CADERNO DE ENCARGOS PARA EXPLORAÇÃO DE CAFETARIA-PASTELARIA DA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE ENCARGOS PARA EXPLORAÇÃO DE CAFETARIA-PASTELARIA DA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA"

Transcrição

1 Tel/Fax: CADERNO DE ENCARGOS PARA EXPLORAÇÃO DE CAFETARIA-PASTELARIA DA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA OBJECTO DA CESSÃO: Exploração da Cafetaria-Pastelaria na Faculdade de Direito de Lisboa, cedido à Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa (AAFDL) pela Faculdade de Direito de Lisboa, nos termos do Protocolo outorgado entre estas duas. O concurso de concessão e as condições de exploração regem-se pelo articulado seguinte: Artigo 1.º Poderão ser concorrentes todos os que se proponham prestar um serviço de pastelaria, a preços inferiores aos de mercado, nos termos das cláusulas do Protocolo outorgado entre a Faculdade de Direito de Lisboa e a AAFDL, assegurando aos alunos, aos docentes e aos diversos Institutos e departamentos da Faculdade de Direito o apoio necessário à sua vida escolar e profissional. Artigo 2.º A aquisição do equipamento necessário à exploração é da responsabilidade do concessionário. Artigo 3.º O período e horário de funcionamento compreende todos os dias úteis, excepto durante o mês de Agosto, entre as 9h00 e as 22h00.

2 Artigo 4.º O concessionário deverá praticar preços inferiores aos de mercado, atendendo às especificidades do meio, sobre eles incidindo um desconto mínimo de 10% para os associados da AAFDL. Artigo 5.º O prazo de concessão é de quarenta meses, contado do dia indicado no respectivo contrato, que se inicia a 15 de Setembro de Artigo 6.º A concessão pode ser prorrogada por igual período de acordo com o previsto nas alíneas seguintes: a) Ser solicitada pelo cessionário até 90 dias antes do terminus do período da concessão; b) Indicar as razões da pretensão e o valor da renda que se propõe pagar que não poderá ser igual ou inferior ao resultado da aplicação do Índice de Preços ao Consumidor (com habitação) publicado pelo Instituto Nacional de Estatística ou entidade equivalente para o ano civil anterior; c) A AAFDL reserva-se o direito de não aceitar a proposta de prorrogação do período da cessão. Artigo 7.º Caso o cessionário não formalize o pedido previsto na alínea a) do artigo anterior, a AAFDL considerará que o mesmo não está interessado na prorrogação do respectivo contrato e promoverá de imediato as diligências necessárias à abertura de novo concurso de exploração. 2

3 Artigo 8.º 1. Pela exploração da Pastelaria-Cafetaria, o concessionário obriga-se ao pagamento de uma contraprestação mensal. Artigo 9.º 1. O concessionário obriga-se a pagar à AAFDL a contraprestação mensal resultante da sua proposta até ao dia 8 do mês a que se refere. 2. O valor da contraprestação mensal devida pela cessão da exploração da Pastelaria-Cafetaria será objecto de actualizações anuais por aplicação do Índice de Preços ao Consumidor (com habitação) publicado pelo Instituto Nacional de Estatística ou entidade equivalente para o ano civil anterior 3. O disposto na alínea anterior não prejudica, caso se verifique a prorrogação prevista no artigo 5.º, o eventual reajustamento do valor da mensalidade. Artigo 10.º O não pagamento até ao dia referido no artigo anterior obriga o cessionário aos juros de mora previstos na lei. Artigo 11.º Constituirão causas de rescisão do contrato, a utilização do imóvel para fins diferentes do previsto, a falta de pagamento de qualquer mensalidade em devido tempo, bem como o não cumprimento de qualquer cláusula contratual ou disposição legal. Artigo 12.º O concessionário deverá, no início do contrato, depositar, em nome da AAFDL, uma caução que lhe será restituída no final do período de concessão, depois de saldadas todas as contas com a AAFDL, nos seguintes termos: a) O valor da caução deverá corresponder a três mensalidades; b) A caução poderá ser substituída por garantia bancária de igual valor. 3

4 Artigo 13.º Todas as despesas com licença e outros encargos inerentes ao funcionamento da Pastelaria-Cafetaria são por conta do concessionário. Artigo 14.º São deveres da AAFDL: a) Submeter o presente contrato à aprovação da da Faculdade de Direito de Lisboa; b) Facultar o acesso dos representantes da Pastelaria Cafetaria ao espaço; c) Veicular as críticas e sugestões que lhe sejam razoavelmente encaminhadas pela Pastelaria Cafetaria junto dos Órgãos Directivos da Faculdade de Direito de Lisboa. São deveres do cessionário: Artigo 15.º a) Pagar atempadamente a contra prestação mensal; b) Repor, quando for necessário, a caução; c) Desocupar o espaço, entregando-o à AAFDL livre e devoluto, no prazo máximo de uma semana após o termo do contrato; d) Cumprir com a legislação em vigor, sem prejuízo de esta vir a ser mais exigente; e) Manter a AAFDL informada de quaisquer acontecimentos relevantes relativos a Pastelaria Cafetaria, designadamente inspecções das Autoridades competentes em matéria de Fiscalização, Segurança, Higiene e Laboral; f) Pagar à AAFDL, no prazo de 5 dias úteis após a respectiva solicitação, os consumos de energia eléctrica, gás e água que esta venha a suportar em função da disponibilização de contadores autónomos pela Faculdade de Direito de Lisboa, caso os mesmos venham a ser exigidos; g) Obter e/ ou manter em vigor as licenças, alvarás e autorizações necessárias à exploração económica da actividade, celebrando 4

5 os contratos que sejam ou venham a revelar-se necessários a esses fins; h) Velar pela segurança do e no espaço; i) Transferir para uma companhia seguradora o risco pelos danos pessoais e patrimoniais emergentes de incêndio, roubo, explosão, ou acidente de qualquer tipo, causados pela sua actividade, pagando os respectivos prémios de seguro e facultando à AAFDL cópia da respectiva apólice e comprovativo do pagamento do prémio. j) Não confeccionar ou comercializar refeições quentes. Artigo 16.º A vigência do contrato de concessão depende de prévia aprovação por parte da da Faculdade de Direito de Lisboa, nos termos do Protocolo assinado entre esta e a AAFDL. 5

CADERNO DE ENCARGOS PARA EXPLORAÇÃO DE CENTRO DE CÓPIAS

CADERNO DE ENCARGOS PARA EXPLORAÇÃO DE CENTRO DE CÓPIAS Tel/Fax: 21 743 46 24 CADERNO DE ENCARGOS PARA OBJECTO DA CESSÃO: Exploração do Centro de Cópias na Faculdade de Direito de Lisboa, cedido à Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa (AAFDL)

Leia mais

CADERNO ENCARGOS. Cessão de Exploração do Restaurante Dom Sesnando. Página 1 de 7

CADERNO ENCARGOS. Cessão de Exploração do Restaurante Dom Sesnando. Página 1 de 7 CADERNO DE ENCARGOS Cessão de Exploração do Restaurante Dom Sesnando Página 1 de 7 CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE DOM SESNANDO CADERNO DE ENCARGOS Artigo 1º (Objecto) O objecto do presente Cadernos

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS

MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS O primeiro outorgante, o Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P., doravante designado

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato)

CADERNO DE ENCARGOS. Cláusula Primeira. (Objeto do contrato) - 1/6 CADERNO DE ENCARGOS Cláusula Primeira (Objeto do contrato) O objeto do contrato consiste na cedência do direito à exploração de uma loja correspondente à fração A do prédio urbano inscrito na matriz

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS JURÍDICAS E OUTRAS CONDIÇÕES GERAIS E ESPECIAIS A INCLUIR NO CONTRATO A CELEBRAR I GERAIS. Artigo 1.

CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS JURÍDICAS E OUTRAS CONDIÇÕES GERAIS E ESPECIAIS A INCLUIR NO CONTRATO A CELEBRAR I GERAIS. Artigo 1. CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS JURÍDICAS E OUTRAS CONDIÇÕES GERAIS E ESPECIAIS A INCLUIR NO CONTRATO A CELEBRAR I GERAIS Artigo 1.º Objeto do direito de exploração 1. O direito de exploração tem como objeto

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR BAR DO AUDITÓRIO FUNDAÇÃO DE SERRALVES

CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR BAR DO AUDITÓRIO FUNDAÇÃO DE SERRALVES CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE BAR BAR DO AUDITÓRIO FUNDAÇÃO DE SERRALVES 1. Âmbito O presente concurso tem como objecto a concessão de

Leia mais

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira

Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira Normas do Procedimento de Concurso para a Concessão do Direito de Exploração do Bar sito em Estrada Nacional 16 - Ratoeira ARTIGO 1.º Objeto da Concessão 1. O presente normativo visa estabelecer as regras

Leia mais

PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS

PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS PISCINAS MUNICIPAIS DE MORA CADERNO DE ENCARGOS 1º Do estabelecimento O estabelecimento, designado por Bar das Piscinas Municipais de Mora, é constituído pelo conjunto que foi construído e equipado pela

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS

CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA PARA AS INSTALAÇÕES DA DGSS Referência: Manutenção das instalações - DGSS/2014 PARTE I CÁUSULAS JURÍDICAS Cláusula 1ª Objeto

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS

CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS CÂMARA MUNICIPAL DAS LAJES DAS FLORES CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS CADERNO DE ENCARGOS PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS Artigo 1.º Objeto O objecto do contrato consiste, de acordo com as cláusulas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DE SOR CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO

CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DE SOR CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO CÂMARA MUNICIPAL DE PONTE DE SOR CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Fornecimento do Serviço de Catering e Aluguer de Tenda para o Almoço dos Idosos do Concelho de Ponte de Sor ÍNDICE PARTE I CLÁUSULAS JURÍDICAS...

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. PARTE I Cláusulas jurídicas

CADERNO DE ENCARGOS. PARTE I Cláusulas jurídicas CADERNO DE ENCARGOS PARTE I Cláusulas jurídicas Artigo 1º Âmbito da Aplicação O presente caderno de encargos define as condições do procedimento de AJUSTE DIRETO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Participação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1

CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1 CÂMARA MUNICIPAL DE MORA 1 BAR CafeLítico CADERNO DE ENCARGOS 1º Do estabelecimento O estabelecimento, designado por Bar CafeLítico, construído e equipado pela Câmara Municipal no âmbito do Projecto Estação

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. Alienação de Autorização de Produção. Concurso Público nº: 01/EPDRR-ABM/2015-AP CADERNO DE ENCARGOS

CADERNO DE ENCARGOS. Alienação de Autorização de Produção. Concurso Público nº: 01/EPDRR-ABM/2015-AP CADERNO DE ENCARGOS Alienação de Autorização de Produção Concurso Público nº: 01/EPDRR-ABM/2015-AP Página 1 de 8 Índice de Conteúdo CAPÍTULO I - CLÁUSULAS JURÍDICAS -... 3 ARTIGO 1º - OBJETO -... 3 ARTIGO 2º - PRAZO -...

Leia mais

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho C Â M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S EDITAL Nº 116/2009 Manuel Coelho Carvalho, Presidente da Câmara Municipal de Sines, no uso da competência que lhe confere a alínea v) do nº 1 do art. 68º do

Leia mais

DEPARTAMENTO FINANCEIRO

DEPARTAMENTO FINANCEIRO DEPARTAMENTO FINANCEIRO DIVISÃO DE PATRIMÓNIO E APROVISIONAMENTO CONCURSO PÚBLICO CONCESSÃO DA EXPLORAÇÃO DAS PISCINAS DESCOBERTAS, DO BAR E DO RESTAURANTE (MARGEM ESQUERDA DO MONDEGO) CADERNO DE ENCARGOS

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE E CAFETARIA DO MUSEU DA CHAPELARIA DE S.

CADERNO DE ENCARGOS PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE E CAFETARIA DO MUSEU DA CHAPELARIA DE S. CADERNO DE ENCARGOS PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE E CAFETARIA DO MUSEU DA CHAPELARIA DE S. JOÃO DA MADEIRA Artigo 1º (Objecto da Concessão) 1 O presente Regulamento visa estabelecer

Leia mais

Escola Secundária de Cacilhas-Tejo. Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS

Escola Secundária de Cacilhas-Tejo. Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO O presente procedimento é um Ajuste Direto e tem a seguinte designação: AJUSTE DIRETO

Leia mais

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão

[ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portadora do cartão de cidadão CONTRATO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL [ ], [estado civil], residente na [ ], contribuinte fiscal n.º [ ], portador do cartão de cidadão n.º [ ], válido até [ ], contrata na qualidade de locador, doravante

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA A CONCESSÃO DA GESTÃO DO PARQUE GERAÇÕES S. JOÃO DO ESTORIL NO CONCELHO DE CASCAIS PROGRAMA DE CONCURSO Proc. N.º8/CON/DCOP/2014 ÍNDICE 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO 2 - ENTIDADE

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO CONCESSÃO DE USO PRIVATIVO DAS CASASMATAS DO CENTRO HISTÓRICO DE VALENÇA CADERNO DE ENCARGOS

CONCURSO PÚBLICO CONCESSÃO DE USO PRIVATIVO DAS CASASMATAS DO CENTRO HISTÓRICO DE VALENÇA CADERNO DE ENCARGOS CONCURSO PÚBLICO PARA CONCESSÃO DE USO PRIVATIVO DAS CASAMATAS ABOBADADAS DESIGNAÇÃO DA CONCESSÃO: CONCESSÃO DE USO PRIVATIVO DAS CASASMATAS DO CENTRO HISTÓRICO DE VALENÇA CADERNO DE ENCARGOS 1 CADERNO

Leia mais

Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO

Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO O presente procedimento é um Ajuste Directo e tem a seguinte designação: AJUSTE

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS 1. ÂMBITO DA APLICAÇÃO

CADERNO DE ENCARGOS 1. ÂMBITO DA APLICAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS 1. ÂMBITO DA APLICAÇÃO As cláusulas gerais deste caderno de encargos aplicam-se ao contrato de aluguer a celebrar entre a União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde e o

Leia mais

Caderno de Encargos. Ajuste Direto n.º 39/2016. Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica

Caderno de Encargos. Ajuste Direto n.º 39/2016. Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica Caderno de Encargos Ajuste Direto n.º 39/2016 Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica Abril de 2016 ÍNDICE CADERNO DE ENCARGOS Página Parte I - Cláusulas Jurídicas Art.º 1.º - Objeto......... 2

Leia mais

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional)

Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Contrato de Arrendamento Urbano para fins habitacionais com prazo certo (e com fiança opcional) Entre: I -... (nome completo, estado civil, contribuinte fiscal e morada) na qualidade de senhorio e adiante

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS. Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS. Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA A UTILIZAÇÃO E EXPLORAÇÃO DO BAR DO PÊGO ESCURO - GÓIS Processo nº A1/2015 PROGRAMA DE CONCURSO [1] PROGRAMA DE CONCURSO INDÍCE 3. Identificação e Objeto do Concurso 3. Entidade Adjudicante

Leia mais

MUNICÍPIO DE VISEU CADERNO DE ENCARGOS

MUNICÍPIO DE VISEU CADERNO DE ENCARGOS MUNICÍPIO DE VISEU CADERNO DE ENCARGOS CONCURSO PÚBLICO PARA CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DE PARQUES COLECTIVOS E PARCÓMETROS À SUPERFÍCIE. -1/11- MUNICÍPIO DE VISEU CONCURSO PÚBLICO PARA CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO

MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO MINUTA DE CONTRATO DE COMODATO Entre: Primeiro (José de Guimarães), adiante designado por Primeiro Contraente. Segundo - (MdeG), pessoa colectiva nº, instituída pelo, com sede na Rua, representada por

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA (Art.º 63 do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC)

e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC) Regulação dos serviços públicos e interesses dos consumidores em Portugal Vital Moreira (CEDIPRE, FDUC) Sumário 1. Os beneficiários dos serviços públicos 2. O impacto da liberalização dos serviços públicos

Leia mais

ÍNDICE. Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais. 1. Identificação do procedimento. 2. Objeto do procedimento

ÍNDICE. Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais. 1. Identificação do procedimento. 2. Objeto do procedimento ÍNDICE Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais 1. Identificação do procedimento 2. Objeto do procedimento 3. Locais de realização dos serviços 4. Obrigações do adjudicatário 5. Valor Base 6. Prazo

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal CADERNO DE ENCARGOS Cessão da Exploração do Estabelecimento de Bebidas Bar das Piscinas Municipais Descobertas de Cuba I PARTE CLÁUSULAS GERAIS Artº. 1º Âmbito de aplicação

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS. Decreto-lei n.º 147/95 de 21 de Junho

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS. Decreto-lei n.º 147/95 de 21 de Junho MINISTÉRIO DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS Decreto-lei n.º 147/95 de 21 de Junho A empresarialização dos sistemas multimunicipais e municipais de captação, tratamento e distribuição de água para consumo

Leia mais

CONVITE PÚBLICO À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS PARA EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE B DO PARQUE DE SANTA EULÁLIA NA RIBEIRA DO CARTAXO

CONVITE PÚBLICO À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS PARA EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE B DO PARQUE DE SANTA EULÁLIA NA RIBEIRA DO CARTAXO CONVITE PÚBLICO À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS PARA EXPLORAÇÃO DO QUIOSQUE B DO PARQUE DE SANTA EULÁLIA NA RIBEIRA DO CARTAXO 1. Designação do convite público: Trata-se de um convite à apresentação de propostas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE NORDESTE ANÚNCIO

CÂMARA MUNICIPAL DE NORDESTE ANÚNCIO CÂMARA MUNICIPAL DE NORDESTE ANÚNCIO Concurso Pública para Cessão da Exploração do Centro de Apoia ao Artesanato da Nordeste sito na Ribeira dos Caldeirões, freguesia da Achada. 1. Identificação do concurso:

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DO ESTABELECIMENTO DE BEBIDAS SITO NO CENTRO CULTURAL DE CUBA CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS GERAIS

CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DO ESTABELECIMENTO DE BEBIDAS SITO NO CENTRO CULTURAL DE CUBA CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS GERAIS CONCURSO PÚBLICO PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DO ESTABELECIMENTO DE BEBIDAS SITO NO CENTRO CULTURAL DE CUBA CADERNO DE ENCARGOS CLÁUSULAS GERAIS Artº. 1º Âmbito de aplicação As cláusulas gerais deste caderno

Leia mais

FREGUESIA DE GÓIS. Concurso Público para a Utilização e Exploração do Bar do Pêgo Escuro - Góis. Processo nº A1/2015 CADERNO DE ENCARGOS

FREGUESIA DE GÓIS. Concurso Público para a Utilização e Exploração do Bar do Pêgo Escuro - Góis. Processo nº A1/2015 CADERNO DE ENCARGOS Concurso Público para a Utilização e Exploração do Bar do Pêgo Escuro - Góis Processo nº A1/2015 CADERNO DE ENCARGOS [1] CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE Objeto do concurso... 3 Instalações e Pessoal... 3 Início

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PRÓTESES DO JOELHO CONCURSO PÚBLICO N.º 120016/16 1 Programa de Concurso DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1.º Definições Para o efeito do presente programa, os seguintes

Leia mais

Concurso público para a aquisição de madeiras e similares para o Município do Funchal

Concurso público para a aquisição de madeiras e similares para o Município do Funchal Concurso público para a aquisição de madeiras e similares para o Município do Funchal CADERNO DE ENCARGOS Caderno de encargos Pag. nº1 Índice Cláusula 1ª - Objecto Cláusula 2ª - Contrato Cláusula 3ª -

Leia mais

*************************************

************************************* CONTRATO Contrato nº: 228/2014 Ajuste Directo nº : 5410215/2014 Fornecimento de: Perfluoron Octane 100% Frs 5 Ml Firma: Optifar Importação e Exportação, Ld.ª Valor contratual: 17.327,50 (dezassete mil

Leia mais

Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS

Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS Referência: AEN2ABT N.º 08/2014 CADERNO DE ENCARGOS Aquisição de Serviços de Transporte Escolar em Táxi para a Escola Básica e Secundária Dr. Manuel Fernandes e Escola Básica António Torrado do Agrupamento

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO DE LICENCIAMENTO DEPOSIÇÃO DE RESÍDUOS EM ATERRO

NORMA DE PROCEDIMENTO DE LICENCIAMENTO DEPOSIÇÃO DE RESÍDUOS EM ATERRO NORMA DE PROCEDIMENTO DE LICENCIAMENTO DEPOSIÇÃO DE RESÍDUOS EM ATERRO agosto de 2016 NOTA INTRODUTÓRIA A elaboração deste documento tem como finalidade apresentar de uma forma mais sistematizada a tramitação

Leia mais

Escola Profissional de Alvito

Escola Profissional de Alvito Escola Profissional de Alvito Técnico de Informática de Gestão Triénio (2008-2011) Ano lectivo (2009/2010) Disciplina de O.A.E.G Professor: Sérgio Luís Batalha Quintas Trabalho Realizado por: Pedro Branquinho

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO MUNICIPAL

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO MUNICIPAL REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO PAVILHÃO GIMNODESPORTIVO MUNICIPAL O desporto e a actividade física são elementos que contribuem para o bem-estar, para a saúde e para a qualidade de vida dos cidadãos. Assim,

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e s conexos Crédito Habitação Valor Anual iniciais 1. Comissão de Dossier 260,00 2. Comissão de Formalização Contratual Modalidade de Estrangeiros não Residentes Em % Euros (Mín/Máx)

Leia mais

Estabelece o regime contra-ordenacional do Regulamento de Segurança de Barragens aprovado pelo Decreto-Lei n.º 344/2007, de 15 de Outubro

Estabelece o regime contra-ordenacional do Regulamento de Segurança de Barragens aprovado pelo Decreto-Lei n.º 344/2007, de 15 de Outubro DECRETO N.º 268/X Estabelece o regime contra-ordenacional do Regulamento de Segurança de Barragens aprovado pelo Decreto-Lei n.º 344/2007, de 15 de Outubro A Assembleia da República decreta, nos termos

Leia mais

CONTRATO DE ARRENDAMENTO

CONTRATO DE ARRENDAMENTO CONTRATO DE ARRENDAMENTO Entre os abaixo assinados: PRIMEIRO(S) OUTORGANTE(S) - e marido/mulher casados no regime de, ele natural da freguesia de, concelho de, ela natural da freguesia de concelho de residentes

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO

ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO CIRCULAR Nº 110/2012 (SA) RF/MS/RC Lisboa, 15 de Novembro de 2012 ASSUNTO: ARRENDAMENTO FRAÇÃO NA RUA RODRIGUES SAMPAIO Caro Associado, Como é do V/ conhecimento a APAVT é proprietária de uma fração sita

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 4. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL

TERMO DE REFERÊNCIA 4. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada em recarga e manutenção de extintores de incêndio com fornecimento de material, teste hidrostático, destinadas ao Campus Guarulhos

Leia mais

Serviço de Educação e Bolsas REGULAMENTO DE BOLSAS PARA INVESTIGAÇÃO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artº 1º

Serviço de Educação e Bolsas REGULAMENTO DE BOLSAS PARA INVESTIGAÇÃO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artº 1º Serviço de Educação e Bolsas REGULAMENTO DE BOLSAS PARA INVESTIGAÇÃO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artº 1º 1. Com o fim principal de estimular a investigação nos vários ramos do saber, a Fundação Calouste

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DOS ESPAÇOS DESTINADOS A PLAYCENTER E LIVRARIA DO CENTRO DE ARTES E ESPÉCTÁCULOS DA FIGUEIRA DA FOZ CONDIÇÕES GERAIS

PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DOS ESPAÇOS DESTINADOS A PLAYCENTER E LIVRARIA DO CENTRO DE ARTES E ESPÉCTÁCULOS DA FIGUEIRA DA FOZ CONDIÇÕES GERAIS PROCEDIMENTO PARA ARRENDAMENTO DOS ESPAÇOS DESTINADOS A PLAYCENTER E LIVRARIA DO CENTRO DE ARTES E ESPÉCTÁCULOS DA FIGUEIRA DA FOZ CONDIÇÕES GERAIS Cláusula 1.ª Objecto 1 - As presentes Condições compreendem

Leia mais

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental

SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO À INSTRUÇÃO N.º 45/2012 - (BO N.º 12, 17.12.2012) Temas SUPERVISÃO Supervisão Comportamental ANEXO II Notas de preenchimento I. Notas gerais para o preenchimento do modelo de ficha de informação

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS

PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS PROGRAMA DO CONCURSO E CADERNO DE ENCARGOS AQUISIÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOS CATETER BALÃO DE ANGIOPLASTIA CONCURSO PÚBLICO N.º 120006/16 1 Programa de Concurso DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1.º Definições

Leia mais

AJUSTE DIRECTO/2014/18

AJUSTE DIRECTO/2014/18 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E ALUGUER DE PALCOS, CAMARINS E OUTROS EQUIPAMENTOS PARA INICIATIVA "CAIS DE FADO" A INSTALAR NA SERRA DO PILAR E MARGINAL DE GAIA AJUSTE DIRECTO/2014/18 CONTRAENTES:

Leia mais

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP

SINDICATO DOS TRABALHADORES NO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL DE ITU FILIADO A FESSPMESP 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2013/2014 - CELETISTA Pelo presente instrumento particular de Acordo Coletivo de Trabalho de um lado o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Itu, entidade

Leia mais

LICENCIAMENTO DO EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE DE EXPLORAÇÃO DE MÁQUINAS DE DIVERSÃO

LICENCIAMENTO DO EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE DE EXPLORAÇÃO DE MÁQUINAS DE DIVERSÃO REGULAMENTO DE EXPLORAÇÃO DE MÁQUINAS AUTOMÁTICAS, MECÂNICAS, ELÉCTRICAS E ELECTRÓNICAS DE DIVERSÃO Nos termos do disposto nos artigos 112.º, n.º 8 e 241.º da Constituição da República Portuguesa, do preceituado

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra ANEXO I

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra ANEXO I ANEXO I REGULAMENTO AQUISIÇÃO DE ROUPAS, ATOALHADOS, PEQUENOS EQUIPAMENTOS ELECTRICOS E PEQUENOS EQUIPAMENTOS DE USO DOMÉSTICO PARA EQUIPAR A RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA DO PÓLO DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE

Leia mais

PROTOCOLO DE ESTÁGIO DE VERÃO

PROTOCOLO DE ESTÁGIO DE VERÃO PROTOCOLO DE ESTÁGIO DE VERÃO Entre: *** com sede na..., pessoa colectiva nº..., matriculada na Conservatória do Registo Comercial de... sob o nº..., com o capital social de Euros..., de ora em diante

Leia mais

PAECPE (PROGRAMA DE APOIO AO EMPREENDORISMO E À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO)

PAECPE (PROGRAMA DE APOIO AO EMPREENDORISMO E À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO) PAECPE (PROGRAMA DE APOIO AO EMPREENDORISMO E À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO) Condições de Acesso (Portaria n.º 985/2009 de 4 de Setembro) 0 PAECPE (PROGRAMA DE APOIO AO EMPREENDORISMO E À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO

Leia mais

Aprovadas em sessão do Conselho de Administração de 7/05/2001e atualizadas em Fevereiro de 2003

Aprovadas em sessão do Conselho de Administração de 7/05/2001e atualizadas em Fevereiro de 2003 Empréstimos NORMAS INTERNAS Aprovadas em sessão do Conselho de Administração de 7/05/2001e atualizadas em Fevereiro de 2003 ARTº 1º - NATUREZA E VALOR 1. As condições específicas de cada operação constarão

Leia mais

Protecção dos Utentes de Serviços Públicos Essenciais (Lei nº 23/96, de 23.7)

Protecção dos Utentes de Serviços Públicos Essenciais (Lei nº 23/96, de 23.7) Protecção dos Utentes de Serviços Públicos Essenciais (Lei nº 23/96, de 23.7) ÍNDICE Artigo 1.º Objecto e âmbito Artigo 2.º Direito de participação Artigo 3.º Princípio geral Artigo 4.º Dever de informação

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE PARQUES. Preâmbulo

REGULAMENTO GERAL DE PARQUES. Preâmbulo REGULAMENTO GERAL DE PARQUES Preâmbulo Com a revisão da política de estacionamento e mobilidade na cidade de Lisboa, tal como se encontra definida no âmbito do pelouro da Mobilidade, urge redefinir as

Leia mais

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação)

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação) PROJETO DE REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO, COORDENAÇÃO E REALIZAÇÃO DAS FESTAS DO POVO DE CAMPO MAIOR (FESTAS DO POVO) Artigo 1º (Organização e Coordenação) 1.- A organização e coordenação das Festas do Povo

Leia mais

Equiparação a Bolseiro

Equiparação a Bolseiro Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) Equiparação a Bolseiro Regulamento Preâmbulo Face ao disposto no artigo 29º- A do Decreto-Lei nº 207/2009, de 31 de Agosto - Estatuto da Carreira do Pessoal Docente

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO NO ÂMBITO DA COMPONENTE DE APOIO À FAMILIA NA ESCOLA BÁSICA DO 1º CICLO N.º 1, AREIAS, SETÚBAL Considerando que: a) O Despacho n.º 14 460/2008, da Ministra da Educação, de 15 de

Leia mais

Feira Viva Cultura e Desporto, EEM

Feira Viva Cultura e Desporto, EEM Concurso Público Caderno de Encargos Feira Viva Cultura e Desporto, EEM 1/6 CADERNO DE ENCARGOS CONCURSO PÚBLICO PARA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR/ESPLANADA DO PAVILHÃO MUNICIPAL DA LAVANDEIRA

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO FUNDAÇÃO DE SERRALVES

CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO FUNDAÇÃO DE SERRALVES CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO FUNDAÇÃO DE SERRALVES 1. Âmbito O presente concurso tem como objecto a concessão de exploração

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. Creche

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. Creche Entre CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Creche PRIMEIRO OUTORGANTE: Centro Social Rocha Barros, Instituição Particular de Solidariedade Social, pessoa colectiva n.º 501182560 com sede em Góis, devidamente

Leia mais

Projeto de Portaria. Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho

Projeto de Portaria. Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho Projeto de Portaria Alteração à Portaria n.º 172-A/2015, de 5 de junho O Estatuto do Ensino Particular e Cooperativo (EEPC), aprovado pelo Decreto- Lei n.º 152/2013, de 4 de novembro, prevê, no n.º 1 do

Leia mais

CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO

CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO Celebrado no âmbito da Medida Contrato Emprego-Inserção Desempregados Beneficiários das Prestações de Desemprego Entre (Denominação, forma jurídica e actividade da entidade),

Leia mais

Legislação. para a Exploração de Postos de Enchimento de Gás Natural Carburante.

Legislação. para a Exploração de Postos de Enchimento de Gás Natural Carburante. Princípios e Bases do Sector do Gás Natural Decreto-Lei n.º 66/2010: Estabelece o procedimento aplicável à extinção das tarifas reguladas de venda de gás natural a clientes finais, com consumos anuais

Leia mais

ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS

ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS ANEXO III MODELOS DE DECLARAÇÕES E COMPROMISSOS MODELO 1 - CARTA DE ENCAMINHAMENTO DOS DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO Ref. Concorrência nº. / Campo O (Licitante), (qualificação), por meio de seu representante

Leia mais

Programa do Procedimento

Programa do Procedimento Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística Programa do Procedimento Concurso Público n.º 21/DAC/2013 Aquisição de dois cinemómetros de controlo de velocidade Programa

Leia mais

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra CADERNOS DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE BENS MÓVEIS

Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra CADERNOS DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE BENS MÓVEIS CADERNOS DE ENCARGOS RELATIVO A CONTRATOS DE AQUISIÇÃO DE BENS MÓVEIS Roupas, atoalhadas, pequenos equipamentos eléctricos e pequenos equipamentos de uso doméstico. Capítulo I Disposições gerais Cláusula

Leia mais

MUNICÍPIO DE CHAVES CÂMARA MUNICIPAL NIPC

MUNICÍPIO DE CHAVES CÂMARA MUNICIPAL NIPC e MUNICÍPIO DE CHAVES CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO SÓCIO EDUCATIVA NOS JARDINS DE INFÂNCIA, NO ÂMBITO DA COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA/ANO LETIVO 2015/2016.

Leia mais

AJUSTE DIRECTO. Aquisição de Escultura em Pedra Mármore de Estremoz CADERNO DE ENCARGOS

AJUSTE DIRECTO. Aquisição de Escultura em Pedra Mármore de Estremoz CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRECTO Aquisição de Escultura em Pedra Mármore de Estremoz CADERNO DE ENCARGOS Índice Capítulo I - Disposições Gerais... Cláusula 1.ª Objeto... Cláusula 2.ª Local, prazo e modo da prestação...

Leia mais

Obrigação de Informação

Obrigação de Informação Obrigação de Informação Nos termos do disposto no artigo 97º do Código do trabalho a entidade empregadora tem o dever de informar o trabalhador sobre aspectos relevantes do contrato de trabalho. Por outro

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre, de uma parte, a Direção Regional da Solidariedade Social, com sede no Solar dos Remédios, 9701-855 Angra do Heroísmo, Concelho de Angra do Heroísmo, representado

Leia mais

REGULAMENTO DE MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO DE CONFLITOS DA ERSE

REGULAMENTO DE MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO DE CONFLITOS DA ERSE REGULAMENTO DE MEDIAÇÃO E CONCILIAÇÃO DE CONFLITOS DA ERSE Outubro de 2002 Recentes Recomendações da Comissão Europeia interpelam as várias entidades com competências em matéria de resolução de conflitos

Leia mais

Regulamento Para a Concessão de Pesca Desportiva no Troço do Rio Sorraia

Regulamento Para a Concessão de Pesca Desportiva no Troço do Rio Sorraia Regulamento Para a Concessão de Pesca Desportiva no Troço do Rio Sorraia Aprovado em Assembleia Municipal, na reunião de 30 de Setembro de 2011 Publicado no Boletim Municipal nº 46 1-5 REGULAMENTO PARA

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ANEXO D6 DIREITO DE EXERCÍCIO DAS OPÇÕES

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S.A. Vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ANEXO D6 DIREITO DE EXERCÍCIO DAS OPÇÕES ANEXO D6 DIREITO DE EXERCÍCIO DAS OPÇÕES 1. DEFINIÇÕES 1.1 Termos Definidos Para fins deste Anexo, os seguintes termos iniciados em letra maiúscula terão os significados a eles designados abaixo: Ativos

Leia mais

Regulamento Interno da Componente do Apoio à Família Ano letivo 2014/2015

Regulamento Interno da Componente do Apoio à Família Ano letivo 2014/2015 Regulamento Interno da Componente do Apoio à Família A Componente do Apoio à Família (CAF) Da Escola do 1º Ciclo do Ensino Básico Infante D. Henrique, destina-se a assegurar o acompanhamento dos alunos

Leia mais

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS 1. INTRODUÇÃO O Conservatório de Música do Porto dispõe de instrumentos musicais para uso

Leia mais

Despacho n.º B/99

Despacho n.º B/99 ENTIDADE REGULADORA DO SECTOR ELÉCTRICO Despacho n.º 21496-B/99 O Decreto-lei n.º 195/99, de 8 de Junho, estabelece o regime aplicável às cauções nos contratos de fornecimento aos consumidores dos serviços

Leia mais

CONTRATO DE MATRÍCULA. Academia de Musculação Campus I e Campus II. Complexo Aquático Campus I

CONTRATO DE MATRÍCULA. Academia de Musculação Campus I e Campus II. Complexo Aquático Campus I CONTRATO DE MATRÍCULA Academia de Musculação Campus I e Campus II Complexo Aquático Campus I Ao solicitar matrícula na atividade, declaro estar ciente das cláusulas e condições que regem a Prestação de

Leia mais

CONTRATO-PROGRAMA INTERNACIONAL

CONTRATO-PROGRAMA INTERNACIONAL CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO - EVENTO DESPORTIVO INTERNACIONAL Outorgantes: 1. Federação Portuguesa de Bilhar 2. Futebol Clube do Porto CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO

Leia mais

Caderno de Encargos. Concurso Público N. 1/P/2017 Concurso público para «Arrendamento das lojas de comidas e bebidas S7 e S8 no Anim Arte NAM VAN»

Caderno de Encargos. Concurso Público N. 1/P/2017 Concurso público para «Arrendamento das lojas de comidas e bebidas S7 e S8 no Anim Arte NAM VAN» Caderno de Encargos Concurso Público N. 1/P/2017 Concurso público para «Arrendamento das lojas de comidas e bebidas S7 e S8 no Anim Arte NAM VAN» 1. Objecto Concurso para adjudicação, por arrendamento,

Leia mais

PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN. Programa do Concurso

PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN. Programa do Concurso PRODUÇÃO E DIFUSÃO DE PROGRAMA DE RADIO SOBRE O QREN Programa do Concurso Lisboa, 2009 PROGRAMA DO CONCURSO Concurso público n.º /2009, para a aquisição de serviço de produção e difusão de programa de

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - 01CPC16 - PROGRAMA DE CONCURSO ATRIBUIÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PRAIA FLUVIAL ALDEIA ANA AVIZ

CONCURSO PÚBLICO - 01CPC16 - PROGRAMA DE CONCURSO ATRIBUIÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PRAIA FLUVIAL ALDEIA ANA AVIZ CONCURSO PÚBLICO - 01CPC16 - ATRIBUIÇÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA PRAIA FLUVIAL ALDEIA ANA AVIZ 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO...3 2 - ENTIDADE ADJUDICANTE...3 3 - ÓRGÃO QUE TOMOU A DECISÃO DE

Leia mais

CONCURSO Nº 2/DGS/2017

CONCURSO Nº 2/DGS/2017 CONCURSO Nº 2/DGS/2017 VENDA DE UMA MORADIA NO BAIRRO DA MADRE DE DEUS CONCELHO DE LISBOA REGULAMENTO ÍNDICE 1. Objeto do concurso 2. Consulta do processo 3. Concorrentes 4. Visita ao imóvel 5. Caracterização

Leia mais

XXXII. Compensações ÍNDICE

XXXII. Compensações ÍNDICE XXXII Compensações ÍNDICE SECÇÃO I COMPENSAÇÕES DA ENTIDADE GESTORA DO ESTABELECIMENTO... 2 1. Compensação em caso de resgate... 2 2. Compensação em caso de rescisão por interesse público... 6 3. Compensação

Leia mais

Assim: Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte:

Assim: Nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 198.º da Constituição, o Governo decreta o seguinte: Decreto-Lei n.º 237/2007 de 19 de Junho Transpõe para a ordem jurídica interna a Directiva n.º 2002/15/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Março, relativa à organização do tempo de trabalho

Leia mais

Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública

Comissão de Orçamento, Finanças e Administração Pública ,,, e (pretendem alterar o ) Artigo 7.º-A Imputação do cumprimento 1 O devedor pode designar a prestação correspondente ao crédito à aquisição de habitação própria permanente, para efeitos do disposto

Leia mais

A República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe:

A República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe: Decreto n.º 12/93 Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Democrática de São Tomé e Príncipe Relativo à Instalação do Centro de Formação e de Investigação Jurídica e Judiciária

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS ~ CONVITE ~

DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS ~ CONVITE ~ DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL E FINANÇAS DESPORTO E TEMPOS LIVRES PISCINAS MUNICIPAIS AO AR LIVRE DE SOURE CONTRATAÇÃO DE 1 PRESTADOR DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE TAREFA (UM NADADOR SALVADOR) ~ CONVITE

Leia mais

Minuta de Contrato do Procedimento por Ajuste Direto nº 35/2015 com Convite a. Entre:

Minuta de Contrato do Procedimento por Ajuste Direto nº 35/2015 com Convite a. Entre: Minuta de Contrato do Procedimento por Ajuste Direto nº 35/2015 com Convite a Um Interessado para Aquisição de Serviços de Animação Turística e de Transportes de Técnicos e Artistas no âmbito do Festival

Leia mais