Colóquio Internacional Corrupção, Mídia e Novas Tecnologias Brasil e Portugal em Perspectiva Comparada

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colóquio Internacional Corrupção, Mídia e Novas Tecnologias Brasil e Portugal em Perspectiva Comparada"

Transcrição

1 Colóquio Internacional Corrupção, Mídia e Novas Tecnologias Brasil e Portugal em Perspectiva Comparada Belo Horizonte, UFMG 30 e 31 de outubro de

2 Contextos da corrupção política em Portugal Universidade de Coimbra Centro de Investigação Media e Jornalismo 2

3 Contextos da corrupção política em Portugal Contextos políticos, económicos e sociais; Fatores da corrupção política: Sistema partidário; Sistema judicial; Práticas económicas; Práticas culturais. 3

4 Cobertura jornalística: metodologias de análise Pergunta de partida: Qual a intensidade da cobertura?; Relação entre intensidade e perceção; Relação entre intensidade e opinião pública. Corpus construído a partir de: diários online (DN e CM); rádio online (TSF) ; TVs online (RTP1 e TVI); blogs partidários Análise de conteúdo com base em ferramentas disponibilizadas pelos sites dos meios de comunicação; Busca fundada em palavras-chave Tratamento estatístico dos dados. 4

5 Cobertura jornalística da corrupção política na imprensa: três casos mediatizados 5

6 Cobertura jornalística da corrupção política na rádio TSF: três casos mediatizados 6

7 7

8 Cobertura jornalística da corrupção política na TV: três casos mediatizados 8

9 Aumento da perceção pública da corrupção entre 2005 e 2011: Em 2006, segundo os dados da Transparency International, Portugal encontrava-se no 26º lugar; em 2008 em 32º; em 2009 no 35º; em 2010 na 32ª posição. Em 2010 o Global Corruption Barometer afirma que 83% dos portugueses consideram que os níveis de corrupção aumentaram desde Em 2011, o Eurobarómetro divulgou que 97% dos portugueses acreditavam que a corrupção era o principal problema do país. 9

10 Dados sobre a corrupção e a perceção da corrupção Estatísticas oficiais da Justiça: 2007 foram constituídos 210 arguidos; 2009 foram constituídos 297 arguidos; Processos abertos sobre corrupção (dados da PGR): investigações investigações Parlamento é o centro da corrupção em Portugal - YouTube byya 10

11 11

12 Conclusões (parcelares) A intesidade da cobertura jornalística parece influir na perceção; A perceção determina a opinião pública; A opinião pública não se reflete nas eleições legislativas e presidenciais: O primeiro-ministro, José Sócrates principal protagonista da cobertura jornalística é reeleito; O presidente da república, segundo protagonista da cobertuta jornalística é reeleito 12

13 Bibliografia Costa, Jorge, Fazenda, Luís, Honório, Cecília, Rosas, Fernando, Louçã, Francisco (2010). Os donos de Portugal. Porto: Afrontamento. Cunha, I. Ferin (2007) Jornalismo e Atos de Democracia. Lisboa: Paulus. Cunha, I. Ferin (2010) Televisão e Cobertura das Legislativas de 2009: Das estratégias às crises. Revista Media & Jornalismo, nº 17 (9) 2: Cunha, I. Ferin (2012) Crise, Corrupção Política e Media In: Peixinho, A. T. e Camponês, C. Aprofundar a crise. Coimbra: Imprensa da Universidade. Jalali, Carlos (2007). Partidos e democracia em Portugal. Lisboa: ICS. Maia, A. J. (2006) Representações sociais da corrupção em Portugal contributo para o seu conhecimento. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Humanas ( Maia, A.J. (2011) O discurso social sobre o problema da corrupção em Portugal. Lisboa: Observatório Social sobre o Problema da Corrupção em Portugal. Working Papers, nº 7. Morgado, M. J. e Vegar, J. (2003) Fraude e corrupção em Portugal: o inimigo sem rosto. Lisboa: Publicações D. Quixote. Sousa, L. (2010) Anti-corruption agencies: between empowerment and irrelevance. Crime Low Sopc Change. 53: Sousa, L. de e Triães, J. (2007) Corrupção e ética em democracia: o caso de Portugal. Lisboa: ObercomBrief. Sousa, L. e Triães, J. (2010) A corrupção e os portugueses: atitudes, práticas e valores. Oeiras: Rui Costa Pinto Ed. 13

Estrela Serrano JORNALISMO POLÍTICO EM PORTUGAL

Estrela Serrano JORNALISMO POLÍTICO EM PORTUGAL A/484566 Estrela Serrano JORNALISMO POLÍTICO EM PORTUGAL A cobertura de eleições presidenciais na imprensa e na televisão (1976-2001) Edições Colibri Instituto Politécnico de Lisboa ÍNDICE Introdução 23

Leia mais

COBERTURA JORNALÍSTICA DA CORRUPÇÃO POLÍTICA: SISTEMAS POLÍTICOS, SISTEMAS MEDIÁTICOS E ENQUADRAMENTOS LEGAIS

COBERTURA JORNALÍSTICA DA CORRUPÇÃO POLÍTICA: SISTEMAS POLÍTICOS, SISTEMAS MEDIÁTICOS E ENQUADRAMENTOS LEGAIS 42 COBERTURA JORNALÍSTICA DA CORRUPÇÃO POLÍTICA: SISTEMAS POLÍTICOS, SISTEMAS MEDIÁTICOS E ENQUADRAMENTOS LEGAIS Érica Anita Baptista Universidade Federal de Minas Gerais anitaerica@gmail.com A corrupção,

Leia mais

Fabyanne Nabofarzan Rodrigues

Fabyanne Nabofarzan Rodrigues Fabyanne Nabofarzan Rodrigues A relação entre o Poder Legislativo e a imprensa O papel da assessoria de imprensa na relação entre o Legislativo e a imprensa Projeto de pesquisa apresentado ao Programa

Leia mais

Telefones: 41.91135521 e-mails: doacir.q@grupouninter.com.br

Telefones: 41.91135521 e-mails: doacir.q@grupouninter.com.br IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do projeto: Meios de Comunicação e Política Pesquisador responsável: Prof. Doutor Doacir Gonçalves de Quadros Contatos: Telefones: 41.91135521 e-mails: doacir.q@grupouninter.com.br

Leia mais

ÍNDICE. B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade

ÍNDICE. B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade ÍNDICE Índice de quadros Índice de figuras Agradecimentos Resumo/Abstract Introdução A. Encruzilhadas do Marcelismo B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade C. Eleições de 1969: esperanças

Leia mais

Do Jornalismo aos Media

Do Jornalismo aos Media Do Jornalismo aos Media Estudos sobre a realidade portuguesa Rogério Santos Universidade Católica Editora Índice Introdução 7 Parte I Elementos para a história dos media em Portugal Jornalismo português

Leia mais

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. David Mourão Ferreira Castaño Data de nascimento: 25/01/1979 Nacionalidade: Portuguesa Estado civil: Casado 3 filhos Morada: Av. das Túlipas, 41, 1º Dto. 1495-161 Miraflores Telemóvel: 96 402 23 88 E-mail:

Leia mais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais

Fernando Correia. Principais atividades e funções atuais 1 Fernando Correia Fernando António Pinheiro Correia nasceu em Coimbra em 1942. Jornalista. Docente universitário, com o grau de Professor Associado Convidado. Investigador em Sociologia, História e Socioeconomia

Leia mais

Resultados Mediáticos

Resultados Mediáticos Mediáticos 2014 > Globais Mais de 90 minutos de presença em Televisão Mais de 28 minutos de presença em Rádio Chamadas de capa em 9 jornais Audiência total superior a 20 milhões Globais 135 Total de notícias

Leia mais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais

Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Módulo Europeu sobre Direitos Fundamentais Coordenadores: Professores Doutores Fausto de Quadros, Luís Pereira Coutinho e Lourenço Vilhena de Freitas Duração: Início no dia 17 de Maio Dias de leccionação:

Leia mais

Revista Comunicando, Vol. 3, 2014 Os desafios da investigação em Ciências da Comunicação: debates e perspetivas de futuro

Revista Comunicando, Vol. 3, 2014 Os desafios da investigação em Ciências da Comunicação: debates e perspetivas de futuro Apresentação É com grande prazer que anunciamos mais uma edição da Revista Comunicando, revista científica do Grupo de Trabalho de Jovens Investigadores da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação

Leia mais

Corrupção a importância da prevenção

Corrupção a importância da prevenção Corrupção a importância da prevenção Lisboa, 9 de novembro de 2015 António João Maia maia.o.antonio@gmail.com 1 Pontos a focar: 1 A corrupção como problema; 2 Gestão pública e corrupção; 3 Transparência,

Leia mais

PREVENÇÃO AO TABAGISMO E CESSAÇÃO TABÁGICA NO BRASIL: PERSPECTIVAS SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE

PREVENÇÃO AO TABAGISMO E CESSAÇÃO TABÁGICA NO BRASIL: PERSPECTIVAS SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE FINANCIAMENTO DA PESQUISA: PREVENÇÃO AO TABAGISMO E CESSAÇÃO TABÁGICA NO BRASIL: PERSPECTIVAS SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE Rosane A. de Sousa Martins (Universidade Federal

Leia mais

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL

EXAMES ÉPOCA ESPECIAL EXAMES ÉPOCA ESPECIAL ANO LETIVO 2014/2015 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA ESPECIAL 2014/2015 LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 4º Semestre 1º Semestre Teorias da Comunicação

Leia mais

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região

Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Tribunal do Trabalho da Paraíba 13ª Região Apresentação 1.Identificação do órgão:tribunal do Trabalho da Paraíba/ Assessoria de Comunicação Social 2.E-mail para contato:rdaguiar@trt13.jus.br, rosa.jp@terra.com.br

Leia mais

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda

Diretrizes Curriculares ENADE 2012. Curso de: Publicidade e Propaganda Diretrizes Curriculares ENADE 2012 Curso de: Publicidade e Propaganda MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA MEC Nº207 DE 22 DE JUNHO DE

Leia mais

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer

Nome do programa, pesquisa ou produto: Almanaque IBOPE Pesquisa: Demografia Hábitos de lazer 1 Data de elaboração da ficha: Abr 2007 IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Dados da organização Nome: IBOPE - Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística Endereço:

Leia mais

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 A relevância e credibilidade dos resultados da pesquisa UPP: O que pensam os policiais foram, sem dúvida, pontos de partida

Leia mais

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa

DADOS PESSOAIS. Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros. Data e local de nascimento: 1963, Lisboa. Nacionalidade: Portuguesa DADOS PESSOAIS Nome: Rui Pedro Costa Melo Medeiros Data e local de nascimento: 1963, Lisboa Nacionalidade: Portuguesa Correio eletrónico: rm@servulo.com 2 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS Licenciatura em Direito

Leia mais

EXAMES ÉPOCA DE RECURSO

EXAMES ÉPOCA DE RECURSO EXAMES ÉPOCA DE RECURSO 2.º SEMESTRE ANO LETIVO 2014/2015 LICENCIATURAS MESTRADOS PÓS-GRADUAÇÃO EXAMES ÉPOCA DE RECURSO 2.º, 4.º e 6.º SEMESTRES 2014/2015 LICENCIATURA // AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA Comunicação

Leia mais

VI SEMINÁRIO INTERNACIONAL OBITEL Observatório Iberoamericano da Ficção Televisiva

VI SEMINÁRIO INTERNACIONAL OBITEL Observatório Iberoamericano da Ficção Televisiva VI SEMINÁRIO INTERNACIONAL OBITEL Observatório Iberoamericano da Ficção Televisiva Promoção: Centro de Estudos de Comunicação e Cultura (CECC/Linha Media, Technologies, Contexts), Faculdade de Ciências

Leia mais

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS

CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS CURRICULUM VITAE DADOS PESSOAIS NOMES Raquel Alexandra de Jesus Gil Martins Brízida Castro DATA DE NASCIMENTO 13 de Setembro de 1968 NACIONALIDADE Portuguesa Estado Civil Casada raquelalexandraster@gmail.com;

Leia mais

CreativeMornings BH Levantamento de mídia e clipping Belo Horizonte Julho a Outubro de 2015

CreativeMornings BH Levantamento de mídia e clipping Belo Horizonte Julho a Outubro de 2015 CreativeMornings BH Levantamento de mídia e clipping Belo Horizonte Julho a Outubro de 2015 Levantamento de mídia A assessoria de imprensa do CreativeMorningsBH apresenta levantamento de mídia referente

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO JUNHO DE 2010 SEAI 06/2010 Brasília, julho de 2010 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Eleições:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO EMENTA: Novas tendências na produção, distribuição e consumo da comunicação com vertentes no jornalismo diante nova reconfiguração capitalista em um cenário neoliberal. AVALIAÇÃO: A avalição será feita

Leia mais

I Curso Pós-Graduado de Atualização

I Curso Pós-Graduado de Atualização I Curso Pós-Graduado de Atualização sobre DIREITO DA MEDICINA & JUSTIÇA PENAL Coordenadores: JOÃO LOBO ANTUNES (Professor Catedrático da Faculdade de Medicina da MARIA FERNANDA PALMA (Professora Catedrática

Leia mais

MEDIA TRAINNING. Programa

MEDIA TRAINNING. Programa MEDIA TRAINNING Comunicar em saúde Local HUC Centro de Simulação Biomédica dos Hospitais da Universidade de Coimbra Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE Data 5 de Maio, 2012 Horário Manhã

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES

PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES 2006 [aprovado em reunião do CC em 11 de Novembro 2005] Introdução O IPRI-UNL definiu como objectivo fundamental para a sua actividade constituir-se como uma estrutura institucional

Leia mais

A CRISE NO DF E A POSSIBILIDADE DE INTERVENÇÃO FEDERAL

A CRISE NO DF E A POSSIBILIDADE DE INTERVENÇÃO FEDERAL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL A CRISE NO DF E A POSSIBILIDADE DE INTERVENÇÃO FEDERAL Março/2010 2 O estatuto da intervenção colocado em pauta O DataSenado realizou pesquisa de opinião pública de

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 121.3508.9 ASSESSORIA DE IMPRENSA 5ª 02 34 1º/2011 PROFESSOR (A) ANA LUÍSA SOUZA / FERNANDO PEREIRA

Leia mais

MEDIA TRAINNING. Programa

MEDIA TRAINNING. Programa MEDIA TRAINNING Comunicar em saúde Local HUC Centro de Simulação Biomédica dos Hospitais da Universidade de Coimbra Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, EPE Data 5 de Maio, 2012 Horário Manhã

Leia mais

. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção:

. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção: Julho de 2003. Mestre em Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, em Julho de 2003, com Bom com Distinção: Dissertação subordinada ao tema Contributo para o Estudo

Leia mais

III SEMINÁRIO NÃO ACEITO CORRUPÇÃO

III SEMINÁRIO NÃO ACEITO CORRUPÇÃO III SEMINÁRIO NÃO ACEITO CORRUPÇÃO No contexto da campanha Não Aceito Corrupção e por ocasião da aproximação das eleições de 5 de outubro, depois de discutir Controle da Corrupção e a Lei de Acesso à Informação

Leia mais

PAUTA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2014

PAUTA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2014 PAUTA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2014 DIA 5 DE MAIO DE 2014, SEGUNDA-FEIRA, ÀS 14H, NO PLENÁRIO Nº 6 DA ALA SENADOR NILO COELHO I LEITURA DO EXPEDIENTE II ORDEM DO DIA ITEM 1 Audiência Pública Violência

Leia mais

O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria e Multimédia O consumo de conteúdos noticiosos dos estudantes de Ciências da Comunicação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto Metodologia da Investigaça

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

Lucas Arantes Zanetti 1 Lívia Cadete da Silva 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP

Lucas Arantes Zanetti 1 Lívia Cadete da Silva 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP Movimentos sociais e internet: uma análise sobre as manifestações de 2013 no Brasil Lucas Arantes Zanetti 1 Lívia Cadete da Silva 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista,

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES SOCIEDADE PORTUGUESA DE ONCOLOGIA 2010 2010 RESUMO: este documento apresenta o relatório de actividades da Sociedade Portuguesa de Oncologia no ano de 2010 Índice 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13

relatório trabalhar com arquitectos campanha out 13 relatório trabalhar arquitectos campanha out 13 / 2 índice introdução a campanha unicação análise anexos 4 5 7 8 9 14 15 16 18 22 28 33 34 36 37 3 introdução 4 a campanha Mass Media performance de unicação

Leia mais

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL 8 e 9 de Abril de 2010 Lisboa CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE DIREITO CONSTITUCIONAL PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL Local Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

Curso de Direito da Comunicação Social

Curso de Direito da Comunicação Social Curso de Direito da Comunicação Social Coordenação Científica: Prof. Doutor Blanco de Morais, Prof.ª Doutora Maria Luísa Duarte e 1.ª Sessão 21 Fevereiro 2013 (Quinta-feira) 18h00m Conferência Inaugural

Leia mais

AEOP Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa

AEOP Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa Relatório de Clipping & Actividades_AEOP 2015 Indíce 1. Introdução 2. Mensagens-chave 3. Resumo de resultados 4. Atividade desenvolvidas 5. 8ª Reunião da AEOP Análise Qualitativa Análise Quantitativa 6.

Leia mais

I Seminário Comunicação Pública

I Seminário Comunicação Pública I Seminário Comunicação Pública Câmara de Vereadores Belo Horizonte Davi Emerich Diretor da Secretaria de Comunicação do Senado Federal A comunicação público-institucional, como entendemos, é recente no

Leia mais

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1

1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 Tv's_25_Janeiro_2016 Revista de Imprensa 1. Marcelo Rebelo de Sousa vai ser um bom Presidente da República?, RTP 1 - Prós e Contras, 25-01-2016 1 2. Conversa com Marisa Matias, RTP 2 - Página 2, 25-01-2016

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/00-CEPE RESOLVE: RESOLUÇÃO Nº /00-CEPE 1 Fixa o Currículo Pleno do Curso de Comunicação Social, Habilitações em Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade e Propaganda, do Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. O,

Leia mais

Desenvolvimento. e Mudança Social Portugal nos últimos dois séculos. Homenagem a Míriam Halpem Pereira

Desenvolvimento. e Mudança Social Portugal nos últimos dois séculos. Homenagem a Míriam Halpem Pereira Desenvolvimento e Mudança Social Portugal nos últimos dois séculos Homenagem a Míriam Halpem Pereira José Vicente Serrão Magda de Avelar Pinheiro Maria de Fátima Sá e Melo Ferreira (organizadores) Imprensa

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO ABRIL DE 2011 SEAI 04/2011 Brasília, maio de 2011 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Universo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SISTEMAS INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular SISTEMAS INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular SISTEMAS INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4.

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CH SEM CH TOTAL SEM/ANO 121.3508.9 ASSESSORIA DE IMPRENSA 5ª 02 30 2º / 2009 PROFESSOR ANA LUÍSA

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

Plano de Formação 2010

Plano de Formação 2010 Plano de Formação 2010 Formando Unidade Orgânica Designação das acções de formação Data e duração Entidade Formadora/ Local Custo c/iva DIRIGENTES Participação no Colóquio "Quality of Legislation" da International

Leia mais

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB

O PAPEL DA AGÊNCIA DE JORNALISMO DA UEPG NO FOMENTO À PRODUÇÃO DE NOTÍCIAS INSTITUCIONAIS NA WEB 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA O PAPEL DA

Leia mais

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010

SENSUS. Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE. 03 a 07 de Novembro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório CAMPANHA DE ESCLARECIMENTO DO TSE ELEIÇÕES 2010 FIELDS COMUNICAÇÃO TSE 03 a 07 de Novembro de 2010 Rua Grão Pará 737, 4 andar Cep 30150-341 Belo Horizonte MG Tel. 31-33042100

Leia mais

ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX)

ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX) ESPAÇOS E ACTORES DA CIÊNCIA EM PORTUGAL (XVIII-XX) C O O R D E N A Ç ÃO Maria Fernanda Rollo Maria de Fátima Nunes Madalena Esperança Pina Maria Inês Queiroz SUMÁRIO INTRODUÇÃO 7 ESPAÇOS E ACTORES: LUGARES

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015

RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015 RELATÓRIO DE ATIVIDADE outubro 2015 Sumário executivo Para a apresentação do Relatório de Competitividade 2015-2016 do World Economic Forum foram desenvolvidas as seguintes ações de comunicação: Elaboração

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

I. Apresentação Geral... 3

I. Apresentação Geral... 3 Programa de Pós- Graduação Lato Sensu Especialização em Direito Constitucional Entrada: 2011 1º Semestre Índice I. Apresentação Geral... 3 II. Especialização em Direito Constitucional... 4 1. Plano de

Leia mais

Associação Portuguesa de Direito Europeu

Associação Portuguesa de Direito Europeu ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE DIREITO EUROPEU PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2013 No seguimento do conjunto de iniciativas de dinamização tomadas pela APDE Associação Portuguesa de Direito Europeu ao longo

Leia mais

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO

EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO EMENTÁRIO DO CURO DE JORNALISMO LET 02630 LÍNGUA PORTUGUESA Noções gerais da língua portuguesa. Leitura e produção de diferentes tipos de textos, em especial os relativos à comunicação de massa. Os tipos

Leia mais

Relatório da assessoria de imprensa, peças gráficas e spot desenvolvidos pela agência Fosfato para o Abrace a Serra da Moeda 2015.

Relatório da assessoria de imprensa, peças gráficas e spot desenvolvidos pela agência Fosfato para o Abrace a Serra da Moeda 2015. Relatório da assessoria de imprensa, peças gráficas e spot desenvolvidos pela agência Fosfato para o Abrace a Serra da Moeda 2015. 30 de abril de 2015. Assessoria de imprensa Evento: Abrace a Serra da

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA - ÉTICA E CIDADANIA UM ESTUDO DOS PROCESSOS CONTRA DEPUTADOS DA CLDF. Aluna: ANA MARIA DE SOUZA RANGEL

PROJETO DE PESQUISA - ÉTICA E CIDADANIA UM ESTUDO DOS PROCESSOS CONTRA DEPUTADOS DA CLDF. Aluna: ANA MARIA DE SOUZA RANGEL CÂMARA DOS DEPUTADOS DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE FORMAÇÃO, TREINAMENTO E APERFEIÇOAMENTO. CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICA E REPRESENTAÇÃO PARLAMENTAR PROJETO DE PESQUISA - ÉTICA E CIDADANIA

Leia mais

SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES

SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS, COOPERAÇÃO E COMUNIDADES SÍNTESE DAS CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES INTRODUÇÃO O Iº Encontro dos Órgãos de Comunicação e Informação de Caboverdianos na Diáspora, realizado

Leia mais

TABELA NACIONAL DE INCAPACIDADES POR ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS. Actualização N.º 1

TABELA NACIONAL DE INCAPACIDADES POR ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS. Actualização N.º 1 TABELA NACIONAL DE INCAPACIDADES POR ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS Actualização N.º 1 TÍTULO: AUTORES: TABELA NACIONAL DE INCAPACIDADES POR ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS

Leia mais

1. Qualidade em Saúde 20. 2. Politicas de Qualidade em Saúde 21

1. Qualidade em Saúde 20. 2. Politicas de Qualidade em Saúde 21 Índice Índice de autores 11 Introdução 13 Carlos Alberto da Silva Qualidade em saúde: da definição de políticas à avaliação de resultados Paulo Jorge Santos Sousa 1. Qualidade em Saúde 20 2. Politicas

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais. Setembro de 2009

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais. Setembro de 2009 Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais Setembro de 2009 A pesquisa Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em mídias sociais foi direcionada para

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

UNIDADES CURRICULARES

UNIDADES CURRICULARES Curso Especialização PLANO CURRICULAR UNIDADES CURRICULARES As reformas, a governação e a organização do sistema de justiça 42 h 7 Sociologia das organizações 30 h 6 Gestão pela qualidade total e desempenho

Leia mais

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing.

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing. Comunicação social Comunicação social A Comunicação Social é um campo de conhecimento académico que estuda a comunicação humana e as questões que envolvem a interação entre os sujeitos em sociedade. Os

Leia mais

FORMAÇÃO DA SOCIEDADE PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA

FORMAÇÃO DA SOCIEDADE PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA FORMAÇÃO DA SOCIEDADE PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA David Justino Professor Associado Jorge Pedreira Professor Auxiliar CURSO DO 1º CICLO EM SOCIOLOGIA Ano Lectivo de 2014-2015 OBJECTIVOS E REQUISITOS DA DISCIPLINA

Leia mais

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006 Durante o ano que agora está a terminar foram divulgados, pela primeira vez, dados relativos aos inscritos nos Centro de Emprego desagregados pela instituição de ensino que frequentaram. Sem grande surpresa,

Leia mais

Objetivos do Seminário:

Objetivos do Seminário: O Ano Internacional da Estatística -"Statistics2013"- é uma iniciativa à escala mundial que visa o reconhecimento da importância da Estatística nas sociedades. Com este objetivo o Conselho Superior de

Leia mais

Instituto de Cooperação Científica e Tecnológica Internacional

Instituto de Cooperação Científica e Tecnológica Internacional Registo de autoridade arquivística Instituto de Cooperação Científica e Tecnológica Internacional Identificação Tipo de entidade Entidade coletiva Forma autorizada do nome Instituto de Cooperação Científica

Leia mais

central de atendimento -> 55(11) 3807-0188 ou atendimento@grupotreinar.com.br

central de atendimento -> 55(11) 3807-0188 ou atendimento@grupotreinar.com.br Todos nossos cursos são preparados por mestres e profissionais reconhecidos no mercado de Segurança da Informação no Brasil e exterior. Os cursos são ministrados em português, espanhol ou inglês, atendendo

Leia mais

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS E ACORDO DE ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RELATIVO À COBERTURA DE PROCESSOS JUDICIAIS. 27 de Novembro de 2003

DECLARAÇÃO DE PRINCÍPIOS E ACORDO DE ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RELATIVO À COBERTURA DE PROCESSOS JUDICIAIS. 27 de Novembro de 2003 Nota Prévia Este documento foi elaborado pela ex-alta Autoridade para a Comunicação Social (AACS) e apresentado no dia 27 de Novembro de 2003 em cerimónia pública, tendo sido subscrito por diversos órgãos

Leia mais

PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. História da Administração Pública no Brasil APRESENTAÇÃO

PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. História da Administração Pública no Brasil APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL Disciplina: História da Administração Pública no Brasil Professor(es): Wallace Moraes Período: 2013/2 Horário: 3 e 5 feiras,

Leia mais

ICS. Índice de Confiança Social 2015

ICS. Índice de Confiança Social 2015 ICS Índice de Confiança Social 2015 Introdução Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação de questionário estruturado, por meio de entrevistas face-a-face. Local da pesquisa Brasil. Universo A pesquisa

Leia mais

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015 CURRICULUM VITAE DE José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá Lisboa, Fevereiro de 2015 I - DADOS PESSOAIS NOME - José Carlos Salgueiro de Vasconcelos e Sá MORADA - Rua Prof. Henrique Vilhena 11, 1 - D 1600

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

Marketing Político na Internet - Eleições 2016

Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Implementar e administrar um Plano de Marketing Digital para as campanhas eleitorais de 2016 CEO da Agência AC7, Elcio Castilho, com 24 anos de experiência

Leia mais

Simone de Sousa Barbosa e Silva

Simone de Sousa Barbosa e Silva PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR PAAE (SEE/MG): POLÍTICA PÚBLICA EDUCACIONAL ATINENTE AOS DIREITOS SOCIAIS E ESTRATIFICAÇÃO DO WELLFARE STATE, A SERVIÇO DA LUTA POR JUSTIÇA SOCIAL, OU MERA

Leia mais

O processo de constituição de fundações

O processo de constituição de fundações O processo de constituição de fundações João Tiago Silveira 14 de fevereiro de 2014 Curso Direito Fundacional Público/Nova Lei-Quadro das Fundações Instituto de Ciências Jurídico-Políricas da Faculdade

Leia mais

Educação para a Mídia

Educação para a Mídia Educação para a Mídia O papel da Escola, das Empresas de Comunicação e da Sociedade Civil Ismar de Oliveira Soares Licenciatura em Educomunicação da ECA/USP ismarolive@yahoo.com www.cca.eca.usp.br Empowerment:

Leia mais

O Poder Legislativo e a Imprensa: estudo crítico da cobertura das Comissões Permanentes da Câmara dos Deputados pela imprensa escrita.

O Poder Legislativo e a Imprensa: estudo crítico da cobertura das Comissões Permanentes da Câmara dos Deputados pela imprensa escrita. Câmara dos Deputados Centro de Formação e Treinamento CEFOR Programa de Pós-Graduação Nara Lucia de Lima O Poder Legislativo e a Imprensa: estudo crítico da cobertura das Comissões Permanentes da Câmara

Leia mais

JORNALISMO ON-LINE: modos de fazer. organização Carla Rodrigues

JORNALISMO ON-LINE: modos de fazer. organização Carla Rodrigues JORNALISMO ON-LINE: modos de fazer organização Carla Rodrigues Reitor Pe. Josafá Carlos de Siqueira, S.J. Vice-Reitor Pe. Francisco Ivern Simó, S.J. Vice-Reitor para Assuntos Acadêmicos Prof. José Ricardo

Leia mais

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República!

Viver e Construir a Democracia. Escola João da Rosa na Assembleia da República! Viver e Construir a Democracia Escola João da Rosa na Assembleia da República! Nos dias 4 e 5 de maio, os alunos Filipe Gonçalves e Stefan Apolinário, que frequentam o 5º e 9ºanos na Escola EB 2,3 João

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO 2 - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO 2 - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular OPÇÃO 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM GESTÃO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Informática 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

A GESTÃO RISCO NO TERRITÓRIO, O CONTRIBUTO DOS PLANOS REGIONAIS DE ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO

A GESTÃO RISCO NO TERRITÓRIO, O CONTRIBUTO DOS PLANOS REGIONAIS DE ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO A GESTÃO RISCO NO TERRITÓRIO, O CONTRIBUTO DOS PLANOS REGIONAIS DE ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Painel 4 - Aplicação do planeamento/planejamento e ordenamento do território à gestão de riscos Teresa Cravo

Leia mais

Gerência de Comunicacão

Gerência de Comunicacão Gerência de Comunicacão Quem somos? Representação política e institucional Representação sindical Educação cooperativista, promoção social e monitoramento Gecom Marketing Publicidade e propaganda Assessoria

Leia mais

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA

RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA RELATÓRIO DE ANÁLISE DA MÍDIA CLIPPING SENADO FEDERAL E CONGRESSO NACIONAL NOTICIÁRIO FEVEREIRO DE 2011 SEAI 02/2011 Brasília, março de 2011 Análise de Notícias Senado Federal e Congresso Nacional 1. Imprensa

Leia mais

Pensar o futuro da educação. Aprender e inovar com a tecnologia multimedia. Comissão Europeia

Pensar o futuro da educação. Aprender e inovar com a tecnologia multimedia. Comissão Europeia Pensar o futuro da educação Aprender e inovar com a tecnologia multimedia Comissão Europeia O impacto da tecnologia da informação e da comunicação está a provocar alterações graduais mas muitas vezes radicais

Leia mais

COMPROMISSO: TODOS PELA EDUCAÇÃO. MOZART NEVES RAMOS Presidente-Executivo

COMPROMISSO: TODOS PELA EDUCAÇÃO. MOZART NEVES RAMOS Presidente-Executivo COMPROMISSO: TODOS PELA EDUCAÇÃO MOZART NEVES RAMOS Presidente-Executivo Se quisermos ter Educação de qualidade para todos, teremos de ter todos pela qualidade da Educação. Declaração Mundial Sobre Educação

Leia mais

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Constitucional. Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo

I Curso de Doutoramento em Direito. Ramo de Direito Público. Direito Constitucional. Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo I Curso de Doutoramento em Direito Ramo de Direito Público Direito Constitucional Tema geral: A Justiça Constitucional e os seus Modelos Prof. Doutor Nuno Piçarra Prof. Doutor Raul Araújo A) Programa:

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 130/IX PROTECÇÃO DAS FONTES DOS JORNALISTAS. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 130/IX PROTECÇÃO DAS FONTES DOS JORNALISTAS. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 130/IX PROTECÇÃO DAS FONTES DOS JORNALISTAS Exposição de motivos A Constituição da República Portuguesa define, na alínea b) do n.º 2 do artigo 38.º, que a liberdade de imprensa implica

Leia mais

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Teve lugar no dia vinte e nove de maio de dois mil e doze, a sessão número trinta e seis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D.

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES

CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES CONTRATAÇÃO DE DOIS/DUAS INVESTIGADORES/AS DOUTORADOS/AS EM CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANIDADES a. Descrição do Concurso: O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, Laboratório Associado

Leia mais

Plataforma de cidades

Plataforma de cidades Plataforma de cidades 20 de agosto de 2010 Plataforma Cidades Sustentáveis Lançamento: 21 de julho de 2010 O que é? Banco de boas práticas de sustentabilidade urbana em vigência em diversas cidades no

Leia mais