Análise de Decisão, Jogos & Negociação. Cesaltina Pires

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise de Decisão, Jogos & Negociação. Cesaltina Pires"

Transcrição

1 Análise de Decisão, Jogos & Negociação Cesaltina Pires Fevereiro 2007

2 ii

3 Conteúdo 1 Introdução (incompleto) Decisão várias abordagens Decisões individuais versus decisões com vários agentes Abordagens descritiva, normativa e prescritiva Decisões complexas e o papel da análise de decisão e de negociação Decisões complexas um exemplo O papel da análise de decisão, teoria de jogos e negociação Estruturação do problema de decisão Elementos dos problemas de decisão Qual é o problema de decisão? Quais os valores e objectivos do decisor? Decisões a tomar e alternativas de decisão Consequências de cada alternativa Acontecimentos incertos Representação do problema de decisão Matriz de payo s Diagrama de inßuência Árvore de decisão Análise do problema Critérios de decisão sem utilização de probabilidades Critério Optimista Critério Pessimista Critério de Minimax Regret Maximizar o valor monetário esperado Maximizar o valor monetário esperado Minimizar o valor esperado da perda Equivalência entre maximização do valor esperado e minimização da perda esperada Discussão sobre critério de maximização do valor esperado

4 iv Análise de Decisão, Jogos& Negociação 3.3 Maximizar a utilidade esperada Um exemplo simples Atitudes em relação ao risco e ( ) Maximizar a Utilidade Esperada Teoria da utilidade esperada Equivalente certo e prémio de risco Medidas de aversão ao risco Exemplos de funções de utilidade com aversão ao risco Resolução da árvore de decisão Análise de sensibilidade Decisões Sequenciais Um problema dinâmico Valor esperado da informação perfeita Valor esperado da informação imperfeita Teorema de Bayes Valor esperado da informação imperfeita O efeito do tempo no cálculo dos payo s Decisões com vários objectivos Objectivos e atributos Alternativas eþcientes etradeo s entre objectivos Função utilidade e alternativa óptima Função de utilidade aditiva Função de utilidade de um atributo Determinação das ponderações dos atributos método das oscilações Determinação da alternativa óptima usando modelo aditivo Análise de sensibilidade ComentáriosÞnais Modelização da interacção estratégica O que é a «teoria de jogos»? ClassiÞcação de jogos O jogo é simultâneo ou sequencial? Os interesses dos jogadores são totalmente opostos ou não? O jogo é jogado só uma vez ou é repetido?

5 Conteúdo v Os jogadores tem informação completa e simétrica? As regras do jogo sãoþxas ou são manipuláveis? Modelização da interacção estratégica Forma normal ou estratégica Forma extensiva A noção de estratégia Passar da forma extensiva para a forma normal ou estratégica Jogos estáticos com informação completa Estratégias puras e estratégias mistas Eliminação iterada de estratégias estritamente dominadas Eliminação de estratégias estritamente dominadas Eliminação iterada de estratégias estritamente dominadas Limitações do critério de eliminação iterada de estratégias dominadas Equilíbrio de Nash em estratégias puras DeÞnição de equilíbrio de Nash Como veriþcar se um vector de estratégias é equilíbrio de Nash? Como encontrar os equilíbrios de Nash? Equilíbrio de Nash e eliminação iterada de estratégias estritamente dominadas Equilíbrio de Nash e optimalidade de Pareto Múltiplos equilíbrios e pontos focais Inexistência de equilíbrio em estratégias puras Aplicação do equilíbrio de Nash - modelos de oligopólio Modelo de Cournot Modelo de Bertrand Equilíbrio de Nash em estratégias mistas Discussão sobre o Equilíbrio de Nash Jogos dinâmicos com informação completa Jogos de informação perfeita e indução à retaguarda Jogos de informação imperfeita e equilíbrio perfeito Comentários sobre indução à retaguarda e equilíbrio perfeito Exemplos de jogos dinâmicos com informação perfeita O jogo de Stackelberg

6 vi Análise de Decisão, Jogos& Negociação A teoria da agência e o problema do risco moral Introdução à Análise de Negociação O que caracteriza a análise de negociação? Decisões Conjuntas Payo s de cada parte Comunicação entre as partes O papel da criatividade O dilema de criar valor - reclamar valor ClassiÞcação de negociações Negociações Distribuitivas Valores de reserva BATNA Zona de possível acordo ZOPA Como negociar numa negociação distribuitiva? Negociações integrativas Os contratos eþcientes Os possíveis acordos Procura de pacotes com melhoria conjunta Concessões

Unidade 1 Conceitos Preliminares e Importância do Estudo da Teoria dos Jogos

Unidade 1 Conceitos Preliminares e Importância do Estudo da Teoria dos Jogos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: Teoria dos Jogos CHS:

Leia mais

Lista 7 de exercícios Jogos Conceitos Microeconomia II Professora: Joisa Dutra Monitor: Pedro Bretan

Lista 7 de exercícios Jogos Conceitos Microeconomia II Professora: Joisa Dutra Monitor: Pedro Bretan Lista 7 de exercícios Jogos Conceitos Microeconomia II Professora: Joisa Dutra Monitor: Pedro Bretan 1) Defina precisamente as noções que estão listadas abaixo: a) Jogo; b) Jogo estático de informação

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO MICROECONOMICS 2009/2010

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO MICROECONOMICS 2009/2010 UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO MICROECONOMICS 2009/2010 References: - Gibbons, R. (1992), A Primer in Game Theory, Harvester Wheatsheaf (G) - Mas-Collel, A., M.

Leia mais

Observação: Responda no mínimo 70% das questões. (**) responda no mínimo duas questões com essa marcação

Observação: Responda no mínimo 70% das questões. (**) responda no mínimo duas questões com essa marcação UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO MBE- MASTER OF BUSINESS ECONOMICS DISCIPLINA: Comportamento

Leia mais

A prova é SEM CONSULTA. Não são permitidas calculadoras ou quaisquer equipamentos eletrônicos. Celulares devem ser desligados e guardados.

A prova é SEM CONSULTA. Não são permitidas calculadoras ou quaisquer equipamentos eletrônicos. Celulares devem ser desligados e guardados. ELE2005: Análise Estratégica de Investimentos e de Decisões com Teoria dos Jogos e Jogos de Opções Reais. Primeira Prova 23/10/2007 A prova é SEM CONSULTA. Não são permitidas calculadoras ou quaisquer

Leia mais

Jogos. A teoria dos jogos lida com as interações estratégicas que ocorrem entre os agentes.

Jogos. A teoria dos jogos lida com as interações estratégicas que ocorrem entre os agentes. Jogos A teoria dos jogos lida com as interações estratégicas que ocorrem entre os agentes http://robguena.fearp.usp.br/anpec/tjogos.pdf a) Descrição de um jogo Teoria dos Jogos Jogadores: quem está envolvido

Leia mais

Unidade III ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta

Unidade III ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta Unidade III ESTRATÉGIA COMPETITIVA Profa. Lérida Malagueta Taxonomias dos jogos Os jogos são classificados de acordo com as características do cenário que se apresenta (jogadores, regras e pay-offs). Essas

Leia mais

Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva

Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva Teoria dos Jogos e Estratégia Competitiva 1. Jogos e Decisões Estratégicas 2. Estratégias Dominantes 3. O Equilíbrio de Nash Revisitado 4. Jogos Repetitivos 5. Jogos Sequenciais 6. Desencorajamento à entrada

Leia mais

Uma Introdução à Teoria dos Jogos

Uma Introdução à Teoria dos Jogos Uma Introdução à Teoria dos Jogos Humberto José Bortolossi 1 Gilmar Garbugio 2 Brígida Alexandre Sartini 3 1 Departamento de Matemática Aplicada Universidade Federal Fluminense 2 Departamento de Matemática

Leia mais

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 1.3 Jogos na Forma Extensiva informação num jogo

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 1.3 Jogos na Forma Extensiva informação num jogo Microeconomia II Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão AULA 1.3 Jogos na Forma Extensiva informação num jogo Isabel Mendes 2007-2008 Na aula 1.1 falou-se ainda dos jogos sequenciais

Leia mais

Fundamentos de Teoria dos jogos

Fundamentos de Teoria dos jogos Fundamentos de Teoria dos jogos A Teoria dos Jogos é um ramo da matemática aplicada que estuda situações estratégicas em que jogadores escolhem diferentes ações na tentativa de melhorar seu retorno. Na

Leia mais

Combinando jogos simultâneos e seguenciais

Combinando jogos simultâneos e seguenciais Combinando jogos simultâneos e seguenciais Roberto Guena de Oliveira USP 15 de setembro de 2011 Roberto Guena de Oliveira (USP) Combinando 15 de setembro de 2011 1 / 45 Sumário 1 Representações nas formas

Leia mais

Roteiro da aula: Jogos dinâmicos com informação incompleta. Mas-Collel e Green capítulo 9 Refinamentos do conceito de Equilíbrio de Nash

Roteiro da aula: Jogos dinâmicos com informação incompleta. Mas-Collel e Green capítulo 9 Refinamentos do conceito de Equilíbrio de Nash Roteiro da aula: Jogos dinâmicos com informação incompleta Mas-Collel e Green capítulo 9 Refinamentos do conceito de quilíbrio de Nash Racionalidade seqüencial quilíbrio Bayesiano perfeito quilíbrio bayesiano

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio XXI

SUMÁRIO. Prefácio XXI SUMÁRIO Prefácio XXI CAPÍTULO 1 O Mercado 1 A Elaboração de um Modelo 1 Otimização e Equilíbrio 3 A Curva de Demanda 3 A Curva de Oferta 5 O Equilíbrio de Mercado 7 A Estática Comparativa 9 Outras Formas

Leia mais

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2014-I. Aula 12A Teoria dos Jogos Maurício Bugarin

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2014-I. Aula 12A Teoria dos Jogos Maurício Bugarin Teoria dos Jogos Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2014-I Roteiro Jogos Jogos Repetidos Desenvolver o modelo de jogo repetido Provar o teorema popular Aplicar para conluio ao dilema dos prisioneiros e aos

Leia mais

Universidade Católica Portuguesa. Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais. Tel.: 351217270250. Fax: 351217270252

Universidade Católica Portuguesa. Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais. Tel.: 351217270250. Fax: 351217270252 Comportamento estratégico Fernando ranco Ano lectivo 2003-2004 Trimestre de Inverno As questões estratégicas são relevantes em muitos casos para além do oligopólio. Interacção entre partidos; negociações

Leia mais

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2014-I. Aula 2 Teoria dos Jogos Maurício Bugarin. Roteiro. Horário da disciplina: 14h15 a 15h45

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2014-I. Aula 2 Teoria dos Jogos Maurício Bugarin. Roteiro. Horário da disciplina: 14h15 a 15h45 Teoria dos Jogos Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 014-I Roteiro Horário da disciplina: 14h15 a 15h45 Introdução: Por que pensar estrategicamente? Exemplos de situações nas quais pensar estrategicamente faz

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Disciplina do curso de Especialização em Gestão Pública (48horas) Período: Quintas feiras 28/08 a 04/12/2014 28/08 Ok Não tivemos aulas nos dias: 04/09 e 11/09 - Ok Aulas de reposição:

Leia mais

Unidade IV ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta

Unidade IV ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta Unidade IV ESTRATÉGIA APLICADA TEORIA DOS JOGOS Profª. Lérida Malagueta Estratégia estritamente dominada Representa estrategicamente a fraqueza algébrica da escolha. Os jogadores têm uma ou mais opções

Leia mais

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2016-I. Aula 2 Teoria dos Jogos Maurício Bugarin. Roteiro

Teoria dos Jogos. Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 2016-I. Aula 2 Teoria dos Jogos Maurício Bugarin. Roteiro Teoria dos Jogos Prof. Maurício Bugarin Eco/UnB 016-I Roteiro Introdução: Por que pensar estrategicamente? Exemplos de situações nas quais pensar estrategicamente faz sentido Conceitos básicos de jogos

Leia mais

MICROECONOMIA OBJECTIVOS

MICROECONOMIA OBJECTIVOS MICROECONOMIA OBJECTIVOS A microeconomia é uma área básica de um curso de economia. Não só a macroeconomia se constrói a partir da microeconomia, como também certas áreas especializadas da economia, tais

Leia mais

Jogos seqüenciais Teoria Microeconômica II Economia Matutino - Marcelo Ranieri Cardoso

Jogos seqüenciais Teoria Microeconômica II Economia Matutino - Marcelo Ranieri Cardoso Jogos seqüenciais Jogos seqüenciais são aqueles nos quais os jogadores não fazem os movimentos simultaneamente, mas seqüencialmente. Jogos repetitivos são um caso específico de jogos seqüenciais. Empresa

Leia mais

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 2.2 Oligopólio em Preços (Bertrand)

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 2.2 Oligopólio em Preços (Bertrand) Microeconomia II Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão AULA 2.2 Oligopólio em Preços (Bertrand) Isabel Mendes 2007-2008 18-03-2008 Isabel Mendes/MICRO II 1 O modelo de Cournot

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Departamento de Economia

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto Departamento de Economia REC0224 MICROECONOMIA II EXERCÍCIOS SOBRE TEORIA DOS JOGOS E OLIGOPÓLIO. ROBERTO GUENA DE OLIVEIRA 1) João e Maria participam de um jogo no qual estão em disputa R$10.000,00. Nesse jogo, cada um deles

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Aula passada: Jogos repetidos infinitamente Aula de hoje: Introdução a Teoria dos Jogos Evolucionária Dinâmica

Leia mais

Prova de Microeconomia

Prova de Microeconomia Prova de Microeconomia 1) Acerca do comportamento do consumidor pode-se afirmar que: I. O formato das curvas de indiferença pode significar diferentes graus de desejo de substituir uma mercadoria por outra.

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LOUSADA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LOUSADA ESCOLA SECUNDÁRIA DE LOUSADA 2012 2013 PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE MATEMÁTICA Curso Profissional de Técnico de Multimédia ELENCO MODULAR A7 Probabilidades 28 A6 Taxa de variação 36 A9 Funções de crescimento

Leia mais

Jogos de soma zero com dois jogadores

Jogos de soma zero com dois jogadores Jogos de soma zero com dois jogadores Problema: Dada uma matriz A m n, encontrar um equilíbrio de Nash (de estratégias mistas). Jogador 1 quer encontrar p que maximize v sujeito a i p i = 1 sujeito a (pa)

Leia mais

a) Monte a situação acima na forma de um jogo, escrevendo a tabela de payoffs b) Encontre todos os equilíbrios de Nash em estratégias puras

a) Monte a situação acima na forma de um jogo, escrevendo a tabela de payoffs b) Encontre todos os equilíbrios de Nash em estratégias puras Universidade Federal do Rio Grande do Sul Faculdade de Ciências Econômicas Ecop 26 - Teoria Microeconômica II Prof. Sabino Porto Junior Teoria dos jogos 1 - Apresente os conceitos de: a) Equilíbrio em

Leia mais

Decisão Decidir Análise / Teoria da Decisão

Decisão Decidir Análise / Teoria da Decisão Decisão Decidir é o acto de seleccionar uma linha de acção preferida entre várias alternativas existentes. Existem diversos instrumentos que podem contribuir para a tomada de decisões, dependentes do ambiente

Leia mais

Lista de Exercícios 2

Lista de Exercícios 2 Programa de Pós-Graduação em Economia Microeconomia IV Prof.: Rogério Mazali Lista de Exercícios 2 18 de abril de 2016 NOTA: Para os problemas retirados do livro-texto, cheque par aver se você possui a

Leia mais

Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta

Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA. Profª. Lérida Malagueta Unidade III ESTRATÉGIA APLICADA TEORIA DOS JOGOS Profª. Lérida Malagueta Caos Ora, minha suspeita é que o universo não é só mais estranho do que supomos, mas é mais estranho do que somos capazes de supor.

Leia mais

Teoria dos Jogos. Jogos simultâneos. Roberto Guena de Oliveira USP. 31 de outubro de 2013

Teoria dos Jogos. Jogos simultâneos. Roberto Guena de Oliveira USP. 31 de outubro de 2013 Teoria dos Jogos Jogos simultâneos Roberto Guena de Oliveira USP 31 de outubro de 2013 Roberto Guena (USP) Teoria dos Jogos 31 de outubro de 2013 1 / 58 Sumário 1 Representação de jogos com movimentos

Leia mais

Teoria dos Jogos Resolução do Exame Final da Época normal 12/06/08 AnoLectivode2007/ o semestre

Teoria dos Jogos Resolução do Exame Final da Época normal 12/06/08 AnoLectivode2007/ o semestre Teoria dos Jogos Resolução do Exame Final da Época normal /6/8 AnoLectivode7/8 o semestre Justifique claramente todas as suas respostas e cálculos.. (4.)Considereoseguintejogosequencialentreojogadore:

Leia mais

Teoria dos Jogos na Busca da Vantagem Competitiva MANUAL DO CURSO

Teoria dos Jogos na Busca da Vantagem Competitiva MANUAL DO CURSO Teoria dos Jogos na Busca da Vantagem Competitiva MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1.240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta

Leia mais

Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO

Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO Microeconomia NATÉRCIA MIRA EDIÇÕES SÍLABO É expressamente proibido reproduzir, no todo ou em parte, sob qualquer forma ou meio, NOMEADAMENTE FOTOCÓPIA, esta obra. As transgressões serão passíveis das

Leia mais

Curso Profissional de Nível Secundário

Curso Profissional de Nível Secundário Curso Profissional de Nível Secundário Técnico Auxiliar de Saúde 2 TAS Ano Letivo: 2014/2015 Matemática (200 horas) 11º Ano PLANIFICAÇÃO A LONGO PRAZO A7 Probabilidades Fenómenos aleatórios. 2 aulas Argumento

Leia mais

Curso de Atualização de Economia

Curso de Atualização de Economia 1 Curso de Atualização de Economia CACD 2017 O Edital de 2017 veio com várias mudanças, sendo que, em termos de conteúdo programático, a disciplina de Economia surpreendeu a todos. Estruturalmente, pouca

Leia mais

Microeconomia. Prof.: Antonio Carlos Assumpção

Microeconomia. Prof.: Antonio Carlos Assumpção Microeconomia Oligopólio Prof.: Antonio Carlos Assumpção Interdependência e o Equilíbrio de Nash Concorrência via Quantidade O Modelo de Cournot Cartel Modelo de Stackelberg Os Modelos Comparados Concorrência

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

TP043 Microeconomia 23/11/2009 AULA 21 Bibliografia: PINDYCK capítulo 12 Competição monopolística e oligopólio.

TP043 Microeconomia 23/11/2009 AULA 21 Bibliografia: PINDYCK capítulo 12 Competição monopolística e oligopólio. TP043 Microeconomia 3//009 AULA Bibliografia: PINDYCK capítulo Competição monopolística e oligopólio. Características da competição monopolística:. Muitas empresas. Livre entrada e saída 3. Produtos diferenciados

Leia mais

Modelar a incerteza: Árvores de decisão e diagramas de influência. Carlos A. Bana e Costa

Modelar a incerteza: Árvores de decisão e diagramas de influência. Carlos A. Bana e Costa Modelar a incerteza: Árvores de decisão e diagramas de influência Carlos A. Bana e Costa Referências: Clemen, R. (1996), Making Hard Decisions: An Introduction to Decision Analysis (2 nd Edition). Duxbury.

Leia mais

FEP WORKING PAPERS FEP WORKING PAPERS

FEP WORKING PAPERS FEP WORKING PAPERS FEP WORKING PAPERS FEP WORKING PAPERS Research Work in Progress n. 367, Mar 2010 Simulador de Mercados de Oligopólio Pedro Gonzaga Faculdade de Economia da Universidade do Porto Simulador de Mercados de

Leia mais

Introdução à Inteligência Artificial. Procura em contextos competitivos jogos (cont.)

Introdução à Inteligência Artificial. Procura em contextos competitivos jogos (cont.) Introdução à Inteligência Artificial Procura em contextos competitivos jogos (cont.) Sumário n Vimos Jogos de 2 jogadores n Determinísticos, soma nula, informação perfeita Estratégia óptima minimax Algoritmos

Leia mais

Diego Silva Lemos da Costa. Introdução à Teoria dos Jogos

Diego Silva Lemos da Costa. Introdução à Teoria dos Jogos Diego Silva Lemos da Costa Introdução à Teoria dos Jogos ITAJUBÁ - MG 14 de dezembro de 2015 Universidade Federal de Itajubá Instituto de Matemática e Computação Unifei Diego Silva Lemos da Costa Introdução

Leia mais

Teoria de Jogos Evolucionária

Teoria de Jogos Evolucionária Teoria de Jogos Evolucionária Edmundo de Souza e Silva - Daniel Ratton Figueiredo Universidade Federal do Rio de Janeiro Programa de Engenharia de Sistemas e Computação - COPPE Departamento de Ciência

Leia mais

Agrupamento de Escolas do Fundão

Agrupamento de Escolas do Fundão Agrupamento de Escolas do Fundão MATEMÁTICA P GPI 13 12º Ano CURRÍCULO DA DISCIPLINA E Nº DE AULAS PREVISTAS Período PLANIFICAÇÃO ANUAL Módulos a leccionar + Conteúdos Programáticos Módulo A6- Taxa de

Leia mais

Uma Ferramenta para Simulação de Leilões

Uma Ferramenta para Simulação de Leilões Monografia Renata Luiza dos Santos Claro e Thiago Figueiredo da Silva Universidade de São Paulo Instituto de Matemática e Estatística Bacharelado em Ciência da Computação Uma Ferramenta para Simulação

Leia mais

ANÁLISE DE DECISÃO. Elementos básicos sobre árvores de decisão e diagramas de influência. Conceitos complementares:

ANÁLISE DE DECISÃO. Elementos básicos sobre árvores de decisão e diagramas de influência. Conceitos complementares: ANÁLISE DE DECISÃO Elementos básicos sobre árvores de decisão e diagramas de influência Mónica Oliveira Ano lectivo 2011/2012 2 Conceitos Diagramas de influência Árvores de decisão Conceitos complementares:

Leia mais

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL. Programação Linear. Exercícios. Cap. IV Modelo Dual

INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL. Programação Linear. Exercícios. Cap. IV Modelo Dual INVESTIGAÇÃO OPERACIONAL Programação Linear Exercícios Cap. IV Modelo Dual António Carlos Morais da Silva Professor de I.O. i Cap. IV - Modelo Dual - Exercícios IV. Modelo Problema Dual 1. Apresente o

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Aula passada: Discussão sobre situações de conflito Exemplos de jogos Jogo em aula Aula de hoje: Introdução

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 03. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua

POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 03. Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua POLÍTICAS PÚBLICAS Aula 03 Prof. a Dr. a Maria das Graças Rua Poder, Racionalidade e Tomada de Decisões A RACIONALIDADE E A TOMADA DE DECISÕES NAS POLÍTICAS PÚBLICAS Controvérsia da literatura sobre tomada

Leia mais

SOLUÇÕES HEURÍSTICAS PARA O JOGO DE DAMAS

SOLUÇÕES HEURÍSTICAS PARA O JOGO DE DAMAS Universidade Federal do Tocantins SOLUÇÕES HEURÍSTICAS PARA O JOGO DE DAMAS Diogo Rigo de Brito Guimarães Alexandre Tadeu Rossini da Silva Objetivo Implementar soluções heurísticas para o Jogo de Damas

Leia mais

Alternativamente pode ser pensado como uma forma de maximizar o minimo ganho possível.

Alternativamente pode ser pensado como uma forma de maximizar o minimo ganho possível. Inteligência Artificial Algoritmo i com cortes Alfa-Beta Ana Saraiva 050509087 Ana Barbosa 050509089 Marco Cunha 050509048 Tiago Fernandes 050509081 FEUP - MIEIC 3ºAno/ºSemestre 1 Introdução O algoritmo

Leia mais

8 Experimentos. de pelo menos uma solução. 2 Na verdade, poderíamos definir uma função que retorna o conjunto de equilíbrios de

8 Experimentos. de pelo menos uma solução. 2 Na verdade, poderíamos definir uma função que retorna o conjunto de equilíbrios de 8 Experimentos Neste capítulo tratamos da utilização do verificador de modelos na prática, e realizamos algumas comparações entre outros algoritmos existentes. Os experimentos foram executados em uma máquina

Leia mais

Big Points: Uma Análise Baseada na Teoria dos Jogos

Big Points: Uma Análise Baseada na Teoria dos Jogos Universidade de Brasília - UnB Faculdade UnB Gama - FGA Engenharia de Software Big Points: Uma Análise Baseada na Teoria dos Jogos Autor: Mateus Medeiros Furquim Mendonça Orientador: Prof. Dr. Edson Alves

Leia mais

Este Fundamentos de Microeconomia é um texto cuidadosamente elaborado por professores com muitos anos de experiência no ensino de graduação

Este Fundamentos de Microeconomia é um texto cuidadosamente elaborado por professores com muitos anos de experiência no ensino de graduação PREFÁCIO A Economia é definida, em muitos livros, como a ciência social que estuda como os indivíduos e a sociedade decidem utilizar recursos escassos para produzir bens e serviços, e como distribuir esta

Leia mais

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão Microeconomia II Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão AULA 1.2 Conceitos de Equilíbrio em jogos não-cooperativos na forma normal Isabel Mendes 2007-2008 Na aula teórica 1.1 mostrámos

Leia mais

Outros Jogos de Opções Reais Nessa parte serão analisados dois jogos numa mesma aplicação:

Outros Jogos de Opções Reais Nessa parte serão analisados dois jogos numa mesma aplicação: ELE 2005: Análise Estratégica de Investimentos e de Decisões com Teoria dos Jogos e Jogos de Opções Reais Parte 7: Outros Jogos de Opções Reais. Marco Antonio Guimarães Dias, E-mail: marcoagd@pobox.com

Leia mais

Prova Final. Programa de Pós-Graduação em Economia. Microeconomia IV Prof.: Rogério Mazali. 30 de abril de 2016

Prova Final. Programa de Pós-Graduação em Economia. Microeconomia IV Prof.: Rogério Mazali. 30 de abril de 2016 Programa de Pós-Graduação em Economia Microeconomia IV Prof.: Rogério Mazali Prova Final 30 de abril de 2016 Instruções: Você tem 120 minutos para completar a prova. Seja preciso em suas respostas. Pontos

Leia mais

Teoria da Decisão. Introdução. Prof. Lucas S. Batista. lusoba

Teoria da Decisão. Introdução. Prof. Lucas S. Batista.  lusoba Teoria da Decisão Introdução Prof. Lucas S. Batista lusoba@ufmg.br www.ppgee.ufmg.br/ lusoba Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Graduação em Engenharia de Sistemas Apresentação Sumário

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Microeconomia III 0760.223 1.2 Unidade:

Leia mais

ANÁLISE DE DECISÃO 2013/2014

ANÁLISE DE DECISÃO 2013/2014 ANÁLISE DE DECISÃO 2013/2014 Caderno de Exercícios n.º 1 Modelação de Incerteza A. Representação de problemas em árvores de decisão e em diagramas de influência Exercício 1 Antes de conceder crédito a

Leia mais

CAPÍTULO 2 Visão Geral da Abordagem de Modelagem da Pesquisa Operacional 7

CAPÍTULO 2 Visão Geral da Abordagem de Modelagem da Pesquisa Operacional 7 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Introdução 1 1.1 A origem da pesquisa operacional 1 1.2 A natureza da pesquisa operacional 2 1.3 O impacto da pesquisa operacional 3 1.4 Algoritmos e/ou courseware 3 Referências selecionadas

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores

Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Tópicos Especiais em Redes: Introdução a Teoria dos Jogos com Aplicações a Redes de Computadores Aula passada: iscussão das listas de exercícios Aula de hoje: iscussão dos tópicos para apresentação Jogos

Leia mais

PROPRIEDADE (Shavell 2-7, Cooter 4-5)

PROPRIEDADE (Shavell 2-7, Cooter 4-5) PROPRIEDADE (Shavell 2-7, Cooter 4-5) Existência de direitos de propriedade Partilha de Direitos de propriedade Público vs Privado Transferência de direitos Propriedade pública Intervenção pública Propriedade

Leia mais

Algoritmos de retrocesso

Algoritmos de retrocesso Algoritmos de retrocesso Algoritmos em que se geram escolhas que vão sendo testadas e eventualmente refeitas Problemas para os quais não existem algoritmos eficientes: retrocesso é melhor que pesquisa

Leia mais

Leilões: Teoria e acção

Leilões: Teoria e acção Leilões: Teoria e acção Fernando Branco Católica Lisbon School of Business & Economics Energia e o Impacto de Alterações Climáticas 30 de Setembro de 2011 Diferentes contextos O que há de diferente entre

Leia mais

3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos

3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos 3 Breve Introdução à Teoria dos Jogos Teoria dos Jogos é uma ferramenta matemática criada para melhor entender ou interpretar a maneira com que agentes que tomam decisões interagem entre si. Pense num

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS ANPEC:

LISTA DE EXERCÍCIOS ANPEC: LISTA DE EXERCÍCIOS ANPEC: 1993-004 ANPEC 1993: QUESTÃO 10 Considere um monopolista maximizador de lucros: (0) por ser o único vendedor no seu mercado, o monopolista pode ignorar a curva de demanda ao

Leia mais

Instrumentos de Apoio à Decisão

Instrumentos de Apoio à Decisão ESCOLA DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA Mestrado em Políticas Públicas e Projectos ANTÓNIO B.R. CALEIRO (2011/12) Índice 1 ANÁLISE DE DECISÃO 3 1.1 Situação de Certeza..............................

Leia mais

Teoria Microeconômica II. Exercício1: Bundlingediscriminaçãodepreços

Teoria Microeconômica II. Exercício1: Bundlingediscriminaçãodepreços Teoria Microeconômica II Segunda lista de exercícios Esta lista de exercícios deve ser entregue, impreterivelmente, até as 18:00h da sexta-feira, dia 8 de setembro, para Bianca no departamento de economia.

Leia mais

Competição Imperfeita. 16. Oligopólio. Estruturas de Mercado. Competição Imperfeita. Mercado com Apenas Alguns Vendedores

Competição Imperfeita. 16. Oligopólio. Estruturas de Mercado. Competição Imperfeita. Mercado com Apenas Alguns Vendedores Competição Imperfeita 16. Oligopólio Refere-se a estrutura de mercado que não pode ser considerada como sendo perfeitamente competitiva ou monopólios Inclui indústrias que possuem competidores mas que

Leia mais

Teoria dos Jogos. Roberto Guena de Oliveira 1 de junho de 2017 USP

Teoria dos Jogos. Roberto Guena de Oliveira 1 de junho de 2017 USP Teoria dos Jogos Roberto Guena de Oliveira 1 de junho de 2017 USP 1 Introdução Os elementos de um jogo Jogadores Quais são os agentes envolvidos em um jogo? Em que número? Como serão denominados? Regras

Leia mais

X - D U A L I D A D E

X - D U A L I D A D E X - D U A L I D A D E 1 - Introdução. Regras de transformação "Primal - Dual" Consideremos os dois problemas P1 e P2 de Programação Linear seguintes: P1 : n Maximizar F = Σ ck. Xk k = 1 n Σ aik. Xk bi

Leia mais

Otimização. Otimização e Teoria dos Jogos. Paulo Henrique Ribeiro Gabriel Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia

Otimização. Otimização e Teoria dos Jogos. Paulo Henrique Ribeiro Gabriel Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia Otimização Otimização e Teoria dos Jogos Paulo Henrique Ribeiro Gabriel phrg@ufu.br Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia 2016/2 Paulo H. R. Gabriel (FACOM/UFU) GSI027 2016/2 1 / 26

Leia mais

Indústria Competitiva Dinâmica Nos casos anteriores as firmas eram só tomadoras de preços e detinham o monopólio da opção de investir.

Indústria Competitiva Dinâmica Nos casos anteriores as firmas eram só tomadoras de preços e detinham o monopólio da opção de investir. IND 2072: Análise de Investimentos com Opçõ ções Reais e Jogos de Opçõ ções Parte 6: Equilíbrio Dinâmico de Mercado. Competição Perfeita e Imperfeita. Teoria dos Jogos. Marco Antonio Guimarães Dias, Professor

Leia mais

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 1.1 Descrição de Jogos não-cooperativos (forma normal)

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão. AULA 1.1 Descrição de Jogos não-cooperativos (forma normal) Microeconomia II Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão AULA 1.1 Descrição de Jogos não-cooperativos (forma normal) Isabel Mendes 2007-2008 1. Teoria dos Jogos: definição e contexto

Leia mais

Índice ECONOMIA E NEGÓCIOS PARTE I. Índice de caixas, figuras e tabelas 13. Prefácio para os estudantes 19. Prefácio para os professores 21

Índice ECONOMIA E NEGÓCIOS PARTE I. Índice de caixas, figuras e tabelas 13. Prefácio para os estudantes 19. Prefácio para os professores 21 Índice Índice de caixas, figuras e tabelas 13 Prefácio para os estudantes 19 Prefácio para os professores 21 PARTE I ECONOMIA E NEGÓCIOS Capítulo 1 Ambiente empresarial 1.1. Âmbito da economia empresarial

Leia mais

Pesquisa Operacional. Evanivaldo Castro Silva Júnior

Pesquisa Operacional. Evanivaldo Castro Silva Júnior Evanivaldo Castro Silva Júnior Conteúdo Fundamentos da Pesquisa Operacional. Modelos Lineares. Métodos de solução gráfica e algoritmo simplex. Aplicações de Programação Linear. Análise de Sensibilidade.

Leia mais

HEITOR AUGUSTO S. FERREIRA MARIANA SILVA INÁCIO THAIS SEIDEL TEORIA DOS JOGOS

HEITOR AUGUSTO S. FERREIRA MARIANA SILVA INÁCIO THAIS SEIDEL TEORIA DOS JOGOS HEITOR AUGUSTO S. FERREIRA MARIANA SILVA INÁCIO THAIS SEIDEL TEORIA DOS JOGOS Trabalho apresentado à disciplina de Teoria das Relações Internacionais. Curso de Graduação em Relações Internacionais, turma

Leia mais

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão

Microeconomia II. Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão Microeconomia II Cursos de Economia e de Matemática Aplicada à Economia e Gestão AULA 3.1 Introdução à Teoria das Probabilidades e da Preferência pelo Risco Isabel Mendes 2007-2008 18-03-2008 Isabel Mendes/MICRO

Leia mais

Teoria dos Jogos Repetidos

Teoria dos Jogos Repetidos Teoria dos Jogos Repetidos Os processos de interação estratégica nos quais os jogadores decidem sem conhecer as decisões dos demais podem ser tratados como jogos simultâneos. Já os processos de interação

Leia mais

Jogos não cooperativos

Jogos não cooperativos Jogos não cooperativos Sabino da Silva Porto Junior www.ppge.ufrgs.br/sabino Introdução Parlour games (xadrez, bridge, gamao, poker, etc) Game theory ou Teoria da decisao interativa (Aumann, 1987): situação

Leia mais

Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1

Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1 Sumário Capítulo 1 Organização e o Processo Organizacional...1 1. O Conceito de Organização...1 2. O Conceito de Processo...2 3. O Conceito de Administração...3 4. O Processo Organizacional...3 4.1. Conceito

Leia mais

AUTONOMIA DO BANCO CENTRAL PARA O CONTROLE DA INFLAÇÃO NO BRASIL APÓS O PLANO REAL

AUTONOMIA DO BANCO CENTRAL PARA O CONTROLE DA INFLAÇÃO NO BRASIL APÓS O PLANO REAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS JULIANA SEPÚLVEDA SILVA AUTONOMIA DO BANCO CENTRAL PARA O CONTROLE DA INFLAÇÃO NO BRASIL APÓS

Leia mais

Jogos de Campo Médio. Diogo A. Gomes (IST - Lisbon) Trabalho conjunto com J. Mohr e R. Sousa (UFRGS - Brasil)

Jogos de Campo Médio. Diogo A. Gomes (IST - Lisbon) Trabalho conjunto com J. Mohr e R. Sousa (UFRGS - Brasil) Jogos de Campo Médio Diogo A. Gomes (IST - Lisbon) Trabalho conjunto com J. Mohr e R. Sousa (UFRGS - Brasil) 1 Os jogos de campo médio ( mean field games ) modelam situações de conflítuo/competição que

Leia mais

Uma breve introdução à Teoria dos Jogos com aplicações a Redes de Computadores

Uma breve introdução à Teoria dos Jogos com aplicações a Redes de Computadores Uma breve introdução à Teoria dos Jogos com aplicações a Redes de Computadores JAI 3 (Capítulo 2) Edmundo de Souza e Silva Daniel R. Figueiredo SBC 2007 LAND COPPE/PESC IM/DCC UFRJ Organização do Curso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 1º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Microeconomia III 760.223 1.2 Unidade:

Leia mais

Licenciaturas em Economia e Administração e Gestão de Empresas. Microeconomia I 2009/ de Janeiro de 2010 Duração: 2h15m + 30 min

Licenciaturas em Economia e Administração e Gestão de Empresas. Microeconomia I 2009/ de Janeiro de 2010 Duração: 2h15m + 30 min Licenciaturas em Economia e Administração e Gestão de Empresas Microeconomia I 009/0 0 de Janeiro de 00 Duração: h5m 0 min Fernando Machado, Ana Filipa Almeida, Bruno Pereira, Daniel Horta, Francisco Silva,

Leia mais

Lógica e Raciocínio. Introdução a Teoria da Decisão. Universidade da Madeira.

Lógica e Raciocínio. Introdução a Teoria da Decisão. Universidade da Madeira. Lógica e Raciocínio Universidade da Madeira http://dme.uma.pt/edu/ler/ Introdução a Teoria da Decisão 1 Conteúdos Os tópicos que vamos abordar: Decisão sob ignorância Decisão sob Risco Teoria da Probabilidade

Leia mais

Modelos de Oligopólio. Paulo C. Coimbra

Modelos de Oligopólio. Paulo C. Coimbra Modelos de Oligopólio Paulo C. Coimbra 1 Modelos de Oligopólio Existem três modelos de oligopólio dominantes Cournot Bertrand Stackelberg líder-seguidora Eles são distinguidos pela variável de decisão

Leia mais

MODELOS DE EQUILÍBRIO

MODELOS DE EQUILÍBRIO 1 MODELOS DE EQUILÍBRIO Adam Smith Cournot Bertrand Stackelberg John Nash Teoria dos Jogos Definição do EQUILÍBRIO de NASH Adam Smith (1723 1790) Considerado o formulador da teoria econômica ; Foi o primeiro

Leia mais

Unemat Campus de Sinop Curso de Engenharia Elétrica 8º semestre. Disciplina: Introdução à Otimização Linear de Sistemas

Unemat Campus de Sinop Curso de Engenharia Elétrica 8º semestre. Disciplina: Introdução à Otimização Linear de Sistemas Unemat Campus de Sinop Curso de Engenharia Elétrica 8º semestre Disciplina: Introdução à Otimização Linear de Sistemas Slides: Introdução à Pesquisa Operacional - para situar a otimização linear Professora

Leia mais

Teoria da Contabilidade

Teoria da Contabilidade UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP Graduação em Economia Empresarial e Controladoria Teoria da Contabilidade II Profa. Dra.Luciana

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO

ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO ESCOLA SECUNDÁRIA JERÓNIMO EMILIANO DE ANDRADE DE ANGRA DO HEROÍSMO PLANIFICAÇÃO ANUAL ANO LECTIVO: 008/009 DISCIPLINA: Matemática ANO: 1º Aulas previstas 1º período: 7 (5 ) º período: 7 (5 ) 3º período:

Leia mais

Jogos em Forma Normal

Jogos em Forma Normal Jogos em Forma Normal Prof. Leandro Chaves Rêgo Programa de Pós-Graduação em Estatística - UFPE Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - UFPE Recife, 26 de Agosto de 2014 Jogos em Forma Normal

Leia mais

Jogos Repetidos Infinitas Vezes Nash Folk Folk Perfeito Jogos Repetidos Finitas Vezes. Jogos Repetidos. Prof. Leandro Chaves Rêgo

Jogos Repetidos Infinitas Vezes Nash Folk Folk Perfeito Jogos Repetidos Finitas Vezes. Jogos Repetidos. Prof. Leandro Chaves Rêgo Jogos Repetidos Prof. Leandro Chaves Rêgo Programa de Pós-Graduação em Estatística - UFPE Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - UFPE Recife, 21 de Outubro de 2014 Jogos Repetidos Introdução

Leia mais

CTC-17 Inteligência Artificial Busca Competitiva e Busca Iterativa. Prof. Paulo André Castro

CTC-17 Inteligência Artificial Busca Competitiva e Busca Iterativa. Prof. Paulo André Castro CTC-17 Inteligência Artificial Busca Competitiva e Busca Iterativa Prof. Paulo André Castro pauloac@ita.br www.comp.ita.br/~pauloac Sala 110, IEC-ITA Sumário Busca Competitiva Para Ambientes multiagentes...

Leia mais

MODELO DE DECISÃO PARA ESCOLHA DE PORTFOLIO DE INVESTIMENTOS

MODELO DE DECISÃO PARA ESCOLHA DE PORTFOLIO DE INVESTIMENTOS MODELO DE DECISÃO PARA ESCOLHA DE PORTFOLIO DE INVESTIMENTOS Rodrigo José Pires Ferreira UFPE Cx. Postal 7462, Recife PE, 50.630-970 rodrigo@ufpe.br Adiel Teixeira de Almeida Filho UFPE Cx. Postal 7462,

Leia mais