Direito Tributário. Aula 2: Legislação Tributária e Limitações ao Poder de Tributar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direito Tributário. Aula 2: Legislação Tributária e Limitações ao Poder de Tributar"

Transcrição

1 Direito Tributário Sergio Karkache Aula 2: Legislação Tributária e Limitações ao Poder de Tributar Legislação Tributária ria (Conceito) A expressão "legislação tributária" ria" compreende as leis, os tratados e as convenções internacionais, os decretos e as normas complementares que versem, no todo ou em parte, sobre tributos e relações jurídicas a eles pertinentes. (CTN, art. 96). Normas: Emendas à Constituição Leis Complementares; Leis Ordinárias; Medidas Provisórias; Leis Delegadas; Tratados e Convenções Internacionais; Decretos Legislativos Resoluções do Senado Federal Decretos Normas Complementares EMENDAS À CONSTITUIÇÃO A Constituição poderá ser emendada mediante proposta: I - de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal; II - do Presidente da República; III - de mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros. (...) A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros. (CF/1988, art. 60, I a III e 2º).

2 Limites Materiais: será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir: I - a forma federativa de Estado; II - o voto direto, secreto, universal e periódico; III - a separação dos Poderes; IV - os direitos e garantias individuais. (CF88, art. 60, 4º). Leis Complementares Trata de matérias expressas na Constituição; É aprovada por quorum de maioria absoluta; Em matéria tributária, trata principalmente de: (AFRF.TI ESAF.55) Leis complementares, ou leis complementares à Constituição, são espécies normativas que têm a função de complementar dispositivos constitucionais que tratam genericamente de determinadas matérias, normalmente devido à sua complexidade. As leis complementares, por força do art. 69 da Constituição, serão aprovadas pela maioria absoluta dos membros do Congresso Nacional. Considerando apenas o texto expresso da Constituição, pode-se concluir que as leis complementares em matéria tributária não tratam: a) da instituição de impostos residuais. b) da definição dos produtos industrializados sobre os quais o imposto incidirá uma única vez. c) da instituição de um regime único de arrecadação dos impostos e contribuições da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. d) do estabelecimento de critérios especiais de tributação com o objetivo de prevenir desequilíbrios da concorrência. e) da regulação da forma e das condições como isenções, incentivos e benefícios fiscais serão concedidos e revogados, relativamente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

3 Leis Ordinárias São as normas jurídicas, aprovadas pelo Poder Legislativo (da União, Estados, DF ou Municípios) e de acordo com o processo legislativo comum, que podem dispor sobre todas as matérias não inclusas na competência das leis complementares. São aprovadas (salvo exceções expressas na CF88, ex: 167, III) por quórum de maioria simples. Medidas Provisórias: Em caso de relevância e urgência, o Presidente da República poderá adotar medidas provisórias, com força de lei, devendo submetê-las de imediato ao Congresso Nacional. (CF88, art. 62, EC nº 32, de 11/9/2001). Principais características (tributário): Podem dispor sobre todos os assuntos disponíveis às leis ordinárias; podem dispor sobre matérias reservadas à Lei Complementar. Regra especial sobre Anterioridade (veremos em Limitações). A medida provisória não apreciada pelo Congresso Nacional podia, até a EC 32/2001, ser reeditada dentro do seu prazo de eficácia de trinta dias, mantidos os efeitos de lei desde a primeira edição. (STF, Súmula 651, DJU 9/10/2003, republicada DJU 2 e 5/7/2004). (AFTE.RN 2005 ESAF) 4. Avalie o acerto das afirmações adiante e marque com V as verdadeiras e com F as falsas; em seguida,marque a resposta correta. ( ) É vedada a edição de medida provisória que implique majoração do imposto sobre renda e proventos de qualquer natureza.

4 ( ) É vedado conceder, por meio de medida provisória, isenção do imposto sobre produtos industrializados. ( ) Medida provisória que implique majoração do imposto sobre propriedade territorial rural só produzirá efeitos no exercício financeiro seguintes e houver sido convertida em lei até o último dia daquele em que foi editada. a) F, F, V b) F, V, V c) V, V, F d) V, F, V e) V, F, F Leis Delegadas: As leis delegadas serão elaboradas pelo Presidente da República, que deverá solicitar a delegação ao Congresso Nacional. (CF88, art. 68). podem dispor sobre matéria reservada à lei Complementar. Tratados e Convenções Internacionais Os tratados e as convenções internacionais revogam ou modificam a legislação tributária interna, e serão observados pela que lhes sobrevenha. (CTN, art. 98). Decretos Legislativos Matérias de competência exclusiva do Congresso (CF/1988, art. 49). Exemplos (tributos): Disciplinar relações jurídicas decorrentes de medida provisória rejeitada; Aprovar tratados internacionais Decretos Os decretos são atos normativos da competência do chefe do Poder Executivo (Presidente, Governador de Estado e Prefeito). O conteúdo e o alcance dos decretos restringem-se aos das leis em função das quais sejam expedidos, determinados com observância das regras de interpretação estabelecidas no CTN. (CTN, art. 99).

5 Normas Complementares São normas complementares das leis, dos tratados e das convenções internacionais e dos decretos (CTN, art. 100): a) Os atos normativos expedidos pelas autoridades administrativas. (CTN, art. 100, I). b) As decisões dos órgãos singulares ou coletivos de jurisdição administrativa, a que a lei atribua eficácia normativa. (CTN, art. 100, II). As práticas reiteradamente observadas pelas autoridades administrativas. (CTN, art. 100, III). Os convênios que entre si celebrem a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios. (CTN, art. 100, IV). Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar É vedado à União, Estados, Distrito Federal e Municípios exigir ou aumentar tributo sem lei que o estabeleça (CF88, art. 150, I). Exceções: É facultado ao Poder Executivo, atendidas as condições e os limites estabelecidos em lei, alterar as alíquotas do II, IE, IPI e IOF (CF88, art. 153, 1º). Exemplo: Uma lei federal, a muitos anos atrás, estabeleceu que as alíquotas do imposto de exportação podem variar entre zero e 150%. Daquele momento em diante, a fixação de alíquotas deste imposto (dentro dos limites) pode ser efetuada por Decreto do Presidente, sem passar pelo Congresso. Cide Combustíveis: (...) a alíquota da contribuição poderá ser: (...) reduzida e restabelecida por ato do Poder Executivo. (CF88, art. 177, 4º, I, b ). Exemplo: A lei 10336/2001 definiu que a alíquota da CIDE para a gasolina seria de R$ 860,00 x m³. Um decreto do Presidente pode reduzir esta alíquota para R$ 200,00; Tempos depois, outro decreto pode retornar esta alíquota para R$ 860,00.

6 ICMS monofásico s/combustíveis: Nos combustíveis e lubrificantes sobre os quais o imposto incidirá uma única vez (definidos em lei complementar), as alíquotas do imposto serão estabelecidas mediante deliberação dos Estados e Distrito Federal (convênio ICMS ou normas do CONFAZ), de acordo com o disposto em Lei Complementar (CF88, art. 155, 2º, XII, g e h ; 4º, IV). Outras exceções: Obrigações acessórias (declarações, notas fiscais, escrituração, etc.), por decretos e normas complementares. Isenções do ICMS (deliberação dos Estados) Prazo de Pagamento (decretos e normas complementares) Isonomia (ou igualdade tributária) É vedado instituir tratamento desigual entre contribuintes que se encontrem em situação equivalente, proibida qualquer distinção em razão de ocupação profissional ou função por eles exercida, independentemente da denominação jurídica dos rendimentos, títulos ou direitos (CF88, art. 150, II). Capacidade Contributiva e Pessoalidade Sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte, facultado à administração tributária,... especialmente para conferir efetividade a esses objetivos, identificar, respeitados os direitos individuais e nos termos da lei, o patrimônio, os rendimentos e as atividades econômicas do contribuinte. (CF88, art. 145, 1º). Irretroatividade da lei tributária É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) cobrar tributos em relação a fatos geradores ocorridos antes do início da vigência da lei que os houver instituído ou aumentado. (CF88, art. 150, III, a ).

7 Exemplo Maria pagou tributo em 2005, na época em que a alíquota era de 10%; Em 2009, uma lei entra em vigor e aumenta a alíquota deste tributo para 20%; é possível exigir diferenças do que Maria pagou em 2005 com base na lei nova. Anterioridade Tributária A Constituição consagra dois princípios (de aplicação cumulativa, em regra) as quais concedem prazos para que a eficácia se produza. Temos então a anterioridade de exercício e a noventena. Anterioridade (Exercício): é vedado (à União, Estados, DF e Municípios) exigir ou majorar tributo no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou (CF88, art. 150, III, b ). Noventena: É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) cobrar tributos antes de decorridos noventa dias da data em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou, sem prejuízo da anterioridade de exercício (CF88, art. 150, III, c ). Mas há exceções, em três sentidos: Tributos que não se submetem à anterioridade de exercício, mas se submetem à noventena; Tributos que se submetem à anterioridade de exercício, mas não à noventena; Tributos que não se submetem a nenhuma das duas anterioridades. Anterioridades (Exceções) Matéria/Tributo Empréstimo Compulsório (Guerra e Calamidade Pública) Imposto de Importação Imposto de Exportação Segue a anterioridade de exercício? Segue a noventena?

8 Anterioridades (Exceções) Anterioridades (Exceções) Matéria/Tributo Segue a anterioridade de exercício? Segue a noventena? Imposto sobre Sim Produtos Industrializados Imposto de Sim Renda IOF Matéria/Tributo Imposto de Guerra CIDE Combustíveis (redução e restabelecimento de alíquotas) Contribuições para a Seguridade Social Segue a anterioridade de exercício? Segue a noventena? Sim Sim (AFRF.TI ESAF.47) A Constituição da República veda a cobrança de tributos no mesmo exercício financeiro em que haja sido publicada a lei que os instituiu ou aumentou. Trata-se do princípio da anterioridade tributária, que, contudo, encontra na própria Constituição algumas exceções. Assinale, a seguir, a modalidade tributária em que só pode ser exigido o tributo no exercício seguinte ao de sua instituição ou majoração: a) Imposto sobre operações de crédito, câmbio e seguro, ou relativas a títulos ou valores mobiliários. b) Imposto sobre produtos industrializados. c) Empréstimo compulsório para atender a investimento público urgente e relevante. d) Empréstimo compulsório por motivo de guerra externa ou de calamidade pública. e) Imposto sobre exportação, para o exterior, de produtos nacionais ou nacionalizados. Medida Provisória x Anterioridade Medida provisória que implique instituição ou majoração de impostos (exceto II, IE, IPI, IOF e imposto extraordinário de guerra) só produzirá efeitos no exercício financeiro seguinte se houver sido convertida em lei até o último dia daquele em que foi editada. (CF88, art. 62, 2º). Veja quadro a seguir como se aplica

9 Tipo de Anterioridade Tributo a ser Majorado Conta-se a anterioridade da data da publicação da: Exercício Impostos Lei de Conversão da MP Exercício Noventena Taxas, Contribuições de Melhoria e Contribuições Impostos, Taxas, C. Melhoria, Contribuições Medida Provisória Medida Provisória Confisco (ou Vedação ao Confisco) É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) utilizar tributo com efeito de confisco. (CF88, art. 150, IV). Exemplo: O Município de X cobra de IPTU o valor de 50% (ao ano) do valor venal do imóvel. Em dois anos, o contribuinte entrega o equivalente a seu imóvel ao Município. Liberdade de Tráfego É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) estabelecer limitações ao tráfego de pessoas ou bens, por meio de tributos interestaduais ou intermunicipais, ressalvada a cobrança de pedágio pela utilização de vias conservadas pelo Poder Público. (CF88, art. 150, V). Transparência dos Tributos A lei determinará medidas para que os consumidores sejam esclarecidos acerca dos impostos que incidam sobre mercadorias e serviços. (CF88, art. 150, 5º). Imunidades (Impostos): Recíproca: É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) exigir impostos sobre o patrimônio, renda ou serviços, uns dos outros. (CF88, art. 150, VI, a ). Esta vedação é extensiva às autarquias e às fundações instituídas e mantidas pelo Poder Público, no que se refere ao patrimônio, à renda e aos serviços, vinculados a suas finalidades essenciais ou às delas decorrentes. (CF88, art. 150, VI, a c/c 2º).

10 se aplicam ao patrimônio, à renda e aos serviços, relacionados com exploração de atividades econômicas regidas pelas normas aplicáveis a empreendimentos privados, ou em que haja contraprestação ou pagamento de preços ou tarifas pelo usuário, nem exonera o promitente comprador da obrigação de pagar imposto relativamente ao bem imóvel. (CF88, art. 150, 3º). Religiosa: É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) instituir impostos sobre templos de qualquer culto (CF88, art. 150, VI, b )....Compreendem somente o patrimônio, a renda e os serviços, relacionados com as finalidades essenciais das entidades nelas mencionadas. (CF88, art. 150, 4º). Política, Sindical e Assistencial É vedado (à União, Estados, DF e Municípios), instituir impostos sobre o patrimônio, renda ou serviços dos partidos políticos, inclusive suas fundações, das entidades sindicais dos trabalhadores, das instituições de educação e de assistência social, sem fins lucrativos, atendidos os requisitos da lei. (CF88, art. 150, VI, c )....Compreendem somente o patrimônio, a renda e os serviços, relacionados com as finalidades essenciais das entidades nelas mencionadas. (CF88, art. 150, 4º). É vedado (à União, Estados, DF e Municípios) instituir impostos sobre livros, jornais, periódicos e o papel destinado a sua impressão. (CF88, art. 150, VI, d ). (AFRF 2003 ESAF) 7. Entidade fechada de previdência privada, que só confere benefícios aos seus filiados desde que eles recolham as contribuições pactuadas, goza de imunidade tributária?

11 Segundo entendimento firmado pelo Supremo Tribunal Federal, filmes fotográficos destinados à composição de livros, jornais e periódicos estão abrangidos por imunidade tributária? A Constituição Federal veda a instituição de contribuição social para a seguridade social sobre o lucro auferido por pessoas jurídicas, que decorra de comercialização de livros,jornais, periódicos e papel destinado a sua impressão? a), sim, não b), não, sim c), não, não d) Sim, sim, não e) Sim, não, sim É vedado a União (somente) exercer sua competência tributária nas seguintes situações (CF88, art. 151): Princípio da uniformidade geográfica: É vedado à União instituir tributo que não seja uniforme em todo o território nacional ou que implique distinção ou preferência em relação a Estado, ao Distrito Federal ou a Município, em detrimento de outro, admitida a concessão de incentivos fiscais destinados a promover o equilíbrio do desenvolvimento sócioeconômico entre as diferentes regiões do País. (CF88, art. 151, I). É vedado à União tributar a renda das obrigações da dívida pública dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, bem como a remuneração e os proventos dos respectivos agentes públicos, em níveis superiores aos que fixar para suas obrigações e para seus agentes. (CF88, art. 151, II). Exemplo: João emprestou dinheiro à União, recebendo juros de R$ 100,00 e pagando sobre eles 10% de imposto de renda; Pedro emprestou o mesmo dinheiro ao Estado de Minas Gerais, e recebeu também (como juros) R$ 100,00. Mas lhe foi exigido, como IR, 20%. Tal hipótese é vedada. A tributação deve ser equivalente.

12 Isenção Autonômica: É vedado à União instituir isenções de tributos da competência dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios. (CF88, art. 151, III). Fica vedada a isenção heterônoma (que é o contrário de autonômica). É vedado (aos Estados, DF e Municípios) estabelecer diferença tributária entre bens e serviços, de qualquer natureza, em razão de sua procedência ou destino (CF88, art. 152).

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar

Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Direito Tributário Limitações ao Poder de Tributar Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar É vedado à União, Estados, Distrito Federal e Municípios

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem Introdução, Normas Gerais, Competência Tributária e Imunidade Tributária Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA Competência tributária

Leia mais

Sistema Tributário Nacional

Sistema Tributário Nacional Sistema Tributário Nacional Considerações Iniciais Direito Direito e Contabilidade como Ciências Ciência das Normas obrigatórias que disciplinam as relações dos homens em sociedade. É o conjunto das normas

Leia mais

Concurseiros Unidos Maior RATEIO da Internet Auditor Fiscal de Juiz de Fora

Concurseiros Unidos Maior RATEIO da Internet Auditor Fiscal de Juiz de Fora Concurseiros Unidos Maior RATEIO da Internet Aula 01 - Questões Professor: Ricardo Wermelinger www.pontodosconcursos.com.br 1 01 AOCP 2012 TCE/PA - Com relação ao Sistema Tributário Nacional, de acordo

Leia mais

Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM

Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM Exercícios: Princípios e Imunidades Coordenação do material: Emersom Fernandes TV EXAME DE ORDEM 1-Lei catarinense, publicada em 01.12.2008, alterou, de 3% para 4%, a alíquota do IPVA relativo à propriedade

Leia mais

Princípios Regentes da Tributação. Princípios da Teoria Econômica e da Jurídica

Princípios Regentes da Tributação. Princípios da Teoria Econômica e da Jurídica Princípios Regentes da Tributação Princípios da Teoria Econômica e da Jurídica Princípios da tributação Princípios da Teoria Econômica Teoria Econômica 1) Da Simplicidade 2) Da Neutralidade 3) Da Progressividade

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial 21/02/2016 Profa. Silvia Bertani M O M E N T O D E R E F L E X Ã O 21/02/2016 Profa. Silvia Bertani 21/02/2016 Profa. Silvia Bertani Planejamento Tributário atividade

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS Sumário DIREITO TRIBUTÁRIO... DIREITO TRIBUTÁRIO PROFS. GUILHERME ADOLFO DOS SANTOS MENDES E DIMAS MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito Tributário - Conceito; Tributo -

Leia mais

Desejamos um ótimo Curso!

Desejamos um ótimo Curso! Desejamos um ótimo Curso! TRIBUTAÇÃO E DIREITOS DO CONTRIBUINTE Renato Aparecido Gomes renato.gomes@advocaciagac.com.br Tel.11 3929-5876 Bacharel em Direito e Mestre em Direito pela Universidade Presbiteriana

Leia mais

SUMÁRIO. Abreviaturas... 13

SUMÁRIO. Abreviaturas... 13 SUMÁRIO Abreviaturas... 13 Capítulo 1 Tributo: Conceito e Espécies... 15 1. Conceito de tributo... 15 1.1. Prestação pecuniária, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir... 15 1.2. Prestação compulsória...

Leia mais

SumáriO Direito tributário...2 O Direito tributário e as demais Ciências Jurídicas...5 O Direito tributário e os Limites ao poder de tributar...

SumáriO Direito tributário...2 O Direito tributário e as demais Ciências Jurídicas...5 O Direito tributário e os Limites ao poder de tributar... sumário Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas Públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE JATAÍ - CESUT A s s o c i a ç ã o J a t a i e n s e d e E d u c a ç ã o EMENTA: Direito Tributário. Tributos. Conceitos e limitações ao poder de tributar. Competência e Legislação Tributária. Interpretação e integração da norma tributária. I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Leia mais

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar...

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar... SUMÁRIO Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais

Sumário Capítulo 1 Direito tributário Capítulo 2 Espécies de tributo Capítulo 3 Empréstimos compulsórios e contribuições especiais Sumário Capítulo 1 Direito tributário... 1 1.1. Direito... 1 1.2. Direito público e direito privado... 1 1.3. Direito tributário... 2 1.4. Direito tributário e os demais ramos do Direito... 4 1.5. Estado...

Leia mais

Princípios Constitucionais Tributários Vigentes no Brasil

Princípios Constitucionais Tributários Vigentes no Brasil Princípios Constitucionais Tributários Vigentes no Brasil Não se pode pensar em gestão tributária sem, antes, entender os princípios constitucionais do Direito Tributário vigentes na Carta Cidadã de 1988,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o Código Tributário do Município de Miracema (lei nº 1.453, de 26 de setembro de 2013), responda às questões de números 1 a 6. 1) É de competência do município

Leia mais

* Princípios jurídicos da tributação

* Princípios jurídicos da tributação ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS ECONOMIA DO SETOR PÚBLICO AULA Teoria e Princípios da Tributação 1 * Princípios jurídicos da tributação a) da Reserva Legal Tributária ou da

Leia mais

Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello

Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Unidade II DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES Prof. Luís Fernando Xavier Soares de Mello Imunidades tributárias Aliomar Baleeiro (1976, p. 87): Vedações absolutas ao poder de tributar certas pessoas (subjetivas)

Leia mais

CAPÍTULO. Competência Tributária. Competência Tributária Comum

CAPÍTULO. Competência Tributária. Competência Tributária Comum CAPÍTULO Competência Tributária Competência Tributária Comum C.F. art. 145 A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios poderão instituir os seguintes tributos: II - taxas, em razão do exercício

Leia mais

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Tribunais Exercícios Direito Tributário Exercício Rafael Saldanha 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. QUESTÃO 01 Um município brasileiro, desconsiderando as regras

Leia mais

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN

TAXAS Art. 145, II e 2º, CF e arts. 77 a 80, CTN CONCEITO DE INGRESSO PÚBLICO ORIGINÁRIO PRÓPRIO REPARAÇÕES DE GUERRA DEFINIÇÃO DE TRIBUTOS Art. 3, CTN TRIBUTO É TODA PRESTAÇÃO PECUNIÁRIA PENALIDADES COMPULSÓRIA INGRESSO PÚBLICO DERIVADO EM MOEDA OU

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I Direito Tributário... 13 1. Definição... 13 2. Relação com outros ramos do direito... 13 3. Fontes do direito tributário... 14 4. Legislação tributária... 20 Capítulo

Leia mais

Princípios Constitucionais do Direito Tributário. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Princípios Constitucionais do Direito Tributário. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Princípios Constitucionais do Direito Tributário Objetivos O presente curso tem por objetivo apresentar os princípios constitucionais do Direito Tributário iniciando-se com um breve relato sobre Direito

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 5 CAPÍTULO 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 19 1. Breves considerações sobre o direito financeiro... 19 2. Direito tributário. Noção conceptual... 22 2.1. Autonomia do Direito Tributário...

Leia mais

SUMÁRIO 1 O IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS 2 SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL E O ITBI 3 DISCRIMINAÇÃO CONSTITUCIONAL DE IMPOSTOS

SUMÁRIO 1 O IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS 2 SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL E O ITBI 3 DISCRIMINAÇÃO CONSTITUCIONAL DE IMPOSTOS SUMÁRIO 1 O IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS 1.1 Evolução histórica 1.2 Na Constituição Federal de 1988: arts. 155, I, e 156, II 2 SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL E O ITBI 3 DISCRIMINAÇÃO CONSTITUCIONAL

Leia mais

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS

Sumário CAPÍTULO 3 EMPRÉSTIMOS COMPULSÓRIOS E CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito 2. Direito público e direito privado 3. Direito tributário 4. Direito tributário e os demais ramos do Direito 5. Estado 6. Receitas do Estado 7. Definição

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 28/03/2017

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 28/03/2017 DIREITO TRIBUTÁRIO Professor Victor Alves Aula dia 28/03/2017 PRINCÍPIO DA LEGALIDADE :Só paga tributo se houver lei. PRINCÍPIO DA NÃO SURPRESA PRINCÍPIO DA SEGURANÇA JURÍDICA PRINCÍPIO DA ANTERIORIDADE

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site: Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II

DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO. Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br. Site:  Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II 2012 DIREITO TRIBUTÁRIO CLAUDIO CARNEIRO Blog: claudiocarneiroadv.blogspot.com.br Site: www.claudiocarneiro.com.br Facebook: CLAUDIO CARNEIRO II IMPOSTOS: FEDERAIS: II, IE, IR, IPI, IOF, ITR, IGF, Extraordinário

Leia mais

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO...

CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 CAPÍTULO 3 PRINCÍPIOS DO DIREITO TRIBUTÁRIO... SUMÁRIO PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES...19 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA...21 2.1 Repartição das receitas tributárias... 23 2.2 Exercício da competência tributária...

Leia mais

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO

PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO PARECER JURÍDICO ANUIDADE CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA COBRANÇA - ISENÇÃO Interessado: COSEMS-MG 1. Relatório Trata-se de consulta realizada por diversos municípios do FORUM REGIONAL acerca da legalidade

Leia mais

Porém, esta competência não é plena, pois, encontra limitações na própria Constituição Federal.

Porém, esta competência não é plena, pois, encontra limitações na própria Constituição Federal. Limitações do poder de tributar Como já visto, a competência tributária (competência da União, Estados, Municípios e Distrito Federal em instituir tributos) é matéria regulada pela Constituição Federal.

Leia mais

Prof. Dr. Silvio Aparecido Crepaldi www.professorcrepaldi.pro.br Página 1

Prof. Dr. Silvio Aparecido Crepaldi www.professorcrepaldi.pro.br Página 1 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS Questões de múltipla escolha 01) Do princípio da legalidade tributária decorre a inconstitucionalidade: A. da lei que confere tratamento diferenciado a contribuintes

Leia mais

CTN Lei n de 25 de Outubro de 1966 Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de direito tributário aplicáveis à

CTN Lei n de 25 de Outubro de 1966 Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de direito tributário aplicáveis à CTN Lei n 5.172 de 25 de Outubro de 1966 Dispõe sobre o Sistema Tributário Nacional e institui normas gerais de direito tributário aplicáveis à União, Estados e Municípios. Art. 3º Tributo é toda prestação

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS DE SERGIPE- FANESE MATHEUS BRITO MEIRA GUIA DE ESTUDOS Aracaju 2014 BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS 1 Matheus Brito Meira 2 No

Leia mais

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO

MANUAL DE DIREITO TRIBUTÁRIO MARCELO ALEXANDRINO Auditor Fiscal da Receita Federal desde 1997, exerce suas atribuições na Divisão de Tributação da Superintendência da Receita Federal, no Rio Grande do Sul. Professor de Direito Tributário

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017

INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017 INTRODUÇÃO AO DIREITO DO TRABALHO, TRIBUTÁRIO E EMPRESARIAL PROFESSOR DIEGO ALVES DE OLIVEIRA IFMG CAMPUS OURO PRETO MARÇO DE 2017 Direito Tributário Conjunto de normas que regulamentam a arrecadação de

Leia mais

1. A respeito das limitações constitucionais ao poder de tributar do Sistema Tributário Nacional, analise as afirmativas a seguir.

1. A respeito das limitações constitucionais ao poder de tributar do Sistema Tributário Nacional, analise as afirmativas a seguir. 1. A respeito das limitações constitucionais ao poder de tributar do Sistema Tributário Nacional, analise as afirmativas a seguir. I. Pelo princípio da legalidade somente a Constituição Federal pode criar

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Barbara Rosa Direito Constitucional Poder Constituinte PODER CONSTITUINTE - Poder responsável por criar e modificar uma constituição. - Sempre está latente. - O titular é o povo. PODER CONSTITUINTE PODER

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A União, por não ter recursos suficientes para cobrir despesas referentes a investimento público urgente e de relevante interesse nacional, instituiu, por meio da

Leia mais

MÓDULO 01 DIREITO TRIBUTÁRIO LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR EVOLUIR CONCURSOS PLANILHA 02

MÓDULO 01 DIREITO TRIBUTÁRIO LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR EVOLUIR CONCURSOS PLANILHA 02 Questão 01 ESAF/PGFN-Procurador da Fazenda Nacional/2015 A Lei que diminui o prazo de recolhimento de tributo a) submete-se ao princípio da anterioridade nonagesimal. b) somente se aplica no exercício

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 DIREITO TRIBUTÁRIO Professor Victor Alves Aula dia 14/03/2017 Conceito de Tributo: Art. 3º do CTN - Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não

Leia mais

Não há exceções. É preciso salientar que esse princípio anda de mãos dadas com o princípio da

Não há exceções. É preciso salientar que esse princípio anda de mãos dadas com o princípio da As questões elaboradas pela FGV sobre o tema Princípios Tributários são bem simples e não mandam conhecimento aprofundado. Na maior parte das vezes é cobrada a literalida dos dispositivos da Constituição

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XXI EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A União, por não ter recursos suficientes para cobrir despesas referentes a investimento público urgente e de relevante interesse nacional, instituiu, por meio da

Leia mais

Previsão normativa. Leis. Tratados e as convenções internacionais Decretos Normas complementares. Conteúdo

Previsão normativa. Leis. Tratados e as convenções internacionais Decretos Normas complementares. Conteúdo AULA : LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA - Prof. Paulo Henrique de Oliveira Previsão normativa Conteúdo Distinção Leis LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA CTN Art. 96. A expressão legislação tributária compreende as leis, os tratados

Leia mais

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19 Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO. CONCEITO E ESPÉCIES... 17 CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 19 2.1 Repartição das receitas tributárias... 21 2.2 Exercício da competência

Leia mais

QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO

QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO QUESTÕES ENADE - DIREITO TRIBUTÁRIO QUESTÕES ENADE 2011 1 - Os elementos que o Estado deve ter em mente ao determinar o valor da taxa a ser cobrada do contribuinte (...) devem resultar da intensidade e

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS Conjunto de normas que norteiam o ordenamento jurídico tributário não ultrapassar o limite do razoável, tendo em vista que a tributação implica na restrição ao direito

Leia mais

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO

1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO 1ª Fase PROVA OBJETIVA DIREITO DO TRIBUTÁRIO P á g i n a 1 QUESTÃO 1 - Quanto à sujeição passiva tributária, assinale a alternativa correta: A. O sujeito passivo é sempre aquele que pratica um fato signo-presuntivo

Leia mais

21/03/2017 LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL

21/03/2017 LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA ESTADUAL Profs.: AndréFantoni e Eduardo da Rocha "Imagine uma nova história para sua vida e acredite nela" professorfantoni@yahoo.com.br 1 LEGISLAÇÃO APLICÁVEL: Constituição Federal/88

Leia mais

Processo Legislativo II. Prof. ª Bruna Vieira

Processo Legislativo II. Prof. ª Bruna Vieira Processo Legislativo II Prof. ª Bruna Vieira 1.4. Espécies normativas (art. 59 da CF) a) emendas à Constituição b) leis complementares c) leis ordinárias d) leis delegadas e) medidas provisórias f) decretos

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira DIREITO TRIBUTÁRIO Professor: Mauro Moreira 1 RACIOCÍNIO JURÍDICO TRIBUTÁRIO CONSTITUIÇÃO -Princípios -Imunidades -Espécies Tributárias - I M P O S T O S T A X A S - C O N T R I B U IÇ Ã O D E M E L H

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS

REFLEXÕES SOBRE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS REFLEXÕES SOBRE OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS Matheus Brito Meira 1 No intuito de colocar limites ao poder de tributar dos entes federados a nossa Carta da República trouxe diversos princípios

Leia mais

AS MEDIDAS PROVISÓRIAS E OS PRINCÍPIOS DA LEGALIDADE E DA ANTERIORIDADE TRIBUTÁRIA

AS MEDIDAS PROVISÓRIAS E OS PRINCÍPIOS DA LEGALIDADE E DA ANTERIORIDADE TRIBUTÁRIA AS MEDIDAS PROVISÓRIAS E OS PRINCÍPIOS DA LEGALIDADE E DA ANTERIORIDADE TRIBUTÁRIA Sílvia Maria Brito SAMU 1 RESUMO: Este trabalho tem por finalidade definir a medida provisória, discorrer sobre a sua

Leia mais

Como a Constituição trata tal imposto:

Como a Constituição trata tal imposto: Como a Constituição trata tal imposto: Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993) (...) II - operações relativas

Leia mais

Direito Tributário. Repartição das Receitas Tributárias. Professora Giuliane Torres.

Direito Tributário. Repartição das Receitas Tributárias.  Professora Giuliane Torres. Direito Tributário Repartição das Receitas Tributárias Professora Giuliane Torres www.acasadoconcurseiro.com.br www.estudaquepassa.com.br Direito Tributário REPARTIÇÃO DAS RECEITAS TRIBUTÁRIAS REPASSE

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE II

EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE II EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO ICMS SP/2006 PARTE II Olá pessoal, vamos à PARTE II da bateria de questões que selecionei dos últimos concursos realizados pela FCC e outras bancas, de acordo com o edital

Leia mais

Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP

Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP Guerra Fiscal 2.0 O Protocolo Confaz 21/2011 e as operações interestaduais pela internet para consumidor final Marcelo Viana Salomão Mestre e doutorando PUC/SP CONVÊNIOS CTN - Art. 199. A Fazenda Pública

Leia mais

AULA 02. Conteúdo da aula: Classificação Quantitativa: Exposição as Correntes Tricotômica, Quadripartida e Penta partida.

AULA 02. Conteúdo da aula: Classificação Quantitativa: Exposição as Correntes Tricotômica, Quadripartida e Penta partida. Turma e Ano: Master A (2015) Matéria / Aula: Direito Tributário / Aula 02 Professor: Vanessa Siqueira Monitora: Evellyn Nobre AULA 02 Conteúdo da aula: Classificação Quantitativa: Exposição as Correntes

Leia mais

Direito Tributário. Aula 03. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 03. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Introdução ao direito tributário

Introdução ao direito tributário Capítulo 1 - Introdução ao direito tributário 1.1. Considerações iniciais 17 1.2. Conceito de tributo 19 1.3. Tipos de tributo.. 20 1.3.1. Imposto.... 20 1.3.2. Taxas..25 1.3.2.1. Diferenças entre taxa

Leia mais

COMENTÁRIOS SOBRE A ÚLTIMA PROVA Edital 2015 (DPE/SP) 88 questões 5 Alternativas. (4h30 de prova em todas as fases)

COMENTÁRIOS SOBRE A ÚLTIMA PROVA Edital 2015 (DPE/SP) 88 questões 5 Alternativas. (4h30 de prova em todas as fases) Aula 01 e 02 Direito tributário Dia 06.03.2017 Professor: Victor Alves Advogado Tributarista. COMENTÁRIOS SOBRE A ÚLTIMA PROVA Edital 2015 (DPE/SP) 88 questões 5 Alternativas. (4h30 de prova em todas as

Leia mais

Anotações RICARDO ALEXANDRE - CURSOS ON-LINE DIREITO TRIBUTÁRIO AULA 01 LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR

Anotações RICARDO ALEXANDRE - CURSOS ON-LINE DIREITO TRIBUTÁRIO AULA 01 LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR LIMITAÇÕES CONSTITUCIONAIS AO PODER DE TRIBUTAR 01. (2016 / FGV / COMPESA) Sobre o princípio da isonomia no direito tributário e sua efetividade, analise as afirmativas a seguir. I. Viola o princípio da

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Princípio da Capacidade Contributiva. Prof.ª Luciana Batista

DIREITO TRIBUTÁRIO. Princípio da Capacidade Contributiva. Prof.ª Luciana Batista DIREITO TRIBUTÁRIO Princípio da Capacidade Contributiva Prof.ª Luciana Batista 145, parágrafo 1º, CF/88: Sempre que possível os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO CONTABILIDADE E Prof. Cássio Marques da Silva 2017 TRIBUTOS Modalidades MODALIDADES DE TRIBUTOS Como vimos tributo seria a receita do Estado, que pode estar ou não vinculada a uma contra-prestação. Entretanto

Leia mais

Questão 01 ESAF/PGFN-Procurador da Fazenda Nacional/2015

Questão 01 ESAF/PGFN-Procurador da Fazenda Nacional/2015 Questão 01 ESAF/PGFN-Procurador da Fazenda Nacional/2015 Sobre a competência tributária prevista no CTN, assinale a opção incorreta. a) Os tributos cuja receita seja distribuída, no todo ou em parte, a

Leia mais

REFORMA TRIBUTÁRIA: Análise da nova proposta de Governo Federal. FEDERASUL Meeting Jurídico Porto Alegre, 24 de abril de 2008

REFORMA TRIBUTÁRIA: Análise da nova proposta de Governo Federal. FEDERASUL Meeting Jurídico Porto Alegre, 24 de abril de 2008 REFORMA TRIBUTÁRIA: Análise da nova proposta de Governo Federal FEDERASUL Meeting Jurídico Porto Alegre, 24 de abril de 2008 Para que uma Reforma Tributária ria? simplificação do sistema tributário desoneração

Leia mais

SENADO FEDERAL SUBSTITUTIVO DA CÂMARA Nº 5, DE 2017, AO PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 130, DE 2014

SENADO FEDERAL SUBSTITUTIVO DA CÂMARA Nº 5, DE 2017, AO PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 130, DE 2014 SENADO FEDERAL SUBSTITUTIVO DA CÂMARA Nº 5, DE 2017, AO PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 130, DE 2014 Dispõe sobre convênio que permite aos Estados e ao Distrito Federal deliberar sobre a remissão dos créditos

Leia mais

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

CONTABILIDADE E PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Prof. Cássio Marques da Silva 2016 TRIBUTOS Modalidades 1 Anteriormente vimos que... Estado bem-comum recursos financeiros (dinheiro); Dinheiro tributos, empréstimos, repasses, leilões; Tributo 2 tipos:

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

23/07/2014. ICMS Noções Básicas. Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar

23/07/2014. ICMS Noções Básicas. Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar 23/07/2014 ICMS Noções Básicas Apresentação: Fábio Martins Lopes Samyr Qbar O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não

Leia mais

LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR 1. Autor: DR. SERGIO ROBERTO DE ANTONIO 2

LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR 1. Autor: DR. SERGIO ROBERTO DE ANTONIO 2 LIMITAÇÕES AO PODER DE TRIBUTAR 1 Autor: DR. SERGIO ROBERTO DE ANTONIO 2 Princípios Constitucionais Tributários - Artigo 150 e seguintes da Constituição Federal. O princípio da segurança jurídica é importantíssimo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais Curso de Ciências Contábeis Direito Tributário

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais Curso de Ciências Contábeis Direito Tributário PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais Curso de Ciências Contábeis Direito Tributário Petterson Rodrigues Cordeiro Andrade TRABALHO DE DIREITO TRIBUTÁRIO

Leia mais

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA 01) Não se enquadra na subdivisão de "Público" o direito: a) Constitucional b) Administrativo. c) Judiciário / processual. d) Penal. e) Comercial. 02) Não

Leia mais

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas...

Unidade I Teoria Geral dos Tributos. Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3. Capítulo 2 Os Impostos Capítulo 3 As Taxas... S u m á r i o Unidade I Teoria Geral dos Tributos Capítulo 1 Conceito de Tributo e suas Espécies...3 1.1. Conceito de Tributo... 3 1.2. As Espécies Tributárias... 8 Capítulo 2 Os Impostos... 18 2.1. Teoria

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial A Constituição Federal do Brasil Constituição Federal do Brasil de 05 de outubro de 1988: importante carta que trouxe o regime democrático e, com ele, direito e garantias

Leia mais

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes ICMS NOÇÕES BÁSICAS Coordenação: Alexandre A. Gomes O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não constitua sanção de ato

Leia mais

Estrutura da Obra Sobre os Autores Apresentação à 7.ª edição Vladimir Passos de Freitas... 17

Estrutura da Obra Sobre os Autores Apresentação à 7.ª edição Vladimir Passos de Freitas... 17 SUMÁRIO Estrutura da Obra... 9 Sobre os Autores... 11 Prefácio à 1. a edição Antônio de Pádua Ribeiro... 15 Apresentação à 7.ª edição Vladimir Passos de Freitas... 17 Apresentação à 6. a edição Vladimir

Leia mais

AULA 03. Conteúdo da aula: Tributo; Classificação Qualitativa; Impostos; Conceito.

AULA 03. Conteúdo da aula: Tributo; Classificação Qualitativa; Impostos; Conceito. Turma e Ano: Master A (2015) Matéria / Aula: Direito Tributário / Aula 03 Professor: Vanessa Siqueira Monitora: Evellyn Nobre AULA 03 Conteúdo da aula: Tributo; Classificação Qualitativa; Impostos; Conceito.

Leia mais

Direito Tributário I. Aula 17 Exclusão do Crédito Tributário e Imunidades. Prof. Dr. Érico Hack

Direito Tributário I. Aula 17 Exclusão do Crédito Tributário e Imunidades. Prof. Dr. Érico Hack Direito Tributário I Aula 17 Exclusão do Crédito Tributário e Imunidades Prof. Dr. Érico Hack Exclusão do Crédito Tributário - O crédito surge, mas é excluído - É diferente de extinção - 2 hipóteses: -

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Imunidades do artigo 150, VI, c, d e e da CF-88. Prof.ª Luciana Batista

DIREITO TRIBUTÁRIO. Imunidades do artigo 150, VI, c, d e e da CF-88. Prof.ª Luciana Batista DIREITO TRIBUTÁRIO Imunidades do artigo 150, VI, c, d e e da CF-88 Prof.ª Luciana Batista Imunidade - art. 150, VI, c e 4ª da CF/88. Vedado a União, Estados, Distrito Federal e Municípios instituir impostos

Leia mais

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV

Aulão de direito tributário. Questões comentadas banca FGV Aulão de direito tributário Questões comentadas banca FGV Competência tributária Secretaria de fazenda de Recife 2014 Auditor do Tesouro Municipal 16 Com relação à competência tributária, assinale a afirmativa

Leia mais

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015

PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 1 2 PIS/COFINS SOBRE RECEITAS FINANCEIRAS: alcance e inconstitucionalidade do Decreto 8.426/2015 Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil 18 de junho de 2015 1. Introdução 3 Lei 10.637/02 e 10.833/03

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO 2 BIMESTRE Prof. Valéria Furlan

DIREITO TRIBUTÁRIO 2 BIMESTRE Prof. Valéria Furlan DIREITO TRIBUTÁRIO 2 BIMESTRE Prof. Valéria Furlan A CF não dá um campo livre de tributar, quando ele dá, ela limita. Competência tributária: poder de tributar limitado pela própria CF. Desta forma, está

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO. Aula Ministrada pelo Prof. Pedro Bonifácio AULA 7 03/04/2017 PRINCÍPIOS TRIBUTÁRIOS

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO. Aula Ministrada pelo Prof. Pedro Bonifácio AULA 7 03/04/2017 PRINCÍPIOS TRIBUTÁRIOS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO TRIBUTÁRIO. Aula Ministrada pelo Prof. Pedro Bonifácio AULA 7 03/04/2017 PRINCÍPIOS TRIBUTÁRIOS Os Princípios são regras do direito positivo que visa proteger a segurança

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1

SUMÁRIO. Capítulo I Teoria da Constituição...1 SUMÁRIO Capítulo I Teoria da Constituição...1 1. Constituição...1 1.1 Conceito...1 1.2. Classificação das Constituições...1 1.3. Interpretação das Normas Constitucionais...3 1.4. Preâmbulo Constitucional...5

Leia mais

O CENÁRIO DO TERCEIRO SETOR NO BRASIL 6º ENCONTRO GAÚCHO DO TERCEIRO SETOR

O CENÁRIO DO TERCEIRO SETOR NO BRASIL 6º ENCONTRO GAÚCHO DO TERCEIRO SETOR IMUNIDADES E ISENÇÕES DE TRIBUTOS PARA O TERCEIRO SETOR O CENÁRIO DO TERCEIRO SETOR NO BRASIL 6º ENCONTRO GAÚCHO DO TERCEIRO SETOR TRIBUTOS (art. 145 CF). IMUNIDADES E ISENÇÕES IMUNIDADE VEDAÇÃO - PROIBIÇÃO

Leia mais

Tributos aduaneiros. I- Imposto sobre importação de produtos estrangeiros II (art.

Tributos aduaneiros. I- Imposto sobre importação de produtos estrangeiros II (art. Tributos aduaneiros Os tributos sobre o comércio exterior têm natureza predominantemente extrafiscal, ou seja, de interferência no domínio econômico, com importante papel no desempenho das exportações,

Leia mais

Sistema Tributário Nacional

Sistema Tributário Nacional A estrutura de um sistema tributário não se forma pelo lado da receita, mas do gasto público. Forma-se a partir da investigação de quais são os tributos necessários para a satisfação das necessidades coletivas.

Leia mais

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 41

Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO CAPÍTULO 2 COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 41 Sumário PARTE 1 TEORIA DIREITO MATERIAL CAPÍTULO 1 TRIBUTO... 19 1.1 CONCEITO E ESPÉCIES... 19 1.2 ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS... 22 1.2.1 Taxas... 22 1.2.2 Contribuição de Melhoria... 26 1.2.3 Empréstimo Compulsório...

Leia mais

Direito Tributário - Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Marco Aurelio

Direito Tributário - Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Marco Aurelio AULA N 10 Primeiramente, gostaria de reforçar o que escrevi no fórum, houve um problema em relação às respostas do fórum, no entanto todas as observações foram levadas a sério e foram feitas as alterações

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS 1 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS TRIBUTÁRIOS (Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar) INTRODUÇÃO Prof. Dr. Sérgio Assoni Filho * O Estado-Administração precisa de recursos financeiros para atender

Leia mais

Sumário. Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas. Capítulo 1 Conceitos iniciais 1

Sumário. Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas. Capítulo 1 Conceitos iniciais 1 Sumário Agradecimentos Apresentação Siglas e abreviaturas utilizadas XIX XXI XXIII Capítulo 1 Conceitos iniciais 1 1 Direito e as relações jurídicas 1 1.1 Direito Público e Direito Privado 2 1.2 Direito

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 3 Conceito de Tributo. 4 Legislação Tributária. 5 Obrigação Tributária. 6 Crédito Tributário. (1a. Parte: Conceito, Constituição) Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

Receitas Públicas. Entes tributantes, pessoas jurídicas de direito público interno, a União, os Estados-membros, os Municípios e o Distrito Federal.

Receitas Públicas. Entes tributantes, pessoas jurídicas de direito público interno, a União, os Estados-membros, os Municípios e o Distrito Federal. Eduardo Sabbag Resumos gráficos de direito Tributário DIREITO TRIBUTÁRIO Conceito Direito Tributário é o conjunto de normas do Direito Público que regulamenta o comportamento dos particulares na condução

Leia mais

Benefícios Fiscais de ICMS

Benefícios Fiscais de ICMS Resumos Tributários IOB Benefícios Fiscais de ICMS Volume III Roseli Ferreira da Silva Aprigio Experiência de oito anos na área fiscal em empresas e escritório contábil e consultora em impostos pela IOB

Leia mais

A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional.

A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional. P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Assinale a alternativa correta: A) O princípio da capacidade contributiva rege a cobrança de todos os tributos, por imposição constitucional.

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal. Prof.ª Luciana Batista

DIREITO TRIBUTÁRIO. Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal. Prof.ª Luciana Batista DIREITO TRIBUTÁRIO Espécies Tributárias Impostos dos Estados, Municípios e do Distrito Federal Prof.ª Luciana Batista IMPOSTOS DOS ESTADOS/ DISTRITO FEDERAL (art. 155, CF/88). ITCD : transmissão causa

Leia mais

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC

CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE TRIBUTÁRIO FCC 1- (FCC - 2012 - TRF - 5ª REGIÃO) - Analista Judiciário - Área Judiciária Admite-se constitucionalmente a bitributação e o bis in idem na seguinte hipótese:

Leia mais

CAPÍTULO. Competência Tributária. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar IMUNIDADE TRIBUTÁRIA Introdução

CAPÍTULO. Competência Tributária. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar IMUNIDADE TRIBUTÁRIA Introdução CAPÍTULO Competência Tributária Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar IMUNIDADE TRIBUTÁRIA Introdução IMUNIDADE TRIBUTÁRIA (Introdução) Diferença entre imunidade, isenção, notação N/T e alíquota

Leia mais