Slides_Java_1 !"$ % & $ ' ' Output: Run java. Compile javac. Name of program. Must be the same as name of file. Java source code.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Slides_Java_1 !"$ % & $ ' ' Output: Run java. Compile javac. Name of program. Must be the same as name of file. Java source code."

Transcrição

1 Slides_Java_1!"#$!" $ % & $ Sistemas Informáticos I, 2005/2006 ( Java source code Compile javac Java bytecode Run java Output:!"#) %& Name of program. Must be the same as name of file.!"#$!"$ % & $ Where you type your statements (white box) 1

2 O método main Quando se executa um programa em Java, as instruções incluídas no método main começam a ser executadas automaticamente. O fluxo do programa decorre a partir daí Todas as aplicações têm que ter um método main Tem que ser declarado da seguinte forma: public static void main (String args[ ]). O método main é procurado na classe que tem o mesmo nome que o ficheiro que se compila e executa!!"#$!" $ % & $ Display a string Display Value of sum Each line terminates with a semi-colon. * refers to the screen of the computer and is an instruction to the screen to print something out. " #$!%!&" Code,$,$ $ + $, $ -$ - $ Output,, +, -- Write a Java program which will print the following: ,4 What will be printed on the screen if you run the following Java statements?.!) $ / #/ $ 0$ 2

3 () Variáveis Para referir uma variável usa-se o seu identificador. É usado o valor corrente da variável. Exemplo:! "#$%& ( ()*+ ),,) -!& "#.%& ( ()*+ ),,) -!& / / () Instrução de atribuição Uma instrução de atribuição coloca numa variável o resultado de uma expressão: nome_da_variável = expressão; Uma instrução deste tipo leva o computador a calcular o valor da expressão e a armazená-lo na variável indicada. A variável é substituída pelo novo valor. alunos = 210; alunos 240 alunos 210 * + * + Tipos de dados básicos Um tipo de dados é definido por uma gama de valores e pelas operações que se podem efectuar sobre esses valores. Cada dado tem um tipo. A linguagem Java tem oito tipos de dados pré-definidos, geralmente chamados tipos de dados básicos Primitive type long 64-bit Long float 32-bit IEEE754 IEEE754 Float double 64-bit IEEE754 IEEE754 Double void Void boolean char byte short int Size 1-bit 16-bit 8-bit 16-bit 32-bit Minimum Unicode Maximum Unicode Wrapper type Boolean Character Byte Short Integer 3

4 * + * + Inteiros Valores sem parte fraccionária Quatro tipos: Tipo Memória Menor valor Maior valor byte 8 bits short 16 bits int 32 bits long 64 bits !01%12 +!01%$12 +! *9 :3# ".2 "3# "2$ ; <+! Reais (números em vírgula flutuante) Valores com parte fraccionária (pode ser zero) Dois tipos: Tipo Memória Menor valor Maior valor float 32 bits -3.4 x x double 64 bits -1.7 x x Um float tem apenas 7 dígitos significativos (por exemplo não pode representar ) Um double tem 15 dígitos significativos * + * + Caracteres O Java utiliza um conjunto de caracteres chamado Unicode que é uma extensão do código ASCII. Inclui todos os caracteres existentes num teclado normal, bem como caracteres de controlo (ex. tab, line feed, return) Boolean Uma variável do tipo boolean só pode ter um de dois valores: true ou false Tipo Memória Valor boolean 1 bit true ou false Tipo Memória Valor char 16 bits Qualquer pertencente ao Unicode 4

5 #$, Constantes Uma constante armazena um valor que não pode ser alterado. Exemplo: final int MAX_STUDENTS = 300; Declara-se a constante MAX_STUDENTS com o valor 300 A palavra reservada final indica que se trata de uma constante Usar constantes em vez dos respectivos valores para tornar os programas mais legíveis e de fácil manutenção. Expressões - Aritméticas: Operadores: ( ) * / % + - Exemplo: 5 * (2 + 3) + 7 = 32 O operador divisão / dá resultados inteiros se utilizado com operandos inteiros (exemplo: 7 / 4 dá 1) e resultados reais se pelo menos um dos operandos é real (exemplo: 6.5 / 2 dá 3.25) O operador % dá o resto de uma divisão Exemplo: 13 % 4 dá % 2.0 dá public class Divisoes public static void main (String[] args) System.out.println("3 / 4 = "+ (3 / 4)); System.out.println("3 % 4 = "+ (3 % 4)); System.out.println("3.0 / 4 = "+ (3.0 / 4)); System.out.println("3.0 % 4 = "+ (3.0 % 4)); #$, Expressões Aritméticas: Exemplo - Dado um número de segundos convertê-lo em minutos e segundos: int totalsegundos = 325; int minutos, segundos; minutos = totalsegundos / 60; segundos = totalsegundos % 60; 5

6 #$,! Expressões Lógicas: Operadores relacionais: > < ==!= <= >= Recebem operandos de outros tipos e produzem um resultado lógico. Exemplo: (10 > 5) dá true Operadores lógicos: && (conjunção), (disjunção),! (negação) Recebem operandos lógicos e produzem resultados lógicos. Exemplo: (10 > 5 && 3!= 3) dá false * ,6, Keyboard.readInt () Keyboard.readLine () Keyboard.readFloat() Keyboard.readDouble() Keyboard.readLong() #$/! $ 7 4, 4 1$ #8 9$!!:$ #8 9$ / ;!!/:;$ Reads in a line of text from the keyboard. When you push enter, it will store the string in a variable called The + sign concatenates the two strings. 6

7 #!0 This package has several classes that can be used in your programs. To use the package: << = +=6>?*4 Include the package in your code: And then use it... Example: 8 9$ To read a decimal number, we need to use 8, for example: /<= > 1$ #8<$ A#! 2 $ Note : The * operator performs multiplication. #$!%!&"3 Escreva um programa que peça ao utilizador o seu apelido e o leia do teclado; depois deve pedir e ler o nome próprio. Na segunda fase deve imprimir no écrân o nome próprio, seguido de um espaço e depois do apelido. 4 import essential.*; public class xyz public static void main (String[] args) String apelido, nome; System.out.print("Introduza o seu apelido: "); apelido = Keyboard.readLine(); System.out.print("Introduza o seu nome: "); nome = Keyboard.readLine(); System.out.println("Bom Dia: "+nome + " " + apelido); 7

8 #$!%!&"5 4 Escreva um programa que calcule o volume de um paralelipípedo. Para tal deve primeiro pedir as dimensões ao utilizador (altura; largura; profundidade). Depois deve imprimir o valor do volume no écrân. import essential.*; public class P4 public static void main (String[] args) int A, B, C, volume; System.out.println("Qual o valor da altura: "); A = Keyboard.readInt( ); System.out.println("valor da altura: "+A); System.out.println("Qual o valor da largura: "); B = Keyboard.readInt( ); System.out.println("Qual o valor da profundidade: "); C = Keyboard.readInt( ); volume = A*B*C; System.out.println("Volume = "+ volume ); 6#$ /!)!!$ 7 B%, /C 1$ #8D $ /C E1$ E #8D $ #!E 2 $ 7 #! $ A comment is a remark in a program to clarify something to a human reader. Comments are ignored by the compiler. Two ways of indicating comments: Double slash: everything to the end of the line is ignored. $FF, - /* and */: everything between /* and */ is ignored. F2, 2F 8

9 #$!%!&"8 Escreva um programa que pergunte ao utilizador o raio de uma circunferência. O programa deve depois calcular e imprimir a área e o perímetro dessa circunferência. 4 import essential.*; public class C1 public static void main(string args[]) int r; // declaracao da variavel que vai armazenar o raio double pi=3.14; double p,a; System.out.print("Raio = "); r = Keyboard.readInt(); /* agora vou calcular o perimetro e a area da circunferencia */ p=2*pi*r; a=pi*r*r; System.out.println("Perímetro= "+p); System.out.println("Area= "+a); 9! )! import essential.*; public class TestGraph public static void main (String[] args) Graph g = new Graph(); // create a Graph object called g g.addpoint(-2,-4); g.addpoint(0,0); g.addpoint(1,2); 9

10 # : When you create a %, object using the + keyword, a window is created. Default axes range: -5 to 5. To change the ranges use: GE HIHHJ$ #$!%!&"; Escreva um programa que use a classe %, da package 4 e que represente os seguintes pontos: (0, 0 ) (0.5, 3 ) (1, 4 ) (2, 4.5) (5, 4.8) #$!%!&"< Escreva um programa que use a classe %, da package 4 e que represente a seguinte recta: y = 2x-3; import essential.*; 4 public class A6 public static void main (String[] args) Graph g = new Graph(); // create a Graph object g.setaxes(-15,15,-15,15); g.addpoint(-5,-13); g.addpoint(4,7); 10

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática

Universidade da Beira Interior Cursos: Matemática /Informática e Ensino da Informática Folha 1-1 Introdução à Linguagem de Programação JAVA 1 Usando o editor do ambiente de desenvolvimento JBUILDER pretende-se construir e executar o programa abaixo. class Primeiro { public static void main(string[]

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento NetBeans Introdução à Linguagem de Programação JAVA

ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento NetBeans Introdução à Linguagem de Programação JAVA P. Fazendeiro & P. Prata POO FP1/1 ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento NetBeans Introdução à Linguagem de Programação JAVA 0 Iniciar o ambiente de desenvolvimento integrado

Leia mais

ÇÃO COM OBJECTOS PROGRAMAÇÃ. Programação com Objectos. Programação com Objectos TUDO É UM OBJECTO TUDO É UM OBJECTO ÍNDICE.

ÇÃO COM OBJECTOS PROGRAMAÇÃ. Programação com Objectos. Programação com Objectos TUDO É UM OBJECTO TUDO É UM OBJECTO ÍNDICE. PROGRAMAÇÃ ÇÃO COM OBJECTOS TUDO É UM OBJECTO Programação com Objectos ÍNDICE Introdução aos objectos Polimorfismo TUDO É UM OBJECTO Interface e classes internas Instruções de controlo Guardar os objectos

Leia mais

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar Introdução à Java Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Código Exemplo da Aula Criar a classe Aula.java com o seguinte código: public class Aula { public static void

Leia mais

2 Orientação a objetos na prática

2 Orientação a objetos na prática 2 Orientação a objetos na prática Aula 04 Sumário Capítulo 1 Introdução e conceitos básicos 1.4 Orientação a Objetos 1.4.1 Classe 1.4.2 Objetos 1.4.3 Métodos e atributos 1.4.4 Encapsulamento 1.4.5 Métodos

Leia mais

Organização de programas em Java. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Organização de programas em Java. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Organização de programas em Java Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Vamos programar em Java! Mas... } Como um programa é organizado? } Quais são os tipos de dados disponíveis? } Como variáveis podem

Leia mais

ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento Eclipse Introdução à Linguagem de Programação JAVA

ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento Eclipse Introdução à Linguagem de Programação JAVA P. Fazendeiro & P. Prata POO FP1/1 ESQUEMA AULA PRÁTICA 1 Familiarização com o Ambiente de Desenvolvimento Eclipse Introdução à Linguagem de Programação JAVA 0 Inicie o ambiente de desenvolvimento integrado

Leia mais

Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência

Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência 1. Introdução Universidade Federal do ABC Disciplina: Processamento da Informação (BC-0505) Assunto: Dados, variáveis, operadores e precedência Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência Nesta

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 1

Sintaxe Básica de Java Parte 1 Sintaxe Básica de Java Parte 1 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marcioubeno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Estrutura de Programa Um programa

Leia mais

Algoritmia e Programação APROG. Linguagem JAVA. Básico. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2012/13) 1/31

Algoritmia e Programação APROG. Linguagem JAVA. Básico. Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2012/13) 1/31 APROG Algoritmia e Programação Linguagem JAVA Básico Nelson Freire (ISEP DEI-APROG 2012/13) 1/31 Linguagem Java Estrutura de um Programa Geral Básica Estruturas de Dados Variáveis Constantes Tipos de Dados

Leia mais

Noções sobre Objetos e Classes

Noções sobre Objetos e Classes Noções sobre Objetos e Classes Prof. Marcelo Cohen 1. Elementos de programação Revisão de programação variáveis, tipos de dados expressões e operadores cadeias de caracteres escopo de variáveis Revisão

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis Variáveis Variáveis são locais onde armazenamos valores na memória. Toda variável é caracterizada por um nome, que a identifica em um programa,

Leia mais

Arquitectura de Computadores II. Máquinas Virtuais

Arquitectura de Computadores II. Máquinas Virtuais Arquitectura de Computadores II 3º Ano Máquinas Virtuais João Luís Ferreira Sobral Departamento do Informática Universidade do Minho Março 2003 Máquinas Virtuais Questões que levaram à introdução de máquinas

Leia mais

Introdução à linguagem

Introdução à linguagem A Tecnologia Java 1 Introdução à linguagem Origens do JAVA Projecto Green, programação para a electrónica de Consumo (Dezembro 1990): Pouca memória disponível Processadores fracos Arquitecturas muito diferentes

Leia mais

Identificação das variáveis de entrada; resultados/variáveis de saída e método ou solução. (procedimentos e funções)

Identificação das variáveis de entrada; resultados/variáveis de saída e método ou solução. (procedimentos e funções) Aulas anteriores... Formulação adequada do problema Identificação das variáveis de entrada; resultados/variáveis de saída e método ou solução Definição do algoritmo Método de decomposição hierárquica utilizando

Leia mais

O que significa programar e a razão da sua importância. os sistemas informáticos dependem da interacção de inúmeros programas

O que significa programar e a razão da sua importância. os sistemas informáticos dependem da interacção de inúmeros programas Capítulo 1 Introdução Enquadramento da disciplina O que significa programar e a razão da sua importância basilar em qualquer curso de computação os sistemas informáticos dependem da interacção de inúmeros

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 07 Nomes, Vinculações, Escopos e Tipos de Dados Edirlei Soares de Lima Introdução Linguagens de programação imperativas são abstrações

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 2 Introdução aos aplicativos Java Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 2.1 Introdução Programação de aplicativo Java. Utilize as ferramentas do JDK para compilar

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Aula Teórica 1b: variáveis e tipo de dados em C Departamento de Informática, UBI Variáveis: conceito e pratica Variáveis e linguagens de programação A memoria A majoria dos linguagens de programação são

Leia mais

Programação Básica em Arduino Aula 2

Programação Básica em Arduino Aula 2 Programação Básica em Arduino Aula 2 Execução: Laboratório de Automação e Robótica Móvel Variáveis são lugares (posições) na memória principal que servem para armazenar dados. As variáveis são acessadas

Leia mais

Capítulo 2. Fundamentos de Java

Capítulo 2. Fundamentos de Java Capítulo 2. Fundamentos de Java 1/52 Índice 2.1 - Variáveis Tipos Escopo Inicialização Casting Literais 2.2 - Operadores Aritméticos Relacionais Bit a Bit De atribuição 2.3 - Expressões, statements e blocos

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Algoritmos e Programação Parte 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br

Java - Introdução. Professor: Vilson Heck Junior. vilson.junior@ifsc.edu.br Java - Introdução Professor: Vilson Heck Junior vilson.junior@ifsc.edu.br Agenda O que é Java? Sun / Oracle. IDE - NetBeans. Linguagem Java; Maquina Virtual; Atividade Prática. Identificando Elementos

Leia mais

Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java)

Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java) Universidade Federal do ABC (UFABC) Disciplina: Processamento da Informação (BC-0505) Assunto: Java e Netbeans Introdução ao IDE Netbeans (Programação Java) Conteúdo 1. Introdução... 1 1.1. Programas necessários...

Leia mais

JSP - ORIENTADO A OBJETOS

JSP - ORIENTADO A OBJETOS JSP Orientação a Objetos... 2 CLASSE:... 2 MÉTODOS:... 2 Método de Retorno... 2 Método de Execução... 2 Tipos de Dados... 3 Boolean... 3 Float... 3 Integer... 4 String... 4 Array... 4 Primeira:... 4 Segunda:...

Leia mais

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C Resumo da Introdução de Prática de Programação com C A Linguagem C O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Construções Básicas Programa em C #include int main ( ) { Palavras Reservadas } float celsius ; float farenheit ; celsius = 30; farenheit = 9.0/5

Leia mais

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Departamento de Informática PUC-Rio Andrew Diniz da Costa andrew@les.inf.puc-rio.br Programa Capítulo 2 Visão Geral da Tecnologia Java Aplicação Hello

Leia mais

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C Capítulo 2: Introdução à Linguagem C INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Programa Programa é um algoritmo escrito em uma linguagem de programação. No nosso

Leia mais

1. Instruções detalhadas para o primeiro programa

1. Instruções detalhadas para o primeiro programa DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA INFORMÁTICA INFORMÁTICA PARA A SAÚDE COMPUTADORES E PROGRAMAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 1º Semestre FOLHA 1 - INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA 1. Instruções detalhadas

Leia mais

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1

Curso Java Starter. www.t2ti.com 1 1 Apresentação O Curso Java Starter foi projetado com o objetivo de ajudar àquelas pessoas que têm uma base de lógica de programação e desejam entrar no mercado de trabalho sabendo Java, A estrutura do

Leia mais

Programas simples em C

Programas simples em C Programas simples em C Problema 1. Escreve um programa em C que dados dois inteiros indique se são iguais ou qual o maior. Utilizar a construção em 5 etapas... quais? 1. Perceber o problema 2. Ideia da

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação A Linguagem C Prof. Renato Pimentel 1 Programação Quando queremos criar ou desenvolver um software para realizar determinado tipo de processamento

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

BC0501 Linguagens de Programação

BC0501 Linguagens de Programação BC0501 Linguagens de Programação Aula Prática: 03 Assunto: Comandos de Seleção 1. Introdução Um comando de seleção define uma condição em um programa, que permite que grupos de comandos sejam executados

Leia mais

Conceitos Básicos de C

Conceitos Básicos de C Conceitos Básicos de C Bibliografia Problem Solving & Program design in C, Jeri R. Hanly e Elliot B. Kpffman, 3 a edição Data Structures and Algorithm Analysis in C, Mark Allen Weiss, 2 a edição, Addison-Wesley,

Leia mais

Expressões. Prof. Alberto Costa Neto alberto@ufs.br. Linguagens de Programação. Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe

Expressões. Prof. Alberto Costa Neto alberto@ufs.br. Linguagens de Programação. Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe Linguagens de Programação Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe Expressão é uma frase de um programa que ao ser avaliada retorna um valor Tipos Literais Agregados Chamadas de Função

Leia mais

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código }

Comandos de repetição For (inicialização; condição de execução; incremento/decremento) { //Código } Este documento tem o objetivo de demonstrar os comandos e sintaxes básicas da linguagem Java. 1. Alguns passos para criar programas em Java As primeiras coisas que devem ser abordadas para começar a desenvolver

Leia mais

Introdução a classes e objetos. 2005 by Pearson Education do Brasil

Introdução a classes e objetos. 2005 by Pearson Education do Brasil 1 3 Introdução a classes e objetos 2 3.1 Introdução Classes Números de ponto flutuante 3.2 Classes, objetos, métodos e variáveis de instância 3 Classes fornecem um ou mais métodos. Métodos representam

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Capítulo 6. Java IO - Ficheiros

Capítulo 6. Java IO - Ficheiros Capítulo 6. Java IO - Ficheiros 1/26 Índice Indice 6.1 - Entrada e saída de dados 6.2 - Ficheiros de texto 6.3 - Ficheiros com formato proprietário 6.4 - A classe File 2/26 Índice 6.1 Entrada e saída de

Leia mais

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com HelloWorld.java: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out.println( Hello, World ); } } Identificadores são usados

Leia mais

Java Laboratório Aula 1. Divisões da Plataforma. Introdução a Plataforma Java. Visão geral da arquitetura da

Java Laboratório Aula 1. Divisões da Plataforma. Introdução a Plataforma Java. Visão geral da arquitetura da Java Laboratório Aula 1 Programação orientada a objetos Profa. Renata e Cristiane Introdução a Plataforma Java O que é Java? Tecnologia Linguagem de Programação Ambiente de Execução (JVM) Tudo isso é a

Leia mais

Tipos de Dados Simples

Tipos de Dados Simples Programação 11543: Engenharia Informática 6638: Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 3 Tipos de Dados Simples Tipos de Dados Simples Objectivos: Hierarquia de tipos de dados Tipos de dados simples

Leia mais

2. Constantes e Variáveis

2. Constantes e Variáveis 2. Constantes e Variáveis Neste capitulo veremos como os dados constantes e variáveis são manipulados pela linguagem C. O que são constantes inteiras, reais, caracteres e strings. Quais são as regras de

Leia mais

Programação Orientada a Objetos! Java - Fundamentos. Prof. Sérgio Almagro! e-mail: sergio.ricardo.almagro@gmail.com

Programação Orientada a Objetos! Java - Fundamentos. Prof. Sérgio Almagro! e-mail: sergio.ricardo.almagro@gmail.com Programação Orientada a Objetos! Java - Fundamentos Prof. Sérgio Almagro! e-mail: sergio.ricardo.almagro@gmail.com Estrutura de Programação Bibliografia HORSTMANN, Cay S., CORNELL, Gray. Core Java 2 Volume

Leia mais

Aula 04 Operadores e Entrada de Dados. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.

Aula 04 Operadores e Entrada de Dados. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com. Aula 04 Operadores e Entrada de Dados Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Operadores: Aritméticos; Atribuição; Concatenação;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 02 APRESENTAÇÃO: Apresentação; conceitos básicos da linguagem java; estrutura

Leia mais

Visual Basic e Java. À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos.

Visual Basic e Java. À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos. Visual Basic e Java À primeira vista o Java é completamente diferente do Visual Basic. Realmente as duas linguagens pertencem a mundos distintos. No entanto, elas compartilham uma série de funcionalidades.

Leia mais

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores INF1005 Programação I Prof. Hélio Lopes lopes@inf.puc-rio.br sala 408 RDC 1 introdução a C tópicos ciclo de desenvolvimento sistemas numéricos tipos de

Leia mais

Lab de Programação de sistemas I

Lab de Programação de sistemas I Lab de Programação de sistemas I Apresentação Prof Daves Martins Msc Computação de Alto Desempenho Email: daves.martins@ifsudestemg.edu.br Agenda Orientação a Objetos Conceitos e Práticas Programação OO

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação LP: Laboratório de Programação Apontamento 12 Prof. ISVega Abril de 2004 Interação com o Usuário CONTEÚDO 12.1Módulo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO Tópicos Estrutura Básica B de Programas C e C++ Tipos de Dados Variáveis Strings Entrada e Saída de Dados no C e C++ INTRODUÇÃO O C++ aceita

Leia mais

Linguagem C Tipos de Dados. void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador

Linguagem C Tipos de Dados. void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador Linguagem C Tipos de Dados void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador Funções void void pode ser usado em lugar de um tipo, para indicar a ausência de valor

Leia mais

Faculdade de Ciências Universidade Agostinho Neto Departamento de Matemática e Engenharia Geográfica Ciências da Computação

Faculdade de Ciências Universidade Agostinho Neto Departamento de Matemática e Engenharia Geográfica Ciências da Computação FaculdadedeCiências UniversidadeAgostinhoNeto DepartamentodeMatemáticaeEngenhariaGeográfica CiênciasdaComputação ProgramaçãoII SegundaParte Adaptado de um original dos docentes de ISCTE Objectivos Os alunos

Leia mais

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Organização de programas em Python Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Vamos programar em Python! Mas... } Como um programa é organizado? } Quais são os tipos de dados disponíveis? } Como variáveis podem

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA Curso de Especialização em Tecnologia Java UTFPR Capítulo 1 Parte 1 Introdução à tecnologia Java Ambiente de desenvolvimento Java Introdução à Tecnologia Java O que é Java?

Leia mais

Módulo 06 Desenho de Classes

Módulo 06 Desenho de Classes Módulo 06 Desenho de Classes Última Atualização: 13/06/2010 1 Objetivos Definir os conceitos de herança, polimorfismo, sobrecarga (overloading), sobreescrita(overriding) e invocação virtual de métodos.

Leia mais

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C Linguagem de uso geral (qualquer tipo de aplicação) Uma das linguagens mais utilizadas Foi utilizada

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição de constantes:

Leia mais

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO

INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO COLÉGIO ESTADUAL ULYSSES GUIMARÃES CURSO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE EM INFORMÁTICA ERINALDO SANCHES NASCIMENTO INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO FOZ DO IGUAÇU 2013 i LISTA DE FIGURAS FIGURA 1 FLUXOGRAMA DO APLICATIVO

Leia mais

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo

Programando em C# Orientado a Objetos. By: Maromo Programando em C# Orientado a Objetos By: Maromo Agenda Módulo 1 Plataforma.Net. Linguagem de Programação C#. Tipos primitivos, comandos de controle. Exercícios de Fixação. Introdução O modelo de programação

Leia mais

Tipo de Dados em Linguagem C

Tipo de Dados em Linguagem C Tipo de Dados em Linguagem C Principais tipos de dados em C int : tipo de dados inteiros (exemplo: 1, -3, 100, -9, 18, etc.) float : tipo de dados reais (exemplo: 1.33, 3.14, 2.00, -9.0, 1.8, etc.) Ocupa

Leia mais

Linguagem de Programação em C

Linguagem de Programação em C Linguagem de Programação em C Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@recife.ifpe.edu.br http://alsm.cc O que fazer com essa apresentação 2 Introdução Por que programar? Quando o homem necessita do auxilio

Leia mais

AULA 02. 1. Uma linguagem de programação orientada a objetos

AULA 02. 1. Uma linguagem de programação orientada a objetos AULA 02 TECNOLOGIA JAVA O nome "Java" é usado para referir-se a 1. Uma linguagem de programação orientada a objetos 2. Uma coleção de APIs (classes, componentes, frameworks) para o desenvolvimento de aplicações

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica

Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica Desenvolvimento OO com Java 3 Estruturas de Controle e Programação Básica Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade

Leia mais

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas

UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação. Estrutura de Dados. AULA 6 Filas UNIP - Ciência da Computação e Sistemas de Informação Estrutura de Dados AULA 6 Filas Estrutura de Dados A Estrutura de Dados Fila Fila é uma estrutura de dados usada em programação, que tem regras para

Leia mais

Programação online em Java

Programação online em Java Universidade Federal do ABC Disciplina: Processamento da Informação Assunto: Programação online em Java Programação online em Java Conteúdo Conteúdo...1 Introdução... 1 1.1.Programas necessários... 1 1.2.Visão

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 3: Métodos LEEC@IST Java 1/45 Métodos (1) Sintaxe Qualif Tipo Ident ( [ TipoP IdentP [, TipoP IdentP]* ] ) { [ Variável_local Instrução ]* Qualif: qualificador (visibilidade,

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2. Introdução à Programação de Computadores. Aula - Tópico 1

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2. Introdução à Programação de Computadores. Aula - Tópico 1 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2 Introdução à Programação de Computadores Aula - Tópico 1 1 Por que usar um computador? Como conversar com um computador? 0101001001010100101011 0010100110101011111010

Leia mais

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON Computadores e Programação Engª Biomédica Departamento de Física Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2003/2004 FICHA 1 AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON 1.1. Objectivos

Leia mais

ESTRUTURA BÁSICA DE UM PROGRAMA JAVA

ESTRUTURA BÁSICA DE UM PROGRAMA JAVA ESTRUTURA BÁSICA DE UM PROGRAMA JAVA Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. // Primeiro programa em Java public class PrimeiroPrograma { public static void main(string [] args) { System.out.println("Programação

Leia mais

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Básico de Computadores Computador: dispositivos físicos + programas Dispositivos físicos: hardware Programas: as instruções que dizem aos dispositivos

Leia mais

e à Linguagem de Programação Python

e à Linguagem de Programação Python Introdução a Algoritmos, Computação Algébrica e à Linguagem de Programação Python Curso de Números Inteiros e Criptografia Prof. Luis Menasché Schechter Departamento de Ciência da Computação UFRJ Agosto

Leia mais

Trabalho Prático Nº1 Introdução ao C#.NET

Trabalho Prático Nº1 Introdução ao C#.NET Trabalho Prático Nº1 Introdução ao C#.NET 1. OBJECTIVOS - Entender o contexto da plataforma.net - Desenvolver programas simples em C#.NET - Saber efectuar entradas de dados em modo Consola e Windows Forms

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia

Universidade Federal de Uberlândia Universidade Federal de Uberlândia Programação Orientada a Objetos I Introdução a Java Sintaxe básica OO Prof. Fabiano Azevedo Dorça Em Java, cada classe dá origem a um arquivo.java contendo o código fonte.

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

Introdução a conceitos e a prática de programação

Introdução a conceitos e a prática de programação Instituto de Informática - UFG Disciplina: Introdução à Computação Introdução a conceitos e a prática de programação Autores: Marcelo Akira e Anderson Soares Fevereiro de 2011 Alguns direitos autorais

Leia mais

A declaração de uma variável vel define o seu tipo. O tipo do dado define como ele será: Armazenado na memória. Manipulado pela ULA.

A declaração de uma variável vel define o seu tipo. O tipo do dado define como ele será: Armazenado na memória. Manipulado pela ULA. Representação de Dados Tipos de dados: Caracteres (letras, números n e símbolos). s Lógicos. Inteiros. Ponto flutuante: Notações decimais: BCD. A declaração de uma variável vel define o seu tipo. O tipo

Leia mais

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br

Linguagens de. Aula 02. Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação III Aula 02 Profa Cristiane Koehler cristiane.koehler@canoas.ifrs.edu.br Linguagens de Programação Técnica de comunicação padronizada para enviar instruções a um computador. Assim

Leia mais

Variáveis e Comandos de Atribuição

Variáveis e Comandos de Atribuição BCC 201 - Introdução à Programação Variáveis e Comandos de Atribuição Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/47 Estrutura Básica de um programa C I < d i r e t i v a s do pré p r o c e s s a d o r > < d e c l

Leia mais

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans.

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. 1 - Criando uma classe em Java Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. Antes de criarmos a(s) classe(s) é necessário criar o projeto

Leia mais

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Cursos: Análise, Ciência da Computação e Sistemas de Informação Programação I - Prof. Aníbal Notas de aula 2 DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Todo o processamento que um programa Java faz está definido dentro dos

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação LP: Laboratório de Programação Apontamento 7 Prof. ISVega Março de 2004 Controle de Execução: Seleção Simples CONTEÚDO

Leia mais

Introdução à Linguagem C

Introdução à Linguagem C Prof. Yandre Maldonado - 1 Prof. Yandre Maldonado e Gomes da Costa Prof. Yandre Maldonado - 2 Linguagem C: Desenvolvida por Dennis Ritchie nos laboratórios da AT&T Bell (EUA) no início dos anos 70; Algol

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

Técnicas de Programação II

Técnicas de Programação II Técnicas de Programação II Aula 01 Introdução à Linguagem Java Edirlei Soares de Lima Paradigmas de Programação Um paradigma de programação consiste na filosofia adotada na

Leia mais

Conversão de Tipos e Arrays

Conversão de Tipos e Arrays Conversão de Tipos e Arrays Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Conversão de Tipos Permite converter

Leia mais

Paradigmas de Programação

Paradigmas de Programação Paradigmas de Programação Tipos de Dados Aula 5 Prof.: Edilberto M. Silva http://www.edilms.eti.br Prof. Edilberto Silva / edilms.eti.br Tipos de Dados Sistema de tipos Tipos de Dados e Domínios Métodos

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PROFESSOR: REINALDO GOMES ASSUNTO: PRIMEIRO PROGRAMA EM JAVA (COMPILAÇÃO

Leia mais

Keeper of Knowledge. Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java

Keeper of Knowledge. Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java Capítulo 1 Conceitos Básicos do Java INTRODUÇÃO O objectivo deste tutorial é ensinar as regras básicas de programação em Java e facilitar a aprendizagem dos capítulos que se seguem. Qualquer dúvida sobre

Leia mais