Sistema Normativo Corporativo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema Normativo Corporativo"

Transcrição

1 Sistema Normativo Corporativo DESENHO TÉCNICO CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO Nº T Nº PROVÇÃO DT DT D VIGÊNCI 01-11/10/2012/ /10/2012 ELORDO POR PROVDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D Edson Hideki Takauti DTES-D

2 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI 1. RESUMO Este documento padroniza as caixas de medição metálicas a serem utilizadas em padrões de entrada nas áreas de concessão destinadas às empresas distribuidoras do grupo EDP no rasil. O cadastro das caixas de medição metálicas encontra-se no site da EDP andeirante. 2. HISTÓRICO DS REVISÕES Revisão Data Responsáveis Elaboração: Edson Yakabi, Samuel Trotta Revisão: Gilberto da Silva Faria provação: Edson Hideki Takauti Seções atingidas / Descrição Emissão inicial. Este documento substitui e cancela os desenhos MP-17-19, MP-17-20, MP-17-21, MP-17-22, MP , MP-17-24, MP-17-25, MP-17-26, MP-17-27, MP-17-28, MP-17-29, MP-17-30, MP-17-31, MP-17-32, MP-17-33, MP-17-34, MP-17-35, MP-17-36, MP PLICÇÃO Esta instrução aplica-se às empresas distribuidoras do Grupo EDP no rasil. brange os macro-processos: Engenharia; Medição; Projetos. 4. REFERÊNCIS Na aplicação deste documento deve-se consultar, em sua última versão: NR Caixa para medidor de energia elétrica - Requisitos 5. NEXOS. DESENHOS 001. Caixa de medição tipo II 002. Caixa de medição tipo III 003. Caixa de medição tipo IV 004. Caixa de medição tipo V 005. Caixa de medição tipo E 006. Caixa de medição tipo K 007. Caixa de medição tipo H 008. Caixa de medição tipo L 009. Caixa de medição tipo M 010. Caixa de medição tipo N 011. Caixa de medição tipo Caixas de proteção e distribuição tipos T, S, X, Z, U e V 013. Caixa de proteção e distribuição tipo W 014. Caixa de dispositivo de proteção porta K 015. Caixa de dispositivo de proteção porta L 016. Caixa de dispositivo de proteção individual - abertura lateral ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 2 de 23

3 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI 017. Caixa de dispositivo de proteção individual - abertura vertical 018. Porta do visor das caixas de medição tipo IV e V ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 3 de 23

4 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI NEXO - DESENHOS ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 4 de 23

5 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Parafuso de aço ou latão na caixa M6x40 com 3 porcas C Vista frontal (sem tampas) 15 C Suporte para disjuntores Suporte para fixação do medidor 400 Trilho de aço carbono para fixação do dispositivo de proteção Corte 15 Ponto de lacração da medição Ponto de fechamento da proteção bertura para passagem de cabos 180 D Vidro ou material polimérico transparente Friso de proteção D 15 Corte +0,3 22-0, Dispositivo para lacração Dispositivo para fechamento Vista frontal das tampas fabricante mês/ano/lote Corte CC 30 Corte DD Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo II ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 5 de 23

6 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI 300 Suporte de fixação do medidor Ø42 Furo de Ø42 com anel de proteção de borracha Vista frontal (sem tampa) Parafuso de aço com 3 porcas, soldado na caixa Corte Ø Ø34 Dispositivo de lacração da medição Corte Dispositivo de fechamento da proteção Vista superior Friso de proteção Vidro ou material polimérico transparente fabricante/mês/ano/lote Vista da tampa para medição Vista da tampa para proteção Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo III ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 6 de 23

7 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Friso de proteção Suporte para fixação do medidor Vidro ou material polimérico transparente Corte C C Vista frontal (sem tampas) 210 Corte Corte CC fabricante mês/ano/lote 549 Vista frontal (com tampa interna) 298 Detalhe da tampa externa 15 Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. caixa deve possuir dispositivo para lacração da medição. 5. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo IV ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 7 de 23

8 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI 602 Suporte para fixação do medidor 502 fabricante mês/ano/lote Vista frontal (com a tampa inteira) Vidro ou material polimérico transparente Corte Friso de proteção Suporte de fixação da medição 602 Ø22 Corte Vista frontal (sem tampas) Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. caixa tipo V pode ter entrada pela direta ou pela esquerda e deve possuir dispositivo para lacração da medição. 5. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo V ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 8 de 23

9 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Suporte para fixação do medidor 455 Suporte de material aço carbono para fixar equipamento de proteção C Suporte p/ trava C Dispositivo para lacração Parafuso de aterramento Vista frontal Caixa sem tampa Corte Vista posterior da caixa Vidro ou material polimérico transparente Friso de proteção Corte Guarnição da borracha 55,5 fabricante/mês/ano/lote ,5 Vista da tampa Vista especificando o suporte do disjuntor Corte CC Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo E ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 9 de 23

10 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI (mín.) Suportes para fixação de medidores 90 Friso de proteção Vidro ou material polimérico transparente 150 (mín.) 50 Eletrodutos de saída 500 Dispositivo para lacração Dobradiças invioláveis fabricante Mês/no/Lote Corte Corte Furação do fundo da caixa Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo K ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 10 de 23

11 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI 200 (mín.) 150 (mín.) Vidro ou material polimérico transparente Dispositivo para lacração Suporte para fixação de medidor Friso de proteção 1300 Pontos de lacração Dobradiça inviolável Eletrodutos de saída Fabricante Mês/no/Lote Corte Corte Furação do fundo da caixa Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo H ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 11 de 23

12 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI (mín.) 50 Vidro ou material polimérico transparente Frisos de proteção Suporte para fixação de medidores 150 (mín.) Dispositivo para lacração Eletrodutos de saída Corte Dobradiças invioláveis Fabricante Mês/no/Lote Corte Furação do fundo da caixa Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo L ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 12 de 23

13 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Vidro ou material polimérico transparente Friso de proteção (mín.) Dispositivo de lacração 150 (mín.) Dobradiças invioláveis Eletrodutos de saída Suporte para fixação dos medidores fabricante/data/mês/lote Corte 1200 Ø34 Corte Furação do fundo da caixa Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo M ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 13 de 23

14 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI (mín.) 150 (mín.) Suporte para fixação dos medidores Vidro ou material polimérico transparente Friso de proteção 1300 Dispositivo de lacração Eletrodutos de saída Dobradiças invioláveis Vista frontal fabricante/data/mês/lote Corte 1200 Ø Corte Furação do fundo da caixa 30 Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo N ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 14 de 23

15 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Pinos soldados invioláveis Corte - C 1000 D Dobradiças invioláveis Corte (mín.) 370 Vidro ou material polimérico transparente Pinos Invioláveis Dispositivo para lacração 630 Dobradiças Invioláveis 200 (mín.) Corte C-C C D fabricante mês/ano/lote Corte D-D (com a porta superior aberta) Vista Frontal (sem portas) Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de medição tipo 1 ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 15 de 23

16 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI C Dispositivo para lacração Ventilação permanente fabricante/mês/ano/lote Corte Corte 012. Caixas de proteção e distribuição tipos T, S, X, Z, U e V 01 / 02 ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 16 de 23

17 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Tipo C T S X Z U V Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixas de proteção e distribuição tipos T, S, X, Z, U e V 02 / 02 ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 17 de 23

18 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Ventilação permanente Dispositivo para lacração Corte fabricante/mês/ano/lote Corte Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. Dimensões em milímetros Caixa de proteção e distribuição tipo W ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 18 de 23

19 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Dispositivo para lacração Dobradiças invioláveis (ver nota 4) Ventilação permanente 500 fabricante/mês/ano/lote Corte 300 a 400 Corte Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. abertura da porta pode ser para a direita ou para a esquerda. 5. Dimensões em milímetros Caixa de dispositivo de proteção porta K ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 19 de 23

20 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Dobradiças invioláveis (ver nota 4) Dispositivo para lacração 900 Ventilação permanente fabricante/mês/ano/lote Corte 300 Corte Deve atender a especificação da EDP andeirante. 2. cabamento: 4. abertura da porta pode ser para a direita ou para a esquerda. 5. Dimensões em milímetros Caixa de dispositivo de proteção porta L ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 20 de 23

21 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Ventilação permanente Puxadores Dobradiça 300 a 500 Trinco 1200 p/ caixas de medicão tipo "M" e " N" 600 p/ caixas de medição tipo "K", "L" e "H" fabricante/mês/ano/lote Chapa metálica para fixação do dispositivo de proteção Ver nota 1 Corte 1. profundidade da caixa de dispositivo de proteção individual deve ser de acordo com as dimensões de proteção a serem instalados. 2. s portas devem abrir com ângulo superior a Dimensões em milímetros Caixa de dispositivo de proteção individual - abertura lateral ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 21 de 23

22 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Dobradiças Ventilação Permanente Trinco 300 a p/ caixas de medicão tipo "M" e " N" 600 p/ caixas de medição tipo "K", "L" e "H" fabricante/mês/ano/lote ver nota 1 Pinos Chapa metálica para fixação do dispositivo de proteção Corte 1. profundidade da caixa de dispositivo de proteção individual deve ser de acordo com as dimensões de proteção a serem instalados. 2. s portas devem abrir com ângulo superior a Dimensões em milímetros Caixa de dispositivo de proteção individual - abertura vertical ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 22 de 23

23 CIXS DE MEDIÇÃO METÁLICS VERSÃO VIGÊNCI Caixa tipo V Detalhe da porta para embutir em alvenaria Caixa tipo IV Desenho da porta visor é apenas ilustrativo, sendo admitido outros tipos ou formatos, desde que previamente submetido a aprovação da concessionária. s caixas podem ser fabricadas em alternativa sem porta aclopada ao visor, porém devem ser fornecidas com porta para embutir em alvenaria, conforme detalhe. 2. Materiais: Portas: chapa de aço nº 18 MSG mínimo, resina de poliéster reforçada com fibra de vidro com 3 mm (mínimo) de espessura, alumínio ou aço inoxidável. Junta: borracha vulcanizada (60ºC) na cor cinza ou preta. Fixação da porta inteira: dobradiça metálica resistente a corrosão (inoxidável). 3. Dimensões em milímetros Porta do visor das caixas de medição tipo IV e V ELORDO POR Engenharia e Sistemas Técnicos DTES-D PROVÇÃO T Nº DT POR - 11/10/2012 Edson Hideki Takauti DTES-D Página 23 de 23

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo DESENHO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-11/10/2012/2012 11/10/2012 APROVADO POR Edson Hideki Takauti DTES-BD 1. RESUMO Este documento padroniza as caixas

Leia mais

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo V

Padrão Técnico Distribuição Caixa de Medição Tipo V 1- ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Esta padronização se aplica a entradas de consumidores polifásicos onde o padrão de entrada tem medição voltada para a calçada atendidos em tensão secundária de distribuição das

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DISTRIBUIÇÃO CAIXAS PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO E PROTEÇÃO DE UNIDADES CONSUMIDORAS INDIVIDUAIS OU AGRUPADAS EMISSÃO: JANEIRO /02 REVISÃO: MARÇO /06 FOLHA : 1 / 23 A P R E S E N

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01 20/10/2012/2012 20/10/2012 APROVADO POR Edson Hideki Takauti SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 3

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO PADRÃO ECONÔMICO PARA ENTRADA DE CLIENTE 18/10/2011

PADRÃO TÉCNICO PADRÃO ECONÔMICO PARA ENTRADA DE CLIENTE 18/10/2011 Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-18/10/2011 18/10/2011 ELABORAÇÃO Marcelo Poltronieri SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 3 3. OBJETIVO...

Leia mais

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO CSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBATO INDIVIDUAL E COLETIVO 1. OBJETIVO Padronizar entrada da unidade consumidora com a caixa tipo modular, fabricado em policarbonato e tampa transparente, para medição

Leia mais

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO CSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBATO INDIVIDUAL E COLETIVO 1. OBJETIVO Padronizar entrada da unidade consumidora com a caixa tipo modular, fabricado em policarbonato e tampa transparente, para medição

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 00-13/07/2009 13/07/2009 APROVADO POR José Rubens Macedo Junior SUMÁRIO 1. RESUMO...3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...3 3.

Leia mais

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom CTÁOGO Network, Datacom e Telecom 48 NETWORK, DTCOM e TEECOM inha Caixas e Mini Racks s linhas de caixas e mini racks TaunusHoffman possuem diversas opções para montagens 19 de pequeno e médio portes em

Leia mais

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada.

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada. não furadas Série NJEP Segurança umentada. Para customização NR IEC: plicações Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis estão presentes de forma contínua, frequente ou acidental,

Leia mais

NORMA TÉCNICA NTC 010

NORMA TÉCNICA NTC 010 COMPANHIA CAMPOLARGUENSE DE ENERGIA COCEL NORMA TÉCNICA 010 CAIXA PARA EQUIPAMENTOS DE MEDIÇÃO E DE DISTRIBUIÇÃO CENTRO DE MEDIÇÃO MODULADO Divisão de Medição e Fiscalização Emissão: 2015 Versão: 01/2015

Leia mais

Caixa para medidor polifásico com trava na tampa e visor

Caixa para medidor polifásico com trava na tampa e visor FIRUGA 1: CAIXA COM TAMPA 227 VISTA SUPERIOR 114 57 A 14 209 345 45 LENTE 46 171 PRÉ-FURO Ø5 53 VISTA LATERAL ESQUERDA Ø2 FURO PARA LACRE A VISTA FRONTAL MÍN. 10,5 15 LUVA W1/4 VISTA LATERAL DIREITA 48

Leia mais

TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013

TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013 TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013 A TAF Indústria de Plásticos surgiu com a privatização das concessionárias elétricas brasileiras e com objetivo oferecer ao mercado soluções na área de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.01.025 POSTE DE CONCRETO ARMADO PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO 01

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ES.DT.PDN.01.01.025 POSTE DE CONCRETO ARMADO PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO 01 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO ESPECIFICAÇÃO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ES.DT.PDN.01.01.025 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA E CADASTRO SP MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO - ES

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

1510X / 3530 1511X / 3534 1511AX / 3230

1510X / 3530 1511X / 3534 1511AX / 3230 1510X / 3530 1511X / 3534 1511AX / 3230 15 mm 1000 - Engate para corrente em alvenaria 1001 - Botão de correção com engate 15 mm 16 mm 1001L - Botão de correção lâmina com engate 1002 - Botão de correção

Leia mais

NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS

NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS NORMA TÉCNICA NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS 1. OBJETIVO Esta norma tem por objetivo padronizar, especificar e fixar os critérios e as exigências técnicas mínimas relativas à fabricação e o recebimento

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR63 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em liga de alumínio

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-21/09/2012 21/09/2012 APROVADO POR Edson Hideki Takauti DTES-BD SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S. Catálogo de Produtos. Linha Metalúrgica

F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S. Catálogo de Produtos. Linha Metalúrgica F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S Catálogo de Produtos Linha Metalúrgica RACK PISO 19 Os Racks de piso são ideais para utilização em qualquer ambiente, para guardar equipamentos e acessórios

Leia mais

QUADRO DE MEDIDORES PARA PRÉDIO DE MÚLTIPLAS UNIDADES CONSUMIDORAS NTD-23

QUADRO DE MEDIDORES PARA PRÉDIO DE MÚLTIPLAS UNIDADES CONSUMIDORAS NTD-23 QUADRO DE MEDIDORES PARA PRÉDIO DE MÚLTIPLAS UNIDADES CONSUMIDORAS NTD-23 INDICE 1- OBJETIVO... 03 2- CONDIÇÕES GERAIS... 03 2.1- GENERALIDADES... 03 2.2- IDENTIFICAÇÃO... 03 3- CONDIÇÕES ESPECÍFICAS...

Leia mais

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic Linha Metalúrgica Estes gabinetes são utilizados em ambientes internos e servem para acomodar equipamentos óptico-eletrônicos que necessitam de proteção. São totalmente fechados com chaves, sendo a porta

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. CAIXA DE MEDIÇÃO EM 34, kv 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 49

COMUNICADO TÉCNICO Nº 49 Página 1 de 13 COMUNICADO TÉCNICO Nº 49 PADRÃO DE ENTRADA INDIVIDUAL ECONÔMICO COM POSTE DE AÇO E CAIXA DE POLICARBONATO TIPO PP Diretoria de Engenharia e Serviços Gerência de Engenharia da Distribuição

Leia mais

DEOP DIRETORIA DE ENGENHARIA E OPERAÇÕES EPE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA MANUAL DE TUBULAÇÕES TELEFÔNICAS PREDIAIS

DEOP DIRETORIA DE ENGENHARIA E OPERAÇÕES EPE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA MANUAL DE TUBULAÇÕES TELEFÔNICAS PREDIAIS CAPÍTULO 4: CAIXAS DE SAÍDA CONDIÇÕES As caixas de saída devem ser projetadas nas tubulações secundárias nas seguintes condições: a) Nas entradas e saídas de fios telefônicos nos eletrodutos; b) Para diminuir

Leia mais

Articulador Maxi Informação

Articulador Maxi Informação Informação soluções para cada aplicação Possibilidades de ajuste Ajuste de Ajuste da força Aplicações Ajuste da força de retenção com chave allen SW10 Visão geral dos modelos segundo a cor (parafuso "A",

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo ESPECIFICAÇÃO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-18/01/2013 29/01/2013 APROVADO POR SEBASTIÃO J. SANTOLIN - DTES- SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO NDU-010 VERSÃO 3.1 JUNHO/2013 SUMÁRIO Item Descrição Classe Desenho 1. Haste de Aço-Cobre para Aterramento...

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

Mobiliário comercial e móveis em aço. Para organizar espaços e valorizar ambientes.

Mobiliário comercial e móveis em aço. Para organizar espaços e valorizar ambientes. Eletrovale Metalúrgica A Eletrovale está localizada em Sapucaia do Sul, na região Metropolitana de Porto Alegre. Fabricante de materiais elétricos como postes de aço para entrada de energia, caixas para

Leia mais

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DA DISTRIBUIÇÃO CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES CÓDIGO ESP-I-GPC-01/13 VERSÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DA VIGÊNCIA R0 20/05/2013 CONTROLE DE REVISÃO

Leia mais

TAR 3M - Terminal de Acesso de Rede

TAR 3M - Terminal de Acesso de Rede 1. Objetivo Este boletim técnico apresenta as características e requisitos técnicos relativos ao Terminal de Acesso de Rede 3M sem possibilidade de proteção com capacidade para 10/20 pares. TAR-10 TAR-20

Leia mais

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin Dutos de Piso... 27 Modelos... 27 Caixas de passagem... 31 Caixas de tomada... 35 Derivações... 39 Tomadas de piso - Latão/Cromado/Nylon... 42 Espelho para pisos... 43 Caixa de alumínio... 44 Distribuição

Leia mais

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom 20 GABINETES Linha EF São diversas opções de gabinetes tanto para ambientes limpos quanto para o chão de fábrica, que comportam de a 1.000 de equipamentos. GABINETES

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras

Caixa para medidores com ou sem leitura por vídeo câmeras Dobradiça Furação para passagem de cabo de Ø21 mm ( 12x ) Vista Inferior Item 1 e 2 Adaptador para parafuso A.A. Fixação dos trilhos através de parafuso e porca ( possibilitando regulagem ) Trilho de fixação

Leia mais

Megaconduletes. Mega. Com. & Montagem de Cond. de Alumínio Ltda.

Megaconduletes. Mega. Com. & Montagem de Cond. de Alumínio Ltda. 2011 Megaconduletes Mega. om. & Montagem de ond. de lumínio Ltda. E D F ondulete sem Rosca RTERÍSTIS: aixa de derivação (ondulete), fabricada em liga de alumínio, com cantos arredondados. Sem rosca, fixação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA Página: 1/15 RES nº 179/2014, 1. OBJETIVO Estabelecer critérios e exigências técnicas mínimas relativas à aprovação e fabricação de caixas metálicas para atendimento aos clientes do Grupo A e Clientes

Leia mais

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características

dmtech Booster Amplificador de Volume Descrição Características Booster Amplificador de Volume Descrição O Booster - Amplificador de volume - tem como função reproduzir sinais pneumáticos com aumento da capacidade de vazão. É utilizado quando a tubulação entre o instrumento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CARLOS BARBOSA SECRETARIA MUNICIPAL DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: MÓVEIS PARA SECRETARIA DE PROJETOS E OBRAS PÚBLICAS RUA ASSIS BRASIL, 11, CENTRO CARLOS BARBOSA GENERALIDADES O presente documento tem por objetivo: Instruir as condições que

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS A Vidromax é uma distribuidora de perfis, ferragens e acessórios para vidros, que está sempre em busca das melhores soluções para atender com satisfação o mercado de vidro temperado.

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS SITE: www.amm.org.br- E-mail: engenharia@amm.org.br AV. RUBENS DE MENDONÇA, N 3.920 CEP 78000-070 CUIABÁ MT FONE: (65) 2123-1200 FAX: (65) 2123-1251 MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES

Leia mais

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Índice Capítulo Título Página 1 Informações Gerais 3 2 Segurança 4 3 Especificações Técnicas 5 4 Ferramentas, Instrumentos e Materiais 6

Leia mais

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão

Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Especificação Quadro Autoportante de Baixa Tensão Descrição: QUADRO AUTO-PORTANTE ATÉ 4000A Local de Aplicação QGBT Modelo Fabricante: Fabricante Alternativo Normas NBR 6808, IEC 60439-1 Aplicáveis Critério

Leia mais

COMERCIAL ELÉTRICA PJ LTDA.

COMERCIAL ELÉTRICA PJ LTDA. Quadros de Distribuição Plast Nema Quadros de Distribuição Cemarplast II Linha Branca com Porta e Tampa Opaca Cor Branca Linha Plast Nema-U Porta Branca Aplicação Embutir Sobrepor QPET-U 16/12 p/ 16 disj.

Leia mais

Objeto: EDITAL Nº 008/2011 - PROCESSO Nº 9966/2010 - PREGÃO PRESENCIAL RP - AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PARA SERRALHERIA. Itens:

Objeto: EDITAL Nº 008/2011 - PROCESSO Nº 9966/2010 - PREGÃO PRESENCIAL RP - AQUISIÇÃO DE MATERIAIS PARA SERRALHERIA. Itens: IVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Página: 1 / 15 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 1.05.020-000001 1.12.013-000014 1.12.013-000016 1.12.013-000010 1.10.030-000005

Leia mais

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC Aplicações As caixas de junção para instrumentação são usadas para executar processos ou informações remotas para a sala de comandos. Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis

Leia mais

Descritivo Portas (Kit)

Descritivo Portas (Kit) Descritivo Portas (Kit) Portas hospitalares com aplicação de chapa possuem em termos de estrutura: duas lâminas de HDF densidade 800 kg/m3 e espessura de 6mm (espessura de folha 35mm) ou 9mm MDF Ultra

Leia mais

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS Triunfo Standard Triunfo Server Triunfo Left Triunfo Left Server Triunfo Industrial 05 06 07 08 09 LINHA DE RACKS ABERTOS Triunfo Plus Triunfo HD 10 11 LINHA DE BRACKETS

Leia mais

Catálogo dos produtos

Catálogo dos produtos 2014 Catálogo dos produtos Dobradiça reta com amortecedor Código: ZM-ECHC09BEO Caneco: 35mm Os parafusos acompanham o produto Embalagem: Caixa com 100 itens Certificado para 80.000 ciclos Dobradiça curva

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESPECIFICÇÃO TÉCNIC Título: CRUZET DE CONCRETO RMDO - LINHS DE 26 / 09 / 2011 1 de 14 1 FINLIDDE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de cruzeta de concreto

Leia mais

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE ' SÉRIE INVICTA S 82 83 84 85 Fotografias gerais e pormenores Modelo Invicta S Tipologia 1 folha de batente Certificações Segurança anti-intrusão (EN 1627) 4 Grau pára-chamas

Leia mais

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho [ PROTEÇÃO E COMANDO ] Produtos e sistemas DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho 1 VANTAGENS Permite a montagem frontal de acessórios elétricos por encaixe simples Fácil conexão

Leia mais

Linha para Piso Elevado

Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Calha para piso elevado... 53 Derivações... Caixa para piso elevado... 54 Metálico... 54 Nylon... 56 Latão... 58 54 Sistemas para

Leia mais

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200 LINHA LINHA CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Dimensões Altura: 2400mm., Largura: 600/700/800mm., Profundidade: 600/800mm. Outras configurações conforme consulta; Estrutura fabricada em chapa de 2,65mm. (12MSG),

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA DSEE 11/12/2014 DATA SUMÁRIO

Leia mais

Colunas com painéis. Colunas com vidros. Colunas de tecidos. Colunas Slim

Colunas com painéis. Colunas com vidros. Colunas de tecidos. Colunas Slim Boletim Técnico Colunas com painéis Chapas únicas ou duplas, de 15 mm, de saque frontal em MDP ou MDF com revestimento melaminico. Opcionais: disponíveis em diversos tipos de chapas e acabamentos do mercado.

Leia mais

Padrão de Medição à Distância

Padrão de Medição à Distância Audiência Pública N.º 001/ 2003 Padrão de Medição à Distância Sugestões: Vicentino s do Brasil ÍNDICE Pág. 3 - Apresentação Pág. 4 - Padrão de Medição à Distância Pág. 5/6 - Especificação Técnica Pág.

Leia mais

Sempre presente nos melhores momentos da sua vida.

Sempre presente nos melhores momentos da sua vida. Sempre presente nos melhores momentos da sua vida. Linha de Dobradiças AL2 Modul Design atualizado. Braço com técnica de montagem por deslizamento. Ajuste lateral e ajuste de profundidade. Ângulo de abertura

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO INSTALAÇÃO DOS BATENTES A instalação dos batentes é simples porém, são necessários alguns cuidados básicos para obter uma porta em perfeitas condições: Para a fixação do batente, levantam-se as grapas

Leia mais

Kit de conexão EMK padrão

Kit de conexão EMK padrão EMK Kits de conexão Kit de conexão EMK padrão Vantagens Todos os componentes de conexão necessários em um kit Seleção simples dos componentes necessários Grande diversidade Economia de tempo; manuseio

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02. Especificação Técnica revisada conforme solicitação contida no FSET nº. 045/ 2013.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02. Especificação Técnica revisada conforme solicitação contida no FSET nº. 045/ 2013. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA COFRE (MODELO B) CFR/B-01-02 NÚMERO: 142201 EMISSÃO: JANEIRO/2014 VALIDADE: JANEIRO/2016 REVOGA: 112057 CÓDIGO ERP: Modelo B-01 (menor): 10050151-6 Modelo B-02 (maior): 10050152-4

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

POSTE DE CONCRETO PARA APLICAÇÃO EM ENTRADAS DE SERVIÇO

POSTE DE CONCRETO PARA APLICAÇÃO EM ENTRADAS DE SERVIÇO Exigências Mínimas 1 Objetivo Estabelecer as condições mínimas para construção de postes de concreto armado ou concreto protendido, destinados à utilização em entradas de serviço de unidades consumidoras,

Leia mais

Perfilados e acessórios

Perfilados e acessórios Perfilados e acessórios 936563 936511 frente e verso 936501 frente e verso 936551 Perfi l de aço perfi lado. Produzido em chapa de aço pré-galvanizado, por imersão a quente, ou galvanizado à fogo com excelente

Leia mais

ARMÁRIOS DE POLIÉSTER

ARMÁRIOS DE POLIÉSTER 160 ARMÁRIOS DE POLIÉSTER UCP poliéster. 164 IP 66; NEMA 4, 4X, 12, 13 IK10, IK07 A: 315-1035 L: 215-835 P: 170-300 UDP poliéster. 170 IP 65, 55; NEMA 4, 4X, 12, 13; IK 10, IK 07 A: 500-1250 L: 500-1250

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÂO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SUBSISTEMA NORMAS ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÂO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÂO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0053 ESPECIFICAÇÃO E INSTALAÇÃO DE

Leia mais

Grupo 30.24 A - Material de construção

Grupo 30.24 A - Material de construção O catálogo do grupo 30.24 A contém as especificações de material de construção. Os itens que estão destacados com a mesma coloração significam que possuem a mesma descrição, no entanto, possuem diferentes

Leia mais

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO.

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. Ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac - Administração

Leia mais

Portas de Segurança. A protecção em primeiro lugar

Portas de Segurança. A protecção em primeiro lugar Portas de Segurança A protecção em primeiro lugar A Hörmann proporciona Portas de Segurança para todas as áreas Desde há décadas que a Hörmann fabrica portas de segurança de acordo com as recomendações

Leia mais

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11

Divisão Construção Civil PUR/PIR Av. Nações Unidas, 12551 conj. 2404 - WTC 04578-903 São Paulo - SP - Brasil Fone: +55 11 3043-7883 Fax: +55 11 1 Por que usar termoisolamento em PUR/PIR? 2 Soluções para canteiro de obra Danica. 3 Premissas construtivas 2.2.2 - COBERTURAS: A cobertura terá telhas termoisolantes com espessura de 30 mm com isolamento

Leia mais

Índice. Acessórios...17 Kit fixação...17 Bandejas...18 Tetos...18 Gavetas de ventilação...18 Calha de tomada...19

Índice. Acessórios...17 Kit fixação...17 Bandejas...18 Tetos...18 Gavetas de ventilação...18 Calha de tomada...19 Índice W31 - Womer Server - em Aço...4 W32 - Womer Server - Perfil Arredondado/ em Aço...5 W35 - Max Server Aluminum/ em Alumínio...6 W39 - Max Server Aluminum Perfil Arredondado/ em Alumínio...7 W38 -

Leia mais

Rack piso standard. Rack piso Server

Rack piso standard. Rack piso Server Rack piso standard Desenvolvido para atender diversos tamanhos e tipos de redes Monobloco: Estrutura em chapa de aço 1,2 mm Porta frontal em chapa de aço 1,2 mm, visor em acrílico fume e fechadura cilíndrica

Leia mais

Caixas Plásticas, Quadros e Acessórios

Caixas Plásticas, Quadros e Acessórios Caixas Plásticas, Quadros e Acessórios Caixas Plásticas Fabricadas em plástico de engenharia Na cor cinza claro Grau de Externa Interna Proteção 3050 85 x 85 x 65 80 x 80 x 60 IP 42 3020 123 x 85 x 65

Leia mais

Fechaduras mecânicas Para portas vai-e-vem

Fechaduras mecânicas Para portas vai-e-vem Fechaduras mecânicas Para portas vai-e-vem SchließtechnikTürschlösser und TürriegelEinsteckschlösser für Wohnbereich StarTecPreise Verfügbarkeit BestellungPlanung, Ko nstruktion Rolete simples para porta

Leia mais

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios

Datasheet. Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios Datasheet Solução de DATACENTER Bastidores 19 e Acessórios 2011 Armários 19 de Pavimento Qualidade de construção Desde o conceito até ao mais pequeno pormenor. Os produtos Facemate são cuidadosamente projectados

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

TÍTULO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA DE CAMPINAS - FERRAMENTA PARA REDUÇÃO DE PERDAS

TÍTULO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA DE CAMPINAS - FERRAMENTA PARA REDUÇÃO DE PERDAS TÍTULO: PADRONIZAÇÃO DAS LIGAÇÕES DE ÁGUA DE CAMPINAS - FERRAMENTA PARA REDUÇÃO DE PERDAS Autor: Maurício André Garcia: Cargo atual: Coordenador Técnico de Micromedição e Uso Racional Formação: Tecnologia

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 29 / 07 / 2011 1 de 5 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para parafuso U 16x270mm utilizado nas Linhas de Distribuição da CEMAR. 2 CAMPO

Leia mais

PROJETO CENTRO DE ESPECILIDADES EM SAÚDE MPAC

PROJETO CENTRO DE ESPECILIDADES EM SAÚDE MPAC PROJETO CENTRO DE ESPECILIDADES EM SAÚDE MPAC Sala de Fisioterapia 1 700 x 550 500 x 450 Armário superior (LxCxP) Mód. 1600 x 1000 x 350 Armário inferior (LxCxP) Mód. 700 x 700 x 530 Armário inferior (LxCxP)

Leia mais

MOTOGERADORES DIESEL - BFD 2500 / BFDE 2500 GERADOR BFD / BFDE 2500

MOTOGERADORES DIESEL - BFD 2500 / BFDE 2500 GERADOR BFD / BFDE 2500 MOTOGERADORES DIESEL - BFD 500 / BFDE 500 GERADOR BFD / BFDE 500 9. 9. 5 7 9 0 5 7 9 0 - - - - 5 7 9 0 5 7 7.. 9 0 5 7 9 50 5 MOTOGERADORES DIESEL - BFD 500 / BFDE 500 09 05 090 09 59 09 09 09 095 09 097

Leia mais

Sistemas de Portas de Correr e Sanfonadas

Sistemas de Portas de Correr e Sanfonadas Sistemas de Portas de Correr e Sanfonadas Aprecie a liberdade dos movimentos Mais flexibilidade aos seus projetos Os sistemas de portas de correr e sanfonadas da Hettich foram cuidadosamente planejados,

Leia mais

5. Instalações de chegada

5. Instalações de chegada 5. Instalações de chegada As instalações de chegada, adiante designadas também por ramais ou simplesmente chegadas, correspondem ao troço de rede eletrifica entre a rede de distribuição de BT e o sistema

Leia mais

CUBÍCULO. Média Tensão - MT. Painéis metálicos cubículo MT

CUBÍCULO. Média Tensão - MT. Painéis metálicos cubículo MT CUBÍCULO Média Tensão - MT É uma unidade estrutural, autossustentável, em invólucro metálico, podendo conter dispositivos de manobra e componente associados. Conforme a NBR 6979 o cubículo Fockink é definido

Leia mais

SINALIZAÇÃO PARA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL DIRTEC

SINALIZAÇÃO PARA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL DIRTEC Rev. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 DIRTEC ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET-SUL-007.04 Rev. 12 CIA DE GÁS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 1 de 15 REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU

Leia mais

OPENSPACE é uma marca registada da empresa GOSIMAT - Comércio e Indústria, da. 11 \ 2007 CAIXIHOS E SISTEMAS PARA PORTAS DE CORRER www.openspace.eu 10ANOS DE GARANTIA Nos tempos actuais o espaço habitacional

Leia mais

Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados

Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados Estruturas Metálicas para Sustentação de Módulos Fotovoltaicos em Telhados Cód. Item. Descrição Características Embalagem Prazo Trilho Comprimento padrão 1120mm PHB-RAIL-1120 PHB-RAIL-2120 Trilho 1120mm

Leia mais

Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e

Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e LINHA DE PRODUTOS ATTIC Com o intuito de inovar sem deixar a qualidade e a relação custo benefício de lado, a Attic apresenta ao mercado soluções com acabamento impecável, modernos e resistentes. A pintura

Leia mais

SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES

SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES www.hafele.com.br SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES IDEIAS EM MOVIMENTO ARTICULADORES DESENVOLVIDOS PELA HÄFELE A Häfele, por meio da linha Lift + Turn, oferece ao mercado uma completa gama

Leia mais

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009

PRODUTO: ARMÁRIO DE AÇO COM DUAS PORTAS DE CORRER Portaria nº 69/SMG- G/2009 de 03/07/2009 1 G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para guarda de material de escritório em geral. 2. REQUISITOS GERAIS (VER DESENHO Nº 9w1 e/ou 11w1 ) 2.1. DESCRIÇÃO O móvel será todo de aço compondo-se de uma caixa

Leia mais

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES EMPRESA A Axxio Pisos Elevados é fruto do compromisso permanente com a satisfação de seus clientes e com a inovação, com o intuito de que todos os serviços sejam cada vez mais ágeis e seguros. Para isso

Leia mais

Dispositivos de Montagem

Dispositivos de Montagem Dispositivos de Montagem Bigfer + Hettich A Hettich é uma empresa alemã, líder mundial em ferragens e acessórios para móveis. No Brasil seus produtos são distribuídos pelo Grupo Bigfer, o maior fabricante

Leia mais

ÍNDICE ESTRUTURA E ARO ACABAMENTO EXTERIOR ACABAMENTOS E MODELOS COMPOSIÇÃO TÉCNICA DA ESTRUTURA COMPONENTES TÉCNICOS MEDIDAS STANDARD E CERTIFICADOS

ÍNDICE ESTRUTURA E ARO ACABAMENTO EXTERIOR ACABAMENTOS E MODELOS COMPOSIÇÃO TÉCNICA DA ESTRUTURA COMPONENTES TÉCNICOS MEDIDAS STANDARD E CERTIFICADOS PORTAS DE SEGURANÇA ÍNDICE ESTRUTURA E ARO 1 ACABAMENTO EXTERIOR 2 ACABAMENTOS E MODELOS 3 COMPOSIÇÃO TÉCNICA DA ESTRUTURA 5 COMPONENTES TÉCNICOS 6 MEDIDAS STANDARD E CERTIFICADOS 7 CONTACTOS 8 1 ESTRUTURAS

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5 3 Instalação...6 3.

Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5 3 Instalação...6 3. Manual do Equipamento ME-035_Rev02-AS-0001 AS-0001 Conversor de sinais FO TTL SUMÁRIO 1 2 Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5

Leia mais

Acessórios para Drywall

Acessórios para Drywall Acessórios para Drywall 1 Painéis de Gesso Sheetrock UltraLight Inovação Até 30% mais leve que as chapas disponíveis no mercado; Combina formulações existentes e processos com novas tecnologias patenteadas.

Leia mais