Exercícios de Revisão Global 3º Bimestre

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Exercícios de Revisão Global 3º Bimestre"

Transcrição

1 Exercícios de Revisão Global 3º Bimestre 1. Um aluno está olhando de frente para uma superfície metálica totalmente polida. Explique como o aluno se enxerga e qual o nome deste fenômeno? A explicação está ligada à reflexão regular da luz, que acontece em superfícies muito lisas e polidas, tais como um espelho, uma bandeja de prata ou de aço inox, um vidro de janela ou a superfície de água parada. Quando a superfície refletora é bem plana e polida, a luz incidente muda de direção, mas se mantém ordenada. Isso que acontece quando vemos nossa imagem refletida é chamado reflexão regular. Um feixe luminoso incide formando um ângulo de 15º com a superfície polida de um objeto. Qual o ângulo de incidência e de reflexão desde feixe luminoso? Ângulo incidente é formado entre o feixe de luz incidente e a reta normal a superfície de incidência. Ângulo de reflexão é formado entre o feixe de luz refletido e a reta normal a superfície. Em uma superfície lisa e polida (espelho) temos a reflexão regular no qual o ângulo de reflexão é igual ao ângulo de incidência. Como o ângulo de 15º é formado entre a superfície e o raio incidente, temos: Entre a superfície e a reta normal temos um ângulo de 90º, já temos 15º entre a superfície e o feixe de luz incidente, sobrando 75º entre o feixe de luz e a reta normal, Assim: Ângulo de incidência = Ângulo de Reflexão = 75º. 3. Explique a classificação quanto a natureza das ondas e cite exemplos. Quanto a Natureza temos duas classificações: - Ondas Mecânicas: Ondas que precisam de um meio físico (ar, água, algum material etc) para se propagar. Ex: ondas sonoras, ondas em um lago, movimento das placas tectônicas que se propagam na superfície terrestre causando terremotos etc. - Ondas Eletromagnéticas: Ondas que não precisam de um meio para se propagar. Ex: Luz, ondas de rádio, sinal de tv, sinal via satélite, sinal do wifi (roteadores), sinal do celular etc. 4. Explique as características das ondas sonoras e de exemplos para cada item. Ondas sonoras são caracterizadas por: Frequência (ou altura): Qualidade pela qual diferenciamos sons graves de sons agudos. Ela depende apenas da frequência do som. Ex: o som emitido por um homem é grave (menor frequência) enquanto o emitido por uma mulher é agudo (maior frequência).

2 Intensidade: Qualidade fisiológica pela qual diferenciamos os sons fracos dos sons fortes. Ex: Som forte explosão de uma bomba e Som Fraco canção de ninar para crianças. Timbre: Característica que permite distinguir sons de mesma altura (mesma frequência) emitidos por instrumentos diferentes, mesmo que tenham a mesma intensidade. Ex: Uma mesma nota (ex. Sol) tocada por instrumentos diferentes, ambas possuem mesma frequência (é a mesma nota), mesmo comprimento de onda e conseguimos diferenciá-las. 5. Diante de uma grande parede vertical, um garoto bate palmas e recebe o eco um segundo depois. Se a velocidade do som no ar é 340 m/s, o garoto pode concluir que a parede está situada a uma distância aproximada de: a) 17 m b) 34 m c) 68 m d) 170 m e) 340 m O garoto emite o som que percorre uma distância x até a parede. O Som emitido incide na parede e reflete retornando ao garoto percorrendo a mesma distância x. Assim, a onda sonora percorre duas vezes a distância x, ou seja,. Como a velocidade da onda é de 340 m/s e o tempo decorrido entre o som emitido e o eco ouvido pelo garoto é de 1 segundo, temos: 1segundo 340 1segundo = S S = 170 metros 6. Uma pessoa toca no piano uma tecla correspondente à nota mi e, em seguida, a que corresponde a sol. Pode-se afirmar que serão ouvidos dois sons diferentes porque as ondas sonoras correspondentes a essas notas têm: a) amplitudes diferentes b) frequências diferentes c) intensidades diferentes d) timbres diferentes e) velocidades de propagação diferentes Frequência (ou altura): Qualidade pela qual diferenciamos sons graves de sons agudos. 7. Som mais agudo é som de: a) maior intensidade b) menor intensidade c) menor frequência d) maior frequência e) maior velocidade de propagação Frequência (ou altura): Qualidade pela qual diferenciamos sons graves de sons agudos. Quanto maior a frequência, mais agudo é o som e quanto menor a frequência, mais grave se torna o som. 8. Recentemente o físico Marcos Pontes se tornou o primeiro astronauta brasileiro a ultrapassar a atmosfera terrestre. Diariamente existiam contatos entre Marcos e a base, e alguns deles eram transmitidos através dos meios de comunicação. Com base no texto e em seus conhecimentos, é correto afirmar que conseguíamos "ouvir" e "falar" com Marcos porque, para essa conversa, estavam envolvidas

3 a) apenas ondas mecânicas - transversais - já que estas se propagam, tanto no vácuo como no ar. b) apenas ondas eletromagnéticas - longitudinais - já que estas se propagam, tanto no vácuo como no ar. c) ondas eletromagnéticas - transversais - que apresentam as mesmas frequências, velocidade e comprimento de onda, ao passar de um meio para outro. d) ondas mecânicas - transversais - que apresentam as mesmas frequências, velocidade e comprimento de onda, ao passar de um meio para outro. e) tanto ondas eletromagnéticas - transversais - que se propagam no vácuo, como ondas mecânicas - longitudinais - que necessitam de um meio material para a sua propagação. Ao falar, astronauta emite ondas sonoras (mecânicas) e ao transmitir o sinal para a terra, é emitido sinal do satélite (ondas eletromagnéticas). 9. Patrícia ouve o eco de sua voz direta, refletida por um grande espelho plano, no exato tempo de uma piscada de olhos, após a emissão. Adotando a velocidade do som no ar como 340 m/s e o tempo médio de uma piscada igual a 0,4 s, podemos afirmar que a distância d entre a menina e o espelho vale a) 68 m b) 136 m c) 850 m d) m e) m A garota emite o som que percorre uma distância x até a parede. O Som emitido incide na parede e reflete retornando a garota percorrendo a mesma distância x. Assim, a onda sonora percorre duas vezes a distância x, ou seja,. Como a velocidade da onda é de 340 m/s e o tempo decorrido entre o som emitido e o eco ouvido pela garota é de 0,4 segundos (tempo no qual ela pica o olho), temos: 0,4 segundos 340 0,4 segundos S = 68 metros = S 10. Um homem grita de frente para uma parede situada a 55 metros de distância, levando-se em consideração que o aluno escuta seu eco após 1,5 segundos, podemos afirmar que a velocidade do som neste local é de:

4 a) 55 m/s b) 155 m/s c) 55 m/s d) 340 m/s e) 680 m/s A onda sonora emitida pelo homem percorre 55 metros até a parede sendo refletida, retorna ao homem percorrendo novamente os 55 metros. Assim a onda sonora percorreu um total de 510 metros (ida e volta). Como o tempo de emissão e recepção do som foi de 1,5 segundos, temos: V = 510 1,5 segundos V = 340 metros/segundo ====================XX====================== 1. (CN 005) Um menino encontra-se diante de uma montanha. Num dado momento ele grita e para sua surpresa, alguns segundos mais tarde, ele ouve de volta o seu próprio grito. Supondo que entre o grito e o retorno dele ao ouvido do menino, tenham decorridos 3 segundos e que a velocidade do som no ar seja igual a 340 m/s, qual é o fenômeno envolvido e a distância entre o menino e a montanha? (A) Refração 510 metros. (B) Reflexão 510 metros. (C) Difração 510 metros. (D) Refração 100 metros. (E) Reflexão 100 metros. Fenômeno no qual a onda incide em uma superfície retornando ao próprio meio de incidência é chamado de reflexão.. (CN 005) Observe a figura: 3 segundos segundos = S S = 510 metros

5 Uma onda sonora se propaga num determinado meio com velocidade de 1500 m/s, conforme a configuração representada acima. Neste caso, é correto a firmar que a amplitude e a frequência dessa onda valem, respectivamente: (A) 0,01 m e 1,5 Hz. (B) 0,01 m e 1,5 KHz. (C) 0,0 m e 1,5 KHz. (D) 0,0 m e 1,5 MHz. (E) 0,0 m e 1,5 GHz. Amplitude da onda da onda é a distância do eixo principal até a crista (ponto mais alto) ou o vale (ponto mais baixo) da onda. Assim temos cm ou 0,0m. Como o comprimento de onda é igual a distância entre dois pontos consecutivos, temos λ = 1 cm ou 0,1m. Assim V = λ * f => como a velocidade da onda é de 1500 m/s e λ = 0,1, temos = 0, 1 f f = , 1 f = 1500 Hz ou f = 1,5 KHz 3. (CN 006) Observe a figura: A figura acima representa a configuração de uma onda. Com base nessas informações apresentadas e sabendo que a velocidade de propagação dessa onda é de 300 m/s, quanto valem a amplitude e a frequência, respectivamente: (A) 0,5 m e 150 Hz. (B) 0,5 m e 300 Hz. (C) 1,0 m e 150 Hz. (D) 1,0 m e 300 Hz. (E) 1,0 m e 600 Hz. Amplitude = 0,5 m e comprimento de onda λ =,0 metros. Assim =, 0 f f = 1500 f = 150 Hz 4. (CN 008) No Brasil, os telefones celulares se transformaram num dos principais meios de comunicação. Esses aparelhos utilizam ondas eletromagnéticas que podem ser enviadas ou recebidas por uma central equipada com grandes antenas, numa frequência de 80 MHz e 850 MHz. Considerando que as ondas eletromagnéticas possuem velocidade, no ar, de aproximadamente 3 * 10 5 km/s, pode-se afirmar que o comprimento de onda de um celular que opera na frequência mínima é melhor expresso, em centímetros, por: (A) 0, (B) 0,0366. (C) 0,366. (D) 3,66. (E) 36,6.

6 Menor frequência = 80 MHz = 80 * 10 6 Hz. Velocidade da Luz C = 3*10 5 km/s = 3*10 8 m/s (conversão apenas do km p/ metro) = λ = λ λ = 0, 36 metros 5. Analise a figura a seguir: Uma pessoa encontra-se parada em um ponto P, distante de um obstáculo e de uma fonte sonora que emite ondas conforme a configuração mostrada na figura acima. Um som emitido pela fonte no instante t = 0s passa pelo ponto P no instante t 1 = 0,5 s e retorna ao ouvido da pessoa no instante t =,5 s, após ter colidido com o obstáculo. Considerando a velocidade do som no ar como sendo constante e igual a 340 m/s, é correto afirmar que o comprimento de onda, a frequência da fonte emissora e a distância da pessoa até o obstáculo valem, respectivamente: (A) λ = 0,17 m; f = 1000 Hz; d = 170 m. (B) λ = 0,34 m; f = 1000 Hz; d = 340 m. (C) λ = 0,34 m; f = 000 Hz; d = 170 m. (D) λ = 0,51 m; f = 1000 Hz; d = 340 m. (E) λ = 0,51 m; f = 000 Hz; d = 680 m. Temos uma onda cuja distância é de 1 comprimento completo + meio comprimento de onda igual a 51 cm, ou seja, 1,5λ=51cm => λ= 51/1,5 => λ= 34cm = 0,34m. 0, 34 f f = 1000 Hz O som é emitido no instante 0, passando pelo homem situado em P no instante 0,5 e retornando a ele no instante,5. Assim temos que o tempo de ida (passa em 0,5) e retorno do som ao homem (retorna em,5) é de segundos (,5 0,5 =,0 segundos). segundos x = 340 metros 6. (CN - 004) Observe a figura abaixo:

7 O arco-íris é um fenômeno físico de rara beleza, que acontece com certa facilidade após uma chuva ou em dias bastante úmidos, com o Sol próximo do horizonte. A representação acima descreve com muita simplicidade esse acontecimento, que só é possível devido, principalmente a: (A) reflexão com dispersão da luz solar através de gotas de chuva. (B) refração com dispersão da luz solar seguida de reflexão dentro das gotículas de água. (C) evaporação das gotículas de água da chuva, provocando a difusão da luz solar. (D) condensação do vapor de água presente nas nuvens, provocando a reflexão da luz. (E) refração das gotículas de água devido aos raios solares, provocando a dispersão da luz. A luz ao penetrar na gotícula sofre o fenômeno de refração (passando do meio 1 que é o ar para o meio que é a gotícula). A luz também sofre decomposição e dispersão (a luz branca emitida pelo sol é decomposta e dispersa como em um prisma). Dentro da gotícula ela sofre reflexão. Gabarito CN 1) B ) C 3) A 4) E 5) B 6) B

Uma pedra jogada em uma piscina gera uma onda na superfície da água. Essa onda e a onda sonora são classificadas, respectivamente, como:

Uma pedra jogada em uma piscina gera uma onda na superfície da água. Essa onda e a onda sonora são classificadas, respectivamente, como: Atividade extra Fascículo 8 Física Unidade 18 Exercício 1 Adaptado de UERGS 2000 Uma pedra jogada em uma piscina gera uma onda na superfície da água. Essa onda e a onda sonora são classificadas, respectivamente,

Leia mais

1) A sucessão de pulsos representada na figura a seguir foi produzida em 1,5 segundos. Determine a frequência e o período da onda.

1) A sucessão de pulsos representada na figura a seguir foi produzida em 1,5 segundos. Determine a frequência e o período da onda. 9º Física Renato Av. Trimestral 08/04/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova contém

Leia mais

Fenómenos ondulatórios

Fenómenos ondulatórios Sumário UNIDADE TEMÁTICA 2. 2- Comunicação de informação a longas distâncias. 2.2- Propriedades das ondas. - Reflexão e refração de ondas. - Leis da reflexão e da refração. - Índice de refração de um meio.

Leia mais

SOM. Para ouvir um som são necessários os seguintes elementos: PROPAGAÇÃO DO SOM

SOM. Para ouvir um som são necessários os seguintes elementos: PROPAGAÇÃO DO SOM SOM O som corresponde à vibração de partículas constituintes de um meio material elástico (onda sonora). Para termos uma sensação sonora é necessário que se produzam, pelo menos, vinte vibrações por segundo

Leia mais

Trabalho do APE da mensal. (Professor: Bob)

Trabalho do APE da mensal. (Professor: Bob) Trabalho do APE da mensal. (Professor: Bob) 1. A sucessão de pulsos representada na figura a seguir foi produzida em 1,5 segundos. Determine a freqüência e o período da onda. 2. Uma piscina tem fundo plano

Leia mais

Como o maestro consegue distinguir tantos sons simultaneamente?

Como o maestro consegue distinguir tantos sons simultaneamente? Como o maestro consegue distinguir tantos sons simultaneamente? http://www.iicnewyork.esteri.it/iic_newyork/webform/..%5c..%5ciicmanager%5cupload%5cimg%5c%5cnewyork%5cfilarmonica_web.jpg Definindo onda

Leia mais

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino

Ondulatória Parte 1. Física_9 EF. Profa. Kelly Pascoalino Ondulatória Parte 1 Física_9 EF Profa. Kelly Pascoalino Nesta aula: Introdução; Ondas mecânicas; Ondas sonoras. INTRODUÇÃO Ondas de vários tipos estão presentes em nossas vidas. Lidamos com os mais diversos

Leia mais

Apostila 8 Setor B. Aulas 37 e 38. Página 150. G n o m o

Apostila 8 Setor B. Aulas 37 e 38. Página 150. G n o m o Apostila 8 Setor B Aulas 37 e 38 FENÔMENOS Página 150 ONDULATÓRIOS G n o m o Frentes de Onda a) Fonte pontual b) Fonte reta Reflexão 1ª lei: o raio incidente, a reta normal no ponto de incidência e o raio

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professoras: Rosimeire Borges 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA DE FÍSICA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES Estudante: Turma: Data: / / Conteúdos: - CAPÍTULO

Leia mais

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. O que é a luz? Como se propaga? Objetivos. Unidade 1 Som e Luz

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. O que é a luz? Como se propaga? Objetivos. Unidade 1 Som e Luz Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade Unidade 1 SOM E LUZ Como se propaga? Objetivos Concluir que a visão dos objetos implica a propagação da luz, em diferentes meios, desde a fonte de luz

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LICEU DE MARACANAÚ TD DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE. ALUNO(a): Nº

COLÉGIO ESTADUAL LICEU DE MARACANAÚ TD DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE. ALUNO(a): Nº COLÉGIO ESTADUAL LICEU DE MARACANAÚ TD DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1º SEMESTRE ALUNO(a): Nº SÉRIE: 2 0 TURMAS: C-D-H-I TURNO: [M] [T] Prof.(s): Diva. 1- A luz amarela se propaga em um determinado vidro com

Leia mais

Prof. Raphael Carvalho

Prof. Raphael Carvalho 1. (Unesp 2012) A luz visível é uma onda eletromagnética, que na natureza pode ser produzida de diversas maneiras. Uma delas é a bioluminescência, um fenômeno químico que ocorre no organismo de alguns

Leia mais

ACÚSTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 05/09/2016 1

ACÚSTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 05/09/2016 1 ACÚSTICA 05/09/2016 1 O QUE É ACÚSTICA? Acústica é o ramo da Física que estuda a propagação das ondas sonoras. O som é originado a partir da vibração da matéria em camadas de compressão e rarefação, sendo

Leia mais

Teste Sumativo 2 C - 11/12/2012

Teste Sumativo 2 C - 11/12/2012 E s c o l a S e c u n d á r i a d e A l c á c e r d o S a l Ano letivo 2012/2013 Ciências Físico-químicas 8º an o Teste Sumativo 2 C - 11/12/2012 Nome Nº Turma 1. O som produzido pelo sino de uma igreja

Leia mais

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios.

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. AULA 19 ONDULATÓRIA 1- INTRODUÇÃO Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. 2- DEFINIÇÃO Onda é qualquer perturbação que se propaga

Leia mais

CURCEP 2015 ACÚSTICA

CURCEP 2015 ACÚSTICA CURCEP 2015 ACÚSTICA FÍSICA B PROF.: BORBA INTRODUÇÃO É o segmento da Física que interpreta o comportamento das ondas sonoras audíveis frente aos diversos fenômenos ondulatórios. ONDA SONORA: Onda mecânica,

Leia mais

Transmissão de informação sob a forma de ondas

Transmissão de informação sob a forma de ondas Transmissão de informação sob a forma de ondas Adaptado da Escola Virtual (Porto Editora) 1 2 1 3 ONDAS: fenómenos de reflexão, absorção e refração Quando uma onda incide numa superfície de separação entre

Leia mais

Abril Educação Ondas sonoras e luminosas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Ondas sonoras e luminosas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Ondas sonoras e luminosas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Explique a diferença entre reflexão difusa e especular. Questão 2 O que são qualidades fisiológicas do

Leia mais

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA

INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA Considerações Iniciais Considerações Iniciais: O que é ONDA??? Perturbação produzida: PULSO O PULSO se movimenta a partir da região onde foi gerado: ONDA A onda se movimenta transferindo

Leia mais

Processo Avaliativo AVP - 4º Bimestre/2016 Disciplina: Física 2ª série EM A Data: Nome do aluno Nº Turma

Processo Avaliativo AVP - 4º Bimestre/2016 Disciplina: Física 2ª série EM A Data: Nome do aluno Nº Turma Processo Avaliativo AVP - 4º Bimestre/2016 Disciplina: Física 2ª série EM A Data: Nome do aluno Nº Turma Atividade Avaliativa: entregar a resolução de todas as questões. 1. (Fuvest 2013) A tabela traz

Leia mais

1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C

1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C 1. (Fuvest 2012) A figura abaixo representa imagens instantâneas de duas cordas flexíveis idênticas, C 1 e C 2, tracionadas por forças diferentes, nas quais se propagam ondas. Durante uma aula, estudantes

Leia mais

O que são s o ondas sonoras? Ondas? Mecânicas? Longitudinais? O que significa?

O que são s o ondas sonoras? Ondas? Mecânicas? Longitudinais? O que significa? Movimento Ondulatório Fisíca Aplicada a Imaginologia - 115 O que são s o ondas sonoras? São ondas mecânicas, longitudinais que podem se propagar em sólidos, líquidos e gases. Ondas? Mecânicas? Longitudinais?

Leia mais

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. Objetivos. O que é a luz? Como se propaga? O que é a luz?

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. Objetivos. O que é a luz? Como se propaga? O que é a luz? Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade Unidade 1 SOM E LUZ Objetivos Como se propaga? Concluir que a visão dos objetos implica a propagação da luz, em diferentes meios, desde a fonte de luz

Leia mais

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 3 FÍSICA

QiD 6 1ª SÉRIE PARTE 3 FÍSICA PARA A VALIDADE DO QiD, AS RESPOSTAS DEVEM SER APRESENTADAS EM FOLHA PRÓPRIA, FORNECIDA PELO COLÉGIO, COM DESENVOLVIMENTO E SEMPRE A TINTA. TODAS AS QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA DEVEM SER JUSTIFICADAS.

Leia mais

A luz propaga-se em linha reta e em todas as direções. - Formação de sombras; - Eclipses.

A luz propaga-se em linha reta e em todas as direções. - Formação de sombras; - Eclipses. A luz propaga-se em linha reta e em todas as direções. - Formação de sombras; - Eclipses. Quando as ondas incidem numa superfície de separação entre dois meios, verifica-se que parte da sua energia é refletida,

Leia mais

Fenómenos Ondulatórios

Fenómenos Ondulatórios Fenómenos Ondulatórios Fenómenos Ondulatórios a) Reflexão b) Refração c) Absorção Reflexão da onda: a onda é devolvida para o primeiro meio. Transmissão da onda: a onda continua a propagar-se no segundo

Leia mais

CIÊNCIAS 9 ANO PROF.ª GISELLE PALMEIRA PROF.ª MÁRCIA MACIEL ENSINO FUNDAMENTAL

CIÊNCIAS 9 ANO PROF.ª GISELLE PALMEIRA PROF.ª MÁRCIA MACIEL ENSINO FUNDAMENTAL CIÊNCIAS 9 ANO PROF.ª MÁRCIA MACIEL ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª GISELLE PALMEIRA REVISÃO Unidade IV Ser humano e saúde 2 REVISÃO Aula 24.1 Revisão e Avaliação 3 REVISÃO 1 A Ciência do movimento Vamos observar

Leia mais

Lista Aula 24. É (são) verdadeira(s): a) todas b) nenhuma c) somente II d) II e III e) somente III

Lista Aula 24. É (são) verdadeira(s): a) todas b) nenhuma c) somente II d) II e III e) somente III 1. (Uece 2015) Dentre as fontes de energia eletromagnéticas mais comumente observadas no dia a dia estão o Sol, os celulares e as antenas de emissoras de rádio e TV. A característica comum a todas essas

Leia mais

LISTA 13 Ondas Eletromagnéticas

LISTA 13 Ondas Eletromagnéticas LISTA 13 Ondas Eletromagnéticas 1. Não é radiação eletromagnética: a) infravermelho. b) ultravioleta. c) luz visível. d) ondas de rádio. e) ultra-som. 2. (UFRS) Das afirmações que se seguem: I. A velocidade

Leia mais

Raios de luz: se propagam apenas em uma. direção e em um sentido

Raios de luz: se propagam apenas em uma. direção e em um sentido A luz é uma onda eletromagnética, cujo comprimento de onda se inclui num determinado intervalo dentro do qual o olho humano é a ela perceptível. O seu estudo é a base da óptica. Raios de luz: se propagam

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 9. Refração. Página 321. Gnomo

Apostila 2. Capítulo 9. Refração. Página 321. Gnomo Apostila 2 Capítulo 9 Página 321 Refração Refração Refração da luz é a passagem da luz de um meio para outro, acompanhada de variação em sua velocidade de propagação. O que caracteriza a refração é a variação

Leia mais

1-A figura 1 a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água.

1-A figura 1 a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água. REFRAÇÃO- LEI DE SNELL DESCARTES -A figura a seguir mostra um feixe de luz incidindo sobre uma parede de vidro que separa o ar da água. Os índices de refração são,00 para o ar,,50 para vidro e,33 para

Leia mais

ONDAS. Ondas Longitudinais: Ondas Transversais: Ondas Eletromagnéticas: Ondas Mecânicas:

ONDAS. Ondas Longitudinais: Ondas Transversais: Ondas Eletromagnéticas: Ondas Mecânicas: ONDAS Uma onda é uma perturbação oscilante de alguma grandeza física no espaço e periódica no tempo. Fisicamente, uma onda é um pulso energético que se propaga através do espaço ou através de um meio (líquido,

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº ÓPTICA GEOMÉTRICA REFRAÇÃO

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 2 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº ÓPTICA GEOMÉTRICA REFRAÇÃO Sala de Estudos FÍSICA - Lucas trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº ÓPTICA GEOMÉTRICA REFRAÇÃO 1. (Puccamp 1995) Um feixe de luz monocromática, que se propaga no meio 1 com velocidade

Leia mais

01. Se uma régua passa a tocar a água 20 vezes em cada 5,0 segundos, então essa mudança provocará uma alteração: a) na frequência da onda e em seu

01. Se uma régua passa a tocar a água 20 vezes em cada 5,0 segundos, então essa mudança provocará uma alteração: a) na frequência da onda e em seu 01. Se uma régua passa a tocar a água 20 vezes em cada 5,0 segundos, então essa mudança provocará uma alteração: a) na frequência da onda e em seu comprimento de onda; b) na velocidade e na frequência

Leia mais

Exercícios REFRAÇÃO 2

Exercícios REFRAÇÃO 2 Exercícios REFRAÇÃO 2 1.(UFPR) Descartes desenvolveu uma teoria para explicar a formação do arcoíris com base nos conceitos da óptica geométrica. Ele supôs uma gota de água com forma esférica e a incidência

Leia mais

Física. Leo Gomes (Vitor Logullo) Ondas

Física. Leo Gomes (Vitor Logullo) Ondas Ondas Ondas 1. Uma onda sonora e outra onda luminosa monocromática, após se propagarem no ar, sofrem refração ao passarem do ar para o vidro. Esquematize suas trajetórias, justificando. 2. Um pincel de

Leia mais

Relação entre comprimento de onda e frequência.

Relação entre comprimento de onda e frequência. Espectro Eletromagnético. Relação entre comprimento de onda e frequência. Relação entre comprimento de onda e frequência. FENÔMENOS ONDULATÓRIOS Reflexão Refração Difração Interferência Batimento Ressonância

Leia mais

Professora Bruna CADERNO 1. Capítulo 4. Fenômenos Ópticos: Refração, Absorção e Dispersão da Luz

Professora Bruna CADERNO 1. Capítulo 4. Fenômenos Ópticos: Refração, Absorção e Dispersão da Luz CADERNO 1 Capítulo 4 Fenômenos Ópticos: Refração, Absorção e Dispersão da Luz FENÔMENOS ÓPTICOS No capítulo anterior demos início ao estudo dos fenômenos ópticos. Um fenômeno óptico ocorre quando a luz

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VILA FRANCA DO CAMPO CURSO VOCACIONAL ANO LETIVO 2016/2017. Módulo I. Som e Luz MARILIA CARMEN DA SILVA SOARES

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VILA FRANCA DO CAMPO CURSO VOCACIONAL ANO LETIVO 2016/2017. Módulo I. Som e Luz MARILIA CARMEN DA SILVA SOARES ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VILA FRANCA DO CAMPO ANO LETIVO Módulo I Som e Luz MARILIA CARMEN DA SILVA SOARES APONTAMENTOS O SOM O som resulta da vibração dos corpos. Para que possamos ouvir o som produzido

Leia mais

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR REFRAÇÃO

Física PRÉ VESTIBULAR / / Aluno: Nº: Turma: PRÉ-VESTIBULAR REFRAÇÃO PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: REFRAÇÃO 01 (UFPR) Descartes desenvolveu uma teoria para explicar a formação do arco-íris com base nos conceitos da óptica geométrica Ele supôs

Leia mais

Ondas. Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio.

Ondas. Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio. Ondas Ondas Denomina-se onda o movimento causado por uma perturbação que se propaga através de um meio. Uma onda transmite energia sem o transporte de matéria. Classificação Quanto à natureza Ondas mecânicas:

Leia mais

Comunicação de informação a longas distâncias

Comunicação de informação a longas distâncias APSA Fenómenos ondulatórios Questão 1: Considere as seguintes superfícies onde incide a luz: espelho, parede, vidro muito polido, folha de papel. Indique em qual predomina a reflexão especular e a reflexão

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Fenômenos Ondulatórios 1. (Enem 2010) As ondas eletromagnéticas, como a luz visível e as ondas de

Leia mais

LISTA 2 ESPELHOS PLANOS (MÓD. 3 E 4)

LISTA 2 ESPELHOS PLANOS (MÓD. 3 E 4) 1. (Epcar (Afa) 2016) Considere um objeto formado por uma combinação de um quadrado de aresta a cujos vértices são centros geométricos de círculos e quadrados menores, como mostra a figura abaixo. Colocando-se

Leia mais

CONCEITOS GERAIS 01. LUZ. c = km/s. c = velocidade da luz no vácuo. Onda eletromagnética. Energia radiante

CONCEITOS GERAIS 01. LUZ. c = km/s. c = velocidade da luz no vácuo. Onda eletromagnética. Energia radiante CONCEITOS GERAIS 01. LUZ Onda eletromagnética Energia radiante c = 300.000 km/s c = velocidade da luz no vácuo (01) Um raio laser e um raio de luz possuem, no vácuo, a mesma velocidade OBSERVAÇÕES Todas

Leia mais

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície.

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. Tudo ao nosso redor oscila!!! As principais formas de oscilação são: Ondas Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. O que é um pêndulo? Um corpo suspenso por um fio, afastado da posição de equilíbrio

Leia mais

Definição de Onda. Propriedade fundamental das ondas

Definição de Onda. Propriedade fundamental das ondas Apostila 7 Setor B Aulas 33 a 35 Página 147 Ondulatória Definição de Onda Onda é qualquer perturbação que se propaga através de um meio. Propriedade fundamental das ondas Uma onda transmite energia, sem

Leia mais

Física B Extensivo V. 6

Física B Extensivo V. 6 xtensivo V. 6 Resolva.0) C Aula.0) A v. f 3. 0 8.,5. 0 5.0) C 8 3. 0 5,. 0 5. 0 7 m 0, m Aula.0) B v.. f 340. (0,68. 0 3 ) 34. 0 68. 0 0,5 m onto nodal interferência destrutiva I 4.. x 900 56 4.( 34, ).x

Leia mais

Exercícios Refração -1.

Exercícios Refração -1. Exercícios Refração -1. 1. Um raio luminoso vindo do vidro vai em direção ao ar sabendo que o ângulo de incidência é de 60º é correto afirmar: Dados: (índice de refração do vidro, n=2) (índice de refração

Leia mais

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS Lista de Exercícios de Física / 1º ano De sonhos e Professor(a): Renan Oliveira Data: / / 2016. Aluno(a): 1. (FUVEST SP/2014) Um prisma triangular desvia um feixe

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data!

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

PROPAGAÇÃO ELETROMAGNÉTICA

PROPAGAÇÃO ELETROMAGNÉTICA PROPAGAÇÃO LTROMAGNÉTICA LONARDO GURRA D RZND GUDS PROF. DR. ONDA LTROMAGNÉTICA As ondas de rádio que se propagam entre as antenas transmissora e receptora são denominadas de ondas eletromagnéticas Transmissor

Leia mais

COLÉGIO SHALOM. Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física

COLÉGIO SHALOM. Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física COLÉGIO SHALOM Trabalho de recuperação Ensino Médio 2º Ano Profº: Wesley da Silva Mota Física Entrega na data da prova Aluno (a) :. No. 01-(Ufrrj-RJ) A figura a seguir mostra um atleta de ginástica olímpica

Leia mais

Ondas. Definição: Onda é uma perturbação de partículas de um meio ou cargas elétricas, sendo uma propagação de energia sem o transporte de matéria.

Ondas. Definição: Onda é uma perturbação de partículas de um meio ou cargas elétricas, sendo uma propagação de energia sem o transporte de matéria. Ondas Quando batemos na superfície da água formam-se ondas que se propagam em todas as direções. Ocorre o mesmo quando um alto falante bate no ar da atmosfera ou então quando batemos em uma corda. Essas

Leia mais

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site:

Av. Higienópolis, 769 Sobre Loja Centro Londrina PR. CEP: Fones: / site: ONDULATÓRIA Chamamos de ondulatória a parte da física que é responsável por estudar as características e propriedades em comum dos movimentos das ondas. Podemos classificar como uma onda, qualquer perturbação

Leia mais

Comportamento da Onda Sonora:

Comportamento da Onda Sonora: Universidade de São Paulo Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Tecnologia da Arquitetura AUT 0278 - Desempenho Acústico, Arquitetura e Urbanismo Comportamento Sonoro Ranny L. X. N. Michalski

Leia mais

Física. Setor A. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 23 (pág. 78) AD TM TC. Aula 24 (pág. 79) AD TM TC. Aula 25 (pág.

Física. Setor A. Índice-controle de Estudo. Prof.: Aula 23 (pág. 78) AD TM TC. Aula 24 (pág. 79) AD TM TC. Aula 25 (pág. Física Setor A Prof.: Índice-controle de Estudo Aula 3 (pág. 78) AD M C Aula (pág. 79) AD M C Aula 5 (pág. 79) AD M C Aula 6 (pág. 8) AD M C Aula 7 (pág. 8) AD M C Aula 8 (pág. 83) AD M C Revisanglo Semi

Leia mais

Ondas. A propagação de uma onda não transporta matéria e sim energia.

Ondas. A propagação de uma onda não transporta matéria e sim energia. Ondas Seja um meio material qualquer em que associamos, a cada um de seus pontos, uma ou mais grandezas físicas. Quando alteramos pelo menos uma dessas grandezas, dizemos que o meio está sofrendo uma perturbação.

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web 1. (Ulbra 016) Um objeto está à frente de um espelho e tem sua imagem aumentada em quatro vezes e projetada em uma tela que está a,4 m do objeto, na sua horizontal. Que tipo de espelho foi utilizado e

Leia mais

Exercícios de ondas 4 Período de Engenharia Civil UNIPAC TO Professor Arnon Rihs Acesse: Canal youtube: Arnon Rihs

Exercícios de ondas 4 Período de Engenharia Civil UNIPAC TO Professor Arnon Rihs Acesse:  Canal youtube: Arnon Rihs Exercícios de ondas 4 Período de Engenharia Civil UNIPAC TO Professor Arnon Rihs Acesse: www.professorarnon.com Canal youtube: Arnon Rihs Seis defeitos devem ser evitados por um homem que busca a prosperidade

Leia mais

LUZ. A luz é uma forma de energia, que tem origem nos corpos luminosos e que se propaga em todas as direções.

LUZ. A luz é uma forma de energia, que tem origem nos corpos luminosos e que se propaga em todas as direções. LUZ A luz é uma forma de energia, que tem origem nos corpos luminosos e que se propaga em todas as direções. CORPOS LUMINOSOS São corpos que emitem luz. CORPOS ILUMINADOS São corpos que recebem luz e a

Leia mais

EXERCÍCIOS DA SALVAÇÃO

EXERCÍCIOS DA SALVAÇÃO EXERCÍCIOS DA SALVAÇÃO 1. (Ufrj) Um raio luminoso que se propaga no ar "n(ar) =1" incide obliquamente sobre um meio transparente de índice de refração n, fazendo um ângulo de 60 com a normal. Nessa situação,

Leia mais

ONDULATÓRIA ONDA perturbação que se propaga em um meio transferir energia sem transportar matéria.

ONDULATÓRIA ONDA perturbação que se propaga em um meio transferir energia sem transportar matéria. ONDULATÓRIA Entender o comportamento das ondas é fundamental para entender boa parte da natureza que nos cerca, uma vez que, muito dos fenômenos que nos cercam, tem comportamento ondulatório. Por exemplo:

Leia mais

3 - Na figura a seguir, está esquematizado um aparato experimental que é utilizado. 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro

3 - Na figura a seguir, está esquematizado um aparato experimental que é utilizado. 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro 1 - Dois raios de luz, um vermelho (v) e outro azul (a), incidem perpendicularmente em pontos diferentes da face AB de um prisma transparente imerso no ar. No interior do prisma, o ângulo limite de incidência

Leia mais

Apostila de Física 33 Introdução à Óptica Geométrica

Apostila de Física 33 Introdução à Óptica Geométrica Apostila de Física 33 Introdução à Óptica Geométrica 1.0 Definições Raios de luz Linhas orientadas que representam, graficamente, a direção e o sentido de propagação da luz. Conjunto de raios de luz Feixe

Leia mais

8.2. Na extremidade de uma corda suficientemente longa é imposta uma perturbação com frequência f = 5 Hz que provoca uma onda de amplitude

8.2. Na extremidade de uma corda suficientemente longa é imposta uma perturbação com frequência f = 5 Hz que provoca uma onda de amplitude Constantes Velocidade do som no ar: v som = 344 m /s Velocidade da luz no vácuo c = 3 10 8 m/s 8.1. Considere uma corda de comprimento L e densidade linear µ = m/l, onde m é a massa da corda. Partindo

Leia mais

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios.

ONDULATÓRIA. Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. AULA 19 ONDULATÓRIA 1- INTRODUÇÃO Neste capítulo vamos definir e classificar as ondas quanto à sua natureza e estudar alguns fenômenos ondulatórios. 2- DEFINIÇÃO Onda é qualquer perturbação que se propaga

Leia mais

ASSUNTO: Produção e Propagação de Ondas Eletromagnéticas.

ASSUNTO: Produção e Propagação de Ondas Eletromagnéticas. UNIDADES DE TRANSMISSÃO 1 QUESTIONÁRIO DA UNIDADE I ASSUNTO: Produção e Propagação de Ondas Eletromagnéticas. Nome: N o : Turma: Para cada período mencionado, analise seu conteúdo e marque " F " para uma

Leia mais

Física Legal.NET - O seu site de Física na Internet

Física Legal.NET - O seu site de Física na Internet 11. (Fei 97) A luz solar se propaga e atravessa um meio translúcido. Qual das alternativas a seguir representa o que acontece com a propagação dos raios de luz? 12. (Fuvest 93) A luz solar penetra numa

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor: Mario Borges Disciplina: Física Turma: 3ª Série Ensino Médio Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

PRINCÍPIOS DA ÓPTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 10/10/2016 1

PRINCÍPIOS DA ÓPTICA. Professor Paulo Christakis, M.Sc. 10/10/2016 1 PRINCÍPIOS DA ÓPTICA 10/10/2016 1 O QUE É A LUZ? A luz é uma forma de energia que não necessita de um meio material para se propagar. A luz do Sol percorre a distância de 150 milhões de quilômetros com

Leia mais

Na outra, os espelhos planos são perpendiculares entre si, ambos formando 45 com a horizontal, como mostra a figura 2.

Na outra, os espelhos planos são perpendiculares entre si, ambos formando 45 com a horizontal, como mostra a figura 2. 1) (Ita) Um raio de luz de uma lanterna acesa em A ilumina o ponto B, ao ser refletido por um espelho horizontal sobre a semireta DE da figura, estando todos os pontos num mesmo plano vertical. Determine

Leia mais

Ondulatória(Parte 1) Básico

Ondulatória(Parte 1) Básico Questão 01 - (UFRJ) Um brinquedo muito divertido é o telefone de latas. Ele é feito com duas latas abertas e um barbante que tem suas extremidades presas às bases das latas. Para utilizá-lo, é necessário

Leia mais

PROFESSORA: Bárbara. c) a difração. d) o arco-íris.

PROFESSORA: Bárbara. c) a difração. d) o arco-íris. NOME: TURMA: 1T2 Nº PROFESSORA: Bárbara AVALIAÇÃO DE: Física NOTA do Trabalho 1. (FUVEST) Suponha que exista um outro universo no qual há um planeta parecido com o nosso, com a diferença de que a luz visível

Leia mais

Ondas (Aula 1) Prof. Ettore Baldini-Neto

Ondas (Aula 1) Prof. Ettore Baldini-Neto Ondas (Aula 1) Prof. Ettore Baldini-Neto Tipos de ondas: Ondas mecânicas: Ondas sonoras, sísmicas, na água. São governadas pelas leis da mecânica e propagam-se em meios materiais: rochas, cordas, ar, água.

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Introdução à Ondulatória

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Introdução à Ondulatória Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Introdução à Ondulatória 1. (G1 - ifpe 2012) A figura a seguir representa um trecho de uma onda

Leia mais

Física. Leonardo Gomes (Arthur Vieira) 27 e Refração da Luz

Física. Leonardo Gomes (Arthur Vieira) 27 e Refração da Luz Refração da Luz Refração da Luz 1. Um raio de luz monocromática passa do meio 1 para o meio 2 e deste para o meio 3. Sua velocidade de propagação relativa aos meios citados é v 1, v 2 e v 3, respectivamente.

Leia mais

Estudo das ondas. Modelo corpuscular de transferência de energia. v 1. v = 0. v 2. Antes do choque. Depois do choque

Estudo das ondas. Modelo corpuscular de transferência de energia. v 1. v = 0. v 2. Antes do choque. Depois do choque Estudo das ondas Estudo das ondas Modelo corpuscular de transferência de energia v = 0 v 1 v v 2 Antes do choque Depois do choque Estudo das ondas Modelo ondulatório A Pulso da onda B Modelo ondulatório

Leia mais

Fenômenos Ondulatórios e Acústica

Fenômenos Ondulatórios e Acústica Fenômenos Ondulatórios e Acústica Ondas Sonoras Som é uma forma de energia que se propaga através de um meio em forma de onda mecânica longitudinal. I. O som não se propaga no vácuo. II. As ondas sonoras

Leia mais

Física B Extensivo V. 5

Física B Extensivo V. 5 Física B Extensivo V. 5 Exercícios 0) B Porque o que se transporta é a perturbação, e não matéria. 0) E Uma onda é uma pertubação que se propaga através de um meio e que, durante sua propagação, transmite

Leia mais

Forma de energia radiante capaz de sensibilizar nossos órgãos visuais. Compreende a região do espectro eletromagnético do vermelho até o violeta.

Forma de energia radiante capaz de sensibilizar nossos órgãos visuais. Compreende a região do espectro eletromagnético do vermelho até o violeta. Forma de energia radiante capaz de sensibilizar nossos órgãos visuais. Compreende a região do espectro eletromagnético do vermelho até o violeta. Propaga-se, no vácuo, com velocidade de 3.10 5 km/s.(ou

Leia mais

Meios transparentes Meios translúcidos Meios opacos

Meios transparentes Meios translúcidos Meios opacos ÓPTICA O que é luz? Definimos costumeiramente luz como sendo a faixa visível do espectro eletromagnético. A Óptica irá, portanto, estudar o comportamento da luz e os fenômenos que ocorrem com ela em diferentes

Leia mais

Recuperação de Física Giovanni LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA

Recuperação de Física Giovanni LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA Nome: nº Ano: Recuperação de Física Giovanni LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA 1 - A luz vermelha se propaga no vácuo com velocidade 3.10 8 m/s e no vidro com velocidade de 2,5.10 8 m/s.um raio de luz que

Leia mais

3ª Série / Vestibular

3ª Série / Vestibular 3ª Série / Vestibular 21. Considere dois corpos A e B de mesma massa de substâncias diferentes. Cedendo a mesma quantidade de calor para os dois corpos, a variação de temperatura será maior no corpo: (A)

Leia mais

FENÔMENOS LUMINOSOS PARTE 1. CONTEÚDOS Propagação retilínea da luz Reflexão da luz Refração da luz

FENÔMENOS LUMINOSOS PARTE 1. CONTEÚDOS Propagação retilínea da luz Reflexão da luz Refração da luz FENÔMENOS LUMINOSOS PARTE 1 CONTEÚDOS Propagação retilínea da luz Reflexão da luz Refração da luz AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS Já sabemos que a luz pode ser tratada como uma onda eletromagnética. Neste

Leia mais

20/01/2014 ONDAS 1. INTRODUÇÃO

20/01/2014 ONDAS 1. INTRODUÇÃO ONDAS 1. INTRODUÇÃO Quando uma pessoa liga um aparelho de rádio ou de televisão, imediatamente recebe a mensagem emitida pela estação de rádio ou TV (música, voz do locutor, imagens). Esses aparelhos foram

Leia mais

www.fisicanaveia.com.br www.fisicanaveia.com.br/cei Conceitos Fundamentais 1 ciclo 1 ciclo Amplitude (A) da onda é a amplitude do MHS associado à onda, ou seja, a amplitude com que os pontos do meio oscilam.

Leia mais

29/05/14. Exemplos : Ondas em cordas, ondas na superfície de um líquido, ondas sonoras, etc.

29/05/14. Exemplos : Ondas em cordas, ondas na superfície de um líquido, ondas sonoras, etc. Classificação das ondas Natureza Ondas Mecânicas Ondas Eletromagnéticas Modo de vibração Transversais Longitudinais Dimensão Unidimensionais Bidimensionais Tridimensionais Natureza das ondas Natureza das

Leia mais

QiD 5 1ª SÉRIE PARTE 3 QUÍMICA

QiD 5 1ª SÉRIE PARTE 3 QUÍMICA QiD 5 1ª SÉRIE PARTE 3 QUÍMICA 1. (1,0) Caulinização - É o processo natural de formação do caulim, o qual consiste na alteração de rochas, in situ, característico de regiões de clima tropical (quente e

Leia mais

Física. Prof. Edelson Moreira

Física. Prof. Edelson Moreira Física Prof. Edelson Moreira FENÔMENOS ONDULATÓRIOS Os fenômenos ondulatórios mais comuns são: REFLEXÃO: ocorre quando uma onda incide sobre um obstáculo e retorna ao meio original de propagação. A onda

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3º Teste sumativo de FQA 14. Dez Versão 1

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3º Teste sumativo de FQA 14. Dez Versão 1 ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3º Teste sumativo de FQA 14. Dez. 2015 Versão 1 11º Ano Turma A e B Duração da prova: 90 minutos. Este teste é constituído por 10 páginas e termina na palavra FIM Nome:

Leia mais

TC 2 Revisão ENEM Física Prof. João Paulo

TC 2 Revisão ENEM Física Prof. João Paulo Colégio Ari de Sá TC 2 Revisão ENEM Física Prof. João Paulo 1ª.questão (ENEM 2009 / Prova cancelada) Em grandes metrópoles, devido a mudanças na superfície terrestre asfalto e concreto em excesso, por

Leia mais

André Ito ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

André Ito ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina Física Curso Professor Ensino Médio André Ito ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 3ª E.M. Número: 1 - Conteúdo: Introdução ao estudo de ondas, os fenômenos ondulatórios

Leia mais

Exercícios ÓPTICA GEOMÉTRICA -1.

Exercícios ÓPTICA GEOMÉTRICA -1. Exercícios ÓPTICA GEOMÉTRICA -1. 1.Sobre os conceitos fundamentais da Óptica, é correto afirmar que a) quanto mais afastado está um objeto de uma câmara escura menor é a sua imagem dentro da mesma. b)

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 3

LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 3 LISTA DE EXERCÍCIOS Nº 3 Questões 1) Na Figura 1, três longos tubos (A, B e C) são preenchidos com diferentes gases em diferentes pressões. A razão entre o módulo da elasticidade volumar e a densidade

Leia mais

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO. Revisão: Campos se criam mutuamente. Prof. André L. C.

ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO. Revisão: Campos se criam mutuamente. Prof. André L. C. ONDAS ELETROMAGNÉTICAS:3 Prof. André L. C. Conceição DAFIS CAPÍTULO 33 HALLIDAY, RESNICK. 8ª EDIÇÃO Ondas eletromagnéticas Revisão: Campos se criam mutuamente Lei de indução de Faraday: Lei de indução

Leia mais

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. Reflexão da Luz e Espelhos. Objetivos. Unidade 1 Som e Luz

Unidade 1 SOM E LUZ. Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade. Reflexão da Luz e Espelhos. Objetivos. Unidade 1 Som e Luz Ciências Físico-químicas - 8º ano de escolaridade Unidade 1 SOM E LUZ Reflexão da Luz e Espelhos Objetivos Interpretar e reconhecer a importância da reflexão e difusão da luz. Distinguir e reconhecer a

Leia mais

Comunicações Ópticas. Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc.

Comunicações Ópticas. Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc. Comunicações Ópticas Profº: Cláudio Henrique Albuquerque Rodrigues, M. Sc. Corpos luminosos e Corpos iluminados O Sol, as estrelas, uma lâmpada ou uma vela, acesas, são objetos que emitem luz própria,

Leia mais

Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia

Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia Fundamentos físicos da Sismoestratigrafia Ondas em meios sólidos elásticos Uma onda é uma perturbação da matéria que se propaga em uma direção, ou seja, as partículas em um determinado ponto de um meio

Leia mais