PAPEL DO ENSINO PROFISSIONAL NA QUALIFICAÇÃO DO PAÍS BALANÇO E PERSPETIVAS DO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PAPEL DO ENSINO PROFISSIONAL NA QUALIFICAÇÃO DO PAÍS BALANÇO E PERSPETIVAS DO"

Transcrição

1 PAPEL DO ENSINO PROFISSIONAL NA QUALIFICAÇÃO DO PAÍS BALANÇO E PERSPETIVAS DO FINANCIAMENTO COMUNITÁRIO Coimbra, 25 de Novembro POCH 1

2 ÍNDICE 1 O passado: os fundos comunitários no apoio ao ensino profissional 2 3 O presente: o apoio ao ensino profissional no Portugal 2020 e no PO CH Perspetivas para o futuro: oportunidades e riscos em matéria de financiamento POCH 2

3 O passado: o papel dos fundos comunitários no apoio ao ensino profissional breve balanço A aposta nos cursos profissionais representou 63% do fundo total executado no âmbito dos apoios à formação de jovens, constituindo um elemento central na estratégia de combate ao seu abandono escolar e de promoção da qualificação, tendo sido alocados mais de 1,3 Mil M, entre 2007 e 2014, correspondentes a 31% do FSE executado nesse período Em média, entre , foram apoiados anualmente mais de 100 mil participantes nos cursos profissionais POCH 3 3

4 O passado: o papel dos fundos comunitários no apoio ao ensino profissional breve balanço Científico - Humanístico Curso Profissional Impacto (p.p.) Principais conclusões da avaliação contrafactual no desempenho escolar e prosseguimento de estudos Transição para o 11º ano 64,10% 87,60% 23,5 Transição para o 11º e 12º anos 51,50% 82,70% 31,1 Conclusão do Ensino Secundário 29,10% 65,30% 36,3 +23,5 p.p. na transição para o ano escolar seguinte +31,1 p.p. na transição para o 11º e 12º anos +36,3 p.p. na conclusão, no tempo próprio, do Ensino Secundário Menor taxa de desistência, com diferença de 1,2 p.p. Desistência no 10º e 11º anos 7,90% 6,70% -1,2 Prosseguimento de estudos (para o ensino superior) 27,50% 15,60% -11,9 Menor propensão para prosseguimento de estudos para o Ensino Superior POCH 4 4

5 O passado: o papel dos fundos comunitários no apoio ao ensino profissional breve balanço Principais conclusões da avaliação contrafactual em matéria de empregabilidade: Empregados (pelo menos 1 mês) 1 ano depois Média de número de meses trabalhados Média do número de dias de trabalhados por mês Científico - Humanístico Curso Profissional Impacto 28,1% 52,6% 24,5 p.p. 5,9 6,9 1,0 meses 24,1 25,7 1,6 dias Remuneração média diária 18,9 19,8 0,9 + Empregabilidade no curto prazo, para quem não prossegue para o Ensino Superior +24,5 p.p. emprego pelo menos um mês, um ano depois de concluir um Curso Profissional Oriundos de um Curso Profissional trabalham em média + 1 mês, bem como +1,6 dias por mês Diferença positiva na média da remuneração diária para os que concluem um Curso Profissional Embora outros estudos indiquem que a longo prazo (+- 8 anos de experiência) as remunerações aumentem menos do que as das pessoas com o ensino científico-humanístico POCH 5 5

6 O passado: o papel dos fundos comunitários no apoio ao ensino profissional breve balanço Contributo relevante do apoio dos fundos à formação de jovens e em particular ao ensino profissional para uma trajetória de redução mais acelerada do abandono escolar precoce embora permanecendo acima da média comunitária POCH 6 6

7 O passado: o papel dos fundos comunitários no apoio ao ensino profissional breve balanço Contributo também relevante dos fundos e em particular dos apoios concedidos a vias profissionalizantes, para uma trajetória mais rápida de qualificação dos cidadãos em plena idade adulta.mas ainda muito inferiores à média comunitária Evolução da população anos com pelo menos o ensino secundário, na UE e em Portugal POCH 7 7

8 ÍNDICE 1 O passado: os fundos comunitários no apoio ao ensino profissional 2 3 O presente: o apoio ao ensino profissional no Portugal 2020 e no PO CH Perspetivas para o futuro: oportunidades e riscos em matéria de financiamento POCH 8

9 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO PARA 2020 (EF 2020) - POSIÇÃO DE PORTUGAL FACE ÀS METAS EF 2020 Considerando as metas e objetivos do país no quadro da UE de: Reduzir para 10% o nível de abandono escolar precoce Aumentar a qualificação das pessoas, envolvendo mais jovens e adultos na ALV E aumentar a sua empregabilidade Fonte: Retirado de Education and Training Monitor 2014 Portugal, Comissão Europeia. A aposta na qualificação é uma das prioridades centrais do Portugal 2020, assumindo o POCH um papel centra mas não único nesse domínio POCH 9 9

10 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH 77,5 M EIXO 5 Assistência Técnica 176,5 M EIXO 4 Qualidade e inovação do sistema de educação e formação EIXO 1 Promoção do sucesso educativo, combate ao abandono escolar e reforço da qualificação dos jovens PO Capital Humano M M EIXO 3 Aprendizagem, qualificação ao longo da vida e reforço da empregabilidade EIXO 2 Reforço do ensino superior e da formação avançada 592 M M Eixos prioritários e financiamento O ensino profissional está programado no eixo 1, com a maior dotação financeira do PO CH - absorve 47% da sua dotação total - sendo a sua principal tipologia de operação. O valor de financiamento total do está sujeito a uma reserva de desempenho de 219 M (6%), que só será mobilizável em função das metas previstas no quadro de desempenho (financeiras e de realização) POCH

11 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH A programação do Portugal 2020 é particularmente orientada a resultados, através: da contratualização de compromissos de resultado propostos pelos beneficiários do financiamento da diferenciação dos desempenhos INDICADOR DE REALIZAÇÃO jovens apoiados nos cursos de dupla certificação de nível ISCED3 até 2023, dos quais até 2018 (indicador do quadro de performance do eixo 1 do POCH) INDICADORES DE RESULTADO >= 85% Alunos transitados para o ano de escolaridade seguinte nos cursos profissionais 70% Diplomados nos cursos de dupla certificação de nível de ISCED 3, no tempo próprio (meta 2023, baseline 64%) >=50% Pessoas apoiadas que estão empregadas ou prosseguiram estudos seis meses após terminarem a sua participação com sucesso POCH

12 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH Balanço Síntese Financeiro do Eixo 1 (situação a ) Cursos Profissionais concentram a maioria do financiamento do POCH até à data 50% das operações aprovadas, 56% dos montantes aprovados e com peso semelhante na despesa validada e paga 61% da despesa aprovada foi validada (taxa de realização) e perto de 70% da despesa aprovada foi paga até esta mesma data Prioridade atribuída ao pagamento a entidades privadas (81% face ao aprovado), com forte recuperação em outubro e novembro no pagamento também às públicas (+ 47 Milhões de Euros pagos no âmbito dos cursos profissionais entre setembro e 17 de novembro) Eixo 1, por tipologia de operação Nº Projetos Custo Elegível Total Aprovações Despesa Pública FSE Despesa Validada - Execução Custo Elegível Validado FSE Taxa de Realização Despesa Pública Pagamentos FSE Cursos Educação e Formação de Jovens % Ensino Artístico Especializado % Cursos Vocacionais % Cursos Profissionais % POCH

13 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH Participantes aprovados e executados (situação a ) Participantes aprovados em candidatura Participantes apoiados no âmbito do Eixo 1 (indicadores específicos do PO CH) Indicadores específicos Meta 2018 Jovens apoiados nas ofertas formativas dirigidas à promoção do sucesso educativo de nível ISCDE 2 Jovens apoiados nos cursos de dupla certificação de nível ISCED 3 Nota: Estes valores ainda não incorporam os participantes aprovados nos Cursos Vocacionais - SIIFSE/Balcão 2020 % de realização 2018 Meta 2023 % de realização 2023 Feminino Masculino Total n.a n.a , , , Concentração muito elevada dos participantes aprovados (43%) e executados decorrente dos apoios aos cursos profissionais tendo já sido atingida a meta de realização para 2018 com maior peso dos homens, em linha com a maior incidência do abandono nos mesmos POCH

14 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH Taxa de compromisso e execução (situação a ) Benchmark Portugal 2020 Dos PO com maior nível de compromisso, acima da média do Portugal 2020 PO com taxa de execução mais elevada, para a qual os cursos profissionais dão o maior contributo. Fonte: Boletim informativo dos Fundos da União Europeia, nº6 POCH

15 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH CURSOS PROFISSIONAIS Concurso de 2016 Primeiro AAC para financiamento de ciclo formativo completo, encerrado a 7 de setembro objetivo de maior estabilidade no financiamento, como condição para maior foco nos resultados Dotação Aviso: o maior concurso do FSE até à data, para financiar conclusão dos ciclos de formação participantes candidatos 496 candidaturas apresentadas análise técnica e financeira em conclusão (antes do prazo limite estabelecido 60 dias úteis, não contando a suspensão, por uma única vez, do mesmo, para pedido de esclarecimentos ou informações) Pagamento de adiantamentos ritmo dependente do processo em sede de audiência prévia, mas prevendo-se para dezembro POCH

16 O presente: o ensino profissional no Portugal 2020 e o POCH Outros apoios no âmbito do PO CH Cursos Vocacionais Novo Aviso de Abertura de Candidaturas em fase final de preparação, a abrir em breve Disponibilização dos módulos de reembolsos, pagamento de saldos e de reprogramação planeamento AD&C para dezembro de 2016 Cursos de Educação e Formação de Jovens Aviso de Abertura de Candidaturas em fase final de preparação Necessário ainda desenvolvimento do sistema de informação para a ativação desta tipologia (não prevista mobilizar nesta fase do PO) Alinhamento das escolas com o sistema europeu de qualidade na formação (EQAVET) Em preparação Aviso de Abertura de Candidaturas para apoio às escolas no desenvolvimento desse processo, no âmbito do eixo 4 do PO CH, em articulação com a ANQEP (previsto ser por montante fixo, com valor máximo de financiamento até ) Apoio previsto ainda à ANESPO/APESP no âmbito deste processo, no quadro do eixo de Assistência Técnica do PO POCH

17 ÍNDICE 1 O passado: os fundos comunitários no apoio ao ensino profissional 2 3 O presente: o apoio ao ensino profissional no Portugal 2020 e no PO CH Perspetivas para o futuro: oportunidades e riscos em matéria de financiamento POCH 17

18 O futuro: oportunidades e desafios A perspetiva do financiamento Principais oportunidades Conhecimento como facto chave para a competitividade dos territórios Continuação da aposta no alargamento do peso do ensino profissional meta PNR de pelo menos 50% dos alunos nesta via Persistência de elevados níveis de retenção e desistência, de abandono escolar precoce, bem como de jovens NEET Retoma da agenda para a qualificação dos adultos (programa Qualifica) Existência de referenciais (EQAVET, ECVET, QEQ, etc.) e metas para a educação e formação no âmbito da UE Dinâmicas de inovação nos métodos e técnicas no âmbito do sistema de educação e formação, alavancadas pelas TIC Principais desafios Melhorar ajustamento entre a oferta e a procura de qualificações e melhor orientação vocacional Sustentabilidade do modelo de financiamento do ensino profissional baseado fortemente nos fundos comunitários (em particular nas regiões Norte, Centro e Alentejo) e simplificação de procedimentos sem perca de rigor Efeitos da quebra demográfica (menos alunos, sobretudo em territórios de baixa densidade) Efeito (des)motivacional da descontinuação abrupta das Novas Oportunidades Adultos Resposta eficaz às metas e referências da UE para a educação e qualificação no pós 2020 Capacitação/formação contínua dos formadores e outros agentes para potenciar a inovação e capacidade de modernização das infraestruturas e equipamentos POCH

19 Construímos caminhos de sucesso Av. Infante Santo, nº 2-6º andar LISBOA Portugal POCH POCH 19

Porto, 15 de Julho de 2016

Porto, 15 de Julho de 2016 Porto, 15 de Julho de 2016 Elevar o nível de qualificação da população adulta balanço 2007-2013 A intervenção do QREN com vista à qualificação de adultos consubstanciou-se num investimento sem precedentes

Leia mais

Seminário Financiamento Europeu para Artistas Teatro Nacional D. Maria II

Seminário Financiamento Europeu para Artistas Teatro Nacional D. Maria II Seminário Financiamento Europeu para Artistas Teatro Nacional D. Maria II 27.06.2016 POCH 1 www.poch.portugal2020.pt Estratégia Europa 2020 POCH 2 www.poch.portugal2020.pt Convergência e Regiões de Intervenção

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA 2. OS APOIOS. Relatório Anual de Execução 2016 Resumo para os Cidadãos. Eixo 4 Qualidade e Inovação 176 Milhões

1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA 2. OS APOIOS. Relatório Anual de Execução 2016 Resumo para os Cidadãos. Eixo 4 Qualidade e Inovação 176 Milhões 1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA O Programa Operacional Capital Humano (PO CH), aprovado pela Comissão Europeia a 12 de Dezembro de 2014, constitui o principal instrumento de financiamento do Portugal 2020

Leia mais

Proposta de Revisão do Programa

Proposta de Revisão do Programa Proposta de Revisão do 31 Dezembro 2010 Identificação Objectivos: Convergência e Competitividade e do Emprego PROGRAMA OPERACIONAL Período de programação: 2007-2013 Número do programa (CCI): 2007PT05UPO001

Leia mais

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP

SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO Cursos Técnicos Superiores Profissionais TeSP Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo

Leia mais

AVISO n.º POCH Cursos Vocacionais

AVISO n.º POCH Cursos Vocacionais AVISO n.º POCH - 66-2015-07 Convite para apresentação de candidaturas Cursos Vocacionais Eixo Prioritário Prioridade de Investimento Objetivo específico Indicadores de Realização Indicadores de Resultado

Leia mais

4.ª Reunião do Comité de Acompanhamento Porto

4.ª Reunião do Comité de Acompanhamento Porto 4.ª Reunião do Comité de Acompanhamento Porto 2016.05.27 POCH www.poch.portugal2020.pt 1 AGENDA Abertura aprovação da ordem de trabalhos e informações gerais 1 2 Relatório de Execução de 2015 Ponto de

Leia mais

Educação e Formação desafios e principais instrumentos de financiamento

Educação e Formação desafios e principais instrumentos de financiamento Educação e Formação desafios e principais instrumentos de financiamento 2014-2020 Ponte de Lima 2015.11.13 POCH 1 www.poch.portugal2020.pt Estratégia Europa 2020 POCH 2 www.poch.portugal2020.pt Objetivos

Leia mais

Portugal 2020 Apresentação

Portugal 2020 Apresentação Portugal 2020 Apresentação Porto Rua Dr. Ernesto Soares dos Reis, N.º 208, 1º Andar, Sala Q 3720-256 Oliveira de Azeméis Lisboa Edifício Oeiras Office - 1ºD R. Marechal Teixeira Rebelo, 2 2780-271 Oeiras

Leia mais

27 de junho de Domingos Lopes

27 de junho de Domingos Lopes 27 de junho de 2016 Domingos Lopes Objetivos Temáticos OT 8. Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego e apoiar a mobilidade dos trabalhadores assumindo como meta nacional, até 2020, o aumento

Leia mais

AVISO n.º POCH Cursos Vocacionais

AVISO n.º POCH Cursos Vocacionais AVISO n.º POCH - 66-2017-02 Concurso para apresentação de candidaturas Cursos Vocacionais Eixo Prioritário Prioridade de Investimento Objetivo específico Fundo Estrutural Indicadores de Realização Indicadores

Leia mais

Portugal 2020: Objetivos e Desafios António Dieb

Portugal 2020: Objetivos e Desafios António Dieb Portugal 2020: Objetivos e Desafios 2014-2020 António Dieb Porto, 11 de julho de 2016 Tópicos: 1. Enquadramento Estratégico (EU 2020) 2. Portugal 2020: Objetivos e prioridades 3. Estrutura Operacional

Leia mais

Informação e Monitorização Estratégica: A experiência em curso no QREN

Informação e Monitorização Estratégica: A experiência em curso no QREN Conferência Ad Urbem Porto, 26-27 de Novembro Informação e Monitorização Estratégica: A experiência em curso no QREN 2007-2013 Paulo Areosa Feio Informação e Monitorização Estratégica: A Experiência do

Leia mais

TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS VOCACIONAIS DE 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO

TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS VOCACIONAIS DE 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO Grelha de Análise e Seleção de Candidaturas TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS VOCACIONAIS DE 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO AVISO n.º POCH - 66-2015-07 Nota Metodológica I - FIXAÇÃO DOS LIMIARES NAS ESCALAS BASEADAS

Leia mais

CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1. Lisboa, 6 de novembro de 2015

CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1. Lisboa, 6 de novembro de 2015 CUSTOS SIMPLIFICADOS Modalidade Montantes Fixos Workshop 1 Lisboa, 6 de novembro de 2015 2 Custos Simplificados - Montantes Fixos Modalidade de Montantes Fixos Os custos elegíveis de uma operação são calculados

Leia mais

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo!

PORTUGAL Faça clique para editar o estilo apresentação. Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! apresentação PORTUGAL 2020 www.in-formacao.com.pt Não podemos prever o futuro mas podemos construí-lo! 03-02-2015 FAMALICÃO PORTO IN.03.03.00 1 INTRODUÇÃO O PORTUGAL 2020 é o Acordo de Parceria adotado

Leia mais

A partir da avaliação ex-ante: oportunidades e desafios do POCH

A partir da avaliação ex-ante: oportunidades e desafios do POCH A partir da avaliação ex-ante: oportunidades e desafios do POCH António Manuel Figueiredo Quaternaire Portugal 1º EVENTO ANUAL 2016.03.16 Lisboa Estrutura da apresentação TÓPICO 1 - A Agenda Estratégica

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO

PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO PROGRAMA OPERACIONAL TEMÁTICO POTENCIAL HUMANO 2007-201 Apresentação da Proposta ÍNDICE 1 O PROBLEMA 2 A ESTRATÉGIA 4 PLANO DE FINANCIAMENTO 1 1 O PROBLEMA Taxa de emprego Emprego em média e alta tecnologia

Leia mais

www.algarve.portugal2020.pt Região Competitiva, Resiliente, Empreendedora e Sustentável com base na valorização do Conhecimento CAPACITAR Fundo Social Europeu (FSE) Eixos Prioritários Prioridades de Investimento

Leia mais

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER

Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Regulamento específico Assistência Técnica FEDER Capítulo I Âmbito Artigo 1.º Objecto O presente regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo Programa Operacional de Assistência Técnica

Leia mais

www.algarve.portugal2020.pt Região Competitiva, Resiliente, Empreendedora e Sustentável com base na valorização do Conhecimento Roteiro Regional CRESC ALGARVE 2020 Fundo Social Europeu (FSE) Eixos Prioritários

Leia mais

PAINEL III: MEDIDAS DE COMBATE AO INSUCESSO E ABANDONO

PAINEL III: MEDIDAS DE COMBATE AO INSUCESSO E ABANDONO SEMINÁRIO ABANDONO ESCOLAR E (IN)SUCESSSO EDUCATIVO: BALANÇO E PERSPETIVAS 2014-2020 PAINEL III: MEDIDAS DE COMBATE AO INSUCESSO E ABANDONO ESCOLAR: FINANCIAMENTOS COMUNITÁRIOS Teatro Diogo Bernardes POCH

Leia mais

SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO - ALENTEJO CENTRAL - Sessão de Divulgação SI2E CIMAC, 23 de Maio de 2017

SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO - ALENTEJO CENTRAL - Sessão de Divulgação SI2E CIMAC, 23 de Maio de 2017 SI2E SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO - ALENTEJO CENTRAL - Sessão de Divulgação SI2E CIMAC, 23 de Maio de 2017 CONTEXTO Estratégia de Desenvolvimento Territorial do Alentejo Central

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA

APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA AGENDA AS 5 MARCAS DO POPH I EIXOS PRIORITÁRIOS II ARRANQUE DO PROGRAMA III I AS 5 MARCAS DO POPH AS 5 MARCAS DO POPH 1 O MAIOR PROGRAMA OPERACIONAL DE SEMPRE 8,8 mil M 8,8 Mil

Leia mais

5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PO CH. Lisboa, 28 de Novembro, 2016

5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PO CH. Lisboa, 28 de Novembro, 2016 5ª REUNIÃO DA COMISSÃO DE ACOMPANHAMENTO DO PO CH Lisboa, 28 de Novembro, 2016 AGENDA (proposta) 1 Informações 2 Portugal 2020 2.1. Ponto de Situação PORTUGAL 2020 2.2. Ponto de Situação do PO CH 2.3.

Leia mais

Portugal 2020 Inovar na Administração Pública

Portugal 2020 Inovar na Administração Pública Portugal 2020 Inovar na Administração Pública Jaime S. Andrez Vogal da Comissão Diretiva Lisboa 29 de abril de 2015 1 Driver da Competitividade Ambiente favorável aos negócios Emprego e Valor económico

Leia mais

EDITAL Nº1/2015 MEDIDA II - INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO INDIVIDUAL EM FORMAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

EDITAL Nº1/2015 MEDIDA II - INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO INDIVIDUAL EM FORMAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EDITAL Nº1/2015 MEDIDA II - INCENTIVO À PARTICIPAÇÃO INDIVIDUAL EM FORMAÇÃO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Para os efeitos convenientes torna-se público que se encontra aberto, a partir do

Leia mais

ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO

ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO ANEXO III REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO PLANOS ESTRATÉGICOS DE DESENVOLVIMENTO URBANO AVISO DE CONCURSO Nº ALT20 06 2016 18 ALT20 16 2016 19 ALT20 43 2016 20 DOMÍNIO DA SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA

Leia mais

O POTENCIAL HUMANO PARA de NOVEMBRO 2012

O POTENCIAL HUMANO PARA de NOVEMBRO 2012 O POTENCIAL HUMANO PARA 2013 28 de NOVEMBRO 2012 O POTENCIAL HUMANO PARA 2013 ORIENTAÇÕES ESTRATÉGICAS PARA O FUTURO - CAPITAL HUMANO PARA O CRESCIMENTO E O EMPREGO CONTRIBUTO DO POPH (ANOS 2013 E 2014)

Leia mais

PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS

PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS 21 de maio de 2015 PORTUGAL 2020: A IMPORTÂNCIA DA ELEGIBILIDADE DAS DESPESAS Ao abrigo do Acordo de Parceria estabelecido entre Portugal e a Comissão Europeia, denominado Portugal 2020, as empresas portuguesas

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016

ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 03/2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO (RECI) Sistema de Incentivos às Empresas Inovação Produtiva Majoração «Execução do Investimento»

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-24-2015-13 Vida Ativa para desempregados Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e a qualidade

Leia mais

SIGO. Sistema Integrado de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa. Fórum Estatístico 2016 Lisboa, 13 de setembro de 2016

SIGO. Sistema Integrado de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa. Fórum Estatístico 2016 Lisboa, 13 de setembro de 2016 Sistema Integrado de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa Fórum Estatístico 2016 Lisboa, 13 de setembro de 2016 sigo@dgeec.mec.pt Paula Ferreira 1 Em Dezembro de 2005 foi constituído um

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Eixo Prioritário 4 Protecção e Valorização Ambiental ACÇÕES DE VALORIZAÇÃO E QUALIFICAÇÃO AMBIENTAL Centro-VQA-2009-13-BM-13 1 Nos termos do Regulamento Específico Acções

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral Baixo Alentejo Planeamento Estratégico Regional

Leia mais

Orçamento Plurianual da UE

Orçamento Plurianual da UE Orçamento Plurianual da UE 2014/2020 José Manuel Fernandes Deputado ao Parlamento Europeu Estratégia Europa 2020 A guia das próximas perspetivas financeiras Estratégia Europa 2020 Crescimento Inteligente

Leia mais

TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS PROFISSIONAIS

TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS PROFISSIONAIS Grelha de Análise e Seleção de Candidaturas TIPOLOGIA DE OPERAÇÃO: CURSOS PROFISSIONAIS AVISO n.º POCH - 71-2015-06 Nota Metodológica I - FIXAÇÃO DOS LIMIARES NAS ESCALAS BASEADAS EM INDICADORES QUANTITATIVOS

Leia mais

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Programa + Superior CONVITE N.º NORTE

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Programa + Superior CONVITE N.º NORTE CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Programa + Superior CONVITE N.º NORTE-68-2016-14 Programa Operacional Regional do Norte Norte 2020 Eixo Prioritário Prioridade de Investimento 8 Educação e Aprendizagem

Leia mais

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL

AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº ALT20-M7-2017-10 Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E) CIMAL DOMÍNIO DA INCLUSÃO SOCIAL E EMPREGO Preâmbulo O presente

Leia mais

Desafios e oportunidades dos sistemas de educação e formação profissional

Desafios e oportunidades dos sistemas de educação e formação profissional Desafios e oportunidades dos sistemas de educação e formação profissional Gonçalo Xufre Silva Presidente do Conselho Diretivo da Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional Valença, 13

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS - TeSP

CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS - TeSP CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS - TeSP Porto, 2 de dezembro de 2015 POCH 1 www.poch.portugal2020.pt Agenda O Portugal 2020 no contexto dos desafios da educação e formação O financiamento dos TeSP

Leia mais

Convite Público Apresentação de candidaturas

Convite Público Apresentação de candidaturas Convite Público Apresentação de candidaturas Eixo Prioritário V Governação e Capacitação Institucional PROMOÇÃO E CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL Aviso n.º: Centro-PCI-2010-07 As informações que constam do presente

Leia mais

CONFERÊNCIA www.novonorte.qren.pt Lições do ON.2 e Implementação do NORTE 2020 EMÍDIO GOMES Presidente da CCDR-N e Gestor do ON.2 www.novonorte.qren.pt Ponto de situação do Programa ON.2 a 31.dez.2014

Leia mais

Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise

Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise Programa Operacional Regional do Algarve Critérios de Seleção das Candidaturas e Metodologia de Análise Assistência Técnica Aprovada em 11-05-2015, após procedimento de consulta escrita aos membros da

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-18-2015-06 Apoios à Contratação para Adultos Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e

Leia mais

Matriz Portugal 2020 Candidaturas diretas a efetuar pelas IPSS

Matriz Portugal 2020 Candidaturas diretas a efetuar pelas IPSS Revisão 1 : 31/08/2016 PO PO Concurso para apresentação de candidaturas - Melhorar o acesso aos serviços sociais (Açores) Melhorar o acesso aos serviços sociais Melhoria das infraestruturas de saúde Adaptação

Leia mais

RESUMO PARA OS CIDADÃOS

RESUMO PARA OS CIDADÃOS RESUMO PARA OS CIDADÃOS Relatório Anual de Execução 2015 INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO DO PROGRAMA Para o Programa Operacional de Assistência Técnica 2014-2020 (POAT2020) foi determinante a aprovação do Acordo

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020

SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020 SISTEMAS DE INCENTIVOS PORTUGAL 2020 Qualificação PME Esta candidatura consiste num plano de apoio financeiro a projetos que visam ações de qualificação de PME em domínios imateriais com o objetivo de

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Évora, 9 de setembro de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral Baixo Alentejo

Leia mais

AVISO n.º POCH Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA)

AVISO n.º POCH Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) AVISO n.º POCH - 70-2017-06 Aviso para apresentação de candidaturas Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) Revisto em 2017-06-28: ponto 2 Revisto em 2017-07-19: data de termo do Aviso Programa

Leia mais

EIXO 4 QUALIFICAÇÃO AMBIENTAL E VALORIZAÇÃO DO ESPAÇO RURAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 3

EIXO 4 QUALIFICAÇÃO AMBIENTAL E VALORIZAÇÃO DO ESPAÇO RURAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 3 EIXO 4 QUALIFICAÇÃO AMBIENTAL E VALORIZAÇÃO DO ESPAÇO RURAL REGULAMENTO ESPECÍFICO: ACÇÕES DE VALORIZAÇÃO DO LITORAL AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO N.º 3 Nos termos do regulamento específico Acções de Valorização

Leia mais

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020

ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 ACORDO DE PARCERIA 2014-2020 PORTUGAL 2020 1 Portugal 2020, o Acordo de Parceria (AP) que Portugal irá submeter à Comissão Europeia estrutura as intervenções, os investimentos e as prioridades de financiamento

Leia mais

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO

COMISSÃO MINISTERIAL DE COORDENAÇÃO DO PROGRAMA OPERACIONAL POTENCIAL HUMANO Despacho Considerando que os regulamentos específicos do Programa Operacional Potencial Humano (POPH) são aprovados pela respectiva Comissão Ministerial de Coordenação, nos termos do n.º 5 do artigo 30º

Leia mais

CONCURSOS DE 2013: Acesso das ONG aos apoios do Programa

CONCURSOS DE 2013: Acesso das ONG aos apoios do Programa CONCURSOS DE 2013: Acesso das ONG aos apoios do Programa FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN Nuno Venade* Lisboa, 22 de março de 2013 Índice 1 2 3 4 5 6 Introdução Concursos Candidaturas Admissibilidade Seleção

Leia mais

PLANO DE AVISOS 2016 (*)

PLANO DE AVISOS 2016 (*) PO PO PO PO Calendário de de Dados do Identificação do Referência do Empreendedorismo Qualificado 3 3.1, 8.5 janeiro 16 abril 16 SI - 02/SI/2016 Inovação Empresarial Inovação Produtiva Científico e Tecnológico

Leia mais

SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS (SIAC)

SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS (SIAC) AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº 02 / SIAC / 2012 SISTEMA DE APOIO A AÇÕES COLETIVAS (SIAC) Nos termos do regulamento do SIAC, a apresentação de candidaturas processa-se, em regra, através de

Leia mais

O reforço do capital humano à luz do quadro estratégico europeu Ramiro Marques - Instituto Politécnico de Santarém

O reforço do capital humano à luz do quadro estratégico europeu Ramiro Marques - Instituto Politécnico de Santarém O reforço do capital humano à luz do quadro estratégico europeu 2014-2020 Ramiro Marques - Instituto Politécnico de Santarém Um Orçamento da UE que reforce o investimento na Educação O orçamento investe

Leia mais

ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E

ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E ALTERAÇÃO AO CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO N.º CENTRO-M7-2017-08 SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREENDEDORISMO E AO EMPREGO SI2E CIM REGIÃO DE COIMBRA Por ter sido publicado com uma incorreção

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 9.12.2014 C(2014) 9621 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 9.12.2014 que aprova determinados elementos do programa operacional "Inclusão Social e Emprego" para apoio do

Leia mais

INTRODUÇÃO. Escola. Comunidade/ Território Local

INTRODUÇÃO. Escola. Comunidade/ Território Local INTRODUÇÃO Este documento foi concetualizado como uma ferramenta para a construção de um território Educador, em que a educação e a formação podem acontecer dentro e fora da escola, através da promoção

Leia mais

INICIATIVA NOVAS OPORTUNIDADES. Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social Ministério da Educação

INICIATIVA NOVAS OPORTUNIDADES. Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social Ministério da Educação INICIATIVA NOVAS OPORTUNIDADES Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social Ministério da Educação INDICE 1. OBJECTIVO 2. PORQUÊ A INICIATIVA? 3. PARA OS JOVENS: UMA OPORTUNIDADE NOVA 4. PARA OS ADULTOS:

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO EIXO 4 Protecção e Valorização Ambiental PREVENÇÃO E GESTÃO DE RISCOS NATURAIS E TECNOLÓGICOS Acções Materiais Aviso nº: Centro-PRM-2011-04 Nos termos do Regulamento Específico

Leia mais

AVISO n.º POCH Convite para apresentação de candidaturas à Tipologia de Operação. Bolsas de Ensino Superior a Alunos Carenciados

AVISO n.º POCH Convite para apresentação de candidaturas à Tipologia de Operação. Bolsas de Ensino Superior a Alunos Carenciados AVISO n.º POCH-68-2017-12 Convite para apresentação de candidaturas à Tipologia de Operação Bolsas de Ensino Superior a Alunos Carenciados Programa Operacional Capital Humano Eixo Prioritário Prioridade

Leia mais

O Mar no próximo QFP

O Mar no próximo QFP O Mar no próximo QFP 2014-2020 Fórum do Mar José Manuel Fernandes Deputado ao Parlamento Europeu Estratégia Europa 2020 A guia das próximas perspectivas financeiras Estratégia Europa 2020 2020 Crescimento

Leia mais

7. Resumo para os cidadãos

7. Resumo para os cidadãos 7. Resumo para os cidadãos Enquadramento e apresentação do PO O Acordo de Parceria aprovado pela Comissão Europeia (CE) através da Decisão C(2014) 5513 de 30 de julho, definiu as orientações fundamentais

Leia mais

Iniciativa Novas Oportunidades. Julho de Av. 24 de Julho, nº Lisboa Telf.: Fax:

Iniciativa Novas Oportunidades. Julho de Av. 24 de Julho, nº Lisboa Telf.: Fax: Iniciativa Novas Oportunidades Julho de 2010 1 Índice A. Iniciativa Novas Oportunidades...3 B. A rede nacional de Centros Novas Oportunidades...4 C. Protocolos de cooperação no âmbito da Iniciativa Novas

Leia mais

[DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO]

[DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO] [DINÂMICAS REGIONAIS NA REGIÃO CENTRO] INDICADOR REGIONAL DE LISBOA LISBON INDEX A Comissão Europeia (CE) divulgou recentemente os resultados de um novo índice que produziu o Indicador Regional de Lisboa

Leia mais

Portugal Orientação para resultados e sistemas estatísticos

Portugal Orientação para resultados e sistemas estatísticos Portugal 2020. Orientação para resultados e sistemas estatísticos Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão SPEBT/CSE, 18 de março de 2015 Tópicos: 1. Matriz estratégica e operacional

Leia mais

Convite Público. Convite nº: Centro-EDU Eixo 3 Coesão Local e Urbana

Convite Público. Convite nº: Centro-EDU Eixo 3 Coesão Local e Urbana Convite Público Eixo 3 Coesão Local e Urbana Regulamento Específico Requalificação da Rede Escolar do 1º Ciclo do Ensino Básico e da Educação Pré-escolar Convite nº: Centro-EDU-2014-20 1 Nos termos do

Leia mais

TEMA I. A POPULAÇÃO, UTILIZADORA DE RECURSOS E ORGANIZADORA DE ESPAÇOS

TEMA I. A POPULAÇÃO, UTILIZADORA DE RECURSOS E ORGANIZADORA DE ESPAÇOS 1.1. A população: evolução e diferenças regionais 1.1.1. A evolução da população na 2ª metade do século XX Preparação para exame nacional Geografia A 1/8 Síntese: Evolução demográfica da população portuguesa

Leia mais

Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM. Junho de 2012

Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM. Junho de 2012 Apresentação das conclusões principais do relatório de avaliação contínua de 2011 Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM Junho de 2012 Estrutura da Apresentação Síntese da implementação do programa

Leia mais

Plano de formação do IEFP. 2007

Plano de formação do IEFP. 2007 APRENDIZAGEM Formação Inicial com Certificação Escolar e Profissional Estes cursos, com duração aproximada de 3 anos, desenvolvem-se em alternância, entre um Centro de Formação Profissional e uma empresa,

Leia mais

Área Metropolitana do. Porto Programa Territorial de Desenvolvimento

Área Metropolitana do. Porto Programa Territorial de Desenvolvimento Área Metropolitana do Porto 2007-2013 Programa Territorial de Desenvolvimento Promoção da Mobilidade Urbana: Variantes a centros urbanos; Planos de Mobilidade Urbana Sustentável Aviso de Abertura de Concurso

Leia mais

Évora, 30 de Novembro de PROFISSIONAIS TeSP. POCH 1

Évora, 30 de Novembro de PROFISSIONAIS TeSP. POCH 1 CURSOS TÉCNICOS T SUPERIORES PROFISSIONAIS TeSP Évora, 30 de Novembro de 2015 POCH 1 www.poch.portugal2020.pt Agenda O Portugal 2020 no contexto dos desafios da educação e formação O financiamento dos

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E RESPETIVA METODOLOGIA DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA aprovados através de processo de consulta escrita concluído a 13 de Maio de 2015 METODOLOGIA E CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DA ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.12.2014 C(2014) 10188 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 18.12.2014 que aprova determinados elementos do «Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020» do apoio

Leia mais

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais. Aviso - ALG

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais. Aviso - ALG Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos Acções Materiais Aviso - ALG-36-2010-01 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Prevenção e Gestão

Leia mais

QUE MEIOS FINANCEIROS?

QUE MEIOS FINANCEIROS? QUE MEIOS FINANCEIROS? PARA A CONSERVAÇÃO DA NATUREZA ATRAVÉS DO PO SEUR? HELENA PINHEIRO DE AZEVEDO MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS PARA CONSERVAÇÃO DA NATUREZA E BIODIVERSIDADE 22 JUN 2015 TAPADA DE MAFRA Organização:

Leia mais

AVISO n.º POCH Centros Qualifica

AVISO n.º POCH Centros Qualifica AVISO n.º POCH-70-2017-04 Concurso para apresentação de candidaturas Centros Qualifica Programa Operacional Capital Humano Eixo Prioritário Prioridade de Investimento Objetivo Específico Fundo Estrutural

Leia mais

O Investimento Social no Contexto Internacional

O Investimento Social no Contexto Internacional O Investimento Social no Contexto Internacional 29 de Junho de 2016 III Fórum de Empreendedorismo Social AMP 2020 Investimento Social Prof. Filipe Santos Presidente da Comissão Diretiva PORTUGAL INOVAÇÃO

Leia mais

Eixo Prioritário V Governação e Capacitação Institucional. Sistema de Apoios à Modernização Administrativa (SAMA)

Eixo Prioritário V Governação e Capacitação Institucional. Sistema de Apoios à Modernização Administrativa (SAMA) Eixo Prioritário V Governação e Capacitação Institucional Sistema de Apoios à Modernização Administrativa (SAMA) CONVITE PÚBLICO PRÉVIO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA DE PROGRAMA DE ACÇÃO SAMA/1/2008

Leia mais

Define as orientações fundamentais para a utilização nacional dos fundos comunitários para o período de

Define as orientações fundamentais para a utilização nacional dos fundos comunitários para o período de QREN: Uma oportunidade para potenciar a inovação nas empresas O que é o QREN? Define as orientações fundamentais para a utilização nacional dos fundos comunitários para o período de 2007-2013. As suas

Leia mais

Fenómenos de pobreza e exclusão social no contexto atual Palmela, 6 de dezembro de 2013

Fenómenos de pobreza e exclusão social no contexto atual Palmela, 6 de dezembro de 2013 Fenómenos de pobreza e exclusão social no contexto atual Palmela, 6 de dezembro de 2013 Maria José Domingos Objetivos Sobre a Estratégia 2020 A pobreza e a exclusão social na Europa em números A pobreza

Leia mais

ESCLARECIMENTOS - Avisos n.ºs POISE e POISE

ESCLARECIMENTOS - Avisos n.ºs POISE e POISE ESCLARECIMENTOS - Avisos n.ºs POISE-24-2016-04 e POISE-31-2016-05 - De acordo com os artigos 111.º e 115.º do Regulamento (UE) n.º 1303/2013, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 17 de dezembro, conjugados

Leia mais

Inovação Produtiva PME Qualificação das PME

Inovação Produtiva PME Qualificação das PME Sistema de Incentivos Inovação Empresarial e Empreendedorismo Qualificação das PME Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (I&DT) Inovação Empresarial e Empreendedorismo Qualificação e Internacionalização

Leia mais

Quadro de Avaliação e Responsabilização

Quadro de Avaliação e Responsabilização ANO: Ministério da Educação e Ciência Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P. MISSÃO: A FCT tem por missão apoiar, financiar e avaliar o Sistema Nacional de Investigação e Inovação, desenvolver a cooperação

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO AVISO Nº ALT Sistema de apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO AVISO Nº ALT Sistema de apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO AVISO Nº ALT20 62 2015 10 Sistema de apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (SAMA2020) DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

AMP 2020: uma estratégia inteligente, sustentável e inclusiva Fórum do Empreendedorismo Social

AMP 2020: uma estratégia inteligente, sustentável e inclusiva Fórum do Empreendedorismo Social AMP 2020: uma estratégia inteligente, sustentável e inclusiva Fórum do Empreendedorismo Social Inovação e mudança social no contexto do Norte 2020 Emídio Gomes, Presidente da CCDR-N ccdr-n.pt/norte2020

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 8.2.204 C(204) 076 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 8.2.204 que aprova determinados elementos do programa operacional «Regional dos Açores 204-2020» do apoio do Fundo

Leia mais

Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral

Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral AVISO/CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL REGIONAL 2014-2020 (MADEIRA14-20) EIXO PRIORITÁRIO 7 Promover o Emprego e Apoiar a Mobilidade Laboral PRIORIDADE DE INVESTIMENTO (PI)

Leia mais

Medida Cheque-Formação

Medida Cheque-Formação Medida Cheque-Formação Sofia David CTCV Coimbra 15/10/2015 1 O CTCV como entidade Formadora: Desígnios Apoiar as empresas no Desenvolvimento de Projetos que conduzam ao desenvolvimento de competências

Leia mais

I Simpósio Luso-Alemão sobre a qualificação

I Simpósio Luso-Alemão sobre a qualificação I Simpósio Luso-Alemão sobre a qualificação profissional em Portugal: Oportunidades e desafios SANA Lisboa Hotel A Educação e o Sistema Nacional de Qualificações Gonçalo Xufre Silva Presidente do Conselho

Leia mais

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A

SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A SEMINÁRIO DE LANÇAMENTO PROGRAMA INTERREG V - A MADEIRA-AÇORES-CANÁRIAS 2014-2020 Angra do Heroísmo, 29 janeiro 2016 QUAL O TERRITÓRIO DO ESPAÇO DE COOPERAÇÃO? - As regiões insulares ultraperiféricas de

Leia mais

Lisboa, 25 de novembro de 2011

Lisboa, 25 de novembro de 2011 Lisboa, 25 de novembro de 2011 A reabilitação urbana constitui um fator essencial no desenvolvimento do setor do turismo, enquanto elemento integrante da nossa oferta turística A regeneração urbana estabelece

Leia mais

O papel do QREN na consolidação e qualificação das redes de equipamentos coletivos

O papel do QREN na consolidação e qualificação das redes de equipamentos coletivos O papel do QREN na consolidação e qualificação das redes de equipamentos coletivos Porto, 18 de junho de 2013 Susana Monteiro Núcleo de Estudos e Avaliação Estrutura 1. Diagnóstico 2. Planeamento 3. Monitorização

Leia mais

Mercado de Trabalho da Região Norte Eduardo Pereira

Mercado de Trabalho da Região Norte Eduardo Pereira Mercado de Trabalho da Região Norte Eduardo Pereira 1 a sessão NORTE & PESSOAS 12 MAIO Instituto de Design de Guimarães www.ccdr-n.pt/norte-pessoas O Mercado de Trabalho da Região Norte 1. Da viragem do

Leia mais

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2 Agenda 1 2 3 4 5 6 Breve apresentação do Fundo Europeu de Auxílio Europeu às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC) e do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (PO APMC) O Instituto da Segurança

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 15 de abril de Série. Número 61

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 15 de abril de Série. Número 61 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 15 de abril de 2015 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DO PLANO E FINANÇAS E DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Portaria n.º 82/2015 Regulamento às

Leia mais

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO N.º CENTRO

REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO N.º CENTRO REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DO PROJETO AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS POR CONVITE PI 6.3 PROMOÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL UNESCO AVISO N.º CENTRO-14-2016-14 O Mérito do Projeto (MP) é determinado

Leia mais

AVISO ACORES

AVISO ACORES AVISO ACORES-30-2016-01 Programa Operacional Açores 2020 Convite para apresentação de candidaturas à Tipologia de Operação Programas Ocupacionais de Âmbito Local e ao Serviço à Comunidade Eixo Prioritário

Leia mais