Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 20 de junho de 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 20 de junho de 2016"

Transcrição

1 Análise XP Reunião Matinal Abertura Pesquisas do Brexit mudam, e apontam vitória para a permanência, impulsionando bolsas pelo mundo que avançam fortemente, além do euro e da libra ganharem força. Referendo ocorre na quinta-feira e será o centro das atenções nesta semana. Destaques do dia no exterior para balança comercial japonesa e inflação na Alemanha. No Brasil, semana tem negociação das dívidas dos Estados e IPCA-15 ao longo da semana. Destaques do dia para notícias de que o governo pode enviar proposta com déficit maior que R$100 bilhões para 2017, governo com planos de abrir capital de aeroportos de Congonhas e Santos Dumont e Ministro da Educação envolvido na Lava Jato. Fechamento Ibovespa, alívio externo com especulações de aumento nas chances de Reino Unido permanecer na União Europeia levaram Ibovespa a alta semanal e no dia. Alta de +0,3%, atingindo ,84. Índice Resumo Cotações Macroeconomia Painel Corporativo Proventos Carteiras Recomendadas Disclaimer Painel Corporativo Oi: BNDES, Bancos Públicos e Rebaixamento Vale: Venda de Ativos? Pão de Açúcar: Fechamento de Capital? Petrobras: Venda da BR Distribuidora 3 ofertas Gol: Troca de Dívida CSN: Usiminas MRV Engenharia: Recompra de Ações Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. segunda-feira, 06:00 EUR Produção de construção (a.m.) Abr % -- BRA Coleta de impostos Maio 94600m m Fontes dos textos: AE, Bloomberg, InfoMoney e Reuters. Celson Plácido Analista, CNPI

2 Cotações Mercado de Ações Mercado de Commodities Bolsa Origem Pontos Semana % Mês % P/L Commodity Cotação Dia % Semana % Mês % Ano % Ibovespa Brasil ,2 2,2 12,9x Soja ,6-1,2 8,8 29,3 Dow Jones EUA ,1-0,6 16,4x Milho 443 2,8 3,6 8,9 17,8 S&P 500 EUA ,2-1,2 17,6x Trigo 495 2,1-2,3 4,0 0,4 MEXBOL México ,3-0,3 19,9x Açucar 20 0,7 0,9 12,7 37,0 FTSE 100 Reino Unido ,5-3,4 16,1x Algodão 66 1,5 1,3 3,7 1,3 CAC 40 França ,6-6,9 14,1x Café 143 1,0 2,9 15,7 10,4 DAX Alemanha ,1-6,2 12,1x Petróleo (WT 48 4,1-1,9-2,0 18,9 IBEX Espanha ,5-7,4 14,6x RBOB Gasoli 151 3,1-3,2-6,4 1,8 NIKKEI 225 Japão ,0-9,5 15,5x Ouro ,3 2,0 6,9 22,6 SHASHR Shangai ,1-3,1 11,0x Prata 149 4,5-2,0-0,7 20,8 HANG SENG Hong Kong ,1 13,2x Cobre 151 3,1-3,2-6,4 1,8 Mercado de Ações - Índices Mercado de Câmbio Índice Pontos Dia % Semana % Mês % Ano % Divisa Ratio Dia % Semana % Mês % Ano % IBX ,2 0,2 2,0 12,8 Dólar/Real 3,42-1,3 0,1-5,3-13,5 SMLL 940 0,1-0,9 3,2 11,3 Euro/Real 3,86-0,8 0,3-4,0-10,7 IMOB 567-0,5-1,1 2,9 30,3 Euro/Dolar 1,13 0,5 0,2 1,3 3,2 ICON ,4-1,5 1,9 7,0 Dólar/Yuan 6,58-0,1 0,2 0,0 1,4 INDX ,3-1,9-3,3-10,0 Dólar/Yen 104,16-0,1-2,7-6,3-15,7

3 Macroeconomia Brasil Negociação entre União e Estados, déficit acima de R$100 bi em Estados devem ter moratória de 10 meses Em novo episódio da disputa entre Estados e União, o Ministério da Fazenda ofereceu um alívio de 10 meses, no qual ocorreria uma suspensão de 100% dos débitos e uma queda gradual da carência de 5% a cada mês. Dessa forma, no primeiro mês seria 100%, no segundo, 95%, até chegar a zero, depois de 18 meses. Os Estados fizeram uma proposta formal de moratória por dois anos. Com o socorro de R$ 3 bilhões para o Rio de Janeiro, governadores vão se reunir hoje em Brasília para pressionar o governo federal a resolver a questão do acordo de negociação da dívida de todos os Estados nesta semana. Segundo o Estadão, a ala política do governo defende uma proposta mais flexível que a oferecida pela Fazenda. Governo com planos de abrir capital de Santos Dumont e Congonhas Com prejuízos consecutivos na Infraero, um plano de reestruturação está sendo feito, no qual podem ser vendidos até 49% da participação da companhia nos aeroportos de Santos Dumont e Congonhas. Segundo o jornal O Globo, o aeroporto de Goiânia também teria uma medida parecida, com o vencedor da licitação responsável por ampliar as áreas comerciais, e explorando-as por 25 anos. O governo já decidiu que a Infraero ficará de fora das concessões dos aeroportos de Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza pode ter déficit maior que R$100 bilhões Segundo o Painel da Folha, o governo deve enviar para o Congresso um déficit primário acima de R$100 bilhões para 2017, mas inferior ao de R$170 de Ministro da Educação envolvido na Lava Jato - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou ao STF que existem indícios de que o ministro da Educação, Mendonça Filho, recebeu propina durante a campanha eleitoral de A foto de uma transcrição com os detalhes de um repasse de R$ 100 mil em nome do ministro foi encontrada em um dos celulares do ex-diretor da UTC Walmir Pinheiro, delator da Lava Jato. Além disso, os investigadores apreenderam um documento do tesoureiro do DEM, Romero Azevedo, registrando o pagamento. Dívidas dos Estados e IPCA-15 ao longo da semana - A agenda desta segunda-feira tem como destaque a retomada das negociações do governo com os Estados sobre as dívidas com a União. Os secretários de Fazenda estaduais reúnem-se pela manhã com o Tesouro Nacional (10h00) e, à tarde, os governadores se encontram com presidente em exercício, Michel Temer (15h00). A Comissão Especial do Impeachment ouve testemunhas de defesa da presidente afastada, Dilma Rousseff (14h00), entre elas o ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro. Também será divulgado o resultado da balança comercial na terceira semana de junho (15h00). Ao longo da semana, os destaques são o IPCA-15 (terça-feira) e a nota do setor externo de maio (sexta-feira). O Senado pode votar a ampliação do Supersimples, sistema diferenciado de tributação para micro e pequenas empresas (terça-feira). Mercados Internacionais Menor chance de Brexit impulsiona bolsas pelo mundo. Bolsas europeias, NY, libra e euro em forte alta A alta nos preços de petróleo, e pesquisas dando maior probabilidade do Reino Unido permanecer na União Europeia provocam forte alta nos futuros de NY, bolsas europeias, além de libra e euro. Sondagem publicada no jornal inglês Mail on Sunday sugere que 45% dos eleitores querem que o Reino Unido continue na UE, ante 42% que preferem que o país deixe o bloco europeu. Inflação da Alemanha em alta - O PPI da Alemanha avançou 0,4% em maio ante abril, e recuou 2,7% na comparação anual, resultados melhores que o esperado pelo mercado, de alta 0,3% na comparação mensal e queda de 2,9% na anual. Japão tem déficit comercial A balança comercial japonesa registrou um déficit de 40,7 bilhões de ienes em maio, contra a expectativa de 26,5 bilhões, em maio de 2015 o déficit fora de 215,35 bi. O principal motivador do déficit veio das exportações recuando pelo oitavo mês consecutivo, pressionadas pela valorização do iene e a desaceleração da economia mundial. As exportações recuaram 11,3% na comparação anual, indo para 5,091 trilhões de ienes (US$ 49 bilhões), o mercado aguardava uma queda de 10,4%. Os Estados Unidos - o maior importador de produtos japoneses - comprou 10,7% a menos. Bolsas asiáticas avançam Pesquisas no Reino Unido apontam que a chance de permanecer na União Europeia cresceu, o que impulsionou as bolsas asiáticas nesta segunda-feira. Em Tóquio o Nikkei subiu 2,34%, após acumular forte desvalorização de 6% na semana passada. Já em Hong Kong, o Hang Seng avançou 1,69%, enquanto em Seul o índice sul-coreano Kospi registrou alta de 1,42%. Na Oceania, o S&P/ASX 200 da bolsa de Sydney teve o maior avanço desde maio, de 1,8%, impulsionado também pela recuperação dos preços do petróleo. Na China, as bolsas também avançaram, mas em um ritmo mais fraco, por conta de uma nova regulação que dificulta a listagem de companhias envolvidas em grandes reestruturações. O Xangai Composto mostrou ganho apenas marginal, de 0,1%, enquanto o Shenzhen Composto subiu 0,4%.

4 Macroeconomia 'Brexit' é destaque da semana no exterior - Na agenda internacional da semana o destaque é a votação do plebiscito sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (quinta-feira), cujo resultado sai na sexta-feira. O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, participa do Comitê de Direitos Econômicos e Assuntos Monetários. Entre os indicadores, serão divulgados o sentimento econômico da Alemanha (terça-feira); renda pessoal dos Estados Unidos (quarta-feira); PMI industrial dos EUA, zona do euro; Alemanha e França (quinta-feira); sentimento do consumidor dos EUA (sexta-feira). Para hoje, o presidente da regional do Federal Reserve de Minneapolis, Neel Kashkari, faz pronunciamento (12h30). Petróleo avança - Às 9h04, o WTI para julho avançava 1,79%, a US$ 48,84 por barril na Nymex, enquanto o Brent para agosto avançava 2,01%, a US$ 50,16 por barril na ICE.

5 Painel Corporativo Oi: BNDES, Bancos Públicos e Rebaixamento. A companhia e o BNDES chegaram a um acordo para suspender o pagamento da dívida por 180 dias. A medida é uma das muitas ações que a companhia vem tomando para buscar uma saída junto aos credores diante do risco de entrar em recuperação judicial. A Oi tem cerca de R$ 50 bi em dívidas, das quais R$ 9,9 bi com bancos de desenvolvimento, como o BNDES, e agências de fomento à exportação. A Oi também deverá negociar a mesma medida com outros bancos, como o Itaú, Caixa, Bradesco e Banco do Brasil. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a Oi contratou na semana passada o escritório GCM Galdino Coelho Mendes, especializado em recuperação judicial. O Conselho da Oi deve se reunir hoje para discutir alternativas, diz o jornal, acrescentando que ainda não há decisão se a companhia vai ou não recorrer à recuperação judicial. A empresa não comentou, segundo o jornal. Bancos Públicos - De acordo com o jornal Valor Econômico preocupados com o impacto da crise da Oi e com possíveis perdas que a operadora deve ocasionar, a Caixa Econômica Federal, o BB e o BNDES querem definir uma estratégia conjunta para lidar com a situação não publicidade só da Oi como de outras empresas que têm operações com os bancos públicos federais. O entendimento é de que, no atual momento, é preciso fazer uma avaliação conjunta das operações compartilhadas dos bancos, sempre buscando negociação para minimizar perdas. Rebaixamento - A Fitch rebaixou o rating da Oi em 2 degraus, passando de CCC para C, a apenas uma nota da classificação de calote (D). Segundo a agência, o rebaixamento reflete as negociações em curso da companhia com seus credores para a reestruturação de sua dívida. A companhia fez uma proposta aos titulares de suas notas no dia 6 de junho e estes por sua vez fizeram uma contraproposta com outros termos no dia 11 de junho. "A atual estrutura de capital da Oi é insustentável e a companhia enfrenta um risco iminente de calote dado o tamanho de sua dívida de curto prazo", afirma a Fitch. A nota da operadora telefônica poderá ser rebaixada novamente para "RD" (calote restritivo) caso a companhia não pague suas obrigações, tais como títulos ou empréstimos, ou realize uma troca de dívida em situação de estresse. Em suma, poucas alternativas para a companhia, desde um aumento de capital ou venda da companhia. Quanto mais tempo demorar essa situação, pior será para a companhia, que vê o resultado operacional em queda e sua dívida em elevação. Seguimos não recomendando exposição ao ativo. Vale: Venda de Ativos? A Vale está em discussões para vender ativos de minério de ferro no Brasil para mineradoras asiáticas, segundo a Bloomberg, que citou uma fonte com conhecimento da negociação. A venda pode chegar a US$ 7 bi. Segundo a fonte, a mineradora também considera vender "streaming", que seria a venda de volumes produzidos futuramente. A Bloomberg diz ainda que um representante da Vale negou-se a comentar os rumores. Na véspera, em reunião com analistas e investidores, organizado pela Apimec, o diretor de controladoria e relações com investidores da Vale, Rogério Nogueira, comentou sobre as estratégias da mineradora para reforçar seu resultado, entre elas a venda de diversos ativos. Na ocasião ele afirmou que a Vale pretende vender entre US$ 4 bi a US$ 5 bil em ativos não estratégicos. Para os próximos 12 meses, a mineradora espera vender mais alguns dos sete navios Valemax que possui em patrimônio, disse Nogueira. Além disso, segundo ele, uma operação como a venda de ações preferenciais da MBR pode ser feita. "É uma alternativa de complexidade intermediária", afirmou. O diretor também chegou a destacar a possibilidade do 'streaming", mas sem citar valores, ressaltando apenas que, nesse caso, não havia pressa para fechar acordos e que a empresa espera o melhor valor possível. "Na verdade, o ritmo desse processo, o nosso apetite para nos desfazer de ativos, pode mudar dependendo do mercado de minério de ferro, completou Nogueira. Em comunicado sobre amortização de dívida, a Vale informou que pagou US$ 1 bi dos US$ 3 bi desembolsados de suas linhas de crédito rotativo em janeiro de A mineradora lembrou que, como anunciado anteriormente, utilizou parte dos recursos de US$ 1,250 bi da emissão de bônus com cupom de 5,875% e vencimento em 2021, para pagar algumas de suas linhas de crédito. A companhia disse ainda que a amortização é consistente com a sua estratégia de gerenciar o perfil da dívida, alongando seu prazo médio e recompondo a disponibilidade das linhas de crédito rotativo. Em janeiro, a Vale tinha informado sobre um desembolso de US$ 3 bi, dos US$ 5 bi, de suas linhas de crédito rotativo. Na ocasião, explicou que o objetivo era aumentar a liquidez e cobrir, assim, as potenciais necessidades de fluxo de caixa até a conclusão de seu programa de desinvestimentos, em especial a transação de carvão envolvendo Moatize e o Corredor Logístico de Nacala. A empresa também disse naquela ocasião que parte do montante levantado cobriria os fundos utilizados para amortizar os bonds com vencimento no primeiro trimestre de Dado o elevado endividamento da companhia, a venda de ativos pode sim ser uma saída para reduzir sua alavancagem. Seguimos recomendando proteção para quem possui o ativo. Não recomendamos exposição ao mesmo.

6 Painel Corporativo Pão de Açúcar: Fechamento de Capital? Segundo informações do Estadão, o Casino está analisando opções para simplificar sua estrutura na região e não descarta comprar ações das varejistas Éxito e GPA, acelerando o processo de fechamento de capital, diz O Estado de S. Paulo, citando fontes não identificadas. O GPA negou que irá fechar o capital. Vale ressaltar que, em julho de 2015, o conselho do Casino aprovou nova organização das atividades na América Latina com venda em dinheiro ao Almacenes Éxito de 50% da sociedade francesa Segisor que deterá, indiretamente, ações ON da GPA detidas pelo Casino, e também a venda de 100% da Libertad, subsidiária na Argentina. O montante total da operação foi de 1,7 bi de euros (ou US$ 1,9 bi). Seguimos não recomendando exposição a PCAR, devido ao cenário macro extremamente desafiador, com aumento de competição, além disso, a companhia não tem conseguido repassar a inflação para os preços ao consumidor, demonstrando o cenário extremamente desafiador. Petrobras: Venda da BR Distribuidora 3 ofertas. O presidente da companhia concedeu entrevista ao jornal Wall Street Journal, afirmando que está comprometido a devolver "a grandeza" à abatida estatal ao se livrar de ativos - e de ideologias obsoletas - que não servem mais para a companhia. Parente ainda confirmou que a companhia recebeu três ofertas de compra para uma fatia da BR Distribuidora, mas não deu mais detalhes sobre as negociações. Gol: Troca de Dívida. A companhia informou que o Conselho de Administração autorizou a mudança em termos de troca da dívida. A Gol ofereceu descontos de 27,5% a 55% para os detentores da dívida e ofereceu prêmio de participação e desempenho para a troca, além de oferecer prêmio caso o controle da companhia mude até A nova oferta de troca de dívida vai até 1 de julho. CSN: Usiminas. Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o diretor corporativo institucional da CSN - Luiz Paulo Barreto "quebrou o silêncio" sobre a Usiminas, afirmando que quer protegê-la e não prejudicá-la. "Está se criando um sofisma de que nós queremos causar dano à empresa porque questionamos o aumento de capital de R$ 1 bi. Isso não é verdadeiro." O diretor diz que o temor existente sobre a fatia da CSN na Usiminas era a atuação conjunta, de forma a prejudicar a concorrência - e não a empresa mineira. Além disso, Para a siderúrgica de Benjamin Steinbruch, "os principais acionistas da Usiminas pretendem destruí-la". MRV Engenharia: Recompra de Ações. A construtora MRV Engenharia anunciou na sexta um programa de recompra de ações para tentar "incrementar a geração de valor para seus acionistas, através da aquisição das ações em Bolsa de Valores, a preço de mercado, para permanência em tesouraria, cancelamento ou posterior alienação das ações no mercado ou sua destinação ao eventual exercício de opções de compra de ações". De acordo com o comunicado da empresa, atualmente existem ações Ons em circulação e outros papéis mantidos atualmente em tesouraria. O plano prevê a aquisição de até 20 MM de ações, o que corresponde a 7,3% das ações em circulação. O prazo máximo para realização das aquisições é de 18 meses, iniciando-se em hoje e encerrando-se em 19/12/2017. Randon: Receita Líquida cai 11,8% e maio de 2016 Comparação anual. A receita da Randon teve uma queda de 11,8% em maio ante o maio de 2015, para R$ 232,9 MM. Em 2016, porém, houve crescimento de 3,9% na comparação com o acumulado de 2015, para R$ 1,221 bi. O dado bruto no mês representa uma queda de 7,6%, para R$ 334,2 MM, ao passo que o acumulado janeiro a maio teve receita bruta de R$ 1,704 bi, 2,7% maior que no mesmo período do ano anterior. Cenário ainda segue desafiador para todo o setor.

7 Proventos Fonte: Análise XP e Bloomberg 1 - Dividend Yield estimado da empresa no ano em questão, com base no consenso das previsões do Bloomberg. 2 - Yield do provento a ser distribuído (valor bruto do provento preço de fechamento) Atenção: A lista de empresa descrita acima tem caráter informativo, aconselhamos a verificação das informações junto a empresa (fato relevante) para a validação de qualquer informação. Próximos Proventos Empresa Código Data Ex Data de PGTO Líquido Bruto BANESTES BEES3 01/07/ /08/2016 0,01 0,01 JCP Anual 0,6% 8,8% BRADESCO SA BBDC3 23/06/ /07/2016 0,15 0,17 JCP Irregular 0,6% 4,1% BRADESCO SA-PREF BBDC4 23/06/ /07/2016 0,16 0,19 JCP Irregular 0,7% 4,8% CETIP CTIP3 22/06/ /08/2016 0,09 0,11 JCP Irregular 0,2% 4,0% EMBRAER EMBR3 21/06/ /07/2016 0,03 0,04 JCP Anual 0,2% 0,9% ITAU UNIBANCO ITUB3 01/07/ /08/2016 0,02 0,02 Dividendo Mensal 0,1% 5,3% ITAU UNIBAN-PREF ITUB4 01/07/ /08/2016 0,02 0,02 Dividendo Mensal 0,1% 4,8% ODONTOPREV ODPV3 20/06/ /07/2016 0,02 0,02 JCP Irregular 0,2% 3,4% CIA DE TRANSMISA TRPL4 22/06/ /07/2016 0,67 0,67 Dividendo Irregular 1,1% 2,3% Tipo Frequência Yield do Provento Dividend Yield (12m)

8 Carteiras Recomendadas Performance: Carteiras XP Portfólio Últimos 12 m Últimos 24 m Inicial* Carteira XP 5,1-4,2 0,7-1,4 37,5-12,1 15,9 76,5-3,9-6,2 137,9 dif. p.p. -9,1 p.p. 9,1 p.p. 3,6 p.p. 14,1 p.p. 30,1 p.p. 6,0 p.p. 14,8 p.p. 31,5 p.p. 2,7 p.p. 0,6 p.p. 133,2 p.p. Carteira XP Dividendos 16,7-4,2 7,7 14,1 16,4 3,6 29,3 41,8 3,0 6,1 205,3 dif. p.p. 2,4 p.p. 9,1 p.p. 10,6 p.p. 29,6 p.p. 9,0 p.p. 21,7 p.p. 28,3 p.p. -32,7 p.p. 9,7 p.p. 13,0 p.p. 179,2 p.p. Ibovespa 14,3-13,3-2,9-15,5 7,4-18,1 1,0 45,0-6,7-6,8 4,7 Portfólio jan/16 fev/16 mar/16 abr/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 nov/16 dez/16 Carteira XP -6,0 1,2 13,5 3,5-6,4 dif. p.p. 0,8 p.p. -4,7 p.p. -3,5 p.p. -4,2 p.p. 3,7 p.p. Carteira XP Dividendos -2,7 5,2 19,2 3,4-7,0 dif. p.p. 4,1 p.p. -0,7 p.p. 2,2 p.p. -4,3 p.p. 3,1 p.p. Ibovespa -6,8 5,9 17,0 7,7-10,1 *Inicial: Carteira XP 30/4/2009, Carteira XP Dividendos 2/1/2009, Carteira XP Small Caps 30/12/2010, Carteira XP Alpha 28/6/ ,0 DESEMPENHO ANUAL 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0-5,0 mai-15 jun-15 jul-15 ago-15 set-15 out-15 nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16-10,0-15,0 Carteira XP Dividendos XP Ibovespa

9 Disclaimer 1) O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos CCTVM S/A ( XP Investimentos ou XP ) ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. 2) Este relatório foi elaborado pela XP Investimentos e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. 3) Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. 4) O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos. 5) Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. 6) A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. 7) Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. 8) A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: ) O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: 10) A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. 11) A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de stops para limitar as possíveis perdas. 12) O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado, moderado-agressivo e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. 13) O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil moderado-agressivo e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura. As operações com derivativos apresentam altas relações de risco/retorno. Posições vendidas apresentam a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. 14) O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil moderado-agressivo e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. O patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento. 15) ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO.

Fechamento do Mercado

Fechamento do Mercado Análise Técnica Análise XP Fechamento do Mercado Visão Geral Em véspera de feriado, o índice Bovespa fecha em alta e interrompe uma queda acentuada dos últimos 3 pregões. Com as atenções voltadas para

Leia mais

Ajuste Diário Boi Gordo. 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ ,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ ,00. Ajuste Diário Milho. Dia 1-09:00 Dia 1-15:30

Ajuste Diário Boi Gordo. 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ ,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ ,00. Ajuste Diário Milho. Dia 1-09:00 Dia 1-15:30 XP - Análise Cálculo de Diário BM&F Diário Boi Gordo Dia 1-09:00 Dia 1-16:00 1 x R$ 150,00 x 330 = R$ 49.500,00 1 x R$ 152,00 x 330 = R$ 50.160,00 R$ 152,00 - R$150,00 = R$ 2,00 diário R$ 2,00 x 330 =

Leia mais

15/12/2016. Metodologia:

15/12/2016. Metodologia: O TRADEBOOK apresenta neste relatório as análises gráficas dos principais ativos do IBX-100, do índice, dólar e juros futuros da BMF e ainda a análise do mercado dos EUA, Dólar comercial e Euro/Dólar.

Leia mais

sexta-feira, 26 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 26 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão Ibovespa S&P-500 DAX-30 CAC-40 FTSE 100 Xangai Nikkei 225 63.226,79 2.415,07 12.556,00 5.295,50 7.526,25 3.110,06 19.686,84-0,05% 0,44%

Leia mais

sexta-feira, 30 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 30 de junho de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão * Ibovespa * S&P-500 ** DAX-30 ** CAC-40 ** FTSE 100 *** Xangai *** Nikkei 225 62.238,95 2.419,70 12.456,75 5.189,80 7.376,25 3.192,43

Leia mais

sexta-feira, 12 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 12 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão Ibovespa S&P-500 DAX-30 CAC-40 FTSE 100 Xangai Nikkei 225 67.537,62 2.394,44 12.730,00 5.387,50 7.404,05 3.083,36 19.883,90 0,28% -0,22%

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados cautelosos por conta da maior certeza de que o Fed subirá juros nos Estados Unidos, e em parte positivos com PIB da Alemanha e Espanha vindo em linha com esperado.

Leia mais

17/11/2016. Metodologia:

17/11/2016. Metodologia: O TRADEBOOK apresenta neste relatório as análises gráficas dos principais ativos do IBX-100, do índice, dólar e juros futuros da BMF e ainda a análise do mercado dos EUA, Dólar comercial e Euro/Dólar.

Leia mais

Ibovespa ampliou alta após declarações da presidente do Fed repercutirem positivamente nos mercados emergentes por

Ibovespa ampliou alta após declarações da presidente do Fed repercutirem positivamente nos mercados emergentes por Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório com oficial foco de na emprego divulgação dos Estados PIB, que Unidos deve (payroll) confirmar cria a expectativas maior recessão de alta da história em empregos,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados ainda com baixa volatilidade, com alguma movimentação maior nos Estados Unidos, por conta de indicadores como a confiança do consumidor que serão apresentados

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 28 de dezembro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 28 de dezembro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura As atenções estarão voltadas para os dados sobre vendas pendentes de imóveis nos Estados Unidos. Em Wall Street, os índices futuros das bolsas de Nova York e algumas

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 8 de julho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 8 de julho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados atentos ao resultado do mercado de trabalho dos Estados Unidos em junho, após resultado muito abaixo do esperado em maio. Resultados de balanças comerciais

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 4 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 4 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados avançam fortemente após decisão do Banco da Inglaterra surpreender positivamente, com estímulos ainda mais fortes do que os aguardados previamente pelo mercado,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados iniciam semana em queda, com investidores cautelosos antes de discursos da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, na terça-feira, e do novo presidente

Leia mais

sexta-feira, 5 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão

sexta-feira, 5 de maio de 2017 Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão ÍNDICES MUNDIAIS Brasil EUA Alemanha França Reino Unido China Japão Ibovespa S&P-500 DAX-30 CAC-40 FTSE 100 Xangai Nikkei 225 64.862,61 2.389,52 12.609,25 5.374,48 7.249,00 3.103,36 19.445,70-1,86% 0,06%

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados com viés positivo em semana de reuniões do Fed e do BoJ. Investidores voltam a colocar maior probabilidade do Fed não realizar uma nova alta de juros nesta

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado aguarda fala de Draghi e Fischer, com algum destaque maior para o presidente do Banco Central Europeu, após as falas mais duras de dirigentes da instituição

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 21 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 21 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Novas pesquisas confirmam menor probabilidade de Brexit, o que faz bolsas avançarem pelo mundo. Mercados devem monitorar hoje as falas de Yellen e Draghi, em busca de

Leia mais

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF.

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF. Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório Bolsas operam oficial em de emprego alta puxadas dos Estados por indicadores, Unidos (payroll) mas cautela cria expectativas com parte política de alta em

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 9 de janeiro de 2017

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 9 de janeiro de 2017 Análise XP Reunião Matinal Abertura Semana cheia na agenda doméstica, com reunião do Copom, IPCA de dezembro, Vendas no Varejo e IBC-Br em destaque. No exterior, agenda com dados da China, fala de membros

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Fechamento. Painel Corporativo. Painel Corporativo. Agenda do Dia.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Fechamento. Painel Corporativo. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório Semana com oficial destaque emprego para dos Copom, Estados Brexit Unidos e ata (payroll) do Fomc. cria expectativas Sendo que de o primeiro alta em empregos,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado avança surpreendido com BC japonês mudando foco para curva de yield, em seu mais novo esforço para elevar a inflação e estimular a economia. Petróleo em alta

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - MODERADA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 31/10/2013 (melhor data) Data Referência: 11/11/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 3 de janeiro de 2017

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 3 de janeiro de 2017 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados operam em alta, motivados por indicadores positivos na Europa e na Ásia, em particular o PMI Industrial chinês acima do esperado, além do acordo da Opep puxar

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 24 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 24 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados seguem operando com cautela, aguardando o discurso de Janet Yellen na sexta-feira. O PIB da Alemanha, confirmando a leitura preliminar e a expectativa dos mercados

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 1 de julho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 1 de julho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Postura do Banco da Inglaterra, disposto a realizar estímulos monetários no curto prazo, provoca impacto positivo nos mercados, que também reagem aos dados positivos

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 23 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 23 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Dados de PMI surpreendendo na Europa impulsionam bolsas da região, futuros de NY também avançam, mas com cautela na por conta do simpósio de Jackson Hole. No Brasil,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Agenda fraca faz mercados andarem de lado, após os índices Dow Jones e Nasdaq terem fechado ontem em novas máximas históricas. No Brasil, IPCA-15 de dezembro é o menor

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 13 de janeiro de 2017

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 13 de janeiro de 2017 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado externo mostra comportamento indefinido, puxado por fala de Yellen e balança comercial chinesa. Brasil segue repercutindo o corte da Selic. Ações europeias sobem

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 1 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 1 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados iniciam a semana de maneira distinta, com bolsas asiáticas encerrando o início da semana em alta, ainda reagindo ao PIB dos Estados Unidos mais fraco, e as

Leia mais

A semana em revista. Relatório Semanal 08/06/2015

A semana em revista. Relatório Semanal 08/06/2015 Relatório Semanal 08/06/2015 A semana em revista No cenário doméstico, os principais destaques da semana foram os dados da Pesquisa Industrial Mensal e o resultado da reunião do COPOM. A produção industrial

Leia mais

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%)

SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR PERÍODO (%) Carteira: CARTEIRA MODELO - AGRESSIVA Patrimônio: R$300.000,00 Índice de comparação: Extrato Carteira CDI Data Início: 30/08/2013 (melhor data) Data Referência: 28/09/2016 SIMULAÇÃO DE RENTABILIDADE POR

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Bolsas no exterior com reação negativa para os lucros industriais chineses desacelerando, além de uma expectativa maior de elevação de juros pelo Fed em dezembro. Outros

Leia mais

Ibovespa perdeu fôlego ao longo da sessão, apesar de contribuições positivas de Vale e Itaú. Alta de 0,3%, atingindo ,13.

Ibovespa perdeu fôlego ao longo da sessão, apesar de contribuições positivas de Vale e Itaú. Alta de 0,3%, atingindo ,13. Análise XP Reunião Matinal Abertura Índice Investidores reagem de forma negativa a falta de novidades na reunião do Fed de ontem, e tem impacto negativo de novas falas de Trump. Na Europa, dados de inflação

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Fala de Yellen ontem e decisão do Banco Central Europeu hoje deixam mercados apreensivos, além da expectativa em torno da posse de Trump amanhã. Ainda hoje na agenda

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados no Ocidente são movidos por razões diferentes, com dados positivos vindos da Zona do Euro impulsionando as bolsas da região, enquanto os futuros de NY operam

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Agenda do Dia. 11 de agosto de 2017.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Agenda do Dia. 11 de agosto de 2017. Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório Quarto dia oficial de queda de emprego nos mercados, Estados ainda Unidos temendo (payroll) a possibilidade cria expectativas de conflito de militar alta em

Leia mais

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF.

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF. Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório Mercados oficial avançam, de emprego impulsionados Estados por recordes Unidos registrados (payroll) cria ontem expectativas em NY, também de alta em contribui

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 15 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 15 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Expectativa de estímulos na reunião do BoJ interrompem quedas nas bolsas globais, mesmo com MSCI adiando decisão de adicionar ações chinesas no índice, e com reunião

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 8 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 8 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Banco Mundial revisou projeção de crescimento mundial para baixo, o que desanima mercados pelo mundo. A balança comercial chinesa trouxe um resultado melhor do que o

Leia mais

Step-up. Proteção com ganho mínimo

Step-up. Proteção com ganho mínimo Perfil: Moderado-Agressivo e Agressivo Step-up Proteção com ganho mínimo A Step-up é uma estrutura semelhante à fence, utilizada como proteção parcial para o investidor que já possui um ativo ou deseja

Leia mais

Fence. Participação na alta com Proteção Parcial

Fence. Participação na alta com Proteção Parcial Perfil: Moderado Agressivo e Agressivo Fence Participação na alta com Proteção Parcial A Fence é uma estrutura utilizada como proteção para o investidor que já possui um ativo, ou deseja comprá-lo com

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 3 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 3 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados seguem em queda, cautelosos com preços do petróleo em patamares baixos e aguardando indicadores importantes dos Estados Unidos. Foram conhecidos hoje dados

Leia mais

Ações(2) Crédito Privado(2) Multimercado(2) Indicadores(2) Rentabilidade(1) (%) Mês Ano 12 meses

Ações(2) Crédito Privado(2) Multimercado(2) Indicadores(2) Rentabilidade(1) (%) Mês Ano 12 meses Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação - em R$ Mínimo Movimentação - em R$ Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo de Investimento

Leia mais

Dólar Futuro S S Fluxo de Investimentos. Dolar Futuro

Dólar Futuro S S Fluxo de Investimentos. Dolar Futuro Panorama Gráfico 5 de setembro de 211 Tendência do Mercado Suportes e Resistências DI Jan/12 Pág 2 Dólar Futuro Pág 3 Índice Futuro Pág 4 Ibovespa Pág 5 SP5 Futuro Pág 6 DI Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Indicadores positivos na Europa e no Japão passam sinal positivo para as bolsas, junto com resultados corporativos bons pelo mundo. No exterior, a semana tem como destaque

Leia mais

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 28 DE NOVEMBRO DE 2016

DESTAQUES DIÁRIOS RESEARCH 28 DE NOVEMBRO DE 2016 dez-08 mar-09 jun-09 set-09 dez-09 mar-10 jun-10 set-10 dez-10 mar-11 jun-11 set-11 dez-11 mar-12 jun-12 set-12 dez-12 mar-13 jun-13 set-13 dez-13 mar-14 jun-14 set-14 dez-14 mar-15 jun-15 set-15 dez-15

Leia mais

Relatório de Mercado Semanal

Relatório de Mercado Semanal Boletim Focus Relatório de Mercado Focus Fonte:Banco Central Cenário A semana que passou foi marcada pelo forte movimento de correção nas bolsas mundiais ocorrido na sexta-feira (9), após declarações hawkish

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados com baixa volatilidade, levemente inclinados para o campo negativo, e aguardando os indicadores dos Estados Unidos que serão apresentados hoje, como PIB e rendas

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 31 de outubro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 31 de outubro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Alckmin se consolida ainda mais como candidato para 2018 com resultado do segundo turno das eleições. Governo deve atingir meta de repatriação de recursos, confiança

Leia mais

COE FAQ Para AAI. Conceito Geral do Produto COE. 1) O que é COE? 4) Como funciona o comissionamento? 2) De que é composto um COE?

COE FAQ Para AAI. Conceito Geral do Produto COE. 1) O que é COE? 4) Como funciona o comissionamento? 2) De que é composto um COE? COE FAQ Para AAI 1) O que é COE? Conceito Geral do Produto COE O COE é um tipo de investimento que combina elementos de Renda Fixa e Renda Variável, com retornos atrelados a ativos e índices, como câmbio,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 19 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 19 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados no campo negativo, impactados por falas de dirigentes do Fed, revivendo as reuniões da instituição de 2016. Petróleo voltando para bull Market também interfere

Leia mais

INDX apresenta alta de 2,67% em março

INDX apresenta alta de 2,67% em março INDX apresenta alta de 2,67% em março Dados de Março/11 Número 51 São Paulo O Índice do Setor Industrial (INDX), composto pelas ações mais representativas do segmento, encerrou o mês de março de 2010,

Leia mais

Ações(2) Crédito Privado(2) Multimercado(2) Indicadores(2) Rentabilidade(1) (%) Mês Ano 12 meses

Ações(2) Crédito Privado(2) Multimercado(2) Indicadores(2) Rentabilidade(1) (%) Mês Ano 12 meses 27/01/2017 Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação - em R$ Mínimo Movimentação - em R$ Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados em campo negativo, com preocupações maiores reacendidas pelo Deutsche Bank, e o temor de problemas no setor financeiro. No exterior, dados da China avançam,

Leia mais

Booster. Participação Dobrada na Alta

Booster. Participação Dobrada na Alta Perfil: Moderado Agressivo e Agressivo Booster Participação Dobrada na Alta O Booster é uma estrutura utilizada para dobrar a participação na alta de um ativo, porém com um limitador de lucro máximo. Na

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 16 de outubro de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 16 de outubro de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura As bolsas no exterior reagem bel a alta da sessão anterior nos Estados Unidos, mas seguem cautelosas por motivos regionais. Na Europa, a inflação confirmou nova queda,

Leia mais

INFORMATIVO MENSAL DE INVESTIMENTOS MAIO/2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

INFORMATIVO MENSAL DE INVESTIMENTOS MAIO/2017 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS OBJETIVO Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

RIO DE JANEIRO - CENTRO

RIO DE JANEIRO - CENTRO MACRO EUA: Nonfarm Payrolls Jan 11h30 180k 156k Taxa de Desemprego Jan 11h30 4,7% 4,7% ISM de Serviços Jan 13h00 57,0 57,2 Pedido às Fábricas Dez 13h00 0,5% -2,4% Pedidos de Bens Duráveis Dez 13h00 --

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 2 de janeiro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 2 de janeiro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 27 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 27 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Semana com agenda cheia, com destaque para BCs da Europa, que começam hoje reunião para debater o Brexit. Mercados seguem em queda, mas em ritmo mais moderado que sexta

Leia mais

Segunda-Feira, 12 de dezembro de 2016

Segunda-Feira, 12 de dezembro de 2016 Segunda-Feira, 12 de dezembro de 2016 Bom dia, O Boletim Focus desta segunda veio com expectativa de menor inflação. O IPCA projetado de 2016 saiu de 6,69% para 6,52% e as projeções para 2017 caíram de

Leia mais

Trocas: Retirada de BBSE3 (15%). Redução de ELET6 (5%). Entrada de VALE5 (10%). Aumento FIBR3 (3%), BBAS3 (2%) e GGBR4 (5%).

Trocas: Retirada de BBSE3 (15%). Redução de ELET6 (5%). Entrada de VALE5 (10%). Aumento FIBR3 (3%), BBAS3 (2%) e GGBR4 (5%). Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio A principal mudança da semana é a introdução de VALE5 no portfólio (+10%), com o objetivo de capturar o movimento de curto prazo

Leia mais

Terça-feira, 10 de Janeiro de DESTAQUES

Terça-feira, 10 de Janeiro de DESTAQUES DESTAQUES Ações de consumo e siderurgia fecham em alta e puxam Ibovespa Dólar cai abaixo de R$ 3,20 com expectativa de fluxo Petrobras abre mercado de bônus e capta US$ 4 bilhões BRF se une a fundo do

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 19 de outubro de 2015

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 19 de outubro de 2015 Análise XP Reunião Matinal Abertura O resultado do PIB do terceiro trimestre da China mostrou uma desaceleração controlada e veio acima do esperado pelos analistas, mas apontou desaceleração, o que levou

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 19 de julho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 19 de julho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados em queda, resultados corporativos piores do que o esperado ditam a direção das bolsas, e são reforçados por indicadores piores do que o esperado e a expectativa

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura Análise XP Reunião Matinal Abertura Índice Bolsas operam em queda, aguardando discurso da primeira-ministra britânica, Theresa May, que dará detalhes de como ocorrerá o Brexit. Ainda no exterior, dados

Leia mais

Informativo Mensal Investimentos

Informativo Mensal Investimentos Objetivo Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

Ibovespa desvalorizou 0,81%. Destaque positivo para Hering (+3,81%). Destaque negativo para Usiminas (- 3,49%).

Ibovespa desvalorizou 0,81%. Destaque positivo para Hering (+3,81%). Destaque negativo para Usiminas (- 3,49%). COMENTÁRIOS Os mercados domésticos tiveram uma segunda-feira negativa, em um dia de queda nas bolsas norteamericanas e valorização do dólar no mundo. Neste contexto, o CDS (proxy para prêmio de risco-brasil)

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de maio de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de maio de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Aversão ao risco segue predominando no exterior. Dirigentes do Fed voltam a faltar de alta de juros, provocando queda em ações e moedas de países emergentes. Na Europa,

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Julho de Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Julho de Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Julho de 2016 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: Após maio fraco, geração de empregos volta a acelerar...

Leia mais

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF.

representando força do governo sobre o avanço da agenda econômica no Congresso, e Edson Fachin sorteado novo relator da ação da Lava Jato no STF. Análise XP Reunião Matinal Abertura Relatório Produção oficial Industrial de emprego no Brasil dos surpreende Estados Unidos positivamente, (payroll) cria Senado expectativas deve votar de alta repatriação

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 5 de setembro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 5 de setembro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados com menor liquidez por conta de feriado nos Estados Unidos. Na Ásia as bolsas avançaram reagindo aos dados de payroll mais fracos do que o esperado, e na Europa

Leia mais

Disclaimer Trocas: Redução em FIBR3 (5%). Aumento em ITUB4 (1%). Aumento em PETR4 (1%). Aumento em VIVT4 (2%). Aumento em VALE5 (1%).

Disclaimer Trocas: Redução em FIBR3 (5%). Aumento em ITUB4 (1%). Aumento em PETR4 (1%). Aumento em VIVT4 (2%). Aumento em VALE5 (1%). Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Nessa semana optamos por retirar Fibria da carteira, cuja participação estava em 5%. Ainda temos uma visão positiva sobre a condução

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de dezembro de Destaques na Agenda Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 26 de dezembro de Destaques na Agenda Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 7 de outubro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 7 de outubro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Exterior cauteloso com payroll de setembro dos Estados Unidos. Destaque também para dados de reservas chinesas. No Brasil, IPCA surpreende positivamente e coloca mais

Leia mais

24/02/2017. Mínimo Movimentação - em R$ Perfil de Risco. Mínimo Aplicação - em R$ Tax. Adm. a.a. Performance. Opções de Investimento.

24/02/2017. Mínimo Movimentação - em R$ Perfil de Risco. Mínimo Aplicação - em R$ Tax. Adm. a.a. Performance. Opções de Investimento. Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação - em R$ Mínimo Movimentação - em R$ Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo de Investimento

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 23 de fevereiro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 23 de fevereiro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado volta a ter desempenho cauteloso, depois da recuperação de ontem. Bolsas na Ásia recuaram mostrando preocupação com o setor bancário, e com os preços de petróleo.

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 6 de janeiro de 2017

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 6 de janeiro de 2017 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados cautelosos, aguardando indicadores dos Estados Unidos, em especial o Relatório de Emprego do mês de dezembro. Na Europa, indicadores em direções contrárias,

Leia mais

2005: Prêmio de Risco; Cenário Externo e Convergência. Dany Rappaport Corecon, 27 de janeiro de 2005

2005: Prêmio de Risco; Cenário Externo e Convergência. Dany Rappaport Corecon, 27 de janeiro de 2005 2005: Prêmio de Risco; Cenário Externo e Convergência Dany Rappaport Corecon, 27 de janeiro de 2005 Cenário Externo Maior crescimento global em 30 anos. Crescimento do PIB em 2004 - Expectativa Área do

Leia mais

Terça-Feira, 7 de março de 2017

Terça-Feira, 7 de março de 2017 Terça-Feira, 7 de março de 2017 Bom dia, Queda no PIB já estava na conta. Em 2016, o PIB caiu 3,6% em relação ao ano anterior, queda ligeiramente menor que os -3,8% ocorridos em 2015. Pela ótica da oferta,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Investidores cautelosos com dados chineses e com entrevista de Janet Yellen, e parcialmente contentes com indicadores da Alemanha. Semana conta com decisão do BoJ e

Leia mais

Cenário Macroeconômico 2006 Janeiro de 2006

Cenário Macroeconômico 2006 Janeiro de 2006 Cenário Macroeconômico 2006 Janeiro de 2006 1 Cenário Econômico Regra básica: Cenário Internacional é dominante. Oscilações de curto prazo são determinadas exogenamente. 2 Cenário Internacional União monetária

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 80 agosto de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 80 agosto de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 80 agosto de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico O desempenho financeiro do BNDES, fusões e Petrobrás 1 Lucro do BNDES foi de R$ 5,47 bilhões no

Leia mais

Dólar se aprecia em semana de turbulência em mercados emergentes; Dados fracos na China e incerteza nos emergentes explicam queda do Ibovespa;

Dólar se aprecia em semana de turbulência em mercados emergentes; Dados fracos na China e incerteza nos emergentes explicam queda do Ibovespa; 27-jan-2014 Dólar se aprecia em semana de turbulência em mercados emergentes; Dados fracos na China e incerteza nos emergentes explicam queda do Ibovespa; Juros futuros encerram a semana em forte alta.

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados iniciam a semana divididos, cautelosos com o começo da gestão de Trump. Na China o PBoC facilita regras para empresas tomarem crédito no exterior e no Brasil

Leia mais

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 19 de dezembro de Destaques na Agenda

Panorama Semanal. Análise Fundamentalista. Análise XP. Top Picks. Índice. Estratégia & Portfólio. 19 de dezembro de Destaques na Agenda Análise Fundamentalista Análise XP Panorama Semanal Estratégia & Portfólio Sem trocas para esta semana Portfólio final: ITUB4 (30%), BBAS3 (15%), PETR4 (15%), BBSE3 (15%), ELET6 (10%), FIBR3 (10%) e GGBR4

Leia mais

10/02/2017. Mínimo Movimentação - em R$ Perfil de Risco. Mínimo Aplicação - em R$ Tax. Adm. a.a. Performance. Opções de Investimento.

10/02/2017. Mínimo Movimentação - em R$ Perfil de Risco. Mínimo Aplicação - em R$ Tax. Adm. a.a. Performance. Opções de Investimento. 10/02/2017 Opções de Investimento Perfil de Risco Rentabilidade (1) (%) Tax. Adm. a.a. Performance Benchmark Mínimo Aplicação - em R$ Mínimo Movimentação - em R$ Mês Ano 12 meses Ações (2 ) GALT Fundo

Leia mais

Perspectivas econômicas

Perspectivas econômicas Perspectivas econômicas 5º seminário Abecip Ilan Goldfajn Economista-chefe e Sócio Itaú Unibanco Maio, 2015 2 Roteiro Recuperação em curso nas economias desenvolvidas. O Fed vem adiando o início do ciclo

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 02 de Maio de 2013 Prezado(a) Período de Movimentação FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 01/04/2013 a 30/04/2013 Panorama Mensal Abril 2013 Na Ásia, o mês de abril

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 30 de agosto de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. Hora Local Indicador Data Exp. Ant. 30 de agosto de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercado aguarda votação do impeachment, em meio a dados de IGP-M e desemprego piores que o esperado. Hoje se inicia a reunião do Copom, enquanto o BC oferta 10.000 swaps

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant.

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia Hora Local Indicador Data Exp. Ant. Análise XP Reunião Matinal Abertura Baixa volatilidade por conta do Natal segue nos mercados, hoje impactados por notícias do Deusche Bank e do Monte dei Paschi, além de revisões no PIB da França e do

Leia mais

Taxa de Juros no Período (SELIC)

Taxa de Juros no Período (SELIC) Os títulos públicos federais são emitidos pelo Tesouro Nacional e compõem a dívida pública interna. Servem como instrumento de captação de recursos para que o governo execute suas atividades. Todos os

Leia mais

Técnico Diário I 10 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora

Técnico Diário I 10 de fevereiro de 2017 I Citi Corretora Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa SP500 ECOR3 ITUB4 TAEE11 R4 3.610 81.420 - - 10.83 - - R3 3.481 72.195 73.920-9.97 - - R2 3.372 71.685 71.990-9.42-24.95 R1 3.286 67.527 68.970 2.300 9.06 40.49 22.62

Leia mais

Terça-Feira, 10 de janeiro de 2017

Terça-Feira, 10 de janeiro de 2017 Terça-Feira, 10 de janeiro de 2017 Bom dia, Prévia do IGP-M acelera. Agora pela manhã saiu a primeira leitura do IGP-M referente ao mês de jan/17, registrando avanço de 0,86%. As projeções de mercado estavam

Leia mais

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF:

Lâmina de Informações Essenciais do. Título Fundo de Investimento Multimercado Longo Prazo (Título FIM-LP) CNPJ/MF: Lâmina de Informações Essenciais do Informações referentes à Janeiro de 2017 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o TÍTULO FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - LONGO PRAZO (Título

Leia mais

Extrato de Fundos de Investimento

Extrato de Fundos de Investimento São Paulo, 02 de Março de 2015 Prezado(a) FUNDO DE PENSAO MULTIPATR OAB 02/02/2015 a 27/02/2015 Panorama Mensal Fevereiro 2015 Os mercados financeiros seguiram bastante voláteis ao longo do mês de fevereiro,

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de janeiro de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 4 de janeiro de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura O ano começa com dados de PMI da China preocupantes, que impulsionaram uma liquidaça o de aço es nas bolsas chinesas, acionando o circuit breaker. As bolsas pelo mundo

Leia mais

Técnico Diário I 10 de janeiro de 2017 I Citi Corretora

Técnico Diário I 10 de janeiro de 2017 I Citi Corretora Dólar Futuro Índice Futuro Ibovespa SP500 ECOR3 ITUB4 TAEE11 R4 3.823 72.195 68.970-13.03 - - R3 3.753 71.685 65.300-10.83 - - R2 3.582 67.527 63.473-9.97 38.31 24.95 R1 3.502 64.563 62.400 2.280 9.42

Leia mais

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 1 de junho de 2016

Reunião Matinal. Análise XP. Abertura. Índice. Fechamento. Painel Corporativo. Agenda do Dia. 1 de junho de 2016 Análise XP Reunião Matinal Abertura Mercados no exterior apreensivos com possível alta de juros do Fed em breve, aguardam reunião do BCE e Livro Bege nos Estados Unidos. Dados de PMI na Europa e na China

Leia mais