Curso: 101-Medicina - integral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso: 101-Medicina - integral"

Transcrição

1 urso: 0-edicina - integral I IUII I OO OO OII O UIO O O IHO X OO X II IXI X OO I OIO I II I OIO O I UO IO I IO UII X O IZ IOO IOII OI OI OI I II OI O OI HO OIO II O I OU I O OZ UUO I I O HO IO HO O U I Z I O I I O U OO OIO O I UIO OIO II UIO OIO U O OIO UO HO I I OIO U III IUKUO Y I I HI HI OII IIU I O IIO O O I O U I I U KIKO UO HO UO O I OII UO UH IHO I UO OII IIO UO HIQU O IO UO IO UO IO UO I UO O O HO I OI O OI O II OI O I OI IO I I II OII KII IHII II IO ZO I QUIOZ I UI O HO II I I Z I I I IO I HI I OI O I O HO IO II UO IO UI OUO IO O O IO O Z IO OY O O HO O O OII IZI I II IO IO I IO YUI IO OU U IXI OU OII O U IO XW OUI O. U. I O I OUZ UIO UO O OHO O UO ZO O O IO UO O O UO OUZ I O UIZ I UIO IO IXO I O U O UIO Y I ZZII UY II OII I I IOO I UO H OI IK U II IK II YHIO I HII I UI UO U IO IO I IO HO I IO HIQU O HI IO UIZ O IO IX KO IIO I IIO II O

2 urso: 0-edicina - integral H I I O OII I O IO I O O O I IO O IIO OYO I OI U OU OHO O O I IOIIO O O I O OI O U IIO I OIU IOIO I OI I H O HO I O OIO IO IIO I I O O OUZ I HUI IO I IHIO OOO I I I OO I O O OO I O IO I I OI I O O I IHO I I H I IO OII UIO UIH UUO U I UIH I UH UIH IIO IUIO UIH HIQU IO UO I OII UO U UO UI UO I HO UO I OII UO II U UO UIZ UZ OII UO OO I UY HIO OI HI O OII HIQU O HO UIO O I IHO HUO OIO IIO HUO OO QU O HUO U HUO HIQU IH I OIU IO O OIZ I I IQUI K I O I O I OII OO I I O II IQU IO QU I I IO U I IU O I HIO O IIO IY I I HIIO Y I IO OIHO U QUI OIHO I QUI I I OO OIO I OO I IO OO OO I O OII OO I IIII I OO HIQU I OI OHH I UI OI O IHO O I OII O HIO Z UIO O HIQU H O U O I UI I IO UI OIO UI IO I UI II UI OO I UII II O O UIO OUZ UIO I OII KI I OII KI OH I K OI U I OI OII I IOI OUO I I OI O O IZ U OOY I O I I I I HO IIO I I UO I I O OII Y O I Y I IQUI U U HY I IXI O O HO OII O OO O O H U IO OO UZUI I HO O 2

3 urso: 0-edicina - integral OO I IIO OO UUO I IO OO I OII OO HUIU KO OO OIO OO OIU I OO OO O II I O II OII I II OI II II I ZI IU OY IO O O O O UIZ OI I OIIO O UY O O I U OO I U I OIOO U O II U OO II U OIO OO U I I U I UI OO I UI U OII UI I I O UIO I O UI UO IOO UI HIQU U HIOKW UIZ OIO O UIO UIZ UUO I I UIZ I IOI IO UIZ O O O UIZ I O UQUI UIZ O UIZ O O UO UIZ HIQU OIO UIZ IZZIOI O I O UHO HII HI IXI I IO O II O O IO OUZ O I HI O O I O I O IO HIQU OYI O UIO OII O UIO OI O IO O O UIO O OU O I OI O O I II OII HII I O I I O I O I O I IOIIO I I I I O IX U I OI U II I IU IUY OII O I O I IO I OUO O I I ZI IO II O Y IOO OI Y IH IO O Y UOI I UQUIZ OO IH I OH KIOHI I Z I I OI I O U OZ I I UIO UIO O O UIO O O I UIO UIO OII UIO OUO Y IIO OUI OII H IO UQUI I QUIHO HIU I I OIU KI W I O IZI I OO Y II I Y OO IO O IO IIZ IH OII O IO OWO I O I O. I O OO O OIU OUO O I I OI I I II O U K U U I U YUI U I U I O O 3

4 urso: 0-edicina - integral UO HIQU OII UO HIQU IO O IHI O O QUI I IO OI OI OY I IIZ II HO O H H II HO OII OIO I H OO O OH HIQU I OO I I O OU I KIU OO IXI ZO O I O U IIIU II UO O H X HU H OHO O H I UIZ OI OUZ XI U O OIU UH OOO O UI OII O I O HOO O O IO KIO HI IO O IO IO IZZOOO I IO OIU IO IUI H I I OO UZOI OO IXI UIO OO O OIO UO IZZO OIO IQU OIO U OII OIO HIQU UIOI OIO HIHO O OIO O O OIO UO I OIO IO UIO OIO HU I I I I I I UUO H O U OH I W Y H IIO IY IO HIQU I OKO HI II II HI UO I OHI HIK XHI O II U HO U UIO IO I I I I I H O O I I IHO IIII I IOI KOU IY UI OUI Y O HI II I HI I O HI IIO UII HI I IO HI Y I QUI HI UH HIO UI HO HIO I I HIO I HIO IIIU H IIO HUIO OI II O HYO OI O IO IIOO IO YIO I UIO O I UIO OZ IHIHO HII I I OUI HO IO U U IIIU I III IIIU IO II IIIU OUZ OUO IO UUO II I IXI W O O W UIO I UIO W H O W KU UI WIY OO O II WIO OO IO UIO YUI I HO 4

5 urso: 02-nfermagem - integral H I IO OI IZ OUI OUO UI IIO O U I U I I IIO I II H I I IHIO ZIO IZ H OOO U II I I UO O I IZ OI I IO OIO I OII I I IQUI IO I OIU OUZ IH OII OI O IHII II U OII II III O O I I IO IOO Z I OHO O IIO OI I IIOO I HO ZI UO UIH OU I H O OII I I Z I OU UI QUI UI I OUZ QUI Z O I O UI UI QU UY II X II I OZI I I UII O I I II I OI OZIHO U UI O UI O UZ U O OHI OUZ II OU ZO OZ I I I U Y I UO II Y I OO I I IO O W O I IIO I I Y UO I IZ ZO I IO O Y UO O I Y IO IHIO OO O OUZ UIO O II HO OII U HIO U KOK OY II I II I OU II O I I I I UIZ OIU I O OII IO OIU OO UO I O OY IIO HO IY I UI I HO I HO OI HI I IIO HI OII HI IXI I OI KI OIY WHIO O O WY OII I

6 urso: 03-iomedicina - integral W I I I UIZ I OIHO U II IO OUO OIU I O OIU U H OZ I IO I OI UOIO HO I H OHOO U O U I IO UO UII UIO II H OUZ I I U I I I I I UO II OIU IO HIQU O I OU UO I O OO UUO IIO I Z OO OUZ I YUI IIO O O O I U U IHIO I U XI UIO IIO I UI I I O O O IIIO OO OO U IIIU HII O O I IZI U I OI Z OI I OIO OI I I IOIZIO OI OI ZO IUO O IO O KIZZY IIO O I I O I HI YUI KIHI I O I OZ OII WII UO IO I

7 urso: 04-isioterapia - integral H K II OI O I I IOO HIY I UO U QUI I OH OIO OI IZ I OI OI O IHI I I UI OII I O UO I I YOO I II OI OIO O U O O I IO I I OZ Z IIO H O I O X I II I HI I ZO O I O I II HO II I I HOI OO OIU KI OII OUZ KI QU OI QUI I I I II IO KI O OUZ KOI IIO IUO KOI U K O I IO II I HO I O O I O OI II OIK O O O I I KO II II O O IO U II O O O U IIO I U OHO I U IO OII U OO I I Y OUI UO I IQUII UQUI I IO OU O OIO ZQU ZO O O IHOO IIOO W I U UO I I I I O OU I II IX UO I K Z U I O I HU I Y O O I O I I OI Y UH O I II O I IO O HIO O O II OII H IO Z O OIO OII I I IO IO UUO UIO IO OOI I I OI I Y HIOO HO I I IO H OI O OU HI OZU IO HUO I I WHIO HIQU IIO UZ WII OI

8 urso: 05-utrição - integral I IO I II I U O QUIO HU OI UI OI UI II O U IXI IZ OIO O I HIOI I H I HOO UIO I KUZ ZOI O UH OI HI OUI O I II I I OI OII I I O I HO OII UO I I I OIZ I I IOI I I OO OY I OI O I OO O I OQUI UI OI II. I OUO UO I ZO I I IO HU OII IZ I U UY QUI I I I QUI I OII O IQU OII OI HO I UI HOO UH OII UI OII I I II I I O UIH WOO U OOIO I U O I H Y II IH O II ZO OZ II I OOI OI OIO OI IO O O IO I O I I OU I I OUZ OI I O O U I IHI I O I II UO OI II O II IIO HO Z I HO Y O O IH IXI IO H I HI I OIU HI ZO O O Y I OI IO XI OUZ II II O II H I II I U I I O UO UUO O IO O O O IUIO OY OIU O II I OI OII I O O OIO ZI IO I I U KIIU IO U IO I I O HI H HO I O I II II II OUO HI II U O II I OUZ

9 urso: 06-erapia Ocupacional H I K I I O I I U I I H I U YO OUO O O I OIU I U I O W I IZ HO U HO I U OUI U OU I UI I O HIO U IHO OI IZ OIHO OI I HO I OI OUU I OII OIO Y II OII I I OU OU IK I UO IK Z I QU II U OII I HO O I OIO O O I IO OZOIO I OO I I II I O I ZI OII I O HOI I OUI I ZIH I H II Z OII I UO IZ I O IO QUI IZZO I HOY O O OI IZ UI OI IIO U UI I UI I OUZ KI O O I KY U OIO I O I II OZ I II OII O U O II UI WO II H OII O O OOHO O U O O O UY I I I OII IX O O U I OII I I I O I I II O I O I II I ZO I IIO O I I I IXO U I I II HI H Y I OUZ IZ I OIO OO II OII U I UO HIQU OOI II OI I II I OIO II I I OII O IIZ I IO UIZ OII I O II I Y I I I HO O II I O OII I YO OII HI UO HI OI O I IHII ZIOI

10 urso: 20-etras - ortuguês/inglês - noturno H I K O OII X HO I I OIU IIO I II I HU O O U IQUI OU UO O I I IOO I IHI I UO II I II HU I IO OIO I I I I O UO OI I I I O IK I O I IOI I I U I IO O OI O IO HIQU O IO OII UI IO I UIH HIQU I UO HY O OIO H U I HO I I I OIO O K OO U I I II OUZ U OY I O U UIZ OI UZ U I IO UZ O O OZO OI O O O O UZ IO OIO UIO I I O IO IU OH I HU OI UO II Z XW I I I IZ O I OI HO ZO I KI YOO HI O UZ II IZ I OI I I O IO H IO O W I I I I UI. I UI I I O O IO O I HI OUZ I HY II O OII I O II OI O O WKYI OII W OU OO WII O O

11 urso: 202-etras - ortuguês/spanhol - noturno K O O II OII IQUI Y IOIO OII OI I HOO 02 UIZ OUZ I O O IZ I O I I O OI OIU UH UUO OUO O I OU I H O OI OUZ OO O II I UIZ O O O O OIO IU I II O O UI I OII O I U I U I HO I I I Z QUI I O O IO O OII O OII IO UI I KI I X IHO I U I U II U O U UZ IIO U I I Y OI I O II IX QUII II O I II OI Y I OIO I I I O I II.. O I I I I Y O U UO IO OUZ OIU II OUZ II I O I IIO OI Y I IHO O IO O I U UI HII IY IIO I OI IIO IIO U IZ II I U IY I UI I ZI O HI O HII HIO O O IO OIU II O I I O O I U II II OII

UNIBAIR. O Jor EDITORIAL C IOMO VOCÊS TIVERAM A OPORTUNIDADE DE

UNIBAIR. O Jor EDITORIAL C IOMO VOCÊS TIVERAM A OPORTUNIDADE DE UIBI O or IOI IOO VOÊ IV OOUI II O G, O U FVO O FVOIO, QU OO Ó OO IFI, Í VI O GUO U O. ^ IÀ IX I O QU É IO QU Ó O I I FO OO. ÂO OO IX - UI^O OO, I I QU / OB OU Ó, IO. O F IO, FOI FI U / QUI.. e.. VÉ O

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL (SGE) À EFETIVAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE PRODUÇÃO - ESTUDO DE CASO EM UMA SIDERURGIA

CONTRIBUIÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL (SGE) À EFETIVAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE PRODUÇÃO - ESTUDO DE CASO EM UMA SIDERURGIA A i i uiv b ufu uáv. Ri Ji, RJ, Bi, 13 16 uub 2008 CONTRIBUIÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL (SGE) À EFETIVAÇÃO DA ESTRATÉGIA DE PRODUÇÃO - ESTUDO DE CASO EM UMA SIDERURGIA Cb Ch Gzz (UFSCAR) bzz@i..b

Leia mais

+&%&(*%,$%$'$%(%'%(,#$%-,*.. + +. 7.8 9 / / = >?8 +5

+&%&(*%,$%$'$%(%'%(,#$%-,*.. + +. 7.8 9 / / = >?8 +5 !"# $%&%%%$%$'$%(#&()%$%* +&%&(*%,$%$'$%(%'%(,#$%-,*.. + /%,$%$'$%(0$'%!(1$$!%,#&($$'$%( 3,$%$'$%(%)(#&()%)&,%%'%%4(#,#&($$'% 2&%&(*)'()1#(%$'%!(%,$%$'$%( 2 5 6 +. 7.8 9 +%))(#(*:()&;$,%)%

Leia mais

+,)-./.%"').0%12"%.3")0()42"5.')51)6"7)8(9):.0/") ;&0-"910%(5<)="-2>15<)?&%(2.")@18'"2"%.3")1)A5"B.'.-"-1)

+,)-./.%').0%12%.3)0()425.')51)67)8(9):.0/) ;&0-910%(5<)=-2>15<)?&%(2.)@18'2%.3)1)A5B.'.--1) !!"#$%&'() *) ) Este documento é uma versão preliminar de: Barbosa, S.D.J. & Soares, L.F.G. TV digital interativa no Brasil se faz com Ginga: Fundamentos, Padrões, Autoria Declarativa e Usabilidade. Em

Leia mais

Do cadastramento da Instituição de Ensino:

Do cadastramento da Instituição de Ensino: DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA CADASTRAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO E CURSOS DE NÍVEL MÉDIO E SUPERIOR,. NO ÂMBITO DAS PROFISSÕES INSERIDAS NO SISTEMA ONFEA/CREA, PARA CONCESSÃO DE TÍTULOS, ATRIBUIÇÕES

Leia mais

$%&'( !"#$%&"'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''(

$%&'( !#$%&'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''( !""# $%&(!"#$%&"( ) * +, )), )-. + #+ /0 )1/ $ 2 34 +)) )(. 5! 6 +)- -7 ), -)".8 )9 -- )0-1)0 -(-: -;" < =-) 1"##!>.!$>"#?7##-- 1) +-- 1- @ # -( 11. A.B.C-; o "..$$>!... 26 o ". / B.C... 26 (.!"77""."D."E!"-0.".>$7&"1:

Leia mais

A QUINZENA. A briu se, n'nma alvenaria mo uma enorme c ol cha asul caiada, o alto portão do cem i

A QUINZENA. A briu se, n'nma alvenaria mo uma enorme c ol cha asul caiada, o alto portão do cem i QUINZEN j () Nã j õ ç \ :\ I M é ; y 9 L x C! C I ó : E3 P z ç õ ç ç ã á L z õ!! õ O í 0 z 00 z ç P 0 [)( J J J x F 8 U D 8 j Çõ O é ã ô z j U ç õ j C? x çõ O ã F OJ z é ã jç z O L O õ O P z P V w O ã

Leia mais

7 * ": ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P " 7 "! M * : : # M

7 * : ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P  7 ! M * : : # M 7 ": ) : : I 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O P " 7 "! M : : # M # Q 7 97 8 ! # # I ) H3"K # : R : : 9 M ) # 9# Q ; : 9 : IM Q ; 9M O H8 7B3B K : 9 ) 4 4; 9 < : ) 9 # : M :!# ; : N : " 3 S T! S U # I T S # H3"K

Leia mais

!!" #"!" #"!" #" $ $ % $ & #'"(" ) * ) + ), - "."/." 0 123 245 637 859 428:1;23 245 639 859 48:< => 459 => 8?=@6A=:?=@6A:?=@BA6CDE FGG DHIIJ E FGG 1HIIJ K GGG L MNONPQ ROSTQ UPNTVMW NONPQ ROUTQ UPTVX YZPQ

Leia mais

!"!#$ %"&'$ (#!') *!"!#$ %"('$ (#')+,-#$ (,-'.,/%0,).,/%0 ).,/10 %23455623556 7899: 5;665;66 ?9@ABCD@9EF9G3H>BIJK>I9@A@BG4>I9LAB@K@JIM>D899:566566 NBCKOPQCIHBCRSG7HHBCRHBCKOTA>CUGNBCKOTA>CUIHBCR8ACUVW:X6YZ

Leia mais

SOLUÇÃO. 01.(ITA - 1992) Considere as funções f: , g:, e. ; aplicando as

SOLUÇÃO. 01.(ITA - 1992) Considere as funções f: , g:, e. ; aplicando as (IT - ) osi s fuçõs f: * *, :, h: fiis po: f (), () =, h() = / O * ojuo os vlos is qu (fo)() = (hof)(), é subojuo : () [, ] (B) [, 7] () [-, ] (D) [-, ] Do qu f (),, v: (fo)() (hof )() poo, f (()) h(f

Leia mais

Diagnóstico de Vulnerabilidades através da Injecção de Ataques

Diagnóstico de Vulnerabilidades através da Injecção de Ataques Diagnóstico de Vulnerabilidades através da Injecção de Ataques, Covilhã, Portugal João Antunes 1, Nuno Neves 1, Miguel Correia 1, Paulo Veríssimo 1, Rui Neves 2 1 Faculdade de Ciências da Universidade

Leia mais

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e :

Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13 DE JULH DE 2015! Ac esse o sit e w w w. d e ca c lu b.c om.br / es t u dos 2 0 1 5 e f a ç a s u a insc riçã o cl ica nd o e m Pa r t i c i p e : Caso vo cê nunca t e nh a pa

Leia mais

GONDOLAR SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, LDA.

GONDOLAR SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, LDA. Insolvência de GONDOLAR SOCIEDADE IMOBILIÁRIA, LDA. Relatório (artigo 155º do C.I.R.E.) I Identificação do Devedor GONDOLAR Sociedade Imobiliária, Lda., com sede na Rua Nossa Senhora dos Remédios, 780,

Leia mais

Transformadores. Ligações e Esfasamentos. Nos transformadores trifásicos existe uma diferença de fase entre os fasores. Manuel Vaz Guedes.

Transformadores. Ligações e Esfasamentos. Nos transformadores trifásicos existe uma diferença de fase entre os fasores. Manuel Vaz Guedes. Tfomdoe Ligçõe e Efmeo Muel Vz Guede FEUP Fuldde de Egehi Uiveidde do Poo o fomdoe ifáio exie um difeeç de fe ee o foe epeeivo d eão o eolmeo pimáio e d eão o eolmeo eudáio. Ee âgulo de difeeç de fe depede

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO MINISTÉRIO DO TRABALHO FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO!"#$%#$&#&'()"** #+$*'$&,&"-%.$)%!$ '$/$&.&'& &01) *'& (&$&) )2"2*.)#34 7 89 HIJ( $"*&!$:%* $/$&.& ') ($#)0; $)

Leia mais

Manual de Instruções. Intercomunicador Profissional EXP-98in

Manual de Instruções. Intercomunicador Profissional EXP-98in ! #"$ %& Manual de Instruções Intercomunicador Profissional EXP-98in ')(+*-,/.103246587+0+9;:2?;2@A:/BC7/.19D@E,+FAG+2>H#IJK0/, LNM+O3PRQ SRTEU>V>W3XZY/X\[^]3Q U#_>`bacVdE`Q efuhgi]>aj[kmlonpazqnx+rso

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS DA COMARCA DE SÃO PAULO- SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS DA COMARCA DE SÃO PAULO- SP M EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ª VARA DE FALÊNCIAS E RECUPERAÇÕES JUDICIAIS DA COMARCA DE SÃO PAULO- SP Processo nº 8767-65486 ALVAREZ & MARSAL CONSULTORIA EMPRESARIAL DO BRASIL LTDA,

Leia mais

! + #! + $, $! #3! #3 $ +

! + #! + $, $! #3! #3 $ + !" #$"%$& "$' & ( ) *! + #! $, --! + $, $!, %!)$#.!/%!$($+0'%!$12! #3!,! #3 $ + 4!5'! !" ############################################################################################################ $%&###############################################################################################################################################'

Leia mais

Ö Ø Ö Þ Ó Ö Ö È Ö¹ØÓ¹È Ö ÂÙÐ ÒÓ Ë ÒØÓ Ä ÓÒ Ö Ó ÊÓ Ó ÆÓ Ù Ö È ÙÐÓ Ö Ù Ó Î Ö Ð Ó ÐÑ Ï Ò Ö Å Ö ÂÖº Ô ÖØ Ñ ÒØÓ Ò ÓÑÔÙØ Ó ÍÒ Ú Ö Ö Ð Å Ò Ö ÙÐ ÒÓ ÐÖÓ Ó Ô ÙÐÓ Ú Ö Ð Ó Ñ Ö ºÙ Ñ º Ö ½ Ö Ð ¾¼¼¾ È Ð ÚÖ ¹ Ú Ë Ø Ñ

Leia mais

EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA. Questão 1 De acordo com a sua pronúncia, transcreva foneticamente as palavras que se seguem:

EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA. Questão 1 De acordo com a sua pronúncia, transcreva foneticamente as palavras que se seguem: EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA Questão 1 De acordo com a sua pronúncia, transcreva foneticamente as palavras que se seguem: 1. Elegante 9. Exílio 2. Carregamento 10. Venenosa 3. Ajudante

Leia mais

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem

Quadro de conteúdos. Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano. Lição 1 As crianças e os lugares onde vivem Quadro de conteúdos Eu Gosto M@is Integrado 1 o ano Língua Portuguesa Matemática História Geografia Ciências Naturais Arte Inglês ABC da passarinhada O alfabeto Quantidade A ideia de quantidade Eu, criança

Leia mais

½ Ê Ú Ø Ö Ð Ö Ò ÒÓ ÚÓк ¾ ÒÓº ¾ ÂÙÒ Ó ¾¼¼¾ ÈÖÓ Ù Ó ÐÑ Ø Ó ÙÖØ Å ØÖ Ñ ¹ÊÇÅ Ô Ö Ó Ò ÒÓ ÈÖÓ ÙØ ÓÒ Ó Ø Ë ÓÖع ÙÖ Ø ÓÒ ÐÑ Ò ¹ÊÇÅ ÓÖ È Ý Ì Ò ÂÙÖ Ò Ö À ÐÐÑ ÒÒ ÊÓ Ð Ò Å ÖÓ Ö Ò ÓÒ Æ Ú ÖÐ Ò Ó ÒØÓÒ Ó Ë Ú Ó ËÙ ÙÑ

Leia mais

SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350)

SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350) SITUAÇÃO DE REVISÃO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA PARA OS MANUAIS ELABORADOS OU TRADUZIDOS PELA HELIBRAS (SRD 350) NOTAS IMPORTANTES 1. Documento atualizado mensalmente com o objetivo de ser o referencial do

Leia mais

Lição 2: Katakana. Palavras estrangeiras. Nomes próprios

Lição 2: Katakana. Palavras estrangeiras. Nomes próprios Lição : Katakana Na primeira lição, vimos como o hiragana é utilizado para escrever palavras genuinamente japonesas. Agora, para que se usa o katakana? Nesta lição estudaremos os usos deste segundo silabário

Leia mais

! " 0 1 * 2 * 3 " " 3 " +

!  0 1 * 2 * 3   3  + ! " # $ # # ! " % & ' " ( " & ) * +", &-. # +&,. # * - & / " " & * &! " 0 1 * 2 * 3 " " 3 " + 4 2 $ 35 6 7 # $% & ' % " " # $ * " 8 " " " #, + 3* $ * & / 3 " " # + 9 +:# * # ; " " $ # # "! " + +' < * 2

Leia mais

BANCO DE FÓRMULAS PROF. FRED MOURA. Movimento Circular 1 T. a cp. = velocidade angular. = espaço angular. Unidades de medida

BANCO DE FÓRMULAS PROF. FRED MOURA. Movimento Circular 1 T. a cp. = velocidade angular. = espaço angular. Unidades de medida O D ÓMUL O. D MOU MU & MU Moo ul Lço Oblíuo p = lo ul * opo l - MU y y y y y s y y y = lo é = ção spço = spço ul = o H s = Ilo po = üê * opo hozol - MU = spço (l) = píoo x os = spço Il = lo = lo l = lção

Leia mais

CONTROLADOR ADAPTATIVO POR MODELO DE REFERÊNCIA E ESTRUTURA VARIÁVEL APLICADO AO CONTROLE DE UM GERADOR SÍNCRONO

CONTROLADOR ADAPTATIVO POR MODELO DE REFERÊNCIA E ESTRUTURA VARIÁVEL APLICADO AO CONTROLE DE UM GERADOR SÍNCRONO OROLAOR AAAIVO OR MOELO E REFERÊIA E ESRUURA VARIÁVEL ALIAO AO OROLE E UM GERAOR SÍROO MARUS V A FERAES ARE LIMA E ALAYR ARAÚJO Lboóo Acoo ool Ição o Eh Eléc Uv Fl o Ro G o o 9-9 - l R Bl E-l: cv@lco @yhooco

Leia mais

6DOGR 5HF 'HY $W +& $S &ULP 56 (VW 5+& 5HF &ULP 06ÃHJ $J,QVW $S &ty 5H PH $ 5HVF 2XW ÃÃ Ã&tYHO ÃÃ5HLQDOGRÃ&DVWUR ÃÃ'DQLHOÃ5LEHLUR ÃÃ5GRÃ1RQDWRÃ)LOKR ÃÃ&DUORVÃ1LQDÃ&XWULP ÃÃ&ORGHQLO]DÃ)HUUHLUD ÃÃ Ã&tYHO

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO POLÍCIA RODOVIARIA FEDERAL ARP Nº 09/2013 Aos Órgãos da Administração Pública Ref.: 2013. Ata de Registro de Preços conforme preceitua o Decreto Nº 7.892,

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D O P A R A N Á L E T Í C I A M A R I A G R O B É R I O A B O R T O : U M A Q U E S T Ã O M O R A L, L E G A L, C U L T U R A L E E C O N Ô M I C A C U R I T I B A

Leia mais

!"#$"%&%'(( )'*#+%")'(,($"-!#'(

!#$%&%'(( )'*#+%)'(,($-!#'( !"#$"%&%'(( )'*#+%")'(,($"-!#'(!"#$%&'%()#&*&+,-./0&10.0234&5&6%#"7&&&&&&789-4/3*":;0?&@AB@CDD&E7F(6&G!0HI34&28&JK

Leia mais

CE R T IFICADO DE GA R ANT IA

CE R T IFICADO DE GA R ANT IA ÓIO 90 9 LORÇÃO WR TOS esenhista de Produtos PROUTO SQU OT O. I. OZ. W LORÇ 0V 0X00X90 O. I. OZ. W LORÇ 0V 0X00X QUT. VOLUS PROVÇÃO T LORÇÃO: T RVISÃO: IUL UZZO oordenador de epartamento Técnico /0/0 09//0

Leia mais

III - GABARITO LISTA SALA

III - GABARITO LISTA SALA cício ião Li Fíic - GBTO LST SL oáic Foç éic, po éico, Ponci, pciânci, on iênci éic Pof. D. áuio S. Soi www.cuio.oi.no.b cu@uo.co.b. cício Soução: ()..5 pf (b).5 pf p.,5 ncon foç qu u cg cooc cono, c u

Leia mais

ËÙÑ Ö Ó ÁÒ ÓÖÑ Ó Ô Ö ÓÒØ ØÓ ½¼ º½ ÓÑ Ó Ó Ó Ô Ö Ó Ö ØÓ ÀÙÑ ÒÓ Àʵ ÁÒØ ÖÒ ÓÒ Ð º º º º º º º ½¼ º¾ Ö Ø ÓÖ Ó ÀÊ Ñ Ú Ö Ò Ó º º º º º º º º º º º º º º º º

ËÙÑ Ö Ó ÁÒ ÓÖÑ Ó Ô Ö ÓÒØ ØÓ ½¼ º½ ÓÑ Ó Ó Ó Ô Ö Ó Ö ØÓ ÀÙÑ ÒÓ Àʵ ÁÒØ ÖÒ ÓÒ Ð º º º º º º º ½¼ º¾ Ö Ø ÓÖ Ó ÀÊ Ñ Ú Ö Ò Ó º º º º º º º º º º º º º º º º È ÕÙ ØÖ Å Ø Ö Ð Ø µ ÙÑ ÁÒ Ù ØÖ ÅÓÖØ Å ÒØ Ðµ ¹ ÁÒ ÓÖÑ Ó Ô Ö ÓÒØ ØÓ ËÙÔÐ Ñ ÒØÓ Ó ÓÙÑ ÒØ Ö Ó ÔÖ ÒØ Ó Ô Ð ÓÑ Ó Ó Ó Ô Ö Ó Ö ØÓ ÀÙÑ ÒÓ Ø Þ Ò ÓÑÑ ÓÒ ÓÒ ÀÙÑ Ò Ê Ø µ ÀÊ ÛÛÛº ÖºÓÖ ËÙÑ Ö Ó ÁÒ ÓÖÑ Ó Ô Ö ÓÒØ ØÓ ½¼

Leia mais

«G ˆ ˆ ˆ. l ˆ«. ˆ«======================== & 2 fi C ˆ ˆ««G7 ======================== & ˆ«. ˆ«======================== & ˆ«

«G ˆ ˆ ˆ. l ˆ«. ˆ«======================== & 2 fi C ˆ ˆ««G7 ======================== & ˆ«. ˆ«======================== & ˆ« 1) Hoe é festa diferente (bertura) (ountry) ======================== & 2 fi 4. = 1 Ho e_é ( "eebrações speciais" nº 3 Pauus) es O céu em minhas mãos Missa de Primeira ucaristia ta di fe ren te pra quem

Leia mais

LEI nº. 034/2009 30/06/2009

LEI nº. 034/2009 30/06/2009 LEI nº. 034/2009 30/06/2009 Dispõe sobre a criação de vagas junto ao Quadro de Pessoal da Prefeitura Municipal de Angatuba que especifica e dá outras providências CARLOS AUGUSTO RODRIGUES DE MORAIS TURELLI,

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA TURMA: OD1

CURSO DE ODONTOLOGIA TURMA: OD1 CURSO DE ODONTOLOGI TURM: OD1 Horário SEG TER QU QUI SEX iologia Intr. à Odontolgia 9:40 h iologia () Língua Portuguesa Língua Portuguesa Intr. à Odontolgia iologia iologia iologia () 13:10 h 15:40 16:30

Leia mais

Bombas e Motores Simples e Múltiplos Séries PGP/PGM 030/031, 050/051 e 075/076

Bombas e Motores Simples e Múltiplos Séries PGP/PGM 030/031, 050/051 e 075/076 Bombas e Motores Simples e Múltiplos Séries PGP/PGM 030/031, 050/051 e 075/076 Catálogo HY-2011-1 BR Abril 2004 Vazões até 485 lpm (128 gpm) Pressão até 210 bar (3000 psi) Motores até 135 HP Bombas e motores

Leia mais

ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS

ANEXO I MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS INSTITUTOFEDEAAl O0l4s MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS ANEXO I ORGANOGRAMA FUNCIONAL - luc ~5: )!la.

Leia mais

t "*% \"26 Ë, ITEM 01 ITEM 04 ATA N'OOI As nove horas do dia onze de maio de dois mil e dezesseis, na Prefeitura Municipal de T

t *% \26 Ë, ITEM 01 ITEM 04 ATA N'OOI As nove horas do dia onze de maio de dois mil e dezesseis, na Prefeitura Municipal de T t "*% ATA N'OOI \"26 Ë, As nove horas do dia onze de maio de dois mil e dezesseis, na Prefeitura Municipal de T localizada na Rua Minas Gerais, ne 46, nesta cidade, reuniu-se a Comissão nomeada pelo Senhor

Leia mais

!" #$% &$#! %! '(! $! %!!)!" *%! +#!!)! &$#! $% $ $! % #,$#!"! % $!!)!-.! + /!!% +#!!!!!/# % 0 1!+#+ (+!0!% (+$% 0#% -

! #$% &$#! %! '(! $! %!!)! *%! +#!!)! &$#! $% $ $! % #,$#!! % $!!)!-.! + /!!% +#!!!!!/# % 0 1!+#+ (+!0!% (+$% 0#% - Página 1 de 23!" #!$!!" #$% &$#! %! '(! $! %!!)!" *%! +#!!)! &$#! $% $ $! % #,$#!"! % $!!)!-.! + /!!% +#!!!!!/# % 0 1!+#+ (+!0!% (+$% 0#% -!!!!% +#!! %! #% &$! +!! 0! '!!% " % 0 % -! % $!!$!" %! $# % +

Leia mais

Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012

Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012 Listas dos Candidatos Admitidos dos Cursos de Divulgação Artística da Escola de Música do Ano Lectivo 2011/2012 Violino 1 鄭 鈜 日 CHEANG, WANG IAT MUS196 Violino Inicial, 1º Grau Aulas Individuais 2 劉 彥

Leia mais

PROGRAMA - DE ORDENAMENTO DO MUNICIPIO DE CONCEIÇAO DO CASTELO GOVERNO DO ESTADO DO ESPIRITO

PROGRAMA - DE ORDENAMENTO DO MUNICIPIO DE CONCEIÇAO DO CASTELO GOVERNO DO ESTADO DO ESPIRITO GOVENO DO ESADO DO ESPIIO - SANO SECEAIA DE ESADO DO PLANEJAMENO PEFEIUA MUNICIPAL DE CONCEIÇAO DO CASELO POGAMA - DE ODENAMENO - UBANO DO MUNICIPIO DE CONCEIÇAO DO CASELO CADASO - IMOBILIAIO UBANO Vali

Leia mais

Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011

Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011 Observações: Bolsas de Mérito Especial Candidatos Seleccionados para o Ano Lectivo de 2010/2011 1.Todos os candidatos seleccionados têm de assinar o talão de confirmação e entregá-lo na Direcção dos Serviços

Leia mais

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma P R O P " E ) A D E DO C L U D L I T T E H A R I O S U MMARIO f ; õ E J ; õ E ; I \ ;; z Df < j ç f:t \ :f P ü Bz }? E CLOTIJ DE J x "? ú J f Lf P DI!; V: z z " I O PA F L ARÉNE S Pz: E:\H P HA RRC : A

Leia mais

Relatório Atividade ECOPILHAS

Relatório Atividade ECOPILHAS Relatório Atividade ECOPILHAS 20 12 1 Índice 01 Introdução 02 A organização 1. Estrutura acionista 2. Balanço Social 03 Produtores 1. Adesão Produtores 2. Promoção de adesão de novos Produtores 04 Parceiros

Leia mais

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz b - 7 º b : J L : :h://bb/b/b-gh-6/h; :h://hh/06/87 : 6-J-07 8:4:05 çã Bb b õ çã çõ Bb h:///-/ f x f çõ q ç zçã z ) ) ç çã ç z q ) ) ) f zçã b q b ó x çã ó q fz- h b! Jã b b b b L _ L! L h fh b- ç q

Leia mais

PALMA. Catálogo de QRCode. 1. Encontre o QRCode 2. Com a câmera do celular mire no QRCode. 3. Comece a aula. www.programapalma.com.

PALMA. Catálogo de QRCode. 1. Encontre o QRCode 2. Com a câmera do celular mire no QRCode. 3. Comece a aula. www.programapalma.com. R PALMA Programa de Alfabetização na Língua Materna Inovação, Educação e Soluções Tecnológicas Catálogo de QRCode www.programapalma.com.br 1. Encontre o QRCode 2. Com a câmera do celular mire no QRCode

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G M E T O D O L O G I A U T I L I Z A D A P E L O P E T C O M P U T A Ç Ã O D A U F C G P A R A M I N I S T R A R C U R S O S DE I N F O R M À T I C A B À S I C A G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o C u

Leia mais

-* )! +,-*./& +. -* -%*)! -*. $%$/% 0 &1& 23 -* %1!%

-* )! +,-*./& +. -* -%*)! -*. $%$/% 0 &1& 23 -* %1!% !!"# $%$!# &''( )!"#$% * $&'( +),$ )"&* -* )! +,-*./& +. -* -%*)! +,-* 0'.*' -*. $%$/% 0 +,-* &1& 23 -* %1!% +,-* -* 2$% +,-* 2' )" + 2 !"%!"$ % 2%%$%!3"$%"+$/% 0 4 5 %$ $ %$ % +455"6 0 78 9 +455 :' +455$;''0

Leia mais

專 業 面 試 Entrevista Profissional

專 業 面 試 Entrevista Profissional INSTITUTO DE FORMAqOTUR 面 STICA 專 業 面 試 Entrvista Profissiona 第 一 職 階 二 等 技 術 員 ( 酒 店 前 堂 範 疇 ) 一 缺 Urn ugar d t 必 cnico d 2.', cass,. sca 江 o, da ara (IC srvicos d rcpg 汗 o hotira 地 點 : 澳 門 望 廈 山 旅 遊

Leia mais

! "#" $ %&& ' ( )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36 " #89 : /&*&

! # $ %&& ' ( )%*)&&&& +,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36  #89 : /&*& ! "#" %&& ' )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) 3 4 5 6 7 36 " #89 : /&*& #" + " ;9" 9 E" " """

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2º ANO INSTITUTO SOCIAL OBJETIVO Ensino: Infantil Fundamental - Médio CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL - 2º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 2015 PROFESSORA FABIANE DISCIPLINA(S): PORTUGUÊS / GEOGRAFIA / CIÊNCIAS / HISTÓRIA / MATEMÁTICA / RELIGIÃO PORTUGUÊS Bilhete. Bilhete ou carta?

Leia mais

! " #$ % " &' % $ & $ : $ :'; <.= 44> 09? : 2 : ' " 1 < /" $ A! A A A % B C B ( )%* % +,-. "/012 /1(,

!  #$ %  &' % $ & $ : $ :'; <.= 44> 09? : 2 : '  1 < / $ A! A A A % B C B ( )%* % +,-. /012 /1(, ! #$ &' $ &! ( )* +,-. /012 /1(, 3 445 $ 6 7 8.9 : $ :'; 09? @ : 2 : ' 1 < / $ A! A A A B C B 124 Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional ) ) D D D A ED!A D E A &F AD A & Revista

Leia mais

ENCARGOS SOCIAIS METODOLOGIA DE CÁLCULO SINAPI

ENCARGOS SOCIAIS METODOLOGIA DE CÁLCULO SINAPI ENCARGOS SOCIAIS METODOLOGIA DE CÁLCULO SINAPI !"#$%&'&#% 2015 CAIXA É permitida a reprodução de dados e de informações contidas nesta publicação desde que citada a fonte República Federativa do Brasil

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA JOSÉ RODOLFO FRANÇA DE ALMEIDA PLANEJAMENTO E GESTÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO DE UBERLÂNDIA -

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA JOSÉ RODOLFO FRANÇA DE ALMEIDA PLANEJAMENTO E GESTÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO DE UBERLÂNDIA - UIVI F UBÂI ITITUT FI JÉ F FÇ I PJT TÃ TPT PÚBI UBÂI - : TIVI VVI IPT, IT IT PT P UBÂI 2009 UIVI F UBÂI ITITUT FI JÉ F FÇ I PJT TÃ TPT PÚBI UBÂI - : TIVI VVI IPT, IT IT PT P elatório de stágio upervisionado

Leia mais

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL

GRAVITAÇÃO UNIVERSAL GVIÇÃO UNIVESL z- u ci féric u fr chubo rio, l qu u uprfíci ngnci uprfíci xrn fr chubo p plo cnro priii fr chubo r D coro co Li Grição Unirl, qul rá forç co qu fr chubo rirá u pqun fr locliz à iânci, o

Leia mais

SUSCETIBILIDADE EROSIVA DOS SOLOS

SUSCETIBILIDADE EROSIVA DOS SOLOS ASPECTOS MORFOMÉTRICOS COMO SUBSÍDIO AO ESTUDO DA CONDUTIVIDADE #'(%)!*")+$!"#$!%&!&& HIDRÁULICA E SUSCETIBILIDADE EROSIVA DOS SOLOS,-./01 :;354A946;69354UA>::

Leia mais

À À ÍÑ ÈÖÓØÓÓÐÓ ÊÓØ Ñ ÒØÓ Ô Ö ÁÑÔÐ ÒØ Ó ÈÖÓ Ö Ú Ó Ë ÖÚ Ó ÅÙÐØ Ø ÄÙ À ÒÖ Õ٠ź ú Ó Ø ½ ¾ ÄÙ º Ó Ø Ð Ô º Ö Ë Ö ½ Ë Ö º Ð Ô º Ö ÇØØÓ ÖÐÓ Åº º Ù ÖØ ¾ ÓØØÓ Ø ºÙ Ö º Ö ½ ÄÁÈ ¹ ÍÒ Ú Ö Ø È ÖÖ Ø Å Ö ÙÖ ÔÐ ÂÙ Ù

Leia mais

Bombas e Motores Simples e Múltiplos

Bombas e Motores Simples e Múltiplos Bombas e Motores Simples e Múltiplos Séries PGP/PGM 030/031, 050/051 e 075/076 Catálogo HY-2011 BR Novembro 2003 Pense em Qualidade, Pense Parker Para nós da Parker, a qualidade é alcançada quando suas

Leia mais

財 政 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS

財 政 局 DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS 1 LO JOSE RUA DO DR. PEDRO JOSE LOBO, 1-3, 12 ANDAR QUARTO 1210, EDIF. BANCO LUSO INTERNACIONAL, 3 趙 汝 錦 CHIU I KAM JORGE 15 何 國 菱 HO KOK LENG 澳 門 民 國 大 馬 路 36 號 大 興 大 廈 八 樓 A 座 AVE. DA REPUBLICA NO.36,

Leia mais

Avaliações Mensais - 1º bimestre Conteúdo Mensal do 1 Bimestre

Avaliações Mensais - 1º bimestre Conteúdo Mensal do 1 Bimestre CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO FUNDAMENTAL 2 ANO - VESPERTINO Mensais - 1º bimestre 2014 Leitura e interpretação de texto Alfabeto págs. 16 a 21 Escrevendo certo p ou b págs. 22 e 23 Ordem alfabética págs.

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO

MANUAL DE INTEGRAÇÃO MANUAL DE INTEGRAÇÃO PARA EXIBIÇÃO DA CARGA TRIBUTÁRIA EM CUPONS E NOTAS FISCAIS LEI 12.741/2012 Versão 0.0.5 Padrões técnicos de comunicação entre sistemas empresariais de emissão de cupons e notas fiscais

Leia mais

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010

P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 145/2010 D A T A D E A B E R T U R A : 2 9 d e d e z e m b r o d e 2 0 1 0 H O R Á R I O : 9:0 0 h o r a s L O C A L D A S E S S Ã O P Ú B L I C A: S a l a d a C P L/

Leia mais

Lição 1: Hiragana. Os silabários

Lição 1: Hiragana. Os silabários Lição 1: Hiragana O primeiro passo que realizaremos para aprender japonês neste livro será o de aprender um pouco sobre a escrita nipônica: estamos nos referindo, é claro, aos «rabiscos» que deixam muita

Leia mais

ËÙÑ Ö Ó Ç Ñ Ò Ó Ô Ö ÙÑ Ø ÜÓ Ì ÓÖ ÓÖ ÙÖ ÕÙ ÈÖÓÑÓÚ Ë Ù ½¼½ º½ ÊÙ Ò Å Ð ÓÖ ÅÙ ØÓ Å Ð ÓÖ º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º ½¼½ º¾

ËÙÑ Ö Ó Ç Ñ Ò Ó Ô Ö ÙÑ Ø ÜÓ Ì ÓÖ ÓÖ ÙÖ ÕÙ ÈÖÓÑÓÚ Ë Ù ½¼½ º½ ÊÙ Ò Å Ð ÓÖ ÅÙ ØÓ Å Ð ÓÖ º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º ½¼½ º¾ Ê ÚÓÐÙ Ó ÒØ ÒÚ Ð Ñ ÒØÓ ¹ Ç Ñ Ò Ó Ô Ö ÙÑ Ø ÜÓ Ì ÓÖ ÓÖ ÙÖ ÕÙ ÈÖÓÑÓÚ Ë Ù ÍÑ ÈÖÓ Ö Ñ Ê Ð Ê ÙÚ Ò Ñ ÒØÓ Ú Ø Ó Ò Ö ÓÚ ÙÐ Ö ÙÑ ÒØ ËÙ Ò Ö ÒÓ Å Ð ÓÖ ËÙ Ô Å ÒØ Ð Ì ÑÓØ Ý Âº ËÑ Ø Åº º ËÙÑ Ö Ó Ç Ñ Ò Ó Ô Ö ÙÑ Ø ÜÓ Ì

Leia mais

Uma publicação que é referência no setor

Uma publicação que é referência no setor ublic qu é rfrêci Vlt r rfiii ii frcêuc, viári, c, bitclgi, litíci, quíic fi, quit hitlr, i vi qu cl cti é u xigêci, rvit Cl Cti fc luçõ tclógic r rli brilir. C iibui irigi, ublic g rtt ghri ut, r Quli,

Leia mais

REVITALIZAÇÃO DA MARGEM DO RIO TAQUARI NO CENTRO DE LAJEADO

REVITALIZAÇÃO DA MARGEM DO RIO TAQUARI NO CENTRO DE LAJEADO VTZÇÃO O O TQU O TO O OTO cêmic UO OV f Oit U U QUTTU TO OUÃO UO 2012/2 VTZÇÃO O O TQU O TO O UÁO 1. pct tiv tm... 3 1.1. utifictiv tmátic...... 3 1.2. Objtiv ppt... 3 1.3. ái çõ t pgm, íti tci ub upt...

Leia mais

4.1 Funções de varias variáveis - Definição e exemplos

4.1 Funções de varias variáveis - Definição e exemplos Capítulo 4 Funções de duas variáveis 4.1 Funções de varias variáveis - Definição e eemplos Definição 1: Chamamos de função real com n variáveis a uma função do tipo f : D R com D R n = R R. Ou seja, uma

Leia mais

ÒØ Ò Ó ÂÓ ÕÙ Ñ Ò Ö Ø Ú ÍÑ Å ØÓ ÓÐÓ È ÖØ Ó Ô Ö Ó Ó¹ÔÖÓ ØÓ Ë Ø Ñ Ø Ñ Ó Ì Ù Ñ Ø ÓÐ Ò Ò Ö ÍÒ Ú Ö Ó Å Ò Ó Ô Ö Ó Ø ÒÓ Ó Ö Ù ÓÙØÓÖ Ñ ÁÒ ÓÖÑ Ø ýö Ô Ð Þ Ó Ñ Ò Ò Ö ÓÑÔÙØ ÓÖ µ ÍÒ Ú Ö Ó Å Ò Ó ÓÐ Ò Ò Ö Ô ÖØ Ñ ÒØÓ ÁÒ

Leia mais

MICRO E PEQUENAS. empresas. para você melhorar a eficiência no uso de água e energia da. sua empresa.

MICRO E PEQUENAS. empresas. para você melhorar a eficiência no uso de água e energia da. sua empresa. GESTÃO AMBIENTAL MICRO E PEQUENAS p p vê lh fiiêi u águ gi u p. At tt: ibit@fij.g.b Gtã Abitl p Mi Pqu Ep. www.fij..b/ gtbitlp Águ gi tã itt li. Tt qu qu flt u, ç flt ut. E i ft uit iúti t i. P t vibili

Leia mais

Cronograma de Provas - 3ª etapa 2015 Ensino Fundamental II 6º ano (10/09 a 16/12)

Cronograma de Provas - 3ª etapa 2015 Ensino Fundamental II 6º ano (10/09 a 16/12) Ensino Fundamental II 6º ano (10/09 a 16/12) 1º B loco de Avaliações AV1 - (20/10 a ) DATA 2 0 / 1 0 T e r ç a - F e ira 2 1 / 1 0 Q u a r t a - F e ir a 2 2 / 1 0 Q u inta- 2 6 / 1 0 S e g u n d a - F

Leia mais

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024 E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E M A J O R V I E I R A S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O, C U L T U R A E D E S P O R T O C N

Leia mais

Aos Sr, Luiz E mesto Mor;; s Diretor cia Escola de j es V is u a l e S ra Elisa de Magalhêi, 3 páginas inclusive. Rio de Janeiro, 10 de ulho de 2000

Aos Sr, Luiz E mesto Mor;; s Diretor cia Escola de j es V is u a l e S ra Elisa de Magalhêi, 3 páginas inclusive. Rio de Janeiro, 10 de ulho de 2000 GE Ig : i/mt'lellico 2G50600 0 7-1 0-0 0 1 0 : 0 9 Aos Sr, Luiz E mesto Mor;; s Diretor cia Escola de j es V is u a l e S ra Elisa de Magalhêi, 3 páginas inclusive Rio de Janeiro, 10 de ulho de 2000 Caros

Leia mais

14 dezembro 2O15. Auditório da Biblioteca

14 dezembro 2O15. Auditório da Biblioteca ESPAÇOS ENTRE ARTE E EDUCAÇÃO 14 dezembro 2O15 9h3O 18h3O Auditório da Biblioteca da FCT-UNL Seminário internacional do projeto de investigação da Unidade de Investigação Educação e Desenvolvimento sobre

Leia mais

TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO. PROPRIEDADES DOS QUADRILÁTEROS Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :...

TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO. PROPRIEDADES DOS QUADRILÁTEROS Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :... 1 TRIR SÉRI NSINO MÉIO INTGRO PROPRIS OS QURILÁTROS Prof. Rogério Rodrigues NOM :... NÚMRO :... TURM :... 2 IV - QURILÁTROS IV. 1) Quadriláteros Notáveis - lassificação : hamamos de Quadrilátero todo polígono

Leia mais

Reações de Oxidação Redução

Reações de Oxidação Redução Oxidação/redução em processos inorgânicos Reações de Oxidação Redução Caracterizam-se pela transferência de elétrons entre as espécies envolvidas. Oxidação: uma espécie química sofre aumento do seu estado

Leia mais

Gerente GC GC. Cluster N. Cluster 1. Cluster 2

Gerente GC GC. Cluster N. Cluster 1. Cluster 2 Ö Ò Ð ØÖ Ù ÓÒ Ú Ð Ñ ÐÙ Ø Ö ÒØ Ð Ö Äº Ó Ë ÒØÓ Ð Èº Ù ÖØ ÂÖº Ð ÒÒ Å Ò Ð Ð Ö ºÙ Ñ º Ö Ð Ò ºÙ ÔÖº Ö Ý ÖÝ ÓкӺ Ô ÔØÓº Ò ÓÑÔÙØ Ó ÔØÓº ÁÒ ÓÖÑ Ø Ý Ö ËÓÐÙØ ÓÒ ÁÒº ÍÒ Úº Ö Ð Å Ò Ö ÍÒ Úº Ö Ð Ó È Ö Ò Ó ¹ Ù Ë Ò Å

Leia mais

Notas de Aula. Introdução a Computação Gráfica. IMPA - Instituto de Matemática Pura e Aplicada

Notas de Aula. Introdução a Computação Gráfica. IMPA - Instituto de Matemática Pura e Aplicada Notas de Aula Introdução a Computação Gráfica IMPA - Instituto de Matemática Pura e Aplicada Autores Jonas de Miranda Gomes Luiz Carlos Pacheco Rodrigues Velho Paulo Roma Cavalcanti Intituições IMPA -

Leia mais

!"#$%& '!!!(!)!"#*+&,$!+!)!!% -"#'.!$ ' &/-+!'!&$!"#

!#$%& '!!!(!)!#*+&,$!+!)!!% -#'.!$ ' &/-+!'!&$!# !"#$%& '!!!(!)!"#*+&,$!+!)!!% -"#'.!$ ' &/-+!'!&$!"# 011+!' $.$ '!$2 -!' ).*'2&%'34431 3 5 6 - +78*-! -!-' ). &!! +-!&- ' 9)$)! & +$ : -! -!-' - +781 5 ).;'!*34431 1;)1!"#?&!'@5-('!''!)'!-' ' $)1.!&!

Leia mais

O APURINÃ MATOU OS INIMIGOS

O APURINÃ MATOU OS INIMIGOS Yowao Tradução Livre Os índios inimigos vieram para a mulher apurinã quando ela estava sentada no chão fazendo pote de barro. O filho dela estava pronto para sair. "Mãe, os índios inimigos vão vir para

Leia mais

1 Av. Brasil, 4036 sala 802 - Manguinhos Rio de Janeiro/RJ CEP 21040-361 - Tel: 021-3882-9140/9141 - Fax: 021-2260-3782 E-mail: cebes@cebes.org.

1 Av. Brasil, 4036 sala 802 - Manguinhos Rio de Janeiro/RJ CEP 21040-361 - Tel: 021-3882-9140/9141 - Fax: 021-2260-3782 E-mail: cebes@cebes.org. 1 ! "####################$ % & ###############################################' ( % & #################################################################################)* & " + % & #############################################################))!

Leia mais

Uma Aplicação do Teorema dos Resíduos

Uma Aplicação do Teorema dos Resíduos Uma Aplicação do Teorema dos Resíduos Miguel Moreira Escola Superior de Tecnologia de Setúbal DMAT Heitor Pina Instituto Superior Técnico DEM José Vieira Antunes Instituto Tecnológico e Nuclear LDA Resumo

Leia mais

A REFORMA ORTOGRÁFICA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, EM 1907. MANOEL P. RIBEIRO (ABRAFIL, UERJ E UNISUAM)

A REFORMA ORTOGRÁFICA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, EM 1907. MANOEL P. RIBEIRO (ABRAFIL, UERJ E UNISUAM) 206 A REFORMA ORTOGRÁFICA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, EM 1907. MANOEL P. RIBEIRO (ABRAFIL, UERJ E UNISUAM) ATAS DA ABL REFORMA ORTOGRÁFICA DE 1907 Em maio de 1906, a Academia Brasileira de Letras

Leia mais

COM UNICACXO INTERNA Fo> lea 14 de Janeiro de2002 *% '.

COM UNICACXO INTERNA Fo> lea 14 de Janeiro de2002 *% '. I k Ih EX N!L I > G y :xnrcpr x gsy x o qm Y* 5:2:7 CC Fftr!:- - 0-7o7z-2rû2 ea 4 de Janero de2002 *% # 4 De:Gabnete da Presdênca u - % Pm :Secretara OOM

Leia mais

ËÙÑ Ö Ó ½ ÁÒ Ó ½ ¾ È Ð ØÖ ¾ ¾º½ ÈÓÖÕÙ Ö Ú Ð Ó Ò Ó Ø ÚÓÐÙ Ò Ó º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º ¾ ¾º¾ ÑÔÓÖØ Ò Ó ÙÐØÓ Ö Ð Ó Ó º º º º

ËÙÑ Ö Ó ½ ÁÒ Ó ½ ¾ È Ð ØÖ ¾ ¾º½ ÈÓÖÕÙ Ö Ú Ð Ó Ò Ó Ø ÚÓÐÙ Ò Ó º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º ¾ ¾º¾ ÑÔÓÖØ Ò Ó ÙÐØÓ Ö Ð Ó Ó º º º º Ê Ð Ó ÍÖ ÒØ Ê Ð Ó ÜÔ Ö Ò Ô Ö ØÙ Ð È Ó Ð Ç ÈÓ Ö Ó Ë Ñ ÓÐ ÑÓµ ÊÓ ÖØ Ë ÖÑ Ø ÛÛÛºÙÖ ÒØ Ö Ð ÓÒºÓÑ ½¼ Ú Ö ÖÓ ¾¼½ ÌÖ Ò Ö Ó ÌÖ Ù Ó ÖÐÓ Ä Ø Ë ÐÚ ÖÐÓ Ñ Ö Ò Ð Ø ÐÚ Ñ ÐºÓÑ ËÙÑ Ö Ó ½ ÁÒ Ó ½ ¾ È Ð ØÖ ¾ ¾º½ ÈÓÖÕÙ Ö Ú

Leia mais

^' LI5TA GERAL DE PASSAGEIROS

^' LI5TA GERAL DE PASSAGEIROS i 1 ' INSPECTORI DE IMMIGRÇÃO No Porto SNTOS ESTDO DE S. PULO ilyigiaoli eeiellli ITllI - Società rimite FiOlIQ) e BÜMTTWO ' LI5T GERL DE PSSGEIROS -o- Sjpfrr-c- O PECRETO ESTDUL N. 1458 10 bril 1907 rts.

Leia mais

Livro de estudos. abcdefghijklmnopqrstuvwxyz

Livro de estudos. abcdefghijklmnopqrstuvwxyz Livro de estudos abcdefghijklmnopqrstuvwxyz Dados Técnicos Autor: Alexandre Bastos Editor: José Edmundo Heráclito Silva Assessoria Pedagógica: Andréia Terra Equipe Gestora: Bruno Rebello Eduardo José Lacerda

Leia mais

Curso: Ciência da Computação Turma: 4ª Série. Probabilidade e Estatística. Aula 2

Curso: Ciência da Computação Turma: 4ª Série. Probabilidade e Estatística. Aula 2 Curso: Ciência da Computação Turma: 4ª Série Aula 2 Análise Combinatória: Arranjo, Permutação, Combinação Simples e com Repetição Motivação Quantas ordenações são possíveis fazer com um baralho de 52 cartas?

Leia mais

41 GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA. lein 1019,DE 30 de NOVEMBRO de2001.

41 GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA. lein 1019,DE 30 de NOVEMBRO de2001. 41 GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA lein 1019,DE 30 de NOVEMBRO de2001. Dispõe sobre os instrumentos de controle do acesso aos recursos genéticos do Estado de Rondônia. 0 GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

½ Ë Ø Ñ Ê Ð Î ÖØÙ Ð Ô Ö Ë ÑÙÐ Ó Î Ù Ð Þ Ó Ö ÈÓÒØÙ Ö Ø Ù ÑÔÓ Ð ØÖ Ó Î ÖØÙ Ð Ê Ð ØÝ ËÝ Ø Ñ ÓÖ Ë ÑÙÐ Ø ÓÒ Ò Î Ù Ð Þ Ø ÓÒ Ó Ö Ø ÈÓ ÒØ Ö Ò Ø Ð ØÖ Ð ÒØ ÓÒ Ó Î Ò ÖÐ Ó Ë ÒØÓ ½ Ë Ð Ò ÊÓ Ö Ù Ó Ë ÒØÓ ¾ ÄÙ Ò Å Ó Ö

Leia mais

G. N. ocdes X EDIÇÃO DA LIVRARIA SELBACH PORTO ALEGRE

G. N. ocdes X EDIÇÃO DA LIVRARIA SELBACH PORTO ALEGRE G. N. ocdes X EDÇÃO DA LVRARA SELBACH PORTO ALEGRE NOÇÕES DE ÂRTMÉTCA PARA AS A U L A S E L E R ^ E N T A R E S P o r G u i l h e r m e N i e n a b e r 15.«EDÇÃO (ORTOGRAFA NACONAL) CiKMff DtOTAUZAOO E

Leia mais

EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA - RESPOSTAS

EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA - RESPOSTAS EXERCÍCIOS DE TRANSCRIÇÃO FONÉTICA E FONÊMICA - RESPOSTAS * As respostas para as transcrições fonéticas dos exercícios que se seguem são meramente demonstrativas e não esgotam todas as possibilidades.

Leia mais

LEI No. r.6es cle 16 de o4 19 eo

LEI No. r.6es cle 16 de o4 19 eo Lt'li LEI No. r.6es cle 16 o4 19 eo DISPOE SOBRE AS TABELAS DE REMUNERAÇAO DE FUNC I ONÁRlOS?PROFE SSO- RES E SERViDORES EM GERAL DA PREFEITURA E DÁ OUTRAS PROV]DÊNCIAS NILSON WILHELMS, Prefeito Municipal

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais. Interseções de uma Superfície Cônica Circular Reta com um Plano. Ananias Moreira

Universidade Federal de Minas Gerais. Interseções de uma Superfície Cônica Circular Reta com um Plano. Ananias Moreira Universidade Federal de Minas Gerais Interseções de uma Superfície Cônica Circular Reta com um Plano Ananias Moreira Belo Horizonte, 2010 Ananias Moreira Interseções de uma Superfície Cônica Circular

Leia mais

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA B F B HÁ 203 : Ç FÍ, (*) s tividades omplementares realizarseão aos sábados de acordo com o alendário etivo 3/03/204 F Í B H B F B HÁ /204 Ç FÍ, /BH Ç FÍ HÁ ias da emana 2ª F 3ª F 4ª F 5ª F 6ª F ducação

Leia mais