DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T09

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T09"

Transcrição

1 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T09 LOPES ALCANÇA R$1,4 BILHÕES EM VENDAS CONTRATADAS NO 1T09 São Paulo, 14 de maio de 2009 A Lopes LPS Brasil (Bovespa: LPSB3; Reuters: LPSB3.SA; Bloomberg: LPSB3.BZ), maior empresa de consultoria e intermediação de lançamentos imobiliários do Brasil, anuncia hoje seus resultados referentes ao 1º trimestre de As informações financeiras e operacionais abaixo são apresentadas com bases consolidadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e dados gerenciais da LPS Brasil Consultoria de Imóveis S.A. e suas controladas. VGV Contratado (R$ Bilhões) Receita Líquida (R$ Milhões) 2,3 0,2 2,2-40% 1,4 1,6-12% 1,4-40% 0,1 0,1 0,1 1,3 1,5 1,3 55,3-2% 34,7 35,5 34,7 1T08 1T09 4T08 1T09 Mercado Primário Mercado Secundário 42% 23,4-76% EBITDA Pro Forma 1 (R$ Milhões) 16% 5,7-12% 229% 5,7 (4,4) 1T08 1T09 4T08 1T09 Margem EBITDA Pro Forma 16% 1T08 1T09 4T08 1T09 27% 15,0 Lucro Líquido Pro Forma 2 (R$ Milhões) -74% 9% 3,1-37% 124% (13,3) 9% 3,1 1T08 1T09 4T08 1T09 Margem Líquida Pro Forma Resultado 1T09 (R$ milhares) LOPES PRONTO! CREDIPRONTO! CONSOLIDADO Receita Bruta Receita de Intermediação Imobiliária Apropriação de Receita da Operação do Itaú Receita Líquida (-) Custos e Despesas Operacionais (25.141) (2.884) (704) (28.729) (-) Despesas de Stock Option (CPC 10) (824) - - (824) (-) Apropriação de Despesas do Itaú (238) - - (238) (=) EBITDA (1.812) Margem EBITDA 20,2% -168,9% 7,7% 14,0% EBITDA Pro-Forma (1.812) Margem EBITDA Pro-Forma 22,68% -168,9% 7,7% 16,4% (-) Perdas Não Recorrentes (1.313) (37) - (1.351) (+/-) Resultado Financeiro (-) IR/CSLL (2.235) - (152) (2.387) (-) Depreciação e Amortização (1.406) (228) - (1.633) (=) Lucro Líquido Antes da Participação dos Minoritários (1.782) Margem Líquida antes da Participação dos Minoritários 17,0% -166,2% 39,8% 11,8% (-) Participação dos Minoritários (3.091) - (3.091) (=) Lucro Líquido (1.782) Margem Líquida 7,5% -166,1% 39,79% 2,88% Lucro Líquido Pro-Forma (1.782) Margem Líquida Pro-Forma 14,06% -166,1% 39,79% 9,05% * A Companhia optou, com base na lei /07 e Medida Provisória 449/08, por ajustar as demonstrações financeiras referentes ao 1T08 no ITR refletindo os impactos das novas regras contábeis e manter os números divulgados anteriormente no earnings release.

2 DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS As vendas contratadas no 1T09 totalizaram o volume de R$1.411,5 milhão, sendo R$1.339,1 milhão no mercado primário e R$72,4 milhões no mercado secundário. São Paulo representou R$573,7 milhões, Rio de Janeiro, R$86,7 milhões e os Outros Mercados, R$751,1 milhões no 1T09. A participação de Brasília nas vendas contratadas cresceu significativamente, passando de 9% no 4T08, para 24%, ou R$342,0 milhões, no 1T09. A Lopes vendeu no mercado brasileiro unidades no 1T09, sendo no segmento econômico (até R$150 mil). O EBITDA Pro forma 1 do 1T09 foi de R$5,7 milhões, um aumento de 229% em relação ao 4T08. A Margem EBITDA Pro forma do 1T09 foi de 16,41%. O Lucro Líquido Pro forma 2 da Lopes alcançou R$3,1 milhões no 1T09, 124% superior ao 4T08. A Margem Líquida Pro forma da Lopes no 1T09 foi de 9,05%. Os Custos e Despesas Operacionais da Lopes no 1T09 foram reduzidos em 36% em relação ao valor do 4T08, resultado da redução de custos realizada no segundo semestre de Os Custos e Despesas Operacionais de Lançamentos, quando desconsiderados os valores não recorrentes, foram de R$25,1 milhões. Destaques Operacionais e Financeiros (R$ milhares, exceto percentuais, unidades e corretores) 1T08 1T09 Var. % 4T08 1T09 Var. % Vendas Contratadas (39,6)% (11,8)% Taxa Líquida Brasil 4 2,67% 2,39% (0,28) p.p. 2,60% 2,39% (0,21) p.p. Taxa Líquida SP 3 3,13% 2,64% (0,49) p.p. 3,06% 2,64% (0,42) p.p. Receita Líquida (37,3)% (2,4)% EBITDA Pro Forma (75,7)% (4.418) ,8% Margem EBITDA Pro Forma 42,27% 16,41% (25,86) p.p. (12,44)% 16,41% 28,9 p.p. Lucro Líquido Pro Forma (79,1)% (13.263) ,6% Margem Líquida Pro Forma 27,1% 9,05% (18,1) p.p. (37,34)% 9,05% 46,4 p.p. Unidades Vendidas (35,3)% (16,9)% Corretores (14,4)% (12,1)% 2 de 19

3 DESEMPENHO OPERACIONAL VENDAS CONTRATADAS Total de Vendas Contratadas (R$ MM) -40% As vendas contratadas no 1T09 totalizaram o volume de R$1,4 bilhão, 40% inferior ao registrado no 1T08, dos quais o mercado secundário representou R$72,4 milhões e o mercado primário R$1.339,1 milhões T T09 Vendas Contratadas 1T09 (%) No 1T09, São Paulo permaneceu como o principal mercado da Lopes, representando 41% do total de vendas contratadas. O Rio de Janeiro diminuiu sua participação, totalizando 6% das vendas contratadas pela Companhia. Nos outros mercados em que a Lopes atua, as vendas contratadas representaram 53% do total de vendas realizadas pela Companhia, o volume de vendas nesses mercados foi 27% superior ao volume de vendas desses mesmos mercados no 1T08. 53% 6% 41% Brasília aumentou consideravelmente sua participação em nosso VGV Contratado quando comparados o 4T08 com o 1T09, passando de 9%, ou R$140,2 milhões, no 4T08 para 24%, ou R$342,0 milhões no 1T09. SP RJ OUTROS Vendas Contratadas 4T08 (%) Vendas Contratadas 1T09 (%) 50% 42% 35% 41% 9% 24% São Paulo Brasília Outros 3 de 19

4 Vendas Contratadas Mercado Primário (R$ MM) -38% PRIMÁRIO As vendas contratadas no mercado primário no 1T09 foram de R$1.339,1 milhões, sendo 38% inferior às vendas do 1T08. As participações de cada região foram: São Paulo 41% Rio de Janeiro 6% Outros Mercados 53% 1T08 1T09 A redução das vendas contratadas do mercado primário, quando comparados o 1º trimestre de 2008 e 2009, pode ser explicada pela mudança de cenário econômico, resultado da crise financeira mundial e conseqüente diminuição da demanda do mercado brasileiro. Vendas Contratadas Mercado Secundário (R$ MM) SECUNDÁRIO As vendas contratadas no mercado secundário no 1T09 foram de R$72,4 milhões, 60% abaixo do mesmo período de As participações de cada região foram: % São Paulo 42% Rio de Janeiro 3% Outros mercados 55% 1T T09 A diminuição constatada quando da comparação das vendas contratadas do mercado secundário do 1º trimestre de 2008 e 2009, é conseqüência da mudança do cenário econômico, decorrente da crise financeira mundial que teve como efeito a diminuição da demanda do mercado brasileiro. Unidades Vendidas UNIDADES VENDIDAS % No 1T09, a Lopes vendeu unidades, no mercado primário e 197 no mercado secundário. A redução no número de unidades vendidas no mercado primário foi de 35% no 1T09 No mercado secundário, houve uma redução de 41% no 1T09. 1T08 1T09 4 de 19

5 UNIDADES VENDIDAS POR SEGMENTO Segmentação por Unidades Brasil (1T09) 6% As unidades vendidas no segmento econômico, nesse trimestre, representaram 40%, do total do 1T09, enquanto o segmento médio-baixo foi 41% e o segmento médio-alto e alto padrão 13% e 6%, respectivamente. 13% 41% 40% Quando comparadas ao 1T08, percebemos, nas unidades vendidas do 1T09, uma manutenção do segmento econômico em todos os mercados que atuamos. Já o segmento médio-baixo apresentou um aumento de participação, em detrimento do segmento médio-alto e alto padrão. <150K 150k-350k Outros 6% 14% 37% RJ 7% 13% 31% SP 7% 12% 46% 350k-600k >600k 44% 50% 35% Lançamentos (R$ milhões) LANÇAMENTOS 5-33% A Lopes lançou R$2.212 milhões no 1T09. O decréscimo do volume de lançamentos no 1T09 foi de 33% se comparado ao 1T T T09 Dos R$2.212 milhões lançados no 1T09, São Paulo representou 25%, Rio de Janeiro 3% e, outros mercados representaram 72%. Evolução do Número de Corretores FORÇA DE VENDAS Em relação ao 1T08, houve uma diminuição de 14% no número de corretores autônomos, totalizando no quadro atual T08 SP RJ Outros 1T09 - Brasil 5 de 19

6 DESEMPENHO FINANCEIRO Receita Líquida (R$ milhares) -37% RECEITA LÍQUIDA A receita líquida da Lopes totalizou R$34,7 milhões no 1T09, 37% abaixo dos R$55,3 milhões alcançados no 1T T T09 A diminuição da receita líquida entre o 1T08 e o 1T09 pode ser explicada por: (i) redução das vendas contratadas em 39,6%, decorrente do cenário econômico desfavorável; (ii) redução da comissão líquida no 1T09. Receita de Corretagem por Região 40% 55% 5% SP RJ Outros A queda na comissão líquida, de 2,7% (1T08) para 2,4% (1T09), foi resultado de: Mudança no nosso mix de mercado, os Outros Mercados, que possuem taxas de corretagem menores, antes representavam 25% das vendas contratadas e nesse trimestre representaram 53% das vendas; Redução da comissão líquida em São Paulo, devido à maior participação nas vendas contratadas da Habitcasa, unidade de negócios do segmento econômico, da LIV, unidade de negócios do litoral, e da LIL, unidade de negócios de loteamentos, que praticam comissões menores. As três unidades juntas possuem uma comissão líquida média de 2,3%, enquanto que a Lopes possui comissão líquida de 2,89%. A Lopes que no 1T08 representava 67% das vendas de São Paulo, no 1T09 representou 54%. Comissão Líquida 1T08 4T08 1T09 São Paulo 3,13% 3,06% 2,64% Rio de Janeiro 2,00% 2,06% 1,90% Outros Mercados 2,56% 2,48% 2,26% No 1T09, a receita líquida proveniente da intermediação imobiliária no mercado primário representou 96% da receita líquida total da Lopes, enquanto que a advinda do mercado secundário representou 4%. A receita líquida proveniente de corretagem nos Outros Mercados representou 55%, no Rio de Janeiro 5%, enquanto que São Paulo representou 40%. 6 de 19

7 EBITDA Pro Forma 1 (R$ milhares) EBITDA PRO FORMA 1 42% -76% 16% O EBITDA Pro Forma 1 do 1T09 totalizou R$5,7 milhões, 76% inferior ao observado no 1T08. A margem EBIDA pro forma foi de 16,4% no 1T T T09 Descontado o efeito negativo da Pronto! e da CrediPronto!, o EBITDA Pro Forma da Companhia totalizaria R$ 7,4 milhões, de acordo com gráfico abaixo: Margem EBITDA Pro Forma 4,9 EBITDA Pro Forma 1 1T09 sem Pronto! e Credipronto! (R$ milhões) 0,8 5,7 1,8 7,4 EBITDA Despesas de Stock Option (CPC 10) EBITDA Pro Forma EBITDA Pronto! e CrediPronto! EBITDA Pro Forma sem Pronto! e CrediPronto! Reconciliação (R$ milhares) 1T08 1T09 Var. % Lucro Líquido Contábil (92%) IR e CS (52%) Resultado Não Operacional (Não Recorrente) Resultado Financeiro Líquido (103) (4.596) 4.346% Depreciações e Amortizações % Participação dos Minoritários % EBITDA (76)% Margem EBITDA 37,15% 14,04% (23,11) p.p. 7 de 19

8 27% Lucro Líquido Pro Forma 2 (R$ milhares) -79% 9,0% LUCRO LÍQUIDO PRO FORMA 2 O lucro líquido pro forma 2 do 1T09 foi de R$3,1 milhões, uma redução de 79% comparada ao mesmo período do ano anterior. A margem líquida pro forma no 1T09 foi de 9,05% T08 1T09 Margem Líquida Pro Forma O lucro líquido pro forma da Lopes, descontado o efeito negativo da Pronto! e CrediPronto!, seria de R$ 4,6 milhões, conforme demonstrado abaixo: 1 Lucro Líquido Pro Forma 2 1T09 sem Pronto! e Credipronto! (R$ milhões) 0,8 1,3 3,1 1,5 4,6 Lucro Líquido Contábil Despesas de Stock Option (CPC 10) Custos One Off Pará Lucro Líquido Pro Forma Lucro Líquido Pronto! e CrediPronto! Lucro Líquido Pro Forma sem Pronto! e CrediPronto! IR e CSLL (R$ milhares) -52% IR e CSLL O Imposto de Renda (IR) a pagar e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) no 1T09 totalizou R$2,4 milhões, 52% inferior ao valor observado no 1T T08 1T09 Endividamento Em 31 de março de 2009, a Lopes apresentava um endividamento de curto prazo de R$9,7 milhões e de longo prazo de R$15,8 milhões, referentes ao pagamento das sete aquisições realizadas. 8 de 19

9 PAGAMENTO DAS AQUISIÇÕES Em 2007, a Lopes deu início ao seu processo de expansão geográfica acompanhando os movimentos dos principais incorporadores brasileiros, consolidando sua posição de maior player de consultoria e vendas de imóveis do Brasil. A Lopes entrou no Sul do país pela aquisição de 75% da Dirani (LPS Sul), no Espírito Santo pela aquisição de 60% da Actual, em Pernambuco pela aquisição de 60% da Sérgio Miranda, no Distrito Federal pela aquisição de 51% da Royal, consolidou sua liderança em São Paulo com a aquisição de 60% da Bauer em Campinas e no Rio de Janeiro com a aquisição de 100% da Patrimóvel. Em janeiro de 2008, a Companhia entrou no mercado do Ceará por meio da aquisição de 60% da Immobilis. Em julho deste ano, a Lopes aumentou sua participação societária na LPS Sul, passando a deter 100% do capital social da empresa. Em dezembro de 2008, a Lopes renegociou a aquisição da Patrimóvel, transformando em uma opção de compra aos valores originais da transação para exercer em até três anos, além de uma preferência de compra pela duração da sociedade. Os valores já pagos foram convertidos em 10% do capital social da Patrimóvel, sem obrigação da Lopes de qualquer pagamento adicional. Os pagamentos das aquisições, não corrigidos, estão distribuídos da seguinte maneira: Cronograma de Pagamento das Aquisições (R$ milhares) 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 Earn Out* Total Total Lopes * Os pagamentos do earn out das aquisições se darão em 2010 e 2011 e os valores apresentados na tabela acima são baseados nas condições atuais de mercado. O valor estimado pela Companhia para o pagamento de Earn Out cresceu 19,15% em relação ao estimado no 4T08, em razão do melhor desempenho dos Outros Mercados, principalmente Brasília. O valor estimado para pagamento de Earn Out das aquisições realizadas pela Lopes passou de R$36,2 milhões no 4T08 para 43,1 milhões no 1T09. APROPRIAÇÃO DE RECEITAS E DESPESAS DA OPERAÇÃO DO ITAÚ Em 2009, iniciamos a apropriação das receitas e despesas advindas da operação realizada com o Banco Itaú para a criação da joint-venture, a Credipronto!. Do lado da receita a apropriação será de R$3,6 milhões ao trimestre, enquanto que a despesa será de R$0,2 milhão ao trimestre e os impostos serão R$0,5 milhão ao longo de vinte anos. 9 de 19

10 CUSTOS DOS SERVIÇOS PRESTADOS E DESPESAS OPERACIONAIS Os custos e despesas operacionais no 1T09 foram de R$32,1 milhões, uma diminuição de 36% sobre o 4T08, os quais foram de R$50,01 milhões. Custos e Despesas Operacionais (R$ milhares) 4T08 1T09 Lopes Pronto! Var. % Despesas de Pessoal (37%) Comissões e outros Serviços (49%) Serviços Terceirizados, Assessoria e Consultoria (67%) Infra estrutura % Telecomunicações (50%) Publicidade (64%) Depreciação % Materiais de Escritório (10%) Outras Despesas Operacionais (296) (1280%) Stock Option (87%) Apropriação de despesas do Itaú Perdas Não Recorrentes Total de Custos e Despesas (36%) *O total dos Custos e Despesas Operacionais do 4T08 inclui a baixa referente à CPC04 de R$10 milhões e a reversão de juros da Patrimóvel de R$14,6 milhões e, portanto, sem esses efeitos, o total dos Custos e Despesas Operacionais do trimestre seria de R$54,6 milhões. O 1T09 não inclui as despesas da CrediPtonto! no valor de R$0,7 milhão, que são gerenciadas pelo Banco Itaú. Despesas de Pessoal - A redução de R$8,0 milhões foi resultado de: (i) redução de R$3,4 milhões em Remuneração Variável; (ii) redução de R$2,8 milhões em salários; (iii) redução de R$1,3 milhão em Encargos; (iv) redução de R$0,4 milhão em Remuneração da Diretoria. As Despesas de Pessoal da Pronto! se mantiveram em linha com o 4T08. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S08. Comissões e outros Serviços - A redução de R$1,0 milhão foi resultado da diminuição das Comissões sobre Vendas. Serviços Terceirizados, Assessoria e Consultoria - A redução de R$4,8 milhões foi resultado de: (i) redução de R$3,9 milhões em despesas com Consultoria e Assessoria; (ii) redução de R$0,8 milhões em despesas com Consultoria em Informática; (iii) redução de R$0,1 milhão em despesas com Correios e Malotes. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S08. Infra estrutura - O aumento de R$0,4 milhão foi resultado de custos referentes à infra-estrutura da Pronto! que não existia em Telecomunicações - A redução de R$2,0 milhão foi resultado de: (i) redução de R$1,6 milhão em despesas com Telecomunicações; (ii) redução de R$0,4 milhão em despesas com Informática. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S08. Publicidade - A redução de R$2,5 milhões foi resultado de: (i) redução de 2,6 milhões em Promoções de Vendas; (ii) aumento de R$0,1 milhão de Publicações Legais. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S de 19

11 Depreciação - As despesas com depreciação mantiveram-se em linha com o esperado pela Companhia. Materiais de Escritório - A redução de R$0,04 milhão foi resultado de menores despesas com Serviços Gráficos e Material de Escritório. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S08. Outras Despesas Operacionais Com a exclusão do resultado financeiro do 4T08 de R$13,2 milhões, que inclui a reversão dos juros do pagamento da Patrimóvel, este item na prática seria de R$ 12,9 milhões. A redução de R$9,4 milhões em Outras Despesas foi resultado de: (i) redução de R$3,5 milhões em despesas com eventos e festividades, viagens e reembolsos; (ii) redução de R$3,5 milhão com multas e contingências; (iii) redução de R$1,6 milhão em PDD; (iv) ausência de baixa de ativos referentes à CPC 04 em R$ 0,8 milhão ocorrida no 4T08. Essa redução foi resultado do corte de custos efetuado pela companhia no 2S08. Despesas de Stock Option A redução de R$5,5 milhões foi resultado de: (i) menores despesas de stock option para 2009; (ii) distribuição das despesas por trimestre. Devido às mudanças contábeis (CPC 10), em 2008, a despesa de stock option foi contabilizada integralmente no 4T08. Apropriação de Despesas do Itaú Despesas relacionadas à criação da joint venture entre Lopes e Itaú. Perdas Não Recorrentes Despesas relacionadas a: (i) R$1,3 milhão referente à baixa de investimento da unidade do Pará; (ii) R$0,04 milhão referente à baixa de ativo da Pronto!. 3,9 32, ,1 3,8 Outros Custos e Despesas Totais (DRE) Custos Pronto! e Credipronto! Custos e Despesas Operacionais Outros R$3,8 MM Apropriação de despesas Itaú Depreciação Custos One-Off Pará Despesa de Stock Option (CPC 10) R$0,2 MM R$1,4 MM R$1,3 MM R$0,8 MM RESULTADO FINANCEIRO O resultado financeiro da Lopes provém de aplicações conservadoras de renda fixa nos bancos Itaú, Bradesco e Santander. O saldo positivo é decorrente principalmente da remuneração do capital, no valor de R$ 2,7 milhões, e de créditos fiscais de aplicações e atualizações pela SELIC, no valor de R$ 1,4 milhão. 11 de 19

12 PARTICIPAÇÃO DE MINORITÁRIOS A participação dos minoritários no 1T09 aumentou 32% em relação ao mesmo período do ano passado devido ao maior volume de vendas nos Outros Mercados, principalmente em Brasília e Campinas, unidades em que possuímos 51% e 60% respectivamente. No 1T09, a Lopes Royal (DF) apresentou lucro líquido de R$ 4,7 milhões e a Lopes Bauer (CPS) apresentou lucro líquido de R$ 1,0 milhão. FLUXO DE CAIXA E DISPONIBILIDADES O fluxo de caixa das operações no 1T09 foi de R$0,3 milhão, apresentando uma redução de 91% se comparado ao 4T08. O fluxo de caixa operacional representou 29% do lucro líquido contábil do período, principalmente devido ao efeito da apropriação de rendas da operação do Itaú no valor de R$(2,9) milhões. Este valor não apresenta efeito caixa. O fluxo de caixa de investimentos foi de R$(7,8) milhões em 1T09, um decréscimo de 86% comparado ao trimestre anterior. Este valor pode ser explicado pelos investimentos em controladas, incluindo ágio das aquisições no montante de R$5,5 milhões e pela readequação da estrutura física da Companhia devido à redução de escritórios no Rio de Janeiro e São Paulo como parte do processo de redução de custos, somada à adaptação do SAP ao SPED exigida pela Receita Federal, que totalizou R$2,4 milhões. O fluxo de caixa de financiamentos do 1T09 foi de R$2,3 milhões resultado do empréstimo com partes relacionadas, referente ao reembolso das despesas da operação do Itaú, no valor de R$1,3 milhão, de R$625 mil em alienação de ativos imobilizados e do pagamento de empréstimos de terceiros no valor de R$302 mil. O fluxo de caixa de financiamentos do 1T09 foi 94% inferior ao incorrido no 4T08. Finalmente, as disponibilidades passaram de R$125,3 milhões em 31 de dezembro de 2008 para R$120 milhões no 1T09, devido ao efeito combinado dos fatores explanados acima. Fluxo de Caixa (R$ milhares) 4T08 1T09 Var. % Das Operações (91%) Das Atividades de Investimento (54.455) (7.847) (86%) Das Atividades de Financiamento (94%) Saldo de Disponibilidades (4%) 12 de 19

13 ANEXOS Abaixo se encontram os seguintes anexos: Anexo I Demonstrativo de Resultado Anexo II Balanço Patrimonial Anexo III Fluxo de Caixa Anexo V Glossário 13 de 19

14 ANEXO I DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO (R$ milhares) 1T09 1T08 Receita Bruta de Serviços Deduções da Receita Bruta (3.608) (7.000) Receita Operacional Líquida Custo dos Serviços Prestados (7.814) (11.312) Lucro Bruto Receitas (Despesas) Operacionais (24.962) (24.575) Com vendas (7.063) (6.408) Remuneração da Administração (2.568) (1.437) Gerais e administrativas (12.123) (12.317) Depreciações e amortizações (1.633) (1.134) Amortização de ágio (2.834) Resultado de equivalência patrimonial Outras receitas operacionais Outras despesas operacionais (224) (445) Despesas Não Recorrentes (1.351) Lucro Operacional Antes do Resultado Financeiro Resultado Financeiro Receitas Financeiras Despesas Financeiras (408) (6.261) Lucro Antes do IR, CSLL e da Participação dos Minoritários Imposto de Renda e Contribuição Social (2.387) (4.994) Lucro antes da Participação dos Minoritários Participação dos Minoritários (3.091) (2.350) Lucro Líquido do Período de 19

15 ANEXO II BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO 1T09 1T08 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO 1T09 1T08 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades Empréstimos e financiamentos Contas a receber de clientes Fornecedores Provisão crédito de liquidação duvidosa (4.780) Impostos, taxas e contribuições Créditos diversos Dividendos a pagar Créditos com partes relacionadas 99 Dívidas com pessoas ligadas Impostos a compensar Salários, provisões e contribuições Imposto de renda e contribuição social diferidos Adiantamento de clientes Despesas antecipadas Rendas a apropriar Total do ativo circulante Aquisição de Investimento a Pagar Outras contas a pagar Total do passivo circulante NÃO CIRCULANTE Realizável a longo prazo: NÃO CIRCULANTE Contas a receber de clientes Exigível a longo prazo: Créditos com pessoas ligadas Empréstimos e financiamentos Depósitos judiciais 5 1 Provisões Despesas antecipadas Dívidas com pessoas ligadas Imposto de renda e contribuição social diferidos Fornecedores 12 1 Total do realizável a longo prazo Rendas a apropriar Permanente: Aquisição de Investimento a Pagar Investimentos Total do passivo não circulante Imobilizado Intangível PARTICIPAÇÃO DOS MINORITÁRIOS Diferido Total do permanente PATRIMÔNIO LÍQUIDO Total do ativo não circulante Capital social Reserva de Capital Reserva de lucros Lucros/prejuízos acumulados (53.637) Total do patrimônio líquido TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO de 19

16 ANEXO III FLUXO DE CAIXA (R$ milhares) 1T09 1T08 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS Caixa Gerado nas Operações (Prejuízo) lucro líquido do exercício Depreciações e amortizações Amortização de ágio Provisão para créditos de liquidação duvidosa Provisão para contingências Perdas com Investimento e Imobilizado Apropriação de rendas Plano de Opções de compra de ações Ajuste a valor presente s/ contas a receber Imposto de renda e contribuição social diferidos Encargos financeiros sobre dívidas Despesa com outorga de opções Participação de acionistas minoritários Atualização Monetária (2.860) 824 (130) (1.192) (2.112) Variações nos ativos e passivos: Contas a receber de clientes Impostos a compensar Despesas antecipadas Créditos diversos Fornecedores Impostos a pagar Adiantamento de clientes Salários, provisões e contribuições sociais Imposto de renda e contribuição social a pagar Rendas a apropriar líquida Outras contas a pagar Caixa (aplicado) gerado nas atividades operacionais (1.306) (5.785) (2.270) (1.942) (28) (42.142) (414) (1.434) (4.064) (3.103) (122) (27.964) 16 de 19

17 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTO Investimentos em controladas, incluindo ágio (5.481) Aquisição de ativo imobilizado, intangível e diferido (2.366) (10.068) Caixa gerado (aplicado) nas atividades de investimentos (7.847) (10.068) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTO (Pagamentos) Captações de empréstimos 302 (1.571) Alienação de ativos imobilizados e investimentos 625 Pagamentos de dividendos Pagamentos a pessoas ligadas (44.441) Aumento de capital Caixa (aplicado) gerado nas atividades de financiamentos (11.012) AUMENTO (REDUÇÃO) DO SALDO DE DISPONIBILIDADES (5.285) (49.044) No início do exercício No fim do exercício DISPONIBILIDADES (5.285) (49.044) 17 de 19

18 ANEXO V GLOSSÁRIO 1 EBITDA Pro Forma é uma medida não contábil elaborada pela Lopes, consistindo no EBITDA desconsiderando o efeito das despesas não recorrentes de Stock Option. 2 Lucro Líquido Pro Forma é uma medida não contábil elaborada pela Lopes, consistindo no lucro líquido desconsiderando os efeitos decorrentes das despesas não recorrentes de Stock Option e dos custos One Off com nossa subsidiária no Pará. 3 Taxa líquida apenas para lançamentos. Taxa líquida consiste na somatória entre a comissão líquida da Lopes acrescida de prêmio e serviços de assessoria técnico imobiliária (SATI), quando aplicáveis. 4 Taxa líquida considerando o mercado primário e secundário. 5 Informações gerenciais. 18 de 19

19 PRÓXIMOS EVENTOS Teleconferências de Resultados do 1T09 Em Português Em Inglês Data: 15/05/2009, sexta-feira Data: 15/05/2009, sexta-feira Horário: 15h30 (Horário de Brasília) 14h30 (NY) Horário: 17h00 (Horário de Brasília) 16h00 (NY) Telefone: (11) Telefone Brasil: (11) Senha: Lopes Telefone outros países: Replay: (11) [ ] Senha: Lopes Código para Replay: [804] Replay: (11) [ ] Código para Replay: [102] CONTATOS Marcello Leone Diretor Financeiro e de RI Tel. +55 (11) Samia Nemer Coordenadora de RI Tel. +55 (11) de 19

Divulgação de Resultados 2008

Divulgação de Resultados 2008 LOPES ALCANÇA R$10,1 BILHÕES EM VENDAS CONTRATADAS AO LONGO DE 2008 São Paulo, 19 de fevereiro de 2009 A Lopes LPS Brasil (Bovespa: LPSB3; Reuters: LPSB3.SA; Bloomberg: LPSB3.BZ), maior empresa de consultoria

Leia mais

Lucro Líquido R$39,7 MM

Lucro Líquido R$39,7 MM LPS BRASIL ALCANÇA R$ 5,0 BILHÕES EM VENDAS CONTRATADAS NO E RECEBE O PRIMEIRO EARN OUT DA CREDIPRONTO! São Paulo, 12 de agosto de 2011 A LPS Brasil (Bovespa: LPSB3; Reuters: LPSB3.SA; Bloomberg: LPS3.BZ),

Leia mais

Divulgação de resultados 2T13

Divulgação de resultados 2T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de agosto de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado

Leia mais

Apresentação de Resultados da Lopes 2T09. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados da Lopes 2T09. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados da Lopes 2T09 Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer

Leia mais

Divulgação de resultados 4T13

Divulgação de resultados 4T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre e do ano de 2013 Rio de Janeiro, 18 de março de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado

Leia mais

EARNINGS RELEASE 3T17

EARNINGS RELEASE 3T17 Recuperação do Lucro Líquido e margem EBITDA crescendo em torno de 10 p.p.. São Paulo, 31 de Outubro de 2017 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa brasileira consolidadora e operadora

Leia mais

Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais

Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.431 27.730 Fornecedores

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

EARNINGS RELEASE. 3T12 e 9M12

EARNINGS RELEASE. 3T12 e 9M12 EARNINGS RELEASE 3T12 e 9M12 São Paulo, 01 de abril de 2013 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje

Leia mais

Divulgação de Resultado 4T15

Divulgação de Resultado 4T15 Divulgação de Resultado 4T15 1 Dados de mercado em 17/03/2016 Cotação: R$2,12 Valor de Mercado: R$140.103.091,68 T e l e c o n f e r ê n c i a 4T15 Teleconferência em português: 18 de março de 2016 Sexta-feira,

Leia mais

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Elekeiroz S.. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Balanço patrimonial tivo Circulante Nota 31 de dezembro de 2013 31 de

Leia mais

SOMOS Educação DR 2T17

SOMOS Educação DR 2T17 SOMOS Educação DR 2T17 São Paulo, 14 de agosto de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 2º trimestre de 2017 ( 2T17 ) e do primeiro semestre de 2017 ( 1S17 ). Os comentários

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 78.050 132.536 Fornecedores 23.096 19.064 Contas

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 2 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração do Fluxo de Caixa 7 Demonstração das Mutações

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16. Viver Anuncia os Resultados do Primeiro Trimestre de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1T16 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 16 de maio de 2016 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

Gas Brasiliano Distribuidora S.A.

Gas Brasiliano Distribuidora S.A. Balanço patrimonial em 31 de março (não auditado) Ativo 2017 2016 Passivo e patrimônio líquido 2017 2016 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 50.383 78.050 Fornecedores 22.725 23.096 Contas

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10 e 1S10

Divulgação de Resultados do 2T10 e 1S10 Divulgação de Resultados do 2T10 e 1S10 As informações financeiras preliminares são apresentadas em milhões de Reais, exceto onde indicado o contrário, e têm como base as demonstrações financeiras preparadas

Leia mais

Hypermarcas anuncia Lucro Líquido Ajustado* de R$65,5 milhões no 1T08 ou R$0,53 por ação

Hypermarcas anuncia Lucro Líquido Ajustado* de R$65,5 milhões no 1T08 ou R$0,53 por ação Hypermarcas anuncia Lucro Líquido Ajustado* de R$65,5 milhões no 1T08 ou R$0,53 por ação São Paulo, 13 de Maio de 2008 A Hypermarcas S.A. (Bovespa: HYPE3; Reuters: HYPE3.SA; Bloomberg: HYPE3 BZ) anuncia

Leia mais

Nivelamento de Conceitos Contábeis

Nivelamento de Conceitos Contábeis Nivelamento de Conceitos Contábeis Demonstrações Contábeis Balanço Patrimonial - BP Demonstração de Resultado do Exercício - DRE Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Substituiu a Demonstração das Origens

Leia mais

A Companhia. Destaques. da Controladora. do Consolidado RESULTADOS DO 4T14 1/9. Fundada em 1950, a Companhia Grazziotin teve seu capital aberto

A Companhia. Destaques. da Controladora. do Consolidado RESULTADOS DO 4T14 1/9. Fundada em 1950, a Companhia Grazziotin teve seu capital aberto A Companhia Passo Fundo, 05 de março de 2014 Fundada em 1950, a Companhia Grazziotin teve seu capital aberto Dados em 31/12/2014 em 1979. Desde 1950 Grazziotin PN (CGRA4) R$ 17,28 Sua sede fica em Passo

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2011 E 2010 ATIVO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO Explicativa n o 31/12/2011 31/12/2010 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17. Viver Anuncia os Resultados do Segundo Trimestre do Ano de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 2T17 Teleconferência de Resultados Segunda-feira, 14 de agosto de 2017 Português - com tradução simultânea para o inglês 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

Earnings Release. Relações com Investidores. Destaques do 1T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 1T11

Earnings Release. Relações com Investidores. Destaques do 1T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 1T11 Relações com Investidores Bruno Padilha de Lima Costa Diretor de Relações com Investidores (55 21) 3433-5060 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência de Resultados 1T11 Terça-feira, 17 de maio de 2011

Leia mais

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Informações Contábeis Intermediárias Individuais e Consolidadas Referentes aos Períodos de Três e Nove Meses Findos em 30 de Setembro de 2016 e Relatório sobre a Revisão

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

SOMOS Educação ER 1T17

SOMOS Educação ER 1T17 SOMOS Educação ER 1T17 1 São Paulo, 15 de maio de 2017 A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2017 ( 1T17 ). Os comentários aqui incluídos referem-se aos

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Primeiro Trimestre de 2006 São Paulo, 02 de maio de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao primeiro

Leia mais

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros

2T17. Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17. carros 2T17 Divulgação de Rsultados 2T17 e 1S17 carros Divulgação de Resultados 2T17 e 1S17 Frota em 30/06/2017: 151.750 carros Destaques Operacionais Diárias - Aluguel de Carros (mil) Destaques Financeiros Receita

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ FRAS-LE SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ FRAS-LE SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 2 Demonstração do Resultado 3 Demonstração do Resultado Abrangente 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS ESTRUTURA PATRIMONIAL Patrimônio = Bens + Direitos ( ) Obrigações SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) Ativo ( ) Passivo = Situação Líquida (Patrimônio Líquido) FLUXO DE RECURSOS ATIVO Aplicação dos Recursos

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2007

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2007 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2007 Rio de Janeiro, 18 de março de 2008. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Informe aos Investidores 1T16 Anexo

Informe aos Investidores 1T16 Anexo Informe aos Investidores 1T16 Anexo Versão 1.0 11/05/2016 1 Sumário Página IV.Informações das Empresas Eletrobras 03 V.Dados de Mercado das Empresas Eletrobras 51 VI. Dados de Geração 52 VII. Dados de

Leia mais

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Informações Contábeis Intermediárias Individuais e Consolidadas Referentes aos Períodos de Três e Nove Meses Findos em 30 de Setembro de 2017 e Relatório sobre a Revisão

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 314 Fornecedores 36.047 Aplicações Financeiras 2.323 Provisão Férias

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) 4T04 3T05 4T05 Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 09 de fevereiro de 2006. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT; BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ATIVO NE 31/12/2013 31/12/2012 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 85.142.911 86.881.544

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BOMBRIL SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ BOMBRIL SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/26 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Informe aos Investidores 4T15 Anexo

Informe aos Investidores 4T15 Anexo Informe aos Investidores 4T15 Anexo Versão 1.0 30/03/2015 1 Sumário Página IV.Informações das Empresas 03 V.Dados de Mercado das Empresas 65 VI. Dados de Geração 66 VII. Dados de Transmissão 73 VIII. Dados

Leia mais

2

2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Controladora Consolidado ATIVO Jun 2009 Set 2009 Jun 2009 Set 2009 Circulante Disponibilidades 23,0 37,4 56,1 92,1 Contas a receber de clientes 62,8 72,8 114,2 125,9 Estoques

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T14. Viver Anuncia os Resultados do Quarto Trimestre e do Ano de Destaques

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T14. Viver Anuncia os Resultados do Quarto Trimestre e do Ano de Destaques DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T14 Teleconferência de Resultados Quarta-feira, 01 de abril de 2015 Português (com tradução simultânea para o inglês) 10h00 (horário de Brasília) 09h00 (horário de Nova York)

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DROGASIL SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ DROGASIL SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/27 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T17

TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T17 TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T17 Português TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 2017 16 de maio de 2017 Hora: 11h (Brasília) 10h (US-EST) Telefone: +55 (11) 2188-0155 Código: Trisul Replay disponível

Leia mais

nte RECEITA BRUTA CRESCE 27,3%, EBITDA AJUSTADO AUMENTA 25,2%, COM MARGEM DE 72,5%, E LUCRO BRUTO CRESCE 30,8% NO 3T09

nte RECEITA BRUTA CRESCE 27,3%, EBITDA AJUSTADO AUMENTA 25,2%, COM MARGEM DE 72,5%, E LUCRO BRUTO CRESCE 30,8% NO 3T09 nte São Paulo, 13 de novembro de 2009 A General Shopping Brasil S/A [BM&FBovespa: GSHP3], empresa com expressiva participação no mercado de shopping centers do Brasil, anuncia hoje seus resultados do terceiro

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ UNIPAR - UNIÃO DE INDS. PETROQUÍMICAS SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ UNIPAR - UNIÃO DE INDS. PETROQUÍMICAS SA / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/6/28 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2008

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2008 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2008 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Divulgação de resultados 2T16

Divulgação de resultados 2T16 Rio de Janeiro, 11 de agosto de 2016. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação e consultoria imobiliária, com relevante presença

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ HELBOR EMPREENDIMENTOS S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ HELBOR EMPREENDIMENTOS S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/27 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Divulgação de resultados 3T16

Divulgação de resultados 3T16 Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2016. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação e consultoria imobiliária, com relevante presença

Leia mais

1º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas

1º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS. Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas \ Ganhos consistentes de market share e melhora na tendência de vendas A receita líquida totalizou R$4,7 bilhões no 1T16, com melhora sequencial nas vendas mesmas lojas durante o trimestre e ganho de market

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e Bancos 207 Fornecedores 34.860 Aplicações Financeiras 4.887 Provisão Férias e Encargos

Leia mais

Bradespar S.A. Resultados do 3º Trimestre de 2007

Bradespar S.A. Resultados do 3º Trimestre de 2007 São Paulo, 12 de novembro de 2007 A Bradespar [BOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)], anuncia os resultados referentes ao 3º trimestre de 2007. As informações financeiras a

Leia mais

Informe aos Investidores 1T15 Anexo

Informe aos Investidores 1T15 Anexo Informe aos Investidores 1T15 Anexo Versão 3.0 27/05/2015 1 Sumário Página IV. Informações das Empresas 03 V. Dados de Mercado das Empresas 23 VI. Dados de Geração 23 VII. Dados de Transmissão 27 VIII.

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008

Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 Confab Anuncia Resultados para o Terceiro Trimestre de 2008 São Paulo, 30 de outubro de 2008. Confab Industrial S.A. (BOVESPA: CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes ao

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 29,4% na receita líquida e 193,6% em Ebitda

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 29,4% na receita líquida e 193,6% em Ebitda Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 29,4% na receita líquida e 193,6% em Ebitda São Paulo, Brasil, 13 de maio de 2010 - A Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. (anteriormente Le Lis Blanc

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CYRELA BRAZIL REALTY SA EMPRS E PARTS Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016

Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016 Índice Movida - Divulgação de Resultados do 4T16 e 2016 1. Aluguel de Carros (RAC) 2. Gestão e Terceirização de Frotas (GTF) 3. Seminovos 4. Resultado Financeiro 5. Lucro Líquido 6. Investimento Líquido

Leia mais

No segundo trimestre de 2015, ocorreu a transferência do controle societário da DEB Pequenas Centrais Hidrelétricas Ltda para a Companhia.

No segundo trimestre de 2015, ocorreu a transferência do controle societário da DEB Pequenas Centrais Hidrelétricas Ltda para a Companhia. COMENTÁRIO DO DESEMPENHO ECONÔMICO-FINANCEIRO PERÍODOS DE 1º DE ABRIL A 30 DE JUNHO DE 2015 E 2014 (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) No segundo trimestre de 2015, ocorreu a

Leia mais

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016

Energisa Borborema - Distribuidora de Energia S/A Resultados do 1º trimestre de 2016 Resultados do 1º trimestre de 2016 Cataguases, 13 de maio de 2016 A Administração da ( Energisa Borborema ou Companhia ) apresenta os resultados do primeiro trimestre (1T16). As informações financeiras

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ PROFARMA DISTRIB. PRODUTOS FARMACEUTICOS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ PROFARMA DISTRIB. PRODUTOS FARMACEUTICOS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ODONTOPREV S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ ODONTOPREV S.A / CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/27 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

VARIAÇÕES PATRIMÔNIO LÍQUIDO

VARIAÇÕES PATRIMÔNIO LÍQUIDO FEA / USP Departamento de Contabilidade e Atuária EAC-106 Contabilidade Introdutória VARIAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO Prof. Fernando Dal-Ri Murcia 1 Variações no Patrimônio Líquido Receita: É a entrada

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T10. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI

Apresentação de Resultados 3T10. Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI Apresentação de Resultados 3T10 Apresentação Marcos Lopes CEO Francisco Lopes COO Marcello Leone CFO e DRI 1 Aviso importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma,

Leia mais

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005

ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. ELETRONUCLEAR CNPJ: / DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A. CNPJ: 42.540.2 11/000 1-6 7 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS EM 31/09/2005 BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE SETEMBRO A T I V O 2005 2004 CIRCULANTE Numerário disponível 805 12.378 Aplicações

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07.

Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07. Lucro Líquido de R$129,4 milhões ou R$1,69 por ação no 3T07 e R$348,9 milhões ou R$4,54 por ação em 9M07. São Paulo, 09 de novembro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

FORJAS TAURUS S.A. 3T11

FORJAS TAURUS S.A. 3T11 FORJAS TAURUS S.A. 3T11 Cotações (30-09-11): FJTA3 R$ 1,91 FJTA4 R$ 1,79 Porto Alegre, 11 de novembro de 2011 - A Forjas Taurus S.A. (Bovespa: FJTA3, FJTA4), maior produtora de armas curtas da América

Leia mais

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014

Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 Divulgação de Resultados 4T14 e 2014 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011, têm como base os números preliminares preparados

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%.

Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%. Autometal registra um lucro líquido de R$156,2 milhões, aumento de 45,5% em relação aos 9M10. Margem líquida cresceu 3,9p.p nos 9M11 para 13,0%. São Paulo, 27 de outubro de 2011 A Autometal S.A. [Bovespa:

Leia mais

Resultados 3T17 e 9M17

Resultados 3T17 e 9M17 Resultados 3T17 e 9M17 1 Nosso Propósito Reimaginando a saúde animal 2 Retomada dos níveis históricos de rentabilidade Geração de caixa operacional de R$ 95 milhões no acumulado de 2017 Teleconferência

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

4. INFORMAÇÕES RELATIVAS À EMISSORA Informações Financeiras Selecionadas da Companhia Análise e Discussão da Administração sobre Demonstrações

4. INFORMAÇÕES RELATIVAS À EMISSORA Informações Financeiras Selecionadas da Companhia Análise e Discussão da Administração sobre Demonstrações 4. INFORMAÇÕES RELATIVAS À EMISSORA Informações Financeiras Selecionadas da Companhia Análise e Discussão da Administração sobre Demonstrações Financeiras e Resultados Operacionais da Emissora Eventos

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2016 - BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

Divulgação de Resultados 4T16 e 2016

Divulgação de Resultados 4T16 e 2016 Divulgação de Resultados 4T16 e 2016 Destaques 4T16 e 2016 Diárias - Aluguel de Carros (mil) Receita líquida (R$ milhões) 5.266 4.846 4.242 4.308 3.812 3.780 3.871 4.111 2015 2016 2015 2016 2015 2016 2015

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 1º Trimestre 2016 DFS/DEGC/DIRE/DIAN ABRIL/2016 RELATÓRIO DE INFORMAÇÕES GERENCIAS DATAPREV COMPARATIVO 1T2015 X 1T2016 Responsáveis pela elaboração da apresentação: Jorge Sebastião

Leia mais

TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 4T16 E 2016

TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 4T16 E 2016 TRISUL S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 4T16 E 2016 Português TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 2016 20 de março de 2017 Hora: 11h (Brasília) 10h (US-EST) Telefone: +55 (11) 2188-0155 Código: Trisul Replay disponível

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011

Teleconferência. Resultados do 2T de Agosto de 2011 Teleconferência Resultados do 2T11 1 12 de Agosto de 2011 AVISO LEGAL Esta apresentação poderá conter considerações referentes as perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ PORTOBELLO SA / Avenida das Américas nº 3959 Sala 116

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ PORTOBELLO SA / Avenida das Américas nº 3959 Sala 116 ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/23 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 11.859 Fornecedores 40.112 Contas a Receber 77.159

Leia mais

NÚCLEO DE GESTÃO DO PORTO DIGITAL

NÚCLEO DE GESTÃO DO PORTO DIGITAL ATIVO CIRCULANTE DISPONIBILIDADE CAIXA 1.028,94 BANCOS-CONTAS CORRENTES 211.547,05 APLICAÇÕES DE LIQUIDEZ IMEDIATA 4.614.347,81 DIREITOS REALIZÁVEIS A CURTO PRAZO TÍTULOS A RECEBER 93.509,62 ADIANTAMENTOS

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais)

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 (Valores expressos em reais) BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2015 E 2014 ATIVO NE 31/12/2015 31/12/2014 PASSIVO E PATRIMÔNIO LÍQUIDO NE 31/12/2015 31/12/2014 CIRCULANTE CIRCULANTE Disponibilidades 4 90.705.601 82.095.096

Leia mais

RESULTADOS 4T08 4T09 / Março de

RESULTADOS 4T08 4T09 / Março de RESULTADOS 4T08 4T09 / 2008 2009 Março de 2010 1 4T08 AGENDA / 2008 1. Destaques 2. Desempenho da Industria 3. Desempenho Operacional e Financeiro 4. Informações Adicionais 2 4T08 AGENDA / 2008 1. Destaques

Leia mais

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo

Características. P A S S I V O Origem dos recursos aplicados no Ativo Balanço Patrimonial conteúdo - características aplicação de recursos - Ativo origem de recursos - Passivo estrutura geral estrutura do Ativo estrutura do Passivo Características Principal demonstrativo

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO São Paulo, 11 de novembro de 2016 - A SOMOS Educação S.A. (BM&FBOVESPA: SEDU3) divulga seus resultados do 3º trimestre de 2016 (3T16) e dos nove meses de 2016 (9M16). Os comentários aqui incluídos referem-se

Leia mais

CONTABILIDADE II CAPÍTULO 01 BALANÇO PATRIMONIAL BP

CONTABILIDADE II CAPÍTULO 01 BALANÇO PATRIMONIAL BP CONTABILIDADE II CAPÍTULO 01 BALANÇO PATRIMONIAL BP ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa Fornecedores Banco Conta Movimento Duplicatas a pagar Aplicações Financeiras ICMS a recolher Duplicatas a receber

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 7.061 Fornecedores 33.947 Contas a Receber 41.832

Leia mais

Acer Consultores em Imóveis S/A

Acer Consultores em Imóveis S/A Acer Consultores em Imóveis S/A Demonstrações Contábeis acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes Em 30 de Junho de 2007 e 31 de Dezembro de 2006 e 2005 Parecer dos auditores independentes Aos

Leia mais

Divulgação de Resultados do 3T13 e 9M13

Divulgação de Resultados do 3T13 e 9M13 R$ milhões R$ milhões R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados do 3T13 e 9M13 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011,

Leia mais

Unidade IV ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Unidade IV ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Unidade IV 20 RESOLUÇÃO DE UM EXERCÍCIO COMPLETO 5 Resolução de um exercício completo elaborado conforme a legislação em vigor. Todos os demonstrativos contábeis já

Leia mais

ABnote ANUNCIA RESULTADOS DO 3T06

ABnote ANUNCIA RESULTADOS DO 3T06 ABnote ANUNCIA RESULTADOS DO 3T06 Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2006 A American BankNote S.A. (Bovespa: ABNB3 - ON), líder no fornecimento de soluções envolvendo cartões plásticos, sistemas de identificação

Leia mais

PERMANENTE

PERMANENTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2009 E 2008 A T I V O 30.06.2009 30.06.2008 ATIVO CIRCULANTE 62.969 46.291 DISPONIBILIDADES 46 47 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 13.419 593 APLICAÇÕES EM

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO CNPJ / BALANÇO PATRIMONIAL - EM R$. 1,00 COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE DESO CNPJ. 13.018.171/000190 BALANÇO PATRIMONIAL EM R$. 1,00 A T I V O 31.12.2007 31.12.2006 ATIVO CIRCULANTE 138.417.550 134.143.301 Caixa e Bancos 1.286.238 3.838.555

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 ATIVO CIRCULANTE BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 A T I V O 31.12.2009 31.12.2008 ATIVO CIRCULANTE 77.677 45.278 DISPONIBILIDADES 46 45 APLICAÇÕES INTERFINANCEIRAS DE LIQUIDEZ 1.641 314 APLICAÇÕES EM

Leia mais