ASPECTOS BÁSICOS DA NR-12. Bruno Caruso Bilbao Adad

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ASPECTOS BÁSICOS DA NR-12. Bruno Caruso Bilbao Adad"

Transcrição

1 ASPECTOS BÁSICOS DA NR-12 Bruno Caruso Bilbao Adad

2 Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de /07/78 Atualizações D.O.U. Portaria SSST n.º 12, de 06 de junho de /06/83 Portaria SSST n.º 13, de 24 de outubro de /10/94 Portaria SSST n.º 25, de 28 de janeiro de /12/96 Portaria SSST n.º 04, de 28 de janeiro de /03/97 Portaria SIT n.º 197, de 17 de dezembro de /12/10 Portaria SIT n.º 293, de 08 de dezembro de /12/11 Portaria MTE n.º 1.893, de 09 de dezembro de /12/13 Portaria MTE n.º 857, de 25 de junho de /06/15

3

4

5 PRINCÍPIOS GERAIS,

6 Estabelece os requisitos mínimos para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho... Aplica-se para Máquinas Novas e Usadas, salvo menção específica...

7 Na aplicação desta Norma devem-se considerar as características das máquinas e equipamentos, do processo, a apreciação de riscos e o estado da técnica

8 Projeto

9 Fabricação

10 Importação

11 Comercialização

12 Locação

13 Cessão (a qualquer titulo)

14 Exposição

15 Em toda atividade econômica.

16 Onde houver a intervenção de máquinas...

17 QUANTO AOS TRABALHADORES

18 Cumprir as orientações... Não realizar alterações nas proteções... Comunicar falhas ou defeitos nas Proteções... Participar de treinamentos.. Colaborar na implementação da NR-12 na empresa.

19 Prioridade das medidas de proteção: A) Medidas de Proteção Coletiva... B) Medidas Administrativas... C) Medidas de Proteção Individual...

20 ARRANJO FÍSICO E INSTALAÇÕES,

21 Áreas de circulação... Armazenamento de materiais... Espaço entre máquinas... Pisos dos locais de trabalho...

22 INSTALAÇÕES E DISPOSITIVOS ELÉTRICOS

23 Atender a NR NR-10 Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.

24 As máquinas devem possuir aterramento; São proibidas nas máquinas e equipamentos: a) a utilização de chave geral como dispositivo de partida e parada; b) a utilização de chaves tipo faca nos circuitos elétricos; e c) a existência de partes energizadas expostas de circuitos que utilizam energia elétrica.

25 Os quadros de energia das máquinas e equipamentos devem: possuir porta de acesso, mantida permanentemente fechada... possuir sinalização quanto ao perigo de choque elétrico e restrição de acesso por pessoas não autorizadas... ser mantidos em bom estado de conservação, limpos e livres de objetos e ferramentas...

26 DISPOSITIVOS DE PARTIDA, ACIONAMENTO E PARADA

27 DISPOSITIVOS DE PARTIDA, ACIONAMENTO E PARADA Não estar localizado em zona perigosa... Possam ser acionados por qualquer pessoa (em caso de emergência)... Não possa ser acionado ou desligado involuntariamente.. Não possibilitar choque elétrico...

28 DISPOSITIVO DE PARADA DE EMERGÊNCIA

29 Dispositivos de Parada de Emergência Botoeira de emergência

30 Dispositivos de Parada de Emergência Acionadores tipo cabo

31 Dispositivos de Parada de Emergência Deve existir pelo menos um dispositivo... Não devem ser utilizados com dispositivo de partida ou acionamento... Devem prevalecer sobre todos os outros comandos.. Monitorados por meio de sistema de segurança... Devem provocar a parada da operação ou processo perigoso em período de tempo tão reduzido quanto tecnicamente possível, sem provocar riscos suplementares...

32 SISTEMAS DE SEGURANÇA

33 As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem possuir SISTEMAS DE SEGURANÇA caracterizados por PROTEÇÕES FIXAS, PROTEÇÕES MÓVEIS, DISTANTES E DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA... Análise de Riscos deve ser realizada para a adoção dos SISTEMAS DE SEGURANÇA...

34 O que é uma Proteção para a NR. Definição Elemento especificamente utilizado para prover segurança por meio de barreira física, podendo ser: Fixa, Móvel ou Distante. Estas Proteções podem articularse com Dispositivos de Segurança como: inter-travamentos, sensores, válvulas e outros.

35 SISTEMA DE SEGURANÇA Barreiras Físicas Dispositivos de Segurança Comand. elétricos Prot. Fixa Prot. Móvel Intertravamentos Sensores Segurança Válvulas/blocos Seg Proteção Distante Disp. Mecânicos Disp. Validação

36 Proteção fixa: Proteção mantida em sua posição (isto é fechada), permanentemente (por solda, etc) ou por meio de fixadores (parafusos, porcas, etc) tornando sua remoção ou abertura impossível sem o uso de ferramentas.

37 Parafuso de fenda

38 Parafuso allen

39 Parafuso tipo one-way

40 Proteção Móvel: Geralmente vinculada à estrutura da máquina ou elemento de fixação adjacente, por meios mecânicos, (por exemplo, basculantes ou deslizantes) que pode ser aberta sem o auxilio de ferramentas.

41 Proteção Distante (Perimetral) Se houver possibilidade de pessoas ficarem na zona de perigo, adotar medidas adicionais de proteção coletiva para impedir a partida da máquina enquanto houver pessoas nessa zona...

42 As proteções físicas devem ser complementadas com dispositivos eletroeletrônicos quando a sua abertura possibilitar o acesso à zona de perigo antes da eliminação do risco...

43 Sistemas Eletroeletrônicos PROTEÇÕES MÓVEIS

44 Sistemas Eletroeletrônicos PROTEÇÕES MÓVEIS

45 Proteção com intertravamento Proteção associada a um dispositivo de intertravamento.

46 Proteção com intertravamento Proteção associada a um dispositivo de intertravamento.

47 Características das Proteções Constituídas de materiais resistentes... Fixação firme e garantida a estabilidade... Não criar riscos adicionais... Impedir que possam ser burladas... Impedir acesso à zona de Perigo... Intertravamentos protegidos.

48 Não ocasionar riscos suplementares...

49

50 MEIOS DE ACESSO

51 Os meios de acesso, exceto escada fixa tipo marinheiro e elevador, devem possuir sistema de proteção contra quedas (guarda-corpo)...

52 * Escolha dos meios de acesso conforme a inclinação ângulo de lance.

53 COMPONENTES PRESSURIZADOS

54 Componentes Pressurizados Mangueiras em sistemas pressurizados devem possuir indicação de pressão máxima... As mangueiras, tubulações e demais componentes pressurizados devem ser localizados ou protegidos de tal forma que uma situação de ruptura destes componentes e vazamentos de fluidos, não possa ocasionar acidentes de trabalho...

55 TRANSPORTADORES DE MATERIAIS

56 Movimentos perigosos devem ser protegidos, especialmente nos pontos de esmagamento, agarramento e aprisionamento..

57 Devem dispor, ao longo de sua extensão, de dispositivos de parada de emergência, de modo que possam ser acionados em todas as posições de trabalho.... e se analise de risco determinar pode ser dispensada...

58 RISCOS ADICIONAIS

59 Agentes biológicos e ou químicos em qualquer estado da matéria... Radiações ionizante e não ionizantes... Vibrações... Ruído... Calor... Líquidos inflamáveis.. Superfícies aquecidas.

60 REGISTROS DA MANUTENÇÃO

61 Manutenção, inspeção, preparação, ajustes e reparos Manutenção preventiva e corretiva (conforme manual) Profissionais capacitados Registro das manutenções (CIPA,SESMT,MTE) END

62

63 SINALIZAÇÃO

64 SINALIZAÇÃO A sinalização deve : Ser de fácil compreensão... Ficar em local claramente visível... Ser escritas na língua portuguesa (do Brasil) Sempre devem estar legíveis...

65

66

67 As inscrições devem ser claras e precisas e não deve ser utilizado somente a inscrição Perigo...

68 MANUAIS DAS MÁQUINAS

69 Manuais em Português do Brasil... Razão social, CNPJ, endereço fabricante ou importador Tipo, modelo, capacidade Número de série... Normas observadas... Descrição detalhada da máquina..... Indicação da vida útil.

70 DOCUMENTOS ADMINISTRATIVOS E GERENCIAIS

71 Inventário O empregador deve manter inventário atualizado das máquinas e equipamentos por: tipo, capacidade, sistemas de segurança, localização em planta baixa.

72

73

74 PROCEDIMENTOS DE TRABALHO E SEGURANÇA

75 Elaborar procedimentos detalhados e específicos com descrição de cada tarefa... Serviços que envolvam riscos devem ser precedidos de OS específicas contendo no mínimo:» A descrição do serviço...» A data e local de realização...» O nome e a função dos trabalhadores...» Os responsáveis pelo serviço e pela emissão da OS, de acordo com os procedimentos de trabalho e segurança...

76 CAPACITAÇÃO

77 A capacitação deve: A) Ocorrer antes que o trabalhador assuma sua função.. B) Ser realizada pelo empregador, sem ônus para o trabalhador... C) Ter carga horária mínima que garanta aos trabalhadores executarem suas atividades com segurança, sendo distribuída em no máximo 8 horas diárias e realizada durante o horário normal de trabalho... D) Ter conteúdo programático conforme estabelecido no Anexo II da NR-12...

78 OK PT

79 Exceções para Micro e Pequenas Empresas Quanto ao manual das Máquinas: Pode Ficha de Informação... Capacitação: Ministrada por trabalhador da própria empresa... Inventário: Dispensadas da elaboração...

80 Micro e Pequena Empresa Enquadramento: MICRO EMPRESA: Faturamento Bruto Anual menor igual a R$ 360 mil... PEQUENA EMPRESA: faturamento Bruto Anual maior a R$ 360 mil e Menor Igual a R$ 3.6 Milhões.

81 OS ANEXOS À NR-12

82 Os Anexos da NR-12 contemplam obrigações, disposições especiais ou exceções que se aplicam a um determinado tipo de máquina ou equipamento, em caráter prioritário aos demais requisitos da NR

83 Obrigado! Fontes: Lei e NR-12. Figuras e Fotografias: Sites da Internet

Indústria da Construção Foco NR-12. Engº Seg. Bruno C. Bilbao Adad

Indústria da Construção Foco NR-12. Engº Seg. Bruno C. Bilbao Adad Máquinas e Equipamentos na Indústria da Construção Foco NR-12 Engº Seg. Bruno C. Bilbao Adad CENÁRIO Estimativas indicam que Máquinas e equipamentos participam com aproximadamente 50% do total de

Leia mais

Máquinas e Equipamentos NR - 12

Máquinas e Equipamentos NR - 12 Máquinas e Equipamentos NR - 12 Publicação - Portaria GM N. 3.214, de 08 de julho de 1978 06/07/78. Atualizações - Portaria SIT N. 197, de 17 de dezembro de 2010 24/12/10. Entra em vigor - 01 de julho

Leia mais

Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança

Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança Aula Norma NR 12 Eletromecânica Módulo 1 Professor: Sergio Luis Brockveld Junior Objetivo da aula Informar, formar e orientar Engenheiros e técnicos no que diz

Leia mais

Conhecendo a NR-12 e Suas Obrigatoriedades

Conhecendo a NR-12 e Suas Obrigatoriedades Conhecendo a NR-12 e Suas Obrigatoriedades CLT Consolidação das Leis do Trabalho É de obrigação legal para os empregadores a Lei nº 6.514, de 22 de dezembro de 1977 relativa a segurança e medicina do trabalho

Leia mais

Segurança do Trabalho com Máquinas e Equipamentos. Thiago Freitas Engº Segurança do Trabalho

Segurança do Trabalho com Máquinas e Equipamentos. Thiago Freitas Engº Segurança do Trabalho Segurança do Trabalho com Máquinas e Equipamentos Thiago Freitas Engº Segurança do Trabalho Tem o objetivo de evitar que o trabalhador entre em contato com partes móveis da máquina. Definições Maquinas

Leia mais

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Instalações e Dispositivos Elétricos Dispositivos de Partida, Acionamento e Parada Dispositivos de Parada de Emergência Clarice I. Lorenzi Eng.

Leia mais

NR-12 aplicada à máquinas da linha amarela. Marcus C. Lacerda Engenheiro Mecânico e Sócio-diretor OPERACTION

NR-12 aplicada à máquinas da linha amarela. Marcus C. Lacerda Engenheiro Mecânico e Sócio-diretor OPERACTION NR-12 aplicada à máquinas da linha amarela Marcus C. Lacerda Engenheiro Mecânico e Sócio-diretor OPERACTION Mercado de Máquinas Pesadas - Brasil (Estimativa) Retroescavadeiras Pás carregadeiras Escavadeiras

Leia mais

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Arranjo Físico e Instalações, Aspectos Ergonômicos, Sinalização, Procedimentos de Trabalho e Segurança e Capacitação Clarice I. Lorenzi Eng. de

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA N.º

NORMA REGULAMENTADORA N.º SUMÁRIO SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NORMA REGULAMENTADORA N.º 10 2. Formação profissional 2.1 Qualificação 2.2 Habilitação 2.3 Capacitação 2.4 Autorização 3. Medidas de controle

Leia mais

O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras

O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras O que representa a sigla NR? Normas Regulamentadoras Instrumentos legais editados pelo Ministério do Trabalho e Emprego que regulamentam e fornecem orientações do conjunto de requisitos e procedimentos

Leia mais

Modificações nas Normas Regulamentadoras e seus impactos na escolha de máquinas e equipamentos S I N D U S C O N S P 1 7 / 1 2 /

Modificações nas Normas Regulamentadoras e seus impactos na escolha de máquinas e equipamentos S I N D U S C O N S P 1 7 / 1 2 / Modificações nas Normas Regulamentadoras e seus impactos na escolha de máquinas e equipamentos S I N D U S C O N S P 1 7 / 1 2 / 2 0 1 0 Montagem CARACTERÍSTICAS de pré-moldados Fotografias do Acidente

Leia mais

indústria da fundição e estratégias para atendimento da norma

indústria da fundição e estratégias para atendimento da norma Aspectos da NR 12 aplicáveis à indústria da fundição e estratégias para atendimento da norma João Campos Joinville outubro de 2014 Quem mexeu na minha máquina NR-12 Máquinas e equipamentos (1978) NR 12

Leia mais

BEM-VINDO. Ao Seminário Estadual sobre Segurança em Máquinas com NR 12. TEMA Conceitos Fundamentais

BEM-VINDO. Ao Seminário Estadual sobre Segurança em Máquinas com NR 12. TEMA Conceitos Fundamentais BEM-VINDO Ao Seminário Estadual sobre Segurança em Máquinas com NR 12 TEMA Conceitos Fundamentais Marcelo Vandresen, Dr.Eng.Mec. 1989 - Tecnico em Mecânica Manutenção 1994 - Engenheiro Mecânico 1995 -

Leia mais

Grupo MAHLE Brasil Data: 01/08/08 Página 1/5 Nº Id. SSO Revisão: 03

Grupo MAHLE Brasil Data: 01/08/08 Página 1/5 Nº Id. SSO Revisão: 03 Grupo MAHLE Brasil Data: 01/08/08 Página 1/5 1. OBJETIVO Estabelecer procedimentos de segurança para Aquisição de Maquinas e Equipamentos, conforme legislação aplicável disposto na Portaria n. º 3.214/78,

Leia mais

SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA O IMPACTO DAS MUDANÇAS DA NR-12 NAS EMPRESAS

SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA O IMPACTO DAS MUDANÇAS DA NR-12 NAS EMPRESAS SEMINÁRIO DE ATUALIZAÇÃO TECNOLÓGICA O IMPACTO DAS MUDANÇAS DA NR-12 NAS EMPRESAS NR-12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS 1ª PUBLICAÇÃO Portaria MTb nº 3.214, de 08 de junho de 1978 DOU

Leia mais

Informações Gerais. [...] Esta Norma Regulamentadora e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e

Informações Gerais. [...] Esta Norma Regulamentadora e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e Informações Gerais [...] Esta Norma Regulamentadora e seus anexos definem referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR Carpintaria Versão_CPN. TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA (discussões)

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR Carpintaria Versão_CPN. TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA (discussões) PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR 18 18.7. Carpintaria Versão_CPN TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO JUSTIFICATIVA (discussões) 18.7.1. As operações em máquinas e equipamentos necessários à realização da atividade de

Leia mais

INFORMATIVO 09/2016. NOVAS ALTERAÇÕES NA NR 12 DOU de 02/05/2016

INFORMATIVO 09/2016. NOVAS ALTERAÇÕES NA NR 12 DOU de 02/05/2016 Data do boletim informativo Volume 1, Edição 1 Di INFORMATIVO 09/2016 NOVAS ALTERAÇÕES NA NR 12 DOU de 02/05/2016 O Ministério do Trabalho e Previdência Social, através da Portaria MTPS nº 509 de 29 de

Leia mais

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s)

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) http://www.mte.gov.br/ NR 01 Disposições Gerais 02 Inspeção Prévia 03 Embargo ou Interdição TEMA 04 Serviços Especializados em Eng. de Segurança

Leia mais

Gestão da NR-12 nas Empresas. O que mudou!

Gestão da NR-12 nas Empresas. O que mudou! Gestão da NR-12 nas Empresas O que mudou! ASPECTOS LEGAIS CLT CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO TITUTO II - DAS NORMAS GERAIS DE TUTELA DO TRABALHO CAPITULO V - DA SEGURANÇA E DA MEDICINA DO TRABALHO SEÇÃO

Leia mais

MINICURSO CONHECENDO A NR-12: MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS RESUMO

MINICURSO CONHECENDO A NR-12: MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS RESUMO MINICURSO CONHECENDO A NR-12: MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS RESUMO A NR 12 segurança no trabalho e máquinas e equipamentos é uma das normas mais extensas, pois separei os pontos mais importantes e cobrados em

Leia mais

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo

NR 10. Prof. Felipe A. Camargo QMASS NR 10 Prof. Felipe A. Camargo NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 01 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.1.1 Esta NR estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando

Leia mais

Aplicação dos Anexos VI e VII da NR 12 em Minas Gerais

Aplicação dos Anexos VI e VII da NR 12 em Minas Gerais REUNIÃO TÉCNICA - 04/09/2013 Aplicação dos Anexos VI e VII da NR 12 em Minas Gerais Marcos Ribeiro Botelho Auditor-Fiscal do Trabalho SRTE/MG Uberaba/MG Paralelo entre as duas NR-12 Antiga NR-12 NR-12

Leia mais

WORKSHOP. NR 12 e CCT-SP. Segurança no Trabalho em Máquinas Injetoras e Sopradoras de Materiais Plásticos. Escola SENAI Mario Amato Abril / 2014

WORKSHOP. NR 12 e CCT-SP. Segurança no Trabalho em Máquinas Injetoras e Sopradoras de Materiais Plásticos. Escola SENAI Mario Amato Abril / 2014 WORKSHOP NR 12 e CCT-SP Segurança no Trabalho em Máquinas Injetoras e Sopradoras de Materiais Plásticos Abril / 2014 Panorama da Indústria Plástica Brasil 11.690 empresas; 347.816 Funcionários. São Paulo

Leia mais

Segurança em instalações e projetos, conforme a nova NR-10

Segurança em instalações e projetos, conforme a nova NR-10 Segurança em instalações e projetos, conforme a nova João Cunha Algumas questões iniciais 2 Norma x Regulamento Regulamento Técnico: Documento aprovado por órgãos governamentais em que se estabelecem as

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS

IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS IMPLEMENTAÇÃO E GESTÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS I Semana de Saúde do Trabalhador 26 de abril2010 Eng João Baptista Beck Pinto Revisão NR-12 Novidades Inclui projeto, utilização, construção,

Leia mais

1º ENTEC - Encontro Técnico GSO Bebedouro, 19 de maio de 2016

1º ENTEC - Encontro Técnico GSO Bebedouro, 19 de maio de 2016 1º ENTEC - Encontro Técnico GSO Bebedouro, 19 de maio de 2016. OBJETIVO Como fazer na prática para atender a NR12 / Interpretação e associação entre teorias e técnicas de análises de riscos. MISSÃO Promover

Leia mais

Redação Anterior Portaria MTPS nº 509/2016. Comentários:

Redação Anterior Portaria MTPS nº 509/2016. Comentários: Comparação da Redação Anterior da NR 12 com as principais alterações da Portaria MTPS nº 509/2016 Redação Anterior Portaria MTPS nº 509/2016 12.5 Na aplicação desta Norma devem-se 12.5 Na aplicação desta

Leia mais

Segurança em Eletricidade

Segurança em Eletricidade Segurança em Eletricidade Os serviços que envolvem eletricidade podem provocar acidentes que, na maioria das vezes, são de natureza grave. Essas atividades são responsáveis por um número elevado de mortes

Leia mais

FLUXOGRAMA NR 12. Atender NR12 12/11/ As máquinas estão adequadas? Levantamento do Universo Fabril (Máquinas/Postos de Trabalho) Apreciação de

FLUXOGRAMA NR 12. Atender NR12 12/11/ As máquinas estão adequadas? Levantamento do Universo Fabril (Máquinas/Postos de Trabalho) Apreciação de 12/11/2013 1 FLUXOGRAMA NR 12 Atender NR12 Levantamento do Universo Fabril (Máquinas/Postos de Trabalho) 1 ETAPA As máquinas estão adequadas? NÃO Apreciação de Riscos 4 ETAPA SIM Memorial descritivo Projetos

Leia mais

Maquinas, equipamentos e ferramentas diversas na construção civil. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Maquinas, equipamentos e ferramentas diversas na construção civil. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho na construção civil Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho A operação de máquinas e equipamentos que exponham o operador ou terceiros a riscos só pode ser feita por trabalhador

Leia mais

Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade

Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade Engenheiro Eletricista Edson Martinho Diretor Executivo da ABRACOPEL Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade abracopel@abracopel.org.br 11-99688-1148 PROXIMIDADE COM A

Leia mais

NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NR - 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE 10.1 - OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 10.2 - MEDIDAS DE CONTROLE 10.3 - SEGURANÇA EM PROJETOS 10.4 - SEGURANÇA NA CONSTRUÇÃO, MONTAGEM, OPERAÇÃO

Leia mais

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi. NR 8 e NR-10. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi. NR 8 e NR-10. Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi NR 8 e NR-10 Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira NR-8 Edificações Dispõe sobre os requisitos técnicos mínimos que devem ser observados nas edificações

Leia mais

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Introdução à NR-12

NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Introdução à NR-12 NR 12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Introdução à NR-12 Clarice I. Lorenzi Eng. de Produção e de Segurança do Trabalho Me. em Engenharia Mecânica clara_lz@hotmail.com HISTÓRICO REVOLUÇÃO

Leia mais

PORTARIA Nº 15, DE 3 DE JULHO DE 2007 DOU

PORTARIA Nº 15, DE 3 DE JULHO DE 2007 DOU PORTARIA Nº 15, DE 3 DE JULHO DE 2007 DOU 04-07-2007 Aprova o Anexo I e altera a redação do item 18.14.19 da Norma Regulamentadora nº 18 A SECRETÁRIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO e o DIRETOR DO DEPARTAMENTO

Leia mais

NR 18. Segurança na Construção Civil

NR 18. Segurança na Construção Civil NR 18 Segurança na Construção Civil Tópicos da NR 18 Objetivo e Campo de Aplicação Comunicação Prévia Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção - PCMAT Áreas de Vivência

Leia mais

INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE

INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE INFORMATIVO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE 1 - ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES. Segundo a Portaria Ministerial número 3214 de 08 de junho de 1978, na sua Norma Regulamentadora de número

Leia mais

PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE PROPOSTA NR 10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Texto base apresentado pelo MTE como proposta de atualização da Regulamentação Normativa atual em segurança e saúde no trabalho com atividades

Leia mais

NR-10. Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Antônio Fábio Dantas da Nóbrega

NR-10. Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Antônio Fábio Dantas da Nóbrega NR-10 Segurança em instalações e serviços em eletricidade Sumário Riscos em instalações e serviços elétricos Visão geral sobre a NR-10 Medidas de Proteção Coletiva Equipamentos de Proteção Coletiva Medidas

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO. Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO Legislação, Regulamentos e Normas sobre Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Prof. Rafael Jassen Gazzolla Aires de Araujo Engenheiro de Segurança

Leia mais

Aula 3. Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho

Aula 3. Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho Aula 3 Normas Regulamentadoras de Segurança, Medicina e Higiene do Trabalho São normas que definem os parâmetros legais de atuação da sociedade sobre as condições de trabalho. Fiscalização Penalidades

Leia mais

NBR Instalações elétricas em locais de afluência de público - Requisitos específicos

NBR Instalações elétricas em locais de afluência de público - Requisitos específicos NBR 13570 Instalações elétricas em locais de afluência de público - Requisitos específicos NBR 13570 As prescrições desta Norma complementam, modificam ou substituem as prescrições de caráter geral contidas

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 SINAIS DE ATENÇÃO! Atenção! Alta Voltagem 230/240V Atenção! Superfície quente! Vapor quente ou líquido. Atenção!

Leia mais

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite. Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite Curso de Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Núcleo de Pós-Graduação Pitágoras Escola Satélite ENGº MECÂNICO JOSÉ HENRIQUE EGIDIO jegidio@uol.com.br

Leia mais

SEGURANÇA NO TRABALHO MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

SEGURANÇA NO TRABALHO MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS SEGURANÇA NO TRABALHO MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Eng Túlio Agostini, F. SP. CREA SP 5063910677 - D Franca SP 2015 INTRODUÇÃO Este trabalho tem por objetivo atender as exigências contidas no texto da NR-12

Leia mais

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr.

NR-10. Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS. Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. NR-10 Rotinas de trabalho PROCEDIMENTOS Prof. Pedro Armando da Silva Jr. Engenheiro Eletricista, Dr. pedroarmando@ifsc.edu.br Objetivo Definir procedimentos básicos para execução de atividades/trabalhos

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE

NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE NORMAS DE SEGURANÇA EM SITUAÇÕES DE RISCO QUE ENVOLVA ELETRICIDADE Anderson Rocha Ramos¹, Bruna Neves de Andrade², Felipe Matos Lopes dos Santos 3, Phablo Cabral de Oliveira 4,Silvani Ramos de Oliveira

Leia mais

Procedimentos que o Grupo Arteseg Oferece com sua Consultoria NR10:

Procedimentos que o Grupo Arteseg Oferece com sua Consultoria NR10: Adequação e Consultoria à norma NR10 A NR10 é uma norma regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego que estabelece uma série procedimentos e condutas para a realização de atividades que envolvem

Leia mais

RCB Rental Company do Brasil. Assunto:. NR-18

RCB Rental Company do Brasil. Assunto:. NR-18 RCB Rental Company do Brasil Assunto:. NR-18 Diário Oficial da União - Seção 1-4 de julho de 2007 - página 124 SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 15, DE 3 DE JULHO DE 2007 Aprova o Anexo I

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MANOEL GUEDES Escola Técnica Dr. Gualter Nunes Habilitação Profissional de Técnico em Farmácia. Prevenção e Segurança no Trabalho

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MANOEL GUEDES Escola Técnica Dr. Gualter Nunes Habilitação Profissional de Técnico em Farmácia. Prevenção e Segurança no Trabalho EPC e EPI Medidas de Proteção EPI Equipamentos de Proteção Individual EPC Equipamentos de Proteção Coletiva 1 São aqueles que neutralizam a fonte do risco no lugar em que ele se manifesta. É todo dispositivo,

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES

IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES IMPLANTAÇÃO DA NR-10 NAS OPERADORAS METROFERROVIÁRIAS IMPACTOS E OPORTUNIDADES Engº Wilmar Fratini Comissão Metroferroviária - GT de Gestão Integrada São Paulo - 29.08.07 Norma Regulamentadora nº 10 SEGURANÇA

Leia mais

LISTA DE EXERCÌCIOS 1

LISTA DE EXERCÌCIOS 1 Faculdade Anhanguera de Guarulhos Rua do Rosário, 300, Centro - Guarulhos SP. Data: / / 2014 Nota: Nome RA Assinatura Ergonomia e Segurança do Trabalho José Jorge Alcoforado Curso/Turma Disciplina Professor

Leia mais

Professor Autor: José Henrique Egídio Professor Telepresencial: José Henrique Egídio Coordenador de Conteúdo: Pedro Sergio Zuchi

Professor Autor: José Henrique Egídio Professor Telepresencial: José Henrique Egídio Coordenador de Conteúdo: Pedro Sergio Zuchi CURSO: Engenharia de Segurança do Trabalho. Disciplina: Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações I Aula: Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos NR 12 Professor Autor:

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Publicação D.O.U. Portaria MTb n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Atualizações D.O.U. Portaria SSST n.º 12, de 06 de junho de 1983 14/06/83

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Publicação D.O.U. Portaria MTb n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Atualizações D.O.U. Portaria SSST n.º 12, de 06 de junho de 1983 14/06/83

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Publicação D.O.U. Portaria MTb n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Atualizações D.O.U. Portaria SSST n.º 12, de 06 de junho de 1983 14/06/83

Leia mais

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. ANEXO I (Incluído pela Portaria SIT n.º 15, de 03 de julho de 2007)

NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. ANEXO I (Incluído pela Portaria SIT n.º 15, de 03 de julho de 2007) NR 18 - CONDIÇÕES E MEIO AMBIENTE DE TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO ANEXO I (Incluído pela Portaria SIT n.º 15, de 03 de julho de 2007) ANEXO IV PLATAFORMAS DE TRABALHO AÉREO (Alterado pela Portaria

Leia mais

SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009

SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009 SEGURANÇA NO TRABALHO E A NR-10 PALESTRA PARA OS COLABORADORES DA RHMED RJ 13/03/2009 NR-10 PORTARIA M.T.E 598 DE 07-12-2004 IMPLANTAÇÃO DO PRONTUÁRIO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS OBJETIVO IMPLEMENTAÇÃO DE

Leia mais

G ESTOG. Certi cadora & Projetos de Engenharia Ltda. CNPJ: /

G ESTOG. Certi cadora & Projetos de Engenharia Ltda. CNPJ: / ESTO Certi cadora & Projetos de Engenharia Ltda. CNPJ: 22.487.446/0001-25. Regulamente suas máquinas e equipamentos com a estog Certi cadora. In Company (Interno) Cursos (Abertos) uia de Certi cação de

Leia mais

Entidades gestoras de fluxos específicos de resíduos

Entidades gestoras de fluxos específicos de resíduos AMBIENTE, SEGURANÇA, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO DESTINATÁRIOS Todos os colaboradores que pretendam adquirir conhecimentos na área do ambiente, segurança, higiene e segurança no trabalho. OBJETIVO

Leia mais

Mapa de Risco da Empresa :

Mapa de Risco da Empresa : Mapa de Risco da Empresa : Questionário auxiliar para elaboração do Mapa de Riscos Objetivos: A - O objetivo deste questionário é de reunir as informações necessárias para estabelecer o diagnóstico da

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA N.º 15, DE 03 DE JULHO DE 2007 (DOU de 04/07/2007 Seção I págs. 124 e 125) Aprova o Anexo I e altera a redação do item 18.14.19

Leia mais

SOLUÇÕES TÉCNICAS, CUSTO E QUALIDADE

SOLUÇÕES TÉCNICAS, CUSTO E QUALIDADE VISÃO GLOBAL CONSULTORIA EM GESTÃO INDUSTRIAL; ADEQUAÇÕES AS NORMAS REGULAMENTADORAS; CONSULTORIA INDUSTRIAL RELAÇÃO SINDICAL E COM O M.T.E. GESTÃO DE PESSOAS EFICIÊNCIA PRODUTIVIDADE ORGANIZAÇÃO PRODUÇÃO

Leia mais

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101

MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Industrial Madeireira MÁQUINAS TÉRMICAS AT-101 Dr. Alan Sulato de Andrade alansulato@ufpr.br 1 : A 13º norma regulamentadora, estabelece todos os requisitos

Leia mais

Lista de verificação baseada na norma regulamentadora NR-12 para aplicação em silos armazenadores de grãos

Lista de verificação baseada na norma regulamentadora NR-12 para aplicação em silos armazenadores de grãos Lista de verificação baseada na norma regulamentadora NR-12 para aplicação em silos armazenadores de grãos Gislaine Iastiaque Martins 1, Marcia Fernanda Deminski 2, Marta Mitiko Kubota Siqueira 3, Carlos

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS (Redação dada pela Portaria SIT n.º 197, de 17/12/10) Princípios Gerais Publicação D.O.U. Portaria MTb n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78

Leia mais

NR-12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS (Redação dada pela Portaria SIT n.º 197, de 17/12/10) Princípios Gerais Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Atualizações

Leia mais

Anexo II. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Laudo Técnico Ambiental Oficina Mecânica

Anexo II. Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Laudo Técnico Ambiental Oficina Mecânica Programa de Prevenção de Riscos Ambientais Anexo II Laudo Técnico Ambiental Oficina Mecânica CAMPUS AVANÇADO DE POÇOS DE CALDAS Instituto de Ciência e Tecnologia Diretor do Instituto Prof. Cláudio Antônio

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO PORTARIA N. 1.893, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Altera a Norma Regulamentadora n. 12 O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO E EMPREGO,no uso das atribuições que lhe conferem o inciso

Leia mais

RISCOS. Riscos de origem elétrica. Riscos de queda. Riscos no transporte e com equipamentos. Riscos de ataques de insetos

RISCOS. Riscos de origem elétrica. Riscos de queda. Riscos no transporte e com equipamentos. Riscos de ataques de insetos RISCOS Os riscos à segurança e saúde dos trabalhadores no setor de energia elétrica são, via de regra elevados, podendo levar a lesões de grande gravidade e são específicos a cada tipo de atividade. Contudo,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2011 Instrução Técnica nº 29/2011 - Comercialização, distribuição e utilização de gás natural 689 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros

Leia mais

Guia Trabalhista: NR-12: Trabalho em máquinas e equipamentos. Resumo: 1) Introdução: 2) Princípios Gerais da NR-12:

Guia Trabalhista: NR-12: Trabalho em máquinas e equipamentos. Resumo: 1) Introdução: 2) Princípios Gerais da NR-12: Guia Trabalhista: NR-12: Trabalho em máquinas e equipamentos Resumo: Analisaremos no presente Roteiro de Procedimentos a Norma Regulamentadora 12 (NR-12), aprovada pela Portaria GM nº 3.214/1978 (com suas

Leia mais

PREVENÇÃO, PREPARAÇÃO E RESPOSTA À EMERGÊNCIAS E DESASTRES QUÍMICOS

PREVENÇÃO, PREPARAÇÃO E RESPOSTA À EMERGÊNCIAS E DESASTRES QUÍMICOS Curso de Auto-aprendizagem PREVENÇÃO, PREPARAÇÃO E RESPOSTA À EMERGÊNCIAS E DESASTRES QUÍMICOS Gerenciamento de risco Químico Edson Haddad CETESB Gerenciamento de risco Propósito do PGR Programa de Gerenciamento

Leia mais

Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12

Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12 Segurança de Máquinas e Equipamentos NR12 www.eteck.com.br -1- As zonas de perigo das máquinas e equipamentos devem possuir sistemas de segurança, caracterizados por proteções fixas, proteções móveis e

Leia mais

Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática ROSS South America Ltda

Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática ROSS South America Ltda Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática Válvulas L-O-X para o Isolamento da Energia Pneumática Válvulas para o fechamento e exaustão do ar comprimido para intervenções de manutenção, inspeção,

Leia mais

BLOQUEIO E IDENTIFICAÇÃO DE ENERGIA LOCK-OUT & TAG-OUT AGUINALDO

BLOQUEIO E IDENTIFICAÇÃO DE ENERGIA LOCK-OUT & TAG-OUT AGUINALDO BLOQUEIO E IDENTIFICAÇÃO DE ENERGIA LOCK-OUT & TAG-OUT ENERGIA Elétrica Mecânica Hidraúlica Pneumática Química Térmica Gravidade Radiação Os procedimentos de Bloqueio e Identificação de Energia são a maneira

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Aprovada pela: Portaria MTB n. 3214, de 08.06.78 Alterações: Portaria SSMT n.12, de 06.06.83 Portaria SSST n.13, de 24.10.94 Portaria SSST n. 25,

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA N.º DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 (DOU de 11/12/2013 Seção I Pág.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA N.º DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 (DOU de 11/12/2013 Seção I Pág. MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA N.º 1.896 DE 09 DE DEZEMBRO DE 2013 (DOU de 11/12/2013 Seção I Pág. 153) Altera a Norma Regulamentadora n.º 31. O MINISTRO DE ESTADO DO TRABALHO

Leia mais

Texto para Consulta Pública

Texto para Consulta Pública NR-12 MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Sumário 12.1 Princípios Gerais 12.2 Arranjo físico e instalações 12.3 Instalações e dispositivos elétricos 12.4 Dispositivos de partida, acionamento e parada 12.5 Sistemas

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Sumário 12.1 12.2 12.3 12.4 12.5 12.6 12.7 12.8 12.9 12.10 12.11 12.12 12.13 12.14 12.15 12.16 Princípios Gerais Arranjo físico e instalações Instalações

Leia mais

BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA

BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA BRAGA & BOUWMAN ENGENHARIA E CONSULTORIA LTDA CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO - CLT TÍTULO II - DAS NORMAS GERAIS DE TUTELA DO TRABALHO CAPÍTULO V - DA SEGURANÇA E DA MEDICINA DO TRABALHO SEÇÃO XIII

Leia mais

INFORMATIVO 34/2015 ITENS ALTERADOS NA NR 12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

INFORMATIVO 34/2015 ITENS ALTERADOS NA NR 12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Data do boletim informativo Volume 1, Edição 1 INFORMATIVO 34/2015 ITENS ALTERADOS NA NR 12 SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Portaria MTPS nº 211, de 9 de dezembro de 2015 DOU de 10/12/2015

Leia mais

Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia. Aula 204 EPIs e Mapas de Risco

Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia. Aula 204 EPIs e Mapas de Risco Disciplina de Segurança do Trabalho e Ergonomia Aula 204 EPIs e Mapas de Risco EPI - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL De acordo com a NR-6 da Portaria Número 3214 de 8 de junho de 1978, do Ministério

Leia mais

NR-12 - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Sumário

NR-12 - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS. Sumário NR-12 - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Sumário 12.1 Princípios Gerais 12.2 Arranjo físico e instalações 12.3 Instalações e dispositivos elétricos 12.4 Dispositivos de partida, acionamento e parada 12.5 Sistemas

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78 Atualizações D.O.U. Portaria SSST n.º 12, de 06 de junho de 1983 14/06/83

Leia mais

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi NR- 6 EPI. Curso:Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira

Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi NR- 6 EPI. Curso:Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira Instituto Superior de Tecnologia de Paracambi NR- 6 EPI Curso:Tecnólogo em Gestão Ambiental Professora: Raquel Simas Pereira Teixeira NR-6: EPI De acordo com a NR-6 da Portaria nº 3214 de 8 de junho de

Leia mais

COMO ESCREVER UM MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFORME A NR 12:

COMO ESCREVER UM MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFORME A NR 12: COMO ESCREVER UM MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFORME A NR 12: Com a publicação do texto revisado da Norma Regulamentadora 12, em Dezembro de 2010 pela Portaria SIT 197 do Ministério do Trabalho e Emprego, surgiram

Leia mais

RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST

RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST 1 RISCOS ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO (APR) CHECK LIST RISCOS Os riscos à segurança e saúde dos trabalhadores no setor de energia elétrica são, via de regra elevados, podendo levar a lesões de grande gravidade

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE RESPOSTA A EMERGÊNCIAS PRE PARA ATENDER AS EXIGÊNCIAS DA NOVA NR-20

COMO ELABORAR UM PLANO DE RESPOSTA A EMERGÊNCIAS PRE PARA ATENDER AS EXIGÊNCIAS DA NOVA NR-20 COMO ELABORAR UM PLANO DE RESPOSTA A EMERGÊNCIAS PRE PARA ATENDER AS EXIGÊNCIAS DA NOVA NR-20 A nova Norma Regulamentadora NR-20, em seu item 20.14.2, determina que a empresa deve elaborar o plano de resposta

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Continuação 12.19. As ligações e derivações dos condutores elétricos das máquinas e equipamentos devem ser feitas mediante dispositivos apropriados

Leia mais

CARTILHA PARA O ASSOCIADO NR 20 - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS

CARTILHA PARA O ASSOCIADO NR 20 - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS CARTILHA PARA O ASSOCIADO 1 NR 20 - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO COM INFLAMÁVEIS E COMBUSTÍVEIS DEFINIÇÕES Líquidos inflamáveis: são líquidos que possuem ponto de fulgor 60º C. Líquidos combustíveis:

Leia mais

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA)

Riscos ambientais empresariais. 4.1 Programa de prevenção de acidentes (PPRA) Capítulo 4 Riscos ambientais empresariais Segundo o artigo 9.1.5 da Portaria n 25, de 29.12.94, do Secretário de Segurança e Saúde no Trabalho, considera-se riscos ambientais os agentes físicos, químicos

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS (Redação dada pela Portaria SIT n.º 197, de 17/12/10) Princípios Gerais Publicação D.O.U. Portaria GM n.º 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07/78

Leia mais

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS NR-12 - SEGURANÇA NO TRABALHO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS Aprovada pela: Portaria MTB n. 3214, de 08.06.78 Alterações: Portaria SSMT n.12, de 06.06.83 Portaria SSST n.13, de 24.10.94 Portaria SSST n. 25,

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M1 D4 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES I

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M1 D4 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO M1 D4 - PREVENÇÃO E CONTROLE DE RISCOS EM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES I GUIA DE ESTUDO DA PARTE II - MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS (NR-12)

Leia mais

NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE

NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE Segurança e Saúde do Trabalho ao seu alcance! NR-10 SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE PREVENÇÃO Esta é a palavra do dia. TODOS OS DIAS! PRECAUÇÃO: Ato ou efeito de prevenir ou de se prevenir;

Leia mais

Inspeção de Segurança

Inspeção de Segurança Inspeção de Segurança Disciplina: Segurança do Trabalho Professora: Elizabeth Spengler Cox de Moura Acadêmicos: Daniel Baldasso Rolón Daniel Humberto Carvalho Conceito Atividade que busca identificar condições

Leia mais

Periculosidade NR Jeferson Seidler

Periculosidade NR Jeferson Seidler Periculosidade NR - 16 Periculosidade Art. 193 CLT Risco acentuado em virtude de exposição permanente do trabalhador a: inflamáveis, explosivos ou energia elétrica; roubos ou outras espécies de violência

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2015

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 29/2015 Instrução Técnica nº 29/2011 - Comercialização, distribuição e utilização de gás natural 689 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros

Leia mais