Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira 16 45051"

Transcrição

1 Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira não cresceu muito, talvez o peru de Natal não seja tão gordo, mas será um Natal extraordinário se dermos oportunidade para que o aniversariante, Nosso Senhor Jesus Cristo, possa estar em nossos corações. Muito obrigado, Sr. Presidente. O SR. PRESIDENTE (Tião Viana. Bloco/PT AC) Agradeço a V. Exª. Concedo a palavra à Senadora Ideli Salvatti, por permuta com o Senador Romeu Tuma. V. Exª dispõe de até 12 minutos. A SRA IDELI SALVATTI (Bloco/PT SC. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão da oradora.) Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, é espírito natalino mesmo! Estamos todos vindo à tribuna para falar deste encerramento de atividades, de balanços, de avaliações, e eu não poderia deixar de fazê-lo, também nessa mesma linha, até porque este foi um ano muito difícil, indiscutivelmente muito difícil. Foi um ano em que, para nós, no Congresso Nacional, as nossas atividades foram sobrecarregadas por inúmeras questões extraordinárias, pelo que está vivenciando o País. Termino o ano, apesar de toda a dificuldade e é isto que quero compartilhar desta tribuna, muito otimista, fazendo um balanço extremamente positivo, Senador César Borges. Quando eu me candidatei... O Sr. César Borges (PFL BA) Parabéns pela coragem! A SRª IDELI SALVATTI (Bloco/PT SC) Coragem é o que não me falta, Senador César Borges. Quando eu me candidatei ao Senado da República, pedi voto em cima de três questões. Eu dizia aos eleitores catarinenses: Quero ser Senadora da República para ajudar o Lula a governar. Quero ser Senadora da República para defender os interesses do meu querido Estado de Santa Catarina. E quero ser Senadora para colocar a mulher em destaque, para que mais mulheres se animem e estejam incentivadas a vir para a cena política. E, apesar de todas as dificuldades, busquei cumprir, ao longo deste ano de 2005, essas três tarefas com que me comprometi com os meus eleitores. Apesar da crise política, busquei, de todas as formas, inclusive no papel que desempenhei este ano, da Vice-Liderança do Governo, ajudar o Lula a governar, a, efetivamente, colocar, como vem fazendo apesar de, no terceiro trimestre, ter havido um ponto fora da curva no crescimento do PIB, este País novamente para crescer. E o País cresce, apesar de desvios como os que aconteceram. Acho até que não poderia ser diferente. Não tinha como não haver um desvio no crescimento com uma crise política da magnitude da que estamos enfrentando neste segundo semestre do ano. Mas o País cresce, mesmo com o ponto fora da curva, mais do que cresceu no período anterior. Busquei também ajudar o Presidente Lula a gerar emprego e todos os indicadores são inequívocos ao mostrarem que a geração de emprego, com carteira assinada, é, indiscutivelmente, algumas vezes superior à que Governos anteriores tiveram a capacidade ou incapacidade de gerar e a distribuir riqueza, que é exatamente o que mostrou a pesquisa por amostragem do IBGE que a Fundação Getúlio Vargas analisou. As ações do Governo Lula tanto a retomada do crescimento, com a geração de emprego, quanto as políticas públicas de distribuição de renda fizeram com que a distância entre pobres e ricos em nosso País caísse da forma mais acentuada dos últimos 23 anos. Outra questão é a ajuda ao Presidente Lula na tarefa de colocar o Brasil, no cenário internacional, numa posição altiva e soberana. Peço a V. Exª, Srª Presidente, Senadora Serys Slhessarenko, que seja transcrito na íntegra o artigo de Clóvis Rossi, da Folha de S.Paulo, em que apresenta exatamente o papel que o Brasil, altivo e soberano, vem desempenhando nas negociações internacionais, fazendo a diferença. Vou comentar um pequeno trecho. Ontem, o G- 20, que é uma articulação em que a presença do Brasil foi significativa, fez uma reunião para tratar dos interesses dos países emergentes, à qual compareceram nada mais nada menos do que 150 países, comandados exatamente por essa iniciativa altiva e soberana da política externa do Governo Lula, capitaneando a reação para o fim dos subsídios da agricultura dos países ricos que tanto afrontam os países pobres e os países emergentes. É esse tipo de política que muito me orgulho de ter ajudado, aqui no Senado, a implementar. Também já comemorei ontem, aqui da tribuna, o fato de termos eliminado nosso vínculo com o Fundo Monetário Internacional. Enquanto o Governo anterior teve de recorrer ao FMI três vezes, pedindo socorro e pegando mais de US$45 bilhões emprestados, o Governo Lula se livrou do FMI. Fora já! Fora já daqui! Nós não precisamos mais do FMI! Se essa não é uma diferença fundamental em termos de condução de política de soberania, de capacidade econômica, de capacidade de gerenciamento, não sei mais o que é fazer diferença na política econômica. Fico muito satisfeita. Entendo que cumpri meu compromisso com os meus eleitores ajudando o Lula a governar e a transformar este País. Além disso, o meu outro compromisso era brigar como uma leoa pelos interesses de Santa Catarina.

2 45052 Sexta-feira 16 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2005 Em Santa Catarina, o Presidente Lula fez duas promessas de campanha, Senadora Serys: a primeira, manter o Besc público e o Besc está lá, público, dando lucro já no terceiro ano consecutivo e se transformando, novamente, no grande fator de geração de desenvolvimento regional no nosso Estado. Então, foi mantido o compromisso de Besc público, ativo, atuante, gerador de desenvolvimento. A outra promessa era a duplicação da BR-101 e estão lá as obras em andamento, com a ordem de serviço assinada em dezembro de As obras estão sendo implementadas ao longo deste ano, e, com certeza, já no ano que vem, provavelmente, teremos a inauguração de alguns trechos, que é a grande reivindicação do nosso Estado. Tivemos a oportunidade de priorizar algumas coisas, em termos dos interesses do nosso Estado junto ao Governo Federal. Priorizamos a infra-estrutura, a educação, a saúde e o desenvolvimento, dando apoio a diversos setores produtivos, que, em Santa Catarina, são extremamente relevantes. Em termos de infra-estrutura, além da duplicação da BR-101, Santa Catarina teve este ano aproximadamente 10% do orçamento do Dnit nacional. O orçamento de investimento do Dnit este ano era algo em torno de R$6 bilhões, e Santa Catarina teve R$500 milhões no orçamento deste ano. Para o próximo ano, no orçamento, Santa Catarina terá algo em torno de R$500 milhões novamente, e somos o sexto Estado em recursos de infra-estrutura no Orçamento nacional, que vamos apreciar daqui a poucos dias. Além da questão da BR-101, tivemos um papel fundamental na questão da BR-470, que é a nossa grande rodovia de escoamento das exportações. É a rodovia que liga o oeste de Santa Catarina, Planalto Serrano e Vale do Itajaí aos dois principais portos de exportação. Foram R$9 milhões a mais no Orçamento deste ano e a garantia de R$20 milhões para o ano que vem no Orçamento, se conseguirmos votar e espero que votemos, para que essa outra importantíssima rodovia possa ser implementada, possa ter sua restauração executada e possamos caminhar para a duplicação. Também tivemos um papel preponderante na questão dos portos. Santa Catarina tinha ficado fora da agenda portos, mas conseguimos incluir o Porto de São Francisco e o Porto de Itajaí. As obras estão em pleno andamento em ambos os portos, inclusive com a possibilidade de, até a metade do ano que vem, serem inauguradas. Além desses dois portos, Laguna, cujas obras começaram no ano passado e continuam neste ano, inaugura essas obras no ano que vem. Em Imbituba, neste ano, tivemos a capacidade de, com recursos, fazer o projeto de engenharia para iniciar a licitação e as obras no ano que vem. Santa Catarina tem quatro portos: um federal, um estadual, um municipal e um concedido à iniciativa privada. Os quatro portos de Santa Catarina, pela primeira vez na história, têm obras do Governo Federal. Portanto, isso para nós, em termos de desenvolvimento, é algo que há muito tempo não se via em Santa Catarina. Por isso, cansamos de dizer que Santa Catarina tem tido uma atenção muito especial do Governo Federal, do Governo Lula. Temos tido um papel no sentido de fazer ver sempre aqui em Brasília a importância do nosso Estado, para podermos ter esse aporte de recursos. A segunda prioridade de mandato foi a questão da educação. Fico muito satisfeita, Senadora Serys, porque apostamos em duas questões. A primeira diz respeito ao fortalecimento do ensino profissionalizante. Santa Catarina é o único Estado brasileiro que, no plano de expansão do ensino profissionalizante, vai ganhar duas unidades novas, dois Cefet Centro Federal de Educação Tecnológica. Foram aprovadas, agora em novembro, 25 novas unidades de ensino profissionalizante no Brasil, e Santa Catarina é o único Estado que vai ganhar duas unidades novas: uma em Joinvile e outra em Chapecó. Isso foi possível porque apostamos nessa questão. A minha principal emenda, como Senadora, foi a do ensino profissionalizante: R$14 milhões estão sendo empenhados para que todo o ensino profissionalizante federal em Santa Catarina tenha reforço, o que permitiu inclusive a criação dessas duas novas unidades. A segunda questão refere-se à interiorização da universidade federal. A universidade federal tem apenas instalações e cursos na Ilha de Florianópolis. Por todo um trabalho, em parceria com vários Parlamentares, de forma muito especial o Deputado Jorge Boeira, tivemos a capacidade de interiorizar. Será inaugurada, amanhã, a interiorização em Araranguá, Tubarão e Lages; para o próximo ano, haverá a interiorização em outras regiões de Santa Catarina. Além disso, exercemos um papel importante nesse que talvez tenha sido um dos últimos atos do Ministro Berzoini à frente do Ministério do Trabalho: a inclusão da Grande Florianópolis no Consórcio Social da Juventude. Trata-se de um programa fantástico que tira jovens do narcotráfico, do crime organizado, e dá uma oportunidade de capacitação, de formação. Florianópolis entrou na raspa do tacho, como costumamos dizer. Na Grande Florianópolis, jovens estão tendo a oportunidade de se capacitar para entrar no mercado de trabalho.

3 Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira Outra prioridade foi a questão da saúde. Tivemos a oportunidade de contribuir, de forma significativa, para que a UTI do Hospital Universitário obtivesse R$1,8 milhão para a sua conclusão e equipamentos, obra fundamental para o atendimento de saúde de toda Santa Catarina, porque o Hospital Universitário é um hospital de referência, e a UTI era de grande importância para o seu funcionamento. Tivemos, ainda, participação, em recursos, para o Hospital de Tubarão, para o Hospital de Mafra, para diversas outras Unidades de Saúde, em vários Municípios de Santa Catarina. Por último, demos apoio, contribuímos, e questões levantadas por Santa Catarina se transformaram em vitórias em setores produtivos no nível nacional, como foi a questão das salvaguardas para os produtos têxteis. Isso foi trazido a Brasília pelos empresários, pelos industriais do setor têxtil, em audiência de que tivemos ocasião de participar no Ministério do Desenvolvimento; e toda a evolução, até a regulamentação das salvaguardas, foi feita a partir desse primeiro brado dado por Santa Catarina, que tivemos a oportunidade de acompanhar. Também, ontem, à noite, na posse da diretoria da Associação Nacional de Materiais de Construção, foi mencionada outra questão levantada por Santa Catarina, questão essa que já está na reta final, para ser transformada numa grande vitória nacional, que é a questão da cesta básica dos materiais de construção: desoneração tributária exatamente dos produtos da construção civil para a faixa de mais baixa renda. Por isso, termino este ano comemorando a aprovação, sanção e regulamentação de uma lei, a Lei do Acompanhante no Parto. Acho que sou uma das raras Parlamentares neste plenário que pode comemorar ter tido, no seu primeiro mandato, um projeto de lei aprovado, sancionado, regulamentado e já em vigor, que é a Lei nº , que dá às mulheres o direito de terem o parto acompanhado vitória deste ano, e ter aprovado, como já agradeci ontem, dois projetos terminativos: um, do direito ao ensino da Libras Língua Brasileira de Sinais na educação básica para os portadores de necessidades especiais, os deficientes auditivos; e o outro, relativo ao voto no exterior. Portanto, termino este ano muito satisfeita. Talvez muito cansada, Senadora Serys Slhessarenko, mas muito satisfeita por ter dado aquilo que eu tinha capacidade de dar para contribuir com meu País, com meu Estado, com as mulheres, com todos aqueles que querem, efetivamente, este Brasil cada vez mais certo, mais justo, mais digno, mais soberano. Quero desejar a todos os Senadores e Senadoras, aos funcionários, àqueles que nos assistem pela TV Senado meus votos de Feliz Natal e de um ano de 2006 muito melhor que Termino meu discurso com o texto que coloquei em meu calendário, que é meu desejo para todos: Intensa como o brilho da estrela, a vida pulsa todos os dias. É preciso ouvi-la, senti-la, aprender com ela. E renová-la sempre. Intensamente. Todos os dias. Muito obrigada. SEGUE, NA ÍNTEGRA, PRONUNCIA- MENTO DA SRª SENADORA IDELI SALVATTI BRASIL MELHOR MELHOR PARA SANTA CATARINA Um balanço das ações da senadora Ideli Salvatti em 2005 Introdução Intensa como o brilho da estrela, a vida pulsa todos os dias. E preciso ouvi-la, senti-la, aprender com ela. E renová-la sempre. Intensamente. Todos os dias. Ideli Salvatti Em 2002, durante a campanha ao Senado, assumi três compromissos básicos com o povo catarinense: ajudar o Governo Lula a fazer as mudanças necessárias em nosso País, lutar pelos direitos da mulher e defender os interesses de Santa Catarina no Senado e junto ao Governo Federal. Orgulho. Foi este o principal sentimento que tive como a primeira mulher eleita senadora na história de Santa Catarina. Foram votos, que me colocaram na condição de candidata mais votada na eleição e que respaldaram este tripé que sustenta toda minha atuação nestes três anos. É com orgulho também que faço este balanço de meu mandato em Em um ano extremamente difícil e desgastante, estamos enfrentando uma crise política séria, graves e inadmissíveis desvios de princípios partidários e a tentativa de nos jogarem na vala comum da má política. Mas resistimos, pela convicção de que a maior prova de que estamos no caminho certo é justamente o fato de que, mesmo em meio a uma verdadeira operação de guerra para desestabilizar nosso Governo e ferir de morte o Partido dos Trabalhadores, avançamos muito. Mais até do que esperavam os torcedores do time do quanto pior, melhor, pois em 2005 continuamos fazendo um governo incomparavelmente melhor do que os anteriores. Por isso, é com orgulho que afirmo que estamos, sim, mudando a cara do Brasil para melhor. A miséria diminuiu, a renda melhorou e a expectativa média de vida aumentou. E no Governo Lula verdadeiramente

4 45054 Sexta-feira 16 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2005 se valoriza Estados e municípios, com um crescimento real de 13% no Fundo de Participação dos Estados e Fundo de Participação dos Municípios, entre 2004 e É com orgulho que posso apresentar números que mostram que Santa Catarina nunca foi tão valorizada pelo Governo Federal. Avaliando de uma maneira geral, é muito bom vermos que as sementes que plantamos farão de 2006 o melhor de nossa história no Orçamento, com R$500 milhões para investimentos. Somos o sexto melhor orçamento entre todos os estados. E o Besc está recuperado como banco público, calando o discurso privatizante com lucro e eficiência. De uma maneira particular, sinto-me gratificada por ver o quanto o trabalho de nosso mandato contribuiu para o Brasil e para Santa Catarina. Como titular na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Correios e suplente na CPI dos Bingos, pautei minha atuação pela rigorosa e profunda investigação, com o objetivo de combater a corrupção pela raiz, punindo corruptos e corruptores. Nosso mandato esteve em todas as ações possíveis em defesa dos interesses de Santa Catarina, tivemos aprovados projetos que ampliam direitos e melhoram a vida das pessoas e conseguimos recursos importantíssimos para o desenvolvimento das diversas regiões de nosso Estado. É extremamente compensador ver as máquinas trabalhando na duplicação da BR 101, compromisso cumprido do Governo Lula, que faz em Santa Catarina a maior obra rodoviária de todo o País. É gratificante também ver o quanto nosso trabalho, somado ao de outras lideranças políticas e da comunidade catarinense, resultou em outros fortes investimentos em infra-estrutura, como no caso dos portos e aeroportos, na Via Expressa Sul de Florianópolis e na BR 470, no Vale do Itajaí, estrada que além de colocar em risco quem nela transita, é responsável pelo escoamento da produção do Estado, especialmente para a exportação. A seguir, quero prestar contas de algumas iniciativas que demonstram o resultado altamente positivo de nossa atuação no Senado e como porta-voz dos catarinenses junto ao governo. Ações que, reafirmo, me deixam orgulhosa de ser a Senadora de Santa Catarina. DOCUMENTO A QUE SE REFERE A SRª SENADORA IDELI SALVATTI (Inserido nos termos do art. 210, inciso I e 2º, do Regimento Interno) INFRA-ESTRUTURA Estradas Nosso mandato trabalhou ao longo do ano junto ao Ministério dos Transportes para melhorar a infra-estrutura em Santa Catarina, um Estado que se destaca no cenário nacional por sua capacidade de produção e exportação. Tivemos uma contribuição importante para a visita do ministro Alfredo Nascimento, no inicio de dezembro, quando vistoriou e propôs medidas concretas para a agilização da duplicação da BR-101, no Sul do Estado. E estivemos junto com o ministro em Blumenau, onde assinou a ordem de serviço que autoriza o início das obras de restauração da BR-470. Essas obras emergenciais vão melhorar as condições da rodovia e serão possíveis graças ao atendimento de urna reivindicação que levamos ao governo. Foram R$9 milhões incluídos na Medida Provisória assinada pelo presidente Lula em novembro, que destina recursos suplementares para obras de infra-estrutura em vários estados brasileiros. Só no governo Lula, mais de R$14 milhões já foram destinados para a recuperação da BR-470. Para 2006, outros R$20 milhões serão incluídos no Orçamento Geral da União. Da mesma forma, temos trabalhado junto ao Tribunal de Contas da União para que haja uma rápida decisão sobre o recurso apresentado pela Ecovale depois que o TCU cancelou o contrato desta empresa com a União para a concessão da BR-470. Sem uma solução final para esta pendência judicial com a Ecovale, que se arrasta desde 1999, o ministério dos Transportes não pode agilizar as providências para a duplicação da BR470, como o início de uma nova licitação para a concessão da rodovia. Outra conquista, que teve o nosso total empenho, foi à decisão do Ibama de conceder a licença ambiental para pavimentação da estrada da Serra de Faxinal. Com a liberação, o Deinfra poderá lançar o último edital de licitação com pacote de pavimentação de oito novas rodovias. Portos Ainda no final de 2004, começou a dar resultados concretos nosso trabalho pela retomada de obras nos portos de Laguna, que recebeu investimentos na ordem de R$12 milhões, e de Imbituba, que recebeu R$16 milhões. Também contribuímos para a inclusão dos portos de Itajaí e de São Francisco do Sul no Plano Emergencial de Recuperação dos Portos. Além dos R$20 milhões em 2004, estes quatro portos catarinenses receberam um total de R$102 milhões em No Porto de São Francisco o investimento foi de R$31.6 milhões; no de Itajaí foi de R$46,7 milhões; e nos de Laguna e Imbituba, de R$23,7 milhões. Pela primeira vez, os quatro portos têm obras ao mesmo tempo.

5 Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira A proposta orçamentária para 2006 prevê R$11,29 milhões para a construção do contorno ferroviário e R$8,45 milhões para a drenagem pluvial e derrocamento junto ao canal de acesso do porto de São Francisco do Sul, R$15 milhões para os molhes do porto de Imbituba e R$20 milhões para os molhes do porto de Laguna. EDUCAÇÃO Cefet Como professora da rede pública estadual, exdirigente sindical, sempre tive a Educação como uma das principais marcas de minha atuação parlamentar, desde a época de deputada estadual. Por isso, vibrei tanto ao verificar que nossa atuação foi essencial para colocar Santa Catarina na condição de único Estado brasileiro que terá duas novas unidades do CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica), com previsão de inauguração ainda em No dia 24 de novembro, o Ministério da Educação aprovou a criação de unidades do CEFET em Joinville e Chapecó. Atualmente, Joinville é apenas uma extensão do CEFET/SC, cuja sede é Florianópolis. Em Chapecó a unidade é nova e em Jaraguá do Sul será construído um novo bloco que permitirá aumentar o número de alunos. A decisão do MEC ocorreu por conta da garantia de recursos, provenientes de emendas de parlamentares do PT: R$14,2 milhões de nosso mandato e, dos deputados federais Carlito Merss e Claudio Vignatti, R$400 mil e R$300 mil, respectivamente. Deve ser aprovado também uma nova unidade para Araranguá. Nesta quarta deve se definir. Em caso positivo. avisar para proceder as alterações no texto. A nossa emenda de R$14,2 milhões, já empenhada, é destinada para custeio e investimentos nas unidades do Cefet de Florianópolis, São José. Jaraguá do Sul e para as novas unidades de Joinville e Chapecó; para Escolas Agrotécnicas de Rio do Sul, Concórdia, Videira (extensão de Concórdia) e Sombrio: para os Colégios Agrícolas de Araquari e de Camboriú: e para os CEDUP (Centros de Educação Profissional da Rede Estadual de Ensino) de Blumenau, Timbó, São José do Cerrito, Canoinhas. Criciúma, Mafta, São Miguel do Oeste. Campo Erê, Chapecó e Lages. Qualificação de jovens Além de orgulho, foi com muita emoção que estive na comunidade de Monte Serrat. em Florianópolis, no dia 21 de novembro. Uma emoção que, tenho certeza, também era dos moradores e, em especial, do Padre Wilson Groh, que lá realiza um trabalho exemplar para todo o Brasil, com projetos para garantir cidadania a crianças e jovens em risco social. Naquele dia, acompanhamos o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, que visitou o Centro da Juventude do Consórcio Aroeira, nome dado, na Capital catarinense, ao Consórcio da Juventude: um programa do governo federal destinado à qualificação de adolescentes de baixa renda, que tentam sua inserção no mercado de trabalho mas não conseguem oportunidade pela falta de experiência e qualificação. Os jovens recebem ainda uma bolsa de R$150,00. Em Santa Catarina, este programa complementar ao Primeiro Emprego está sendo implantado primeiramente na Grande Florianópolis, beneficiando imediatamente jovens. Até o final de 2006, o objetivo do governo Lula é atender só no Estado cerca de 6 mil jovens. Para a Grande Florianópolis, o governo federal já liberou R$2,5 milhões para o programa, cujas atividades começaram no último mês de outubro. A Capital de Santa Catarina não estava inicialmente entre as 10 capitais beneficiadas pelo programa por falta de recursos para atender um maior número de cidades. Mas com nosso empenho, em conversa pessoal com o então ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini, conseguimos, a inclusão de Florianópolis e região. E o compromisso firmado agora é realidade. SAÚDE Hospital da UFSC No primeiro semestre deste ano, encaminhamos ao Ministério da Saúde o projeto da direção do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU/UFSC), em Florianópolis, para obtenção de recursos para obras de conclusão da UTI e para compra de equipamentos. O resultado veio com a agilidade merecida. No total, R$1,8 milhão foram disponibilizado em dezembro. As obras na UTL foram licitadas no dia 6-12 e consumirão R$800 mil. O processo licitatório será finalizado ainda este ano. O prazo para a conclusão das obras é de 180 dias. Já a licitação para a compra de equipamentos está prevista para o dia Serão adquiridos monitores, carro-maca, marcapasso, bombas de inclusão, carrinhos hospitalares, ventilador pulmonar, camas para UTI, eletrocardiógrafo, desfibrilador, cardioversor e reanimadores manuais. O investimento em equipamentos totalizará R$1 milhão. O prazo para entrega, logo depois de concluído o processo licitatório, é de 60 dias. O HU/UFSC é único hospital totalmente do SUS em Santa Catarina, está situado no campus da Univer-

6 45056 Sexta-feira 16 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2005 sidade Federal de Santa Catarina e atende anualmente mais de 250 mil catarinenses de todas as regiões. Hospital de Tubarão Em agosto, tive a honra de participar da inauguração das três áreas reformadas do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão. Os recursos para a obra vieram de um convênio entre o Ministério da Saúde e a Sociedade Divina Providência, que mantém o Hospital. Desde 2003 o Governo Lula já liberou cerca de R$1.8 milhão para a ampliação de áreas de internação do hospital, aquisição de medicamentos e material de consumo. Só nos setores de internação para Clínica Médica Cirúrgica. Masculina e Feminina, foram aplicados R$ ,71. Assim como amamos pela liberação desses recursos, apoiamos a reivindicação do Hospital, que está solicitando o credenciamento do ministério da Saúde para a realização de cirurgias ontológicas e tratamento de quimioterapia, além de recursos para a conclusão do Centro Cirúrgico e para a compra de aparelhos especializados para a realização de cirurgias. Cerca de 800 mil habitantes dos municípios da região Sul do Estado são atendidos pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição, que é o único, entre Florianópolis e Porto Alegre, que possui UTI Neonatal e Pediátrica. E atualmente o maior do Estado em número de leitos e o que mais atende pelo SUS em Santa Catarina: mais de 80% dos pacientes são atendidos pelo Sistema Único de Saúde. O Hospital faz cerca de internações por mês e atendimentos nos setores de Emergência e Pronto Atendimento. No Orçamento de 2005, nosso mandato colocou emenda individual de R$100 mil para compra de equipamento e materiais permanente para o Hospital Nossa Senhora da Conceição. Hospital de Mafra Com nosso apoio e atuação junto ao governo, o Hospital São Vicente de Paulo, de Mafra, que atende a população de vários municípios do Planalto Norte catarinense, também foi beneficiado. Foi liberado um Arco Cirúrgico equipamento importando da Alemanha, que possui sofisticados recursos de imagens, garantindo maior precisão e segurança em cirurgias gerais, urológicas, ortopédicas, vasculares e implante de marca passo. Nossa emenda parlamentar, já liberada, destina ainda R$90 mil para compra de equipamento e materiais permanentes para o hospital. Emendas individuais Ministério da Saúde (2005) Do total das emendas individuais do mandato, R$ foram destinados a unidades de saúde nos Municípios de Ituporanga, Papaduvas, Rio Negrinho, Maravilha, Pinhalzinho, Taió. Forquilhinha, Lauro Muller, Garuva, Orleans e Braço do Norte. Os recursos também são para hospitais em Mafra, São Joaquim, Brusque, Caçador e Tubarão. Além disso, mais R$250 mil foram para o Hospital Miguel Couto, de Ibirama, através da Secretaria Estadual da Saúde. TURISMO Mercado Público de Florianópolis Através de inúmeros contatos com o Ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, tratamos da liberação dos recursos federais para a reconstrução do Mercado Público de Florianópolis, que teve parte de seu prédio histórico destruído durante um incêndio ocorrido no final de agosto. Estão previstos R$3 milhões, dos quais R$2,6 milhões de emenda coletiva da bancada catarinense e mais R$400 mil do ministério. Vila do Arvoredo CIDADES O Ministério das Cidades empenhou em outubro emenda de nossa autoria, no valor de R$250 mil, destinada á remoção dos moradores da Vila do Arvoredo (Rua do Siri, no bairro Ingleses), em Florianópolis. Cabe à prefeitura apresentar o projeto à Caixa Econômica Federal para que os recursos sejam liberados. A prefeitura está procurando terreno para assentar os moradores. O reassentamento total envolve cerca de 200 famílias que vivem em área de preservação e de risco (dunas móveis). No local, durante os últimos vendavais ocorridos em Florianópolis, às dunas se deslocaram vários metros. Os recursos da emenda seriam suficientes para iniciar a remoção, fazendo um projeto piloto com cerca de 25 famílias que moram em área de extremo risco. Os debates em tomo ao reassentamento têm envolvido uma comissão formada por representantes da comunidade, a prefeitura, Câmara de Vereadores, Senado Federal e UFSC. Emendas individuais Ministério das Cidades (2005) Destinamos R S 500 mil para obras de infraestrutura urbana nos seguintes municípios com até 100 mil habitantes: Angelina, Indaial, Irineópolis, Itapiranga, Pa[mitos, Porto União e Rio do Oeste. Mais R$195 mil para sistema de drenagem urbana em Guaraminm.

7 Dezembro de 2005 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Sexta-feira Emendas individuais Ministério do Desenvolvimento Agrário Um total de R$400 mil foram destinados por nosso mandato para apoio à agricultura familiar nos municípios de São Lourenço do Oeste, Apiúna, Arvoredo. Canoinhas, Pinhalzinho, Guatambu, Jardinópolis e Concórdia. Mais R$200 mil foram para capacitação de agricultores familiares e apoio aos movimentos sociais de Chapecó. Emendas individuais Ministério do Meio Ambiente Para fomento a projetos integrados de educação ambiental, destinamos R$100 mil para Chapecó. Apoio ao Setor Produtivo Em 2005, Santa Catarina contribuiu definitivamente para fazer a pauta nacional em várias áreas do setor produtivo. Ciente da importância do setor para o desenvolvimento econômico e social, assim como para a geração de emprego e renda no Brasil e em Santa Catarina, nosso mandato esteve ao lado de lideranças empresariais em debates e nas ações junto ao Governo Federal. Dessa forma, colaboramos decisivamente para decisões do governo Lula de adotar medidas de proteção a setores da produção nacional, com destaque para os que têm peso importante na economia de Santa Catarina. Foi o caso das medidas para restringir a importação de cebola da Argentina e dos produtos têxteis da China. Desde o início de 2005, juntamente com o Deputado Federal Carlito Merss (PT/SC), intermediamos negociações entre o empresariado da construção civil nacional e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, a pedido a pedido do empresariado catarinense do setor. O resultado é que o Governo Lula deve anunciar em fevereiro de 2006 uma ampliação da chamada MP do Bem, para atender o setor da construção civil. A proposta é desonerar o financiamento para compra de material, com atenção especial para o chamado auto-financiador, aquele que faz pequenas obras e reformas e que é responsável por nada menos do que 80% da movimentação deste segmento do mercado. A iniciativa do governo vai incrementar o desempenho da indústria e do comércio, melhorar as condições para a construção de moradias populares e da casa própria, ajudando a gerar mais emprego e renda no País. AMPLIAÇÃO DE DIREITOS Projetos Aprovados Este ano nos reservou um fato inédito entre os parlamentares catarinenses: nosso mandato é o único desta legislatura a ter um projeto de lei votado, sancionado e regulamentado em tão curto espaço de tempo. Com apenas três anos de atuação no Senado, conseguimos transformar em Lei o projeto que garante ás mulheres o direito de ter acompanhante antes, durante e após o pano. Já regulamentada pelo Ministério da Saúde, a Lei beneficia mulheres e bebês. Estudos comprovam que o apoio de um acompanhante ajuda na diminuição no tempo de internação, trazendo inclusive economia ao SUS. A medida está entre aquelas recomendadas para proporcionar menor número de cesarianas podendo influenciar inclusive na queda da mortalidade de mães e bebês. Além disso, ajuda na diminuição da depressão pós-parto. Nossa atuação parlamentar foi recompensada ainda pela aprovação no Senado de outras duas propostas muito importantes e que garantem novos direitos aos cidadãos. O projeto que amplia o direito ao voto para os brasileiros que vivem fora do Brasil altera a atual legislação, que garante o voto apenas para a Presidência da República. Com nossa proposta, os brasileiros residentes no exterior terão direito a votar também para o Governo do Estado e Senado. Segundo informações do Itamaraty, em 2002 havia cerca de 1, 5 milhão de brasileiros vivendo em outros países, principalmente nos Estados Unidos, Japão e Paraguai. Também em 2002, brasileiros que viviam fora enviaram cerca de US$2,6 bilhões de dólares para manter os familiares que permaneceram no Brasil. A cidade de Criciúma, no sul de Santa Catarina, é a segunda do Brasil com o maior número de emigrantes em torno de 7 mil atrás apenas de Governador Valadares, em Minas Gerais. O segundo projeto toma obrigatório o ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) no currículo das escolas da rede pública e privada, o que contribui para o processo de inclusão social de alunos com dificuldade auditiva. Sua aprovação unânime na Comissão de Constituição e Justiça, que desobriga a apreciação pelo Plenário, me deixa particularmente muito feliz, pois mais uma vez a experiência catarinense foi transformada em uma experiência nacional, já que a linguagem dos sinais é utilizada em uma turma do ensino profissionalizante no CEFET de São José. Os dois projetos serão agora apreciados pela Câmara dos Deputados e, se aprovados sem modificações, irão para a sanção do presidente da República. O ano de 2005, portanto, foi de imensas dificuldades, mas também de muitas noticias positivas, fruto de muito trabalho. Um trabalho coletivo e que priorizou a parceria com os mais diversos setores das forças vivas de Santa Catarina. Valeu Viva 2006!

8 45058 Sexta-feira 16 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2005

FERIADOS MUNICIPAIS NO ANO DE 2014 (ZONAS ELEITORAIS E POSTOS DE ATENDIMENTO)

FERIADOS MUNICIPAIS NO ANO DE 2014 (ZONAS ELEITORAIS E POSTOS DE ATENDIMENTO) S MUNICIPAIS NO ANO DE 2014 ( E POSTOS DE ATENDIMENTO) ATUALIZADO EM 29.1.2014 Abelardo Luz (71ª ZE) Dia do Padroeiro; Dia do Município 20.1 e 27.7 Anchieta (82ª ZE) Dia do Município; Dia do Colono e do

Leia mais

CONFERÊNCIA MUNICIPAL E/OU CONFERÊNCIA REGIONAL PASSO A PASSO. 1º passo: Convocação de Conferência REGIONAL E/OU MUNICIPAL.

CONFERÊNCIA MUNICIPAL E/OU CONFERÊNCIA REGIONAL PASSO A PASSO. 1º passo: Convocação de Conferência REGIONAL E/OU MUNICIPAL. CONFERÊNCIA MUNICIPAL E/OU CONFERÊNCIA REGIONAL PASSO A PASSO 1º passo: Convocação de Conferência REGIONAL E/OU MUNICIPAL. a) O instrumento convocatório deverá ser, na Conferência Regional, portaria assinada

Leia mais

Manifesto da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor Individual de Santa Catarina

Manifesto da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor Individual de Santa Catarina Lages, 30 de outubro de 2011 Ilmo. Senhor, A FAMPESC Federação da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedor Individual do Estado de Santa Catarina, entidade que compreende as AMPE s - Associações de Micro

Leia mais

O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão.

O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão. 26314 Quinta-feira 10 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Julho de 2008 O SR. PRESIDENTE (Epitácio Cafeteira. PTB MA) Há número regimental. Declaro aberta a sessão. Sob a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos.

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2015 (POSIÇÃO EM 22/07/15 - ÓRGÃOS / UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS)

CLASSIFICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2015 (POSIÇÃO EM 22/07/15 - ÓRGÃOS / UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS) CLASSIFICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2015 (POSIÇÃO EM 22/07/15 - ÓRGÃOS / UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS) 01000 - ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO 01001 - Assembléia Legislativa do Estado 02000 - TRIBUNAL DE CONTAS DO

Leia mais

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro

Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Relatório de Categorização MTur - Ministério do Turismo Categorização dos municípios das regiões turísticas do mapa do turismo brasileiro Parâmetros da consulta: SUL / Santa Catarina Resumo da Seleção

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 0044_V1_2015 Evolução do PIB nas Rodovias de Santa Catarina - 2003 A 2012 -

NOTA TÉCNICA Nº 0044_V1_2015 Evolução do PIB nas Rodovias de Santa Catarina - 2003 A 2012 - NOTA TÉCNICA Nº 0044_V1_2015 Evolução do PIB nas Rodovias de Santa Catarina - 2003 A 2012 - Jaraguá do Sul (SC), Maio de 2015. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Jaraguá Ativa: Cidade inteligente e sustentável, cidade

Leia mais

CURSOS SUPERIORES SENAI

CURSOS SUPERIORES SENAI CURSOS SUPERIORES SENAI USE NOSSO NOME PARA CONSTRUIR O SEU. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2º SEMESTRE 2014/2 WWW.SC.SENAI.BR 0800 48 1212 CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA SENAI/SC PROCESSO SELETIVO

Leia mais

CDLS CATARINENSES CDL E-MAIL DA CDL FONE

CDLS CATARINENSES CDL E-MAIL DA CDL FONE CDLS CATARINENSES CDL E-MAIL DA CDL FONE CDL Abdon Batista: executivo@abdonbatista.cdl-sc.org.br (49) 3545-1003 CDL Abelardo Luz: executivo@abelardoluz.cdl-sc.org.br (49) 3445-4296 CDL Agrolândia executivo@agrolandia.cdl-sc.org.br

Leia mais

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014

MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 1 ESTADO DE SANTA CATARINA GOVERNO DE BIGUAÇU MENSAGEM DO PREFEITO À CÂMARA MUNICIPAL NA ABERTURA DO ANO LEGISLATIVO DE 2014 Excelentíssimo Senhor Vereador Manoel Airton Pereira, Presidente da Câmara Municipal;

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 14/2004-GP. Cria os pólos regionais de informática e disciplina o exercício da função de Técnico de Suporte em Informática.

RESOLUÇÃO N. 14/2004-GP. Cria os pólos regionais de informática e disciplina o exercício da função de Técnico de Suporte em Informática. TIPO: RESOLUÇÃO Nº 14/04-GP ORIGEM: GP DATA DA ASSINATURA: 28.06.2004 PRESIDENTE: DES. JORGE MUSSI PUBLICAÇÃO NO DJSC n.º 11.464 PÁG 03 DATA:.05.07.2004 OBS: Cria os pólos regionais de informática e disciplina

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na solenidade de sanção

Leia mais

Contatos do setor de Gestão de Pessoas do Poder Executivo

Contatos do setor de Gestão de Pessoas do Poder Executivo Contatos do setor de Gestão de Pessoas do Poder Executivo O novo Portal do Servidor disponibiliza os dados dos setores de Gestão de Pessoas dos órgãos do Poder Executivo na página inicial. Se você não

Leia mais

Terça-feira, 27.07.10

Terça-feira, 27.07.10 Terça-feira, 27.07.10 Pensamento do dia: A felicidade consiste em preparar o futuro, pensando no presente e esquecendo o passado, se foi triste. John Ruskin A dúvida é: Incluso ou inclusas seguem as notas

Leia mais

3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007:

3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007: 3. GESTÃO DE PROGRAMAS E AÇÕES 3.1. IDENTIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES GOVERNAMENTAIS COM ATUAÇÃO EM 2007: 3.1.1. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA, PROJETO/ ATIVIDADE OU AÇÃO ADMINISTRATIVA EM TERMOS DO OBJETIVO

Leia mais

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza

FOME ZERO. O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza FOME ZERO O papel do Brasil na luta global contra a fome e a pobreza Seminário Internacional sobre Seguro de Emergência e Seguro Agrícola Porto Alegre, RS -- Brasil 29 de junho a 2 de julho de 2005 Alguns

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA Instituições Fiscalizadas Março 2013: Subseções Ambulatório do Presídio - Blumenau Ambulatório do Presídio - Indaial Ambulatório do Presídio Regional Itajaí Ambulatório Penitenciária - Itajaí Ambulatório

Leia mais

POLÍTICAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O ESTADO DE SANTA CATARINA

POLÍTICAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O ESTADO DE SANTA CATARINA Reunião da Assembléia Geral Extraordinária ria POLÍTICAS NA ÁREA DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PARA O ESTADO DE SANTA CATARINA Florianópolis, 24 de maio de 2006 Elisabete Nunes Anderle Secretária ria de Estado

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da visita à Comunidade Linha Caravaggio Chapecó-SC, 23 de junho de 2006 Presidente: É um programa, talvez

Leia mais

Senhoras Senadoras e Senhores Senadores,

Senhoras Senadoras e Senhores Senadores, Senhor Presidente, Senhoras Senadoras e Senhores Senadores, Florianópolis, a capital de Santa Catarina, é reconhecida nacional e internacionalmente como uma das mais belas cidades de nosso país. São 42

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República

27/11/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, para o jornal Metro, edição São Paulo e edição ABC Publicada em 27 de novembro de 2009 Jornalista: Muitos

Leia mais

MDS: principais resultados e perspectivas

MDS: principais resultados e perspectivas MDS: principais resultados e perspectivas Patrus Ananias de Sousa Ministro de Estado do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal Brasília-DF, 22 de abril de

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015/1 APRENDIZAGEM INDUSTRIAL CANDIDATOS FORMALMENTE ENCAMINHADOS POR INDÚSTRIAS CONTRIBUINTES DO SENAI/SC

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015/1 APRENDIZAGEM INDUSTRIAL CANDIDATOS FORMALMENTE ENCAMINHADOS POR INDÚSTRIAS CONTRIBUINTES DO SENAI/SC EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015/1 APRENDIZAGEM INDUSTRIAL CANDIDATOS FORMALMENTE ENCAMINHADOS POR INDÚSTRIAS CONTRIBUINTES DO SENAI/SC 1. Apresentação O SENAI/SC torna pública a abertura do período para

Leia mais

INDICAÇÃO N O, DE 2011 (Da Comissão de Educação e Cultura)

INDICAÇÃO N O, DE 2011 (Da Comissão de Educação e Cultura) COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA INDICAÇÃO N O, DE 2011 (Da Comissão de Educação e Cultura) Sugere ao Ministério da Educação a criação da Universidade Federal do Litoral Paulista, com sede na cidade de Santos,

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Pronunciamento sobre a questão

Leia mais

TRANSPORTE AEROVIÁRIO. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados!

TRANSPORTE AEROVIÁRIO. Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados! TRANSPORTE AEROVIÁRIO Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados! Dentre os diferentes segmentos de transportes no Brasil, o que recebe menor atenção por parte das autoridades e, conseqüentemente,

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC

CÂMARA DOS DEPUTADOS Comissão de Fiscalização Financeira e Controle CFFC REQUERIMENTO Nº, DE 2011 (do Srs. Fernando Francischini e Duarte Nogueira) Requer que seja convocada a Sra. IDELI SALVATTI, Ministra de Estado das Relações Institucionais para expor acerca das relações

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau , Luiz Inácio Lula da Silva, durante visita às obras da usina hidrelétrica de Jirau Porto Velho-RO, 12 de março de 2009 Gente, uma palavra apenas, de agradecimento. Uma obra dessa envergadura não poderia

Leia mais

Propostas de luta para tornar nossa. vida melhor. Maio de 2003

Propostas de luta para tornar nossa. vida melhor. Maio de 2003 Propostas de luta para tornar nossa vida melhor Maio de 2003 Companheiros e companheiras A s políticas capitalistas neoliberais, aplicadas com mais força no governo FHC, foram muito duras com os trabalhadores

Leia mais

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo

Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Planejamento estratégico do Movimento Nossa São Paulo Contribuições construídas pelo GT Juventude A avaliação das entidades e grupos que compõe o GT Juventude faz da atuação do Movimento em 2008 é extremamente

Leia mais

Guria Informação & Sistemas

Guria Informação & Sistemas Zero Hora (RS) Projeto tenta prevenir acidentes com caminhões Será lançado em setembro o projeto DM - Vida Urgente na Estrada, uma parceria da Fundação Thiago de Moraes Gonzaga e da DM Internacional, líder

Leia mais

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE POLÍTICA INDIGENISTA DELIBERAÇÕES, ENCAMINHAMENTOS E PENDÊNCIAS

COMISSÃO NACIONAL DE POLÍTICA INDIGENISTA DELIBERAÇÕES, ENCAMINHAMENTOS E PENDÊNCIAS COMISSÃO NACIONAL DE POLÍTICA INDIGENISTA DELIBERAÇÕES, ENCAMINHAMENTOS E PENDÊNCIAS Siglas utilizadas CNPI SC SE-CNPI Comissão Nacional de Política Indigenista Subcomissão Secretaria Executiva da CNPI

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Nota Técnico n.º 08/07 Relações das obras com indícios de irregularidades graves constantes nos anexos às leis orçamentárias para os exercícios de 2002

Leia mais

Ações Preparatórias para o Verão 2014/2015

Ações Preparatórias para o Verão 2014/2015 Verão 2014/2015 2 A temporada de verão consiste no período do ano que requer maior atenção ao comportamento do sistema elétrico. Aumento significativo na demanda de energia: Elevado consumos dos sistemas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 77 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira CONOF

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira CONOF NOTA TÉCNICA Nº 17/2007 Subsídios para a apreciação da Medida Provisória nº 367, de 30 de abril de 2007, quanto à adequação orçamentária e financeira. Interessado: Comissão Mista de Planos, Orçamentos

Leia mais

Cem edições para informar e formar cidadãos!

Cem edições para informar e formar cidadãos! ParaTod Mandato do Deputado Tadeu Veneri-PT nº 100 Dezembro 2014 s Acesse: www.tadeuveneri.com.br facebook.com/tadeuveneri Edição Especial Número 100 Cem edições para informar e formar cidadãos! Do primeiro

Leia mais

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta

O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta O Brasil Sem Miséria é um Plano de metas para viabilizar o compromisso ético ousado do Governo da presidenta Dilma Rousseff. É também um desafio administrativo e de gestão ao impor ao setor público metas

Leia mais

Vetor UF Nome Localização / Descrição Tipo de Intervenção PAC? Status Extensão

Vetor UF Nome Localização / Descrição Tipo de Intervenção PAC? Status Extensão Aeroviário Ferroviário Criciúma - Forquilinha/ Criciúma - Forquilinha/ Construção/Melhorias Não Planejado 8.081 N.A. Pós 2015 Florianópolis/ (Internacional Hercílio Luz) - Infraero Jaguaruna, Correia Pinto

Leia mais

Introdução. Núcleo de Pesquisas

Introdução. Núcleo de Pesquisas Introdução O verão é um período onde Santa Catarina demonstra todo a sua vocação para a atividade turística. Endereço de belas praias, o estado se consolidou como um dos principais destinos de turistas,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA Instituições Fiscalizadas Julho 2013: Sede Casa de Saúde São Sebastião - Florianópolis Cepon - Florianópolis Emergência do Hospital Regional Dr. Homero de Miranda Gomes - São José Emergência do Hospital

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 23 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs

Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs Comissão de Saúde da Câmara dos Vereadores do Rio questiona SMS e defende instalação de CPI para investigar desrespeito à Lei das OSs O plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro ficou lotado durante

Leia mais

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. Denise Zandonadi dzandonadi@redegazeta.com.br O presidente Luiz Inácio Lula da Silva encontrou com o governador Paulo Hartung no 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha. O presidente Luiz Inácio Lula da

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze)

PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze) *C0051416A* C0051416A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 409, DE 2015 (Do Sr. Luis Carlos Heinze) Institui isenção da contribuição para o PIS/PASEP, COFINS e CIDE- Combustíveis incidente sobre o óleo

Leia mais

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS CARTILHA DO ORÇAMENTO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Sumário - Apresentação... 3 -As três leis básicas... 3 - Como é elaborado o orçamento da União?... 3 Prazos... 4 Esferas... 4 - Quem é responsável pela elaboração

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da fábrica da Dell no Brasil Hortolândia-SP, 14 de maio de 2007 Excelentíssimo deputado Arlindo Chinaglia, presidente

Leia mais

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senhor presidente, Senhoras senadoras, senhores senadores Amigos das redes sociais que também estão nas ruas Estamos em época de competição de futebol. Nosso

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca ASSINATURA DO SEGURO-DESEMPREGO E

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento após sanção do projeto

Leia mais

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS:

TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: TRANSFORMANDO OPORTUNIDADES EM RESULTADOS: O Médio Vale do Itajaí é uma das regiões mais desenvolvidas de SC. Um fator primordial para esse potencial econômico é a sua tradição industrial, que faz com

Leia mais

PROC. Nº 0268/09 PR Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 0268/09 PR Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS A criação da Comissão Especial de Acompanhamento e Apoio à Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre faz-se necessária, tendo em vista a grande mobilização e investimentos que deverão

Leia mais

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador BENEDITO DE LIRA

PARECER Nº, DE 2015. RELATOR: Senador BENEDITO DE LIRA PARECER Nº, DE 2015 1 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 218, de 2011, do Senador EUNÍCIO OLIVEIRA, que dispõe sobre o empregador arcar com os

Leia mais

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações.

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações. PRONUNCIAMENTO DO MINISTRO EDUARDO CAMPOS NA SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO DA III ASSEMBLÉIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE PARLAMENTARES PARA A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (IPAIT), NA CÂMARA DOS DEPUTADOS,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 69 Discurso na cerimônia de assinatura

Leia mais

Secretaria de Gênero e Etnia do Sindicato do Ramo Químico/Petroleiro-BA

Secretaria de Gênero e Etnia do Sindicato do Ramo Químico/Petroleiro-BA E Apresentação Esta cartilha foi feita especialmente para vocês trabalhadoras e trabalhadores do ramo químico e petroquímico. Aqui vocês vão encontrar informações sobre o Projeto de Lei 2513/2007, que

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META

ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META SISTEMA DE ELABOR DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS Página: 1206 de 2619 ESPELHO DE S DE 1 0150 Identidade Étnica e Patrimônio Cultural dos Povos Indígenas 2178 Assistência Técnica e Extensão Rural em Áreas Indígenas

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho)

PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho) *C0051538A* C0051538A *C0056280A* C0056280A CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE RESOLUÇÃO N.º 13, DE 2015 (Da Sra. Moema Gramacho) Dá ao Plenário 16 do Anexo II da Câmara dos Deputados a denominação "Zezéu

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão , Luiz Inácio Lula da Silva, na visita ao Assentamento Lulão Santa Cruz de Cabrália-BA, 28 de setembro de 2005 Meu caro governador Paulo Souto, governador do estado da Bahia, Meu querido companheiro Miguel

Leia mais

Infraestrutura Turística, Megaeventos Esportivos e Promoção da Imagem do Brasil no Exterior. Ministro Augusto Nardes

Infraestrutura Turística, Megaeventos Esportivos e Promoção da Imagem do Brasil no Exterior. Ministro Augusto Nardes Infraestrutura Turística, Megaeventos Esportivos e Promoção da Imagem do Brasil no Exterior Ministro Augusto Nardes TEMA 2: Geração de emprego e renda na economia nacional 1. Frente Parlamentar e a micro

Leia mais

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato Programa Mínimo de Governo de João Pavinato João Pavinato e Cidinha Pascueto, candidatos a prefeito e vice-prefeita, respectivamente, da coligação A Vitória do Povo, formada pela união dos partidos PSDB,

Leia mais

*8D22119A17* 8D22119A17

*8D22119A17* 8D22119A17 Senhor Presidente, Sras. e Srs. Deputados, sabemos que o poder de transformação ocorre graças à educação e cultura, principalmente, através dos ensinamentos entre as gerações, passados no âmbito familiar

Leia mais

EM DEFESA DE RORAIMA MOZARILDO CAVALCANTI

EM DEFESA DE RORAIMA MOZARILDO CAVALCANTI EM DEFESA DE RORAIMA MOZARILDO CAVALCANTI Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, amanhã, em Boa Vista, capital do meu Estado, haverá um evento promovido pela Assembléia Legislativa, um encontro dos Legislativos

Leia mais

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 416, DE 2008

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 416, DE 2008 MEDIDA PROVISÓRIA Nº 416, DE 2008 NOTA DESCRITIVA FEVEREIRO/2008 Nota Descritiva 2 2008 Câmara dos Deputados. Todos os direitos reservados. Este trabalho poderá ser reproduzido ou transmitido na íntegra,

Leia mais

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REQUERIMENTO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA N DE 2011. (dos Srs. Rogério Marinho, Otávio Leite e Mara Gabrilli)

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REQUERIMENTO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA N DE 2011. (dos Srs. Rogério Marinho, Otávio Leite e Mara Gabrilli) COMISSÃO DE EDUCAÇÃO E CULTURA REQUERIMENTO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA N DE 2011 (dos Srs. Rogério Marinho, Otávio Leite e Mara Gabrilli) Requer que seja realizada Reunião de Audiência Pública com a presença

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na atualidade: luta, organização e educação

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na atualidade: luta, organização e educação O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) na atualidade: luta, organização e educação Entrevista concedida por Álvaro Santin*, da coordenação nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DA BARRA DO QUARAÍ Departamento das Relações Comunitárias e Orçamento Participativo Palácio João Baptista Lusardo

PREFEITURA MUNICIPAL DA BARRA DO QUARAÍ Departamento das Relações Comunitárias e Orçamento Participativo Palácio João Baptista Lusardo RELATÓRIO DO ORÇAMENTO PARTICIPATIVO DE 2006 TRÊS COISAS... De tudo, ficam três coisas: A certeza de que estamos sempre começando... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de que seremos interrompidos

Leia mais

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini

Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Discurso Presidente do Banco Central do Brasil Alexandre Tombini Boa tarde. É com satisfação que estamos aqui hoje para anunciar o lançamento das novas cédulas de 10 e 20 reais, dando sequência ao projeto

Leia mais

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015

C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 C L I P P I N G DATA: 01.06.2015 Dívidas de Agnelo serão pagas pela ordem cronológica Para atender à lei, governo reformula cronograma para quitar débitos com mais de 900 fornecedores. Um questionamento

Leia mais

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país.

Elas formam um dos polos mais dinâmicos da economia brasileira, e são o principal sustentáculo do emprego e da distribuição de renda no país. Fonte: http://www.portaldaindustria.org.br 25/02/2015 PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO NACIONAL (CDN) DO SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS (SEBRAE), NA SOLENIDADE

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO 2015

CALENDÁRIO ACADÊMICO 2015 CALENDÁRIO ACADÊMICO 2015 JANEIRO FÉRIAS ESCOLARES Data Edital do MEC Período de Matrícula 1 a ª chamada para alunos via Sisu 2015/1 Janeiro Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb 1 2 3 4 5 6 8 9 10 11 12 13 15 16

Leia mais

Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012

Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012 Pesquisa Fecomércio SC Resultado de Vendas Volta às Aulas 2012 A FECOMÉRCIO SC realizou, entre os dias 29 de fevereiro e 02 de março, uma pesquisa para avaliar o resultado de vendas do período referente

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE SIMÃO DIAS Gabinete do Prefeito LEI Nº. 632 /2014 03 de dezembro de 2.014 Dispõe sobre a criação do Programa de Coleta Seletiva com inclusão Social e Econômica dos Catadores de Material Reciclável e o Sistema de Logística Reversa e seu

Leia mais

PROJETO DESENVOLVIMENTO DO COOPERATIVISMO E ASSOCIATIVISMO EM COMUNIDADES DE BAIXA RENDA

PROJETO DESENVOLVIMENTO DO COOPERATIVISMO E ASSOCIATIVISMO EM COMUNIDADES DE BAIXA RENDA INSTITUTO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, EDUCACIONAL E ASSOCIATIVO INSTITUTO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO, EDUCACIONAL E ASSOCIATIVO PROJETO DESENVOLVIMENTO DO COOPERATIVISMO E

Leia mais

Conselho protesta contra prefeitura

Conselho protesta contra prefeitura Informativo Eletrônico da SE/CNS para os conselheiros nacionais Ano VI, Brasília, 08/04/2009. Prezado (a) conselheiro (a), Estamos encaminhando um clipping de notícias do CNS na mídia. A intenção é socializar

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 40 Discurso na cerimónia comemorativa

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 26 DE OUTUBRO PALANQUE-PRAÇA SÃO

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 62 Discurso na cerimónia de apresentação

Leia mais

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014

RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 1 Senhores Associados: RELATÓRIO DA GESTÃO 2014 Temos a satisfação de apresentar o Relatório da Gestão e as Demonstrações Contábeis da CREDICOAMO Crédito Rural Cooperativa, relativas às atividades desenvolvidas

Leia mais

fazem bem e dão lucro

fazem bem e dão lucro Melhores práticas de fazem bem e dão lucro Banco Real dá exemplo na área ambiental e ganha reconhecimento internacional Reunidos em Londres, em junho deste ano, economistas e jornalistas especializados

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES

INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES AÇÕES EXECUTADAS A retomada dos investimentos em transporte determinou a implantação de programas governamentais que otimizassem o gasto público por meio

Leia mais

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia

O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia O SR. BETO ALBUQUERQUE (PSB-RS. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, hoje, 12 de maio, comemoramos o Dia Internacional do Enfermeiro. Na realidade, comemora-se hoje,

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

Câmpus de Carmo de Minas e Três Corações

Câmpus de Carmo de Minas e Três Corações Câmpus de Carmo de Minas e Três Corações Instituto Federal Sul de Minas anuncia implantação de dois novos câmpus avançados nas cidades de Três Corações e Carmo de Minas O Instituto Federal de Educação,

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais