Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz"

Transcrição

1 1 2 3 Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz Aumento de Coroa Clínica Qualquer procedimento (cirúrgico ou não-cirúrgico) que vise a exposição de estrutura dentária sadia. Objetivo: criar uma coroa maior Aumento de Coroa Clínica: Raspagem e alisamento radicular Gengivectomia Cunhas Retalho Tracionamento ortodôntico PALOMO & KOPCZYK, 1978; SIVERS & JOHNSON, 1985 Indicações de A.C.C Impossibilidade de isolamento; Fraturas radiculares Perfurações da raiz no terço coronário Desgaste excessivo da dentição Cavidades de cáries subgengivais Margens subgengivais de restaurações Por estética: Sorriso gengival Prótese Por função: Tratamento restaurador (margem subgengival) Lesões cariosas Traços de fraturas Dificuldade de acesso às margens da restauração Dificuldade de acesso aos preparos protéticos REVISÃO DA ANATOMIA DENTOGENGIVAL GENGIVA É a parte da mucosa mastigatória que cobre o processo alveolar e circunda a porção cervical dos dentes LARGURA DE GENGIVA INSERIDA ESPAÇO BIOLÓGICO 1

2 Espaço Biológico Não há como falar em aumento de coroa clínica sem falar de espaço biológico Ele é o grande responsável pelo sucesso ou não do tratamento restaurador e nas situações em que o aumento de coroa se faz necessário Espaço Biológico Deve ser respeitado Reação do organismo para restabelecer distância biológica Garante a preservação da margem dentária sadia longe dos tecidos moles subjacentes, após a cicatrização Interface Alvéolo-Restauração (IAR) IMPORTANTE!!! Saber a extensão da superfície dental que se encontra entre a margem da restauração e a margem óssea (IAR) Podemos considerar que em uma grande maioria de casos, as margens das restaurações se localizam dentro do sulco gengival Ou seja, ligeiramente abaixo da margem gengival, mas sem chegar ao fundo do sulco Interface Alvéolo-Restauração (IAR) Por esse motivo, concluímos que a superfície dental acima da crista óssea deve ser ligeiramente maior do que a extensão ocupada pelo epitélio de união somada à área de inserção de fibras gengivais até a crista óssea Medidas da união dento-gengival Espaço Biológico Espaço Biológico é o termo utilizado para designar o comprimento necessário na superfície dental, à inserção das estruturas que compõem a unidade dentogengival. COHEN, 1962 DIAGNÓSTICO DE INVASÃO DO ESPAÇO BIOLÓGICO AUMENTO DE COROA CLÍNICA: COMPARAÇÃO DE TÉCNICAS DE DIAGNÓSTICO DE INVASÃO DO ESPAÇO BIOLÓGICO DO PERIODONTO FESTUGATO, DAUDT e RÖSING, pacientes; 53 faces com necessidade de A.C.C anos; Resultados Conclusão O método transperiodontal é melhor que o método radiográfico para avaliar a distância da crista óssea ao bordo mais apical do sítio que necessita A.C.C. Em que fase do tratamento realiza-se o A.C.C.? TRATAMENTO DA GENGIVITE E PERIODONTITE, SE NECESSÁRIO... 2

3 REMOÇÃO DE TODO O TECIDO CARIADO; 2. CONFECÇÃO DE RESTAURAÇÃO PROVISÓRIA; Sempre temos que realizar A.C.C quando há invasão do espaço biológico? NOVAS TENDÊNCIAS... Avaliação clínica e histológica da resposta periodontal a procedimentos restauradores subgengivais em cães 3 cães com periodontite Boca dividida Restaurações subgengivais de Amg e CIV; Restaurações subgengivais com extensões supragengivais de Amg e CIV; Preparos cavitários não restaurados. Controle de placa em dois quadrantes somente. Após 90 dias análise histológica SALDANHA, Resultados Menos infiltrado inflamatório com CIV que Amg; Na presença de controle de placa a resposta clínica e histológica das restaurações de CIV estiveram associadas à saúde com neoformação da crista óssea alveolar e ligamento periodontal; Na ausência de controle de placa a resposta clínica e histológica esteve associada à inflamação. GOMES et al., 2005 CONCLUSÕES Restaurações subgengivais que invadam o espaço biológico parecem estar associadas a saúde periodontal em cães sem história de periodontite desde que adequado controle de placa seja realizado no local E EM HUMANOS? ANÁLISE CLÍNICA COMPARATIVA DAS CONDIÇÕES DO PERIODONTO EM RESPOSTA A PROCEDIMENTOS RESTAURADORES COM INVASÃO DO ESPAÇO BIOLÓGICO CAYANA, pacientes com 2 dentes apresentando cavidades cariosas subgengivais com necessidade restauradora; Sorteio A.c.c. / Restauração transcirúrgica (Resina flow e charisma) 5 homens/ mulheres Idade: anos Pacientes sem história de periodontite Dentes testes sem perda de inserção Parâmetros clínicos avaliados: IPV, ISG, PS, PI, medida da parede cervical à crista óssea 31 3

4 32 33 CONCLUSÕES O procedimento de A.C.C. resultou em perda óssea e perda de inserção clínica significativamente maior que restauração transcirúrgica invadindo o espaço biológico. Restaurações transcirúrgicas não apresentaram maior inflamação clínica que comparados aos dentes que receberam A.C.C. Relevância clínica??? Necessidade de A.C.C Escolha da técnica Necessidade de osteotomia (Sondagem transperiodontal)? Sim Não Técnicas para Aumento de Coroa Clínica Gengivectomia Retalho de Widman modificado Extrusão ortodôntica: área estética Restauração Trans-cirúrgica CUNHA INTERPROXIMAL CUNHA DISTAL Bisturi de Kirkland Retalho de widman modificado Cinzéis de ochsenbein Cinzéis de Fedi Lima Schugler BIOSSEGURANÇA Protocolo pré-cirúrgico - Externo: Iodo ou clorexidina 4

5 Interno: Clorexidina FINALIDADE PROTÉTICA SEM NECESSIDADE DE OSTEOTOMIA FINALIDADE ESTÉTICA Terço Inferior 5

6 Pós-operatório Cimento cirúrgico; Controle do biofilme; Controle da dor; Recomendações pós-operatórias; Controle de infecção; Aumento de Coroa Clínica Contra Indicações Cooperação do paciente Doenças cardiovasculares Locais onde a osteotomia pode expor furcas; Osteotomia compromete estética em dentes anteriores TRACIONAMENTO ORTODÔNTICO PARA FIMALIDADE DE AUMENTO DE COROA CLÍNICA

INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação. Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS

INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação. Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

CIRURGIAS PERIODONTAIS

CIRURGIAS PERIODONTAIS CIRURGIAS PERIODONTAIS Classificação das Técnicas Cirúrgicas empregadas em Periodontia I Quanto à área a ser atingida: - Gengivais - Periodontais - Mucogengivais II Quanto à intenção: - eliminação de bolsas

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 Instrumentos Usados em Cirurgia Periodontal CIRURGIA PERIODONTAL INSTRUMENTAIS

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Parte 1 Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2014 Tratamento completo do paciente com doença periodontal: FASES

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 Tratamento completo do paciente com doença periodontal: FASES DA TERAPIA

Leia mais

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO

TABELA DE COBERTURA 01. DIAGNÓSTICO Garante a manutenção da estética de seu sorriso e a funcionalidade de sua mastigação, através de acesso a todos os tratamentos do PLANO MASTER, além de coberturas exclusivas ARM como clareamento dentário,

Leia mais

Introdução. Doenças periodontais

Introdução. Doenças periodontais Introdução 1 Periodontia é o estudo dos tecidos que suportam o dente, o periodonto. O periodonto é composto por tecidos que envolvem cada dente e que permitem a sua ancoragem no processo alveolar (do grego:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA. Conceitos de Estética

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA. Conceitos de Estética UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA Conceitos de Estética Professor: Profa Dra Regina Guenka Palma Dibb Tempo de duração:

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

O MANUAL DA DOR DE DENTE

O MANUAL DA DOR DE DENTE E S C R I T O P E L A D R A. C R I S T I N A S H I D O M I O MANUAL DA DOR DE DENTE Vamos conhecer melhor as estruturas dos dentes, assim podemos entender porque ocorre a sensação incômoda da dor de dente,

Leia mais

ENSALAMENTO. Terça-feira, dia 12 de Setembro. Acadêmico iniciante Painel (apresentações em Banner) M10 Horário: Tarde

ENSALAMENTO. Terça-feira, dia 12 de Setembro. Acadêmico iniciante Painel (apresentações em Banner) M10 Horário: Tarde OBSERVAÇÃO: ENSALAMENTO Aconselhamos aos participantes que cheguem ao local da apresentação 30 minutos antes do início das apresentações (turno da manhã chegar às 07:30, e turno da tarde chegar às 13:30);

Leia mais

Recubrimento radicular

Recubrimento radicular Recubrimento radicular A propósito de um caso clínico 46 MAXILLARIS JUNHO 2016 Ciência e prática Carla Casais Médica dentista. Licenciada em Medicina Dentária pela Faculdade de Medicina Dentária da Universidade

Leia mais

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro!

Í ndice. Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Í ndice Surge Uma Nova Era J. Schmidseder Envelhecer: permanecer jovem Aspectos da odontologia estética Entre no caminho do futuro! Conceito de Beleza Beleza: essência de perfeição Bases da Odontologia

Leia mais

Introdução. Doenças periodontais

Introdução. Doenças periodontais Introdução 1 O objeto de estudo da periodontia são os tecidos que suportam os dentes, o periodonto. Fazem parte do periodonto os tecidos que circundam os dentes e os fixam na maxila e na mandíbula (lat.:

Leia mais

2

2 2 3 4 DESCRIÇÃO R$ DIAGNÓSTICO Consulta inicial Consulta e orientação aos idosos URGÊNCIA Procedimentos de urgência Curativo em caso de hemorragia Curativo em caso de odontalgia aguda/pulpectomia Consulta

Leia mais

Protocolos e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico

Protocolos e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico s e Indicações Clínicas do Laser de Diodo Cirúrgico Nu Profa. Dra. Luciana Almeida Lopes e Prof. Dr. Hermes Pretel São Carlos 2009 Visite nosso site: www.nupen.com.br Nu Melanoplastia Melanoplastia, também

Leia mais

TABELA DE FRANQUIA - PLANO ODONTOLÓGICO ESSENCIAL - Nº REG. ANS: /17-7. Valor em Reais Diagnóstico

TABELA DE FRANQUIA - PLANO ODONTOLÓGICO ESSENCIAL - Nº REG. ANS: /17-7. Valor em Reais Diagnóstico Diagnóstico 81.000.065 Consulta Odontológica Inicial R$ - Emergência 81.000.049 Consulta odontológica de Urgência 81.000.057 Consulta odontológica de Urgência 24 hs 82.000.468 Controle de hemorragia com

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL PARA O RESTABELECIMENTO DAS DISTÂNCIAS BIOLÓGICAS: RELATO DE UM CASO CLÍNICO

CIRURGIA PERIODONTAL PARA O RESTABELECIMENTO DAS DISTÂNCIAS BIOLÓGICAS: RELATO DE UM CASO CLÍNICO 89 CDD: 617.6 CIRURGIA PERIODONTAL PARA O RESTABELECIMENTO DAS DISTÂNCIAS BIOLÓGICAS: RELATO DE UM CASO CLÍNICO PERIODONTAL SURGERY FOR BIOLOGICAL WIDTH RE-ESTABLISHMENT: A CASE REPORT FÁBIO ANDRÉ DOS

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA CONSULTAS 81000073 CONSULTA

Leia mais

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos %

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos % Escritório Regional - MA Secretaria : Valéria Contato: 3303 5755 / 9 9618 5792 / 9 8235 1149 Email: sãoluis@vipcartao.com.br TABELA DE DESCONTOS Anexo I CARTÃO DESCONTO - MASTER * * Procedimentos % Descontos

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: e BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL

TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: e BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL TABELA DE PROCEDIMENTOS UNIODONTO - Catarinense Produto ANS nº: 463.788.11.7 e 463.720.11.8 BRILHANTE INTEGRAL OPERACIONAL Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição janeiro/2014 - Terminologia Unificada da

Leia mais

REDE CREDENCIADA ATHUS BRASIL TABELA ODONTOLÓGICA - V

REDE CREDENCIADA ATHUS BRASIL TABELA ODONTOLÓGICA - V CÓDIGO GRUPO DESCRIÇÃO VALOR GARANTIA (DIAS) 81000065 CONSULTA Consulta odontológica inicial (exame clínico e plano de tratamento) R$ 22,00 90-81000111 CIRURGIA ODONTOLÓGICA Acompanhamento de tratamento/

Leia mais

DOS TECIDOS BUCAIS. Periodontopatias. Pulpopatias. Periapicopatias TIPOS: -INCIPIENTE -CRÔNICA -HIPERPLÁSICA. Causada pelo biofilme bacteriano

DOS TECIDOS BUCAIS. Periodontopatias. Pulpopatias. Periapicopatias TIPOS: -INCIPIENTE -CRÔNICA -HIPERPLÁSICA. Causada pelo biofilme bacteriano LESÕES INFLAMATÓRIAS DOS TECIDOS BUCAIS PERIODONTOPATIAS PERIODONTOPATIAS DOENÇAS DO PERIODONTO Periodontopatias Pulpopatias Periapicopatias Inflamação limitada aos tecidos moles que circundam os dentes(tec.peridentais).

Leia mais

ANATOMIA DO PERIODONTO

ANATOMIA DO PERIODONTO INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA ANATOMIA DO PERIODONTO Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 PERIODONTO DE SUSTENTAÇÃO Ligamento

Leia mais

UNIODONTO PORTO ALEGRE

UNIODONTO PORTO ALEGRE UNIODONTO PORTO ALEGRE CÓDIGO PROCEDIMENTO U.S. Flex 30% GRUPO Valor da US 0,32 Coeficiente 0,30 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 72,00 R$ 6,91 CONSULTAS

Leia mais

TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017

TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017 TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017 Cód. DIAGNÓSTICO Plano 81000030 Consulta Odontológica PPP 81000049 Consulta Odontológica de Urgência PPP 81000057 Consulta Odontológica de Urgência

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Na imagem radiográfica de um dente íntegro todas as partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Agora começamos

Leia mais

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Periodontite. Sua saúde começa pela boca!

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Periodontite. Sua saúde começa pela boca! ODONTOLOGIA PREVENTIVA Saúde Bucal Periodontite. Sua saúde começa pela boca! O que é doença periodontal ou periodontite? ESMALTE DENTINA GENGIVAS POLPA PERIODONTITE OSSO ALVEOLAR CEMENTO NERVOS E VASOS

Leia mais

Doenças gengivais induzidas por placa

Doenças gengivais induzidas por placa Doenças gengivais induzidas por placa Classificação (AAP 1999) Doenças Gengivais Induzidas por placa Não induzidas por placa MODIFICADA Associada só a placa Fatores sistêmicos Medicação Má nutrição Classificação

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS

CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS Parte II Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

CONTRATO DE COBERTURA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PESSOA FÍSICA A DENTAL 50 NE WEB CÓDIGO DO PROCEDIMENTO PROCEDIMENTO

CONTRATO DE COBERTURA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA PESSOA FÍSICA A DENTAL 50 NE WEB CÓDIGO DO PROCEDIMENTO PROCEDIMENTO A Amil Dental oferece uma ampla Rede Credenciada composta por dentistas, serviços de radiologia e clínicas de urgência. Conheça abaixo os procedimentos cobertos pelo plano Amil Dental D 50 NE: 85100242

Leia mais

Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas. Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S.

Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas. Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S. Reabilitação estética em dentes decíduos anteriores com destruições extensas Professora Marcia T. Wanderley Tutora Juliana S. Kimura S Conteúdos abordados S Recursos Pino de fibra de vidro Matriz de acetato

Leia mais

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016 INPI (21) BR 102015003982-4 A2 (22) Data do Depósito: 25/02/2015 *BR102015003982A República Federativa do Brasil Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Instituto Nacional da Propriedade

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Data: 14 à 18 de setembro de 2015 Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente todas as suas possibilidades. Importância das diversas técnicas de preparo

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sob o ponto de vista histológico, pode-se afirmar que a gengiva é composta do epitélio escamoso estratificado. Em relação ao epitélio, marque a alternativa correta. a)

Leia mais

TABELA ODONTOLÓGICA 2017

TABELA ODONTOLÓGICA 2017 TABELA ODONTOLÓGICA 2017 VIGÊNCIA A PARTIR DE 26/03/2017 Conteúdo DIAGNÓSTICO E AVALIAÇÃO TÉCNICA... 3 URGÊNCIA/EMERGÊNCIA... 4 RADIOLOGIA... 5 TESTES E EXAMES DE LABORATÓRIO... 6 PREVENÇÃO... 7 ODONTOPEDIATRIA...

Leia mais

ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL

ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS DA UNIODONTO CATARINENSE MARFIM EMPRESARIAL Produto Nº 463.787/11-9 Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS) Essa tabela é

Leia mais

DISFUNÇÃO TÊMPORO MANDIBULAR E DOR OROFACIAL

DISFUNÇÃO TÊMPORO MANDIBULAR E DOR OROFACIAL Plano Básico DIAGNÓSTICO Consulta odontológica inicial Consulta odontológica para avaliação técnica de auditoria Diagnóstico anatomopatológico em citologia esfoliativa na região BMF Diagnóstico anatomopatológico

Leia mais

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES

SIMPLES E EFICIENTES PROCEDIMENTOS PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE DENTES NATURAIS E IMPLANTES PARA AS REABILITAÇÕES ORAIS SOBRE Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 8 a 12 de abril de 2013 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente

Leia mais

UFSC/ODONTOLOGIA BIBLIOTECA SETOPin

UFSC/ODONTOLOGIA BIBLIOTECA SETOPin UFSC/ODONTOLOGIA BIBLIOTECA SETOPin ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL CUR SO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DENTISTICA INTER-RELAÇÃO PERIODONTIA - DENTÍSTICA Vanessa Freitag Neermann kr) Florianópolis(SC),

Leia mais

COBERTURA DO PLANO PLENO

COBERTURA DO PLANO PLENO COBERTURA DO PLANO PLENO TUSS PROCEDIMENTOS ROL Pleno 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA SIM S 81000065 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL SIM S 81000014 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA SIM S 87000032 CONDICIONAMENTO

Leia mais

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária.

Prótese parcial fixa em metalo cerâmica. Prótese parcial fixa em metalo plástica. Paciente com grande perda de estrutura dentária. Resumo de especialidades: Plano PLUS, Prótese parcial fixa em metalo cerâmica As coroas e próteses em metalocerâmica são uma opção para pessoas que perderam um ou mais dentes. Prótese parcial fixa em metalo

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

Enceramento subgengival : controlando o perfil de emergência em reabilitações implantossuportadas

Enceramento subgengival : controlando o perfil de emergência em reabilitações implantossuportadas DICAS DE PRÓTESE LABORATORIAL Por que é importante? O que é necessário? Enceramento subgengival : controlando o perfil de emergência em reabilitações implantossuportadas MALTA BARBOSA, João Residente,

Leia mais

INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação. Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS

INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação. Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação Disciplina de Periodontia 5 o período PERIODONTIA X OUTRAS ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

TAXA IMPLANTAÇÃO - PAGA NO ATO : R$ 20,00

TAXA IMPLANTAÇÃO - PAGA NO ATO : R$ 20,00 AMPLO R$ 39,00 Por Pessoa PLENO (Com Ortodontia) R$ 120,00 Por Pessoa Familiar 02 Vidas R$ 190,00 / 03 Vidas R$ 290,00 04 Vidas R$ 390,00 / 05 Vidas R$ 500,00 TAXA IMPLANTAÇÃO - PAGA NO ATO : R$ 20,00

Leia mais

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR

DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR DEGUS TAÇÃO CORTESIA DO EDITOR 01 02 PREPAROS DENTÁRIOS Os 5W s A previsão do tipo de preparo dentário a ser executado depende, basicamente, do relacionamento entre material restaurador selecionado, volume

Leia mais

VETSET HOSPITAL VETERINÁRIO DOENÇA PERIODONTAL

VETSET HOSPITAL VETERINÁRIO DOENÇA PERIODONTAL VETSET HOSPITAL VETERINÁRIO DOENÇA PERIODONTAL É a doença da cavidade oral que ocorre com maior frequência no cão e no gato. É uma infeção que afeta os dentes e os seus tecidos de suporte (periodonto).

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13 CAPÍTULO SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1 I Período antigo (a.c. a 1000 d.c.)... 1 A Localização geográfica... 1 B Materiais utilizados... 1 C

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentários (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS TABELA DE S ODONTOLÓGICOS VALOR Dente ou Região Dente/face/ Região Raio-X Periodicidade AutorizaçãoEspecial 81000030 Consulta odontológica R$ 29,58 R ASAI N 6 MESES N N N 81000065 81000073 81000111 81000138

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

Manual de Orientação: INPAO DENTAL. Razão Social: Instituto de Previdência e Assistência Odontológica Ltda. CNPJ:

Manual de Orientação: INPAO DENTAL. Razão Social: Instituto de Previdência e Assistência Odontológica Ltda. CNPJ: Manual de Orientação: INPAO DENTAL Razão Social: Instituto de Previdência e Assistência Odontológica Ltda. CNPJ: 00.856.424/0001-52 Produto: Plano Odontológico 1 Descrição do Produto: O Plano Odontológico

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICOS: I Consulta Inicial Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica Odontolegal,diagnósticos das doenças

Leia mais

PORTARIA Nº 1,032, DE 5 DE MAIO DE 2010

PORTARIA Nº 1,032, DE 5 DE MAIO DE 2010 PORTARIA Nº 1,032, DE 5 DE MAIO DE 2010 Inclui procedimento odontológico na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses e Próteses e Materiais Especiais do Sistema Único de Saúde - SUS, para atendimento

Leia mais

TABELA DE Preços Particular

TABELA DE Preços Particular TABELA DE Preços Particular 01 CONSULTA A1.01.01.01 Primeira consulta de medicina dentária A1.01.01.05 Consulta de urgência A1.01.01.06 Sedação Inalatória Consciente e a(s) face(s) 02 MEDICINA DENTÁRIA

Leia mais

ESTÉTICA E FUNÇÃO NAS REABILITAÇÕES ORAIS PARA DENTES NATURAIS E SOBRE IMPLANTES

ESTÉTICA E FUNÇÃO NAS REABILITAÇÕES ORAIS PARA DENTES NATURAIS E SOBRE IMPLANTES Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 15 a 18 de maio de 2012 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente todas as suas possibilidades.

Leia mais

I e e. C C '-- ANGELA GRAF TIEPO. Ej) RELAÇÃO PERIODONTLk DENTiSTICA

I e e. C C '-- ANGELA GRAF TIEPO. Ej) RELAÇÃO PERIODONTLk DENTiSTICA I11111111 8e e. C C '-- ANGELA GRAF TIEPO Ej) RELAÇÃO PERIODONTLk DENTiSTICA FLORIANÓPOLIS 2002 ANGELA GRAF TIEPO RELAÇÃO PERIODONTIA-DENTÍSTICA Monografia apresentada ao Curso de Especialização em Dentistica

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA GABARITO OFICIAL APÓS ANÁLISE DE RECURSOS

COMANDO DA AERONÁUTICA GABARITO OFICIAL APÓS ANÁLISE DE RECURSOS COMANDO DA AERONÁUTICA GABARITO OFICIAL APÓS ANÁLISE DE RECURSOS CONCURSO: IE/EA CAMAR/CADAR/CAFAR 2009 CARGO: PERIODONTIA (PER) VERSÃO: A 01 D 02 C 03 D 04 A 05 B 06 A 07 D 08 A 09 B 10 B 11 C 12 C Confirma-se

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 QUESTÃO 31 Com relação aos tecidos dentários, analise as afirmativas abaixo: 1) O esmalte é um tecido duro, que constitui a maior parte do dente, determinando a forma da coroa.

Leia mais

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 U.C. I 7ª e 8ª Aulas DentaScan 15-11-2012 Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 História para corresponder aos anseios dos doentes, de substituição de dentes em falta, por próteses funcional e estéticamente

Leia mais

PLANEJAMENTO DAS PRÓTESES UNITÁRIAS, FIXAS E SOBRE IMPLANTES NAS REABILITAÇÕES ORAIS

PLANEJAMENTO DAS PRÓTESES UNITÁRIAS, FIXAS E SOBRE IMPLANTES NAS REABILITAÇÕES ORAIS UNITÁRIAS, FIXAS E SOBRE IMPLANTES NAS REABILITAÇÕES ORAIS Dr. Dario Adolfi Data: 03 de setembro de 2010 Valor: R$ 200,00 a vista até 27/08/2010 R$ 250,00 a vista de 27/08/2010 até a data do evento Uma

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA. Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P.

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA. Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: HISTOLOGIA BUCO DENTAL Código da Disciplina: ODO110 Curso: Odontologia Período de oferta da disciplina: 2 o P. Faculdade

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral. 01 70110000 Consulta Inicial 178,57 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 90,85 7,63 17,81 25,44 03 73910000 Rest. de Amálgama 1 face

Leia mais

Bem-vindo Revista Periodontia Março-2001

Bem-vindo Revista Periodontia Março-2001 Bem-vindo Revista Periodontia Março-2001 REPARAÇÃO PERIODONTAL APÓS CIRURGIA DE AUMENTO DE COROA CLÍNICA POR MEIO DE INSTRUMENTOS MANUAIS E ROTATÓRIOS: Estudo biométrico em humanos Sinopse João Carlos

Leia mais

3 Materiais e Métodos

3 Materiais e Métodos 37 3 Materiais e Métodos 3.1. Obtenção dos modelos Para análise de elementos finitos, adotou-se modelos bi-dimensionais pelo fato que esta modelagem está associada a uma menor complexidade, porém apresentando

Leia mais

TABELA MEDICINA DENTÁRIA INSTITUCIONAL

TABELA MEDICINA DENTÁRIA INSTITUCIONAL TABELA MEDICINA DENTÁRIA INSTITUCIONAL TLM: 92 607 79 36 MAIL: GERAL@ORALMAIS.PT SITE: WWW.ORALMAIS.PT Clínica Domícilios Grupo: CONSULTA 15% 10% A1.01.01.01 Primeira consulta de medicina dentária 25,50

Leia mais

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB -

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - 1 MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - Porto Alegre, 2014. 1 2 S ODONTOLÓGICOS PARA AUXILIARES E TÉCNICOS EM SAÚDE BUCAL Tabela 1: Tipos de Procedimentos Odontológicos para

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Associação Brasileira de Odontologia Secção Ceará Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar

Leia mais

Anexo I Listas Referenciais de Procedimentos Odontológicos/2016 CLÍNICA GERAL

Anexo I Listas Referenciais de Procedimentos Odontológicos/2016 CLÍNICA GERAL Vice Presidência Seção de Apoio Administrativo - APAD Anexo I Listas Referenciais de Procedimentos Odontológicos/2016 CLÍNICA GERAL CÓDIGO PROCEDIMENTO VALOR CG0110 CONSULTA INICIAL R$ 58,46 CG0120 CONSULTA

Leia mais

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /.

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /. Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino Nome do Paciente:, Data: / /. 1. Questões Preliminares 1.1 Se houvesse algo que você pudesse fazer para modificar seu sorriso, o que seria? 1.2 Você prefere

Leia mais

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS PERIODONTIA

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS PERIODONTIA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS Cirurgiã-Dentista CONCEITO: PERIODONTIA Especialidade Odontológica que estuda os tecidos normais e as doenças do sistema de implantação e sustentação dos

Leia mais

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução ODONTOLOGIA CANINA Juliana Kowalesky Médica Veterinária Mestre pela FMVZ -USP Pós graduada em Odontologia Veterinária - ANCLIVEPA SP Sócia Fundadora da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária

Leia mais

Curso de capacitação em Estética dental

Curso de capacitação em Estética dental Curso de capacitação em Estética dental Módulo I Clareamento dental Conceitos Tratamento estético Equilíbrio estético do sorriso Fator de maior observação Visa eliminar alteração de cor dos elementos dentais

Leia mais

Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa

Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa Caso Selecionado Enxerto de tecido conjuntivo com objetivo estético em prótese fixa Cléverson O. Silva, Bruno César de Vasconcelos Gurgel, Fernando Rodrigues Pinto Uma vez que um dente é perdido, ocorre

Leia mais

Caso Selecionado. A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas. Sanzio Marcelo Lopes Marques

Caso Selecionado. A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas. Sanzio Marcelo Lopes Marques Caso Selecionado A arte de reconstruir sorrisos com resinas compostas diretas Sanzio Marcelo Lopes Marques Ao contrário de alguns anos atrás, o cirurgiãodentista dispõe hoje de um amplo arsenal de materiais

Leia mais

Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio

Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA ESTÉTICA Técnica de impressão em dois tempos Técnica de afastamento com duplo fio Prof. Dr. Glauco Rangel Zanetti Doutor em Clínica Odontológica - Prótese Dental - FOP-Unicamp

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS PERIODONTIA CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) A cirurgia óssea pode ser definida, segundo Sims & Ammons Jr. (2007), como o procedimento pelo qual alterações no osso alveolar podem ser realizadas para eliminar

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral COD PROCEDIMENTO CHO V. PREV. V. IPASGO V. TOTAL 01 70110000 Consulta Inicial 142,85 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 72,00 5,87

Leia mais

Anatomia do Periodonto. Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com www.periodontiamedica.com

Anatomia do Periodonto. Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com www.periodontiamedica.com Anatomia do Periodonto Por Carlos Marcelo da Silva Figueredo,, DDS, MDSc,, PhD cmfigueredo@hotmail.com Periodonto Normal Anatomia macroscópica Anatomia microscópica Anatomia macroscópica Gengiva Ligamento

Leia mais

CIRURGIA DE TRANSPLANTE DENTÁRIO AUTÓGENO PELA TÉCNICA MEDIATA RELATO DE CASO CLÍNICO. RESUMO

CIRURGIA DE TRANSPLANTE DENTÁRIO AUTÓGENO PELA TÉCNICA MEDIATA RELATO DE CASO CLÍNICO.   RESUMO CIRURGIA DE TRANSPLANTE DENTÁRIO AUTÓGENO PELA TÉCNICA MEDIATA RELATO DE CASO CLÍNICO Nayanne Barros Queiroz 1 ; Herlânia Silva Freire 1 ; Ana Roberta de Almeida Cabral 1 ; Ivna Freitas de Sousa Alves¹;

Leia mais

do alvéolo preservação

do alvéolo preservação Técnicas cirúrgicas de preservação do alvéolo Casos de reabilitação posterior Pág.2o Técnicas cirúrgicas de preservação do alvéolo em reabilitações finais com implantes Preservar o alvéolo pós-extraçào

Leia mais

TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I

TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I TABELA DE MEDICINA DENTÁRIA ANEXO I PROTOCOLO - INATEL TRATAMENTOS PARTICULAR INATEL Consulta 30,00 20,00 DENTISTERIA Restauração amálgama e compósitos Em cavidade c/ compromisso de 1 só face 60,00 25,00

Leia mais

Doença Periodontal Orientações para manter uma boca saudável Anatomia Estrutura saudável Gengivas A A figura mostra as gengivas de uma pessoa que tenha a constituição clara. As pessoas de pele escura têm

Leia mais

ANEXO I. Rol de Procedimentos Odontológicos

ANEXO I. Rol de Procedimentos Odontológicos ANEXO I Rol de Procedimentos Odontológicos Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICO: I Consulta inicial II Exame histopatológico Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica odontolegal,

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICOS: I Consulta Inicial Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica Odontolegal, diagnósticos das doenças

Leia mais

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Aplicação do t Manual INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Classificação Geral Identificação dos instrumentos t SONDAS PERIODONTAIS EXPLORADORES CURETAS ENXADAS FOICES LIMAS Instrumentos Exploradores

Leia mais

TABELA CABESP DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

TABELA CABESP DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS TABELA CABESP DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS VIGÊNCIA: PARA GUIAS ABERTAS À PARTIR DE 01 DE JULHO DE 2016 Fluxo do Atendimento Odontológico Passo a Passo Siga os passos a seguir: 1. Após o exame clínico

Leia mais

Introdução. capítulo1

Introdução. capítulo1 Introdução capítulo1 Apresentação filosófica No tratamento de bolsas e outros envolvimentos periodontais que requeiram correção cirúrgica, um dos problemas que tem afligido o profissional é o aumento da

Leia mais

Implantes. dentários.... A con ança que você precisa.

Implantes. dentários.... A con ança que você precisa. Implantes dentários....................................... A con ança que você precisa. E-Book Implantes Dentários Este guia foi criado para que você conheça um pouco mais sobre o tratamento com implantes

Leia mais

AAPPU LISTA REFERENCIAL DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS

AAPPU LISTA REFERENCIAL DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS AAPPU LISTA REFERENCIAL DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS A GERAIS A00 Consulta inicial (Exame clínico e plano de tratamento) Sessão 30,90 Semestral em condições normais de manutenção A01 Consulta de urgência

Leia mais

Decisão de tratamento restaurador baseada em evidências científicas

Decisão de tratamento restaurador baseada em evidências científicas 1 Decisão de tratamento restaurador baseada em evidências científicas Introdução Marisa Maltz Juliana Jobim Jardim Luana Severo lves O processo de tomada de decisão baseada em evidências científicas utiliza

Leia mais

Promoção de Saúde na Prática Clínica

Promoção de Saúde na Prática Clínica Promoção de Saúde na Prática Clínica Urubatan Vieira de Medeiros Doutor (USP) Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária UERJ/UFRJ Coordenador da Disciplina de Odontologia

Leia mais

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia.

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Resumo: Este estudo tem como objetivo apresentar o comportamento do substituto ósseo sintético

Leia mais