GESTÃO DE IMAGEM CORPORATIVA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO DE IMAGEM CORPORATIVA"

Transcrição

1 GESTÃO DE IMAGEM CORPORATIVA

2 G ESTÃO DE I MAG A reputação de uma empresa pode corresponder a cerca de 40% de seu valor de mercado negócio. Pesquisas de universidades norte-americanas revelaram que o nível de reputação das empresas impacta seu valor de mercado. Segundo essas pesquisas, mudanças mínimas no grau de reputação das empresas resultam em grandes alterações em seu valor de mercado 2. A Importância da Imagem Corporativa A imagem corporativa é o mais valioso bem de uma empresa. A Crise de Imagem Estão vivos na memória dos investidores, trabalhadores e do mercado os casos da Enron, MCI, WorldCom, Qwest, Global Crossing e Tyco International. Segundo pesquisa realizada pela Universidade de Oxford em outubro de 2002, a reputação de uma empresa pode corresponder a cerca de 40% de seu valor de mercado 1. Imagem corporativa é a percepção que os consumidores, fornecedores, empregados, investidores e a comunidade em geral têm sobre uma empresa, sobre sua credibilidade, objetivos, gestão, qualidade de produtos ou serviços e responsabilidade social, entre outros temas. Uma boa imagem corporativa valoriza a empresa. Por outro lado, impactos negativos na imagem corporativa podem gerar danos muitas vezes irreparáveis, podendo até mesmo influir na sobrevivência do A velocidade da disseminação de notícias agrava ainda mais as situações que impactam negativamente a imagem corporativa das empresas. Atualmente, notícias correm o mundo em segundos e podem abalar mercados e economias de países. Nos Estados Unidos, em 2002, dezenas de grandes empresas foram envolvidas em escândalos e tiveram seus problemas expostos, de forma recorrente, pela mídia. No Brasil, problemas ambientais, de gestão e de desempenho financeiro foram os principais motivos de exposição negativa das empresas na mídia. As suspeitas de fraudes, desvios e irregularidades foram o segundo tipo de ocorrência mais freqüente. Em seguida, vieram os recalls, defeitos e ressarcimentos de produtos e serviços 3. 1 Dados colhidos da matéria Estudos tentam avaliar peso da reputação, publicada no jornal O Estado de São Paulo, em 15 de julho de 2003, pela jornalista Rogéria Taragan 2 Dados colhidos no site 3 Dados colhidos no site

3 EM C ORPORATIVA Segundo dados do Institute for Crisis Management, dos Estados Unidos, de todas as crises corporativas registradas naquele país nos anos 90, apenas 15% foram geradas por fatores imprevisíveis. Logo, em 85% dos casos seria possível evitar ou minimizar os efeitos negativos Segundo dados do Institute for Crisis Management, dos Estados Unidos, de todas as crises corporativas registradas naquele país nos anos 90, apenas 15% foram geradas por fatores imprevisíveis. Logo, em 85% dos casos seria possível evitar ou minimizar os efeitos negativos. A Importância do Suporte Jurídico As empresas, em sua grande maioria, ainda não estão preparadas para administrar, com efetividade, crises corporativas que afetem ou possam afetar a sua imagem corporativa. Crises de imagem corporativa existem e existirão, mas são muitas vezes previsíveis e administráveis. Ganharão destaque e valor aquelas empresas que souberem gerenciá-las. O assunto é tão relevante que mereceu um testemunho bastante ilustrativo de Alan Greenspan em um discurso proferido na Universidade de Harvard: no mundo de hoje, onde idéias gradativamente substituem elementos físicos na geração de valor econômico, a competição pela reputação torna-se uma força significativa que impulsiona a economia. Este é, portanto, o novo desafio do mundo corporativo. Como evitar ou minimizar exposições negativas que atinjam a imagem corporativa de uma empresa? A exposição diante de riscos potenciais ou efetivos exige atenção redobrada na condução dos negócios. Administradores, acionistas e empregados devem estar atentos para que a imagem corporativa seja preservada. Uma crise corporativa pode surgir, entre outras circunstâncias, em virtude da instauração de um inquérito (civil ou criminal) para apurar procedimentos da empresa, de seus administradores e/ou de seus empregados, da divulgação de condutas irregulares ou ilícitas de pessoas ligadas à empresa, pela criação de

4 Se a empresa não tiver a correta dimensão das questões jurídicas que permeiam o problema, jamais conseguirá prever, evitar ou gerir uma crise corporativa comissões parlamentares de inquérito, ou de investigações, fiscalizações ou inspeções conduzidas por agências reguladoras ou outras autoridades públicas. Muitas empresas já contam com assessoria de imprensa, que cuida da Imagem Corporativa. Contudo, esse tipo de assessoria, por si só, não basta. A Área de Proteção de Imagem Corporativa de TozziniFreire Advogados Diante dessa realidade e da crescente demanda pelo assunto, decidimos concentrar em uma única área a coordenação de assuntos relacionados à gestão jurídica de imagem corporativa. Com isso, nossos clientes passam a contar com uma equipe fortemente especializada no assunto, reforçando nosso contínuo esforço de proporcionar uma assessoria jurídica cada vez mais abrangente. Shin Jae Kim Darcy Teixeira Junior O aspecto jurídico que envolve uma crise corporativa é, e sempre será, uma questão fundamental. Se a empresa não tiver a correta dimensão das questões jurídicas que permeiam o problema, jamais conseguirá prever, evitar ou gerir uma crise corporativa. Por essa razão, uma assessoria jurídica especializada complementa a assessoria prestada pelos especialistas de imprensa, marketing e comunicação.

5 São Paulo Rio de Janeiro Brasília Porto Alegre Campinas New York

6

REESTRUTURAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS

REESTRUTURAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS REESTRUTURAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS R EESTRUTURAÇÃO E R As crises econômicas experimentadas por diversos países recentemente são o reflexo da nova realidade econômica mundial Cenário A velocidade

Leia mais

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida.

A Dehlicom tem a solução ideal em comunicação para empresas de todos os portes, sob medida. A Dehlicom Soluções em Comunicação é a agência de comunicação integrada que busca divulgar a importância da comunicação empresarial perante as empresas e todos os seus públicos, com atendimento personalizado

Leia mais

COMPLIANCE NO BRASIL

COMPLIANCE NO BRASIL COMPLIANCE NO BRASIL C OMPLIANCE NO A existência de um programa de compliance demonstra comprometimento com a ética e integridade na prática de negócios O Que É Compliance Compliance, termo em inglês muito

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS COMUNICAÇÃO DE RISCO E COORDENAÇÃO DE STAKEHOLDERS NA GESTÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS Outubro, 2014 Agenda... Introdução Comunicação Corporativa & o Risco de Imagem Perfil dos Stakeholders em Áreas Contaminadas

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA

GOVERNANÇA CORPORATIVA GOVERNANÇA CORPORATIVA O que é governança corporativa? Qual o motivo do crescente interesse pela governança corporativa? A quem interessa a governança corporativa? Trata-se de apenas mais um modismo? Francisco

Leia mais

P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros

P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros Favor indicar sua função na empresa: 37% 23% N=30 7% 13% 7% 13% P&D Marketing/Vendas Produção Financeiro/Controladoria RH e área Corporativa Outros Outros: Agrônomo Agrícola Gestão da Qualidade e Meio

Leia mais

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ

Đ ŕňĉòă. g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Đ ŕňĉòă g esſ tã o d e r e d esſ sſo ciaisſ Em todas as empresas há um segredo Na nossa o segredo passa a ser você quem somos? Quando acabarem a licenciatura, o desemprego espera-vos. Enganaram se! Se

Leia mais

CARGOS E FUNÇÕES APEAM

CARGOS E FUNÇÕES APEAM CARGOS E FUNÇÕES APEAM 1. PRESIDÊNCIA A Presidência possui por finalidades a representação oficial e legal da associação, coordenação e integração da Diretoria Executiva, e o acompanhamento, avaliação,

Leia mais

Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa www.migre.com.br Assessoria de Imprensa "Uma notícia em um jornal respeitado vale mais que dez apresentações feitas pelo melhor vendedor da empresa Assessoria de Imprensa A mídia espontânea, mais do que

Leia mais

3º Encontro de. O PAPEL DO RH Coordenação. www.agilis.com.br. www.agilis.com.br. EncRH3-001

3º Encontro de. O PAPEL DO RH Coordenação. www.agilis.com.br. www.agilis.com.br. EncRH3-001 3º Encontro de Profissionais de RH CIDADANIA EMPRESARIAL O PAPEL DO RH Coordenação Francisco Cunha EncRH3-001 CONTEXTO GERAL ATUAL Novo no Mundo Complexidade Informação Tecnologia Conectividade Velhos

Leia mais

6º Congresso Brasileiro de Jornalismo Empresarial, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas

6º Congresso Brasileiro de Jornalismo Empresarial, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas 6º Congresso Brasileiro de Jornalismo Empresarial, Assessoria de Imprensa e Relações Públicas Abril de 2003 O que muda na Comunicação das Empresas com o Mercado com o novo Código Civil SÉRGIO TUFFY SAYEG

Leia mais

O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1

O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1 O Papel dos Meios de Comunicação na Formação da Imagem Empresarial importância do Assessor de Imprensa neste processo 1 Evelyn Nascimento Bastos 2 Palavras-chaves: Meios de Comunicação; Imagem Empresarial;

Leia mais

MEGAINVEST. Código de Ética

MEGAINVEST. Código de Ética Código de Ética Sumário - Do Código de Ética - Filosofia Corporativa - Valores - Do Relacionamento Interno, Externo e Políticas Relacionadas - Exceções ao Código, Sanções e Punições Acreditamos que, no

Leia mais

Código de Ética do IBCO

Código de Ética do IBCO Código de Ética do IBCO Qua, 14 de Novembro de 2007 21:00 O papel do consultor de organização, no desempenho de suas atividades, é o de assistir aos clientes na melhoria do seu desempenho, tanto nos aspectos

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt Compliance Conceitos gerais e Auditoria Objetivos Gerais: Já faz algum tempo que as Auditorias das organizações expandiram muito o escopo de seus trabalhos e a complexidade das suas atividades e, como

Leia mais

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014

ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 ESTATUTO DO COMITÊ DE AUDITORIA DO CONSELHO DIRETOR 23 DE OUTUBRO DE 2014 I. FINALIDADE A finalidade do Comitê de Auditoria da AGCO Corporation (a Empresa ) é auxiliar o Conselho Diretor (o Conselho )

Leia mais

Propaganda para reforçar a identidade, ou melhorar a reputação.

Propaganda para reforçar a identidade, ou melhorar a reputação. PROPAGANDA COPORATIVA O que é? A propaganda corporativa pode ser definida como uso pago da mídia com fins de beneficiar a imagem da empresa como um todo, e não somente de seus produtos ou serviços. Uma

Leia mais

E XPORTAÇÃO. Dica: o dossiê com as informações sobre o produto deve ser preparado antes do contato com o importador.

E XPORTAÇÃO. Dica: o dossiê com as informações sobre o produto deve ser preparado antes do contato com o importador. EXPORTAÇÃO E XPORTAÇÃO Antes de fornecer o preço, é importante analisar os preços de produtos similares praticados no mercado onde está o potencial cliente, exigências técnicas, barreiras tarifárias e

Leia mais

Comunicação Empresarial MANUAL DO CURSO

Comunicação Empresarial MANUAL DO CURSO Comunicação Empresarial MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado 9h às

Leia mais

O que é a Responsabilidade Social Empresarial?

O que é a Responsabilidade Social Empresarial? O que é a Responsabilidade Social Empresarial? 1.5. Campos de acção da RSE Resumo O mundo dos negócios é extremamente heterogéneo. Assim as diferentes abordagens e estratégias sobre responsabilidade compromisso

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1 ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Elaborado por: GT Especial do ABNT/CB-25 Grupo de Aperfeiçoamento do

Leia mais

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa. Oficina de Comunicação Apex-Brasil. O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Assessoria de Imprensa Oficina de Comunicação Apex-Brasil O papel estratégico da Assessoria de Imprensa Relacionamento com a Mídia - Demonstrar o papel das entidades como fonte; - Cultivar postura de credibilidade;

Leia mais

A quem se destina: empresas, ONGs e instituições, personalidades, lideranças, profissionais liberais, CEOs e executivos.

A quem se destina: empresas, ONGs e instituições, personalidades, lideranças, profissionais liberais, CEOs e executivos. 1 REPUTAÇÃO DIGITAL Na era da informação digital, sua reputação não é construída apenas e partir das informações que você disponibiliza. Blogueiros, ativistas, funcionários, clientes e outras pessoas participam

Leia mais

CRA/RN realiza primeira Reunião Plenária de 2014

CRA/RN realiza primeira Reunião Plenária de 2014 Nº 1, Ano II, 24/01/2014 CRA/RN realiza primeira Reunião Plenária de 2014 Realizou-se no último dia 29 de janeiro a primeira Reunião Plenária do CRA/RN em 2014. As reuniões possuem periodicidade mensal

Leia mais

LANÇAMENTO PROGRAMA DE GOVERNANÇA DE ESTATAIS. Discurso do Presidente Leonardo Pereira em 02/04/2015

LANÇAMENTO PROGRAMA DE GOVERNANÇA DE ESTATAIS. Discurso do Presidente Leonardo Pereira em 02/04/2015 LANÇAMENTO PROGRAMA DE GOVERNANÇA DE ESTATAIS Discurso do Presidente Leonardo Pereira em 02/04/2015 Antes de começar, ressalto apenas que as opiniões que estarei expressando aqui hoje refletem a minha

Leia mais

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1

Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 Código de Ética CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 1 CÓDIGO DE ÉTICA GRUPO BONSUCESSO 2 Sumário 1. Introdução...3 2. Postura pessoal e profissional...4 3. Relacionamento com público interno...6 4. Relacionamento

Leia mais

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente:

Entre esses eventos, destacam-se, recentemente: Resumo Com a criação do Ministério do Turismo em 2003, o Brasil passa a ter, pela primeira vez em sua história, um ministério voltado exclusivamente para a atividade turística. A partir de então a Embratur

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara dos Deputados Senhoras e Senhores Deputados.

Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara dos Deputados Senhoras e Senhores Deputados. Excelentíssimo Senhor Presidente da Câmara dos Deputados Senhoras e Senhores Deputados. A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados acaba de dar uma demonstração

Leia mais

Como as empresas estão (ou não) comunicando a RSE

Como as empresas estão (ou não) comunicando a RSE Como as empresas estão (ou não) comunicando a RSE Uma rápida reflexão Ricardo Voltolini/Natal-Agosto07 Melhor começar pelos porquês Alguns porquês Por que as empresas estão comunicando a RSE Se estão comunicando

Leia mais

Código de Ética. PARTE I Relação com o cliente de Consultoria

Código de Ética. PARTE I Relação com o cliente de Consultoria Código de Ética PARTE I Relação com o cliente de Consultoria 1. É essencial que o Consultor estabeleça de inicio com o cliente, de forma clara, os objetivos do trabalho previsto, dos meios a serem utilizados,

Leia mais

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014 A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE Agosto, 2014 Lei Anticorrupção Brasileira: Lei 12.846/2013 Aspectos Gerais: Vigência: Entrou em vigor em 29/01/2014; Será regulamentada. Objetivo: Responsabilizar

Leia mais

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15 Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações São Paulo, 22/09/15 Nossa Agenda 1. Preocupações atuais no ambiente corporativo 2. Gestão de riscos e controles internos 3. Terceiros

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS AS MÍDIAS SOCIAIS SÃO HOJE AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO SOCIAL E DE COMPARTILHAMENTO DE IDEIAS E INFORMAÇÕES. O Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD), sabendo

Leia mais

Comunicação Empresarial

Comunicação Empresarial Comunicação Empresarial MBA em Gestão Empresarial MBA em Logística MBA em Recursos Humanos MBA em Gestão de Marketing Prof. Msc Alice Selles 24/11 Aula inicial apresentação e visão geral do módulo. Proposição

Leia mais

Fazemos a comunicação acontecer

Fazemos a comunicação acontecer Fazemos a comunicação acontecer Quem Somos Somos uma consultora de comunicação que tem como principal objetivo a criação de uma parceria estratégica com as marcas e empresas que representa no sentido de

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Standard Chartered Bank, Brasil Página 1 de 8 ÍNDICE I. OBJETIVO... 3 II. CICLO DE REVISÃO... 3 III. DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 IV. ESTRUTURA DE GOVERNANÇA... 4

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO. 1.1. Objetivo Geral

1. APRESENTAÇÃO. 1.1. Objetivo Geral PRÁTICA 1) TÍTULO FEEDBACK DE INTERAÇÕES CLIENTES E GESTORES REDES SOCIAIS 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: 1. APRESENTAÇÃO O Serviço de Monitoramento em Redes Sociais da Infraero,

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL

A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL A INFLUÊNCIA DA COMUNICAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NO BRASIL Introdução A partir da década de 90 as transformações ocorridas nos aspectos: econômico, político, social, cultural,

Leia mais

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 17, de 02 de junho de 2014.

PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 17, de 02 de junho de 2014. CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRAPP - ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD - ANEFAC APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº 17, de 02 de

Leia mais

::PORTFOLIO PORTFOLIO

::PORTFOLIO PORTFOLIO PORTFOLIO ::PORTFOLIO :: A EMPRESA Cesar e Cesar Sociedade de Advogados, é um escritório de advocacia e de assessoria jurídica formado por uma equipe de profissionais com experiência nas áreas relacionadas

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1 Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Em julho de 2010, entrou em vigor nos Estados Unidos o Dodd Frank Wall Street

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 2/11 Sumário 1. Conceito... 3 2. Objetivo... 3 3. Áreas de aplicação... 3 4. Diretrizes... 4 4.1 Princípios... 4 4.2 Estratégia de e Responsabilidade

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução.

CÓDIGO DE ÉTICA. Introdução. CÓDIGO DE ÉTICA Introdução. Os princípios Éticos que formam a consciência e fundamentam nossa imagem no segmento de recuperação de crédito e Call Center na conduta de nossa imagem sólida e confiável. Este

Leia mais

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL MARÇO, 2015 ÍNDICE OBJETIVO 3 ESCOPO 3 DEFINIÇÕES Risco Inerente 4 DEFINIÇÕES Risco Operacional 4 DEFINIÇÕES Evento de Risco Operacional 4 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES

Leia mais

Viva, viva viva!!! Comentários anônimos Revista Veja

Viva, viva viva!!! Comentários anônimos Revista Veja Comentários anônimos Revista Veja Viva, viva viva!!! Espero que essa CPI seja realmente instaurada, essas organizações estão cheias de dinheiro público, nada explicado. Comentários anônimos Revista Veja

Leia mais

A Segurança consiste na responsabilidade de saber e agir da maneira correta.

A Segurança consiste na responsabilidade de saber e agir da maneira correta. Segurança do Trabalho É o conjunto de medidas que versam sobre condições específicas de instalações do estabelecimento e de suas máquinas visando à garantia do trabalhador contra riscos ambientais e de

Leia mais

CONFERÊNCIA AS RECENTES REFORMAS DO MERCADO LABORAL EM PORTUGAL: PERSPECTIVAS DOS PARCEIROS SOCIAIS 1

CONFERÊNCIA AS RECENTES REFORMAS DO MERCADO LABORAL EM PORTUGAL: PERSPECTIVAS DOS PARCEIROS SOCIAIS 1 CONFERÊNCIA AS RECENTES REFORMAS DO MERCADO LABORAL EM PORTUGAL: PERSPECTIVAS DOS PARCEIROS SOCIAIS 1 A atual conjuntura económica e financeira portuguesa, fortemente marcada pela contração da atividade

Leia mais

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI)

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº xx, de XX de XXXXXX de 2011. EMENTA:

Leia mais

Especialização como exigência do anúncio:

Especialização como exigência do anúncio: Marketing e Igreja. Especialização como exigência do anúncio: Formar profissionais globais; Competitividade do mercado; Nível de conhecimento diferenciado; Imagem, atendimento e valorização do elemento

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS 1. Introdução A presente Política, aplicável à WEG S/A e todas as suas controladas, representa uma síntese das diretrizes existentes na

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO MAGNA INTERNATIONAL INC. DIRETRIZ SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO Oferecer ou receber presentes e entretenimento é muitas vezes uma

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária I. Introdução à Administração Financeira

Administração Financeira e Orçamentária I. Introdução à Administração Financeira Administração Financeira e Orçamentária I Introdução à Administração Financeira Conteúdo O Campo das Finanças A Função Financeira na Empresa As Funções do Administrador Financeiro O Objetivo da Empresa

Leia mais

MENSAGEM CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

MENSAGEM CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO MENSAGEM O Código de Ética do Banco do Brasil vem reafirmar a contínua valorização dos preceitos éticos existentes na cultura da Organização, reconhecidos pela comunidade. Nasce da realidade da Empresa,

Leia mais

Garrastazu Advogados

Garrastazu Advogados PROGRAMA DE INTEGRIDADE CORPORATIVA Garrastazu Advogados Constituída a partir de uma história profissional de trinta e cinco anos de experiência na advocacia, a Garrastazu Advogados foi criada em 1999

Leia mais

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos

Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Entrevista: Gart Capote ABPMP Brasil Precisamos de exemplos positivos Publicado em 25 de junho de 2013 por Itamar Pelizzaro Gart Capote, presidente da ABPMP Association of Business Process Management Professionals

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

1.4. Seu conteúdo e aprovação são de responsabilidade da Comissão de Certificação de Correspondentes do Instituto Totum.

1.4. Seu conteúdo e aprovação são de responsabilidade da Comissão de Certificação de Correspondentes do Instituto Totum. 1. 1.1. O referente à Certificação de Correspondentes no País Modalidade Transacional (chamado a partir de agora de ), tem por base a legislação que rege a atuação dos correspondentes no País, pela atuação

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

RELATÓRIO DE CONTROLES INTERNOS 1º SEMESTRE/2009

RELATÓRIO DE CONTROLES INTERNOS 1º SEMESTRE/2009 RELATÓRIO DE CONTROLES INTERNOS 1º SEMESTRE/2009 I. INTRODUÇÃO O mundo corporativo tem demonstrado muito interesse nos aspectos que se relacionam à adoção de metodologias de controles internos, motivado

Leia mais

Política Integrada de Saúde, Meio Ambiente e Segurança - SMS

Política Integrada de Saúde, Meio Ambiente e Segurança - SMS Política Integrada de Saúde, Meio Ambiente e Segurança - SMS anos 1. OBJETIVO Este documento tem a finalidade de estabelecer diretrizes para a Política Integrada de Saúde, Meio Ambiente e Segurança (SMS)

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Sócio Administrador (Pessoa Física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros indenizados durante a vigência

Leia mais

DIAGNÓSTICO PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NAS EMPRESAS DOS AÇORES

DIAGNÓSTICO PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NAS EMPRESAS DOS AÇORES APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS DIAGNÓSTICO PRÁTICAS DE RESPONSABILIDADE SOCIAL NAS EMPRESAS DOS AÇORES JUNHO DE 2012 CENTRO ESTUDOS NATÁLIA CORREIA PONTA DELGADA CATARINA BORGES AGRADECIMENTOS SECRETARIA REGIONAL

Leia mais

g r u p O p o n t o i n i c i a l d a c o m u n i c a ç ã o.

g r u p O p o n t o i n i c i a l d a c o m u n i c a ç ã o. g r u p O p o n t o i n i c i a l d a c o m u n i c a ç ã o. GRUPO ZERO No mercado publicitário desde 2000, o Grupo Zero tem forte atuação no Paraná, São Paulo e Santa Catarina. Durante todos esses anos

Leia mais

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento.

Apresentação. Após a leitura, o colaborador deve atestar que se compromete a respeitar os padrões estabelecidos nesse documento. CÓDIGO DE ÉTICA 1 2 3 Apresentação Apresentamos a todos o Código de Ética do Banco A.J Renner S.A. Este código contém as orientações que devem ser seguidas individual e coletivamente na busca pela excelência

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE 1 ORIENTAÇÕES PARA A SELEÇÃO E CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA, TREINAMENTO E CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE (D.O 01 revisão 05, de 22 de março de 2011) 2 SUMÁRIO PARTE I INTRODUÇÃO

Leia mais

SERVIÇOS DE ASSESSORIA JURÍDICA

SERVIÇOS DE ASSESSORIA JURÍDICA Serviços de Assessoria Jurídica Internet e Transações Comerciais Online Transações Estratégicas e Financiamentos de Capital Tecnologia e Serviços em Nuvem Startups e Empresas em Crescimento SERVIÇOS DE

Leia mais

COMPLIANCE RICARDO BREIER PRIVADO. Advogados Associados. breier.adv.br

COMPLIANCE RICARDO BREIER PRIVADO. Advogados Associados. breier.adv.br COMPLIANCE PRIVADO RICARDO BREIER Escritório Vinculado ao Conselho Consultivo do International Center of Economic Penal Studies (ICEPS), em New York. Advogados Associados breier.adv.br RICARDO BREIER Advogados

Leia mais

I Seminário Comunicação Pública

I Seminário Comunicação Pública I Seminário Comunicação Pública Câmara de Vereadores Belo Horizonte Davi Emerich Diretor da Secretaria de Comunicação do Senado Federal A comunicação público-institucional, como entendemos, é recente no

Leia mais

ASPECTOS PRÁTICOS DE PLANEJAMENTO PATRIMONIAL/SUCESSÓRIO APLICADOS AO AGRONEGÓCIO

ASPECTOS PRÁTICOS DE PLANEJAMENTO PATRIMONIAL/SUCESSÓRIO APLICADOS AO AGRONEGÓCIO ASPECTOS PRÁTICOS DE PLANEJAMENTO PATRIMONIAL/SUCESSÓRIO APLICADOS AO AGRONEGÓCIO * Pedro Paulo Moreira Rodrigues 1 INTRODUÇÃO Após passar a vida se dedicando ao desenvolvimento de seus negócios e à formação

Leia mais

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 A pequena empresa é um mercado massivo em importante crescimento, que alcançou uma maturidade em termos de oportunidade

Leia mais

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS

MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS MANUAL DE CONDUTA EM REDES SOCIAIS AS MÍDIAS SOCIAIS SÃO HOJE AS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE INTERAÇÃO SOCIAL E DE COMPARTILHAMENTO DE IDEIAS E INFORMAÇÕES. O Sistema de Saúde Mãe de Deus (SSMD), sabendo

Leia mais

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity Desenvolvimento de Marcas Fortes Criação de Brand Equity 1. O que é brand equity? Equity significa valor/patrimônio. Brand equity = valor da marca/patrimônio de marca. A American Marketing Association

Leia mais

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing.

Comunicação social Jornalismo, Relações Públicas, Assessoria e Comunicação de Marketing. Comunicação social Comunicação social A Comunicação Social é um campo de conhecimento académico que estuda a comunicação humana e as questões que envolvem a interação entre os sujeitos em sociedade. Os

Leia mais

Plano de Comunicação: parte essencial na Gestão de Crises. Mario Luiz do Nascimento Oliveira

Plano de Comunicação: parte essencial na Gestão de Crises. Mario Luiz do Nascimento Oliveira Plano de Comunicação: parte essencial na Gestão de Crises Mario Luiz do Nascimento Oliveira MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES - TURMA 13 Profª. Nancy Assad Prof. Reinaldo Passadori

Leia mais

SENADO FEDERAL SECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO PÚBLICA. As ONGs na Mídia. O perfil do Terceiro Setor na Imprensa. Estudo elaborado pela SEPOP/SECS

SENADO FEDERAL SECRETARIA DE PESQUISA E OPINIÃO PÚBLICA. As ONGs na Mídia. O perfil do Terceiro Setor na Imprensa. Estudo elaborado pela SEPOP/SECS As ONGs na Mídia O perfil do Terceiro Setor na Imprensa Estudo elaborado pela SEPOP/SECS Brasília, novembro de 2006 1 Apresentação Uma marca forte, com alta credibilidade, boa visibilidade, nítido perfil

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS NA PESQUISA CIENTÍFICA

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS NA PESQUISA CIENTÍFICA MANUAL DE BOAS PRÁTICAS NA PESQUISA CIENTÍFICA BASEADO NO CÓDIGO DE BOAS PRÁTICAS CIENTÍFICAS FAPESP 2012 1. Diretrizes para as atividades científicas Estas diretrizes repousam sobre o princípio geral

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS

MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS MAGAZINE LUIZA S.A. POLÍTICA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS CORPORATIVOS 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes, os princípios e a estrutura a serem considerados no processo de gerenciamento de riscos do Magazine

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO. CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39

Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO. CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39 Sumário Introdução 33 PARTE I RETORNO DE INVESTIMENTOS EM COMUNICAÇÃO: AVALIAÇÃO E MENSURAÇÃO CAPÍTULO l GESTÃO DE MARKETING 39 Modelo Sistêmico 3 Puts 40 Funções Gerenciais do Marketing e da Comunicação

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA

NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA NOTA DE ESCLARECIMENTO DAS LOTERIAS CAIXA As Loterias Caixa, em face de um spam divulgado na internet com informações inverídicas sobre o processo de sorteio e apuração das loterias federais, em especial

Leia mais

Comunicação Empresarial MANUAL DO CANDIDATO. Publicado em 19/01/2011. ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen

Comunicação Empresarial MANUAL DO CANDIDATO. Publicado em 19/01/2011. ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen Comunicação Empresarial MANUAL DO CANDIDATO ESPM - Campus Rodolfo Lima Martensen Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo/SP Informações: Central de Candidatos: (11) 5081-8225 Segunda a sexta -

Leia mais

Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II. Porque Patrocinar?

Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II. Porque Patrocinar? Edição e Lançamento do Livro Fazendo Quitutes II Porque Patrocinar? O principal resultado para a empresa financiadora em investir num projeto de cunho social, é o fortalecimento da sua imagem junto aos

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

2.1. Nesse contexto, o Pronunciamento visa a contribuir para as melhores práticas concernentes:

2.1. Nesse contexto, o Pronunciamento visa a contribuir para as melhores práticas concernentes: CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÃO AO MERCADO (ABRAPP - ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD - ANEFAC APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) Proposta de Texto Final PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

Governança Corporativa ao Alcance de Todos

Governança Corporativa ao Alcance de Todos Autor: Charles Holland* Governança Corporativa ao Alcance de Todos Segundo o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa IBGC, governança corporativa são as práticas e os relacionamentos entre acionistas/quotistas,

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada 5 1. Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1/9 Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo... 3 3. Princípios... 4 4. Diretrizes... 4 4.1. Estrutura de Governança... 4 4.2. Relação com as partes interessadas...

Leia mais

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1

Código de Conduta. Código de Conduta Schindler 1 Código de Conduta Código de Conduta Schindler 1 2 Código de Conduta Schindler Código de Conduta da Schindler Os colaboradores do Grupo Schindler no mundo inteiro devem manter o mais alto padrão de conduta

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Diretor, Conselheiro, CEO, CFO ou cargo Equivalente (pessoa física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

Programa de Compliance

Programa de Compliance Programa de Compliance O que é compliance? Origem: to comply, tradução aproximada: conformidade Em poucas palavras significa observar determinadas normas ou comportar-se de forma a não perturbar a ordem

Leia mais

Manual do Cliente Às vezes é difícil decidir se sua empresa precisa de um serviço profissional de tradução.

Manual do Cliente Às vezes é difícil decidir se sua empresa precisa de um serviço profissional de tradução. Manual do Cliente Às vezes é difícil decidir se sua empresa precisa de um serviço profissional de tradução. Neste guia você vai encontrar informações importantes sobre o que buscar em uma empresa de tradução

Leia mais

Estratégia e inovação. Gestão de Risco. Meio Ambiente, saúde e segurança

Estratégia e inovação. Gestão de Risco. Meio Ambiente, saúde e segurança Favor indicar o departamento no qual opera: 16% 5% Relações externas, Comunicação N=19 79% Estratégia e inovação Gestão de Risco Outros Meio Ambiente, saúde e segurança Outros: Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO FLEXIBILIDADE ÉTICA & RISCOS DE PESSOAS QUAL O PAPEL DO RH? ÉTICA

LEI ANTICORRUPÇÃO FLEXIBILIDADE ÉTICA & RISCOS DE PESSOAS QUAL O PAPEL DO RH? ÉTICA LEI ANTICORRUPÇÃO FLEXIBILIDADE ÉTICA & RISCOS DE PESSOAS QUAL O PAPEL DO RH? 10 REVISTA RI Abril 2014 Dois meses após a entrada em vigor da Lei de Combate à Corrupção (no 12.846), pesquisas de mercado

Leia mais