FAQ. Orion 6. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FAQ. Orion 6. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda."

Transcrição

1 Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Orion 6 Rua Rio Piquiri, Jardim Weissópolis Código Postal Pinhais - Paraná - Brasil Fone: FAQ

2 Em agosto de 2009 o MTE criou a Portaria nº1510, que regulamenta a utilização dos equipamentos de registro eletrônico de ponto. Pensando em seus clientes a Henry desenvolveu o Orion 6, que atende não só à todos requisitos exigidos pela Portaria nº 1510 como à todas as necessidades de seus usuários. Nos próximos tópicos iremos conhecer os funcionamentos desse equipamento. 1.0 INDÍCE CUIDADOS COM O EQUIPAMENTO GABARITO FURAÇÃO LIGANDO O EQUIPAMENTO COMUNICAÇÃO ASPECTOS GERAIS CONHECENDO O EQUIPAMENTO SOFTWARE HENRY CONFIGURAÇÕES 7X

3 2.0 CUIDADOS COM O EQUIPAMENTO Instale o equipamento em local seco e arejado. Faça uma limpeza periódica no sensor biométrico, irá evitar eventuais sujeiras que possam ocasionar dificuldade na verificação da digital. Para a limpeza, utilize apenas um pano macio e álcool. Não o exponha a altas temperaturas, locais úmidos ou radio freqüência. -10 C 50 C Na falta de papel na impressora o equipamento irá parar de registrar o ponto e avisará no display, portanto, efetue verificações constantes da bobina. Não instale o equipamento próximo a dutos com passagem de rede elétrica. Sempre mantenha um estoque de bobinas para garantir o funcionamento constante do equipamento. Recomenda-se que se disponibilize uma conexão elétrica exclusiva para o equipamento com tensão de 110V ou 220V estável. O equipamento opera com tensões de 90 a 240 volts. Utilize papel com durabilidade mínima de 5 anos para a impressão. Recomendamos o uso de bobinas com papel tipo Termo Bank 62 ou Termoticket 75. Leia o manual do equipamento antes de iniciar qualquer procedimento, em caso de duvidas, contate o serviço de atendimento ao cliente.????????? MANUAL?????? DE? INSTRUÇÕES?????????? 01 02

4 3.0 GABARITO FURAÇÃO A* 108,07mm R3mm 7mm 96mm 7mm *Detalhe A Escala 2:1 12mm R6mm

5 4.0 LIGANDO O EQUIPAMENTO Usando um multímetro, avalie a tensão da tomada onde o equipamento será ligado. O valor deverá estar entre 127V e 220V, dependendo do local. Se houver oscilação intensa ou a tensão não estiver em um valor tolerável não ligue o equipamento. 5.0 COMUNICAÇÃO 5.1 SERIAL RS232 A comunicação serial RS232 é usada quando há necessidade de se fazer comunicação entre um equipamento e um computador, nas distancia máxima de 15 metros. computador KRE equipamento DB9 A B cabo serial 5.2 RS COMUM Recomendamos que haja uma tomada exclusiva para o equipamento a fim de evitar sobrecarga de tensão. Também é aconselhável que a tomada esteja próxima, descartando o uso de extensões. A comunicação serial RS comum é usada quando há necessidade de se fazer comunicação entre um equipamento e um computador, nas distancia máxima de 1500 metros. Para essa comunicação utiliza-se um "Henry conversor RS-232/485" comum. Conversor 232/485 comum. Separe o cabo Fis Lan 24 AWG x 2 em duas vias e ligue ao conector KRE do Conversor RS 232/485. KRE Conversor RS232/485 Conexão com o conversor RS232/

6 Conecte o "conversor rs " na porta serial do computador. Caso haja incompatibilidade do conversor com o computador utilize um adaptador "DB25 para DB9". KRE de comunicação do equipamento Equipamento com extensão para um 2 equipamento Verifique a chave comutadora de tensão da "Fonte do Conversor RS232/485" e ligue-o à tomada. Pode-se ligar no maximo 32 relógios por conversor obedecendo a distância máxima de 1500 metros. Ligue a outra extremidade do cabo conector "KRE de comunicação", localizado na placa do equipamento. KRE de comunicação do equipamento Abaixo o esquemático geral da comunicação "RS232/485 Comum" com multiplos equipamentos: computador equipamento 1 Ligação no conector do equipamento. Para comunicar mais de um equipamento, ligue entre si os conectores "KREs" dos mesmos com um novo cabo "Fis Lan 24 AWG x 2 pares" separado em duas vias. equipamento 3 equipamento

7 5.3 SERIAL RS232/485 FOTOACOPLADO A comunicação usada para fazer a comunicação entre um ou mais equipamentos na distânciamáxima de 1500 metros, possui recursos que filtram a diferença de potencial. O esquemático abaixo descreve a ligação no conector DB9 que irá conectar-se ao computador. DB9 Para essa comunicação utiliza-se um "Conversor RS-232/485 Fotoacoplado". Conversor 232/485 Fotoacoplado. Conector DB9 no computador laranja azul branco A ligação consiste em utilizar dois cabos, um realiza a conexão da porta serial do computador com o conversor e o outro cabo faz a ligação do relógio também ao conversor. KRE Conversor RS232/485 Fotoacoplado Verifique a chave comutadora de tensão da "Fonte do Conversor RS232/485 Fotoacoplado" e ligue-o à tomada. Após feito a ligação no conector DB9 deve-se preparar o cabo para ligar-se no conector do equipamento: KRE de comunicação do equipamento Ligação nos KREs do conversor RS232/485 Fotoacoplado vermelho verde preto azul branco laranja 3 GND 1 - (negativo) GND + (positivo) Ligação no conector do equipamento GND vermelho verde preto GND Para comunicar mais de um equipamento, ligue entre si os conectores "KREs" dos mesmos com um novo cabo "Fis Lan 24 AWG x 2 pares"

8 5.4 TCP/IP A comunicação no modo TCP/IP é feita através da própria placa do equipamento, permitindo assim a comunicação através de rede ETHERNET local. Abra o equipamento. Na placa do equipamento existe uma entrada RJ45 que é para cabos de rede. Conecte o cabo de rede na placa do equipamento. Pode-se ligar no maximo 32 relógios por conversor obedecendo a distância máxima de 1500 metros. Para interligar relógio a relógio, é necessário abedecer as cores do cabo Fis Lan e seus conectores KRE A eb, fazendo sempre uma ligação em série. computador Conversor RS232/485 Fotoacoplado KRE + GNḎ A B A B cabofis-lan1 KRE A B equipamento GPRS A comunicação GPRS é feita através da placa GPRS Henry on é conectado o chip GSM (telefonia). A comunicação GPRS permite que o equipamento seja instaldo em qualquer local sem que haja necessidade de passagem e instalação de cabos. Para isso é necessário um chio GSM de telefonia móvel com serviço GPRS habilitado, configuração no modem de internet e o software Henry Configurações 7x configurado. cabofis-lanx A B cabofis-lan8 A B equipamento 3 KRE KRE equipamento 2 Placa GPRS Ligação no conector do equipamento 11 12

9 KRE de comunicação do equipamento 6.0 ASPECTOS GERAIS 1*Emissão instantânea Display 2*Porta fiscal laranja azul branco Esquematico da ligação. Módulo biométrico 1 WWW 2 3 Leitor de código de barras Teclado equipamento Sinal da operadora Internet modem 4 computador Impressora térmica 3*Comprovante de Registro 13 14

10 6.1 EMISSÃO INSTANTÂNEA 6.3 COMPROVANTE DE REGISTRO Opção utilizada para imprimir a relação de marcações de ponto efetuadas nas últimas 24 horas precedentes. Mantenha o botão "emissão intantânea pressionado por 5 segundos. Abaixo está descrito as informações contidas em uma emissão instantânea. A cada marcação de ponto é impresso um comprovante de registro de ponto, abaixo as informações contidas em um comprovante. CEI Cabeçalho Padrão Razão social CNPJ ou CPF CEI Local Número de fabricação Nome do funcionário PIS do funcionário Data e hora da marcação Número Sequencial de Registro COMPROVANTE DE REGISTRO DE PONTO DO TRABALHADOR. HENRY EQUIP.ELETRONICOS E SIST. CNPJ: CEI: PRODUTO I - 1 ANDAR REP: JOAO DA SILVA COUTO PIS: /01/ :27 NSR: EVENTOS Abaixo segue a descrição de cada evento (operação) que pode ser realizado no equipamento. Registro Tipo 1 - Cabeçalho b d f h j 6.2 PORTA FISCAL HENRY EQUIPAMENTOS E SISTEMAS a c e g i k Porta fiscal é a entrada USB frontal do equipamento, utilizada para realizar cópia da memória para o dispositivo USB conectado (pendrive). A PORTA FISCAL É DE USO EXCLUSIVO DO FISCAL DO TRABALHO Conteúdo a b Tipo do registro, "1". c Tipo de identificador do empregador, "1" para CNPJ ou "2" para CPF. d CNPJ ou CPF do empregador. e CEI do empregador, quando existir. f Razão social ou nome do empregador. Posição Tamanho Tipo numérico numérico numérico numérico numérico alfa numérico 15 16

11 g Número de fabricação do REP. h Data inicial dos registros no arquivo, no formato "ddmmaaaa". i Data final dos registros no arquivo, no formato "ddmmaaaa". j Data de geração do arquivo, no formato "ddmmaaaa". k Horário da geração do arquivo, no formato "hhmm" numérico numérico numérico numérico numérico Registro Tipo 4 - Ajuste de Data e Hora b d f Registro Tipo 2 - Inclusão e Alteração de Empregador a c e HENRY EQUIPAMENTOS E SISTEMASPRODUCAO2 a a NSR. b Tipo do registro, "2". b d f c Data da gravação, no formata "ddmmaaaa". d Horário da gravação, no formato "hhmm". c Registro Tipo 3 - Marcação de Ponto Conteúdo a NSR. b Tipo do registro, "3". c Data da marcação de ponto, no formato "ddmmaaaa". d Horário da marcação de ponto, no Formato "hhmm". e Número do PIS do empregado. e e Tipo de identificador do empregador, "1" para CNPJ ou "2" para CPF. f g CEI do empregador, quando existir. h Razão social ou nome do empregador. i CNPJ ou CPF do empregador. Local de prestação de serviços. Conteúdo a b c g d e h Posição Tamanho Tipo numérico numérico numérico numérico numérico numérico alfa numérico alfa numérico Posição Tamanho Tipo numérico alfa numérico numérico numérico numérico i numérico Conteúdo Posição Tamanho Tipo a NSR numérico b Tipo do registro, "4" numérico c Data antes do ajuste, no formato "ddmmaaaa" numérico d Horário antes do ajuste, no formato "hhmm" numérico e Data ajustada, no formato "ddmmaaaa" numérico d Horário antes do ajuste, no formato "hhmm" numérico Registro Tipo 5 - Inclusão ou Alteração de Empregado I ANDREI AUGUSTO MARCOLINO Registro Tipo 6 - Trailer a b Conteúdo a NSR. b Tipo do registro, "5". c Data da gravação do registro, no formato "ddmmaaaa". d Horário da gravação do registro, no formato "hhmm". e Tipo de operação, "I" para inclusão, "A" para alteração e "E" para exclusão. f Número do PIS do empregado. g Nome do empregado. a c b d e c f g Posição Tamanho Tipo numérico numérico numérico numérico alfa numérico numérico alfa numérico d e f 17 18

12 7.0 CONHECENDO O EQUIPAMENTO Conteúdo Posição Tamanho Tipo a numérico b Quantidade de registros tipo "2" no arquivo numérico c Quantidade de registros tipo "3" no arquivo numérico d Quantidade de registros tipo "4" no arquivo numérico e Quantidade de registros tipo "5" no arquivo numérico f Tipo do registro, "9" numérico Utilize a tecla para acessar os menus, e as teclas e para navegar (próximo) entre os menus ou cancelar (voltar) as operações. 6.5 SISTEMA ANTI VIOLAÇÃO É um sistema interno de proteção a placa mãe do equipamento, caso aconteça uma violação, o sistema bloqueará o funcinamento do aparelho, trazendo total segurança a seus dados. Para desbloquea-lo é necessário envia-lo para a Henry. O Orion 6 possui um sistema de troca de bobina, utilizando a chave que acompanha o produto a operação é completamente segura, não trazendo risco algum ao equipamento. As seguintes teclas também são utilizadas. Tecla de confirmação das configurações e acesso aos sub-menus. Tecla de cancelamento das configurações e saída dos menus. Qualquer outra tentativa de abertura na parte frontal do equipamento será considerada ilegal, e acinará o sistema anti-violação

13 7.1 HIERARQUIA DOS MENUS 21 22

14 8.0 SOFTWARE HENRY CONFIGURAÇÕES 7X 8.1 INSTALANDO O EQUIPAMENTO PELO SOFTWARE 7X Insira o "CD" de instalação no "drive de CD ROM" do computador e execute o programa de instalação. 5* Selecione quais tarefas adicionais deverão ser instaladas. 6* Verifique as informações finais sobre a instalação e clique em "Avançar". 1* Selecione o idioma do programa para a instalação. 2* Clique em "Avançar" para iniciar a instalação e em "Cancelar" para finalizar. 7* Após isso, a instalação do "Henry Driver USB" irá começar. Instale-o seguindo os mesmos procedimentos citados anteriormente. 8* Depois de instalado o "Henry Driver USB", finalize a instalação completa do software clicando em "Concluir". 3* Defina o nome do atalho para o software no menu iniciar e clique em "Avançar" para instalar os atalhos. 4* Selecione o local onde o software será instalado. Será necessário 40MB de espaço livre no HD do computador para que o software seja instalado 23 24

15 8.2 CRIANDO UM NOVO EQUIPAMENTO NO SOFTWARE 7X 8.3 UTILIZANDO A COMUNICAÇÃO TCP/IP 1* Execute o software "Henry 7x" e clique em "Novo Equipamento", dentro da aba "Principal". 2* Clique no botão "Ajuda" e o "Henry assistente "irá aparecer. 1* Selecione a comunicação TCP/IP e clique em "Avançar". 2* Defina o endereço de IP do conversor TCP/IP que está no equipamento, clicando na lupa. 3* Selecione qual o modelo do equipamento que irá ser utilizado e clique em "Avançar". 4* Depois, selecione qual o tipo de comunicação que o equipamento está utilizando para poder efetuar a comunicação com o computador. Na aba "Seleção", selecione o IP do seu conversor, clique em seguida em "Picar LED" e verifique se os LEDs do equipamento piscam alternadamente. Se preciso, clique em "Mudar IP", e altere o endereço de IP do conversor para evitar conflitos com outro endereço de rede

16 3* Na aba "Identificação" selecione um nome para identificação do conversor na rede. 4* Selecione o modo de trabalho do equipamento. A B C D Na aba "Avançado" encontram-se as configurações de segurança do conversor: SENHA DO CONVERSOR: Se uma senha for configurada, ela será solicitada toda vez que for preciso reconfigurar o conversor. UTILIZAR COMUNICAÇÃO SEGURA: Somente o IP que configurou o conversor terá acesso às configurações novamente. UTILIZAR IP DINÂMICO: Somente para redes que utilizam o sistema de DHCP. CONFIGURAR PORTA: Para uso em casos em que seja necessário utilizar uma porta diferente da padrão. A B C D "Offline": Deve ser selecionado quando o computador não for ficar todo o momento comunicando com o equipamento. Neste modo o computador pode ficar desligado enquanto o equipamento trabalha. "Online": É selecionado em ocasiões onde o computador ficará todo o momento comunicando com o equipamento. O computador precisa estar ligado para que esse modo de trabalho funcione corretamente. "OnOff": É semelhante a comunicação "Online", a diferença é que quando o computador estiver desligado o equipamento irá trabalhar automaticamente. "OnOff Ctrl": É semelhante ao modo "OnOff", mas quando o equipamento estiver comunicando em modo "Offline", ele irá controlar o acesso segundo uma lista de acesso configurável. Depois de selecionado o modo de trabalho do equipamento, clique em "Avançar". Selecione se o software deverá criar um "Arquivo de Saída" automaticamente ou se você deseja selecionar um em específico, e clique em "Avançar"

17 Defina um nome para o equipamento e clique em "Concluir" para finalizar a criação do novo equipamento. 8.5 BIP Esta função tem por finalizade fazer um teste rápido de comunicação entre o equipamento e o software. Para isso selecione o eqipamento que desejar dentro do software 7x. 1* Clique no botão "Tarefas" e selecione a opção "Bip". 8.4 EXCLUIR EQUIPAMENTO Selecione o equipamento que irá ser excluído. Selecione a opção de BIP "Liberado", o equipamento irá emitir o mesmo som que ocorre quando o registro do usuário é efetuado corretamente. 1* Clique no botão "Tarefas" e selecione a opção "Excluir". 2* Clique em "Sim" para poder excluir o equipamento. Selecionando a opção de BIP "Negado" o equipamento irá emitir o som que ocorre quando o registro do usuário é negado, ou a digital não confere

18 8.6 DATA E HORA Selecione o equipamento desejado, clique no botão "Tarefas" e selecione a opção "Data e Hora". Para enviar os horários configurados clique no botão "Enviar", para recebê-los, clique em "Receber". Selecione a opção "Atual", para que a data e hora que estão no computador sejam enviadas automaticamente para o equipamento. A configuração "Atual" da data e hora não altera a configuração do horário de verão Para configurar a data e hora que será enviada ao equipamento selecione a opção "Configurável". 8.7 DIGITAIS Através desta ferramenta é feito o gerenciamento das digitais cadastradas no equipamento e o "Backup" (cópia de segurança) das digitais no computador. No campo "Horário", defina o horário que será enviado ao equipamento. No campo "Data", defina qual será a data enviada ao equipamento. Selecione o equipamento que deseja que seja feita a "Manutenção de Digitais" e clique no botão "Tarefas" e selecione a opção "Digitais". Se desejar definir a data do horário de verão, selecione a opçao "Ativar horário de verão" e defina o começo e o final do mesmo

19 Clique na aba " Equipamento" Se desejar excluir uma digital do equipamento, selecione a digital que deverá ser excluída e clique no botão "Apagar". Para cancelar qualquer operação, clique no botão "Cancelar". Nessa janela é possível visualizar as impressões digitais cadastradas no equipamento. Para fazer o backup da digital de todos os usuários, selecione-as e clique n botão "Backup". No backup não existe a necessidade de listar os usuários. Na aba Banco de Dados irão aparecer as digitais guardada em banco ou seja as digitais do backup e as que foram cadastradas pelo Hamster. Para enviar uma digital do banco para o equipamento, selecione-a e clique em Enviar Usuário. Esta opção não é disponível para todos os tipos de biometrias. Equipamentos que não possuirem biometria, a opção digitais não é disponivel. A função de Backup é feita quando o equipamento tem muitas digitais cadastradas e a listagem não é permitida. Se desejar excluir uma digital do equipamento, selecione a digital que deverá ser excluída e clique no botão "Apagar". Para cancelar qualquer operação, clique no botão "Cancelar"

20 8.8 COLETANDO REGISTROS Selecione o equipamento que terá os registros coletados. Clique no botão Tarefas e selecione a opção Coletar Registros. Logo em seguida os registros serão coletados. Se desejar finalizar a coleta que esta ocorrendo e gravar somente os registros que foram coletados até o momento de ele ser interrompido, clique no botão Finalizar e Gravar

21 Passo a passo simplificado para operar o Relógio de Ponto ORION 6-A

22 Observação: Cada unidade deve ter um relógio destinado para cada empresa, caso na planta do cliente tenha 2 ou 3 segmentos. Arquivos para importação Ao receber o relógio de ponto na unidade de trabalho, você deverá seguir o passo a passo abaixo para configuração do relógio. 1) Primeiro você deve-se montar o arquivo para importação do empregador Abaixo um modelo de como o arquivo txt deve ser montado, altere para as informações da unidade trabalho: MODELO 2+1] =Número padrão ] =informe o CNPJ da coligada correspondente, conforme abaixo: Manserv Manutenção Manserv Logística Manserv Facilities

23 ] =CEI DIGITAL INFORMÁTICA LTDA - ME] =Razão Social da coligada correspondente, conforme abaixo: Manserv Manutenção Manserv Logística Manserv Facilities BELARMINO FRANCISCO VASCONCELOS, 28 - BAETA NEVES =Endereço da unidade de trabalho. O arquivo ficará desta forma: 2) Salve o arquivo no formato TXT com a descrição rep_empregador

24 3) Solicite por o arquivo contendo os colaboradores da sua unidade de trabalho para a sede, para importação no relógio de ponto Informe os dados: Modelo do relógio: ORION 6-A Coligada da unidade de trabalho Centro de custo da unidade de trabalho Nome da unidade de trabalho Observação: o arquivo deve estar no formato TXT e com a descrição rep_colaborador Preparando o Pendrive antes da importação Nota: processo deve ser feito uma única vez, ideal utilizar um Pendrive destinado somente ao relógio. 1) Conecte o Pendrive no computador

25 2) Botão direito do mouse no Pendrive e selecione formatar (nota: apagará tudo que conter no Pendrive)

26 3) Em sistema de arquivos selecione FAT32 e clique em iniciar

27 4) Aguarde o termino e confirme, processo finalizado. Importação dos arquivos para o Relógio Após a configuração acima, poderemos dar inicio ao cadastramento dos dados no relógio. 1) No Pendrive não deve conter nenhum arquivo 2) Coloque os arquivos rep_empregador e rep_colaborador na raiz do Pendrive 3) Conecte o Pendrive na porta auxiliar interna do relógio (próximo a bobina de papel térmica) 4) Aguarde a importação 5) Acenderá a luz azul, indicando que o Pendrive está conectado

28 6) Piscará a luz azul e verde, indicando o carregamento dos arquivos 7) Acenderá a luz verde, indicando que a importação foi concluída Possível falha na importação Caso a etapa 6 não aconteça, retire e coloque o Pendrive no relógio. Inicie o processo de importação da etapa 1. Legenda de cores do relógio - porta auxiliar Luz vermelha - problemas ao conectar o Pendrive Luz azul - Pendrive conectado Luz azul e verde piscando - carregando arquivos Luz verde importação de dados ou coleta concluído 8) Processo concluído proceda com o cadastro das biometrias.

29 Coletando marcações no relógio Dica: cada relógio deverá conter um Pendrive (comum) formatado em FAT32 destinado a ele. Para coleta das marcações basta inserir o Pendrive na porta auxiliar interna do relógio (próximo a bobina de papel térmica) e apertar o botão vermelho. Nota: utilize a porta fiscal externa USB para coleta somente se necessário, basta conectar o Pendrive e aguardar a coleta. Importante: efetuar a 1ª coleta no relógio e enviar por o código gerado no arquivo discriminando o local inserido para o relógio. Exemplo: Código: AFD Centro de custo: Local: AVON INTERLAGOS - MANUTENÇÃO Caso a unidade tenha mais de um relógio realizar o mesmo processo, ideal mandar todas as informações em único .

30 Importando as marcações no Apdata 1) Renomeie o arquivo gerado pelo relógio para: afd (formato do arquivo deve ser txt) 2) Coloque o arquivo no seguinte diretório: C:\apdata\coleta 3) Acesse a versão WEB do Apdata Link: 4) Acesse Marcações/Execução de Cópia de Arquivos

31

32 5) Clique em Copia AFD.txt p/servidor 6) Localize o arquivo afd no diretório C:\apdata\coleta e clique em salvar

33 7) Após clicar em Salvar, voltará à tela inicial, clique em Sair

34 8) Acesse Importação de Marcações REP

35 9) Clique em Inserir (IMAGEM 1) e depois clique em Salvar (IMAGEM 2)

36 10) Aguarde a conclusão da importação, clique em Sair

37 11) Após a importação finalizar, dê um Cálculo Diário por Unidade

38 12) Aguarde a conclusão do Cálculo Diário por Unidade, clique em Sair 13) Importação concluída.

39 Informações adicionais Exportação de arquivos do relógio HENRY PRIMME É possível exportar os dados do empregador, cadastro de colaboradores e biometria do relógio HENRY PRIMME e importa-los no ORION 6-A, para agilizar caso a unidade tenha o HENRY PRIMME. Exportando dados no HENRY PRIMME 1) Conecte o Pendrive na porta USB traseira do relógio (não deve conter nenhum arquivo) 2) Acesse o Menu Sistema 1 3) Acesse o Menu Dados 4 4) Acesse o Menu Exportação de Dados ) Selecione a opção Tudo 6) Confirme a operação e aguarde a exportação 7) Exportação de dados concluída

40 Importando dados no ORION 6-A 1) Renomeie os arquivos exportados (somente os 3 abaixo) para: rep_empregador rep_colaborador rep_biometria 2) Coloque os arquivos rep_empregador, rep_colaborador, rep_biometria na raiz do Pendrive 3) Siga a partir da etapa 3 do procedimento Importação dos arquivos para o Relógio (pagina 7)

41 Para suporte ao relógio: (11) Atenciosamente, Recursos Humanos

Manual de Serviço. Completo e do seu jeito. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Manual de Serviço. Completo e do seu jeito. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual de Serviço Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná - Brasil Completo e do seu jeito. Fone: +55 41 3661-0100

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Modelo R02 - Volume 3 - Manutenção e Instalação

Modelo R02 - Volume 3 - Manutenção e Instalação Modelo R02 - Volume 3 - Manutenção e Instalação INTRODUÇÃO O equipamento Prisma Super Fácil foi desenvolvido com a finalidade de registrar a frequência dos colaboradores obedecendo às especificações da

Leia mais

Manual de Operação. Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de tudo sozinho. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Manual de Operação. Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de tudo sozinho. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual de Operação Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná - Brasil Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Manual do Aplicativo de Configurações

Manual do Aplicativo de Configurações Registrador Eletrônico de Ponto Manual do Aplicativo de Configurações Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional Modelo R02 - Volume 2 - Operacional INTRODUÇÃO Este manual foi elaborado com a finalidade de exemplificar todas as operações possíveis de serem executadas no equipamento. O equipamento Prisma Super Fácil

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual do Aplicativo de Configurações J INTRODUÇÃO Este manual visa explicar a utilização do software embarcado do equipamento Prisma. De fácil utilização e com suporte a navegadores de internet de todos

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento

Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento Modelo R02 - Volume 1 - Conhecendo o Equipamento INTRODUÇÃO Este manual foi desenvolvido com a finalidade de apresentar os recursos do equipamento, modos de registro de ponto e comunicação. O equipamento

Leia mais

Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado

Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado INTRODUÇÃO O equipamento Prisma Super Fácil foi desenvolvido com a finalidade de registrar a frequência dos colaboradores obedecendo às especificações da

Leia mais

Manual de Utilização SCI-Ponto

Manual de Utilização SCI-Ponto Manual de Utilização SCI-Ponto Sumário 1. Cadastro de Empregador... 2 2. Cadastro de Locais... 3 3. Cadastro de REPs... 3 4. Cadastro de Horário de Verão... 5 5. Cadastro de Funcionários... 6 6. Exportação

Leia mais

Plus - Manual do equipamento

Plus - Manual do equipamento Plus - Manual do equipamento Plus - Manual do equipamento SUMÁRIO 1. CUIDADOS COM O EQUIPAMENTO... 4 2. DESCRIÇÃO... 5 2.1 Dimensões... 5 2.2 Funções e Características... 5 3. INSTALAÇÃO... 6 3.1 Gabarito

Leia mais

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1 Manual de operação BS Ponto Versão 5.1 conteúdo 1. Instalação do sistema Instalando o BS Ponto Configurando o BS Ponto 2. Cadastrando usuários Cadastro do usuário Master Alterando a senha Master Cadastro

Leia mais

Relógio de Ponto Hexa - HENRY

Relógio de Ponto Hexa - HENRY Relógio de Ponto Hexa - HENRY Visão Geral Equipamento Homologado pelo Ministério do Trabalho e Certificado pelo Inmetro. Trabalha com vários tipos de comunicação, tornando-se um equipamento moldável e

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox Manual Software Controle de Jukebox Versão 1.0 2014 Sumário 1. Principais Características... 2 2. Software Controle de Jukebox... 3 I. Tela Principal... 4 1 Data Cobrança... 4 2 Linha... 4 3 Cobrador...

Leia mais

Características. Hexa Controle de ponto

Características. Hexa Controle de ponto Características Os modelos são: o HEXA A - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS/PROXIMIDADE/MIFARE o HEXA B - BIOMETRIA/PROXIMIDADE o HEXA C - BIOMETRIA/CÓDIGO DE BARRAS o HEXA D - BIOMETRIA/MIFARE o HEXA E - CÓDIGO

Leia mais

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos:

O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: Características O equipamento está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 MTE, disponível em 7 modelos: --Prisma E - Display alfa numérico (biometria + código de barras); --Prisma F - Display

Leia mais

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Futura Ponto (REP) A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Website: www.futurasistemas.com.br Telefone: (11) 3227-8984/ (11) 3929-8980 ÍNDICE Futura Ponto (REP)...03 Configurações Iniciais...04 Cadastrar Empresa...05

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual Operacional J INTRODUÇÃO Atendendo todas as especificações da portaria 1.510 do Ministério do Trabalho e emprego, foi desenvolvido o Henry Prisma, utilizando tecnologias de ponta o Prisma é um equipamento

Leia mais

Características Técnicas

Características Técnicas Características Técnicas Equipamento homologado de acordo com o Portaria 1510/09 do MTE, com as seguintes características: Possui 2 processadores de 32 Bits, onde um é dedicado para marcações de ponto

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

Guia de Instalação de Software

Guia de Instalação de Software Guia de Instalação de Software Este manual explica como instalar o software por meio de uma conexão USB ou de rede. A conexão de rede não está disponível para os modelos SP 200/200S/203S/203SF/204SF. Fluxograma

Leia mais

SUMÁRIO IDENTIFIQUE O MODELO. Conhecendo o equipamento INTRODUÇÃO:

SUMÁRIO IDENTIFIQUE O MODELO. Conhecendo o equipamento INTRODUÇÃO: Guia do Usuário SUMÁRIO INTRODUÇÃO: Este manual foi desenvolvido com a finalidade de apresentar os recursos do equipamento, modos de registro de ponto e comunicação. O equipamento IDNOX foi desenvolvido

Leia mais

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E.

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. Tela de Acesso insira sua Senha Menu Rápido Aba de Cadastro Menu Estender

Leia mais

Manual de Instruções. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Manual de Instruções. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Registrador Cartográfico de Ponto Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná - Brasil Fone: +55 41 3661-0100 Manual

Leia mais

Manual. ID DATA Config Versão 3.3

Manual. ID DATA Config Versão 3.3 Manual ID DATA Config Versão 3.3 Sumário 1. Introdução... 4 2. Pré-Requisitos... 4 2.1. Atualização... 4 3. Instalação do ID DATA Config... 5 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2.

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 Recomendações Iniciais SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.2 (Compatível com Guarita Vr4.03 e Vr4.04) Para

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Características Técnicas

Características Técnicas Características Técnicas Equipamento homologado de acordo com o Portaria 1510/09 do MTE, com as seguintes características: Possui 2 processadores de 32 Bits, onde um é dedicado para marcações de ponto

Leia mais

Dicas Satux. Adicionando uma Impressora. Configurando o Primeiro acesso. Adicionar/Remover Programas. Como fazer gravações de CD/DVD

Dicas Satux. Adicionando uma Impressora. Configurando o Primeiro acesso. Adicionar/Remover Programas. Como fazer gravações de CD/DVD Dicas Satux Configurando o Primeiro acesso Adicionando uma Impressora Adicionar/Remover Programas Criando atalhos na área de trabalho Como fazer gravações de CD/DVD Como configurar minha Rede Local Como

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

MARQUE PONTO. Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3

MARQUE PONTO. Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3 w MARQUE PONTO Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3 1 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 4 1.1. APRESENTAÇÃO 4 1.2. MODO DE USO 4 1.3. APRESENTAÇÃO E INFORMAÇÕES INICIAIS 5 2 FIXAÇÃO DO EQUIPAMENTO

Leia mais

TUTORIAL REP IDX CONTROLID

TUTORIAL REP IDX CONTROLID 1 TUTORIAL REP IDX CONTROLID Orientações para integração do sistema de Ponto x ControlID IDx Opções impactadas: Cadastro > Cadastro de REP Integração -> Gerenciador de REP Objetivo: Atender ao novo equipamento

Leia mais

FORMAS DE UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS:

FORMAS DE UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS: O ID REP SB é um produto específico para controle de ponto de funcionários. Foi concebido dentro das especificações técnicas estabelecidas pelas novas regras de funcionamento de sistemas eletrônicos de

Leia mais

Manual Operacional. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Manual Operacional. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual Operacional F Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal: 83.322-010 Pinhais - Paraná - Brasil Fone: +55 41 3661-0100 INTRODUÇÃO: Atendendo

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 COMO COMEÇAR... 3 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 4 6 CADASTRO DE VEÍCULO... 6 7 ALINHAMENTO...

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico;

Modelo Tecnologia de Identificação Display Impressora. Gráfico; Gráfico; Alfanumérico; Gráfico; Alfanumérico; Alfanumérico; Alfanumérico; O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores), tipo de display

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

1. Especificações Técnicas

1. Especificações Técnicas SUMÁRIO 1.Especificações Técnicas...2 2.Passfinger 2040...3 3.Instalação...4 4.Operação...5 4.1.Ligar o REP...5 4.2.Modo de Espera (Idle)...5 4.3.Navegação nos Menus...5 4.4.Escrever texto...6 4.4.1.Modo

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital DEZEMBRO / 2010 NEXTCALL GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL Obrigado por adquirir o NextCall. Este produto foi desenvolvido com o que há de mais atual em

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Velti Ponto (REP) O Velti Ponto está homologado de acordo com a Portaria nº 1.510/2009 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em 10 modelos que se diferenciam pela tecnologia de identificação (leitores),

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores

Attack 1.35. Software de controle e Monitoração de amplificadores Attack 1.35 Software de controle e Monitoração de amplificadores 1 Índice 1 Hardware necessário:... 3 1.1 Requisitos do computador:... 3 1.2 Cabos e conectores:... 3 1.3 Adaptadores RS-232 USB:... 4 1.4

Leia mais

Guia de utilização do software. universal GPRS M-300.

Guia de utilização do software. universal GPRS M-300. Guia de utilização do software Programador do módulo universal GPRS M-300. JFL Equipamentos Eletrônicos Ind. e Com. Ltda. Rua: João Mota, 471 - Bairro: Jardim das Palmeiras Santa Rita do Sapucaí - MG CEP:

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP HOME

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP HOME ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP HOME ÍNDICE a) OBJETIVO...3 b) MODELOS...3 c) ID REP HOME c.1) Características Funcionais Genéricas...4 c.2) Características Operacionais Genéricas...5 c.3)

Leia mais

Geral: Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows

Geral: Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows Manual de Utilização do Software de Teste Gradual Windows Geral: Este aplicativo é utilizado para testar os Microterminais Gradual Tecnologia Ltda. Para tanto deve ter as Dll s necessárias para controlar

Leia mais

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo

Versão 3.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Controla Tudo. Manual do Controla Tudo Versão 3.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Controla Tudo Manual do Controla Tudo SOFTWARE PARA CONTROLE DE PONTO VIA IMPRESSÃO DIGITAL OU DÍGITOS Manual do Controla Tudo Versão 3.0 Carbon System Rua Coronel

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Instalação de Impressora

Instalação de Impressora 1 Instalação de Impressora Daruma (Modelo DR700M) Windows 7 Você vai precisar de: Procedimentos: 1. Impressora Térmica Daruma (DR700M); 2. Fonte de alimentação (obs.: se as tomadas disponíveis no local

Leia mais

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL

Versão 1.0 CARBON SYSTEM. Manual do Software Ponto Legal. Manual do PONTO LEGAL Versão 1.0 CARBON SYSTEM Manual do Software Ponto Legal Manual do PONTO LEGAL S O F T W A R E P A R A E M I S S Ã O D O R E L A T Ó R I O E S P E L H O D E P O N T O Manual do Ponto Legal Versão 1.0 Carbon

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Roteador N300 WiFi (N300R)

Roteador N300 WiFi (N300R) Easy, Reliable & Secure Guia de Instalação Roteador N300 WiFi (N300R) Marcas comerciais Nomes de produtos e marcas são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas de seus respectivos proprietários.

Leia mais

Inner Rep. Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 -

Inner Rep. Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 - Inner Rep Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 - Índice ÍNDICE NOTA AO USUÁRIO... 5 NOTA SOBRE O INNER REP... 7 FIQUE POR DENTRO DA PORTARIA... 8 1 APRESENTAÇÃO... 9 1.1 MODELOS

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0

Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Manual Módulo Livro Caixa Livro Caixa Atualizada com a versão 1.3.0 Noções Gerais: Pg. 02 Instruções para instalação Pg. 02 Ferramentas úteis Pg. 04 Menu Arquivos Empresas Usuárias Pg. 05 Ativar Empresa

Leia mais

Leitor MaxProx-Lista-PC

Leitor MaxProx-Lista-PC Leitor MaxProx-Lista-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-Lista-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado Stand

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora?

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? O que será abordado neste SKT: STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? Verificando o papel. Verificando se o ECF está inicializado, caso não esteja como proceder.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium

Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium Identificando o Buddy VS/XP Lite e Premium Figura 1 - Buddy Lite VS/XP Figura 2 - Buddy Premium VS/XP O buddy Lite VS/XP é um adaptador de PS/2 para USB, para ligação do teclado e mouse da estação extra.

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

Manual d o usuário DATAREPi8T

Manual d o usuário DATAREPi8T Manual d o usuário DATAREPi8T Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem permissão da Diponto Ltda. As informações e especificações técnicas podem mudar a qualquer momento sem aviso prévio.

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Manual do usuário MINIREP

Manual do usuário MINIREP Manual do usuário MINIREP Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem permissão da Diponto Ltda. As informações e especificações técnicas podem mudar a qualquer momento sem aviso prévio. Leitura

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Inner Rep. Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 -

Inner Rep. Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 - Inner Rep Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 - Índice ÍNDICE NOTA AO USUÁRIO... 5 NOTA SOBRE O INNER REP... 7 FIQUE POR DENTRO DA PORTARIA... 8 1 APRESENTAÇÃO... 9 1.1 MODELOS DE INNER

Leia mais

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES 0800 550 250 www.ppa.com.br CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOPPAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTOMATIZADORES LTDA. Av. Dr. Labieno da Costa Machado, 3526 - Distrito Industrial CEP 17400-000 - Garça - SP

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO As impressoras fiscais Bematech (modelos MP-2100 TH FI e MP-4000 TH FI) requerem a realização de um pequeno ajuste de configuração

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Conteúdo BIOTRONIC PLUS

Conteúdo BIOTRONIC PLUS 0 Conteúdo Manual de Instalação...3 RECURSOS DESTE RELÓGIO...5 1 - REGISTRANDO O ACESSO...7 1.1 Acesso através do sensor biométrico:...7 1.2 Acesso através de cartão de código de barras:...7 1.3 Acesso

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Capacidade de gerenciamento de até 15.000 colaboradores na Memória de Trabalho (MT);

Capacidade de gerenciamento de até 15.000 colaboradores na Memória de Trabalho (MT); Características Registrador eletrônico de ponto que atende a Portaria 1.510/09 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), e os requisitos da Portaria 595/13 do Inmetro, que determina novos padrões de segurança

Leia mais

Windows 98 e Windows Me

Windows 98 e Windows Me Windows 98 e Windows Me "Etapas preliminares" na página 3-27 "Etapas de instalação rápida em CD-ROM" na página 3-28 "Outros métodos de instalação" na página 3-28 "Solução de problemas do Windows 98 e Windows

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP SMALL BUSINESS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP SMALL BUSINESS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS ID REP SMALL BUSINESS ÍNDICE a) OBJETIVO...3 b) MODELO...3 c) ID REP c.1) Características Funcionais Genéricas...4 c.2) Características Operacionais Genéricas...5

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Especificação Técnica BEREP

Especificação Técnica BEREP Especificação Técnica BEREP 1 1 Objetivo Os produtos da linha BEREP são produtos especificos para controle de ponto de funcionários. Foram concebidos dentro das especificações técnicas estabelecidas pelas

Leia mais

MODEM USB LTE. Manual do Usuário

MODEM USB LTE. Manual do Usuário MODEM USB LTE Manual do Usuário 2 Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Descrição da Interface do Cliente... 4 3 Conexão... 7 4 SMS... 10 5 Contatos... 14 6 Estatística... 18 7 Configurações...

Leia mais

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet

Vendas. Manual do Usuário. Copyright 2014 - ControleNaNet Manual do Usuário Copyright 2014 - ControleNaNet Conteúdo A Ficha de Vendas...3 Os Recibos...6 Como imprimir?...7 As Listagens...9 Clientes... 10 Consulta... 11 Inclusão... 13 Alteração... 14 Exclusão...

Leia mais

Manual do usuário. Softcall Java. versão 1.0.5

Manual do usuário. Softcall Java. versão 1.0.5 Manual do usuário Softcall Java versão 1.0.5 Sumário Iniciando SoftCall...3 Tela Principal...3 Configurando o SoftCall...4 Agenda...5 Incluindo um contato...5 Procurando um contato...6 Apagando um contato...6

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais