LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 5 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO EM C#

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 5 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO EM C#"

Transcrição

1 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CAPÍTULO 5 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO EM C# As estruturas de repetição são muito úteis e empregadas quando se deseja executar uma, ou um bloco, de instruções diversas vezes Suponha uma operação simples para cálculo da média aritmética de 10 números diferentes Seriam necessárias dez instruções para informação ao usuário para digitar um número e mais 10 instruções para leitura e atribuição dos dados de entrada Inicialmente este problema estaria resolvido, porém, suponha que em uma segunda análise (ou segundo cálculo) seriam utilizados 15 valores Neste caso, o programador deveria entrar no modo de edição do programa e inserir mais cinco conjuntos de instruções para a leitura destes cinco valores adicionais As estruturas de repetição, também conhecidas por laços de repetição, loops ou simplesmente laços, eliminam esta indesejável situação, permitindo total controle do número de repetições pelo usuário ou desenvolvedor Existem três tipos de estrutura de repetição: do while; while e for Cada uma delas apresenta uma forma mais adequada de aplicação, com isto, evita-se o uso de comandos para interrupção de execução (break, continue, goto, etc), o que pode ser oneroso em termos de desempenho da aplicação A representação destas estruturas sob a forma de fluxogramas é apresentada na figura: <instruçâo>; ou bloco de <instruções>; <instrução de repetição> (condição) <instrução de repetição> (condição) <instruçâo>; ou bloco de <instruções>; Figura 20 Estruturas de Repetição - Fluxogramas Linguagem de Programação Estruturada 48

2 Pode-se observar, na figura à esquerda que, independente do valor do parâmetro de controle da estrutura, a instrução (ou bloco de instruções) relacionada a esta ela será executada pelo menos uma vez, pois, sua condição é avaliada somente no sea A estrutura representada pelo fluxograma à direita da Figura 20 apresenta esta verificação (ou condição) em seu início e dependendo do resultado desta avaliação, as instruções relacionadas a ela, podem não serem executadas 51 - Laços do while O grande diferencial neste modelo de estrutura é que sua continuidade está condicionada a uma expressão lógica (condição) posicionada em seu final Isto implica que sua execução será realizada pelo menos uma vez Um aspecto interessante é que esta condição pode estar relacionada a um valor de entrada digitado pelo usuário Sua sintaxe é, Figura 21: static void Main (string [ ] args); do <instrução 1>; <instrução 2>; <instrução 3>; <instrução 4>; while (condição); verdadeira Atividade em Laboratório Uma empresa de seguros relaciona o premio (preço) de suas apólices para uma determinada região em função da idade média de seus habitantes, calculada segundo a fórmula abaixo: n Figura 21 estrutura do while xi x = 1 onde: x i idade de um indivíduo n n total de indivíduos Para tanto coletas de dados foram realizadas em diversas regiões e os dados foram agrupados de forma bruta, conforme apresentado abaixo: REGIÃO A (Idade em anos): 18, 65, 25, 37, 40, 32, 20, 81, 2, 1, 0, 12, 15, 76, 72 Linguagem de Programação Estruturada 49

3 REGIÃO B (Idade em anos): 32, 27, 41, 25, 38, 37, 1, 3, 40, 32, 20, 81, 2, 1, 0, 12, 15, 76, 72, 95, 88, 32 REGIÃO C (Idade em anos): 18, 2, 5, 7, 40, 22, 25, 20, 81, 2, 1, 9, 11, 22, 33,28, 0, 12, 15, 76, 72 Elaborar um algoritmo que calcule a idade média de cada região e identifique o número de indivíduos pesquisados e a idade mais alta de cada uma das regiões SOLUÇÃO: O código abaixo é um exemplo da implementação da solução do problema acima Elabore seu fluxograma usando este código, faça a implementação do programa e execute para as Regiões identificadas no problema Quais foram os resultados? Seus resultados estão compatíveis com os valores esperados? static void Main(string[] args) int n_ind=0, idade=0, maisvelho=0,soma=0; string controle; double media; do n_ind++; ConsoleWriteLine("\n Entre com a idade do indivíduo n 0:", n_ind); idade = ConvertToInt16(ConsoleReadLine()); if (idade > maisvelho) maisvelho = idade; soma += idade; ConsoleWriteLine("\n Deseja continuar?"); ConsoleWriteLine("\n Digite \"s\" para continuar ou \n pressione qualquer outra tecla para parar:"); controle = ConsoleReadLine(); while (controletolower() == "s"); media = soma / n_ind; ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleWriteLine("\n Numero de individuos pesquisados: 0", n_ind); ConsoleWriteLine("\n Média de Idade da Região: 0", media); ConsoleWriteLine("\n Maior idade do grupo: 0 anos", maisvelho); ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleReadKey(); 52 - Laços while Este tipo de estrutura tem como particularidade a verificação de sua continuidade (através de uma condição ou expressão lógica) em seu início Sua sintaxe de aplicação é a mostrada na Figura 22 static void Main (string [ ] args); while (condição) falsa <instrução 1>; <instrução 2>; <instrução 3>; <instrução 4>; Figura 22 estrutura while Linguagem de Programação Estruturada 50

4 É importante observar que em ambas estruturas é necessário a definição, variação e/ou leitura de uma variável de controle que será empregada na expressão lógica (condição ou teste) que define a continuidade da execução da estrutura Esta variável deve ser declarada e inicializada no início do programa e antes do início da estrutura de repetição A estrutura while tem como particularidade a verificação de sua condição de continuidade (ou teste) em seu início Ao contrário da estrutura do while, ela pode não ser executada Outro aspecto importante é que não é necessário estabelecer um número de iterações (ou ciclos) antes do início de sua execução Sua condição de parada, ou término de execução, pode ser verificada internamente ainda durante sua execução quer seja por um cálculo que envolva a variável de controle, seja por uma variável lida O mesmo programa elaborado e executado na atividade anterior, pode ser implementado empregando-se esta estrutura O código ficaria conforme apresentado abaixo: static void Main(string[] args) int n_ind=0, idade=0, maisvelho=0,soma=0; string controle="s"; double media; while (controletolower() == "s") n_ind++; ConsoleWriteLine("\n Entre com a idade do indivíduo n 0:", n_ind); idade = ConvertToInt16(ConsoleReadLine()); if (idade > maisvelho) maisvelho = idade; soma += idade; ConsoleWriteLine("\n Deseja continuar?"); ConsoleWriteLine("\n Digite \"s\" para continuar ou \n outra tecla para parar:"); controle = ConsoleReadLine(); media = soma / n_ind; ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleWriteLine("\n Numero de individuos pesquisados: 0", n_ind); ConsoleWriteLine("\n Média de Idade da Região: 0", media); ConsoleWriteLine("\n Maior idade do grupo: 0 anos", maisvelho); ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleReadKey(); pressione qualquer Atividades em Laboratório Exercícios propostos A - Elabore um programa em C# que calcule e escreva o valor do número π (pi), com precisão de 0,0001, usando a série: π = Para obter a precisão desejada, adicionar apenas os termos cujo valor absoluto seja maior ou igual a 0,0001 Utilize as estruturas de repetição do while e while Linguagem de Programação Estruturada 51

5 B - Elabore um algoritmo que receba como entrada o Nome, o registro acadêmico (RA) e o período do curso de um aluno Considerando estas entradas válidas o programa iniciará o recebimento, como entradas válidas, dos nomes e de suas correspondentes notas ( NP1, NP2 e NPII ) de todas as disciplinas que este aluno cursou neste período O programa deverá calcular e exibir a média final deste aluno e sua condição ( Aprovado ou Exame ) de todas as disciplinas deste período Uma vez concluído o cálculo para um aluno, o programa deverá estar habilitado a receber os mesmos dados de quantos alunos o usuário do programa desejar Ao final da execução o programa deverá exibir o Nome, RA e disciplina do aluno com maior média de todos que fariam composição do grupo 53 Laços for Os laços for são empregados quando se conhece previamente o número de iterações desejadas para solução de um determinado problema Sua sintaxe envolve, obrigatoriamente, a definição de uma variável de controle e uma condição envolvendo esta variável A variação (incremento ou decremento) desta variável ocorre automaticamente toda vez que uma iteração é concluída A sintaxe da estrutura de repetição for é representada na figura abaixo static void Main (string [ ] args); for ( inicialização; condição ; operação ) <instrução 1>; <instrução 2>; <instrução 3>; <instrução 4>; Figura 23 estrutura for 531 Inicialização Consiste de um valor inicial da variável que será empregada para controle da estrutura de repetição, também conhecida como contador Exemplo: for (i=0;condição;operação) Observe que a variável i é inicializada com o valor zero Também pode-se declarar a variável dentro da própria estrutura de repetição, ou seja: for (int i=0; condição;operação) Neste caso a variável i deixa de existir ao término da estrutura de repetição Embora seja raro, uma estrutura de repetição em C# pode conter a inicialização de duas variáveis Linguagem de Programação Estruturada 52

6 532 Condição A condição em uma estrutura for deve, obrigatoriamente, envolver a variável de controle É a partir desta condição que se estabelece a realização, ou não, de uma nova iteração Assim, tem-se: for (i=0; i <= n;operação) Observe que n pode ser um valor constante ou uma variável cujo valor é atribuído através da entrada de dados por um usuário 533 Operação Trata-se da forma em que a variável de controle (ou contador) irá ser atualizada a cada iteração da estrutura Assim, tem-se: for (i=0; i <= n;i++) Observe que n pode ser um valor constante ou uma variável cujo valor é atribuído através da entrada de dados por um usuário IMPORTANTE: A variável de controle não pode ser alterada através de instruções dentro da estrutura de repetição Isto irá gerar um erro grave de lógica podendo resultar, inclusive, em uma estrutura sem final definido (laço infinito) Atividades em Laboratório Exercícios propostos A - Faça a implementação do programa abaixo e execute ele passo a passo (usando o debug) Verifique o valor que a variável de controle assume a cada passo Descreva nas linhas abaixo o que você concluiu da execução da estrutura de repetição static void Main(string[] args) int i; for (i = 0; i <= 100; i++) ConsoleWrite("i= 0 ", i); Comentário : Linguagem de Programação Estruturada 53

7 B Elabore um programa em C# que receba como entrada o nome de uma disciplina e o número de alunos de uma sala de aula Considerando estas entradas válidas o programa recebe ainda como entrada os nomes e suas respectivas notas na disciplina mencionada (P1 e P2) O programa deverá calcular e exibir, o nome da disciplina, o nome de cada aluno e suas notas P1 e P2 e a média (aritmética) final de cada aluno indicando se ele foi aprovado (média 7,0) ou reprovado (média < 7,0) Ao final da execução o programa deverá ainda exibir o nome, as notas e a média final do aluno com maior média da turma C Partindo do programa elaborado na atividade B, inclua o período que o aluno está cursando e todas as disciplinas (5 disciplinas) deste período Use como referência as disciplinas do período que você está cursando 54 Interrupção da execução de uma estrutura de repetição Para a interrupção (proposital) de repetições existem quatro comandos: break: interrompe imediatamente a repetição O programa continua sua execução normal após o final da estrutura de repetição continue: interrompe a iteração A estrutura de repetição continua a partir da próxima iteração; goto: através de uma instrução de desvio do fluxo de execução das instruções para uma posição fora da estrutura de repetição, pode-se, de uma forma consciente interrompê-la e return: sai da estrutura de repetição e da função que ela está implementada ( aplicada a funções ) A interrupção de estruturas de repetição pode ser um recurso muito útil, embora em muitos casos, são indesejados Veja uma situação em que a execução de um programa gera, de forma equivocada, uma estrutura de repetição infinita ( loop infinito ) Geralmente o desenvolvedor deve estabelecer (ou estimar) um número máximo de iterações para sua aplicação e, uma vez atingido, a execução do programa deve ser interrompida e o usuário informado sobre o motivo da interrupção Atividade em Laboratório: No programa abaixo foi inserido uma opção de entrada errada do usuário Ele pode inserir dados errados por até 3 vezes e, após isto, o programa encerra sua execução exibindo uma mensagem final de erro Linguagem de Programação Estruturada 54

8 Reescreva o programa, substituindo a estrutura de repetição while do por uma estrutura for (assuma um número máximo de indivíduos) Observe que as instruções para interrupção do programa serão alteradas class Idade static void Main(string[] args) int n_ind=0, idade=0, maisvelho=0,soma=0,nerro=0; string controle="s"; double media; while (controletolower() == "s") n_ind++; if (nerro > 3) ConsoleWriteLine("\n Programa interrompido - Entrada errada por mais de 3 vezes"); goto fim; ConsoleWriteLine("\n Entre com a idade do indivíduo n 0:", n_ind); idade = ConvertToInt16(ConsoleReadLine()); if (idade < 0) nerro++; n_ind--; ConsoleWriteLine("\n Não existe idade negativa!"); continue; if (idade > maisvelho) maisvelho = idade; soma += idade; ConsoleWriteLine("\n Deseja continuar?"); ConsoleWriteLine("\n Digite \"s\" para continuar ou \n pressione qualquer outra tecla para parar:"); controle = ConsoleReadLine(); fim: media = soma / n_ind; ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleWriteLine("\n Numero de individuos pesquisados: 0", n_ind); ConsoleWriteLine("\n Média de Idade da Região: 0", media); ConsoleWriteLine("\n Maior idade do grupo: 0 anos", maisvelho); ConsoleWriteLine("\n*********************************************"); ConsoleReadKey(); Linguagem de Programação Estruturada 55

9 Nome: TAREFA 5 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO EM C# RA: Curso: Turma: 1) Uma concessionária de veículos resolveu premiar o vendedor que obteve melhor desempenho no mês, de um total de 15 vendedores Para tanto foi necessário a elaboração de um programa que receba como entrada os dados pessoais e profissionais de cada vendedor (Nome, endereço, CPF, RG e Número de Funcional na empresa) e suas vendas mensais (Veículo, Data de Compra, Valor da Compra, Valor tabelado para a venda, Desconto Concedido e Brinde Concedido) Com estes dados deve-se calcular o lucro líquido mensal de cada vendedor conforme a função matemática abaixo: LLV = ( VTV D C B) VC ncarros LLM = LLV i 1 Onde: LLM Lucro Líquido Mensal (Sobre todas as vendas) LLV Lucro Líquido de uma venda VTV Valor Tabelado para a Venda D Desconto concedido C Comissão do Vendedor (1% de VTV B) B Brinde oferecido pelo vendedor (Tabela) VC Valor da Compra O valor do brinde segue a tabela: Ítem Valor (R$) Ítem Valor (R$) Jogo de Tapetes 120,00 Filtro de Ar 54,00 Troca de Óleo 96,00 Filtro de Óleo 60,00 Revisão 300,00 Bancos de Couro 1000,00 Elabore um programa em C# que receba estes dados de entrada e identifique o vendedor premiado Linguagem de Programação Estruturada 56

Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição

Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição Fundamentos de Programação Linguagem C++ Estruturas de controle Parte II Estruturas de repetição Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Estruturas de Controle Permitem o controle da sequência de execução de um

Leia mais

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO

LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO LINGUAGEM C: COMANDOS DE REPETIÇÃO Prof. André Backes ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Uma estrutura de repetição permite que uma sequência de comandos seja executada repetidamente, enquanto determinadas condições

Leia mais

Algoritmos e Programação

Algoritmos e Programação Algoritmos e Programação Aula 5 Estruturas de Repetição Profa. Marina Gomes marinagomes@unipampa.edu.br 26/04/2017 Engenharia de Computação - Unipampa 1 Aula de Hoje Estrutura de repetição Comando for

Leia mais

A resposta apresentada em aula, no quadro, (em Chapin e/ou Português Estruturado) está correta?

A resposta apresentada em aula, no quadro, (em Chapin e/ou Português Estruturado) está correta? 23 Algoritmos com Repetição Nos exemplos e exercícios vistos até agora, sempre foi possível resolver os problemas com uma sequência de instruções que eram executadas apenas uma vez. Existem três estruturas

Leia mais

Aula 08 Estruturas de Condição. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes

Aula 08 Estruturas de Condição. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes Aula 08 Estruturas de Condição Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Entrada de Dados; Estruturas de Controle: Estrutura de Sequência;

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Estruturas de repetição Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Estruturas de repetição Prof. Renato Pimentel 1 Estruturas de repetição Utilização: Trecho de um algoritmo precisa ser executado mais de uma vez:

Leia mais

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while

Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while BCC 201 - Introdução à Programação Controle de Fluxo Comandos de repetição: while e do-while Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/26 Comandos de Repetição (Laços) I São muito comuns as situações em que se deseja

Leia mais

Estruturas de Repetição e String. Vanessa Braganholo

Estruturas de Repetição e String. Vanessa Braganholo Estruturas de Repetição e String Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Aula de hoje... Estruturas de repetição while...do do...while for String Manipulação de textos 2 Estruturas de Repetição Permitem que

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Linguagem C. Programação Estruturada. Estruturas de Controle. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo

Linguagem C. Programação Estruturada. Estruturas de Controle. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo Programação Estruturada Linguagem C Estruturas de Controle Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Introdução Tipos de Estruturas de Controle Estruturas de Seleção Simples

Leia mais

Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO

Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO Programação de Computadores I Funções de Repetição da Linguagem C PROFESSORA CINTIA CAETANO Comando WHILE O comando while executa um bloco de comandos enquanto a condição testada for verdadeira (diferente

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) Estruturas Condicionais e de Repetição 1 Comando while Deseja-se calcular o valor de: 1 + 2 + 3 +... + N. Observação: não sabemos, a priori, quantos termos

Leia mais

para / for (com teste numérico) enquanto / while (com teste lógico no início) repita até que / do...while (com teste lógico no fim)

para / for (com teste numérico) enquanto / while (com teste lógico no início) repita até que / do...while (com teste lógico no fim) Algoritmos e Programação de Computadores1 Prof. Eduardo 1 1. ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Uma estrutura de repetição é utilizada para fazer com que um pedaço (trecho) do programa seja executado n vezes, ou

Leia mais

Variáveis primitivas e Controle de fluxo

Variáveis primitivas e Controle de fluxo Variáveis primitivas e Controle de fluxo Material baseado na apostila FJ-11: Java e Orientação a Objetos do curso Caelum, Ensino e Inovação, disponível para download em http://www.caelum.com.br/apostilas/

Leia mais

Aula 4 Estruturas de Controle

Aula 4 Estruturas de Controle UNIP Universidade Paulista Ciência da Computação Aula 4 Estruturas de Controle Prof. Célio Ricardo Castelano 1 Tópicos Abordados 1) Instruções de seleção em Java: 2) Instruções de repetição em Java: 2

Leia mais

Revisão C++ - Parte 1

Revisão C++ - Parte 1 Revisão C++ - Parte 1 Prof. Gustavo Leitão Campus Natal Central Disciplina Programação para Ambiente de Redes 5/3/2010 Objetivo da Aula 5/3/2010 5/3/2010 OBJETIVO DA AULA Revisar os principais comandos

Leia mais

LP II Estrutura de Dados

LP II Estrutura de Dados LP II Estrutura de Dados Linguagem C Seleção e Repetição Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Estruturas de Seleção Simples Composta Aninhada Estruturas de

Leia mais

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação

Algoritmos e Introdução à Programação. Lógica e Linguagem de Programação Algoritmos e Introdução à Programação Lógica e Linguagem de Programação Prof. José Honorato Ferreira Nunes honoratonunes@softwarelivre.org http://softwarelivre.org/zenorato/honoratonunes Linguagem C Seleção

Leia mais

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1)

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Objetivos O principal objetivo deste artigo é explicar alguns conceitos fundamentais de programação em C. No final será implementado um programa envolvendo todos

Leia mais

Estruturas de Repetição em Java

Estruturas de Repetição em Java 1 Linguagem de Programação Estruturas de Repetição em Java A realização da repetição controlada por contador requer: 1. Uma variável de controle (ou contador de loop). 2. O valor inicial da variável de

Leia mais

Comando de Seleção em Java

Comando de Seleção em Java Universidade Federal do ABC (UFABC) Disciplina: Processamento da Informação (BC-0505) Assunto: Comando de Seleção Comando de Seleção em Java Conteúdo 1. Introdução... 1 2. Comando de seleção... 2 3. Comandos

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 2

Sintaxe Básica de Java Parte 2 Sintaxe Básica de Java Parte 2 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Instruções Condicionais A instrução

Leia mais

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1

Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 Programação de Computadores Profa Jacqueline 1 REVISÃO Construção de Algoritmos Estruturas de Controle Objetivo: Abordar as técnicas para entrada e saída de dados e as estruturas para controle do fluxo

Leia mais

Linguagem C (repetição)

Linguagem C (repetição) Linguagem C (repetição) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Exercício Escrever um programa que conte (mostre na tela) os números de 1 a 100. Comandos aprendidos até o momento: printf, scanf, getchar,

Leia mais

AULA 07. HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol.

AULA 07. HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol. AULA 07 OBJETIVO: Estruturas de repetição: visão geral HABILIDADES TRABALHADAS: Desenvolver algoritmos utilizando laços a partir da leitura de fluxogramas ou algoritmos em portugol. ESTRUTURA DE REPETIÇÃO

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 ALGORITMOS Profª ª Danielle Casillo ESTRUTURA DE REPETIÇÃO Nos exemplos e exercícios que

Leia mais

CONCEITOS DE ALGORITMOS

CONCEITOS DE ALGORITMOS CONCEITOS DE ALGORITMOS Fundamentos da Programação de Computadores - 3ª Ed. 2012 Editora Prentice Hall ISBN 9788564574168 Ana Fernanda Gomes Ascênsio Edilene Aparecida Veneruchi de Campos Algoritmos são

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO MATLAB

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO MATLAB TURMA 1 AULA 5 INTRODUÇÃO AO AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO MATLAB MINICURSO PET-POTÊNCIA 2016.1 RÔMULLO RANDELL MINICURSO PET-POTÊNCIA 2016.1 INTRODUÇÃO AO AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO MATLAB RÔMULLO RANDELL Turma

Leia mais

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO

ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ESTRUTURA CONDICIONAL E SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE OU DECISÃO) Até o momento da disciplina vimos algoritmos e programas

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Já vimos entrada, processamento e saída, que compõem os algoritmos puramente

Leia mais

ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO - PARTE 1

ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO - PARTE 1 AULA 15 ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO - PARTE 1 15.1 O comando enquanto-faca- Considere o problema de escrever um algoritmo para ler um número inteiro positivo, n, e escrever todos os números inteiros de 1 a

Leia mais

Exercícios Repetição. 8.3 Exercícios

Exercícios Repetição. 8.3 Exercícios Curso de Graduação em Ciência da Computação Disciplina: Algoritmos Professor: Marcelo Cendron Exercícios Repetição 8.3 Exercícios 1. Faça um programa utilizando o comando while, que fica lendo números

Leia mais

PROGRAMAÇÃO A. Estrutura de Repetição

PROGRAMAÇÃO A. Estrutura de Repetição PROGRAMAÇÃO A Estrutura de Repetição INTRODUÇÃO Trechos de algoritmos e consequentemente comandos de um determinado programa que precisam ser repetidos para realizar algum tipo de leitura de dados ou cálculo

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Professor Hugo de Oliveira Barbalho hbarbalho@ic.uff.br Material produzido pelo professor: Leandro Augusto Frata Fernandes

Leia mais

Métodos Computacionais. Comandos Condicionais e de Repetição em C

Métodos Computacionais. Comandos Condicionais e de Repetição em C Métodos Computacionais Comandos Condicionais e de Repetição em C Tópicos da Aula Hoje vamos acrescentar comportamentos mais complexos a programas em C Comandos Condicionais if-else switch Comandos de Repetição

Leia mais

Exercícios Repetição

Exercícios Repetição Curso de Engenharia de Controle e Automação Disciplina: Informática para a Automação Professor: Marcelo Cendron Exercícios Repetição 1.1 8.3 Exercícios 1. Faça um programa utilizando o comando while, que

Leia mais

Programação de Computadores:

Programação de Computadores: Instituto de C Programação de Computadores: Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Luis Martí Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense lmarti@ic.uff.br - http://lmarti.com Roteiro

Leia mais

Java e sua Sintaxe. Estrutura mínima de um programa em Java: public class Exemplo { }

Java e sua Sintaxe. Estrutura mínima de um programa em Java: public class Exemplo { } Java e sua Sintaxe Java e sua Sintaxe Estrutura mínima de um programa em Java: public class Exemplo { } Como todo programa deve ter um início, convenciona-se que a primeira ação de um programa é a execução

Leia mais

Programação de Computadores III

Programação de Computadores III Programação de Computadores III Pseudocódigo e Estruturas Básicas de Controle Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.1/tcc-00.157

Leia mais

: 16/11/2004. Custódio Dirceu Marcus Vinícius ! " # $

: 16/11/2004. Custódio Dirceu Marcus Vinícius !  # $ 1/6 A Duração: minutos. consulta. Não esqueça de assinalar o seu nome, a sua turma e o nome do seu professor ao abaixo. Parte teórica (total: pontos) Cada questão tem apenas resposta certa. Cada resposta

Leia mais

#include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C

#include <stdio.h> Void main() { printf( Cheguei!\n); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C #include Void main() { printf( Cheguei!\n"); } INTRODUÇÃO A LINGUAGEM C ANTES DO C ERA A LINGUAGEM B B foi essencialmente uma simplificação da linguagem BCPL. B só tinha um tipo de dado, que

Leia mais

Estruturas de Decisão

Estruturas de Decisão Motivação O controle do fluxo da execução em Java utiliza os mesmos comandos existentes em outras linguagens Decisão: if-else, switch-case Repetição: for, while, do-while Desvios: return, continue, break

Leia mais

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados

Métodos Computacionais. Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Métodos Computacionais Operadores, Expressões Aritméticas e Entrada/Saída de Dados Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a escrever um programa em C que pode realizar cálculos Conceito de expressão Tipos de

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Alguns cálculos realizados pelo computador são feitos de forma repetitiva Exemplos: Cálculo de 25! fat = 25*24*23*22*21*20*19*18*17*16*15*14*13*12*11*10*9*8*7*6*5*4*3*2*1; Soma

Leia mais

Estruturas Condicionais e de Repetição

Estruturas Condicionais e de Repetição Estruturas Condicionais e de Repetição Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Introdução à Programação Crédito de conteúdo: Professora Ceça Moraes Conteúdo Comando de Decisão Comandos de Repetição

Leia mais

C Comandos de Controle

C Comandos de Controle C Comandos de Controle Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br Instituto de Matemática Departamento de Ciência da Computação UFRJ 15 de agosto de 2013 Adriano Cruz adriano@nce.ufrj.br (IM-DCC-UFRJ)C Comandos

Leia mais

Estruturas de Controle

Estruturas de Controle Estruturas de Controle Mário Meireles eixeira UMA DEIN ópicos Estruturas de Controle condicionais repetição Expressões Lógicas operadores relacionais operadores lógicos Estruturas de Controle 2 1 Introdução

Leia mais

Vetores Unimensionais

Vetores Unimensionais Vetores Unimensionais Objetivos Entender a importância e a necessidade do uso de Vetores Definição de Manipulação de Vetores Inserir elementos em um vetor (usando laços ou não) Imprimir elementos de um

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++

INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 05 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO C++ Profª ª Danielle Casillo LAÇOS Laços são comandos da linguagem

Leia mais

Working 04 : Conceitos Básicos III

Working 04 : Conceitos Básicos III Universidade Federal do Espirito Santo Centro Tecnologico Working 04 : Conceitos Básicos III Objetivos: Dominar a construção de estruturas de repetição em C; Aperfeiçoar-se na resolução de problemas; Prazo

Leia mais

5 - COMANDOS DE CONTROLE DE PROGRAMA Em C existem os comandos de decisões, os comandos de iteração (ou de laços) e os comandos de desvios.

5 - COMANDOS DE CONTROLE DE PROGRAMA Em C existem os comandos de decisões, os comandos de iteração (ou de laços) e os comandos de desvios. 3636363636363636363636363636363636363636363636363636 5 - COMANDOS DE CONTROLE DE PROGRAMA Em C existem os comandos de decisões, os comandos de iteração (ou de laços) e os comandos de desvios. 5.1 - Comandos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014 1 OBJETIVOS DA AULA Estrutura de Controle de Decisão Simples Estrutura de Controle de Decisão Estendida Estrutura de Controle

Leia mais

Estruturas de Repe,ção e String

Estruturas de Repe,ção e String Estruturas de Repe,ção e String Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Estruturas de repe

Leia mais

Lição 4 Fundamentos da programação

Lição 4 Fundamentos da programação Lição 4 Fundamentos da programação Introdução à Programação I 1 Objetivos Ao final desta lição, o estudante será capaz de: Identificar as partes básicas de um programa em Java Reconhecer as diferenças

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Introdução As estruturas de repetição, permitem executar mais de uma vez um mesmo trecho de código. Trata-se de uma forma de executar blocos de comandos somente sob determinadas

Leia mais

Fundamentos de programação

Fundamentos de programação Fundamentos de programação Iteração O Comando While / do while Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Comandos de repetição Garante a repetição de um trecho de código Evita

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Introdução à Linguagem C: Parte II Prof. Ricardo J. G. B. Campello Sumário Seleção Simples Seleção Composta Seleção Encadeada Seleção de Múltipla Escolha Repetição com

Leia mais

Semana 2 Estruturas de Condição, Seleção e Repetição. Prof. Tiago Jesus de Souza

Semana 2 Estruturas de Condição, Seleção e Repetição. Prof. Tiago Jesus de Souza Atualização Técnica e Pedagógica de Professores no componente de Lógica de Programação com C# (console) Semana 2 Estruturas de Condição, Seleção e Repetição Prof. Tiago Jesus de Souza Introdução Nesta

Leia mais

Tec. Prog. Internet II ADVANCEPG Prof. Andrea Garcia

Tec. Prog. Internet II ADVANCEPG Prof. Andrea Garcia Laços de Repetição for, as estruturas de controle alinhadas, o break e o continue no PHP Vamos continuar com o mesmo problema para quem não se lembra: Bart Simpson ficou novamente na detenção no final

Leia mais

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE)

ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Algoritmos e Estruturas de Dados 1 Prof. Eduardo 1 ALGORITMOS COM SELEÇÃO 1 - ESTRUTURA CONDICIONAL (ESTRUTURAS DE CONTROLE) Até o momento da disciplina vimos comandos de entrada, processamento e saída

Leia mais

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz

Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Aula 3 Conceitos de memória, variáveis e constantes Cleverton Hentz Sumário de Aula } Conceito de Memória } Variáveis e Tipos de Dados } Constantes 2 Conceito de Memória } A memória de um computador é

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição O conceito de repetição (looping) é utilizando quando se deseja repetir certo trecho de instruções por um número de vezes. O número de repetições pode ser conhecido antes ou não,

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

ECT1203 Linguagem de Programação

ECT1203 Linguagem de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Escola de Ciências e Tecnologia ECT1203 Linguagem de Programação Prof. Aquiles Burlamaqui Profa. Caroline Rocha Prof. Luiz Eduardo Leite Prof. Luciano Ferreira

Leia mais

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento --

1) Operadores de auto incremento ++ e auto decremento -- Aula 09 - Operadores de auto incremento e auto decremento, atribuição múltipla, atribuição na declaração, atribuição resumida e algumas regras de boa programação. 1) Operadores de auto incremento ++ e

Leia mais

Waldemar Celes e Roberto Ierusalimschy. 29 de Fevereiro de 2012

Waldemar Celes e Roberto Ierusalimschy. 29 de Fevereiro de 2012 Capítulo 5: Repetições Waldemar Celes e Roberto Ierusalimschy 29 de Fevereiro de 2012 1 Construção de laços Uma das principais características de um computador é sua capacidade para realizar cálculo e

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Funcionamento de uma LP Em uma Linguagem de Programação (LP) como C e Pascal, temos o seguinte quadro quando vamos compilar um programa. Código fonte em c Teste.c Gera código

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO. Estruturas de repetição. Prof. Alex Camargo UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS BAGÉ ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO Estruturas de repetição Prof. Alex Camargo alexcamargoweb@gmail.com Estruturas de repetição As estruturas de repetição provém uma maneira

Leia mais

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica

Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Introdução à Programação de Computadores Fabricação Mecânica Edilson Hipolito da Silva edilson.hipolito@ifsc.edu.br - http://www.hipolito.info Aula 06 - Introdução a algoritmos Roteiro Algoritmos Formas

Leia mais

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação

Linguagem C Controle do Fluxo de Execução. Lógica de Programação Linguagem C Controle do Fluxo de Execução Lógica de Programação Caro(a) aluno(a), Aqui começaremos a escrever os nossos primeiros programas em uma Linguagem de Programação. Divirta-se!!! Estrutura Seqüencial

Leia mais

Arquitetura Von Neumann Dados e instruções são obtidos da mesma forma, simplificando o desenho do microprocessador;

Arquitetura Von Neumann Dados e instruções são obtidos da mesma forma, simplificando o desenho do microprocessador; 1 Microprocessador Um microprocessador é um circuito eletrônico capaz de realizar diversas tarefas conforme os comandos específicos. Para isso ele deve ler esses comandos da memória de programa (ROM) e

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

Linguagens de Programação I

Linguagens de Programação I Linguagens de Programação I Tema # 4 Operadores em C Susana M Iglesias FUNÇÕES ENTRADA-SAÍDA I/O printf(), utilizada para enviar dados ao dispositivo de saída padrão (stdout), scanf(), utilizada para ler

Leia mais

Capítulo 8. Estruturas de Repetição. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra

Capítulo 8. Estruturas de Repetição. Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra Capítulo 8 Estruturas de Repetição Objetivos do Capítulo Apresentar as três estruturas de repetição (loops) disponíveis no Java: while, do-while e for. Indicar a sintaxe que deve ser empregada para a construção

Leia mais

Linguagem de programação métodos/funções

Linguagem de programação métodos/funções Instituto Federal de Minas Gerais Campus Ponte Nova Linguagem de programação métodos/funções Professor: Saulo Henrique Cabral Silva MÉTODOS / MODULARIZANDO Modularizando... 2 Métodos Funções Sub-rotinas

Leia mais

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática Programação 1 Prof. Osório Aula 05 Pag.: 1 UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS (C6/6) Curso: Informática PROGRAMAÇÃO I AULA 05 Disciplina: Linguagem

Leia mais

Estruturas de controle Parte 1

Estruturas de controle Parte 1 1. Objetivos Estruturas de controle Parte 1 Nas lições anteriores, foram mostrados programas seqüenciais, onde as instruções foram executadas uma após a outra de forma fixa. Nesta lição, discutiremos estruturas

Leia mais

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa:

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa: Algoritmos Algoritmos Leandro Tonietto Unisinos ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/inf/pg1/algoritmosi_java.pdf Mar-2008 Possuem sintaxe flexível e são mais úteis para descrição

Leia mais

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DISCIPLINA: TEORIA DA COMPUTAÇÃO E ALGORITMOS PROF: GIULIANO PRADO DE MORAIS GIGLIO 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS 1) Sobre variáveis, responda

Leia mais

Estrutura Condicional

Estrutura Condicional Estrutura Condicional É a estrutura que permite a tomada de decisão, em um algoritmo, mediante a análise lógica de uma condição; Condição: comparação que somente possui dois valores possíveis (verdadeiro

Leia mais

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Departamento de Informática PUC-Rio Andrew Diniz da Costa andrew@les.inf.puc-rio.br Programa Capítulo 3 Ponteiros e Variáveis de Objeto Construtores

Leia mais

Características da Linguagem C

Características da Linguagem C Características da Linguagem C Na aula passada, foi implementado o exemplo utilizado do reajuste salarial O resultado impresso pode ser visualizado da seguinte forma: Características da Linguagem C Introdução

Leia mais

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35

BCC Introdu c ao ` a Programa c ao Portugol Guillermo C amara-ch avez UFOP 1/35 BCC 201 - Introdução à Programação Portugol Guillermo Cámara-Chávez UFOP 1/35 Introdução I Lógica A lógica é usada no dia a dia das pessoas que trabalham com computação para solucionar problemas de forma

Leia mais

Programação Estruturada

Programação Estruturada Programação Estruturada Prof. Marcelo Siedler Objetivos do documento: Apresentar conceitos relacionados a programação estruturada Exercícios com métodos. Programação Estruturada Programação estruturada

Leia mais

Linguagem Pascal. Prof. Sérgio Rodrigues. É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa;

Linguagem Pascal. Prof. Sérgio Rodrigues. É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa; Linguagem Pascal Prof. Sérgio Rodrigues Introdução Algoritmo É a descrição, de forma lógica, dos passos a serem executados no cumprimento de determinada tarefa; Programa é a formalização de um algoritmo

Leia mais

Controle de Fluxo. Laços e Desvios incondicionais

Controle de Fluxo. Laços e Desvios incondicionais Controle de Fluxo Laços e Desvios incondicionais Laços Em C, há três comandos de ITERAÇÃO ou LAÇOS: for while do... while Estes permitem que um conjunto de instruções seja executado até que ocorra uma

Leia mais

Pseudolinguagem. BC0501 Linguagens de Programação t2 Aula 11. Prof. Alysson Ferrari ufabc.edu.br

Pseudolinguagem. BC0501 Linguagens de Programação t2 Aula 11. Prof. Alysson Ferrari ufabc.edu.br BC0501 Linguagens de Programação - 2008t2 Aula 11 Pseudolinguagem Prof. Alysson Ferrari alysson.ferrari @ ufabc.edu.br http://fma.if.usp.br/~alysson baseado em material elaborado por: Marcelo Zanchetta

Leia mais

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo

Programação Básica. Estrutura de um algoritmo Programação Básica Estrutura de um algoritmo Código-fonte Como vimos na aula anterior um algoritmo pode ser representado usando um fluxograma Um algoritmo pode também ser representado usando texto Esse

Leia mais

Introdução aos Algoritmos

Introdução aos Algoritmos Introdução aos Algoritmos Aula 05 Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa http://www2.ufersa.edu.br/portal/professor/diogopedrosa diogopedrosa@ufersa.edu.br Universidade Federal Rural do Semiárido Bacharelado

Leia mais

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis Introdução a classes e objetos Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis Estruturas de Seleção if... else Operador condicional (? : ) switch Aula de Hoje Estruturas de Repetição: while/do... while/for

Leia mais

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas

Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Algoritmo, Variáveis, Comandos de Entrada e Saída e Expressões Aritméticas Estrutura de um Programa em Linguagem Algorítmica Nesse curso nós vamos utilizar a linguagem algorítmica para

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2014/2015 UNIVERSIDADE LUSÓFONA DE HUMANIDADES E TECNOLOGIAS 1º Semestre 2014/2015 Programação em C 15/01/2015 Resolução 1. Descreva, em Português, cada uma das seguintes declarações em C: 1.1. char str[512]; Array

Leia mais

1ª Lista de Exercícios

1ª Lista de Exercícios Universidade Federal do Rio de Janeiro Data: 26/04/05 Disciplina: Computação I 1ª Lista de Exercícios 1) Faça um programa, em pseudo-código, que peça ao usuário que informe n números reais e então calcule

Leia mais

Amanda Gondim de Oliveira

Amanda Gondim de Oliveira ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO Amanda Gondim de Oliveira ESTRUTURAS DE REPETIÇÃO É comum a repetição de procedimentos para se realizar tarefas. Esse procedimentos não são repetidos eternamente, mas se encerram

Leia mais

Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos. PET Computação - UFPR September 2016

Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos. PET Computação - UFPR September 2016 Mini apostila de Python - Oficina de Vestibulandos PET Computação - UFPR September 2016 1 Sumário 1 Introdução 3 2 Obtenção e Instalação 3 3 Variáveis 3 4 Operações Matemáticas 5 5 Entrada de Dados 6 6

Leia mais

Noções de algoritmos - Aula 1

Noções de algoritmos - Aula 1 Noções de algoritmos - Aula 1 Departamento de Física UFPel Definição de algoritmo Sequência ordenada e finita de operações para a realização de uma tarefa. Tarefa: Experimento de Física I. Passo 1: Reunir

Leia mais

Introdução a Programação de Jogos

Introdução a Programação de Jogos Introdução a Programação de Jogos Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição

Leia mais

UNIDADE 4 ESTRUTURAS DE CONTROLE

UNIDADE 4 ESTRUTURAS DE CONTROLE 1 UNIDADE 4 ESTRUTURAS DE CONTROLE Na criação de algoritmos, utilizamos os conceitos de bloco lógico, entrada e saída de dados, variáveis, constantes, atribuições, expressões lógicas, relacionais e aritméticas,

Leia mais

Conceitos Básicos Linguagem C

Conceitos Básicos Linguagem C Conceitos Básicos Linguagem C PROF. MAURÍCIO A DIAS MACDIASPAE@GMAIL.COM 2 Método Método básico para construção de algoritmos 1. Compreender completamente o problema a ser resolvido, se possível dividindo

Leia mais