POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de 2016"

Transcrição

1 POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INTERNA DA UNIMED CAMPO GRANDE Núcleo de Comunicação e Marketing agosto de INTRODUÇÃO A imagem da Unimed Campo Grande é uma responsabilidade de todos. A forma como nos comunicamos e relacionamos é muito relevante, já que a imagem da instituição está em jogo em qualquer atividade que envolva um interlocutor da Cooperativa com seus diversos públicos de relacionamento. Seja por meio de contatos telefônicos, s, apresentações, palestras, comunicados, publicações institucionais ou qualquer outra circunstância em que o nome da organização esteja envolvido. É muito importante que todos os setores, independente do nível hierárquico, usem a mesma linguagem, formatação, slogan e identidade visual. Essa unificação é vista como sinônimo de organização e transmite confiabilidade. 2. MISSÃO DA COMUNICAÇÃO INTERNA Contribuir com a missão e ações estratégicas da Cooperativa a partir da excelência na comunicação interna e da definição de diretrizes para comunicações com os diversos públicos de relacionamento, mantendo e fortalecendo a credibilidade da marca. 3. OBJETIVO 3.1Manter uma comunicação dinâmica e educativa, capaz de motivar o público interno e comprometê-lo com os objetivos estratégicos do negócio; 3.2 Apoiar todas as áreas da Cooperativa no desenvolvimento de ações de comunicação; 3.3 Facilitar a comunicação trabalhando de forma padronizada, clara e objetiva;

2 3.4 Manter um padrão para os canais de comunicação, de forma que todos sigam uma linguagem unificada e sigam as diretrizes da marca; 3.5 Monitorar e zelar pela integridade da marca mantendo uma boa imagem organizacional. 4. PÚBLICOS DE RELACIONAMENTO DA UNIMED CAMPO GRANDE 5. GESTÃO DA POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO 5.1A comunicação interna deve ser coordenada pelo NUC - Núcleo de Comunicação e Marketing, sob gestão da Gerência de Mercado e Superintendência de Negócios. Cabe exclusivamente a ele a avaliação das necessidades, adequações e formatações dos conteúdos a serem divulgados. As demais áreas não podem criar nenhum tipo de conteúdo para divulgações ou materiais gráficos que não tenham a validação do NUC. 5.2 Só é permitida a utilização dos canais de comunicação interna para conteúdos relevantes e de interesse corporativo. Assuntos de interesse pessoalou que não estejam alinhados com a estratégia da Cooperativa não serão divulgados. 5.3 As diretrizes de utilização da marca da Unimed do Brasil devem ser utilizadas pelo NUC em suas produções, embasando-se pelo Manual de Utilização da Marca.

3 5.4 As diretrizes de redação da Unimed do Brasil devem ser utilizadas pelo NUC em suas produções textuais, embasando-se pelo Manual de Redação. 5.5 O NUC deve aprovar com as áreas solicitantes apenas informações referentes ao conteúdo dos materiais, sendo que características de layout e texto, como utilização de cores, linguagens, formatos, imagens e fontes, ficam a critério do setor de Comunicação e Marketing. 5.6 As solicitações devem vir de forma clara e objetiva. Nos casos de criação gráfica, deve-se respeitar o modelo de briefing estabelecido pelo NUC via formulário e disponibilizado a todos os setores sempre que necessário. 5.7Para criação de campanhas internas será seguido cronograma anual aprovado previamente. Ações que não estão contempladas no cronograma só serão trabalhadas sob orientação da diretoria ou superintendência. 5.8Não serão produzidos layouts para divulgação de conteúdos referentes a regras corporativas, mudanças de determinado procedimento interno ou demais assuntos que não necessitem de criação gráfica para atingir uma eficácia em sua comunicação. 5.9Nenhum colaborador está autorizado a criar redes sociais (página, perfis, etc.) e/ou grupos na internet que envolvam a marca. Somente o NUC tem essa autorização em alinhamento com diretores e superintendência. 6. RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA 6.1 PORTA-VOZES - Podem falar publicamente em nome da Unimed Campo Grande seus diretores e superintendente ou demais colaboradores e cooperados previamente indicados por eles ou pelo Núcleo de Comunicação e Marketing.

4 6.2 Todas as entrevistas devem ser previamente aprovadas e devidamente alinhadas com o NUC. Os assuntos manifestados pelos entrevistados estão restritos às áreas de atuação às quais estão vinculados, salvo autorizados pela linha hierárquica a abordar assuntos complementares ou corporativos. 6.3 Todos os colaboradores devem seguir as orientações do Manual de Atendimento de Imprensa - para colaboradores da Unimed Campo Grande, disponibilizado no Portal docolaborador/uninet. 6.4 GERENCIAMENTO DE CRISE Fica sob responsabilidade do NUC preservar a imagem e reputação da cooperativa por meio do gerenciamento de crises embasado pelo Manual de Crise e Relacionamento com a Imprensa da Unimed Campo Grande. 7. ENCAMINHAMENTO DE SOLICITAÇÕES 7.1 As solicitações devem ser encaminhadas ao NUC via , sendo: demandas de criação gráfica, campanhas, materiais publicitários, manuais, comunicação visual, brindes, papelaria, orientações sobre utilização da marca, veiculações na mídia, patrocínio e apoio a eventos. produção de textos, informes, envio de comunicados, conteúdo para o site da Cooperativa, cobertura de eventos, demandas de imprensa. 8. PRAZOS 8.1 Peças publicitárias simples (banner, folheto, mkt, folder, cartaz, etc): 07 (sete) dias úteis de antecedência. 8.2 Campanhas (divulgações mais amplas e contínuas, que contém várias peças): 20 (vinte) dias úteis de antecedência.

5 8.3 Notícias para o portal: 03 (três) dias úteis de antecedência. 8.4 Divulgação via assessoria de imprensa: 03 (três) dias úteis de antecedência. 8.5 Cobertura de eventos/ações: 05 (cinco) dias úteis de antecedência. 9. CANAIS COMUNICAÇÃO COM COLABORADORES 9.1 COMUNICADOS INTERNOS - s informativos que possibilitam uma comunicação clara e rápida. - Periodicidade - sempre que necessário. 9.2 MURAL - Canal impresso. - Cartazes personalizados sobre assuntos de interesse dos colaboradores inseridos nos murais de mais destaque dentro da sede e hospital. - Periodicidade - Mensal 9.3 WALL PAPER - Tela de fundo dos computadores com mensagens informativas. - Periodicidade - sempre que necessário. 9.4 ASSINATURA DE - Assinaturas padronizadas que transmitem mensagens de interesse estratégico da Cooperativa. - Periodicidade de troca sempre que necessário. 9.5 UNINET - Canal para informações sobre a Cooperativa e seus colaboradores. 9.6 ACONTECEU NA UNIMED - Canal para divulgação dos eventos que ocorrem na Cooperativa.

6 10. CANAIS COMUNICAÇÃO COM COOPERADOS 10.1 NDH ON LINE - s informativos que possibilitam uma comunicação clara e rápida. - Periodicidade - sempre que necessário PANORAMA - Canal impresso e eletrônico. - Revista com conteúdos gerais de interesse dos cooperados. - Periodicidade semestral APP COOPERADO - Conteúdos de interesse disponibilizados no APP do Cooperado MATERIAIS IMPRESSOS - Canal impresso. - Folders distribuídos no NDH ou em visita a cooperados TELEVISÕES INTERNAS - Conteúdos divulgados em tela de TV no NDH SMS - SMS via celular INTERAGIS - Conteúdos de interesse divulgados via Sistema Interagis CANAL DO COOPERADO - Espaço exclusivo dentro do portal para conteúdos direcionados aos cooperados.

7 10.9 ATUAÇÃO NEWS - Conteúdos sobre judicialização da saúde. - Periodicidade mensal. 11.GESTÃO DA MARCA Todos os conteúdos a serem divulgados nos canais de comunicação interna da Cooperativa são de responsabilidade do NUC, não sendo permitida a utilização dos mesmos por outras áreas sem que encaminhem prévia solicitação. As ações de comunicação emanadas pelos diversos setores da empresa carregam mensagens e têm o poder de produzir identidade, imagem e reputação. Por isso, é de fundamental importância comunicarmos corretamente em nome da Unimed Campo Grande, evitando ruídos ou equívocos de leitura e interpretação, que podem ser prejudiciais à percepção da marca junto aos públicos aos quais a Cooperativa se relaciona.

Prover soluções eficientes e flexíveis de TIC para que a Unifesp cumpra sua missão.

Prover soluções eficientes e flexíveis de TIC para que a Unifesp cumpra sua missão. O Departamento de Comunicação Institucional (DCI Unifesp) está subordinado à Reitoria e tem como função estabelecer as diretrizes de uma política global de comunicação para a Unifesp. Missão Prover soluções

Leia mais

NORMA OPERACIONAL 01/2014. Regras e normas de comunicação interna e publicações

NORMA OPERACIONAL 01/2014. Regras e normas de comunicação interna e publicações NORMA OPERACIONAL 01/2014 Regras e normas de comunicação interna e publicações O Presidente e Diretor Geral da Fundação Comunitária Tricordiana de Ensino, no uso de suas atribuições e tendo em vista a

Leia mais

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM

Assessoria de Comunicação Social - ASCOM UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Assessoria de Comunicação Social - ASCOM Petrolina - PE Julho de 2016 2ª Versão Apresentação A Assessoria de Comunicação Social (Ascom) da Univasf tem como

Leia mais

Solicitações de divulgação no Broadcast

Solicitações de divulgação no Broadcast BROADCAST O broadcast é a ferramenta para envio de informes de caráter excepcional e/ou emergencial. É destinado à comunicação de assuntos de cunho informativo e administrativo, sem periodicidade fixa.

Leia mais

Nº Versão/Data: Validade: /10/2015 OUTUBRO/2016 MKT. 02 CRIAÇÃO MACROPROCESSO MARKETING E COMUNICAÇÃO PROCESSO CRIAÇÃO

Nº Versão/Data: Validade: /10/2015 OUTUBRO/2016 MKT. 02 CRIAÇÃO MACROPROCESSO MARKETING E COMUNICAÇÃO PROCESSO CRIAÇÃO 1 de 9 CRIAÇÃO MACROPROCESSO E COMUNICAÇÃO PROCESSO CRIAÇÃO CRIAÇÃO 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 Preenchimento do Formulário... 2 4.2 ANÁLISE

Leia mais

Manual de. Identidade Visual

Manual de. Identidade Visual Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Apresentação Apresentação...02 Logotipo Simbologia...03 Cor...04 Versão Policromática...05 Formas Incorretas...07 Referência de Logomarca...08 Materiais

Leia mais

Normas de Comunicação Interna e Publicações

Normas de Comunicação Interna e Publicações Normas de Comunicação Interna e Publicações (Anexo Único da Resolução 033/2016) COMUNICAÇÃO E MARKETING Regras e normas de comunicação interna e publicações O Setor de Comunicação e Marketing da Universidade

Leia mais

PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014.

PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014. PORTARIA CRCMG Nº 75, DE 17 DE JULHO DE 2014. Institui o Regulamento de Divulgação de Informações nos Meios de Comunicação do CRCMG. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS,

Leia mais

PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1

PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1 PANORAMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING 1 PANOROMA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING Objetivo: apresentar trabalhos realizados pela Assessoria de Comunicação da ANAFE Meta: Colher orientações para elaboração do Plano

Leia mais

Comunicação no Banco Central

Comunicação no Banco Central Comunicação no Banco Central Nossa pauta Por que se comunicar Comunicação corporativa como campo de trabalho Produtos e veículos de comunicação no Banco Central Bons produtos e bons resultados Dificuldades

Leia mais

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA

Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA Plano de Campanha Equidade de Gênero e Raça Sumário 1. Objetivos... 3 2. Público... 3 3. Slogan e Conceito...3 4. Realização... 3 5. Peças Publicitárias (publicidade)...3

Leia mais

SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO!

SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO! SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO! Oferecemos um conjunto de serviços que, alinhados de maneira estratégica, formam uma comunicação completa e de resultado. Oferecemos media solutions, e para isso, nós da

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES

HISTÓRICO DAS REVISÕES GESTÃO DA COMUNICAÇÃO Página 1 de 8 HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO 00 06/02/2015 Emissão inicial 1. OBJETIVO Estabelecer uma sistemática de gestão da comunicação organizacional. 2. CAMPO

Leia mais

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob:

1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: 1. Esta Política Institucional de Comunicação e Marketing do Sicoob: a) visa estabelecer diretrizes sistêmicas aplicáveis à execução do Planejamento Estratégico em vigência, no que se refere às ações de

Leia mais

1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO, REDES SOCIAIS, WEB E COMUNICAÇÃO.

1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO, REDES SOCIAIS, WEB E COMUNICAÇÃO. CONTRATO PREST. SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO, REDES SOCIAIS, WEB E COMUNICAÇÃO. Cliente: Denominada Contratante Responsável: Nome do responsável 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DESIGN GRÁFICO, REDES SOCIAIS,

Leia mais

ATOS DO GABINETE DO DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 26, DE 07 DE MARÇO DE 2017.

ATOS DO GABINETE DO DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 26, DE 07 DE MARÇO DE 2017. ATOS DO GABINETE DO DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 26, DE 07 DE MARÇO DE 2017. Dispõe sobre os procedimentos para a solicitação de material gráfico e publicitário encaminhados para

Leia mais

O que é? A Comunicação Integrada alinha toda a estratégia, as ações e os produtos dos 4 setores da comunicação corporativa.

O que é? A Comunicação Integrada alinha toda a estratégia, as ações e os produtos dos 4 setores da comunicação corporativa. O que é? Entender e trabalhar a comunicação de uma empresa ou instituição de forma estratégica e integrada, alinhando produtos e ações dos diversos segmentos em prol de objetivos comuns. A Comunicação

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Comunicação Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº 12.659/06 e Nº 15.052 I - Secretaria Executiva: - assessorar o Secretário Municipal no exercício de suas atribuições;

Leia mais

UMA MARCA EM PROL DO SISTEMA UNIMED

UMA MARCA EM PROL DO SISTEMA UNIMED UMA MARCA EM PROL DO SISTEMA UNIMED AGENDA 1. A Importância do Branding 2. A Marca Unimed 3. Outras entregas do MKT 4. Diretrizes da Comunicação 5. Papel da Sustentabilidade e NDH 6. Ações do CAS 7. Outras

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão. Responsável: Supervisor de Marketing Revisado em: 10/11/2016

Procedimento Operacional Padrão. Responsável: Supervisor de Marketing Revisado em: 10/11/2016 Objetivos Relacionar todos os e-mails e números de telefones da AD, definir aplicação/utilização e responsáveis pela gestão e atendimento das caixas de e-mail e linhas telefônicas. Glossário Relação de

Leia mais

Política de Comunicação Integrada do Sistema Eletrobrás

Política de Comunicação Integrada do Sistema Eletrobrás Política de Comunicação Integrada do Sistema Eletrobrás Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 3 1 OBJETIVOS Promover a comunicação integrada entre as empresas do Sistema e

Leia mais

CONTRATO N 21/2016 Plano de Comunicação da Estratégia

CONTRATO N 21/2016 Plano de Comunicação da Estratégia CONTRATO N 21/2016 Plano de Comunicação da Estratégia Elaboração e Implantação do Planejamento Estratégico e do Plano de Desenvolvimento Institucional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

QUEM SOMOS. Sem dispersão A MUNDOCOOP É UMA EMPRESA DE COMUNICAÇÃO ESPECIALIZADA NO SETOR COOPERATIVISTA.

QUEM SOMOS. Sem dispersão A MUNDOCOOP É UMA EMPRESA DE COMUNICAÇÃO ESPECIALIZADA NO SETOR COOPERATIVISTA. QUEM SOMOS A MUNDOCOOP É UMA EMPRESA DE COMUNICAÇÃO ESPECIALIZADA NO SETOR COOPERATIVISTA. Com a missão de transformar informação em conhecimento, a MundoCoop faz a mais ampla e abrangente cobertura jornalística

Leia mais

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed Diretriz Nacional de Comunicação Sistema Unimed Diretriz de Comunicação Definição Política ou Diretriz de Comunicação é um processo articulado de definição de valores, objetivos, diretrizes, normas e estruturas,

Leia mais

Todas as ações devem ser pré-aprovadas pela organização.

Todas as ações devem ser pré-aprovadas pela organização. (com exceção das ações: veiculação de banner no site do evento, veiculação de banner nos e-mails marketing do evento, veiculação de banner na rede social do evento e anúncio no folder do fórum.) BENEFÍCIOS

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES

HISTÓRICO DAS REVISÕES Página 1 de 7 HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO 00 06/02/2015 Emissão inicial 1. OBJETIVO Criar uma sistemática de produção e disseminação de notícias institucionais para os diversos públicos

Leia mais

Nada mais que possibilidades. Nada mais que desejos. E, de repente, ser realização, ser verão, ter sol. Rainer Maria Rilke

Nada mais que possibilidades. Nada mais que desejos. E, de repente, ser realização, ser verão, ter sol. Rainer Maria Rilke CAPA Nada mais que possibilidades. Nada mais que desejos. E, de repente, ser realização, ser verão, ter sol. Rainer Maria Rilke Ah, o verão! Essa estação chega para recarregar nossas energias, nos deixar

Leia mais

O QUE É E O QUE NÃO É

O QUE É E O QUE NÃO É O QUE É E O QUE NÃO É COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL MANUAL DE BOAS PRÁTICAS INSTITUTO FEDERAL Sertão Pernambucano Coordenação de Comunicação e Eventos O QUE É E O QUE NÃO É COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL MANUAL

Leia mais

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE

A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE A COMUNICAÇÃO INTERNA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO USINA CORURIPE APRESENTAÇÃO: Anderson Tsuchida Jornalista, Publicitário e Pós Graduado em Comunicação Empresarial Por que a Comunicação Interna é tão

Leia mais

Procedimento Geral. Denominação: Procedimento Geral de Comunicação Interna e Externa. Emissão: 29/10/2014 Revisão : 14/11/2016.

Procedimento Geral. Denominação: Procedimento Geral de Comunicação Interna e Externa. Emissão: 29/10/2014 Revisão : 14/11/2016. Denominação: Procedimento de Comunicação Interna e Externa Dono do Processo: Tipo do Doc. Emissão: 29/10/2014 Revisão : 14/11/2016 Empresa Área Numero Rev: 01 Controle de alterações Revisão Data Local

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016. Dispõe sobre regulamentação de normas e procedimentos para realização de eventos acadêmicos e administrativos, cerimonial e protocolo

Leia mais

Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios

Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios Política de Responsabilidade Social, Doações e Patrocínios Política de Responsabilidade Sumário Introdução Objetivo Aprovação Patrocínios 3 4 5 6 1. Categorias de Patrocínios 6 2. Patrocínios via Leis

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E ARTES Curso de Publicidade e Propaganda

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E ARTES Curso de Publicidade e Propaganda UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO E ARTES Curso de Publicidade e Propaganda CAMPANHA DE FIDELIZAÇÃO PARA O TÊNIS CLUBE SÃO JOSÉ UTILIZANDO ESTRATÉGIAS DO MARKETING DE RELACIONAMENTO

Leia mais

Comunicação Sistema CNDL

Comunicação Sistema CNDL Comunicação Sistema CNDL Objetivos Posicionar a Comunicação do Sistema CNDL de acordo com as diretrizes do planejamento 2015-2017 Alcançar uma comunicação consistente e padronizada para os públicos Gerar

Leia mais

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO

PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO PORTAL SOLICITAÇÃO DE EXAMES 1ª EDIÇÃO Sumário Objetivo... 3 Cadastro Portal Unimed Curitiba... 4 Acesso ao Portal de Solicitação SP/SADT... 6 1.Login Acesso... 9 2.Identificação... 9 2.1 Identificações:

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 01/2016 DICOM PROCEDIMENTOS, FLUXOS E PRAZOS PARA SERVIÇOS DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO GRÁFICA E AUDIOVISUAL 1 INTRODUÇÃO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 01/2016 DICOM PROCEDIMENTOS, FLUXOS E PRAZOS PARA SERVIÇOS DE CRIAÇÃO E PRODUÇÃO GRÁFICA E AUDIOVISUAL 1 INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO Avenida NS 15, Quadra 109 Norte Plano Diretor Norte Sala 204, Bloco IV, Câmpus de Palmas 77001-090 Palmas/TO (63) 3232-8051 www.uft.edu.br/comunicacao

Leia mais

Manual de Instruções: Comunicação da DIRCOM

Manual de Instruções: Comunicação da DIRCOM Manual de Instruções: Comunicação da DIRCOM Manual de Instruções de Comunicação da Dircom A Diretoria de Gestão da Comunicação (Dircom) da UTFPR, órgão ligado à Reitoria, foi criada em julho de 2008 e

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL

APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL APRESENTAÇÃO DA CERTIFICAÇÃO OCUPACIONAL A Agência de Certificação Ocupacional (ACERT) é parte integrante da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM) Centro de Modernização e Desenvolvimento da Administração

Leia mais

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio OAB-GO de Jornalismo é um concurso jornalístico instituído pela Seção de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil para premiar matérias

Leia mais

Intranet: solução que otimiza a comunicação interna na sua Unimed

Intranet: solução que otimiza a comunicação interna na sua Unimed Intranet: solução que otimiza a comunicação interna na sua Unimed Um pouco sobre o Portal O Portal Unimed é uma empresa de tecnologia, responsável por fornecer soluções web, contribuindo para a comunicação,

Leia mais

REGULAMENTO SIMULADO MAXI COLÉGIO MAXI LONDRINA

REGULAMENTO SIMULADO MAXI COLÉGIO MAXI LONDRINA REGULAMENTO SIMULADO MAXI COLÉGIO MAXI LONDRINA ORIENTAÇÕES GERAIS 1- As provas serão direcionadas a alunos que, no ano de 2017, estejam devidamente matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental, na 2ª,

Leia mais

DESAFIOS DA MEMÓRIA EMPRESARIAL COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA DAS ORGANIZAÇÕES

DESAFIOS DA MEMÓRIA EMPRESARIAL COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA DAS ORGANIZAÇÕES DESAFIOS DA MEMÓRIA EMPRESARIAL COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA DAS ORGANIZAÇÕES CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E MEMÓRIA GOL (CEDOC) Equipe CEDOC 17 Colaboradores: 1 Coordenador 6 Analistas Administrativos 5 Assistentes

Leia mais

RELATÓRIO 1º SEMESTRE 2013 MARKETING E EVENTOS

RELATÓRIO 1º SEMESTRE 2013 MARKETING E EVENTOS RELATÓRIO 1º SEMESTRE 2013 MARKETING E EVENTOS Mega Construção Horas por Projeto Relatório detalhado por cliente interno (Balanço de Horas Desde Março/13) Relatório detalhado por projetos Mega Construção

Leia mais

Manual Utilização. Sistema de Jobs

Manual Utilização. Sistema de Jobs Manual Utilização Sistema de Jobs O Sistema de Jobs foi criado para facilitar o processo do trabalho e o contato entre a Kzulo e seus clientes, tornando o procedimento de trabalho mais simples e assertivo.

Leia mais

Carta de apresentação e serviços

Carta de apresentação e serviços Carta de apresentação e serviços A Ascom A UFG construiu, ao longo dos anos, um conceito ancorado na qualidade, experiência, tradição e seriedade, fruto de sua destacada atuação na pesquisa, cultura e

Leia mais

POLÍTICA DE APROVAÇÃO DE MATERIAIS DE MARKETING E COMUNICAÇÃO COM INVESTIDORES

POLÍTICA DE APROVAÇÃO DE MATERIAIS DE MARKETING E COMUNICAÇÃO COM INVESTIDORES POLÍTICA DE APROVAÇÃO DE MATERIAIS DE MARKETING E COMUNICAÇÃO COM INVESTIDORES Este material foi elaborado pela DOMO INVEST Gestora de Ativos Financeiros e Valores Mobiliários Ltda. ( DOMO Invest ou Gestora

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA PROGRAMAÇÃO VISUAL

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA PROGRAMAÇÃO VISUAL PV MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA PROGRAMAÇÃO VISUAL Sumário 1. Apresentação 2 2. Competências da Programação Visual 2 3. Solicitação de serviços 2 3.1. Procedimentos para solicitação de serviços 2 3.2. Atendimento

Leia mais

Serviço de Agendamento de Consultas Unimed Pelotas

Serviço de Agendamento de Consultas Unimed Pelotas Serviço de Agendamento de Consultas Unimed Pelotas UNIMED PELOTAS A Unimed Pelotas é uma Cooperativa de Trabalho Médico, fundada em 18 de dezembro de 1978, como uma alternativa à saúde assistencial. Líder

Leia mais

CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal

CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal Primeira 1/6 CONTROLE DE APROVAÇÃO ELABORADO REVISADO POR APROVADO Kélia Jácome Kélia Jácome Silvia Helena Correia Vidal Marcelo de Sousa Monteiro Michelle Borges C. Cunha HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES EDIÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS Antonio Samarão Gonçalves Diretor de Comunicação e Relações Públicas 2012 PLANO DE TRABALHO 2012 Campanha de filiação A Secretaria

Leia mais

Orientadores de Comunicação do Programa Global Voluntários Vale

Orientadores de Comunicação do Programa Global Voluntários Vale 10/2012 Orientadores de Comunicação do Programa Global Voluntários Vale Departamento de Comunicação Corporativa Objetivos do documento Título da apresentação 01/12/2010 (opcional) Objetivos do documento

Leia mais

Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas

Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas Subprocuradoria-Geral de Justiça de Relações Externas Relatório de Atividades Biênio / Sumário SECRETARIA... 2 ASSESSORIA DE IMPRENSA... 14 SECRETARIA Recebimento, análise e encaminhamento de documentos

Leia mais

REALIZAR PESQUISA DE SATISFAÇÃO HISTÓRICO DE REVISÕES. Elaborado por: Vera Marques. Próxima revisão: após 1 ano da ultima aprovação

REALIZAR PESQUISA DE SATISFAÇÃO HISTÓRICO DE REVISÕES. Elaborado por: Vera Marques. Próxima revisão: após 1 ano da ultima aprovação REALIZAR PESQUISA DE SATISFAÇÃO HISTÓRICO DE REVISÕES Data Revisão Descrição da Revisão 00 Emissão Inicial 10/03/2012 01 Alteração do Formato; Exclusão do item 7 - Indicadores. Elaborado Revisado Glauber

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES - MÍDIAS DIGITAIS. Inserção / Atualização de eventos no site e portais Atualização/ Inserção de conteúdo em várias páginas

FLUXO DE ATIVIDADES - MÍDIAS DIGITAIS. Inserção / Atualização de eventos no site e portais Atualização/ Inserção de conteúdo em várias páginas FLUXO DE ATIVIDADES - MÍDIAS DIGITAIS ATUALIZAÇÕES NO SITE E PORTAIS: Inserção / Atualização de eventos no site e portais Atualização/ Inserção de conteúdo em uma página Atualização/ Inserção de conteúdo

Leia mais

COMUNICAÇÃO. Políticas

COMUNICAÇÃO. Políticas Esta política estabelece diretrizes que serão aplicadas no Morena Rosa Group, cabendo a todas as áreas envolvidas no processo e citadas neste documento a responsabilidade pelo seu cumprimento. COMUNICAÇÃO

Leia mais

ABQUIM XVI Congresso de Atuação Responsável

ABQUIM XVI Congresso de Atuação Responsável ABQUIM XVI Congresso de Atuação Responsável Elaborar plano de comunicação considerando ferramentas modernas que melhorem e potencializem a comunicação entre Industria, Conselhos e Sociedade. Conselho Comunitário

Leia mais

Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP

Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP A Associação Brasileira de Psiquiatria ABP convida toda a sociedade para participar da campanha Setembro Amarelo e apresenta as diretrizes para melhor divulgação da iniciativa por todos os agentes da sociedade.

Leia mais

Guia de utilização da Marca Qualicorp. Orientação para corretoras parceiras

Guia de utilização da Marca Qualicorp. Orientação para corretoras parceiras Guia de utilização da Marca Qualicorp Orientação para corretoras parceiras 2 Corretor parceiro, O objetivo deste Guia é orientar você a utilizar a marca Qualicorp na internet de forma adequada, explicando

Leia mais

A prática da Assessoria de Imprensa na UNIRON 1

A prática da Assessoria de Imprensa na UNIRON 1 A prática da Assessoria de Imprensa na UNIRON 1 Maurício Vasconcelos 2 Claudinéa Guatura 3 Faculdade Interamericana de Porto Velho - UNIRON/IUNI, Porto Velho, RO RESUMO A sociedade, de uma maneira geral,

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PORTARIA Nº 2.795, de 25 de agosto de 2016. O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO

QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO QUEM SOMOS SUA AGÊNCIA ONLINE DE PRODUÇÃO, MARKETING E CONTEÚDO Some prática, profissionalismo, inovação e retorno. O resultado da equação é a mistura da Sorella Studio. O conceito de agência online amplia

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEDUC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS UNEAL CONSELHO SUPERIOR CONSU

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEDUC UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS UNEAL CONSELHO SUPERIOR CONSU RESOLUÇÃO N.º 003/2017-CONSU/UNEAL, de 10 de maio de 2017. Normatiza a política de criação e uso de contas eletrônicas e de e-mail institucional da UNEAL, e define o uso de e-mail como comunicação eletrônica

Leia mais

MANUAL DE MARKETING

MANUAL DE MARKETING MANUAL DE MARKETING Solicitações de material gráfico e assinatura eletrônica Todas as solicitações de material gráfico e assinatura eletrônica devem ser enviadas através desse formulário. Solicitações enviadas

Leia mais

Prêmio Aberje Categoria Comunicação integrada

Prêmio Aberje Categoria Comunicação integrada Prêmio Aberje 2011 Categoria Comunicação integrada CENÁRIO A Vale no Pará Segunda maior mineradora do mundo, presente no Pará desde a década de 70 Diversificação de portfólio: novos negócios em mineração,

Leia mais

Redes Sociais Mídias Sociais

Redes Sociais Mídias Sociais Redes Sociais Mídias Sociais Por que entrar nas mídias digitais? 7º maior mercado de internet no mundo 26,7 horas mês nas mídias sociais, online em 2011 6,9 bilhões de buscas online em 2011 Fonte: ComScore

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização.

Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. Perguntas e Respostas sobre as alterações realizadas no processo de autorização. O que muda no processo de autorização? R: O processo de autorização ficará ainda mais fácil. O médico cooperado realizará

Leia mais

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT

Regulamento do Fundo Social. Sicredi Ouro Verde MT Regulamento do Fundo Social Área Responsável Gerência de Relacionamento / Diretoria Executiva Substitui e revoga Versão: 1.0 Abrangência Externo Período de Vigência De: 2017 Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 2

Leia mais

EDITAL Nº 03/ Documentos obrigatórios que devem ser apresentados na inscrição

EDITAL Nº 03/ Documentos obrigatórios que devem ser apresentados na inscrição EDITAL Nº 03/2017 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO À REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO NA TV DA TV UFMA. A Direção-geral da TV UFMA torna público o presente Edital de abertura de inscrições

Leia mais

ÍNDICE 3. COLETA DE INFORMAÇÕES PELO PORTAL INSTITUCIONAL

ÍNDICE 3. COLETA DE INFORMAÇÕES PELO PORTAL INSTITUCIONAL POLÍTICA Classificação da Informação: EXTERNA Política: PSI-013 - POLÍTICA DE PRIVACIDADE Versão: 1.0 Vigência: 01.08.2016 Atualização: 10.08.2017 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. USO DE COOKIES 3. COLETA DE INFORMAÇÕES

Leia mais

PROCESSO REQUISIÇÕES DE TI Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PROCESSO REQUISIÇÕES DE TI Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROCESSO REQUISIÇÕES DE TI Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. MACROPROCESSO... 4 3. DIAGRAMA DE ESCOPO DO PROCESSO REQUISIÇÕES DE TI... 5 4. PROCESSO

Leia mais

Uma Nova Visão de Gestão

Uma Nova Visão de Gestão Uma Nova Visão de Gestão Fluminense Football Club CENÁRIO Em março de 2011, a FSB assumiu a comunicação interna do Fluminense Football Club para um período de um ano. Os únicos veículos dirigidos ao público

Leia mais

Parceiros Parceiro Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas

Parceiros Parceiro Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Parceiros Ramo Sistemas Diante do cenário atual (necessidades x investimentos), onde a participação dos parceiros/canais Ramo Sistemas é essencial para o crescimento dos negócios das empresas no Brasil, sugerimos fazer: 1. Mapear

Leia mais

EMPRESAS 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 2.6 2.6

EMPRESAS 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 2.6 2.6 II EMPRESAS 2.1 Termo de Adesão 2.2 Formulário de Identificação 2.3 Autorização de uso de imagem organizacional 2.4 Autorização de uso de imagem pessoal 2.5 Questionário 2.6 Diretrizes para o envio de

Leia mais

PLANO DE CAPTAÇÃO - PATROCÍNIO

PLANO DE CAPTAÇÃO - PATROCÍNIO PLANO DE CAPTAÇÃO - PATROCÍNIO Realização : PLANOS DE PATROCÍNIO Benefício Plano Diamante Plano Ouro Plano Prata Plano Bronze Assinatura do evento Logo em outdoor Sala do evento com nome da empresa Mailing

Leia mais

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico.

Criar e desenvolver projetos grafico- visuais, utilizando tecnicas de desenho manual ou eletronico. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001639 - ARTES VISUAIS-BACHARELADO EM DESIGN GRAFICO Nivel: Superior Area Profissional: 0009 - DESIGN Area de Atuacao: 0240 - ARTE PROJ.DESENHO/DESIGN

Leia mais

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Kalyne Menezes, mskalyne@gmail.com, UFG Daiana Stasiak, daiastasiak@gmail.com, UFG Silvana Coleta, silvanacoleta@gmail.com, UFG Marcelo

Leia mais

SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer?

SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer? SABE O QUE O MERCADO? Ideias movimentam o mercado. Ou vai falar que a luz que você teve não fez sua empresa nascer ou sua companhia crescer? Você já teve uma grande ideia, agora pode contar conosco para

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA EDITAL Nº 20/2017 EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS PARA O II ENCONTRO DE ESTUDANTES EXTENSIONISTAS A Pró-Reitoria

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS: O I Ciclo de Estudos e Debates sobre Cidades Médias e Redes de Empresas busca oferecer oportunidades a docentes, discentes e pesquisadores vinculados

Leia mais

Detalhamento da Ação (Como?) Seleção do bolsista da CSA para auxiliar os trabalhos de estruturação da comissão setorial do NTE/UFSM

Detalhamento da Ação (Como?) Seleção do bolsista da CSA para auxiliar os trabalhos de estruturação da comissão setorial do NTE/UFSM Total de Recursos R$ 95.000,00 EIXO 1 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e Avaliação Institucional* Nº da Título da 1 Organização e estruturação da CSA-NTE 3. Lançamento da

Leia mais

Alianças às tradições

Alianças às tradições Alianças às tradições PRÊMIO ABERJE 2010 Categoria: Comunicação Integrada CENÁRIO A Vale adotou em 2009 o posicionamento de marca Vale. Cada vez mais verde. E amarela. Investiu US$ 166 milhões em ações

Leia mais

Request for Information RFI Termos Gerais

Request for Information RFI Termos Gerais Request for Information RFI Termos Gerais (RFI Gerenciamento de Log e Tratamento de Eventos) PTT Projeto de Transformação Tecnológica Folha de identificação Identificação DITEC / PTT Projeto de Transformação

Leia mais

Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação

Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação Projeto Arte e Publicidade Plano de Comunicação ASSESSORIA DE IMPRENSA O projeto Arte e Publicidade - Uma viagem através da Bauhaus: o estudo de composições e texturas das cores contará com uma completa

Leia mais

1) MARCA 5) CONTRA INDICAÇÕES

1) MARCA 5) CONTRA INDICAÇÕES Sumário 1) MARCA 1.1) A marca 1.2) Elementos estruturais 1.3) Grade 2) REDUÇÃO E ESPAÇAMENTO 2.1) Redução máxima 2.2) Espaçamento/respiro 3) VERSÕES E VARIAÇÕES 3.1) Versões da marca 3.2) Versão Original

Leia mais

Case Aberje Categoria Comunicação de programa, projetos e ações culturais

Case Aberje Categoria Comunicação de programa, projetos e ações culturais Case Aberje 2011 Categoria Comunicação de programa, projetos e ações culturais A Vale no Pará A Vale está presente no Pará há 40 anos 14 municípios, com operações e projetos diversos Investimentos em

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO CUNI Nº 025, DE 24 DE MAIO DE 2017. Aprova o Regimento Interno da Diretoria de Comunicação. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

V Encontro Regional Governador Valadares

V Encontro Regional Governador Valadares V Encontro Regional Governador Valadares Reunião com Registradores da Região V Encontro Regional Governador Valadares PROJETO CORI-MG CONECTADO CORI-MG CONECTADO Projeto idealizado para fortalecer a imagem

Leia mais

PORTFÓLIO DE AÇÕES Fevereiro/2017

PORTFÓLIO DE AÇÕES Fevereiro/2017 www.mundomidias.com.br www.facebook.com/mundomidias PORTFÓLIO DE AÇÕES Fevereiro/2017 Coloque a sua empresa no mundo e na mídia. Somos uma agência carioca especializada em comunicação, no sentido literal

Leia mais

1. OBJETIVO Estabelecer sistemática para a solicitação e desenvolvimento de serviços de criação de peças ao Departamento de Marketing.

1. OBJETIVO Estabelecer sistemática para a solicitação e desenvolvimento de serviços de criação de peças ao Departamento de Marketing. 1 de 5 1. OBJETIVO Estabelecer sistemática para a solicitação e desenvolvimento de serviços de criação de peças ao Departamento de Marketing. 2. ALCANCE Todas as áreas e empresas do Grupo Privé que utilizam

Leia mais

Comunicação Empresarial. Prof.: : Alexandre Lozi

Comunicação Empresarial. Prof.: : Alexandre Lozi Comunicação Empresarial Prof.: : Alexandre Lozi Helton Klinthon Lucas Arantes Danilo Divanni Joselito Vila Boa Rafael Comunicação nas empresas Comunicação empresarial Definição: - Comunicação empresarial

Leia mais

PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN Guia Básico do Proponente

PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN Guia Básico do Proponente Resumo das diretrizes e critérios da COSERN/ Grupo Neoenergia para patrocínios aos projetos socioculturais e ambientais. PROGRAMA DE PATROCÍNIOS DA COSERN 2017 FOTO : PROJETO CASA DAS PALAVRAS Índice Introdução

Leia mais

ESTAGIÁRIO

ESTAGIÁRIO III ESTAGIÁRIO 3.1 Formulário de Identificação 3. Autorização de uso de imagem organizacional 3.3 Autorização de uso de imagem pessoal 3.4 Requisitos e diretrizes para o relatório e evidências 3.5 Avaliação

Leia mais

Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação. Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015

Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação. Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015 Política de Comunicação do IFRS: conceito, metodologia e participação Wilson da Costa Bueno Bento Gonçalves/RS 05/03/2015 Conceito Política de Comunicação é o conjunto sistematizado de princípios, valores,

Leia mais

28 e 29 de agosto de 2018 Centro de Convenções Frei Caneca 4º andar São Paulo SP

28 e 29 de agosto de 2018 Centro de Convenções Frei Caneca 4º andar São Paulo SP 28 e 29 de agosto de 2018 Centro de Convenções Frei Caneca 4º andar São Paulo SP Sobre o evento: O objetivo do evento é proporcionar uma oportunidade de informação, atualização e networking sobre o tema

Leia mais

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Promoção Prof. M e André F. A. Fagundes Prof. M e André F. A. Fagundes 1 Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar,

Leia mais

3º EDITAL SANTANDER/USP/FUSP DE Direitos Fundamentais e Políticas Públicas PRÓ-REITORIA DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

3º EDITAL SANTANDER/USP/FUSP DE Direitos Fundamentais e Políticas Públicas PRÓ-REITORIA DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 3º EDITAL SANTANDER/USP/FUSP DE Direitos Fundamentais e Políticas Públicas PRÓ-REITORIA DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 1. OBJETIVO 1.1. O objetivo do presente edital é apoiar financeiramente projetos

Leia mais

Definir e padronizar os procedimentos para a padronização da informação e do atendimento prestado ao público do TJAC.

Definir e padronizar os procedimentos para a padronização da informação e do atendimento prestado ao público do TJAC. Código: MAP-DILOG-009 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaboração: Gerência de Instalações Aprovação: Diretoria de Logística 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos para a padronização da

Leia mais

2 A adesão desta Política dar-se-á mediante aprovação pela Diretoria Executiva e registro em ata.

2 A adesão desta Política dar-se-á mediante aprovação pela Diretoria Executiva e registro em ata. 0 Título 1 - Apresentação 1 A tem por finalidade estabelecer critérios e normas para a aprovação de projetos de patrocínio que venham a ser entregues a Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo de Pequeno

Leia mais

MANUAL EVENTOS APOIADOS

MANUAL EVENTOS APOIADOS MANUAL DE EVENTOS APOIADOS Atualizado em 06 de Maio de 2016 1. INTRODUÇÃO... 3 2. NATUREZA DO APOIO... 3 3. PROPOSTA DE REALIZAÇÃO DO EVENTO... 3 3.1 PERÍODO DE REALIZAÇÃO DOS EVENTOS... 4 4. SERVIÇOS

Leia mais