B A L A N C O G E R A L A N E X O XII

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "B A L A N C O G E R A L A N E X O XII"

Transcrição

1 A N E X O XII CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 12, da Lei No /64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES S O M A 0,00 0,00 0,00 D E F I C I T , ,91 110,00 T O T A L , ,91 110,00 D E S P E S A AUTORIZADA EMPENHADA DIFERENCA CREDITOS ORCAMENTARIOS E SUPLEMENTARES , ,91 110,00 CREDITOS ESPECIAIS 0,00 0,00 0,00 CREDITOS EXTRAORDINARIOS 0,00 0,00 0,00 S O M A , ,91 110,00 S U P E R A V I T 0,00 0,00 0,00 T O T A L , ,91 110,00

2 A N E X O XIII CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 13, da Lei No /64 BALANCO FINANCEIRO R E C E I T A ORCAMENTARIA RECEITAS CORRENTES RECEITAS DE CAPITAL CONTAS REDUTORAS 0,00 0,00 0,00 0,00 EXTRA ORCAMENTARIA CONSIGNACOES INSS ,98 CONSIGNACOES IRRF ,85 CONSIGNACOES ISS 8.667,06 DUODECIMO CAMARA ,29 RENDIMENTOS 375,84 SALARIO FAMILIA 906, ,22 SALDO DO EXERCICIO ANTERIOR DISPONIVEL BANCOS CAMARA MUNICIPAL 1.089, ,58 T O T A L ,80

3 A N E X O XIII CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 13, da Lei No /64 BALANCO FINANCEIRO D E S P E S A ORCAMENTARIA LEGISLATIVA , ,91 EXTRA ORCAMENTARIA CONSIGNACOES INSS ,98 CONSIGNACOES IRRF ,85 CONSIGNACOES ISS 8.667,06 SALARIO FAMILIA 906, ,09 SALDO PARA O EXERCICIO SEGUINTE DISPONIVEL BANCOS CAMARA MUNICIPAL 548,80 548,80 T O T A L ,80

4 A N E X O XIV CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 14, da Lei No /64 BALANCO PATRIMONIAL A T I V O ATIVO FINANCEIRO DISPONIVEL BANCOS CAMARA MUNICIPAL 548,80 548,80 REALIZAVEL CONSIGNACOES INSS 3.193,21 CONSIGNACOES IRRF 148,11 CONSIGNACOES ISS 1.259,07 PENDENCIAS 0, , ,21 ATIVO PERMANENTE BENS MOVEIS - CAMARA , ,27 T O T A L ,48

5 A N E X O XIV CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 14, da Lei No /64 BALANCO PATRIMONIAL P A S S I V O PASSIVO FINANCEIRO ALIENACAO DE BENS MOVEIS 4.500,00 EMPRESTIMO CONSIGNACAO EXTORNO 1.507,50 FALTAS 75,04 RENDIMENTOS 4.822, ,73 PASSIVO PERMANENTE 0,00 ATIVO REAL LIQUIDO ,75 SALDO PATRIMONIAL ,75 T O T A L ,48

6 A N E X O XV CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 15, da Lei No /64 DEMONSTRATIVO DAS VARIACOES PATRIMONIAIS V A R I A C O E S A T I V A S RESULTANTE DA EXECUCAO ORCAMENTARIA RECEITAS CORRENTES RECEITAS DE CAPITAL CONTAS REDUTORAS 0,00 0,00 0,00 0,00 MUTACOES PATRIMONIAIS AQUISICAO DE BENS MOVEIS , ,27 INDEPENDENTE DA EXECUCAO ORCAMENTARIA INSUB.PASSIVAS-ESTORNO CONTA EXTRA-CONSOLIDACAO , ,29 T O T A L ,56

7 A N E X O XV CAMARA MUNICIPAL DE AIUABA ANEXO 15, da Lei No /64 DEMONSTRATIVO DAS VARIACOES PATRIMONIAIS V A R I A C O E S P A S S I V A S RESULTANTE DA EXECUCAO ORCAMENTARIA DESPESAS CORRENTES OUTRAS DESPESAS CORRENTES ,50 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAI , ,64 DESPESAS DE CAPITAL INVESTIMENTOS , ,27 MUTACOES PATRIMONIAIS ,91 0,00 INDEPENDENTE DA EXECUCAO ORCAMENTARIA 0,00 SUPERAVIT VERIFICADO ,65 T O T A L ,56

RECEITAS INTRAORCAMENTARIAS CORRENTES RECEITAS INTRAORCAMENTAR 5.026.100,00 2.852.813,25 2.173.286,75

RECEITAS INTRAORCAMENTARIAS CORRENTES RECEITAS INTRAORCAMENTAR 5.026.100,00 2.852.813,25 2.173.286,75 A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE EUSEBIO ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 21.842.000,00 24.668.177,16-2.826.177,16

Leia mais

CREDITOS ORCAMENTARIOS E SUPLEMENTARES 4.845.988,82 4.823.625,64 22.363,18 CREDITOS ESPECIAIS 0,00 0,00 0,00

CREDITOS ORCAMENTARIOS E SUPLEMENTARES 4.845.988,82 4.823.625,64 22.363,18 CREDITOS ESPECIAIS 0,00 0,00 0,00 A N E X O XII CAMARA MUNICIPAL DE EUSEBIO ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES S O M A 0,00 0,00 0,00 D E F I C I T 4.845.988,82

Leia mais

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE SALITRE ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 481.500,00 1.009.157,86-527.657,86

Leia mais

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII

B A L A N C O G E R A L A N E X O XII A N E X O XII PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARIPE ANEXO 12, da Lei No. 4.320/64 BALANCO ORCAMENTARIO R E C E I T A PREVISTA ARRECADADA DIFERENCA RECEITAS CORRENTES RECEITA TRIBUTARIA 955.000,00 1.700.473,10-745.473,10

Leia mais

MUNICÍPIO DE SERRA DO NAVIO PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE SERRA DO NAVIO

MUNICÍPIO DE SERRA DO NAVIO PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE SERRA DO NAVIO Em cumprimento ao disposto na Legislação vigente, (Art.101 da Lei nº 4.320/64), os resultados gerais do exercício serão demonstrados no Balanço Orçamentário, Financeiro, Balanço Patrimonial, Demonstração

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 12.255.327,67 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 9.425.690,28 INTERFERENCIAS ATIVAS 9.425.690,28 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 9.425.690,28 REPASSE RECEBIDO 9.425.690,28

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 171.497.549,97 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 129.298.464,81 INTERFERENCIAS ATIVAS 129.298.464,81 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 129.298.464,81 REPASSE RECEBIDO 129.298.464,81

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 129.967,90D 130.464,22D 1/8 1.1.1.1.1.01 ATIVO CIRCULANTE 54.320,75D 54.817,07D E EQUIVALENTES CAIXA MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 51.666,68D 497.996,11

Leia mais

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA ANEXO 1 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS Agosto / 2011 Orçamento Fiscal, da Seguridade Social e de Investimentos. Adendo II à Portaria

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO 2013

BALANÇO FINANCEIRO 2013 ANO. 2014 DO MUNICÍPIO DE CONCEIÇÃO DA FEIRA - BAHIA 1 A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira, Estado Da Bahia Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. BALANÇO FINANCEIRO 2013 Conceição

Leia mais

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada 100000000 - Ativo 107.637.042,14 622.052.832,26 225.991.734,15 503.698.140,25 D 110000000 - Ativo Circulante 33.694.900,62 103.677.150,11 99.175.407,00 38.196.643,73 D 111000000 - Disponivel 33.690.337,04

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná

FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná FUNDO DE PREVIDÊNCIA MUN. DE UMUARAMA - FPMU Estado do Paraná CNPJ:09.122.645/0001-71 Exercício: 2014 Balanço Financeiro do Regime Próprio de Previdência Social Art. 103 da Lei 4.320/1964 no Período de

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO ATIVO R$ CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 Disponibilidades 1.222.288,96 946.849,34 Mensalidades a receber 4.704.565,74 4.433.742,86 Endosso para terceiros 1.094.384,84

Leia mais

1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C

1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C Balancete para Verificação - Receita - maio / 2014 Pág. : 1 1 R E C E I T A S C O R R E N T E S 192.402,43 204.602,53 C 1.2 RECEITA DE CONTRIBUIÇOES 181.650,41 190.868,02 C 1.2.1 CONTRIBUIÇOES SOCIAS 181.650,41

Leia mais

Bahia Segunda-feira 04 de Maio de 2009 Ano II N o 035 DECRETO N. 060 DE 04 DE MAIO DE 2009.

Bahia Segunda-feira 04 de Maio de 2009 Ano II N o 035 DECRETO N. 060 DE 04 DE MAIO DE 2009. 1 Ato Oficial DECRETO N. 060 DE 04 DE MAIO DE 2009. Decreta feriado municipal em virtude das comemorações da micareta municipal - IBIFEST. O Prefeito Municipal de Ibipeba, Estado da Bahia, usando de suas

Leia mais

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição

1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1 de Verificação - 2015 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 99.562,86D 118.646,81D 1/9 ATIVO CAIXA CONTA CIRCULANTE E ÚNICA EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSOLIDAÇÃO 97.962,86D 250.343,95 231.260,00

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO Notas 2010 2009 CIRCULANTE Caixa e bancos 422.947 20.723 Contas a receber 4 698.224 903.098 Outras contas a receber 5 3.304.465 121.908 Estoques 14.070

Leia mais

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL

ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ PÁGINA: 1 BALANÇO PATRIMONIAL CONSOLIDADO - 2005 ANEXO 14 ATIVO ATIVO FINANCEIRO 855.661.519,48 DISPONÍVEL 450.323.096,72 CAIXA 47.294,31 BANCOS CONTA MOVIMENTO 210.194.091,20

Leia mais

Responsável e Responsável pela Contabilidade

Responsável e Responsável pela Contabilidade Responsável e Responsável pela Contabilidade I.N. No. 03/97 MODELO 01 Código da Unidade Gestora (conforme o SIM): Nome da Unidade Gestora (conforme o SIM): Órgão: 01 CAMARA MUNICIPAL Unidade Orçamentária:

Leia mais

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial 100000000 - Ativo 40.014.044,69 1.247.288.939,72 645.839.588,07 641.463.396,34 D 110000000 - Ativo Circulante 15.145.606,97 309.093.371,32 315.398.093,96 8.840.884,33 D 111000000 - Disponivel 15.141.043,39

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul

Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 Consorcio Publico do Extremo Sul Estado do Rio Grande do Sul Plano de Contas 01 a 31 de Março de 2013 Folha: 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO 6.735,34 8.034,62 4.211,61 10.558,35 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00 ATIVO CIRCULANTE 6.735,34 8.034,62

Leia mais

00007 - GESTAO FUNDOS DATA : 29/04/2004 PAG.: 1 100000000 ATIVO 141.481,95D 8.122.522,15 3.416.656,26 4.847.347,84D 110000000 ATIVO CIRCULANTE 12.332,23D 606.213,96 583.587,71 34.958,48D 111000000 DISPONIVEL

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS 110 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS BÁSICAS CAPITAL ORDINÁRIO BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO 2006 2005 Caixa e investimentos Caixa................................................. $ 276 $ 223 Investimentos Carteira

Leia mais

12.109,00 12.109,00 384.684,77 384.684,77 30.080,00 30.080,00 211110101000 F SALÁRIOS, REMUNERAÇÕES E BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO

12.109,00 12.109,00 384.684,77 384.684,77 30.080,00 30.080,00 211110101000 F SALÁRIOS, REMUNERAÇÕES E BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO Código MUNICIPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM BALANCETE ANALÍTICO CONTÁBIL SIMPLIFICADO BALANCETE - Saldo Inicial Movimentação s s 111110200999 F BANCOS CONTA MOVIMENTO 443.573,70 313.822,66 257.740,04 499.656,32

Leia mais

Federação Catarinense de Municípios - FECAM

Federação Catarinense de Municípios - FECAM 1 ATIVO 15.226.985,09 D 1.453.709,77 1.210.049,27 15.470.645,59 D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 844.616,35 D 309.755,66 312.121,63 842.250,38 D 1.1.1 DISPONIVEL 844.616,35 D 309.755,66 312.121,63 842.250,38 D 1.1.1.1

Leia mais

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42

Total 420.044.577,42 Total 420.044.577,42 Anexo 01 Demonstrativo da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas RECEITA DESPESA RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES RECEITA PATRIMONIAL 1.324.567,17 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA 0,00 RECEITA

Leia mais

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS

II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS II - QUADROS ORÇAMENTÁRIOS CONSOLIDADOS 1 - QUADROS CONSOLIDADOS DA RECEITA E DA DESPESA Receita e Despesa dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social segundo Categorias Econômicas Quadro 1A - Receita

Leia mais

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo

Empresa Munic. de Transporte Urbano Presidente Figueiredo 03698709/000109 Exercício: 2015 BALANCETEISOLADO EMPRESA MUNICIPAL DE TRANSPORTE URBANO EMTU (UG:5) Página 1 de 5 100000000 05 ATIVO 343.632,70 139.134,52 114.972,75 367.794,47 110000000 05 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009

CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009 Conceito de Contabilidade CONTABILIDADE E CUSTOS Atualizado em 14 de abril de 2009 Processo de identificar, mensurar e comunicar informações econômicas para permitir julgamentos e decisões fundamentais

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 4. Apresentação. Plano de Contas. Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão. Sistemas Contábeis

Contabilidade Pública. Aula 4. Apresentação. Plano de Contas. Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão. Sistemas Contábeis Contabilidade Pública Aula 4 Apresentação Prof. Me. Adilson Lombardo Plano de Contas Sistema de Contas e Demonstrativos Contábeis de Gestão Consiste em um rol ordenado de forma sistematizada de contas

Leia mais

Caixa de Pecúlios e Pensões dos Servidores Municipais de Santos Av. Gal. Francisco Glicério, 479 - Pompéia - Santos - S.P. C.N.P.J. 58.197.

Caixa de Pecúlios e Pensões dos Servidores Municipais de Santos Av. Gal. Francisco Glicério, 479 - Pompéia - Santos - S.P. C.N.P.J. 58.197. Período de Referência: Janeiro/2010 receita de contribuições 1.149.293,14 administração 2.964.611,83 receita patrimonial 9.402,41 saúde 13.217.000,00 receita de serviços 204,30 trabalho 4.073,65 44.354,57

Leia mais

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013

BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DO LIVRAMENTO SECRETARIA DA FAZENDA BALANÇO FINANCEIRO ANO 2013 Receita Despesa ORÇAMENTÁRIA (1) ORÇAMENTÁRIA (5) Receitas Orçamentárias Despesas

Leia mais

Empenhado Até o Período. Saldo da Dotação 33909300000 - INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES 0000009 1.000,00 28.403,01 28.403,01 28.403,01

Empenhado Até o Período. Saldo da Dotação 33909300000 - INDENIZAÇÕES E RESTITUIÇÕES 0000009 1.000,00 28.403,01 28.403,01 28.403,01 BALANCETE ANALÍTICO DA DESPESA ORÇAMENTÁRIA Descrição Ficha Orçado Autorização Atualizado Saldo da Dotação Liquidação a Liquidar Pago Liquidado a Pagar a Pagar 120 - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE - SEMUS

Leia mais

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:17:13 001526.FRR2410R

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:17:13 001526.FRR2410R I B A L A N C E T E D E V E R I F I C A C A O I PAG. - 1 I 1000.0000 ORCAMENTO 0,00 144.582.324,00 144.582.324,00 0,00 1100.0000 ORCAMENTO DA RECEITA 0,00 0,00 23.230.001,00 23.230.001,00 C 1110.0000 RECEITA

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro Anexo TC-01 Balancete do Sistema Orçamentário no Período de janeiro a janeiro 1. 1.1. 1.1.1. 1.1.1.1. 1.1.1.1.1. 1.1.1.1.1.19. 1.1.1.1.1.19.02. 1.1.1.1.1.19.04. 1.1.3. 1.1.3.8. 1.1.3.8.1. 1.1.3.8.1.08. 1.1.3.8.1.09.

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - DEPARTAMENTO NACIONAL BALANÇO PATRIMONIAL ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 ESPECIFICAÇÃO 2014 2013 BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Ativo Circulante 1.149.479.180,77 989.839.743,43 Passivo Circulante 317.274.300,38 283.051.918,44 Caixa e Equiv. Caixa Moeda Nacional 800.954.874,69 676.326.925,34 Obrig.

Leia mais

ATIVO 11 ATIVO CIRCULANTE , , CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSO ,

ATIVO 11 ATIVO CIRCULANTE , , CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL - CONSO , ATIVO 11 ATIVO CIRCULANTE 2.072.292,35 1.379.606,70 111 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 2.041.298,85 1.345.167,65 1111 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 2.041.298,85 1.345.167,65 11111 CAIXA

Leia mais

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25.

1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.2.3.1.1.03.02 (40966) MÓVEIS MÁQUINAS E E UTENSÍLIOS DE ESCRITÓRIO 339.159,49D 25. 1 de Verificação - 2014 Subsist. C.Sup. Fin.Descrição 1.217.589,73D 1.245.340,55D Atual1/8 ATIVO CIRCULANTE 588.962,97D 151.410,23D 194.301,54 188.047,63 166.550,72 160.296,81 616.713,79D 1.1.1.1.1.50.99

Leia mais

Balancete Analítico de 01/12/2010 até 31/12/2010 Folha :1

Balancete Analítico de 01/12/2010 até 31/12/2010 Folha :1 Balancete Analítico de 01/12/2010 até 31/12/2010 Folha :1 ATIVO - [7] ATIVO CIRCULANTE - [14] DISPONIBILIDADES - [21] CAIXA - [12068] CAIXA - [28] =CAIXA 1.676,96D 1.498,93 1.748,46 1.427,43D 1.676,96D

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA BALANCETE MÊS DE JANEIRO/2015. Página 1

ESTADO DE RONDÔNIA BALANCETE MÊS DE JANEIRO/2015. Página 1 CAMARA MUNICIPAL DE Página 1 1 ATIVO 69.111,18 60.711,80 75.399,38 1.1 ATIVO CIRCULANTE 60.711,80 1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 60.711,80 1.1.1.1 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 60.711,80

Leia mais

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC.

TÍTULOS PREVISÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA TÍTULOS FIXAÇÃO EXECUÇÃO DIFERENÇA CRÉD. ORÇAM. SUPLEMENTARES DESPESAS CORRENTES . PESSOAL E ENC. 1 ANEXO III - PT/MPS Nº 95, DE 06 DE MARÇO DE 2007 DOU DE 07.03.07 MODELOS E INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS SÃO AS EXTRAÍDAS DOS LIVROS, REGISTROS E

Leia mais

Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública

Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública Secretaria Municipal de Infra-Estrutura Contabilidade Geral do Município Balanço Geral Fundo de Manutenção da Iluminação Pública Exercício 2008 JÂNIO WASHINGTON BARBOSA DA CUNHA SECRETÁRIO DE INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA GRANDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA GRANDE PERIODO DE: Janeiro A T I V O S P A S S I V O Exercicio Exercicio Exercicio Exercicio E s p e c i f i c a c a o Atual Anterior E s p e c i f i c a c a o Atual Anterior ATIVO CIRCULANTE 2.668.911,71 1954.150,39PASSIVO

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.953.236.822,66 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 3.320.180.698,63 RECEITAS 1.684.972.053,82 ORÇAMENTÁRIA 1.684.972.053,82 DESPESA ORÇAMENTARIA 3.044.151.183,85

Leia mais

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 Balanço Financeiro Período: 01/01/2012 a 31/12/2012 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO Exercício Anterior

Leia mais

SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014

SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 SIND.TRAB.EM.EMPR.PLAN.DES.URBANO-SINCOHAB C.N.P.J: 66.661.372/0001-77 BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 CONTAS DO ATIVO DE 2014 DE 2013 Fls.: 051 DE 2012 CIRCULANTE DISPONÍVEL 6.204,56 6.866,64

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS,

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS, LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. Institui o Fundo Municipal de Saúde e da outras providencias.. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE

NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE NOVAS DIRETRIZES PARA A CONTABILIDADE MUNICIPAL ISAAC DE OLIVEIRA SEABRA TCE-PE CENÁRIO ANTERIOR Gestão Dívida Financeira Pública ORÇAMENTO PUBLICO Contabilidade Receita e Despesa Demonstrativos Contábeis:

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM REDE

ASSOCIAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM REDE ASSOCIAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS EM REDE DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 E 2007 DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 E 2007 CONTEÚDO Parecer dos auditores independentes Quadro

Leia mais

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 22/08/2014 09:19:51 301833.FRR2410R

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 22/08/2014 09:19:51 301833.FRR2410R I B A L A N C E T E D E V E R I F I C A C A O I PAG. - 1 I 1000.0000 ORCAMENTO 0,00 727.594.860,00 727.594.860,00 0,00 1100.0000 ORCAMENTO DA RECEITA 0,00 0,00 210.532.430,00 210.532.430,00 C 1110.0000

Leia mais

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00

ANEXO III 280.864,02 264.833,28 39.905,58 37.578,73 18.357,59 0,00 271.900,62 264.843,53 39.905,58 37.578,73 9.383,94 0,00 100000000 ATIVO 110000000 ATIVO CIRCULANTE 111000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL 111110000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL -

Leia mais

www.paperlessprinter.com

www.paperlessprinter.com Santa Catarina Balanço da Execução Orçamentária e Financeira - Administração Indireta - PLANO DE SAUDE ASSIST.SOCIAL DOS SERV. PUBL.-PLASS GESTÃO FINANCEIRA E ECONÔMICA BALANÇO FINANCEIRO Exercício 2008

Leia mais

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:16:58 001526.FRR2410R

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:16:58 001526.FRR2410R I B A L A N C E T E D E V E R I F I C A C A O I PAG. - 1 I 1000.0000 ORCAMENTO 0,00 123.437.480,00 123.437.480,00 0,00 1100.0000 ORCAMENTO DA RECEITA 0,00 0,00 15.345.001,00 15.345.001,00 C 1110.0000 RECEITA

Leia mais

621.927,10 284.748,83 239.680,43 666.995,50 111115099000 F OUTRAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DE LIQUIDEZ IMEDIATA

621.927,10 284.748,83 239.680,43 666.995,50 111115099000 F OUTRAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS DE LIQUIDEZ IMEDIATA Código BALANCETE ANALÍTICO CONTÁBIL SIMPLIFICADO BALANCETE - JANEIRO DE 2015 Saldo Inicial Débito Crédito Movimentação Débitos Créditos 111111901000 F BANCOS CONTA MOVIMENTO - DEMAIS CONTAS 621.927,10

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação ao arquivos publicados em 03/06/2014: Item alterado/incluído Motivo Regras de consolidação. b.8 Numeração errada. Regras de consistência, b Exclui-se as consignações do passivo financeiro

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

SANTA CATARINA INST. DE PREV. DOS SERV.PUB. DO MUNIC. DE JOACABA

SANTA CATARINA INST. DE PREV. DOS SERV.PUB. DO MUNIC. DE JOACABA Balanço Patrimonial - Anexo 14 Administração Indireta - Ativo Passivo Títulos Valor R$ Títulos Valor R$ ATIVO FINANCEIRO 6.481.282,92 DISPONIVEL 65.938,04 BANCO C/ MOVIMENTO 65.938,04 APLICACOES FINANCEIRAS

Leia mais

UESB RELATÓRIO CONTÁBIL

UESB RELATÓRIO CONTÁBIL RELATÓRIO CONTÁBIL Anexo I RELATÓRIO CONTÁBIL Análise das contas orçamentárias, financeiras, patrimoniais e das incorporações referentes aos balanços das unidades que compõe a no exercício de 2007. I APRESENTAÇÃO

Leia mais

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 Apresentação Este volume compõe o Balanço Geral do Estado do exercício financeiro 2010. Nele são apresentados os anexos exigidos na LEI 4.320/64. LUIZ MARCOS DE LIMA SUPERINTENDENTE

Leia mais

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015

Estado de Alagoas FUNPREV - Fundo de Previdência Social do Município de Mar Vermelho Balancete Orçamentário da Despesa Exercício : 07/2015 Pág. 1 Balancete Orçamentário da Despesa Correção Código Descrição da Despesa Orçado Orçamento Exp./Ext. Suplementação Anulação Rec.Autorizado Empenhado Cancelado Saldo Órgão : 06 02.195.968/0001-46 0000

Leia mais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais

Demonstrativo das Variações Patrimoniais RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.393.390.678,55 RESULTANTES DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA 28.527.468.836,27 RECEITAS 13.532.898.028,40 ORÇAMENTÁRIA 13.532.898.028,40 DESPESA ORÇAMENTARIA 10.266.008.652,65

Leia mais

VI - Pelo valor da Contribuição FGTS incidente sobre a parcela do 13º salário pago na rescisão: D - PROVISÃO P/ 13º

VI - Pelo valor da Contribuição FGTS incidente sobre a parcela do 13º salário pago na rescisão: D - PROVISÃO P/ 13º V D - PROVISÃO PARA 13º SALÁRIO E ENCARGOS SOCIAIS (Passivo Circulante) C - SALÁRIOS E ORDENADOS A PAGAR VI - Pelo valor da Contribuição FGTS incidente sobre a parcela do 13º salário pago na rescisão:

Leia mais

MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS

MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS MUNICÍPIO DE CALDAS NOVAS ESTADO DE GOIAS Balanço Financeiro - Anexo 13 (Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público MCASP) Portaria STN nº 437/2012 5a edição BALANÇO GERAL DO EXERCICIO DE 2014 PERÍODO(MÊS)

Leia mais

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4.

Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº 4. PREVIDENCIA SOCIAL DO MUN. DE CAMPINA GRANDE DO SUL ESTADO DO PARANÁ Demonstração da Receita e Despesa Segundo as Categorias Econômicas Adendo II a Portaria SOF nº 08, de 04/02/1985 Anexo I, da Lei nº

Leia mais

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 11º Congresso Catarinense de Secretários de Finanças, Contadores Públicos e Controladores Internos Municipais ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS APLICADAS AO SETOR PÚBLICO 1 Professor João Eudes Bezerra

Leia mais

CONTABILIDADE PÚBLICA *

CONTABILIDADE PÚBLICA * NIVELAMENTO EM CONTABILIDADE CONCEITOS DE CONTABILIDADE GOVERNAMENTAL CONTABILIDADE PÚBLICA * Professor ALBANIR RAMOS 2006 Contabilide Contabilide Pública Governamental é uma especialização Contabilide

Leia mais

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE A CONTABILIDADE PÚBLICA E A CONTABILIDADE GERAL

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE A CONTABILIDADE PÚBLICA E A CONTABILIDADE GERAL PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE A CONTABILIDADE PÚBLICA E A CONTABILIDADE GERAL Aspectos Contabilidade Pública Contabilidade Geral Legislação Lei nº 4.320/64 Lei nº 6.404/76 Princípios PFC e Princípios PFC

Leia mais

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março Anexo TC-01

AUTARQUIA MUNICIPAL DE ESPORTES DE CACOAL - AM Estado de Rondônia. Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março Anexo TC-01 Balancete do Sistema Orçamentário no Período de março a março 1. 1.1. 1.1.1. 1.1.1.1. 1.1.1.1.1. 1.1.1.1.1.19. 1.1.1.1.1.19.02. 1.1.1.1.1.19.04. 1.1.3. 1.1.3.8. 1.1.3.8.1. 1.1.3.8.1.08. 1.1.3.8.1.09. 1.1.5.

Leia mais

20/07/2015. Receitas. Receitas. Receitas

20/07/2015. Receitas. Receitas. Receitas Em sentido amplo, os ingressos de recursos financeiros nos cofres do Estado denominam-se receitas públicas, registradas como receitas orçamentárias, quando representam disponibilidades de recursos financeiros

Leia mais

Jonilson Lima da Silva Diretor Administrativo CRC/DF 13305/00

Jonilson Lima da Silva Diretor Administrativo CRC/DF 13305/00 BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO ATIVO CIRCULANTE 38.455.315,35 29.551.124,31 Disponível 87.037,02 29.289,05 Realizável 38.037.154,40 29.516.935,26 Aplicações 23.329.701,27 15.413.999,65 Créditos de Operações

Leia mais

CRESS/MA - 2ª Região Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47

CRESS/MA - 2ª Região Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47 Conselho Regional de Serviço Social/MA CNPJ: 06.042.030/0001-47 Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA CRÉDITOS A CURTO PRAZO PASSIVO CIRCULANTE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS,

Leia mais

Previsão da receita e fixação da despesa referente à aprovação do orçamento com base na Lei Orçamentária Anual, no valor de R$ 50.000.

Previsão da receita e fixação da despesa referente à aprovação do orçamento com base na Lei Orçamentária Anual, no valor de R$ 50.000. Olá, pessoal! Comento neste toque as questões de Contabilidade Pública que caíram no concurso para conselheiro substituto do TCE-CE. A banca foi a Fundação Carlos Chagas. Aproveito a oportunidade para

Leia mais

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:19:54 001526.FRR2410R

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 09/09/2010 14:19:54 001526.FRR2410R I B A L A N C E T E D E V E R I F I C A C A O I PAG. - 1 I 1000.0000 ORCAMENTO 0,00 198.299.645,00 198.299.645,00 0,00 1100.0000 ORCAMENTO DA RECEITA 0,00 5.567.286,00 39.139.126,00 33.571.840,00 C 1110.0000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE UMUARAMA ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE UMUARAMA ESTADO DO PARANÁ ERRATA - EDITAL N 058/2010 CONCURSO PÚBLICO SÚMULA: Dispõe sobre a retificação do Edital nº. 056/2010 que trata da abertura de vagas para o Concurso Público Municipal. O Presidente da Comissão Especial

Leia mais

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada,

RECEITA. Despesas Correntes, sob forma: Tributária Patrimonial Industrial Recursos financeiros Outras. Tributo: Definição: Receita derivada, RECEITA Definição : receita recebida de pessoa de direito público Definição: Receita recebida de pessoas de direito público ou privado, ou privado, para atender despesas classificáveis em para atender

Leia mais

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público

ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público SISTEMA INTEGRADO DE CONTROLE E AUDITORIA PÚBLICA - SICAP/CONTÁBIL ENCONTRO TÉCNICO MCASP - Manual de Contabilidade Aplicado ao Setor Público Portaria Conjunta STN/SOF nº 02/2012 Portaria STN nº 437/2012

Leia mais

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA

939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA s s 100000000000 ATIVO 939.108,16 582.338,94 553.736,74 967.710,36 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 468.462,90 582.338,94 553.736,74 497.065,10 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA

Leia mais

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 21/11/2014 08:31:31 301833.FRR2410R

* VER DETALHAMENTO NO SIA215A 21/11/2014 08:31:31 301833.FRR2410R I B A L A N C E T E D E V E R I F I C A C A O I PAG. - 1 I 1000.0000 ORCAMENTO 0,00 757.367.420,00 757.367.420,00 0,00 1100.0000 ORCAMENTO DA RECEITA 0,00 0,00 210.532.430,00 210.532.430,00 C 1110.0000

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES - MG RUA CEL. ALFREDO SILVA JUNQUEIRA, 57 - CENTRO CNPJ: 17.955.535/0001-19 Telefone: 35 3691-1033

PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES - MG RUA CEL. ALFREDO SILVA JUNQUEIRA, 57 - CENTRO CNPJ: 17.955.535/0001-19 Telefone: 35 3691-1033 Página: 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES - 2014 CAMARA MUNICIPAL DE TRÊS CORAÇÕES - 2014 INSTITUTO DE PREVIDENCIA MUNICIPAL DE TRES CORACOES - IPRECOR - 2014 Descrição Arrecadada no Mês Arrecadada

Leia mais

Cadastro do Contador. Responsável Prefeito e Vice-Prefeito

Cadastro do Contador. Responsável Prefeito e Vice-Prefeito Cadastro do Contador Responsável Prefeito e Vice-Prefeito I.N. No. 02/2008 MODELO 05 1.0. PREFEITO Nome completo: MANOEL GOMES DE LIMA CPF: 053.392.783-87 Endereço Residencial: RUA MONSENHOR MELO Bairro

Leia mais

ASSEMBLÉIA PARAENSE CNPJ /

ASSEMBLÉIA PARAENSE CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL EM: ( Valores em Reais) ATIVO CIRCULANTE 17.802.769,62 10.829.348,39 DISPONIBILIDADE 7.703.537,60 3.824.493,65 Caixa e Bancos 436.727,86 548.337,85 Aplicações Financeiras 7.266.809,74

Leia mais

ATIVO 735.264,30D 663.271,13D. Ativo Circulante 197.219,83D 167.247,30D. Disponivel 168.938,31D 150.125,04D

ATIVO 735.264,30D 663.271,13D. Ativo Circulante 197.219,83D 167.247,30D. Disponivel 168.938,31D 150.125,04D Data: 17/07/2015 ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE BAMBUI Folha: 2 Hora: 10:41:27 *** Balanço Patrimonial *** ATIVO 735.264,30D 663.271,13D Ativo Circulante 197.219,83D 167.247,30D Disponivel 168.938,31D

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro RELAÇÃO DE DOCUMENTOS INTEGRANTES DA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA (CONTAS DE GOVERNO) EXERCÍCIO DE 2014 CONFORME OFÍCIO-CIRCULAR Nº 14/2015 PRS/GAP RESPONSABILIZAÇÃO CADASTROS do Prefeito

Leia mais

5 Análise do Balanço Patrimonial

5 Análise do Balanço Patrimonial 5 Análise do Balanço Patrimonial Essa análise tem por finalidade confrontar os dados e valores que constituem o Balanço Patrimonial correspondente ao exercício de 2002, com os do mesmo período de 2001,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL CRESS/SC CNPJ Nº / BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2006

CONSELHO REGIONAL DE SERVIÇO SOCIAL CRESS/SC CNPJ Nº / BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2006 BALANÇO PATRIMONIAL EM 31/12/2006 A T I V O (R$) P A S S I V O ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa 0,00 Credores da entidade 0,00 Bancos Movimento 23.647,47 Consignações 877,01 Responsável por Suprimento

Leia mais

<ESFERA DE GOVERNO> BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL <PERÍODO DE REFERÊNCIA> Créditos Orçamentários e Suplementares

<ESFERA DE GOVERNO> BALANÇO ORÇAMENTÁRIO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL <PERÍODO DE REFERÊNCIA> Créditos Orçamentários e Suplementares $1(;2,,,6(*81'2$370361ž$78$/,=$'$3(/$370361žH370361ž 02'(/26(,16758d (6'(35((1&+,0(172'$6'(021675$d (6&217È%(,6 Os Regimes Próprios de Previdência Social deverão elaborar, anualmente, as seguintes Demonstrações

Leia mais

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO

115610000000 ALMOXARIFADO - CONSOLIDAÇÃO 115810000000 OUTROS ESTOQUES - CONSOLIDAÇÃO 100000000000 ATIVO 329.083,39 911.970,67 872.747,07 368.306,99 110000000000 ATIVO CIRCULANTE 3.073,50 898.201,87 872.747,07 28.528,30 111000000000 CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA 111100000000 CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE COMUNITARIA CRIANÇA ESPERANÇA CNPJ:

BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE COMUNITARIA CRIANÇA ESPERANÇA CNPJ: Folha 53 BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE COMUNITARIA CRIANÇA ESPERANÇA Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de 2009 2008 CRECHE COMUNITARIA CRIANÇA ESPERANÇA Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL MISSAO AMOR CNPJ:

BALANÇO PATRIMONIAL MISSAO AMOR CNPJ: Folha 20 BALANÇO PATRIMONIAL MISSAO AMOR Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de 2009 2008 MISSAO AMOR Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de (Valores expressos em milhares de reais) 2009 2008

Leia mais

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa V Pagamento de fornecedores Retenção de IRF sobre serviços Retenção de IRF sobre salários Pró-labore Integralização de capital em dinheiro Integralização de capital em bens Depreciação ICMS sobre vendas

Leia mais

ATIVO Nota PASSIVO Nota

ATIVO Nota PASSIVO Nota Balanços patrimoniais ATIVO Nota 2016 2015 PASSIVO Nota 2016 2015 CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e equivalentes de caixa 165 528 Recursos a serem aplicados em projetos 7 23.836 23.413 Caixa e equivalentes

Leia mais

FUNDAÇÃO DAS ESCOLAS UNIDAS DO PLANALTO CATARINENSE LAGES - SC BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE. Valores expressos em Reais ATIVO

FUNDAÇÃO DAS ESCOLAS UNIDAS DO PLANALTO CATARINENSE LAGES - SC BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE. Valores expressos em Reais ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO CIRCULANTE Notas 6.637.617 7.393.842 Disponibilidades 1.048.777 742.707 Créditos a receber de clientes 4.1 1.832.535 2.646.556 Créditos a receber - outros

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE LAR DOS INOCENTES CNPJ:

BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE LAR DOS INOCENTES CNPJ: Folha 47 BALANÇO PATRIMONIAL CRECHE LAR DOS INOCENTES Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de 2009 2008 CRECHE LAR DOS INOCENTES Demontrações Contabeis em 31 de Dezembro de (Valores expressos em milhares

Leia mais

Página 1 de 5. Mês: 02 / 2015. Prefeitura Municipal de Pouso Alegre Balanço Financeiro

Página 1 de 5. Mês: 02 / 2015. Prefeitura Municipal de Pouso Alegre Balanço Financeiro Página 1 de 5 RECEITA ORÇAMENTÁRIA 70.268.205,07 Receitas Correntes 66.490.565,93 Receita Tributária 5.172.651,23 Receitas de Contribuições 2.299.302,81 Receita Patrimonial 6.396.614,72 Receita de Serviços

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA - DMU Alterações em relação aos arquivos publicados em 10/11/2014: Item alterado/incluído Evento 1.9 Evento 2.20.8 Evento 2.72.13 Motivo Obs: Os créditos relativos à Dívida Ativa podem ser registrados somente

Leia mais

Análise Contábil do Relatório de

Análise Contábil do Relatório de Análise Contábil do Relatório de Controle Interno Gerência de Contabilidade Centralizada Diretoria de Contabilidade Geral Flávio van GEORGE Rocha Sir. Flávio van GEORGE Rocha Composição do Relatório: 1.

Leia mais

Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos

Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos Prof. Msc.: Vitor Maciel dos Santos Orientações Estratégicas para a Contabilidade Aplicada ao Setor Público no Brasil Aspectos práticos da CASP e a importância da estruturação setorial PREMISSAS Orientações

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417.

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO. Aracaju - SE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O CIRCULANTE 160.805.445 138.417. BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO A T I V O 2008 2007 CIRCULANTE 160.805.445 138.417.550 DISPONIBILIDADES 19.838.758 6.355.931 Caixa e bancos 2.931.388 3.021.874 Aplicações de liquidez imediata 16.907.370

Leia mais

30/06/2015 IPSAS. Lançamentos Contábeis Típicos e DCASP MCASP. Lucy Fátima de Assis Freitas. 6ª Edição - 2015 PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS

30/06/2015 IPSAS. Lançamentos Contábeis Típicos e DCASP MCASP. Lucy Fátima de Assis Freitas. 6ª Edição - 2015 PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS CONVERGÊNCIA CONTÁBIL SETOR PUBLICO BRASILEIRO Lançamentos Contábeis Típicos e DCASP Lucy átima de Assis reitas Plano de Implantação Procedimentos Contábeis Patrimoniais Regulamenta o art. 13 da Portaria

Leia mais

Contabilidade Pública. Aula 1. Apresentação. Aula 1. Conceitos e definições. Bases legais. Contabilidade Pública.

Contabilidade Pública. Aula 1. Apresentação. Aula 1. Conceitos e definições. Bases legais. Contabilidade Pública. Contabilidade Pública Aula 1 Apresentação Prof. Adilson Lombardo Aula 1 Conceitos e definições Bases legais Contabilidade Pública Orçamento Público Normas Brasileiras de Contabilidade Técnicas 16 Normas

Leia mais