das Dores Cheira, Teresa Augusta Silva Mesquita Outros docentes : Francisco Miranda Coord. Subgrupo: Isabel Maria Torres Magalhães Vieira de Araújo TEORICAS: Programa OBJECTIVOS: Adquirir formação científica de análise matemática para estudos subsequentes. Adquirir capacidades de raciocínio lógico-dedutivo. Ter capacidade crítica face a resultados algébricos. Adquirir instrução técnica através de metodologias de análise. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 1. Complementos Sobre Funções Reais de uma Variável Real 1.1 Noções topológicas no conjunto dos reais 1.2 Fórmulas trigonométricas 1.3 Funções trigonométricas inversas 1.4 Funções hiperbólicas 2. Complementos Sobre Derivação 2.1 Derivada de funções definidas implicitamente 2.2 Derivada da função inversa 2.3 Derivadas de ordem superior à primeira 2.4 Teoremas fundamentais sobre funções diferenciáveis 2.5 Diferencial 3. Fórmula de Taylor e Aplicações 3.1 Fórmula de Taylor e Fórmula Mac-Laurin 3.2 Aplicações da Fórmula de Taylor 1/5

2 4. Integral Indefinido 4.1 Definições e notações. 4.2 Integrais de funções elementares. Propriedades. 4.3 Integração por partes. 4.4 Integração de fracções racionais. 4.5 Integração por mudança de variável Integração de funções irracionais Integração de certas funções com exponenciais e logaritmos Integração de certas funções irracionais com o auxílio de transformações trigonométricas Integração de binómios diferenciais Integração de certas classes de funções trigonométricas. 5. Integral Definido 5.1 Definições e propriedades fundamentais. 5.2 Cálculo do integral definido. Fórmula de Newton-Leibniz. 5.3 Mudança de variável num integral definido. 5.4 Integração por partes. 5.5 Integrais impróprios Integrais impróprios de 1ª espécie Integrais impróprios de 2ª espécie Integrais mistos. 5.6 Critérios de convergência de integrais impróprios. 5.7 Algumas aplicações do integral definido Cálculo de áreas em coordenadas cartesianas Cálculo de áreas em coordenadas polares Cálculo de comprimento de linhas planas Cálculo de volumes de sólidos de revolução PRÁTICAS: Programa OBJECTIVOS: Consolidar os conteúdos programáticos leccionados nas aulas teóricas. Desenvolver capacidades de raciocínio lógico-dedutivo e de análise crítica. CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS: Resolução de exercícios de aplicação dos conteúdos programáticos das aulas teóricas. 2/5

3 TEXTO(S) RECOMENDADO(S) REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DE BASE: [1] Acilina Azenha e Maria A. Jerónimo. Elementos de Cálculo Diferencial e Integral em IR e McGraw-Hill. [2] Carlos Sarrico. Análise Matemática. Leituras e Exercícios. Editora Gradiva. [3] Howard Anton. Calculus. John Wiley & Sons. n IR. Ed. [4] Manuel Alberto M. Ferreira e Isabel Amaral. Matemática. Primitivas e Integrais. Edições Silabo. [5] Maria Olga Batista. Matemática. Cálculo Diferencial em IR. Edições Silabo. [6] N. Piskounov. Cálculo Diferencial e Integral. Vol. I. Ed. Lopes da Silva. [7] T. Apostol. Cálculo. Vol. I. Reverté Lda. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS COMPLEMENTARES: [8] Fernanda Sequeira. Análise Matemática. Exercícios resolvidos e propostos. 1º, 2º e 3º vols. Litexa Portugal. [9] Manuel Alberto M. Ferreira e Isabel Amaral. Matemática. Primitivas e Integrais - Exercícios. Edições Silabo. [10] Maria Olga Batista. Matemática. Cálculo Integral em IR Primitivas. Edições Silabo. [11] Orlando da Graça Lobo, J. Miguel Borges e Fernando G. Lobo. Análise Matemática. Sucessões, Séries e Cálculo Diferencial. Editorial Presença. [12] Orlando da Graça Lobo, J. Miguel Borges e Fernando G. Lobo. Análise Matemática. Cálculo Integral em IR e IR n. Editorial Presença. [13] Orlando da Graça Lobo, J. Miguel Borges e Fernando G. Lobo. Análise Matemática. Primitivas e Equações Diferenciais. Editorial Presença. 3/5

4 MÉTODOS DE AVALIAÇÃO Na definição de avaliação para esta disciplina temos que considerar dois casos: os alunos que se inscreveram pela 1ª ou 2ª vez no curso, e frequentam o projecto pmate, disponibilizado pela UA e os alunos com mais do que duas inscrições à disciplina. 1. Avaliação para os alunos de 1ªou 2ª inscrição: No período lectivo e época normal A avaliação é constituída por quatro componentes (A, B, C e D), sendo obrigatória a frequência de pelo menos 2/3 das aulas teóricas e práticas/teórico-práticas: A) Nota resultante da avaliação da assiduidade e interesse nas aulas práticas/teórico-práticas. B) Nota da 1ª frequência ou da 1ª parte do exame da época normal. C) Nota da 2ª frequência ou da 2ª parte do exame da época normal. D) Um teste informático. Nota final =0,05A+0,375B+0,425C+0,15D Só terão acesso ao teste informático os alunos que adquirirem o passaporte. Este é constituído por todos os módulos disponibilizados no decorrer das aulas práticas/teórico-práticas que o aluno terá que realizar até ao último nível, pelo menos uma vez. Estes módulos encontrar-se-ão disponíveis na área de cada aluno em Os alunos que não frequentarem pelo menos 2/3 das aulas teóricas e práticas/teórico-práticas estão excluídos da avaliação nas épocas de frequência e exame normal, com excepção dos alunos trabalhadores estudantes e dos alunos que comprovem junto do docente, até 15 dias depois do início do semestre, que não podem frequentar as aulas (de qualquer curso) sendo a nota final da disciplina 0,5B+0,5C. Na época de recurso e épocas especiais, a nota da disciplina é a obtida no exame. 2. Avaliação para os alunos de com mais do que duas inscrições: No período lectivo e época normal A avaliação é constituída por três componentes (A, B e C), sendo obrigatória a frequência de pelo menos 2/3 das aulas teóricas e práticas /teórico-práticas: A) Nota resultante da avaliação da assiduidade e interesse nas aulas práticas/teórico-práticas. B) Nota da 1ª frequência ou da 1ª parte do exame da época normal. C) Nota da 2ª frequência ou da 2ª parte do exame da época normal. Nota final =0,05A+0,45B+0,5C Os alunos que não frequentarem pelo menos 2/3 das aulas teóricas e práticas/teórico-práticas estão excluídos da avaliação nas épocas de frequência e exame normal, com excepção dos alunos trabalhadores estudantes e dos alunos que comprovem junto do docente, até 15 dias depois do início do semestre, que não podem frequentar as aulas (de qualquer curso) sendo a nota final da disciplina 0,5B+0,5C. Na época de recurso e épocas especiais a nota da disciplina é a obtida no exame. 4/5

5 HORÁRIO DE ATENDIMENTO E CONTACTOS: Dra. Paula Cheira Horário de Atendimento: 3ª 14h-18h e 6ª 11h-13h Contacto: Dra. Teresa Mesquita Horário de Atendimento: 2ª 11h-13h e 18h-19h30m; 3ª 16h-17h30m e 6ª 11h-13h Contacto: Dr. Francisco Miranda Horário de Atendimento: 2ª 14h-15h; 3ª 14h-16h e 18h-19h e 5ª 16h-18h Contacto: A docente da disciplina, 5/5

ANÁLISE MATEMÁTICA I

ANÁLISE MATEMÁTICA I DEMec / DEIG DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL E GESTÃO ANÁLISE MATEMÁTICA I CONTEÚDO TEÓRICO E APLICAÇÕES Prof. Carlos A. Conceição António Setembro 2013 ii PREFÁCIO

Leia mais

Universidade de Évora Departamento de Matemática

Universidade de Évora Departamento de Matemática Universidade de Évora Departamento de Matemática Matemática I cursos bolonha: Bioquímica, Biotecnologia cursos regime antigo sem bolonha:bbg,bbi,cae,eag,eal,ebi,ezo,ebg Programa da disciplina 2009/2010

Leia mais

Unidade Curricular: Análise Matemática I

Unidade Curricular: Análise Matemática I DEPARTAMENTO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS Unidade Curricular: Análise Matemática I DOCUMENTO DE APRESENTAÇÃO - PROGRAMA Curso de 1º Ciclo: ENGENHARIA de TELECOMUNICAÇÕES e INFORMÁTICA (ETI) e ENGENHARIA INFORMÁTICA

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Matemática Todos os cursos Ano lectivo: 2011/2012 Docentes Responsável Júri Vogal Vogal Responsável pela pauta Docentes que leccionam a UC Ana Maria Lebre Ana

Leia mais

Unidade Curricular: Análise Matemática II

Unidade Curricular: Análise Matemática II DEPARTAMENTO DE MÉTODOS QUANTITATIVOS Unidade Curricular: Análise Matemática II DOCUMENTO DE APRESENTAÇÃO - PROGRAMA Curso de 1º Ciclo: ENGENHARIA de TELECOMUNICAÇÕES e INFORMÁTICA (ETI) e ENGENHARIA INFORMÁTICA

Leia mais

ANÁLISE MATEMÁTICA II

ANÁLISE MATEMÁTICA II ANÁLISE MATEMÁTICA II Cursos Ano/Semestre Ano Lectivo Área Científica Dpt. EA e EB 1º / 2º 2015/2016 Matemática Matemática Responsável da Unidade Curricular (UC) Corpo Docente Paula Reis Co-Responsável

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Matemática Aplicada I

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Matemática Aplicada I INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 9/11/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/11/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Leia mais

LICENCIATURA EM ARQUITECTURA MATEMÁTICA

LICENCIATURA EM ARQUITECTURA MATEMÁTICA ARCA EUAC ESCOLA UNIVERSITÁRIA DAS ARTES DE COIMBRA LICENCIATURA EM ARQUITECTURA MATEMÁTICA O BJECTIVOS ANO LECTIVO - 2004/2005 DISCIPLINA: Matemática» 2ºAno» Regime: Anual» Carga horária: 2h Teórico-Práticas

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Métodos Quantitativos II

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Métodos Quantitativos II INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 25/3/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/5/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO DE DISCIPLINA Curso: Biotecnologia (13) Ano: 2014 Semestre: 1 Período: 1 Disciplina / Unid. Curricular / Módulo: Cálculo Diferencial e Integral I Código: DCE32 (Differential and Integral Calculus I) Carga Horária Total:

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519 Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ 519 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL -- Abertura e aprovação do projeto do curso:

Leia mais

Álgebra Linear e Geometria Analítica

Álgebra Linear e Geometria Analítica Álgebra Linear e Geometria Analítica Cursos Ano/Semestre Ano Lectivo Área Científica Dpt. EA, EACI, EB, EEC, EI, EM 1º / 1º 2011/2012 Matemática Matemática Professor Responsável da Disciplina Carlos Luz

Leia mais

SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS SÉRIES INFINITAS CURVAS PARAMÉTRICAS E POLARES; SEÇÕES CÔNICAS 692

SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS SÉRIES INFINITAS CURVAS PARAMÉTRICAS E POLARES; SEÇÕES CÔNICAS 692 SUMÁRIO VOLUME II 8 MODELAGEM MATEMÁTICA COM EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 561 8.1 Modelagem com equações diferenciais 561 8.2 Separação de variáveis 568 8.3 Campos de direções; método de Euler 579 8.4 Equações

Leia mais

Álgebra Linear e Geometria Analítica

Álgebra Linear e Geometria Analítica Álgebra Linear e Geometria Analítica Cursos Ano/Semestre Ano Lectivo Área Científica Dpt. EA, EACI, EB, EEC, EI, EM 1º / 1º 2012/2013 Matemática Matemática Professor Responsável da Disciplina Cristina

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática. FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 353 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 01353 Cálculo e Geometria Analítica I A Créditos/horas-aula

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Curso: Curso Superior de Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações Nome da disciplina: Cálculo Diferencial e Integral I Código: TEL015 Carga horária: 83 horas

Leia mais

Índice. Introdução Unidade 1 Probabilidades e Cálculo Combinatório

Índice. Introdução Unidade 1 Probabilidades e Cálculo Combinatório Índice Introdução... 9 Unidade 1 Probabilidades e Cálculo Combinatório Probabilidades Introdução ao cálculo das probabilidades...12 Experiência...13 Classificação para os acontecimentos. Espaço de acontecimentos...14

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE

UNIVERSIDADE DO ALGARVE UNIVERSIDADE DO ALGARVE INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELÉCTRICA E ELECTRÓNICA ANÁLISE MATEMÁTICA I 009-00 Plano da Disciplina Bibliografia

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA NATUREZA ANO SIS010 Cálculo Diferencial e Integral I Ob. 2014.1 CARGA HORÁRIA PRÉ-REQUISITO 72 horas ----------------------- PROFESSOR RESPONSÁVEL Ms. Maria de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 353 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 01353 Cálculo e Geometria Analítica I A Créditos/horas-aula

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (EETI) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Curso(s) Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

MATEMÁTICA II. Descrição:

MATEMÁTICA II. Descrição: MATEMÁTICA II Ano Académico: 2017/2018 1º Semestre Docente(s): Pedro Encarnação Descrição: A disciplina de Matemática II fornece aos alunos ferramentas de integração, de cálculo diferencial em R n incluindo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE

UNIVERSIDADE DO ALGARVE UNIVERSIDADE DO ALGARVE INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA LICENCIATURA EM ENGENHARIA ELÉCTRICA E ELECTRÓNICA ANÁLISE MATEMÁTICA I 00-0 Plano da Disciplina Bibliografia

Leia mais

Metas/ Objetivos Conceitos/ Conteúdos Aulas Previstas. Cálculo Combinatório: Introdução ao cálculo combinatório

Metas/ Objetivos Conceitos/ Conteúdos Aulas Previstas. Cálculo Combinatório: Introdução ao cálculo combinatório DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E INFORMÁTICA DISCIPLINA: Matemática A (12º Ano) METAS CURRICULARES/CONTEÚDOS... 1º Período (13 de setembro a 15 de dezembro) Cálculo Combinatório: Introdução ao cálculo combinatório

Leia mais

Sumário. 1 CAPÍTULO 1 Revisão de álgebra

Sumário. 1 CAPÍTULO 1 Revisão de álgebra Sumário 1 CAPÍTULO 1 Revisão de álgebra 2 Conjuntos numéricos 2 Conjuntos 3 Igualdade de conjuntos 4 Subconjunto de um conjunto 4 Complemento de um conjunto 4 Conjunto vazio 4 Conjunto universo 5 Interseção

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Aplicações Informáticas

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Aplicações Informáticas INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 5/11/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/2/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotecnica e Computadores Matemática Computacional

Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotecnica e Computadores Matemática Computacional Ano Lectivo: 2007/2008 Sumários da turma Teórico-Prática [TP2]: Aula: 1 Data: 2008-02-12 Hora de Início: 15:00 Duração: 1h30m Apresentação da Unidade Curricular. Discussão de aspectos relacionados com

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA. Ministério da Educação

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA. Ministério da Educação INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO. CURSO Engenharia Elétrica MATRIZ 548

Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO. CURSO Engenharia Elétrica MATRIZ 548 Ministério da Educação UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Câmpus Medianeira PLANO DE ENSINO CURSO Engenharia Elétrica MATRIZ 548 FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Processo N 0/11, aprovado pela Resolução n.

Leia mais

Programa da disciplina de. Álgebra I

Programa da disciplina de. Álgebra I Universidade do Algarve Faculdade de Ciências e Tecnologia Departamento de Matemática Programa da disciplina de Álgebra I Curso da Licenciatura em Matemática Ano Lectivo 2005/2006 1. Corpo docente Aulas

Leia mais

Métodos Quantitativos

Métodos Quantitativos Departamento Matemática Métodos Quantitativos Ano 1º Semestre 1º Curso Marketing Grupo Teóricas 1,5 Carga horária semanal Teórico Práticas 3 Prática s/ Lab. 1,5 Seminários Estágios Docente Responsável

Leia mais

Universidade Federal do Paraná - UFPR Centro Politécnico. Departamento de Matemática Plano de curso

Universidade Federal do Paraná - UFPR Centro Politécnico. Departamento de Matemática Plano de curso Universidade Federal do Paraná - UFPR Centro Politécnico Departamento de Matemática Plano de curso Disciplina: Cálculo I Código: CM041 Turma: Honours Semestre letivo: 2017/1 Professor: Roberto Ribeiro

Leia mais

Regime: Semestre: GRANDEZAS FÍSICAS, UNIDADES E DIMENSÕES Conceito de Grandeza: Grandezas fundamentais e derivadas

Regime: Semestre: GRANDEZAS FÍSICAS, UNIDADES E DIMENSÕES Conceito de Grandeza: Grandezas fundamentais e derivadas FUNDAMENTOS DE FÍSICA [10400] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS O objectivo da disciplina de Física é o de adquirir conhecimentos técnicos baseados nos princípios físicos fundamentais à análise de problemas

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 CAPÍTULO 2 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 NÚMEROS COMPLEXOS 1 Somas e produtos 1 Propriedades algébricas básicas 3 Mais propriedades algébricas 5 Vetores e módulo 8 Desigualdade triangular 11 Complexos conjugados 14 Forma exponencial

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CONSELHO DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: CÁLCULO I CÓDIGO: 2DB003 VALIDADE: Início: 01/2013 Término: Eixo: Matemática Carga Horária: Total: 75 horas/ 90 horas-aula Semanal: 6 aulas Créditos: 6 Modalidade: Teórica Integralização: Classificação

Leia mais

Plano de Ensino Funções de Uma Variável BCN 0402

Plano de Ensino Funções de Uma Variável BCN 0402 Plano de Ensino Funções de Uma Variável BCN 0402 Docente: Prof. Vinicius Cifú Lopes 3 o quad. 2016 Campus SBC, noturno. Turma A: segundas 21 23h e quartas 19 21h, sala A2-S102. Turma B: segundas 19 21h

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Bacharelado em Ciência da Computação Física. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Bacharelado em Ciência da Computação Física. Ênfase Curso 2103 - Bacharelado em Ciência da Computação 1605 - Física Ênfase Identificação Disciplina 0004600A - Cálculo I Docente(s) Adriana Cristina Cherri Nicola Unidade Faculdade de Ciências Departamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO. 062 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Créditos/horas-aula Semestre Nome 01062 Fundamentos de Matemática

Leia mais

CURSO: Licenciatura em Matemática TURMA: LM 2011/01_1ºSEM PROFESSOR: NÍCOLAS MORO MÜLLER PLANO DE ENSINO

CURSO: Licenciatura em Matemática TURMA: LM 2011/01_1ºSEM PROFESSOR: NÍCOLAS MORO MÜLLER PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Matemática TURMA: LM 2011/01_1ºSEM PROFESSOR: NÍCOLAS MORO MÜLLER PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: 030152 Matemática Fundamental I DURAÇÃO: Semestral CARGA HORÁRIA TOTAL: 90 horas CARGA

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária ESCOLA DE ENGENHARIA Curso ENGENHARIA MECÂNICA Disciplina CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II Código da Disciplina 10012109 Professor(es) Ana Maria Porto Castanheira, Affonso Sergio

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 019 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 01019 Matemática para Agronomia Créditos/horas-aula Súmula

Leia mais

Ano Lectivo 2010/2011. Perfis Médios por Curso Escola Superior de Tecnologia de Abrantes

Ano Lectivo 2010/2011. Perfis Médios por Curso Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Ano Lectivo 2010/2011 Perfis Médios por Curso Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Julho de 2011 Índice Licenciatura em Comunicação Social... 2 Licenciatura em Engenharia Mecânica... 3 Licenciatura

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA INGRESSO DE MAIORES DE 23 ANOS NO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO. Ano lectivo 2017/2018

PROGRAMAS DAS PROVAS DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA INGRESSO DE MAIORES DE 23 ANOS NO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO. Ano lectivo 2017/2018 S DAS PROVAS DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE PARA INGRESSO DE MAIORES DE 23 ANOS NO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Ano lectivo A avaliação da capacidade para ingresso no Instituto Superior Técnico, no ano lectivo

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO

ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LECTIVO: 008/009 DISCIPLINA: Matemática ANO: 1º Aulas previstas 1º período: 7 (5 ) º período: 7 (5 ) 3º período:

Leia mais

PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍSICA

PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍSICA PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRO-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍSICA ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES PLANO DE CURSO Disciplina:Calculo Diferencial e Integral

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 201718 Unidade Curricular MATEMÁTICA APLICADA Cursos ENERGIAS RENOVÁVEIS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, DOMÓTICA E AUTOMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES E REDES Unidade

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ANÁLISE MATEMÁTICA Cursos ENGENHARIA CIVIL (1.º ciclo) Unidade Orgânica Instituto Superior de Engenharia Código da Unidade

Leia mais

Planos de Comunicação. Ano 4º ano Carga horária semanal Natureza Semestral Teórica Teórico-Prática Prática 1 2 -

Planos de Comunicação. Ano 4º ano Carga horária semanal Natureza Semestral Teórica Teórico-Prática Prática 1 2 - Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Tecnologia de Abrantes Curso Comunicação Empresarial Ano Lectivo 2006/2007 Ficha da Disciplina Unidade Curricular Créditos ECTS - Planos de Comunicação

Leia mais

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática SIFT/DCeT Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares da Licenciatura em Informática Versão 2016-07-14 Introdução Este documento pretende servir de guia de aconselhamento aos estudantes para a inscrição

Leia mais

12 Qua 16 mar Coordenadas retangulares, representação Funções vetoriais paramétrica

12 Qua 16 mar Coordenadas retangulares, representação Funções vetoriais paramétrica Aula Data Aula Detalhes 1 Qua 3 fev Introdução Apresentação e avisos 2 Sex 5 fev Revisão Resumo dos pré-requisitos Qua 10 fev Feriado Carnaval 3 Sex 12 fev Soma de Riemann Área, soma superior e inferior

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Introdução à Economia Matemática 0760.002

Leia mais

PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO. Ano Letivo

PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO. Ano Letivo DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA/ 5º ANO Ano Letivo 207-208 TEMAS/ CONTEÚDOS Aulas Previstas (* ) º PERÍODO APRESENTAÇÃO/TESTE DIAGNÓSTICO/REVISÕES

Leia mais

Matéria. Tecnologia T13

Matéria. Tecnologia T13 Departamento Curso Formação Básica Tecnologia Disciplina Código Matemática I T13 Docentes Maria Aparecida de Oliveira (Prof. Responsável) Matéria Carga Horária (horas-aula) Qualificação Especialista Matemática

Leia mais

1 de 6 04/07/ :36

1 de 6 04/07/ :36 1 de 6 04/07/2016 13:36 Instituto de Matemática e Estatística Departamento de Matemática Pura e Aplicada Dados de identificação Disciplina: CÁLCULO E GEOMETRIA ANALÍTICA II - A Período Letivo: 2016/2 Período

Leia mais

Ao deslocar o ponto M obtém tangentes em torno do símbolo infinito Imagem construída através do GeoGebra

Ao deslocar o ponto M obtém tangentes em torno do símbolo infinito Imagem construída através do GeoGebra 1 de 6 Matemática Elementar Nome de utilizador:.: Aluno (Retomar o meu cargo habitual) LVM ME_Maiores23 Retomar o meu cargo habitual Ficha da disciplina Menu da Disciplina Calendário Pauta Mensagens Fóruns

Leia mais

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série

DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série DISCIPLINA DE MATEMÁTICA OBJETIVOS: 1ª Série Compreender os conceitos, procedimentos e estratégias matemáticas que permitam a ele desenvolver estudos posteriores e adquirir uma formação científica geral.

Leia mais

CAPÍTULO 1 Sistemas de Coordenadas Lineares. Valor Absoluto. Desigualdades 1. CAPÍTULO 2 Sistemas de Coordenadas Retangulares 9. CAPÍTULO 3 Retas 18

CAPÍTULO 1 Sistemas de Coordenadas Lineares. Valor Absoluto. Desigualdades 1. CAPÍTULO 2 Sistemas de Coordenadas Retangulares 9. CAPÍTULO 3 Retas 18 Sumário CAPÍTULO 1 Sistemas de Coordenadas Lineares. Valor Absoluto. Desigualdades 1 Sistema de Coordenadas Lineares 1 Intervalos Finitos 3 Intervalos Infinitos 3 Desigualdades 3 CAPÍTULO 2 Sistemas de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO. Ano Letivo/Semestre 2015/1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO. Ano Letivo/Semestre 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO Ano Letivo/Semestre 2015/1 1 Identificação 1.1. Unidade: Instituto de Física e

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE SETÚBAL CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA Decreto-Lei nº 88/2006 de 23 de Maio Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação Área

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Engenharia de Produção. Ênfase. Disciplina DP1 - Cálculo Diferencial e Integral I

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Engenharia de Produção. Ênfase. Disciplina DP1 - Cálculo Diferencial e Integral I Curso 4402 - Engenharia de Produção Ênfase Identificação Disciplina 0002000DP1 - Cálculo Diferencial e Integral I Docente(s) Valter Locci Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento de Matemática

Leia mais

Ver todas as Respostas. Ver por Resposta. Sumário Apagar TODAS as respostas Exportar em formato Texto

Ver todas as Respostas. Ver por Resposta. Sumário Apagar TODAS as respostas Exportar em formato Texto Página Web 1 de 6 Matemática Elementar Nome de utilizador: Arménio Correia. (Sair) LVM ME_Maiores23 Questionários Inquérito_Diagnóstico Relatório Ver todas as Respostas View Todas as respostas- ver 17

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Equações Diferenciais CÓDIGO MAF-2010-C01 PROFESSOR CRISTIAN PATRICIO NOVOA BUSTOS CURSO Engenharia PERÍODO CRÉDITO

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina MAT147 Cálculo II

Programa Analítico de Disciplina MAT147 Cálculo II Programa Analítico de Disciplina Departamento de Matemática - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Aprovação processo: 00/4802 Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

Sinais e Sistemas CS Body Revolute Angle -26. Revolute MIEIC 2008/2009

Sinais e Sistemas CS Body Revolute Angle -26. Revolute MIEIC 2008/2009 Sinais e Sistemas -14 Power Spectral Density Hamming Env B F CS1 CS B F CS1-16 kaiser Chebyshev Ground Revolute Body Revolute1 Body1-18 -0 Revolute1 Sine Wave Joint Actuator Double Pendulum Two coupled

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

dia 10/08/2010

dia 10/08/2010 Número complexo Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. http://pt.wikipedia.org/wiki/n%c3%bamero_complexo dia 10/08/2010 Em matemática, os números complexos são os elementos do conjunto, uma extensão

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ANÁLISE MATEMÁTICA I Cursos ENGENHARIA INFORMÁTICA (1.º ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Código

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS CATALÃO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PROGRAMA DE DISCIPLINA Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, n o 1120 Setor Universitário Bloco J C.P. 536 CEP:

Leia mais

SUMÁRIO. Unidade 1 Matemática Básica

SUMÁRIO. Unidade 1 Matemática Básica SUMÁRIO Unidade 1 Matemática Básica Capítulo 1 Aritmética Introdução... 12 Expressões numéricas... 12 Frações... 15 Múltiplos e divisores... 18 Potências... 21 Raízes... 22 Capítulo 2 Álgebra Introdução...

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática A 12º ano 2016/2017

DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática A 12º ano 2016/2017 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS - Grupo 500 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Matemática A 12º ano 2016/2017 Início Fim

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO FICHA N.º 1

DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO FICHA N.º 1 DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA PLANO DE ENSINO FICHA N.º 1 Departamento de Estatística Setor de Ciências Exatas Disciplina: Elementos Básicos para Estatística Código: CE065 Natureza: Semestral Carga Horária:

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS Ano letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL MATEMÁTICA A 12.º ANO CURSO C. H. DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS CURSO C. H. DE CIÊNCIAS SOCIOECONÓMICAS Arminda Machado José Temporão

Leia mais

Aula 2: Funções. Margarete Oliveira Domingues PGMET/INPE. Aula 2 p.1/57

Aula 2: Funções. Margarete Oliveira Domingues PGMET/INPE. Aula 2 p.1/57 Aula 2 p.1/57 Aula 2: Funções. Margarete Oliveira Domingues PGMET/INPE Definição e representação Aula 2 p.2/57 Aula 2 p.3/57 Função Definição: Uma função de um conjunto em um conjunto, é uma correspondência

Leia mais

Planificação Anual Matemática 11º Ano

Planificação Anual Matemática 11º Ano ESCOLA SECUNDÁRIA/3 RAINHA SANTA ISABEL 402643 ESTREMOZ Planificação Anual Matemática 11º Ano Ano letivo 2016/2017 PERÍODO Nº de AULAS PREVISTAS (45 min) 1º 78 2º 72 3º 36 Total: 186 1º Período Total de

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANO DE ENSINO. Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Curso(s) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Materiais; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Investigação Operacional

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Investigação Operacional INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 5/11/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/2/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina B - Funções Elementares

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina B - Funções Elementares Curso 1504 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0005001B - Funções Elementares Docente(s) Adriana Cristina Cherri Nicola Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento

Leia mais

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 3 ano do Ensino Médio Data 15/setembro 17/setembro 18/setembro 22/setembro Conteúdo NÚMEROS COMPLEXOS

Leia mais

Matéria das Aulas e Exercícios Recomendados Cálculo II- MAA

Matéria das Aulas e Exercícios Recomendados Cálculo II- MAA Matéria das Aulas e Exercícios Recomendados Cálculo II- MAA Número da Aula Data da Aula 1 02/09 Sequências Numéricas, definição, exemplos, representação geométrica, convergência e divergência, propriedades,

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina A - Funções Elementares

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura em Matemática. Ênfase. Disciplina A - Funções Elementares Curso 1504 - Licenciatura em Matemática Ênfase Identificação Disciplina 0007200A - Funções Elementares Docente(s) Ivete Maria Baraldi Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento de Matemática

Leia mais

Sumário VII. Introdução à Computação Álgebrica com Maple - Lenimar Andrade

Sumário VII. Introdução à Computação Álgebrica com Maple - Lenimar Andrade Sumário Prefácio XIII 1 Introdução ao Maple 1 1.1 Introdução.............................. 1 1.2 O menu principal.......................... 4 1.3 A barra de ferramentas....................... 5 1.4 Usando

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

Disciplina: Cálculo Numérico IPRJ/UERJ. Sílvia Mara da Costa Campos Victer. Integração numérica: Fórmulas de Newton-Cotes.

Disciplina: Cálculo Numérico IPRJ/UERJ. Sílvia Mara da Costa Campos Victer. Integração numérica: Fórmulas de Newton-Cotes. Disciplina: Cálculo Numérico IPRJ/UERJ Sílvia Mara da Costa Campos Victer Aula 5- Integração numérica: Fórmulas de Newton-Cotes. Objetivo: Apresentar o método de integração numérica baseado nas fórmulas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO CADAVAL DEPARTAMENTO: PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: DISCIPLINA: Matemática A (12.º ano) Matemática e Ciências Experimentais 2015/2016 UNIDADE Tema 1 - Probabilidades e Combinatória

Leia mais

ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS

ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS 5 MATEMÁTICA PRIMITIVAS E INTEGRAIS COM APLICAÇÕES ÀS CIÊNCIAS EMPRESARIAIS CARLA MARTINHO ANA JORGE MANUEL MARTINS PATRÍCIA ENGRÁCIA JOSÉ ESTRELA Coleção Matemática EDIÇÕES SÍLABO COLEÇÃO MATEMÁTICA 5

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócio Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Secretariado FORMA/GRAU:( )integrado ( x )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. EMENTA (Síntese do Conteúdo)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. EMENTA (Síntese do Conteúdo) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Código: EASD007 Pág/Pág: 01/06 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MODALIDADE A DISTÂNCIA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º IF663- COMPUTACAO L OBRIG 0 60 60 2.0 SF451- FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO OBRIG 60 0 60 4.0 INTRODUÇÃO À ANÁLISE E DISCUSSÃO DO FENÔMENO EDUCATUVO, CONSIDERANDO AS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO E SOCIEDADE

Leia mais

ANÁLISE MATEMÁTICA II

ANÁLISE MATEMÁTICA II ANÁLISE MATEMÁTICA II Acetatos de Ana Matos Séries de Potências DMAT Séries de Potências As séries de potências são uma generalização da noção de polinómio. Definição: Sendo x uma variável e a, chama-se

Leia mais

E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO. Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade. Curso de Nível III Técnico Comercial

E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO. Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade. Curso de Nível III Técnico Comercial E. S. JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROISMO Curso de Nível III Técnico Comercial - Técnico de Electricidade PROFIJ Conteúdo Programáticos / Matemática e a Realidade 1º Ano Ano Lectivo de 2008/2009

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENGENHARIA E GEOCIENCIAS-IEG PROGRAMA DE COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENGENHARIA E GEOCIENCIAS-IEG PROGRAMA DE COMPUTAÇÃO 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO INSTITUTO DE ENGENHARIA E GEOCIENCIAS-IEG PROGRAMA DE COMPUTAÇÃO NOTAS DE AULA DA DISCIPLINA DE CÁLCULO 1 MATERIAL EM CONSTRUÇÃO

Leia mais

Matemática e suas tecnologias

Matemática e suas tecnologias Matemática e suas tecnologias Fascículo 1 Módulo 1 Teoria dos conjuntos e conjuntos numéricos Noção de conjuntos Conjuntos numéricos Módulo 2 Funções Definindo função Lei e domínio Gráficos de funções

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DOCENTE EDITAL N 09/2012 PROGRAD

SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DOCENTE EDITAL N 09/2012 PROGRAD SELEÇÃO PÚBLICA DE PESSOAL DOCENTE EDITAL N 09/2012 PROGRAD A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PUC Goiás faz saber a todos os interessados as seguintes alterações no Edital N. 9/2012 Prograd,

Leia mais

Matemática I MAT I Plano de Ensino Revisão de Aritmética. Prof.: Joni Fusinato 1

Matemática I MAT I Plano de Ensino Revisão de Aritmética. Prof.: Joni Fusinato  1 Matemática I MAT I Plano de Ensino Revisão de Aritmética Prof.: Joni Fusinato joni.fusinato@ifsc.edu.br jfusinato@gmail.com 1 Plano de Ensino Competências: Análise e equacionamento dos fenômenos naturais

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular CIRCUITOS ELÉCTRICOS E ELECTRÓNICOS Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO Código da Disciplina: EPD101 Curso: Engenharia de Produção Semestre de oferta da disciplina: 1º Faculdade responsável: Engenharia de Produção Programa

Leia mais