Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre"

Transcrição

1 Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre 1. Assinale a concordância inadequada. Concordância do verbo Ser a) Aqui faz verões terríveis. b) Era três horas quando Pedro saiu. c) A maior parte de suas companheiras eram felizes. d) Antigamente devia haver ali belas matas. e) Ficou na gaveta o dinheiro e as joias. 2. (Franciscanas - adaptada) A relação de verbos que completam, conveniente e respectivamente, as lacunas dos períodos abaixo é: 1 Hoje de janeiro. 2 Trinta quilômetros muito. 3 Já uma e vinte. a ( ) são são eram b ( ) é são era c ( ) é é era d ( ) são é era e ( ) são é eram 3. Complete as lacunas de acordo com as opções indicadas: a Nossa paixão nossos filhos. (são é) b Minha irmã várias coisas: amiga, companheira, sincera. (é são) c Nesse momento uma hora. (é são) d Já seis horas da tarde. (é são) e Daqui até a cidade quinze quilômetros. (é são) f Daqui até o vilarejo um quilômetro. (é são) a são b é c é d são e são f é 4. (Alerj) Quanto ao emprego do verbo ser, a concordância está correta em: a Já é três horas. b Dez mil reais é bastante. c Hoje é vinte e um do mês. d Dez pontos são mais que o necessário. e Dois metros são menos do que preciso. 5. Faça a Concordância Correta Rasurando o Verbo Incorreto:

2 01. Tua vida [é / são] essas ilusões. 02. Essas vaidades [é / são] o seu segredo. 03. Você [são / é] suas decisões. 04. Seu orgulho [eram / era] os velinhos. 05. [É / São] uma hora. 06. [É / São] dia treze de maio. 12. Nessa classe o chefe [é / sou] eu. 13. Cem mil cruzeiros [é / são] muito. 14. Tudo [são / é] casos de nossa infância. 15. Aquilo [era / eram] caprichos que não durariam muito. 16. O que se quer [é / são] homens. 17. Seis anos [são / é] muito. 18. Daqui à cidade [são / é] seis quilômetros puxados. 19. Dois dias [são / é] pouco tempo para aprender tudo isso. 20. Quantos [são / é] hoje, três ou quatro de março? 21. Hoje [é / são] dia vinte de setembro? 22. Dois metros de fazenda [foi / foram] suficiente para o terno. 23. Manoel [é / são] os mimos da família. 24. [É / São] meia noite e meia. 25. Tudo [seriam / seria] lembranças passageiras. 26. A tristeza [é / são] os dias perdidos da juventude. 27. Sua salvação [foi / foram] aquelas ervas. 28. Para ele dez milhões [é / são] menos que dez cruzeiros. 29. Aquilo [era / eram] asperezas que o tempo. 30. Nas minhas terras o rei [é / sou] eu. 31. Que fez isso [foi / fomos] nós. 32. O problema aqui [são / é] os mosquitos. 33. [Era / Eram] nove horas quando ela chegou. 34. Cinco dias [é / são] pouco para irmos a pé até Manaus. 35. Susana veja se já [são / é] seis horas. 07. Seis quilos de carne [é / são] mais do que suficiente. 08. [Era / Eram] sete de maio da era de Hoje [é / são] vinte e um do mês, não [é / são]? 10. Emília [é / são] os encantos de sua avó. 11. Isto [é / são] questões muito confidenciais. 36. Nossa, já [é / são] meia.noite. 37. Minha cama [era / eram] folhas de bananeira. 38. Nem tudo [é / são] rosas. 39. Cem mil reais ainda [é / são] pouco. 40. [É / São] três horas e meia. 41. Daqui ao colégio [será / serão] cem metros. 42. [Deverá / Deverão] ser cem metros daqui ao colégio. 43. Joãozinho [era / eram] suas únicas preocupações. 44. Dois quilos de farinha [é / são] muito para esse bolo. 45. Doze meses [é / são] muito para esperar tua volta! 46. Minha vida [é / são] os livros. 47. Aquilo [era / eram] manobras políticas. 48. Duas semanas de hospital [é / são] muito. 49. Hoje [é / são] dia seis de março. 50. Hildebrando [é / são] só problemas. 51. Dez horas de viagem aérea não [é / são] muito. 52. Cinco anos [é / são] muito para esperar alguém. 53. Daqui a fazenda [é / são] oito quilômetros. 54. Cinco litros [é / são] pouco. 55. Naquele momento ainda [era /eram] cinco e meia. 56. Meu problema [é / são] eles dois. 57. A sua meta [era / eram] os grandes centros. 58. Daqui até o muro [é / são] cinco metros. 59. Aquilo [era / eram] restos do jantar. 60. Apressem-se pois já [e / são] seis horas. Gabarito 01. Tua vida são essas ilusões. 02. Essas vaidades são o seu segredo. 03. Você é suas decisões. 04. Seu orgulho eram os velinhos. 05. É uma hora. 06. É dia treze de maio. 07. Seis quilos de carne é mais do que suficiente. 08. Eram sete de maio da era de Hoje são vinte e um do mês, não são?

3 10. Emília é os encantos de sua avó. 11. Isto são questões muito confidenciais. 12. Nessa classe o chefe sou eu. 13. Cem mil cruzeiros é muito. 14. Tudo são casos de nossa infância. 15. Aquilo eram problemas insolúveis. 16. O que se quer são homens. 17. Três dias de plantão é muito para mim. 18. Daqui à cidade são seis quilômetros. 19. Dois dias é pouco tempo para aprender tudo. 20. Quantos são hoje, três ou quatro de março? 21. Hoje é dia vinte de setembro? 22. Dois metros de tecido foi suficiente para o terno. 23. Manoel é os mimos da família. 24. É meia noite e meia. 25. Tudo seriam lembranças passageiras. 26. A tristeza são os dias perdidos da juventude. 27. Sua salvação foram aquelas ervas. 28. Para ele dez milhões é menos que dez cruzeiros. 29. Aquilo eram asperezas que o tempo. 30. Nas minhas terras o rei sou eu. 31. Quem fez isso fomos nós. 32. O problema aqui são os mosquitos. 33. Eram nove horas quando ela chegou. 34. Cinco dias é pouco para irmos a pé até Manaus. 35. Susana veja se já são seis horas. 36. Nossa, já é meia noite. 37. Minha cama eram folhas de bananeira. 38. Nem tudo são rosas. 39. Cem mil reais ainda é pouco. 40. São três horas e meia. 41. Daqui ao colégio serão cem metros. 42. Deverão ser cem metros daqui ao colégio. 43. Joãozinho era suas únicas preocupações. 44. Dois quilos de farinha é muito para esse bolo. 45. Doze meses é muito para esperar tua volta! 46. Minha vida são os livros. 47. Aquilo eram manobras políticas. 48. Duas semanas de hospital é muito. 49. Hoje é dia seis de março. 50. Hildebrando é só problemas. 51. Dez horas de viagem não é muito.

4 52. Cinco anos é muito para esperar alguém. 53. Daqui a fazenda são oito quilômetros. 54. Cinco litros é pouco. 55. Naquele momento ainda eram cinco e meia. 56. Meu problema são eles dois. 57. A sua meta eram os grandes centros. 58. Daqui até o muro são cinco metros. 59. Aquilo eram restos do jantar. 60. Apressem-se, pois são seis horas. CONCORDÂNCIA DO VERBO SER O verbo de ligação [ser] apresenta uma concordância particularíssima, já que, em vez de concordar normalmente com o sujeito, oscila entre o sujeito e o predicativo do sujeito. Veja: Tua vida são => essas ilusões (predicativo do sujeito). A menina (Sujeito) <= é os encantos dos mestres. CASOS ESPECIAIS DE CONCORDÂNCIA DO VERBO SER 1º. Quando o sujeito for um dos pronomes tudo, o (seguido de "que"), isto, isso ou aquilo, o verbo [ser] concordará com o predicativo do sujeito, se este estiver "no plural": O que eu queria eram provas. Aquilo eram => fantasias da infância. Nem tudo eram => flores. / Isso são => ilusões, Marina! O que fica na memória são as lembranças. Mas Atenção: O verbo [ser] fica no singular quando o predicativo é formado de dois núcleos singular: Tudo o mais é => saudade e tristeza. 2º. Quando o sujeito é "nome de coisa ou objeto (no singular)" e o predicativo do sujeito um "substantivo no plural", o verbo [ser] concorda, de preferência, com o predicativo: A vida (coisa) não são => rosas. A cama (coisa) são => umas palhas. O seu segredo são essas vaidades. Mas Atenção: O sujeito ou predicativo sendo nome próprio, nome de pessoa ou pessoa, a concordância se faz com [a pessoa]: O homem <= é cinzas. / Paulo <= era só problemas. Seu orgulho eram => os velhinhos. A menina <= é os encantos dos mestres. 3º. Na indicação de "horas, datas e distâncias" o verbo [ser] é impessoal (sem sujeito) e concordará com a expressão numérica (predicativo). Se ela for igual ou maior do que dois, usamos o "plural": Da estação à fazenda são três léguas a cavalo. Hoje são vinte e um do mês, não é? Seriam seis e meia da tarde? É uma hora e meia (hora).

5 Hoje são 31 de março. Aqui está a conta: são dois mil reais. Mas Atenção: se aparecer à palavra dia antes da expressão numérica, o verbo com ela concorda. Assim diremos: Hoje é dia 31 de outubro, neste caso, o predicativo é a palavra dia. No caso de locução verbal, é o "verbo auxiliar" do verbo [ser] que concorda com o predicativo: Devem ser dez horas. Estando a expressão que designa hora precedida da locução [perto de], hesitam os escritores entre o plural e o singular: Eram perto de oito horas. / Era perto de duas horas. Em caso de dúvida, num concurso ou vestibular, faça a concordância no plural. 4º. Quando acompanhado de muito, pouco, bastante, suficiente etc., usa-se apenas [é], independentemente do número em que estiver o sujeito: Dois dias é pouco tempo para aprender tudo isso. Três mil reais é bastante por esta casa. Vinte quilos é muito para uma criança carregar. Dois metros de tecido é suficiente para fazer o seu terno. Há quem ache estranho essa concordância e que deveria ser: Três mil reais [são] bastante... A concordância no singular, embora estranha, acontece normalmente com as expressões que denotam "excesso, suficiência ou insuficiência". É mais um caso de concordância ideológica, o sujeito, embora no plural, guarda a ideia coletiva e o verbo no singular sintoniza com essa ideia. 5º. Quando um dos dois "sujeito ou predicativo" for "pronome pessoal", a concordância é feita com este pronome: Vocês são atrevidos. O Brasil, senhores, sois vós. (Rui Barbosa) Tudo eu era olhos e coração. (M. de Assis) Os interessados somos nós. 6º. Quando o predicativo é o pronome demonstrativo [o] ou a palavra "coisa", o verbo ser concordará com o "predicativo": Divertimento [é coisa] que não lhe falta. Os bastidores [é o] que me toca. Mentiras, [era o] que me pediam.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

Concordância e Regência Verbais

Concordância e Regência Verbais Concordância e Regência Verbais Enem 15 semanas 1. Para que se respeite a concordância verbal, será preciso corrigir a frase: a) Têm havido dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano. b) Têm

Leia mais

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES 1. Verbo com sujeito simples O verbo concorda em número e pessoa, não interessando a posição. Ex.: Ele chegou tarde. 2. Sujeito composto antes do verbo a) o verbo vai para o

Leia mais

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural.

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural. O Verbo "Ser" A concordância verbal se dá sempre entre o verbo e o sujeito da oração. No caso do verbo ser, essa concordância pode ocorrer também entre o verbo e o predicativo do sujeito. O verbo ser concordará

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Concordar significa que o termo subordinado (o verbo) ajusta suas

CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Concordar significa que o termo subordinado (o verbo) ajusta suas CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Concordar significa que o termo subordinado (o verbo) ajusta suas flexões de número e pessoa ao número e pessoa do termo

Leia mais

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO)

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Instituto de Educação Infantil e Juvenil 9º ANO Inverno, 2017. Londrina, de. Nome: PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Leia a frase abaixo e reescreva-a utilizando as normas gramaticais. O

Leia mais

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1).

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1). Curso/Disciplina: Português para Concursos (Concordância Verbal) Aula: Português para Concursos (Concordância Verbal) - 01 Professor : André Moraes Monitor : Virgilio Frederich Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL

Leia mais

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L Prof. Jorge Viana Observe: (A) As crianças prendem a sacola no espaldar da cama. suj. na 3ª pes. pl. verbo na 3ª pes. pl. (B) Crianças órfãs são minoria nos orfanatos.

Leia mais

1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves

1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves 1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves Quando bate uma saudade Vem quando bate uma saudade Triste, carregado de emoção Ou aflito quando um beijo já não arde

Leia mais

Mapa Mental de Português Concordância Nominal

Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapas mentais de Portugês sobre concordância nominal. Mapa Mental de Português Concordância Verbal Diversos mapas mentais de Português sobre concordância verbal.

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 11 Sintaxe IV CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo coletivo,

Leia mais

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro Concordância Verbal Regra Geral : O verbo concorda com o sujeito em pessoa e número. Exemplos: Realizou-se, em janeiro, visita à sede da empresa. Na ocasião, abordaram-se os aspectos financeiros, contábeis

Leia mais

AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA

AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA AULAS 25 E 26 CONCORDÂNCIA Chama-se concordância ao princípio linguístico segundo o qual o vocábulo determinante se adapta a certas categorias gramaticais do vocábulo determinado. TENDEU??? SIMPLES, NÉ?

Leia mais

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito.

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. Concordância Verbal Concordância Verbal É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. O verbo sempre concorda com o sujeito simples em número e pessoa. O aluno veio

Leia mais

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Exemplos: Eu saí da sala. Tu saíste da sala. Os alunos saíram da sala. Regras: 1) Quando o sujeito é composto,

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com seu sujeito, em número e pessoa. Regras 1) Sujeito COLETIVO = verbo no singular. Ex.: A multidão invadiu o estádio. 2) Sujeito

Leia mais

Professora Kalyne Varela

Professora Kalyne Varela Professora Kalyne Varela 1. Fui eu que fiz o casamento. 4. Fui eu que fez o casamento. 8. Foste tu que fizeste o casamento. 16. Foste tu quem fez o casamento. 32. Fostes vós que fez o casamento. 64. Fostes

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 20 Concordância verbal II

Bárbara da Silva. Português. Aula 20 Concordância verbal II Bárbara da Silva Português Aula 20 Concordância verbal II 7) Com a expressão "um dos que", embora alguns gramáticos considerem a concordância facultativa, a preferência é pelo uso verbo no plural, para

Leia mais

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA.

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. 11) Haja vista. Ex.: Haja vista os resultados. (invariável) Obs.: Admitem-se também duas outras construções.

Leia mais

2- O Sujeito composto leva o verbo para.

2- O Sujeito composto leva o verbo para. 1- O verbo concorda com o sujeito em NÚMERO e. PESSOA 2- O Sujeito composto leva o verbo para. PLURAL 3- O verbo pode ficar no singular: A antes do sujeito composto: ( Passará o céu e a terra.) obs: se

Leia mais

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa.

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. Eu Palavra Cantada Estudo do Professor Jailton Gêiser Fountain Sujeito - É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. - É o termo da oração sobre o qual incide a informação prestada pelo. Como

Leia mais

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele).

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele). Concordância verbal Ao falarmos sobre a concordância verbal, estamos nos referindo à relação de dependência estabelecida entre um termo e outro mediante um contexto oracional. Desta feita, os agentes principais

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves EMPREGO DE ALGUMAS CLASSES GRAMATICAIS EMPREGO DO ARTIGO I emprega-se o artigo definido em: a) nomes próprios geográficos. A Argentina O Rio de Janeiro as Canárias Observação: Alguns nomes próprios geográficos

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Concordância verbal Introdução Este tutorial é uma proposta de ensino que tem por objetivo ajudar pessoas de diferentes níveis de aprendizagem a resolver dificuldades que encontram no estudo da concordância

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

Concordância. 1

Concordância.  1 Sumário Concordância Visão Geral... 4 Concordância verbal - Visão Geral... 5 Verbo fazer haver e ser visão geral... 6 Visc - HFs - Haver e fazer indicando tempo... 7 Visc - Hfs - Verbo haver - existência

Leia mais

USO DA CRASE. Bruna Camargo

USO DA CRASE. Bruna Camargo USO DA CRASE Bruna Camargo Conceito Fusão entre duas vogais idênticas. A + A = À Justificativa Sua correta utilização é, sobretudo, sinal de competência linguística em regência nominal e verbal, em se

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL GRAMÁTICA

CONCORDÂNCIA VERBAL GRAMÁTICA CONCORDÂNCIA VERBAL GRAMÁTICA CONCORDÂNCIA VERBAL Como regra geral, o verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. O candidato estuda para o ENEM. Os candidatos estudam para o ENEM. Se o

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE SINTAXE Concordância Verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Ex.: Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser./ Eles gostavam

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Adjetivos, artigos, pronomes, numerais concordam com o substantivo em gênero e número.

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Adjetivos, artigos, pronomes, numerais concordam com o substantivo em gênero e número. CONCORDÂNCIA NOMINAL Adjetivos, artigos, pronomes, numerais concordam com o substantivo em gênero e número. 1- substantivo + substantivo + adjetivo HOMEM E MULHER GORDOS PÃO E CARNE BOVINA Adjetivo posposto

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE ATIVIDADES DE FIXAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VII PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Leia o texto com atenção. De carro ou de trem? Camila e Jorge iam de São Paulo ao Rio de Janeiro, no fim de semana, visitar

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE

CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1) REGRA GERAL Subdivisão de nossos estudos 2) CONCORDÂNCIA DO ADJETIVO COM VÁRIOS SUSTANTIVOS 3) Casos específicos No segundo jogo

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II Bárbara da Silva Português Aula 54 Predicado II Predicado Nominal Apresenta as seguintes características: a) Possui um nome (substantivo ou adjetivo) como núcleo; b) É formado por um verbo de ligação mais

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 19 Concordância verbal I

Bárbara da Silva. Português. Aula 19 Concordância verbal I Bárbara da Silva Português Aula 19 Concordância verbal I Concordância verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. a) Sujeito Simples Regra Geral O sujeito sendo simples, com

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

Crase. Manoel Francisco Guaranha

Crase. Manoel Francisco Guaranha Crase Manoel Francisco Guaranha Crase: fusão da preposição mais: Refiro-me à mulher de azul Artigo feminino a Aquele(s) Refiro-me àquele(s) senhor(es). Refiro-me àquela(s) senhora(s) Aquela(s) Aquilo Refiro-me

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense- CDS

Colégio Diocesano Seridoense- CDS Colégio Diocesano Seridoense- CDS SUJEITO E PREDICADO C A L I A N A M E D E I R O S A morfologia estuda as classes gramaticais, isto é, o campo da seleção, enquanto a sintaxe estuda o campo da combinação

Leia mais

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase.

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase. Português Aula 8 Concordância Verbal e Nominal A Língua Portuguesa é muito bem estruturada, portanto, tem várias regras que regem o seu uso. Para quem fala, lê e escreve nesse idioma, é fundamental conhecer

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PRONOMES PRONOMES INDEFINIDOS Os pronomes indefinidos são palavras que se referem a 3ª pessoa gramatical de modo vago, sem precisão, indeterminado. Alguém telefonou para você. Algumas pessoas tumultuaram

Leia mais

CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos

CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos CRASE é a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo a. A crase

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

Concordância verbal e nominal

Concordância verbal e nominal Concordância verbal e nominal Eudenise de Albuquerque Limeira Concordância verbal A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira CONCORDÂNCIA NOMINAL Profª Giovana Uggioni Silveira Concordância do adjetivo 1) O adjetivo concorda em gênero e número quando se refere a um único substantivo. As mãos trêmulas denunciavam o que sentia.

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros. COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª Giovana Uggioni Silveira CONCORDÂNCIA NOMINAL Profª Giovana Uggioni Silveira Concordância do adjetivo 1) O adjetivo concorda em gênero e número quando se refere a um único substantivo. As mãos trêmulas denunciavam o que sentia.

Leia mais

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA NOMINAL

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA NOMINAL Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA NOMINAL Regra Geral o artigo, o numeral, o adjetivo e o pronome adjetivo concordam em gênero e número com o substantivo a que se referem. Ex.: Aqueles dois jornais (subst.)

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito Bárbara da Silva Português Aula 55 Classificação do sujeito Classificação do Sujeito O sujeito das orações da língua portuguesa pode ser determinado ou indeterminado. Existem ainda as orações sem sujeito.

Leia mais

AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Exemplos: Ele

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 07 CONCORDÂNCIA Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

Crase. Condições para ocorrência de crase

Crase. Condições para ocorrência de crase Profº FCO Holanda Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo

Leia mais

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado:

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: CONCORDÂNCIA 405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: a) os soldados se houveram como herói; b) os condenados houveram o perdão para seus erros; c) se

Leia mais

Concordância Nominal. Profª.: Fátima Liporage

Concordância Nominal. Profª.: Fátima Liporage Concordância Nominal 1 Profª.: Fátima Liporage Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem. Ex.:

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA TEXTO 1. De onde vem a narradora e protagonista do texto? (0,4) 2. Para a autora o que apagava as lembranças de sua infância? (0,4) 3. Retire do texto dois

Leia mais

Concordância Nominal

Concordância Nominal Concordância Nominal Concordância nominal nada mais é que o ajuste que fazemos aos demais termos da oração para que concordem em gênero e número com o substantivo. Teremos que alterar, portanto, o artigo,

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira

CONCORDÂNCIA VERBAL. Profª Giovana Uggioni Silveira CONCORDÂNCIA VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira SUJEITO SIMPLES REGRA GERAL: O VERBO CONCORDA EM PESSOA E NÚMERO COM O SUJEITO. Eu cheguei tarde. A grande empresa automobilística se instalou no Brasil.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

CASOS EM QUE OCORRE A CRASE

CASOS EM QUE OCORRE A CRASE CASOS EM QUE OCORRE A CRASE A crase ocorre, obrigatoriamente, em três casos: 1º) O termo regente deve exigir complemento regido da preposição a, e o termo regido deve admitir o artigo feminino a(s): Pedi

Leia mais

Números cardinais : 21 a 100

Números cardinais : 21 a 100 Números cardinais : 21 a 100 21 vinte e um - trinta 22 - vinte e dois 40 - quarenta 23 - vinte e três 50 - cinquenta 24 - vinte e quatro 60 - sessenta 25 vinte e cinco 70 - setenta 26 - vinte e seis 80

Leia mais

PROFESSORA: VERBENE LIMA

PROFESSORA: VERBENE LIMA PROFESSORA: VERBENE LIMA É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo e o pronome demonstrativo

Leia mais

Gramática Eletrônica. Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. indica tempo que já passou

Gramática Eletrônica. Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. indica tempo que já passou Lição 2 Dúvidas mais comuns Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. QUANDO USAR 1. A ou HÁ? 1. A Ela ou parou HÁ? de estudar há algum tempo. indica tempo que já passou Daqui

Leia mais

quarta-feira, 29 de agosto de

quarta-feira, 29 de agosto de quarta-feira, 29 de agosto de 2012 1 CRASE Conceito: crase é a fusão de a (preposição) + a (artigo). Ex.: Ele vai a + o teatro = Ele vai ao teatro. Ele vai a + a igreja = Ele vai à igreja. Regra prática:

Leia mais

O que é que tem sentido nesta vida? VINICIUS DE MORAES

O que é que tem sentido nesta vida? VINICIUS DE MORAES Troca do Livro Lições de Português e História 4º ano 4º A e B 4º C Semana de 22 a 26 de maio de 2017. quarta-feira segunda-feira Leia o texto a seguir para realizar as lições de Língua Portuguesa desta

Leia mais

Concordância Verbal. Casos especiais: Sujeito Simples

Concordância Verbal. Casos especiais: Sujeito Simples Concordância Verbal Em gramática o nome de concordância refere-se à circunstância de um adjetivo variar em gênero e número de acordo com o substantivo a que se refere (concordância nominal) e à de um verbo

Leia mais

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha Concordância verbal Manoel Francisco Guaranha Sujeito Composto Anteposto Com elementos coordenados, Casas, apartamentos e terrenos todos de 3ª pessoa são boas formas de investimento. Formado de palavras

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Sintaxe V CONCORDÂNCIA NOMINAL Consiste no estudo de relações entre adjetivo e substantivo, pronome e substantivo, artigo e substantivo, numeral e substantivo.

Leia mais

Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente:

Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente: Page 1 of 5 Concordância Nominal 1. Substantivo + Substantivo... + Adjetivo Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente: para o plural,

Leia mais

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA * AULA 07 PRONOME *SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI ALGUÉM BATEU À PORTA *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA ALGUMAS ALUNAS VIERAM À AULA

Leia mais

Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às

Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às Crase Crase é a fusão de duas vogais iguais: A + A. Para marcar sua ocorrência, usamos o acento grave (` ). Casos em que o acento aparece: a + as = às (preposição + artigo) a + aquela(s) = àquela(s) (preposição

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA SINTAXE 1 Profª. Raquel Freitas Sampaio É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE A CRASE INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA CRASE Dizem que a crase não foi inventada para humilhar ninguém. No entanto, sabemos muito bem que seu uso adequado dá um certo trabalho a todos que escrevemos. O primeiro

Leia mais

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade)

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade) CRASE O QUE É A CRASE? Crase é a união, a fusão de duas vogais iguais. A crase é representada pelo acento grave (`). Observe com atenção as construções abaixo: Ex.: Hoje você irá A + A cidade. (preposição

Leia mais

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo

rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo rase Profª.: Kalyne Varela Revorêdo Crase É a fusão (junção) da preposição a exigida pela regência do verbo ou do nome mais o artigo definido a, os pronomes demonstrativos aquele(s), aquela(s), aquilo

Leia mais

6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes

6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes 6. Os Numerais, os Determinantes e os Pronomes 6.1. Os Numerais Numerais são palavras que nos indicam a quantidade exacta de coisas, pessoas ou animais, assim como a ordem (posição) da sua colocação. Existem

Leia mais

Colégio Mauricio Salles de Mello

Colégio Mauricio Salles de Mello Colégio Mauricio Salles de Mello Brasília, de de 20 Professor(a): Aluno(a): Ano: Turma: PLANO SEMANAL 4º ANO Semana de 27/09 a 17/10/2016 A maior dádiva para o estudante é o saber adquirido; nenhum outro

Leia mais

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular]

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular] m) Silepse - É a concordância que se faz com a ideia, e não com a palavra expressa. É também chamada de concordância ideológica. Há três tipos de silepse: de gênero (a concordância se faz com a ideia feminina

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II Português 3º ano João J. Concordância Verbal II CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com o seu sujeito. Caso geral: o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Ex: Ela não acredita em Deus.

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / 2012 24/04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais

Leia mais

Concordância Nominal. Prof. Jorge Viana de Moraes

Concordância Nominal. Prof. Jorge Viana de Moraes Concordância Nominal Prof. Jorge Viana de Moraes Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem. Ex.:

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos EMPREGO DO SINAL INDICATIVO DE CRASE Aula 5 1 Ocorre Crase

Leia mais

FIGURAS DE LINGUAGEM

FIGURAS DE LINGUAGEM FIGURAS DE LINGUAGEM Elipse: É a omissão de um termo ou de uma oração inteira que já foi dita ou escrita antes, sendo que esta omissão fica subentendida pelo contexto. Exemplos: - Sobre a mesa, apenas

Leia mais

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra)

ARTIGO. PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO PROFESSORES: Karen(PUXA-SAKÚ) CARLOS(HOBBIT) MONITOR: leonardo(du-contra) ARTIGO Artigo é a palavra que precede o substantivo, servindo para classificá-lo quanto ao gênero e ao número. O artigo

Leia mais

PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins

PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins Artigo s Adjetivo s Substantivos Pronomes Numerai s Funções do Pronome: Onde você estaria se não fosse eu? Ninguém me valoriza nesta casa Substitui o substantivo

Leia mais

Pronomes: As pessoas do Discurso

Pronomes: As pessoas do Discurso Pronomes: As pessoas do Discurso Os pronomes são palavras que substituem ou acompanham outras palavras, principalmente os substantivos. Podem também remeter a palavras, orações e frases expressas anteriormente.

Leia mais

Colégio Mauricio Salles de Mello

Colégio Mauricio Salles de Mello Colégio Mauricio Salles de Mello Brasília, de de 20 Professor(a): Aluno(a): Ano: Turma: TERÇA-FEIRA: 29/08/2017 PLANO SEMANAL 5º ANO Semana de 29/08 a 11/09/2017 O amor não se vê com os olhos, mas com

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO: DEFINIÇÃO 1. Termo da oração sobre o qual se dá uma informação; 2. Elemento do qual se fala na oração; 3. O ser a quem se refere a informação verbal da oração; TIPOS

Leia mais

ACTIVIDADE Nº II. Fracções. Números racionais

ACTIVIDADE Nº II. Fracções. Números racionais ACTIVIDADE Nº II Nome do Formando: Data: / / Fracções. Números racionais A D. Maria tem um terreno que quer dividir pelos 7 sobrinhos. Cada sobrinho ficou com a sétima parte do terreno ou um sétimo do

Leia mais

Avaliação de Diagnóstico Português 3º ano. O caranguejo em férias

Avaliação de Diagnóstico Português 3º ano. O caranguejo em férias Avaliação de Diagnóstico Português 3º ano I -Lê o texto com atenção: O caranguejo em férias Era uma vez um caranguejo que se cansou do mar. Estou farto, farto, farto. Sempre as mesmas ondas, sempre a mesma

Leia mais