Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1 Aos trinta dias do mês de Abril do ano dois mil e nove, pelas vinte e uma horas, na sede da Junta de Freguesia de Olho Marinho, com a presença do Sr. Presidente da Junta, José Felipe Leitão Ribeiro, José António Canteiro Clemente, Secretário e José Fernando Pereira Mesquita, Tesoureiro, o Sr. Presidente da Junta, deu início à reunião com a análise dos pontos previamente agendados para esta reunião Ponto n.º 1 - Análise, apreciação e eventual aprovação para se encomendar com carácter de urgência, um projecto destinado a criar infraestruturas de apoio condignas, à pratica desportiva no espaço denominado Campo da Bola/Campo da Feira Ponto n.º 2 - Construção de um muro na Rua da Azenha, junto á propriedade do Sr. José Fernando, residente no Vau, numa extensão aproximada de 30 metros Ponto n.º 3 - Construção de um muro na Rua Bairro dos Arneiros, ao longo da propriedade do Sr. José Manuel Reis Gomes, numa extensão aproximada de cento e quarenta metros. Recuperar parte do muro de protecção ao longo da Ribeira das Barrocas e subir o muro de protecção que envolve a Nascente, Olho da Cabra Ponto n.º 4 - Nova Sede da Freguesia. Analise, discussão e eventual aprovação, para contratar com carácter de urgência, um técnico credenciado, para elaborar projecto de estabilidade Ponto n.º 5 - Análise e apreciação do Projecto, Nova Sede da Freguesia, contratualizado ao Arquitecto Luís Tomás Ponto n.º 6 - Analise discussão e eventual aprovação das novas taxas a implementar na Freguesia Ponto n.º 7- Análise discussão e eventual aprovação para a atribuição de um subsídio de transporte para os alunos E.B.1. de Olho Marinho Ponto n.º 8 - Venda de um Coval no cemitério, n.º dois O Sr. Presidente da Junta, depois de agradecer a presença dos membros do executivo, iniciou em conjunto a análise e apreciação da correspondência recebida. Após analisar e apreciar a correspondência, o Sr. Presidente começou por apreciar os pontos que foram previamente agendados para a reunião Página 1 de 7

2 Ponto n.º 1 - Análise, apreciação e eventual aprovação para se encomendar com carácter de urgência, um projecto destinado a criar infraestruturas de apoio condignas, à pratica desportiva no espaço denominado Campo da Bola/Campo da Feira. O Sr. Presidente da Junta saudou uma vez mais o crescente entusiasmo que continua a verificar-se na classe Juvenil e o grupo bastante alargado de seniores do Olho Marinho que presentemente praticam desporto, salientando depois que esse numero já ultrapassa a meia centena, actividade que vem sendo dinamizada pela Associação União de Amigos de Olho Marinho, com apoio da Junta de Freguesia. Assim, tendo em conta o exposto, considerou que é muito urgente desenvolver esforços para se iniciar um projecto destinado a criar o mais rapidamente possível infra-estruturas condignas, para a prática desportiva. Como é do vosso conhecimento, as instalações existentes, infelizmente não reúnem as chamadas condições mínimas de utilização, nem de dignidade. Considerando o exposto, após uma análise detalhada à situação existente, foi aprovado por unanimidade, consultar os técnicos que trabalham nesta área e posteriormente pedir orçamentos e encomendar um projecto, destinado a criar infra-estruturas de apoio, isto é: Balneários para jogadores e árbitros, sanitários públicos e um espaço de convívio/bar Ponto n.º 2 - Construção de um muro na Rua da Azenha, junto á propriedade do Sr. José Fernando, residente no Vau, numa extensão aproximada de 30 metros. A reconstrução do muro em apreciação, resulta do compromisso assumido pelo Executivo da Junta de Freguesia, quando procedeu ao alargamento do caminho/rua com o supra citado proprietário do terreno, sendo à data prometido que o muro existente seria reposto, logo que o caminho fosse pavimentado com alcatrão, situação que aconteceu agora Ponto n.º 3 - Construção de um muro na Rua Bairro dos Arneiros, ao longo da propriedade do Sr. José Manuel Reis Gomes, numa extensão aproximada de cento e quarenta metros. Recuperar parte do muro de protecção ao longo da Ribeira das Barrocas e subir o muro de protecção que envolve a nascente Olho da Cabra. Considerando a urgência em Página 2 de 7

3 alargar o caminho de acesso à zona das Palhagueiras, após as negociações levadas a efeito com o proprietário para doar uma parcela bastante significativa de terreno, há mais de quatro anos, dando cumprimento à parceria acordada com Câmara Municipal de Óbidos, construir um muro de suporte de terras com uma extensão aproximada de cento e quarenta metros, possibilitando deste modo, a circulação de pessoas e veículos. Seguidamente, foi apreciado o estado de conservação de parte do muro de protecção ao longo da Ribeira das Barrocas, que necessita de uma intervenção para melhorar o aspecto visual, bem como, a construção de um muro de protecção ao redor do Olho da Cabra, melhorando as condições de segurança para pessoas e bens. Depois de analisadas as situações descritas, foi aprovado por unanimidade mandar executar os trabalhos acima indicados, considerando os melhores preços constantes nos orçamentos entregues, tendo por base a legislação em vigor, foi decidido fazer um ajuste directo, à empresa Horácio Marques, Construção Civil Unipessoal, Lda P Ponto n.º 4 - Nova Sede da Freguesia. Analise, discussão e eventual aprovação, para contratar com carácter de urgência, um técnico credenciado, para elaborar projecto de estabilidade. Considerando que mais de cinquenta por cento do telhado do edifício a reconstruir, ruiu há mais de um ano. Considerando igualmente, o avançado estado de degradação das paredes em alvenaria de pedra com argamassa de areia e cal, agravada com as fortes chuvadas que ultimamente se fizeram sentir, o Sr. Presidente, propõe que se contrate com carácter de urgência, um técnico devidamente credenciado, para analisar a estrutura do edifício, Nova Sede da Freguesia, tendo por base as recomendações avançadas pelo empreiteiro, que aconselhou a demolição do edifício, evitando desta forma que possam surgir elevados custos financeiros em trabalhos a mais. Após análise detalhada à proposta apresentada, foi aprovado por unanimidade solicitar com carácter de urgência, um parecer técnico, ao Sr. Engenheiro Rui Duque Ponto n.º 5 Análise e apreciação do Projecto, Nova Sede da Freguesia, contratualizado com o SR. Arquitecto Luís Tomás. Na sequência da Página 3 de 7

4 situação analisada no ponto anterior, o Sr. Presidente, abordou a problemática das irregularidades técnicas detectadas pelo empreiteiro que ganhou o concurso para executar a construção da Nova Sede da Freguesia, as quais, segundo o empreiteiro, poderiam inviabilizar uma boa execução técnica da obra, nomeadamente, devido ao estado de conservação das paredes e as alturas do pé-direito no piso térreo. Sobre o pé-direito, o Sr. Presidente informou que consultou a legislação em vigor, dizendo que efectivamente, o pé-direito indicado no projecto não é compatível com a referida legislação, RGEU (Decreto-lei, n.º de 7 de Agosto de 1951), e a restante legislação específica em vigor Seguidamente, o Sr. Presidente da Junta, faz uma resenha sobre alguns dos factos que antecederam a aprovação do projecto e o lançamento do Concurso Público publicado no Diário da Republica no final do mês de Julho de dois mil e oito, salientando depois que os documentos existentes no processo, comprovam as diligências efectuadas junto do Sr. Arquitecto, todas elas no sentido de se encontrar a melhor resolução para as questões pendentes, a saber; a) Como é do vosso conhecimento, os incumprimentos, nomeadamente no que se refere aos prazos de entrega dos projectos, foram infelizmente uma constante que se arrastou durante mais de um ano, chegando o Sr. Arquitecto a alegar que o tempo disponível era pouco, porque morava em Lisboa e posteriormente, que um dos técnicos que contratou, já não podia contar com ele, porque estava ausente no estrangeiro; b) - Os telefonemas efectuados, a solicitar a entrega do Projecto de Electricidade, não têm conta, foram muitos! Acabando por não ser entregue, apesar dos esforços desenvolvidos através de s e ofícios enviados (um deles devolvido/recusado), a solicitar o projecto em falta, obrigando depois a contratualizar outra entidade para executar o projecto de electricidade c) - Assim, dado o manifesto desinteresse do Sr. Arquitecto Luís Tomás e o não cumprimento da maioria das cláusulas contratuais, inseridas no contracto de prestação de serviços assinado em 28/01/2005, foi mais tarde, solicitada a intervenção de um Advogado, para tentar a negociação Página 4 de 7

5 que não resultou, motivado pela falta de comparência do Sr. Arquitecto. Posteriormente foi redigida e enviada uma proposta de rescisão do contracto, que também não mereceu qualquer resposta ou proposta alternativa Os últimos contactos com o Sr. Arquitecto, depois de muita insistência, foram efectuados por , no passado dia 27/06/2008, solicitando a entrega de algumas correcções ao projecto. Desde essa data, até á presente data, não foi possível efectuar qualquer contacto d) - Atendendo ao exposto, dada a urgência em avançar com a obra, especialmente pelas obrigações assumidas com a Direcção Geral das Autarquias Locais (D.G.A.L.) e as consequentes obrigações relutantes do Concurso Público lançado no final do mês de Julho de 2008, considerando que a análise técnica efectuada no decorrer do Mês de Abril de 2009, pelo Sr. Eng. Rui Duque, confirma a validade das anomalias detectadas e apresentadas pelo empreiteiro; e) - O executivo da Junta de Freguesia, depois de apreciar a informação técnica e económica e os compromissos em presença, concluiu que é muito urgente solicitar um novo projecto de estabilidade, na condição de que seja salvaguardada a tipologia/fachada do edifício e a totalidade dos espaços inicialmente projectados, melhorando os seguintes itens: ) - Subir 0,02 m a cota do piso térreo, para evitar a construção de rampas e os problemas que poderão surgir com a subida dos níveis do lençol freático, que nesta zona, como sucede em anos de grande pluviosidade, que poderão causar o aparecimento de humidades no piso térreo. Sobre este assunto, o Sr. Presidente recordou que alertou verbalmente o Sr. Arquitecto Luís Tomás, para esta situação e agora, constatou-se que os alertas, não foram considerados no projecto ) - O pé-direito do piso térreo, não apresentava as medidas legais para este tipo de edifício, três metros (3,00 m), não cumprindo portanto com a legislação em vigor (RGEU) e a restante legislação específica aplicável, sabendo o Sr. Arquitecto, desde a primeira hora, que o projecto seria um espaço público, destinado à Nova Sede da Freguesia de Olho Marinho Página 5 de 7

6 3) - Tendo em conta que uma parte substancial do telhado ruiu há mais de um ano e o acentuado grau de degradação das paredes, motivado pelas fortes chuvadas que se fizeram sentir. Considerando os alertas do empreiteiro, posteriormente confirmados pelo Sr. Eng. Rui Duque, que alertou para os elevados custos financeiros que poderiam surgir com a reconstrução das citadas paredes (alvenaria de pedra com argamassa de areia e cal), o Sr. Eng.º Rui Duque, propôs que em termos técnicos e económicos, a recuperação das referidas paredes não se justificava, sendo a demolição, a opção mais viável; Ponto n.º 6 - Analise discussão e eventual aprovação das novas taxas a implementar na Freguesia. Atendendo à grave crise económica que o nosso Pais está a atravessar, o Sr. Presidente propõe que os valores das taxas se mantenham, exceptuando as que se referem à venda de covais. Seguidamente, como se trata de um novo equipamento social, propôs a criação de uma taxa de ocupação para a futura Casa de Velório, cujos trabalhos estão em fase de conclusão. Depois das explicações apresentadas, foi proposto um aumento de cinquenta euros por coval e para a Casa do Velório, uma taxa de ocupação no valor de trinta euros. Após as justificações apresentadas, as propostas apresentadas foram aprovadas por unanimidade, devendo a nova tabela de taxas e serviços ser apresentadas para eventual aprovação pela Assembleia de Freguesia Ponto n.º 7- Análise discussão e eventual aprovação para a atribuição de um subsidio de transporte para os alunos E.B.1. de Olho Marinho. O Sr. Presidente informou que as Professoras da Escola E.B.1 de Olho Marinho, solicitaram um subsídio de transporte para uma visita de estudo ao Parque Temático Kidzania, um espaço temático integrado no centro comercial Dolce Vita Tejo, sito no Casal da Mina/Amadora. Após as explicações apresentadas, foi deliberado por unanimidade atribuir um subsídio no valor do transporte, possibilitando a realização da referida visita temática, que é considerada pelas professoras, muito importante para aos alunos da Escola E.B.1 do Olho Marinho Ponto n.º 8 - Venda de um Coval. O Sr. Presidente informou que os serviços enviaram para apreciação um requerimento de um morador que Página 6 de 7

7 pretende comprar um Coval no cemitério n.º dois. Depois de analisada a petição, foi a mesma aprovada por unanimidade, devendo os serviços emitir logo que possível, o respectivo alvará Por nada mais haver a tratar, pelas vinte e duas horas e trinta minutos, o Sr. Presidente da Junta, declarou por encerrada a reunião, da qual para constar se lavrou a presente acta, que foi aprovada em minuta. E eu, José António Canteiro Clemente, secretário da Junta de Freguesia, lavrei esta acta que também vou assinar O Presidente da Junta de Freguesia José Felipe Leitão Ribeiro (Eng.) O Secretário José António Canteiro Clemente O Tesoureiro José Fernando Pereira Mesquita Página 7 de 7

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 10/2008 - MAIO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Maio de dois mil e oito. -------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES QUADRIÉNIO 2006/2009 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL 2009/08/05 ÍNDICE REUNIÃO DE 2009/08/05 JUSTIFICAÇÃO DE FALTA 5 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO DE 29/07/2009

Leia mais

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE INÍCIO: 18,30 HORAS ENCERRAMENTO:21,00 HORAS No dia três de Março de dois mil e catorze, na Sala de Reuniões do edifício da Junta de Freguesia de Benavente, onde se encontrava pelas dezoito horas e trinta

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.8/2014 MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE ABRIL DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE ---------------------------------------------------------------------- ---------

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO ACTA NÚMERO CINCO Aos quatro dias do mês de Março de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

FREGUESIA DE ALVORNINHA

FREGUESIA DE ALVORNINHA 56 Aos vinte dias do mês de setembro do ano de dois mil e doze, nesta Freguesia de Alvorninha e edifício da Junta de Freguesia, compareceram os Senhores: Presidente Virgílio Leal dos Santos, Secretário

Leia mais

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: -------------------------------------------------

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: ------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EMPRESA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO HABISOLVIS REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DIA DO MÊS DE JULHO DE DOIS MIL E NOVE. ------ Aos vinte e oito dias do mês de Julho de dois mil e nove,

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 1 Acta n.º 10/2011 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 -------No dia cinco de Maio de dois mil e onze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 32/2010 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ --------------------------------------------------------------

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE CONDEIXA-A-NOVA ACTA Nº 2/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2009/04/27 mod. EXP 14.1 Aos vinte e sete dias do mês de Abril do ano de dois mil e nove, reuniu no Salão Nobre dos Paços do

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 08/2008 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 23 de Abril de 2008 ---------- Aos vinte e três dias do mês de Abril de dois mil e oito,

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA NOTA JUSTIFICATIVA A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos locais de Educação. A Lei 169/99, de 18

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ATA NÚMERO 21/2011 -------------- ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE JULHO DO ANO DE DOIS MIL E ONZE --------------------------------------------

Leia mais

ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010

ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010 ACTA N.º 07/2010 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 06/07/2010 Nos Termos do art.º 91.º da Lei nº.169/99, de 18/09, as actas são publicitadas na íntegra, mediante edital afixado durante 5 dos 10 dias subsequentes à

Leia mais

ATA NÚMERO VINTE E DOIS

ATA NÚMERO VINTE E DOIS ATA NÚMERO VINTE E DOIS Aos seis dias do mês de Novembro de dois mil e catorze, pelas dezanove horas nas instalações da Junta de Freguesia de Marinha Grande, sitas na Rua 25 de Abril, reuniu em sessão

Leia mais

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. -------------------------------

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 1 0 /2012 - ABRIL --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO:

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E Acta n.º 21 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E CATORZE. ------------------------- ------- Aos oito dias de mês de Outubro do ano de dois mil e catorze, na Sala de

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO

JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO 1 Acta nº 10/2008 JUNTA DE FREGUESIA DE SÃO JACINTO Acta da Reunião ordinária de 30 de Julho de 2008 -------No dia trinta de Julho de dois mil e oito, nesta freguesia de São Jacinto, edifício da Junta

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 16/2007 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 26 de Setembro de 2007 --------- Aos vinte e seis dias do mês de Setembro de dois mil e

Leia mais

ACTA DA VIGÉSIMA SÉTIMA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 20 DE DEZEMBRO DE 2010.

ACTA DA VIGÉSIMA SÉTIMA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 20 DE DEZEMBRO DE 2010. ACTA DA VIGÉSIMA SÉTIMA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 20 DE DEZEMBRO DE 2010. --------------------------------------- Aos Vinte dias do mês de Dezembro do ano

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ATA Nº 8/2013 - ABRIL --- DATA DA REUNIÃO: Nove de Abril de dois mil e treze. ---------------------------------- ---- LOCAL DA REUNIÃO:

Leia mais

Investimento Adjudicado 2007-2009

Investimento Adjudicado 2007-2009 Programa de Modernização das Escolas do Ensino Secundário Investimento Adjudicado 2007-2009 Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, Memorando de apoio à audição parlamentar de 24 Março de 2010 NOTA

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DA VILA DE SANTA CATARINA ACTA N.º 11/2008. Reunião Ordinária de 6 de Outubro de 2008

JUNTA DE FREGUESIA DA VILA DE SANTA CATARINA ACTA N.º 11/2008. Reunião Ordinária de 6 de Outubro de 2008 ----Aos seis dias de Outubro de dois mil e oito, na sede da Junta de Freguesia da Vila de Santa Catarina, compareceram: Hélder Fernando Freire Nunes, Hilário Barros Henriques e Lídia Maria Rebelo Forte,

Leia mais

------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------ -------- Aos cinco dias do mês de Maio do ano de dois mil e três, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.27/2014 --------------- MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS REALIZADA NO DIA VINTE E DOIS DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E CATORZE ----------------------

Leia mais

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE LOUSA ACTA N.º 01/2007

ASSEMBLEIA DE FREGUESIA DE LOUSA ACTA N.º 01/2007 1/8 ACTA N.º 01/2007 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e sete, pelas vinte horas e trinta minutos reuniu, em Sessão Ordinária, a Assembleia de Freguesia de Lousa, no salão anexo à Junta de

Leia mais

ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS

ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS Aos vinte e dois dias de Abril de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas e trinta minutos, reuniram-se em sessão ordinária, os membros da Assembleia de Freguesia de

Leia mais

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: -------------------------------------------------

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: ------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EMPRESA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO HABISOLVIS REALIZADA NO DIA DOIS DO MÊS DE JUNHO DE DOIS MIL E NOVE. ------ Aos dois dias do mês de Junho de dois mil e nove, no edifício dos

Leia mais

Regulamento relativo à manutenção e inspecção de ascensores, monta-cargas, escadas mecânicas e tapetes rolantes da Câmara Municipal da Trofa

Regulamento relativo à manutenção e inspecção de ascensores, monta-cargas, escadas mecânicas e tapetes rolantes da Câmara Municipal da Trofa Regulamento relativo à manutenção e inspecção de ascensores, monta-cargas, escadas mecânicas e tapetes rolantes da Câmara Municipal da Trofa Aprovado em reunião de Câmara de 12 de Setembro de 2003 e em

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA Preâmbulo O voluntariado é definido como um conjunto de acções e interesses sociais e comunitários, realizadas de forma desinteressada no âmbito

Leia mais

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços ACTA N.º 08/10 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 19 DE ABRIL DE 2010 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010

Acta n.º 13/2010 de 19/05/2010 ------------------------------------- ACTA N.º 13/2010 -------------------------------------- -------- Aos 19 dias do mês de Maio de 2010, pelas 10 horas, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ATA NÚMERO UM

Junta de Freguesia da Marinha Grande ATA NÚMERO UM ATA NÚMERO UM Aos oito dias do mês de janeiro de dois mil e quinze, pelas dezanove horas nas instalações da Junta de Freguesia de Marinha Grande, sitas na Rua 25 de abril, reuniu em sessão ordinária o

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/02/1999 (Contém 9 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO Acta Assembleia Geral ---- Aos vinte e um dias do mês de Novembro do ano dois mil e doze, reuniu no Auditório Municipal, a Assembleia Geral da Santa Casa das

Leia mais

- REGIMENTO - CAPITULO I (Disposições gerais) Artigo 1.º (Normas reguladoras)

- REGIMENTO - CAPITULO I (Disposições gerais) Artigo 1.º (Normas reguladoras) - REGIMENTO - Considerando que, a Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais de educação; Considerando

Leia mais

ACTA Nº23. Reunião ordinária do Executivo de 23 de Novembro de 2009. Hora de abertura: 09.30 horas

ACTA Nº23. Reunião ordinária do Executivo de 23 de Novembro de 2009. Hora de abertura: 09.30 horas ACTA Nº23 Reunião ordinária do Executivo de 23 de Novembro de 2009. Hora de abertura: 09.30 horas -------- A reunião iniciou-se com a presença do Senhor Presidente da Câmara, ARMINDO TELMO ANTUNES FERREIRA

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L

C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L C Â M A R A M U N I C I P A L D O S A B U G A L ACTA N. º 3/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA 06 DE FEVEREIRO DE 2009 PRESIDENTE: Manuel Rito Alves VEREADORES: José Santo Freire Manuel Fonseca Corte Luís Manuel

Leia mais

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.---------------------------------------------------------------

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ACTA Nº 2/2011 ----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ----- Aos 28 dias do mês de Janeiro

Leia mais

Conselho Municipal de Educação

Conselho Municipal de Educação 1 Regimento do (CME) do Município de Vila Nova de Paiva A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19, n.º2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 19-06-2015 PRESENTES ATA Nº. 12/2015 PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Silvério Ferreira Maria

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 17-04-2015 PRESENTES ATA Nº. 8/2015 PRESIDENTE VEREADORES Alexandre Vaz Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Catarina Almeida Silvério

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga A lei de bases do sistema educativo assume que o sistema educativo se organiza de forma a descentralizar, desconcentrar e diversificar as estruturas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 17/10/2001 (Contém 6 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. ---------

---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. --------- ---ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA NÚMERO VINTE E UM.-- ---VINTE E UM DE MAIO DE DOIS MIL E UM. --------- ---No dia vinte e um de Maio de dois mil e um, nesta Vila de Estarreja, Edifício dos Paços do Concelho,

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA PÚBLICA DO DIA 21-11-2011 Presidente - António Fernando Raposo Cordeiro Vereadores - Nina Márcia Pacheco Rodrigues Pinto - Helga Margarida Soares Costa - Rui António Dias Carvalho

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE UMA LICENÇA DE TÁXI PARA A FREGUESIA DE REGO DA MURTA, COM ESTACIONAMENTO FIXO EM VENDA DOS OLIVAIS

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE UMA LICENÇA DE TÁXI PARA A FREGUESIA DE REGO DA MURTA, COM ESTACIONAMENTO FIXO EM VENDA DOS OLIVAIS CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE UMA LICENÇA DE TÁXI PARA A FREGUESIA DE REGO DA MURTA, COM ESTACIONAMENTO FIXO EM VENDA DOS OLIVAIS PROGRAMA DE CONCURSO Artigo 1.º OBJECTO E VALIDADE DO CONCURSO 1.

Leia mais

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO PREÂMBULO A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro) consagrou a interacção com a comunidade educativa local como um pilar fundamental da política educativa. Por essa razão o nº

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSPECÇÃO DE ASCENSORES, MONTA-CARGAS, ESCADAS MECÂNICAS E TAPETES ROLANTES. Preâmbulo

REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSPECÇÃO DE ASCENSORES, MONTA-CARGAS, ESCADAS MECÂNICAS E TAPETES ROLANTES. Preâmbulo REGULAMENTO MUNICIPAL DE INSPECÇÃO DE ASCENSORES, MONTA-CARGAS, ESCADAS MECÂNICAS E TAPETES ROLANTES Preâmbulo O Decreto-Lei n. 295/98, de 22 de Setembro, que transpôs para o direito interno a Directiva

Leia mais

Regulamento de Atribuição de Subsídios e Apoios às Coletividades e Associações sem fins lucrativos da Freguesia de Vendas Novas

Regulamento de Atribuição de Subsídios e Apoios às Coletividades e Associações sem fins lucrativos da Freguesia de Vendas Novas Regulamento de Atribuição de Subsídios e Apoios às Coletividades e Associações sem fins lucrativos da Freguesia de Vendas Novas Preâmbulo De acordo com a atual legislação, nomeadamente, a alínea f), do

Leia mais

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011 Acta da REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA, nº 0001/CMP/10, de Aos quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, nesta Cidade de Pombal, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município, pelas dez horas,

Leia mais

Acta N.º 45/07 Página 1 de 6 Reunião da CMF realizada em 20/12

Acta N.º 45/07 Página 1 de 6 Reunião da CMF realizada em 20/12 -----------------------------ACTA NÚMERO 45/2007----------------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, REALIZADA EM VINTE DE DEZEMBRO DO ANO DOIS MIL E SETE.---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS

DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS DELIBERAÇÕES APROVADAS EM MINUTA E PARA EFEITOS IMEDIATOS (Nos termos do nº3 do artº 92º do Decreto-Lei nº 169/99, de 18/09) --------- Reunião de 29 de Maio de 2007 --------- --- PEDIDOS DE ISENÇÃO DE

Leia mais

Tribunal de Contas. ACÓRDÃO N.º 2/2003 1.ª S/PL de 28 de Janeiro de 2003. R.O. n.º 20/02 Processo n.º 1779/2002 SUMÁRIO:

Tribunal de Contas. ACÓRDÃO N.º 2/2003 1.ª S/PL de 28 de Janeiro de 2003. R.O. n.º 20/02 Processo n.º 1779/2002 SUMÁRIO: ACÓRDÃO N.º 2/2003 1.ª S/PL de 28 de Janeiro de 2003 R.O. n.º 20/02 Processo n.º 1779/2002 CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO / ENCARGO FINANCEIRO / ENDIVIDAMENTO MUNICIPAL / DÉFICE PÚBLICO / MUNICÍPIO /

Leia mais

ACTA Nº 50 Primeiro Segundo Terceiro Quarto Quinto Sexto

ACTA Nº 50 Primeiro Segundo Terceiro Quarto Quinto Sexto ACTA Nº 50 Aos vinte e oito dias de Novembro de 2009, na sala de Sessões dos Serviços Administrativos, reuniu pelas 9:30 horas, a Assembleia-Geral Ordinária dos Irmãos da Santa Casa da Misericórdia de

Leia mais

PARECER N.º 28/CITE/2005

PARECER N.º 28/CITE/2005 PARECER N.º 28/CITE/2005 Assunto: Parecer prévio nos termos do n.º 1 do artigo 45.º do Código do Trabalho e dos artigos 79.º e 80.º da Lei n.º 35/2004, de 29 de Julho Processo n.º 26 FH/2005 I OBJECTO

Leia mais

NOTA JUSTIFICATIVA. a) Revestimento de fachadas

NOTA JUSTIFICATIVA. a) Revestimento de fachadas Proposta de Regulamento do programa de incentivos à recuperação de fachadas, coberturas e vãos de imóveis degradados nos aglomerados urbano nos Concelho de Penamacor NOTA JUSTIFICATIVA Pretende-se com

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. --------------------------

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 18/2012 - JULHO --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ

CÂMARA MUNICIPAL COVILHÃ CÂMARA MUNICIPAL DA COVILHÃ TEXTO DEFINITIVO DA ACTA Nº 4/2010 Da reunião extraordinária realizada no dia 25 de Fevereiro de 2010, iniciada às 09:15 horas e concluída às 09:50 horas. Sumário: Abertura

Leia mais

Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões Fl. ATA N.º 25/12 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012 Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Leia mais

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis.

Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis. Acta da Reunião Ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Figueira Castelo Rodrigo, realizada no dia quatro de Setembro de dois mil e seis. ------ Aos quatro dias do mês de Setembro do ano de dois mil

Leia mais

PARECER N.º 7/CITE/2004

PARECER N.º 7/CITE/2004 PARECER N.º 7/CITE/2004 Assunto: Parecer prévio ao despedimento da trabalhadora..., nos termos do art.º 24 do anexo ao Decreto-Lei n.º 70/2000, de 4 de Maio e do art.º 10.º do Decreto-Lei n.º 230/2000,

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete A construção de um futuro impõe que se considere fundamental investir na capacitação e formação das pessoas,

Leia mais

***************************************************************** *** C A M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S ***

***************************************************************** *** C A M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S *** ***************************************************************** *** C A M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S *** ***************************************************************** A C T A N.08/98 PAG.

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CLUBE VARADERO CROSSTOURER PORTUGAL

REGULAMENTO INTERNO CLUBE VARADERO CROSSTOURER PORTUGAL REGULAMENTO INTERNO CLUBE VARADERO CROSSTOURER PORTUGAL pag 1 de 11 REGULAMENTO INTERNO A - Sócios Efectivos 1. A inscrição de um novo sócio deve ser precedida de uma proposta de admissão que será entregue

Leia mais

FL 128 ACTA DE / /20

FL 128 ACTA DE / /20 FL 128 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no dia onze de Dezembro de dois mil e três Acta º28 --------Aos onze dias do mês de

Leia mais

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013

ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013 ATA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 18 DE ABRIL DE 2013 Nº 8 /2013 PRESIDENTE: Nuno Manuel Sousa Pinto de Carvalho Gonçalves. VEREADORES PRESENTES: José Manuel Gonçalves Vice-Presidente, Mário

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO. Câmara Municipal MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ALENTEJO Câmara Municipal Acta nº7/200 /2008 REUNIÃO ORDINÁRIA DE 26 DE MARÇO DE 2008 * Presenças : - Presidente Aníbal Sousa Reis Coelho da Costa Vereadores : - Francisco José

Leia mais

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010 I Série Sumário SECRETARIAREGIONAL DO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS Portaria n.º 61/2010 Aprova o Regulamento de Aplicação

Leia mais

MUNICIPIO DE PENELA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICIPIO DE PENELA CÂMARA MUNICIPAL MUNICIPIO DE PENELA CÂMARA MUNICIPAL PLANO DE APOIO AO INVESTIMENTO 2006-2009 Artigo 1º. O Programa para o quadriénio (2006/2009) da Câmara Municipal de Penela, ao Apoio ao Investimento privado e cooperativo

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ACTA N.º 05/2007 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL REALIZADA NO DIA 26 DE FEVEREIRO DE 2007 (Contém 06 páginas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: PRESIDENTE:

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO y Câmara Municipal de Redondo CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO O DL 7/2003, de 15 de Janeiro, que prevê a constituição do Conselho Municipal de Educação, regulou as suas competências

Leia mais

R E G I M E N T O. Preâmbulo

R E G I M E N T O. Preâmbulo R E G I M E N T O Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 46/86, de 14 de outubro, com a redação que lhe foi dada pela Lei n.º 115/97, de 19 de setembro) e de acordo com as alterações introduzidas

Leia mais

Introdução. Artigo 1.º Objecto e âmbito de aplicação

Introdução. Artigo 1.º Objecto e âmbito de aplicação 1 REGULAMENTO DA VENDA DE LOTES PARA CONSTRUÇÃO DE HABITAÇÃO EM LOTEAMENTOS MUNICIPAIS A JOVENS NATURAIS OU RESIDENTES NO CONCELHO DAS CALDAS DA RAINHA Introdução Com o objectivo de fixar jovens nas freguesias

Leia mais

ACTA N.º 30 14 SETEMBRO DE 2010 DELIBERAÇÕES DA JUNTA DE FREGUESIA

ACTA N.º 30 14 SETEMBRO DE 2010 DELIBERAÇÕES DA JUNTA DE FREGUESIA ACTA N.º 30 14 SETEMBRO DE 2010 DELIBERAÇÕES DA JUNTA DE FREGUESIA Aos 14 dias do mês de Setembro de dois mil e dez na sede da Junta de Freguesia, sita na Rua João de Deus, em Azinheira dos Barros, reuniu

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501

ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501 ACTA DA REUNIÃO NÚMERO TRINTA E SEIS (36) ASSEMBLEIA FREGUESIA DE ANAIS (MUNICÍPIO DE PONTE DE LIMA) CÓDIGO POSTAL 4990-501 Aos vinte e sete dias do mês de Dezembro do ano de dois mil e nove, pelas nove

Leia mais

Juízos Cíveis de Coimbra

Juízos Cíveis de Coimbra Juízos Cíveis de Coimbra AA.:António Francisco Domingues, portador do Cartão do Cidadão nº004897786 válido até 13/10/2013, contribuinte fiscal nº 100097898 e mulher Florbela Francica Santos Domingues portadora

Leia mais

Regulamento do Conselho Local de Educação

Regulamento do Conselho Local de Educação Regulamento do Conselho Local de Educação Nos termos e para os efeitos previstos no artigo 2º., do Decreto-Lei nº. 115-A/98, de 04 de Maio, deliberação da Câmara Municipal de Águeda de 08 de Fevereiro

Leia mais

Junta de Freguesia de Valongo do Vouga -----010119-----

Junta de Freguesia de Valongo do Vouga -----010119----- REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇAS DE TAXAS E LICENÇAS E RESPECTIVA TABELA DA JUNTA DE FREGUESIA DE VALONGO DO VOUGA CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º Aprovação 1 - É aprovado o Regulamento de

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA 1 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 26/2006 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Sete de Dezembro de dois mil e seis. ------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19, nº2., alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação.

Leia mais

Regulamento Municipal de Atribuição de Lotes e Parcelas para instalação de Actividades Económicas

Regulamento Municipal de Atribuição de Lotes e Parcelas para instalação de Actividades Económicas Regulamento Municipal de Atribuição de Lotes e Parcelas para instalação de Actividades Económicas Nota Introdutória A existência de um Regulamento de cedência de lotes para a Zona Industrial de Moura,

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento A Lei de Bases do Sistema Educativo assume que o sistema educativo se deve organizar de forma a descentralizar, desconcentrar

Leia mais

PARECER N.º 40/CITE/2012

PARECER N.º 40/CITE/2012 PARECER N.º 40/CITE/2012 Assunto: Parecer prévio ao despedimento de trabalhadora puérpera, por extinção do posto de trabalho, nos termos do n.º 1 e da alínea c) do n.º 3 do artigo 63.º do Código do Trabalho,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. -----------------------

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. ----------------------- 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 25/2011 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Dezembro de dois mil e onze. ----------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

Regulamento de Venda de Lotes na Zona Industrial de Almodôvar. Regulamento

Regulamento de Venda de Lotes na Zona Industrial de Almodôvar. Regulamento Regulamento de Venda de Lotes na Zona Industrial de Almodôvar Regulamento junho de 2011 Regulamento de Venda de Lotes na Zona Industrial de Almodôvar Projeto aprovado por Deliberação da Câmara Municipal,

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO DOIS ACTA NÚMERO DOIS Aos vinte e um dias do mês Janeiro de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉCTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre F.., residente em.com o número de contribuinte, [ou 1 ] F..., com sede em,, com o capital social de. euros, matriculada na Conservatória

Leia mais

Ata vinte e três de dois mil e treze 1

Ata vinte e três de dois mil e treze 1 ------ Aos vinte e nove dias do mês de novembro do ano de dois mil e treze, reuniram-se pelas dezassete horas e trinta minutos os seguintes elementos do Executivo: Cristina Maria Leandro Pereira Casimiro,

Leia mais

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004 MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Acta n.º3/2004 Aos dez dias do mês de Maio do ano de 2004, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas, reuniu o Conselho Municipal de Educação do Concelho

Leia mais

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal

Município de Alfândega da Fé Câmara Municipal REGIMENTO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PG.01_PROC.07_IMP.08 DDS SECTOR DA ACÇÃO SOCIAL E EDUCAÇÃO 1 de 9 REGIMENTO PREÂMBULO Considerando que a Lei n.º 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo

Leia mais

Proposta de Alteração Normas Municipais de Apoio Social para Melhorias Habitacionais

Proposta de Alteração Normas Municipais de Apoio Social para Melhorias Habitacionais Proposta de Alteração Normas Municipais de Apoio Social para Melhorias Habitacionais Preâmbulo Uma habitação condigna representa um dos vectores fundamentais para a qualidade de vida do ser humano, sendo,

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Oeste

Comunidade Intermunicipal do Oeste -------------------------------------------------ATA Nº 8--------------------------------------------------- ----- Aos onze dias do mês de abril de dois mil e catorze, pelas 11H00, reuniu na sua sede em

Leia mais

e) as garagens e lotes em causa são as que a seguir se identificam e vão graficamente representados na planta que se junta como ANEXO I:

e) as garagens e lotes em causa são as que a seguir se identificam e vão graficamente representados na planta que se junta como ANEXO I: Considerando que: a) no âmbito do processo de construção do denominado Empreendimento Habitacional dos 48 Fogos da Lagoa, foi elaborado e aprovado o loteamento de 45 parcelas de terreno destinadas a acomodar

Leia mais

ACTA Nº 1. Deve ler-se:-------------------------------------------------------------------------------------------

ACTA Nº 1. Deve ler-se:------------------------------------------------------------------------------------------- ACTA Nº 1 Aos vinte e oito dias do mês de Novembro do ano de dois mil e três reuniu o júri do Concurso Público Nº 01 9.096/2003 (contratação de serviços de consultoria de natureza organizacional) para

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial

REGULAMENTO INTERNO. Capítulo I. Disposições Gerais. Artigo 1º. Artigo 2º. Natureza. Artigo 3º. Competência Territorial REGULAMENTO INTERNO Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º 1. A Lei de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo, n.º 147/99 de 1 de Setembro, regula a criação, competência e funcionamento das Comissões

Leia mais