Tels.: Campinas-sp Itupeva-sp

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tels.: Campinas-sp Itupeva-sp"

Transcrição

1

2 Principais características: Inserção do tipo mandíbula Pode ser entregue a prova de falha ou a favor do rompimento Reduz vibrações Materiais: EN-GJL-250 (GG-25) Alta resistência ao desgaste Desenho compacto Leve, com consequente baixo momento de inércia Diâmetros do furo de até 220mm Torques até Nm Metades fornecidas com pré furos / furo final (também cônicos ou dentados) e mesmo para buchas cônicas Elastômeros podem ser fornecidos com durezas de 80, 92 e 98 Shore A Temperaturas de -40 à +90 C (para períodos curtos até +120 C) Alto nível de compensações de posicionamentos axiais e desalinhamentos radiais, axiais e angulares. Modelo FW / FNW Modelo FW / FNW Modelo XW Modelo TX Bucha Cônica (Taper Bush) Modelo XW O acoplamento flexível DESCH Hadeflex, modelo XW, é um acoplamento à prova de falhas com elementos flexíveis para a conexão de eixos submetidos à torção. Uma vez conectado não requer quaisquer demandas quanto à condições especiais de precisão de alinhamento. São submetidos a balanceamento em conformidade com DIN-ISO 1940 qualidade G 16. O acoplamento flexível DESCH Hadeflex, modelo F, é um acoplamento tipo mandíbula com elementos flexíveis para a conexão à eixos submetidos à torção. Uma vez montado não faz quaisquer demandas especiais quanto à precisão do alinhamento. Efetuado balanceamento de qualidade conforme DIN-ISO 1940, qualidade G 16. Devido à elasticidade do acoplamento, os impactos, vibrações e ruído de rotação estão efetivamente atenuados. Os elementos flexíveis foram dimensionados de tal forma a compensar desalinhamentos radial, axial e angulares entre as duas metades do acoplamento. Entregues na dureza de 80 Shore A e caracterizados pela sua resistência ao desgaste, ao óleo, ozônio, resistência ao envelhecimento e resistência à variações de temperatura de -20 C a + 80 C. O acoplamento flexível DESCH Hadeflex, modelo F, é produzido em 2 peças ou 3 peças. O acoplamento modelo FW permite que os pacotes sejam instalados após o deslocamento axial da máquina motriz ou parte movida. O modelo FNW em 3 peças permite que os pacotes sejam instalados sem um deslocamento axial da máquina motriz ou da movida. Os acoplamentos DESCH Hadeflex são à prova de falhas até o torque de quebra do cames de transmissão, proporcionando assim o mais alto nível de confiabilidade operacional. Mediante à elasticidade do acoplamento, impactos, vibrações e ruídos de rotação estão efetivamente atenuados. O elemento elástico é dimensionado de forma que os movimentos radiais, axiais e angulares entre as duas metades do acoplamento podem devidamente compensados. Os elastômeros são disponíveis na cor natural da dureza Shore A de 92, e no azul para uma dureza da ordem de 98 Shore A. Este acoplamento é caracterizada pela sua resistência ao desgaste, bem como ao óleo, ozônio e resistência ao envelhecimento. Devido à posição radial fixa do elemento flexível este pode ser movido na direção axial, de modo que, mesmo quando não alternando as direções de rotação, não há forças axiais prejudiciais sobre o rolamento máquina. O elemento flexível do acoplamento DESCH Hadeflex mantêm suas cargas em até + 90 C, e para cargas transientes até C. Também é admissível seu uso para baixas temperaturas da ordem de -40 C. O acoplamento DESCH Hadeflex é usado dentro de toda a área de engenharia mecânica e em todos os lugares onde é necessária uma conexão entre um motor e um mecanismo movido. Modelo TX Bucha Cônica (Taper Bush) Além de ter as mesmas características do produto e descrição do produto como modelo XW, o acoplamento TX DESCH Hadeflex une adicionalmente os benefícios de um acoplamento flexível com as vantagens do sistema de bucha cônica (Taper bush). Sua instalação rápida e simples para uma conexão flexível de torção com o objetivo de compensar desalinhamento de eixos. 2 TX Modelo com bucha cônica tem a vantagem de, mesmo no caso de maiores tolerâncias do eixo, permite livre flutuação radial, porém assegurando uma fixação axial. Além disso, o ajuste de pressão facilita o alinhamento axial do acoplamento. O elemento elástico pode ser facilmente substituído por movimento axial das metades do acoplamento, sem a necessidade de desmontar a máquina ou equipamento.

3 Modelo TX Bucha Cônica (Taper Bush) 1) Torques de ajuste do eixo com chaveta - 2) Máxima alternada torque de até f = 10 Hz - 3) Os valores mencionados são válidos para 600 rpm e pode ocorrer apenas separadamente.em várias distorções ou velocidades mais altas, os valores devem ser reduzidos - 4) Peso e momentos de inércia são válidos para max. furos ;materiais meio de acoplamento : EN- GJL -250 (GG -25) de acordo com a norma DIN EN

4 Com chaveta. DIN 6885/1 tolerância JS9 Dados técnicos XW1 1) Torques de ajuste do eixo com chaveta - 2) Máxima alternada torque de até f = 10 Hz - 3) Os valores mencionados são válidos para 600 rpm e pode ocorrer apenas separadamente.em várias distorções ou velocidades mais altas, os valores devem ser reduzidos ( ver página 10) 4

5 Modelo XW1 1 ) Faça furos H7, com ranhura em acordo com DIN 6885/1 ; zona de tolerância JS9 e parafusos de ajuste na ranhura 2) A informação relativa aos pesos e momentos de inércia de massa para aplicar max furos por acoplamento ; materiais meio de acoplamento : EN- GJL (GG -25 ), em conformidade com a norma DIN EN 1561 bzw. * feito de alumínio. 5

6 Atribuição ao motor IEC XW1 Tal como proposto na tabela para a superfície arrefecida motores trifásicos com rotor gaiola acc. DIN 42673, page1 (dados de motor 56, 63, 71, 80, 315 L, 355 L, 400 L, consulte catalogo dos motores elétricos). Esta repartição é uma seleção preliminar para condições normais de operação. Para condições de operação sob choque e de cargas variáveis a seleção deve ser feita de acordo com o seguinte. (consulte a página S.10 ) 6

7 Dados técnicos FW- FNW 1 ) Torques de ajuste do eixo com chaveta 2) alternada de torque máxima até f = 10 Hz 3) Os valores mencionados são válidos para 600 rpm. Em várias distorções ou velocidades mais altas os valores devem ser reduzidos ( ver página 10). 7

8 Modelo FW 1 ) Faça furos H7, com ranhura em acordo com DIN 6885/1 ; zona de tolerância JS9 e parafusos de ajuste na ranhura 2) A informação relativa aos pesos e momentos de inércia de massa para aplicar buracos max por acoplamento. ; materiais meio de acoplamento : EN- GJL (GG -25 ), em conformidade com a norma DIN EN

9 Modelo FNW 1 ) Faça furos H7, com ranhura em acordo com DIN 6885/1 ; zona de tolerância JS9 e parafusos de ajuste na ranhura 2) A informação relativa aos pesos e momentos de inércia de massa para aplicar buracos max por acoplamento. ; materiais meio de acoplamento : EN- GJL (GG -25 ), em conformidade com a norma DIN EN

10 Desalinhamentos admissíveis Desalinhamento Radial Desalinhamento Axial Desalinhamento Angular Redução dos valores admissíveis de desalinhamento quando a combinação de desalinhamentos ocorrer em outras velocidades de rotação: Δ Kr / a / w = radial admissível, axial ou angular desalinhamento dos respectivos eixos das metades do acoplamento. Δ Wr / A / w = medida radial, axial ou angular desalinhamento dos respectivos eixos das metades do acoplamento. O Torque da máquina (TAN) é determinado por: No caso de choque ou maior carga mudanças poderão ocorrer recomendamos uma revisão de acordo com DIN 740. Poderá ser necessário um programa de cálculo adequado para uma tal revisão. As seguintes informações são necessárias: Este torque TAN mutiplique pelo fator de Serviço " S ", dependendo da aplicação e o fator de temperatura ST (ver tabela pág. 11 ) do acoplamento torque nominal exigida TKN. result: TKN S. ST. TAN Tipo de máquina acionada; Velocidade de rotação da operação; Choques e cargas; Momentos de inércia da carga; Nº de partidas por hora; Temperatura ambiente; 10

11 Fatores de Serviço S 11

12

Buchas ETP O mecanismo de fixação ideal para todo tipo de conexões eixo e cubo

Buchas ETP O mecanismo de fixação ideal para todo tipo de conexões eixo e cubo Buchas ETP O mecanismo de fixação ideal para todo tipo de conexões eixo e cubo As buchas ETP são mecanismos de fixação que, apesar de simples, tem tido sua eficiência comprovada através de anos de uso.

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos Acriflex Cubo Cheio, permitem a utilização em diâmetros maiores de eixo, em relação ao Acoplamento AX com Cubo Normal. Os cubos são produzidos em Aço Sae 1020 ou

Leia mais

RADEX -N Composite Instruções de Operação/Montagem

RADEX -N Composite Instruções de Operação/Montagem 1 de 9 RADEX -N é um acoplamento em aço flexível de lâminas, torcionalmente rígido, capaz de compensar desalinhamentos causados por expansão devido ao calor, por exemplo. Conteúdo 1 Dados técnicos 2 Avisos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 1 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos ACRIFLEX AV são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de POLIURETANO resistente à poeira,

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MN

ACOPLAMENTO ELÁSTICO MN CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MN são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha sintética de elevada resistência a

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MX

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MX ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MX CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MX são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de

Leia mais

Características Elétricas. 5 a 28Vcc (HTL ou TTL) / 5Vcc ± 5% (RS-422) Curto-Circuito, inversão de polaridade e sobre-tensão.

Características Elétricas. 5 a 28Vcc (HTL ou TTL) / 5Vcc ± 5% (RS-422) Curto-Circuito, inversão de polaridade e sobre-tensão. SérieA60LC Ü Flange Tipo Clamping Ü Conjunto Óptico Digital Ü Mecânica Robusta para Ambiente Industrial Ü Rolamentos de Alta Durabilidade Ü Prazo de Entrega Diferenciado Características Elétricas Codificação:

Leia mais

Bomba de engrenagem externa Tipo F

Bomba de engrenagem externa Tipo F P 1 31/4.2 Substitui: 2.2 Bomba de engrenagem externa Tipo F Tamanhos Nominais 6 a22 Pressão operacional máxima 25 bar Volume de deslocamento até 22,9 cm 3 Bomba F Descrição de funcionamento, Corte A unidade

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS GR (COM GARRAS)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS GR (COM GARRAS) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS GR (COM GARRAS) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos GR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha

Leia mais

ACOPLAMENTO ELÁSTICO CR (COM CRUZETA)

ACOPLAMENTO ELÁSTICO CR (COM CRUZETA) ACOPLAMENTO (COM CRUZETA) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos CR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha sintética

Leia mais

Anel de fixação MMP - Principais Características

Anel de fixação MMP - Principais Características Anel de fixação MMP - Principais Características Os anéis de fixação MMP oferecem as vantagens de um sistema de ajuste forçado, com uma simplificada instalação e remoção. Estão baseados no sistema de cunha:

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MB

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MB ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MB CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MB são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de

Leia mais

Sistemas Mecatrônicos 1

Sistemas Mecatrônicos 1 Sistemas Mecatrônicos 1 Módulo 5 Elementos mecânicos de sistemas mecatrônicos Prof. Leonardo Marquez Pedro Os elementos mecânicos são utilizados na construção da cadeia cinemática dos diferentes tipos

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MX (CUBO CHEIO)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX MX (CUBO CHEIO) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MX CUBO CHEIO são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre eles, de borracha.

Leia mais

PB E PBL CARACTERÍSTICAS ENGRENAGENS DE DENTES HELICOIDAIS LUBRIFICAÇÃO POR GRAXA SINTÉTICA MECANISMO DE PINÇA DE APERTO

PB E PBL CARACTERÍSTICAS ENGRENAGENS DE DENTES HELICOIDAIS LUBRIFICAÇÃO POR GRAXA SINTÉTICA MECANISMO DE PINÇA DE APERTO PB E PBL CARACTERÍSTICAS PB PBL SB SBL SE SEL SD SDL SF SFL ST ENGRENAGENS DE DENTES HELICOIDAIS Mecanismos de redução de primeira linha empregar engrenagens de dentes helicoidais, que fornecem uma taxa

Leia mais

Descritivo Técnico Adaptador Sensor Hall

Descritivo Técnico Adaptador Sensor Hall Folha 1 de 7 Folha 2 de 7 Sumário 1 Descrição geral... 3 2 Funcionamento... 3 2.1 Operação... 3 2.2 Programação, configuração e comunicação... 3 2.3 Descritivo de aplicação... 3 2.4 Exemplo de aplicação...

Leia mais

Rolamentos de rolos cilíndricos

Rolamentos de rolos cilíndricos Rolamentos de rolos cilíndricos Rolamentos de rolos cilíndricos 292 Definições e aptidões 292 Séries 292 Variantes 293 Tolerâncias e jogos 294 Elementos de cálculo 296 Elementos de montagem 297 Sufixos

Leia mais

Redutores planetários Alta Precisão Alta Velocidade

Redutores planetários Alta Precisão Alta Velocidade Código de compra SÉRIE AF APEX DYNAMICS BRASIL AF07-00 - S - P / MOTOR Tamanho do redutor Opção de eixo de saída: S: Eixo de saída liso S: Eixo de saída com chaveta Dados do motor: Fabricante e modelo

Leia mais

SF E SFL CARACTERÍSTICAS

SF E SFL CARACTERÍSTICAS SF E SFL CARACTERÍSTICAS PB PBL SB SBL SE SEL SD SDL SF SFL ST ENGRENAGENS DE DENTES HELICOIDAIS Mecanismos de redução de primeira linha empregar engrenagens de dentes helicoidais, que fornecem uma taxa

Leia mais

Anel de fixação MMP - Principais Características

Anel de fixação MMP - Principais Características Anel de fixação MMP - Principais Características Os anéis de fixação MMP oferecem as vantagens de um sistema de ajuste forçado, com uma simplificada instalação e remoção. Estão baseados no sistema de cunha:

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MD são compostos por dois cubos simétricos e totalmente usinados de ferro fundido cinzento, com pinos de aço e

Leia mais

Resistência dos Materiais. Aula 6 Estudo de Torção, Transmissão de Potência e Torque

Resistência dos Materiais. Aula 6 Estudo de Torção, Transmissão de Potência e Torque Aula 6 Estudo de Torção, Transmissão de Potência e Torque Definição de Torque Torque é o momento que tende a torcer a peça em torno de seu eixo longitudinal. Seu efeito é de interesse principal no projeto

Leia mais

ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS

ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS ROLAMENTOS AUTOCOMPENSADORES DE ROLOS, Furo Cônico Diâmetro do Furo 20-150 mm... B184 Diâmetro do Furo 160-560 mm... B192 Diâmetro do Furo 600-1400 mm... B202 B 182

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS TIPO MADEFLEX MD CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX MD são compostos por dois cubos simétricos e totalmente usinados de ferro fundido cinzento, com pinos de aço e

Leia mais

Girando peças com Festo

Girando peças com Festo Girando peças com Festo Rotics: O modo mais simples de realizar giros. Segurança na operação: Detecção do fim-de-curso mediante sensores indutivos. Ajuste individual: Ajuste fácil de 0 até 184 o. Operação

Leia mais

ACOPLAMENTO AC CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

ACOPLAMENTO AC CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ACOPLAMENTO AC CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS O acoplamento ACRIFLEX AC é composto por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, unidos por um jogo de correias planas fixadas aos cubos através de um flange

Leia mais

Rendimentos em Transmissões Mecânicas

Rendimentos em Transmissões Mecânicas Rendimentos em Transmissões Mecânicas NOME: Lucas Ribeiro Machado O que é Transmissões Mecânicas Transmissão mecânica são equipamentos ou mecanismo que tem a função de transmitir potência, torque ou rotação

Leia mais

Bomba de engrenamento externo Tipo AZPF

Bomba de engrenamento externo Tipo AZPF P 10 01D/0.02 Substitui : 02.02 Edição rasil: 09.0 omba de engrenamento externo Tipo AZPF s nominais até Pressão máxima 20 bar (conforme TN) Volume de recalque até 22,9 cm Descrição de funcionamento, cortes

Leia mais

FOLHA DE DADOS TÉCNICA Encoder Incremental RI 76TD

FOLHA DE DADOS TÉCNICA Encoder Incremental RI 76TD Eixo vazado Ø 5 mm até 4 mm Diâmetro externo de apenas 76 mm Fácil instalação por meio de anel de fixação frontal ou traseiro Temperatura de operação de até 00 C Aplicações: motores, impressoras, elevadores

Leia mais

01 PLP R00 BOMBA DE PALHETAS DE DESLOCAMENTO VARIÁVEL 1/9 2 - SIMBOLOGIA HIDRÁULICA 1 - PRINCÍPIO OPERACIONAL

01 PLP R00 BOMBA DE PALHETAS DE DESLOCAMENTO VARIÁVEL 1/9 2 - SIMBOLOGIA HIDRÁULICA 1 - PRINCÍPIO OPERACIONAL 01 PLP BOMBA DE PALHETAS DE DESLOCAMENTO VARIÁVEL 1 - PRINCÍPIO OPERACIONAL 2 - SIMBOLOGIA HIDRÁULICA - Como resultado de atividades de pesquisa constantes realizadas com o objetivo de introduzir novos

Leia mais

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação

Acoplamento. Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, Conceito. Classificação Acoplamento Introdução Uma pessoa, ao girar o volante de seu automóvel, percebeu um estranho ruído na roda. Preocupada, procurou um mecânico. Ao analisar o problema, o mecânico concluiu que o defeito estava

Leia mais

Capítulo I: Elementos de Fixação

Capítulo I: Elementos de Fixação Capítulo I: Elementos de Fixação Profª. Luziane M. Barbosa 1 Profª. Luziane M. Barbosa 2 1 Profª. Luziane M. Barbosa 3 Uniões Móveis Permanentes Profª. Luziane M. Barbosa 4 2 PINOS Funções: Possibilitar

Leia mais

Por que escolher a Rexnord?

Por que escolher a Rexnord? 1-815-229-3190 (para produtos ) Por que escolher a Rexnord? Quando se trata de fornecer produtos de engenharia de alto padrão, que melhoram a produtividade e a eficiência de aplicações industriais em todo

Leia mais

Conteúdo. Resistência dos Materiais. Prof. Peterson Jaeger. 3. Concentração de tensões de tração. APOSTILA Versão 2013

Conteúdo. Resistência dos Materiais. Prof. Peterson Jaeger. 3. Concentração de tensões de tração. APOSTILA Versão 2013 Resistência dos Materiais APOSTILA Versão 2013 Prof. Peterson Jaeger Conteúdo 1. Propriedades mecânicas dos materiais 2. Deformação 3. Concentração de tensões de tração 4. Torção 1 A resistência de um

Leia mais

Acionamento de motores de indução

Acionamento de motores de indução Acionamento de motores de indução Acionamento de motores de indução Vantagens dos motores de indução Baixo custo Robustez construtiva 1 Controle da velocidade de motores de indução Através de conversores

Leia mais

Curso de Manutenção Industrial (Mecânica)

Curso de Manutenção Industrial (Mecânica) Curso de Manutenção Industrial (Mecânica) VIBRAÇÕES MECÂNICAS Diagnóstico de avarias através da análise de Vibrações Desalinhamento Existe desalinhamento sempre que as linhas de eixo dos veios e das chumaceiras

Leia mais

DATASHEET Encoder Absoluto AC 58 - Profibus

DATASHEET Encoder Absoluto AC 58 - Profibus Diagnóstico por LED Conexão por cabo ou conector M12 Saída de velocidade, aceleração Programável: Resolução, Preset, Direção, Tempo de operação Opcional: Display "tico" Endereço via interface parametrizável

Leia mais

INEC - Indústria Nacioal de Eixos Cardan Ltda Catálogo Industrial. Eixos Cardan. Cruzetas. Balanceamento Dinâmico

INEC - Indústria Nacioal de Eixos Cardan Ltda Catálogo Industrial. Eixos Cardan. Cruzetas. Balanceamento Dinâmico INEC - Indústria Nacioal de Eixos Cardan Ltda Catálogo Industrial Eixos Cardan Cruzetas Balanceamento Dinâmico INEC - Indústria Nacioal de Eixos Cardan Ltda Catálogo Industrial Rua Professor João Cavalheiro

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Indicações importantes relativas às instruções de montagem VOSS O desempenho e a segurança mais elevados possíveis no funcionamento dos produtos VOSS só serão obtidos se forem cumpridas

Leia mais

V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS

V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS V OMS Motor Orbital V OMS Recomendações Para garantir uma maior vida útil do motor, preencher a carcaça com óleo antes de rodar e deixar o motor trabalhar com cargas moderadas e a baixa velocidade durante 10

Leia mais

Rolamentos Autocompensadores de Esferas

Rolamentos Autocompensadores de Esferas Rolamentos Autocompensadores de Esferas Tolerância Página 52 Folga interna Página 64 Modelo Os Rolamentos Autocompensadores de Esferas são particularmente apropriados para aplicações onde ocorram desalinhamentos

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Mecânica. Eixos e árvores

Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Mecânica. Eixos e árvores Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Departamento de Engenharia Mecânica Eixos e árvores Introdução 1.1 Conceitos fundamentais 1.2 Considerações sobre fabricação 1.3 Considerações sobre projeto

Leia mais

26/11/ Agosto/2012

26/11/ Agosto/2012 26/11/2012 1 Agosto/2012 Motores Elétricos 26/11/2012 2 Motores Elétricos Conceitos Motor elétrico é uma máquina destinada a transformar energia elétrica em mecânica. É o mais usado de todos os tipos de

Leia mais

SIVACON S4. Acoplamento elétrico e mecânico de painéis. siemens.com.br. Conteúdo PERIGO ATENÇÃO OBSERVAÇÃO IEC /2. Instruções de Serviço

SIVACON S4. Acoplamento elétrico e mecânico de painéis. siemens.com.br. Conteúdo PERIGO ATENÇÃO OBSERVAÇÃO IEC /2. Instruções de Serviço SIVACON S4 siemens.com.br IEC 61439-1/2 Instruções de Serviço PERIGO Tensão perigosa. Perigo de morte ou ferimentos graves. Desligue e bloqueie toda a energia, que alimenta este aparelho, antes de executar

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - SRP SRP 3040 E. Analógico / Eletrônico CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CT SRP SRP 3040 E

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - SRP SRP 3040 E. Analógico / Eletrônico CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CT SRP SRP 3040 E CT 222 SRP 30 SRP 30 E CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR SRP 30 SRP 30 E INÍCIO DE FABRICAÇÃO NOVEMBRO/20 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS MODELO VAZÃO VOLUMÉTRICA MOTOR ELÉTRICO PRINCIPAL Ruído ø Polia 7,5 barg/110

Leia mais

MOTORES ELÉCTRICOS. Cat Out / 11. Telef: Mail:

MOTORES ELÉCTRICOS. Cat Out / 11. Telef: Mail: MOTORES ELÉCTRICOS Cat 021 - Out 2015 1 / 11 Motores com rotor em gaiola de esquilo, fechados, com ventilação exterior. Esta série compreende 16 alturas de veios: de 56 a 355mm. Isolamento classe "F",

Leia mais

Série: FBOH2 MANUAL TÉCNICO. - Em conformidade com a API 610 BOMBA CENTRÍFUGA FBOH2 HIGH FLOW. Aplicação

Série: FBOH2 MANUAL TÉCNICO. - Em conformidade com a API 610 BOMBA CENTRÍFUGA FBOH2 HIGH FLOW. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBOH2 - Em conformidade com a API 610 Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, siderúrgica,

Leia mais

Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série ED02. Catálogo impresso

Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série ED02. Catálogo impresso Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série ED0 Catálogo impresso Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série ED0 Válvula reguladora de pressão

Leia mais

Acoplamento de Fole Metálico KB 1 ØD1H7 Ø B. Furo D1 H7 Comprimento total Tipo / torque

Acoplamento de Fole Metálico KB 1 ØD1H7 Ø B. Furo D1 H7 Comprimento total Tipo / torque 1 com Parafusos L ±1 Ø B ØD1H7 ØD2H7 F (DIN 916) XMPLO D PDIDO: 1/45-40 - 10-18 - S Transm. L D1/D2 Ø B F de Rigidez Desalinhamento Furo Paraf. inércia torsional radial axial radial axial angular T KN

Leia mais

ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Oficina Mecânica para Automação - OMA

ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Oficina Mecânica para Automação - OMA II. AJUSTE & TOLERÂNCIA: Livro recomendado: Tolerâncias, Ajustes, Desvios e Análise de Dimençôes. Autores: Osvaldo Luiz Agostinho; Antonio Carlos dos Santos Rodrigues e Joâo Lirani. Editora Edgard Blucher

Leia mais

Anel de fixação MMP - Principais Características

Anel de fixação MMP - Principais Características Anel de fixação MMP - Principais Características Os anéis de fixação MMP oferecem as vantagens de um sistema de ajuste forçado, com uma simplificada instalação e remoção. Estão baseados no sistema de cunha:

Leia mais

Sistemas de Transmissão de Movimento

Sistemas de Transmissão de Movimento elcabral@usp.br 1 PMR2560 Robótica Sistemas de Transmissão de Movimento Eduardo L. L. Cabral elcabral@usp.br elcabral@usp.br 2 Objetivos Sistemas de transmissão de movimento. Características; Tipos: Redutores

Leia mais

FEPI. Fresamento. Surgiu em , Page 1 Tecnologia Mecânica II

FEPI. Fresamento. Surgiu em , Page 1 Tecnologia Mecânica II Fresamento A Fresagem ou o Fresamento é um processo de usinagem mecânica, feito através de uma máquina chamada FRESADORA e ferramentas especiais chamadas de FRESAS. Surgiu em 1918 28.09.2009, Page 1 Fresadora

Leia mais

Conteúdo. N.º do art.: MLC500T EX2 Cortina de luz de segurança, emissor

Conteúdo. N.º do art.: MLC500T EX2 Cortina de luz de segurança, emissor N.º do art.: 68040206 MLC500T20-600-EX2 Cortina de luz de segurança, emissor A imagem pode divergir Conteúdo Dados técnicos Receptores apropriados Desenhos dimensionados Ligação elétrica Diagramas de conexão

Leia mais

Conteúdo. N.º do art.: MLC500T EX2 Cortina de luz de segurança, emissor

Conteúdo. N.º do art.: MLC500T EX2 Cortina de luz de segurança, emissor N.º do art.: 68040318 MLC500T30-1800-EX2 Cortina de luz de segurança, emissor A imagem pode divergir Conteúdo Dados técnicos Receptores apropriados Desenhos dimensionados Ligação elétrica Diagramas de

Leia mais

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS)

ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) ACOPLAMENTOS ELÁSTICOS MADEFLEX GR (COM GARRAS) CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX GR são compostos por dois cubos simétricos de ferro fundido cinzento, e um elemento elástico alojado entre

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W60 Motor de Indução Trifásico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W60 Motor de Indução Trifásico Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas W60 Motor de Indução Trifásico Os motores WEG da linha W60 foram projetados para atender as aplicações industriais em compressores, bombas, ventiladores,

Leia mais

ATUADORES ROTATIVOS CAPÍTULO 1.3 INTRODUÇÃO PAG. 1.3/02 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R1 PAG. 1.3/06 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R2 PAG. 1.

ATUADORES ROTATIVOS CAPÍTULO 1.3 INTRODUÇÃO PAG. 1.3/02 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R1 PAG. 1.3/06 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R2 PAG. 1. ATUADORES ROTATIVOS CAPÍTUO.3 INTRODUÇÃO PAG..3/0 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R PAG..3/06 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R PAG..3/09 ATUADOR ROTATIVO, SÉRIE R3 PAG..3/3 MESA GIRATÓRIA, SÉRIE R4 PAG..3/8.3/0 P N E

Leia mais

Tomada de força ED120

Tomada de força ED120 Informações gerais Informações gerais As seguintes opções de encomenda estão disponíveis para a tomada de força ED120: Jogo de engrenagens instalado na fábrica para conexão de uma bomba hidráulica (tomada

Leia mais

APLICAÇÕES. Você vê engrenagens em quase tudo que tem partes giratórias. Transmissão de carro. Redutor de velocidade. Relógios

APLICAÇÕES. Você vê engrenagens em quase tudo que tem partes giratórias. Transmissão de carro. Redutor de velocidade. Relógios APLICAÇÕES Você vê engrenagens em quase tudo que tem partes giratórias.. Transmissão de carro Redutor de velocidade Relógios 1 CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DEFINIÇÃO: Engrenagens são rodas com dentes padronizados

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM HORIZONTAL. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM HORIZONTAL. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM HORIZONTAL Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM HORIZONTAL Mesa 500 x 500 Curso de 650 x 560 x 560 mm Mesa com divisões

Leia mais

Anel de fixação MMP - Principais Características

Anel de fixação MMP - Principais Características Anel de fixação MMP - Principais Características Os anéis de fixação MMP oferecem as vantagens de um sistema de ajuste forçado, com uma simplificada instalação e remoção. Estão baseados no sistema de cunha:

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo IV Aula 03 Conjuntos O desenho de conjunto representa um grupo de peças montadas tais como: dispositivos, ferramentas, máquinas, motores, equipamentos

Leia mais

SOLUÇÕES EM TRANSMISSÃO

SOLUÇÕES EM TRANSMISSÃO SOLUÇÕES EM TRANSMISSÃO DE POTÊNCIA RINGFEDER CORPORATION CONEXÕES DE EIXO/CUBO SEM CHAVETA Modêlo RFN 7012 Os dispositivos Locking Assemblies originais Ringfeder promovem a fixação mecânica de fácil ajuste

Leia mais

Eixos e árvores Projeto para eixos: restrições geométricas. Aula 8. Elementos de máquinas 2 Eixos e árvores

Eixos e árvores Projeto para eixos: restrições geométricas. Aula 8. Elementos de máquinas 2 Eixos e árvores Eixos e árvores Projeto para eixos: restrições geométricas Aula 8 Elementos de máquinas 2 Eixos e árvores 1 Acoplamentos o São elementos utilizados para interligação de eixos, tendo as seguintes funções:

Leia mais

TECNOLOGIA SUÍÇA PRODUZIDA NO BRASIL

TECNOLOGIA SUÍÇA PRODUZIDA NO BRASIL TECNOLOGIA SUÍÇA PRODUZIDA NO BRASIL CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS DIVISÃO DE PRODUTOS ASVOTEC Termoindustrial Ltda Fabricante exclusivo dos produtos Straub no Brasil Telefones: (19) 3879-8777

Leia mais

Rolamento autocompensador de rolos vedado tipo WA

Rolamento autocompensador de rolos vedado tipo WA Rolamento autocompensador de rolos vedado tipo WA Rolamento Autocompensador de Rolos Vedado NTN Tipo WA Longos períodos de operação entre inspeções de manutenção em ambientes contaminados! INTRODUÇÃO A

Leia mais

RP 10039D/ Bomba de Engrenamento externo Tipo AZPZ (antiga G3), Série 1x. Descrição de Funcionamento, Corte

RP 10039D/ Bomba de Engrenamento externo Tipo AZPZ (antiga G3), Série 1x. Descrição de Funcionamento, Corte RP 10 039D/08.05 Bomba de Engrenamento externo Tipo AZPZ (antiga G3), Série 1x Novo conceito de vedação para a carcaça, resultando em longa vida útil Longa durabilidade das vedações, mesmo em temperatura

Leia mais

Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia II Lista 3

Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia II Lista 3 Departamento de Engenharia Elétrica Conversão de Energia II Lista 3 Exercícios extraídos do livro: FITZGERALD, A. E., KINGSLEY Jr. C. E UMANS, S. D. Máquinas Elétricas: com Introdução à Eletrônica De Potência.

Leia mais

CENTRO DE USINAGEM VERTICAL DE 5 EIXOS. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho

CENTRO DE USINAGEM VERTICAL DE 5 EIXOS. Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM VERTICAL DE 5 EIXOS Uma Fonte Confiável de Excelentes Máquinas para Complementar Sua Força de Trabalho CENTRO DE USINAGEM VERTICAL DE 5 EIXOS AX 320 / AX 450 As peças estruturais de

Leia mais

Rolamentos com duas fileiras. de esferas de contato radial 262

Rolamentos com duas fileiras. de esferas de contato radial 262 Rolamentos com duas fileiras de esferas Rolamentos com duas fileiras de esferas de contato radial 262 Definições e aptidões 262 Séries 262 Tolerâncias e jogos 262 Elementos de cálculo 263 Sufixos 263 Características

Leia mais

Instruções de montagem

Instruções de montagem Instruções de montagem Indicações importantes relativas às instruções de montagem VOSS O desempenho e a segurança mais elevados possíveis no funcionamento dos produtos VOSS só serão obtidos se forem cumpridas

Leia mais

7F.50.8.xxx F.50.8.xxx F.50.8.xxx.3100

7F.50.8.xxx F.50.8.xxx F.50.8.xxx.3100 SÉRIE SÉRIE Ventilador com filtro adequado para armários e painéis elétricos, versões de 120 V ou 230 V AC Baixo nível de ruído Mínimas dimensões externas ao painel Volume de ar (14 470) m 3 /h (com filtro

Leia mais

minor júpiter CATÁLOGO 2011/01A UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO

minor júpiter CATÁLOGO 2011/01A UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO minor UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO júpiter CATÁLOGO 2011/01A Uniões Rotativas JÚPITER Série Multiuso O catálogo Minor está de cara nova. Aqui, apresentamos parte de nossa linha de Uniões Rotativas Júpiter.

Leia mais

ROLAMENTOS FIXOS DE ESFERAS

ROLAMENTOS FIXOS DE ESFERAS B 4 ROLAMENTOS FIXOS DE ESFERAS ROLAMENTOS FIXOS DE UMA CARREIRA DE ESFERAS Tipo, Tipo Blindado e Tipo Vedado Tipo Diâmetro do Furo 10-240 mm... B8 Diâmetro do Furo 260-800 mm... B20 ROLAMENTOS DE ESFERAS

Leia mais

Ventiladores industriais. espirovent VENTILADORES INDUSTRIAIS DUTOS E VENTILADORES INDUSTRIAIS

Ventiladores industriais. espirovent VENTILADORES INDUSTRIAIS DUTOS E VENTILADORES INDUSTRIAIS Ventiladores industriais espirovent uma MARCA do grupo DUTOS E Descricao e Nomenclatura Ventiladores industiais INDUSTRIAL espirovent Perspectiva Geral Os ventiladores das series ELSI/ELDI, respectivamente

Leia mais

minor júpiter CATÁLOGO 2011/01D UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO

minor júpiter CATÁLOGO 2011/01D UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO minor UNIÕES ROTATIVAS SÉRIE MULTIUSO júpiter CATÁLOGO 2011/01D Uniões Rotativas JÚPITER Série Multiuso O catálogo Minor está de cara nova. Aqui, apresentamos parte de nossa linha de Uniões Rotativas Júpiter.

Leia mais

OS ROLAMENTOS BIPARTIDOS IBROL DE ROLOS CILÍNDRICOS AUTOCOMPENSADORES PROPORCIONAM:

OS ROLAMENTOS BIPARTIDOS IBROL DE ROLOS CILÍNDRICOS AUTOCOMPENSADORES PROPORCIONAM: 1 OS ROLAMENTOS BIPARTIDOS IBROL AUTOCOMPENSADORES PROPORCIONAM: Economia de tempo e redução de custo para reposição em locais de acesso restrito: Os rolamentos bipartidos de rolos cilíndricos autocompensadores

Leia mais

VENTILADOR CENTRÍFUGO TIPO PLENUM FAN. Modelo BPF

VENTILADOR CENTRÍFUGO TIPO PLENUM FAN. Modelo BPF VENTILADOR CENTRÍFUGO TIPO PLENUM FAN VENTILADORES Aspectos gerais São produtos de ventilação de ar que podem ser empregados em instalações com ar limpo, contaminado ou carregados de pó. São ventiladores

Leia mais

Tamanho máx. da partícula 5 µm. Torque teórico com. Materiais:

Tamanho máx. da partícula 5 µm. Torque teórico com. Materiais: 1 Pressão operação mín/máx 2 bar / 10 bar Temperatura ambiente min./máx. -20 C / +80 C Temperatura produto mín/máx. -20 C / +80 C Fluido Ar comprimido Tamanho máx. da partícula 5 µm Teor óleo do ar comprimido

Leia mais

Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série EV04. Catálogo impresso

Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Série EV04. Catálogo impresso Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Catálogo impresso Válvulas reguladoras de pressão Válvulas reguladoras de pressão E/P Válvula reguladora de pressão E/P, Qn= 50 l/min

Leia mais

Falha de vedação dos retentores do motor ou do câmbio, ou ainda por lubrificação excessiva no eixo piloto do câmbio.

Falha de vedação dos retentores do motor ou do câmbio, ou ainda por lubrificação excessiva no eixo piloto do câmbio. FATO OCORRIDO CAUSAS PROVOCADAS SOLUÇÃO REVESTIMENTO COM DESGASTE TOTAL Platô com carga incorreta. Acabamento irregular da superfície contra faces metálicas. Desgaste normal decorrente de longo uso da

Leia mais

POLIAS DE ALUMÍNIO EM V PERFIL B - SPB

POLIAS DE ALUMÍNIO EM V PERFIL B - SPB POLIAS DE ALUMÍNIO EM V PERFIL B - SPB A Transmitech apresenta neste catálogo sua linha de polias, sendo que todos os modelos atendem as normas específicas a cada perfil, para um perfeito acoplamento entre

Leia mais

Turbocompressor modelo ABS HST 40

Turbocompressor modelo ABS HST 40 Turbocompressor modelo ABS HST 40 Principais Aplicações O turbocompressor modelo ABS HST 40 é altamente adequado para as seguintes áreas de aplicação: Aeração de água, efluentes ou outros líquidos Flotação

Leia mais

Aplicações Mecânicas Aula 3

Aplicações Mecânicas Aula 3 Aplicações Mecânicas Aula 3 Ementa CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2. Correias 2.1. Tipos 2.2. Características geométricas da transmissão por correia Elementos flexíveis - Correia A correia é um elemento de transmissão

Leia mais

Conteúdo. N.º do art.: MLC510R14-450H/A Cortina de luz de segurança, receptor

Conteúdo. N.º do art.: MLC510R14-450H/A Cortina de luz de segurança, receptor N.º do art.: 68017104 MLC510R14-450H/A Cortina de luz de segurança, receptor A imagem pode divergir Conteúdo Dados técnicos Emissores apropriados Desenhos dimensionados Ligação elétrica Operação e indicação

Leia mais

Mateus de Almeida Silva. Meca 3º ano. Tipos de Rolamentos e Aplicações. Rolamento

Mateus de Almeida Silva. Meca 3º ano. Tipos de Rolamentos e Aplicações. Rolamento Mateus de Almeida Silva. Meca 3º ano Tipos de Rolamentos e Aplicações Rolamento A função do rolamento é minimizar a fricção entre as peças móveis da máquina e suportar uma carga. A maioria dos rolamentos

Leia mais

ACOPLAMENTOS DE ENGRENAGENS

ACOPLAMENTOS DE ENGRENAGENS ACOPLAMENTOS DE ENGRENAGENS Séries LX GLX S-NX ÍNDICE Aplicação 3 Qualidade e produção 3 Modelo e Características 3 Seleção de tamanho 4-5 Conexões de chaveta 6 Conexões por contração 7 Modelo padrão com

Leia mais

GUIA DE ROLOS CRUZADOS

GUIA DE ROLOS CRUZADOS UIA E ROLOS CRUZAOS CONSTRUÇÃO E COMPONENTES E UM JOO Cada jogo é constituído de dois pares de trilhos, duas gaiolas de rolos e 8 limitadores de curso (previnem a saída da gaiola). As guias são fabricadas

Leia mais

5 Planejamento de Projeto para Redutores

5 Planejamento de Projeto para Redutores Rendimento dos redutores Planejamento de Projeto para Redutores.1 Rendimento dos redutores Informação geral O rendimento dos redutores é determinado principalmente pelo atrito do engrenamento e do rolamento.

Leia mais

Rolamentos Rígidos de Esferas

Rolamentos Rígidos de Esferas Rolamentos Rígidos de Esferas Os rolamentos de esferas são extremamente comuns, pois eles podem lidar com ambas as cargas, radiais e axiais e são os mais amplamente utilizados devido a um conjunto de fatores:

Leia mais

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados.

Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. Transmissores CA/CC Para isolação e conversão de tensões e correntes alternadas senoidais em sinais padronizados. As Vantagens A classe de precisão é de 0,5 não há necessidade de reajustar as faixas comutáveis.

Leia mais

12. Introdução. 13. Aspectos mecânicos E-3 MOTORES ELÉTRICOS DE CORRENTE ALTERNADA

12. Introdução. 13. Aspectos mecânicos E-3 MOTORES ELÉTRICOS DE CORRENTE ALTERNADA 12. Introdução Máquinas elétricas devem ser instaladas em locais de fácil acesso para inspeção e manutenção. Se a atmosfera ambiente for úmida, corrosiva ou contiver substâncias ou partículas deflagráveis

Leia mais

Nenhum outro acoplamento oferece todas estas vantagens

Nenhum outro acoplamento oferece todas estas vantagens s Flexíveis Omega Nenhum outro acoplamento oferece todas estas vantagens Rápida e fácil montagem e desmontagem O elemento flexível, bipartido longitudinalmente, permite uma rápida e fácil remoção e instalação

Leia mais

sistema de marcação de bancada NetMarker

sistema de marcação de bancada NetMarker sistema de marcação de bancada NetMarker NetMarker Um sistema de marcação de bancada compacto Inovador e com possibilidade de conexão a uma network o sistema de marcação CNC é um campeão quando o assunto

Leia mais

ELEMENTOS ELÁSTICOS MOLAS

ELEMENTOS ELÁSTICOS MOLAS ELEMENTOS ELÁSTICOS MOLAS Uma mola é um objeto elástico flexível usado para armazenar a energia mecânica. As molas são feitas de arame geralmente tendo como matéria prima mais utilizada o aço temperado.

Leia mais

Caixas SAF. VE-001-SAF. Copyright FCM 2001

Caixas SAF.  VE-001-SAF. Copyright FCM 2001 Catálogo Eletrônico VE-001-SAF www.fcm.ind.br Caixas SAF Copyright FCM 2001 O conteúdo deste catálogo é de propriedade da empresa FCM - Fábrica de Mancais Curitiba Ltda., sendo proibida a reprodução parcial

Leia mais