Carta de Apresentação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Carta de Apresentação"

Transcrição

1 Carta de Apresentação Rio de Janeiro,... de... de... Do: Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM Ao(à): Sr(a) Diretor(a) do(a)... Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos a V.Sª o(a) aluno(a)... Matrícula nº..., do... período do curso de que pretende estagiar nessa Instituição, conforme Plano de Estágio Curricular Supervisionado, e em conformidade com a Lei /08. Agradecendo sua valiosa contribuição na formação de nossos alunos, expressamos nossa consideração. Atenciosamente,... Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM (Assinatura)... Coordenador do curso da UNISUAM (Carimbo e assinatura)

2 ANEXO 3 Carta-Resposta* Rio de Janeiro,... de... de... Ao Supervisor de Estágio da UNISUAM Prezado Senhor: Informamos a V.Sª que o(a) aluno(a) abaixo citado(a) foi selecionado(a) para cumprir seu estágio curricular supervisionado em nossa Instituição. Nome:... Matrícula nº:... Período:... Curso: Local do Estágio:... Endereço:... Tel.:... Fax: Nome do Responsável pelo Estágio:... Vigência do Estágio: de... de... de... a... de... de... no horário das:...h às...h. Atenciosamente,... Responsável pelo Estágio (Carimbo da Instituição e do Profissional) (*) Digitada em papel timbrado da Instituição Concedente do Estágio.

3 ANEXO 9 Dados Gerais do Estágio Curricular Supervisionado 1 - Identificação Aluno(a):... Nº Matrícula... Curso: Local ou locais do estágio, especificando a carga horária de cada local 3 - Avaliação do estágio Pelo Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM Conclusão: ( ) Aprovado(a) ( ) Reprovado(a). 4 - Assinaturas Rio de Janeiro,... de... de... Rio de Janeiro,... de... de Estagiário(a)... Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM (Assinatura)

4 ANEXO 7 Ficha de Auto-Avaliação do(a) Estagiário(a) Estagiário(a):... Curso:... Período:... Turno:... Local do Estágio:... ITENS A CONSIDERAR SEMPRE MUITAS VEZES POUCAS VEZES NUNCA Organizei esquemas ou idéias para um planejamento eficiente da minha atuação? Compareci pontualmente aos locais de estágio? Ajudei espontaneamente ou quando solicitado na elaboração de tarefas diversificadas? Prestei ajuda ao aperfeiçoamento do pessoal com quem colaborei? Desempenhei conscientemente os trabalhos de estágio, conforme as normas estabelecidas? Registrei, na ocasião oportuna, os pontos relevantes da minha observação e participação durante o estágio? Procurei conciliar meu ponto de vista com diferentes opiniões entre os membros dos grupos onde estagiei? Solicitei esclarecimentos sempre que tinha dúvidas sobre os problemas administrativos e pedagógicos? Avaliei a minha participação pelo número de pontos positivos alcançados, comparando o meu progresso antes e após cada etapa do estágio? A (excelente) B (bom) C (regular) D (deficiente) Rio de Janeiro,... de... de Estagiário(a) Rio de Janeiro,... de... de Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM (Assinatura)

5 ANEXO 6 Ficha de Avaliação do(a) Estagiário(a) Estagiário(a):... Nº de Matrícula:... Curso:... Período:... Turno:... Local do Estágio:... Horário: das... h às... h. Duração do Estágio:.../.../... a.../.../... Carga horária total:... h. AÇÕES A B C D Conhecimentos na realização das tarefas desenvolvidas. Capacidade de procurar soluções dentro dos padrões adequados a cada situação. Interesse e motivação no desempenho das atividades. Cumprimento das normas de estágio. Comportamento ético adequado à prática profissional nas atividades desenvolvidas. Comunicação verbal utilizada. A (excelente) B (bom) C (regular) D (deficiente) Atingiu os objetivos propostos para a realização do estágio? SIM NÃO Rio de Janeiro,... de... de Supervisor/Preceptor de Estágio da Instituição conveniada (Carimbo e assinatura) Rio de Janeiro,... de... de Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM (Assinatura)

6 ANEXO 5 Ficha de Registro Diário das Atividades Estágio Curricular Supervisionado Nome do(a) Estagiário(a):.. Nº de Matrícula:... Curso:.. Local de Estágio:... Professor do Estágio Supervisionado da UNISUAM:... Data Carga Horária Atividades Desenvolvidas Assinatura do Supervisor / Preceptor de Estágio da Instituição Total de horas de atividades:... Rio de Janeiro,... de... de Professor de Estágio Supervisionado - UNISUAM Estagiário

7 ANEXO 8 Modelo de Declaração de Conclusão do Estágio Curricular Supervisionado* Declaro, para fins de comprovação de Estágio Curricular Supervisionado, que o(a) aluno(a):... Matrícula nº:... regularmente matriculado(a) no curso de da UNISUAM, cumpriu... (...) horas de estágio em... no período de... /... /... a... /... /..., neste estabelecimento. Rio de Janeiro,... de... de Supervisor/Preceptor da Instituição Concedente responsável pelo(a) Estagiário(a) (Carimbo e assinatura) (*) Digitada em papel timbrado da Instituição Concedente do Estágio.

8 ANEXO 2 Plano Básico de Estágio Curricular Supervisionado LOCAL TAREFAS PREVISTAS DE ESTÁGIO CARGA HORÁRIA Rio de Janeiro,... de... de... Profissional da Instituição / Preceptor (Carimbo e assinatura) Supervisor de Estágio da UNISUAM (Assinatura) Estagiário(a)

9 TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Termo de Compromisso que entre si fazem de um lado o Centro Universitário Augusto Motta, abaixo qualificado, doravante denominado como Instituição de Ensino, e de outro lado a empresa:... também abaixo qualificada, doravante denominada como Unidade Concedente e o E S T A G I Á R I O Aluno..., estudante na Instituição de Ensino no Curso de..., na disciplina:..., sob a matrícula nº..., portador da carteira de identidade nº..., inscrito no CPF sob o n º..., residente e domiciliado na Rua:... n o... Bairro:... Cidade:..., beneficiário do presente termo, que tem por objetivo estabelecer condições e obrigações mútuas entre as partes, visando a um acordo de cooperação, conforme estabelecido nas cláusulas que seguem: UNIDADE CONCEDENTE Razão Social:... Endereço:... Bairro:... Cidade:... Telefone: (...)... CEP: C N P J :... I. E.:... Atividade:... Representada por:... Cargo:... INSTITUIÇÃO DE ENSINO Razão Social: CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA Endereço: Av. Paris, nº 72 Bairro: Bonsucesso Cidade: Rio de Janeiro CEP: T e l (21). : C N P J : / I. M.: Representada por: Arapuan Medeiros da Motta Netto. Cargo: Reitor Cláusula 1ª: Este instrumento tem por objetivo formalizar as condições básicas para a realização de Estágio Curricular Supervisionado da Instituição de Ensino junto à Unidade Concedente, o qual é, obrigatório e de interesse curricular e pedagógico, entendido como uma estratégia de profissionalização que integra o processo ensino-aprendizagem, estando o presente de acordo com o que determina a Lei /08 de 25 de setembro de 2008.

10 Cláusula 2ª: Celebra-se o presente Termo de Compromisso de Estágio Curricular Supervisionado, entre o Estudante e a Unidade Concedente, com interveniência e assinatura da UNISUAM, nos termos do artigo 3º da Lei /08, o qual constituirá comprovante de inexistência de vínculo empregatício. Cláusula 3 ª : As condições básicas para a realização de Estágio estão explicitadas no presente Termo de Compromisso de Estágio Curricular Supervisionado, que se vincula à Unidade Concedente com interveniência e assinatura da Instituição de Ensino. Cláusula 4 a : O Termo de Compromisso de Estágio Curricular Supervisionado tem por finalidade particularizar a relação jurídica especial existente entre o Estagiário e a Unidade Concedente, caracterizando a não vinculação empregatícia nos termos da Lei /08. Cláusula 5 a : Na vigência do presente termo, o estagiário estará incluído na cobertura do Seguro contra Acidentes Pessoais, proporcionado pela Apólice n o... da..., coberto e providenciado pela UNISUAM, conforme a Lei /08. Cláusula 6 a : Ficam compromissadas entre as partes as seguintes condições básicas para a realização do Estágio: a) Este Termo de Compromisso terá vigência de.../.../... a... /... /..., podendo ser denunciado a qualquer tempo, unilateralmente, mediante comunicação escrita ou ser prorrogado através da emissão de T e r m o Aditivo. b) As atividades de Estágio a serem cumpridas pelo estagiário deverão totalizar... horas no período de vigência deste Termo de Compromisso de Estágio. c) Poderá o Estágio ser remunerado financeiramente, ou de outra forma determinada pela Lei específica, e, no presente termo, será da seguinte forma: ( ) não remunerado ( ) remunerado. d) As atividades principais a serem desenvolvidas pelo estagiário são as mesmas relacionadas no Plano de Estágio Curricular Supervisionado, que será acompanhado pelo professor orientador e o supervisor da Unidade Concedente; e) Dados do Supervisor da Empresa: Nome do Funcionário Supervisor:. Formação Acadêmica do Supervisor:. Número do Registro do Conselho:. Cláusula 7 a : No desenvolvimento do estágio ora compromissado caberá à Unidade Concedente: proporcionar ao Estagiário atividades de aprendizagem compatíveis com o Plano de Estágio Curricular Supervisionado.

11 Cláusula 8 a : No desenvolvimento do estágio ora compromissado, caberá ao Estagiário: a) Cumprir, com todo empenho e interesse, toda a programação estabelecida para seu estágio; b) Observar e obedecer às normas internas da Unidade Concedente, preservando o sigilo e a confidencialidade das informações a que tiver acesso; c) Apresentar documentos comprobatórios da regularidade da sua situação acadêmica, sempre que solicitado pela Unidade Concedente; d) Manter rigorosamente atualizados seus dados cadastrais e escolares, junto à Unidade Concedente e à Instituição de Ensino; e) Informar, de imediato, quaisquer alterações na sua situação escolar, tais como: trancamento de matrícula, abandono, conclusão de curso ou transferência de Instituição de Ensino; f) Entregar, obrigatoriamente, à Instituição de Ensino e à Unidade Concedente 1 (uma) via do presente instrumento, devidamente assinado pelas partes; g) Elaborar relatório de estágio, conforme instruções do professor orientador do estágio. Cláusula 9 a : Constituem motivos para interrupção automática da vigência do presente Termo de Compromisso de Estágio: A conclusão ou abandono do curso e o trancamento da matrícula; O não cumprimento do convencionado neste Termo de Compromisso; Descumprimento ou agressão às normas legais vigentes. Cláusula 10: Fica eleito o foro da Capital, para dirimir as questões oriundas deste Termo de Compromisso, com renúncia de qualquer outro, por mais privilegiado que seja. E por estarem de inteiro e comum acordo com as condições e dizeres deste instrumento, as partes assinam em 3 (três) vias de igual teor, na presença das testemunhas abaixo assinadas, para que o presente tenha os seus efeitos jurídicos perfeitos. Rio de Janeiro,... de... de Estagiário... Unidade Concedente... CENTRO UNIVERSITÁRIO AUGUSTO MOTTA TESTEMUNHAS:... Assinatura Nome:... Identidade:... CPF Assinatura Nome:... Identidade:... CPF...

ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO

ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO DOC 1 - CARTA DE APRESENTAÇÃO DOC 2 - PLANO BÁSICO PARA O ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DOC 3 - DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DO ESTAGIÁRIO DOC 4 - TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO DOC 5 -

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO Doc. 1 CARTA DE APRESENTAÇÃO Do Professor de Estágio para Docência da UCB Ao(À) Sr(a). Diretor(a) do(a) Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos a V.Sa. o(a) universitário(a),

Leia mais

Faculdade Decisão Faculdade Decisão FADEC - CNPJ. 82.103.292/0001-52 Credenciada Pela Portaria MEC Nº 1029/2000 DOU: 21.07.2000

Faculdade Decisão Faculdade Decisão FADEC - CNPJ. 82.103.292/0001-52 Credenciada Pela Portaria MEC Nº 1029/2000 DOU: 21.07.2000 TERMO DE CONVÊNIO PARA ESTÁGIO CURRICULAR FADEC/EMPRESA TERMO DE CONVÊNIO PARA ESTÁGIO CURRICULAR QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO A FACULDADE DECISÃO E DE OUTRO LADO, A EMPRESA, VISANDO À REALIZAÇÃO

Leia mais

(nome do aluno) PLANO DE ESTÁGIO - Licenciatura em: Pedagogia( ) Letras ( ) Estágio I ( ), Estágio II ( ), Estágio III ( ) BARRETOS ANO

(nome do aluno) PLANO DE ESTÁGIO - Licenciatura em: Pedagogia( ) Letras ( ) Estágio I ( ), Estágio II ( ), Estágio III ( ) BARRETOS ANO (nome do aluno) PLANO DE ESTÁGIO - Licenciatura em: Pedagogia( ) Letras ( ) Estágio I ( ), Estágio II ( ), Estágio III ( ) BARRETOS ANO (Nome do aluno) PLANO DE ESTÁGIO - Licenciatura em: Pedagogia( )

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO TERMO DE COMPROMISSO Termo de Compromisso que entre si celebram e o(a) (Pessoa Jurídica)... e o(a) estudante... com a interveniência da Universidade

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2 2. OBJETIVO 2 3. DA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 2. 3.1 Requisitos para participar do estágio supervisionado 2

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2 2. OBJETIVO 2 3. DA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 2. 3.1 Requisitos para participar do estágio supervisionado 2 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2 2. OBJETIVO 2 3. DA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 2 3.1 Requisitos para participar do estágio supervisionado 2 3.2 Como Fazer o Estágio Supervisionado Curricular 3 3.3 A empresa e o supervisor

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Matrícula n o : xxx. CPF nº: RG nº: Nascimento: / /

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Matrícula n o : xxx. CPF nº: RG nº: Nascimento: / / 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO.

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO Sr(a) Chefe de Departamento, Curitiba, de de. Eu,, aluno(a) regularmente matriculado(a) no Curso de matrícula nº, solicito estágio não remunerado no Departamento de, Laboratório

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CONCEDENTE: SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE BELO HORIZONTE, organização filantrópica inscrita no CNPJ sob o nº 17.209.891/0001-93, situada na Avenida Francisco

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACHADO CENTRO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA DE MACHADO

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACHADO CENTRO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA DE MACHADO SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2 2. OBJETIVO 2 3. DA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 2 3.1 Requisitos para participar do estágio supervisionado 2 3.2 Como Fazer o Estágio Supervisionado Curricular 3 3.3 A empresa e o supervisor

Leia mais

PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL

PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO (informar I ou II) SEMESTRE LETIVO: (informar 1º ou 2º semestre de 20 ) PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL DADOS GERAIS ALUNO: RA: COORDENADOR DE ESTÁGIO: Prof.

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E DE TURISMO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO E TURISMO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO

Leia mais

Regulamentação Específica do Estágio de Interesse Curricular. Curso de Pedagogia

Regulamentação Específica do Estágio de Interesse Curricular. Curso de Pedagogia 1 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 Regulamentação Específica do Estágio de Interesse Curricular Capítulo I - Dos Objetivos Curso de Pedagogia Resolução No. 010/2007 do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA Capítulo I - Do Conceito Art. 1º - O Estágio não obrigatório do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) é aquele

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA DOS OBJETIVOS

CLÁUSULA SEGUNDA DOS OBJETIVOS TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA, A INSTITUIÇÃO CENTRO INTEGRADO DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA S/S LTDA - CENECT - E O ESTAGIÁRIO O MUNICÍPIO

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Este documento tem como finalidade estabelecer e orientar as atividades de estágio desenvolvidas pelos alunos do Curso Superior

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA DISCENTES DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA DISCENTES DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA PARA DISCENTES DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO (Aprovado pelo Parecer do CONSEPE/USC nº 11, de 27

Leia mais

Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO INESP

Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO INESP Instituto Nacional de Ensino e Pesquisa FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO INESP REGULAMENTO PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. JACAREÍ - SP 1 Instituto Nacional

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 186/2001-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e a COPACOL. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de Administração,

Leia mais

Manual de Estágio Não Obrigatório

Manual de Estágio Não Obrigatório Manual de Estágio Não Obrigatório Faculdade Antonio Meneghetti Recanto Maestro, 2010 1 Introdução A lei nº 11.788/2008 define estágio como o ato educativo escolar, supervisionado, desenvolvido no ambiente

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 CAPÍTULO I Da Definição e Finalidades. Artigo 1 - O Estágio Supervisionado constitui-se no desenvolvimento, pelo aluno, de atividades práticas, exercidas mediante

Leia mais

Diretrizes Pedagógicas para a Educação Profissional

Diretrizes Pedagógicas para a Educação Profissional Foto: Arquivo MEC Ivone Marchi Lainetti Ramos Manual do Estágio Diretrizes Pedagógicas para a Educação Profissional Ivone Marchi Lainetti Ramos 1 Equipe Gestora Eliana Inês Wilder Coordenadora de Educação

Leia mais

TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO

TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO ( ) Obrigatório ( ) Não-obrigatório Declaro, para os devidos fins, que, R.G.:, aluno regularmente matriculado na série do curso de, das

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE NUTRIÇÃO Resolução 004/2011 da Pró-Reitoria de Graduação Capítulo I - Do Conceito Art.

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA)

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA) 1 REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA) Resolução nº 015/2005 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) Capítulo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SERTÃOZINHO

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SERTÃOZINHO CONVÊNIO DE CONCESSÃO DE ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE QUE ENTRE SI CELEBRAM.E O CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA, POR INTERMÉDIO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SERTÃOZINHO. Pelo presente

Leia mais

ANEXO III DA PORTARIA Nº 0946, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

ANEXO III DA PORTARIA Nº 0946, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO ANEXO III DA PORTARIA Nº 0946, DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 TERMO DE COMPROMISSO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Pelo presente instrumento, de um lado, (NOME DA CONCEDENTE), inscrita no (TIPO E NÚMERO DO DOCUMENTO),

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO - BACHARELADO Autorizada pela Portaria MEC 2.626 de 25 de julho de 2005 Frutal/MG 1 Mantenedora: SOFES SOCIEDADE

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação

Tribunal de Contas do Estado do Paraná Comissão Permanente de Licitação - Tribunal de Contas do Estado do Paraná TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA - ESTÁGIO NÃO REMUNERADO O TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO PARANÁ, localizado na cidade de Curitiba no Estado do Paraná, na Praça Nossa

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE)

TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) TERMO DE CONVÊNIO DE ESTÁGIO ( IES x ENTIDADE CONCEDENTE) PARTES ESSENCIAIS: I- QUALIFICAÇÃO DAS PARTE; II- INFORMAÇÕES RELEVANTES; III- CLÁUSULAS; IV- ASSINATURAS: das partes através de seus representantes

Leia mais

CONVÊNIO. Convênio n 016/2010 MPGO DAS PARTES:

CONVÊNIO. Convênio n 016/2010 MPGO DAS PARTES: Convênio n 016/2010 MPGO CONVÊNIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS E O CENTRO UNIVERSITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO DO CENTRO-OESTE UNIDESC, POR INTERMÉDIO DA PROCURADORIA-GERAL

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba TERMO DE CONVÊNIO

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba TERMO DE CONVÊNIO TERMO DE CONVÊNIO TERMO DE CONVÊNIO que celebram entre si, de um lado a Empresa doravante denominada UNIDADE CONCENDENTE e do outro lado, o CENTRO DE ENSINO SUPERIOR VALE DO PARNAIBA CESVALE, visando a

Leia mais

Regulamento Interno. de Estágios

Regulamento Interno. de Estágios Regulamento Interno de Estágios Índice Apresentação... 3 Capítulo 1 Caracterização e objetivo do estágio... 3 Capítulo 2 - Oferta de vagas de estágio... 4 Capítulo 3 - Duração do estágio... 5 Capítulo

Leia mais

ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção!

ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção! ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção! Você deverá preencher os campos dos impressos destinados ao registro de Estágio sem rasuras e com letra legível ou por intermédio

Leia mais

CONVÊNIO. Convênio n 027/2010 MPGO DAS PARTES:

CONVÊNIO. Convênio n 027/2010 MPGO DAS PARTES: Convênio n 027/2010 MPGO CONVÊNIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS E A FACULDADE MONTES BELOS FMB, POR INTERMÉDIO DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, VISANDO A CONCESSÃO

Leia mais

CONVÊNIO. UNIDADE CONCEDENTE: Razão Social: CNPJ: Ramo de Atividade: Endereço: Cidade: Estado: CEP: Telefone: Fax: e-mail: Representado por : Cargo:

CONVÊNIO. UNIDADE CONCEDENTE: Razão Social: CNPJ: Ramo de Atividade: Endereço: Cidade: Estado: CEP: Telefone: Fax: e-mail: Representado por : Cargo: CONVÊNIO UNIDADE CONCEDENTE: Razão Social: CNPJ: Ramo de Atividade: Endereço: Cidade: Estado: CEP: Telefone: Fax: e-mail: Representado por : Cargo: UNIDADE DE ENSINO: Razão Social: CENTRO DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA

MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA O Manual ora apresentado visa orientar os alunos

Leia mais

SUMÁRIO Apresentação O Locus da Prática Profissional Fundamentação Legal Objetivos Planejamento Competência:

SUMÁRIO Apresentação O Locus da Prática Profissional Fundamentação Legal Objetivos Planejamento Competência: SUMÁRIO Apresentação... 5 O Locus da Prática Profissional...6 Fundamentação Legal... 7 Objetivos... 8 Planejamento... 9 Competência: Da Coordenação Geral de Estágios do Curso... 10 Do Supervisor/Preceptor

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Não Remunerado

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Não Remunerado TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Não Remunerado..., inscrito(a) no CNPJ sob o n.º..., com sede profissional à..., bairro..., no município de..., Estado..., CEP..., doravante denominado(a) CONCEDENTE,

Leia mais

As partes acima qualificadas celebram entre si o presente convênio de estágio para estudantes, mediante as seguintes condições:

As partes acima qualificadas celebram entre si o presente convênio de estágio para estudantes, mediante as seguintes condições: CONVÊNIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NÍVEL SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO PROFISSIONAL, DE ACORDO COM A LEI Nº 11.788 DE 25 DE SETEMBRO DE 2008, COM A LEI Nº 9.394 DE 20 DE DEZEMBRO DE 1996 LEI DE DIRETRIZES

Leia mais

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS FACCE-UNIMES ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS FACCE-UNIMES ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS FACCE-UNIMES ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL Profª Ms. Cleusi Gama da Silva SUPERVISÃO DE ESTÁGIO ATIVIDADES COMPLEMENTARES SANTOS 2012 ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL

Leia mais

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio Departamento de Estágios FACCAMP Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio OBRIGAÇÕES DO ESTAGIÁRIO. Solicitar na Secretaria Geral da FACCAMP declaração de autorização para

Leia mais

FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 1 REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO (Lei Nº 11.788 / 2008) Regulamenta as atividades do Estágio Curricular da FAMEC e estabelece normas

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DO ESTUDANTE* Nº /

TERMO DE COMPROMISSO DO ESTUDANTE* Nº / MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO CML 1ª RM HOSPITAL CENTRAL DO EXERCITO (Hospital Real Militar e Ultramar - 1769) TERMO DE COMPROMISSO DO ESTUDANTE* Nº / CONCEDENTE RAZÃO SOCIAL: Hospital Central

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS Revisão: setembro/2012 Escola SENAI Santos Dumont CFP 3.02 Rua Pedro Rachid, 304 Santana São José dos Campos - SP Fone: (12) 3519-4850 Fax: (12) 3922-9060 ELABORAÇÃO

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba REQUERIMENTO DE MATRÍCULA EM ESTÁGIO Aluno (a): regularmente matriculado(a) no período do Curso de Ciências Contábeis do CESVALE, requer matrícula na Disciplina de Estágio Curricular Supervisionado. Área

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA.

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA. REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA. JUIZ DE FORA MG APRESENTAÇÃO O Instituto Superior de Educação Carlos Chagas ISECC, com sua sede na cidade de Juiz de Fora, Estado

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIARIA QUÍMICA

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIARIA QUÍMICA NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIARIA QUÍMICA NOVEMBRO/2012 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO É considerado estágio, de acordo com o Decreto nº 87.497/82, "As atividades de aprendizagem social, profissional

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO MODELO PARA FOTOCÓPIA MANUAL DE ESTÁGIO 2005 AO ESTAGIÁRIO: Multiplique a carta abaixo e entregue ao responsável pela Escola CARTA DE APRESENTAÇÃO O Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG tem como

Leia mais

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR

CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR CONTRATO PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, de um lado,, com sede a, nº, na cidade de Pelotas, inscrita no CNPJ sob o nº, doravante

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE QUÍMICA DA Efoa/Ceufe Resolução Nº 007/2005 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) O presente regulamento foi elaborado tendo

Leia mais

Faculdades Borges de Mendonça

Faculdades Borges de Mendonça TERMO DE CONVÊNIO PARA ESTÁGIO CURRICULAR BM/EMPRESA TERMO DE CONVÊNIO PARA ESTÁGIO CURRICULAR QUE ENTRE SI CELEBRAM, DE UM LADO A FACULDADE BORGES DE MENDONÇA E DE OUTRO LADO, A EMPRESA., VISANDO À REALIZAÇÃO

Leia mais

I - DO PÚBLICO DO DNS E DA CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA

I - DO PÚBLICO DO DNS E DA CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA REGIMENTO DO PROGRAMA DE TREINAMENTO PARA APRIMORAMENTO PROFISSIONAL NÍVEL SUPERIOR DO DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE PTAP-NS/DNS (ATIVIDADE DE EDUCAÇÃO CONTINUADA DO DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE)

Leia mais

PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO GERAL PARA OS ESTÁGIOS CURRICULARES (DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO) ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E CIÊNCIAS CONTÁBEIS CAPÍTULO

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO FEAU/UNIVAP CAPÍTULO I. Da Origem, Definição e Finalidades

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO FEAU/UNIVAP CAPÍTULO I. Da Origem, Definição e Finalidades NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO FEAU/UNIVAP CAPÍTULO I Da Origem, Definição e Finalidades Artigo 1º - O Estágio Supervisionado é uma atividade obrigatória

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE (CEFID)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE (CEFID) CRONOGRAMA ENTREGA DE DOCUMENTOS Ficha de Estágio Termo de compromisso Controle de frequência Plano de trabalho Relatório final Seminário do Relatório final Avaliação e autoavaliação DATA PREVISTA Antes

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras

MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras Rio de Janeiro Julho/2013 1. Apresentação O presente Manual foi reorganizado pelos membros do Colegiado dos Cursos de Licenciatura

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE COOPERATIVAS Santa Maria RS 2012 REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÃO REMUNERADO CURSO DE FISIOTERAPIA

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÃO REMUNERADO CURSO DE FISIOTERAPIA TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO NÃO REMUNERADO CURSO DE FISIOTERAPIA Pelo presente Termo de Compromisso de Estágio, nos termos da Lei nº 11.788 de 25 de setembro de 2008, celebrado entre CLINICA

Leia mais

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1. Das Disposições Preliminares Art. 1 o. Este instrumento legal regulamenta o componente curricular Estágio

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Diretoria de Gestão de Pessoas PROCESSO SELETIVO PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO EDITAL N. 01/2015. Reitoria

IF SUDESTE MG REITORIA Diretoria de Gestão de Pessoas PROCESSO SELETIVO PROGRAMA DE ESTÁGIO REMUNERADO EDITAL N. 01/2015. Reitoria EDITAL N. 01/2015 Reitoria A do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições, considerando a Lei 11.788/2008, publicada no DOU de 26/09/2008

Leia mais

CONTRATADO(A) e, do outro lado o(a) Sr(a)., paciente (ou responsável legal do(a) menor ), portador(a) do RG nº, CPF nº, residente a,

CONTRATADO(A) e, do outro lado o(a) Sr(a)., paciente (ou responsável legal do(a) menor ), portador(a) do RG nº, CPF nº, residente a, SUGESTÃO DE MINUTA DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS Pelo presente instrumento particular de contrato de prestação de serviços odontológicos, os contratantes, de um lado o(a) cirurgião(ã)-

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO CARTA DE APRESENTAÇÃO Teresópolis, de de. Da: Professora Orientadora do Estágio do Curso de Licenciatura em Matemática Ao (À) Sr.(a) Diretor(a) do (a) Assunto: Apresentação de Estagiário. Senhor (a) Diretor

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES Art. 1º O Estágio Supervisionado para os Cursos de Licenciatura do Instituto Federal de

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Supervisores: Profa Cátia A. Farias (Eng. Ambiental) Profa. Ediléa de Vasconcelos(Operacional) Coordenadora: Profa. Vivian Telles Paim Teresópolis 2012 1

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA:

ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA: O estágio curricular do Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário do Cerrado Patrocínio pressupõe atividades pedagógicas efetivadas em um ambiente

Leia mais

ANEXO VII EDITAL 003/2015 PROEX/IFMS MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO

ANEXO VII EDITAL 003/2015 PROEX/IFMS MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO ANEXO VII EDITAL 003/2015 PROEX/IFMS MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO As partes abaixo qualificadas acordam e estabelecem entre si as cláusulas e condições que regem o presente Termo de

Leia mais

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades ATIVIDADES DE ENSINO ATIVIDADES DE PESQUISA ATIVIDADES DE

Leia mais

À vista das deliberações do plenário, em reunião realizada no dia 21 de junho de 2010 (Processo n.º 23096.029583/09-32).

À vista das deliberações do plenário, em reunião realizada no dia 21 de junho de 2010 (Processo n.º 23096.029583/09-32). 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 01/2010 Regulamenta a realização do Estágio de Extensão não-obrigatório,

Leia mais

Devem constar do Termo de Compromisso, dentre outras disposições: - qualificação da empresa concedente, do estagiário e da instituição de ensino;

Devem constar do Termo de Compromisso, dentre outras disposições: - qualificação da empresa concedente, do estagiário e da instituição de ensino; ESTÁGIO O Estágio de Estudantes é regido pela Lei nº 6.494, de 07/12/1977, regulamentada pelo Decreto nº 87.497, de 18/08/1982, com posteriores alterações do Decreto nº 89.467/84. Define-se como estagiários,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING (Ato de Aprovação: Resolução

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO União da Vitória/PR 2011 1 I Da Caracterização

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FACULDADE CAMPO REAL MANUAL DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Prof. Carlos Bernardo Gouvea Pereira COORDENADOR ADJUNTO GUARAPUAVA-PR 2013 1 - Apresentação O Estágio Curricular Obrigatório (ECO)

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL

CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL ANEXO A CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL Rio de Janeiro, de de. Do: Professor-orientador de Prática Profissional em Educação Física Ao: Assunto: Apresentação de Estagiário Prezado (a) Senor

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 153/2005-CEPE/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 153/2005-CEPE/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 153/2005-CEPE/UNICENTRO Aprova o Regulamento de Estágio Curricular do Curso de Comunicação Social/Publicidade e Propaganda da UNICENTRO e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Barretos SP 2014 APRESENTAÇÃO O Estágio Supervisionado do Curso de Ciências Contábeis da FACULDADE BARRETOS é um componente curricular

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet CENTRO UNIVERSITÁRIO ADVENTISTA DE SÃO PAULO CAPÍTULO I DO ESTÁGIO Artigo 1º O estágio é uma atividade didática

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CESUBE

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CESUBE REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CESUBE Considerando o significado e a importância do Estágio como parte fundamental da formação profissional, define-se

Leia mais

FACULDADE DE ARARAQUARA

FACULDADE DE ARARAQUARA SUMÁRIO CADASTRO DA EMPRESA E DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO... 1 CLÁUSULA PRIMEIRA CONCEITOS E OBJETIVOS... 2 CLÁUSULA SEGUNDA DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO... 4 CLÁUSULA TERCEIRA DA EMPRESA... 5 CLÁUSULA QUARTA

Leia mais

NSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE IESRIVER FACULDADE OBJETIVO

NSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE IESRIVER FACULDADE OBJETIVO NSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RIO VERDE IESRIVER FACULDADE OBJETIVO MANUAL DE NORMAS E DIRETRIZES PARA ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO Rio Verde - GO APRESENTAÇÃO O Instituto de Ensino Superior de Rio Verde IESRIVER,

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO IESP - ARARAQUARA MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Curso: Pedagogia Flavia Petra Melara Benatti Diretora Geral O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NO CURSO DE PEDAGOGIA APRESENTAÇÃO O Manual do Estágio

Leia mais

EDITAL N. 01/2015 PROCESSO Nº 23505.000009/201-20. Campus Santos Dumont

EDITAL N. 01/2015 PROCESSO Nº 23505.000009/201-20. Campus Santos Dumont EDITAL N. 01/2015 PROCESSO Nº 23505.000009/201-20 Campus Santos Dumont A Coordenação de Gestão de Pessoas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Campus Santos

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio)

CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio) CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO, de de. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio) Do: COORDENADOR DE ESTÁGIO DA ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB ASSUNTO: APRESENTAÇÃO DE ESTAGIÁRIO

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Termo de compromisso para realização de estágio obrigatório que entre si fazem a concedente, inscrita no CNPJ sob o nº, estabelecida na e o estagiário (a), documento

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO INTERNO CONCEDENTE e INSTITUIÇÃO DE ENSINO: A UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO - UNISA, mantida pela OBRAS SOCIAIS E EDUCACIONAIS DE LUZ - OSEL, com filial na Rua Professor Enéas

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE BRASILEIRA - MULTIVIX

MANUAL DE PROCEDIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE BRASILEIRA - MULTIVIX MANUAL DE PROCEDIMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DA FACULDADE BRASILEIRA - MULTIVIX VITÓRIA 2013 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 INTRODUÇÃO... 3 3 OBJETIVOS... 4 2.1 OBJETIVO GERAL... 4 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS...

Leia mais

Manual Geral de Estágio Supervisionado. Curso de Tecnologia em Gastronomia

Manual Geral de Estágio Supervisionado. Curso de Tecnologia em Gastronomia Manual Geral de Estágio Supervisionado Curso de Tecnologia em Gastronomia FUNDAMENTO LEGAL Lei nº 11.788, de 25/09/2008 de 2008, publicado no DOU. Nº.187-26/09/2008-Seção I-P.3. - Lei de Diretrizes e Bases

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Julho/2014 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS UNIFEB Prof. Dr. Reginaldo da Silva Reitor Profª. Drª. Sissi Kawai Marcos Pró-Reitora

Leia mais

Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE

Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE Observação: os dados em vermelho devem ser OBRIGATORIAMENTE preenchidos pelo concedente. EXEMPLO DE CONVÊNIO PREENCHIDO CORRETAMENTE CONVÊNIO DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE CONVÊNIO Nº001/2011 QUE ENTRE

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2011

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 04/2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br RESOLUÇÃO

Leia mais

FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES

FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES 1 FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES Estagiário (a): Série: Série / Estágio: Critérios Valor 1ª ativ 2ª ativ 3ª ativ 4ª ativ 5ª ativ Discriminação 1- PLANEJAMENTO - apresentação 0,5 - uso 0,5

Leia mais

MANUAL DO ESTAGIÁRIO

MANUAL DO ESTAGIÁRIO MANUAL DO ESTAGIÁRIO CURSO TÉCNICO EM CAFEICULTURA José Sérgio de Araújo Adélia Ribeiro Paulino 2014 1 ÍNDICE Apresentação... 3 1 Orientações Gerais... 05 2 Roteiro... 06 3 Plano de Estágio... 08 4 Termo

Leia mais

Colegiado do Curso de Graduação em Administração

Colegiado do Curso de Graduação em Administração Colegiado do Curso de Graduação em Administração Resolução nº 03/2012 de 08 de novembro de 2012 Fundamentada na LEI Nº 11.788, DE 25 DE SETEMBRO DE 2008. Regulamenta os procedimentos de Estágio Supervisionado

Leia mais

Manual de Estágio Curricular CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Manual de Estágio Curricular CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Manual de Estágio Curricular CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Turma 2008 2010 Prezado(a) Estudante, O estágio é um marco referencial de grande relevância nos cursos de formação superior, pois oferece vivência prática

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS

TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO-LETRAS HABILITAÇÃO PORTUGUÊS/INGLÊS O presente termo de Compromisso é firmado entre a Coordenação do Curso de Letras das FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS, a UNIDADE CONCEDENTE

Leia mais

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM A UNIÃO SOCIAL CAMILIANA - CENTRO UNIVERSITARIO SÃO CAMILO - ESPIRITO SANTO E, VISANDO A CONCESSÃO DE CAMPO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Leia mais

Área Vagas Perfil exigido 01 (30 horas)

Área Vagas Perfil exigido 01 (30 horas) EDITAL N.º 05/2013 PROCESSO Nº. 23223.000216/2013-89 Câmpus Muriaé A do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, no uso de suas atribuições, considerando a Lei 11.788/2008,

Leia mais

MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO ( EMPRESA/ESTAGIÁRIO )

MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO ( EMPRESA/ESTAGIÁRIO ) MODELO DE TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO ( EMPRESA/ESTAGIÁRIO ) Pelo presente Termo de Compromisso de Estágio de Complementação Educacional, sem vínculo empregatício, que entre si fazem: -----------------------------------------------------

Leia mais

REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os estágios curriculares do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática ORIENTAÇÕES E NORMAS SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR PARA ESTUDANTES DO CURSO

Leia mais