Instrumento para a Avaliação da Qualidade de Objetos de Aprendizagem. [ perspectiva do usuário ]

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instrumento para a Avaliação da Qualidade de Objetos de Aprendizagem. [ perspectiva do usuário ]"

Transcrição

1 Instrumento para a Avaliação da Qualidade de Objetos de Aprendizagem [ perspectiva do usuário ] Gilda Helena Bernardino de Campos Igor Martins Bernardo Pereira Nunes COORDENAÇÃO CENTRAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PUC-RIO JUNHO.2008

2 Prezados colegas, O instrumento apresentado a seguir surgiu da necessidade de proceder à avaliação entre os pares participantes do Programa CONDIGITAL SEED-MEC. O instrumento está em sua versão 5.0 e solicitamos a todos os que façam uso dele que nos enviem sugestões. O preenchimento é simples, bastando selecionar um dos itens da escala apresentada em cada indicador. Encaminhamos, em anexo, uma planilha já programada para realizar o somatório de cada mídia e da parte de requisitos gerais. Desde já, agradecemos a colaboração, Gilda Helena Bernardino de Campos Igor Martins Bernardo Pereira Nunes

3 REQUISITOS GERAIS SOFTWARE, VÍDEO e ÁUDIO Aspectos Indicadores Métrica Comentários Ambiente Educacional Pertinência ao Programa Curricular Aspectos Didáticos Avalia a possibilidade de identificação do modelo de aprendizagem adotado. Avalia adequação e pertinência ao contexto educacional. Avalia a facilidade de uso dos aspectos motivacionais e respeito às individualidades. Avalia a clareza dos conteúdos. Avalia a correção dos conteúdos. Avalia os recursos motivacionais. Avalia a adequação do vocabulário de acordo com o público-alvo. Avalia a carga informacional. Avalia a integração dos objetos com outros recursos. Avalia a gestão de erros. Facilidade de Memorização Documentação do Usuário Requisito Técnico Total Avalia a facilidade dos usuários em memorizar informações importantes para o seu uso. Avalia se a documentação sobre uso e acesso ao objeto é de fácil compreensão e se os guias didáticos são eficientes. Avalia a possibilidade de exibição na web.

4 REQUISITOS ESPECÍFICOS VÍDEO Aspectos Indicadores Métrica Comentários Requisitos Técnicos Há harmonia entre as cores, fontes, animações, vinhetas e outros recursos digitais. Apresenta boa captação de som. Apresenta boa captação de imagem. Requisitos Pedagógicos Utiliza formatos variados: documentários, animação, ficção entre outros. A trilha sonora é adequada ao tema. Aborda os conteúdos de forma lógica, ordenada e seqüencial. Apresenta linguagem adequada ao nível do ensino proposto. Apresenta conteúdo contextualizado e coerente com a área e o nível de ensinos propostos. Apresenta originalidade, variedade e profundidade das estratégias de abordadas. Apresenta rigor cientifico dos conhecimentos transmitidos. Contempla a diversidade de sotaques, vocabulários e costumes regionais. Há identificação por área do conhecimento e componente(s) curricular(es). Há identificação por nível(is) de ensino. Favorece a interdisciplinaridade. Gerais de Vídeo Total Final Faz referência ao universo cotidiano dos alunos, em uma perspectiva de formação e de cidadania. O programa é apresentado de forma lúdica, desafiadora e clara. Os aspectos de linguagem podem estimular o interesse dos alunos e professores. Preocupa-se com a estética aliada ao conteúdo. Recorre à exemplificação e analogias sempre que possível.

5 REQUISITOS ESPECÍFICOS ÁUDIO Aspectos Indicadores Métrica Comentários Requisitos Técnicos Requisitos Pedagógicos Apresenta adequação ao formato radiofônico. Utiliza formatos variados como novela, reportagens e/ ou documentários. Aborda os conteúdos de forma lógica, ordenada e seqüencial. Apresenta linguagem adequada ao nível do ensino proposto. Apresenta conteúdo contextualizado e coerente com a área e o nível de ensinos propostos. Apresenta originalidade, variedade e profundidade das estratégias de abordadas. Apresenta rigor científico dos conhecimentos transmitidos. Contempla a diversidade de sotaques, vocabulários e costumes regionais. Está identificado por área(s) do conhecimento e componentes(s) curricular(es). Está identificado por nível(is) de ensino. Favorece a interdisciplinaridade. Gerais de ÁUDIo Total Final Faz referência ao universo cotidiano dos alunos, em uma perspectiva de formação e de cidadania. O tema é apresentado de forma lúdica, desafiadora e clara. Os aspectos de linguagem estimulam o interesse dos alunos e professores. Preocupa-se com a estética aliada ao conteúdo. Recorre a exemplificações e analogias sempre que possível.

6 REQUISITOS ESPECÍFICOS SOFTWARE Aspectos Indicadores Métrica Comentários Navegação Livre Clareza das Informações Facilidade de Localização das Informações Pertinência Contextualização Correção de Conteúdo Múltiplas Janelas Facilidade de Aprendizagem da Interação Eficiência de Utilização Permite ao leitor navegar livremente pelos nós, ou seja, o leitor deve possuir o controle da seqüenciação durante a utilização do software. Enfoca apenas um conceito básico. É interessante que cada conceito seja abordado de maneira clara e, de preferência, em uma única janela, facilitando o entendimento das informações. Possui mecanismos que facilitam a localização da informação. É importante que o usuário tenha informação sobre o que existe no software e como ele está organizado. Para isto é preciso que existam mecanismos que apresentem formas de localização tais como mapas globais, mapas locais, mapas de contexto, mapas de trilha, índices, entre outros. Avalia se o conteúdo é apresentado de forma lógica. Avalia se o conteúdo está adequado e coerente com a área e o nível de ensinos propostos. Avalia o rigor cientifico dos conhecimentos transmitidos. Abre várias janelas simultaneamente, se necessário. Isto não é uma regra, pois a abertura de múltiplas janelas sobrepostas também pode confundir o leitor. Contudo, em certas situações torna-se interessante apresentar informações parcialmente sobrepostas. Compreender rapidamente a interação no software. A estrutura do software e sua navegação devem ser de fácil entendimento pelo usuário. Navegação apenas por informações relevantes ao propósito do software. Evidenciar somente os comandos necessários.

7 Facilidade de Retorno Ergonomia Estética Uso de Marcas Especiais Utilização de Recursos Audiovisuais Referências Interatividade Gestão de Erros Retorno fácil a localizações anteriores. Muitas vezes, durante a navegação em um software, pode ocorrer o caso onde o leitor decide seguir ligações que o conduzam a informações inesperadas e/ou indesejadas. Neste caso, o software deve possibilitar o retorno fácil. Manutenção da interação e da apresentação de forma uniforme em todas as telas. A uniformidade dos recursos utilizados na navegação (ex.: botões e ícones localizados sempre na mesma posição) permite ao usuário uma familiarização com o software de forma mais eficiente. Avalia se o objeto possui padrões de interface adequados ao conteúdo. Utilização de marcas especiais como cores, molduras e outras para facilitar o reconhecimento do contexto em que se encontra. É interessante que, ao mudar de contexto durante a navegação pelo software, o leitor receba indicações visuais a respeito do ponto em que se encontra, facilitando a sua orientação. Apresenta recursos audiovisuais de forma adequada. Apresentação das fontes de seu conteúdo e das informações de seu autor. Interação com o software. Há evidências de que o aluno aprende mais quando participa ativamente do processo de aprendizado, e não fica apenas passivamente recebendo informações. Avalia os mecanismos que permitem evitar ou reduzir a ocorrência de erros, e quando eles ocorrem, estes mecanismos devem favorecer a sua correção. Inclui proteção contra erros, qualidade das mensagens de erro e correção dos erros e reversão fácil das ações. REQUISITOS ESPECÍFICOS SOFTWARE

8 Ajuda aos Usuários Qualidade da Informação Robustez Portabilidade Previsão de Atualizações Gerais de SOFTWARE Total Final Avalia a disponibilidade de auxílio. Avalia conteúdos corretos, fontes fidedignas, carga informacional compatível. Avalia a resistência do objeto a interações inadequadas. Funcionamento adequado em diferentes browsers. Avalia se o objeto foi implementado atendendo ao padrão SCORM. REQUISITOS ESPECÍFICOS SOFTWARE

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. Araribá Geografia Araribá Geografia Material do Professor

Leia mais

- -

-  - MÓDULO DE AVALIAÇÃO DE SOFTWARES AVALIADOR: DATA: / / SOFTWARE AVALIADO: VERSÃO AVALIADA: Por favor, responda as questões a seguir, conforme indicação da legenda: Legenda S: Sim P - : Parcialmente com

Leia mais

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA.

PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA. PORTAL PARA FORMAÇÃO DO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA http://pacto.portalceel.com.br 2013 O portal para formação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa apresenta informações

Leia mais

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO Programa da Disciplina Multimídia conceitos, comunicação homemmáquina. Autoria produção de diversos tipos de aplicativos multimídia, examinando-se as alternativas

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2016 Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04 / 10 /2012 Etec Professora Ermelinda Giannini Teixeira

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle

Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle Moodle para Professores e Equipes de Apoio (MOOD-PROF) Entenda as peculiaridades da EAD e aprenda a utilizar o Moodle 14 de agosto a 15 de outubro de 2006 Objetivo Geral Os participantes terão uma visão

Leia mais

Propostas e projetos para o ensino de física

Propostas e projetos para o ensino de física Propostas e projetos para o ensino de física Análise: Física Integração e Tecnologia X Coleção Ser Protagonista Integrantes: Jorge Eduardo Ribeiro, Fernanda Ribeiro e Evandro Nonato Analise do Livro Física

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 01 O que é multimídia? Prof. Daniel Hasse Livro - Multimídia: conceitos e aplicações Os principais conceitos da tecnologia da multimídia serão abordados

Leia mais

QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS

QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS QUEM SOMOS Somos uma produtora de audio visual especializada em conteúdo corporativo. Há mais de 10 anos atuamos no mercado brasileiro e do exterior, como principal caracteristica, a diversidade nos negócios,

Leia mais

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula

CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula CURSO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM Lisiane Cristina Amplatz CRTE Toledo AULA 1 Busca de materiais pedagógicos na Internet e sua aplicação em sala de aula Navegando pelo Portal Dia a dia Educação www.diaadia.pr.gov.br

Leia mais

SSC-546 Avaliação de Sistemas Computacionais

SSC-546 Avaliação de Sistemas Computacionais QUALIDADE DE PACOTE DE SOFTWARE SSC-546 Avaliação de Sistemas Computacionais Profa. Rosana Braga (material profas Rosely Sanches e Ellen F. Barbosa) Qualidade de Produto de Software Modelo de Qualidade

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. ABERTURA DE UNIDADE As páginas de abertura levantam

Leia mais

Estrutura Curricular do Curso de Comunicação em Mídias Digitais Código/Currículo:

Estrutura Curricular do Curso de Comunicação em Mídias Digitais Código/Currículo: ! Estrutura Curricular do Curso de Comunicação em Mídias Digitais Código/Currículo: 392009 12.2 DETALHAMENTO DA COMPOSIÇÃO CURRICULAR [ Portaria PRG/G/n 035/2016] 1. Conteúdos Básicos Profissionais 1.1

Leia mais

Introdução a Teste de Software

Introdução a Teste de Software Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Introdução a Teste de Software Prof. Luthiano Venecian 1 Conceitos Teste de software

Leia mais

Etec Monsenhor Antonio Magliano. Plano de Trabalho Docente Professor: Morgana Maravalhas de Carvalho Barros

Etec Monsenhor Antonio Magliano. Plano de Trabalho Docente Professor: Morgana Maravalhas de Carvalho Barros Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico Etec Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico.

PROJETO ARARIBÁ. Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. PROJETO ARARIBÁ Um projeto que trabalha a compreensão leitora, apresenta uma organização clara dos conteúdos e um programa de atividades específico. Araribá Ciências Organização do Conteúdo: Por que estudar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Regulamento do Curso. Português Jurídico. Regulamento do Curso

Regulamento do Curso. Português Jurídico. Regulamento do Curso Regulamento do Curso Português Jurídico Regulamento do Curso 1 2 Português Jurídico Sumário 1 APRESENTAÇÃO E OBJETIVOS DO CURSO... 5 1.1 APRESENTAÇÃO DO CURSO... 5 1.2 OBJETIVOS... 5 1.3 MODALIDADE...

Leia mais

Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências

Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências Aplicação de mapas conceituais e storyboard como metodologia no desenvolvimento de aplicativo gamificado para o ensino de ciências Fernando Chade De Grande e-mail: tiensdesenhos@hotmail.com João Fernando

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC de Mairiporã Código: 271 Município: Mairiporã EE: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

Documentação de Software. Simone Vasconcelos

Documentação de Software. Simone Vasconcelos Documentação de Software Simone Vasconcelos 1 Contexto Qualquer software deve ter uma quantidade razoável de documentação.! Documentos de trabalho.! Manuais de usuário produzidos profissionalmente. Em

Leia mais

Curso de Formação. Metas Curriculares de Português 1.º Ciclo (Turma Telões) (Data de início: 06/11/ Data de fim: 20/11/2014)

Curso de Formação. Metas Curriculares de Português 1.º Ciclo (Turma Telões) (Data de início: 06/11/ Data de fim: 20/11/2014) Curso de Formação Metas Curriculares de Português 1.º Ciclo (Turma Telões) (Data de início: 06/11/2014 - Data de fim: 20/11/2014) I - Autoavaliação (formandos) A- Motivação para a Frequência da Ação 1-

Leia mais

ANÁLISE DO SCRATCH COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO APRENDIZAGEM

ANÁLISE DO SCRATCH COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO APRENDIZAGEM ANÁLISE DO SCRATCH COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO APRENDIZAGEM Livia Ferreira Vidal Mestre em Ciências da Saúde e do Meio Ambiente pelo Centro Universitário de Volta Redonda Docente/Coordenadora do Curso de

Leia mais

e-manual Premium Manual

e-manual Premium Manual Geografia 9. ano Manual zona de cola Para o Professor (na banda lateral do manual) Mapas desdobráveis (oferta ao aluno) Caderno de Atividades Bloco do Aluno (oferta ao aluno) Planos de Aula Portefólio

Leia mais

Como Funciona o Excel

Como Funciona o Excel O Excel é um aplicativo do pacote Office utilizado para a realização de planilhas eletrônicas que facilitam o dia a dia através da utilização de fórmulas entre outros recursos para a organização diária.

Leia mais

MÓDULO 3 PÁGINAS WEB. Criação de Páginas Web

MÓDULO 3 PÁGINAS WEB. Criação de Páginas Web MÓDULO 3 PÁGINAS WEB Criação de Páginas Web TÉCNICAS DE IMPLANTAÇÃO DE PÁGINAS NA WEB Linguagens de Programação O HTML é a linguagem mais utilizada para criar páginas Web com hipertexto. Utilizando a linguagem

Leia mais

Ambiente de Aprendizagem Moodle. Manual do Aluno.

Ambiente de Aprendizagem Moodle. Manual do Aluno. Ambiente de Aprendizagem Moodle Manual do Aluno http://www.plannercursos.com.br Julho 2009 Conteúdo 1 Primeiros Passos... 04 1.1 Tornando-se um usuário... 04 1.2 Acessando o ambiente Moodle... 04 1.3 O

Leia mais

Caderno de apoio Alunos e Pais

Caderno de apoio Alunos e Pais Caderno de apoio Alunos e Pais ÍNDICE Apresentação... 3 Aprofunde os conteúdos vistos em sala de aula... 4 Amplie as fontes de pesquisas... 4 Aprenda com recursos interativos e linguagens diferenciadas...

Leia mais

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Médio

Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Médio Plano Plano de de Trabalho Trabalho Docente Docente 2014 2015 Ensino Ensino Médio Médio ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: Município: Garça Área de conhecimento: Ciências da Natureza Componente Curricular:

Leia mais

Os MOOCs Para um Conhecimento Aberto e Construído por Todos. António Teixeira Lina Morgado Mª Carmo T. Pinto

Os MOOCs Para um Conhecimento Aberto e Construído por Todos. António Teixeira Lina Morgado Mª Carmo T. Pinto Os MOOCs Para um Conhecimento Aberto e Construído por Todos António Teixeira Lina Morgado Mª Carmo T. Pinto Quem somos? Equipa de investigação Expertise sobre MOOCs Integração numa Rede de Equipas de investigação

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Disciplinas: Fundado em 1965, o Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel - é um centro de excelência em ensino e pesquisa na área de Engenharia, e tem se consolidado cada vez mais, no Brasil e no exterior, como

Leia mais

Centro de Formação de Escolas Porto Ocidental

Centro de Formação de Escolas Porto Ocidental Centro de Formação de Escolas Porto Ocidental Sistema de Avaliação de Formandos Pessoal Docente Dezembro de 2016 Página 1 de 7 Introdução Este sistema de avaliação dos formandos docentes insere-se no âmbito

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã/SP Área de conhecimento: Ciências da Natureza Componente Curricular: Biologia

Leia mais

Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FEUSP. Disciplina: Metodologia do ensino de português: a alfabetização

Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FEUSP. Disciplina: Metodologia do ensino de português: a alfabetização Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FEUSP Disciplina: Metodologia do ensino de português: a alfabetização Professora: Doutora Nilce da Silva Aluna: Cecilia Palazetti Carvalho Numero USP:

Leia mais

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Professor(es): Rosana dos Santos Jordão Carga horária:

Leia mais

CONTEÚDOS DIGITAIS MULTIMIDIAS: CONSTRUINDO NOVAS PRÁTICAS DOCENTES

CONTEÚDOS DIGITAIS MULTIMIDIAS: CONSTRUINDO NOVAS PRÁTICAS DOCENTES CONTEÚDOS DIGITAIS MULTIMIDIAS: CONSTRUINDO NOVAS PRÁTICAS DOCENTES Maio / 2009 Gianna Oliveira Bogossian Roque Coordenação Central de Educação a Distância CCEAD PUC-Rio gianna@ccead.puc-rio.br Stella

Leia mais

1. Introdução O que é Microsoft PowerPoint Recursos de PowerPoint. Introdução

1. Introdução O que é Microsoft PowerPoint Recursos de PowerPoint. Introdução 1. Introdução 1.1. O que é Microsoft PowerPoint 2007 Microsoft Office PowerPoint 2007 é um software de apresentação gráfica produzido pela Microsoft Corporation para o sistema operacional Microsoft Windows.

Leia mais

SOFTWARES EDUCATIVOS MANUAL ZAC BROWSER 1.5

SOFTWARES EDUCATIVOS MANUAL ZAC BROWSER 1.5 SOFTWARES EDUCATIVOS MANUAL ZAC BROWSER 1.5 BENTO GONÇALVES Setembro de 2015 Sumário Apresentação do Software... 3 O que é?... 3 Requisitos... 4 Objetivos... 4 Links para download... 4 Funcionamento e

Leia mais

Avaliação de objetos de aprendizagem. Liane Tarouco CINTED/UFRGS

Avaliação de objetos de aprendizagem. Liane Tarouco CINTED/UFRGS Avaliação de objetos de aprendizagem Liane Tarouco CINTED/UFRGS Objetos de aprendizagem Objetos de aprendizagem são recursos digitais, modulares usados para apoiar a aprendizagem Alguns exemplos: simulações,

Leia mais

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS

SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS SUZETE KEINER SOFTWARE EDUCACIONAL PARA ELABORAÇÃO DE PROVAS E EXERCÍCIOS CIOS Orientador: Prof.. Carlos Eduardo Negrão Bizzotto ROTEIRO Introdução Objetivos Informática na Educação Etapas de Implantação

Leia mais

CÉLULA 3D INTERATIVA

CÉLULA 3D INTERATIVA CÉLULA 3D INTERATIVA Debora Thalita Ruppel, Márcia Helena Mendonça, Ruth Janice Guse Schadeck Acesse a célula em http://www.nuepe.ufpr.br/blog/?page_id=663 A célula 3D, além de trazer as informações científicas

Leia mais

Manual do Professor AVA - Moodle/Unesp (versão 3.0) CHAT

Manual do Professor AVA - Moodle/Unesp (versão 3.0) CHAT Manual do Professor AVA - Moodle/Unesp (versão 3.0) CHAT Livro Manual do Professor: AVA Moodle/UNESP (versão 3.0) UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Reitor Julio Cezar Durigan Vice-Reitora

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. Organizando cursos no ambiente virtual Moodle: algumas atividades essenciais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. Organizando cursos no ambiente virtual Moodle: algumas atividades essenciais UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Organizando cursos no ambiente virtual Moodle: algumas atividades essenciais Material elaborado por: Nicia Cristina Rocha Riccio NEAD/STI/UFBA Introdução A organização de

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA PLANO DE ATIVIDADES CONSELHO PEDAGÓGICO ANO LETIVO 2013/2014 COIMBRA, 2013 ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA PLANO DE ATIVIDADES CONSELHO PEDAGÓGICO ANO

Leia mais

Design de material didático Gama. L.N.

Design de material didático Gama. L.N. Design de material didático Gama. L.N. Copyright 2016. All rights reserved Como os materiais didáticos colaboram na aprendizagem? Nada vale um material didático rico e sofisticado, caso não corresponda

Leia mais

DEPA Setor de Educação de Adultos. Explorando o Portal Área do Educador

DEPA Setor de Educação de Adultos. Explorando o Portal Área do Educador DEPA Setor de Educação de Adultos Explorando o Portal EJ@: Área do Educador Pauta do dia: Retomando a visão geral do Portal Explorando a Área do Educador Participação interativa Dúvidas gerais Portal EJ@

Leia mais

Testes Sumativos Peso 3*

Testes Sumativos Peso 3* I. INTEGRAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONALIZANTE Participação no contexto escolar de forma responsável e cooperativa Assiduidade e pontualidade Material (portefólio, outro material necessário) Sentido de responsabilidade

Leia mais

Documento de Apoio às Metas Curriculares de História e Geografia de Portugal

Documento de Apoio às Metas Curriculares de História e Geografia de Portugal Documento de Apoio às Metas Curriculares de História e Geografia de Portugal (2.º Ciclo do Ensino Básico) Equipa: Ana Isabel Ribeiro (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra) João Paulo Avelãs Nunes

Leia mais

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR

INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Anexo I da Resolução 02/2010 - ICED PROVA ESCRITA MATÉRIA: CANDIDATO(A): AVALIADOR(A): VALORAÇÃO PONTUAÇÃO ATRIBUIDOS 01. Inclui os elementos fundamentais (introdução, desenvolvimento

Leia mais

Usabilidade Facilidade de Uso, Produtividade, Satisfação

Usabilidade Facilidade de Uso, Produtividade, Satisfação 1 Usabilidade Facilidade de Uso, Produtividade, Satisfação 10/03/2014 www.inf.puc-rio.br/~inf1403 2 Roteiro da Aula Discussão do exercício de travessia dos golfos (auto estudo/aprendizado da aula anterior)

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2015 ETEC de Mairiporã Código: 271 Município: Mairiporã EE: Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

Guia Didático do Professor

Guia Didático do Professor Guia Didático do Professor Animação Substâncias Simples e Compostas Reações Químicas Química 2ª Série Ensino Médio CONTEÚDOS DIGITAIS MULTIMÍDIA Conteúdos Digitais Multimídia Guia Didático do Professor

Leia mais

MECDAISY PARA LEITURA DE LIVROS DIGITAIS BENTO GONÇALVES

MECDAISY PARA LEITURA DE LIVROS DIGITAIS BENTO GONÇALVES MECDAISY PARA LEITURA DE LIVROS DIGITAIS BENTO GONÇALVES Setembro de 2015 Sumário Apresentação do Mecdaisy... 4 O que é?... 4 Objetivos... 4 Links Úteis... 5 Navegação pelos Livros... 6 Instruções Iniciais...

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL

IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL IMPLEMENTAÇÃO E RESOLUÇÃO DE MODELOS MATEMÁTICOS UTILIZANDO A PLANILHA EXCEL 1. INTRODUÇÃO Este tutorial apresenta, passo-a-passo, o processo de implementação e resolução de modelos matemáticos na planilha

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO EXTENSÃO EE ESTERINA PLACCO Código: 091.01 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04 / 10 /2012 Etec Professora Ermelinda Giannini Teixeira Código: 187 Município: Santana de Parnaíba

Leia mais

Moodle FAMUR MANUAL DO ACADÊMICO

Moodle FAMUR MANUAL DO ACADÊMICO Moodle FAMUR Versão 2.14 MANUAL DO ACADÊMICO Acesse: www.faculdademurialdo.com.br ou moodle.faculdademurialdo.com.br/moodle/ Versão do Manual: 012015 Sumário Moodle, o que é? Como acessar o Moodle Interface

Leia mais

Desenho Instrucional aplicado em cursos online. Palestrante: Elisabeth Biruel

Desenho Instrucional aplicado em cursos online. Palestrante: Elisabeth Biruel Desenho Instrucional aplicado em cursos online Palestrante: Elisabeth Biruel Apresentar os aspectos que devem ser considerados no planejamento e na organização de um curso online Designer Instrucional

Leia mais

Britannica Escola. Guia de Orientações Didáticas: Britannica Escola

Britannica Escola. Guia de Orientações Didáticas: Britannica Escola Britannica Escola Guia de Orientações Didáticas: Britannica Escola 325 N LASALLE ST, SUITE 200 CHICAGO, IL 60654 Britannica Escola, uma ferramenta para enriquecer o processo de ensino e de aprendizagem.

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO...3 ACESSO AO SISTEMA...4 FUNCIONALIDADES...5 SIG-PCJ... 3 ACESSANDO O SISTEMA VIA WEB...4 MANUAL DO USUÁRIO...

Sumário APRESENTAÇÃO...3 ACESSO AO SISTEMA...4 FUNCIONALIDADES...5 SIG-PCJ... 3 ACESSANDO O SISTEMA VIA WEB...4 MANUAL DO USUÁRIO... SIG-PCJ Sumário APRESENTAÇÃO...3 SIG-PCJ... 3 ACESSO AO SISTEMA...4 ACESSANDO O SISTEMA VIA WEB...4... 4 FUNCIONALIDADES...5 NAVEGAÇÃO E CONSULTA... 5 FERRAMENTAS DE NAVEGAÇÃO DO MAPA...5 FERRAMENTAS DE

Leia mais

Aluno(a): / / Cidade Polo: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED)

Aluno(a): / / Cidade Polo:   CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED) Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: ATIVIDADE AVALIATIVA PESQUISA E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (PED) Preencha o GABARITO: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Observação: Nesta atividade há 10 (dez) questões de múltipla

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS

FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS. Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO NA EAD EXPERIÊNCIA DA EAD/UFMS EAD/UFMS Prof. MSc. Hercules da Costa Sandim EAD/UFMS FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM TIC s EXTENSÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO FOMENTO

Leia mais

Internet Explorer 8.0 Navegador (Browser)

Internet Explorer 8.0 Navegador (Browser) Internet Explorer 8.0 Navegador (Browser) O Internet Explorer 8 foi projetado para facilitar a navegação e a interação com sites na Internet ou na intranet. Sempre que você usa a Internet, ou um software

Leia mais

IPCA MANUAL DO UTILIZADOR

IPCA MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR 2012.08.27 ÍNDICE 1 Novidades para 2012-2013... 3 1.1 Aceder à plataforma de ensino a distância do IPCA... 4 1.2 Navegação 5 1.2.1 Página inicial do sítio... 5 1.2.2 A minha página

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA IMAGEM Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

Características Educação SESI

Características Educação SESI EDUCAÇÃO SESI Características Educação SESI Atendimento prioritário ao Trabalhador da indústria e seus dependentes Gratuidade nos cursos EJA Atuação nas 27 Unidades Federativas 32% de evasão na EJA Cenário

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Matemática Componente Curricular: Matemática Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

CONCORRÊNCIA COMPAGAS Nº 032/2012 ERRATA

CONCORRÊNCIA COMPAGAS Nº 032/2012 ERRATA OBJETO: Contratação de empresa prestadora de serviços de conteúdo para Internet, compreendendo o planejamento, a criação, o desenvolvimento e a implementação de ações para ambientes digitais, incluindo

Leia mais

Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS

Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS Manual do Tutor PIRELLI TYRE CAMPUS Sumário 1 Apresentação... 4 1.1 Características e Funcionalidades... 4 1.2 Grupos de Usuários... 5 1.3 Portabilidade... 5 2 Usuários... 6 2.1 Alunos... 6 2.1.1 Pesquisa...

Leia mais

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR

BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR Prof. Me. Luana Serra Secretaria Municipal de Educação de Santos DOCUMENTO PRELIMINAR PARA A CONSTRUÇÃO DA DA EDUCAÇÃO INFANTIL Material adaptado de Beatriz Ferraz Educação Infantil na BNCC A Base Nacional

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 IGEO... 3 ACESSO AO SISTEMA... 4 MANUAL DO USUÁRIO... 4 FUNCIONALIDADES... 5 NAVEGAÇÃO E CONSULTA... 5 MANIPULAÇÃO DE CAMADAS...

APRESENTAÇÃO... 3 IGEO... 3 ACESSO AO SISTEMA... 4 MANUAL DO USUÁRIO... 4 FUNCIONALIDADES... 5 NAVEGAÇÃO E CONSULTA... 5 MANIPULAÇÃO DE CAMADAS... Sumário APRESENTAÇÃO... 3 IGEO... 3 FUNCIONALIDADES COMUNS AOS USUÁRIOS E ADMINISTRADOR ACESSO AO SISTEMA... 4 ACESSANDO O SISTEMA VIA WEB... 4 MANUAL DO USUÁRIO... 4 FUNCIONALIDADES... 5 NAVEGAÇÃO E CONSULTA...

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 OBJETIVOS Compreender o processo de gerenciamento de qualidade e as principais atividades do processo de garantia, planejamento e controle

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS

LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS iii LISTA DE FIGURAS, GRÁFICOS, QUADROS E TABELAS Capítulo I Tabela nº 1 Composição da amostragem: professores e alunos em relação às quantidades de questionários enviados/recebidos na pesquisa.. 6 Tabela

Leia mais

Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor

Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor Mapas Conceituais como Árvore Navegacional de Conteúdos Web: Um Estudo de Caso Sobre Cognitor Junia Coutinho Anacleto Alessandro José Francisco Carlos Ana Luiza Dias Aparecido Fabiano Pinatti de Carvalho

Leia mais

EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD

EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL 058/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA COMPLEMENTAR DE CURSISTAS PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO POLO IBAITI A Universidade Federal do Paraná (UFPR),

Leia mais

Relatório da Avaliação de Reação. Curso Gestão Integrada de Recursos

Relatório da Avaliação de Reação. Curso Gestão Integrada de Recursos Relatório da Avaliação de Reação Curso Gestão Integrada de Recursos Brasília-DF, 28 a 30 de junho de 2005 Relatório da Avaliação de Reação Curso Gestão Integrada de Recursos (atividade desenvolvida no

Leia mais

RAIMUNDO NONATO ARAÚJO DA ROCHA*

RAIMUNDO NONATO ARAÚJO DA ROCHA* 1 A História ensinada para jovens e adultos pelos livros didáticos: uma análise dos livros aprovados pelo PNLDEJA/2011 para o segundo segmento do ensino fundamental RAIMUNDO NONATO ARAÚJO DA ROCHA* Há

Leia mais

PAINEL DE INDICADORES

PAINEL DE INDICADORES PAINEL DE INDICADORES INTRODUÇÃO O Painel Estratégico (PE) foi desenvolvido para que os dirigentes e gestores do Grupo Hospitalar Conceição possam acompanhar os indicadores e metas institucionais. Também

Leia mais

Notas Leitura / Recensão Crítica

Notas Leitura / Recensão Crítica Notas Leitura / Recensão Crítica Título: Moodle for Mobile Learning Língua: Inglês Autor: Mark Aberdour Lançamento: Setembro de 2013 Editora: Packt Publishing Paperback: 234 págs [ 235mm x 191mm ] ISBN:

Leia mais

Profa Dra.: Adriana Azevedo

Profa Dra.: Adriana Azevedo EAD Cenário e Possibilidades Profa Dra.: Adriana Azevedo Definição de EAD A Educação a Distância é a modalidade educacional na qual a mediação didático pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem

Leia mais

Acessibilidade e Desenho Universal

Acessibilidade e Desenho Universal Acessibilidade e Desenho Universal DESENHO UNIVERSAL De acordo com as definições de Ron Mace (1991), É a criação de ambientes e produtos que podem ser usados por todas as pessoas na sua máxima extensão

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04 /10 /2012 Etec ERMELINDA GIANNINI TEIXEIRA Código: 0187 Município: SANTANA DE PARNAÍBA Eixo

Leia mais

SUMÁRIO. Língua Portuguesa

SUMÁRIO. Língua Portuguesa Língua Portuguesa Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados... 3 Domínio da ortografia oficial... 21 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais... 9 Domínio da estrutura morfossintática

Leia mais

Planejamento de ensino

Planejamento de ensino Planejamento de ensino Ensino O ENSINO: é um processo de aprendizagem que objetiva a formação ou transformação da conduta humana. A educação de hoje interessa-se pelo desenvolvimento harmônico do educando

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO (TIC) NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA Bruno

Leia mais

MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS

MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS 1 MANUAL PARA FILMAGEM DE EXPERIMENTOS Produto Educacional gerado a partir da dissertação de mestrado: Vídeos de Experimentos Demonstrativo-Investigativos: Um Estudo de Signos Produzidos por Alunos de

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091.6 Município: São Carlos EE: Prof. Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h

Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) MATRIZ CURRICULAR. Móduloe 1 Carga horária total: 400h Curso Técnico Subsequente em Materiais Didáticos Bilíngue (Libras/Português) CÂMPUS PALHOÇA BILÍNGUE MATRIZ CURRICULAR Móduloe 1 Carga horária total: 400h Projeto Integrador I 40 Não tem Aprendizagem Infantil

Leia mais

CENTRO DE EXTENSÃO CENTRO EDUCACIONAL PROFESSORA ALZIRA ALTENFELDER SILVA MESQUITA

CENTRO DE EXTENSÃO CENTRO EDUCACIONAL PROFESSORA ALZIRA ALTENFELDER SILVA MESQUITA CENTRO DE EXTENSÃO CENTRO EDUCACIONAL PROFESSORA ALZIRA ALTENFELDER SILVA MESQUITA ALFABETIZANDO EM SOFTWARES Adobe After Effects CC Unidade Mooca SÃO PAULO 2014 1 Identificação do Projeto Projeto: ALFABETIZANDO

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº 213 aprovado pela portaria Cetec nº 134 de 04/10/2014 Etec: ERMELINDA GIANNINI TEIXEIRA Código: 0187 Município: SANTANA

Leia mais

Apresentação. Mapa de Atividades

Apresentação. Mapa de Atividades Apresentação O objetivo desta nossa Oficina Temática Virtual é discutir e elaborar um projeto utilizando objetos de aprendizagem e conteúdos educacionais digitais multimídia. Para tanto, vamos entender

Leia mais

EnsinoTécnicoIntegrado ao Médio.

EnsinoTécnicoIntegrado ao Médio. PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 EnsinoTécnicoIntegrado ao Médio. Código: 262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Operação de Software e Aplicativos Série: 1

Leia mais

Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI)

Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI) Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI) Éricka Araújo Santos UEPB ericka21.araujo@hotmail.com Josandra Araújo Barreto de Melo (Orientadora) UEPB ajosandra@yahoo.com.br

Leia mais

METODOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. Contextualização. Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

METODOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM. Contextualização. Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Contextualização Capítulo 3: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Autoria: Juliana Cristina Braga; Rita Ponchio. Esta unidade inicia com a definição de contextualização, seguida pela discussão da

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Plano de Curso nº aprovado pela portaria Cetec nº de / / Etec: Código: 208 Município: São Paulo Eixo Tecnológico: Habilitação Profissional:

Leia mais