PISO / PAREDE. Prof. Francisco Buarque

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PISO / PAREDE. Prof. Francisco Buarque"

Transcrição

1 PISO / PAREDE 1

2 Parte 01: Requisitos Gerais; Parte 02: Requisitos para os sistemas estruturais; Parte 03: Requisitos para os sistemas de pisos; Parte 04: Requisitos para os sistemas de vedações verticais internas e externas; Parte 05: Requisitos para os sistemas de coberturas; Parte 06: Requisitos para os sistemas hidrossanitários. 2

3 Parte 03: Requisitos para os sistemas de pisos; Parte 04: Requisitos para os sistemas de vedações verticais internas e externas; Parte 05: Requisitos para os sistemas de coberturas; Parte 06: Requisitos para os sistemas hidrossanitários. 3

4 Parte 03: Requisitos para os sistemas de pisos Normas: NBR 10151/87, NBR 10152/87, ISO 10052, ISO 140-3, ISO 140-4, ISO 140-7, ISO E ISO ISOLAMENTO DE RUÍDO AÉREO ENTRE PISOS DE UNIDADES HABITACIONAIS ELEMENTO Piso de unidade habitacional posicionado sobre áreas comuns, como corredores Piso separando unidades habitacionais autônomas Campo DnT,w (db) Laboratório Rw (db) Nível de desempenho M 40 a a 50 I > 45 > 50 S M 45 a a 55 I > 50 > 55 S 4

5 Parte 04: Requisitos para sistemas de vedações verticais internas e externas Normas: NBR 10151/87, NBR 10152/87, ISO 10052, ISO 140-3, ISO 140-4, ISO e ISO D2m,nT,w DA VEDAÇÃO EXTERNA PARA ENSAIO EM CAMPO Sistema (Elemento) D2m,nT,w (db) D2m,nTw +5 (db) Nível de desempenho VEDAÇÃO EXTERNA DE DORMITÓRIO 25 a a 34 M - Recomendado 30 a a 39 I S 5

6 Parte 04: Requisitos para sistemas de vedações verticais internas e externas Normas: NBR 10151/87, NBR 10152/87, ISO 10052, ISO 140-3, ISO 140-4, ISO e ISO Rw DA FACHADA PARA ENSAIO EM LABORATÓRIO Sistema (Elemento) RW (db) RW +5 (db) Nível de desempenho FACHADA 30 a a 39 M - Recomendado 35 a a 44 I S 6

7 Parte 04: Requisitos para sistemas de vedações verticais internas e externas Normas: ISO e ISO DnT,w ENTRE AMBIENTES PARA ENSAIO EM CAMPO E Rw DOS COMPONENTES CONSTRUTIVOS PARA ENSAIO EM LABORATÓRIO ELEMENTO DA EDIFICAÇÃO DnT,w (Db) Rw (Db) NÍVEL DE DESEMPENHO PAREDE DE SALAS ECOZINHAS ENTRE UMA UNIDADE HABITACIONAL E ÁREAS COMUNS DE TRANSITO EVENTUAL COMO CORREDORES, HALLS E ESCADARIA NOS PAVIMENTOS-TIPO. PAREDE DE DORMITÓRIO S ENTRE UMA UNIDADE HABITACIONAL E ÁREAS COMUNS DE TRÂNSITO EVENTUAL COMO CORREDORES, HALLS E ESCADARIA NOS PAVIMENTOS-TIPO. PAREDE ENTRE UMA UNIDADE HABITACIONAL E ÁREAS COMUNS DE PERMANENCIA DE PESSOAS, ATIVIDADES DE LAZER E ESPORTIVAS, COMO HOME THEATERS, SALÃO DE FESTAS, SALÃO DE JOGOS,... PAREDE ENTRE UNIDADES HABITACIONAIS AUTÔNOMAS (PAREDE DE GEMINAÇÃO) 30 a a 39 M- REComendado 35 a a 44 I S 40 a a 49 M 45 a a 54 I S 45 a a 54 M 50 a a 59 I S 40 a a 49 M 45 a a 54 I S 7

8 Parte 05: Requisitos para sistemas de cobertura Normas: NBR 10151/87, NBR 10152/87, ISO 10052, ISO 140-3, ISO 140-4, ISO e ISO D2m,Nt,w DA VEDAÇÃO PARA ENSAIO EM CAMPO Sistema (Elemento) D2m,nT,W (db) D2m,nT,W + 5 (db) Nível de desempenho VEDAÇÃO EXTERNA FACHADA + COBERTURA 30 a a 39 M - Recomendado 35 a a 44 I S 8

9 Parte 05: Requisitos para sistemas de cobertura Normas: NBR 10151/87, NBR 10152/87, ISO 10052, ISO 140-3, ISO 140-4, ISO e ISO Rw DA FACHADA PARA ENSAIO EM LABORATÓRIO Sistema (Elemento) D2m,nT,W (db) D2m,nT,W + 5 (db) Nível de desempenho COBERTURA 35 a a 44 M - Recomendado 40 a a 49 I S 9

10 Parte 06: Requisitos para sistemas hidrossanitários Norma: NBR 10152/87 O requisito é chamado limitação de ruídos e considera que os sistemas hidrossanitários da edificação não devem provocar ruídos desagradáveis aos seus usuários. Os critérios especificados para o requisito são velocidade de escoamento da água e ruídos gerados por vibração. 10

11 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA NÍVEIS DE SOM PARA CONFORTO, SEGUNDO A NBR

12 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA INCIDÊNCIA SONORA SOBRE UMA SUPERFÍCIE 12

13 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA TRANSMISSÃO DE RUÍDOS DE IMPACTO E VIBRAÇÕES 13

14 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA RUÍDO DE IMPACTO 14

15 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA REDUÇÃO DE ISOLAMENTO EM FECHAMENTOS 15

16 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA ISOLAMENTO ACÚSTICO 16

17 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA ISOLAÇÃO PARA TUBULAÇÕES 17

18 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA LEI DA MASSA E LEI DA FREQÜÊNCIA 18

19 ACÚSTICA ARQUITETÔNICA EFEITO DE COINCIDÊNCIA 19

20 20

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO

Leia mais

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 SINDUSCON PE 12/11/2014 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO

Leia mais

DESEMPENHO DE EDIFICAÇÕES

DESEMPENHO DE EDIFICAÇÕES UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS: UNISINOS INSTITUTO TECNOLÓGICO EM DESEMPENHO E CONSTRUÇÃO CIVIL NORMA DE DESEMPENHO E OS SISTEMAS VERTICAIS DE VEDAÇÃO DESEMPENHO DE EDIFICAÇÕES Prof. Dr. Bernardo

Leia mais

Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura

Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura 1 Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura Analise da Norma NBR 15575 Autor Principal Consultor www.gineraudio.com.br giner@gineraudio.com.br

Leia mais

PENSANDO BLOCOS E TIJOLOS COMO VEDAÇÕES VERTICAIS

PENSANDO BLOCOS E TIJOLOS COMO VEDAÇÕES VERTICAIS PENSANDO BLOCOS E TIJOLOS COMO VEDAÇÕES VERTICAIS ABNT NBR 15270-1:2005 - BLOCOS CERAMICOS PARA ALVENARIA DE VEDACÃO - TERMINOLOGIA E REQUISITOS ABNT NBR 15270-2:2005 - BLOCOS CERAMICOS PARA ALVENARIA

Leia mais

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica Manual ProAcústica sobre a Norma de Desempenho Guia prático sobre cada uma das partes relacionadas à área de acústica nas edificações da Norma ABNT NBR 15575:2013 Edificações habitacionais - Desempenho

Leia mais

Página 1 de 7. Código: MS Revisão: 01 Data: 14/12/2015. Laudo Técnico

Página 1 de 7. Código: MS Revisão: 01 Data: 14/12/2015. Laudo Técnico Página 1 de 7 Laudo Técnico Assunto: Ensaio acústico para Nível de Pressão Sonora de Impacto Padronizado Ponderado (L ntw ), conforme determinado pela Norma de Desempenho de Edificações NBR 15.575, seguindo

Leia mais

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575

PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO PARÂMETROS PARA QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES CONFORME NBR 15.575 EMPRESA NBR 15.575 DESEMPENHO ACÚSTICO PROJETO ACÚSTICO EXECUÇÃO

Leia mais

PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚSTICO EM EDIFICAÇÕES DO NORDESTE BRASILEIRO RESULTADOS DE ESTUDOS DE CASOS

PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚSTICO EM EDIFICAÇÕES DO NORDESTE BRASILEIRO RESULTADOS DE ESTUDOS DE CASOS PANORAMA DO COMPORTAMENTO ACÚTICO EM EDIFICAÇÕE DO NORDETE BRAILEIRO REULTADO DE ETUDO DE CAO Otávio Joaquim da ilva Júnior 1*, Angelo Just da Costa e ilva 2 1: TECOMAT Tecnologia da Construção e Materiais

Leia mais

NBR NBR

NBR NBR NBR 10.821 A NBR 10.821:2011 é a norma técnica que estabelece os requisitos de desempenho de esquadrias para edificações. Se uma esquadria que não atende a essa norma técnica é escolhida para uma determinada

Leia mais

Código: MS Revisão: 01 Data:04/04/2016. Página 1 de 8. Laudo Técnico

Código: MS Revisão: 01 Data:04/04/2016. Página 1 de 8. Laudo Técnico Página 1 de 8 Laudo Técnico Assunto: Ensaio acústico para Nível de Pressão Sonora de Impacto Padronizado Ponderado (L ntw ), conforme determinado pela Norma de Desempenho de Edificações NBR 15.575, seguindo

Leia mais

ponto de vista do projeto de Arquitetura Eng. Civil Davi Akkerman

ponto de vista do projeto de Arquitetura Eng. Civil Davi Akkerman Os requisitos de desempenho acústico do ponto de vista do projeto de Arquitetura Eng. Civil Davi Akkerman Ruídos internos e externos aos edifícios - DESEMPENHO ACÚSTICO - Normas técnicas 1) Normas Técnicas

Leia mais

HISTÓRIA. 2.2 Características Térmicas do Bloco CCA: Transmitância e capacidade térmica conceitos e valores

HISTÓRIA. 2.2 Características Térmicas do Bloco CCA: Transmitância e capacidade térmica conceitos e valores 1. HISTÓRIA O Concreto Celular Autoclavado foi desenvolvido na Suécia em 1924 por Joahan Axel Erickon, que buscava por um produto com características semelhantes à da madeira, com estrutura sólida, bom

Leia mais

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica Manual ProAcústica sobre a Norma de Desempenho Guia prático sobre cada uma das partes relacionadas à área de acústica nas edificações da Norma ABNT NBR 15575:2013 Edificações habitacionais - Desempenho

Leia mais

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES.

NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. NBR 15.575 - UMA NOVA FERRAMENTA PARA A QUALIDADE ACÚSTICA NAS EDIFICAÇÕES. Arq. Cândida Maciel Síntese Arquitetura 61-34685613 candida@sintesearquitetura.com.br NBR 15575- EDIFÍCIOS HABITACIONAIS DE ATÉ

Leia mais

Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias. Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil

Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias. Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil Normas Ensaios e Verificações de Desempenho de Esquadrias Enga. Michele Gleice ITEC Instituto Tecnológico da Construção Civil NBR 15575 Edificações Habitacionais 2000 2013 2008 ABNT NBR 15575-4 NBR 15575:2013

Leia mais

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA. Marco Antônio Vecci GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETOS ACÚSTICA Marco Antônio Vecci Local: EXPOMINAS BH Data: 08/08/2016 FASE A CONCEPÇÃO DO PRODUTO ESTUDO PRELIMINAR Consultoria e Ensaios Consultoria: Análise preliminar entre

Leia mais

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento

Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Knauf Folheto Técnico 05 / 2017 Revestimentos Knauf Conforto térmico e acústico com alta qualidade de acabamento Revestimento Knauf Utilizados em áreas internas das edificações para revestir paredes, pilares,

Leia mais

DESEMPENHO ACÚSTICO SEGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLISE DE VEDAÇÕES VERTICAIS DE EDIFÍCIO ALTO

DESEMPENHO ACÚSTICO SEGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLISE DE VEDAÇÕES VERTICAIS DE EDIFÍCIO ALTO DEEMPENHO ACÚTICO EGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLIE DE VEDAÇÕE VERTICAI DE EDIFÍCIO ALTO Otávio Júnior (1); Rego ilva (2) (1) Engenheiro Civil, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

ProAcústica 24.Abril.13. Dia Internacional de Conscientização Sobre o Ruído

ProAcústica 24.Abril.13. Dia Internacional de Conscientização Sobre o Ruído As expectativas da nova norma no mercado imobiliário Eng. Carlos Alberto Moraes Borges NORMALIZAÇÃO Na ultima década, diversas norma quem implicam na acústica das edificações foram atualizadas, criadas,

Leia mais

Desempenho acústico de esquadrias e NBR

Desempenho acústico de esquadrias e NBR Desempenho acústico de esquadrias e NBR 15.575 Deixe o Excesso de Barulho do Lado de Fora A NBR 15.575 é a norma da ABNT com orientações referentes ao desempenho de edificações. A qualidade acústica das

Leia mais

Michele Gleice da Silva

Michele Gleice da Silva Palestrante: Michele Gleice da Silva Tema: As normas técnicas brasileiras da ABNT e o desempenho das esquadrias NBR 15575 Edificações Habitacionais 2000 2013 2008 ABNT NBR 15575-4 NBR 15575:2013 Parte

Leia mais

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. AF-Folder Placo Phonique_23x21.indd 1

LANÇAMENTO. Placo Phonique. Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. AF-Folder Placo Phonique_23x21.indd 1 Placo Phonique LANÇAMENTO Solução acústica para seu conforto e tranquilidade. AF-Folder Placo Phonique_23x21.indd 1 05/03/14 20:48 Ssshhh... o silêncio é ouro. O excesso de ruído é uma das principais queixas

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Tecnologia da Arquitetura

Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Tecnologia da Arquitetura Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Tecnologia da Arquitetura AUT 0278 - Desempenho Acústico, Arquitetura e Urbanismo Transmissão Sonora e Acústica de Edificações

Leia mais

Perfil. Referência no mercado capixaba em: Inovação Tecnológica; Gestão da Produção; Sustentabilidade. Fundada em 1995 LOGO EMPRESA

Perfil. Referência no mercado capixaba em: Inovação Tecnológica; Gestão da Produção; Sustentabilidade. Fundada em 1995 LOGO EMPRESA Perfil Fundada em 1995 Referência no mercado capixaba em: Inovação Tecnológica; Gestão da Produção; Sustentabilidade. Primeira Reação. ABORDAGENS 1 2 3 4 5 6 Gestão do Conhecimento Participar de Grupos

Leia mais

Case study of acoustic performance of corrections in junctions of internal wall and curtain wall façade

Case study of acoustic performance of corrections in junctions of internal wall and curtain wall façade Buenos Aires 5 to 9 September 2016 Acoustics for the 21 st Century PROCEEDINGS of the 22 nd International Congress on Acoustics Architectural Acoustics Room and Building Acoustics: FIA2016-93 Case study

Leia mais

Desempenho Acústico de Diversas Configurações de Paredes e Pisos

Desempenho Acústico de Diversas Configurações de Paredes e Pisos Desempenho Acústico de Diversas Configurações de Paredes e Pisos Profª. Drª. Maria Fernanda de Oliveira Nunes Coord. do Mestrado Profissional em Arquitetura e Urbanismo Unisinos Coord. da Regional RS da

Leia mais

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Necessidades identificadas para atender a NBR Marcelo Nogueira

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Necessidades identificadas para atender a NBR Marcelo Nogueira 18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP Necessidades identificadas para atender a NBR 15.575 Marcelo Nogueira Produtos Fornecedores Projetistas FOCO = Cliente Laboratórios Construtores 1ª

Leia mais

O USO DE MATERIAIS COM RESÍDUOS POLIMÉRICOS NO ISOLAMENTO ACÚSTICO DE FECHAMENTOS COMPOSTOS

O USO DE MATERIAIS COM RESÍDUOS POLIMÉRICOS NO ISOLAMENTO ACÚSTICO DE FECHAMENTOS COMPOSTOS O USO DE MATERIAIS COM RESÍDUOS POLIMÉRICOS NO ISOLAMENTO ACÚSTICO DE FECHAMENTOS COMPOSTOS BAYER, Elaine Cristina (1); DE OLIVEIRA NUNES, Maria Fernanda (2); DE MORAES DE ZORZI, Lizia (3) (1) Universidade

Leia mais

DESEMPENHO DAS EDIFICAÇÕES

DESEMPENHO DAS EDIFICAÇÕES DESEMPENHO DAS EDIFICAÇÕES SUMÁRIO Conceito e Definição de Desempenho Histórico do desempenho das edificações; Abordagem de desempenho nas edificações; Norma Prescritivas X Normas de Desempenho; Metodologia

Leia mais

TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM 1º MODO DE VIBRAÇÃO ESTRUTURAL ÍNDICE DE REDUÇÃO SONORA DE ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO

TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM TRANSMISSÃO DO SOM 1º MODO DE VIBRAÇÃO ESTRUTURAL ÍNDICE DE REDUÇÃO SONORA DE ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO A transmissão do som entre locais pode efectuar-se: por via aérea: quando a vibração do elemento é provocada pelo campo sonoro criado pela fonte no ar; por percussão: quando a vibração do elemento é provocada

Leia mais

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013.

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. Ensaios de Desempenho. Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. CONCREMAT INSPEÇÓES E LABORATÓRIOS. UMA MARCA DAS EMPRESAS CONCREMAT. Com mais de 60 anos de experiência no mercado nacional e

Leia mais

Palavras-chave: Isolamento sonoro. Parede em light steel frame. Banda acústica. Barra resiliente. Índice de redução sonora ponderado (Rw).

Palavras-chave: Isolamento sonoro. Parede em light steel frame. Banda acústica. Barra resiliente. Índice de redução sonora ponderado (Rw). ISSN 1678-1740 http://ulbratorres.com.br/revista/ Torres,Vol. I - Novembro, 2016 Submetido em: Jul/Ago/Set, 2016 Aceito em: Out/2016 BANDA ACÚSTICA FIXADA EM GUIAS E MONTANTES PROMOVE AUMENTO DO ISOLAMENTO

Leia mais

Aplicação das normas ABNT NBR Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR Esquadrias

Aplicação das normas ABNT NBR Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR Esquadrias Aplicação das normas ABNT NBR 15575 Edificações habitacionais Desempenho e ABNT NBR 10821 - Esquadrias Enga. Fabiola Rago Beltrame Coordenadora da CEE-191 (ABNT) Esquadrias Diretora do IBELQ Instituto

Leia mais

LINHA OPTIMA 4+ Tratamento térmico e acústico de ambientes

LINHA OPTIMA 4+ Tratamento térmico e acústico de ambientes LINHA OPTIMA 4 Tratamento térmico e acústico de ambientes LINHA OPTIMA A LINHA OPTIMA 4 é composta por painéis e feltros em uma nova geração de lã de vidro. Sua cor remete ao tom natural da terra e reforça

Leia mais

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013.

Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. Ensaios de Desempenho. Saiba como adequar sua edificação à NBR 15575/2013. CONCREMAT INSPEÇÓES E LABORATÓRIOS. A Concremat Inspeções e laboratórios possui corpo de engenheiros e técnicos experientes em

Leia mais

BLOCOS DE CONCRETO CELULAR PRECON. VENDAS NA REGIÃO SUL: 51 8124-1720tim - 51 9829-0119vivo

BLOCOS DE CONCRETO CELULAR PRECON. VENDAS NA REGIÃO SUL: 51 8124-1720tim - 51 9829-0119vivo BLOCOS DE CONCRETO CELULAR PRECON. LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL LMCC ENDEREÇO: Av. Roraima, 1000 Prédio 10, Campus Camobi, Santa Maria/RS CEP 97105-900 TELEFONE: (55) 3220.8608 (Fax) Direção

Leia mais

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica

UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica UFAL- Universidade Federal de Alagoas DEHA- Mestrado em Dinâmicas do Espaço Habitado Disciplina: DEH 204 -Acústica Arquitetônica NBR 15575:2013 Desempenho de edificações habitacionais Professora Dra. Maria

Leia mais

ABNT NBR (2008) Edifícios Habitacionais de Até Cinco Pavimentos Desempenho. Resumo dos itens relacionados ao Desempenho Térmico

ABNT NBR (2008) Edifícios Habitacionais de Até Cinco Pavimentos Desempenho. Resumo dos itens relacionados ao Desempenho Térmico ABNT NBR 15575 (2008) Edifícios Habitacionais de Até Cinco Pavimentos Desempenho Resumo dos itens relacionados ao Desempenho Térmico SUMÁRIO Assunto pg. Parte 1: Requisitos Gerais 1 Anexo A (Informativo):

Leia mais

44º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EAA EUROPEAN SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL ACOUSTICS AND NOISE MAPPING

44º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EAA EUROPEAN SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL ACOUSTICS AND NOISE MAPPING NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 15575 - EDIFICAÇÕES HABITACIONAIS - DESEMPENHO (Residential Buildings - Performance) PACS: Davi Akkerman, Juan Frias ProAcústica Associação Brasileira para a Qualidade Acústica)

Leia mais

Qualidade de vida. Sustentabilidade. Tecnologia. Trabalhando a favor do bem-estar. Conforto acústico é saúde para todos.

Qualidade de vida. Sustentabilidade. Tecnologia. Trabalhando a favor do bem-estar. Conforto acústico é saúde para todos. Tecnologia Trabalhando a favor do bem-estar. Qualidade de vida Conforto acústico é saúde para todos. Sustentabilidade Respeito à vida, ao ser humano e ao planeta. Palestra Acústica Arquitetônica OFFICE

Leia mais

Nº COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 171000 A norma de desempenho de edificações NBR 15.575 Julio Cesar Sabadini de Souza Slides apresentado no Encontro Nacional da Indústria de Cerâmica Vermelha, 41., 2012, Campo Grande/MS

Leia mais

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS

O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS O FUTURO NÓS CONSTRUÍMOS Análise dos Critérios de Atendimento à Norma de Desempenho ABNT NBR 15.575 Estudo de caso em empresas do programa Inovacon-CE AGRADECIMENTOS Instituições de ensino INOVACON Programa

Leia mais

O impacto da Norma de Desempenho NBR 15575 na Indústria de materiais e componentes visando o atendimento do desempenho acústico

O impacto da Norma de Desempenho NBR 15575 na Indústria de materiais e componentes visando o atendimento do desempenho acústico O impacto da Norma de Desempenho NBR 15575 na Indústria de materiais e componentes visando o atendimento do desempenho acústico Vera Fernandes Hachich Sócia-gerente da PBQP-H INMETRO Programas Setoriais

Leia mais

DESEMPENHO ACÚSTICO SEGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLISE DE VEDAÇÕES HORIZONTAIS DE EDIFÍCIO ALTO

DESEMPENHO ACÚSTICO SEGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLISE DE VEDAÇÕES HORIZONTAIS DE EDIFÍCIO ALTO DEEMPENHO ACÚTICO EGUNDO A NOVA NORMA NBR 15575: ANÁLIE DE VEDAÇÕE HORIZONTAI DE EDIFÍCIO ALTO Otávio Júnior (1); Rego ilva (2) (1) Engenheiro Civil, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PATOLOGIA NAS OBRAS CIVIS

UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PATOLOGIA NAS OBRAS CIVIS UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PATOLOGIA NAS OBRAS CIVIS LEONEL DE OLIVEIRA GUARNIERI ANÁLISE DO ISOLAMENTO AO RUÍDO

Leia mais

Consultoria Assessoria Projetos

Consultoria Assessoria Projetos Consultoria Assessoria Projetos Giner Sound Vibration Transmissão Interfaces Acústica Recepção Massa Rigidez Amortecimento Conforto Acústico Interno em Hotéis José Carlos Giner, BSc(EEng) CEng Aco Principal

Leia mais

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica

Manual ProAcústica. Associação Brasileira para a Qualidade Acústica Manual ProAcústica sobre a Norma de Desempenho Guia prático sobre cada uma das partes relacionadas à área de acústica nas edificações da Norma ABNT NBR 15575:2013 Edificações habitacionais - Desempenho

Leia mais

O que é Desempenho Desempenho, dos componentes, elementos e sistemas:

O que é Desempenho Desempenho, dos componentes, elementos e sistemas: O que é Desempenho Desempenho, dos componentes, elementos e sistemas: no ambiente criado (projeto) e ambiente construído (obra/edifício) Comportamento em uso de um produto, frente às condições de exposição.

Leia mais

Produto Sistema Construtivo Sistema Construtivo LP Brasil OSB em Light Steel Frame e fechamento em chapas de OSB revestidas com placa cimentícia

Produto Sistema Construtivo Sistema Construtivo LP Brasil OSB em Light Steel Frame e fechamento em chapas de OSB revestidas com placa cimentícia R. Guaipá, 486, Vila Leopoldina, CEP 05089-000 São Paulo/SP Tel: (11) 2137-9666 www.tesis.com.br Emissão Maio de 2016 Validade Maio de 2018 Produto Sistema Construtivo Sistema Construtivo LP Brasil OSB

Leia mais

NORMA DE DESEMPENHO ABNT NBR 15575

NORMA DE DESEMPENHO ABNT NBR 15575 A solução sustentável em tijolos, blocos estruturais, blocos de vedação e elementos cerâmicos. NORMA DE DESEMPENHO ABNT NBR 15575 De Vedações Verticais Internas e Externas dos blocos CERÂMICA ROQUE Peças

Leia mais

Fise Fechoplast Indústria de Sistemas para Esquadrias Ltda - Rua dos Inocentes, 393 Socorro - São Paulo

Fise Fechoplast Indústria de Sistemas para Esquadrias Ltda - Rua dos Inocentes, 393 Socorro - São Paulo PÁGINA 01/05 TÍTULO : Ensaios Avaliação Sonora. INTERESSADO : Fise Fechoplast Indústria de Sistemas para Esquadrias Ltda - Rua dos Inocentes, 393 Socorro - São Paulo REFERÊNCIA : N/D NATUREZA DO TRABALHO

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ISOLAÇÃO SONORA DE PAREDES DE ALVENARIA USADAS COMO DIVISÓRIAS INTERNAS EM HABITAÇÕES

AVALIAÇÃO DA ISOLAÇÃO SONORA DE PAREDES DE ALVENARIA USADAS COMO DIVISÓRIAS INTERNAS EM HABITAÇÕES AVALIAÇÃO DA ISOLAÇÃO SONORA DE PAREDES DE ALVENARIA USADAS COMO DIVISÓRIAS INTERNAS EM HABITAÇÕES Rodrigo Barcelos Pinto 1 ; Erasmo Felipe Vergara 2 ; Dinara Xavier da Paixão 3. (1) Universidade Federal

Leia mais

A experiência da Construtora Tarjab no atendimento à Norma de Desempenho

A experiência da Construtora Tarjab no atendimento à Norma de Desempenho A experiência da Construtora Tarjab no atendimento à ABRIL / 2015 Eng. Carlos Alberto de Moraes Borges Diretor Presidente TARJAB Importância 1. Nivelar o mercado de construção civil diminuindo a concorrência

Leia mais

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO

ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO ACÚSTICA DA EDIFICAÇÃO Profa. Dr.-Ing. Erika Borges Leão Disciplina ministrada ao IV semestre do curso de Engenharia Civil Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Sinop/MT OBJETIVOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Evaluation of the acoustic performance of systems of walls and floors for verifying compliance with standard

Evaluation of the acoustic performance of systems of walls and floors for verifying compliance with standard Buenos Aires 5 to 9 September 2016 Acoustics for the 21 st Century PROCEEDINGS of the 22 nd International Congress on Acoustics Architectural Acoustics Room and Building Acoustics: FIA2016-56 Evaluation

Leia mais

Análise comparativa do isolamento do ruído aéreo entre diferentes painéis de vedação utilizados no Brasil

Análise comparativa do isolamento do ruído aéreo entre diferentes painéis de vedação utilizados no Brasil paper ID: 087 /p.1 Análise comparativa do isolamento do ruído aéreo entre diferentes painéis de vedação utilizados no Brasil GARCIA, Danielly Borges a, VECCI, Marco A.M. b a Curso de Arquitetura e Urbanismo,

Leia mais

Tipologia das construções

Tipologia das construções Reservatórios Pontes e viadutos - Estaiada Ponte sobre o rio Reno H = 100 m L = 520 m 2007 Projeto FINEP / NUPEC / EEC 31 2007 Projeto FINEP / NUPEC / EEC 34 Pontes e viadutos - Arco Pontes e viadutos

Leia mais

Estruturada em 6 partes

Estruturada em 6 partes Estruturada em 6 partes Parte 1 Requisitos gerais Parte 2 Requisitos para sistemas estruturais Parte 3 Requisitos para sistemas de pisos Parte 4 Requisitos para os sistemas de vedações verticais internas

Leia mais

44º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EAA EUROPEAN SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL ACOUSTICS AND NOISE MAPPING

44º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EAA EUROPEAN SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL ACOUSTICS AND NOISE MAPPING 44º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EAA EUROPEAN SYMPOSIUM ON ENVIRONMENTAL ACOUSTICS AND NOISE MAPPING DESEMPENHO ACÚSTICO DE SISTEMAS DE PISOS EM EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS PACS:

Leia mais

PROGRAMA DE CONFORTO ACÚSTICO EM EDIFÍCIOS

PROGRAMA DE CONFORTO ACÚSTICO EM EDIFÍCIOS Aplicação da Normalização Europeia e de Marcação CE à Caixilharia Exterior 16 de Setembro de 2009 Eng.ª Odete Domingues PROGRAMA DE CONFORTO ACÚSTICO EM EDIFÍCIOS ANÁLISE GERAL Local de implantação Conforto

Leia mais

PANORAMA DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE EDIFICAÇÕES: RESULTADOS DE TESTES DE ISOLAMENTO SONORO EM CAMPO 1

PANORAMA DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE EDIFICAÇÕES: RESULTADOS DE TESTES DE ISOLAMENTO SONORO EM CAMPO 1 XVI ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO Desafios e Perspectivas da Internacionalização da Construção São Paulo, 21 a 23 de Setembro de 2016 PANORAMA DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE EDIFICAÇÕES:

Leia mais

Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico

Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico Conforto Ambiental I I Aula 04 Tratamento Acústico Professores: Ana Cristina Hillesheim Karina Colet Marcela Cebalho Michelle de Almeida Costa TRATAMENTO ACÚSTICO Os sons classificam-se, segundo sua origem,

Leia mais

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz

18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP. Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz 18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP Desempenho potencial de alvenarias de blocos cerâmicos vazados Eng Ercio Thomaz 1 Quem deve atender é o sistema construtivo como um todo (paredes,

Leia mais

Requisitos de Conforto Acústico, Desempenho Acústico e as Experiências de ensaios de laboratório e campo

Requisitos de Conforto Acústico, Desempenho Acústico e as Experiências de ensaios de laboratório e campo Requisitos de Conforto Acústico, Desempenho Acústico e as Experiências de ensaios de laboratório e campo Eng. Dr. Fulvio Vittorino (11) 3767-4553 fulviov@ipt.br www.ipt.br Sumário Conforto Acústico e a

Leia mais

DESEMPENHO ACÚSTICO EM SISTEMAS DRYWALL

DESEMPENHO ACÚSTICO EM SISTEMAS DRYWALL Folheto D Novo Formato:Layout 1 07.04.11 09:26 Página 1 DESEMPENHO ACÚSTICO EM SISTEMAS DRYWALL Folheto D Novo Formato:Layout 1 07.04.11 09:26 Página 3 Apresentação Desempenho acústico em sistemas drywall

Leia mais

Tabela 1- Intensidades sonoras características em db(a)

Tabela 1- Intensidades sonoras características em db(a) Desempenho Acústico DESEMPENHO ACÚSTICO O ruído gerado pela circulação de veículos, crianças brincando no playground e música alta no apartamento vizinho são causas de desentendimentos e de estresse. Por

Leia mais

ASPECTOS DE DESEMPENHO DOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS. Enga. Célia Maria Martins Neves DESEMPENHO

ASPECTOS DE DESEMPENHO DOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS. Enga. Célia Maria Martins Neves DESEMPENHO ASPECTOS DE DESEMPENHO DOS SISTEMAS DE REVESTIMENTOS DE FACHADAS Enga. Célia Maria Martins Neves cneves@superig.com.br DESEMPENHO 1 70 80 90 materiais tradicionais mdo treinada no canteiro desafios localizados

Leia mais

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO

K-FLEX K-FLEX K-FONIK SYSTEM 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO 58 UMA NOVA GERAÇÃO DE MATERIAIS DE ISOLAMENTO K-FONIK SYSTEM Aplicações: - Canalizações e sistemas de drenagem - Tubulação industrial, maquinaria civil e industrial - Isolamento acústico para paredes

Leia mais

ESTUDO DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE LAJES E PISOS SUBMETIDOS A RUIDO DE IMPACTO

ESTUDO DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE LAJES E PISOS SUBMETIDOS A RUIDO DE IMPACTO ESTUDO DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE LAJES E PISOS SUBMETIDOS A RUIDO DE IMPACTO Jorge.Luiz Pizzutti dos Santos, Eng Civil, PhD Dinara Xavier da Paixão, Eng Civil, Esp. Universidade Federal de Santa Maria

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA ARGAMASSA NO DESEMPENHO ACÚSTICO DE PAREDES DE VEDAÇÃO COM BLOCOS CERÂMICOS

A INFLUÊNCIA DA ARGAMASSA NO DESEMPENHO ACÚSTICO DE PAREDES DE VEDAÇÃO COM BLOCOS CERÂMICOS UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS - UNISINOS UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONSTRUÇÃO CIVIL GESTÃO, TECNOLOGIA E SUSTENTABILIDADE JÚLIA STRADIOTTO A INFLUÊNCIA

Leia mais

DIVISÃO DE ACÚSTICA NORMA ABNT NBR 15575/13 REUNIÃO TÉCNICA

DIVISÃO DE ACÚSTICA NORMA ABNT NBR 15575/13 REUNIÃO TÉCNICA NORMA ABNT NBR 15575/13 REUNIÃO TÉCNICA Assunto: NORMA DO DESEMPENHO ACÚSTICA APLICAÇÃO PRÁTICA Data: 15/05/14 (quinta feira) Horário: das 20h às 22h. EXPOSITORES: SCHAIA AKKERMAN Engenheiro Civil e Engenheiro

Leia mais

ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS. Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575

ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS. Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575 ISOLAMENTO ACÚSTICO DAS VEDAÇÕES VERTICAIS EXTERNAS Como escolher a esquadria da sua obra e atender a NBR 15.575 Em julho de 2013 entrou definitivamente em vigor a NBR 15.575, a norma de desempenho de

Leia mais

1 Desempenho térmico

1 Desempenho térmico Desempenho térmico 1 2 Desempenho térmico A norma NBR 15575 não trata de condicionamento artificial. Todos os critérios de desempenho foram estabelecidos com base em condições naturais de insolação, ventilação

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1

MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 4 2 FICHA TÉCNICA DO EMPREENDIMENTO... 4 2.1. Caraterização do empreendimento... 4 2.2. Descrição dos pavimentos e das áreas... 5 3 IMPLANTAÇÃO... 7 3.1.

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE ACÚSTICA PRÉ-OCUPAÇÃO PARA O SISTEMA DE PISO EM AMBIENTE CONSTRUÍDO DE UM APARTAMENTO RESIDENCIAL EM NITERÓI-RJ

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE ACÚSTICA PRÉ-OCUPAÇÃO PARA O SISTEMA DE PISO EM AMBIENTE CONSTRUÍDO DE UM APARTAMENTO RESIDENCIAL EM NITERÓI-RJ AVALIAÇÃO DA QUALIDADE ACÚSTICA PRÉ-OCUPAÇÃO PARA O SISTEMA DE PISO EM AMBIENTE CONSTRUÍDO DE UM APARTAMENTO RESIDENCIAL EM NITERÓI-RJ Área temática: Gestão Ambiental e Sustentabilidade Wlander Belém Martins

Leia mais

ANALISE EXPERIMENTAL DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE RUÍDO DE IMPACTO EM DIFERENTES TIPOLOGIAS DE LAJES

ANALISE EXPERIMENTAL DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE RUÍDO DE IMPACTO EM DIFERENTES TIPOLOGIAS DE LAJES ANALISE EXPERIMENTAL DO DESEMPENHO ACÚSTICO DE RUÍDO DE IMPACTO EM DIFERENTES TIPOLOGIAS DE LAJES Mariane Raichaski Silvano (1); Alexandre Vargas (2); Patrícia Allem (3) UNESC Universidade do Extremo Sul

Leia mais

46º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EUROPEAN SYMPOSIUM ON VIRTUAL ACOUSTICS AND AMBISONICS

46º CONGRESO ESPAÑOL DE ACÚSTICA ENCUENTRO IBÉRICO DE ACÚSTICA EUROPEAN SYMPOSIUM ON VIRTUAL ACOUSTICS AND AMBISONICS ISOLAMENTO ACÚSTICO E RESISTÊNCIA AO FOGO DE ALVENARIA COM ARGAMASSA POLIMÉRICA PACS: 43.55.Rg Fernanda Pacheco¹; Roberto Christ²; Maria Fernanda de O. Nunes³ Instituto Tecnológico em Desempenho e Construção

Leia mais

ESQUADRIAS EXTERNAS. NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013

ESQUADRIAS EXTERNAS. NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013 ABNT NBR 10821 Esquadrias externas para edificações ESQUADRIAS EXTERNAS PARA EDIFICAÇÕES NBR 10821 Projetos finalizados encaminhados para consulta nacional da ABNT em maio 2013 Parte 4 Requisitos de desempenhos

Leia mais

Tabela 1 Identificação das amostras ensaiadas. Espessura (mm) 01 Manta PISO EBIOS AM A 10 Referência Laje+contrapiso+porcelanato 170

Tabela 1 Identificação das amostras ensaiadas. Espessura (mm) 01 Manta PISO EBIOS AM A 10 Referência Laje+contrapiso+porcelanato 170 LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL LMCC ENDEREÇO: Cidade Universitária Camobi, Santa Maria/RS CEP 97105-900 TELEFONE: (55) 3220.8608 (Fax) Direção 3220.8313 Secretaria 32208461 Lab. Acústica

Leia mais

A gestão do ambiente sonoro para um desenvolvimento urbano sustentável os mapas de ruído J. L. Bento Coelho

A gestão do ambiente sonoro para um desenvolvimento urbano sustentável os mapas de ruído J. L. Bento Coelho A gestão do ambiente sonoro para Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa Lisboa, Portugal bcoelho@ist.utl.pt Desenvolvimento urbano sustentável? Porquê? (United Nations Population Division,

Leia mais

WWW.PAINEISTERMOISOLANTES.COM.BR Sistema construtivo industrializado alinhado aos critérios da norma de desempenho para empreendimentos habitacionais Giovani Oliveira Gerente do Segmento Revestimentos

Leia mais

ABESC ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE CONCRETAGEM SISTEMAS CONSTRUTIVOS EM CONCRETO MOLDADO IN LOCO E TILT-UP

ABESC ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE CONCRETAGEM SISTEMAS CONSTRUTIVOS EM CONCRETO MOLDADO IN LOCO E TILT-UP Relatório DCT.C.15.003.2006-R1 MAIO/2008 ABESC ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE CONCRETAGEM SISTEMAS CONSTRUTIVOS EM CONCRETO MOLDADO IN LOCO E TILT-UP AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DEPARTAMENTO

Leia mais

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição

Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição Instalações Hidráulicas e o Projeto de Arquitetura 9ª edição PARTE I INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS PREDIAIS 1 ÁGUA FRIA Entrada e fornecimento de água fria Compartimento que abriga o cavalete Medição de água

Leia mais

II Seminário de Engenharia Diagnóstica em Edificações PAINEL 3

II Seminário de Engenharia Diagnóstica em Edificações PAINEL 3 II Seminário de Engenharia Diagnóstica em Edificações PAINEL 3 PALESTRANTES: - Jerônimo Cabral P. Fagundes Neto - José Eduardo Granato - Roberto Falcão Bauer NOVEMBRO - 2013 PAINEL 3 PERÍCIAS DE ENGENHARIA

Leia mais

QUAL O CAMINHO PARA FAZER EVOLUIR A CONSTRUÇÃO CIVIL?

QUAL O CAMINHO PARA FAZER EVOLUIR A CONSTRUÇÃO CIVIL? Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 1 INDUSTRIALIZAÇÃO, E DESEMPENHO Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção

Leia mais

Projetos Salas de Múltiplo uso. MSc. Keliane Castro

Projetos Salas de Múltiplo uso. MSc. Keliane Castro Projetos Salas de Múltiplo uso MSc. Keliane Castro Há dois critérios básicos a serem atendidos pelo projeto acústico: o isolamento e o condicionamento interno do ambiente. O primeiro, em síntese, bloqueia

Leia mais

ABNT NBR Edificações Habitacionais - Desempenho

ABNT NBR Edificações Habitacionais - Desempenho ABNT NBR 15575 Edificações Habitacionais - Desempenho Eng. Dr. Fulvio Vittorino (11) 3767-4553 fulviov@ipt.br 9/21/2017 Eng. Dr. Fulvio Vittorino - IPT 1 VISÃO GERAL DA ABNT NBR 15575 9/21/2017 Eng. Dr.

Leia mais

Segurança em edificações existentes construídas há mais de 15 anos. Valdemir Romero Diretor do Deconcic

Segurança em edificações existentes construídas há mais de 15 anos. Valdemir Romero Diretor do Deconcic Segurança em edificações existentes construídas há mais de 15 anos Valdemir Romero Diretor do Deconcic Agenda Objetivos Ações propostas Justificativas Riscos Segurança em Edificações - Objetivos 1. Criação

Leia mais

A sustentabilidade e a acústica no Brasil: uma análise de normalização e certificação vigente para edifícios habitacionais

A sustentabilidade e a acústica no Brasil: uma análise de normalização e certificação vigente para edifícios habitacionais A sustentabilidade e a acústica no Brasil: uma análise de normalização e certificação vigente para edifícios habitacionais Giselly Marchesi Bianchi (1), Ricardo Hallal Fakury (2), Rafaela Ferraz Marchi

Leia mais

Conforto Térmico Acústica Arquitetônica

Conforto Térmico Acústica Arquitetônica Abril de 2012 Conforto Térmico Acústica Arquitetônica MÓDULO II Acústica Arquitetônica Isolamento Acústico Prof. Dr. Eduardo Grala da Cunha Sino-Italian Ecological and Energy Efficient Building - SIEEB

Leia mais

Posição solar Posição solar Posição solar DESCRIÇÃO AMBIENTE ESPECIFICAÇÃO Alvenaria Geral Alvenarias com dimensões conforme projeto Cobertura Lajes de forro Laje impermeabilizada ou telhado

Leia mais

Os custos adicionais vinculados à exigibilidade da norma de desempenho NBR 15575:2013

Os custos adicionais vinculados à exigibilidade da norma de desempenho NBR 15575:2013 1 Os custos adicionais vinculados à exigibilidade da norma de desempenho NBR 15575:2013 Fabienne Fábia Neves Lima fabienne.neves@hotmail.com MBA Gerenciamento de obras, tecnologia e qualidade da construção

Leia mais

Instalações Prediais Aula 2

Instalações Prediais Aula 2 Instalações Prediais Aula 2 Prof. Dr. Alexandre Marques Buttler Identificação Curso: Engenharia Civil Carga horária: 2 h/aula Ano letivo: 2011 Aula teórica: sexta (19:20 21:00) 2 CONTRATO DE TRABALHO Cll

Leia mais

Lacunas de conhecimento tecnológico para o desempenho de edificações residenciais Luis Carlos Bonin

Lacunas de conhecimento tecnológico para o desempenho de edificações residenciais Luis Carlos Bonin 18/junho/2015 Caesar Business Faria Lima São Paulo, SP Lacunas de conhecimento tecnológico para o desempenho de edificações residenciais Luis Carlos Bonin Esta apresentação mostra os resultados de um trabalho

Leia mais

Permissões de utilização do solo. Regulamento dos Requisitos Acústicos dos Edifícios. Objectivos Principais

Permissões de utilização do solo. Regulamento dos Requisitos Acústicos dos Edifícios. Objectivos Principais Regulamento dos Requisitos Acústicos dos Edifícios Decreto - Lei 96/2008 de 1 Julho 1 Objectivos Principais Estabelecer um conjunto de critérios de desempenho exigências que potenciem condições de conforto

Leia mais

Acústica em Reabilitação de Edifícios

Acústica em Reabilitação de Edifícios Reabilitação 2009- Parte 2-1 Reabilitação 2009- Acústica de edifícios 1+2 Condicionamento acústico interior 3 - Isolamento de sons aéreos 4 - Isolamento de ruídos de instalações 5 - Isolamento de ruídos

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 10 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

CONSTRUÇÕES INDUSTRIALIZADAS Steel Framing

CONSTRUÇÕES INDUSTRIALIZADAS Steel Framing 20/09/2006 CONSTRUÇÕES INDUSTRIALIZADAS Steel Framing engº Hélcio Hernandes Brasil um País Continental Balança comercial Superávit de US$ 44,7 bilhões em 2005 Taxa de crescimento real do PIB 2,3% em 2005

Leia mais

A NORMA DE DESEMPENHO E O PROJETO ELÉTRICO

A NORMA DE DESEMPENHO E O PROJETO ELÉTRICO A NORMA DE DESEMPENHO E O PROJETO ELÉTRICO Versão inicial - 28/04/2014 Itens em itálico, são parte da NBR 15575 ETAPA 01 Interpretação da FE Projetos sobre os itens da Norma de Desempenho Parte 1 - Requisitos

Leia mais