PANORAMA. Custos Logísticos no Brasil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PANORAMA. Custos Logísticos no Brasil"

Transcrição

1 PANORAMA ILOS Custos Logísticos no Brasil 2014

2 APRESENTAÇÃO O tema custos é uma preocupação recorrente dos executivos de logística no Brasil. Por isso, de dois em dois anos, o ILOS vai a campo para trazer o Panorama ILOS Custos Logísticos no Brasil, com informações macro e microeconômicas reunidas em extensa pesquisa com dados de inúmeras fontes relevantes, além de entrevistas com profissionais de logística das maiores empresas do País em faturamento. Este trabalho está dividido em duas partes. A primeira contempla o aspecto macroeconômico dos custos logísticos no Brasil, com análises das atividades de transporte, estoque, armazenagem e administrativa. A atividade de transporte - a mais representativa entre os custos logísticos - está ainda dividida por cada um dos diferentes modais: rodoviário, ferroviário, aquaviário, dutoviário e aéreo. Já a segunda parte deste trabalho apresenta o aspecto microeconômico dos custos logísticos, discutindo os resultados da pesquisa realizada junto a grandes empresas industriais atuantes no Brasil. Nesta seção é possível identificar os custos logísticos detalhados por setor econômico, o peso das atividades logísticas nas receitas das empresas nacionais e os gastos dessas empresas com operadores logísticos. ATENÇÃO TODOS OS DIREITOS RESERVADOS: É proibida a reprodução total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio. A violação dos direitos do autor é crime estabelecido no Código Penal. Custos Logísticos no Brasil Apresentação

3 ÍNDICE GERAL SUMÁRIO EXECUTIVO Comparação Brasil x Estados Unidos O impacto da crise econômica nos custos logísticos dos EUA Análise microeconômica dos custos logísticos Gastos com terceirização logística Redução de custos x Melhoria de nível de serviço Principais Conclusões e Tendências CAPÍTULO I - ANÁLISE MACROECONÔMICA I.1 - Custo do Transporte de Cargas Custos de Transporte de Carga Doméstico Brasileiro I Custo do Transporte Rodoviário de Cargas Cálculo dos custos logísticos no transporte rodoviário de carga Cálculo do Custo do Diesel Consumido no Transporte Rodoviário de Cargas Cálculo do Custo do TRC com Veículos de Carga a Diesel Cálculo do Custo do TRC com Veículos de Carga não a Diesel Cálculo dos Custos de Pedágio Cálculo dos Gastos com Gerenciamento de Risco e Seguros Custo do Modal Rodoviário de Cargas no Brasil e TKU Total Movimentado I Custo do Transporte Ferroviário de Cargas Custo do Modal Ferroviário de Cargas no Brasil e TKU Total Movimentado I Custo do Transporte Aquaviário de Cargas Cabotagem Cálculo dos custos da cabotagem no Brasil Cabotagem de Carga Geral/Contêiner Cabotagem de Granel Líquido Cabotagem de Granel Sólido Custo de Cabotagem no Brasil, com Custos Portuários Hidrovias (Navegação Interior) Cálculo dos custos do modal hidroviário no Brasil Cálculo dos custos da movimentação portuária para longo curso Apoio à Exploração e Produção de Petróleo Offshore Custo do Modal Aquaviário de Cargas no Brasil e TKU Total Movimentado I Custo do Transporte Dutoviário de Cargas Cálculo dos custos do modal dutoviário Custo do Modal Dutoviário de Cargas no Brasil e TKU Total Movimentado Índice Geral 2

4 ÍNDICE GERAL I Custo do Transporte Aéreo de Cargas Cálculo dos custos do modal aéreo Carga Convencional E Mala Postal Internação no Aeroporto de Manaus Custo do Modal Aéreo de Cargas no Brasil e TKU Total Movimentado I.2 - Custo de Estoque Custo Financeiro Outros Custos: Seguro, Obsolescência, Depreciação, Perdas e Danos Custo de Estoque no Brasil I.3 - Custo de Armazenagem Cálculo do custo de armazenagem Custo de Armazenagem no Brasil I.4 - Custos Administrativos da Logística Cálculo do custo administrativo da logística no Brasil Custo Administrativo da Logística no Brasil CAPÍTULO II - ANÁLISE MICROECONÔMICA II - Analises Microeconômicas Análise por atividade logística Transporte Estoque Armazenagem A representatividade dos operadores logísticos nos custos das empresas Redução de custos x Melhoria no nível de serviço II.1 - Detalhamento de Resultados Custos Logísticos em Relação a Receita Líquida nas Empresas Custos de Transporte, Estoque e Armazenagem em Relação a Receita Líquida Distribuição dos Custos Logísticos em Transporte, Estoque e Armazenagem Distribuição dos Custos Logísticos em Custos Internos e Gastos com Terceiros Distribuição dos Custos de Transporte em Suprimentos, Transferência e Distribuição Priorização nas Decisões em Logística Custos Logísticos em Relação a Receita por Priorização nas Decisões Índice Geral Metodologia e Amostra

5 Panorama ILOS - Por que adquirir este Panorama ILOS? Os custos logísticos correspondem a 11,5% do PIB brasileiro. No âmbito das empresas, sabe-se que os gastos com logística representam 8,7% da receita líquida, considerando custos com transporte, estoque e armazenagem. O Panorama ILOS "Custos Logísticos no Brasil " traz informações de extrema importância para os gestores que buscam entender os custos logísticos do Brasil e das empresas que atuam no País. As análises permitem a comparação dos custos nos diferentes modais de transporte, além dos custos com estoque e armazenagem. O que contém este Panorama ILOS? Este relatório está dividido em duas partes. A primeira contempla o aspecto macroeconômico dos custos logísticos do Brasil, onde são analisados os custos de transporte, estoque, armazenagem e administrativo, tendo como referência o PIB do País. Já na segunda parte é apresentado o aspecto microeconômico dos custos logísticos, discutindo os resultados da pesquisa realizada junto a grandes empresas industriais atuantes no mercado nacional. Nesta parte é possível identificar, entre outros pontos, a representatividade dos custos logísticos em relação à receita das empresas, detalhados por setor da economia, além de alguns indicadores de desempenho. ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain

6 Panorama ILOS - Que exemplos de análises vou encontrar? - EXEMPLOS DE ANÁLISES DA PESQUISA COM EMPRESAS - Participação e custos dos modais Brasil x EUA Fonte: ILOS; CSCMP Custos Logísticos em Relação à Receita Líquida Empresas do Brasil Comparação dos resultados das pesquisas realizadas em 2005, 2009, 2011 e ,4% 1,8% 2,0% 2,1% 1,3% 2,1% 1,9% 1,9% 4,8% 4,4% 4,6% 4,7% Transporte Estoque Armazenagem Fonte: ILOS ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain

7 % de custos logísticos sobre Receita Instituto de Logística e Supply Chain Panorama ILOS - - EXEMPLOS DE ANÁLISES DA PESQUISA COM EMPRESAS - Distribuição dos Custos Logísticos de Transporte em Suprimentos, Transferência e Distribuição 52% 26% 22% Fonte: ILOS Transporte de Suprimentos Transporte de Transferência Transporte de Distribuição Custos Logísticos (Transporte, Estoque e Armazenagem) em relação à Receita Líquida das Empresas - Média - 10% 8% 8,7% 6% 4,7% 4% 2% 0% 2,1% 1,9% Armazenagem Estoque Transporte Custos Logísticos Totais Fonte: ILOS ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain

8 Panorama ILOS - Quem respondeu a pesquisa? (Empresas e setores) Composição da Amostra de Entrevistados Por Setor Setores Nº de profissionais participantes % da amostra Agronegócio 6 6,0% Alimentos 7 7,0% Automotivo e Autopeças 8 8,0% Bebidas 7 7,0% Comércio Varejista 3 3,0% Comunicação 6 6,0% Eletroeletrônico 6 6,0% Hig., Lim., Cosmet. e Farma 4 4,0% Material de Construção e Decoração 5 5,0% Mineração 4 4,0% Outros 9 9,0% Papel e Celulose 8 8,0% Químico e Petroquímico 9 9,0% Siderurgia e Metalurgia 9 9,0% Tecnologia e Computação 4 4,0% Têxtil, Couro e Vestuário 5 5,0% Total Geral ,0% Quanto custa e qual o formato deste Panorama? Preço e forma de pagamento: - Panorama Instituto ILOS - Boleto Bancário (c/ Desconto) Cartão de Crédito Relatório ELETRÔNICO (arquivo formato pdf) R$ 3.450,00 R$ 3.750,00 Relatório IMPRESSO (Cerca de 130 páginas, Colorido, Formato A4, Capa dura) PACOTE (Relatório ELETRÔNICO + IMPRESSO) R$ 3.950,00 R$ 4.250,00 R$ 4.450,00 R$ 4.750,00 Onde Comprar? Este relatório de pesquisa pode ser obtido exclusivamente através do Instituto ILOS. Para comprar ligue para: (21) ou envie ILOS - Instituto de Logística e Supply Chain

9 CONHEÇA OS RELATÓRIOS DA COLEÇÃO PANORAMA ILOS, ANÁLISES E INFORMAÇÕES QUE FAZEM A DIFERENÇA PARA SEU NEGÓCIO RELATÓRIOS DISPONÍVEIS: Custos Logísticos no Brasil Custos logísticos no Brasil em relação ao PIB Custos logísticos nas empresas em relação à receita Custos de transporte, estoque e armazenagem Condomínios Logísticos no Brasil A visão dos operadores logísticos O mercado de condomínios logísticos no Brasil A opinião dos operadores logísticos Portos Brasileiros Avaliação dos usuários e análise de desempenho Nota dos portos e principais problemas Análise da infraestrutura O transporte de cabotagem no Brasil Informações gerais dos principais portos do Brasil Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte Panorama do transporte de carga no Brasil Gestão do transporte de cargas nas empresas Iniciativas para aumento de eficiência em transporte Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção dos transportadores Restrição da oferta de transporte Pressão para aumento de preços Busca por eficiência e práticas sustentáveis Terceirização Logística no Brasil A percepção dos transportadores Gastos das empresas com pagamento de prestadores de serviços logísticos Grau de terceirização de cada atividade logística Motivos que levam à contratação ou substituição de um terceiro Itens mais importantes na escolha de um provedor logístico Melhorias obtidas pelas empresas com a contratação dos provedores logísticos Previsão de ampliação da terceirização logística no Brasil Planejamento no Supply Chain Planejamento da Demanda (Previsão de Vendas, CPFR, VMI, S&OP) Gestão de Operações e Suprimentos (Logística, Compras, Customer Service) Gestão do Ciclo de Vida do Produto (Portfólio) Distribuição Urbana e os Efeitos das Restrições de Circulação nas Grandes Cidades Customer Service Avaliação do serviço de distribuição das indústrias Ranking das melhores e piores indústrias Nível de serviço prestado pelas indústrias Expectativa dos supermercadistas Panorama disponível em três volumes: I. Alimentos perecíveis II. Alimentos não perecíveis III. Produtos de higiene e limpeza Logística Reversa Práticas nas empresas no Brasil Estágio e organização da logística reversa Iniciativas de logística reversa nas empresas Motivações e dificuldades na implementação Logística Verde Iniciativas de sustentabilidade ambiental das empresas no Brasil Ações sustentáveis na logística Barreiras à implantação e oportunidade de ganhos Cases nas empresas Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Implantação nas empresas do Brasil Etapas de implementação Benefícios alcançados Divisão de custos Estratégia de Compras e Suprimentos Implementação nas empresas do Brasil e uso de strategic sourcing Análise de 21 estratégias de suprimentos segundo critério de importância e implementação Uso de Strategic Sourcing nas empresas Desempenho em compras Dados operacionais da área de suprimentos Planejamento da Demanda e S&OP nas empresas brasileiras Os responsáveis pelo planejamento da demanda Indicadores de desempenho utilizados Tarefas desempenhadas Softwares e Ferramentas Uso de Sales and Operations Planning (S&OP) no planejamento colaborativo das empresas Para saber mais, acesse: Principais restrições de circulação nas cidades Perfil da frota utilizada Principais desafios e ações das transportadoras Operadores Logísticos e Ferrovias Os melhores na percepção de seus usuários PARTE I - Operadores logísticos Ranking dos melhores do país Atividades consideradas excelentes Serviços ofertados e tecnologia utilizada PARTE II - Ferrovias Nota atribuída às ferrovias no Brasil Motivos para não utilização de ferrovias Expectativas quanto à qualidade deste modal (21)

Brochura - Panorama ILOS Condomínios Logísticos no Brasil A visão dos operadores logísticos

Brochura - Panorama ILOS Condomínios Logísticos no Brasil A visão dos operadores logísticos Brochura - Panorama ILOS Condomínios Logísticos no Brasil A visão dos operadores logísticos - 2013 - Apresentação Impulsionado pelo aumento do consumo e pela necessidade das empresas em investirem na atividade

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Customer Service Avaliação do Serviço de Distribuição das Indústrias de ALIMENTOS PERECÍVEIS - 2015 - Apresentação A pesquisa "Customer Service: Avaliação do Serviço de Distribuição

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS c Custos Logísticos no Brasil - 2014 - Apresentação O tema custos é uma preocupação recorrente dos executivos de logística no Brasil. Por isso, de dois em dois anos, o ILOS vai

Leia mais

A p r e s e n t a ç ã o

A p r e s e n t a ç ã o A p r e s e n t a ç ã o Dando continuidade à coleção "Panorama Logístico" - conjunto de relatórios que trazem resultados detalhados de pesquisas desenvolvidas pelo Centro de Estudos em Logística - apresentamos

Leia mais

Apresentação. Atenção:

Apresentação. Atenção: 100 95 75 25 5 0 capa_azul2009 Tuesday, December 02, 2008 11:50:46 AM Apresentação Este Panorama Logístico tem como tema a, e traz análises sobre as experiências e expectativas das empresas com relação

Leia mais

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores. Implementação nas empresas do Brasil. Instituto de Logística e Supply Chain

Programa de Desenvolvimento de Fornecedores. Implementação nas empresas do Brasil. Instituto de Logística e Supply Chain Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Implementação nas empresas do Brasil 2011 Instituto de Logística e Supply Chain Apresentação Procurando entender em que estágio a prática de implementação de

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Planejamento no Supply Chain - 2015 - Apresentação As empresas devem garantir que suas cadeias de suprimento estejam preparadas para um mercado em constante modificação. Planejar

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS. Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 -

Brochura - Panorama ILOS. Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 - Brochura - Panorama ILOS Supply Chain Finance Como o Supply Chain pode contribuir no planejamento financeiro das empresas - 2015 - Por que adquirir este Panorama ILOS? O Supply Chain Finance é a forma

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS. Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte

Brochura - Panorama ILOS. Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte Brochura - Panorama ILOS Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte 2016 Apresentação A atividade de transporte representa mais da metade dos gastos das

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem

Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem Brochura - Panorama ILOS Portos Brasileiros Inclui capítulo sobre Cabotagem - 2015 - Pré-Venda Pré-Venda Ao garantir o Panorama ILOS Portos Brasileiros Avaliação dos Usuários e Análise de Desempenho 2015

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários - 2016 -

Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários - 2016 - Brochura - Panorama ILOS Operadores Logísticos e Ferrovias Os Melhores na Percepção de seus Usuários - 2016 - Apresentação O mercado de operadores logísticos no Brasil vem crescendo junto com a economia

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Transporte Rodoviário de Cargas no Brasil A percepção das empresas contratantes de transporte 2ª Edição Revisada e Ampliada em 2014 Apresentação O Panorama ILOS Transporte Rodoviário

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS Terceirização Logística no Brasil - 2014 -

Brochura - Panorama ILOS Terceirização Logística no Brasil - 2014 - Brochura - Panorama ILOS Terceirização Logística no Brasil - 2014 - Apresentação A terceirização de atividades logísticas no Brasil tem sido motivada pela redução de custos e melhoria nas operações logísticas.

Leia mais

Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços

Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços Importância e Oportunidades para o Desenvolvimento da Indústria de Serviços Modais de Transporte no Brasil Características dos Modais Modal Ferroviário Maior concentração das ferrovias no Brasil As ferrovias

Leia mais

ATENÇÃO. Apresentação

ATENÇÃO. Apresentação Apresentação O tema logística reversa vem crescendo em importância entre as empresas desde a regulamentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Com as novas exigências, as empresas precisam buscar

Leia mais

Alguns casos de avanços tecnológicos...28 PERSPECTIVAS...30

Alguns casos de avanços tecnológicos...28 PERSPECTIVAS...30 APRESENTAÇÃO...11 INTRODUÇÃO...13 Definições de operadores...13 A evolução do segmento...13 O PAPEL ESTRATÉGICO DA LOGÍSTICA...15 Uma ampla cadeia de negócio.. 15 As atividades da logística...15 Importância

Leia mais

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1

Sumário. PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos. Capítulo 2. Capítulo 1 Sumário PARTE 1 Gestão logística da cadeia de suprimentos Capítulo 1 Cadeias de suprimentos no século xxi... 2 A revolução da cadeia de suprimentos... 4 Integração gera valor... 6 Modelo geral de cadeia

Leia mais

Carga Aérea Crescimento e Estratégias. Por: Marcus Gentil

Carga Aérea Crescimento e Estratégias. Por: Marcus Gentil Carga Aérea Crescimento e Estratégias Por: Marcus Gentil Vídeo de Abertura Agenda Representatividade e Missão Tipos de Cargas e suas Principais Características Participação Comparativa dos Modais Evolução

Leia mais

Logística. Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz Profª Patrícia Alcântara Cardoso

Logística. Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz Profª Patrícia Alcântara Cardoso Logística Prof a Marta Monteiro da Costa Cruz mcruz@npd.ufes.br Profª Patrícia Alcântara Cardoso profa.patriciacardoso@gmail.com 1 LOGÍSTICA É a processo sistêmico de planejamento, implementação, controle

Leia mais

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade

Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Infraestrutura e Logística Reflexos na Competitividade Enaex Agosto, 2013 Luciano Coutinho Presidente 1 Brasil apresenta fundamentos compatíveis com o crescimento sustentável de Longo Prazo País possui

Leia mais

Prêmio Valor Inovação Brasil 2017

Prêmio Valor Inovação Brasil 2017 Prêmio Valor Inovação Brasil 2017 Inovação Inovação é a geração e desenvolvimento estruturado, de maneira recorrente, de novas ideias que geram valor significativo para as empresas Critérios de participação

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de

Leia mais

Pesquisa Distribuição Urbana de Mercadorias

Pesquisa Distribuição Urbana de Mercadorias www.fdc.org.br Núcleos de Pesquisa e Desenvolvimento Pesquisa Distribuição Urbana de Mercadorias - 2017 Núcleo de Logística, Supply Chain e Infraestrutura Equipe Coordenadores Leise Kelli de Oliveira (UFMG)

Leia mais

Administração do Transporte 2008

Administração do Transporte 2008 Administração do Transporte 2008 A cadeia de suprimento começa com o cliente e sua necessidade de obter o produto. O próximo estágio dessa cadeia de suprimento é uma loja que o cliente procura. Por exemplo:

Leia mais

Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário

Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário Sondagem: Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário - 2012 ApresentAção A sondagem Expectativas Econômicas do Transportador Rodoviário 2012 apresenta a visão do empresário do transporte rodoviário

Leia mais

A CRISE MUNDIAL E O PAPEL DO BNDES

A CRISE MUNDIAL E O PAPEL DO BNDES A CRISE MUNDIAL E O PAPEL DO BNDES Luciano Coutinho Presidente do BNDES XXI Fórum Nacional Rio de Janeiro,19 de maio de 2009 1 O posicionamento dos países em desenvolvimento A crise econômica será severa

Leia mais

Desafios da Cabotagem em 2015 ILOS

Desafios da Cabotagem em 2015 ILOS Desafios da Cabotagem em 2015 ILOS Clique para editar o título mestre Agenda Contexto Atual Razões para maior competitividade da Cabotagem Evolução da Movimentação de Cabotagem Visão das Empresas sobre

Leia mais

Otimizando a Gestão de Estoques

Otimizando a Gestão de Estoques Otimizando a Gestão de Estoques Curso de Gestão de Estoques Descontrole de estoques é um problema crônico da grande maioria das empresas de Bens de Consumo. Enquanto alguns produtos faltam, outros sobram.

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE FÍSICA DISCIPLINA: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DISCIPLINA:

Leia mais

O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO.

O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO. Institucional O GRUPO SOLPANAMBY TEM SUAS RAÍZES FINCADAS NA CIDADE DE CAMPINAS, EM SÃO PAULO. O DNA empreendedor do grupo pode ser visto na habilidade dessa família empresária, que busca resultados sustentáveis

Leia mais

Pesquisa Custos Logísticos no Brasil 2015

Pesquisa Custos Logísticos no Brasil 2015 Pesquisa Custos Logísticos no Brasil 2015 Coordenadores Paulo Tarso Vilela de Resende Paulo Renato de Sousa Paula Oliveira Bolsistas Fapemig Bruna Catão Braga Larissa de Freitas Campos Rafael Barroso de

Leia mais

Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro Revisão da Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro

Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro Revisão da Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro 2012-2024 Revisão da Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro 2012-2024 Sumário: I. Modelo de Projeção II. Principais Premissas da Matriz Energética III.

Leia mais

Custos Logísticos na Economia Brasileira

Custos Logísticos na Economia Brasileira Custos Logísticos na Economia Brasileira MAURICIO PIMENTA LIMA Introdução A carência de informações sobre custos logísticos no Brasil torna freqüente a utilização de dados defasados. O grande problema

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Profª Esp. Mônica Suely Guimarães de Araujo Conceito Logística são os processos da cadeia de suprimentos (supply chain) que planejam, estruturam e controlam, de forma eficiente e

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são palestras

Leia mais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais Índice de Confiança do Consumidor de Belo Horizonte - ICC Outubro de 2016 Desenvolvido pela Fundação IPEAD, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) de Belo Horizonte é o único indicador, calculado mensalmente,

Leia mais

LOG-IN Logística Intermodal S/A LOG-IN DAY 2012

LOG-IN Logística Intermodal S/A LOG-IN DAY 2012 LOG-IN Logística Intermodal S/A LOG-IN DAY 2012 São Paulo, 29 de novembro de 2012 LOG-IN Logística Intermodal Quem Somos: Primeira empresa no Brasil a oferecer ao mercado soluções integradas (one stop

Leia mais

INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE. Vanessa Saavedra

INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE. Vanessa Saavedra INTEGRAÇÃO FINANCEIRA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS SUPPLY CHAIN FINANCE Vanessa Saavedra Este artigo é parte do resultado alcançado por meio da pesquisa de Supply Chain Finance (SCF), que tem como tema Integração

Leia mais

O BRASIL VIROU GENTE GRANDE E AGORA?

O BRASIL VIROU GENTE GRANDE E AGORA? O BRASIL VIROU GENTE GRANDE E AGORA? A Evolução da Movimentação de Carga no Brasil e no Mundo BRASIL Virando Gente Grande Movimentação do Comércio Exterior no Brasil 1990 = 50 bi 2000 = 110 bi 2004 = 160

Leia mais

4. Análise do mercado de transporte rodoviário

4. Análise do mercado de transporte rodoviário 39 4. Análise do mercado de transporte rodoviário Este capítulo tem como principais fontes, pesquisa de mercado executada pelo Instituto ILOS (Panorama ILOS, 2012), CEL/COPPEAD-UFRJ (2007), CNT (2012)

Leia mais

Veículos Comerciais Pesados Perspectivas de Mercado

Veículos Comerciais Pesados Perspectivas de Mercado Veículos Comerciais Pesados Perspectivas de Mercado Mercado de Caminhões Preocupação dos Operadores de Carga Dados da NTC&Logística (Associação Nacional de Transporte de Cargas e Logística) revelam que:

Leia mais

Anuário Valor Além de fonte de consulta e referência entre executivos, líderes e leitores, Valor 1000 é garantia de grandes negócios.

Anuário Valor Além de fonte de consulta e referência entre executivos, líderes e leitores, Valor 1000 é garantia de grandes negócios. Anuário Valor 1000 Além de fonte de consulta e referência entre executivos, líderes e leitores, Valor 1000 é garantia de grandes negócios. O único que publica análises detalhadas sobre as 1000 maiores

Leia mais

Gestão de Terceirização ABB

Gestão de Terceirização ABB Outsourcing Gestão de Terceirização ABB Gestão de Contratos Outsourcing São Paulo, Julho de 2015 Gestão de Contratos Página 1 Agenda Objetivo Sobre a Level Group Detalhes da Solução Benefícios da Solução

Leia mais

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires

Cadeia de Suprimentos. Aula 1. Contextualização. O que é Supply Chain Management? Prof. Luciano José Pires Cadeia de Suprimentos Aula 1 Contextualização Prof. Luciano José Pires O que é Supply Chain Management? Atual e futuro A Logística é uma das atividades econômicas mais antigas e também um dos conceitos

Leia mais

Cenários Econômicos e Perspectivas Setoriais Maio/2014. Prof. Jersone Tasso Moreira Silva

Cenários Econômicos e Perspectivas Setoriais Maio/2014. Prof. Jersone Tasso Moreira Silva Cenários Econômicos e Perspectivas Setoriais Maio/2014 Prof. Jersone Tasso Moreira Silva Sumário da Apresentação 1 Análise Macroeconômica Nacional 2 3 4 Análise do Investimento Privado Análise de Cenários

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. Tabela 1 Valor exportado do agronegócio brasileiro

1 INTRODUÇÃO. Tabela 1 Valor exportado do agronegócio brasileiro 1 INTRODUÇÃO O Brasil encontra-se num ambiente favorável de crescimento econômico nos últimos anos. A economia brasileira tem como principais forças o comércio, o setor industrial e o agronegócio. O agronegócio,

Leia mais

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc.

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução

Leia mais

COMPRAS NA ÁREA DE SAÚDE

COMPRAS NA ÁREA DE SAÚDE DEBATES GVsaúde SEMESTRE DE CADEIA DE VALOR DA SAÚDE COORDENADORA: DRA. ANA MARIA MALIK GESTÃO ESTRATÉGICA DA CADEIA DE SUPRIMENTOS MODELOS E TENDÊNCIAS CLAUDE MACHLINE EAESP-FGV SÃO PAULO, 14 AGOSTO SUMÁRIO

Leia mais

Jornal do Commercio

Jornal do Commercio Jornal do Commercio http://goo.gl/ajf8bz Revista Logweb http://goo.gl/nbbsr8 Revista Logística Site da Abralog http://goo.gl/0ikh6i Site da revista Tecnologística http://goo.gl/4toa2r Newsletter Tecnologística

Leia mais

PANORAMA DOS CUSTOS LOGÍSTICOS NA INDÚSTRIA CATARINENSE - CENÁRIO 2013 Apresentação: Prof. Carlos Taboada e Marisa Nilson LDL /UFSC Florianópolis, 20

PANORAMA DOS CUSTOS LOGÍSTICOS NA INDÚSTRIA CATARINENSE - CENÁRIO 2013 Apresentação: Prof. Carlos Taboada e Marisa Nilson LDL /UFSC Florianópolis, 20 PANORAMA DOS CUSTOS LOGÍSTICOS NA INDÚSTRIA CATARINENSE - CENÁRIO 2013 Apresentação: Prof. Carlos Taboada e Marisa Nilson LDL /UFSC Florianópolis, 20 de novembro de 2014. Realização: FIESC Câmara de Assuntos

Leia mais

Agenda 2017 Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas

Agenda 2017 Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas Agenda Ano novo, novo ciclo as visões das empresas para um mundo de transformações aceleradas Agenda Pergunta a responder... Para onde vão a economia, o ambiente de negócios e a gestão empresarial em?

Leia mais

LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS

LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS LOGÍSTICA DE TRANSPORTES DE CARGAS Jean Carlos Pejo J C PEJO CONSUTORES ASSOCIADOS S/C LTDA Mapa da Produção de Soja no Brasil Projeção da Produção de Soja no Brasil Safra Produção Exportação 2009/2010

Leia mais

Painel de Fretes. Passo a Passo do Sistema Online

Painel de Fretes. Passo a Passo do Sistema Online Painel de Fretes Passo a Passo do Sistema Online Página Inicial 2 Seleção do Gráfico 3 Gráfico 1: Custos com transporte rodoviário de cargas (%) 4 Gráfico 1: Custos com transporte rodoviário de cargas

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa 2016 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de autopeças.

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA NA GESTÃO DA CADEIA LOGÍSTICA Coordenadoria de Economia Mineral Diretoria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Premissas do Desenvolvimento Sustentável Economicamente

Leia mais

Departamento Nacional do SENAI

Departamento Nacional do SENAI do SENAI Rede SENAI de Serviços Técnicos e Tecnológicos Sérgio Motta 16 de Agosto de 2011 O que é o SENAI - Criado em 1942 por iniciativa do empresariado do setor industrial; - Maior complexo de educação

Leia mais

Quanto aos Métodos Quantitativos utilizados, temos: Modelo de Localização

Quanto aos Métodos Quantitativos utilizados, temos: Modelo de Localização 4. Conclusão Nesta conclusão são apresentadas às características principais do negócio Cargill, a motivação do Estudo Logístico e os Métodos utilizados, assim como os Resultados obtidos com o Estudo Logístico,

Leia mais

INTRODUÇÃO À LOGISTICA

INTRODUÇÃO À LOGISTICA INTRODUÇÃO À LOGISTICA Danillo Tourinho Sancho da Silva, MSc VAMOS NOS CONHECER Danillo Tourinho Sancho da Silva, M.Sc Bacharel em Administração, UNEB Especialista em Gestão da Produção e Logística, SENAI

Leia mais

Estudo sobre o efeito da Crise Econômica nos Investimentos em Tecnologia de Informação

Estudo sobre o efeito da Crise Econômica nos Investimentos em Tecnologia de Informação A Tecnologia de Informação (TI) é recurso organizacional e como tal recebe investimentos, que são afetados pela situação econômica e da própria organização. O momento atual da economia brasileira afeta

Leia mais

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA E DE INOVAÇÃO EM SANTA CATARINA Laser Sistemas de Manufatura Eletroeletrônica Logística Ambiental Alimentos e Bebidas Têxtil, vestuário

Leia mais

ANEXO I QUESTIONÁRIO

ANEXO I QUESTIONÁRIO ANEXO I QUESTIONÁRIO A operação em análise trata da aquisição de 100% das ações da TNT Express N.V., conforme proposta realizada pela FedEx Acquisition B.V. (uma subsidiária da FedEx Corporation). Como

Leia mais

Luciano Coutinho Presidente

Luciano Coutinho Presidente O papel do BNDES no desenvolvimento brasileiro nos próximos anos ANEFAC São Paulo, 30 de julho de 2012 Luciano Coutinho Presidente Papel dos Bancos de Desenvolvimento no mundo Apoiar e financiar o desenvolvimento

Leia mais

WORKSHOP: Portos - Perspectivas e Melhoria dos Acessos

WORKSHOP: Portos - Perspectivas e Melhoria dos Acessos WORKSHOP: Portos - Perspectivas e Melhoria dos Acessos São Paulo, 28 de outubro de 2015 CENÁRIO E PERSPECTIVAS DE MELHORIA NOS ACESSOS SUMÁRIO: Acesso Aquaviário - Evolução dos navios - Iniciativa Santos

Leia mais

Seminário: Responsabilidade Compartilhada no Gerenciamento dos Resíduos Sólidos

Seminário: Responsabilidade Compartilhada no Gerenciamento dos Resíduos Sólidos Seminário: Responsabilidade Compartilhada no Gerenciamento dos Resíduos Sólidos REALIZAÇÃO: Implantação da Responsabilidade Pós-Consumo em São Paulo Ações, Resultados e Desafios Flávio de Miranda Ribeiro

Leia mais

HOME OFFICE MANAGEMENT CONTATO. Telefone: (11) A MELHOR FORMA DE TRABALHAR

HOME OFFICE MANAGEMENT CONTATO. Telefone: (11) A MELHOR FORMA DE TRABALHAR HOME OFFICE MANAGEMENT A MELHOR FORMA DE TRABALHAR www.homeoffice.com.br CONTATO Telefone: (11) 4321-2204 E-mail: contato@homeoffice.com.br /homeofficemanagement /homeofficemanagement /homeofficemanagement

Leia mais

A Produtividade e a Competitividade da Indústria Naval e de BK Nacional. Fernanda De Negri Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA

A Produtividade e a Competitividade da Indústria Naval e de BK Nacional. Fernanda De Negri Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA A Produtividade e a Competitividade da Indústria Naval e de BK Nacional Fernanda De Negri Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - IPEA Produtividade e sustentabilidade do crescimento econômico Decomposição

Leia mais

Balanço Mercado de Trabalho 2012

Balanço Mercado de Trabalho 2012 Balanço Mercado de Trabalho 2012 x Resultados Fevereiro/2013 Apresentação Respondentes: 1646 profissionais do LinkedIn Período: de 12/dez/2012 a 24/jan/2013 Público:participantes dos seguintes grupos de

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Vendas no 1º semestre e expectativa para o 2º 76,1% das empresas de Belo Horizonte possuem até 9 pessoas em seu quadro de funcionários, o que caracteriza microempresas. Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista Observar e entender como foram às vendas

Leia mais

Copa do Mundo SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61)

Copa do Mundo SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61) Copa do Mundo 2010 Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal Brasília, Abril de 2010. 1. ÍNDICE Apresentação...4 Expectativa de Vendas...5 Pedidos...6 Estratégias...8 Formas de Pagamento...10

Leia mais

Perspectivas. Dezembro de 2006

Perspectivas. Dezembro de 2006 Perspectivas Dezembro de 2006 PORTO de SANTOS - Maior com plexo portuário da América do Sul - Área aproximada: 8 milhões de m 2 - TONELAGEM : Crescimento contínuo / Recorde histórico de 72 milhões tons

Leia mais

Localização 288 Km 240 Km 192 Km 144 Km 96 Km 48 Km PORTO

Localização 288 Km 240 Km 192 Km 144 Km 96 Km 48 Km PORTO Porto de Niterói Localização 288 Km 240 Km 192 Km 144 Km 96 Km 48 Km PORTO Histórico O Porto Organizado de Niterói está localizado na área central do município com sua área de influência, ou seja, sua

Leia mais

Coeficientes de Exportação e Importação

Coeficientes de Exportação e Importação Coeficientes de Exportação e Importação Divulgação dos Resultados da Indústria Geral e Setorial 1º Trimestre de 2011 Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Maio de 2011 Objetivos Calcular

Leia mais

STT Logística e Transportes. Lucas Assirati beth.stt.eesc.usp.br/~la

STT Logística e Transportes. Lucas Assirati beth.stt.eesc.usp.br/~la STT0610 - Logística e s Lucas Assirati assirati@usp.br beth.stt.eesc.usp.br/~la 10/mar 17/mar 24/mar 31/mar 07/abr 28/abr Introdução Conceitos, importância, estrutura e tendências Sistemas de transportes:

Leia mais

A Logística Reversa e a Política Estadual de Resíduos Sólidos

A Logística Reversa e a Política Estadual de Resíduos Sólidos Fórum Internacional Waste Expo Brasil 2016 sobre Gestão Integrada de Resíduos Sólidos A Logística Reversa e a Política Estadual de Resíduos Sólidos Flávio de Miranda Ribeiro CETESB Companhia Ambiental

Leia mais

COEFICIENTES DE ABERTURA COMERCIAL

COEFICIENTES DE ABERTURA COMERCIAL COEFICIENTES DE ABERTURA COMERCIAL exportações líquidas da indústria de transformação cai para -1% O coeficiente de exportação da indústria geral se mantém estável em 20. Já os coeficientes de penetração

Leia mais

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria

Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria Rede Setorial da Indústria Os desafios setoriais à competitividade da indústria brasileira Economia brasileira: situação atual e desafios ao crescimento da indústria São Paulo, 10 de setembro de 2013 ROTEIRO

Leia mais

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP

Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Departamento de Contabilidade e Atuária EAC FEA - USP AULA 10 Supply Chain Management (SCM) Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana

Leia mais

MegaPolo2013 O Aumento da Competitividade do Polo Industrial de Cubatão

MegaPolo2013 O Aumento da Competitividade do Polo Industrial de Cubatão MegaPolo2013 O Aumento da Competitividade do Polo Industrial de Cubatão Dezembro 2013 Fábrica: Cubatão Início das operações: 1964 3º maior produtor de cloro, soda e derivados do país Linha de Produção:

Leia mais

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: OS MODAIS DE TRANSPORTE

GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: OS MODAIS DE TRANSPORTE GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS TRANSPORTE NA CADEIA DE SUPRIMENTOS: OS MODAIS DE TRANSPORTE Prof. Dr. Daniel Caetano 2016-1 Objetivos Conhecer os principais modos de transporte usados na Gestão da Cadeia

Leia mais

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção

Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tópicos Especiais em Engenharia de Produção Tema (desde 2015) Gestão da Cadeia de Suprimentos Supply Chain Management Prof. Valério Salomon www.feg.unesp.br/salomon Os profissionais mais bem pagos do momento

Leia mais

Gestão da Produção Logística

Gestão da Produção Logística UNIESP Campus Butantã Gestão da Produção Logística LOGÍSTICA EMPRESARIAL SUPPLY CHAIN MANAGEMENT GESTÃO DE DEPÓSITOS OPERADOR LOGÍSTICO ORGANIZAÇÃO PAULISTANA EDUCACIONAL E CULTURAL FACULDADE DE EDUCAÇÃO

Leia mais

Cielo Day. CFO Clovis Poggetti Jr

Cielo Day. CFO Clovis Poggetti Jr Cielo Day CFO Clovis Poggetti Jr Aviso Legal A companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração

Leia mais

Pesquisa de Remuneração e Estruturas de Conselhos de Administração. Apresentação. 31 de Maio de 2005 W W W. W A T S O N W Y A T T. C O M.

Pesquisa de Remuneração e Estruturas de Conselhos de Administração. Apresentação. 31 de Maio de 2005 W W W. W A T S O N W Y A T T. C O M. Pesquisa de Remuneração e Estruturas de Conselhos de Administração Apresentação W W W. W A T S O N W Y A T T. C O M. BR 31 de Maio de 2005 Introdução Objetivo: Mapear as práticas e políticas de remuneração

Leia mais

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação

GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação GST0045 GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTO Aula 07: Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Ao final dessa aula o aluno deverá conhecer: Informações e cadeia de suprimentos; Níveis da cadeia de suprimentos

Leia mais

Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário Setembro/15

Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário Setembro/15 Indicador de Demanda por Crédito e Investimento do Micro e Pequeno Empresário Setembro/15 SPC Brasil e Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) INDICADOR DE DEMANDA POR CRÉDITO Em setembro

Leia mais

3 Apresentação do problema

3 Apresentação do problema 3 Apresentação do problema 3.1 A cadeia de suprimentos da indústria petrolífera Conforme se definiu no início do capítulo anterior, a cadeia de suprimentos é um processo em que fornecedores, fabricantes,

Leia mais

> Premiações Valor 2016

> Premiações Valor 2016 Premiações 2016 > Premiações Valor 2016 Prêmio Inovação: 285 presentes. Entrega do prêmio às 10 empresas mais inovadoras do país. Valor Carreira: 310 presentes. Reconhecimento às 35 melhores empresas

Leia mais

Administração de Serviços. Prof. Marcos Cesar

Administração de Serviços. Prof. Marcos Cesar Administração de Serviços Prof. Marcos Cesar A importância dos Serviços na Economia: Grécia Clássica - Importância a educação dos jovens. Serviços deixado de lado, sociedade agrícola e escravocrata. Idade

Leia mais

Pesquisa Dia das Mães 2017 EXPECTATIVA DOS LOJISTAS

Pesquisa Dia das Mães 2017 EXPECTATIVA DOS LOJISTAS Pesquisa Dia das Mães 2017 EXPECTATIVA DOS LOJISTAS Expectativa Dia das Mães 2017 A estimativa da CDL/BH é de crescimento de 1,25%nas vendas do Dia das Mães de 2017, em relação ao mesmo período do ano

Leia mais

MATRIZ DE SELEÇÃO DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

MATRIZ DE SELEÇÃO DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS MATRIZ DE SELEÇÃO DE OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS Abril/2013 1 Matriz de Atratividade Seleção de Portfólio O presente trabalho tem por objetivo, selecionar, dentre diversas indicações de oportunidades de

Leia mais

Distribuição dos custos - SC. Distribuição; 56% Suprimento; 37% Custos totais com logística para cada real faturado R$ 0,18

Distribuição dos custos - SC. Distribuição; 56% Suprimento; 37% Custos totais com logística para cada real faturado R$ 0,18 1. Apresentação A presente pesquisa, coordenada pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC, executada em conjunto com o Grupo de Estudos Logísticos da Universidade Federal de Santa

Leia mais

Seminário Internacional Desafios Globais da Produção e Consumo Sustentáveis. Painel II: Perspectivas Nacionais

Seminário Internacional Desafios Globais da Produção e Consumo Sustentáveis. Painel II: Perspectivas Nacionais Seminário Internacional Desafios Globais da Produção e Consumo Sustentáveis Painel II: Perspectivas Nacionais PROJETOS - Compras Sustentáveis pela Inovação e por uma economia Verde e Inclusiva Inova CPS

Leia mais

Ambiente de Negócios: percepções da indústria e varejo de materiais de construção

Ambiente de Negócios: percepções da indústria e varejo de materiais de construção Ambiente de Negócios: percepções da indústria e varejo de materiais de construção Objetivos do estudo Radiografar as percepções da indústria e do varejo de material de construção em diversos aspectos que

Leia mais

Área de Estudos Econômicos. Expectativas do Comércio Varejista - Dia dos Namorados 2017

Área de Estudos Econômicos. Expectativas do Comércio Varejista - Dia dos Namorados 2017 Área de Estudos Econômicos Expectativas do Comércio Varejista - Dia dos Namorados 2017 Expectativa de vendas O Dia dos Namorados destaca-se no calendário de negócios do comércio varejista pelo apelo emocional

Leia mais

TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS À EXPORTAÇÃO PELO PORTO DE SANTOS

TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS À EXPORTAÇÃO PELO PORTO DE SANTOS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MULTIMODALIDADE APLICADA AO ESCOAMENTO DAS PRINCIPAIS MASSA ECONOMICAS BRASILEIRAS DESTINADAS

Leia mais

1 Introdução 1.1 Apresentação

1 Introdução 1.1 Apresentação 1 Introdução 1.1 Apresentação O Brasil é, notoriamente, um país com características geográficas favoráveis ao cultivo de produtos agrícolas. O primeiro registro dos predicados agrícolas desta terra data

Leia mais

Clique para editar o estilo do subtítulo mestre ABRIL /04/11

Clique para editar o estilo do subtítulo mestre ABRIL /04/11 Clique para editar o estilo do subtítulo mestre ABRIL 2011 EMAP EMPRESA MARANHENSE DE ADMINISTRAÇÃO PORTUÁRIA Empresa pública, criada pela Lei 7.225, de 31 de agosto 1998, com personalidade jurídica de

Leia mais

Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016

Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016 Expectativas do Comércio Varejista Dia das Crianças 2016 http://www.istockphoto.com/br/foto/m%c3%a3e-e-duas-filhas-het-embalagem-de-presente-gm506826628-84402067 Área de Estudos Econômicos Expectativa

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Inovação. Nelson Akio Fujimoto Secretário de Inovação

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Inovação. Nelson Akio Fujimoto Secretário de Inovação Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Inovação Nelson Akio Fujimoto Secretário de Inovação Plano Brasil Maior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer.

Leia mais

O que é considerado pequeno negócio no Brasil? De acordo com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei 123/2006)

O que é considerado pequeno negócio no Brasil? De acordo com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei 123/2006) O que é considerado pequeno negócio no Brasil? De acordo com a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei 123/2006) REALIZAÇÕES SEBRAE BAHIA - 2015 Onde essas empresas estão Os Pequenos Negócios representam

Leia mais