SIM 91,92% RUA DO ROSÁRIO, 127, 2º TELEF: FAX: DR. JOSÉ NORONHA PORTO SIMÕES RECL. GARANT ,625% 5,909%

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SIM 91,92% RUA DO ROSÁRIO, 127, 2º TELEF: FAX: DR. JOSÉ NORONHA PORTO SIMÕES RECL. GARANT ,625% 5,909%"

Transcrição

1 MAPA UM - MONTANTE DOS S RECONHECIDOS, NATUREZA E DISCRIMINAÇÃO CREDITOS RECONHECIDOS N. REC. (1) NATUREZA VOTAÇÃO ASS. CRED. 156.º JUROS VINCENDOS CAPITAL JUROS (TOTAL) TAXA(S) FUNDAMENTO(S) Para votação % (2) Capital Taxa De Natureza RECL (3) CONT (4) REP MANDATÁRIO % (6) OBS (5) 1 BANCO BIC PORTUGUÊS, S.A. (FUSÃO - BPN - BANCO PORTUGUÊS DE NEGÓCIOS, S.A.) AV. ANTÓNIO AUGUSTO AGUIAR, LISBOA NIPC: (CESSÃO DE S) ,05 COMUM SUBORDINADO - 0,00% RECL. DR. PEDRO BOTELHO GOMES R. JOSÉ FALCÃO, Nº PORTO TELEF: FAX: N/A 0,00% A) 2 BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S.A. (CETELEM, S.A.) R. TOMÁS DA FONSECA, TORRES DE LISBOA - TORRE G, 15.º LISBOA NIPC: DESCONHECIDOS 3.750,00 DESCONHECIDA - 0,00% CONT. NÃO APLICÁVEL N/A 0,00% 3 BANCO CRÉDIBOM, S.A. EDIFÍCIO BESSA LEITE OFFICES R. BRIGADEIRO NUNES DA PONTE, PORTO NIPC: ,25 COMUM - 0,00% RECL. NÃO CONSTITUI MANDATÁRIO N/A 0,00% 4 BANCO SANTANDER TOTTA, S.A. RUA ÁUREA, N.º LISBOA NIPC: , , ,23 CONTRATUAIS DE ATÉ MÚTUO C/ HIPOTECA PESSOAL CARTÃO DE DESCOBERTO D/O 3.600,00 GARANTIDO (86.106,71 ) COMUM (20.007,60 ) SUBORDINADO (245,92 ) ,31 91,90% , , , ,19 5,909% 15,625% 8% 8% GARANT. RECL. DR. JOSÉ NORONHA SIMÕES RUA DO ROSÁRIO, 127, 2º PORTO TELEF: FAX: SIM 91,92% 5 COFIDIS, SUCURSAL EM PORTUGAL AV. DE BERNA, N.º 52, 6.º LISBOA NIPC: ,27 757, ,91 8% SOBRE O CAPITAL EM DÍVIDA COMUM 5.828,91 5,05% RECL. DRª SUSANA A. PEREIRA R. TENENTE ESPANCA, Nº 3 A LISBOA TELEF: FAX: SIM 5,04% 6 GE CONSUMER FINANCE IFIC - INST. FINANCEIRA DE, S.A. R. QUINTA DO QUINTÃ, EDF. D. JOSÉ, PISO PAÇO D ARCOS NIPC: , ,73 54,56 COMUM 3.519,73 3,05% RECL. DRª CATARINA DA ROCHA AVª CONS. FERNANDO DE SOUSA, N.º º LISBOA TELEF: FAX: SIM 3,04% , , , , ,95 100,00% 100,00% (1) NÃO RECONHECIDO DISCRIMINADO NO MAPA N.º 3 DA PRESENTE LISTA (2) PERCENTAGEM DO PARA EFEITOS DE VOTAÇÃO NA ASSEMBLEIA DE APRECIAÇÃO DO RELATÓRIO. (3) RECLAMADO NOS TERMOS DO ART. 128.º CIRE (4) CONSTANTE DA CONTABILIDADE DO(A) INSOLVENTE E/OU QUE SEJA POR OUTRA FORMA DO CONHECIMENTO DA AI. (5) PROCURAÇÃO COM PODERES DE REPRESENTAÇÃO NO PROCESSO, INCLUINDO DELIBERAÇÃO EM ASSEMBLEIAS DE CREDORES (6) PERCENTAGEM DO A) A PROCURAÇÃO APRESENTADA NÃO RESPEITA AO AQUI CREDOR, MAS SIM AO BPN - BANCO PORTUGUÊS DE NEGÓCIOS, S.A. Página 1

2 Página 2

3 MAPA DOIS - GARANTIAS, PRIVILÉGIOS, CONDIÇÕES SUSPENSIVAS E/OU RESOLUTIVAS DOS S RECONHECIDOS GARANTIAS E/OU PRIVILÉGIOS CONDIÇÕES SUSPENSIVAS RESOLUTIVAS OBSERVAÇÕES 4 BANCO SANTANDER TOTTA, SA ,71 GARANTIDO POR HIPOTECA CONSTITUÍDA SOBRE A FRACÇÃO AUTÓNOMA DESIGNADA PELA LETRA AP, DO PRÉDIO URBANO INSCRITO NA MATRIZ PREDIAL URBANA DO SERVIÇO DE FINANÇAS DE MIRANDELA SOB O ARTIGO N.º AP, DESCRITO NA CONSERVATÓRIA DO REGISTO PREDIAL DE MIRANDELA SOB O N.º 2180-AP DE 03/04/1996, PREDIO ARROLADO SOB A VERBA N.º 1 DO AUTO DE ARROLAMENTO E APREENSÃO DE BENS. A HIPOTECA ENCONTRA-SE REGISTADA ATRAVÉS DA AP DE 19/06/2009, GARANTINDO UM MONTANTE MÁXIMO DE ,00, RELATIVAMENTE À QUANTIA RECLAMADA E RECONHECIDA DE ,71, COM REFERÊNCIA À VERBA N.º ,71 0,00 0,00 Página 2

4 MAPA TRÊS - S NÃO RECONHECIDOS E RESPECTIVOS FUNDAMENTOS CREDITO NÃO RECONHECIDO CAPITAL JUROS OUTROS TOTAL OUTROS DADOS NÃO RECONHECIDOS FUNDAMENTOS 1 BANCO BIC PORTUGÊS, S.A. (FUSÃO - BPN - BANCO PORTUGUÊS DE NEGÓCIOS, S.A.) ,99 606,81 664, ,05 O PRESENTE FOI CEDIDO À AQUI CREDORA PELO BPN, SENDO CERTO QUE AQUELA, JUNTA UNICAMENTE CÓPIA DO FINANCIAMENTO DE, NÃO JUNTANDO ATÉ À DATA (COMO PROTESTOU JUNTAR) CÓPIA DO CESSÃO DE S E DOCUMENTO COMPLEMENTAR NO QUAL SE COMPROVA QUE O EM QUESTÃO FAZ PARTE DOS S CEDIDOS E QUAL O SEU MONTANTE. ASSIM, A CREDORA LIMITA-SE A INDICAR O VALOR DE CAPITAL VENCIDO, SEM JUNTAR NENHUM DOCUMENTO QUE COMPROVE MINIMAMENTE A EXACTIDÃO DO VALOR DO RECLAMADO (POR EXEMPLO, EXTRACTO DE CONTA BANCÁRIA), PELO QUE, NÃO SE RECONHECE O NA SUA GLOBALIDADE, PELOS MOTIVOS SUPRA. 2 BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S.A , ,00 O PRESENTE FOI INDICADO PELA INSOLVENTE AQUANDO DA SUA APRESENTAÇÃO AO PRESENTE PROCESSO DE INSOLVÊNCIA. ESGOTADO O PRAZO PARA APRESENTAÇÃO DE RECLAMAÇÕES DE S, ATÉ AO MOMENTO NÃO FOI JUNTO AOS AUTOS QUALQUER DOCUMENTO COMPROVATIVO DO EM QUESTÃO. NA FALTA DE TAIS ELEMENTOS DESCONHECEMOS A CONCRETA EXISTÊNCIA, O FUNDAMENTO E A NATUREZA DO EM APREÇO, MOTIVOS PELOS QUAIS É O MESMO IMPUGNADO. 3 BANCO CRÉDIBOM, S.A ,61 325,54 747, ,25 O MONTANTE NÃO RECONHECIDO RESPEITA A CAPITAL VENCIDO, CAPITAL A VENCER, PENALIZAÇÕES/JUROS MORATÓRIOS, DESPESAS JUDICIAIS, JUROS VENCIDOS E IMPOSTO DE SELO. ORA, COM A SUA RECLAMAÇÃO, A CREDORA APENAS JUNTA CÓPIA DO, NADA MAIS JUNTANDO QUE PERMITA COMPROVAR O ORA ALEGADO, E DESDE LOGO, NÃO APRESENTA EXTRACTO DE CONTA CORRENTE OU DOCUMENTO COMPLEMENTAR, NO QUAL SE DISCRIMINEM OS MONTANTES PETICIONADOS E EM DÉBITO, NEM SEQUER INFORMANDO DE QUAL A DATA DO INCUMPRIMENTO. ASSIM, NA FALTA DE TAIS ELEMENTOS, ESTAMOS IMPOSSIBILTADOS DE PROCEDER À VERIFICAÇÃO DA CORREÇÃO DOS VALORES RECLAMADOS, NÃO SE RECONHECENDO O RECLAMADO, PELOS MOTIVOS SUPRA EXPOSTOS. 4 BANCO SANTANDER TOTTA, S.A , ,00 O MONTANTE NÃO RECONHECIDO FOI PETICIONADO A TÍTULO DE DESPESAS JUDICIAIS E EXTRAJUDICIAIS, REFERENTE AO MÚTUO C/ HIPOTECA CONSTANTE DO ARTIGO 1º DA RECLAMAÇÃO DE S. ORA, A CREDORA NÃO JUNTOU QUALQUER DOCUMENTO COMPROVATIVO DA EFECTIVAÇÃO E/OU LIQUIDAÇÃO DAS DESPESAS PETICIONADAS, MOTIVO PELO QUAL NÃO SE RECONHECE O VALOR RESPECTIVO. Página 3

5 6 GE CONSUMER FINANCE IFIC - INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DE, S.A. MAFALDA CRISTINA MARTINS PEREIRA MAPA TRÊS - S NÃO RECONHECIDOS E RESPECTIVOS FUNDAMENTOS CREDITO NÃO RECONHECIDO CAPITAL JUROS OUTROS TOTAL OUTROS DADOS NÃO RECONHECIDOS FUNDAMENTOS 17,08 37,48 54,56 O MONTANTE NÃO RECONHECIDO DE 17,08 RESPEITA A JUROS RECLAMADOS, NÃO SENDO REFERIDA A TAXA DE JURO APLICADA, NEM O PERÍODO TEMPORAL DA SUA APLICAÇÃO, NEM O MONTANTE SOBRE O QUAL INCIDIRAM OS JUROS, IMPEDINDO-NOS DE VERIFICAR A EXACTIDÃO DOS CÁLCULOS EFECTUADOS. ASSIM, E PELOS MOTIVOS EXPOSTOS, DEVERÁ SER CONSIDERADA COMO NÃO RECONHECIDA A QUANTIA DE 17,08. ACRESCE QUE, O MONTANTE NÃO RECONHECIDO DE 37,48 É RESPEITANTE AOS VALORES PETICIONADOS A TÍTULO DE DESPESAS CONTRATUAIS, POIS NÃO FOI JUNTO NENHUM DOCUMENTO COMPROVATIVO DA EFECTIVAÇÃO E/OU LIQUIDAÇÃO DOS MONTANTES PETICIONADOS ,60 949, , ,86 Página 4

NÃO 3,03% SIM 4,65% SIM 6,70% DRª SANDRA CABRAL RAMOS RUA VIRIATO, N.º 27-1.º D DR. GONÇALO MENÉRES RUA BRAAMCAMP, 11-7.º TELEF:

NÃO 3,03% SIM 4,65% SIM 6,70% DRª SANDRA CABRAL RAMOS RUA VIRIATO, N.º 27-1.º D DR. GONÇALO MENÉRES RUA BRAAMCAMP, 11-7.º TELEF: 1 BANCO BANIF MAIS, S.A. AV. 24 DE JULHO, N.º 98 1200-870 LISBOA NIPC: 500 280 312 2 BANCO BNP PARIBAS PERSONAL FINANCE, S.A. R. TOMÁS DA FONSECA, TORRES DE LISBOA - TORRE G, 15.º 1600-209 LISBOA NIPC:

Leia mais

SIM 40,68% DRª GRAÇA PIRES DE MATOS R. SAMPAIO BRUNO, 53-2.º TELEF: TELEF: FAX: FAX: PORTO

SIM 40,68% DRª GRAÇA PIRES DE MATOS R. SAMPAIO BRUNO, 53-2.º TELEF: TELEF: FAX: FAX: PORTO 1 ACIPER MÓVEIS DE AÇO E PERFIS, LDA. R. DR. JOAQUIM PIRES DE LIMA, 388 4200-348 PORTO 2 ALIENSINVESTE - INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS UNIPESSOAL, LDA. (CESSÃO DE CRÉDITOS - JOSÉ MANUEL DA CONCEIÇÃO BRANCO)

Leia mais

Insolvência de CSAG - Promoção Imobiliária & Construção Civil, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos

Insolvência de CSAG - Promoção Imobiliária & Construção Civil, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos 2º Juízo Cível Processo nº 1696/11.3TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão Insolvência de CSAG - Promoção Imobiliária & Construção Civil, Lda.

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão J3 Processo nº 2565/16.6T8VNF Insolvência de Joaquim Manuel da Silva Faria e Isaura

Leia mais

J2 Processo nº 1101/14.3TBVCD Insolvência de José Manuel da Silva Martins e Adosinda Lopes Silva Apenso da Reclamação de Créditos

J2 Processo nº 1101/14.3TBVCD Insolvência de José Manuel da Silva Martins e Adosinda Lopes Silva Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de Santo Tirso J2 Processo nº 1101/14.3TBVCD Insolvência de José Manuel da Silva Martins e Adosinda Lopes Silva

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 3879/11.7TJVNF Insolvência de Cristiana Manuela Nogueira Marinho Pereira Apenso da

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão J1 Processo nº 3557/15.8T8VNF Insolvência de Moisés Mirra Ribeiro e Adosinda Pereira

Leia mais

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE

ALCIDES ANTÓNIO RELVAS SOARES e ROSA MARIA DA SILVA RAMOS SOARES LISTA A QUE SE REFERE O ART. 129.º CIRE MAPA UM - MONTANTE DOS CRÉDITOS RECONHECIDOS, NATUREZA E DISCRIMINAÇÃO VOTAÇÃO ASS. CRED. CREDITOS RECONHECIDOS JUROS VINCENDOS RECL N. REC. 156.º (3) REP NATUREZA MANDATÁRIO (1) CONT (5) CAPITAL JUROS

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da 4º Juízo Cível Processo nº 3165/08.0TJVNF Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão Insolvência de Manuel António Couto Alves e Zulmira Maria Santos Alves

Leia mais

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação;

do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresa: montante dos créditos, sua natureza e descriminação; J1 Processo nº 3065/14.4T8GMR Insolvência de Hagui - Representações, Lda. Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância Central de

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 2662/11.4TJVNF Insolvência de CARPICRUZ Indústria de Madeiras, S.A. Apenso da Reclamação

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão,

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Fafe 1º Juízo Processo nº 780/08.5TBFAF Insolvência de Vítor Manuel Paulino Gabriel V/Referência: Data: Nuno Rodolfo da Nova Oliveira

Leia mais

Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão

Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão J3 V/Referência: Processo nº 2817/16.5T8VNF Data: Processo Especial de Revitalização

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 10.767/11.5 TBVNG 1º Juízo Cível Insolvente: ANA ALEXANDRA DE OLIVEIRA PAIVA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila do Conde 1º Juízo Cível Processo nº 794/11.8TBVCD Insolvência de Ana Mónica Rebelo Marques Apenso da Reclamação de Créditos V/Referência:

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com. escritório na Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com. escritório na Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Gaia J1 Processo 1810/16.2T8VNG Insolvência de Deolinda Gomes Coelho da Silva V/Referência: Data:

Leia mais

Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão. 2º Juízo Cível Processo nº 1266/08.

Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão. 2º Juízo Cível Processo nº 1266/08. Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 2º Juízo Cível Processo nº 1266/08.3TJVNF Insolvência de DANIBETÃO Construções, Unipessoal, Lda Apenso da Reclamação

Leia mais

Matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Banco de Portugal (Rua do Ouro, 27, Lisboa)

Matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa Banco de Portugal (Rua do Ouro, 27, Lisboa) FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 710/11.7 TBVNG - 2º Juízo Cível Insolvente: JOSÉ MANUEL DA SILVA MACEDO Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 9.480/13.3 TBVNG 2º Juízo Cível Insolvente: FERNANDO JORGE MARTINS PEREIRA DA SILVA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos

Leia mais

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 9. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 17-Out Depósitos à ordem.

BANCO SANTANDER TOTTA, SA 9. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) Entrada em vigor: 17-Out Depósitos à ordem. 9. CONTAS DE DEPÓSITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 9.1. Depósitos à ordem Euros (Mín/Máx) 5. Comissão de Gestão 5.1. Super Conta Negócios, Tarifa Plana Super Global, Super Conta Negócios Restauração, Super

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 1.261/13.0 TBVNG 6º Juízo Cível Insolventes: JOSÉ LUIS MONTEIRO ALVES E MARIA ISOLINA SILVA AMORIM Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado

Leia mais

Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BNP PARIBAS LEASE GROUP, SA SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo [do(a) designação da instituição], contém o Folheto

Leia mais

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão,

Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na. Quinta do Agrelo, Rua do Agrelo, nº 236, Castelões, em Vila Nova de Famalicão, Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 2º Juízo Cível Processo nº 3709/09.0TJVNF Insolvência de Júlio da Costa Machado Gonçalves V/Referência: Data:

Leia mais

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 4.003/12.4 TBVFR 2º Juízo Cível Insolvente: FERNANDO C. PEREIRA SOUSA, LIMITADA Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira RELATÓRIO O presente RELATÓRIO, é elaborado nos termos

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 6.896/11.3 TBMTS 6º Juízo Cível Insolventes: PAULO ALEXANDRE SOUSA NOGUEIRA E MARIA DO CÉU ATAÍDE SOUSA VAQUEIRO Tribunal Judicial de Matosinhos RELATÓRIO O presente RELATÓRIO

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Cartão de Crédito Millennium bcp Fix A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL

Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Preçário DE LAGE LANDEN INTERNATIONAL, B.V. - SUCURSAL EM PORTUGAL SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 26-ago-2016 O Preçário

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Cartão de Crédito Millennium bcp Gold MasterCard A. ELEMENTOS

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de Insolvência n.º 2792 /15.3 T8STS Insolvente: PAULA CRISTINA PEREIRA LINO Comarca do Porto Instância Central 1ª Secção de Comércio Juiz 1 SANTO TIRSO RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado

Leia mais

FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A.

FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A. Preçário FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A. Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-04-2016 O preçário completo da FCA Capital Portugal

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código da Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 2844/10.6TJVNF Insolvência de Orlando César Pites Mateus Apenso da Reclamação de Créditos

Leia mais

Comissões Acresce Imposto Comissões Valores Sem Imposto Euros (min/máx) Valor Anual. 2. Comissão de Renovação , %

Comissões Acresce Imposto Comissões Valores Sem Imposto Euros (min/máx) Valor Anual. 2. Comissão de Renovação , % Entrada em vigor: 06-janeiro-2017 10.1. Linhas de Crédito e Contas Correntes Crédito de Curto Prazo em Conta Corrente 1. Comissão de Abertura 0,75% 250,00 / 4% 2. Comissão de Renovação / Gestão 0,75% 250,00

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de Insolvência n.º 2108/15.9 T8AVR Insolventes: DULCE MARIA FERREIRA REBELO E LUIS MIGUEL CUNHA SOUSA Comarca de Aveiro Instância Central 1ª Secção de Comércio Juiz 3 AVEIRO (ANADIA) RELATÓRIO O

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 1.089/12.5 TBMAI 4º Juízo Cível Insolventes: FERNANDA CARMINDA QUEIRÓS CORREIA E PAULO JORGE TEIXEIRA MENDES Tribunal Judicial da Maia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado

Leia mais

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial - Agente de Execução - JOSÉ CASTELO BRANCO Data: 11-04-2017 12:25 Processo Interno: PE-222/2012 Conservatória: 000513 Processo Tribunal: 3297/12.0T2SNT

Leia mais

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS

Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Preçário SOFINLOC - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 1-jul-2016 Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 5.216/14.0 TBVNG - UP 2 JUIZ 4 Insolvente: PAULA CRISTINA COSTA CAMPOS Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

Preçário. Volkswagen Bank GmbH - Sucursal Portugal SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário. Volkswagen Bank GmbH - Sucursal Portugal SUCURSAL. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário Volkswagen Bank GmbH Sucursal Portugal SUCURSAL Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 05Maio2017 O Preçário completo do VW Bank

Leia mais

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES Certidão Permanente Código de acesso: GP-1094-88962-010103-003679 DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES URBANO SITUADO EM: Forcada ÁREA TOTAL: 694 M2 ÁREA COBERTA: 214 M2 ÁREA DESCOBERTA: 480 M2 VALOR

Leia mais

LEILÃO VISITA: SOB MARCAÇÃO Vale da Estrada (Nave) Sarzedas - Castelo Branco / GPS: 39 50'04.3"N 7 38'33.9"W

LEILÃO VISITA: SOB MARCAÇÃO Vale da Estrada (Nave) Sarzedas - Castelo Branco / GPS: 39 50'04.3N 7 38'33.9W LEILÃO Insolvência: "Joel Conde & Fernandes, Lda." Processo de Insolvência n.º 1651/14.1TBBRG Comarca de Braga, Braga - Inst. Local - Secção Cível - J3 Por determinação do Exmo. Administrador de Insolvência,

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 5.987/13.0 TBVNG 6º Juízo Cível Insolventes: VITOR LEONEL FERREIRA DA SILVA E TERESA MARIA DO AMARAL PIRES DA SILVA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da Cofidis, contém

Leia mais

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 1845/13.7TJVNF Insolvência de Dulce Orquídea Barbosa Rodrigues Apenso da Reclamação

Leia mais

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos

J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos J3 Processo nº 689/15.6T8GMR Insolvência de Ana Paula Figueiredo Ferreira Sousa Lima Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 1ª Secção de Comércio da Instância

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL

PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 347/XII/2.ª FUNDO DE GARANTIA SALARIAL Exposição de motivos Apesar de ter sido criado há já mais de 10 anos e muito embora esteja previsto no artigo 336.º do Código

Leia mais

Relação de Bens. Insolvência de: CARLA SUSANA CARDOSO BALTAZAR. Segunda 5 de Setembro de h30. Condições Gerais

Relação de Bens. Insolvência de: CARLA SUSANA CARDOSO BALTAZAR. Segunda 5 de Setembro de h30. Condições Gerais Relação de Bens CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOS BENS MÓVEIS E IMÓVEIS 1. a. A venda de bens é pública, devendo os proponentes identificar-se correctamente, ou identificarem a sociedade que representam e,

Leia mais

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código

B Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Código Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Vila Nova de Famalicão 4º Juízo Cível Processo nº 2743/11.4TJVNF B Insolvência de Irmãos Pedro & Sílvia Indústria de Confecções, Lda

Leia mais

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO

Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Preçário BANCO CREDIBOM, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo do Banco Credibom, S.A., contém o Folheto de e Despesas (que

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155.º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Proc.º de Insolvência n.º 331/16.8 T8AMT Insolvente: LUÍS MANUEL GONÇALVES DE SOUSA Comarca do Porto Este Instância Central Secção de Comércio Juiz 2 Amarante RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado

Leia mais

PLANO de INSOLVÊNCIA

PLANO de INSOLVÊNCIA Alterações à PROPOSTA DE PLANO de INSOLVÊNCIA (Artº 192º e seguintes do CIRE) POLITROFA Indústria de Plásticos Reforçados, Lda Processo nº 3926/10.0TJVNF 4º Juízo Cível 4.1 Créditos do Estado Fazenda Nacional

Leia mais

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES Certidão Permanente Código de acesso: GP-1283-00329-110105-001201 RÚSTICO DENOMINAÇÃO: QUINTA CÉSAR, BENZUEIRO DE CIMA OU QUINTA DO VISCONDE DE VILA NOVA DE CERVEIRA SITUADO EM: Sitio da QUINTA CÉSAR,

Leia mais

MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata Rua Fernando Pessoa GPS: N 38º ',W 9º '

MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata Rua Fernando Pessoa GPS: N 38º ',W 9º ' Isabel Maria Moutinho Pereira Silva COMARCA DE LISBOA, LISBOA - INST. CENTRAL PROC. N.º 861/14.6T8LSB - 1ª SEC. COMÉRCIO - J4 INSOLVENTE: CARTA F E C H A D A MOITA - ALHOS VEDROS Quinta da Fonte da Prata

Leia mais

de Famalicão J3 V/Referência: Processo nº 2565/16.6T8VNF Data: Insolvência de Joaquim Manuel da Silva Faria e Isaura Adelina Ferreira da Silva Capela

de Famalicão J3 V/Referência: Processo nº 2565/16.6T8VNF Data: Insolvência de Joaquim Manuel da Silva Faria e Isaura Adelina Ferreira da Silva Capela Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão J3 V/Referência: Processo nº 2565/16.6T8VNF Data: Insolvência de Joaquim Manuel da Silva

Leia mais

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial - Agente de Execução - JOSÉ CASTELO BRANCO Data: 02-01-2017 15:31 Processo Interno: PE-438/2012 Conservatória: 000513 Processo Tribunal: 8681/12.6T2SNT

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Depósitos à Ordem Particulares Clientes Particulares, maiores de 18 anos Depósito à Ordem. Esta conta pode ser movimentada através

Leia mais

DESCRIÇÃO FRACÇÃO AUTÓNOMA

DESCRIÇÃO FRACÇÃO AUTÓNOMA DESCRIÇÃO FRACÇÃO AUTÓNOMA COMPOSIÇÃO: RÉS-DO-CHÃO, no BLOCO DOIS, com entrada pelo nº 85-E da Rua das Águas Férreas, destinado a comércio, com 52 m2. O(A) Ajudante Maria de Fátima Felgueiras Painhas de

Leia mais

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário COFIDIS SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada do Folheto de Comissões e Despesas

Leia mais

I Conteúdo do Plano de Insolvência (artigo 195º do C.I.R.E.):

I Conteúdo do Plano de Insolvência (artigo 195º do C.I.R.E.): Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Administrador da Insolvência da SOLOURO Vinhos, S.A., vem nos termos do nº 2 do artigo 193º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas (C.I.R.E.), apresentar

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço 1.3. Contactos BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Praça Marquês de Pombal, 3 3º, 1250-161

Leia mais

EDITAL INSOLVÊNCIAS VENDA DE BENS

EDITAL INSOLVÊNCIAS VENDA DE BENS EDITAL INSOLVÊNCIAS VENDA DE BENS FAZ-SE SABER que, pela Administradora da Insolvência, ouvidos os credores, os credores hipotecários, as comissões de credores e os insolventes, conforme aplicável, nos

Leia mais

PARTE C MINISTÉRIO DAS FINANÇAS (2) Diário da República, 2.ª série N.º 50 9 de março de Gabinete do Ministro

PARTE C MINISTÉRIO DAS FINANÇAS (2) Diário da República, 2.ª série N.º 50 9 de março de Gabinete do Ministro 9052-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 50 9 de março de 2012 PARTE C MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Gabinete do Ministro Despacho n.º 3568-A/2012 Em execução do disposto no Decreto -Lei n.º 42/91, de 22

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 3.048/10.3 TBMAI 3º Juízo Cível Insolventes: JOÃO MANUEL REBELO MARTINS E MARIA DA GRAÇA ASCENSÃO MOREIRA Tribunal Judicial da Maia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos

Leia mais

ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA

ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA 1 Objecto É objecto do presente procedimento a alienação de edifícios das escolas do 1.º ciclo desactivadas, no estado em

Leia mais

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD SPORTING CLUBE DE PORTUGAL FUTEBOL, SAD Sociedade Aberta Capital Social: 39 000 000 euros Capital Próprio: (75.593.000) euros aprovado em Assembleia Geral de 28 de Setembro de 2012 Sede Social: Estádio

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º do Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de Vila Nova de Famalicão J2 Processo nº 421/15.4T8VNF Insolvência de João Cunha & Carlos Cunha, Lda. Apenso da

Leia mais

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º

Anexo A Relação dos créditos reconhecidos, nos termos do nº 2 do artigo 129º J2 Processo nº 1156/15.3T8VNF Insolvência de Carlos Alberto Azevedo Silva Apenso da Reclamação de Créditos Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito da 2ª Secção de Comércio da Instância Central de

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM SEDE DE PROCESSO DE EXECUÇÃO

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM SEDE DE PROCESSO DE EXECUÇÃO De boas MANUAL DE BOAS PRÁTICAS EM SEDE DE PROCESSO DE EXECUÇÃO INTRODUÇÃO A instalação deste Juízo e a reunião de todas as acções executivas pendentes na Ilha da Madeira, impôs a necessidade de articular

Leia mais

ALCANENA PORTO DE MÓS

ALCANENA PORTO DE MÓS Construções Pastilha & Pastilha, S.A. COMARCA DE LEIRIA, ALCOBAÇA - INST. CENTRAL PROC. N.º 1772/09.2TBPMS - 2ª SEC. COMÉRCIO - J1 INSOLVENTE: NEGOCIAÇÃO P A R T I C U L A R ALCANENA PORTO DE MÓS RECEÇÃO

Leia mais

Guimarães. Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na

Guimarães. Nuno Rodolfo da Nova Oliveira da Silva, Economista com escritório na Exmo(a). Senhor(a) Doutor(a) Juiz de Direito do Tribunal Judicial de Guimarães 4º Juízo Cível Processo nº 1610/09.6TBGMR Insolvência de OURIGUIMA - Joalheiros, Lda V/Referência: Data: Nuno Rodolfo da Nova

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES - GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Nº Conta: Nº Contribuinte: Data: 2 6 / 1 1 / 2 0 1 2 A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação

Leia mais

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto

AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto AUTO DE PENHORA Portaria n.º 282/2013 de 29 de Agosto PE/1184/2013 1 Tribunal da execução Setúbal - Tribunal Judicial 4º Juízo Cível 2 Tribunal deprecado ---- 3 Processo n.º 6202/13.2TBSTB Ofício n.º 4

Leia mais

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial - Agente de Execução (Sol.) - MARIA EMÍLIA CATRAU Data: 13-05-2016 12:22 Processo Interno: PE-76/2015 Conservatória: 000513 Processo Tribunal: 17973/12.3T2SNT

Leia mais

Manuel Nogueira Martins

Manuel Nogueira Martins Processo Especial de Revitalização PER Comarca de Leiria Alcobaça Inst. Central 2ª Sec. Comércio J2 Proc. N.º 804/15.0T8ACB 2.º Juízo Administrador Judicial Provisório: Orlando José Ferreira Apoliano Carvalho

Leia mais

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial - Agente de Execução (Sol.) - MARIA EMÍLIA CATRAU Data: 16-05-2016 10:40 Processo Interno: PE-599/2012 Conservatória: 000441 Processo Tribunal: 18947/12.0T2SNT

Leia mais

Lisboa, 15 de janeiro de Estimado(a) Cliente,

Lisboa, 15 de janeiro de Estimado(a) Cliente, Lisboa, 15 de janeiro de 2013 Estimado(a) Cliente, Informamos que o Preçário será atualizado nos termos a seguir indicados, com entrada em vigor a partir do dia 23 de abril de 2013, com exceção das comissões

Leia mais

Processo de Insolvência de José Rosa Machado Franco e Maria Odete Gomes da Cruz Franco

Processo de Insolvência de José Rosa Machado Franco e Maria Odete Gomes da Cruz Franco Termos da venda a realizar, tendo por objecto os bens que integram a massa insolvente: 1. Bens a serem vendidos: Bens imóveis que integram a massa insolvente, os quais se encontram descritos na parte final

Leia mais

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL CXGLDOED_20170101 Caixa Gold Ordem dos Engenheiros CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação CAIXA

Leia mais

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.»

DOSSIER PARA EVENTO. «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» DOSSIER PARA EVENTO «Construtora da Bairrada - Sociedade de Construções S.A.» Processo n.º 801/12.7T2AVR Juízo Comércio Aveiro Comarca Baixo Vouga LEILÃO: Data: Sexta-feira, 14 de Outubro de 2016 Hora:

Leia mais

1.1. Denominação Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S.A.

1.1. Denominação Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S.A. FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação Banco Bilbao

Leia mais

Preçário. Cofidis SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA

Preçário. Cofidis SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Preçário Cofidis SUCURSAL DE INSTITUIÇÃO DE CRÉDITO CRÉDITO COM SEDE NA UNIÃO EUROPEIA Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor do Folheto

Leia mais

DISTRITO: 01 - AVEIRO CONCELHO: 05 - AVEIRO FREGUESIA: 16 - REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ ARTIGO MATRICIAL: 2536 NIP:

DISTRITO: 01 - AVEIRO CONCELHO: 05 - AVEIRO FREGUESIA: 16 - REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ ARTIGO MATRICIAL: 2536 NIP: CADERNETA PREDIAL URBANA SERVIÇO DE FINANÇAS: 3417 - AVEIRO-2. IDENTIFICAÇÃO DO PRÉDIO DISTRITO: 01 - AVEIRO CONCELHO: 05 - AVEIRO FREGUESIA: 16 - REQUEIXO, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA E NARIZ ARTIGO MATRICIAL:

Leia mais

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR

NEGOCIAÇÃO PARTICULAR NEGOCIAÇÃO PARTICULAR Insolvência: "Fruti Cordeiro, Lda." Processo de Insolvência n.º 2578/15.5T8ACB Comarca de Leiria, Alcobaça - Inst. Central - 2ª Secção Comércio Por determinação do Exmo. Administrador

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Modalidade Meios de Movimentação Conta Depósitos à Ordem Particulares Clientes Particulares, maiores de 18 anos Depósito à Ordem. Esta conta pode ser movimentada através

Leia mais

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO

CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO CATÁLOGO INSOLVÊNCIA DE RICARDO JORGE ALMEIDA REBELO TRIBUNAL DA COMARCA DE LEIRIA - ALCOBAÇA INSTÂNCIA CENTRAL - 2ª SECÇÃO COMÉRCIO J1 PROCESSO Nº 676/14.1T8ACB 8 de fevereiro 3ª Feira 17h00 Rua Manuel

Leia mais

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto:

Ex. m.ºs Senhores Subdirectores- Gerais Directores de Serviços Directores de Finanças Representantes da Fazenda Pública. Assunto: Classificação: 000.01.09 DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DO IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DAS PESSOAS COLECTIVAS Ofício n.º: Processo: Entrada Geral: N.º Identificação Fiscal (NIF): Sua Ref.ª: Técnico: João Sousa Cód.

Leia mais

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES

Certidão Permanente. Código de acesso: GP DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES Certidão Permanente Código de acesso: GP-1165-27277-010305-003401 DESCRIÇÕES - AVERBAMENTOS - ANOTAÇÕES URBANO SITUADO EM: Bouça ÁREA TOTAL: 3200 M2 ÁREA COBERTA: 388 M2 ÁREA DESCOBERTA: 2812 M2 MATRIZ

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA Entre: --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- [nome completo], portador do cartão de cidadão

Leia mais

VISITAS POR MARCAÇÃO PRÉVIA

VISITAS POR MARCAÇÃO PRÉVIA Tribunal de Família e Menores e de Comarca do Seixal / Processo n.º 6414/13.9 TBSXL - 3º Juízo Cível Insolvência de: Joaquim Manuel Duarte Carvalho e Anabela Lemos Alves Silva de Carvalho Local: Rua José

Leia mais

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato

Contrato n.º 12/2015. É celebrado o presente contrato que se regerá pelo disposto nas cláusulas seguintes: Cláusula 1ª. Objeto do Contrato CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA AS ATIVIDADES PRÁTICAS DOS ALUNOS DO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE JOVENS DE PANIFICAÇÃO E PASTELARIA E DO CURSO PROFISSIONAL DE RESTAURAÇÃO DO AGRUPAMENTO

Leia mais

PARTE F REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Diário da República, 2.ª série N.º 24 4 de fevereiro de Secretaria Regional do Plano e Finanças

PARTE F REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Diário da República, 2.ª série N.º 24 4 de fevereiro de Secretaria Regional do Plano e Finanças 3484 Diário da República, 2.ª série N.º 24 4 de fevereiro de 2014 PARTE F REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Secretaria Regional do Plano e Finanças Gabinete do Secretário Regional Despacho n.º 1/2014/M Em execução

Leia mais

Exm.º Senhor: Vereador do Pelouro do Município de Monforte

Exm.º Senhor: Vereador do Pelouro do Município de Monforte Registo de Entrada N.º Proc.º Em / / Funcionário: Informação - Prosseguir seus termos Em / / A Responsável da UOFUOSU Despacho - Prosseguir seus termos Em / / O Vereador do Pelouro Identificação do Munícipe

Leia mais

CARTA AZAMBUJA INSOLVENTE: VISITAS P/ MARCAÇÃO. Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL

CARTA AZAMBUJA INSOLVENTE: VISITAS P/ MARCAÇÃO. Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL CARTA F INSOLVENTE: E C H A D A AZAMBUJA Danielar Imobiliária, Lda. Avenida Condes de Azambuja SETÚBAL TRIBUNAL DO COMÉRCIO DE LISBOA PROC. N.º 174/10.0TYLSB- 1º JUÍZO Rua Cidade de Debrecen ACEITAM-SE

Leia mais

AVISO Nº 08/2011 de 15 de Julho

AVISO Nº 08/2011 de 15 de Julho AVISO Nº 08/2011 de 15 de Julho Havendo a necessidade de estabelecer regras complementares à regulação do processo de instrução do pedido de constituição, bem como estabelecer os requisitos mínimos de

Leia mais

O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 919/12.6 TBPRG 2º Juízo Insolvente: SOCIEDADE AGRÍCOLA REGUEIRO & PINTO HESPANHOL, LIMITADA Tribunal Judicial de Peso da Régua RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA EM MATÉRIA DE CRÉDITO AOS CONSUMIDORES, EM CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL Cartão de Crédito Millennium bcp M Ordenado A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO DE GESTÃO DE RECLAMAÇÕES

SERVIÇO DE GESTÃO DE RECLAMAÇÕES O serviço de gestão de reclamações De acordo com o artigo nº 157.º da Lei n.º 14/2015, de 9 de Setembro, referente ao regime jurídico de acesso e exercício da actividade seguradora e resseguradora, as

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Índice Geral...5 Nota dos Autores...7 Lei n.º 16/2012, de 20 de Abril...9 CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS

ÍNDICE SISTEMÁTICO. Índice Geral...5 Nota dos Autores...7 Lei n.º 16/2012, de 20 de Abril...9 CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS ÍNDICE SISTEMÁTICO Índice Geral...5 Nota dos Autores...7 Lei n.º 16/2012, de 20 de Abril...9 CÓDIGO DA INSOLVÊNCIA E DA RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Título I - Disposições introdutórias... 29 Capítulo I - Disposições

Leia mais

CONVOCATÓRIA. Sociedade Aberta - Capital Social ,00 - Pessoa Colectiva n.º C.R.C. Lisboa

CONVOCATÓRIA. Sociedade Aberta - Capital Social ,00 - Pessoa Colectiva n.º C.R.C. Lisboa JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Rua Tierno Galvan, Torre 3 9.º J, Lisboa Capital Social de Euro 629.293.220,00 Matricula na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa e NIPC: 500 100 144

Leia mais

Relação de Bens Insolvência de: ANTONIO MARIA GONÇALVES MARIA AMELIA DAMIAO RAMALHO

Relação de Bens Insolvência de: ANTONIO MARIA GONÇALVES MARIA AMELIA DAMIAO RAMALHO Relação de Bens CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA DOS BENS MÓVEIS E IMÓVEIS 1. a. A venda de bens é pública, devendo os proponentes identificar-se correctamente, ou identificarem a sociedade que representam e,

Leia mais