ÍNDICE. 2 consultoria de marketinge gestão CUSTO FIXO... 5 INTRODUÇÃO... 3 CUSTO VARIÁVEL... 6 LIVRO CAIXA... 3

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE. 2 consultoria de marketinge gestão CUSTO FIXO... 5 INTRODUÇÃO... 3 CUSTO VARIÁVEL... 6 LIVRO CAIXA... 3"

Transcrição

1

2 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 CUSTO FIXO... 5 LIVRO CAIXA... 3 CUSTO VARIÁVEL... 6 CUSTO DO PROCEDIMENTO... 6 DESPESAS... 4 RECEITAS... 4 PREÇO DE VENDA... 7 CONCLUSÃO... 7 CAPITAL DE GIRO... 5 CONSULTÓRIO LEGAL

3 INTRODUÇÃO Atualmente ter um controle das finanças do consultório e também das pessoais é fundamental para te ajudar a entender o que está acontecendo no seu consultório. Em alguns casos o consultório vai bem, mas o lado pessoal pode estar um pouco desequilibrado. Com alguns controles simples você pode acompanhar o desempenho financeiro do seu consultório, estabelecer algumas metas e conseguir melhorias significativas. É comum o dentista estabelecer preços sem critérios e ao fazer uma ação de marketing conquista novos pacientes, preenche a sua agenda e ao atender estes novos pacientes ele pode cobrar o preço errado, assim ao invés de lucro gera prejuízo. Neste e-book você vai encontrar algumas informações que te auxiliarão nesta nova empreitada. LIVRO CAIXA No livro caixa estarão registradas as receitas e despesas, investimentos, custos fixos e variáveis do consultório. O livro caixa é uma ferramenta indispensável para o controle do que está acontecendo com as finanças do consultório, nele você registra as entradas e saídas de valores no consultório, detalhando de que forma isto acontece, se foi em espécie, cheque, cartão de crédito, cartão de debito, boleto bancário, depósito em conta corrente, duplicata, permuta; desta forma você pode especificar a origem e o destino dos valores recebidos em determinado período. Se você recebe um pagamento em dinheiro de um paciente e deposita em conta corrente pode identificar isto a qualquer momento, da mesma forma que, se receber de outro paciente o pagamento em cheque e pagar o laboratório de prótese com este cheque, com o livro caixa é possível identificar este movimento com uma simples análise, identificando de onde vem e para onde vai seu dinheiro. 3

4 DESPESAS RECEITAS Lembre-se de sempre separar as despesas do consultório das suas despesas pessoais. Diariamente há gastos num consultório, água, luz, telefones, aluguel, prestações, funcionários, correio, táxi, enfim são despesas de diversos tipos, às vezes ficamos com a impressão de que são infinitas. Pois bem, aceite que elas existem e que nunca deixarão de existir, sendo assim assuma o controle e anote todas elas no livro caixa, desta forma você saberá para onde está indo seu dinheiro. O volume de despesas geradas num consultório não é tão grande que te impeça de fazer registro delas, aqui reside o grande problema, a falta de organização para registrá-las, crie tempo para isto. Existem várias formas de fazer o registro das despesas, você pode fazê-las num livro caixa comprado em alguma papelaria, numa planilha de excel ou num sistema de gestão, mas não deixe de fazê-lo. O que precisamos fazer é ter um total de despesas menor que o total das receitas. Para compensar as despesas existem as receitas, que são todos os valores recebidos dos pacientes ou terceiros. As receitas do consultório gerarão um faturamento bruto que servirá para pagar todas as despesas do consultório, ele será a soma dos valores recebidos dos pacientes, a vista ou a prazo e também de valores recebidos por serviços prestados para outros dentistas, aluguel de salas no consultório ou então de dentistas que atendem no seu consultório e geram faturamento que é dividido entre você e ele. Com o controle das receitas você saberá quanto de dinheiro está entrando no seu consultório a cada mês ou em períodos menores, pode ser um controle semanal ou diário, você escolhe como controlar. É importante levar em conta que o dinheiro que o dentista recebe de seus pacientes é para pagar as contas do consultório e não as suas contas, logo não faça retiradas quando bem entender, lembre-se de que este dinheiro não é seu, primeiro pague as contas do consultório. 4

5 CAPITAL DE GIRO Ter capital de giro é importante para você ter tranquilidade na gestão de seu consultório. O capital de giro é o total de dinheiro que você precisa ter em caixa para pagar as despesas do consultório durante um período, pode ser para um mês ou para seis meses, você determina no planejamento. Ter capital de giro é importante para você ter tranquilidade para trabalhar, pois se no final do mês você não tiver dinheiro em caixa para pagar todas as despesas, você pode utilizar este recurso para não ter que recorrer a empréstimos, seja em bancos ou a pessoas próximas. Para calcular quanto você precisa ter de capital de giro, basta multiplicar o valor das despesas fixas pelo período que você determinou. Ex: Despesa fixa = R$ 6.340,00 /mês e você quer ter capital de giro por quatro meses, a conta fica: Este total faz parte do investimento necessário para montar o consultório, quando você está fazendo o planejamento do consultório, além das despesas para aquisição de equipamentos, reformas ou mobiliário e outras, acrescente o total do capital de giro. CUSTO FIXO É fundamental entender os custos fixo para começar o planejamento financeiro de seu consultório. Existem algumas despesas que são geradas com ou sem pacientes para atender no consultório, tais como água, luz, telefone, salários, pró-labore, IPTU, ISS, anuidade do CRO, anuidade de Sindicato, aluguel, internet dentre outras, estas são consideradas para o cálculo do custo fixo, pois com paciente ou não você tem que pagá-las no final do mês. Este tipo de despesa pode ser mensal ou não, pois algumas destas despesas acontecem todo ano no consultório, mas não todo mês, por exemplo, água e luz você paga todo mês, mas ISS e CRO você paga uma vez ao ano. Em alguns casos você pode conseguir um parcelamento, o ideal é fazer o levantamento dos custos fixos e por média calcular o custo mensal, desta forma você consegue fazer provisão de recursos, reduzindo o peso deste custo no seu orçamento, por exemplo, para pagar férias e 13º salário ou você tem reserva financeira ou tem que desembolsar o valor total de uma vez e este não é um valor baixo. Para calcular o custo do procedimento é importante saber o custo fixo e você pode fazer o cálculo por mês, hora, dia ou por minuto. 5

6 CUSTO VARIÁVEL CUSTO DO PROCEDIMENTO As despesas que você tem no consultório apenas quando atende pacientes, são consideradas variáveis, o custo variável é a soma delas. Podemos incluir neste custo as despesas com material de consumo, laboratório de prótese, clínica de radiologia ou raio-x, pagamento de comissão para profissionais de outras especialidades, despesas com estacionamento para clientes e imposto de renda dentre outras. O custo com a dental, relativo ao material de consumo pode até estar estável e ser igual todo mês, mas para o cálculo do preço a ser cobrado é importante utilizar o gasto com o material usado em cada procedimento e repetindo esta despesa ocorre apenas quando um paciente foi atendido, caso contrário o material está em estoque, que é um dos investimentos necessários para a abertura do consultório. A soma do custo variável do procedimento com o custo fixo do procedimento nos fornecerá o custo total dele. Esta informação é crucial para um consultório, o custo do procedimento é o preço básico, é o mínimo a ser cobrado, é a base para saber se, por exemplo, o que o convênio me propõe é viável ou não. Para o cálculo do custo do procedimento precisamos saber o custo variável, o custo fixo do minuto e o tempo necessário para realização de cada procedimento. A multiplicação do tempo utilizado para realização do procedimento pelo custo fixo do minuto nos fornecerá o custo fixo do procedimento, por exemplo, se o custo fixo do minuto é R$ 1,00 e o tempo para realização do procedimento é 13 minutos, o custo fixo do procedimento é R$ 13,00. 6

7 PREÇO DE VENDA CONCLUSÃO Para obter o preço de venda utilizamos o cursto do procedimento e acrescentamos a ele as despesas que ocorrem somente quando há atendimentos, estas despesas são variáveis, eu prefiro trabalhar com percentuais, desta forma fica mais fácil fazer o cálculo. Estas despesas são compostas pelos percentuais de lucro, imposto a pagar, percentual cobrado pela operadora da máquina de cartão (débito ou crédito), marketing e provisões. Lembrando que o imposto a pagar é calculado a partir do lucro obtido com o procedimento. O acréscimo de todas as despesas ao custo do procedimento nos fornecerá o preço de venda e a partir dele você pode apresentar orçamentos aos pacientes, compara os preços do consultório com tabelas de referência e também com tabela de convêncios. A conclusão não poderia ser mais direta, esprema os números que eles te dirão a verdade. Não tome qualquer atitude sem saber se o preço cobrado está correto, isto lhe dará segurança na hora de negociar com seus pacientes, pois você saberá que não está sendo injusto cobrando muito ou que não está tendo prejuízo por cobrar muito barato, aliás, cobrar barato é muito relativo, forme seu preço e trabalhe com ele, acompanhe as finanças do seu consultório para saber de onde vem e para onde vai o seu dinheiro. No fim das contas você quer ter lucro e a grande vantagem é que este lucro é todo teu, você não precisará dividir com nenhum sócio, é uma questão de paciência. 7

8 consultori ad e marketin ge gestão Nosso objetivo é compartilhar informações sobre Gestão e Marketing para consultórios e clínicas odontológicas. Os conteúdos estão relacionados ao planejamento estratégico, gestão do serviço, gerenciamento das finanças e marketing, desde 2007 compartilhamos estas informações através de aulas, palestras, cursos e consultorias com acadêmicos e profissionais de odontologia, já estivemos em faculdades do Paraná, Santa Catarina, São Paulo e Mato Grosso do Sul, além das participações em congressos de odontologia e jornadas acadêmicas. O curso com duração de oito horas já foi ministrado mais de 15 vezes e foi formatado para se encaixar como módulo em cursos de especialização. Visite nosso site e conheça um pouco mais sobre o. Escrito por Álvaro Irineu Mulatti em 22/12/2014 Para contato: 8

GESTÃO DE FLUXO DE CAIXA E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS E INDICADORES FINANCEIROS

GESTÃO DE FLUXO DE CAIXA E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS E INDICADORES FINANCEIROS GESTÃO DE FLUXO DE CAIXA E AVALIAÇÃO DE RESULTADOS E INDICADORES FINANCEIROS Wagner Viana SL 01 SL 02 SL 03 Oficina Objetivos Distinguir gestão do Fluxo de Caixa da apuração e análise de resultados; Apresentar

Leia mais

calculando Renan Kaminski o preço de seus produtos

calculando Renan Kaminski o preço de seus produtos calculando Renan Kaminski o preço de seus produtos $ O Dicas 4blue são vídeos e mini e-books com dicas rápidas e práticas para que você e sua equipe possam aplicar no seu dia a dia. Para ter acesso a todas

Leia mais

Boa leitura!!

Boa leitura!! Renan Kaminski COMO CALCULAR A META IDEAL DE VENDAS DO SEU NEGÓCIO? A 4blue conta com diversos materiais gratuitos para te ajudar. Confira todos em: www.4blue.com.br/materiais-gratuitos Boa leitura!! Olá!

Leia mais

Etapas do Plano de Negócios

Etapas do Plano de Negócios Etapas do Plano de Negócios Etapa 7. Plano financeiro Detalhes Investimentos Projeção de resultados Ponto de equilíbrio Projeção fluxo de caixa Vendas Despesas Mão de obra Etapa 7 Plano Financeiro Investimento

Leia mais

Etapa 7 Plano Financeiro

Etapa 7 Plano Financeiro 17/10/12 Etapas do Plano de Negócios Etapa Detalhes 7. Plano financeiro Investimentos Projeção de resultados Ponto de equilíbrio Projeção fluxo de caixa Vendas Despesas Mão de obra Investimento é tudo

Leia mais

Cadê. o dinheiro que estava aqui?

Cadê. o dinheiro que estava aqui? Cadê o dinheiro que estava aqui? Você sabe o quanto ganha por mês? Você sabe o quanto tem de Cartão a pagar? Você sabe o valor preciso da sua pronta entrega? O que é Receita e Despesa? Receita Anote seus

Leia mais

Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski

Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski Grau de Alavancagem Operacional por Renan Kaminski O Dicas 4blue são vídeos e mini e-books com dicas rápidas e práticas para que você e sua equipe possam aplicar no seu dia a dia. Para ter acesso a todas

Leia mais

Vida Financeira saudável. Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay

Vida Financeira saudável. Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay Vida Financeira saudável Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay CONTROLE FINANCEIRO Como você controla as finanças do seu negócio e as mantém separadas das suas finanças pessoais?

Leia mais

MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA MANUAL DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA 2 EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira tem como objetivo ensinar as pessoas a tomarem consciência dos seus gastos e das suas rendas. As rendas são limitadas, e é preciso

Leia mais

VIDA FINANCEIRA SAUDÁVEL E FELIZ

VIDA FINANCEIRA SAUDÁVEL E FELIZ VIDA FINANCEIRA SAUDÁVEL E FELIZ Manuela Carneiro Diretora Executiva de Vendas Independente Mary kay CONTROLE FINANCEIRO Como você controla as finanças do seu negócio e as mantém separadas das suas finanças

Leia mais

De maneira geral, o fluxo de caixa mostra os saldos inicial e final de um período, as entradas e saídas e o saldo operacional, aquele usado no dia a

De maneira geral, o fluxo de caixa mostra os saldos inicial e final de um período, as entradas e saídas e o saldo operacional, aquele usado no dia a FLUXO DE CAIXA De maneira geral, o fluxo de caixa mostra os saldos inicial e final de um período, as entradas e saídas e o saldo operacional, aquele usado no dia a dia. O fluxo de caixa é uma ferramenta

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO

PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO PLANEJAMENTO E CONTROLE FINANCEIRO Como está sua vida financeira hoje??? ou? TRACE UM PLANO DE GANHOS Quanto QUERO Ganhar? Quanto estou disposta a TRABALHAR? ACREDITO NA COMPANHIA, NOS PRODUTOS, NA OPORTUNIDADE?

Leia mais

Programa de Educação Financeira & Previdenciária

Programa de Educação Financeira & Previdenciária Programa de Educação Financeira & Previdenciária 2017 Planejamento Financeiro QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DA FALTA DE CONTROLE FINANCEIRO? CONSEQÜÊNCIAS DA FALTA DE CONTROLE FINANCEIRO NO TRABALHO Desmotivação

Leia mais

Aula FN. FINANÇAS Professor: Pedro Pereira de Carvalho Finanças para Empreendedores Prof. Pedro de Carvalho

Aula FN. FINANÇAS Professor: Pedro Pereira de Carvalho Finanças para Empreendedores Prof. Pedro de Carvalho FINANÇAS Professor: Pedro Pereira de Carvalho pedro.carvalho@fmu.br Finanças para Empreendedores Prof. Simulação de um orçamento para o fornecimento de materiais e serviços para uma rede LAN, em uma empresa.

Leia mais

por Aleksander Avalca

por Aleksander Avalca por Aleksander Avalca O Gestor se preocupa com o financeiro normalmente quando......o saldo negativo na conta bancária aparece. Mas isso é apenas a consequência. Onde estão as causas? As causas estão na

Leia mais

calculando Renan Kaminski o preço de seus serviços

calculando Renan Kaminski o preço de seus serviços calculando Renan Kaminski o preço de seus serviços $ O Dicas 4blue são vídeos e mini e-books com dicas rápidas e práticas para que você e sua equipe possam aplicar no seu dia a dia. Para ter acesso a todas

Leia mais

GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY

GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY EU ANTES DE MARY KAY DIQ. GESTÃO DO NEGÓCIO MARY KAY COMO VENDER? SABER O QUE QUER PARA DEFINIÇÃO DAS METAS PESSOAIS A parte mais importante do planejamento Financeiro e do

Leia mais

Administração Financeira. Quem não sabe administrar tostões, não saberá administrar milhões.

Administração Financeira. Quem não sabe administrar tostões, não saberá administrar milhões. Administração Financeira Quem não sabe administrar tostões, não saberá administrar milhões. PALAVRAS INICIAIS MATERIAIS ESSENCIAIS Primeiro Passo: Controle Suas Despesas! Tenha um Orçamento. Lance suas

Leia mais

Aula sobre Finanças. Diretora Nacional de Vendas Independente Mary Kay

Aula sobre Finanças. Diretora Nacional de Vendas Independente Mary Kay Aula sobre Finanças Diretora Nacional de Vendas Independente Mary Kay Como está sua vida financeira hoje??? ou? Qual a diferença entre Endividado e Inadimplente? Se por acaso, você tiver dívidas atrasadas:

Leia mais

SSC570 - Empreendedorismo Profa. Ellen Francine ICMC/USP

SSC570 - Empreendedorismo Profa. Ellen Francine ICMC/USP SSC570 - Empreendedorismo Profa. Ellen Francine ICMC/USP 1 O sucesso de um empreendimento depende muito da capacidade de se administrar financeiramente o negócio. O acompanhamento sistemático das finanças

Leia mais

A avaliação da magnitude, da distribuição no tempo e do risco dos fluxos de caixa futuros é a essência do orçamento de capital.

A avaliação da magnitude, da distribuição no tempo e do risco dos fluxos de caixa futuros é a essência do orçamento de capital. Fluxo de Caixa o administrador financeiro precisa preocupar-se com o montante de fluxo de caixa que espera receber, quando irá recebê-lo e qual a probabilidade de recebê-lo. A avaliação da magnitude, da

Leia mais

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores

Plano Financeiro. Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional e Plano Financeiro Projeto Empreendedor Redes de Computadores Plano Operacional 1.Layout Por meio do layout ou arranjo físico, você irá definir como será a distribuição dos diversos setores

Leia mais

1. Planilhas de Gastos Pessoais

1. Planilhas de Gastos Pessoais Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série Para começar, quando você está buscando uma planilha de gastos no Google (ou no Bing), não fica claro (para as ferramentas de

Leia mais

Controlar seu fluxo de caixa não é tão simples assim. 7 Dicas rápidas sobre fluxo de caixa para gestores financeiros

Controlar seu fluxo de caixa não é tão simples assim. 7 Dicas rápidas sobre fluxo de caixa para gestores financeiros Controlar seu fluxo de caixa não é tão simples assim O fluxo de caixa é um dos demonstrativos mais importantes do dia a dia de trabalho de qualquer gestor financeiro. Além de fornecer informações essenciais

Leia mais

FLUXO DE CAIXA FLUXO DE CAIXA

FLUXO DE CAIXA FLUXO DE CAIXA FLUXO DE CAIXA FLUXO DE CAIXA FLUXO DE CAIXA OFICINA Competências: FLUXO DE CAIXA Compreender o Fluxo de Caixa como um indicador básicos de desempenho para as micro e pequenas empresas. Refletir sobre

Leia mais

FLUXO DE CAIXA da sua Empresa

FLUXO DE CAIXA da sua Empresa Entendendo e Analisando o FLUXO DE CAIXA da sua Empresa Renan Kaminski Os números da empresa têm muito a lhe dizer! Mas às vezes parece que estão em outra língua!!! Ter o cadastro de todas as movimentações

Leia mais

Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010

Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010 Educação Financeira ETEC Araçatuba Maio de 2010 O Planejamento Financeiro Pessoal te ajudará a... monitorar sua situação financeira; criar um quadro visual de gastos; reduzir os gastos por impulso; gastar

Leia mais

Beth Filippelle Diretora Executiva de Vendas Independente Mary Kay

Beth Filippelle Diretora Executiva de Vendas Independente Mary Kay Beth Filippelle Diretora Executiva de Vendas Independente Mary Kay Pense grande, Você pode alcançar tudo o que desejar. MERCADO AQUECIDO Você sabia? O mercado de cosmético, é o mercado que mais cresce

Leia mais

FINANÇAS PESSOAIS ALGUNS PASSOS PARA UMA VIDA FINANCEIRA SUADÁVEL

FINANÇAS PESSOAIS ALGUNS PASSOS PARA UMA VIDA FINANCEIRA SUADÁVEL FINANÇAS PESSOAIS ALGUNS PASSOS PARA UMA VIDA FINANCEIRA SUADÁVEL VOCÊ SABE COMO CONTROLAR SUAS FINANÇAS? RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO DE FORMA SINCERA Acha que o que ganha é suficiente? Sabe quantas compras

Leia mais

Seu Negócio de $ucesso

Seu Negócio de $ucesso Seu Negócio de $ucesso 7 Dicas Matadoras Para Lucrar Mais Com Seu Negócio Próprio. Por Vinícius Gonçalves CEO novonegocio.com.br Índice Introdução Dica 1: Se Fosse Impossível Falhar... Dica 2: Seu Negócio

Leia mais

Dicas de ouro do controle financeiro pessoal

Dicas de ouro do controle financeiro pessoal CONTROLE FINACEIRO Dicas de ouro do controle financeiro pessoal Planilha e gestão financeira 1 Faça o acompanhamento mensal de receitas e despesas. Essa primeira dica é básica: se você não tem uma planilha

Leia mais

As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas.

As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas. CONTAS A RECEBER As rotinas do Contas a Receber envolvem todas as atividades de venda das empresas. É importante relembrar que o contas a receber está relacionado com outros setores da empresa da mesma

Leia mais

GUIA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA CONSULTÓRIOS: COMO FAZER UM FLUXO DE CAIXA?

GUIA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA CONSULTÓRIOS: COMO FAZER UM FLUXO DE CAIXA? GUIA DE GESTÃO FINANCEIRA PARA CONSULTÓRIOS: COMO FAZER UM FLUXO DE CAIXA? SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 O QUE É O FLUXO DE CAIXA?... 6 SEJA MINUCIOSO AO TOMAR NOTA SOBRE CADA GASTO... 9 CRIE CATEGORIAS... 12

Leia mais

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Assunto: Plano Financeiro (II parte) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração

Leia mais

ORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA

ORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA ORGANIZE SUA VIDA FINANCEIRA O endividamento inicia com o hábito de primeiro gastar e depois ver como pagar ou, se a mensalidade cabe no bolso, efetuar a compra. Para que isso não aconteça, o primeiro

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO EM SALÕES DE BELEZA

ADMINISTRAÇÃO EM SALÕES DE BELEZA Consultoria e Coaching ADMINISTRAÇÃO EM SALÕES DE BELEZA Magda Vilas-Boas www.magdavilasboas.com.br magdavilasboas@gmail.com 1 Consultoria Vilas-Boas CRESCER COM HUMILDADE. AMADURECER, TER RESPONSABILIDADE.

Leia mais

5Anote tudo que você gasta.

5Anote tudo que você gasta. FI NAN ÇAS. 5Anote tudo que você gasta. Provavelmente você já deve ter escutado essa dica, apesar de parecer algo simples, ela é essencial para você que quer começar a guardar dinheiro ou conseguir poupar

Leia mais

O que é controle de contas a pagar

O que é controle de contas a pagar O que é controle de contas a pagar Um controle de contas a pagar serve para anotar e projetar todas as despesas de uma empresa, desde pagamentos futuros, contas parceladas e valores que apesar de não estarem

Leia mais

Sistemas sob medida w w w. i n f o r m a t i z. c o m (31)

Sistemas sob medida w w w. i n f o r m a t i z. c o m (31) Sistemas sob medida w w w. i n f o r m a t i z. c o m (31) 3497-0098 das empresas obtém sucesso das empresas fecham em no máximo Não desenvolvemos simplesmente Sistemas de Gestão Promovemos um Conceito

Leia mais

e Book Administrando Finanças nas Empresas

e Book Administrando Finanças nas Empresas e Book Administrando Finanças nas Empresas FATORA São Paulo SP Elaborado pela Equipe FATORA Sumário 1. Introdução... 2 2. Estrutura de Custos... 3 2.1. Custo Direto Variável... 3 2.2. Despesas Variáveis...

Leia mais

Gestão financeira para consultórios

Gestão financeira para consultórios Gestão financeira para consultórios 1 Neste e-book você encontrará as informações mais importantes que precisa saber para administrar a vida financeira de um consultório ou clínica de forma segura e independente.

Leia mais

Como fazer um Planejamento Financeiro Pessoal. Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série

Como fazer um Planejamento Financeiro Pessoal. Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Finanças Pessoais Ver 8 posts dessa série O que é: O planejamento financeiro pessoal é uma ferramenta de gestão aplicada aos seus recebimentos e gastos. Como o próprio

Leia mais

10 Ferramentas de Gestão em Excel Essenciais para Negócios

10 Ferramentas de Gestão em Excel Essenciais para Negócios Uma empresa que está começando, ou até algumas mais maduras, sempre possuem dúvidas sobre quais ferramentas de gestão implementar para garantir eficiência no controle e execução de processos. Algumas tentam

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre: Vale a pena ter recebimentos em cartões? Cadastro dos seus tipos de recebimentos

Nesse artigo falaremos sobre: Vale a pena ter recebimentos em cartões? Cadastro dos seus tipos de recebimentos Nesse artigo falaremos sobre: Vale a pena ter recebeminetos em cartões? Cadastro dos seus tipos de recebimento Registo de recebimentos em cartões de crédito Análise de bandeiras de cartões Antecipação

Leia mais

Já te vejo na estrada do sucesso! Um abraço. Curso Online Como Viver de Artesanato: comoviverdeartesanato.

Já te vejo na estrada do sucesso! Um abraço.  Curso Online Como Viver de Artesanato: comoviverdeartesanato. Muito obrigada por ter assistido a Palestra Como Viver de Artesanato. Se você está tendo acesso a este material é porque está comprometida (o) de verdade em levar o seu artesanato para o próximo nível

Leia mais

Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017

Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017 Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017 Prof. Lucas S. Macoris PLANO DE AULA Princípios de Finanças Aula 1 Boas vindas e Introdução Aula 5 Contabilidade Gerencial Aula 2 Conceitos de Contabilidade

Leia mais

apresenta Plano de Avaliação

apresenta Plano de Avaliação apresenta Plano de Avaliação O que é? Criamos um Plano de Avaliação, dentro do nosso sistema, onde todos os serviços prestados por cada membro da equipe serão quantificados em pontos. Através dele, os

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

Controle financeiro pessoal em épocas de crise. Dicas práticas para melhorar o controle financeiro pessoal

Controle financeiro pessoal em épocas de crise. Dicas práticas para melhorar o controle financeiro pessoal Controle financeiro pessoal em épocas de crise Atualmente quase todos os dias somos impactados por notícias de que a crise está complicada e piorando o controle financeiro pessoal e familiar da maioria

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 314 Fornecedores 36.047 Aplicações Financeiras 2.323 Provisão Férias

Leia mais

PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO

PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO PESQUISA DE UTILIZAÇÃO DO 13º SALÁRIO A ANEFAC Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração realizou durante o mês de outubro de, pesquisa junto a 1.037 consumidores de todas as classes

Leia mais

FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA: CONHEÇA OS CUSTOS QUE SABOTAM SEU RESULTADO

FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA: CONHEÇA OS CUSTOS QUE SABOTAM SEU RESULTADO FORMAÇÃO DE PREÇO DE VENDA: CONHEÇA OS CUSTOS QUE SABOTAM SEU RESULTADO Para falar de preço de venda é necessário ter uma visão clara de como está o resultado das operações da empresa. Quando nós falamos

Leia mais

1. O que é a Projeção Financeira

1. O que é a Projeção Financeira 1. O que é a Projeção Financeira Como o próprio nome já diz, projeção financeira é uma estimativa de quanto se pretende vender e gastar para um período de tempo futuro. Esse período pode ser o de um mês

Leia mais

Contabilidade Básica I Seção 1 Definições

Contabilidade Básica I Seção 1 Definições Contabilidade Básica I Seção 1 Definições Prof. Me. Hélio Esperidião Objetivos: Compreender os princípios elementares da contabilidade. Surgimento A Contabilidade teve seu surgimento reconhecido durante

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA SEJAM BEM VINDAS!

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA SEJAM BEM VINDAS! Treinamento on line ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA SEJAM BEM VINDAS! Janaina Lima DIRETORA F. Executiva Sucesso Gestão Gestão Financeira do Seu Negócio Mary Kay A parte mais importante do planejamento financeiro

Leia mais

SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II

SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II SEM0530 Problemas de Engenharia Mecatrônica II Prof. Marcelo A. Trindade Departamento de Engenharia Mecânica Escola de Engenharia de São Carlos - USP Sala 2º andar Prédio Engenharia Mecatrônica (ramal

Leia mais

Antecipar o Problema

Antecipar o Problema INDICADORES Antecipar o Problema Mudar o Comportamento Informação Fidedigna Entendimento do Resultado Manter a Rotina de Controle Vendas da Farmácia Ticket Médio Lucro Despesas fixas Mercado Ticket Médio

Leia mais

Contabilidade Geral Exercícios de fixação Escrituração 1. Aquisição de mercadorias à vista, em dinheiro, por $

Contabilidade Geral Exercícios de fixação Escrituração 1. Aquisição de mercadorias à vista, em dinheiro, por $ 1 Contabilidade Geral Exercícios de fixação Escrituração 1. Aquisição de mercadorias à vista, em dinheiro, por $ 10.000. 2. Aquisição de mercadorias, a prazo, por $ 10.000. 3. Aquisição de mercadorias,

Leia mais

Administração Financeira. Diretora Futura Executiva Loraine Pinto

Administração Financeira. Diretora Futura Executiva Loraine Pinto Administração Financeira Diretora Futura Executiva Loraine Pinto Administração Financeira Você sabia? O mercado de cosmético, é o mercado que mais cresce no País! Em 2014, o mercado da beleza faturou mais

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 11.859 Fornecedores 40.112 Contas a Receber 77.159

Leia mais

ADMINISTRANDO MEU NEGÓCIO DE SUCESSO

ADMINISTRANDO MEU NEGÓCIO DE SUCESSO ADMINISTRANDO MEU NEGÓCIO DE SUCESSO COMO ORGANIZAR SUA AGENDA Uma consultora de beleza de sucesso deverá organizar sua agenda semanalmente, levando em consideração as seguintes atividades: Ligações para

Leia mais

Como fazer o plano financeiro no plano de negócios

Como fazer o plano financeiro no plano de negócios Este conteúdo faz parte da série: Plano de Negócios Ver 7 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: Por que pensar no plano financeiro de um plano de negócios Como fazer o plano financeiro de um

Leia mais

Lucrando em datas comemorativas: Como potencializar o valor do seu produto

Lucrando em datas comemorativas: Como potencializar o valor do seu produto Lucrando em datas comemorativas: Como potencializar o valor do seu produto Adriana Pereira de Souza Economista, com especialização em Administração de Empresas pela PUC/SP; Analista da Unidade de Gestão

Leia mais

Profa. Ma. Divane A. Silva. Unidade III CONTABILIDADE

Profa. Ma. Divane A. Silva. Unidade III CONTABILIDADE Profa. Ma. Divane A. Silva Unidade III CONTABILIDADE Contabilidade A disciplina está dividida em quatro unidades: Unidade I 1. Contabilidade Unidade II 2. Balanços sucessivos com operações que envolvem

Leia mais

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO

MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO MODELO DE PLANO DE NEGÓCIO 1 Informações sobre os sócios, pois são responsáveis pela proposta do negócio. Caso ocorra necessidade, inserir mais campos, linhas ou colunas. Sócio 1 - Nome: Sócio 2 - Nome:

Leia mais

Etapa 2: Tenha disciplina e cheque as contas com cuidado

Etapa 2: Tenha disciplina e cheque as contas com cuidado Este conteúdo faz parte da série: Orçamento Ver 3 posts dessa série Quando temos uma empresa sob nossa responsabilidade, nos sentimos entusiasmados em poder elaborar projetos, desenvolver produtos, gerir

Leia mais

CNPJ / CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 (Em R$ Mil)

CNPJ / CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 23.605 Fornecedores 29.103 Contas a Receber 7.623 Provisão Férias

Leia mais

Como controlar mais de um banco no fluxo de caixa

Como controlar mais de um banco no fluxo de caixa Nesse artigo falaremos sobre: Empresas que trabalham com mais de um banco Como controlar mais de um banco no fluxo de caixa Não esqueça do fluxo de caixa simplificado Que tal começar a controlar suas contas

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE CONTABILIDADE E ATUÁRIA CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DISCIPLINA: EAC0111 NOÇÕES DE CONTABILIDADE PARA

Leia mais

Modelo de Plano de Contas Detalhado

Modelo de Plano de Contas Detalhado Modelo de Plano de Contas Detalhado Código da Conta Descrição da Conta 1. A T I V O 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.01 DISPONÍVEL 1.1.01.01 Caixa 1.1.01.02 Bancos c/ Movimento 1.1 01.03 Aplicações Financeiras

Leia mais

ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA

ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA SOMOS EMPRESÁRIAS DA BELEZA, E PARA TERMOS SUCESSO É NECESSÁRIA UMA BOA ORGANIZAÇÃO FINANCEIRA: # O CONTROLE DAS ENTRADAS E SAÍDAS # A NOSSA CONTABILIDADE

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JANEIRO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 2.956 Fornecedores 38.696 Contas a Receber 53.851

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social.

Balanço Patrimonial. Circulante Compreende obrigações exigíveis que serão liquidadas até o final do próximo exercício social. Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Professor: Roberto César Balanço Patrimonial ATIVO Circulante Compreende contas que estão constantemente em giro - em movimento, sua conversão em dinheiro

Leia mais

[WEBINAR] E-COMMERCE: CENÁRIO, PLANEJAMENTO E GESTÃO. Kenzo Real

[WEBINAR] E-COMMERCE: CENÁRIO, PLANEJAMENTO E GESTÃO. Kenzo Real [WEBINAR] E-COMMERCE: CENÁRIO, PLANEJAMENTO E GESTÃO Kenzo Real kenzoreal@gmail.com PROGRAMA DO CURSO Módulo I Cenário - Cenário brasileiro de E-commerce (principais dados de mercado, segmentos de produto

Leia mais

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO

TOTAL DO ATIVO TOTAL DO PASSIVO CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE MAIO DE 2016 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 7.061 Fornecedores 33.947 Contas a Receber 41.832

Leia mais

Fernando Versignassi Cirurgião dentista pela UNIP-SP / Especialista em saúde pública Experiência profissional APCD Central, Santa Casa SP,

Fernando Versignassi Cirurgião dentista pela UNIP-SP / Especialista em saúde pública Experiência profissional APCD Central, Santa Casa SP, Fernando Versignassi Cirurgião dentista pela UNIP-SP / 2001 - Especialista em saúde pública Experiência profissional APCD Central, Santa Casa SP, SPDM, Hospital Albert Einstein Palestrante Programa Integração

Leia mais

QUAL O RESULTADO DO MEU NEGÓCIO?

QUAL O RESULTADO DO MEU NEGÓCIO? QUAL O RESULTADO DO MEU NEGÓCIO? RESULTADO OU LUCRO? O NEGÓCIO Missão É a razão de ser da empresa; Deve orientar os objetivos financeiros, humanos e sociais. Gerar valor para nossos clientes, acionistas,

Leia mais

Uma das maiores dúvidas, principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a

Uma das maiores dúvidas, principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a Como cobrar por projetos (arquitetônico elétrico incêndio hidrossanitário estrutural) Uma das maiores dúvidas principalmente para quem está iniciando no mercado de Arquitetur a Engenh aria ou como projetista

Leia mais

A Importância dos Indicadores Gerenciais de Custos dos Serviços Prestados pela Prefeitura do Rio de Janeiro como Ferramentas de Controle Interno

A Importância dos Indicadores Gerenciais de Custos dos Serviços Prestados pela Prefeitura do Rio de Janeiro como Ferramentas de Controle Interno A Importância dos Indicadores Gerenciais de Custos dos Serviços Prestados pela Prefeitura do Rio de Janeiro como Ferramentas de Controle Interno Geraldo de Abreu Júnior Isabela Rebouças Chaves Resumo:

Leia mais

Instituto de Economia - UFRJ IEE Economia do Empreendedorismo Professora: Renata La Rovere Tutor: Guilherme Santos

Instituto de Economia - UFRJ IEE Economia do Empreendedorismo Professora: Renata La Rovere Tutor: Guilherme Santos Instituto de Economia - UFRJ IEE 531 - Economia do Empreendedorismo 2016.2 Professora: Renata La Rovere Tutor: Guilherme Santos Ferramentas Mais Utilizadas: 1) Balanço Patrimonial 2) Demonstrativo de Resultados

Leia mais

COMO SAIR DAS DÍVIDAS

COMO SAIR DAS DÍVIDAS PRIMEIRO PASSO Monte seu orçamento familiar de forma que você consiga organizar tanto as contas como as dívidas e, assim, pagar as contas com 60% de sua renda. Talvez no primeiro momento você consiga diminuir

Leia mais

Considerando-se apenas as informações apresentadas, apresente o registro contábil relativo à apuração do ICMS no mês de fevereiro de 2017:

Considerando-se apenas as informações apresentadas, apresente o registro contábil relativo à apuração do ICMS no mês de fevereiro de 2017: CONTABILIDADE INTERMEDIÁRIA: QUESTÕES DE REVISÃO 01) Uma Sociedade Empresária que possui um único estabelecimento apresentava, em 31.1.2017, após a apuração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias ICMS,

Leia mais

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS! Sistema Price! SAC Autores: Francisco Cavalcante(francisco@fcavalcante.com.br) Administrador de Empresas graduado pela EAESP/FGV. É Sócio-Diretor da Cavalcante Associados,

Leia mais

Planejamento. Financeiro. de sucesso. Veja seu lucro em apenas um mês, aprenda como!

Planejamento. Financeiro. de sucesso. Veja seu lucro em apenas um mês, aprenda como! Planejamento Financeiro de sucesso Veja seu lucro em apenas um mês, aprenda como! Porque preciso ter planejamento? 92% das famílias Brasileiras que não têm planejamento estão no vermelho. Você pode mudar

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay EDUCAÇÃO FINANCEIRA Carol Oliveira Diretora Sênior de Vendas Independente Mary Kay COMO A REALIDADE ENSINA... DESPESAS MENSAIS Aluguel Empréstimos Água, luz e internet Despesas com alimentação Despesa

Leia mais

Educação Financeira para empreendedores e sua importância.

Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Finanças Pessoais $ Educação Financeira para empreendedores e sua importância. Por meio da Educação Financeira você poderá planejar o seu negócio a curto, médio e longo prazo, sendo capaz de visualizar

Leia mais

Primeiros passos. O que temos a pagar. f i ado, assim. t ambém o que t i ramos de QUER SABER COMO ISSO ODE MAXIMAR SEU NEGÓCIO?

Primeiros passos. O que temos a pagar. f i ado, assim. t ambém o que t i ramos de QUER SABER COMO ISSO ODE MAXIMAR SEU NEGÓCIO? Primeiros passos O que temos a receber Verificar o que entrará de cheque, cartão, e f i ado, assim como a data de cada pagamento. O que temos a pagar Verificar o que ainda tem de f atura MK para vir em

Leia mais

QUER VENDER POR QUANTO?

QUER VENDER POR QUANTO? QUER VENDER POR QUANTO? Guia para definição de preços e sobre como realizar promoções. 1 QUER VENDER POR QUANTO? Guia para definição de preços e sobre como realizar promoções. 3 ÍNDICE Introdução 5 Capítulo

Leia mais

Planejamento. Financeiro

Planejamento. Financeiro Planejamento Financeiro Porque preciso ter planejamento? 92% das famílias Brasileiras que não têm planejamento estão no vermelho. Você pode mudar esta realidade em sua casa Vamos começar! Você precisa

Leia mais

Primeiros passos. O que temos a pagar. f i ado, assim. t ambém o que t i ramos de QUER SABER COMO ISSO ODE MAXIMAR SEU NEGÓCIO?

Primeiros passos. O que temos a pagar. f i ado, assim. t ambém o que t i ramos de QUER SABER COMO ISSO ODE MAXIMAR SEU NEGÓCIO? Primeiros passos O que temos a receber Verificar o que entrará de cheque, cartão, e f i ado, assim como a data de cada pagamento. O que temos a pagar Verificar o que ainda tem de f atura MK para vir em

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e Bancos 207 Fornecedores 34.860 Aplicações Financeiras 4.887 Provisão Férias e Encargos

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO I. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 01. RAZÃO SOCIAL: 02. NOME DE FANTASIA: 03. CNPJ: 04. INSCRIÇÃO ESTADUAL: 05. ENDEREÇO DA EMPRESA: Av ou Rua: Bairro: Município: Email: Nº:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA Quem não sabe administrar tostões, não sabe administrar milhões. Atenção para estas perguntas: Você possui uma conta corrente ou poupança separada para o seu negócio? O que você

Leia mais

Administração e Empreendimento em Informática

Administração e Empreendimento em Informática Administração e Empreendimento em Informática SLIDE V Professor Júlio Cesar da juliocesar@eloquium.com.br site: http://eloquium.com.br/ twitter: @profjuliocsilva facebook: https://www.facebook.com/paginaeloquium

Leia mais

Como você administra seu dinheiro

Como você administra seu dinheiro Controle Financeiro Como você administra seu dinheiro Geralmente o dinheiro parece nunca ser suficiente para ninguém. Mas será que somos educados para lidar com o dinheiro e administrar nossas finanças?

Leia mais

Estratégias para Reduzir Custos em Tempos de Crise

Estratégias para Reduzir Custos em Tempos de Crise Palestra Estratégias para Reduzir Custos em Tempos de Crise Por Neverton Timm Highter Consultoria O que é mais importante? Aumentar Vendas x Reduzir Custos Afinal Os dois são fundamentais LUCRO = VENDA

Leia mais

Quando falamos de finanças, se tem uma coisa que não dá para fugir são os pagamentos. Podemos dividir essa área de contas a pagar em 2 tipos:

Quando falamos de finanças, se tem uma coisa que não dá para fugir são os pagamentos. Podemos dividir essa área de contas a pagar em 2 tipos: A área financeira é uma das partes mais importantes de qualquer negócio. Digo isso porque nenhuma empresa sobrevive sem um fluxo de caixa positivo por muito tempo. A equação é simples, se você tem mais

Leia mais

Douglas Fabian. Bacharel em Administração. MBA Gestão Estratégica de Pessoas

Douglas Fabian. Bacharel em Administração. MBA Gestão Estratégica de Pessoas Douglas Fabian Bacharel em Administração MBA Gestão Estratégica de Pessoas PLANO DE NEGÓCIOS PLANO DE NEGÓCIOS O que é um plano de negócios? INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO É um documento que especifica, em

Leia mais