Acordam no Tribunal da Relação do Porto

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Acordam no Tribunal da Relação do Porto"

Transcrição

1 PN ; Ag: TC Santo Tirso; Age 2 : José Julião João, Rua Senhora da Conceição 25/27 Peniche; Aga 3 : Ivone da Conceição Antunes Romão, Rua Senhora da Conceição 25 Peniche. Acordam no Tribunal da Relação do Porto 1. O Age discorda do despacho pelo qual foi indeferido pedido com vista a serem proferidas as decisões necessárias à regularização da situação registral do casamento José Julião/Ivone da Conceição, a comunicar pela Secretaria do Tribunal à Conservatória do Registo Civil de Peniche, e por forma a que ao respectivo assento seja finalmente averbado o actual regime de separação de bens do casal. 2. Concluiu: (a) A nossa lei admite diversos casos de separação de bens na vigência da sociedade conjugal, como consequência de outros tantos procedimentos judiciais, nomeadamente a separação de meações quando, nas execuções, são penhorados bens comuns do casal, por dívida da responsabilidade de um só dos cônjuges 4 ; 1 Vistos: Des. Ferreira de Sousa (333), Des. Paiva Gonçalves (1133). 2 Adv: Dra. Adelaide Pedro, Avª Almirante Reis, 136 1º Dto, Lisboa. 3 Adv: Dr. João de Brito, 287 1º Dto, 1100 Lisboa. 4 Citou, Ac. RP, CJ (1995) II/208. 1

2 (b) Na separação de bens processada ao abrigo do disposto no art. 825 CPC, feita a partilha das meações, passa a vigorar entre estes o regime de separação de bens, sem necessidade de ser intentada outra acção judicial; (c) E em conformidade com os arts. 1711/1 e 1715/2 CC, a modificação do regime de bens advinda do pedido de separação das meações só produz efeitos relativamente a terceiros depois de registada 5 ; (d) Por outro lado, os arts. 1e. e 2 Cód. Reg. C. obrigam ao registo da alteração do regime de bens do casamento; (e) Por fim, o art. 78 do mesmo diploma (anterior art. 99) obriga o tribunal a comunicar à Conservatória competente, por meio de certidão, as decisões proferidas quanto aos factos que devam ser averbados ao registo; (f) Tendo indeferido o requerimento do recorrente, a decisão recorrida violou as normas legais antecedentemente indicadas; (g) Deve por isso ser revogada e substituída por outra que ordene a comunicação à C. Reg. C. Peniche da separação de bens entre o recorrente e a recorrida, com remessa da sentença homologatória da partilha e data do trânsito respectivo. 3. Não houve contra-alegações, e o despacho foi sustentado: a situação é aqui diferente da prevista nos arts. 1419ss CPC e 1767 CC, onde se contempla a separação judicial de pessoas e bens, essa sim com interesse para ser comunicada à C. Reg. C.; aliás, há diferença estrutural entre os dois institutos: o do art. 825 CPC, de natureza patrimonial, e o do art CPC, de natureza pessoal. 4. O recurso está pronto para julgamento. 5. Dá-se por assente, segundo os autos: 2

3 (a) Neste apenso à execução principal, foi proferida, , e transitou, sentença homologatória da partilha, requerida ao abrigo do art. 825 CPC, por Ivone da Conceição Antunes Romão casada com José Julião João, inicialmente na comunhão geral de bens; (b) Com êxito, este último requereu depois, , para efeitos de registo, a passagem da certidão do teor da sentença de partilha, acompanhada do respectivo mapa; (c) E em , para efeitos de averbamento, que fosse oficiado à C. Reg. C. Peniche, informando da alteração do regime de bens do casal em consequência da sentença, como foi feito; (d) Contudo, em , foi junto aos autos uma resposta da dita Conservatória sobre certidão de teor da sentença homologatória da partilha: o inventário corre por apenso ao processo de separação, e verifica-se que nos foi enviada fotocópia da sentença que homologou a partilha e não da sentença que decretou a separação de bens, única que interessa ao Registo Civil; (e) Em , o recorrente, para efeitos de registo na C. Reg. C. Peniche, requereu que o tribunal o declarasse judicialmente separado de pessoas e bens da mulher, despacho que teria obrigatoriamente de preceder a partilha de bens homologada por sentença, , e que, por lapso, parece não ter sido proferido; (f) Foi indeferido, , com trânsito: não se vislumbra na tramitação legal a previsão do despacho a que se alude no antecedente requerimento; (g) E entretanto, no sentido de Aclaração pedida, sobre qual era, naquele momento, o regime dos bens do casal: satisfazendo esclarece-se o requerente que o regime de bens do casal é, neste momento, o regime de separação de bens 6 ; 5 Citou o Ac. da nota anterior. 6 Citou o já referido ac RP

4 (h) Em , foi apresentado o requerimento (agora indeferido): no assento de casamento dos cônjuges não foi ainda averbada a alteração do seu regime de bens que é de separação de bens, e deve ter-se em conta a devolução da certidão, A separação de meações, através de inventário, nos termos do art. 825 CPC, integra a excepção ao princípio da imutabilidade do regime de bens matrimonial prevista no art. 1715b CC. É facto sujeito a Registo Civil, art. 1711/1b do mesmo diploma: simples separação judicial de bens. E também é verdade que a comunicação à C. Reg. C., onde foi lavrado o Assento de Casamento é oficiosa, mostrando-se deficientemente cumprida, segundo a matéria comprovada. E como se vê do manifesto erro de base da informação prestada em 1996 pela Conservatória, na qual a homologação judicial da partilha foi concebida como decisão dada na sequência de sentença (em falta!) de separação de pessoas e bens. Tem por conseguinte razão o recorrente: há que corrigir o processado defeituoso, e não se pode sufragar a tese do despacho recorrido pela qual nos é dito, em boa verdade, não haver lugar a registo. De qualquer modo, parece também haver contradição de julgados, pois ainda se verificam despachos no sentido, pelo menos, de possibilitar ou de entender como cabendo legalmente o registo civil da mera separação de bens, afinal disso mesmo que tratam os autos e não de matéria diversa. Sendo assim haveria sempre de fazer cumprir o caso julgado (contraditório) precedente. Convergiriam as duas soluções, mas adopta-se a primeira, por mais expedita. 7. Atento o exposto, vistos os arts. 1711/1, 1715/1b.2 CC, arts. 1ºe., 2º, 78º Cód. Reg. C., decidem revogar o despacho recorrido que substituem, ordenando a comunicação oficial à C. Reg. C. Peniche da mera separação de bens, que afecta, a partir da 4

5 sentença homologatória da partilha, , o regime matrimonial de José Julião/Ivone da Conceição, com certidões oportunas. 8. Sem custas, por não serem devidas. 5

PN ; Ag: TC Porto (Família e Menores) 2º J, 1ª sec ( Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

PN ; Ag: TC Porto (Família e Menores) 2º J, 1ª sec ( Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 3133.06-5; Ag: TC Porto (Família e Menores) 2º J, 1ª sec ( Ag.e: Agºs: Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: (1) Discorda a ag.e da decisão de 1ª instância, que indeferiu requerimento

Leia mais

ACORDAM OS JUÍZES NO TRIBUNAL DE SEGUNDA INSTÂNCIA DA R.A.E.M.:

ACORDAM OS JUÍZES NO TRIBUNAL DE SEGUNDA INSTÂNCIA DA R.A.E.M.: Processo nº (Autos de Recurso Civil e Laboral) Data: 29 de Novembro de 2012 Recorrente: A (embargante) Recorridos: B (embargado) Banco Luso Internacional, S.A. (exequente) ACORDAM OS JUÍZES NO TRIBUNAL

Leia mais

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 3598.07-5; Cf.Comp.: TRP Rq.e: Maria Helena Marques Coelho Rodrigues Correia Simões1, Rua da Firmeza, 148 4000-225 Porto Rq.do: Carlos Alberto Correia Simões Rodrigues2 Em Conferência no Tribunal da

Leia mais

Pº R.P. 241/2008 SJC-CT-

Pº R.P. 241/2008 SJC-CT- Pº R.P. 241/2008 SJC-CT- Acção proposta no âmbito do artº 205º CPEREF- Ordem de separação de determinado prédio da massa falida Cancelamento de hipotecas e penhoras Insuficiência do título. DELIBERAÇÃO

Leia mais

(1) Discorda a ag.e da decisão de 1ª instância, que indeferiu requerimento ao abrigo do artº 1785/3CC de continuação de divórcio post mortem;

(1) Discorda a ag.e da decisão de 1ª instância, que indeferiu requerimento ao abrigo do artº 1785/3CC de continuação de divórcio post mortem; PN 3133.06-5; Ag: TC Porto (Família e Menores) 2º J, 1ª sec (1763/05.2TMPRT) Ag.e: Marieta do Carmo Espírito Santo 1, Rua de São Brás, 29, 1º, Porto Agºs: Alice Glória Ribeiro 2, Zona J, Chelas, lote 559,

Leia mais

senhoria operou-se no fim do prazo estabelecido (caducidade do contrato); do estabelecimento comercial em causa outro se extinguiu;

senhoria operou-se no fim do prazo estabelecido (caducidade do contrato); do estabelecimento comercial em causa outro se extinguiu; PN. 1277.00; Ap.: TC Santarém, 1º J; Ap.e: Maria José Couto Pereira dos Santos, Rª António Vicente Júnior, 17º 2º Esq., Vale de Estacas; Ap.a: DIM Portugal, Importação e Comercialização Lda, Rª da Matinha,

Leia mais

Em Conferência, no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Em Conferência, no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 2711.02-5 1 ; Ag.: Tc. Ovar, 2º J. (PN 629-B/99); Ag.e 2 : Daniel Valente da Silva Vigário; Ag.o 3 : Constantino José de Almeida e Silva, cc Elza Ferreira da Costa. Em Conferência, no Tribunal da Relação

Leia mais

Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: S U M Á R I O

Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: S U M Á R I O Processo n.º 527/2007 Data do acórdão: 2008-01-31 Assuntos: - art.º 1200.º do Código de Processo Civil - divórcio - conservatória do registo civil - revisão formal S U M Á R I O Caso no exame dos autos

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 5237.04-5; Ag.: Tc. Porto, 2º J. (18747/03.8TJPRTA); Ag.e 1 : António Pereira Teixeira, Rua de S. Bento, 38, 4825-105 Água Longa; Ag.o 2 : Credifim, Banco de Crédito ao Consumo, SA, Rua do Pinheiro

Leia mais

Processo nº 45740/2006 Acórdão de:

Processo nº 45740/2006 Acórdão de: Processo nº 45740/2006 Acórdão de: 05-03-2015 Acordam no Supremo Tribunal de Justiça: No 1º Juízo de Execução de Lisboa, AA deduziu os presentes embargos de terceiro por apenso a execução que BB moveu

Leia mais

Em remate das suas alegações, conclui a recorrente:

Em remate das suas alegações, conclui a recorrente: Page 1 of 6 Acórdãos TRL Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa Processo: 6104/2006-7 Relator: ISABEL SALGADO Descritores: COMPETÊNCIA MATERIAL TRIBUNAL DE FAMÍLIA INVENTÁRIO DIVÓRCIO POR MÚTUO CONSENTIMENTO

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 3799.04-5; Ag.: Tc. VN Famalicão, 1º J. (760-B.99); Ag.es 1 : Maria Adelina Barbosa de Sousa, Manuel Adriano Barbosa de Sousa, Maria da Conceição Barbosa de Sousa Oliveira, Belmira Barbosa de Sousa;

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto.

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. PN 1563.01 1 ; Ag: TC Arouca; Ag.es 2 : Maria Fernanda da Costa Brandão, cabeça de casal Inv. Obr. Manuel Joaquim Moreira/Maria Rosa da Costa Reis; Ag.os 3 : Amélia Moreira da Costa, cc Agostinho Correia

Leia mais

Sentença nº 7/2010-3ª S/SS Processo nº: 5-A JRF/2003 3ª Secção em 1ª Instância 14/07/2010

Sentença nº 7/2010-3ª S/SS Processo nº: 5-A JRF/2003 3ª Secção em 1ª Instância 14/07/2010 Sentença nº 7/2010-3ª S/SS Processo nº: 5-A JRF/2003 3ª Secção em 1ª Instância 14/07/2010 HABILITAÇÃO DE HERDEIROS / PROCESSO PRINCIPAL PENDENTE / INSTÂNCIA SUSPENSA Sumário: 1. Nos termos do disposto

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL ( ) - Duração 2 h 30 m

DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL ( ) - Duração 2 h 30 m DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL (12.1.2016) - Duração 2 h 30 m I. LEIA o seguinte ac. RL 16-1-2014/Proc. 4817/07.7TBALM.L2-6 (ANTÓNIO MARTINS):

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 710/11.7 TBVNG - 2º Juízo Cível Insolvente: JOSÉ MANUEL DA SILVA MACEDO Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

CÓDIGO CIVIL. Actualização N.º 3

CÓDIGO CIVIL. Actualização N.º 3 CÓDIGO CIVIL Actualização N.º 3 Código Civil 2 TÍTULO: AUTORES: CÓDIGO CIVIL Actualização N.º 3 BDJUR EDITOR: EDIÇÕES ALMEDINA, SA Avenida Fernão de Magalhães, n.º 584, 5º Andar 3000-174 Coimbra Tel.:

Leia mais

Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: S U M Á R I O

Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: S U M Á R I O Processo n.º 178/2008 Data do acórdão: 2008-05-08 Assuntos: - art.º 1200.º do Código de Processo Civil - divórcio - revisão formal S U M Á R I O Caso no exame dos autos não tenha detectado nenhuma desconformidade

Leia mais

P.º R.P. 159/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em partilha Obrigação de registar: prazo

P.º R.P. 159/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em partilha Obrigação de registar: prazo P.º R.P. 159/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em partilha Obrigação de registar: prazo PARECER Relatório 1. Adelino vem apresentar reclamação da conta do acto de registo pedido a coberto da ap.27

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto

Acordam no Tribunal da Relação do Porto PN. 209.01 1 ; AP: Tc P. de Ferreira Ap.e. 2 : Bernardino Filipe Martins Gonçalves, R. de Carral, 169, P. de Ferreira; Ap.os 3.: José Fernando Teles de Menezes, cc Maria Idalina Pinto de Moura, R. Dra.

Leia mais

A recorrente não se conformou concerteza com a condenação em custas por incidente anómalo.

A recorrente não se conformou concerteza com a condenação em custas por incidente anómalo. PN 3227.02-5 1 ; Ag.: Tc. Arouca; Ag.e 2 : Maria da Conceição Vieira da Silva, Rua da Alegria, 378, 4000-005 Porto; Ag.o: Fernando Pinho Garrido, Lugar de Santa Eulália, 4540 Arouca. Rcte.: MP. Rcda.:

Leia mais

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL

DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL DIREITO CIVIL E DIREITO PROCESSUAL CIVIL PEÇA PROFISSIONAL Mário emitiu um cheque do Banco Popular, da conta-corrente n.º.-, agência, no valor de R$ 0,00, para pagamento de despesas de prestação de serviço,

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 10.767/11.5 TBVNG 1º Juízo Cível Insolvente: ANA ALEXANDRA DE OLIVEIRA PAIVA Tribunal Judicial de Vila Nova de Gaia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto

Leia mais

PN ; AG.: TC. Lagos; Ag.e: SGALCO Soc. Construções, Lda.,R. Lima Leitão, 12, 1º Esq., Lagos; Ag.o: M.P.

PN ; AG.: TC. Lagos; Ag.e: SGALCO Soc. Construções, Lda.,R. Lima Leitão, 12, 1º Esq., Lagos; Ag.o: M.P. PN. 590.99 1 ; AG.: TC. Lagos; Ag.e: SGALCO Soc. Construções, Lda.,R. Lima Leitão, 12, 1º Esq., Lagos; Ag.o: M.P. Acordam no Tribunal da Relação de Évora 1. A Ag.e (falida) pediu a declaração de nulidade

Leia mais

PN ; Ag.: TC Porto, 3º J (1684A. 02) Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

PN ; Ag.: TC Porto, 3º J (1684A. 02) Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 4112.03-5; Ag.: TC Porto, 3º J (1684A. 02) Ag.e1: ; Ag.o2: Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. Introdução: (a) O Ag.e não se conforma com as decisões sucessivas através das quais (i) lhe não

Leia mais

Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa

Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa Page 1 of 8 Acórdãos TRL Acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa Processo: 632/10.9TMLSB.L1-6 Relator: OLINDO GERALDES Descritores: ACÇÃO DE DIVÓRCIO SENTENÇA DESISTÊNCIA DO PEDIDO VALIDADE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

2. Todavia, com base em que não se verificava confiança administrativa ou judicial da

2. Todavia, com base em que não se verificava confiança administrativa ou judicial da PN 195.02; Ag.: TFM. Porto; Ag.es: MP, rep. Acordam no Tribunal da Relação do Porto 1., 50.01.03, solteira, pretende obter a adopção plena de 96.11.18: (a) Tomou conta dela desde os 2 meses de idade, tal

Leia mais

Proc. R.C. 3/2008 SJC CT. Parecer

Proc. R.C. 3/2008 SJC CT. Parecer Proc. R.C. 3/2008 SJC CT Parecer Recurso hierárquico. Aquisição da nacionalidade portuguesa por efeito de adopção por decisão transitada em julgado antes da entrada em vigor da Lei n.º 37/81, de 3 de Outubro.

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores BERETTA DA SILVEIRA (Presidente), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU. Registro: 2016.0000644435 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0000653-18.2013.8.26.0302, da Comarca de Jaú, em que é apelante E. J. B. (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado L. E.

Leia mais

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril

Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Lei n.º 14/2006 de 26 de Abril Altera o Código de Processo Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 44129, de 28 de Dezembro de 1961, designadamente procedendo à introdução da regra de competência territorial

Leia mais

Acordam no Supremo Tribunal de Justiça:

Acordam no Supremo Tribunal de Justiça: Acórdãos STJ Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça Processo: 45740/06.6YYLSB-A.L1-A.S1 Nº Convencional: 2ª SECÇÃO Relator: OLIVEIRA VASCONCELOS Descritores: PENHORA BENS COMUNS DO CASAL SEPARAÇÃO DE BENS

Leia mais

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL 25ª Sessão DA REFORMA DOS RECURSOS EM PROCESSO CIVIL Carla de Sousa Advogada 1º Curso de Estágio 2011 1 Enquadramento legal DL nº 303/2007 de 24 de Agosto Rectificado pela: Declaração

Leia mais

PN ; Cf. C.: TR. Porto; Rq.: MP; TR.s Conf.: 4ª Vara Cível do Porto, 1º Juízo Cível do Porto. Acordam no Tribunal da Relação do Porto

PN ; Cf. C.: TR. Porto; Rq.: MP; TR.s Conf.: 4ª Vara Cível do Porto, 1º Juízo Cível do Porto. Acordam no Tribunal da Relação do Porto PN 1274.01; Cf. C.: TR. Porto; Rq.: MP; TR.s Conf.: 4ª Vara Cível do Porto, 1º Juízo Cível do Porto. Acordam no Tribunal da Relação do Porto 1. O Digno Procurador-Geral da República junto deste Tribunal

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 2009.002.37792 AGRAVANTES: CLYMENE LIMA GONÇALVES E OUTROS AGRAVADO : ANA MARIA NASCIMENTO DAS NEVES RELATOR:

Leia mais

PN ; Ap.: Tc. Porto, 2ª V. (); Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

PN ; Ap.: Tc. Porto, 2ª V. (); Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 5126.04-5; Ap.: Tc. Porto, 2ª V. (); Ap.e1:; Ap.o2: Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. Introdução: (a) O Embargante não se conforma com a improcedência parcial dos embargos de terceiro

Leia mais

O Ag.e não se conforma com o procedimento da execução de alimentos que a filha lhe move.

O Ag.e não se conforma com o procedimento da execução de alimentos que a filha lhe move. PN 6922.03-5; Ag.: Tc. Porto, Família e Menores, 2º J. (380-C/96); Ag.e 1 : José Carlos Mota da Silva, Rua Sol Poente, 656, habitação G, Leça da Palmeira; Ag.a 2 : Teresa Susana Martins Gonçalves Mota

Leia mais

ACÓRDÃO N.º 20/2016- PL-3.ª SECÇÃO 4ROM-SRA/2016 (P. n.º 1/2014-M-SRATC)

ACÓRDÃO N.º 20/2016- PL-3.ª SECÇÃO 4ROM-SRA/2016 (P. n.º 1/2014-M-SRATC) Revogou a Sentença nº 5/2016 - SRATC ACÓRDÃO N.º 20/2016- PL-3.ª SECÇÃO 4ROM-SRA/2016 (P. n.º 1/2014-M-SRATC) Descritores: Extinção do procedimento por responsabilidades sancionatórias /prescrição/ artigo

Leia mais

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível

Dados Básicos. Ementa. Íntegra. Fonte: Tipo: Acórdão STJ. Data de Julgamento: 19/03/2013. Data de Aprovação Data não disponível Dados Básicos Fonte: 1.281.236 Tipo: Acórdão STJ Data de Julgamento: 19/03/2013 Data de Aprovação Data não disponível Data de Publicação:26/03/2013 Estado: São Paulo Cidade: Relator: Nancy Andrighi Legislação:

Leia mais

P.ºR.P. 106/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em acordo de partilha em processo de inventário Obrigação de registar: prazo.

P.ºR.P. 106/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em acordo de partilha em processo de inventário Obrigação de registar: prazo. P.ºR.P. 106/2009 SJC-CT- Registo de aquisição com base em acordo de partilha em processo de inventário Obrigação de registar: prazo. PARECER Relatório 1. Maria vem apresentar reclamação da conta do acto

Leia mais

PN ; Ap: TC Porto, 4ª Vara () Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

PN ; Ap: TC Porto, 4ª Vara () Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 4179.07-5; Ap: TC Porto, 4ª Vara () Ap.e: Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: (1) A ap.e discorda da perda de causa, absolvida a do pedido de reconhecimento do direito à concessão

Leia mais

Processo de arbitragem. Sentença

Processo de arbitragem. Sentença Processo de arbitragem Demandante: A Demandada: B Árbitro único: Jorge Morais Carvalho Sentença I Processo 1. O processo correu os seus termos em conformidade com o Regulamento do Centro Nacional de Informação

Leia mais

PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS

PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS PAPEL DO SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA NA ORIENTA- ÇÃO DA JURISPRUDÊNCIA: PROCEDIMENTOS DE UNIFOR- MIZAÇÃO BREVES NOTAS 1. Estrutura judiciária - Tribunais Judiciais (1) Supremo Tribunal de Justiça (com

Leia mais

(Sumário elaborado pela Relatora) Acordam os Juízes no Tribunal da Relação de Lisboa:

(Sumário elaborado pela Relatora) Acordam os Juízes no Tribunal da Relação de Lisboa: Acórdãos TRL Processo: 258/14.8TBPDL.L1 6 Relator: ANABELA CALAFATE Descritores: ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA REMUNERAÇÃO Nº do Documento: RL Data do Acordão: 02 07 2015 Votação: UNANIMIDADE Texto Integral:

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

Acordam no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 2714.06-5; Ag: TC V. Conde, 3 J ( 339A/99) Ag.e: Maria Ramos dos Santos, Luísa Ramos Carneiro cc José Fernando das Silva Linhares, Maria América ramos Miranda cc Joaquim Luís Piló Sales 1, Rua do Facho,

Leia mais

Deliberação. Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Nubente estrangeiro. Declaração de inexistência de impedimentos.

Deliberação. Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Nubente estrangeiro. Declaração de inexistência de impedimentos. Proc. C.C. 109/2010 SJC CT Deliberação Casamento entre pessoas do mesmo sexo. Nubente estrangeiro. Declaração de inexistência de impedimentos. O Consulado de Portugal em B., Brasil, atento o despacho n.º

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 1 Registro: 2015.0000954158 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0000909-70.2014.8.26.0222, da Comarca de Guariba, em que é apelante MARIA DA CONCEICAO GOMES EUGENIO (JUSTIÇA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JOSÉ JOAQUIM DOS SANTOS (Presidente) e VITO GUGLIELMI.

PODER JUDICIÁRIO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores JOSÉ JOAQUIM DOS SANTOS (Presidente) e VITO GUGLIELMI. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N I IIIIII mil mil mil mu mu um um mi mi *03071404* Vistos, relatados

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6 * Lei n.º 62/2013, de 26 de Agosto (Lei da Organização do Sistema Judiciário) * Declaração de Retificação nº 36/2013, de 12 de Agosto * Portaria nº 280/2013,

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 812.012 - RS (2006/0013624-0) RELATOR : MINISTRO ALDIR PASSARINHO JUNIOR RECORRENTE : MINISTÉRIO PÚBLICO RECORRIDO : L A B E CÔNJUGE ADVOGADO : JOSMARÍ DOTTI EMENTA CIVIL. CASAMENTO.

Leia mais

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 4481.07-5; Ag: TC Matosinhos, 5º J (6183/06.9TBMTS) Ag.e: Totta Crédito Especializado, SA Instituição Financeira de Crédito, Rua Basílio Teles, 35, Lisboa 1 Agº: Ferseque, Sociedade de Construção e

Leia mais

CNJ Alteração da Resolução 35. Adequação a Emenda 66. Deferimento.

CNJ Alteração da Resolução 35. Adequação a Emenda 66. Deferimento. CNJ Alteração da Resolução 35. Adequação a Emenda 66. Deferimento. Conselho Nacional de Justiça PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS N. 0005060-32.2010.2.00.0000 RELATOR: CONSELHEIRO JEFFERSON KRAVCHYCHYN REQUERENTE:

Leia mais

Artigo 1.º Objeto Artigo 2.º Alteração ao Código Civil

Artigo 1.º Objeto Artigo 2.º Alteração ao Código Civil Projeto de Lei n.º 149 /XIII Regulação das responsabilidades parentais por mútuo acordo junto das Conservatórias do Registo Civil em caso de dissolução de uniões de facto e casos similares EXPOSIÇÃO DE

Leia mais

ACORDAM, em 13 a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte

ACORDAM, em 13 a Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N *03073182* PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação

Leia mais

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES PROCº 153/11.2YRGMR I - RELATÓRIO Visam os presentes autos a resolução do conflito de competência entre os Senhores Juizes dos 1º e 2º Juízos Cíveis da comarca de Barcelos que, por despachos transitados

Leia mais

P.º n.º R.P. 169/2011 SJC-CT Conversão do arresto em penhora. DELIBERAÇÃO

P.º n.º R.P. 169/2011 SJC-CT Conversão do arresto em penhora. DELIBERAÇÃO P.º n.º R.P. 169/2011 SJC-CT Conversão do arresto em penhora. DELIBERAÇÃO Sobre o prédio da ficha nº, da freguesia de..., da Conservatória do Registo Predial de prédio urbano situado na Rua...,, inscrito

Leia mais

Departamento Jurídico Sector Jurídico e de Contencioso

Departamento Jurídico Sector Jurídico e de Contencioso Departamento Jurídico Sector Jurídico e de Contencioso P.º CC 18/2010 SJC Regime de separação de bens Processo de separação de pessoas e bens Viabilidade a) No regime de separação de bens cada um dos cônjuges

Leia mais

ACORDAM NO TRIBUNAL DE ÚLTIMA INSTÂNCIA DA REGIÃO. A, casada no regime de comunhão geral de bens com B, requereu inventário

ACORDAM NO TRIBUNAL DE ÚLTIMA INSTÂNCIA DA REGIÃO. A, casada no regime de comunhão geral de bens com B, requereu inventário ACORDAM NO TRIBUNAL DE ÚLTIMA INSTÂNCIA DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU: I Relatório e factos provados A, casada no regime de comunhão geral de bens com B, requereu inventário facultativo por

Leia mais

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES PROCº 2160/07-2 Acordam no Tribunal da Relação de Guimarães: I - RELATÓRIO O Digno Magistrado do M.ºP.º junto deste Tribunal requereu a resolução do conflito de competência entre os M.ºs Juiz da 1ª Vara

Leia mais

PN 1501.05-5; Ag./Ap.: Tc. Matosinhos, 3º J. (222.96); Rc.: José Bento Ramos 1, Rcds.: Joaquim Bento Ramos, Manuel Joaquim Costa Ramos 2.

PN 1501.05-5; Ag./Ap.: Tc. Matosinhos, 3º J. (222.96); Rc.: José Bento Ramos 1, Rcds.: Joaquim Bento Ramos, Manuel Joaquim Costa Ramos 2. PN 1501.05-5; Ag./Ap.: Tc. Matosinhos, 3º J. (222.96); Rc.: José Bento Ramos 1, Rcds.: Joaquim Bento Ramos, Manuel Joaquim Costa Ramos 2. Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: (a)

Leia mais

- PORTARIA N.º 225/2013, de 10 de julho: alteração à Portaria n.º 331- B/2009, de 30 de março

- PORTARIA N.º 225/2013, de 10 de julho: alteração à Portaria n.º 331- B/2009, de 30 de março DIPLOMAS - LEI N.º 41/2013, de 26 de junho: aprova o CPC - PORTARIA N.º 225/2013, de 10 de julho: alteração à Portaria n.º 331- B/2009, de 30 de março - DECLARAÇÃO DE RETIFICAÇÃO N.º 36/2013, de 12 de

Leia mais

Processo n.º 429/2015 Data do acórdão:

Processo n.º 429/2015 Data do acórdão: Processo n.º 429/2015 Data do acórdão: 2015-5-28 (Autos em recurso penal) Assuntos: prática de novo crime no período de pena suspensa corrupção activa art.º 54.º, n.º 1, alínea b), do Código Penal revogação

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto.

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. PN 05.021; Ap.: TC. Valença; Ap.e2: Ap.a3: Acordam no Tribunal da Relação do Porto. 1. A sentença recorrida condenou o Ap.e a pagar à Ap.a a quantia de Pte 3 000 000$00, correspondente ao dobro do sinal

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATÓRIO O EXMO. SR. MINISTRO MOURA RIBEIRO (Relator): Trata-se de recurso especial interposto por J.M. dos S. com fundamento no art. 105, III, a, do permissivo constitucional contra acórdão do Tribunal

Leia mais

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 5762.05-5; Ap.: Tc. O. Azeméis, 3º J. (362T/02); Ap.e 1 : Somax, Sociedade de Madeiras, Lda, Mirões, César, O. Azeméis; Ap.a 2 : Massa falida de Riquinho2 Compra e Venda de Imóveis, Lda; Em Conferência

Leia mais

TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE LISBOA

TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE LISBOA Vi Proc. N.~ 7251/07 3 Secção Relator: Carlos Rodrigues de Almeícia + Acordam, em conferência, no Tribunal da Relação de Lisboa 1 No dia 29 de Novembro de 2007, deu entrada neste tribunal requerimento

Leia mais

ANOTAÇÕES E AVERBAÇÕES

ANOTAÇÕES E AVERBAÇÕES ANOTAÇÕES E AVERBAÇÕES ANOTAÇÕES E AVERBAÇÕES AVERBAÇÃO ALTERA O ATO ANOTAÇÃO MERA REFERÊNCIA À PRATICA DE UM ATO EM OUTRO ATO CORRELATO TÍTULOS HABEIS A GERAR AVERBAÇÕES NO REGISTRO CIVIL (art. 97 LRP,

Leia mais

P.º R. P. 191/2008 SJC-CT- Aquisição em processo de execução rejeição da apresentação - gratuitidade do registo. DELIBERAÇÃO Relatório

P.º R. P. 191/2008 SJC-CT- Aquisição em processo de execução rejeição da apresentação - gratuitidade do registo. DELIBERAÇÃO Relatório P.º R. P. 191/2008 SJC-CT- Aquisição em processo de execução rejeição da apresentação - gratuitidade do registo. DELIBERAÇÃO Relatório 1. Em 01/09/2008 foi apresentado, na Conservatória do Registo Predial

Leia mais

Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa:

Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa: Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa: Relatório Nos presentes autos de execução de sentença que R, residente no B, n 22, 3 Esq, 1100-081 Lisboa,

Leia mais

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial

Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial Consulta ao Registo Predial - Por Descrição Predial - Agente de Execução - JOSÉ CASTELO BRANCO Data: 02-01-2017 15:31 Processo Interno: PE-438/2012 Conservatória: 000513 Processo Tribunal: 8681/12.6T2SNT

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução.

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução. PN 1033.02; Ag: TC. Póvoa de Varzim, 1º Juízo; Ag.es: Domingos Francisco Nunes, cc. Maria das Dores Dourado Regufe 1 ; Ag. os: Francisco Pinto Monteiro, cc. Delfina Marques da Mata 2. Acordam no Tribunal

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores FELIPE FERREIRA (Presidente sem voto), RENATO SARTORELLI E VIANNA COTRIM. 1 Registro: 2016.0000888926 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2223275-04.2016.8.26.0000, da Comarca de Santa Bárbara D Oeste, em que é agravante ELZA DOMINGOS

Leia mais

CAPA DO REQUERIMENTO

CAPA DO REQUERIMENTO CAPA DO REQUERIMENTO CAPA I TIPO DE REQUERIMENTO 1 Requerimento inicial 2 Requerimento de retificação DADOS EM CASO DE CONVOLAÇÃO 3 Valor total da dívida _ _ _. _ _ _. _ _ _, _ _ E u r o s 4 Tribunal competente

Leia mais

(a) O julgador violou o art. 9º CC, na medida em que cingiu a interpretação

(a) O julgador violou o art. 9º CC, na medida em que cingiu a interpretação PN. 939.00 1 ; Ag: TC Porto, 7º j; Ag.e: Condomínio do Edifício Dallas, rep. Andargest, Soc. Gest. Condomínios, Lda 2 ; Ag.o: MP. Em Conferência, no Tribunal da Relação do Porto 1. O Ag.e, em acção que

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO. SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO DO NOVO CPC.

ASSOCIAÇÃO DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO. SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO DO NOVO CPC. ASSOCIAÇÃO DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO. SEPARAÇÃO E DIVÓRCIO DO NOVO CPC. Flávio Tartuce Doutor em Direito Civil e graduado pela Faculdade de Direito da USP. Mestre em Direito Civil Comparado pela PUC/SP.

Leia mais

Refere que a indicada ( ) não respeitou todos os termos do acordo que a dita partilha envolvia.

Refere que a indicada ( ) não respeitou todos os termos do acordo que a dita partilha envolvia. - Dispensa de Segredo Profissional nº 209/2008 1. Requerimento A Exma. Sra. Dra. ( ), Advogada [CP nº ( )], com escritório ( ), em ( ), veio requerer a dispensa de guardar segredo profissional com vista

Leia mais

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 2909.07; Ag: TC Murça (155/03.2TBMUR) Ag.e: Manuel Joaquim Gomes Ferreira cc Maria Judite Ferreira, 1 Rua Caminho de el-rei, nº 3 sótão, 2795, Queijas, Oeiras Agº: Abílio Ferreira Quintelas cc Teresa

Leia mais

Prática Processual Civil. Programa

Prática Processual Civil. Programa ORDEM DOS ADVOGADOS COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I - A CONSULTA JURÍDICA 1.1 - A consulta ao cliente 1.2 - Tentativa de resolução amigável 1.3 - A gestão do

Leia mais

DECRETO N.º 232/X. Altera o regime jurídico do divórcio

DECRETO N.º 232/X. Altera o regime jurídico do divórcio DECRETO N.º 232/X Altera o regime jurídico do divórcio A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, o seguinte: Artigo 1.º Alteração ao Código Civil Os artigos

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 6.896/11.3 TBMTS 6º Juízo Cível Insolventes: PAULO ALEXANDRE SOUSA NOGUEIRA E MARIA DO CÉU ATAÍDE SOUSA VAQUEIRO Tribunal Judicial de Matosinhos RELATÓRIO O presente RELATÓRIO

Leia mais

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA PROVA ESCRITA DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL I - TURMA A REGENTE: PROF. DOUTOR MIGUEL TEIXEIRA DE SOUSA 09-02-2015 DURAÇÃO DA PROVA: 2H00 António e Bernardete,

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto.

Acordam no Tribunal da Relação do Porto. PN 412.021; Ap.: TC Ponte de Lima; Ap.e2: Ap.a3: Acordam no Tribunal da Relação do Porto. 1. A sentença recorrida decretou o despejo do prédio sito na Rua, Ponte de Lima, por caducidade do arrendamento

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça SENTENÇA ESTRANGEIRA CONTESTADA Nº 421 - BO (2005/0172232-8) RELATOR : MINISTRO FELIX FISCHER REQUERENTE : MARIA DO CARMO PAULA DO CANTO ZAMORA : MARIA DO CARMO PAULA DO CANTO ADVOGADO : MARCO TÚLIO MURANO

Leia mais

Em conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Em conferência no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 3820.03-5; Ap.: Tc. Paredes, 2º J. (377.02); Ap.e 1 : José Joaquim Ferreira de Sousa, Rua de S. Dinis, 414, 3º, Porto; Ap.os 2 : José Maria de Sousa Moreira, cc Maria Moreira, Lugar de Bairro, Mouriz,

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação de Évora

Acordam no Tribunal da Relação de Évora PN.: 859/001; AP.: TC Loulé; Ap.e2: SPIMM, ; Ap.o3 Acordam no Tribunal da Relação de Évora 1. A A. pediu que a R., reconhecido direito de servidão por destinação do pai de família, lhe restituísse o acesso

Leia mais

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE.

RELATÓRIO. O presente RELATÓRIO é elaborado nos termos do disposto no artigo 155º do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas CIRE. Procº de insolvência n.º 1.089/12.5 TBMAI 4º Juízo Cível Insolventes: FERNANDA CARMINDA QUEIRÓS CORREIA E PAULO JORGE TEIXEIRA MENDES Tribunal Judicial da Maia RELATÓRIO O presente RELATÓRIO é elaborado

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA. ªVARA... DO FORO...... (nome completo),...(nacionalidade),...(estado civil),...(profissão), portador da cédula de identidade RG nº..., inscrito no CPF/MF

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL Coordenador: Leonardo Barreto Moreira Alves MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL Promotor de Justiça Estadual 2ª edição 2016 DIREITO PROCESSUAL CIVIL Renato Bretz Pereira 1. DO PROCESSO DE CONHECIMENTO (MPE/SP/Promotor/2015)

Leia mais

O Conselho Geral delibera, nos termos do parecer jurídico que se anexa à presente deliberação e para o qual se remete: Tendo em conta a imposição

O Conselho Geral delibera, nos termos do parecer jurídico que se anexa à presente deliberação e para o qual se remete: Tendo em conta a imposição Deliberação pública Deliberação 20140510.11.5 Definição do procedimento adotado pela Câmara dos Solicitadores quando lhe é diretamente solicitado uma desassociação de agente de execução Tendo em consideração

Leia mais

CÓDIGO CIVIL. Actualização N.º 2

CÓDIGO CIVIL. Actualização N.º 2 CÓDIGO CIVIL Actualização N.º 2 Código Civil 2 TÍTULO: AUTORES: CÓDIGO CIVIL Actualização N.º 2 BDJUR EDITOR: EDIÇÕES ALMEDINA, SA Avenida Fernão de Magalhães, n.º 584, 5º Andar 3000-174 Coimbra Tel.:

Leia mais

Provimento nº 04/07-CGJ - Corregedoria Regulamenta Escrituras de Partilha, Separação e Divórcio Qui, 08 de Fevereiro de :51

Provimento nº 04/07-CGJ - Corregedoria Regulamenta Escrituras de Partilha, Separação e Divórcio Qui, 08 de Fevereiro de :51 Processo nº 0010-07/000091-0 Parecer nº 08/2007-SLA O desembargador Jorge Luís Dall Agnol, Corregedor-Geral da Justiça, no uso de suas atribuições, considerando a publicação da Lei nº 11.441/07, que alterou

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Cumprimento de sentença. Prof. Luiz Dellore

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Cumprimento de sentença. Prof. Luiz Dellore DIREITO PROCESSUAL CIVIL Cumprimento de sentença Prof. Luiz Dellore 1. Finalidades dos processos 1.1 Processo de conhecimento: crise de incerteza 1.2 Processo de execução: crise de inadimplemento 2. Requisitos

Leia mais

PRIMEIRA TURMA DE CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL Nº 63096/ CLASSE II COMARCA DE POXORÉO

PRIMEIRA TURMA DE CÂMARAS CÍVEIS REUNIDAS MANDADO DE SEGURANÇA INDIVIDUAL Nº 63096/ CLASSE II COMARCA DE POXORÉO IMPETRANTE(S): IMPETRADO(S): MARIA APARECIDA BIANCHIN PACHECO MM. JUIZ SUBSTITUTO DA 2ª VARA DA Número do Protocolo: 63096/2006 Data de Julgamento: 05-6-2007 EMENTA MANDADO DE SEGURANÇA ATO JUDICIAL AMEAÇA

Leia mais

PN: Acordam no Tribunal da Relação de Évora

PN: Acordam no Tribunal da Relação de Évora PN: 704.94 Acordam no Tribunal da Relação de Évora 1. Carlos da Gama Nunes e mulher Maria Margarida de Sousa Uva Gama Nunes, residentes na Rua Bernardo Costa,nº2-4º Esqº, em Almada, vêm, por apenso à acção

Leia mais

Em Conferencia no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução:

Em Conferencia no Tribunal da Relação do Porto. I. Introdução: PN 6200.03-5; Ag.: Tc. VN Gaia, 1ª VM (2960.03.0TBVNG-B); Ag.e 1 : Eduardo Manuel Ribeiro Marta, Rua do Compolinho, 266, Valadares, VN Gaia; Ag.o 2 : João Manuel Bettencourt Sardinha, Avª da Boavista,

Leia mais

Acordam no Tribunal da Relação do Porto

Acordam no Tribunal da Relação do Porto PN 1622.00;AG: TC Caminha; Ag.e: 1 Aurora Matos Fernandes Pinto, Lugar de France, Sopo, V.N. Cerveira; Ag.a: 2 Balbina Rosa Castanheiros, Av.Dr. Dantas Carneiro, Moledo, Caminha Acordam no Tribunal da

Leia mais

P.º n.º R.P. 242/2010 SJC-CT

P.º n.º R.P. 242/2010 SJC-CT P.º n.º R.P. 242/2010 SJC-CT Prédio inscrito a favor dos autores da herança. Pagamento das dívidas destes. Penhora. Habilitação dos herdeiros. Identificação dos sujeitos. Documento bastante. DELIBERAÇÃO

Leia mais

Tribunal de Contas. Acórdão 4/2008 (vd. Acórdão 2/06 3ª S de 30 de Janeiro) Sumário

Tribunal de Contas. Acórdão 4/2008 (vd. Acórdão 2/06 3ª S de 30 de Janeiro) Sumário Acórdão 4/2008 (vd. Acórdão 2/06 3ª S de 30 de Janeiro) Sumário 1. São duas as questões suscitadas pelo Demandado: - uma que respeita a competência do relator para a decisão tomada e a eventual nulidade

Leia mais

CNEF SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL II (PROCESSO EXECUTIVO) O processo executivo será ministrado em 12 sessões de 2 horas.

CNEF SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL II (PROCESSO EXECUTIVO) O processo executivo será ministrado em 12 sessões de 2 horas. CNEF SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL II (PROCESSO EXECUTIVO) O processo executivo será ministrado em 12 sessões de 2 horas. 1ª Sessão a) conceito e fim da execução; b) formas do precesso de execução:

Leia mais

LEI DA NACIONALIDADE

LEI DA NACIONALIDADE compilações legislativas VERBOJURIDICO LEI DA NACIONALIDADE LEI N.º 37/81, DE 3 DE OUTUBRO ACTUALIZADA ATÉ À LEI ORGÂNICA 2/2006, DE 17 DE ABRIL NÃO DISPENSA A CONSULTA DO DIÁRIO DA REPÚBLICA verbojuridico

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010.

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. PODER JUDICIÁRIO ESTADO DE PERNAMBUCO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete da Presidência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 27, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010. EMENTA: Regulamenta a concessão e o pagamento de auxílio funeral no

Leia mais