2013 AINDA MAIS LONGE DE UMA BOLHA IMOBILIÁRIA.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2013 AINDA MAIS LONGE DE UMA BOLHA IMOBILIÁRIA."

Transcrição

1 Brasília, 31 de Janeiro de 2013 NOTA À IMPRENSA 2013 AINDA MAIS LONGE DE UMA BOLHA IMOBILIÁRIA. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de descolamento entre o que se paga para comprar um imóvel (o preço do imóvel) e o retorno gerado por ele (o que se ganha com o aluguel), o índice abrange oito regiões: Águas Claras, Asa Norte, Asa Sul, Sudoeste, Ceilândia, Guará, Taguatinga Norte e Samambaia. A amostra se perfaz em 720 imóveis, 360 de preços de aluguéis e 360 de preços de venda, sendo considerados apartamentos de dois e três quartos com uma suíte e uma vaga na garagem. Quadro 01 Índice de Preços Imobiliários Distrito Federal Janeiro/2013 Nota: Abaixo de 20, significa retornos anuais acima de 5%: luz verde Entre 20 e 40, significa retornos anuais entre 5% e 2,5%: luz amarela Acima de 40, significa retornos anuais abaixo de 2,5%: luz vermelha Para melhor entendimento se o resultado do índice for igual a 20, por exemplo, pode-se facilmente entendido que os retornos anuais de alugueis serão acima de 5%, se estiver entre 20 e 40 significa que os retornos ficarão entre 5% e 2,5% e para os índices acima de 40, significa retornos anuais dos alugueis abaixo de 2,5%. Observamos que em Janeiro de 2013, o Índice de Preços Imobiliários de todas as regiões pesquisadas, apresentaram uma média de 23,35 para imóveis de 2 quartos e média 1

2 de 24,03 para os de 3 quartos, o que significa um retorno médio projetado (apenas para o recebimento de aluguéis) para um período de doze meses de cerca de 4,35% e 4,28% ao ano respectivamente. Taxa modesta quando comparada aos demais investimentos oferecidos pelo mercado com o nível de risco semelhante ou inferior (Gráfico 01), onde a rentabilidade esperada para a poupança que hoje está em 5,075% a.a segundo a Medida Provisória nº 567, de 03 de maio de 2012, que define os rendimentos da poupança será de 70% da meta da taxa Selic definida pelo Banco Central quando a mesma for abaixo de 8,5%a.a, para os rendimentos de ativos indexados ao IPCA temos rentabilidade acumulada de 6,15% para os últimos 12 meses, para a SELIC a rentabilidade 7,25% e a para o DI Cetip 6,95%. A gráfico abaixo leva em consideração apenas a remunerações esperadas dos alugueis para um período de 12 meses, das 08 (oito) regiões pesquisadas pelo índice, se faz uma comparação com outras opções de investimentos como a ¹Poupança, o ²IPCA, ³Taxa Selic, e do ⁴DI Cetip Gráfico 01: : Comparativos de rentabilidades entre ativos. Fonte: Elaboração própria, elaboração dos cálculos na base de dados do projeto. O Gráfico 02, nos mostra a dinâmica do índice de preços imobiliários para imóveis do Distrito Federal no decorrer do ano de 2012 e em Janeiro de 2013, como observamos está havendo uma queda no índice, explicada pelo aumento dos alugueis e também pela baixa valorização dos imóveis nesse período, e com essa melhora no índice, a rentabilidade dos 2

3 imóveis com aluguel vem aumentando e uma possível bolha imobiliária no mercado do Distrito Federal continua remota. Gráfico 02: Histórico do Índice de preços imobiliários do Distrito Federal de Janeiro 2012 a Janeiro de 2013, os valores são uma média da soma dos índices dos imóveis de 2 e 3 quartos. Fonte: Elaboração própria, elaboração dos cálculos na base de dados do projeto. Observando a dinâmica do mercado nos últimos meses, somando as condições de financiamento, os juros baixos e a disponibilidade de crédito, as vendas de imóveis usado vem sendo o principal item transacionado no DF, o Gráfico 03 nos mostra a quantidade de operações de crédito do sistema financeiro no Brasil, concedido para pessoas físicas e cooperativas habitacionais vem subindo exponencialmente, mostrando que o mercado de imóveis que estão sendo transacionados vem crescendo, principalmente para as pessoas que vão adquirir o seu primeiro imóvel, por isso o mercado de Terceiros, que são imóveis prontos, novos e usados, estão mais atraentes do que os Lançamentos, no DF. 3

4 Gráfico 03: Operações de crédito do sistema financeiro - saldo por atividade econômica. Obs.:Refere-se às operações realizadas com pessoas físicas e cooperativas habitacionais.. Fonte: Banco Central do Brasil, Boletim, Seção Moeda e Crédito (BCB Boletim/Moeda). Como os preços do DF subiram muito nos últimos anos, o que estamos vendo é que as pessoas estão motivadas a vender seus imóveis para adquirir outros em regiões mais nobres, explicada pelo aumento do poder aquisitivo da família brasiliense nos últimos anos, assim a quantidade de imóveis usados á venda é muito grande, por isso o comprador tem um poder maior de barganha, pois ele sabe que se ele pesquisar haverá sempre uma melhor opção. Olhando pela ótica da valorização a dinâmica dos preços em 2013 vem na mesma tendência do ano passado, os preços continuarão com pouca variação e os alugueis subindo, e com as vendas voltadas mais para o segmento de usados, pois quem movimentará o mercado desse segmento será as famílias que irão adquirir seu primeiro imóvel A rentabilidade desde 2010 à 2013 o DF tem uma média de valorização de 43% no acumulado desse período, o que é muito bom, pelo fato do risco ainda ser pequeno nesse tipo de investimento e por as pessoas entenderem mais do processo de compra e venda, o gráfico a seguir segue alguns exemplos de valorização no DF, onde Águas Claras valorizou 59,17% desde 2010, mesmo com o baixo desempenho no ano de 2012, o que nos leva a acreditar com as novas medidas de incentivo do mercado imobiliário com o programa Minha Casa Minha Vida, e a redução das taxas de juros para financiamentos imobiliários, e a 4

5 ampliação no crédito, o mercado em 2013 voltará aos poucos a reagir, mais nada comparado aos anos anteriores. Gráfico 05: Valorização dos imóveis apartir do início da coleta de dados feito pelo Índice de Preços Imobiliários. Fonte: Elaboração própria. (*) Rafhael Carvalho Marinho, Estudante do 6º semestre de Ciências Econômicas da Universidade Católica de Brasília, coordenador de pesquisa do Índice de Preços imobiliários * Índices: Outras opções/remunerações de investimento ¹Poupança: Consiste na remuneração das cadernetas de poupança, que é formada através de 0,5% ao mês mais a TR (Taxa Referencial). Somando aproximadamente um rendimento de 6% ao ano. ²IPCA: é o índice de preços ao consumidor amplo, medido pelo IBGE. Alguns títulos públicos federais, tais como as NTB-B (Notas do Tesouro Nacional Série B) são indexadas à variação do IPCA Acrescida de juros. Acumulado no período de 12 meses ³Selic: É a taxa que remunera alguns dos títulos públicos federais, as Letras Financeiras do Tesouro são um exemplo, considerada a taxa básica da economia. Taxa Selic anual apurada no sítio eletrônico do Banco Central. ⁴DI Cetip: É a taxa utilizada mensalmente para comparação no segmento de renda fixa, é a média ponderada das taxas praticadas nos Certificados de Depósito Interbancário (CDI) registrados na CETIP. 5

6 Equipe Técnica: Celso Vila Nova Professor coordenador Rafhael Carvalho Marinho Pesquisador/Coordenador 6

Facilidade de entendimento do mercado imobiliário, leva esse tipo de investimento ainda ser muito procurado.

Facilidade de entendimento do mercado imobiliário, leva esse tipo de investimento ainda ser muito procurado. Brasília, 10 de Dezembro de 2012 NOTA À IMPRENSA Facilidade de entendimento do mercado imobiliário, leva esse tipo de investimento ainda ser muito procurado. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice

Leia mais

2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA.

2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA. Brasília, 10 de Janeiro de 2013 NOTA À IMPRENSA 2012, UMA FRUSTRAÇÃO PARA O MERCADO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P N O V E M B R O, 2 0 1 5 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 962 milhões Saldo: R$ 501,2 bilhões Financiamentos

Leia mais

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis.

No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Brasília, 10 de Novembro de 2012 NOTA À IMPRENSA No Distrito Federal imóveis ainda são rentáveis. Por: (*) Rafhael Carvalho Marinho O índice de preços imobiliários verifica a existência de descolamento

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P A G O S T O, 2 0 1 5 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 7,2 bilhões Saldo: R$ 500,8 bilhões Financiamentos

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P J U N H O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 2,79 bilhões Saldo: R$ 493,3 bilhões Financiamentos

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P S E T E M B R O, 2 0 1 5 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 5,38 bilhões Saldo: R$ 498,7 bilhões

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P M A I O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 28 de junho de 2016 Em maio, crédito imobiliário somou R$ 3,9 bilhões Poupança

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P J U L H O, 2 0 1 7 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: R$ 4,9 bilhões Saldo: R$ 525,4 bilhões Financiamentos

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P F E V E R E I R O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 6,7 bilhões Saldo: R$ 499,3 bilhões

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P O U T U B R O, 2 0 1 5 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 2,84 bilhões Saldo: R$ 499,0 bilhões Financiamentos

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P A G O S T O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: - R$ 3,5 bilhões Saldo: R$ 495,4 bilhões Financiamentos

Leia mais

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados

Índice fipezap de preços de imóveis anunciados Preço médio de locação mostra queda nominal pelo sétimo mês consecutivo Das 9 cidades pesquisadas, 7 mostraram queda nominal na passagem entre outubro e novembro O Índice FipeZap de Locação, que acompanha

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P A B R I L, 2 0 1 7 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 25 de abril de 2017 Crédito imobiliário totaliza R$ 4,01 bilhões em março

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P N O V E M B R O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: R$ 2,6 bilhões Saldo: R$ 503,8 bilhões Financiamentos

Leia mais

FEA RP USP. Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1

FEA RP USP. Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 FEA RP USP Principais taxas de juros do mercado (e taxa over) Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Formas de apresentação das taxas de juros Taxa Efetiva Taxa Nominal

Leia mais

NOVAS REGRAS FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO. MAIANE SILVA MORAIS

NOVAS REGRAS FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO. MAIANE SILVA MORAIS NOVAS REGRAS FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO. MAIANE SILVA MORAIS Financiamento imobiliário A Caixa Econômica Federal vai reduzir o limite de financiamento para imóveis usados a partir de 4 de maio. O objetivo

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P D E Z E M B R O, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S Poupança SBPE Captação Líquida: R$ 9,0 bilhões Saldo: R$ 516,0 bilhões Financiamentos

Leia mais

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança

Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança D A T A A B E C I P A B R I L, 2 0 1 6 D E S T A Q U E S D O M Ê S São Paulo, 27 de maio de 2016 Crédito imobiliário alcança R$ 3,5 bilhões em abril

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Julho/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Julho/2016 Destaques do mês Primeiro semestre tem a maior queda no preço de locação em 9 anos No acumulado até junho, o preço médio de locação recuou 1,78% em 11 cidades pesquisadas

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 14ª Edição Comercial - Agosto de 2011

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 14ª Edição Comercial - Agosto de 2011 Boletim de Conjuntura Imobiliária 14ª Edição Comercial - Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Por que o Brasil pode ser um dos primeiros países a sair da recessão?

Por que o Brasil pode ser um dos primeiros países a sair da recessão? Por que o Brasil pode ser um dos primeiros países a sair da recessão? Luciano Luiz Manarin D Agostini * RESUMO Observa-se tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento quedas generalizadas do crescimento

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Caixa descarta aumento de juros para financiar casa própria. 71ª Edição Comercial Maio de 2016

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Caixa descarta aumento de juros para financiar casa própria. 71ª Edição Comercial Maio de 2016 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 71ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Agosto/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Valor do aluguel está no nível de 3 anos atrás Preço médio do m 2 anunciado em agosto foi de R$ 30,13, mesmo valor registrado em abril de 2013 Os preços de locação

Leia mais

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação

Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Índice FipeZap de Locação registra leve alta em abril Como nos meses anteriores, comportamento do preço médio de locação se manteve abaixo da inflação Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha

Leia mais

Release com embargo até 0h de 25/4/2017. Março/2017

Release com embargo até 0h de 25/4/2017. Março/2017 Release com embargo até 0h de 25/4/2017 Preços dos imóveis comerciais encerram primeiro trimestre em queda Entre janeiro e março deste ano, índices de venda e locação recuaram 1,18% e 0,74%, respectivamente

Leia mais

Preços de imóveis comerciais apresentam nova queda em fevereiro

Preços de imóveis comerciais apresentam nova queda em fevereiro Preços de imóveis comerciais apresentam nova queda em fevereiro Índices de venda e locação recuaram, respectivamente, 0,23% e 0,20%, face ao registrado em janeiro Segundo o Índice FipeZap Comercial que

Leia mais

Inflação, nível de atividade e setor externo: o desempenho dos principais indicadores da economia brasileira

Inflação, nível de atividade e setor externo: o desempenho dos principais indicadores da economia brasileira NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA Inflação, nível de atividade e setor externo: o desempenho dos principais indicadores da economia brasileira Guilherme R. S. Souza e Silva * RESUMO - O

Leia mais

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período

Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Preço do aluguel residencial tem nova alta em fevereiro Aumento no preço do locação, entretanto, foi novamente inferior à inflação no período Segundo o Índice FipeZap de Locação que acompanha o preço de

Leia mais

Nova linha de crédito para compra da casa própria

Nova linha de crédito para compra da casa própria + Boletim de Conjuntura Imobiliária 67ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017

Release com embargo até 0h de 18/4/2017. Março/2017 Release com embargo até 0h de 18/4/2017 Preço de locação acumula alta de 0,47% no primeiro trimestre do ano A variação, entretanto, ainda é inferior à inflação acumulada para o período, segundo o IBGE

Leia mais

Valor médio de conjuntos e salas comerciais recua novamente em maio

Valor médio de conjuntos e salas comerciais recua novamente em maio Valor médio de conjuntos e salas comerciais recua novamente em maio Nos últimos 12 meses, o preço dos imóveis comerciais caiu 4,17%, entre unidades colocadas à venda, e 5,82%, no caso de locação Segundo

Leia mais

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016

RESIDENCIAL - LOCAÇÃO. Outubro/2016 RESIDENCIAL - LOCAÇÃO Destaques do mês Preço médio do aluguel residencial completa 18 meses de queda Índice FipeZap de Locação cai 0,17% em outubro; nos últimos 12 meses a queda é de 3,80% Os preços de

Leia mais

Junho/2016 COMERCIAL

Junho/2016 COMERCIAL COMERCIAL Destaques do mês Valor do aluguel de conjuntos comerciais cai mais de 11% em doze meses Novo Índice FipeZAP Comercial também mostra retração nos preços para venda A partir de julho/2016, a Fipe

Leia mais

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio

Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Índice FipeZap de Locação mantém-se próximo à estabilidade em maio Nós últimos 12 meses, preço médio do aluguel recuou 1,65%, face à inflação acumulada de 3,6% no período O Índice FipeZap de Locação que

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2010

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2010 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2010 As perspectivas do crédito à produção na construção civil e impactos no custo de funding dos empreendimentos Roberto Sampaio

Leia mais

Coletiva de Imprensa. Financiamento Imobiliário 1º Semestre de São Paulo 26 de Julho de Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente

Coletiva de Imprensa. Financiamento Imobiliário 1º Semestre de São Paulo 26 de Julho de Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente Coletiva de Imprensa Financiamento Imobiliário 1º Semestre de 2016 Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente São Paulo 26 de Julho de 2016 Índice 1 2 3 4 5 6 Conjuntura Construção Civil Financiamento Imobiliário

Leia mais

Comprar ou alugar imóveis?

Comprar ou alugar imóveis? + Boletim de Conjuntura Imobiliária 66ª Edição Comercial Dezembro de 2015 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

Uma Análise do Mercado Imobiliário do Distrito Federal.

Uma Análise do Mercado Imobiliário do Distrito Federal. Uma Análise do Mercado Imobiliário do Distrito Federal. Celso Vila Nova de Souza Júnior celso.vilanova@gmail.com Universidade Católica de Brasília Professor Coordenador Sarah Schroeder da Silva sarah.mss@gmail.com

Leia mais

Release com embargo até 0h de 24/5/2017. Abril/2017

Release com embargo até 0h de 24/5/2017. Abril/2017 Release com embargo até 0h de 24/5/2017 Preços dos imóveis comerciais mantêm trajetória de queda em abril No ano, recuo é mais intenso entre imóveis à venda do que nos preços de locação Segundo o Índice

Leia mais

O desempenho dos principais indicadores da economia brasileira em 2008

O desempenho dos principais indicadores da economia brasileira em 2008 NIVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA O desempenho dos principais indicadores da economia brasileira em 2008 Guilherme R. S. Souza e Silva * RESUMO - O presente artigo tem o objetivo de apresentar

Leia mais

Setembro/2016 COMERCIAL

Setembro/2016 COMERCIAL COMERCIAL Destaques do mês Preços de venda e locação de imóveis comerciais seguem em queda Investidor desses ativos teve rendimento médio de apenas 1,8% nos últimos 12 meses O Índice FipeZap Comercial,

Leia mais

Índice. Janeiro/2017

Índice. Janeiro/2017 Índice Janeiro/2017 Preço do aluguel residencial tem primeira alta depois de 20 meses Após quase dois anos de variações mensais negativas, Índice FipeZap de Locação registra aumento em janeiro Os preços

Leia mais

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Boletim da Conjuntura Imobiliária Descrição Capa: SQN 314, bloco F Fotógrafo: Vitor Delduque - delduquefotografia@gmail.com Boletim da Conjuntura Imobiliária

Leia mais

Coletiva de Imprensa. Resultados de 2016 e Perspectivas para Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente. São Paulo, 24 de Janeiro de 2017

Coletiva de Imprensa. Resultados de 2016 e Perspectivas para Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente. São Paulo, 24 de Janeiro de 2017 Coletiva de Imprensa Resultados de 2016 e Perspectivas para 2017 Gilberto Duarte de Abreu Filho Presidente São Paulo, 24 de Janeiro de 2017 Índice 1. Conjuntura Econômica 2. Construção Civil 3. Financiamento

Leia mais

Índice. Dezembro/2016

Índice. Dezembro/2016 Índice Dezembro/2016 Preços de imóveis comerciais têm queda forte em 2016 Investidor desses ativos teve rendimento médio de 2,0% em 2016, bem inferior aos 14,0% do CDI O Índice FipeZap Comercial teve quedas

Leia mais

Outubro/2016 COMERCIAL

Outubro/2016 COMERCIAL COMERCIAL Destaques do mês Preços de venda e locação de imóveis comerciais seguem em queda Investidor desses ativos teve rendimento médio de apenas 1,6% nos últimos 12 meses O Índice FipeZap Comercial,

Leia mais

relatório mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII

relatório mensal Rio Bravo Crédito Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII relatório mensal Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII AGOSTO 2013 Imobiliário I Fundo de Investimento Imobiliário - FII O fundo Imobiliário I FII iniciou suas atividades em 4 de agosto

Leia mais

Agosto/2016 COMERCIAL

Agosto/2016 COMERCIAL COMERCIAL Destaques do mês Agosto tem nova queda dos preços de venda e locação dos conjuntos comerciais Esse foi o 19 o mês consecutivo de redução nominal nos preços de locação O Índice FipeZap Comercial,

Leia mais

Universidade de São Paulo Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto

Universidade de São Paulo Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto Carlos R. Godoy Universidade de São Paulo Carlos R. Godoy 2 Mercado Financeiro I RCC 0407 Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Ribeirão Preto Mercado Financeiro I RCC 0407 Taxas de Juros

Leia mais

Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário

Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário Conjuntura Econômica e o Mercado Imobiliário Ricardo Yazbek Vice Presidente do Secovi-SP IBAPE - 16/09/2016 Economia Produto Interno Bruto do Brasil (%) 0,5% 4,4% 1,4% 3,1% 1,1% 5,8% 3,2% 4,0% 6,1% 5,1%

Leia mais

RENDA FIXA. acionista.com.br

RENDA FIXA. acionista.com.br RENDA FIXA acionista.com.br Fevereiro/2017 Renda Fixa São títulos que pagam, em períodos definidos, uma certa remuneração, que pode ser determinada no momento da aplicação ou no momento do resgate (no

Leia mais

Coletiva de Imprensa. Balanço de 2014 Expectativas para 2015

Coletiva de Imprensa. Balanço de 2014 Expectativas para 2015 Coletiva de Imprensa Balanço de 2014 Expectativas para 2015 Octavio de Lazari Junior Presidente São Paulo, 21 de Janeiro de 2015 Sumário 1. Cenário Macroeconômico 2. Construção Civil 3. Mercado de Crédito

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI RF CP LP TITULOS PRIVADOS / Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FI RF CP LP TITULOS PRIVADOS / Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CREDITO PRIVADO LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto

Leia mais

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Janeiro de 2017 - amostra 11/2016 Boletim da Conjuntura Imobiliária JANEIRO 2017 Amostra: Novembro de 2016 Capa: Brasília DF Fotógrafo: Vitor Delduque

Leia mais

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007

NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA A evolução dos principais indicadores econômicos do Brasil em 2007 Guilherme R. S. Souza e Silva * Introdução Este artigo pretende apresentar e discutir

Leia mais

Panorama da Economia Brasileira

Panorama da Economia Brasileira Panorama da Economia Brasileira Nelson Barbosa Secretário de Política Econômica Brasília, 23 de novembro de 2009 1 PRODUÇÃO INDUSTRIAL Índice com ajuste sazonal (jan/2007 = 100) 115 110 110,9 105 101,89

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vigência do aumento do IR sobre ganhos de capital. 70ª Edição Comercial Abril de 2016

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. Vigência do aumento do IR sobre ganhos de capital. 70ª Edição Comercial Abril de 2016 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 70ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF:

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Janeiro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Setembro de 2010

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Versão Comercial - Setembro de 2010 Comercialização No mês de setembro, foram analisados 12.105 imóveis destinados à comercialização, contemplados em imóveis residenciais e comerciais. Na amostra, a participação dos imóveis residenciais

Leia mais

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013. Versão CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37

BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013. Versão CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37 BALANÇO DO MERCADO IMOBILIÁRIO 1º TRIMESTRE/2013 Versão 1005133-20100617 CPE - ACCB/CCMA/JJA/MAB/RSO 1/37 1/39 1/74 1/6 INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO ECONOMIA PIB CRESCIMENTO NO ANO 8,0% 7,5% 7,0% 6,0% 5,0%

Leia mais

Índice. Novembro/2016

Índice. Novembro/2016 Índice Novembro/2016 Destaques do mês Preços de venda e locação de imóveis comerciais seguem em queda Investidor desses ativos teve rendimento médio de apenas 1,7% nos últimos 12 meses O Índice FipeZap

Leia mais

PERÍODO DE COMPARAÇÃO PIB AGROPEC INDUS SERV FBCF CONS. FAM CONS. GOV

PERÍODO DE COMPARAÇÃO PIB AGROPEC INDUS SERV FBCF CONS. FAM CONS. GOV ECONÔMICA Conjuntura Economia brasileira encolhe 5,4 % e 0,3% no primeiro trimestre de 2016 no comparativo com o mesmo período do ano anterior e no confronto com o semestre anterior respectivamente PRIMEIRO

Leia mais

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF

Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Sindicato da Habitação do Distrito Federal - SECOVIDF Boletim da Conjuntura Imobiliária Descrição Capa: Shopping Deck Norte Can01 Lago Norte Fotógrafo: Mauro Castro - mauro.navegar@gmail.com Boletim da

Leia mais

Taxa de Juros no Período (SELIC)

Taxa de Juros no Período (SELIC) Os títulos públicos federais são emitidos pelo Tesouro Nacional e compõem a dívida pública interna. Servem como instrumento de captação de recursos para que o governo execute suas atividades. Todos os

Leia mais

Mercado de Capitais. Indicadores Econômicos. Professor: Roberto César

Mercado de Capitais. Indicadores Econômicos. Professor: Roberto César Mercado de Capitais Indicadores Econômicos Professor: Roberto César Indicadores Econômicos: Conceito Indicadores econômicos são um conjunto de dados que dão uma idéia da situação da economia de um país,

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 12ª Edição Comercial - Junho de Imóveis sobem 14,6% no primeiro semestre

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 12ª Edição Comercial - Junho de Imóveis sobem 14,6% no primeiro semestre Boletim de Conjuntura Imobiliária 12ª Edição Comercial - Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII

relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII relatório mensal BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII Abril 2015 BB Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário FII O fundo BB Recebíveis Imobiliários FII iniciou

Leia mais

Boletim da Conjuntura Imobiliária

Boletim da Conjuntura Imobiliária JULHO DE 2015 Boletim da Conjuntura Imobiliária 1 Boletim da Conjuntura Imobiliária JuLho de 2015 2 Boletim da Conjuntura Imobiliária Julho de 2015 Descrição Capa: BRB - BANCO DE BRASILIA S.A. Fotógrafo

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário

Panorama do Mercado Imobiliário Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Entendendo o Mercado Imobiliário Leis 4.380 (BNH) e 4.591 (Incorporação Imobiliária) Extinção do BNH Pré- 1964 1964 1966 1986

Leia mais

Índice. Janeiro/2016

Índice. Janeiro/2016 Índice Preços de imóveis comerciais inicia 2017 em queda Nos últimos 12 meses os preços de venda acumulam queda de 2,95% e os de locação têm redução de 7,86% O Índice FipeZap Comercial iniciou o ano de

Leia mais

FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: / Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ:

FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: / Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO ANUAL 1º. e 2º. SEM. 2011 1. OBJETIVO E DESCRIÇÃO DO FUNDO

Leia mais

Relatório do Administrador RB Capital Agre - Fundo de Investimento Imobiliário - FII (CNPJ no / )

Relatório do Administrador RB Capital Agre - Fundo de Investimento Imobiliário - FII (CNPJ no / ) Relatório do Administrador RB Capital Agre - Fundo de Investimento Imobiliário - FII (CNPJ no. 11.407.511/0001-49) Em conformidade com o Artigo n. 39 da Instrução desta CVM n. 472, de 31 de outubro de

Leia mais

CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRI/2015

CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRI/2015 CENÁRIO ECONÔMICO PLANO UNIFICADO 2º TRIMESTRE DE 2015 1 CENÁRIO ECONÔMICO O segundo trimestre do ano de 2015 demonstrou uma aceleração da deterioração dos fatores macroeconômicos no Brasil, com aumento

Leia mais

Economia para Engenharia. Prof. Fernando Deschamps

Economia para Engenharia. Prof. Fernando Deschamps Economia para Engenharia Prof. Fernando Deschamps fernando.deschamps@ufpr.br Problema Quanto você deve poupar mensalmente para que você possa ter uma aposentadoria de R$10.000,00 pelo resto de sua vida,

Leia mais

Projeto altera legislação sobre outorga onerosa.

Projeto altera legislação sobre outorga onerosa. + Boletim de Conjuntura Imobiliária 65ª Edição Comercial Novembro de 2015 Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard, Salas 422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br

Leia mais

Noções de Economia e Finanças

Noções de Economia e Finanças De quais ferramentas dispõe o Banco Central para fazer política monetária? a) Emissão de moeda, compra e venda de títulos públicos, controle de câmbio. b) Compra e venda de títulos públicos, controle de

Leia mais

Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira

Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira NÍVEL DE ATIVIDADE, INFLAÇÃO E POLÍTICA MONETÁRIA Uma análise dos principais indicadores da economia brasileira Guilherme R. S. Souza e Silva * RESUMO - O presente artigo tem o objetivo de apresentar e

Leia mais

AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR

AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR AS 10 PEGADINHAS DOS BANCOS QUE PREJUDICAM O INVESTIDOR Dificilmente você consegue ficar 100% longe dos principais bancos do país, explica Paulo Figueiredo, diretor de operações da assessoria de investimentos

Leia mais

Boletim da conjuntura Imobiliária

Boletim da conjuntura Imobiliária ABRIL DE 2015 Boletim da conjuntura Imobiliária Brasília, maio de 2015 1 Boletim da Conjuntura Imobiliária Abril de 2015 2 Boletim da Conjuntura Imobiliária Abril de 2015 3 Boletim da Conjuntura Imobiliária

Leia mais

5º Seminário Anbima de Renda Fixa e Derivativos de Balcão Investimento e Financiamento de Longo Prazo no Brasil

5º Seminário Anbima de Renda Fixa e Derivativos de Balcão Investimento e Financiamento de Longo Prazo no Brasil 5º Seminário Anbima de Renda Fixa e Derivativos de Balcão Investimento e Financiamento de Longo Prazo no Brasil Dyogo Henrique de Oliveira Secretário Executivo Ministério da Fazenda 1 Expansão do investimento

Leia mais

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes 1. Calcule as taxas mensal e diária que são proporcionais à taxa de 3,6 % ao trimestre. Resposta: 1,2% a.m. e 0,04% a.d. 2. Calcule as taxas

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Maio de 2012

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Maio de 2012 Boletim de Conjuntura Imobiliária Maio de 2012 Brasília, junho de 2012 Sumário Ressalvas Técnicas... 4 Introdução... 5 1. Atividade Econômica... 6 1.1. Cenário Nacional... 6 1.1.1. Consumidor... 6 1.1.2.

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SICOOB DI FI REF. DI / Informações referentes a julho de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SICOOB DI FI REF. DI / Informações referentes a julho de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SICOOB DI FI REF. DI 14.287.871/0001-42 Informações referentes a julho de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Sicoob DI Fundo de

Leia mais

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 9º Salão WImóveis movimenta R$50 milhões no DF. 53ª Edição Comercial Novembro de 2014

Boletim de Conjuntura Imobiliária. Clipping. 9º Salão WImóveis movimenta R$50 milhões no DF. 53ª Edição Comercial Novembro de 2014 + Boletim de Conjuntura Imobiliária 53ª Edição Comercial Secovi-DF, Setor de Diversões Sul, Bloco A, nº44, Centro Comercial Boulevard,Salas422/424, (61)3321-4444, www.secovidf.com.br Econsult Consultoria

Leia mais

Bauru: imóveis verticais de 2 dormitórios estão em alta

Bauru: imóveis verticais de 2 dormitórios estão em alta Bauru: imóveis verticais de 2 dormitórios estão em alta Com a economia fortalecida e recente aumento no potencial de consumo da população, a cidade de Bauru passa por um bom momento. Com mais de 346 mil

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO BNP PARIBAS MASTER DI FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA REFERENCIADO

DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO BNP PARIBAS MASTER DI FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA REFERENCIADO DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO CNPJ/MF: Informações referentes a 2016 1. Denominação completa do fundo conforme o cadastro na CVM: BNP PARIBAS MASTER DI FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA REFERENCIADO 2.

Leia mais

Informações referentes a Janeiro de 2017

Informações referentes a Janeiro de 2017 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VINCI TOP FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA REFERENCIADO DI 12.610.849/0001-66 Informações referentes a Janeiro de 2017 Esta lâmina

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO MULTIPREV CARTEIRA 14 FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO

DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO MULTIPREV CARTEIRA 14 FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO DEMONSTRAÇÃO DE DESEMPENHO DO CNPJ/MF: Informações referentes a 2016 1. Denominação completa do fundo conforme o cadastro na CVM: MULTIPREV CARTEIRA 14 FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO

Leia mais

Demonstração dos Fluxos de Caixa - Método direto

Demonstração dos Fluxos de Caixa - Método direto CAIXA RIO BRAVO FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ nº. 17.098.794/0001-70 Administração CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Av. Paulista, 2300 11º andar São Paulo/SP CEP 01310-300 Fone: (11) 3555-6350

Leia mais

JANEIRO de

JANEIRO de JANEIRO de 2015 1 ÍNDICE 1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 2 RESUMO DO REGULAMENTO DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO... 5 2.1 FUNDOS DE INVESTIMENTO DO BANCO DO BRASIL... 5 2.1.1 BB PREVIDENCIÁRIO RENDA FIXA IMA

Leia mais

Preço anunciado do m 2 tem queda real no primeiro semestre de 2014

Preço anunciado do m 2 tem queda real no primeiro semestre de 2014 Preço anunciado do m 2 tem queda real no primeiro semestre de 2014 Variação no preço dos imóveis é menor do que a inflação nos seis primeiros meses do ano O aumento anual do preço médio do m 2 anunciado

Leia mais

RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS

RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS RELATÓRIO DE INVESTIMENTOS 1 Trimestre RESULTADOS OBTIDOS Saldos Financeiros Saldos Segregados por Planos (em R$ mil) PGA PB TOTAL CC FI DI/RF FI IRFM1 FI IMAB5 SUBTOTAL CC FI DI/RF FI IRFM1 FI IMAB5 SUBTOTAL

Leia mais

Fundo de Investimento Imobiliário Caixa Incorporação (Administrado pela Caixa Econômica Federal)

Fundo de Investimento Imobiliário Caixa Incorporação (Administrado pela Caixa Econômica Federal) Fundo de Investimento Imobiliário Caixa Incorporação (Administrado pela Caixa Econômica Federal) Demonstração de fluxo de caixa - método direto Semestre findo em 30 de junho de 2016 Em milhares de reais

Leia mais

Coletiva de Imprensa

Coletiva de Imprensa Coletiva de Imprensa ABECIP 1º Semestre 2014 Octavio de Lazari Junior Presidente - Abecip São Paulo, 24 Julho de 2014 Pauta: 1) Conjuntura Econômica 2) Carteiras de Crédito 3) Financiamento Imobiliário

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NANUQUE Fevereiro/2014 RELATÓRIO DE DESEMPENHO MENSAL Em atendimento a Resolução CMN 3.922/10 de acordo com os artigos: Art. 4º. Os responsáveis

Leia mais

O LOB DAS CONSTRUTORAS E DO GOVERNO NO AUMENTO DOS LIMITES DE FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS COM O FUNDO DE GARANTIA FGTS

O LOB DAS CONSTRUTORAS E DO GOVERNO NO AUMENTO DOS LIMITES DE FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS COM O FUNDO DE GARANTIA FGTS O LOB DAS CONSTRUTORAS E DO GOVERNO NO AUMENTO DOS LIMITES DE FINANCIAMENTO DE IMÓVEIS COM O FUNDO DE GARANTIA FGTS Em matéria na imprensa no dia 17 de setembro último, o governo disse que vai aumentar

Leia mais

1o. Método - utilização das taxas de juros a termo em base anualizada

1o. Método - utilização das taxas de juros a termo em base anualizada Método para estimar a taxa Selic esperada pelo mercado para reuniões futuras do COPOM - Comitê de Política Monetária do Banco Central -, utilizando-se para isso o mercado futuro de taxas de juro - DI's

Leia mais

FEA RP USP. Matemática Financeira e Inflação

FEA RP USP. Matemática Financeira e Inflação FEA RP USP Matemática Financeira e Inflação Prof. Dr. 1 Inflação Definição simplificada de inflação É a elevação generalizada dos preços de bens e serviços em uma economia (processo inflacionário). Pode

Leia mais

Rio de Janeiro, novembro de 2010. Renato Andrade

Rio de Janeiro, novembro de 2010. Renato Andrade Tesouro Direto Rio de Janeiro, novembro de 2010 Renato Andrade Visão Geral Vantagens Comprando Tributação e Vendendo Títulos Comprando e Vendendo Títulos Entendendo o que altera o preço Simulador do Tesouro

Leia mais