Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1"

Transcrição

1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

2 2013 GVDASA Sistemas Caixa

3 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida em qualquer forma e meio, sem autorização prévia expressa da GVDASA Sistemas. As informações contidas neste documento destinam-se somente para uso em capacitações ministradas pela GVDASA, e não nos responsabilizamos pelo uso dessas informações se aplicadas a outros fins. Este material serve de apoio ao treinamento ministrado pela GVDASA do GVcollege, versão Sua utilização é um complemento ao conhecimento das regras de negócio e processos de instituições de ensino GVDASA Sistemas Caixa

4 Sumário 1 Parâmetros do Caixa Geral Configuração do recibo Autenticadora Sangria e Suprimento Fechamento de Saldo Cadastros Tipo de Lançamento Tipos de Pagamento Cadastro de Caixa Aba Configuração PDA Aba Contabilização Aba Configuração Caixa Geral Aba Permissão Caixa Usuário Aba Unidade para lançamentos de integração Manutenções Caixa geral Busca lançamentos Caixa PDA Abertura de caixa Movimentações do Caixa PDA Configuração de botões Conhecendo a tela principal do Caixa Movimentando dinheiro no Caixa Recebendo cheques no Caixa Movimentando o pagamento de títulos no Caixa Movimentando cheques no Caixa Sangria e Suprimento Estorno de Ticket Estorno de Ticket com caixa fechado Fechamento do caixa Reabertura do caixa GVDASA Sistemas Caixa

5 4.3.7 Manutenção de lançamentos Relatórios Boletim de Caixa Relatório do Movimento Emissão do Recibo Laser Integração Contábil Importação de Tabelas Integração Exportação de Tabelas Controle Bancário Parâmetros Controle Bancário - Pagar Cheques a Pagar Cheques a Receber Contas a Pagar Parâmetros Controle Bancário Receber Tesouraria Processo Seletivo Cadastro do Caixa de Controle Bancário Movimentos de Controle Bancário Conciliação bancária Lançamentos Caixa Editar lançamento Filtrar lançamentos Remover filtros - Lançamentos Movimentos Extrato Conciliar Importar movimento Filtrar movimentos Remover filtros - Movimentos Configurações Movimentos Conciliados Relatório de conciliação GVDASA Sistemas Caixa

6 Convenções Os botões a seguir serão encontrados em vários momentos durante o uso do Sistema GVcollege, e serão tratados conforme a descrição da lista abaixo: Combo Box: exibe uma listagem com as opções disponíveis para o campo. Checkbox: quando selecionado torna a afirmação relacionada a ele ativa, ou verdadeira. Abrir cadastro: exibe a tela de origem do cadastro exibido do campo, possibilitando a visualização completa e edição dos dados. No caso do campo estar vazio, possibilita o cadastro do mesmo. Limpar campo: para limpar o valor do campo de um botão de cadastro, basta pressionar a tecla Esc do teclado, ou clicar neste botão. Incluir, Editar, Excluir. Incluir vários: possibilita incluir vários cadastros sem a necessidade de utilizar o Incluir a cada inclusão. Localizar: permite pesquisar um valor/texto de um determinado campo. Consulta cadastro: exibe os contatos de uma pessoa, seja a própria ou de outras que tenham vínculo com ela. Carregar: permite carregar informações ainda não listadas na tela. Selecionar tudo. Selecionar. Desfazer seleção. Desfazer seleção de tudo. Mais informações: exibe informações/campos adicionais em nova tela GVDASA Sistemas Caixa 4

7 1 Parâmetros do Caixa CAI_Parametro.dll Nesta sessão são inseridos os parâmetros utilizados para o módulo Caixa. Eles são de grande importância, pois indicarão como que a instituição irá trabalhar nesse módulo. 1.1 Geral Na aba Geral, o sistema disponibiliza algumas opções que podem ser configuradas de acordo com a necessidade da instituição. Essas informações serão utilizadas, de forma geral, no Caixa ao realizar lançamentos. Figura 1 Parâmetros - Geral Usa numeração por caixa: marque essa opção se será utilizada uma numeração por Caixa. Usa numeração por boletim (caixa/data): marque essa opção se será utilizada uma numeração no relatório de boletim de Caixa, de acordo com o Caixa e data GVDASA Sistemas Caixa 5

8 Informa unidade lançamento no Caixa geral: marque essa opção se, no caixa geral, deverá listar a unidade que está sendo realizado o lançamento. Usa numeração do Recibo por empresa/unidade: permite utilizar a numeração do recibo por empresa/unidade Permite reenvio para a contabilidade: se essa opção estiver marcada, significará ao sistema que será possível realizar o reenvio dos lançamentos do Caixa para a contabilidade. Esse reenvio somente é possível através da rotina de exportação. Tipo pagamento padrão: nesse campo poderá ser selecionado qual o tipo de pagamento que será utilizado por padrão, no módulo. Isso facilita a utilização do sistema, pois no momento de um pagamento o sistema apresentará o tipo cadastrado nesse campo. Caso o usuário desejar, no momento do pagamento, poderá escolher outro tipo de pagamento diferente do padrão. Tipo pagamento troco t roco: nesse campo informe qual o tipo de pagamento que permitirá dar troco. É importante salientar que, o tipo de pagamento selecionado deve estar com opção Permite troco marcada (ver item 2.2 desse manual). Tipo hierarquia contábil: determinará como o sistema deverá fazer os lançamentos no caixa na contabilidade. Identificador de página: determina como as folhas serão identificadas na impressão dos relatórios. Nome do logo no recibo: é possível configurar um logotipo para ser impresso no recibo. Identificação de saída e entrada: informe qual é o identificador que a instituição utiliza para débitos e créditos GVDASA Sistemas Caixa 6

9 1.2 Configuração do recibo Nesta tela devem ser configuradas as informações que serão impressas nos recibos gerados pela autenticadora. Figura 2 - Parâmetros - Configuração do Recibo Para a emissão do recibo, informe o número de vias que serão impressas, de acordo com a necessidade da instituição. O sistema também disponibiliza a opção Solicita confirmação após emissão da 1ª via, caso ela esteja marcada, ao fazer a emissão da primeira via do recibo será apresentada uma mensagem ao usuário para que confirme se a impressão saiu corretamente. Somente após essa confirmação que o sistema emitirá as demais vias do recibo. Também poderão ser configuradas quais as informações serão impressas no cabeçalho, no detalhe e no rodapé do recibo. Para isso, clique com o botão direito do mouse sobre os campos e o sistema disponibilizará uma lista com as macros que poderão ser incluídas para compor as informações necessárias para a impressão do recibo GVDASA Sistemas Caixa 7

10 1.3 Autenticadora Similar à configuração do Recibo, na aba Autenticadora selecione as informações que devem ser impressas na fita e nos documentos, durante a autenticação. Porém a configuração das informações a serem impressas deverão ser feitas tanto para a configuração da fita (informações que deverão aparecer na fita de autenticação), quanto na autenticação em si (informações que deverão aparecer na autenticação dos documentos). Deve-se utilizar o botão direito do mouse para selecionar as macros que contém as informações desejadas. Figura 3 - Parâmetros - Autenticadora 2013 GVDASA Sistemas Caixa 8

11 1.4 Sangria e Suprimento Na tela de Sangria e Suprimento poderão ser configurado os tipos de lançamento e históricos que serão utilizados quando forem realizadas as operações de sangria e suprimento no Caixa PDA. Essa informação será utilizada toda vez que houver necessidade de realizar uma sangria do Caixa PDA para o caixa geral ou um suprimento. Figura 4 - Parâmetros - Sangria e Suprimento IMPORTANTE: ao realizar uma operação de Sangria ou Suprimento, no Caixa PDA, o sistema irá incluir o tipo de lançamento e o histórico que estiverem informados nessa tela GVDASA Sistemas Caixa 9

12 2 Fechamento de Saldo CAI_FechamentoSaldo.dll Utilize esta tela para implantar o saldo inicial do caixa e realizar pontos de apuração de saldo. No campo Caixa selecione o caixa que deseja implantar o saldo e após, clique sobre o botão de incluir. Figura 5 - Fechamento de saldo Após, informe a data do fechamento e o valor do saldo inicial do caixa. A data de fechamento informada nessa tela deverá ser a mesma informada no cadastro do caixa selecionado (ver item 2.3). Figura 6 - Fechamento de saldo 2013 GVDASA Sistemas Caixa 10

13 Ao confirmar o valor de saldo inicial e a data, o sistema irá apresentar uma tela onde deverá ser informada a composição do saldo nos tipos de pagamento, conforme tela abaixo. Figura 7 - Distribuição do saldo 2013 GVDASA Sistemas Caixa 11

14 3 Cadastros O módulo de caixa possui vários cadastros que deverão ser informados pelo usuário. Essas informações serão utilizadas no caixa ao realizar movimentações (entradas, saídas, pagamentos). 3.1 Tipo de Lançamento CAI_CadTipoLancamento.dll Usuários que possuem permissões de utilização deste programa poderão cadastrar os tipos de lançamento que serão utilizados pela instituição. Classificam-se como Tipos de Lançamentos as receitas e despesas que podem ser registradas no módulo Caixa. São facilitadores para o uso do sistema, pois, através dele podemos configurar conta contábil e histórico fixo para cada lançamento. Este cadastro também permite definir quais tipos de lançamento serão integrados com a contabilidade e quais lançamentos possuem a obrigatoriedade de ter histórico informado. A estrutura de cadastro pode ser feita utilizando agrupamentos, semelhante à estrutura do plano contábil. Para inclusão dos tipos, utilize os botões Incluir e Incluir sub Item. O sistema irá estruturar os tipos de lançamento em formato de árvore. Figura 8 - Tipo de Lançamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 12

15 É nessa tela que configuramos se o tipo de lançamento terá integração com outros sistemas. Ou seja, se ao incluir um tipo de lançamento no caixa PDA o sistema abrirá uma tela de outro módulo. Para essa configuração é necessário marcar que usará integração com outros sistemas e após, informar qual a dll de integração. Na tela de inclusão/edição, deverá ser configurado os seguintes campos: Descrição: informe a descrição que será utilizada para o lançamento. É importante colocar uma descrição que seja de fácil entendimento por todos os usuários, para que não hajam dúvidas durante a utilização do lançamento. Atalho: nesse campo, poderá ser informada uma tecla de atalho para esse lançamento. Esse campo é de preenchimento opcional. Analítico: caso esse campo seja marcado, significará ao sistema que esse lançamento será o último nível da árvore. Por isso, ao marcar esse campo, os demais campos dessa tela serão habilitados. Lança contabilidade: c ao marcar esse campo, toda vez que esse lançamento contábil seja utilizado, o movimento será lançado no diário contábil e na contabilidade (através da rotina de exportação contábil). Informa histórico: caso marque essa opção, significará ao sistema que para esse lançamento que está sendo cadastrado, o usuário poderá ou não informar um histórico contábil. Obriga informar histórico: caso a opção anterior tenha sido marcada, então esse campo será habilitado. Esse campo deverá ser marcado, se para esse tipo de lançamento o sistema deverá obrigar o usuário a informar um histórico. Nesse caso, o sistema não dará continuidade ao movimento, caso o histórico contábil não seja informado. Autentica documento: caso essa opção seja marcada, toda vez que o tipo de lançamento que está sendo cadastrado, for utilizado o sistema irá autenticar o documento. Informa unidade: caso a opção esteja marcada, no lançamento usuário terá que informar a unidade do mesmo. Exige autenticação individual: essa opção deverá ser marcada, caso o usuário precise autenticar documentos de forma separada. Exemplo de utilização: foi realizado um único pagamento para vários títulos se essa opção está marcada o sistema irá autenticar cada documento individualmente. Caso contrário, o sistema irá autenticar um documento apenas, para todos os títulos liquidados. Lançar: para cada movimentação, deverá ser informado o tipo de lançamento que será efetivado (entrada ou saída). Usa integração com outros sistemas: caso essa opção esteja marcada o sistema abrirá a tela de integração com outros módulos, apresentando a tela correspondente GVDASA Sistemas Caixa 13

16 Desabilitar no caixa: caso essa opção esteja marcada, esse tipo de lançamento não será listado na tela principal do Caixa PDA. Listar no boletim de caixa: caso essa opção estiver marcada, o tipo de lançamento cadastrado será listado no relatório de boletim de caixa. Caso contrário, não será listado. Nome DLL de integração: caso seja marcada a opção Usa integração com outros sistemas, esse campo é de preenchimento obrigatório. Nesse caso, deverá ser informado o nome da DLL de integração que o sistema abrirá no Caixa. Descrição do recibo: nesse campo poderá ser informada a descrição que esse tipo de lançamento será listado no recibo de caixa. Exemplo de utilização: a descrição do lançamento é Juros adicionais, porém a instituição quer que esse lançamento apareça no recibo para o usuário com outra descrição. Nesse caso, a descrição deverá ser informada nesse campo. Conta contábil / histórico: caso esse lançamento irá Lançar contabilidade, nesse campo deverá ser informada a conta contábil e o histórico que deverão ser incluídos na contabilidade. Figura 9 - Incluir Tipo de Lançamento IMPORTANTE: Para o Caixa PDA, precisamos ter tipo de lançamento para SANGRIA e SUPRIMENTO de caixa. SANGRIA: A: utilizado pelo Caixa PDA para transferência de valores para o Caixa Central. SUPRIMENTO: utilizado quando é necessário fazer retirada do Caixa Central e entrada do Caixa PDA GVDASA Sistemas Caixa 14

17 3.2 Tipos de Pagamento CAI_CadTipoPagamento.dll Aqui, são definidos os tipos de pagamento que são aceitos pela instituição (cheque, dinheiro, cartão de crédito, etc.). Nesse cadastro também deve-se identificar se o tipo cadastrado permite informar e emitir cheques ou se permite troco. Esses tipos de pagamento serão utilizados posteriormente no Caixa PDA, ao fazer recebimentos ou pagamentos. IMPORTANTE: O sistema permite que apenas um tipo de pagamento esteja com a opção informar cheque marcada. Essa funcionalidade é importante, pois é através dela que o sistema saberá se abrirá a tela de inclusão de cheques no Caixa PDA, ao utilizar esse pagamento. Figura 10 - Tipo de Pagamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 15

18 3.3 Cadastro de Caixa CAI_CadCaixa.dll Esta tela permite o cadastro de Extra Caixa, Caixas de controle bancário, Caixa e dos pontos de recebimento utilizados pela instituição para emissão de recibo e autenticação de documentos (PDA). Determina se o caixa utiliza controle de saldos, emissão de recibo, se obriga usuário a informar a data do documento e ainda se permite saldo negativo na exportação para a contabilidade. Classificam-se movimentos Extra-Caixa aqueles que não circulam pelo Caixa, como por exemplo, a emissão de um cheque para pagamento de fornecedor, despesas relacionadas a tarifas bancárias, transferência entre contas, aplicações financeiras, recebimentos registrados em contas bancárias. Geralmente, cadastro de Extra-caixa não possui conta contábil relacionada, pois os débitos e créditos são registrados pelo usuário. Movimentos de Caixa são os que circulam pela conta Caixa. Podemos ter os seguintes Caixas cadastrados: Caixa Geral G eral: movimentos que circulam pelo caixa, não possuem a necessidade de autenticação dos documentos e não precisam ser registrados diariamente. Caixa PDA: movimentos que circulam pela Caixa PDA necessitam de autenticação do documento e precisam ser registrados no momento que ocorrem. Caixa de controle bancário: são as movimentações que são realizadas em contas bancárias e que refletem no caixa. É importante destacar que, com o cadastro e movimentação do caixa de controle bancário, o usuário poderá fazer as conciliações bancárias (ver item conciliação bancária, desse manual). Essa tela divide-se em cinco sub-abas: configuração PDA, contabilização, configuração caixa geral, permissão caixa usuário e unidades para lançamentos de integração GVDASA Sistemas Caixa 16

19 3.3.1 Aba Configuração PDA Nessa aba deverá ser definida as configurações da autenticadora (caso seja utilizada), além de informar se será permitido o caixa ser aberto por mais de um usuário, reabrir último caixa fechado e ainda se o caixa permitirá sangria e suprimento. Figura 11 Configuração PDA 2013 GVDASA Sistemas Caixa 17

20 3.3.2 Aba Contabilização Nessa aba o usuário deverá definir as configurações para a contabilização das informações do Caixa. Para isso, deverá ser informado no campo tipo de lançamento como os lançamentos serão efetivados na contabilidade, o histórico contábil para débitos e créditos, a nomenclatura utilizada para identificar movimentos do caixa na contabilidade (sistema de origem) e a máscara para a capa do lote contábil. Figura 12 - Contabilização 2013 GVDASA Sistemas Caixa 18

21 3.3.3 Aba Configuração Caixa Geral Nessa aba será configurado como o Caixa Geral irá funcionar na instituição. O sistema disponibiliza as opções de informar o número do documento, além de informar pagamentos e lançamentos. Figura 13 Configuração Caixa Geral 2013 GVDASA Sistemas Caixa 19

22 3.3.4 Aba Permissão Caixa Usuário Nessa aba devem ser indicados os usuários que poderão movimentar o caixa cadastrado. Para a inclusão de um usuário, é necessário clicar no botão correspondente a incluir e após, informar quais os usuários que terão essa permissão. Caso o usuário não esteja cadastrado no caixa, nessa aba, o sistema não permitirá que ele realize a Abertura do caixa. Figura 14 - Permissão Caixa Usuário 2013 GVDASA Sistemas Caixa 20

23 3.3.5 Aba Unidade para lançamentos de integração Nessa aba deve(m) ser vinculada(s) a(s) empresa(s) / unidade(s) que poderá(ão) efetuar lançamentos de integração. Caso seja necessário realizar um lançamento no Caixa para uma unidade diferente da logada, é necessário que essa outra unidade esteja vinculada nessa tela. Figura 15 - Unidade para Lançamentos NOTA: Ao cadastrar um Caixa Geral ou Caixa PDA, é necessário que a conta contábil correspondente ao Caixa seja relacionada a ele. Para o cadastro de Caixa PDA, é necessário que o campo Caixa Centralizador esteja informado. Nesse caso, o Caixa PDA deverá estar relacionado com o Caixa Geral. Para os Extras-Caixa não é necessário informar conta contábil ou caixa centralizador. IMPORTANTE: O campo de Data do último fechamento indica a última data em que o Caixa foi integrado com a contabilidade. Se for necessário fazer manutenção em um lançamento do Caixa em um período que já esteja encerrado (data do fechamento maior que a data do lançamento que deve ser alterada), será necessário voltar a data do último fechamento no cadastro do caixa GVDASA Sistemas Caixa 21

24 4 Manutenções Serão apresentadas as funcionalidades que o módulo Caixa disponibiliza. 4.1 Caixa geral CAI_CaixaGeral.dll Utiliza-se esta tela para inclusão e consulta de lançamentos no Caixa Geral, desde que o caixa não esteja com o período fechado. Para inserir um lançamento, informe a data que deseja realizar o lançamento, selecione o Caixa Geral e clique sobre o botão correspondente a incluir. Além de incluir lançamentos no Caixa geral, é possível realizar integrações com outros módulos do sistema, a fim de realizar as movimentações (ver item cadastro de lançamentos desse manual). As integrações possíveis no caixa geral, são: mensalidade contas a pagar, serviço de protocolo e vestibular. É importante destacar que, essas integrações somente funcionarão de forma correta se no tipo de lançamento estiver também configurado para Integrar com outros módulos. Para cada operação realizada, o sistema disponibiliza a opção de emitir um recibo ao movimento efetuado. No botão Buscar lançamentos é possível consultar os lançamentos realizados em todos os caixas cadastrados do sistema. No botão Consultar saldo é possível consultar o saldo do Caixa de acordo a distribuição nos tipos de pagamento. Figura 16 - Caixa Geral 2013 GVDASA Sistemas Caixa 22

25 Caso o Caixa Geral tenha sido relacionado à conta contábil no cadastro do Caixa Geral, a tela para o lançamento é de partida simples, ou seja, são informados o débito ou crédito e o sistema faz a contrapartida do lançamento na conta contábil que está relacionada no caixa. Se um tipo de lançamento for selecionado, a conta contábil e o histórico prédefinidos serão exibidos na tela do lançamento. Neste caso é necessário informar apenas o valor do lançamento. Figura 17 - Lançamento Simples Se a opção Informa Pagamento (ver guia Configuração Caixa Geral) estiver marcada no cadastro do caixa, será necessário informar a composição deste movimento através do botão Mais informações. Neste caso, o usuário deverá informar os tipos de pagamentos utilizados e o valor respectivo. Abaixo, um exemplo de um lançamento no valor de R$ 100,00 realizado em tipo de pagamento dinheiro. Figura 18 - Tipos de Pagamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 23

26 Caso o lançamento seja composto de mais de uma moeda, clique no botão Mais informações e preencha as informações correspondentes. O Caixa permite ainda emitir recibo dos lançamentos que foram gerados. Para tanto, utilize o botão Recibo. 4.2 Busca lançamentos CAI_PesquisaLancamento.dll Após a inclusão de lançamentos no Caixa PDA e Caixa Geral, é possível consultar os lançamentos cadastrados na instituição. Para identificar de forma mais eficiente o lançamento desejado, utilize os filtros disponíveis na tela na parte de pesquisa da tela. Mais de um critério pode ser utilizado na pesquisa com o auxílio do botão Adicionar. Figura 19 - Pesquisar Lançamentos 2013 GVDASA Sistemas Caixa 24

27 4.3 Caixa PDA Utilizado para registro dos lançamentos que devem ser cadastrados no dia em que ocorrem e necessitam de autenticação. Para utilizar esta modalidade, é necessário ter um caixa centralizador relacionado a um Caixa PDA (ver item Cadastro de Caixa) e o usuário deve ter permissão de operação no cadastro do Caixa PDA (Cadastro de Caixa, aba Permissões ) Abertura de caixa CAI_CaixaPDA.dll Antes de iniciar qualquer movimentação no caixa, é necessário que primeiro seja realizada a abertura do Caixa PDA. Essa rotina abre o caixa em um determinado dia, permitindo que o usuário inicie as movimentações do dia. Para realizar a abertura, informe o Caixa e clique no botão OK, para concluir a abertura. Somente serão relacionados os caixas que, no cadastro do caixa, tenha permissão ao usuário e empresa / unidade vinculada. Figura 20 - Abertura do Caixa 2013 GVDASA Sistemas Caixa 25

28 4.3.2 Movimentações do Caixa PDA Após realizar a abertura do Caixa PDA, o sistema irá disponibilizar a tela principal do Caixa para movimentações. A seguir estão descritas as movimentações possíveis Configuração de botões Nessa tela é possível configurar quais os tipos de lançamentos e pagamentos, que são mais utilizados, para aparecerem em forma de botões. Essa funcionalidade é importante, pois agiliza o processo de movimentação no caixa. Para essa configuração, é necessário estar com o Caixa PDA aberto e clicar sobre o botão correspondente a Configurar Botões. Sistema abrirá uma tela, com as aba de Lançamento e Pagamento, e o usuário deverá informar quais os lançamentos e pagamentos que serão criados botões na tela principal do Caixa. Para facilitar ainda mais as movimentações, na configuração, é possível informar uma tecla de atalho para cada tipo de lançamento ou pagamento que será criado botão no Caixa GVDASA Sistemas Caixa 26

29 Conhecendo a tela principal do Caixa Na tela principal do Caixa o sistema disponibiliza várias funcionalidades, a fim de auxiliar o usuário nas suas rotinas, conforme descritas a seguir. Figura 21 - Caixa - Tela Principal Cabeçalho da tela: mostra o nome do Caixa PDA que está em uso, usuário que está utilizando o Caixa, a data de abertura do Caixa e o número do ticket. Todos os lançamentos realizados no Caixa aberto estarão vinculados a data de abertura do Caixa. Portanto, é nessa data que o sistema realizará os lançamentos na contabilidade. Lançamentos: na coluna à esquerda da tela o sistema disponibilizará, em forma de botões, os tipos de lançamentos que estiverem sido configurados anteriormente (ver item configuração de botões). Como o sistema só permite configurar 10 botões, aqueles tipos de lançamentos que não forem configurados, o sistema disponibiliza um botão chamado Outros Lçtos onde serão listados todos os demais lançamentos GVDASA Sistemas Caixa 27

30 Novo Ticket : esse botão deverá ser utilizado para iniciar qualquer movimentação no Caixa PDA. Dessa forma, todas as movimentações estarão vinculadas a uma numeração de ticket. Cancelar : esse botão somente ficará habilitado quando um ticket está em aberto, ou seja, não tenha sido fechado. Caso haja necessidade, o sistema permite ao usuário cancelar o lançamento de uma movimentação no ticket, desde que ele ainda não esteja fechado. Imprimir ticket : ao clicar sobre esse botão o sistema irá imprimir na fita de autenticação da impressora, as informações do ticket lançado. Recibo : o usuário poderá clicar nesse botão para realizar a impressão do recibo, referente a movimentação realizada. Total Devido, Total Pago, Troco : esses campo exibem os valores do movimento (ticket), apresentando o valor devido, o total do movimento e calculando o troco. Pagamentos: na coluna à direita da tela o sistema disponibilizará, em forma de botões, os tipos de pagamentos que estiverem sido cadastrados e configurados anteriormente (ver item configuração de botões). Fechar Ticket : esse botão é utilizado para finalizar uma movimentação no Caixa PDA. Dessa forma, o sistema irá fechar o ticket e a movimentação ficará vinculada ao número apresentado no cabeçalho da tela. Autenticar : ao clicar nesse botão, o sistema realizará a autenticação do documento que está sendo movimentado no Caixa. Consulta Saldo : ao clicar nesse botão o sistema disponibilizará ao usuário a composição do saldo do Caixa, na data de abertura (apresentada no cabeçalho). Saldo Anterior, Saldo Movimento, Saldo Final : esses campos exibem os valores movimentados no caixa, listando o saldo inicial na abertura do caixa, saldo de cada movimento registrado e um saldo final que carrega o valor atualizado existente no caixa GVDASA Sistemas Caixa 28

31 Movimentando dinheiro no Caixa Para iniciar os lançamentos, clique sobre o botão Novo Ticket. Figura 22 - Movimento Informe qual o tipo de lançamento a ser utilizado no movimento. Ele determina a conta contábil, o histórico e o valor que será utilizado no momento da integração. Como exemplo para movimentação de dinheiro, escolheremos o tipo de lançamento Entrada. Figura 23 - Lançamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 29

32 Após, informe qual o tipo de pagamento que será utilizado no movimento. Como exemplo para movimentação de dinheiro, escolheremos o tipo de pagamento Dinheiro. Figura 24 - Caixa de dinheiro. Por fim, clique sobre o botão Fechar ticket. Assim, será concluída a movimentação Figura 25 - Fechar Ticket 2013 GVDASA Sistemas Caixa 30

33 Recebendo cheques no Caixa Para iniciar os lançamentos, clique sobre o botão Novo Ticket. Figura 26 - Receber Cheques Informe qual o tipo de lançamento a ser utilizado no movimento. Ele determina a conta contábil, o histórico e o valor que será utilizado no momento da integração. Como exemplo para movimentação de cheque, escolheremos o tipo de lançamento Entrada. Figura 27 - Lançamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 31

34 Após, informe qual o tipo de pagamento que será utilizado no movimento. Como exemplo para movimentação de cheque, escolheremos o tipo de pagamento Cheque. Figura 28 - Lançamento Por fim, clique sobre o botão Fechar ticket. Quando o tipo de pagamento selecionado for Cheque, ao fechar o ticket, o sistema abrirá uma tela para a inclusão dos cheques. Nessa tela, preencha as informações correspondentes ao cheque que está sendo recebido no caixa (ver manual de cheques, item de inclusão de cheque). A tela em questão só abrirá se no Cadastro de tipo de pagamento o tipo Cheque estiver com a opção Informa Cheque selecionada. Figura 29 - Inclusão de Cheque 2013 GVDASA Sistemas Caixa 32

35 Ao concluir a inclusão dos dados do cheque, o sistema irá fechar o ticket automaticamente. Os cheques incluídos no Caixa PDA deverão ser movimentados pelo Caixa PDA. Dessa forma, não será possível fazer a sua movimentação pela Manutenção de cheques. Porém, na tela de manutenção de cheques serão apresentados também os cheques incluídos via Caixa, para visualização Movimentando o pagamento de títulos no Caixa Para iniciar os lançamentos, clique sobre o botão Novo Ticket. Figura 30 - Lançamentos Informe qual o tipo de lançamento a ser utilizado no movimento. Como exemplo para pagamento de títulos, escolheremos o tipo de lançamento Contas a pagar. Esse tipo de lançamento está vinculado a dll de integração (ver item cadastro de tipo de lançamento) e por isso, o sistema abrirá a tela de liquidação de títulos. Nessa tela, deverá ser selecionado o título, pelo número ou pelo fornecedor que ele está vinculado, selecionar o título a ser liquidado e ainda informar qual o tipo de liquidação (ver manual Contas a pagar, item cadastro de tipo de liquidação) que será utilizado GVDASA Sistemas Caixa 33

36 Figura 31 - Liquidação de Títulos Após, informe qual o tipo de pagamento que será utilizado no movimento. Como exemplo para movimentação de cheque, escolheremos o tipo de pagamento Cheque. Figura 32 - Lançamento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 34

37 Por fim, clique sobre o botão Fechar ticket. Quando o tipo de pagamento selecionado for Cheque, ao fechar o ticket, o sistema abrirá uma tela para a inclusão dos cheques. Nessa tela, preencha as informações correspondentes ao cheque que está sendo recebido no caixa (ver manual de cheques, item de inclusão de cheque). Figura 33 - Incluir Cheque Ao concluir a inclusão dos dados do cheque, o sistema irá fechar o ticket automaticamente e liquidar o título no contas a pagar. Os cheques incluídos no Caixa PDA deverão ser movimentados pelo Caixa PDA. Dessa forma, não será possível fazer a sua movimentação pela Manutenção de cheques. Porém, na tela de manutenção de cheques serão apresentados também os cheques incluídos via Caixa, para visualização GVDASA Sistemas Caixa 35

38 Movimentando cheques no Caixa Para iniciar os lançamentos, clique sobre o botão Novo Ticket. Figura 34 - Lançamentos Informe qual o tipo de lançamento a ser utilizado no movimento. Como exemplo para movimentação de cheques, escolheremos o tipo de lançamento Integração cheques. Esse tipo de lançamento está vinculado a DLL de integração (ver item cadastro de tipo de lançamento) e por isso, o sistema abrirá a tela de Integração do caixa com cheque para realizar as movimentações. Nessa tela, é possível realizar várias consultas dos cheques que estão no caixa logado, em outros caixas ou ainda no módulo de cheques. Além das consultas é possível realizar todas as movimentações com o cheque: depósito, custódia, troca, colocar um cheque em carteira ou ainda vincular cheque ao caixa GVDASA Sistemas Caixa 36

39 Figura 35 - Integração Depósito: nessa tela será realizado o depósito do cheque, no sistema. Para isso, é necessário informar o banco e a agência onde será realizado o depósito. Figura 36 - Depósito de Cheques es 2013 GVDASA Sistemas Caixa 37

40 Custódia: nessa tela o sistema colocará o cheque em custódia. Para isso, é necessário informar o banco e a agência onde será realizada a custódia. Figura 37 Custódia de Cheques Troca: nessa tela o sistema permite trocar um cheque por outro(s). Para isso, clique no botão de Trocar, o sistema automaticamente realizará lançamento referente a troca na tela principal do Caixa. Após, escolha um tipo de pagamento correspondente. Figura 38 - Troca de Cheques 2013 GVDASA Sistemas Caixa 38

41 Colocar em carteira: nessa tela o sistema irá vincular automaticamente o cheque selecionado a uma carteira de cobrança. Figura 39 - Colocar em Carteira 2013 GVDASA Sistemas Caixa 39

42 Vincular cheque ao caixa: essa opção somente será habilitada quando o cheque estiver no módulo de cheques. Essa operação significará ao sistema que o cheque estará vinculado ao caixa e, portanto, a sua movimentação só mais poderá ser realizada pelo Caixa PDA. Figura 40 - Vincular Cheque ao Caixa Ao realizar o vínculo do cheque ao caixa, o sistema irá realizar os lançamentos no caixa principal e em seguida fechará o ticket automaticamente. Os cheques incluídos no Caixa PDA deverão ser movimentados pelo Caixa PDA. Dessa forma, não será possível fazer a sua movimentação pela Manutenção de cheques. Porém, na tela de manutenção de cheques serão apresentados também os cheques incluídos via Caixa, para visualização. Após movimentar o cheque no caixa através de depósito, custódia ou colocar em carteira, o sistema perde o vínculo do cheque a receber para movimentação GVDASA Sistemas Caixa 40

43 Sangria e Suprimento Para iniciar os lançamentos, clique sobre o botão Novo Ticket. Figura 41 Sangria e Suprimento Informe qual o tipo de lançamento a ser utilizado no movimento. Como exemplo para sangria, escolheremos o tipo de lançamento Sangria. Para esse lançamento, o sistema abrirá a tela correspondente a sangria. A mesma operação pode ser realizada para o movimento de suprimento GVDASA Sistemas Caixa 41

44 Na tela abaixo, serão listados os tipos de pagamentos cadastrados (verificar item cadastro tipo de pagamento, desse manual) e o usuário deverá informar os valores correspondentes à sangria. Figura 42 - Lançamento Sangria Caso a sangria seja realizada na moeda Cheque, o sistema abrirá uma tela para a seleção do(s) cheque(s) a ser(em) movimentado(s). Figura 43 - Seleção de Cheques 2013 GVDASA Sistemas Caixa 42

45 Ao concluir a seleção dos cheques e as informações de sangria nas demais moedas, o sistema irá fechar o ticket automaticamente e efetivará a sangria das moedas selecionadas para o Caixa central. Os cheques incluídos no Caixa PDA deverão ser movimentados pelo Caixa PDA. Dessa forma, não será possível fazer a sua movimentação pela Manutenção de cheques. Porém, na tela de manutenção de cheques serão apresentados também os cheques incluídos via Caixa, para visualização Estorno de Ticket CAI_EstornoTicket.dll Utilizado para desfazer um movimento realizado incorretamente no sistema. Nessa tela é possível realizar estornos de ticket (movimentos) e ainda realizar o cancelamento de um estorno feito. É importante destacar que o cancelamento de um estorno somente será possível quando o lançamento estornado não seja de integração. Nesse caso, o sistema não permitirá que o cancelamento seja efetuado. Somente é possível fazer estorno de movimentos que estão em um caixa que esteja aberto. Figura 44 - Estorno de Ticket 2013 GVDASA Sistemas Caixa 43

46 Para o estorno do ticket, identifique o lançamento que deseja estornar através do número do ticket. Utilize os campos de pesquisa para filtrar o(s) lançamento(s), selecione o lançamento e após clique no botão Estornar. Desta forma o lançamento não será excluído da base de dados. O estorno marca o lançamento para não compor o saldo do movimento e não listar em relatórios do caixa. Não é possível carregar um ticket na sua tela de lançamento para manutenção. Se houver a necessidade de alterar um ticket, utilize a tela de estorno para desativar o lançamento e refaça na tela do Caixa PDA. Outra alternativa é utilizar a Manutenção de lançamentos (ver item manutenção de lançamento desse manual) Estorno de Ticket com caixa fechado Permite ao usuário estornar um movimento de outra data num caixa do mesmo dia. Para isso, deve-se entrar no caixa e fazer um novo ticket. Depois deve escolher a opção de estorno de ticket com caixa fechado, escolhendo o numero a ser estornado. Após clicar no botão estornar. Se for um ticket de integração a propira dll vai abrir o lancamento feito anteriormente. Figura 45 - Estorno com Caixa Fechado 2013 GVDASA Sistemas Caixa 44

47 4.3.5 Fechamento do caixa CAI_FechamentoCaixa.dll Este processo deve ser realizado somente após o movimento de sangria (transferência dos valores no Caixa PDA para o Caixa Central). Encerra as atividades do caixa no dia e não permite reversão. Apresenta os valores de saldo anterior, entradas e saídas do dia e saldo final. Ao fazer o fechamento, o usuário deverá conferir os lançamentos realizados de acordo com a composição de saldos, saldo anterior, movimentações de entrada e saída e saldo final. Figura 46 - Fechamento do Caixa 2013 GVDASA Sistemas Caixa 45

48 4.3.6 Reabertura do caixa CAI_ReaberturaCaixa.dll Utilizado quando é necessário reabrir um caixa. Somente será possível reabrir caixa para os usuários que possuem permissão de reabertura (ver item cadastro do caixa, aba permissões) e se o Caixa permitir a reabertura do último caixa fechado (ver item cadastro do caixa, aba configuração PDA). Figura 47 - Reabertura 2013 GVDASA Sistemas Caixa 46

49 4.3.7 Manutenção de lançamentos CAI_ManLancamento.dll Utilize essa rotina do sistema, quando houver necessidade de realizar alterações em tickets movimentações pelo Caixa. Somente os campos de tipo de lançamento, data documento, histórico, conta contábil e histórico permitirão alterações. Para manutenções em movimentos, utilize o botão Pesquisar para identificar o lançamento que deseja alterar. Após, clique sobre o botão Editar Lançamento e realize as alterações no lançamento. Figura 48 - Manutenção de Lançamentos 2013 GVDASA Sistemas Caixa 47

50 5 Relatórios 5.1 Boletim de Caixa Utilizado para emissão da movimentação do caixa. É ideal para ser impresso após o fechamento do Caixa, pois carrega valores totais movimentados por conta contábil e informa totais movimentados por tipo de moeda. Figura 49 - Boletim de Caixa 2013 GVDASA Sistemas Caixa 48

51 5.2 Relatório do Movimento Permite emitir listagem de movimentação do caixa por período, selecionando os tipos de entradas e saídas que devem ser listadas. Figura 50 - Movimento 2013 GVDASA Sistemas Caixa 49

52 5.3 Emissão do Recibo Laser Permite emitir recibos em impressoras laser. Utilizado para emissão de recibos de sangria. Escolha a data e o Caixa para poder selecionar o ticket que deseja emitir recibo. Figura 51 - Emissão do Recibo 2013 GVDASA Sistemas Caixa 50

53 6 Integração Contábil Para o processo de integração contábil, é necessário ter um software chamado IntegracaoContabilServer rodando no servidor ou no computador que está realizando a integração. É necessário um arquivo de configuração que indica o local da base de dados da contabilidade com o nome dbxparamscontabilidade.ini junto do APS no servidor de arquivos do cliente. Abaixo, um exemplo de configuração do processo de integração: [Contabilidade] ConnectionName=SQLServerConnection DriverName=SQLServer LibraryName=dbexpsda.dll GetDriverFunc=getSQLDriverSQLServer VendorLib=sqloledb.DLL BlobSize=-1 DataBase=Gvserver\sql2005/NomeDaBase User_Name=***** Password=****** enablebcd=false PasswordRequired=False 2013 GVDASA Sistemas Caixa 51

54 6.1 Importação de Tabelas CAI_ImportacaoTabelasContabilidade.dll Processo utilizado para atualização das contas contábeis, centro de custo, históricos e relacionamento de conta X centro de custo. Figura 52 - Importação de tabelas Clique sobre o botão avançado para configurar o local onde o serviço de integração contábil está rodando e quais tabelas deseja atualizar no sistema Caixa. Figura 53 Aba Exportação 2013 GVDASA Sistemas Caixa 52

55 Figura 54 - Aba Importação Após a configuração dos parâmetros de Importação, clique sobre o botão Importar. 6.2 Integração Ao realizar a contabilização entre GVcollege e GVcontábil agora será de forma automática. As tarefas para contabilização automática dos lançamentos do caixa. A contabilização pode ser realizada de forma automatizada, diariamente durante a noite. 6.3 Exportação de Tabelas CAI_ImportacaoTabelasContabilidade.dll Processo utilizado para exportar lançamentos do módulo Caixa (Caixa Geral, Caixa PDA e Extra-Caixa) para a contabilidade. Igualmente ao processo de integração, precisamos identificar o local onde o serviço de integração contábil está rodando. Figura 55 - Importação 2013 GVDASA Sistemas Caixa 53

56 Após, selecione os caixas e períodos que devem ter seus lançamentos gerados na contabilidade e clique sobre o botão Confirma. O IntegracaoContabilServer permite gerar lançamentos centralizados, ou seja, permite que os lançamentos de unidades diferentes sejam visualizados em um mesmo lote e em uma única empresa. Para utilizar este recurso, insira o código da unidade centralizadora no campo Unidade Centralizadora, como mostra a imagem abaixo. Figura 56 - Servidor 7 Controle Bancário Para que a rotina de controle bancário funcione corretamente, é necessário que seja realizada a configuração dos parâmetros (a pagar e a receber). Abaixo é apresentado como configurá-los. 7.1 Parâmetros Controle Bancário - Pagar FIN_CadParametroControleBancario.dll Nessa tela deverão ser configurados os parâmetros do controle bancário. Essa configuração contempla a movimentação de cheques a pagar, a liquidação manual de títulos e o retorno de arquivos de remessa bancário GVDASA Sistemas Caixa 54

57 7.1.1 Cheques a Pagar Caso a instituição deseja trabalhar com controle bancário, nessa tela deverá ser realizada a configuração para a rotina de cheques a pagar. Para isso, é necessário que seja informado um histórico para os movimentos de liberação, compensação, cancelamento e anulação dos cheques. Esse histórico será utilizado no momento que for realizado o movimento de controle bancário. Também é necessário informar, para cada movimento (liberação, compensação, cancelamento e anulação), um tipo de lançamento. Esses lançamentos deverão ser previamente cadastrados no módulo Caixa, conforme descrito no manual do Caixa, item 3.1 Tipo de Lançamento. Além disso, é preciso que seja configurado o momento em que o sistema deverá realizar o lançamento do cheque no controle bancário. Para isso, escolha no campo correspondente a Momento de entrada o movimento que fará o lançamento no controle bancário (liberação ou compensação). Figura 57 - Cheques a Pagar 2013 GVDASA Sistemas Caixa 55

58 7.1.2 Cheques a Receber Caso a instituição deseja trabalhar com controle bancário, nessa tela deverá ser realizada a configuração para a rotina de cheques a receber. Para isso, é necessário que seja informado um histórico para os movimentos de deposito, compensação, custodia, resgate de custodia e devolução. Esse histórico será utilizado no momento que for realizado o movimento de controle bancário. Também é necessário informar, para cada um tipo de lançamento previamente cadastrados nos lançamentos do caixa. Figura 58 - Cheques a Receber 2013 GVDASA Sistemas Caixa 56

59 7.1.3 Contas a Pagar Caso a instituição deseja trabalhar com controle bancário, nessa tela deverá ser realizada a configuração para a rotina de contas a pagar. Ou seja, liquidação manual de títulos e retorno de arquivos de remessa bancário. Para isso, é necessário que seja informado um histórico para os movimentos de liquidação, estorno e retorno de pagamento de fornecedores, aos títulos. Esse histórico será utilizado no momento que for realizado o movimento de controle bancário. Também é necessário informar, para cada movimento (liquidação, estorno e retorno de pagamento), um tipo de lançamento. Esses lançamentos deverão ser previamente cadastrados no módulo Caixa, conforme descrito no manual do Caixa, item 3.1 Tipo de Lançamento. Para que as ocorrências vinculadas aos títulos integrem no controle bancário, é necessário que seja configurado o histórico para a inclusão da ocorrência, bem como o tipo de lançamento a débito e a crédito. Após, deverá ser informado os dados de histórico e tipo de lançamento para a exclusão de ocorrências nos títulos. Figura 59 - Contas a Pagar P 2013 GVDASA Sistemas Caixa 57

60 7.2 Parâmetros Controle Bancário Receber TES_CadParametroControleBancario.dll Nessa tela deverão ser configurados os parâmetros do controle bancário. Essa configuração contempla a movimentação da tesouraria e do processo seletivo Tesouraria Caso a instituição deseja trabalhar com controle bancário, nessa tela deverá ser realizada a configuração para a rotina de tesouraria. Ou seja, liquidação manual e liquidação por retorno, de parcelas. Para isso, é necessário que seja informado um histórico para os movimentos de liquidação manual, liquidação retorno e estorno, as parcelas. Esse histórico será utilizado no momento que for realizado o movimento de controle bancário. Também é necessário informar, para cada movimento (liquidação manual, liquidação retorno e estorno), um tipo de lançamento. Esses lançamentos deverão ser previamente cadastrados no módulo Caixa, conforme descrito no manual do Caixa, item 3.1 Tipo de Lançamento. Figura 60 - Parâmetros de Controle Bancário - Tesouraria 2013 GVDASA Sistemas Caixa 58

61 7.2.2 Processo Seletivo Caso a instituição deseja trabalhar com controle bancário, nessa tela deverá ser realizada a configuração para a rotina de processo seletivo. Ou seja, liquidação manual e liquidação por retorno. Para isso, é necessário que seja informado um histórico para os movimentos de liquidação manual, liquidação retorno e estorno. Esse histórico será utilizado no momento que for realizado o movimento de controle bancário. Também é necessário informar, para cada movimento (liquidação manual, liquidação retorno e estorno), um tipo de lançamento. Esses lançamentos deverão ser previamente cadastrados no módulo Caixa, conforme item 3.1 Tipo de Lançamento. Figura 61 - Parâmetros Controle Bancário Processo Seletivo 2013 GVDASA Sistemas Caixa 59

62 8 Cadastro do Caixa de Controle Bancário CAI_CadCaixa.dll Nessa tela deverá ser realizado o cadastro do caixa de controle bancário. Essa informação é importante, pois é nesse caixa que o sistema lançará automaticamente os controle bancários, de acordo com a configuração informada anteriormente nos parâmetros. A funcionalidade de cadastro de caixa padrão encontra-se no item 3.3 Cadastro de Caixa. Para o cadastro de um caixa de controle bancário, é necessário que seja informado os dados do Caixa e a conta bancária a qual ele pertence. Isso se torna importante, pois os movimentos de cheque, as liquidações manuais de títulos e parcelas e os retornos de banco que foram feitos vinculados a essa conta bancária, o sistema automaticamente realizará o lançamento no controle bancário. Figura 62 - Caixa de Controle Bancário 2013 GVDASA Sistemas Caixa 60

63 8.1 Movimentos de Controle Bancário Após configuração dos parâmetros e ter cadastrado o caixa do controle bancário, sempre que forem movimentados cheques, liquidado manualmente títulos e parcelas e processado retorno bancário, o sistema realizará automaticamente um lançamento no Caixa de controle bancário. Para consultar esses lançamentos de controle bancário, o usuário deverá acessar a tela abaixo. Após, é preciso informar a Data de lançamento e selecionar o caixa de controle bancário. O sistema apresentará todos os registros lançados no caixa selecionado e de acordo com a data de lançamento informada. Os lançamentos realizados automaticamente pelo sistema no caixa de controle bancário, estarão vinculados a origem Contas a pagar. Figura 63 - Movimento Controle Bancário Tarifas, taxas e despesas bancárias deverão ser lançadas manualmente no caixa de controle bancário. A funcionalidade de lançamentos no caixa geral, já está contemplada no manual do módulo Caixa, item 4.1 Caixa geral GVDASA Sistemas Caixa 61

64 9 Conciliação bancária CAI_ConciliacaoBancaria.dll Na conciliação bancária é possível fazer um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no controle financeiro. Para a conciliação é preciso realizar a importação do extrato bancário nos formatos OFC e OFX. Após a importação dos arquivos, o sistema permite que o usuário realize várias operações, entre elas conciliar movimentos do extrato e do controle bancário além de realizar a importação diretamente do extrato bancário para o controle bancário. Figura 64 - Conciliação Bancária Ao selecionar um caixa, deve-se informar um arquivo para importar (que esteja nos formatos OFC ou OFX - gerados pelo banco) e o período a ser conciliado. O sistema fará a validação da data dos movimentos do extrato, pois devem estar dentro do período informado para conciliação. É importante salientar que, no campo Caixa somente serão listados os caixas que estiverem vinculados a uma conta bancária (para maiores informações consulte o item cadastro de caixa, desse manual) e que o usuário possua permissão GVDASA Sistemas Caixa 62

65 Caso a importação do extrato de conciliação já tenha sido realizada, para o caixa e período informado, o sistema apresentará uma mensagem avisando ao usuário que os movimentos não puderam ser importados e os respectivos motivos. Na tela da conciliação as informações aparecem separadas em três operações, que serão explicadas a seguir. Lançamentos caixa Movimentos extrato Movimentos conciliados 2013 GVDASA Sistemas Caixa 63

66 Figura 65 - Conciliação Bancária 9.1 Lançamentos Caixa No campo referente aos Lançamentos do Caixa, são apresentados todos os lançamentos que tem no caixa da conta bancária selecionado anteriormente (figura 60), para o período informado. Abaixo também são informados os valores totais de entradas, saídas e ainda o total de lançamentos que estão selecionados. Essa tela também proporciona que o usuário possa editar um lançamento do Caixa, filtrar lançamentos e remover o filtro dos lançamentos GVDASA Sistemas Caixa 64

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1

2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 1 2013 GVDASA Sistemas Cheques 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1

Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 Treinamento GVcollege Módulo Cheque 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico 2015 GVDASA Sistemas Pedagógico 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2014 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1

2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 1 2015 GVDASA Sistemas Suprimentos 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1

2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 1 2015 GVDASA Sistemas Patrimônio 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas

Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas Treinamento GVcollege Módulo Administrador de Programas e Sistemas AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

AVISO. O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONCILIAÇÃO BANCÁRIA O que é? É um comparativo entre as movimentações existentes em uma conta bancária e as existentes no controle financeiro. Todos sabem, por exemplo, que existe

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1

2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 1 2013 GVDASA Sistemas Inscrição 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Treinamento Módulo Contas a Pagar

Treinamento Módulo Contas a Pagar Contas a Pagar Todas as telas de cadastro também são telas de consultas futuras, portanto sempre que alterar alguma informação clique em Gravar ou pressione F2. Teclas de atalho: Tecla F2 Gravar Tecla

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO

MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO MANUAL DE CONTROLE BANCÁRIO Prezado Cliente, Este é o material de apoio aos usuários e implantadores do SOFTLAND COMERCIAL, o seu sistema integrado de gestão empresarial. O bom uso deste manual o habilitará

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Operações de Caixa Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Introdução... 3 Suprimento... 3 Sangria... 4 Abertura de Caixa... 6 Fechamento de Caixa...

Leia mais

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática:

SCPI 8.0. Novas funcionalidades. Conciliação Bancária Automática: SCPI 8.0 Novas funcionalidades A partir de agora o SCPI conta com algumas novas funcionalidades que valem a pena serem comentadas, e dar uma breve introdução de seu funcionamento. Entre elas podemos destacar:

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo II

Treinamento Sistema Condominium Módulo II CONDOMINIUM - Módulo II GERAÇÃO DE EMISSÕES RATEIO Neste módulo o aprendizado será a emissão dos boletos bancários. O sistema disponibiliza algumas maneiras para facilitar o seu dia-a-dia: Sequencia para

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Objetivo O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Fechamento de Caixa do sistema Bluesoft ERP. O que é o Fechamento de

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa O que é o Fechamento de Caixa? O Fechamento de Caixa consiste, basicamente, em separar e conferir todos os recebimentos que há nos caixas. Essa tarefa

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III Financeiro (Lançamentos Despesas e Saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Contábil> Lançamentos Nessa tela é possível lançar as despesas dos condomínios,

Leia mais

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL

FINANCEIRO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br FINANCEIRO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 14 ÍNDICE Receitas e Despesas... 3 Como Acessar... 3 Como

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

MATERIAL PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO FIPLAN

MATERIAL PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO FIPLAN Guia de Capacitação Concessão de Cotas Financeiras Versão 1.0 outubro 2012 MATERIAL PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO FIPLAN MÓDULO: PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA INSTRUTOR: CARLOS ALBERTO PEREIRA LIMA COLABORADORES

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle

Domínio Registro. Teclas de atalho para ajudar na utilização do Sistema e cadastros em todos dos Módulos. Menu Controle Domínio Registro O Domínio Registro foi desenvolvido para gerenciar todos os processos referentes à abertura e fechamento de empresas, permite a confecção de contratos, alterações e distratos sociais,

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL DE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA...4 2.1 CONCILIAÇÃO MOVIMENTOS COM LANÇAMENTOS...6 3 PASSO A PASSO: CONCILIAÇÃO

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS As mudanças ocorridas com a publicação da lei 11.638/07 e alterações da lei 11.941/09 exigiram das empresas uma adequação em sua estrutura de balanços e demonstrações

Leia mais

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013

Relatório Gerencial. Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 2013 Relatório Gerencial Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 17/01/2013 Sumário 1. Objetivo... 4 2. Seleção dos registros... 4 2.1 Seleção dos executores... 4 2.2 Parâmetros...

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost

Manual de Utilização do Sistema Financeiro Opções Disponíveis a partir da versão 8.0.40 do Sistema Micropost O Novo Gerenciador Financeiro Micropost é acessado através do botão "Gerenciador Financeiro" na tela principal do sistema (como mostra a figura 1). Caso o botão esteja desabilitado deve-se entrar nas configurações

Leia mais

Manual do Processo de Controladoria

Manual do Processo de Controladoria Manual do Processo de Controladoria Apresentação MV Sumário Processo de Controladoria 5 Leia-me primeiro... 5 Contas a Pagar -... Provisionamento 7 Validar Dados da Nota Fiscal... 11 Registro no Contas

Leia mais

2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1

2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1 2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 1 2015 GVDASA Sistemas Contabilidade 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Caixa... 4 1.1. Caixa... 4 1.1.1. Abertura de Caixa... 4 1.1.1.1. Lançamentos de Caixa... 6 1.1.2. Fechamento de Caixa... 38 1.2. Consultas... 39 1.2.1. Fita do Caixa... 39 1.2.2.

Leia mais

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++

Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ Emissão Doc Extra de Locação Sami ERP++ 1. Chamada Extra Acesse o módulo FINANCEIRO/ CONTAS À RECEBER/ LOCAÇÃO/ CHAMADA EXTRA. Este programa emite os recibos de cobrança extra do sistema de locação. O

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Cadastros e Lançamentos... 4 1.1. Recebimento de Doc s... 4 1.2. Baixa de Proprietários... 7 1.3. Lançamento em Lote (Manual)... 10 1.4. Alteração/ Exclusão de Lançamentos... 11

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição SCPI 8.0 Guia Rápido Parametrizando o Módulo CONTAS Introdução Nesta Edição 1 Informações da Entidade 2 Cadastro das Entidades 3 Cargos e Nomes 4 Parâmetros Gerais Antes de iniciar os trabalhos diários

Leia mais

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL

TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL TUTORIAL WINTHOR CONTABIL PARAMETRIZAÇÃO CONTABIL Tutorial do Sistema WinThor Módulo Contábil Copyright - PC Informática Ltda. Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria

Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Índice 1.Auditoria Financeira...2 2.Parametrizações do Sistema...3 2.1.Cadastro da Empresa...3 2.1.1.Forma de controle das notas na Auditoria Financeira...4 2.1.2.Formas de Registro do Pagamento e Recebimento

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA MEGASALE PAF-ECF 2 MEGASALE PAF-ECF Tabela de Conteúdo Introdução 4 Login Megasale PAF-ECF 5 Frente de Loja (E.C.F) 5 1 Buscando... uma Pré-Venda 9 2 Buscando... um DAV 12 Incluindo Pré-Venda 14 Incluindo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Borderô de Pagamento e Aprovação de Lançamentos Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Cadastrar Fornecedor... 5

Leia mais

Help Contabilização Rápida E&L Produções de Software

Help Contabilização Rápida E&L Produções de Software Help Contabilização Rápida Note: To change the product logo for your ow n print manual or PDF, click "Tools > Manual Designer" and modify the print manual template. Contents 5 Table of Contents Foreword

Leia mais

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar

Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Pedido de Bar Sistema para controle de pedido de bar Desenvolvido por Hamilton Dias (31) 8829.9195 Belo Horizonte hamilton-dias@ig.com.br www.h-dias.cjb.net ÍNDICE Introdução...3 Implantação...3 Instalação...3

Leia mais

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos:

Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Prestação de Contas Para fazer uma prestação de contas no sistema deverá seguir os seguintes passos: Acessar o Sistema NEGOCIUS. Clicar em Tesouraria do menu lateral esquerdo, em seguida clicar em Prestação

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

Módulos Extras/ Protocolos

Módulos Extras/ Protocolos Módulos Extras/ Protocolos Inclusão de Documentos de Entrada para Protocolar Nesta rotina podem ser digitados todos os documentos que entram no escritório, permitindo um maior controle de recebimentos/devoluções,

Leia mais

MANUAL - CONTABILIDADE

MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - CONTABILIDADE MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. MÓDULO CONTABILIDADE...4 2.1. PLANO CONTÁBIL...4 2.2. BOLETIM CONTÁBIL...4 2.2.1. Lançamentos Contábeis...5

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Manual do Programa de Caixa1

Manual do Programa de Caixa1 Manual do Programa de Caixa1 Para abrir o sistema de Caixa basta cliclar no ícone do programa. Que abrirá a tela conforme imagem abaixo: Como se pode notar, no menu superior as únicas opções ativas são

Leia mais

Usuários. Manual. Pergamum

Usuários. Manual. Pergamum Usuários Manual Pergamum Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 1-2 2 CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO/OPERADOR... 2-1 3 UTILIZANDO O MÓDULO DE USUÁRIOS... 3-2 3.1 CONFIGURAÇÃO DE GUIAS NO EXPLORER... 3-3 4 CADASTRO...

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação.

Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. Incluir um Inventário Para iniciar um Inventário, clique no botão Inserir ( primeiramente os campos solicitados na aba Identificação. ) e preencha Clique na aba Itens e depois no botão Carregar Produtos

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1

2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 2013 GVDASA Sistemas Release Notes GVcollege 3.6.7 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual da GVDASA Sistemas e toda a informação nele contida é confidencial. Nenhuma parte deste

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira.

AUDITORIA FINANCEIRA. No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria Financeira. AUDITORIA FINANCEIRA Processo de uso da Auditoria Financeira CADASTRO DE EMPRESA PARÂMETROS No Gerenciador de Sistemas, em Empresas\ Cadastro de Empresas, é necessário parametrizar os dados para a Auditoria

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Renegociação de Títulos e Apropriação de Juros Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Plano de Contas... 3 3.1.1 Transitória - Renegociação...

Leia mais

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS

TUTORIAL // MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS BENNER WEB MÓDULO BENEFICIÁRIOS 1 Sumário Procedimento inicial para acessar o sistema na web... 3 Módulo Beneficiários... 3 1. INCLUSÃO DE MATRÍCULA ÚNICA, FAMÍLIAS E BENEFICIÁRIOS...4 Criar a Matrícula

Leia mais