O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares"

Transcrição

1 PEEME -- O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares Helena Isabel Parreira Agrupamento nº de Escolas de Grândola Resultados da avaliação sumativa do º período 4,5 4,5,5,5, nível nível nível 4

2 PEEME -- Interação e comunicação entre professores e alunos é absolutamente central para o professor estabelecer pontes entre o que considera ser importante ensinar e o complexo mundo dos alunos; (Fialho & Cid,, pp.-) Avaliação é deliberadamente organizada para proporcionar um feedback inteligente e de elevada qualidade tendo em vista melhorar as aprendizagens dos alunos; -(Fialho & Cid,, pp.-) O Feedback é determinante para ativar os processos cognitivos e metacognitivos dos alunos, que, por sua vez, regulam e controlam os processos de aprendizagem; -(Fialho & Cid,, pp.-) Exemplo de grelha de Tarefas propostas aos alunos Atividade Páginas Data de entrega Entreguei Leitura e compreensão do texto Um lanche maluco Elaboração de um comentário a partir do plano feito na aula 6,7,8 (manual) Até 7 de janeiro (em folha à parte ou via mail) (escrita) Até 8 de janeiro (enviar por mail) Não entreguei Encar. de Educação Leitura e compreensão do texto Os cinco no Lago Negro Atividade escrita, texto relatando uma viagem Da 6 à até ao exercício 7 Até de janeiro (em folha à parte ou por mail) (manual ) Até 8 de fevereiro (por mail) Fichas de CEL () Diagnostico-formativas Sujeito e predicado na frase, tipos de sujeito, concordância entre sujeito e predicado. 9 de janeiro nível positivo nível negativo Encar. de Educação Usar formas verbais com o pronome pessoal. Funções sintáticas dos complementos: direto, indireto e oblíquo. Funções sintáticas do grupo verbal, funções do predicativo do sujeito, verbos copulativos Formação de palavras Teste da unidade 4 /5 de janeiro / de janeiro 8/9 de janeiro 4/5 de fevereiro de fevereiro [] Conhecimento Explícito da Língua (Gramática)

3 PEEME --

4 PEEME -- Avaliação sumativa Perguntas N.º Respostas Pontuação Texto A. Dá a resposta correta. Dá a resposta correta. Dá a resposta correta.4 Dá a resposta correta Identifica e corrige todas as questões 6. Identifica 4 verdadeiras e corrige uma falsa. 4 Identifica ou verdadeiras e corrige duas ou uma falsa ou identifica 4 verdadeiras, mas não corrige. Identifica ou verdadeiras e não corrige as falsa. Identifica (menos que ou não corrige as falsas). Transcreve um objetivo da atividade, numa frase, respeitando as regras da transcrição. Transcreve um objetivo da atividade, numa frase, mas não respeita as regras da transcrição. Texto B 4. Descreve por palavras suas Descreve fazendo uma transcrição integral do texto. 5. Responde corretamente 5. Responde corretamente 5. Responde corretamente Transcreve as frases ou expressões respeitando as regras da 6. transcrição Não transcreve mas identifica a resposta correta Duas respeitando as regras de transcrição. Transcreve uma respeitando as regras de transcrição 7. Responde corretamente 7. Responde corretamente 8. Transcreve duas frases que justifiquem a ideia, respeitando as regras da transcrição. Transcreve duas frases que justifiquem a ideia, mas não respeita as regras da transcrição. Transcreve uma frase que justifique a ideia, respeitando as regras da transcrição.,5,5,5 4

5 PEEME -- Grelha de autoavaliação da unidade Identifico o sujeito na frase Identifico os tipos de sujeito Identifico o predicado Identifico o C.D Identifico o C.I Identifico o C.Oblíquo Identifico o vocativo Identifico o predicativo do sujeito Identifico um verbo transitivo Identifico um verbo intrasitivo Identifico um verbo copulativo Sei utilizar os pronomes pessoais em vez do complemento Sei construir frases usando os diferentes constituíntes da frase Reconheço um grupo nominal Reconheço um grupo verbal Reconheço um grupo adjetival Reconheço um grupo adverbial Reconheço um grupo preposicional Identifico os processos de formação de palavras Compreendo um texto escrito Respondo de forma completa e correta a perguntas sobre um texto Compreendo um documento oral Escrevo apontamentos quando escuto documentos orais Corrijo de forma completa afirmações falsas Compreendo os livros que escolho para ler Expresso-me corretamente nas apresentações orais Dou a minha opinião de forma justificada e com exemplos. Escrevo textos de opinião de forma correta Faço descrição de espaços de forma correta Relato viagens de forma correta Muito facilmente Facilmente Com algumas dúvidas Ainda não consegui, vou tentar de novo. Grelha de análise da autoavaliação dos alunos Turma F Muito facilmente Facilmente Com algumas dúvidas Ainda não consegui, vou tentar de novo. Identifico o sujeito na frase 4 7 Identifico os tipos de sujeito 8 Identifico o predicado Identifico o C.D Identifico o C.I Identifico o C.Oblíquo 4 7 Identifico o vocativo 9 Identifico o predicativo do sujeito 5 9 Identifico um verbo transitivo Identifico um verbo intransitivo 4 Identifico um verbo copulativo Sei utilizar os pronomes pessoais em vez do complemento 8 5 Sei construir frases usando os diferentes constituintes da frase 6 6 Reconheço um grupo nominal 6 6 Reconheço um grupo verbal Reconheço um grupo adjetival 4 7 Reconheço um grupo adverbial 9 Reconheço um grupo preposicional 4 Identifico os processos de formação de palavras 4 8 Compreendo um texto escrito 9 Respondo de forma completa e correta a perguntas sobre um texto 5 6 Compreendo um documento oral 5 7 Escrevo apontamentos quando escuto documentos orais Corrijo de forma completa afirmações falsas 4 6 Compreendo os livros que escolho para ler 5 5 Expresso-me corretamente nas apresentações orais 5 5 Dou a minha opinião de forma justificada e com exemplos. 4 9 Escrevo textos de opinião de forma correta 8 4 Faço descrição de espaços de forma correta 5 7 Relato viagens de forma correta 7 5

6 PEEME -- Ficha de recuperação de conteúdos Faz a análise sintática das frases seguintes. As meninas compraram uma flor para as suas primas. Lê a frase e responde às questões: ) Quem é que comprou? (sujeito) ) O que fizeram as meninas? (predicado) ) Compraram o quê? ( complemento direto) 4) Compraram para quem? ( complemento indirecto) 5) Substitui os complementos que identificaste pelo pronome pessoal adequado. Coloca as questões adequadas e identifica a função sintática. Os alunos foram ao museu de Marinha. ) (sujeito) ) (predicado) ) ( c. oblíquo) 4) Substitui o complemento pelo pronome adequado. A Maria e eu roubamos um beijo ao avô. ) _ ( ) ) ( ) ) ( ) 4) ( ) 5) Substitui os complementos pelos pronomes adequados. Eles dizem um segredo às suas amigas. Sujeito predicado Ontem, cantaram no concerto de Natal. A Maria parece cansada. Maria, ficas no sofá. Dificuldades que ainda não consegui superar: Regras para a correção entre pares. Considera um ponto por cada resposta correta e corrige, a lápis, o que o teu colega tiver errado, ou o que não tenha feito. Coloca a lápis os pontos obtidos pelo teu colega no espaço %. Dita o número de pontos obtidos à tua professora, coloca a percentagem que ela te indicar no espaço %, a caneta, assina a ficha e devolve-a ao teu colega. Obrigada pela colaboração. 6

7 PEEME -- Evolução dos resultados dos alunos ao nível da escrita ºp ºp Evolução e regressão nas competências de Leitura, Escrita e Conhecimento Explícito da Língua 7

8 PEEME -- Gráfico comparativo entre a evolução dos alunos e o número de trabalhos melhorados após feedbak dado pela docente. Resultados da prova final de 6.º ano por domínios L.E F.L ESCRITA >5% <5% L.E = Leitura e Escrita F.L= Funcionamento da língua ( Gramática) 8

9 PEEME -- Resultado dos alunos na prova final de 6.º ano Nível4 Nível Nível ,5 4,5,5,5,5 nível nível nível Agrupamento nº de Escolas de Grândola Escola Básica Integrada D. Jorge de Lencastre Ano de escolaridade 6º ano de escolaridade Disciplina Português O contributo da avaliação formativa com feedback de qualidade para a melhoria dos resultados escolares Évora, de novembro 9

AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS. Isabel Fialho e Helena Parreira

AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS. Isabel Fialho e Helena Parreira AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS Isabel Fialho e Helena Parreira Relatório da OCDE Avaliação de Sistemas Educativos (Portugal) Santiago (2012) A avaliação formativa é mais visível

Leia mais

Introdução. 3 º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro)

Introdução. 3 º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro) INFORMAÇÃO PROVA LÍNGUA ESTRANGEIRA I INGLÊS Escrita e Oral 2016 Prova 21 3 º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 3/2008, de 7 de janeiro) Introdução O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

Apresentação dos Resultados Escolares

Apresentação dos Resultados Escolares Apresentação dos Resultados Escolares 1.º Período 2013-2014 Índice Apresentação dos resultados escolares do Pré-Escolar... 3 Considerações... 5 ANÁLISE DOS RESULTADOS ESCOLARES DOS ALUNOS DO 1º CICLO DO

Leia mais

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula

Mini-curso. Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Mini-curso Formação de professores e avaliação: instrumentos para avaliação processual em sala de aula Professor responsável Prof. Dr. Daniel Abud Seabra Matos (UFOP) Mariana 2014 2 Prezados/as professores/as,

Leia mais

FRANCÊS 9ºano ABRIL 2015

FRANCÊS 9ºano ABRIL 2015 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 9ºano ABRIL 2015 Prova 16 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 139/2012, de 05 de julho) 1. Introdução O presente documento dá a conhecer

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Domínio Cognitivo (Nível dos Conhecimentos) Compreensão oral e escrita; Conhecimento de formas e regras de funcionamento da língua materna; Conhecimento e compreensão de conceitos

Leia mais

Avaliação de Desempenho. Orientações aos relatores

Avaliação de Desempenho. Orientações aos relatores Avaliação de Desempenho Orientações aos relatores 1. Referenciais de avaliação 1.1. Legislação 1. Referenciais de avaliação 1.2. Referentes internos: a. Projeto Educativo do Agrupamento, b. Projeto Curricular

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE FRANCÊS Componente de Formação Complementar Curso Vocacional de Informática e Multimédia Ano letivo 2015/2016

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE FRANCÊS Componente de Formação Complementar Curso Vocacional de Informática e Multimédia Ano letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE FRANCÊS Componente de Formação Complementar Curso Vocacional de Informática e Multimédia Ano letivo 2015/2016 Competências Transversais Promoção da educação para a cidadania A língua

Leia mais

CRONOGRAMA 2ª SÉRIE/2014 Língua Portuguesa Gramática AURÉLIA PEDRONI NASCIMENTO E CESAR AUGUSTUS VISINTIN S. LISBOA

CRONOGRAMA 2ª SÉRIE/2014 Língua Portuguesa Gramática AURÉLIA PEDRONI NASCIMENTO E CESAR AUGUSTUS VISINTIN S. LISBOA CRONOGRAMA 2ª SÉRIE/2014 Língua Portuguesa Gramática AURÉLIA PEDRONI NASCIMENTO E CESAR AUGUSTUS VISINTIN S. LISBOA PRIMEIRO TRIMESTRE: 05/02 a 21/05 ( 73 DIAS LETIVOS ) Primeira semana 05/02 a 07/02 Aula

Leia mais

oficina de gramática Exemplo de uma (PPEB, página 19) momentos de trabalho autónomo. que ele merece um cuidado especial e

oficina de gramática Exemplo de uma (PPEB, página 19) momentos de trabalho autónomo. que ele merece um cuidado especial e Exemplo de uma oficina de gramática [ ] importa notar que, sendo certo que o conhecimento explícito da língua é transversal aos diferentes domínios, [ ], também é certo que ele merece um cuidado especial

Leia mais

Critérios de avaliação. Matriz Curricular Ensino Básico - 1.º ciclo (*)

Critérios de avaliação. Matriz Curricular Ensino Básico - 1.º ciclo (*) Matriz Curricular Ensino Básico - 1.º ciclo (*) Componentes do currículo Áreas disciplinares de frequência obrigatória: Português Matemática Estudo do Meio Expressões: Artísticas e Físico-Motoras. Apoio

Leia mais

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 2 º Ano Ano letivo

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 2 º Ano Ano letivo Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos de Português 2 º Ano Ano letivo 2015 2016 1º PERÍODO CONTEÚDOS - COMPREENSÃO DO ORAL manifestar ideias, sensações e sentimentos pessoais mobilizar conhecimentos

Leia mais

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia

CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO Pais/Encarregados de Educação CAF Estrutura Comum de Avaliação para a Qualidade Total das Administrações da União Europeia Agrupamento de Escolas de Arganil 2º/3º CEB e Secundário

Leia mais

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011

Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 Escola EB1 de Ficha de Avaliação Final de Língua Portuguesa 3º ano Nome: Data: / /2011 1 - Lê o texto com atenção. A Fada Oriana 1 5 10 15 20 25 Era uma vez uma fada chamada Oriana. Era uma fada boa e

Leia mais

Escola Básica 2.3 Martim de Freitas PORTUGUÊS Planificação anual 5ºano. Excerto informativo; excerto narrativo; excerto descritivo; excerto fílmico.

Escola Básica 2.3 Martim de Freitas PORTUGUÊS Planificação anual 5ºano. Excerto informativo; excerto narrativo; excerto descritivo; excerto fílmico. 1º Período (13 semanas) Escola Básica 2.3 Martim de Freitas PORTUGUÊS Planificação anual 5ºano Metas Oralidade Conteúdos Excerto informativo; excerto narrativo; excerto descritivo; excerto fílmico. Leitura

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO 1 ESCOLA SECUNDÁRIA EÇA DE QUEIRÓS PÓVOA DE VARZIM 2015/201 FRANCÊS II 9º ANO ENSINO BÁSICO TOTAL DE AULAS PREVISTAS: 2 MANUAL ADOTADO: C EST TOP! NÍVEL 3 ASA 2 2015/201 1º Período DISCIPLINA: Francês

Leia mais

AVALIAÇÃO INTERNA ANO LETIVO /13 Escola Básica e Secundária de São João da Pesqueira. Resultados Internos e Externos do Agrupamento

AVALIAÇÃO INTERNA ANO LETIVO /13 Escola Básica e Secundária de São João da Pesqueira. Resultados Internos e Externos do Agrupamento 3333333333333 2012/13 Escola Básica e Secundária de São João da Pesqueira AVALIAÇÃO INTERNA Resultados Internos e Externos do Agrupamento (1º Ciclo, 2º Ciclo, 3º Ciclo e Secundário) LETIVO 2014-15 1 1.

Leia mais

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade

Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Departamento de Línguas Planificação Anual de Língua Portuguesa 6º Ano de escolaridade 1º Período 1/13 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Cadaval Ano Lectivo

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês LE I (2 anos) 2016 Prova 06 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

ANEXO 9 Regulamento Interno ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO E DE INTEGRAÇÃO ESCOLAR E COMUNITÁRIA

ANEXO 9 Regulamento Interno ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO E DE INTEGRAÇÃO ESCOLAR E COMUNITÁRIA ANEXO 9 Regulamento Interno ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO E DE INTEGRAÇÃO ESCOLAR E COMUNITÁRIA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS IBN MUCANA 2011/2014 ÍNDICE SECÇÃO I Excesso grave de faltas 2 SECÇÃO II Tipificação de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 6.º ANO DE PORTUGUÊS 6.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No final do 6.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar e produzir textos orais com diferentes finalidades e coerência, apresentando

Leia mais

Projeto Educativo 2013-2017

Projeto Educativo 2013-2017 Projeto Educativo 2013-2017 A Escola A CONSTRUIR Qualidade dos Recursos Recursos humanos Serviços e equipamentos Instalações Qualidade da Interação com a comunidade Família Comunidade educativa Qualidade

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Planificação da Disciplina de Português 5.º Ano - Ano Letivo 2013/2014 Manual Escolar: P5. Domínios

Planificação da Disciplina de Português 5.º Ano - Ano Letivo 2013/2014 Manual Escolar: P5. Domínios Agrupamento de Escolas Agualva Mira Sintra Escola Básica D. Domingos Jardo Planificação da Disciplina de Português 5.º Ano - Ano Letivo 2013/2014 Manual Escolar: P5 Domínios Compreensão do Oral:. Escutar

Leia mais

Auto-avaliação 1.º Semestre Ano Lectivo 2010/2011

Auto-avaliação 1.º Semestre Ano Lectivo 2010/2011 O presente relatório é o resultado do processo de auto-avaliação realizado no 1.º semestre do ano lectivo 2010/2011. Os dados foram obtidos através das respostas dos alunos aos questionários de auto-avaliação,

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Florestal deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

COMO TIRAR APONTAMENTOS

COMO TIRAR APONTAMENTOS COMO TIRAR APONTAMENTOS Transcrições Esquemas Resumo Abreviaturas COMO TIRAR APONTAMENTOS Apontamentos É um processo que facilita : a captação e a retenção da matéria Quando se escreve: aprende-se melhor

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA Designação: Centro Social de Azurva Endereço: Rua Professor

Leia mais

Plano de Articulação Curricular

Plano de Articulação Curricular Plano de Articulação Curricular 2014-2015 Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa Índice 1.Introdução... 3 2 2.Prioridades... 4 3.Operacionalização do Plano de Articulação Curricular... 5 4.Monitorização

Leia mais

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas:

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas: MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE EDUCADORES: INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS Competências a serem Desenvolvidas: O participante desenvolve o recurso de contar

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com seu sujeito, em número e pessoa. Regras 1) Sujeito COLETIVO = verbo no singular. Ex.: A multidão invadiu o estádio. 2) Sujeito

Leia mais

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21

Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo. Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte I 1. O português em Portugal e no Mundo Português, língua materna 16 Português, língua padrão 17 Outras variedades do português 18 Formas de tratamento em diferentes situações 20 Exercícios 21 Parte

Leia mais

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO Escolas João de Araújo Correia EB 2.3PESO DA RÉGUA Disciplina de Português 5º Ano Ano Letivo 2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE 0 UM, DOIS, TRÊS COMEÇAR! UNIDADE

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS DO 2º CICLO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS-2ºCICLO (PROVA 1. INTRODUÇÃO ESCRITA) Prova nº 06 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico

Leia mais

PROJETO DE EDUCAÇÃO AFETIVO- SEXUAL E REPRODUTIVA

PROJETO DE EDUCAÇÃO AFETIVO- SEXUAL E REPRODUTIVA PROJETO DE EDUCAÇÃO AFETIVO- SEXUAL E REPRODUTIVA Tema: Relações interpessoais e sexualidade 4º Ano- EB1/JI DE SA Turma-1 Objetivos Conteúdos Atividades Reconhecer sentimentos: amor familiar; amizade;

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO ANO LETIVO: 2015/2016 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Educação literária Texto literário e texto não literário.

Leia mais

2. Transcreve um exemplo dos três Modos de Expressão do Texto Narrativo: Descrição, Narração e Diálogo, justificando com palavras tuas. 3. Localiza a

2. Transcreve um exemplo dos três Modos de Expressão do Texto Narrativo: Descrição, Narração e Diálogo, justificando com palavras tuas. 3. Localiza a Língua Portuguesa 8º ano EBI da Charneca de Caparica FICHA DE AVALIAÇÃO FORMATIVA Nome: N.º: Turma: Data: / / Enc. Educação: Apreciação: Professor: ESCOLA BÁSICA INTEGRADA Lê atentamente o texto e as perguntas

Leia mais

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos.

Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. 5 Manual Seq. 1: p. 17 Seq. 2: p. 58 AI: pp. 269-270 Classes de palavras Distinguir verbo principal e copulativo 1. Identifica, nas frases seguintes, verbos principais e verbos copulativos. Frases 1.1

Leia mais

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves

1º Seminário Topologias. Oradora: Margarida Gonçalves 1º Seminário Topologias Oradora: Margarida Gonçalves 1 Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos Modalidade de Ensino Profissional Secundário Ano: Área: 10º Ano Informática Disciplina:

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (TIC) PLANIFICAÇÃO ANUAL 8º ANO ANO LETIVO 2013/2014 Previsão de aulas 8º B Aulas previstas 33 1º Período 14 2º Período 12 3º Período 7 Planificação anual resumida

Leia mais

Manutenção Eletromecânica de Equipamentos de Mina e Usina

Manutenção Eletromecânica de Equipamentos de Mina e Usina 1 a ETAPA DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL 2015 FUNDAÇÃO CSN PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL E A CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA - FUNDAÇÃO CSN, através da Direção do Centro de Educação

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Ano Letivo 2014/2015-1.º Período

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR. Ano Letivo 2014/2015-1.º Período Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ ESCOLAR Ano Letivo 04/05 -.º Período A Coordenadora Francisca Oliveira

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO PORTO ALEGRE/RS Realização: 13 a 1 de outubro de 2010. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 28/12/2010 1. Dados gerais Município sede Porto

Leia mais

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014

AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 AUTO-AVALIAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS 2014 Instrumento para avaliação do curso de graduação em Ciências Econômicas por parte dos docentes que nele ministraram alguma disciplina durante o ano letivo

Leia mais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais

Português. Índice de aulas. Tipologias textuais Índice de aulas Tipologias textuais Texto narrativo Ação e personagens Espaço e tempo Narrador e modalidades do discurso Narrativas de tradição popular Chocolate à Chuva: as férias de Mariana Chocolate

Leia mais

Estágio Supervisionado em Química I

Estágio Supervisionado em Química I Estágio Supervisionado em Química I Profª Tathiane Milaré AULA 1 Planejamento das atividades Objetivos Gerais da Disciplina vivenciar situações do cotidiano da escola e, em especial, aquelas dirigidas

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHOS 2012 PROJETO REDAÇÃO FOLHA DIRIGIDA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHOS 2012 PROJETO REDAÇÃO FOLHA DIRIGIDA REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHOS 2012 PROJETO REDAÇÃO FOLHA DIRIGIDA I II - DO CONCURSO - DOS OBJETIVOS III - DOS PARTICIPANTES IV - DA COORDENAÇÃO V - DOS PRAZOS VI DAS REDAÇÕES VII - DO JÚRI E DA

Leia mais

PERFIL ACADÊMICO TANGARÁ DA SERRA - MT APAE ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS. Fundação 13/09/84

PERFIL ACADÊMICO TANGARÁ DA SERRA - MT APAE ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS. Fundação 13/09/84 Fundação 13/09/84 Ultima Atualização do Estatuto Registrado no Cartório do 1º Ofício sob nº 17.876, fls 282, Livro A-2, em 16/11/2006 Utilidade Pública Municipal, Lei 0170/85 Início das Atividades da Esc.

Leia mais

Todas as avaliações apresentarão questões dissertativas e testes. Nesses dias, além das provas previstas, os alunos terão aulas normais.

Todas as avaliações apresentarão questões dissertativas e testes. Nesses dias, além das provas previstas, os alunos terão aulas normais. Senhores pais, Seguem as datas das nossas avaliações formativas do 1º trimestre. É muito importante que os alunos se preparem para esse momento, revisando conteúdos, procurando os professores para sanar

Leia mais

Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico

Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova escrita e oral 2016 Prova 06 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO

JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO JOGOS MATEMÁTICOS 2º ANO ENCONTRE 1 Objetivos: - Realizar operações de adição e/ou subtração. - Estimular o cálculo mental. - Compor o número 1 com duas parcelas. Número de jogadores: 2 ou 4. Materiais:

Leia mais

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS - Nível 2 2016 Prova 06 / 2016 1ª e 2ª Fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

DISCIPLINA INGLÊS 2016

DISCIPLINA INGLÊS 2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS AURÉLIA DE SOUSA INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DISCIPLINA INGLÊS 206 Prova 06 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal.

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal. Ficha de Actividade Tipo: Visitas de Estudo Tema: Faz de conta que somos de papel Público-alvo: Alunos Pré-escolar e 1º ciclo Equipa: Serviço Educativo Arquivo Municipal Calendarização: Todo o ano. Agendadas

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM RELATÓRIO CIENTÍFICO 1. Capa 2. Índice 3. Introdução teórica 4. Objetivos 5. Material 6. Metodologia 7. Resultados

Leia mais

Curso de Pós - Licenciatura de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica

Curso de Pós - Licenciatura de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA ÁREA CIENTÍFICA DE ENFERMAGEM DO ADULTO E IDOSO Curso de Pós - Licenciatura de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica REGIME DE FREQUÊNCIA, AVALIAÇÃO, PRECEDÊNCIAS

Leia mais

CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS

CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS NOVA TERMINOLOGIA NO ENSINO DO PORTUGUÊS CONSTITUINTES DA FRASE E FUNÇÕES SINTÁCTICAS Helena Mateus Montenegro hmateus@uac.pt Ponta Delgada, 2010 I. Constituintes da frase Grupo nominal Grupo adjectival

Leia mais

2015-2016. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo

2015-2016. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo 2015-2016 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º Ciclo Setembro 2015 Este documento pretende dar a conhecer a todos os intervenientes no processo educativo os critérios de avaliação, e respetivas percentagens, a que

Leia mais

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR

Atribuições do professor-tutor da Seed/PR GESTÃO EM FOCO Programa de Fortalecimento da Gestão Escolar Secretaria de Estado da Educação do Paraná Governo do Paraná Atribuições do professor-tutor da Seed/PR Pauta da Reunião a) Edital de seleção

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II

PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 1º Período PLANIFICAÇÃO DE PORTUGUÊS Básico II 5º Ano Ano Lectivo: 2010/2011 Estratégias. Nós e a Escola -Organização do material -Conhecer o Manual -Outros auxiliares de estudo -O uso do Dicionário -

Leia mais

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide Informação da prova de equivalência à frequência de Francês Prova 16 2016 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO Agrupamento de Escolas de Muralhas do Minho, Valença PLANO ESTRATÉGICO PARA O ANO LETIVO 2014-2015 1. Enquadramento. O Plano Estratégico apresentado para o ano letivo 2014-2015 e elaborado nos termos do

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO. Planificação Anual - Ano letivo 20123/2014

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. GINESTAL MACHADO. Planificação Anual - Ano letivo 20123/2014 Planificação Anual - Ano letivo 20123/2014 Módulo 1- Eu e o Mundo Profissional Disciplina de Inglês- Cursos Profissionais 10º Ano Duração de Referência: 27horas (18 blocos) - diagnostica a sua situação

Leia mais

Manual de Acesso do Aluno

Manual de Acesso do Aluno Manual de Acesso do Aluno www.unip.br Sumário MANUAL DE ACESSO DO ALUNO 1. ACESSO AO SISTEMA DE DISCIPLINAS ON-LINE...2 2. AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA)...4 2.1 Vídeos Instrucionais...4 2.2 Atualização

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS

DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS PORTUGUÊS 5ºANO CONTEÚDOS E AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 17 de setembro a 17 de dezembro 1ª INTERRUPÇÃO 18 de dezembro a 3 de janeiro 2º PERÍODO 04 de janeiro a 18 de março 2ª INTERRUPÇÃO

Leia mais

Avaliação do Projeto Jovem de Futuro: resultados preliminares do segundo ano do programa

Avaliação do Projeto Jovem de Futuro: resultados preliminares do segundo ano do programa Avaliação do Projeto Jovem de Futuro: resultados preliminares do segundo ano do programa Ricardo Barros IPEA Mirela de Carvalho IETS Samuel Franco IETS Andrezza Rosalém - IETS Rio de Janeiro, Abril de

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA aprovados através de processo de consulta escrita concluído a 13 de Maio de 2015 METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 10º ANO

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 10º ANO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS PLANIFICAÇÃO ANUAL DE PORTUGUÊS 10º ANO Planificação Anual 2011/2012 ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE VELAS PORTUGUÊS 10º ANO Manual adotado: Página Seguinte - Texto Editora

Leia mais

Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET

Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET Relatório de autoavaliação do Instituto Superior de Educação e Trabalho ISET No âmbito do processo de autoavaliação procurámos captar as opiniões de alunos e estudantes. Foi assim solicitado a estudantes

Leia mais

PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO

PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO PROVA BRASIL: LEITURA E INTERPRETAÇÃO Pamella Soares Rosa Resumo:A Prova Brasil é realizada no quinto ano e na oitava série do Ensino Fundamental e tem como objetivo medir o Índice de Desenvolvimento da

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

CALENDÁRIO - PED LIBRAS - SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011

CALENDÁRIO - PED LIBRAS - SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011 CALENDÁRIO PED LIBRAS SISTEMA EAD Atualizado em 31/03/2011 Estrutura do Calendário Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que possa entender o processo

Leia mais

Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA

Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA Questão 21 ANULADA PADRÃO DE CORREÇÃO LINGUA PORTUGUESA QUESTÃO 01 HABILIDADE: Escrever texto, com correspondência sonora; Escrever texto, a partir do tema proposto. 1. Escreve textos, sem erros ortográficos,

Leia mais

Classificação: Professor: Enc. Educ.: Esta ficha é constituída por duas partes, a 1ª parte é de escolha múltipla e a 2ª parte é de desenvolvimento.

Classificação: Professor: Enc. Educ.: Esta ficha é constituída por duas partes, a 1ª parte é de escolha múltipla e a 2ª parte é de desenvolvimento. FICHA DE AV ALI AÇ ÃO DE M ATEM ÁTIC A 3º Ciclo 7º ano Junho de 2010 Duração da prova: 90 minutos A Nome: Nº: Turma: Classificação: Professor: Enc. Educ.: Esta ficha é constituída por duas partes, a 1ª

Leia mais

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

PLANO DE CURSO RESUMIDO

PLANO DE CURSO RESUMIDO PLANO DE CURSO RESUMIDO CURSO Assistente de planejamento e controle de produção CBO 7842-05 CÓD.SGE 013.861 MODALIDADE Qualificação Profissional Básica ÁREA TECNOLÓGICA Gestão CARGA HORÁRIA 180 horas ITINERÁRIO

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO AGRUPAMENTO /2016

PLANO DE AÇÃO DO AGRUPAMENTO /2016 PLANO DE AÇÃO DO AGRUPAMENTO - 2015/2016 Ações a realizar: Aplicação do Modelo CAF Educação (ciclo diagnóstico organizacional) a partir de janeiro; Aplicação do Modelo Framework de Desenvolvimento Pedagógico

Leia mais

Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano

Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano Língua Portuguesa: - Interpretação de texto; - Revisão Análise morfossintática; - Revisão de período composto por subordinação (subordinadas substantivas); - Período

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC CURSO DE PEDAGOGIA DISCIPLINA: TIC S PROFESSORA: TERESA KÁTIA ALBUQUERQUE TV ESCOLA UM SALTO PARA O FUTURO BOA VISTA RR 2010 1 CONCEIÇÃO SOUSA EDGARD GARCIA JOSILÉIA

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Abril 2016 2016 367 Prova 11º Ano de escolaridade (Decreto-Lei nº 139/2012, de 05 de julho) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros

Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros 9º Ano Português Planificação Anual 2015-2016 Observação: Nesta planificação,

Leia mais

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC

ORIENTAÇÕES AVALIAÇÃO DA EQUIPE PRONATEC MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO- PRONATEC

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO PORTO ALEGRE/RS Realização: 1 a 18 de novembro de 2010. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 28/12/2010 1. Dados gerais

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 NOVA ANDRADINA MS DEZEMBRO/2013 ESCOLA IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2014 Plano de ações previstas a serem executadas no

Leia mais

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL INIC. 11º Ano de Escolaridade Prova 375 2014 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO (Despacho Normativo Nº 13/2014 de 15 de setembro) A avaliação dos alunos do ensino básico e secundário incide sobre as aprendizagens e competências definidas

Leia mais

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Prova 16 2015 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho normativo n.º 6-A/2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 3ºCICLO DO ENSINO BÁSICO

EDUCAÇÃO VISUAL 3ºCICLO DO ENSINO BÁSICO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Os Conteúdos Programáticos estão enunciados segundo o programa em vigor e as Metas Curriculares definidas pelo ministério da Educação e Ciência.* 9.ºANO 1º Período 39/42 aulas previstas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDROUÇOS. Planificação de Português

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDROUÇOS. Planificação de Português AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PEDROUÇOS Escola Básica 2/3 de Pedrouços Planificação de Português 7. 7ºano de escolaridade Ano letivo 2012/2013 Expressão oral Compreensão oral 1. o Período (+-64 aulas ) ))))))))646464+66666646

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Direito Comercial e Empresarial Eixo Tecnológico: Gestão e Negócio

Leia mais

Colégio Lemos de Castro Calendário das Avaliações diversificadas e/ou testes do 2º Bimestre 6º ano do Ensino Fundamental II TURMA 601

Colégio Lemos de Castro Calendário das Avaliações diversificadas e/ou testes do 2º Bimestre 6º ano do Ensino Fundamental II TURMA 601 6º ano do Ensino Fundamental II TURMA 601 6º ano do Ensino Fundamental II TURMA 603 20 DE MAIO 6ª PORTUGUÊS (INTERPRETAÇÃO E GRAMÁTICA) 1. A nota das avaliações diversificadas de Educação Artística do

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ MARIA DOS SANTOS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ MARIA DOS SANTOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOSÉ MARIA DOS SANTOS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Prova de Aferição de Matemática e Estudo do Meio Prova 26 2.º Ano de Escolaridade 2016

Prova de Aferição de Matemática e Estudo do Meio Prova 26 2.º Ano de Escolaridade 2016 Rubricas dos Professores Vigilantes A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação CC n.º ou BI n.º Emitido em (Localidade) Assinatura do Aluno Prova de Aferição de Matemática e Estudo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL CAMPUS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL CAMPUS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE PERNAMBUCO DIREÇÃO GERAL CAMPUS OLINDA CENTRO DE LIBRAS E LÍNGUAS ESTRANGEIRAS CELLE CAMPUS OLINDA

Leia mais

MATEMÁTICA. 8.º Ano. Prof. Nuno Marreiros. Apresentação

MATEMÁTICA. 8.º Ano. Prof. Nuno Marreiros. Apresentação MATEMÁTICA 8.º Ano Prof. Nuno Marreiros Apresentação 1 Definição de normas de funcionamento das aulas Chegar a horas (não há tolerância) depois do professor entrar e fechar a porta, acabaram-se as entradas

Leia mais