UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CATÓLICA, LISBOA 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho

2 O Artigo 45.º sofre alterações (exercício de clarificação): - pressuposto material da norma: que a pretensão do autor seja fundada - a impossibilidade em dar satisfação aos interesses do autor, pode ser no todo ou em parte - a impossibilidade tem de ser absoluta tipo de pronúncia que o juiz é chamado a proferir: sentença declarativa, reconhecendo que o autor tem direito a ser indemnizado pelo facto da impossibilidade em dar satisfação ao seu interesse, convidando as partes a acordarem no montante da indemnização devida o prazo para as partes chegarem a acordo é alargado de 20 para 30 dias, com possibilidade de prorrogação até 60 dias

3 O Artigo 45.º sofre alterações (exercício de clarificação): Frustrando-se o acordo, é agora fixado o prazo de um mês para o autor apresentar articulado pedindo a fixação judicial da indemnização devida, a qual pode incluir todos os danos resultantes da actuação ilegítima da entidade demandada, isto é, quer os decorrentes da impossibilidade, quer os decorrentes da própria ilegalidade da sua actuação, permitindo-se que numa única instância seja apreciada e decidida a totalidade do litígio Antes não se previa qualquer prazo O anterior nº 5 apontava para solução inversa, ao prever que a fixação judicial da indemnização em consequência da impossibilidade, não impedia o autor de optar por deduzir pedido autónomo de reparação de todos os danos.

4 O nº 4 permite que o autor possa logo formular na acção o pedido de reparação de todos os danos Porém está em causa uma situação que não se configura como de modificação da instância ou do objecto do processo, por esse objecto já integrar a lide desde o momento da sua constituição Além disso afigura-nos muito duvidoso que o juiz possa proferir um despacho de convite ao autor para ampliar o pedido indemnizatório já deduzido Nem ordenar as diligências instrutórias que considere necessárias (n.º 2, parte final)? Cfr. Artigo 90.º/1/2/3 e Artigo 411.º do CPC Exacerbação do princípio do inquisitório?

5 Artigo 45.º-A Fonte: Artº 102º nº 5 Âmbito mais vasto: regime processual associado ao pedido de impugnação, respeitante à invalidade do contrato (nº 1) e ao pedido de condenação à prática de acto devido, por alteração superveniente do quadro normativo aplicável, que determine a impossibilidade em dar satisfação aos interesses do autor, julgando a acção procedente Nº 3 - não basta que exista uma qualquer alteração superveniente do quadro legal: apenas não se poderá julgar a acção procedente quando se verificar que, mesmo que a pretensão do autor tivesse sido oportunamente satisfeita, no momento em que o deveria ter sido, essa alteração superveniente sempre teria o alcance de retirar ao autor a titularidade dessa situação jurídica de vantagem

6 Artigo 45.º-A, nº 1, al. b) - Princípio do aproveitamento do contrato Artigos 283.º/4 e 283.º-A do Código dos Contratos Públicos Diferença de regime em relação à aplicação do princípio do aproveitamento do acto administrativo Artigo 163.º/5 do CPA E o princípio da fungibilidade entre acto e contrato? Artigo 127.º CPA

7 Antes eram previstos dois regimes de modificação objectiva da instância: para a AAC (art.º 45.º) e para a AAE (art.º 63.º) CPTA revisto: - Regime geral (art.ºs 45.º e 45.º-A) - Aplicado à acção de contencioso pré-contratual (art.º 102.º/6) - Regimes particulares da acção de impugnação de acto administrativo (art.ºs 63.º, 64.º e 65.º) - Regime particular da acção de condenação à prática de acto devido (art.º 70.º) - Regime da Intimação para protecção de direitos, liberdades e garantias (art.º 110.º-A)

8 2.1. Impugnação de actos administrativos Artigo 63.º - Ampliação da instância Objecto: - Impugnação dos novos actos que venham a surgir no âmbito ou na sequência do procedimento em que o acto impugnado se insere - Formulação de novas pretensões que com aquela possam ser cumuladas - ex. impugnação do contrato, quando o acto impugnado for relativo à formação de um contrato (actos pré-contratuais) e o contrato for celebrado na pendência do processo Art.º 63.º/2 Objecto inicial da instância ampliado ao novo objecto

9 2.1. Impugnação de actos administrativos Artigo 63.º - Ampliação da instância Momento: Até ao encerramento da discussão em primeira instância: - até ao momento de apresentação de alegações finais orais, em audiência final Art.º 91.º/3/e), ou o termo do prazo para a apresentação de alegações finais escritas Art.º 91.º/3 e 91.º-A - no caso de se decidir o mérito da causa no saneador, aquele momento corresponde ao termo da fase dos articulados ou da audiência prévia, se a ela houver lugar Art.ºs 87.º, 87.º-A e 87.º-B

10 2.1. Impugnação de actos administrativos Artigo 64.º - Anulação administrativa, sanação e revogação de acto impugnado com efeitos retroactivos Objecto: - Impugnação do novo acto praticado em sequência da anulação administrativa acompanhada ou sucedida de nova regulação - Impugnação do novo acto quando o acto impugnado foi total ou parcialmente alterado ou substituído por outro com os mesmos efeitos Alteração do objecto da instância: o objecto inicial é alterado para um novo objecto (a epígrafe reflecte a realidade substantiva, não traduz a realidade ou a repercussão processual)

11 2.1. Impugnação de actos administrativos Artigo 64.º - Alteração da instância - n.º 1 o processo prossegue contra o novo acto com fundamento na reincidência nas mesmas ilegalidades - n.º 4 possibilidade de reabertura do processo contra o novo acto com fundamento na reincidência nas mesmas ilegalidades E se forem outras ilegalidades? Crítica: Esvaziamento da possibilidade de alteração da instância

12 2.1. Impugnação de actos administrativos Artigo 64.º - Alteração da instância Momento: - N.º 2 Dentro do prazo de impugnação do acto anulatório e antes do trânsito em julgado da decisão que julgue extinta a instância - N.º 4 Dentro do prazo de impugnação do acto anulatório e após a extinção da instância Crítica: O n.º 4 constitui uma distorção do processo: reabertura de processo findo e transitado em julgado e aproveitamento da prova produzida?! Será possível alterar uma instância extinta?

13 2.2. Condenação à prática de acto devido Artigo 70.º - Alteração da instância Objecto: - Em consequência de na pendência do processo existir o indeferimento da pretensão recusada ou decorrente da situação de inércia - Aspecto positivo: possibilidade de alegar novos fundamentos Crítica: Desarticulação em relação ao Artigo 64.º, limitado às mesmas ilegalidades

14 2.2. Condenação à prática de acto devido - Prazo: 30 dias, contados da notificação do acto ou do seu conhecimento - Dificuldades: - ausência de termo - Porém deverá ocorrer na pendência do processo (n.º 1), pressupondo-se o conhecimento do acto no processo (n.º 4)

15 Artigos 61.º e 28.º - do mesmo Tribunal ou de Tribunais diferentes - Critério: processo intentado em primeiro lugar processo de numeração mais baixa Crítica: o critério não se adequa em Tribunais de dimensão diferente

16 Processos urgentes: Intimação para protecção de direitos, liberdades e garantias Artigo 110.º-A Convolação para Providência Cautelar (e decretamento provisório da providência cautelar) A convolação da instância está vedada na Acção Administrativa - Artigo 87.º/5

17

FUNCHAL, 30 DE OUTUBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho

FUNCHAL, 30 DE OUTUBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho FUNCHAL, 30 DE OUTUBRO DE 2015 Ana Celeste Carvalho Art.º 15.º do D.L. n.º 214-G/2015, de 2 de Outubro N.º 1 O CPTA revisto entra em vigor no prazo de 60 dias após a sua publicação: 2 de Dezembro de 2015

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

Prática Processual Civil. Programa

Prática Processual Civil. Programa ORDEM DOS ADVOGADOS COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I - A CONSULTA JURÍDICA 1.1 - A consulta ao cliente 1.2 - Tentativa de resolução amigável 1.3 - A gestão do

Leia mais

A Tutela Cautelar no Procedimento e no Processo Administrativo. Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados Lisboa, 31/01/2016

A Tutela Cautelar no Procedimento e no Processo Administrativo. Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados Lisboa, 31/01/2016 A Tutela Cautelar no Procedimento e no Processo Administrativo Conselho Regional de Lisboa da Ordem dos Advogados Lisboa, 31/01/2016 Código do Procedimento Administrativo Medidas Provisórias CPA 1991 Artigo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre

DIREITO ADMINISTRATIVO II. 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre DIREITO ADMINISTRATIVO II 2.º Ano Turma B PROGRAMA DA DISCIPLINA Ano lectivo de 2011/2012 2º semestre LISBOA 2012 Regente: Prof. Doutor Fausto de Quadros Colaborador: Prof. Doutor Lourenço Vilhena de Freitas

Leia mais

FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO II - ACTOS PROCESSUAIS DAS PARTES

FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO II - ACTOS PROCESSUAIS DAS PARTES Prática Processual Civil I FASE DE FORMAÇÃO INICIAL - PROGRAMA DE PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL I I - ACESSO AO DIREITO Modalidades do acesso ao direito e à justiça. O conceito de insuficiência económica. Revogação

Leia mais

A REFORMA DO DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO A N A C E L E S T E C A R V A L H O

A REFORMA DO DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO A N A C E L E S T E C A R V A L H O A REFORMA DO DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO A N A C E L E S T E C A R V A L H O A REFORMA DO DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO ESTATUTO DOS TRIBUNAIS A DMINISTRATIVOS E FISCAIS CÓDIGO DE PROCESSO NOS

Leia mais

A REVISÃO DO CPTA E DO ETAF: A REFORMA DA REFORMA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO

A REVISÃO DO CPTA E DO ETAF: A REFORMA DA REFORMA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO 5 de outubro de 2015 A REVISÃO DO CPTA E DO ETAF: A REFORMA DA REFORMA DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO PORTUGUÊS Foi publicado, no passado dia 2 de outubro, o Decreto-Lei n.º 214-G/2015, diploma através

Leia mais

O procedimento de massa urgente no anteprojeto de alteração do CPTA

O procedimento de massa urgente no anteprojeto de alteração do CPTA O procedimento de massa urgente no anteprojeto de alteração do CPTA A reforma do Direito Processual Administrativo Instituto de Ciências Jurídico Políticas Faculdae de Direito de Lisboa 9 de maio de 2014

Leia mais

O Contencioso Administrativo

O Contencioso Administrativo O Contencioso Administrativo INA 9. O processo executivo João Tiago Silveira Setembro de 2016 a. Aspetos comuns: obrigatoriedade de decisões judiciais Obrigatoriedade das decisões dos tribunais administrativos

Leia mais

Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa. Dinamene de Freitas Assistente da FDUL

Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa. Dinamene de Freitas Assistente da FDUL Unificação das formas de processo tramitação da ação administrativa Dinamene de Freitas Assistente da FDUL Tópicos da apresentação Alguns aspetos da tramitação da ação administrativa (AA) na aproximação

Leia mais

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015

UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO. Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa. Ano lectivo de 2014/2015 UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO Curso de Licenciatura em Direito em Língua Portuguesa Ano lectivo de 2014/2015 DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (Disciplina anual do 3.º ano) Responsável pela regência:

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Processo: 0620/11 Data do Acordão:

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Processo: 0620/11 Data do Acordão: Acórdãos STA Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Processo: 0620/11 Data do Acordão: 02-11-2011 Tribunal: 2 SECÇÃO Relator: LINO RIBEIRO Descritores: INDEMNIZAÇÃO POR GARANTIA INDEVIDA Sumário: Nº

Leia mais

Direito Processual Civil II - Turma A

Direito Processual Civil II - Turma A Direito Processual Civil II - Turma A Regência: Professor Doutor Miguel Teixeira de Sousa 28 de Julho de 206 Duração: 2 horas Em de Janeiro de 206, A e B celebraram em Lisboa com C um contrato-promessa

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA

DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA DIREITO PROCESSUAL ADMINISTRATIVO PROGRAMA 1 INFORMAÇÕES GERAIS Coordenador: Professor Doutor Jorge Bacelar Gouveia Regente: Mestra Ana Celeste Carvalho (Juíza Desembargadora) Ano letivo: 2015-2016 Curso

Leia mais

Código de Processo nos Tribunais Administrativos

Código de Processo nos Tribunais Administrativos CÓDIGOS ELECTRÓNICOS DATAJURIS DATAJURIS é uma marca registada no INPI sob o nº 350529 Código de Processo nos Tribunais Administrativos Todos os direitos reservados à DATAJURIS, Direito e Informática,

Leia mais

Código de Processo do Trabalho

Código de Processo do Trabalho DECRETO-LEI Nº 398/98, DE 17 DE DEZEMBRO Código de Processo do Trabalho 2013 9ª Edição Actualização nº 1 1 LEI GERAL TRIBUTÁRIA CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO Actualização nº 1 EDITOR EDIÇÕES ALMEDINA,

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL LEI 41/2013, DE 26/6 * Lei n.º 62/2013, de 26 de Agosto (Lei da Organização do Sistema Judiciário) * Declaração de Retificação nº 36/2013, de 12 de Agosto * Portaria nº 280/2013,

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Coimbra, 25.10.2010 José Pereira de Sousa - Advogado 1 O artigo 1.º, n.º 1 do C.P.A. define o procedimento administrativo como a sucessão

Leia mais

I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA

I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA I CONGRESSO INTERNACIONAL CBMA DE ARBITRAGEM ARBITRAGEM ENVOLVENDO A ACTIVIDADE PÚBLICA DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A EXPERIÊNCIA PORTUGUESA Pedro Leite Alves Jardim, Sampaio, Magalhães e Silva e Associados

Leia mais

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS

CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS CLÍNICAS FORENSES PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS MARÇO 2006. ÍNDICE 1. Boas Vindas. 3 2. Horário e Funcionamento.. 4 3. Metodologia das Sessões....... 5 4. Programa...... 6 5. Calendarização das

Leia mais

Prática Processual Civil I 30 de Janeiro de 2009

Prática Processual Civil I 30 de Janeiro de 2009 Prática Processual Civil I 30 de Janeiro de 2009 Leia com atenção os textos que seguem e responda de maneira clara e concisa às questões que vão colocadas, fundamentando sempre as respostas que der nos

Leia mais

Processos de massa, contencioso urgente dos procedimentos de massa e outros mecanismos de agilização processual no Contencioso Administrativo

Processos de massa, contencioso urgente dos procedimentos de massa e outros mecanismos de agilização processual no Contencioso Administrativo Processos de massa, contencioso urgente dos procedimentos de massa e outros mecanismos de agilização processual no Contencioso Administrativo Curso de Pós-Graduação em Contencioso Administrativo e Tributário

Leia mais

Código de Processo nos Tribunais Administrativos

Código de Processo nos Tribunais Administrativos CÓDIGOS ELECTRÓNICOS DATAJURIS DATAJURIS é uma marca registada no INPI sob o nº 350529 Código de Processo nos Tribunais Administrativos Texto Simples Todos os direitos reservados à DATAJURIS, Direito e

Leia mais

O novo CPTA e a sua aplicação subsidiária no contencioso tributário: vantagens e desvantagens SUZANA TAVARES DA SILVA FDUC IJ

O novo CPTA e a sua aplicação subsidiária no contencioso tributário: vantagens e desvantagens SUZANA TAVARES DA SILVA FDUC IJ O novo CPTA e a sua aplicação subsidiária no contencioso tributário: vantagens e desvantagens SUZANA TAVARES DA SILVA FDUC IJ A caminho de um processo único organizado sob a ideia de gestão processual

Leia mais

Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa:

Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa: Processo n 1313/14.OTTLSB.L1 Acordam os Juízes da Secção Social do Tribunal da Relação de Lisboa: Relatório Nos presentes autos de execução de sentença que R, residente no B, n 22, 3 Esq, 1100-081 Lisboa,

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO PROCESSUAL CIVIL II: A ACÇÃO DECLARATIVA Parte II (3.º ANO- Noite) PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO PROCESSUAL CIVIL II: A ACÇÃO DECLARATIVA Parte II (3.º ANO- Noite) PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO PROCESSUAL CIVIL II: A ACÇÃO DECLARATIVA Parte II (3.º ANO- Noite) PROGRAMA E BIBLIOGRAFIA Ano Lectivo: 2015/2016, 2.º Semestre Equipa docente: José

Leia mais

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada

LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada LIMINARES DE NATUREZA CAUTELAR Cautelar e Tutela Antecipada o Semelhança advinda da sumariedade, medida cautelar e antecipação da tutela não se confundem. Distinguem as figuras no objetivo; a medida cautelar

Leia mais

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE)

PROVA ESCRITA NACIONAL DO EXAME FINAL DE AVALIAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) ORDEM DOS ADVOGADOS CNEF / CNA Comissão Nacional de Estágio e Formação / Comissão Nacional de Avaliação PROVA ESCRTA NACONAL DO EXAME FNAL DE AVALAÇÃO E AGREGAÇÃO (RNE) GRELHAS DE CORRECÇÃO ÁREAS OPCONAS

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL ( ) - Duração 2 h 30 m

DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL ( ) - Duração 2 h 30 m DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV 2015/2016 Mestrado Forense / Turma B (Rui Pinto) EXAME FINAL (12.1.2016) - Duração 2 h 30 m I. LEIA o seguinte ac. RL 16-1-2014/Proc. 4817/07.7TBALM.L2-6 (ANTÓNIO MARTINS):

Leia mais

S. R. TRIBUNAL CENTRAL ADMINISTRATIVO SUL

S. R. TRIBUNAL CENTRAL ADMINISTRATIVO SUL PDF elaborado pela Datajuris S. R. TRIBUNAL CENTRAL ADMINISTRATIVO SUL Processo nº 8727/12 Acórdão de: 21-06-2012 Descritores: Prazo; Prazo substantivo; Prazo adjectivo; Artigo 58º, n.º 2, alínea b), do

Leia mais

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013

OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL. Tribunal Constitucional, seminário 2013 OS RECURSOS DE INCONSTITUCIONALIDADE PARA O TRIBUNAL CONSTITUCIONAL S Plano de apresentação S I. INTRODUÇÃO S II. RECURSO ORDINÁRIO DE INCONSTITUCIONALIDADE S III. RECURSO EXTRAORDINÁRIO S IV. REGIME COMPARADO

Leia mais

RECOMENDAÇÃO. R. nº 2

RECOMENDAÇÃO. R. nº 2 RECOMENDAÇÃO R. nº 2 Objecto da queixa: O cidadão apresentou queixa escrita ao Provedor Municipal alegando ter requerido em 04/04/03 a renovação/prorrogação da licença nº 573/02, que caducava em 19/05/03,

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO

CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO CÓDIGO DE PROCESSO DO TRABALHO 1 POR UM NOVO SISTEMA JUDICIÁRIO NO SÉCULO XXI Oradores: www.crjd-angola.com CRJDANGOLA Dra. Florbela Rocha Araújo Dr. Osvaldo Estevão Luacuti Dr. Pedro Joaquim Gola CÓDIGO

Leia mais

Face ao exposto, e ao abrigo das normas constitucionais, o CDS-PP apresenta o seguinte projecto de lei: Artigo 1º Objecto

Face ao exposto, e ao abrigo das normas constitucionais, o CDS-PP apresenta o seguinte projecto de lei: Artigo 1º Objecto Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º 271/XI/1ª Alteração à Lei Geral Tributária e ao Código de Procedimento e de Processo Tributário introduzindo alterações ao regime dos Juros Indemnizatórios Quando

Leia mais

Contencioso Pré-Contratual

Contencioso Pré-Contratual A reforma do direito processual administrativa CEJ (Fev.2015) Contencioso Pré-Contratual Rodrigo Esteves de Oliveira Apreciação geral CONTENCIOSO PRÉ-CONTRATUAL Litígios pré-contratuais abrangidos ( contratos

Leia mais

Novo CPTA (2015) Carla Jobling (Advogada) Luís Figueira (Jurista) JurIndex3

Novo CPTA (2015) Carla Jobling (Advogada) Luís Figueira (Jurista) JurIndex3 Carla Jobling (Advogada) Luís Figueira (Jurista) JurIndex3 Novo CPTA (2015) Termos de utilização: 1. Versão livre para utilização sem finalidade lucrativa. 2. Não é autorizada a utilização para fins comerciais

Leia mais

IVA ARTIGO 78º REGULARIZAÇÕES. Para estes créditos aplicam-se sempre os nºs 7 a 12, 16 e 17 do CIVA).

IVA ARTIGO 78º REGULARIZAÇÕES. Para estes créditos aplicam-se sempre os nºs 7 a 12, 16 e 17 do CIVA). IVA 14-03-2015 ARTIGO 78º REGULARIZAÇÕES 1 -REGIME TRANSITÓRIO (créditos vencidos até 31/12/2012) Para estes créditos aplicam-se sempre os nºs 7 a 12, 16 e 17 do CIVA). a) Se a data relevante para a dedução,

Leia mais

Direito Processual Civil III

Direito Processual Civil III Direito Processual Civil III»Aula 19 Providências preliminares: Providências Preliminares Ação Declaratória Incidental X Providências Preliminares 1 Conceito - art. 323 do CPC - providências preliminares

Leia mais

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO 4.º ANO - TURMA DIA 14 de setembro de Época de Finalistas Prof. Doutor VASCO PEREIRA DA SILVA

CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO 4.º ANO - TURMA DIA 14 de setembro de Época de Finalistas Prof. Doutor VASCO PEREIRA DA SILVA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO 4.º ANO - TURMA DIA 14 de setembro de 2016 - Época de Finalistas Prof. Doutor VASCO PEREIRA DA SILVA Tópicos de Correção Grupo I (10 valores: 2 x 5 val.) Comente,

Leia mais

A T R I B U T A Ç Ã O A N G O L A N A ( V I I I ) : O N O V O C Ó D I G O D O P R O C E S S O T R I B U T Á R I O

A T R I B U T A Ç Ã O A N G O L A N A ( V I I I ) : O N O V O C Ó D I G O D O P R O C E S S O T R I B U T Á R I O i N º 4 / 1 4 A T R I B U T A Ç Ã O A N G O L A N A ( V I I I ) : O N O V O C Ó D I G O D O P R O C E S S O T R I B U T Á R I O INTRODUÇÃO No âmbito da Reforma Tributária angolana em curso, foi publicado

Leia mais

GEORGIOS ALEXANDRIDIS

GEORGIOS ALEXANDRIDIS GEORGIOS ALEXANDRIDIS Leiloeiro Oficial do Estado de São Paulo e Advogado Doutor em Direito das Relações Sociais pela PUC/SP (2016) Mestre em Direito das Relações Sociais pela PUC/SP (2008) Especialista

Leia mais

Direito Processual Civil I - Turma A

Direito Processual Civil I - Turma A Regência: Professor Doutor Miguel Teixeira de Sousa Direito Processual Civil I - Turma A 5 de Janeiro de 205 Duração: 2h A 5 de Dezembro de 204, A, francesa domiciliada em Lisboa, e B, francês domiciliado

Leia mais

CONGRESSO DE DIREITO ADUANEIRO

CONGRESSO DE DIREITO ADUANEIRO CONGRESSO DE DIREITO ADUANEIRO A ARBITRAGEM DOS DIREITOS ADUANEIROS E DOS I.E.C. Universidade Católica Portuguesa, 29 de Janeiro de 2014 MANUEL TEIXEIRA FERNANDES Consultor da RFF & Associados SUMÁRIO

Leia mais

Regulamento das Cus stas Processuais A Conta de Custas no Regulamento das Custas Processuais

Regulamento das Cus stas Processuais A Conta de Custas no Regulamento das Custas Processuais A Conta de Custas no Regulamento das Custas Processuais 1 Conceito de taxa de justiça no C.C.J. A taxa de justiça do processo corresponde ao somatório das taxas de justiça inicial e subsequente de cada

Leia mais

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL

PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL 25ª Sessão DA REFORMA DOS RECURSOS EM PROCESSO CIVIL Carla de Sousa Advogada 1º Curso de Estágio 2011 1 Enquadramento legal DL nº 303/2007 de 24 de Agosto Rectificado pela: Declaração

Leia mais

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DISTRITAL PROGRAMA

PROCURADORIA-GERAL DISTRITAL PROGRAMA PROGRAMA ENCONTRO DE MAGISTRADOS DA JURISDIÇÃO DE FAMÍLIA E MENORES DO DISTRITO DE LISBOA ** 1ª SESSÃO ** 19 /11/ 2007 PGD LISBOA (Sala Biblioteca Pequena) (10H -12H30M / 14H - 17 H) TEMAS EM DISCUSSÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo, de

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo, de Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo, de 05-02-2014 Processo: 01922/13 Relator: ISABEL MARQUES DA SILVA Meio Processual: RECURSO JURISDICIONAL Decisão: PROVIDO Fonte: www.dgsi.pt Sumário I - Nos

Leia mais

Lisboa, Junho de 2012 MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO

Lisboa, Junho de 2012 MINISTÉRIO DA ECONOMIA E DO EMPREGO Lisboa, Junho de 2012 O Programa REVITALIZAR Contribuir para dar novo fôlego a projetos empresariais operacionalmente viáveis, em que a função financeira se encontra desajustada face às condicionantes

Leia mais

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças

Sumário Capítulo 1 Prazos Capítulo 2 Incompetência: principais mudanças Sumário Capítulo 1 Prazos 1.1. Forma de contagem: somente em dias úteis 1.2. Prática do ato processual antes da publicação 1.3. Uniformização dos prazos para recursos 1.4. Prazos para os pronunciamentos

Leia mais

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO:

Em Conferência no Tribunal da Relação do Porto I. INTRODUÇÃO: PN 3598.07-5; Cf.Comp.: TRP Rq.e: Maria Helena Marques Coelho Rodrigues Correia Simões1, Rua da Firmeza, 148 4000-225 Porto Rq.do: Carlos Alberto Correia Simões Rodrigues2 Em Conferência no Tribunal da

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL II

DIREITO PROCESSUAL CIVIL II UNIVERSIDADE DE MACAU FACULDADE DE DIREITO CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA (Primeiro Semestre 4 horas semanais) Ano académico de 2016/2017 4.º ano Responsável pela leccionação: Cândida

Leia mais

MUNICIPÍO DE FERREIRA DO ZEZERE LISTAGEM DE PROCESSOS JUDICIAIS PENDENTES E SUA EVOLUÇÃO PROCESSUAL (Em cumprimento do artigo 25.º, n.º 2, alínea c), conjugado com o artigo 35.º, n.º 4, ambos da Lei n.º

Leia mais

Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça

Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça 18 de Dezembro de 2014 Tax News Flash nº 15/2014 Os impostos peça a peça Lei n.º 22/14, de 5 de Dezembro Aprovação do Código do Processo Tributário No âmbito da reforma do sistema tributário em curso foi

Leia mais

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II

Correspondência entre articulados: CPA'15/CPA'91. Disposições gerais PARTE I. Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Disposições gerais PARTE I Disposições preliminares CAPÍTULO I Definições Artigo 1.º Âmbito de aplicação Artigo 2.º Princípios gerais da atividade administrativa CAPÍTULO II Princípio da legalidade Artigo

Leia mais

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO

TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO TJ - SP Processo Penal NILMAR DE AQUINO 1)Cabe recurso de apelação das decisões em que a) julgarem procedentes as exceções, salvo a de suspeição b) decretar a prescrição ou julgar, por outro modo, extinta

Leia mais

REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS. Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto

REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS. Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto 1 REGULAMENTO DAS CUSTAS PROCESSUAIS Alcanena, 12 de Março de 2010 Dec-Lei nº 34/2008, de 26 de Fevereiro Alt. Pelo Dec-Lei nº 181/2008, de 28 Agosto Edgar Valles 2 Regulamento das custas processuais Entrada

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2015/2016 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no

António e Bernardete, brasileiros casados em regime de comunhão de adquiridos, domiciliados no FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA PROVA ESCRITA DE DIREITO PROCESSUAL CIVIL I - TURMA A REGENTE: PROF. DOUTOR MIGUEL TEIXEIRA DE SOUSA 09-02-2015 DURAÇÃO DA PROVA: 2H00 António e Bernardete,

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO)

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) FACULDADE DE DIREITO UNIVERSIDADE DE MACAU CURSO DE LICENCIATURA EM DIREITO EM LÍNGUA PORTUGUESA ANO LECTIVO DE 2014/2015 PROGRAMA DA DISCIPLINA DE DIREITO ADMINISTRATIVO II (3. ANO) DISCIPLINA SEMESTRAL

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Honorários, gratuidade e prazos. Prof. Luiz Dellore

DIREITO PROCESSUAL CIVIL. Honorários, gratuidade e prazos. Prof. Luiz Dellore DIREITO PROCESSUAL CIVIL Honorários, gratuidade e prazos Prof. Luiz Dellore 1. Honorários Art. 85. A sentença condenará o vencido a pagar honorários ao advogado do vencedor. 1 o São devidos honorários

Leia mais

ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL DIANTE DO NOVO CPC: DESAFIOS PRESENTES E FUTUROS

ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL DIANTE DO NOVO CPC: DESAFIOS PRESENTES E FUTUROS ATUALIZAÇÃO PROFISSIONAL DIANTE DO NOVO CPC: DESAFIOS PRESENTES E FUTUROS Clarisse Frechiani Lara Leite Formada pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) em 2002. Mestre e doutora em

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL EXECUTIVO E RECURSOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO

Leia mais

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013

CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013 CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL DE 2013 Paulo Pimenta 5 de Setembro de 2013 Etapas por que passou a reforma do processo civil - 1ª Comissão (Dezembro 2009 / Novembro 2010) - 2ª Comissão (Setembro 2011 / Dezembro

Leia mais

A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO

A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO A CONCILIAÇÃO E A MEDIAÇÃO Balanço sobre o Novo Processo Civil Jorge Morais Carvalho 10 de março de 2016 ESQUEMA DA APRESENTAÇÃO Introdução Distinção entre mediação e conciliação. Problemas jurídicos da

Leia mais

DPRCIV3 Direito Processual Civil III. Plano de Ensino - 3. Do Indeferimento da Petição inicial. (arts. 295 a 285-A)

DPRCIV3 Direito Processual Civil III. Plano de Ensino - 3. Do Indeferimento da Petição inicial. (arts. 295 a 285-A) DPRCIV3 Direito Processual Civil III Plano de Ensino - 3. Do Indeferimento da Petição inicial. (arts. 295 a 285-A) Questões para Fixação da Aula Indeferimento da Inicial (arts. 295 a 296) 1. O art. 295,

Leia mais

OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM

OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM HENRIQUE SALINAS OS LIMITES OBJECTIVOS DO NE BIS IN IDEM (DISSERTAÇÃO DE DOUTORAMENTO) ORIENTADOR: PROFESSOR DOUTOR GERMANO MARQUES DA SILVA Fevereiro de 2012 Os limites Objectivos do ne bis in idem ÍNDICE

Leia mais

Plano de Ensino 1. Petição inicial. Requisitos.

Plano de Ensino 1. Petição inicial. Requisitos. Plano de Ensino 1. Petição inicial. Requisitos. (CPC, arts. 282 a 285-A) Petição Inicial Conceito: petição inicial é o ato formal do autor que introduz a causa em juízo (Vicente, 135). Características:

Leia mais

Tutelas no novo CPC: Liminares?

Tutelas no novo CPC: Liminares? Tutelas no novo CPC: Liminares? Valter Nilton Felix Quando os efeitos da tutela definitiva são antecipados pelo juízo, tem-se a tutela provisória, satisfativa (fornecimento de certidão negativa é ordenada

Leia mais

OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL

OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL OBSERVATORIO DO MUNDO RURAL Lei de terras: Entre a Lei e a Pratica Eduardo Chiziane, Msc FDUEM eduardo.chiziane@uem.mz SUMARIO 1. Introducao 2. Legislacao sobre a terra 3. Extincao do DUAT 4. Meios de

Leia mais

Direção-geral da Administração da Justiça. Centro de Formação de Funcionários de Justiça

Direção-geral da Administração da Justiça. Centro de Formação de Funcionários de Justiça Centro de Formação de Funcionários de Justiça Especial Revitalização Finalidade: Destina-se a devedores em comprovada situação económica difícil ou em situação de insolvência meramente iminente. O PER

Leia mais

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS Mestrado: FORENSE Disciplina: PROCESSO TRIBUTÁRIO Docente: MESTRE ISABEL MARQUES DA SILVA Ano lectivo: 2008-2009 Semestre: 2.º 1. Programa da disciplina: INTRODUÇÃO 1. Fontes imediatas do processo tributário

Leia mais

Organização Judiciária - II

Organização Judiciária - II Organização Judiciária - II Ordem dos Advogados Luísa Cotrim dos Santos Programa da 2.ª Sessão Tribunais Judiciais Considerações gerais Jurisdição Divisão judiciária Segundo a LOFTJ (Lei n.º 3/99, de 13-01)

Leia mais

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ

Escola de Ciências Jurídicas-ECJ Posição legal Momento processual Necessidade, finalidade, objeto e limites Natureza jurídica Liquidação na pendência de recurso Liquidação concomitante com execução Modalidades Liquidação de sentença Sumário

Leia mais

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial.

Por iniciativa das partes (art. 262 Regra Geral). Princípio da Inércia. Princípio Dispositivo. Desenvolvimento por impulso oficial. Direito Processual Civil I EXERCÍCIOS - 2º BIMESTRE Professor: Francisco Henrique J. M. Bomfim 1. a) Explique como ocorre a formação da relação jurídica processual: R. Início do Processo: Por iniciativa

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEORIA E PRÁTICA DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO (2017)

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEORIA E PRÁTICA DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO (2017) CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEORIA E PRÁTICA DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO (2017) Coordenadores Prof. Doutor Vasco Pereira da Silva / Prof.ª Doutora Clotilde Celorico Palma / Prof. Doutor João

Leia mais

Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar

Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar Arbitragem administrativa: potencialidades por explorar Arbitragem administrativa: um desafio lançado ao contencioso administrativo português Instituto de Ciências Jurídico Políticas/Faculdade de Direito

Leia mais

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia.

Olá, pessoal! Chegamos ao nosso sétimo módulo. Falaremos da petição inicial, da(s) resposta(s) do réu e do fenômeno da revelia. CURSO DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DE PROCESSO CIVIL PONTO A PONTO PARA TRIBUNAIS MÓDULO 7 PETIÇÃO INICIAL. RESPOSTA DO RÉU. REVELIA. Professora: Janaína Noleto Curso Agora Eu Passo () Olá, pessoal! Chegamos

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1

Sumário. Capítulo 1 A Situação Concreta Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Sumário Capítulo 1 A Situação Concreta... 1 1.1. Exposição da Situação Concreta e de suas mais de 50 Petições Vinculadas...1 Capítulo 2 Petições Cíveis: Procedimento Comum... 7 2.1. Petição Inicial...7

Leia mais

Contraordenações Rodoviárias Advogados

Contraordenações Rodoviárias Advogados Francisco Marques Vieira Santa Maria da Feira 18 de setembro de 2015 Contraordenações Rodoviárias Advogados Defesa do Arguido Impugnação Judicial Recurso 2 Dinâmica do Processo Fiscalização Auto de notícia

Leia mais

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES

S. R. TRIBUNAL DA RELAÇÃO DE GUIMARÃES PROCº 64/03.5TBCBT-C.G1 F. veio reclamar do despacho do Sr. Juiz do Tribunal Judicial de Celorico de Basto, datado de 24.03.2011, que não lhe admitiu o recurso por si interposto, por falta de fundamento

Leia mais

CUSTAS JUDICIAIS. A CÓDIGO DAS CUSTAS JUDICIAIS: Decreto-Lei n.º 224-A/1996 e posteriores alterações.

CUSTAS JUDICIAIS. A CÓDIGO DAS CUSTAS JUDICIAIS: Decreto-Lei n.º 224-A/1996 e posteriores alterações. CUSTAS JUDICIAIS A CÓDIGO DAS CUSTAS JUDICIAIS: Decreto-Lei n.º 224-A/1996 e posteriores alterações. I Regime Geral - Aplica-se aos processos iniciados entre 1 de Janeiro de 1997 e 19 de Abril de 2009;

Leia mais

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo

Acórdão do Supremo Tribunal Administrativo Acórdãos STA Processo: 0375/12 Data do Acordão: 07-11-2012 Tribunal: 2 SECÇÃO Relator: ISABEL MARQUES DA SILVA Descritores: Sumário: Nº Convencional: JSTA000P14809 Nº do Documento: SA2201211070375 Data

Leia mais

DAS AÇÕES POSSESSÓRIAS

DAS AÇÕES POSSESSÓRIAS DAS AÇÕES POSSESSÓRIAS Posse para Savigny Posse é um fato que se converte em direito justamente pelos interditos concedidos pelo ordenamento Posse para Ihering Teoria da defesa complementar da propriedade

Leia mais

Processos Urgentes Procedimentos Cautelares

Processos Urgentes Procedimentos Cautelares PRÁTICAS PROCESSUAIS ADMINISTRATIVAS Processos Urgentes Coimbra, 28.10.2010 José Pereira de Sousa - Advogado 1 Os Processos Urgentes e os cumprem o Princípio da Tutela Jurisdicional Efectiva, princípio

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL DECLARATIVO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL DECLARATIVO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO PROCESSUAL CIVIL DECLARATIVO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Solicitadoria 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO

Leia mais

Organização e gestão dos tribunais administrativos e fiscais

Organização e gestão dos tribunais administrativos e fiscais Organização e gestão dos tribunais administrativos e fiscais Jornadas Presente e Futuro da Jurisdição Administrativa e Fiscal Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa João Tiago Silveira 17

Leia mais

Decreto-Lei n.º 41/94/M. de 1 de Agosto

Decreto-Lei n.º 41/94/M. de 1 de Agosto Decreto-Lei n.º 41/94/M de 1 de Agosto O apoio judiciário encontra ainda a sua sede legal no Decreto-Lei n.º 33 548, de 23 de Fevereiro de 1944, cuja aplicabilidade foi estendida a Macau através da Portaria

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA EXAME DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO , AFN. Turma da Noite

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA EXAME DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO , AFN. Turma da Noite FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA EXAME DE CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO 25.06.2015, AFN Turma da Noite I Comente uma (e só uma) das seguintes afirmações: a) «A lei... opta, para

Leia mais

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica

Departamento Municipal Jurídico e de Contencioso Divisão Municipal de Estudos e Assessoria Jurídica Despacho: Despacho: Despacho: Concordo com a presente Informação e proponho o seu envio à Sr.ª Directora da DMRH, Dr.ª Emília Galego. Cristina Guimarães Chefe da Divisão de Estudos e Assessoria Jurídica

Leia mais

Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012. Elaborado por Ana Carla Teixeira

Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012. Elaborado por Ana Carla Teixeira Conferência do Dr. Rui Assis Museu Municipal da Póvoa de Varzim 16/02/2012 Elaborado por Ana Carla Teixeira 1 Nesta conferência, o Dr. Rui Assis, abordou com uma enorme clareza os seguintes temas: I- A

Leia mais

O presente caso prático apresenta as seguintes situações, que importa analisar:

O presente caso prático apresenta as seguintes situações, que importa analisar: Resolução do Caso Prático 20, da Colectânea de casos práticos Direito Administrativo casos práticos, de Fausto de Quadros, Margarida Cabral, João Tiago Silveira e Mafalda Carmona, AAFDL, Lisboa, 2002 (com

Leia mais

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015

LEI Nº , DE 16 DE MARÇO DE 2015 LEI Nº 13.105, DE 16 DE MARÇO DE 2015 Código de Processo Civil. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: PARTE GERAL LIVRO V DA TUTELA PROVISÓRIA

Leia mais

Discricionariedade e controlo judicial não devem, de resto, ser entendidos como realidades opostas.

Discricionariedade e controlo judicial não devem, de resto, ser entendidos como realidades opostas. Intervenção do Presidente do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos e Fiscais Conselheiro Manuel Fernando dos Santos Serra Colóquio organizado pelo Centro de Estudos Judiciários Os poderes do

Leia mais

NOTAS BReVeS SOBRe O CóDIGO De PROCeSSO CIVIl De 2013

NOTAS BReVeS SOBRe O CóDIGO De PROCeSSO CIVIl De 2013 A c t u a l i d a d e NOTAS BReVeS SOBRe O CóDIGO De PROCeSSO CIVIl De 2013 Pelo Prof. Doutor. luís Manuel Teles de Menezes leitão SumáRiO: 1. Generalidades. 2. As disposições transitórias. 3. As formas

Leia mais

REGULAMENTO DE ARBITRAGEM

REGULAMENTO DE ARBITRAGEM REGULAMENTO DE ARBITRAGEM CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica-se às arbitragens em matéria administrativa que decorram sob a égide do Centro de Arbitragem

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Correlação entre acusação e sentença. Gustavo Badaró aula de

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Correlação entre acusação e sentença. Gustavo Badaró aula de Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Correlação entre acusação e sentença Gustavo Badaró aula de 11.08.2015 1. Noções Gerais PLANO DA AULA 2. Distinção entre fato penal e fato processual penal

Leia mais

Direito Processual Civil Executivo. Programa

Direito Processual Civil Executivo. Programa Direito Processual Civil Executivo Programa Rui Pinto Duarte 2010/2011 I Aspectos Gerais 1. Noção de acção executiva 2. O princípio do dispositivo na acção executiva (3.º, 810 e 675-A) 3. Execução individual

Leia mais