Lalique. Um pioneiro no Design do Vidro. Jessica Alexandra Martins Lourenço. 1ºB1 Design, Nº História da Arte e da Técnica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lalique. Um pioneiro no Design do Vidro. Jessica Alexandra Martins Lourenço. 1ºB1 Design, Nº2010305. História da Arte e da Técnica"

Transcrição

1 Lalique Um pioneiro no Design do Vidro Jessica Alexandra Martins Lourenço 1ºB1 Design, Nº História da Arte e da Técnica 27/05/2011

2 Índice Introdução...Página 3 Lalique: Um marco no design do vidro cristal...página 4 Lalique e as suas criações...página 5 Conclusão...Página 8 Bibliografia...Página 9 Anexos...Página 10 2

3 Introdução Neste trabalho o tema principal é o designer, mestre joalheiro e vidreiro francês, René Lalique ( ). Grande influência no movimento Art Nouveau e Art Deco, Lalique abriu portas à inovação no âmbito do design, principalmente do vidro cristal. Irei assim, demonstrá-lo através de algumas das suas variadas peças e fazer uma pequena abordagem destas. Outro dos objectivos deste trabalho é descrever quais os motivos de inspiração de Lalique, enquanto criador de joias, frascos de perfume, taças, relógios, candelabros e restantes peças e exemplicá-las. 3

4 Lalique: um marco no Design do vidro cristal Lalique desde cedo começou a sua jornada no ramo da joalharia, primeiramente. Depois da sua aprendizagem aos 16 anos de idade com o joalheiro Louis Aucoc e de ter frequentado diversos cursos em Londres, Lalique trabalhou para algumas empresas, tais como, a Aucoc, Cartier e Boucheron. Mais tarde começou também a fazer desenhos independentes para variadas casas de joias de Paris, vindo mesmo a abrir a própria joalharia. Isto levou-o a um reconhecimento como um dos mais importantes designers de joias francês. Foi o primeiro a introduzir vidro na joalharia, utilizando os efeitos de transparência e semi-transparência, distinguido-se assim do que se tinha observado até então. As suas peças eram inspiradas na Natureza, um dos conceitos caracteristicos da Art Nouveau (Arte Nova), utilizando diversos motivos, tais como, pavões, insectos imaginários e reais, borboletas, flores, folhas, pássaros e, por vezes, misteriosos rostos ou corpos femininos. 4

5 Lalique e as suas criações As peças de Lalique, para além de serem inspiradas na Natureza como foi referido anteriormente, podem ser definidas através de vários conceitos e caracteristicas. Os tons de cor mais comuns nas suas peças variam entre azul ou verde, ametista, vermelho escuro, ambar, amarelo e preto, assumindo assim uma série de tonalidades distintas. A maioria das suas peças contém caracteristicas comuns entre si, sendo estas o vidro opalescente azul leitoso e o vidro colorido, fosco ou polido. Podemos, por exemplo, encontrar estas caracteristicas nas peças Suzanne au Bain e L oiseau de Feu. Susanne au Bain L oiseau de Feu (firebird) 5

6 De forma a conceber peças como estas, Lalique, antes de adquirir um forno de vidro, comprou peças de cristal com chumbo pesado para facilitar o derretimento, e de seguida derramava o material derretido nos moldes, ou seja, nos padrões que tinha previamente modelado em cera para fazer a suas criações. Mais tarde, a cera veio a ser substituida pelo vidro. Lalique exebia um estilo nas suas criações bastante elegante e nunca antes visto, usando materiais novos e variados, misturando o precioso com o não precioso, e florescendo a arte de adornar a outro nivel. Roger Marx, critico de arte francês, disse: a simplicidade e amplitude do estilo de Lalique pareciam estranhamente evoluidas para a época em que se encontrava. As gerações futuras irão julgar o ínicio do nosso século como tendo sido a mais receptiva e refinada sociedade, mais apreciadora de capacidade de invenções resultantes do uso da flora e materiais do que do luxo de uma riqueza sumptuosa. Toda a colecção de Lalique se apresenta simples mas, ao mesmo tempo, poderosa, apresentando o vigor de uma surpreendente vitalidade e juventude. Isto, aliado á inovação de materiais e imaginação de formas, tornou Lalique uma referência fundamental no âmbito do design. O design das suas peças é gráfico, distinto e sofisticado, establecendo uma relação entre o antigo e o novo e mantendo uma posição de liderança na indústria do design de vidro. 6

7 Os frascos de perfume constituem também uma grande e importante parte da colecção de René Lalique. Ele concebeu frascos de perfume para Coty, uma significante companhia de perfumes, sendo esses verdadeiras e invulgares peças de design, que tiveram um impacto duradouro na industria das embalagens de perfume. Lalique, na joalharia possuia de uma técnica virtuosa, que, em complementariedade com o design a simplificava, de forma a atingir o público em geral. Pendente Diadema Orquídeas 7

8 Lalique não se dedicou apenas a pequenas peças, foi também o primeiro a esculpir grandes obras monumentais em vidro, tais como, a fonte da entrada do Savoy Hotel de Londres, em 1937, e as portas do Hotel Alberto I, em Paris. Fonte, Savoy Hotel. Motivos de peixes e cristal brilhante 8

9 Conclusão Concluimos que, de facto, René Lalique, foi um génio da arte do vidro e uma influência inebriante pertencente aos estilos Art Nouveau e Art Deco. Podemos observar que toda a sua colecção está directamente inspirada na fauna e na flora, recorrendo sempre a motivos naturais e peculiares, que, em junção com a sua técnica vidreira o tornaram no supra-sumo, deixando a sua marca pela criatividade e inovação implicitas nas suas peças. Destacou-se não só pelo uso do vidro, mas também pela escolha dos seus outros materiais em junção com o primeiro, tais como, o esmalte, couro, marfim, pedras preciosas e semi preciosas, adornando as suas criações. Lalique permaneceu tão sóbrio em palavras como prolifico em imaginação. Concluimos, deste modo, que o mestre do design e do vidro, travou tradição com a história e uma relação com o futuro! (facto: a fábrica que fundou ainda hoje está em funcionamento) 9

10 Bibliografia Lalique, Marr e Lalique, Claude. Lalique par Lalique. Paris, 1977 Garner, Phillippe. Glass Thames and Hudson, London

11 Anexos Calouste Gulbenkian foi o maior patrono de Lalique pois, fazia parte de um mercado rico e selectivo. Adquiriu assim, a maioria das suas obras. Apresento aqui uma das criações presentes no Museu Calouste Gulbenkian, visto que parte da minha pesquisa foi feita na Fundação, Biblioteca e Museu Calouste Gulbekian. A colecção das criações de Lalique é considerada como única no mundo, pela sua homogeneidade, qualidade e quantidade. Peitoral Serpentes Esta peça de joalharia representa um paradigma da produção de joias de Lalique. Marca não só pela sua execução mas, também pela tema seleccionado. Os repteis (motivos animais) são, como já referi anteriormente, motivos de inspiração para Lalique, que irá usá-los ao longo da sua obra. Este peitoral foi adquirido por Calouste Gulbenkian em 1908, directamente ao artista René Lalique. 11

12 12

Sugestões de Natal Zippo

Sugestões de Natal Zippo Sugestões de Natal Zippo A melhor prenda para este Natal? Um Zippo! A Zippo, marca de culto dos isqueiros mais resistentes e duradouros do mercado mundial desde 1932, sugere que nesta quadra opte por oferecer

Leia mais

«ARTE CHINESA E A CULTURA DE MACAU»

«ARTE CHINESA E A CULTURA DE MACAU» «ARTE CHINESA E A CULTURA DE MACAU» No espólio museológico da CGD A partir do século XVI Macau tornou-se um ponto central na comunicação e divulgação entre a Civilização Europeia e Chinesa, uma fronteira

Leia mais

FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13

FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13 FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13 FASHION COLOR REPORT FALL 2013 - SEMANA DE MODA DE NEW YORK FEVEREIRO 7 14, 2O13 - pantone.com.br/fashion-color-report-fall-2013.html FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13

Leia mais

Maria Inês Cordeiro e António Tavares Lopes Panorama da edição e utilização das publicações periódicas Coimbra, 6 de Maio de 2009

Maria Inês Cordeiro e António Tavares Lopes Panorama da edição e utilização das publicações periódicas Coimbra, 6 de Maio de 2009 Exploração de domínios analíticos para a redescoberta da Colóquio Letras Maria Inês Cordeiro e António Tavares Lopes Panorama da edição e utilização das publicações periódicas Coimbra, 6 de Maio de 2009

Leia mais

500.101. EDUCAÇão infantil (4 E 5 ANOS)

500.101. EDUCAÇão infantil (4 E 5 ANOS) 500.0 EDUCAÇão infantil (4 E 5 ANOS) Ano 202 À Direção e Coordenação Que bom tê-los como parceiros! Vocês estão recebendo um guia com o objetivo de apresentar a Biblioteca de jogos e materiais complementares

Leia mais

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5)

Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA. EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Licenciatura em: Design HISTÓRIA DA ARTE E DA TÉCNICA Assim: 9; com ref. às fontes: 12-13 EVOLUÇÃO DO DESIGN AUTOMÓVEL (BMW Séries 5) Autores: André Sequeira 1º - A1 20110039 João Almeida 1º - A1 20110309

Leia mais

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com Licenciada em Psicologia e com uma vasta experiência em formação e investigação na área do desenvolvimento de capacidades infantis, Adriana Támez é hoje gestora da. Professora da Universidad Autonoma del

Leia mais

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR PRÓXIMAS ENTREGAS ENTREGA FASCÍCULO DVD CAIXA DE ÓLEO PVP 2 2 2 um tubo e um pincel 4,95 3 3 3 caixa arquivadora 9,95 4 4 paleta 4,95 5 5 4

Leia mais

No mundo da moda, mãe e filha formam uma dupla invencível na marca Carolina Herrera. A filha, Carolina Adriana Herrera, desvendou-nos o significado

No mundo da moda, mãe e filha formam uma dupla invencível na marca Carolina Herrera. A filha, Carolina Adriana Herrera, desvendou-nos o significado Gloss No mundo da moda, mãe e filha formam uma dupla invencível na marca Carolina Herrera. A filha, Carolina Adriana Herrera, desvendou-nos o significado de estilo e classe Índice Página 3... Carreira

Leia mais

SEU ESTILO TENDÊNCIAS 2013

SEU ESTILO TENDÊNCIAS 2013 SEU ESTILO TENDÊNCIAS 2013 SEU ESTILO TENDÊNCIAS 2013 SOBRE TENDÊNCIAS Prever tendências de cores é uma ciência extremamente complexa que envolve recursos de várias especialidades, como psicologia, sociologia

Leia mais

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário

Leia mais

Abordagem simples aos modos de falha com recurso a um software de organização e gestão da manutenção

Abordagem simples aos modos de falha com recurso a um software de organização e gestão da manutenção Abordagem simples aos modos de falha com recurso a um software de organização e gestão da manutenção Marcelo Batista (1), José Fernandes (1) e Alexandre Veríssimo (1) mbatista@manwinwin.com; jcasimiro@navaltik.com;

Leia mais

CREBi TradeShow Report. VicenzaOro First. Macau Jewellery and Watch Fair

CREBi TradeShow Report. VicenzaOro First. Macau Jewellery and Watch Fair VicenzaOro First Macau Jewellery and Watch Fair Enquanto no hemisfério sul, janeiro é um mês morno para os negócios e de férias, no hemisfério norte, as atividades de negócios ocorrem com maior vigor.

Leia mais

CAIXAS DE MEMÓRIAS. O que guarda o Centro de Arte Moderna? Quem pensa e faz obras de arte? escultor. Sobre o que nos fala uma obra de arte?

CAIXAS DE MEMÓRIAS. O que guarda o Centro de Arte Moderna? Quem pensa e faz obras de arte? escultor. Sobre o que nos fala uma obra de arte? CAIXAS DE MEMÓRIAS No CAM existem muitas obras de arte, cheias de ideias e histórias para nos contar, tantas que nem sempre nos conseguimos lembrar de todas... a não ser que elas se transformem em memórias!

Leia mais

Guia de Orientações Kit Escola Pública Educação Infantil (4 e 5 anos)

Guia de Orientações Kit Escola Pública Educação Infantil (4 e 5 anos) Guia de Orientações Kit Escola Pública Educação Infantil (4 e 5 anos) Ano 202 À Direção e Coordenação Que bom tê-los como parceiros! Vocês estão recebendo um guia com o objetivo de apresentar a Biblioteca

Leia mais

Trabalho 3 Scratch na Escola

Trabalho 3 Scratch na Escola Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra Departamento de Matemática Trabalho 3 Scratch na Escola Meios Computacionais de Ensino Professor: Jaime Carvalho e Silva (jaimecs@mat.uc.pt)

Leia mais

1 ARQUITECTURA DO PRODUTO - MODULARIZAÇÃO E SISTEMAS DE PLATAFORMAS NA INDUSTRIA FERROVIÁRIA... 20.19.

1 ARQUITECTURA DO PRODUTO - MODULARIZAÇÃO E SISTEMAS DE PLATAFORMAS NA INDUSTRIA FERROVIÁRIA... 20.19. 1 ARQUITECTURA DO PRODUTO - MODULARIZAÇÃO E SISTEMAS DE PLATAFORMAS NA INDUSTRIA FERROVIÁRIA... 20.19. ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 1 ARQUITECTURA DO PRODUTO - MODULARIZAÇÃO E SISTEMAS DE PLATAFORMAS NA INDUSTRIA

Leia mais

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt)

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt) Esterofoto Geoengenharia SA Álvaro Pombo Administrtador (www.estereofoto.pt) Q. Conte-nos um pouco da historia da empresa, que já tem mais de 30 anos. R. A Esterofoto é uma empresa de raiz, a base da empresa

Leia mais

Design Ladder LISBOA Culturgest 28 de Janeiro de 2011

Design Ladder LISBOA Culturgest 28 de Janeiro de 2011 De:. SID SEMINÁRIO SOBRE DESIGN ESTRATÉGICO Design Ladder LISBOA Culturgest 28 de Janeiro de 2011 1 QUE IMPORTÂNCIA TEM O DESIGN PARA AS EMPRESAS? 2 ESTUDO SUECO (2003/4) Swedish Industrial Design Foundation

Leia mais

VIAGEM À HISTÓRIA DA MOEDA

VIAGEM À HISTÓRIA DA MOEDA VIAGEM À HISTÓRIA DA MOEDA Diariamente utilizamos dinheiro para comprar o que desejamos ou precisamos, como alimentos, roupa, jogos, gelados, bilhetes de cinema, livros e muitas outras coisas Actualmente,

Leia mais

Lição N o 3. Prótidos ou Proteínas. Objectivos de Aprendizagem. Introdução. No final desta lição, você será capaz de:

Lição N o 3. Prótidos ou Proteínas. Objectivos de Aprendizagem. Introdução. No final desta lição, você será capaz de: Lição N o 3 Prótidos ou Proteínas Objectivos de Aprendizagem No final desta lição, você será capaz de: Indicar a composição química das proteínas. Identificar aminoácidos essenciais. Caracterizar os tipos

Leia mais

Habilidades Específicas em Artes Visuais. Prova de História da Arte

Habilidades Específicas em Artes Visuais. Prova de História da Arte Habilidades Específicas em Artes Visuais Prova de História da Arte I. Analise as duas obras cujas reproduções foram fornecidas, comentando suas similaridades e diferenças no que se refere aos aspectos

Leia mais

Marcas e Logos. O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2

Marcas e Logos. O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2 CPG LOGOTIPO CPG 1 Marcas e Logos O bem mais valioso de uma empresa. CPG 2 História do Logo - Objetivo Identificar uma casa comercial Identificar serviço ou ramo de atividade Mostrar alguma característica

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS Kelly Cristina de Oliveira 1, Júlio César Pereira 1. 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil kristhinasi@gmail.com,

Leia mais

O Quadro Nacional de Qualificações e a sua articulação com o Quadro Europeu de Qualificações

O Quadro Nacional de Qualificações e a sua articulação com o Quadro Europeu de Qualificações O Quadro Nacional de Qualificações e a sua articulação com o Quadro Europeu de Qualificações CENFIC 13 de Novembro de 2009 Elsa Caramujo Agência Nacional para a Qualificação 1 Quadro Europeu de Qualificações

Leia mais

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE Fonte: http://www.musee-orsay.fr/fr/collections/catalogue-des-oeuvres/resultatcollection.html?no_cache=1&zoom=1&tx_damzoom_pi1%5bzoom%5d=0&tx_da mzoom_pi1%5bxmlid%5d=001089&tx_damzoom_pi1%5bback%5d=fr%2fcollec

Leia mais

Curso de capista Cabral Designer Design de interiores

Curso de capista Cabral Designer Design de interiores JOSÉ VIEIRA CABRAL http://cabralverissimo.loja2.com.br cabralverissimo@yahoo.com.br DESCRIÇÃO DO CURSO: 1) O Significado de Design e Designer; 2) Como usar o Microsoft Power Point 2010; 3) Exemplos de

Leia mais

Vittorio livi. do vidro

Vittorio livi. do vidro Vittorio livi o visionário do vidro ENTREVISTA: TIAGO KRUSSE FOTOGRAFIA: ARQUIVO FIAM ITALIA O que o inspirou em 1973 a iniciar a Fiam Italia? Em 1968, na Curvovetro, um dos quatro trabalhos trabalho em

Leia mais

Agenda. Fluxos financeiros. Como preencher a declaração anual. Reciclagem de embalagens. Multipacks. Valores Ponto Verde 2013

Agenda. Fluxos financeiros. Como preencher a declaração anual. Reciclagem de embalagens. Multipacks. Valores Ponto Verde 2013 JORNADAS TÉCNICAS Lisboa, 13 Dezembro 2012 Agenda 2 Fluxos financeiros Como preencher a declaração anual Reciclagem de embalagens Multipacks Valores Ponto Verde 2013 Fluxos financeiros 3 Fluxos financeiros

Leia mais

Investimento Directo Estrangeiro e Salários em Portugal Pedro Silva Martins*

Investimento Directo Estrangeiro e Salários em Portugal Pedro Silva Martins* Investimento Directo Estrangeiro e Salários em Portugal Pedro Silva Martins* Os fluxos de Investimento Directo Estrangeiro (IDE) para Portugal tornaram-se uma componente importante da economia portuguesa

Leia mais

Pierre Bergé, o companheiro de sua vida

Pierre Bergé, o companheiro de sua vida Yves Saint Laurent Quando criança, Yves Saint Laurent tinha uma característica que saltava aos olhos: a imaginação. Era muito inteligente e usava a timidez como um recurso a ser aproveitado, e não um problema

Leia mais

Ampliando o olhar sobre a Arte

Ampliando o olhar sobre a Arte Ampliando o olhar sobre a Arte A Arte reflete a história da humanidade. Desde as primeiras expressões artísticas (Arte rupestre) até os dias de hoje, podemos compreender o desenvolvimento do homem em cada

Leia mais

Novidade. A BBcolor. fica mais luminosa com cores loiras claras e brilhantes.

Novidade. A BBcolor. fica mais luminosa com cores loiras claras e brilhantes. BLOND AGE Novidade A BBcolor fica mais luminosa com cores loiras claras e brilhantes. Femininos e sensuais: os cabelos loiros são um clássico que não conhece modas, mas muitas tendências de estação diferentes

Leia mais

Oficina COMPUTADOR FERRAMENTA Objetivo

Oficina COMPUTADOR FERRAMENTA Objetivo Oficina COMPUTADOR FERRAMENTA Objetivo Para o professor, o uso da animação pode ser fonte de investigação e análise da visão de mundo de seu aluno e das diferentes linguagens utilizadas na elaboração da

Leia mais

Criatividade e Inovação Organizacional: A liderança de equipas na resolução de problemas complexos

Criatividade e Inovação Organizacional: A liderança de equipas na resolução de problemas complexos Criatividade e Inovação Organizacional: A liderança de equipas na resolução de problemas complexos Dizer que o grande segredo do sucesso das empresas, especialmente em tempos conturbados, é a sua adaptabilidade

Leia mais

O guia do elevator speech

O guia do elevator speech O guia do elevator speech por João Alexandre - Sexta-feira, Novembro 21, 2014 http://joaoalexandre.com/blog/guia-do-elevator-speech/ O guia do elevator speech para venderes a tua ideia num ápice O elevator

Leia mais

Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores dos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico 2009-2010. Tarefa: As roupas do Tomás

Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores dos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico 2009-2010. Tarefa: As roupas do Tomás Programa de Formação Contínua em Matemática para Professores dos 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico 2009-2010 Tarefa: As roupas do Tomás ESE/IPS 8 de Julho de 2010 Enquadramento Curricular: Tema: Números

Leia mais

Identidade visual corporativa e institucional

Identidade visual corporativa e institucional Identidade visual corporativa e institucional O ser humano pensa visualmente! Ao contrário das palavras, as imagens agem diretamente sobre a percepção do cérebro. O homem moderno está cada vez mais privilegiando

Leia mais

Vitrais. Soluções inovadoras/criativas para ambientes em bibliotecas

Vitrais. Soluções inovadoras/criativas para ambientes em bibliotecas Soluções inovadoras/criativas para ambientes em bibliotecas Vitrais Secretaria Municipal de Cultura, Juventude e Lazer Biblioteca Pública Municipal Professor Abílio Fontes Santa Cruz do Rio Pardo/SP Envolvidos:

Leia mais

Programa do Serviço Educativo. 2.º Semestre 2008

Programa do Serviço Educativo. 2.º Semestre 2008 Programa do Serviço Educativo Museu Municipal i de Óbidos 2.º Semestre 2008 Programa Semestral Mês Dias Título Público-alvo Agosto Quintas, Sextas, Sábado No Ateliê do Pintor um Tesouro Escondido Crianças

Leia mais

Simulado OBM Nível 2

Simulado OBM Nível 2 Simulado OBM Nível 2 Gabarito Comentado Questão 1. Quantos são os números inteiros x que satisfazem à inequação? a) 13 b) 26 c) 38 d) 39 e) 40 Entre 9 e 49 temos 39 números inteiros. Questão 2. Hoje é

Leia mais

laboratório de jogos da mind lab

laboratório de jogos da mind lab 50.34 laboratório de jogos da mind lab Kit Escola Pública 05 Guia de Orientações Educação Infantil (4 e 5 anos) À Direção e Coordenação Que bom tê-los como parceiros! Vocês estão recebendo um guia com

Leia mais

Aula 3 Contextualização

Aula 3 Contextualização Gestão de Marketing Aula 3 Contextualização Profa. Me. Karin Sell Schneider Canais de Distribuição Comunicação Produto é um conjunto de atributos tangíveis e intangíveis, que proporciona benefícios reais

Leia mais

Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS. Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581

Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS. Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581 Universidade São Marcos Pedagogia Comunicação, Educação e Novas Tecnologias RELEITURA DE OBRAS Jane Ap. Fiorenzano RGM: 048581 Lenivani S. Brandão RGM: 047438 Melissa F. Caramelo RGM: 049607 Sandra P.

Leia mais

PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA. Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM

PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA. Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM A escola Nossa Senhora da Piedade tem uma área de 3.200 metros,

Leia mais

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO:

OBJETIVOS: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL PRÉ II DATA: PERÍODO: CONTEÚDO: Gênero: Retrato /Fotografia Técnica: Pintura óleo sobre tela Elementos formais: cor e luz Os recursos formais de representação: figuração

Leia mais

Fotos Projetos e Cia Clientes. A imagem. A imagem

Fotos Projetos e Cia Clientes. A imagem. A imagem A imagem A imagem 1 A imagem Mas o que leva a compra pela imagem? Necessidade do produto Compulsão mediante a um estímulo, que vai de encontro direto aos desejos. 1- Afetivos 2- Financeiros 3- Sociais

Leia mais

Concha de Baptismo - Prata - 20 gramas João Borges

Concha de Baptismo - Prata - 20 gramas João Borges Artes e Ofícios é uma actividade que tem por objectivo colocar as crianças e os jovens em contacto directo com vários profissionais, de modo a conhecerem melhor profissões de ontem e de hoje. Concha de

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES

Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: Aula 1: Cores primárias e cores secundária Aula 2: Luz e sombra 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

Azulejo Coleção do Museu de Évora

Azulejo Coleção do Museu de Évora Azulejo Coleção do Museu de Évora De facto, é a força cenográfica da arte do Azulejo, a sua disponibilidade para animar espaços arquitetónicos (vejam-se os revestimentos integrais de padronagem do século

Leia mais

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva

Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Implementação do Processo de Avaliação Inclusiva Na parte final da fase 1 do projecto Processo de Avaliação em Contextos Inclusivos foi discutido o conceito processo de avaliação inclusiva e prepararam-se

Leia mais

Museus como plataformas para a inovação social:

Museus como plataformas para a inovação social: Museus como plataformas para a inovação social: Projecto-piloto educativo em espaços culturais Um projecto-piloto para jovens em situação de vulnerabilidade e exclusão social a desenvolver em colaboração

Leia mais

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade

As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade Sugestões de atividades As ciências da natureza: Ciência, Tecnologia e Sociedade 9 CIÊNCIAS 1 Ciências Naturais 1. Por que a Física é considerada uma ciência básica? 2. O que a Biologia estuda? 3. O que

Leia mais

Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa.

Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa. Intervenção do Secretário Regional da Presidência Apresentação do projecto Incube = Incubadora de Empresas + Júnior Empresa. 17 de Março de 2011, Salão Nobre da Reitoria da Universidade dos Açores Magnífico

Leia mais

Lâmpadas LED. Rua Joaquim Galvão, 198 CEP. 05627-010 - SP. Telefone: 55 (11) 3501-2886 Fax: 55 (11) 2338-1050

Lâmpadas LED. Rua Joaquim Galvão, 198 CEP. 05627-010 - SP. Telefone: 55 (11) 3501-2886 Fax: 55 (11) 2338-1050 Lâmpadas LED Lâmpadas LED da Technosol Modernidade e simplicidade numa infindável variedade Está à procura de cor e ambiente? Anseia acentuar os seus espaços favoritos e imagens? Deseja decorar a sua casa

Leia mais

A Cor de 2014 Radiant Orchild 18-3224

A Cor de 2014 Radiant Orchild 18-3224 A Cor de 2014 Todos os anos, designers, estilistas, decoradores, representantes da Pantone e de fábricas de tintas se reúnem e determinam uma cor temática que permeará e inspirará as criações deste ano

Leia mais

Arte da Pré-História

Arte da Pré-História ALUNO(A) Nº SÉRIE: 6º. Ano TURMA: DATA: / /2013 Profª Ana Lúcia Leal - DISCIPLINA: ARTE Ficha de Aula - III Trimestre Arte da Pré-História As primeiras expressões artísticas As mais antigas figuras feitas

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 414/IX

PROJECTO DE LEI N.º 414/IX PROJECTO DE LEI N.º 414/IX PROCEDE À ADAPTAÇÃO DO CÓDIGO DOS DIREITOS DE AUTOR E DOS DIREITOS CONEXOS ÀS NOVAS REALIDADES CRIADAS PELA SOCIEDADE DE INFORMAÇÃO Exposição de motivos O presente projecto de

Leia mais

MORAR a casa é sua. Apê cosmopolita

MORAR a casa é sua. Apê cosmopolita MORAR a casa é sua Apê cosmopolita Das cores à mobília, são claras as referências extraídas de cidades como Paris e Londres destino favorito do morador na decoração moderna e fluida de seu apartamento

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa EMBARGO: 19 th August 2010, 06:00 CEST Canon apresenta a elegante e ultra compacta impressora fotográfica SELPHY CP800 SELPHY CP800 Lisboa, 19 de Agosto de 2010 A Canon apresenta

Leia mais

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa

1- Fonte Primária 2- Fonte Secundária. 3- Fonte Puntiforme 4- Fonte Extensa Setor 3210 ÓPTICA GEOMÉTRICA Prof. Calil A Óptica estuda a energia denominada luz. 1- Quando nos preocupamos em estudar os defeitos da visão e como curá-los, estamos estudando a Óptica Fisiológica. Estudar

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室 N.º 22 3-6-2014 BOLETIM OFICIAL DA REGIÃO ADMINISTRATIVA ESPECIAL DE MACAU I SÉRIE 321 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國 合 作 綱 要 協 定 修 訂 協 議 書 中 華 人 民 共 和 國 澳 門 特 別 行 政 區 與 葡 萄 牙 共 和 國, 以 下 稱 為

Leia mais

Fotobiografia microcosmo despercebido

Fotobiografia microcosmo despercebido 52 Fotobiografia microcosmo despercebido Pedro Alberto Nacer Zilli Texto e fotos M eu nome é Pedro Alberto Nacer Zilli, nasci no Uruguai em 1942, filho de pais descendentes de imigrantes italianos e libaneses.

Leia mais

Uma globalização consciente

Uma globalização consciente Uma globalização consciente O apelo a uma globalização mais ética tornou se uma necessidade. Actores da globalização como as escolas, devem inspirar por estes valores às responsabilidades que lhes são

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

COUNSELING, COACHING, MENTORING E HOLOMENTORING

COUNSELING, COACHING, MENTORING E HOLOMENTORING A Interconectividade entre COUNSELING, COACHING, MENTORING E HOLOMENTORING uma abordagem holo-sistêmica por Marcos Wunderlich Presidente do Instituto Holos de Qualidade Índice 3 - Apresentação 4 - Contexto

Leia mais

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA

WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA WORKSHOP INTRODUÇÃO À MÚSICA INTRODUÇÃO Nos dias de hoje, é quase impensável querermos uma televisão a preto e branco em deterimento de uma televisão a cores e acontece porque a partir do momento em que

Leia mais

Quem Foi Pablo Picasso?

Quem Foi Pablo Picasso? FICHA Nº3 Pablo PICASSO Quem Foi Pablo Picasso? Você está para conhecer como surgiram os desenhos, pinturas e esculturas de Picasso. Quem foi esse homem? Picasso era um homem baixinho, gordo e muito inteligente.

Leia mais

UMA NOVA DIMENSÃO À VOLTA DA SUA MESA

UMA NOVA DIMENSÃO À VOLTA DA SUA MESA SERVIÇOS DE MESA E FAQUEIRO UMA NOVA DIMENSÃO À VOLTA DA SUA MESA HÁ UM BANCO QUE AJUDA A DAR CERTEZAS AO FUTURO. A CAIXA, COM CERTEZA. VISTA ALEGRE Acrescente uma nova dimensão de elegância e prestígio

Leia mais

Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO)

Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 03 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 1 Prof. Cristóvão Cunha Objetivos de aprendizagem

Leia mais

Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso!

Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso! Ame Aquilo Que Faz! Mude a Sua Vida. Transforme a sua paixão pela beleza numa história de sucesso! Tanto para Desfrutar Este é o seu momento para explorar o que é importante para si. Tem tudo a ver com

Leia mais

Curso de Formação Complementar. Apresentação

Curso de Formação Complementar. Apresentação Curso de Formação Complementar I Apresentação O curso de Formação Complementar destina-se a jovens titulares de cursos de Tipo 2, Tipo 3 ou outros cursos de qualificação inicial de nível 2, que pretendam

Leia mais

TRAÇOS DE LUXO. ISALONI 2015 Os grandes mestres Michele De Lucchi, Attilio Stocchi e Paolo Ulian em entrevistas exclusivas

TRAÇOS DE LUXO. ISALONI 2015 Os grandes mestres Michele De Lucchi, Attilio Stocchi e Paolo Ulian em entrevistas exclusivas TRAÇOS DE LUXO Composições únicas traduzem o bem-morar GENIALIDADE NO DNA AS INCRÍVEIS PECULIARIDADES DO ESTILO ORIENTAL NA ARQUITETURA, NO DESIGN E NAS ARTES BRILHO DIFUSO NÉON SE REINVENTA E MIGRA DAS

Leia mais

APLICAÇÃO DE EXTRATO DE AÇAÍ NO ENSINO DE QUÍMICA.

APLICAÇÃO DE EXTRATO DE AÇAÍ NO ENSINO DE QUÍMICA. APLICAÇÃO DE EXTRATO DE AÇAÍ NO ENSINO DE QUÍMICA. Deangelis Damasceno 1,3 ; Juliana Correa de Oliveira 1;3 ; Pollyana Godoy Pinto 1;3 ; Geralda G. Lemes 2,3 ; Vanessa Carneiro Leite 2,3 1 Voluntário Iniciação

Leia mais

Axolute Axolute Axolute B E A X O L U T E.

Axolute Axolute Axolute B E A X O L U T E. BE AXOLUTE. Axolute é um sistema inovador garantido pela cultura, conhecimento e experiência Bticino. Oferece, para além de uma escolha de materiais e acabamentos jamais apresentados, uma moderna tecnologia

Leia mais

1. Introdução 2. 2. As funções da embalagem 2. 3. Classificação das embalagens 5. 4. Principais características dos materiais de embalagem 6

1. Introdução 2. 2. As funções da embalagem 2. 3. Classificação das embalagens 5. 4. Principais características dos materiais de embalagem 6 Capítulo I CONCEITOS GERAIS SOBRE EMBALAGEM 1. Introdução 2 2. As funções da embalagem 2 3. Classificação das embalagens 5 4. Principais características dos materiais de embalagem 6 5. O ambiente e a embalagem

Leia mais

Dicas de decoração de residencial de alto padrão

Dicas de decoração de residencial de alto padrão Dicas de decoração de residencial de alto padrão Como decorar apartamentos amplos, de 130 e 157m 2, sem exagerar e aproveitar todos os espaços de maneira funcional? Brookfield Incorporações e Anastassiadis

Leia mais

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha

Arte Pré Histórica Bisão da Gruta de Altamira Bisão da Gruta de Altamira Réplica Museu Arqueológico Nacional da Espanha Espanha Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Ligue Grátis 210 461 786 Tel. 217 783 125 Fax: 217 783 364 E mail: c.miranda@mail.telepac.pt 1 LITRO. = 1200 grs. 04 LARANJA

Ligue Grátis 210 461 786 Tel. 217 783 125 Fax: 217 783 364 E mail: c.miranda@mail.telepac.pt 1 LITRO. = 1200 grs. 04 LARANJA Venda exclusiva para instituições de ensino e carácter social Estimado Cliente, TOME NOTA PARA A SUA PRÓXIMA COMPRA DE GUACHE - TINTAS CENOGRÁFICAS LIQUIDAS PRONTAS A USAR (NÃO TÓXICA) Tinta de muito boa

Leia mais

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA

II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR LÉO KOHLER ENSINO FUNDAMENTAL II MOSTRA CULTURAL E CIENTÍFICA: LÉO KOHLER 50 ANOS CONSTRUINDO HISTÓRIA PROJETO: Arte Popular Professora Orientadora: Graciele Moreira Turma: 7ª

Leia mais

David Ricardo. Já a riqueza era entendida como os bens que as pessoas possuem, bens que eram necessários, úteis e agradáveis.

David Ricardo. Já a riqueza era entendida como os bens que as pessoas possuem, bens que eram necessários, úteis e agradáveis. David Ricardo David Ricardo nasceu em Londres, em 18 ou 19 de abril de 1772. Terceiro filho de um judeu holandês que fez fortuna na bolsa de valores, entrou aos 14 anos para o negócio do pai, para o qual

Leia mais

Premiação por Produtividade

Premiação por Produtividade Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Configurações... 3 Definição das Metas... 5 Mês Referência... 5 Cotas por Funcionário... 8 Resultados... 9 Acompanhamento

Leia mais

Showroom - Rua do Passeio Alegre, 550 4150-573 Porto Head Office - Rua D. Afonso Henriques 77 Gandra Apartado 10 4589-907 Rebordosa PORTUGAL T.

Showroom - Rua do Passeio Alegre, 550 4150-573 Porto Head Office - Rua D. Afonso Henriques 77 Gandra Apartado 10 4589-907 Rebordosa PORTUGAL T. PERFIL Filosofia A filosofia WEWOOD consiste em valorizar a marcenaria de alta gama, a matéria-prima (madeira maciça), a inovação e o design português em cada peça que é concebida, sem nunca esquecer o

Leia mais

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante CATEGORIAS SUBCATEGORIAS INDICADORES 1.1. Tempo de serviço docente ( ) 29 anos (1) 1.2. Motivações pela vertente artística ( ) porque

Leia mais

UM SISTEMA DE QUALIFICAÇÃO PARA A REABILITAÇÃO DO EDIFICADO E DO PATRIMÓNIO. Vítor Cóias

UM SISTEMA DE QUALIFICAÇÃO PARA A REABILITAÇÃO DO EDIFICADO E DO PATRIMÓNIO. Vítor Cóias UM SISTEMA DE QUALIFICAÇÃO PARA A REABILITAÇÃO DO EDIFICADO E DO PATRIMÓNIO Vítor Cóias De actividade subsidiária do sector da construção, a reabilitação do edificado e da infra-estrutura construída, isto

Leia mais

TRÓIA DESIGN HOTEL PENÍNSULA DE TRÓIA

TRÓIA DESIGN HOTEL PENÍNSULA DE TRÓIA TRÓIA DESIGN HOTEL PENÍNSULA DE TRÓIA Imagine um lugar onde a terra vai ao encontro da água, uma península que rasga o azul do oceano e o verde do rio. Praias de areia branca e dunas selvagens com trilhos

Leia mais

memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal

memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal Nuno Gomes Cefamol Associação Nacional da Indústria de Moldes MEMMOLDE NORTE As rápidas

Leia mais

VII Encontro Nacional de Estudos do Consumo. III Encontro Luso-Brasileiro de Estudos do Consumo. I Encontro Latino-Americano de Estudos do Consumo

VII Encontro Nacional de Estudos do Consumo. III Encontro Luso-Brasileiro de Estudos do Consumo. I Encontro Latino-Americano de Estudos do Consumo VII Encontro Nacional de Estudos do Consumo III Encontro Luso-Brasileiro de Estudos do Consumo I Encontro Latino-Americano de Estudos do Consumo Mercados Contestados As novas fronteiras da moral, da ética,

Leia mais

Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional

Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional Que Liderança hoje? A Transformação acontece aqui e agora o que permanecerá? Mentoring, Tutoring, Coaching A Inteligência Emocional Estamos numa encruzilhada Não é a falta de saídas que é problemática,

Leia mais

Empreender na Aposentadoria

Empreender na Aposentadoria Empreender na Aposentadoria A Terceira Idade Produtiva Profª Carla Rufo Instituto Federal de São Paulo campus São Carlos profcarla_r@hotmail.com Parece filme de terror... O Brasil possui atualmente 17,9

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares OFERTA COMPLEMENTAR 1º e 2º anos de escolaridade Ano letivo 2015/2016 l -Introdução No presente ano letivo a Oferta Complementar

Leia mais

10 Dicas para Investir em Imóveis

10 Dicas para Investir em Imóveis 10 Dicas para Investir em Imóveis Pensando nisto resolvi escrever um livro digital chamado Como Investir em Imóveis e quero compartilhar com vocês algumas poucas dicas inspiradoras que no livro são expostas

Leia mais

Contextualização: Esta planificação vem ao encontro das necessidades das crianças e das Educadoras.

Contextualização: Esta planificação vem ao encontro das necessidades das crianças e das Educadoras. Centro de Competências de Ciências Sociais 1º Ciclo de Educação Básica Unidade Curricular de Iniciação à Prática Profissional VI Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Fonte da Rocha Contextualização:

Leia mais

Avaliação em filosofia: conteúdos e competências

Avaliação em filosofia: conteúdos e competências Avaliação em filosofia: conteúdos e competências Desidério Murcho Universidade Federal de Ouro Preto desiderio@ifac.ufop.br 1 Immanuel Kant O jovem que completou a sua instrução escolar habituou- se a

Leia mais

Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos

Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos Arte e Medicina - Representação do Corpo Humano na Colecção Ceroplástica do Museu Sá Penella, Hospital dos Capuchos Arte e Medicina sempre estiveram directamente ligadas ao conhecimento do corpo e da figura

Leia mais

DESIGN E ARTESANATO TÊXTIL: EXPERIÊNCIAS DE UM ESTUDO

DESIGN E ARTESANATO TÊXTIL: EXPERIÊNCIAS DE UM ESTUDO Com a alteração dos gostos e dos perfis de consumo, o desafio de sobrevivência das diferentes formas de ARTESANATO passa por incluir elementos de DESIGN, de forma a oferecerem produtos originais e fashionable.

Leia mais

Londres, uma cidade marcada pela diversidade, apresenta. Modernidade

Londres, uma cidade marcada pela diversidade, apresenta. Modernidade Modernidade aparente Evento reuniu designers de todas as partes do globo e apresentou tendências no que diz respeito a decoração de interiores e externas. Veja o que escolhemos para você: peças que unem,

Leia mais

Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores

Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Arquitecturas de Software Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores Primeiro Teste 21 de Outubro de 2006, 9:00H 10:30H Nome: Número:

Leia mais

ENSINO PRÉ-ESCOLAR. Visitas orientadas À descoberta do MCCB

ENSINO PRÉ-ESCOLAR. Visitas orientadas À descoberta do MCCB Serviço educativo 2014 2015 ENSINO PRÉ-ESCOLAR Visitas orientadas À descoberta do MCCB 1h00 2.50 * Conhecem a história da Batalha? Com esta visita, percorreremos os caminhos da história desta terra e destas

Leia mais