A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas"

Transcrição

1 A indústria metroferroviária brasileira - investimentos e perspectivas 7º Seminário sobre Ferrovias: Mobilização da Indústria para o Desenvolvimento do Setor Ferroviário Vicente Abate - Presidente da ABIFER 19 de maio de 2010

2 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

3 HÁ MAIS DE 30 ANOS, A ABIFER ESTÁ SEMPRE EM AÇÃO...

4 HÁ MAIS DE 30 ANOS, A ABIFER ESTÁ SEMPRE EM AÇÃO...

5 ABIFER NOSSA MISSÃO Fomentar a expansão do transporte ferroviário no Brasil, através de ações de apoio às concessionárias de carga e de passageiros, e a seus usuários, objetivando também o crescimento da indústria ferroviária instalada no Brasil.

6 ABIFER NOSSA VISÃO Ser a entidade de referência nos temas relacionados ao transporte ferroviário no Brasil e na América Latina. NOSSOS VALORES > Foco no Brasil > Crescimento Sustentado > Transparência nas Ações > Geração de Valor > Motivação Setorial

7 ASSOCIADAS QUEM SOMOS 1 Fabricantes de equipamentos, sistemas e componentes para o setor ferroviário de carga e de passageiros 2 Empresas de projetos, consultoria e serviços

8 ASSOCIADAS

9 ASSOCIADAS ATUAÇÃO EM PRODUTOS > Locomotivas Diesel-Elétricas e Diesel-Hidráulicas > Vagões de carga de todos os tipos > Vagões siderúrgicos > Trens Unidades Elétricos para Metrôs e Subúrbio > Trens de Alta Velocidade TAVs > Veículos Leves sobre Trilhos VLTs > Monotrilhos > Sistemas de Freio, Choque e Tração, Sinalização e Telecomunicação > Truques, Engates, Rodas, Eixos e Molas > Materiais para via permanente > Fixações elásticas l Talas de junção l Aparelhos de mudança de via l Dormentes l Soldagem de trilhos

10 ASSOCIADAS ATUAÇÃO EM SERVIÇOS > Engenharia > Consultoria > Manutenção, reparação e modernização de veículos ferroviários

11 CAPACIDADES As associadas da ABIFER apresentam números significativos em capacidade de produção anual MAIS DE MAIS DE VAGÕES DE CARGA 600 CARROS DE PASSAGEIROS 100 LOCOMOTIVAS

12 NÚMEROS DE PRODUÇÃO

13 VAGÕES PRODUÇÃO BRASILEIRA Fonte: ABIFER (P)

14 VAGÕES PRODUÇÃO BRASILEIRA > PRODUÇÃO POR DÉCADA Fonte: ABIFER / (P)

15 CARROS DE PASSAGEIROS PRODUÇÃO BRASILEIRA Fonte: ABIFER / (P)

16 CARROS DE PASSAGEIROS PRODUÇÃO BRASILEIRA Fonte: ABIFER > PRODUÇÃO POR DÉCADA (P)

17 LOCOMOTIVAS PRODUÇÃO BRASILEIRA Fonte: ABIFER / (P)

18 NÚMEROS DAS CONCESSIONÁRIAS

19 MOVIMENTAÇÃO DE CARGA TRANSPORTADA PELAS FERROVIAS

20 CONTÊINERES QUANTIDADE DE CONTÊINERES

21 INOVAÇÕES DA INDÚSTRIA FERROVIÁRIA BRASILEIRA

22 PROJETOS INOVADORES DA INDÚSTRIA FERROVIÁRIA BRASILEIRA > Vagões de elevada capacidade, para transporte de minério de ferro, com peso bruto máximo de 150 t e truques de 37,5 t/eixo; > Vagões graneleiros com sistema de descarga longitudinal e acionamento simultâneo de portas por apenas um operador; > Vagões tanques para transporte de gás natural liquefeito, para abastecimento de locomotivas em movimento; > Freio eletro-pneumático para vagões de carga; > Rodas ferroviárias de aço microligado; > Locomotivas diesel-elétricas de HP, corrente alternada; > Locomotivas diesel-hidráulicas, para manobra e linha; > Sistema CBTC de sinalização completamente automático (driverless); > Carros de passageiros com ar condicionado, circuito fechado de TV e itens de acessibilidade como portas mais amplas para cadeirantes; > Fixações pré-montadas em metrôs, que atenuam os ruídos e as vibrações da via permanente; > Utilização de dormentes de concreto em larga escala, favorável ao meio ambiente.

23 VAGÃO GÔNDOLA PARA MINÉRIO DE FERRO Fonte: AmstedMaxion > VAGÃO GÔNDOLA PARA TRANSPORTE DE MINÉRIO DE FERRO BITOLA LARGA Ferrovia Estatal (até 1997) VALE e MRS (2000) VALE e MRS (2007) VALE* (2009/2010) P.B.M.T. (t) Tara do vagão (t) Carga útil (t) Ganho de carga (t) ** * Em fase de testes na E.F.Carajás I ** 34 t acumuladas

24 VAGÕES HOPPER FERTILIZANTE AÇÚCAR GRÃO E FARELO DE SOJA LASTRO COM DESCARGA AUTOMÁTICA PLACA PARA ENERGIA SOLAR MINÉRIO DE FERRO COM DESCARGA AUTOMÁTICA FOSFATO COM DESCARGA AUTOMÁTICA

25 VAGÕES DIVERSOS PARA AUTOMÓVEIS PARA COMBUSTÍVEIS PLATAFORMA ARTICULADA DOUBLE STACK FRIGORÍFICO (em desenvolvimento)

26 CARROS DE PASSAGEIROS Plano Expansão SP

27 VEÍCULO LEVE SOBRE TRILHOS VLT - Brasília

28 LOCOMOTIVAS

29 INVESTIMENTOS NO SETOR FERROVIÁRIO BRASILEIRO

30 INVESTIMENTOS INDÚSTRIA FERROVIÁRIA R$ 1 bilhão (período 2003 a 2009) > Modernização e ampliação das instalações fabris, novas fábricas e novas tecnologias

31 INVESTIMENTOS NAS MALHAS CONCEDIDAS

32 INFRAESTRUTURA Fonte: Ministério dos Transportes

33 INVESTIMENTOS PREVISTOS R$ bilhões 147,6 34, ,2 > No Plano Nac. de Logística e Transportes I 2009 a 2023 > No Trem de Alta Velocidade I 2011 a 2016 > No Plano Expansão São Paulo I 2007 a 2011 > Para a Copa do Mundo 2014 I 2010 a 2014 < TOTAL

34 EXPANSÃO DA MALHA FERROVIÁRIA DE CARGA NÚMEROS

35 EXPANSÃO DA MALHA FERROVIÁRIA Fonte: Ministério dos Transportes

36 ESTUDOS DE FERROVIAS PARA INTEGRAÇÃO MULTIMODAL Fonte: Ministério dos Transportes

37 MATRIZ DE TRANSPORTE DE CARGA ATUAL E FUTURA Fonte: PNLT/ MT (km 1000) (%)

38 TAV O TREM DE ALTA VELOCIDADE

39 TAV PROJETOS MALHA DE ALTA VELOCIDADE NO BRASIL

40 TAV PROJETOS Em curso Campinas > São Paulo > Rio de Janeiro I EF 222 Extensão: 511 km Valor estimado do projeto: R$ 34,6 bilhões Em estudo São Paulo > Curitiba Campinas > Uberlândia Campinas > Belo Horizonte Extensão: km

41 TAV IMPACTOS ESPERADOS Geração de empregos Ajuste na demanda: rodovias e aeroportos Redução no deslocamento Desenvolvimento tecnológico Redução de poluentes Redução de congestionamentos

42 TAV PLANTAS PARA MONTAGEM DO TAV NO BRASIL

43 TAV NACIONALIZAÇÃO A indústria ferroviária brasileira possui capacidade instalada para fabricar e montar o TAV no Brasil. Dispõe de um corpo técnico altamente especializado, capaz de absorver a tecnologia de ponta que será transferida através do Governo Federal.

44 TAV NACIONALIZAÇÃO A ABIFER apoia integralmente o projeto do TAV brasileiro e defende um conteúdo nacional mínimo de 60% na fabricação dos equipamentos e sistemas ferroviários.

45 OBRIGADO! Vicente Abate Presidente ABIFER Tel: (11)

III ENCONTRO DE FERROVIAS ANTF

III ENCONTRO DE FERROVIAS ANTF III ENCONTRO DE FERROVIAS ANTF Transporte Ferroviário - A Década dos Desafios e das Oportunidades Vicente Abate - Presidente da ABIFER Juiz de Fora, 27 de outubro de 2011 ABIFER, há 34 anos APRESENTAÇÃO

Leia mais

HIDROVIAS E SUA LOGÍSTICA PARTE 2. Os desafios e perspectivas do transporte ferroviário no Brasil

HIDROVIAS E SUA LOGÍSTICA PARTE 2. Os desafios e perspectivas do transporte ferroviário no Brasil HIDROVIAS E SUA LOGÍSTICA PARTE 2 Os desafios e perspectivas do transporte ferroviário no Brasil Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 18 de setembro de 2014 ABIFER, há mais de 37 anos ABIFER

Leia mais

18ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

18ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA 18ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Painel 4 - A Competitividade da Indústria Metroferroviária Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 12 de setembro de 2012 ABIFER NOSSA MISSÃO Fomentar

Leia mais

X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO

X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO X SEMINÁRIO NACIONAL METROFERROVIÁRIO Painel 6 Tecnologias de Transporte Sobre Trilhos Vicente Abate - Presidente da ABIFER Rio de Janeiro, 13 de março de 2014 ABIFER, há mais de 36 anos ABIFER NOSSA MISSÃO

Leia mais

Modal Ferroviário. Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel

Modal Ferroviário. Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel Modal Ferroviário Equipe: Docemar M. Borges Felipe Cordova Leonardo F. Heinz Wivian Neckel O que é modal? O modal ferroviário caracteriza-se, especialmente, por sua capacidade de transportar grandes volumes,

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos XVII Assembleia Geral da CIT 27 e 28/06/2012 - Manaus/AM Sávio Neves Diretor Institucional ANPTrilhos Presidente ABOTTc

Leia mais

Desiro Mainline. A nova geração de Trens Regionais da Siemens. Março de Transportation Systems. pagina 1

Desiro Mainline. A nova geração de Trens Regionais da Siemens. Março de Transportation Systems. pagina 1 Desiro Mainline Transportation Março de 2006 A nova geração de Trens Regionais da Siemens pagina 1 Soluções para todas as demandas Pass. p.h.p.s. 100,000 Capacidade de transporte dos diversos sistemas,

Leia mais

20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Panorama da indústria ferroviária no Brasil

20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Panorama da indústria ferroviária no Brasil 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Panorama da indústria ferroviária no Brasil Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 11 de setembro de 2014 ABIFER, há mais de 37 anos ABIFER NOSSA MISSÃO

Leia mais

MRS Logística. Negócios nos Trilhos. Nov

MRS Logística. Negócios nos Trilhos. Nov MRS Logística Negócios nos Trilhos Nov - 2011 Quem somos Concessionária Pública de Transporte Ferroviário, que interliga os três principais centros industriais do país: São Paulo, Rio de Janeiro e Minas

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO DE PASSAGEIROS 2013/2014 Joubert Flores Presidente da ANPTrilhos Apoio: Quem Somos ANPTrilhos

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Como Acelerar a Implantação dos Empreendimentos Metroferroviários Vicente Abate Diretor Comercial ANPTrilhos Brasília,

Leia mais

A potência em constante evolução. Técnica de locomotivas

A potência em constante evolução. Técnica de locomotivas A potência em constante evolução. Técnica de locomotivas Voith Turbo Lokomotivtechnik A competência na técnica das locomotivas, desde a Engenharia à produção, incluindo a manutenção, adquirida pela Voith

Leia mais

INVESTIMENTOS PÚBLICOS - AV PERIMETRAL - MARGEM ESQUERDA 2ª FASE. 8º Encontro de Logística e Transportes

INVESTIMENTOS PÚBLICOS - AV PERIMETRAL - MARGEM ESQUERDA 2ª FASE. 8º Encontro de Logística e Transportes INVESTIMENTOS PÚBLICOS - AV PERIMETRAL - MARGEM ESQUERDA 2ª FASE INVESTIMENTOS PRIVADOS MODAL RODOVIÁRIO ACESSO RODOVIÁRIO OBRAS DO GOVERNO ESTADUAL ACESSO RODOVIÁRIO OBRAS DO GOVERNO ESTADUAL ACESSO RODOVIÁRIO

Leia mais

Ferrovias do Nordeste

Ferrovias do Nordeste Ferrovias do Nordeste Agosto 2013 ELABORAÇÃO: TLSA A Transnordestina Logística S/A, antiga Companhia Ferroviária do Nordeste CFN, obteve a concessão da Malha Nordeste SR (Recife), SR (Fortaleza) e SR (São

Leia mais

IMPACTOS DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO

IMPACTOS DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Transportes Laboratório de Tecnologia de Pavimentação IMPACTOS DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO Profa. Dra. ROSÂNGELA MOTTA Março,

Leia mais

LINHA ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente

LINHA ª Semana de Tecnologia Metroferroviária. Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente LINHA 13 Paulo de Magalhães Bento Gonçalves Diretor Presidente PAINEL 03 Crescimento e melhoria da rede metroferroviária no Brasil 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária 2 Visão Geral 2,9 milhões pass./dia

Leia mais

VULKAN DO BRASIL PORTFÓLIO VULKAN SERVICE

VULKAN DO BRASIL PORTFÓLIO VULKAN SERVICE VULKAN DO BRASIL PORTFÓLIO VULKAN SERVICE 08/2016 VULKAN A VULKAN do Brasil é uma empresa do Grupo VULKAN, com matriz na Alemanha e presente no mercado mundial há mais de 120 anos, com fábricas, filiais

Leia mais

Ciclo de Seminários para o Enem: Mobilidade Urbana e Nacional

Ciclo de Seminários para o Enem: Mobilidade Urbana e Nacional Ciclo de Seminários para o Enem: Mobilidade Urbana e Nacional Diamantina, Outubro de 2016 Mobilidade Urbana 2 Histórico Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri UFVJM 1 Republica (1989

Leia mais

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS 18ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Painel 7 - Trens Regionais e de Longo Percurso com Média e Alta Velocidade PROJETO TAV BRASIL RIO SÃO PAULO - CAMPINAS HÉLIO MAURO FRANÇA Superintendente Executivo

Leia mais

Vagão Plataforma Multifuncional para o Transporte de Produtos Siderúrgicos

Vagão Plataforma Multifuncional para o Transporte de Produtos Siderúrgicos Vagão Plataforma Multifuncional para o Transporte de Produtos Siderúrgicos Autor: Felipe César Moreira Ciríaco Co autor: Cezar Sales Marques Engenharia de Vagões MRS Logística S.A. Resumo O Vagão Plataforma

Leia mais

Atuação da CAIXA em Saneamento Ambiental, Infra-estrutura e Mercado de Carbono

Atuação da CAIXA em Saneamento Ambiental, Infra-estrutura e Mercado de Carbono Seminário: Soluções Técnicas e Financeiras para Cidades Sustentáveis Atuação da CAIXA em Saneamento Ambiental, Infra-estrutura e Mercado de Carbono Rogério de Paula Tavares Superintendente Nacional de

Leia mais

2. La success story Citadis. as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras

2. La success story Citadis. as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras 2. La success story Citadis as soluções da Alstom para transporte de média capacidade nas cidades brasileiras era uma vez uma cidade... Onibus Pphpd > 5000 Onibus Pphpd < 5000 Periferia 1 Onibus Pphpd

Leia mais

Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros

Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos METROFOR TREM DO CARIRI SOLUÇÃO PARA O TRANSPORTE REGIONAL Objetivos Fundamentais do Sistema de Transporte Público de Passageiros Transporte público como

Leia mais

São Paulo, setembro de 2010

São Paulo, setembro de 2010 16ª SEMANA DE TECNOLOGIA METRO-FERROVIÁRIA ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE METRÔ AEAMESP. SOLUÇÕES DE TRANSPORTE MAIS ADEQUADAS PARA AS CIDADES O BNDES E OS INVESTIMENTOS NO SETOR DE TRANSPORTES

Leia mais

EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS

EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS Superintendência de Infraestrutura e Serviços de Transporte Ferroviário de Cargas SUFER Gerência de Regulação e Outorga de Infraestrutura e Serviços de Transporte Ferroviário de Carga - GEROF EVOLUÇÃO

Leia mais

Novas políticas OPERACIONAIS. Condições

Novas políticas OPERACIONAIS. Condições Novas políticas OPERACIONAIS Condições Destaques 02 Ampliação de ACESSO AO CRÉDITO Ampliação de ACESSO A GARANTIAS Ampliação de ACESSO A CAPITAL DE GIRO com operações diretas (sem intermediação de agente

Leia mais

TRANSFERÊNCIA NCIA DE TECNOLOGIA

TRANSFERÊNCIA NCIA DE TECNOLOGIA TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV TRANSFERÊNCIA NCIA DE TECNOLOGIA Seminário sobre o Trem de Alta Velocidade Federaçã ção o das Indústrias do Estado de São S o Paulo FIESP Agência Nacional de Transportes terrestres

Leia mais

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO

PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO PLANO DE MOBILIDADE URBANA DE SÃO PAULO setembro 2014 Plano de Mobilidade Urbana de São Paulo Documentos de referência referências Plano Municipal de Circulação Viária e de Transporte - 2003 Consolidou

Leia mais

Planejamento de Transportes: Introdução à Logística

Planejamento de Transportes: Introdução à Logística UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Planejamento de Transportes: Introdução à Logística ESTRATÉGIAS DE LOCALIZAÇÃO Profª. Daniane F. Vicentini Atividades com a maior parcela do custo total de logística: Transportes:

Leia mais

A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil;

A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil; Geografia A dimensão territorial do país; A função de ligar a produção ao consumo; A evolução do sistema de transporte está associada às mudanças econômicas do Brasil; Segunda metade do século XX: contradição

Leia mais

UFPR DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES SISTEMAS DE TRANSPORTES TT 046. Aula 05

UFPR DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES SISTEMAS DE TRANSPORTES TT 046. Aula 05 UFPR DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES SISTEMAS DE TRANSPORTES TT 046 Prof. Djalma Pereira Prof. Eduardo Ratton Profa. Gilza Fernandes Blasi Profa. Márcia de Andrade Pereira Aula 05 TRANSPORTE FERROVIÁRIO 2

Leia mais

Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella

Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella Seminário Trem de Alta Velocidade TAV 18 de Abril de 2011 Guilherme Quintella A Participação da Indústria Brasileira e a necessidade de mão de obra especializada » Sobre a AD-Trem» UIC União Internacional

Leia mais

Departamento de Estradas de Rodagem

Departamento de Estradas de Rodagem Departamento de Estradas de Rodagem Planos e Ações Transporte Rodoviário de Carga MISSÃO Administrar o sistema rodoviário estadual, sua integração com as rodovias municipais e federais e sua interação

Leia mais

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

INTEGRADO METROPOLITANO DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA VLT DA BAIXADA SANTISTA Ministério das Cidades SETEMBRO DE 2013 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL EMTU EMTU ÁREA DE ATUAÇÃO: ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLIPANAS A EMTU é Responsável pelo gerenciamento do

Leia mais

Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços

Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços Modais de Transporte no Brasil Características dos Modais Modal Ferroviário Maior concentração das ferrovias no Brasil As ferrovias

Leia mais

MagLev-Cobra. Cobra: transporte urbano energeticamente eficiente e ambientalmente correto Richard Magdalena Stephan.

MagLev-Cobra. Cobra: transporte urbano energeticamente eficiente e ambientalmente correto Richard Magdalena Stephan. MagLev-Cobra Cobra: transporte urbano energeticamente eficiente e ambientalmente correto Richard Magdalena Stephan rms@ufrj.br 1 Roteiro 1. Tecnologia MagLev na UFRJ 2. Reduções de Custos em relação ao

Leia mais

Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário

Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário Tecnologias e Interoperabilidade no Transporte Ferroviário Guilherme Quintella Chairman UIC South America 13 de Setembro de 2012 UIC União Internacional de Ferrovias» Fundada em 1922 com sede em Paris»

Leia mais

MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE

MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE AULA 8 ACIONAMENTO E MECANISMOS DE ELEVAÇÃO PROF.: KAIO DUTRA Acionamento Manual e Alavanca de Comando Um acionamento manual pode ser empregado em mecanismos de baixa

Leia mais

Construção de um equipamento que possa realizar o esmerilhamento da superfície de rolamentos dos trilhos

Construção de um equipamento que possa realizar o esmerilhamento da superfície de rolamentos dos trilhos ESMERILHADORA DE TRILHOS Antenor Pazini O trabalho da Esmerilhadora II foi premiado em 1 lugar com um carro zero km Esmerilhadora I: 6 rebolos -construída em 2004 Esmerilhadora II: 16 rebolos -construída

Leia mais

Departamento de Eng. Produção. Estradas de Ferro Material Rodante

Departamento de Eng. Produção. Estradas de Ferro Material Rodante Departamento de Eng. Produção Estradas de Ferro Material Rodante Prof. Dr. Rodrigo de Alvarenga Rosa rodrigoalvarengarosa@gmail.com (27) 9941-3300 1 Material Rodante Material Rodante é o conjunto de todos

Leia mais

O Corredor Campinas São Paulo Rio

O Corredor Campinas São Paulo Rio O Corredor Campinas São Paulo Rio PIB do Corredor: 40% PIB do Brasil RM Rio de Janeiro 11 milhões habitantes 12,3% PIB do Brasil RM Campinas 2,6 milhões habitantes 4,15% PIB do Brasil RM São Paulo 19 milhões

Leia mais

Desafogando as grandes cidades brasileira Seminário Transporte Interurbano de Passageiros AD=TREM

Desafogando as grandes cidades brasileira Seminário Transporte Interurbano de Passageiros AD=TREM Desafogando as grandes cidades brasileira Seminário Transporte Interurbano de Passageiros Agência de Desenvolvimento do Trem Rápido de Passageiros Entre Municípios Indústria Ferroviária Nacional A malha

Leia mais

Locomotivas. Gilberto Felipe Pinho

Locomotivas. Gilberto Felipe Pinho Agenda Motivação Introdução Classificação a Vapor Diesel Elétricas Outros tipos Transporte Ferroviário no Brasil 2 Motivação Visita à América Latina Logística; 3 Introdução O que é uma locomotiva? 4 Comparativo

Leia mais

SISTEMAS DE TRANSPORTES TT046

SISTEMAS DE TRANSPORTES TT046 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE TRANSPORTES SISTEMAS DE TRANSPORTES TT046 Prof. Eduardo Ratton Prof. Garrone Reck Prof a. Gilza Fernandes Blasi Prof. Jorge Tiago Bastos Prof a. Márcia de

Leia mais

19ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Projetos de automação na linha de soldagem do Estaleiro de Soldas da VLI.

19ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA. Projetos de automação na linha de soldagem do Estaleiro de Soldas da VLI. 19ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Inovação tecnológica Automação Projetos de automação na linha de soldagem do Estaleiro de Soldas da VLI. 1. Objetivo No ano de 2012, o Estaleiro de Soldas da VLI,

Leia mais

Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável VISÃO GERAL

Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável VISÃO GERAL Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável VISÃO GERAL O futuro começa aqui! Eng. Celso Ribeiro B. de Novais Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável 1 Fatores que contribuíram para decisão Mudança

Leia mais

Infraestrutura Econômica e Desenvolvimento: Transportes, Energia e TICs

Infraestrutura Econômica e Desenvolvimento: Transportes, Energia e TICs Infraestrutura Econômica e Desenvolvimento: Transportes, Energia e TICs Fabiano Mezadre Pompermayer Diretoria de Estudos e Políticas Setoriais, Inovação, Produção e Infraestrutura IPEA Instituto de Pesquisa

Leia mais

MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE

MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE AULA 1 INTRODUÇÃO À MAQUINAS DE ELEVAÇÃO E TRANSPORTE PROF.: KAIO DUTRA Instalações Internas de Transporte e Máquinas de Elevação Máquinas de elevação e transporte são

Leia mais

Projeto Veículo Elétrico

Projeto Veículo Elétrico Projeto Veículo Elétrico Palio Weekend Elétrico Leonardo Gaudencio Cavaliere Supervisor de Inovações do Produto Belo Horizonte, 05 julho 2010 GRUPO FIAT NO MUNDO GRUPO FIAT NO BRASIL MONTADORAS COMPONENTES

Leia mais

PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS 1 Agenda Resumo Resultados 1T07 Mercado Estratégia Projetos com clientes 2 Resumo Industrializados Negócio de produtos industrializados - Intermodalidade Área de atuação ão: Brasil

Leia mais

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO. superintendente da anptrilhos

BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO. superintendente da anptrilhos BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO 2 0 1 4 / 2 0 1 5 Roberta marchesi superintendente da anptrilhos 2 Quem Somos ANPTrilhos é uma Associação Civil, sem fins lucrativos, de âmbito nacional, com sede em Brasília/DF

Leia mais

Ganhadores Prêmio Revista Ferroviária 2016:

Ganhadores Prêmio Revista Ferroviária 2016: Ganhadores Prêmio Revista Ferroviária 2016: Melhor Fabricante de Veículos de Passageiros Alstom Como promotora da mobilidade sustentável, a Alstom desenvolve e comercializa sistemas, equipamentos e serviços

Leia mais

Feira e Seminário Latino Americano de Suprimentos e Serviços para a Aviação. Expo Center Norte Pavilhão Amarelo São Paulo SP Brasil

Feira e Seminário Latino Americano de Suprimentos e Serviços para a Aviação. Expo Center Norte Pavilhão Amarelo São Paulo SP Brasil Suprimentos, Manutenção e Serviços 23 a 25 de abril de 2013 Expo Center Norte Pavilhão Amarelo São Paulo SP Brasil Feira e Seminário Latino Americano de Suprimentos e Serviços para a Aviação LATIN AMERICAN

Leia mais

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública

Companhia do Metropolitano do Distrito Federal. Audiência Pública Companhia do Metropolitano do Distrito Federal Audiência Pública Expansão da Linha I do Metrô-DF (Samambaia, Ceilândia e Asa Norte) e modernização do sistema Objetivo da Audiência Pública Dar início aos

Leia mais

Divisão Internacional de Engenharia e Via Permanente

Divisão Internacional de Engenharia e Via Permanente Divisão Internacional de Engenharia e Via Permanente Aparelhos de Via Sinalização Soldagem de Trilhos Manutenção / Construção Serviços Venda de Trilhos Aparelhos de Via AMVs e Cruzamentos Componentes para

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense começou 2015 do mesmo modo que terminou 2014, com redução liquida de postos de trabalho.

Leia mais

Gargalos logísticos e perspectivas

Gargalos logísticos e perspectivas Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais Gargalos logísticos e perspectivas Daniel Furlan Amaral Gerente de Economia ABN AMRO São Paulo SP 26 de janeiro de 2015 1 Produção de grãos cada vez

Leia mais

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO MOBILIDADE REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO METRÔ LINHA 4 BARRA DA TIJUCA-IPANEMA A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro é a maior obra de infraestrutura urbana em execução na América Latina. METRÔ

Leia mais

Identificar as propriedades dos principais materiais utilizados na construção mecânica

Identificar as propriedades dos principais materiais utilizados na construção mecânica : Técnico em Manutenção Automotiva Descrição do Perfil Profissional: Executa manutenção preventiva e corretiva de sistemas automotivos; atua em processo de produção mecânica utilizando e aplicando conhecimentos

Leia mais

Dados Técnicos Guindaste sobre esteiras LR 1300 LR 1300

Dados Técnicos Guindaste sobre esteiras LR 1300 LR 1300 Dados Técnicos Guindaste sobre esteiras LR 1300 LR 1300 Dimensões Máquina básica com carro inferior R 9750 3600 10350 6930 3000 LR 1300 2250 1600 1465 5000 1700 8500 9650 4260 1870 1200 8000 400 R 6980

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. São José dos Campos, 4 de Março de Carolina Matsuse Dornellas Novais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO. São José dos Campos, 4 de Março de Carolina Matsuse Dornellas Novais RELATÓRIO DE ESTÁGIO São José dos Campos, 4 de Março de 2013 Carolina Matsuse Dornellas Novais FOLHA DE APROVAÇÃO Relatório Final de Estágio Curricular aceito em 4 de março de 2013 pelos abaixo assinados:

Leia mais

PEÇAS E COMPONENTES PARA ENGATES E REBOQUES

PEÇAS E COMPONENTES PARA ENGATES E REBOQUES LINHA LEVE PEÇAS E COMPONENTES PARA ENGATES E REBOQUES A Metalúrgica Engatcar é reconhecida como um dos principais fabricantes de sistemas de freios para linha pesada e componentes automotivos para as

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica www.abinee.org.br Associação de Classe de âmbito nacional Entidade sem fins lucrativos Fundada em setembro de 1963 Cerca de 600 associadas (em 1.500

Leia mais

Infraestrutura no Brasil: desafios e oportunidades para a próxima década

Infraestrutura no Brasil: desafios e oportunidades para a próxima década SOBRATEMA FÓRUM BRASIL INFRAESTRUTURA 1 Infraestrutura no Brasil: desafios e oportunidades para a próxima década Paulo Resende 2010 UMA VISÃO GERAL SOBRE A INFRAESTRUTURA BRASILEIRA 2 2010 a 2020: um País

Leia mais

Ferrovia é infra-estrutura que precisa existir e crescer para que outras atividades prosperem.

Ferrovia é infra-estrutura que precisa existir e crescer para que outras atividades prosperem. Ferrovia é infra-estrutura que precisa existir e crescer para que outras atividades prosperem. A EMPRESA Empresa privada de logística, antiga Companhia Ferroviária do Nordeste Opera com 95 locomotivas,

Leia mais

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016

ENCONTRO COM O METRÔ. Obras em andamento, Concessões e PPP. Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 ENCONTRO COM O METRÔ Obras em andamento, Concessões e PPP Paulo Menezes Figueiredo Diretor Presidente do Metrô São Paulo 26/07/2016 Antecedentes do Serviço Metroferroviário na RMSP Anterior à Constituição

Leia mais

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária

22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária OBRAS DA LINHA 2 DO SISTEMA METROVIÁRIO SALVADOR E LAURO DE FREITAS Planejamento, concepção e impactos na capital baiana e na Região Metropolitana de Salvador Luís Valença Diretor-presidente da CCR Metrô

Leia mais

3 Empresa de Gases Alfa

3 Empresa de Gases Alfa 3 Empresa de Gases Alfa A Empresa de Gases Alfa é a maior empresa de gases industriais da América do Sul e está presente em nove países do continente. A empresa é fornecedora de gases de processo (gás

Leia mais

Trens Regionais e Turísticos. João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos

Trens Regionais e Turísticos. João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos Trens Regionais e Turísticos João Paulo de Jesus Lopes Secretaria dos Transportes Metropolitanos O início Decreto nº 55.564, de 15 de março de 2010 amplia as atribuições da STM e permite que atue no transporte

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos O Setor Metroferroviário no Brasil Conrado Grava de Souza Diretor de Planejamento Vitória/ES, 08/08/2013. Apoio: Nossa

Leia mais

ADAPTAÇÃO DE LOCOMOTIVAS SD 40 PARA BITOLA MÉTRICA

ADAPTAÇÃO DE LOCOMOTIVAS SD 40 PARA BITOLA MÉTRICA ADAPTAÇÃO DE LOCOMOTIVAS SD 40 PARA BITOLA MÉTRICA Autor: Amélio Luiz Mandelli, CVRD. E-mail: amelio.mandelli@cvrd.com.br RESUMO Desenvolvemos este trabalho com o intuito de documentar as soluções utilizadas

Leia mais

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões)

Gráfico 1 Corrente de comércio Brasil - China entre 2006 e 2015 (US$ milhões) INFORMATIVO Nº. 48. JANEIRO de 216 COMÉRCIO BILATERAL BRASIL-CHINA Balança Comercial Em 215, a corrente de comércio Brasil-China totalizou 66,3 bilhões, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV. Manutenção de Via Permanente Ferroviária. Aula 10 PÁTIOS FERROVIÁRIOS E FEIXES DE DESVIOS

Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV. Manutenção de Via Permanente Ferroviária. Aula 10 PÁTIOS FERROVIÁRIOS E FEIXES DE DESVIOS Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas DECIV CIV 451 Aula 10 PÁTIOS FERROVIÁRIOS E FEIXES DE DESVIOS FEIXES DE DESVIOS Denomina-se comprimento útil de um desvio, a parte do desvio onde poderão

Leia mais

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga

ÍNDICE. PITMUrb & MetrôPOA. Expansão da Linha 1. Aeromóvel. Aquisição de Frota. Modernização Estações. Expansão Sapiranga INVESTIMENTOS 2011 1 2 3 4 PITMUrb & MetrôPOA Expansão da Linha 1 Aeromóvel Aquisição de Frota ÍNDICE 5 6 7 8 Modernização Estações Expansão Sapiranga Passagem Subterrânea do Trem em Canoas Expansão Comercial

Leia mais

Associação de Terminais Portuários Privados. Apresentação Institucional Agosto/2016

Associação de Terminais Portuários Privados. Apresentação Institucional Agosto/2016 Associação de Terminais Portuários Privados Apresentação Institucional Agosto/2016 Um pouco da nossa história: ATP surgiu da vontade de um conceituado grupo de empresas que exploram instalações portuárias

Leia mais

José Roberto Correia Serra Diretor Presidente Autoridade Portuária Santos, 02 de fevereiro de 2010

José Roberto Correia Serra Diretor Presidente Autoridade Portuária Santos, 02 de fevereiro de 2010 José Roberto Correia Serra Diretor Presidente Autoridade Portuária Santos, 02 de fevereiro de 2010 Estudo de Expansão BID Estudo de Acessibilidade USP/FDTE Planejamento Estratégico da CODESP Estudo da

Leia mais

Operação e Expansão do Metrô BH

Operação e Expansão do Metrô BH CREA Minas Seminário Internacional Mobilidade Urbana 13/03/2013 Operação e Expansão do Metrô BH METRÔ DE BELO HORIZONTE. Linha 1 Eldorado a Vilarinho Características atuais SUPERINTENDÊNCIA DE TRENS URBANOS

Leia mais

Departamento de Eng. Produção. Estradas de Ferro Introdução

Departamento de Eng. Produção. Estradas de Ferro Introdução Departamento de Eng. Produção Estradas de Ferro Introdução Prof. Dr. Rodrigo de Alvarenga Rosa rodrigoalvarengarosa@gmail.com (27) 9941-3300 1 História 3 Provas ou 2 Provas (individual) 1 Trabalho ou 2

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ESTADO ESTRUTURAL DE VIAS SOBRE LASTRO

AVALIAÇÃO DO ESTADO ESTRUTURAL DE VIAS SOBRE LASTRO 11 a. SEMANA DE TECNOLOGIA METROVIÁRIA FÓRUM TÉCNICO AVALIAÇÃO DO ESTADO ESTRUTURAL DE VIAS SOBRE LASTRO AUTORES: (1) CÁSSIO EDUARDO LIMA DE PAIVA - UNICAMP (2) JOÃO DINI PIVOTO MRS LOGÍSTICA (3) FERNANDO

Leia mais

Classificação e identificação de vagões

Classificação e identificação de vagões II Encontro Nacional de Tecnologia Metroferroviária São Paulo, 7 e 8 de agosto de 2012 Classificação e identificação de vagões Objetivos: Apontar dificuldades atuais e futuras para a identificação e classificação

Leia mais

CASE SAMARCO INOVAÇÕES AMBIENTAIS

CASE SAMARCO INOVAÇÕES AMBIENTAIS CASE SAMARCO INOVAÇÕES AMBIENTAIS CRI CENTRO DE REFERÊNCIA DE INOVAÇÃO Denilson Rodrigues de Araujo OUTUBRO/2012 INOVADORA DESDE O BERÇO E LÁ SE VÃO 35 ANOS... Nascida de um projeto inovador e ousado,

Leia mais

Implantação de um Projeto Metroviário e sua Complexidade

Implantação de um Projeto Metroviário e sua Complexidade A Contribuição dos Trilhos para a Mobilidade Implantação de um Projeto Metroviário e sua Complexidade Eng. Peter L. Alouche Consultor A Contribuição dos Trilhos para a Mobilidade 11 a 14 de setembro São

Leia mais

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Enaex Agosto, 2013 Luciano Coutinho Presidente 1 Brasil apresenta fundamentos compatíveis com o crescimento sustentável de Longo Prazo País possui

Leia mais

BRT: Uma visão sistêmica

BRT: Uma visão sistêmica BRT: Uma visão sistêmica Gustavo Nogueira Marketing do Produto Sistemas de Transporte BRT Campinas, 20 de janeiro de 2016 Presença global da Daimler Ônibus América do Norte Espanha Alemanha México Turquia

Leia mais

Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012

Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012 Linhas de Financiamento Veículos Elétricos Bernardo Hauch Ribeiro de Castro Gerente AI/DEPIP Agosto 2012 Agenda Indústria Automotiva Drivers para difusão Situação atual Linhas do BNDES Indústria Automotiva

Leia mais

ISF 221: PROJETO DE PASSAGEM EM NÍVEL. O projeto de passagem em nível será desenvolvido em duas fases:

ISF 221: PROJETO DE PASSAGEM EM NÍVEL. O projeto de passagem em nível será desenvolvido em duas fases: ISF 221: PROJETO DE PASSAGEM EM NÍVEL 1. OBJETIVO Definir os requisitos de projeto na área de abrangência da travessia, no mesmo plano horizontal, da via férrea com a via rodoviária, bem como promover

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul Dezembro 2016 A indústria estadual regularmente apresenta saldos negativos de contratação no último mês do ano. E esse comportamento se

Leia mais

Modelo de Negócios Objetivo

Modelo de Negócios Objetivo JULIO FONTANA Modelo de Negócios Objetivo Heavy haul do agronegócio Dominância dos principais corredores de exportação Expansão do setor agrícola DEMANDA DO AGRONEGÓCIO LOCALIZAÇÃO ESTRATÉGICA Grandes

Leia mais

A Modernização definitiva à sua disposição

A Modernização definitiva à sua disposição CO Miconic BX VVVF A Modernização definitiva à sua disposição A solução mais completa do mercado Os elevadores projetados há alguns anos não contavam com dispositivos para evitar a formação de degraus,

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016 Apoio do BNDES à Infraestrutura Comissão de Obras Públicas, Privatização e Concessões da CBIC Brasília 17 de março de 2016 BNDES Desembolsos do BNDES Infraestrutura representa mais de 1/3 R$ bilhões 168

Leia mais

América Latina Logística Malha Norte

América Latina Logística Malha Norte AGÊNCIA NACIONAL DE TRANSPORTES TERRESTRES - ANTT SUPERINTENDÊNCIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS - SUFER GERÊNCIA DE REGULAÇÃO E OUTORGA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS

Leia mais

Ministério dos Transportes

Ministério dos Transportes Ministério dos Transportes VI Congresso Internacional de Transportes da Amazônia Política Nacional de Transportes Belém, 01 de setembro de 2015 Ministério dos Transportes - Competências Possui como principais

Leia mais

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012

BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA SETEMBRO 2012 Período Dias Úteis US$ milhões FOB EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO CORR. COMÉRCIO SALDO Média Média Média Média Valor Valor Valor Valor p/dia útil p/dia útil p/dia útil

Leia mais

- Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP Linha 5 e Santiago Linha 4 (gabarito médio) - CMSP e CMRJ - Carros Novos (gabarito largo)

- Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP Linha 5 e Santiago Linha 4 (gabarito médio) - CMSP e CMRJ - Carros Novos (gabarito largo) CUSTOS COMPARATIVOS ENTRE SISTEMAS DE TRANSPORTE Nestor S. Tupinambá set/2004 1 COMPARAÇÃO DOS DIFERENTES MODOS Vamos usar dados dos seguintes Metrôs - Metrovias - Buenos Aires (gabarito estreito) - CMSP

Leia mais

Índice ELETROSERRA MOTOSERRA GASOLINA ROÇADEIRA GASOLINA APARADOR DE CERCA VIVA SOPRADOR / ASPIRADOR FOLHAS

Índice ELETROSERRA MOTOSERRA GASOLINA ROÇADEIRA GASOLINA APARADOR DE CERCA VIVA SOPRADOR / ASPIRADOR FOLHAS Linha JARDINAGEM Índice ELETROSERRA 06 MOTOSERRA GASOLINA 07 ROÇADEIRA GASOLINA 08 APARADOR DE CERCA VIVA 09 SOPRADOR / ASPIRADOR FOLHAS 10 FÁBRICA II FUNDIÇÃO USINAGEM PINTURA MONTAGEM Fidelidade às normas

Leia mais

DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA FERROVIÁRIA - DIF COORDENAÇÃO GERAL DE PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO - CGPF PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO

DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA FERROVIÁRIA - DIF COORDENAÇÃO GERAL DE PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO - CGPF PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO - DIF COORDENAÇÃO GERAL DE PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO - CGPF PATRIMÔNIO FERROVIÁRIO Brasília, 4 de setembro de 2012 LEI Nº. 11.483/2007 Art. 8º Ficam transferidos ao Departamento Nacional de Infra-Estrutura

Leia mais

Renato Alvarenga Diretor de Comercialização e Logística Cam Brasil

Renato Alvarenga Diretor de Comercialização e Logística Cam Brasil Renato Alvarenga Diretor de Comercialização e Logística Cam Brasil 19 a 21 de outubro de 2009 Hotel Transamérica São Paulo BRASIL Agenda Introdução sobre veículos elétricos Desafios para a adoção em massa

Leia mais

O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o

O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o. seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o O SR. JOSUÉ BENGTSON (PTB/PA) pronuncia o seguinte discurso: Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o reaquecimento da economia brasileira a partir do ano passado, deixou em alerta todo o sistema produtivo

Leia mais

Desenvolvimento de Mercados do Gás Natural. João Carlos de Souza Meirelles Secretário

Desenvolvimento de Mercados do Gás Natural. João Carlos de Souza Meirelles Secretário Desenvolvimento de Mercados do Gás Natural João Carlos de Souza Meirelles Secretário Potência de Geração de Energia Elétrica Comparativo entre São Paulo e o Brasil Tipos de Geração Capacidade Instalada

Leia mais

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro

Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Code-P0 Copa 204 Situação das ações do Governo Brasileiro Rio de Janeiro Rio de Janeiro, 7 de Junho de 20 Code-P O que o Brasil quer com a Copa do Mundo FIFA Mobilizar o país Promover o país no mundo Constituir

Leia mais