Unidades, Grandezas e Propriedades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidades, Grandezas e Propriedades"

Transcrição

1 1 Refrigeração I Bases e Fundamentos Unidades, Grandezas e Propriedades Capítulo I Figura I.4 Equivalência entre as Escalas de Temperaturas

2 Onde a cor é fundamental 2 Figura I.9 Diagrama Temperatura Entalpia da Água à Pressão Atmosférica

3 3 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura I.36 Diagrama de Fase em 2D e 3D Figura I.57 Estratégias de Projeto

4 Onde a cor é fundamental 4 Esquema figurativo Esquema simplificado Figura I.66 Processos de Climatização de Recinto

5 5 Refrigeração I Bases e Fundamentos Princípios, Bases e Fundamentos Capítulo II Figura II.12 Princípio do Sistema de Refrigeração por Compressão de Vapor

6 Onde a cor é fundamental 6 Figura II.23 Divisão do Circuito de Refrigeração 1 Compressor hermético 2 Condensador a ar forçado 3 Filtro secador desidratador 4 Expansor capilar 5 Evaporador a ar forçado 6 Recinto refrigerado 7 Termóstato digital LA linha de aspiração LD Linha de descarga LL Linha de líquido Figura II.24 Esquema Termodinâmico do Circuito de Refrigeração

7 7 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura II.25 Diagrama de Mollier para os Fluidos Frigorigéneos A B Expansão B C Evaporação C D Compressão D E Vapor sobreaquecido E A Condensação f Ponto crítico pa = pd = pc pb = pc = po pc Pressão de condensação po Pressão de evaporação tc Temp. de condensação to Temp. de evaporação Figura II.26 Ciclo Teórico de Refrigeração por Compressão de Vapor

8 Onde a cor é fundamental 8 A A Subarrefecimento A B Expansão B C Evaporação C C Sobreaquecimento C D Compressão D E Vapor sobreaquecido E A Condensação f Ponto crítico t Temp. de líquido tc Temp. de condensação tgás quente Temp. do vapor sobreaquecido to Temp. de evaporação Figura II.27 Ciclo Ideal de Refrigeração por Compressão de Vapor Esquema figurativo Esquema normalizado Figura II.30 Circuito Frigorífico

9 9 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura II.41 Influência do Trocador de Calor no Ciclo de Refrigeração 1 Compressor hermético 2 Tabuleiro de condensados 3 Condensador forçado 4 Filtro desidratador 5 Expansor capilar 6 Evaporador a ar forçado 7 Termóstato digital 8 Recinto refrigerado 9 Tubo de condensados Figura II.42 Sistema Individualizado Compressão de Vapor de Simples Estágio

10 Onde a cor é fundamental 10 1 Compressor semi-hermético 2 Separador de óleo 3 Condensador forçado 4 Reservatório de líquido 5 Filtro desidratador 6 Visor 7 Termóstato digital 8 Válvula de solenoide 9 Válvula de expansão 10 Evaporador 11 Válvula de regulação (pc) Figura II.43 Sistema Individualizado com Duas Temperaturas

11 11 Refrigeração I Bases e Fundamentos V1-3 Compressores M1-3 Motores elétricos B1 Separador de óleo CFA1 Condensador a ar forçado R1 Depósito de líquido CF1-6 Câmaras frigoríficas EF1-3 Expositores fechados EA1-3 Expositores abertos F Filtro Figura II.44 Sistema Centralizado de Expansão Direta

12 Onde a cor é fundamental 12 V1-3 Compressores M1-3 Motores elétricos B1 Separador de óleo CFA1 Condensador a ar forçado R1 Depósito de líquido W1 Condensador a água (chiller) P1A-B Bombas de líquidos EE1-6 Câmaras frigoríficas EVA Evaporadores a ar forçado Figura II.45 Sistema Centralizado de Expansão Indireta

13 13 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura II.48 Estágios Diretos

14 Onde a cor é fundamental 14 Figura II.49 Estágios em Cascata

15 15 Refrigeração I Bases e Fundamentos V1 Compressor 1.º estágio (booster) B1 Separador de óleo V2 Compressor 2.º estágio B2 Separador de óleo CT Torre de arrefecimento R1 Depósito de líquido B3 Arrefecedor de líquido intermédio B4 Separador de líquido P1A-B Bombas EVA1 Evaporador a ar forçado HEX1 Permutador de calor de placas OCR1 Arrefecedor de óleo Figura II.50 Esquema-Tipo Multicompressão com Dois Estágios Diretos

16 Onde a cor é fundamental 16 V1-2 Compressor 2 andares 3 Separador de óleo 4 Condensador 5 Reservatório de líquido 6 Filtro desidratador 7 Visor 8 Permutador de placas 9 Visor 10 Válvula solenoide 11 Pulverizador (capilar) 12 VET 13 Evaporador 14 Separador de líquido 15 Filtro de aspiração 16 Caixa de controlo Figura II.54 Esquema-Tipo com Compressores de Dois Estágios com CIC

17 17 Refrigeração I Bases e Fundamentos V1-2 Compressor de 2 andares 3 Separador de óleo 4 Condensador 5 Reservatório de líquido 6 Filtro desidratador 7 Visor 8 Permutador de placas 9 Visor 10 Válvula de impulsos 11 Expansor (capilar) 12 Válvula de solenoide 13 VET 14 Evaporador 15 Separador de líquido 16 Filtro de aspiração Figura II.55 Esquema-Tipo com Compressores de Dois Estágios sem CIC

18 Onde a cor é fundamental 18 1 Compressor 2 Separador de óleo 3 Condensador 4 Filtro 5 Visor 6 Válvula de solenoide 7 VET 8 Evaporador 9 Válvula de regulação da pressão 10 Secador de líquido 11 Pressóstato de alta e baixa pressão 12 Pressóstato diferencial de óleo 13 Pressóstato 14 Válvula de seccionamento 15 Válvula de globo 16 Manómetro da pressão de óleo 17 Manómetro de baixa pressão 18 Manómetro de alta pressão 19 Manómetro da pressão da água 20 Válvula de regulação de caudal Figura II.57 Esquema Termodinâmico de Refrigeração Marítima

19 19 Refrigeração I Bases e Fundamentos Circuitos Frigoríficos Órgãos Principais Capítulo III 1 Compressor 2 Separador de óleo 3 Condensador de serpentina e carcaça depósito de AQS 4 Condensador a ar forçado 5 Válvula de solenoide 6 Válvula de corte Figura III.28 Aplicação de Condensador de Serpentina e Carcaça

20 Onde a cor é fundamental 20 V1 Compressor TC Torre de arrefecimento P1A-B Bombas de líquidos MC Condensador multitubular EM Evaporador Chiller R1 Reservatório de líquido B2 Separador de óleo AHU-1-2 UTA WR Recurso aquífero Figura III.33 Sistema-Tipo com Utilização de Torre de Arrefecimento

21 21 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura III.42 Aplicações dos Permutadores de Placas Inox

22 Onde a cor é fundamental 22 V1-2 Compressores de parafuso E1-2 Refrigeradores chillers P1-4 Bombas de líquidos TC Torre de arrefecimento CB Controlo por boia T Termómetro/termóstato Figura III.52 Esquema de Acumulador de Frio

23 23 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Tanque (banco de gelo) 2 Válvula 3 vias 3 Válvula 3 vias (ON/OFF) 4 Bateria da UTA 5 Chiller 6 Bomba circuladora 7 Termómetro Figura III.55 Banco de Gelo Ciclos de Carga e Descarga em Pico de Utilização

24 Onde a cor é fundamental 24 FUNCIONAMENTO DIURNO OPÇÃO b) Estações intermédias só o banco de gelo FUNCIONAMENTO DIURO Opção a) Estações intermédias só o chiller Figura III.56 Banco de Gelo Opções de Utilização Diurna

25 25 Refrigeração I Bases e Fundamentos Sistema de refrigeração com expansor capilar 1 Compressor hermético 2 Condensador estático 3 Filtro desidratador 4 Tubo capilar 5 Evaporador estático 6 Secador (acumulador) 7 Linha de aspiração Figura III.59 Exemplo de Aplicação de Tubo Capilar Figura III.61 Aspeto do Cálculo de Capilares com Sotware DanCap

26 Onde a cor é fundamental 26 1 Compressor semi-hermético 2 Linha de descarga 3 Condensador a ar forçado 4 Depósito de líquido 5 Quadro de líquido 6 Linha de líquido 7 Válvula de solenoide 8 VET 9 Evaporador a ar forçado 10 Linha de aspiração 11 Pressóstato de alta e baixa pressão 12 Rede de condensados Figura III.69 Circuito Frigorífico de Câmara Frigorífica

27 27 Refrigeração I Bases e Fundamentos Circuitos Frigoríficos Dispositivos e Componentes Capítulo IV 1 Compressor hermético 2 Condensador de ar forçado 3 Evaporador de ar forçado 4 VET 5 Depósito de líquido (reservatório) 6 Válvula de corte manual 7 Filtro desidratador (de líquido) 8 Visor de líquido 9 Válvula de solenoide 10 Válvula de regulação da pressão 11 Controlador de temperatura 12 Pressóstato de alta e baixa pressão Figura IV.1 Circuito Comercial Individualizado de Pequena Capacidade

28 Onde a cor é fundamental 28 1 Compressor semi-hermético 2 Condensador shell and tube em U 3 Evaporador shell and tube 4 VET 5 Bomba de líquidos 6 Válvula de corte manual 7 Filtro desidratador (de líquido) 8 Visor de líquido 9 Válvula de solenoide 10 Separador de aspiração 11 Controlador de temperatura 12 Pressóstato de alta e baixa pressão 13 Pressóstato diferencial de óleo 14 Separador de óleo 15 Válvula de regulação de caudal de água 16 Regulador de caudal 17 Manómetro de baixa pressão 18 Manómetro de alta pressão 19 Regulador/controlador do nível de óleo 20 Filtro de óleo 21 Filtro mecânico Y 22 Silenciador Figura IV.38 Circuito Comercial Individualizado de Grande Capacidade

29 29 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Compressor hermético 2 Separador de óleo 3 Válvula de corte manual 4 Eliminador de vibrações 5 Visor de óleo 6 Válvula de retenção 7 Filtro secador de cartucho (aspiração) 8 Válvula de corte manual 9 Coletor de aspiração 10 Coletor de descarga LA Linha de aspiração LD Linha de descarga Figura IV.45 Equalização de Óleo em Central Hermética Separadores Individuais

30 Onde a cor é fundamental 30 1 Compressor hermético 2 Separador de óleo 3 Acumulador de óleo 4 Eliminador de vibrações 5 Visor de óleo 6 Válvula de retenção 7 Filtro secador de cartucho (aspiração) 8 Válvula de corte manual 9 Coletor de aspiração 10 Coletor de descarga 11 Válvula diferencial de pressão 12 Regulador de nível de óleo 13 Filtro de óleo 14 Coletor de distribuição de óleo LA Linha de aspiração LD Linha de descarga Figura IV.46 Equalização de Óleo em Central Hermética Separador Comum

31 31 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Compressor semi-hermético 2 Separador acumulador de óleo 3 Condensador a ar forçado 4 Reservatório de líquido 5 Válvula de corte manual 6 Filtro desidratador 7 Visor de óleo 8 Válvula de solenoide 9 VET 10 Evaporador de ar forçado 11 Válvula de regulação da pressão evaporação 12 Controlador 13 Trocador de calor 14 Válvula unidirecional 15 Válvula regulação da pressão condensação 16 Quadro de manómetros regulação Figura IV.47 Circuito com Central BT

32 Onde a cor é fundamental 32 Figura IV.49 Circuito Frigorífico Misto

33 33 Refrigeração I Bases e Fundamentos Figura IV.50 Sistema Multipressão com Realização a Amoníaco

34 Onde a cor é fundamental 34 Tubagens e Processos de Interligação Mecânica Capítulo V 1 Compressor 2 Condensador 3 Depósito de líquido 4 Filtro desidratador 5 Válvula de solenoide 6 Visor de líquido 7 Válvula de expansão 8 Válvula de bypass 9 Ligador auxiliar (ASC) 10 Evaporador Figura V.30 Circuito de Bypass para Descongelação

35 35 Refrigeração I Bases e Fundamentos Fluidos Frigorigéneos e Óleos Capítulo VI 1 Compressor 2 Condensador 3 Depósito 4 Válvula de globo 5 Filtro desidratador 6 Visor de líquido 7 Válvula de solenoide 8 VET 9 Evaporador a ar forçado 10 Permutador de calor cascata LBP Linha de aspiração (baixa pressão) LD Linha de descarga LL Linha de líquido (alta pressão) Figura VI.15 Exemplo de Sistema Híbrido

36 Onde a cor é fundamental 36 Regulação e Controlo Capítulo VII Figura VII.20 Pressóstato Diferencial de Óleo e Esquema de Ligação

37 37 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Compressor 2 Separador de óleo 3 Condensador 4 Reservatório de líquido 5 Filtro de líquido 6 Visor 7 Termóstato eletrónico 8 Válvula de solenoide 9 VET 10 Câmara frigorífica 11 Pressóstato de baixa F, N Fase e Neutro 230 V/50 Hz LA Linha de aspiração LD Linha de descarga LL Linha de líquido Figura VII.26 Esquema de Sistema de Funcionamento em Pump Down Figura VII.27 Regulação de Compressores em Paralelo

38 Onde a cor é fundamental 38 Figura. VII.29 Câmaras a Temperaturas Distintas Figura VII.33 Esquema de Recuperação de Calor

39 39 Refrigeração I Bases e Fundamentos Funcionamento normal Abertas: B Fechadas: A Figura VII.45 Layout com Evaporadores Múltiplos Funcionamento Normal

40 Onde a cor é fundamental 40 Descongelação do evaporador 1 Abertas: A Fechadas: B Figura VII.46 Layout com Evaporadores Múltiplos Descongelação do EVA 1

41 41 Refrigeração I Bases e Fundamentos VET H VR VET Evaporador VSM VII V4V VET H VR VET Condensador V4V H Condensador H Evaporador VR VR Depósito de líquido Compressor Depósito de líquido Compressor Funcionamento normal Descongelação por ciclo inverso Figura VII.47 Layout para Descongelação por Ciclo Inverso

42 Onde a cor é fundamental 42 Figura VII.49 Descongelação por Glicol Aquecido

43 43 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Válvula de solenoide 5 Entrada de água fria 9 Linha de aspiração 2 Válvula de corte 6 Saída de água quente 10 Válvula de segurança 3 Válvula de passagem 7 Entrada para o coletor solar 11 Vaso de expansão 4 Linha de líquido 8 Retorno para o coletor solar 12 Purgador Figura VII. 90 Esquema de Recuperação de Calor de Duas Fontes

44 Onde a cor é fundamental 44 CP Bombas dos condensadores GPZ3 (1-3) Grupo de bombas da zona 3 EP Bombas dos evaporadores HEZ23 (1-7) Permutador de placas (zonas 3 e 4) GPZ1 (1-2)1 Grupo de bombas da zona 1 1.º andar HPZ4 (1-3) Bombas dos permutadores (zona 4) Figura VII. 97 Esquema de Bombas em Associação Mista

45 45 Refrigeração I Bases e Fundamentos 1 Curva característica do ventilador 2 Curva do sistema (condutas incluídas) 3 Curva de rendimento do ventilador 4 Ponto de funcionamento Figura VII.102 Curvas de um Sistema de Ventilação

Equipamentos primários. L. Roriz

Equipamentos primários. L. Roriz Equipamentos primários L. Roriz Unidades de Arrefecimento Unidades de Arrefecimento de Ar Unidades Produtoras de Água Refrigerada Sistemas de compressão de vapor Sistemas de expansão directa Sistemas utilizando

Leia mais

Ar Condicionado e Refrigeração Ciclos de Refrigeração

Ar Condicionado e Refrigeração Ciclos de Refrigeração CICLOS DE REFRIGERAÇÃO Os ciclos mais usados, na seqüência, são: Ciclo de refrigeração por compressão de vapor Ciclo de refrigeração por absorção O ciclo é constituído dos seguintes processos sucessivos:

Leia mais

EXAME TEÓRICO. EXAME TIPO e resolução. 1:30:00 início do exame. 0:00:00 fim do exame. Junho 2015 FORMAÇÃO AVANÇADA. marcador de questões a rever

EXAME TEÓRICO. EXAME TIPO e resolução. 1:30:00 início do exame. 0:00:00 fim do exame. Junho 2015 FORMAÇÃO AVANÇADA. marcador de questões a rever EXAME TIPO e resolução 1:30:00 início do exame 0:00:00 fim do exame marcador de questões a rever marcador de questões a rever, assinalado a verde, número de questões já respondidas Pág 1/21 1:28:10 1 /

Leia mais

Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F.

Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F. Principais equipamentos utilizados nos sectores dos edifícios e da industria (a ter em consideração na análise energética) L. F. Roriz 1. Tipo de instalações A análise energética pode ter que cobrir os

Leia mais

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012

Manual de apoio a curso EFA. Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 1 Manual de apoio a curso EFA Técnico/a de Refrigeração e Climatização ESAB 2011/2012 UFCD 1295 - Instrumentação e controlo - princípios básicos da regulação e complementos de instrumentação Controlos

Leia mais

Bombas de Calor. O calor é o nosso elemento

Bombas de Calor. O calor é o nosso elemento Bombas de Calor 2º Seminário PPGS Carlos Barbosa TT/SPO-TRTR 1 Bombas de Calor Geotérmicas Índice Definições Funcionamento Performance Instalação Fontes de Problemas 2 Definições Definição de bomba de

Leia mais

Condensação. Ciclo de refrigeração

Condensação. Ciclo de refrigeração Condensação Ciclo de refrigeração Condensação Três fases: Fase 1 Dessuperaquecimento Redução da temperatura até a temp. de condensação Fase 2 Condensação Mudança de fase Fase 3 - Subresfriamento Redução

Leia mais

Refrigerating Specialties

Refrigerating Specialties Refrigerating Specialties Cuidando de suas necessidades em Refrigeração A Parker (R/S) é a principal fornecedora de componentes de refrigeração para as indústrias alimentícias e de bebidas. Líder mundial

Leia mais

Evaporadores. Ciclo de refrigeração

Evaporadores. Ciclo de refrigeração Evaporadores Ciclo de refrigeração Evaporadores Função Extrair calor do meio a ser resfriado (ar, água ou outra substância). Processo Mudança de estado do gás refrigerante, da fase líquida para a fase

Leia mais

TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção

TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção TU/TC: superiores pelo seu funcionamento e concepção O funcionamento de uma válvula de expansão termostática é determinado por três pressões fundamentais: a pressão do bolbo, a pressão de evaporação e

Leia mais

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal.

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal. Cursos de atualização profissional para revalidação da credenciação técnica (nº 6, art. 22º DL79/2006 de 4 Abril) Referenciais mínimos aprovados pela Comissão Tripartida Revalidação da Credenciação a TIM

Leia mais

4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO

4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO 35 4 SISTEMAS E EQUIPAMENTOS DE CLIMATIZAÇÃO Em uma instalação de ar condicionado quando o circuito de refrigeração estiver desligado, teremos uma instalação de ventilação simples, onde são controlados

Leia mais

ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp

ETAMAX. Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência. versões. principais características. Feio & Comp ETAMAX Unidade de tratamento de ar autónoma de elevada eficiência Caudais: 4.000-25.000 m 3 /h alta eficiência ETAMAX, são unidades de tratamento de ar novo de elevada eficiência do tipo compacto com circuito

Leia mais

Centro de Seleção/UFGD Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração.

Centro de Seleção/UFGD Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração. Técnico em Refrigeração ==Questão 26==================== Assinale a alternativa que define refrigeração. (A) O movimento de energia de frio dentro de um espaço onde ele é necessário. (B) A remoção de calor

Leia mais

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Gama 04 Gama de 2013 O que é Therma V? 06 O que é Therma V? Vantagens Therma V 08 Elevada Eficiência Energética 10 Programação Semanal 12 Instalação

Leia mais

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida Supraeco W Supraeco W OS Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. Água Quente julho 0 Conforto para a vida Bombas de calor SUPRAECO energia água quente ar-água confortopoupança eficiênciacop calor

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009

Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 Caderno de Provas REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Edital Nº. 04/2009-DIGPE 10 de maio de 2009 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA Use apenas caneta esferográfica azul ou preta. Escreva o seu nome

Leia mais

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010)

Guia de declaração para equipamentos de AVAC&R. (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) (Aplicação dos DL 230/2004 e 132/2010) ÍNDICE 1 Objectivo... 3 2 Porquê esta legislação?... 3 3 Quem está abrangido?... 3 4 Quais os equipamentos abrangidos?... 3 5 Dúvidas frequentes... 5 5.1 Equipamentos

Leia mais

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO 126 10 ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO É um item ou dispositivo que aumenta a utilidade ou efetividade do sistema, porém não é essencial. A (fig. 101) ilustra a aplicação de muitos acessórios do equipamento

Leia mais

Aplicação da Amônia na Refrigeração Industrial: Inovações Tecnológicas

Aplicação da Amônia na Refrigeração Industrial: Inovações Tecnológicas Aplicação da Amônia na Refrigeração Industrial: Inovações Tecnológicas IV SEMANA TECNOLÓGICA DE REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO Senai Oscar Rodrigues Alves / SP 20 de Setembro/2012 Engº Alessandro da Silva

Leia mais

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6 ÍNDICE Apresentação Wintek.Center... 4 Programa das Ações de Formação... 3 Básico de Refrigeração e Climatização... 6 Automação, Controlo e Instrumentação... 7 Electricidade de Sistemas de Refrigeração

Leia mais

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você!

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar por Refrigeração CPX 2011 Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar CPX 2. Condensados O ar comprimido produzido pelos compressores contém vapor de água que poderá

Leia mais

ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO

ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC- 005/2006 1 Equipamento : Chillers ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO 1. PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA Verificar a existência de ruídos e vibrações anormais

Leia mais

CAPÍTULO II. 2.1. Ar Condicionado, refrigeração e refrigerante utilizado.

CAPÍTULO II. 2.1. Ar Condicionado, refrigeração e refrigerante utilizado. CAPÍTULO II 2 Ar condicionado automotivo. 2.1. Ar Condicionado, refrigeração e refrigerante utilizado. O condicionamento do ar é o processo que regula, artificialmente, a temperatura, o fluxo de ar, a

Leia mais

Concurso Público Federal Edital 06/2015

Concurso Público Federal Edital 06/2015 PROVA Concurso Público Federal Edital 06/2015 Área: Refrigeração e Climatização QUESTÕES OBJETIVAS Conhecimentos Específicos 01 a 30 Nome do candidato: Nº de Inscrição: INSTRUÇÕES 1º) Verifique se este

Leia mais

Boletim da Engenharia 14

Boletim da Engenharia 14 Boletim da Engenharia 14 Como trocar o óleo dos compressores parafuso abertos e semi-herméticos 10/03 No boletim da engenharia nº13 comentamos sobre os procedimentos para troca de óleo dos compressores

Leia mais

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Um novo grau de eficiência Sistemas eficientes de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio

Leia mais

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico

Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Circulação do Ar remove o calor Interno... Ciclo Frigorífico Tipos de Expansão : Ciclo Frigorífico * Expansão Direta: O Refrigerante Troca Calor Diretamente com o Ar a ser condicionado. Expansão Direta

Leia mais

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação

Customers. The core of our innovation. Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração. Granulação PT Customers. The core of our innovation Alimentação & Transporte Secagem Dosagem Controle de Temperatura Refrigeração Granulação Tecnologias Piovan para Refrigeração: Chillers com compressores scroll

Leia mais

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras.

Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. Catálogo de Seleção e Aplicação de Unidades Condensadoras. 1 CILINDRO 2 CILINDROS 60 Hz R-22 / R-404A R-134a / HP81 (R-402B) Unidades Condensadoras Compact Line. CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO Unidades equipadas

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS

AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS AVALIAÇÃO DAS EMISSÕES DE HCFC-22 DOS SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO COMERCIAL EM SUPERMERCADOS Eng. Eduardo Linzmayer RESUMO Avaliação e levantamento das emissões de fluidos nos sistemas de refrigeração; Importância

Leia mais

A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido.

A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido. 16 3 PSICROMETRIA A psicrometria é a parte da termodinâmica que tem por objetivo o estudo das propriedade do ar úmido. 3.1 CARTA PSICROMÉTRICA É um ábaco que permite representar graficamente as evoluções

Leia mais

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013

CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 S DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL CALENDÁRIO 2013 1 - Curso de Simulação de Edificações com o EnergyPlus (Edição 1) 8 e 9 de março 15 e 16 de março 5 e 6 de abril 19 e 20 de abril 2 - Curso de Psicrometria

Leia mais

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent)

Características Unidades Exteriores (Condições Eurovent) LG SINGLE A (1 ) UNIDADE EXTERIOR As unidades exteriores referenciadas UUxxWH marca LG, são unidades bomba de calor (Modo Reversível) de expansão directa a operar com o fluído frigorigénio R410A. A unidade

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Bombas de Calor para A.Q.S. AQUAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Uma tecnologia de futuro Sistema eficiente de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Bomba

Leia mais

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização 1. Introdução 1.1. O presente documento, descreve os requisitos particulares referentes à certificação de técnicos

Leia mais

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão

CPAS Climatizador Self Contained de Precisão CPAS Climatizador Self Contained de Precisão O Climatizador Self Contained de Precisão é uma unidade evaporadora que incorpora compressor, evaporador, ventilador e instrumentação de proteção e controle.

Leia mais

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO Série GXG-S Série GSG-S Chiller Centrífugo Novas Séries GXG-S e GSG-S A nova série de Chiller Centrífugo de Alta Eficiência

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A

PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A A amplitude da manutenção e inspeção indicada no Termo de Referência está

Leia mais

,DISPOSITIVOS DE EXPANSÃO

,DISPOSITIVOS DE EXPANSÃO ,DISPSITIVS DE EXPASÃ Dispositivos de expansão são os componentes do sistema de refrigeração que têm por finalidades provocar a perda de pressão do refrigerante, que é acompanhada de um decréscimo de temperatura,

Leia mais

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS

CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS CATÁLOGO AQUECIMENTO SECÇÃO: AQUECIMENTO A GASÓLEO E SEUS ACESSÓRIOS Torre de Mundão - Mundão - 3505-576 Viseu - Portugal Tel.: (+351) 232 440 061 - Fax: (+351) 232 440 063 Tlm: (+351) 917 570 415 - (+351)

Leia mais

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS500 - Condensação a Água Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR MS500 - Condensação SEM ÓLEO AEFICIÊNCIA INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO R134A CASCO-TUBOS Seleção Rápida - Turbotosi com Condensação MODELO CHILLERS TURBOTOSI - CONDENSAÇÃO A ÁGUA

Leia mais

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS220 - Condensação a Ar Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO

AEFICIÊNCIA. Chillers Turbotosi MS220 - Condensação a Ar Dados Técnicos R134A SEM ÓLEO EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO MS220 - Condensação SEM ÓLEO AEFICIÊNCIA EVAPORADOR INUNDADO OPERAÇÃO RESFRIAMENTO COMPRESSOR CENTRÍFUGO REFRIGERANTE R134A CONDENSADOR AXIAL Seleção Rápida - Turbotosi com Condensação MODELO CAPACIDADE

Leia mais

Energia. Sistemas de AVAC. Gestão Técnica Centralizada

Energia. Sistemas de AVAC. Gestão Técnica Centralizada Energia Sistemas de AVAC Gestão Técnica Centralizada Edifícios e Energia - indicadores 85% do impacte ambiental dos edifícios ocorre no período em que são ocupados (em regime de operação); Só 15% do seu

Leia mais

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM

BOOSTER BOOSTER? Benefícios e vantagens PORQUE COMPRAR UM Linha BOOSTER Agilidade, confiabilidade e eficiência BOOSTER Os compressores Schulz modelo SB, possuem como função principal elevar a pressão da rede de baixa pressão para até 40 bar (580 psi). Benefícios

Leia mais

SLS 1202 a 4004. Com ou sem recuperação de calor total. u Grupos arrefecedores de água de condensação por ar e com compressores de parafuso

SLS 1202 a 4004. Com ou sem recuperação de calor total. u Grupos arrefecedores de água de condensação por ar e com compressores de parafuso u Grupos arrefecedores de água de condensação por ar e com compressores de parafuso 1202 a 4004 Com ou sem recuperação de calor total 262 a 916 kw Catálogo técnico TM 407-W.4PT Date : Dezembro 2006 Anula

Leia mais

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença

Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Chiller Industrial Quando confiabilidade faz a diferença Produzidos com os melhores componentes disponíveis no mundo e projetados com foco em economia de energia e facilidade de operação e manutenção,

Leia mais

Guia AVAC & R - Aquecimento, Ventilação, Ar Condicionado & Refrigeração

Guia AVAC & R - Aquecimento, Ventilação, Ar Condicionado & Refrigeração 2014 Guia AVAC & R - Aquecimento, Ventilação, Ar Condicionado & Refrigeração 17-07-2014 ÍNDICE 1 Objetivo... 3 2 Porquê esta legislação?... 3 3 Quem está abrangido?... 3 4 Responsabilidades de registo...

Leia mais

Controladores de temperatura

Controladores de temperatura Controladores de temperatura - Aplicações Controls A/S - Assegura eficiência no controle dos sistemas de aquecimento, refrigeração e ventilação. Clorius Controls: solução para o controle de temperatura

Leia mais

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo.

AR COMPRIMIDO. Esse sistema compreende três componentes principais: o compressor, a rede de distribuição e os pontos de consumo. AR COMPRIMIDO Nos diversos processos industriais, os sistemas de ar comprimido desempenham papel fundamental na produção e representam parcela expressiva do consumo energético da instalação. Entretanto,

Leia mais

BOLETIM de ENGENHARIA Nº 001/15

BOLETIM de ENGENHARIA Nº 001/15 BOLETIM de ENGENHARIA Nº 001/15 Este boletim de engenharia busca apresentar informações importantes para conhecimento de SISTEMAS de RECUPERAÇÃO de ENERGIA TÉRMICA - ENERGY RECOVERY aplicados a CENTRAIS

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA 1840 Diário da República, 1.ª série N.º 50 12 de março de 2014 Artigo 33.º Contribuição das empresas de seguros 1 A adesão ao mecanismo de compensação de sinistralidade é efetuada para a totalidade dos

Leia mais

Processos de produzir calor utilizando a energia eléctrica:

Processos de produzir calor utilizando a energia eléctrica: A V A C Aquecimento Ventilação Ar Condicionado Aquecimento eléctrico Processos de produzir calor utilizando a energia eléctrica: Aquecimento por resistência eléctrica. Aquecimento por indução electromagnética.

Leia mais

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V

Desumidificador. Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Desumidificador Desidrat Plus IV Desidrat Plus V Obrigado por escolher esse produto. Por favor, leia esse manual de instrução antes de usar o aparelho. Índice: Introdução do Produto... 1 Instrução de Uso...

Leia mais

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano

Motores Térmicos. 9º Semestre 5º ano Motores Térmicos 9º Semestre 5º ano 19 Sistema de Refrigeração - Tópicos Introdução Meios refrigerantes Tipos de Sistemas de Refrigeração Sistema de refrigeração a ar Sistema de refrigeração a água Anticongelantes

Leia mais

Refrigeração comercial Controles de temperatura

Refrigeração comercial Controles de temperatura Refrigeração comercial Controles de temperatura CONHECIMENTO DO PRODUTO UNI-LINE 2013. Todos os direitos reservados. Os nomes, logotipos e slogans que identificam os produtos e serviços da são marcas de

Leia mais

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação CATALOGUE CATÁLOGO CATÁLOGO 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação ÍNDICE BOMBAS DE CALOR AUDAX bombas de calor ar/água, monofásicas, com inversão de ciclo NOVO p. 6 Integrador de sistemas,

Leia mais

BOMBA CALOR AQS PONTOS ESSENCIAIS. 1. Controle a entrega: verifique o estado da bomba de calor, antes de retirar a proteção.

BOMBA CALOR AQS PONTOS ESSENCIAIS. 1. Controle a entrega: verifique o estado da bomba de calor, antes de retirar a proteção. BOMBA CALOR AQS Manual de Instalação e Utilização Modelos: OFA 26-AQS AQS Compact 200L OFA 34-AQS AQS Compact 300L JAN 2014 PONTOS ESSENCIAIS 1. Controle a entrega: verifique o estado da bomba de calor,

Leia mais

a excelência do clima sistemas VRF

a excelência do clima sistemas VRF a excelência do clima VRF UNIDADES INTERIORES 5 MODELOS / 37 VERSÕES UNIDADES EXTERIORES 3 MODELOS / 36 VERSÕES Mural Cassette 4 vias Mini - VRF VRF VRF Plus Parede / Tecto Módulos Básicos Módulos Básicos

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

Compressores Scroll Danfoss Os compressores Scroll Danfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers

Compressores Scroll Danfoss Os compressores Scroll Danfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers Compressores Scroll anfoss Os compressores Scroll anfoss adequam-se perfeitamente a aplicações como: Chillers Unidades de tratamento de ar Unidades compactas de ar condicionado Bombas de calor r condicionado

Leia mais

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE PROCESSOS PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS QUÍMICOS II PROCESSAMENTO QUÍMICO FLUXOGRAMAS DEFINIÇÃO: É A REPRESENTAÇÃO GRÁFICA SIMPLIFICADA POR MEIO DE FIGURAS E LETRAS, DE ESTRUTURA E DO FUNCIONAMENTO DE INSTALAÇÕES DE PROCESSAMENTO. CLASSIFICAÇÃO:

Leia mais

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores:

Compressores. Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Compressores Na refrigeração industrial e no condicionamento de ar são utilizados praticamente todos os tipos e compressores: Alternativos Rotativos de parafusos Rotativos Scroll Rotativos de palhetas

Leia mais

CALDEIRAS Winter 201 5

CALDEIRAS Winter 201 5 CALDEIRAS 201 Winter 5 CALDEIRAS LENHA 43 54 Lenha SZM W 35 kw Lenha SZM W 35 kw VISTA EM CORTE FRONTAL DA CALDEIRA DE LENHA E PRINCIPAIS COMPONENTES ÁGUA AR 1 ENTRADA DE AR PARA COMBUSTÃO 5 2 MATERIAL

Leia mais

Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada

Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada Sistema típico de ar condicionado do tipo água gelada Válvula de controle Ambiente 2 Sumidouro de calor Bomba d água Ambiente 1 Sistema de ar condicionado do tipo água gelada Classificação: Sistema multi-zona

Leia mais

ESQUENTADORES SENSOR GREEN

ESQUENTADORES SENSOR GREEN ESQUENTADORES SENSOR GREEN SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice A eficiência na produção de água quente em grandes quantidades 03 Aplicações e Utilizações 05 Benefícios para o Instalador 06 Líder em Tecnologia

Leia mais

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica Roberto Lamberts Oficina 09 junho de 2010 1 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES Publicação: junho de 2009. EDIFÍCIOS ETIQUETADOS CETRAGUA

Leia mais

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60

Self Wall Mounted. Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Self Wall Mounted Catálogo Técnico Unidade Wall Mounted 50BW 24/36/48/60 Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 INTRODUÇÃO...3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS GERAIS...5 DADOS ELÉTRICOS...6 DADOS DIMENSIONAIS...6 CIRCUITO FRIGORÍFICO...9

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases

Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases Sistemas de Condicionamento da Amostra para Análise de Gases V1 O queéum Sistemade Condicionamento? O Que é um Sistema de Condicionamento? Amostra do Processo? Analisador Sistema de Condicionamento O sistema

Leia mais

SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO. Fábio Ferraz

SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO. Fábio Ferraz SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO Fábio Ferraz SISTEMAS DE REFRIGERAÇÃO Os principais sistemas de refrigeração são listados a seguir: Sistema de refrigeração por compressão; Sistema de refrigeração por absorção;

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

Refrigeração e Ar-Condicionado

Refrigeração e Ar-Condicionado Refrigeração e Ar-Condicionado Parte II Ciclo de Compressão, Balanço de Energia Trocadores de Calor, Dispositivos de Expansão Prof. Luiz Carlos Martinelli Jr. - DeTEC. SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 CICLO TEÓRICO

Leia mais

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor -

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - 53 7 - Chillers de Absorção 54 7.1 Descrição da tecnologia Um chiller de água é uma máquina que tem

Leia mais

Springer - Carrier. Índice

Springer - Carrier. Índice Índice Página 1 - Diagnóstico de Defeitos em um Sistema de Refrigeração... 8 1.1 - Falha: Compressor faz ruído, tenta partir, porém não parte... 8 1.2 - Falha: Compressor funciona, porém não comprime...

Leia mais

Manual de instalacão,operacão e manutencão HYDROLEAN

Manual de instalacão,operacão e manutencão HYDROLEAN Manual de instalacão,operacão e manutencão HYDROLEAN Providing indoor climate comfort HYDROLEAN-IOM-0805-P ÍNDICE CHILLERS COM CONDENSAÇÃO POR ÁGUA E UNIDADES SPLIT MANUAL DE INSTALAÇÃO UTILIZAÇÃO E MANUTENÇÃO

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

Arrefecimento solar em edifícios

Arrefecimento solar em edifícios Arrefecimento solar em edifícios Introdução A constante procura de conforto térmico associada à concepção dos edifícios mais recentes conduziram a um substancial aumento da utilização de aparelhos de ar

Leia mais

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior.

24 25 e 29 25 e 29 25 e 31 25 e 31 25 a 31 25 e 29. sim sim sim. não não sim. atmosférico. atmosférico. mural interior. a gás gama completa CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Tipo de Equipamento Potência (kw) Tipo de Combustível Aquecimento (alta temperatura) Aquecimento (baixa temperatura) AQS Instantânea AQS Acumulação Incorporada

Leia mais

0(025,$/'(6&5,7,92. (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27(

0(025,$/'(6&5,7,92. (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27( 35(* 235(6(1&,$/683$71ž 0(025,$/'(6&5,7,92 (63(&,),&$d (67e&1,&$63$5$,167$/$d 2'2/27( As presentes especificações estabelecem os requisitos mínimos a serem obedecidos no fornecimento e instalação dos materiais

Leia mais

OPERADOR DE CALDEIRA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos

OPERADOR DE CALDEIRA NOME: Nº INSC.: PRRH. Pró-Reitoria de Recursos Humanos OPROR LIR NOM: Nº INS.: PRRH Pró-Reitoria de Recursos Humanos 01 caldeira em que os gases quentes da combustão percorrem o interior de seus tubos é aquotubular. elétrica. de enson. de circulação forçada.

Leia mais

Válvulas de Pressão Constante

Válvulas de Pressão Constante Válvulas de Pressão Constante Catálogo 201VPC-1 - Agosto 2009 Válvulas de Expansão de Pressão Constante Séries AS e A7 Características Técnicas Construção Conexão para Soldagem Faixa de Ajuste do Ponto

Leia mais

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas

Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart - R Linha Refrigeração (Frio alimentar) Sistema Integrado de Controle e Monitoramento para Instalações Frigoríficas smart versão 2.20 Conceito O SMART é um sistema de controle e supervisão para instalações

Leia mais

CALDEIRAS SOLARES HIBRIDAS

CALDEIRAS SOLARES HIBRIDAS Caldeiras Solares Hibridas de Acumulação (Solar - Gasóleo) A caldeira combina num único conjunto, a utilização de energia solar, com energia a partir da combustão de gasóleo. Esta caldeira utiliza a radiação

Leia mais

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC Qualidade do Ar Interior Novas Problemáticas Novas Politicas Novas Práticas Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC José Luís Alexandre jla@fe.up.pt DEMEGI FEUP Expornor Porto,

Leia mais

AR CONDICIONADO E CO-GERAÇÃO DE ENERGIA

AR CONDICIONADO E CO-GERAÇÃO DE ENERGIA 1 SEMINÁRIO DE ENGENHARIA DE ENERGIA PUC-MINAS - 20 de Abril de 2007 AR CONDICIONADO E CO-GERAÇÃO DE ENERGIA Marco Tulio Starling de Vasconcellos marcotulio@tuma.com.br - Tel: (31) 2111-0053 www.tuma.com.br

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 28 Compressores Octagon Aplicação Sub Crítica com Dióxido de Carbono CO 2 09/08 Nesse boletim vamos abordar as instruções de operação dos compressores Octagon aplicados com o Dióxido

Leia mais

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água

Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água [ Ar ] [ Água ] [ Terra ] Tecnologia Solar [ Buderus ] Tecnologia solar de alta eficiência para aquecimento de água Coletores Logasol Controladores Logamatic Estação Logasol Vasos de expansão Bomba circuladora

Leia mais

Capítulo 4 Compressores Parte 1

Capítulo 4 Compressores Parte 1 Refrigeração Capítulo 4 Pág. 1 Capítulo 4 Compressores Parte 1 4.1. Introdução O compressor é um dos quatro componentes principais de um sistema de refrigeração por compressão mecânica de vapor. O compressor

Leia mais

Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados

Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados Como funciona um sistema de refrigeração composto de câmara de congelados e câmara de resfriados O diagrama abaixo representa uma instalação de refrigeração comercial composta de um evaporador para câmara

Leia mais

Condicionamento de Ar

Condicionamento de Ar Condicionamento de Ar Instituto Federal de Brasília Sumário Introdução Tipos de Condicionadores de ar Vantagens e desvantagens Introdução Refrigeração por Compressão de Vapor Introdução Refrigeração por

Leia mais

Energia Solar Térmica. Prof. Ramón Eduardo Pereira Silva Engenharia de Energia Universidade Federal da Grande Dourados Dourados MS 2014

Energia Solar Térmica. Prof. Ramón Eduardo Pereira Silva Engenharia de Energia Universidade Federal da Grande Dourados Dourados MS 2014 Energia Solar Térmica Prof. Ramón Eduardo Pereira Silva Engenharia de Energia Universidade Federal da Grande Dourados Dourados MS 2014 Componentes de Sistemas Solares Térmicos Energia Solar Térmica - 2014

Leia mais

Os titulares da categoria II podem executar as seguintes atividades: Os titulares da categoria III podem executar a seguinte atividade:

Os titulares da categoria II podem executar as seguintes atividades: Os titulares da categoria III podem executar a seguinte atividade: 1. Introdução 1.1 Este regulamento complementa o Regulamento Geral do OCP e tem como objetivo descrever o funcionamento do esquema de certificação de pessoas nas várias categorias para detecção de fugas,

Leia mais

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA FINATEC - EDIFÍCIO SEDE ENDEREÇO: LOCALIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO: UNIDADE MOD.: Nº DE SÉRIE: CÓDIGO

Leia mais

04/05/2012 TROCADORES DE CALOR

04/05/2012 TROCADORES DE CALOR TROCADORES DE CALOR Trocador ou permutador de calor é um equipamento utilizado para aquecer, resfriar, vaporizar ou condensar fluídos de acordo com as necessidades do processo, utilizando-se uma parede

Leia mais

CONTROLE DA EFICIÊNCIA DO SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO

CONTROLE DA EFICIÊNCIA DO SISTEMA DE CLIMATIZAÇÃO Ferramental EXXOTest Ferramental VALEO Exxoclim N OPR : 9776.EA Clim test 2 : 4372-T. Modo de utilização : Ver instruções da montadora Modo de utilização : Ver instruções da montadora E5AP2N4D E5AP2N5D

Leia mais

AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E

AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E CALDEIRAS MURAIS DE CONDENSAÇÃO AQUASTAR GREEN S O L U Ç Õ E S D E Á G U A Q U E N T E Índice Gama Aquastar Green Condensação: Vantagens e características NOVO A nova caldeira mural de condensação Aquastar

Leia mais

Homologado pelos fabricantes de equipamentos

Homologado pelos fabricantes de equipamentos Homologado pelos fabricantes de equipamentos Confiabilidade e durabilidade são indispensáveis. A suspensão de uma sessão de radioterapia ou a perda de hélio em uma ressonância magnética precisam ser evitadas

Leia mais

Ficha de identificação da entidade participante

Ficha de identificação da entidade participante Ficha de identificação da entidade participante Instituição Designação Instituto Superior Técnico Professor responsável João Toste Azevedo Contacto 218417993 Email toste@ist.utl.pt Técnico responsável

Leia mais