Questões para a prova de Tecnologia Aplicada I 03/06/2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Questões para a prova de Tecnologia Aplicada I 03/06/2011"

Transcrição

1 Questões para a prova de Tecnologia Aplicada I 03/06/ Qual a definição de aço-carbono? Aço é a liga ferro-carbono que contém de 0,008% a 2,11% de carbono em sua composição e é obtido a partir do ferro-gusa líquido. 2. Qual a definição de ferro fundido? Ferro fundido é uma liga básica ternária, composta de ferro, carbono (2,11 a 6,69%) e sílicio (1 a 2,8%). O que diferencia do aço-carbono é o teor de carbono em sua composição. 3. Como podemos classificar os metais não-ferrosos? Os metais não-ferrosos podem ser classificados em função da densidade em metais leves e metais pesados. 4. O que são parafusos? Parafusos são elementos de fixação na união de chapas e peças de modo não permanente. 5. De qual material encontrado na natureza podemos extrair o alumínio? Bauxita 6. Com quais materiais podemos construir os rebites? Alumínio, Cobre, Aço e latão. 7. Como são constituídas as ferramentas de cortes com relação ao material de sua construção? São constituídas de materiais de elevada dureza, o que lhes permitem cortar materiais com dureza inferior. 8. Cite quatro classificações de ferramentas de corte para torno. Desbastar, facear, Sangrar, tornear interno, alisar, formar e roscar. 9. Quantos e quais são os tipos de lima? Existem 3 (três) tipos de limas. Abrasivas, Diamantadas e Metálicas. 10. Quantos e quais são os números de dentes para lâmina de serra? São 4 (quatro);14, 18, 24 e 32 dentes por polegada. 11. Quais são os tipos de ângulo de hélice para brocas? N, H e W. 12. Quantas e quais são as formas de broca de centrar? São 3 (três), A, B e R. 13. Qual a resolução do nônio para o paquímetro? R= UEF UEF= Unidade de Escala Fixa NDN NDN= Nº de Divisões do Nônio 14. Qual a resolução do micrômetro para centésimos? R = PASSO DE ROSCA MICROMETRICA Nº DE DIVISÕES DO TAMBOR 15. Quando devemos utilizar o goniômetro? É utilizado em medidas angulares que não exigem extremo rigor. Transferir, medir e verificar. 16. Como pode ser classificado o ferro fundido? O ferro fundido pode ser classificado em cinzento, branco, maleável e nodular.

2 17. O que são metais não ferrosos? Metais não ferrosos são todos os metais puros ou ligados com exceção do ferro e suas ligas. 18. O que é liga? Liga é um processo onde se misturam dois ou mais elementos entre si no estado líquido. 19. Como podemos classificar os parafusos? Em quatro grandes grupos: parafusos passantes, parafusos não-passantes, parafusos de pressão e parafusos prisioneiros. 20. O que são porcas? A porca é um acessório amplamente utilizado na união de peças. 21. O que são arruelas e para que servem? Arruela é um disco anular de metal, plástico, borracha, etc... usualmente plano que serve para diminuir a fricção entre superfícies, impedir o afrouxamento da porca, imobilizar certas peças durante a montagem e distribuir melhor a carga de compressão pela superfície em aperto. 22. O que são rebites e como podem ser classificados? Os rebites são elementos de fixação utilizados para unir duas ou mais superfícies e classificados pelo formato da cabeça. 23. Quais tipos de materiais são constituídas as ferramentas de corte? Normalmente os materiais das ferramentas de corte são, aço-rápido (HSS), aço-carbono, metal-duro (MD) e cerâmica. 24. Como são classificados os ângulos da ferramentas de corte? Os ângulos da ferramentas de corte são classificados em: de folga a (alfa), de cunha B (beta), de saída y (gama), de ponta e (epsilon), de posição x (chi) e de inclinição de aresta cortante h (lambida). 25. O que são escareadores e qual a sua função? O escareador é uma ferramenta de corte usada para chanfrar a entrada de um furo com determinado ângulo de modo a permitir a colocação do parafuso, rebites, etc. Executar rebaixos ou tirar rebarbas 26. Quantos e quais os tipos de ângulos existentes do escareador? Existem 3 (três) tipos de ângulos diferentes, 60º, 90º e 120º. 27. O que é um rebaixador e quais os seus principais tipos? O rebaixador é uma ferramenta de aço-rápido e tem a função de rebaixar furos para alojar parafusos de cabeça cilíndrica. Os principais tipos de rebaixadores são: de haste cônica, de haste cilíndrica e com piloto fixo ou móvel. 28. O que são machos e qual a sua função? Machos são ferramentas que têm a função de gerar roscas internas em furos para o rosqueamento de parafusos. 29. Como são classificados os machos manuais? São classificados conforme o perfil em: Seriado e completo. 30. Quantos e quais são os tipos de machos e seus ângulos? Três. Macho de pré-corte (V) com ângulo 4º, macho de semi-acabamento (M) com ângulo de 10º e o macho de acabamento (F) com ângulo de 20º. 31. Como podem ser classificadas as roscas ou ranhuras dos machos?

3 Pelos tipos de canais. Canais retos, canais helicoidais à direita, canais helicoidais à esquerda e canais com entrada helicoidal curta. 32. O que são cossinetes e qual a sua função? Cossinete é uma ferramenta com a função de gerar roscas externas em eixos, parafusos e tubos para a união com porcas, furos roscados e luvas roscadas. 33. Quais os tipos de cossinetes existentes? Redondo aberto, redondo fechado, bipartido e de pente. 34. O que são alargadores? O alargador é a ferramenta de acabamento com múltiplas arestas cortantes. 35. Quantos e quais formatos e ângulos de entrada possui os alargadores e quais os tipos de canais? Existem 6 tipos de entradas diferentes: A, B, C, D, E, e F. Os canais dos alargadores são de vários tipos: Canais retos, com entrada helicoidal à esquerda, canais helicoidais à direita, canais helicoidais à esquerda, canais helicoidais à esquerda para desbaste. 36. Quantos e quais os tipos de alargadores para máquinas? Os alargadores para máquinas são de três tipos: Com haste cônica, com haste cilíndrica e com haste cônica para furos e rebites. 37. O que são desandadores e para que servem? Desandador é um porta-ferramenta usado para imprimir movimentos giratórios a machos, cossinetes e alargadores. 38. O que é Rebolo, como é constituído e como pode ser classificado? Rebolo é uma ferramenta abrasiva constituída de grãos abrasivos ligados por um aglutinante ou liga. É utilizado no para cortar, desbastar, retificar e afiar. Distingui-se das demais ferramentas por ser auto afiável. Pode ser classificado segundo as características de natureza do abrasivo, aglutinante, granulometria ou tamanho do grão, dureza, porosidade, dimensão e formato do rebolo. 39. O que é Recartilha? É uma ferramenta utlizada em peças cilindricas para gerar sulcos paralelos ou cruzados, que recebem o nome de recartilhado. 40. Quantos e quais são os tipos de recartilhados? São 7 (sete). RAA, RBR, RBL, RGE, RGV, RKE e RKV. 41. O que é rosca? As roscas são sulco em alto ou baixo relevo em parafusos, porcas ou outro material. Serve para definir o encaixamento perfeito dos dois materiais (parafuso e porca).

4

5 Please download full document at Thanks

Catálogo de produtos 2013 / 2014

Catálogo de produtos 2013 / 2014 Catálogo de produtos 2013 / 2014 ÓLEO DE CORTE PARA METAIS Somos uma empresa especializada em suprimentos para a indústria Metal/Mecânica Brasileira. As melhores marcas, produtos com tecnologia de ponta,

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: COSSINETES São ferramentas de corte construídas de aço especial, com rosca temperada e retificada; é similar a uma porca, com cortes radiais dispostos convenientemente

Leia mais

Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca. Desandadores

Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca. Desandadores Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca Rosca Sistema Métrico Normal Fina Machos de roscar Rosca Sistema Whitworth Para Parafusos Normal - BSW Fina - BSF Para Tubos - BASP - BSPT Rosca

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA FERRAMENTAS DE CORTE P/ TORNO (PERFIS E APLICAÇÕES) DEFINIÇÃO: São ferramentas de aço rápido ou de carboneto metálico, empregadas nas operações de torneamento, para cortar

Leia mais

Acesse:

Acesse: Roda, roda, gira... Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Você já parou para pensar em quanto sua vida depende de parafusos, pinos, rebites e da qualidade das montagens dos muitos conjuntos mecânicos que

Leia mais

EME005 - Tecnologia de Fabricação IV Operação de Furação

EME005 - Tecnologia de Fabricação IV Operação de Furação UNIFEI EME005 - Tecnologia de Fabricação IV Operação de Furação Constituição e tipos de furadeiras Aula 15 Prof. José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior Furadeira Vertical de Piso (Vertical Drill machine)

Leia mais

Disciplina: Metrologia Sistema de Medição Micrômetro

Disciplina: Metrologia Sistema de Medição Micrômetro Disciplina: Metrologia Sistema de Medição Micrômetro Profª: Janaina Fracaro de Souza Gonçalves Micrômetro Micrômetro: tipos e usos Jean Louis Palmer apresentou, pela primeira vez, um micrômetro para requerer

Leia mais

Processos de Usinagem

Processos de Usinagem Processos de Usinagem Torneamento O torneamento é um processo mecânico de usinagem destinado à obtenção de superfícies de revolução com auxílio de uma ou mais ferramentas monocortantes. Para tanto, a peça

Leia mais

Aula Processos de usinagem de roscas -

Aula Processos de usinagem de roscas - Aula 14 - Processos de usinagem de roscas - Prof. Dr. Eng. Rodrigo Lima Stoeterau Processo de Usinagem de Roscas Processos de Usinagem Rosqueamento Definição: processo de usiangem cujo a função é produzir

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO INTRODUÇÃO À HIDRÁULICA Proporcionar ao treinando a compreensão dos 2. OBJETIVO princípios

Leia mais

informações técnicas

informações técnicas informações técnicas www.tdc-tools.com.br brocas helicoidais em metal duro brocas helicoidais em metal duro sem cobertura din 338 ref mcd 001 velocidade de corte (vc)para broca metal duro - base din 338

Leia mais

Acesse:

Acesse: Uma questão de exatidão Como você viu na Aula 30, o furo executado com a broca geralmente não é perfeito a ponto de permitir ajustes de exatidão, com rigorosa qualidade de usinagem. Isso pode ser um problema,

Leia mais

Novos produtos. Fabrico de ferramentas de estampagem Sistema de guiamento para ferramentas modulares. Sistema de guiamento compacto

Novos produtos. Fabrico de ferramentas de estampagem Sistema de guiamento para ferramentas modulares. Sistema de guiamento compacto Novos produtos Fabrico de ferramentas de estampagem 2014 CD 5.8.3.1 Catálogo em e lin Catálogo on Ampliámos novamente a nossa gama de produtos, indo de encontro às suas necessidades e sugestões. Desta

Leia mais

As molas são usadas, principalmente, nos casos de armazenamento de energia, amortecimento de choques, distribuição de cargas, limitação de vazão,

As molas são usadas, principalmente, nos casos de armazenamento de energia, amortecimento de choques, distribuição de cargas, limitação de vazão, MOLAS As molas são usadas, principalmente, nos casos de armazenamento de energia, amortecimento de choques, distribuição de cargas, limitação de vazão, preservação de junçõeses ou contatos. MOLAS HELICOIDAIS

Leia mais

SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica. Furação Alargamento Roscamento

SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica. Furação Alargamento Roscamento SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica Furação Alargamento Roscamento Processo de Furação FURAÇÃO - Definição Processo de usinagem onde movimento de corte principal é rotativo, e o movimento de avanço

Leia mais

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof.

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof. Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica Desenho Mecânico Prof. José Rui Barbosa Componentes mecânicos Elementos de ligação - Roscas - Parafusos

Leia mais

Espírito Santo. _ SENAI Departamento Regional do Espírito Santo 25

Espírito Santo. _ SENAI Departamento Regional do Espírito Santo 25 Departamento Regional do Espírito Santo 25 Limas Descrição É uma ferramenta manual de aço carbono, denticulado e temperada. Utilização É utilizada na operação de limar. Classificação Classificam-se pela

Leia mais

Broca Helicoidal DIN338N- HSS

Broca Helicoidal DIN338N- HSS Broca Helicoidal DIN338N- HSS Broca Helicoidal com Haste Cilíndrica Broca Comp. De Corte Broca Helicoidal com Haste Cilíndrica Broca Comp. De Corte 0,5 22 6 4,1 75 43 0,6 24 7 4,2 75 43 0,7 28 9 4,3 80

Leia mais

Solução? Uma lima na mão!

Solução? Uma lima na mão! Solução? Uma lima na mão! Quando você abre uma lata de sardinhas com um abridor comum, precisa tomar cuidado para não se cortar com os cantos e rebarbas que se formam nesse processo de corte. Qualquer

Leia mais

Catálogo de Produtos. Tradição e Qualidade. Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora da marca ICAPER

Catálogo de Produtos. Tradição e Qualidade.  Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora da marca ICAPER Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora da marca ICAPER Catálogo de Produtos Tradição e Qualidade Discos de Corte Standard Discos de Corte Reforçados e Super Reforçados Discos de Corte Extrafino Discos

Leia mais

Profa. Janaina Fracaro Engenharia Mecânica MAIO/2014

Profa. Janaina Fracaro Engenharia Mecânica MAIO/2014 Profa. Janaina Fracaro Engenharia Mecânica MAIO/2014 Leitura no Sistema Inglês : Fração Ordinária Goniômetro simples O goniômetro simples, também conhecido como transferidor de grau, é utilizado em medidas

Leia mais

SEM-0343 Processos de Usinagem. Professores: Renato Goulart Jasinevicius

SEM-0343 Processos de Usinagem. Professores: Renato Goulart Jasinevicius SEM-0343 Processos de Usinagem Professores: Renato Goulart Jasinevicius Processo de Alargamento Alargamento é uma operação relativa ao processo de furação usada para aumentar o diâmetro de furos em bruto,

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA AVANÇO DE NAS MÁQUINAS - FERRAMENTAS É a distância correspondente ao deslocamento que faz a ferramenta ou a peça em cada rotação (figs. 1 e 2) ou em cada golpe (fig.3).

Leia mais

Acesse:

Acesse: Nem só o padeiro faz roscas Para montar conjuntos mecânicos, usam-se os mais diversos processos de união das diversas partes que os compõem. Assim, é possível uni-los por soldagem, por rebitagem, por meio

Leia mais

8 Micrômetro: tipos e usos

8 Micrômetro: tipos e usos A U A UL LA Micrômetro: tipos e usos Um problema Um mecânico precisava medir um eixo da maneira mais exata possível. Tentou a medição com paquímetro mas logo desistiu, pois esse instrumento não tinha resolução

Leia mais

Catálogo de Produtos. Tradição e Qualidade. Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora do uso da marca ICAPER

Catálogo de Produtos. Tradição e Qualidade.  Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora do uso da marca ICAPER Paula Ramos Abrasivos EIRELI Detentora do uso da marca ICAPER Catálogo de Produtos Tradição e Qualidade Discos de Corte Standard Discos de Corte Reforçados e Super Reforçados Discos de Corte Extrafino

Leia mais

Soluções em fresamento

Soluções em fresamento Fresamento Inserto duplo negativo de 4 arestas Nova tecnologia em insertos moldados Soluções em fresamento A tecnologia exclusiva de moldagem KYOCERA reduz o esforço de corte comparável a insertos positivos

Leia mais

ADES FERRAMENTAS CATÁLOGO DE PRODUTOS

ADES FERRAMENTAS CATÁLOGO DE PRODUTOS ADES CATÁLOGO DE PRODUTOS ADES NOSSA HISTÓRIA ADES 2 FACAS CIRCULARES HSS Facas de corte - HSS D () 20 2 32 40 0 63 80 0 12 10 160 200 20 d () 8 8 13 16 22 22 22 32 32 32 32 E () 0,20 x x x x x 0,2 x x

Leia mais

WHEEL. GRUPO Equipamentos Industriais, S.A. TABELA Nº 1. Discos Abrasivos / Corte e Rebarbar REBARBAR AÇO CONCAVOS MEDIDA SIZE

WHEEL. GRUPO Equipamentos Industriais, S.A. TABELA Nº 1. Discos Abrasivos / Corte e Rebarbar REBARBAR AÇO CONCAVOS MEDIDA SIZE Equipamentos Industriais, S.A. TABELA Nº 1 Discos Abrasivos / Corte e Rebarbar WHEEL. REBARBAR AÇO CONCAVOS MEDIDA SIZE EMB. RPM 80 m / seg. CÓDIO PREÇO 100 x 5 x 22 25 15.300 75.1.60.100 1,40 115 x 6

Leia mais

Exercícios de revisão fundamentos mecânicos

Exercícios de revisão fundamentos mecânicos 1. O desenho técnico é a ferramenta necessária para a interpretação e representação de um projeto, por ser o meio de comunicação entre a equipe de criação e a de fabricação (ou de construção); nesse contexto

Leia mais

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella Módulo Luiz Fontanella 2 ÍNDICE SCRIÇÃO PÁG. ÍNDICE 2 ROSCAS 3 TIPOS 4 SENTIDO DIREÇÃO 4 NOMENCLATURA 5 ROSCAS TRIANGULARES 5 o ROSCA MÉTRICA 6 o ROSCA WHITWORTH 6 PARAFUSOS 7 PARAFUSOS PASSANTES 7 PARAFUSOS

Leia mais

DISCOS DE LIXA DISCOS DE PVC

DISCOS DE LIXA DISCOS DE PVC 1 LIXAS EM FOLHA EXPOSITOR PARA LIXAS DISCOS DE LIXA Indicado para lixamento de metais ferrosos Utilizado em máquinas angulares rotativas de acionamento elétrico ou pneumático Aplicações em estruturas

Leia mais

ABRASIVOS EXPOSITOR PARA LIXAS LIXAS EM FOLHA SUPORTES MANUAIS PARA LIXA TACOS LIXADORES

ABRASIVOS EXPOSITOR PARA LIXAS LIXAS EM FOLHA SUPORTES MANUAIS PARA LIXA TACOS LIXADORES LIXAS EM FOLHA EXPOSITOR PARA LIXAS MASSA - LMV 0057 Indicada para lixamentos em alvenaria (massa corrida) e madeira Oferece alto rendimento na remoção de imperfeições e alinhamento de massa corrida e

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 30/08/2009

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 30/08/2009 Questão 1 Conhecimentos Específicos - Fabricação Sobre a montagem de engrenagens para abertura de roscas em um torno, é correto afirmar: Deve-se garantir que a folga entre os dentes das engrenagens seja

Leia mais

Parafusos. Rosca. Formas padronizadas de roscas

Parafusos. Rosca. Formas padronizadas de roscas 4 Parafusos São elementos de máquinas usados em uniões provisórias ou desmontáveis, ou seja, quando permitem a desmontagem e montagem com facilidade sem danificar as pecas componentes. Exemplo: a união

Leia mais

CÁLCULO DOS PARÂMETROS DE CORTE CÁLCULO DE VELOCIDADE DO AVANÇO

CÁLCULO DOS PARÂMETROS DE CORTE CÁLCULO DE VELOCIDADE DO AVANÇO CÁLCULO DOS n = 0 x Vc d x 3, = Velocidade de corte Vc = n x d x 3, 0 = m/min CÁLCULO DE VELOCIDADE DO AVANÇO Vf = 0 x Vc x Z x fz d x 3, = /min Vf = n x Z x fz = /min Onde: n: número de rotações da fresa

Leia mais

Novembro /8. Alta Produtividade com as Cabeças Intercambiáveis de Furação para Grandes Diâmetros

Novembro /8. Alta Produtividade com as Cabeças Intercambiáveis de Furação para Grandes Diâmetros 1/8 Alta Produtividade com as Cabeças Intercambiáveis de Furação para Grandes Diâmetros 2/8 Alta Produtividade com as Cabeças Intercambiáveis de Furação para Grandes Diâmetros A TaeguTec lançou uma nova

Leia mais

Acesse:

Acesse: Roscar: a vocação do torno No mundo da mecânica, é inegável a importância das roscas: seja para fixar elementos (com parafusos e porcas), seja para transmitir movimentos (com eixos roscados). Neste livro,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio TDUA2 Aula 2 Prof. Carlos Fernando Torno Mecânico Peças e Acessórios do Torno Mecânico. Operações Realizadas com

Leia mais

TW102 TW202 TW302 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

TW102 TW202 TW302 MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. TW102 TW202 TW302 SOLUÇÕES PARA ALUMÍNIO E METAIS MALEÁVEIS TW102 DIN 338 (6xD) TW202 DIN 340 (10xD) TW302 DIN 1869/1 (15xD) Alta durabilidade Maior produtividade peças/hora Redução de paradas para reafiação

Leia mais

FURAÇÃO: OPERAÇÃO DE TREPANAÇÃO

FURAÇÃO: OPERAÇÃO DE TREPANAÇÃO FURAÇÃO: OPERAÇÃO DE TREPANAÇÃO Prof. Janaina Fracaro de Souza janainaf@utfpr.edu.br TEORIA E PRÁTICA DA USINAGEM Prof. Dr. Eng. Rodrigo Lima Stoeterau 2 Tipos de brocas Ângulos das brocas 3 Variações

Leia mais

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE. Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Materiais para Produção Industrial

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE. Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Materiais para Produção Industrial UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA Campus RECIFE Curso: Disciplina: Aula 4 Processos de Fabricação Existem um número maior de processos de fabricação, destacando-se os seguintes: 1) Processos de fundição

Leia mais

AULA 28 PROCESSO DE FRESAMENTO: FRESAS

AULA 28 PROCESSO DE FRESAMENTO: FRESAS AULA 28 PROCESSO DE FRESAMENTO: FRESAS 215 28. PROCESSO DE FRESAMENTO: FRESAS 28.1. Introdução As fresas são ferramentas rotativas providas de múltiplas arestas de corte dispostos simetricamente ao redor

Leia mais

ABRASIVOS. Século XX Abrasivos artificiais, de alta dureza: abrasivos silicosos e aluminosos.

ABRASIVOS. Século XX Abrasivos artificiais, de alta dureza: abrasivos silicosos e aluminosos. ABRASIVOS 1 Até século XIX Abrasivos naturais esmeril, mineral de cor preta, constituído de 40% óxido de ferro e 60% de óxido de alumínio. Dureza inferior a 9 Mohs (diamante = 10 Mohs) Século XX Abrasivos

Leia mais

Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba

Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba E Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo Diego Rafael Alba 1 Roscas É um conjunto de filetes em torno de uma superfície cilíndrica; Podem ser internas e externas. 2 Perfil de rosca Triangular;

Leia mais

Brocas Helicoidais em Aço Rápido - ANSI B 94 11M Brocas Helicoidais em Aço Rápido - DIN 338 Conjuntos de Brocas para Metal Brocas Helicoidais em Aço

Brocas Helicoidais em Aço Rápido - ANSI B 94 11M Brocas Helicoidais em Aço Rápido - DIN 338 Conjuntos de Brocas para Metal Brocas Helicoidais em Aço Brocas Helicoidais em Aço Rápido ANSI B M Brocas Helicoidais em Aço Rápido DIN 8 Conjuntos de Brocas para Metal Brocas Helicoidais em Aço Rápido DIN 8 Corte à Esquerda Brocas Helicoidais Longas em Aço

Leia mais

TECNOLOGIA DE CONTROLE NUMÉRICO ASPECTOS DE PROCESSOS DE USINAGEM

TECNOLOGIA DE CONTROLE NUMÉRICO ASPECTOS DE PROCESSOS DE USINAGEM TECNOLOGIA DE CONTROLE NUMÉRICO ASPECTOS DE PROCESSOS DE USINAGEM FERRAMENTAS DE USINAGEM Sandvik Desbaste de Aços Pastilhas Positivas T-MAX U Superfícies na Peça Superfície Transitória Superfície a Usinar

Leia mais

SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica. Aula 5 Processo de Torneamento. Professor: Alessandro Roger Rodrigues

SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica. Aula 5 Processo de Torneamento. Professor: Alessandro Roger Rodrigues SEM-0534 Processos de Fabricação Mecânica Aula 5 Processo de Torneamento Professor: Alessandro Roger Rodrigues Processo: Torneamento Definições: Torneamento é o processo de usinagem para superfícies cilindricas

Leia mais

Capítulo I: Elementos de Fixação

Capítulo I: Elementos de Fixação Capítulo I: Elementos de Fixação Profª. Luziane M. Barbosa 1 Profª. Luziane M. Barbosa 2 1 Profª. Luziane M. Barbosa 3 Uniões Móveis Permanentes Profª. Luziane M. Barbosa 4 2 PINOS Funções: Possibilitar

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA PLACA ARRASTADORA E ARRASTADOR São acessórios do torno que servem para transmitir o movimento de rotação do eixo principal em peças a serem usinadas entrepontas

Leia mais

Responsável pela comercialização das marcas:

Responsável pela comercialização das marcas: Política de Comercialização: A Amatools não atende consumidores finais. Atendemos somente Revendas. Atendimento: Segunda a Sexta-Feira das 8:00 às 18:00h Frete: Estado de São Paulo = CIF para pedidos superiores

Leia mais

Rebarbar: o diâmetro usual dos discos de rebarbar é de 115 ou 125 m consoante o modelo da rebarbadora.

Rebarbar: o diâmetro usual dos discos de rebarbar é de 115 ou 125 m consoante o modelo da rebarbadora. A REBARBADORA A rebarbadora pode ser utilizada para trabalhos de esmerilagem, rebarbagem e corte de metais (chapa metálica, perfis de alumínio, chapas em ferro fundido, etc.) e materiais de construção)

Leia mais

ADES FERRAMENTAS CATÁLOGO DE PRODUTOS

ADES FERRAMENTAS CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS NOSSA HISTÓRIA Sperafico & Cia Ltda, empresa especializada na fabricação de ferramentas de corte, zela pela qualidade de seus produtos, destacando-se no mercado brasileiro por sua

Leia mais

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos.

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. A UU L AL A Parafusos II Na aula anterior você teve noções gerais de roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. Introdução Parafusos Parafusos são elementos de fixação,

Leia mais

Mecanismo de Formação: O cavaco é formado continuamente, devido a ductilidade do material e a alta velocidade de corte;

Mecanismo de Formação: O cavaco é formado continuamente, devido a ductilidade do material e a alta velocidade de corte; ESTUDO DOS CAVACOS Cavaco é o material removido do tarugo (Billet) durante o processo de usinagem, cujo objetivo é obter uma peça com forma e/ou dimensões e/ou acabamento definidas. Exemplo: -lápis é o

Leia mais

BROCA PARA APLICAÇÃO UNIVERSAL DE ALTA PERFORMANCE MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE.

BROCA PARA APLICAÇÃO UNIVERSAL DE ALTA PERFORMANCE MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCA PARA APLICAÇÃO UNIVERSAL DE ALTA PERFORMANCE MAIS QUE PRODUTOS. PRODUTIVIDADE. BROCAS ALTA DURABILIDADE E DESEMPENHO ESTÁVEL EM UMA AMPLA GAMA DE MATERIAIS. Conheça suas características: TRATAMENTO

Leia mais

Acesse:

Acesse: Segurando as pontas As operações de tornear superfícies cilíndricas ou cônicas, embora simples e bastante comuns, às vezes apresentam algumas dificuldades. É o que acontece, por exemplo, com peças longas

Leia mais

3.4 MEDIDAS MATERIALIZADAS MEDIDAS

3.4 MEDIDAS MATERIALIZADAS MEDIDAS METROLOGIA APLICADA 3.4 MEDIDAS MATERIALIZADAS MEDIDAS MATERIALIZADAS 3.4 Calibradores 3.4.1 Introdução - Calibradores são instrumentos que estabelecem os limites máximo e mínimo das dimensões que desejamos

Leia mais

União de materiais utilizados na construção de máquinas agrícolas

União de materiais utilizados na construção de máquinas agrícolas Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * União de materiais utilizados na construção de

Leia mais

navios, automóveis, etc.

navios, automóveis, etc. Os elementos de fixação podem ser colocados ou retirados do conjunto sem causar qualquer dano às peças que foram unidas. Por exemplo, uniões com parafusos, porcas e arruelas. Assim a fixação desses elementos

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DOS DISCOS DE CORTE E DESBASTE METABO

IDENTIFICAÇÃO DOS DISCOS DE CORTE E DESBASTE METABO IDENTIFICAÇÃO DOS DISCOS DE CORTE E DESBASTE METABO Faixas coloridas para indicar a velocidade máxima de trabalho Denominação do produto Material que pode ser trabalhado com o disco Versão / Forma Especificações

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio ELMA3 AULA 5 Prof. Carlos Fernando Dispositivos de Fixação Pinos, Cupilhas, Cavilhas, Roscas, Mancais de Deslizamento

Leia mais

Informações Técnicas Propriedades Mecânicas

Informações Técnicas Propriedades Mecânicas Informações Técnicas Propriedades Mecânicas Resistência a Limite de Carga de Grau de Tração Escoamento Alongam. Redução Dureza Prova de Área Resistência (kgf/mm2) (kgf/mm2) (kgf/mm2) min. máx. min. (%)

Leia mais

Referência Grão Ref. Ind. Emb. - Lixamento manual a seco de primers e madeira, com efeito anti-empastante. Referência Grão Ref. Ind. Emb.

Referência Grão Ref. Ind. Emb. - Lixamento manual a seco de primers e madeira, com efeito anti-empastante. Referência Grão Ref. Ind. Emb. 507 lixa ferro - Para desbaste e acabamento de superfícies metálicas em geral - Costado de pano lixa madeira - Lixamento de madeiras em geral lixa massa - Para massa corrida, pintura em paredes, madeiras

Leia mais

PAQUÍMETROS PAQUÍMETROS UNIVERSAIS QUADRIMENSIONAIS EM AÇO CARBONO CROMADO FOSCO

PAQUÍMETROS PAQUÍMETROS UNIVERSAIS QUADRIMENSIONAIS EM AÇO CARBONO CROMADO FOSCO PAQUÍMETROS PAQUÍMETROS UNIVERSAIS QUADRIMENSIONAIS EM AÇO CARBONO CROMADO FOSCO Graduação de 0,0/1/128" Quadrimensionais Fabricados em aço carbonocromado fosco Parafuso de fixação da medida Faces de medição

Leia mais

Fixação Ferragens Bricolagem

Fixação Ferragens Bricolagem Fixação Ferragens Bricolagem S S PARA AGLOMERADO E MDF Cabeça chata Fenda phillips Indicado para trabalhos em madeira tipo aglomerado, MDF, etc. 3,0 x 2 mm 230 789668902309 3,0 x 6 mm 2302 7896689023026

Leia mais

MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG. Folheto N º 1

MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG. Folheto N º 1 MACHOS FRESAS COSSINETES STD OSG Folheto N º 1 STD OSG MACHOS MÁQUINA ALTA PERFORMANCE Macho Ponta Helicoidal (POT) D371 250/4 Métrica Grossa 6H rápido 280/4 Unificada Grossa UNC 2B 281/4 Unificada Fina

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Elementos de Máquinas O que são Elementos Orgânicos de Máquinas? São componentes que possuem funções como fixar, apoiar outras peças ou componentes, transmitir potência, realizar vedações ou conferir certa

Leia mais

Série 331 Micrômetro digital com saída de dados SPC DIN 863 com IP 65. Visor para modelo IP 65

Série 331 Micrômetro digital com saída de dados SPC DIN 863 com IP 65. Visor para modelo IP 65 Micrômetros Externos com Pontas Finas Para medir ranhuras, canais, rebaixos e outros formatos especiais. Exatidão: -1 Faces de medição: Metal duro, 25 mm) e chave. Série 111 111 115 Capacidade Código Graduação

Leia mais

CALIBRADOR. Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels

CALIBRADOR. Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels CALIBRADOR Prof. Dr. Roger Nabeyama Michels Medição Indireta Consiste em confrontar a peça que se quer medir com a peça padrão. Um eixo pode ser medido indiretamente utilizando um calibrador de eixos.

Leia mais

Machos Máquina MACHOS. POT - Ponta Helicoidal Haste Reforçada. SFT - Canal Helicoidal Haste Reforçada. MT - Canal Reto Haste Reforçada

Machos Máquina MACHOS. POT - Ponta Helicoidal Haste Reforçada. SFT - Canal Helicoidal Haste Reforçada. MT - Canal Reto Haste Reforçada CATÁLOGO Nº1 Machos Máquina POT - Ponta Helicoidal 0/1 80/1 DIN 18 4, 81/1 90/1 SFT - Canal Helicoidal 0/ DIN 18 3º ~3 81/ 90/ MT - Canal Reto 0/3 DIN 18 90/3 POT - Ponta Helicoidal 81/3 60/1 70/1 86/1

Leia mais

Usinagem I Parte I Aula 3 Furação. Prof. Anna Carla - MECÂNICA - UFRJ

Usinagem I Parte I Aula 3 Furação. Prof. Anna Carla - MECÂNICA - UFRJ Usinagem I 2016.1 Parte I Aula 3 Furação Ferramentas MulEcortante Dir. Avanço Aresta de Corte Movimento de Corte / Direção de Corte Movimento de Avanço / Direção de Avanço Movimento EfeEvo de Corte / Direção

Leia mais

Para uma operação de usinagem, o operador considera principalmente os parâmetros:

Para uma operação de usinagem, o operador considera principalmente os parâmetros: Parâmetros de corte Parâmetros de corte são grandezas numéricas que representam valores de deslocamento da ferramenta ou da peça, adequados ao tipo de trabalho a ser executado, ao material a ser usinado

Leia mais

Discos de fibra COMBICLICK patenteado sistema refrigerado com troca rápida

Discos de fibra COMBICLICK patenteado sistema refrigerado com troca rápida iscos de fibra COMBICLICK patenteado sistema refrigerado com troca rápida COOL QUICK COMBICLICK TRUST BLUE Redução da carga térmica sobre a ferramenta e a peça trabalhada Alta taxa de remoção e vida útil

Leia mais

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS CURSO TÉCNICO CAD/CAM 2008-2009 ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS Este foi um dos módulos mais fáceis e divertidos que tivemos pois a matéria já era do meu conhecimento e já tinha tido experiência a

Leia mais

OPERAÇÕES MECÂNICAS I

OPERAÇÕES MECÂNICAS I Professor Miguel Reale Professor Me. Claudemir Claudino Alves OPERAÇÕES MECÂNICAS I Aluno: data: / / ATIVIDADE 4 REVISÃO GERAL DE AJUSTAGEM, TORNEARIA. Exercício 9 Um eixo de comprimento L = 250mm, Vc

Leia mais

y COUNTERSINKERS À ZÁHLUBNÍKY

y COUNTERSINKERS À ZÁHLUBNÍKY KEGEL TAPER FRAISES VERZINKBOREN SPIDSFORSÆNKERE AVELLANADORES SVASATORI ESAREADORES KUŽELOVÉ POGŁĘBIAZE ЗЕНКЕРА BURGHIU KONİK GREZILA IZDUBLJIVAČI KÚP GILINTUVAI ÉS AND UND SORJÁZÓ ONIQUES ONI ÇAPAK A

Leia mais

LIXAS EM FOLHA LIXAS EM FOLHA

LIXAS EM FOLHA LIXAS EM FOLHA ABRASIVOS 1 2 ABRASIVOS ABRASIVOS 3 LIXAS EM FOLHA LIXAS EM FOLHA Expositor para lixas vonder - pág. 772 D ÁGUA - LDV 0023 Indicada para lixamentos de superfícies metálicas, materiais compostos, massa

Leia mais

Introdução. Elementos de fixação

Introdução. Elementos de fixação A U A UL LA Introdução aos elementos de fixação Introdução Elementos de fixação constitui uma unidade de 3 aulas que faz parte do módulo Elementos de Máquinas. Nessa unidade, você vai estudar os principais

Leia mais

São ferramentas abrasivas utilizadas para o corte de diversos tipos de materiais, como aço e suas ligas, materiais não ferrosos e refratários.

São ferramentas abrasivas utilizadas para o corte de diversos tipos de materiais, como aço e suas ligas, materiais não ferrosos e refratários. Segurança, qualidade e economia. São ferramentas abrasivas utilizadas para o corte de diversos tipos de materiais, como aço e suas ligas, materiais não ferrosos e refratários. São utilizadas em máquinas

Leia mais

NOVOS PRODUTOS EQUIPAMENTO DE OFICINA II / MAU 5000 Suporte inovador para comparadores. Encomenda agora da nossa nova loja online!

NOVOS PRODUTOS EQUIPAMENTO DE OFICINA II / MAU 5000 Suporte inovador para comparadores. Encomenda agora da nossa nova loja online! NOVOS PRODUTOS EQUIPAMENTO DE OFICINA II / 2017 Encomenda agora da nossa nova loja online! www.meusburger.com MAU 5000 Suporte inovador para comparadores INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO Ideal para monitorizar

Leia mais

Pinos e cupilhas. Pinos e cavilhas

Pinos e cupilhas. Pinos e cavilhas A U A UL LA Pinos e cupilhas Introdução Até agora você estudou rebites que constituem um dos principais elementos de fixação. Mas existem outros elementos que um mecânico deve conhecer como pinos, cavilhas

Leia mais

A nova linha superfina da Metabo

A nova linha superfina da Metabo A nova linha superfina da Invista no melhor Flexiarapid Super - a nova geração de discos superfinos para trabalhos em metal extrafinos extrarápidos extraresistentes extraeconômicos Novo! Para todo os tipos

Leia mais

Fixer Parafuso Fixer Phillips

Fixer Parafuso Fixer Phillips PA FI PN PH Rosca: Auto Cortante tipo Chipboard Fixer Parafuso Fixer Phillips Código da Linha - 90 Panela Compr. Ponteira Compr. rosca 0 60,0,0 /,90 6, / 6,90 7, / 7,0 7,8 / 8,0 9, / 9,0,0 /, Nº Nº Nº

Leia mais

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela.

Nesta aula, você vai estudar exatamente isso. E para acabar com o suspense, vamos a ela. Mete broca! Nesta aula, vamos estudar uma operação muito antiga. Os arqueólogos garantem que ela era usada há mais de 4000 anos no antigo Egito, para recortar blocos de pedra. Ela é tão comum que você

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNO MEC. HORIZONTAL (NOMENCL./CARACT./ACESSÓRIOS) DEFINIÇÃO: É a máquina-ferramenta usada para trabalhos de torneamento, principalmente de metais que, através da realização

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo IV Aula 03 Conjuntos O desenho de conjunto representa um grupo de peças montadas tais como: dispositivos, ferramentas, máquinas, motores, equipamentos

Leia mais

Nova tecnologia em fresamento Soluções em Fresamento

Nova tecnologia em fresamento Soluções em Fresamento Fresamento Dupla face, Inserto de 6 arestas, cabeçote 90 com baixo esforço de corte Nova tecnologia em fresamento Soluções em Fresamento 6 vantagens competitivas para alta eficiência em fresamento Maior

Leia mais

Materiais de Metal Duro / Ferramentas Soldadas

Materiais de Metal Duro / Ferramentas Soldadas K Materiais de Metal uro / K1 até K12 Seleção de Material de Metal uro... K2 Blanques de Placa... K4 Blanques Cilíndricos... K5 Blanques Cilíndricos Especiais... K6 Blanques de Metal uro... K8... K9 SUPORTE

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Conceitos Classificação Tipos Conceitos Função: Elementos de vedação são peças que impedem a saída de fluido de um ambiente fechado. Evitar poluição do ambiente. Geralmente,

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 08

PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 08 8 PROVA DE CONHECIMENTOS TÉCNICOS CÓD. 08 QUESTÃO 21: São tipos de manutenção: a) Preventiva, Corretiva, Preditiva b) Preventiva, Temporária, Corretiva c) Corretiva, Casual, Programada d) Previsiva, Corretiva,

Leia mais

Parte 5 Operação de Furação

Parte 5 Operação de Furação Parte 5 Operação de Furação revisão 6 152 Parte 5 Operação de furação 5.1 Introdução Na área de usinagem metal-mecânica existem diversas formas de se obter furos em peças. Pode-se destacar os seguintes

Leia mais

Responsável pela comercialização das marcas:

Responsável pela comercialização das marcas: Política de Comercialização: A Amatools não atende consumidores finais. Atendemos somente Revendas. Atendimento: Segunda a Sexta-Feira das 8:00 às 18:00h Preços: Os preços constantes nesta lista são brutos,

Leia mais

CATÁLOGO 2017

CATÁLOGO 2017 2017 www.capo.ind.br CATÁLOGO 2017 Missão Missão Desenvolver, produzir e comercializar peças e acessórios para engates e reboques, utilizando a criatividade na busca de soluções que proporcionem segurança

Leia mais

04. FERRAMENTAS DE CORTE FERRAMENTAS DE CORTE

04. FERRAMENTAS DE CORTE FERRAMENTAS DE CORTE 04. FERRAMENTAS DE CORTE FERRAMENTAS DE CORTE Alargadores...002 Bits e Bedames...005 Brocas Anelares...006 Brocas DIN...007 Brocas SDS Plus/ Max...019 Cossinetes...020 Escareadores...022 Fresas...024 Fresas

Leia mais

DISCOS DE CORTE. PREMIUM FOCUR SA Discos de corte diamantado para ferro dúctil e ferro fundido de grafite esferoidal.

DISCOS DE CORTE. PREMIUM FOCUR SA Discos de corte diamantado para ferro dúctil e ferro fundido de grafite esferoidal. 11 DISCOS DE CORTE As vantagens inovadoras e econômicas de nosso disco de corte super fino podem ser notadas durante o corte de chapas finas de metal ou paredes de perfis. Isto é demonstrado particularmente

Leia mais

Parte 4 Operação de Corte

Parte 4 Operação de Corte Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI Instituto de Engenharia de Produção e Gestão (IEPG) EME005 Tecnologia de Fabricação IV Parte 4 Operação de Corte Prof. José Hamilton Chaves Gorgulho Júnior Prof.

Leia mais

Catálogo Geral N técnica de equipamento e fixação, s.a. Discos Abrasivos. Brocas HSS e Rebites

Catálogo Geral N técnica de equipamento e fixação, s.a. Discos Abrasivos. Brocas HSS e Rebites Discos Abrasivos Brocas HSS e Rebites Índice: 64 Discos Abrasivos...65 Corte Aço...65 Corte Aço Inox...65 Corte Pedra...65 Rebarbar Pedra...65 Discos Lamelados...66 Plástico, Verniz, Reboco e Ferrugem...66

Leia mais

Solução para furação mais profundas: 12xD Expansão

Solução para furação mais profundas: 12xD Expansão 1/5 Solução para furação mais profundas: 12xD Expansão 2/5 Solução para furação mais profundas: 12xD expansão CARACTERÍSTICAS Corpo 12xD - Gama: 12,0 mm - 22,9 mm Evacuação de cavaco suave - Design com

Leia mais