MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES"

Transcrição

1 MEMBRANA PLASMÁTICA: CARACTERÍSTICAS E FUNÇÕES (PLASMALEMA OU MEMBRANA CITOPLASMÁTICA OU MEMBRANA CELULAR) Estrutura A estrutura predominante da membrana plasmática é lipoproteica, ou seja, a maior parte da membrana plasmática é formada por uma bicamada lipídica de fosfolipídios que podem ser de 4 tipos (fosfatidilcolina,

2 fosfatidiletanolamina, fosfatidilserina e esfingomielina) e por proteínas integrais e periféricas. No entanto, há carboidratos na camada exterior e na camada citosólica (interior). -Fosfolipídios -Proteínas integrais carregadoras -Proteínas integrais canais -Proteínas periféricas -Colesterol -Glicolipídios (associação de carboidratos e lipídeos) -Glicoproteínas (associação de carboidratos e proteínas) Características Segundo o modelo de mosaico fluído proposto por Nicholson e Singer, a membrana plasmática tem consistência oleosa, onde todos os seus componentes (fosfolipídios, proteínas, glicolipídios, glicoproteínas,

3 colesterol), estão em constante movimento formando um fluído em alegoria à um mosaico. Os fosfolipídeos podem adquirir simultaneamente alguns movimentos, como flexão, difusão lateral, rotação e flip-flop. A membrana plasmática é anfipática ou anfifílica, isso quer dizer que parte de sua estrutura é polar (e hidrofílica) e outra parte é apolar (e hidrofóbica), o que implica nas formas de transporte de substâncias. Movimentos dos fosfolipídeos na membrana plasmática -Fosfolipídios (anfipático): Cabeça (fosfato) polar e corpo (ácido graxo e glicerol) apolar. As extremidades da bicamada lipídica são polares, o que permite uma interação entre a água presente no meio intracelular com a camada polar citosólica e a água do meio extracelular com a camada polar externa. No meio da bicamada encontra-se a parte apolar, que impede a passagem de substâncias polares como a água e sais minerais, e assim, essas substâncias passam pela membrana através das proteínas integrais. -Proteínas integrais: Com formato secundário de α hélice, estão fluidamente entre a bicamada lipídica de modo a ocupar ambas extremidades, propiciando a entrada e a saída de substâncias por elas. As proteínas integrais também são anfipáticas ou anfifílicas, tendo no seu interior aminoácidos nonopolares (apolares) e nas extremidades aminoácidos polares, justamente para interagir com os meios extra e intracelular. No entanto, proteínas integrais canais têm (entre os aminoácidos nonopolares) um conjunto de aminoácidos polares no seu interior, formando uma espécie de canal para a passagem de substâncias polares por difusão facilitada,

4 além dos aminoácidos polares nas extremidades. Funções A função da membrana plasmática é o transporte de substâncias pela célula e a proteção desta. Toda dinâmica da interação de sua estrutura química com os meios extra e intracelular que regula a entrada e a saída de substâncias é chamada de permeabilidade seletiva. -Fosfolipídeos: Dá fluidez à membrana plasmática como um todo, além de conferir uma proteção mecânica à célula. Nas células vegetais, durante o inverno ou quando expostas à baixas temperaturas, os fosfolipídeos convencionais são trocados por fosfolipídeos insaturados, que são líquidos à temperatura ambiente, mantendo a fluidez da membrana nessas condições térmicas (isso porque a membrana plasmática das células vegetais não possuem colesterol, que consegue manter a fluidez nessas condições sem precisar trocar os fosfolipídeos nas células animais). -Proteínas integrais (geral): As proteínas integrais têm a função de transportar substâncias para dentro ou fora da célula, porém exercem outras importantes funções, como a comunicação celular (onde uma célula consegue reconhecer outra), ação enzimática (as extremidades polares das proteínas integrais podem atuar como enzimas catalizadoras) e transdução (onde as proteínas conseguem captar partículas com propriedades organolépticas, como partículas odoríferas e transformar os estímulos dessas partículas, como estímulos mecânicos, em químicos ou elétricos). -Proteínas integrais carregadoras: Um tipo de proteína integral que capta moléculas do meio extracelular soltando-a no meio intracelular (ou viceversa). A ação das proteínas carregadoras não é instantânea, assim, até que o processo de captação e soltura da substância aconteça, há um deslocamento dessa proteína ao longo do mosaico fluído. As moléculas que são captadas pelas proteínas carregadoras são as que têm afinidade química com esta, pois encaixam-se na especificidade da proteína, havendo para cada substância uma proteína compatível. Para captar uma determinada substância, as proteínas carregadoras recebem um sinal proveniente de uma outra molécula, chamada molécula sinalizadora, que se encaixa em uma parte da proteína chamada de sítio de ligação, e assim,

5 origina-se o sinal para que ocorra a captação da substância. -Proteínas integrais canais: São proteínas cujas extremidades são polares e o interior apolar, porém, na parte central do interior apolar forma-se um canal de aminoácidos polares que passa pelas duas extremidades da proteína, abrindo um poro na parte externa que dá acesso direto à parte interna da célula, o que facilita o transporte da água que traz consigo sais minerais, aminoácidos entre outras moléculas. Esse processo é instantâneo, pois quando os poros estão abertos, a água e as demais substâncias passam diretamente pelo canal sem ficarem retidas dentro da proteína por um tempo (como é o caso das proteínas carregadoras). Há também a ação de uma molécula sinalizadora que se encaixa no sítio de ligação para dar início ao processo. Obs.: A proteína canal que transporta água é chamada de aquaporina. Proteínas periféricas: Ficam na periferia da membrana plasmática dentro do citoplasma da célula, agindo de forma enzimática sobre algumas moléculas. Colesterol: Presente apenas na membrana plasmática das células animais, confere a estabilidade da fluidez da membrana plasmática quando exposta à baixas temperaturas. Em temperatura ambiente, o colesterol se liga aos lipídeos da membrana, onde seu grupo hidroxila interage com as partes polares dos lipídeos de membrana e sua cadeia de hidrocarbonetos interage com os ácidos graxos e gliceróis destes, diminuindo (equilibrando) a fluidez da membrana e impedindo a penetração de moléculas neutras, prótons de hidrogênio e íons sódio. Glicocálix ou glicocálice: Os carboidratos da camada externa da membrana plasmática se associam à lipídeos (formando os glicolipídeos) e à proteínas (formando as glicoproteínas). O conjunto de glicolipídeos e glicoproteínas forma uma rede dessas moléculas, o glicocálix, que tem por função o reconhecimento celular das células específicas do organismo (reconhece como por exemplo, células dos rins, fígado, coração, etc, o que rege a evolução de um embrião até chegar à fase adulta com todas as células do seu corpo dispostas nos lugares certos). O glicocálix só existe nas células animais e é único para cada indivíduo, isso quer dizer que indivíduos da mesma espécie e até com grau de parentesco muito próximo

6 (como mãe e filho) possuem glicocálix diferente. Dessa forma, o estudo do glicocálix torna-se muito importante em um transplante de órgãos, pois as células do organismo do indivíduo que receberá um novo órgão tende a rejeitá-lo devido a incompatibilidade entre o glicocálix das células do indivíduo e das células do órgão. Assim, haverá uma menor chance de rejeição se os glicocálices de ambos forem semelhantes. Obs.: Quanto às proteínas, cada tipo de célula terá suas proteínas específicas, e em quantidades diferentes, ou seja, as células do pâncreas têm proteínas diferentes das células dos pulmões. Especializações A membrana plasmática de uma célula específica do organismo adquire algumas diferenças para o exercício de sua função, o que é chamado de especializações de membrana plasmática. Portanto, haverá vários tipos de especializações, como pode ser visto a seguir: Microvilosidades: São dobras semelhantes a dedos de luvas, que aumentam a superfície de absorção. Aparecem na mucosa intestinal e nos túbulos renais.

7 Interdigitações: Encaixes entre as membranas de células vizinhas, que também lembram dedos, o que facilita o transporte de substância entre elas. São observadas nas células dos tubos renais. Há uma doença genética chamada de Cistinúria, onde o indivíduo não possui interdigitações entre suas células renais, impossibilitando o organismo de devolver a cistina das células renais à corrente sanguínea, e isso tem como consequência a falta deste aminoácido. Desmossomos: São placas proteicas arredondadas formadas pelas membranas de células vizinhas. É o local de ancoragem dos componentes do citoesqueleto e de forte adesão entre células vizinhas.

8

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia Biologia Celular BIOMEMBRANAS

Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia Biologia Celular BIOMEMBRANAS Universidade Federal de Sergipe Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Departamento de Morfologia 207024 - Biologia Celular Aula 1: Biomembranas Professora Marlúcia Bastos Aires BIOMEMBRANAS Envolvem

Leia mais

SEPARAR INTEGRAR A ilustração acima sugere que a membrana plasmática separa o ambiente intracelular do meio no qual a célula está inserida. Isso, no e

SEPARAR INTEGRAR A ilustração acima sugere que a membrana plasmática separa o ambiente intracelular do meio no qual a célula está inserida. Isso, no e Membrana Plasmática SEPARAR INTEGRAR A ilustração acima sugere que a membrana plasmática separa o ambiente intracelular do meio no qual a célula está inserida. Isso, no entanto, não quer dizer que a MP

Leia mais

Membranas biológicas

Membranas biológicas Citologia e Histologia Membranas biológicas Composição e Estrutura Prof a Dr a. Iêda Guedes Membranas biológicas 1. Considerações gerais 2. Estrutura de membrana 3. Lipídeos de membrana 4. Proteínas de

Leia mais

Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular: Estrutura Química, Especializações e Transporte

Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular. Membrana Celular: Estrutura Química, Especializações e Transporte Membrana Celular Membrana Celular Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana celular -Membrana plasmática -Endomembranas Membrana plasmática: limite celular Sistema de

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA. CONCEITO: Envoltório fino, flexível, de contorno irregular que delimita o espaço de toda e qualquer célula.

MEMBRANA PLASMÁTICA. CONCEITO: Envoltório fino, flexível, de contorno irregular que delimita o espaço de toda e qualquer célula. MEMBRANA PLASMÁTICA CONCEITO: Envoltório fino, flexível, de contorno irregular que delimita o espaço de toda e qualquer célula. COMPOSIÇÃO: Lipoprotéica - constituída por proteínas, colesterol e fosfolipídios.

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Membrana Plasmática. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves.

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Membrana Plasmática. Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Membrana Plasmática Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves mackswendhell@gmail.com Membrana Plasmática (MP) A MP mantem constante o meio

Leia mais

Membranas Celulares. Membrana Celular. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica

Membranas Celulares. Membrana Celular. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membranas Celulares Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana celular -Membrana plasmática -Endomembranas Membrana Celular Membrana plasmática: limite celular Sistema

Leia mais

Membrana Celular (Membrana Plasmática)

Membrana Celular (Membrana Plasmática) Partes da Célula: Membrana Celular (Membrana Plasmática) Citoplasma - citosol - organelas (compartimentalização funcional) Núcleo A Membrana Plasmática: estrutura geral O Modelo do Mosaico Fluido A Membrana

Leia mais

Membrana plasmática (plasmalema)

Membrana plasmática (plasmalema) Membrana plasmática (plasmalema) Bicamada lipídica (fosfolipídio + colesterol) responsável pela proteção e pelo controle da entrada e saída de substâncias da célula (permeabilidade seletiva). Modelo do

Leia mais

Membrana Celular. Membrana Celular 08/03/13. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica

Membrana Celular. Membrana Celular 08/03/13. Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana Celular Todas as membranas celulares apresentam a mesma constituição básica Membrana celular -Membrana plasmática -Endomembranas Membrana Celular Membrana plasmática: limite celular Sistema de

Leia mais

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos.

1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. Unidade 1 Obtenção de matéria 1. Pelos seres heterotróficos. 2. Pelos seres autotróficos. O que são seres heterotróficos? Do grego, hetero = diferente, trophos = alimento. Seres vivos que utilizam substâncias

Leia mais

FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS. Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana.

FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS. Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana. FISIOLOGIA DAS MEMBRANAS Composição da membrana plasmática. Transporte através da membrana. FUNÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA Isolamento físico Regulação de trocas Comunicação celular Suporte estrutural Modelo

Leia mais

Funções das membranas celulares. Membrana Plasmática 04/05/2017. Membrana Celular - Função. Membranas Estrutura geral.

Funções das membranas celulares. Membrana Plasmática 04/05/2017. Membrana Celular - Função. Membranas Estrutura geral. Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de Lorena Departamento de Biotecnologia Funções das membranas celulares Define os limite Curso: Engenharia Ambiental Receptores Membrana Plasmática Adesão

Leia mais

Faculdade Anhanguera de Campinas FAC 4

Faculdade Anhanguera de Campinas FAC 4 Faculdade Anhanguera de Campinas FAC 4 Curso de Graduação em Educação Física Profa. Dra. Amabile Vessoni Arias E-mail: Amabile.arias@anhanguera.com 2016-2 Membrana plasmática = plasmalema É uma película

Leia mais

Objetivos da aula os estudantes deverão ser capazes de...

Objetivos da aula os estudantes deverão ser capazes de... Membrana Celular Objetivos da aula os estudantes deverão ser capazes de... Descrever a estrutura da membrana relacionando seus componentes e sua organização espacial Explicar como a natureza química (anfipatia)

Leia mais

Compar'mentos celulares e membranas. Patricia Coltri

Compar'mentos celulares e membranas. Patricia Coltri Compar'mentos celulares e membranas Patricia Coltri coltri@usp.br Nesta aula: Compar'mentalização celular Papel das membranas na célula Composição Transporte Membranas: compar'mentos intracelulares Evolução

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA. Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Biologia celular e molecular

MEMBRANA PLASMÁTICA. Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Biologia celular e molecular Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Biologia celular e molecular MEMBRANA PLASMÁTICA Profª Ms. Vanessa Retamoso Adaptado da Prof Drª Carla Sehn Membrana plasmática Modelo mosaico fluido Membranas

Leia mais

Disciplina Fisiologia veterinária I (VET 302)

Disciplina Fisiologia veterinária I (VET 302) Disciplina Fisiologia veterinária I (VET 302) Prof. Bruna Waddington de Freitas Médica Veterinária bruna.freitas@ufv.br 1 Bibliografia Básica REECE, W. O. Dukes Fisiologia dos Animais Domésticos. 12 a

Leia mais

CITOLOGIA. Membrana Plasmática: Especializações Citoplasma: Organelas. MSc Monyke Lucena

CITOLOGIA. Membrana Plasmática: Especializações Citoplasma: Organelas. MSc Monyke Lucena CITOLOGIA Membrana Plasmática: Especializações Citoplasma: Organelas MSc Monyke Lucena Membrana Plasmática -Especializações Microvilosidades: São expansões semelhantes a dedos de luvas, que aumentam a

Leia mais

Prof. Edson Chiote & Prof. Daniel Mesquita

Prof. Edson Chiote & Prof. Daniel Mesquita Prof. Edson Chiote & Prof. Daniel Mesquita A membrana plasmática O que sabemos sobre ela? A membrana plasmática é formada por uma bicamada de lipídios e proteínas nela inseridos. A membrana plasmática

Leia mais

25/08/2014 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan

25/08/2014 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan CÉLULAS Células Procariontes Célula Eucarionte Vegetal 1 Célula Eucarionte Animal Núcleo Citoplasma Célula Animal Estrutura geral Membrana citoplasmática Mitocôndrias Retículo endoplasmático Complexo de

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA: DIGESTÃO INTRACELULAR

MEMBRANA PLASMÁTICA: DIGESTÃO INTRACELULAR MEMBRANA PLASMÁTICA: DIGESTÃO INTRACELULAR INTRODUÇÃO A membrana plasmática ou celular separa o meio intracelular do meio extracelular e é a principal responsável pelo controle da penetração e saída de

Leia mais

Tema 05: Membrana Plasmática Estrutura e Função

Tema 05: Membrana Plasmática Estrutura e Função Universidade Federal do Amazonas ICB Dep. Morfologia Disciplina: Biologia Celular Aulas Teóricas Tema 05: Membrana Plasmática Estrutura e Função Prof: Dr. Cleverson Agner Ramos Visão Geral das Membranas

Leia mais

FISIOLOGIA E TRANSPORTE ATRAVÉS DA MEMBRANA CELULAR

FISIOLOGIA E TRANSPORTE ATRAVÉS DA MEMBRANA CELULAR FISIOLOGIA E TRANSPORTE ATRAVÉS DA MEMBRANA CELULAR AULA 2 DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Membrana Celular ou Membrana Plasmática Função 2 Membrana Celular ou Membrana Plasmática

Leia mais

Permeabilidade da Bicamada Lipídica. Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons. tamanho da molécula. solubilidade da molécula (em óleo)

Permeabilidade da Bicamada Lipídica. Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons. tamanho da molécula. solubilidade da molécula (em óleo) Permeabilidade da Bicamada Lipídica Barreira hidrofóbica impermeável a solutos e íons tamanho da molécula solubilidade da molécula (em óleo) TRÂNSITO ATRAVÉS DA MEMBRANA MEMBRANA PLASMÁTICA TRÂNSITO ATRAVÉS

Leia mais

PROF. CARLOS FREDERICO

PROF. CARLOS FREDERICO PROF. CARLOS FREDERICO Envoltório presente em todos os tipos celulares. Delimita o conteúdo celular. Regula o fluxo de substâncias entre os meios, mantendo as composições químicas dos meios intra e extracelular

Leia mais

Formado por 2 camadas de lipídios envolvidas por 2 camadas de. Formado por 2 camadas de lipídios com proteínas mergulhadas entre eles.

Formado por 2 camadas de lipídios envolvidas por 2 camadas de. Formado por 2 camadas de lipídios com proteínas mergulhadas entre eles. A célula, em conceito muito amplo, pode ser considerada como: A unidade fundamental dos seres vivos. A menor estrutura biológica capaz de ter vida autônoma. As células existem como seres unicelulares,

Leia mais

Unidade 4: Membranas Celulares

Unidade 4: Membranas Celulares Membrana Plasmática Unidade 4: Membranas Celulares Disciplina: Biologia Celular e Molecular Centro de Ciências da Saúde Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini marilanda.bellini@usc.br Pró Reitoria de Pesquisa

Leia mais

25/08/2017 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan

25/08/2017 CÉLULAS. Células Procariontes. Raduan. Célula Eucarionte Vegetal. Raduan CÉLULAS Células Procariontes Célula Eucarionte Vegetal 1 Célula Eucarionte Animal Núcleo Citoplasma Célula Animal Estrutura geral Membrana citoplasmática Mitocôndrias Retículo endoplasmático Complexo de

Leia mais

Membranas Biológicas

Membranas Biológicas CENTRO UNIVERSITÁRIO DO MARANHÃO- UNICEUMA DISCIPLINA: CITOLOGIA E EMBRIOLOGIA Membranas Biológicas Estrutura e Transporte Prof.Fernando Luís Bacelar Lobato São Luís 2011 Objetivos desta aula : Compreender

Leia mais

Trabalho realizado por: Ariana Gonçalves nº Ricardo Figueiredo nº

Trabalho realizado por: Ariana Gonçalves nº Ricardo Figueiredo nº Trabalho realizado por: Ariana Gonçalves nº. 57301 Ricardo Figueiredo nº. 57284 Composição: Lípidos (anfipáticos); Proteínas; Glícidos: Sob a forma de glicolípidos e glicoproteínas. (em proporções variáveis)

Leia mais

Equipe de Biologia. Biologia. MEMBRANA CELULAR (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema)

Equipe de Biologia. Biologia. MEMBRANA CELULAR (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema) Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 6R Ensino Médio Equipe de Biologia Data: Biologia MEMBRANA CELULAR (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema) Toda a célula, seja procarionte

Leia mais

MEMBRANAS BIOLÓGICAS E TRANSPORTE

MEMBRANAS BIOLÓGICAS E TRANSPORTE MEMBRANAS BIOLÓGICAS E TRANSPORTE Funções das membranas celulares Definem limites externos das células Dividem compartimentos Regulam o trânsito das moléculas Manutenção do equilíbrio com o meio Participam

Leia mais

2. Resposta: E. parte polar (conhecida como cabeça hidrofílica da molécula) corresponde ao fosfato ligado a compostos como colina ou inositol.

2. Resposta: E. parte polar (conhecida como cabeça hidrofílica da molécula) corresponde ao fosfato ligado a compostos como colina ou inositol. 1. Resposta: E Comentário: De acordo com o modelo do mosaico fluido, a membrana celular é formada por uma bicamada de fosfolipídios na qual ocorrem proteínas integral ou parcialmente mergulhadas. Os fosfolipídios

Leia mais

O crédito por essa incrível invenção foi dado, em 1591, aos holandeses Hans Janssen e seu filho Zacarias, fabricantes de óculos.

O crédito por essa incrível invenção foi dado, em 1591, aos holandeses Hans Janssen e seu filho Zacarias, fabricantes de óculos. 1º ano Pró Madá O crédito por essa incrível invenção foi dado, em 1591, aos holandeses Hans Janssen e seu filho Zacarias, fabricantes de óculos. O holandês Antonie van Leewenhoek construiu microscópios

Leia mais

Cap. 8: Membrana plasmática O seletivo envoltório nuclear. Equipe de Biologia

Cap. 8: Membrana plasmática O seletivo envoltório nuclear. Equipe de Biologia Cap. 8: Membrana plasmática O seletivo envoltório nuclear Equipe de Biologia Membrana plasmática o modelo do mosaico fluido Proposto por Singer e Nicholson, em 1972. Disponível em: .

Leia mais

Membrana plasmática. Membrana plasmática e parede celular ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA

Membrana plasmática. Membrana plasmática e parede celular ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA ESTRUTURA DA MEMBRANA Membrana plasmática Membrana plasmática e parede celular Prof. Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim Engenheiro Agrônomo, D. Sc. Pombal 18 de Março de 2013 1. Introdução A célula viva é um compartimento microscópico

Leia mais

Biomembranas. Profa. Ana Paula Ulian de Araújo IFSC, USP

Biomembranas. Profa. Ana Paula Ulian de Araújo IFSC, USP Biomembranas Profa. Ana Paula Ulian de Araújo IFSC, USP As biomembranas formam estruturas fechadas A estrutura da bicamada é similar para as biomembranas; Composição: lipídica e protéica; Delimitam a célula

Leia mais

Atividades de Citologia

Atividades de Citologia DISCIPLINA: Biologia I DATA: 12/04/2017 Atividades de Citologia 01 - Devido à sua composição química a membrana é formada por lipídios e proteínas ela é permeável a muitas substâncias de natureza semelhante.

Leia mais

Introdução à Fisiologia Celular

Introdução à Fisiologia Celular Introdução à Fisiologia Celular Uma boa compreensão da Fisiologia Humana, acontece paulatinamente com a ampliação da visão de que estuda e pesquisa da maquinaria celular. Decorar tudo é dispensável, entretanto,

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA: TIPOS DE TRANSPORTE

MEMBRANA PLASMÁTICA: TIPOS DE TRANSPORTE MEMBRANA PLASMÁTICA: TIPOS DE TRANSPORTE Transporte passivo O transporte passivo é o transporte de substância entre a membrana plasmática sem gasto de energia (ATP Adenosina trifosfato ou trifosfato de

Leia mais

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior

INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA. Bioquímica Celular Prof. Júnior INTRODUÇÃO À BIOQUÍMICA DA CÉLULA Histórico INTRODUÇÃO 1665: Robert Hooke Compartimentos (Células) 1840: Theodor Schwann Teoria Celular 1. Todos os organismos são constituídos de uma ou mais células 2.

Leia mais

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto Bioquímica: orgânicos e inorgânicos necessários à vida Leandro Pereira Canuto Toda matéria viva: C H O N P S inorgânicos orgânicos Água Sais Minerais inorgânicos orgânicos Carboidratos Proteínas Lipídios

Leia mais

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios

Lipídios. 1. Importância: 2. Lipídios de armazenamento: São as gorduras e óleos 25/11/2012. Aula 2 Estrutura de. Lipídios Universidade Federal de Pelotas Disciplina de Bioquímica Lipídios Aula 2 Estrutura de Lipídios Os lipídios apesar de quimicamente diferentes entre si, exibem como característica definidora e comum a insolubilidade

Leia mais

Conceitos fundamentais de Biologia Celular

Conceitos fundamentais de Biologia Celular Conceitos fundamentais de Biologia Celular Principais estruturas da célula eucariótica O NÚCLEO Contém nos cromossomos todo o genoma (DNA) das células; Responsável pela síntese e processamento dos RNAs

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Membranas biológicas Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Membranas biológicas Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Moléculas, células e tecidos - Membranas biológicas Prof. Enrico Blota Biologia Moléculas, células e tecidos - Membranas Biológicas Todas as células, sejam elas procariontes

Leia mais

a) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.

a) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. 1) (UFPR) Abaixo, pode-se observar a representação esquemática de uma membrana plasmática celular e de um gradiente de concentração de uma pequena molécula X ao longo dessa membrana. Com base nesse esquema,

Leia mais

Professora MSc Monyke Lucena

Professora MSc Monyke Lucena Professora MSc Monyke Lucena Está presente em todas as células. Em algumas células, há envoltórios adicionais externos à membrana são as membranas esqueléticas (paredes celulares) Na célula vegetal: membrana

Leia mais

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância Transporte através de membranas celulares Tipos de transporte Exemplos Importância Transporte através de membranas celulares (32 D) (44 D) Bicamada lipídica é permeável a gases e moléculas apolares e polares

Leia mais

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo

Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares. Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo LIPÍDIOS Definição: Lipídios são substâncias solúveis em solventes apolares Classes de Lipídios mais abundantes no ser vivo Ácidos Graxos Triacilgliceróis Fosfolipídios Esteróides Possuem estruturas e

Leia mais

Membrana celular (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema)

Membrana celular (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema) Membrana celular (ou membrana plasmática ou membrana citoplasmática ou plasmalema) Profa. Maria Elisa Carneiro FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACIPLAC Aprovadas pela Portaria

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA. Profa Cristiane Oliveira

MEMBRANA PLASMÁTICA. Profa Cristiane Oliveira MEMBRANA PLASMÁTICA Profa Cristiane Oliveira MEMBRANA PLASMÁTICA Finíssima película que isola a célula do ambiente externo; Só é observável em microscópio eletrônico (8nm espessura); Em microscópio óptico,

Leia mais

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância fisiológica

Transporte através de membranas celulares. Tipos de transporte. Exemplos. Importância fisiológica Transporte através de membranas celulares Tipos de transporte Exemplos Importância fisiológica Transporte através de membranas celulares (32 D) (44 D) Bicamada lipídica é permeável a gases e moléculas

Leia mais

Aula de Bioquímica I. Tema: Membranas. Prof. Dr. Júlio César Borges

Aula de Bioquímica I. Tema: Membranas. Prof. Dr. Júlio César Borges Aula de Bioquímica I Tema: Membranas Prof. Dr. Júlio César Borges Depto. de Química e Física Molecular DQFM Instituto de Química de São Carlos IQSC Universidade de São Paulo USP E-mail: borgesjc@iqsc.usp.br

Leia mais

Unidade 4: M m e b m r b an a a n s a s Ce C l e ul u ar a es e s Pa P r a te e II

Unidade 4: M m e b m r b an a a n s a s Ce C l e ul u ar a es e s Pa P r a te e II Unidade 4: Membranas Celulares Parte II Disciplina: Biologia Celular e Molecular Centro de Ciências da Saúde Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini marilanda.bellini@usc.br Pró Reitoria de Pesquisa e de

Leia mais

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto O meio extracelular e intracelular apresenta concentrações diferentes de eletrólitos; Líquido extracelular contém grande quantidade de sódio Na + ; Grande

Leia mais

Metabolismo dos Lipídios

Metabolismo dos Lipídios QUÍMCA E BIOQUÍMICA Curso Técnico em Nutrição e Dietética Metabolismo dos Lipídios Professor: Adriano Silva Os lipídios são um grupo de biomoléculas e/ou compostos orgânicos caracterizados por serem insolúveis

Leia mais

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS

LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS QFL0343 Reatividade de Compostos Orgânicos II e Biomoléculas LIPÍDIOS, ÁCIDOS GRAXOS E FOSFOLIPÍDEOS Nomes NºUSP Assinatura André Jun 9370705 Isabella Paulino Otvos 9010460 Rafael Bello Gonçalves 9328519

Leia mais

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia

UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia UFABC Bacharelado em Ciência & Tecnologia Lipídeos e Membranas Biológicas (BC0308) Prof Luciano Puzer http://professor.ufabc.edu.br/~luciano.puzer/ Ácidos Graxos Mais da metade dos ácidos graxos existem

Leia mais

ÁGUA. Planeta Terra ou planeta Água? 71% da supergcie é de água. Composição dos seres vivos:

ÁGUA. Planeta Terra ou planeta Água? 71% da supergcie é de água. Composição dos seres vivos: ÁGUA Planeta Terra ou planeta Água? 71% da supergcie é de água Composição dos seres vivos: 1% de sais minerais 1% de carboidratos 2 a 3% de lipídios 10 a 15% de proteínas 1% de cidos nucléicos 75 a 85%

Leia mais

MEMBRANAS CELULARES.

MEMBRANAS CELULARES. MEMBRANAS CELULARES MEMBRANAS CELULARES Uma MEMBRANA CELULAR é uma dupla camada fosfolipídica associada a proteínas. Os fosfolipídios, as estruturas fundamentais da membrana, são moléculas formadas por

Leia mais

PARTES DA CÉLULA. Parte I. Claudio Pozzatti

PARTES DA CÉLULA. Parte I. Claudio Pozzatti PARTES DA CÉLULA Parte I Claudio Pozzatti PARTES DE UMA CÉLULA: ENVOLTÓRIOS CELULARES: * PAREDE CELULAR OU CELULÓSICA Plantas, Fungos e algumas Bactérias. * MEMBRANA PLASMÁTICA Em todas as células. CITOPLASMA:

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES DE MEMBRANA. Profa. Marcia Marlise Pedroso Biologiaprofma.blogspot.com

MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES DE MEMBRANA. Profa. Marcia Marlise Pedroso Biologiaprofma.blogspot.com MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES DE MEMBRANA Profa. Marcia Marlise Pedroso Biologiaprofma.blogspot.com Profa. Marcia Marlise Pedroso TIPOS DE CÉLULAS Célula procarionte Célula Eucarionte Animal Vegetal

Leia mais

Membranas Biológicas. Aula I

Membranas Biológicas. Aula I Membranas Biológicas Aula I As Membranas Biológicas características gerais: As membranas biológicas basicamente definem compartimentos Determinam a comunicação entre o lado interno com o lado externo

Leia mais

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES Prof. Volnei Pauletti Departamento de Solos e Engenharia Agrícola Mestrado em Ciência do Solo vpauletti@ufpr.br CONTATO NUTRIENTE - RAIZ DEFINIÇÕES

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA. Prof Alison Albino

MEMBRANA PLASMÁTICA. Prof Alison Albino MEMBRANA PLASMÁTICA Prof Alison Albino Natureza Química: Lipoproteica. MEMBRANA PLASMÁTICA Visibilidade: Ao microscópio eletrônico. Unidade de Membrana: Aspecto trilaminar da membrana plasmática ao microscópio

Leia mais

Mecanismos de transporte através da membrana celular

Mecanismos de transporte através da membrana celular Membrana celular Função de barreira seletiva, separando os meios intracelular do fluído extracelular (ou mesmo de organelas) Papel da membrana celular na sinalização celular (via receptores, por exemplo)

Leia mais

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia. Pré Universitário Uni-Anhanguera

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia. Pré Universitário Uni-Anhanguera Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 3 Ano Disciplina: Ciências da Natureza - Biologia Pré Universitário Uni-Anhanguera 1 1) (UFES-ES) O modelo abaixo representa a configuração

Leia mais

CÉLULAS QUAL CÉLULA É ANIMAL E QUAL É A VEGETAL?

CÉLULAS QUAL CÉLULA É ANIMAL E QUAL É A VEGETAL? CÉLULAS QUAL CÉLULA É ANIMAL E QUAL É A VEGETAL? CÉLULAS EUCARIÓTICAS E PROCARIÓTICAS Organismos constituídos por células procarióticas: Bactérias e cianobácterias. Organismos constituídos por células

Leia mais

Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra,

Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra, A Química da Vida Água A água é uma substância química cujas moléculas são formadas por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio (H2O). É abundante no planeta Terra, onde cobre grande parte de sua superfície

Leia mais

Transporte através da Membrana Plasmática. CSA Colégio Santo Agostinho BIOLOGIA 1º ano Ensino Médio Professor: Wilian Cosme Pereira

Transporte através da Membrana Plasmática. CSA Colégio Santo Agostinho BIOLOGIA 1º ano Ensino Médio Professor: Wilian Cosme Pereira Transporte através da Membrana Plasmática CSA Colégio Santo Agostinho BIOLOGIA 1º ano Ensino Médio Professor: Wilian Cosme Pereira A membrana plasmática é formada por 2 camadas ( Bicamada ) de lipídios

Leia mais

TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA

TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA TRABALHO DE BIOLOGIA QUÍMICA DA VIDA Água Sais minerais Vitaminas Carboidratos Lipídios Proteínas Enzimas Ácidos Núcleos Arthur Renan Doebber, Eduardo Grehs Água A água é uma substância química composta

Leia mais

Profº Lásaro Henrique

Profº Lásaro Henrique Profº Lásaro Henrique Proteínas são macromoléculas complexas, compostas de aminoácidos. São os constituintes básicos da vida e necessárias para os processos químicos que ocorrem nos organismos vivos. Nos

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE BIOLOGIA Aluno(a): Nº Ano: 1º Turma: Data: 18/03/2011 Nota: Professora: Regina Volpato Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável:

Leia mais

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES Prof. Volnei Pauletti Departamento de Solos e Engenharia Agrícola Mestrado em Ciência do Solo vpauletti@ufpr.br CONTATO NUTRIENTE - RAIZ Absorção

Leia mais

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES

ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES ABSORÇÃO RADICULAR, TRANSPORTE E REDISTRIBUIÇÃO DE NUTRIENTES Prof. Volnei Pauletti Departamento de Solos e Engenharia Agrícola Mestrado em Ciência do Solo vpauletti@ufpr.br CONTATO NUTRIENTE - RAIZ DEFINIÇÕES

Leia mais

Classificação LIPÍDIOS

Classificação LIPÍDIOS LIPÍDIOS DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos. Suas propriedades físicas refletem a natureza hidrofóbica das suas estruturas

Leia mais

Lípidos e proteínas como componentes das membranas biológicas

Lípidos e proteínas como componentes das membranas biológicas BIOQUÍMICA I 2010/2011 Ensino teórico - 1º ano Mestrado Integrado em Medicina 5ª Aula teórica Lípidos e proteínas como componentes das membranas biológicas 28/09/2010 Bibliografia Stryer, Biochemistry,

Leia mais

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética

Outros terpenos. q Cada grama de gordura è 9 kcal. q Fonte de ácidos graxos essenciais q Maior reserva energética 23/02/17 DEFINIÇÃO Substâncias caracterizadas pela sua baixa solubilidade em água e alta solubilidade em solventes orgânicos (éter, álcool e clorofórmio). HIDROFÓBICAS (APOLARES) LIPÍDIOS LIPÍDIOS Ácidos

Leia mais

Funções das glicoproteínas e proteínas da membrana :

Funções das glicoproteínas e proteínas da membrana : Funções das glicoproteínas e proteínas da membrana : 1- UNE ALGUMAS CÉLULAS ÀS OUTRAS (junção celular) muito importante em tecidos como a pele e os vasos sanguíneos 2- FUNCIONAM COMO RECEPTORES > para

Leia mais

Lipídeos e Membranas

Lipídeos e Membranas Lipídeos e Membranas Delimitação das células Células são delimitadas por membranas biológicas, que impedem o vazamento de moléculas geradas internamente ou que moléculas indesejadas se difundam para dentro.

Leia mais

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica

os lipídeos não são polímeros, isto é, não são repetições de uma unidade básica LIPÍDEOS Conceito Grupo de compostos distribuídas em animais e vegetais que, ao contrário das outras classes de compostos orgânicos, não são caracterizadas por um grupo funcional comum, e sim pela sua

Leia mais

MEMBRANA PLASMÁTICA - EXERCÍCIOS

MEMBRANA PLASMÁTICA - EXERCÍCIOS Campus Campo Grande Biologia 1 Professor Edilson Silveira MEMBRANA PLASMÁTICA - EXERCÍCIOS 1. (UFGD 2011) Consumir saladas é uma das dicas dos nutricionistas para uma alimentação saudável. As saladas,

Leia mais

ARTIGO SOBRE OS PERSONAGENS MARCANTES DA HISTÓRIA DA FISIOLOGIA

ARTIGO SOBRE OS PERSONAGENS MARCANTES DA HISTÓRIA DA FISIOLOGIA ARTIGO SOBRE OS PERSONAGENS MARCANTES DA HISTÓRIA DA FISIOLOGIA Adaptação Ponto de vista evolutivo Exemplos: gado Zebu X gado europeu Aclimatação Alteração fisiológica, bioquímica ou anatômica a partir

Leia mais

Membranas biológicas e transporte

Membranas biológicas e transporte Membranas biológicas e transporte A membrana plasmática tem dois papéis: isola o citoplasma e medeia as interacções entre a célula e o seu ambiente. É formada por proteínas e lípidos polares. membrana

Leia mais

ED1- Citologia Microbiana

ED1- Citologia Microbiana 1. Quais os principais morfotipos procarióticos? Determinação na morfologia celular coco bacilo espirilo Parede celular: confere forma e rigidez a célula Citoesqueleto: MreB e crescentina espiroqueta Bactérias

Leia mais

BIOQUÍMICA - composição química das células

BIOQUÍMICA - composição química das células BIOQUÍMICA - composição química das células I) Substâncias inorgânicas: água e sais minerais II) Substâncias orgânicas: carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos,... Substâncias mais presentes

Leia mais

HISTOLOGIA. Tecido Epitelial Cap.4 PLT

HISTOLOGIA. Tecido Epitelial Cap.4 PLT HISTOLOGIA Tecido Epitelial Cap.4 PLT Células geralmente poliédricas (justapostas). Pouca substância extracelular Funções: - revestimento, - absorção, - excreção - secreção, - proteção, - sensorial. Avascular.

Leia mais

Célula e suas estruturas Transportes através da membrana Parede celular

Célula e suas estruturas Transportes através da membrana Parede celular Escola Monteiro Lobato Disciplina: Biologia Prof(a): Sharlene Regina Série 9º ano Turma B Célula e suas estruturas Transportes através da membrana Parede celular Maceió, 31/03/2016 Um mundo de descobertas!

Leia mais

BIOLOGIA CELULAR MEMBRANA PLASMÁTICA PROFª. MARÍLIA SCOPEL ANDRIGHETTI

BIOLOGIA CELULAR MEMBRANA PLASMÁTICA PROFª. MARÍLIA SCOPEL ANDRIGHETTI BIOLOGIA CELULAR MEMBRANA PLASMÁTICA PROFª. MARÍLIA SCOPEL ANDRIGHETTI MEMBRANA PLASMÁTICA Natureza Química: Lipoprotéica Visibilidade: ao M.E. MEMBRANA PLASMÁTICA MEMBRANA PLASMÁTICA Espessura média:

Leia mais

Todos tem uma grande importância para o organismo.

Todos tem uma grande importância para o organismo. A Química da Vida ÁGUA A água é um composto químico formado por dois átomos de hidrogênio e um de oxigênio. Sua fórmula química é H2O. A água pura não possui cheiro nem cor. Ela pode ser transformada em

Leia mais

Fisiologia celular I. Fisiologia Prof. Msc Brunno Macedo

Fisiologia celular I. Fisiologia Prof. Msc Brunno Macedo celular I celular I Objetivo Conhecer os aspectos relacionados a manutenção da homeostasia e sinalização celular Conteúdo Ambiente interno da célula Os meios de comunicação e sinalização As bases moleculares

Leia mais

Por isto também é chamada de membrana celular.

Por isto também é chamada de membrana celular. 1 Por isto também é chamada de membrana celular. 2 3 4 Desde 1925, quando experimentos pioneiros de Gorter e Grendel indicaram que a membrana plasmática era constituída por uma bicamada lipídica, muitos

Leia mais

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www.

Introdução à Bioquímica. Lipídeos. Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP. www. Introdução à Bioquímica Lipídeos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Tópicos! Classificação dos lipídeos! Ácidos graxos!

Leia mais

Lipídeos. Carboidratos (Açúcares) Aminoácidos e Proteínas

Lipídeos. Carboidratos (Açúcares) Aminoácidos e Proteínas BIOQUÍMICA Lipídeos Carboidratos (Açúcares) Aminoácidos e Proteínas LIPÍDEOS São ÉSTERES derivados de ácidos graxos superiores. Ex1: São divididos em: Cerídeos Glicerídeos Fosfatídeos Esteroides CERÍDEOS

Leia mais

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete

CÉLULAS. 8 ano Profª Elisete CÉLULAS 8 ano Profª Elisete Quanto ao número de células Os seres vivos podem ser: UNICELULARES apresentam uma única célula. Ex: bactérias e protozoários. PLURICELULARES apresentam mais células. Ex: seres

Leia mais

Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Dra. Maria Izabel Gallão

Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Dra. Maria Izabel Gallão Estudo de frações isoladas microssomos rugosos e lisos. Retículo Endoplasmático Liso Retículo Endoplasmático Rugoso Retículo Endoplasmático Introdução É uma rede intercomunicante de vesículas achatadas,

Leia mais

Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III

Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III Aula: 18 Temática: Estrutura dos aminoácidos e proteínas parte III A maioria das cadeias polipeptídicas naturais contém entre 50 e 2.000 aminoácidos e são comumente referidas como proteínas. Peptídeos

Leia mais

Vitaminas As vitaminas são nutrientes essenciais para nos.o organismo humano necessita destas vitaminas em pequenas quantidades para desempenhar

Vitaminas As vitaminas são nutrientes essenciais para nos.o organismo humano necessita destas vitaminas em pequenas quantidades para desempenhar A Química da vida A água A água é a mais abundante de todas as substâncias da célula, representando cerca de 80% da sua massa; funciona como solvente para grande parte das outras substâncias presentes

Leia mais

membranes/cell.shtml

membranes/cell.shtml www.blobs.org/science/ membranes/cell.shtml Possuem carioteca. Podem ser animais ou vegetais. Podem ser uni ou pluricelulares. Ricos em organelas. NÃO Possuem carioteca. Todos são UNICELULARES. NÃO possuem

Leia mais