Colégio Avanço de Ensino Programado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colégio Avanço de Ensino Programado"

Transcrição

1 α Colégio Avanço de Ensino Programado Avaliação Contínua 1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Mário Disciplina: Física Turma: 1ª Série Ensino Médio Nome: Nº: Atividade deverá ser entregue em pasta catálogo. Data da entrega: 21/03/2016 NÃO SERÃO ACEITAS ATIVIDADES VIA OU PEN DRIVE. A resolução dos exercícios deverá ser manuscrita, na própria folha impressa. Utilizar caneta preta ou azul. Esta folha de orientação deve ser anexada como capa. Atenção a data de entrega. Conteúdos trabalhados: Tema Assunto Página Termologia Termômetros 4 Escalas termométricas 5 Calorimetria 23 Calor sensível 23 1º Bimestre Física 1ª Série Ensino Médio de 5

2 1) (PUC-SP) Em determinado dia de janeiro, a temperatura na cidade de São Paulo atingiu a marca de 35 ºC. Caso o termômetro utilizado estivesse graduado na escala Fahrenheit, a indicação seria: a) 31 ºF b) 67 ºF c) 95 ºF d) 104 ºF e) 122 ºF 2) Um termômetro foi graduado segundo uma escala arbitrária X, de tal forma que as temperaturas 10ºX e 80ºX correspondem a 0ºC e 100ºC, respectivamente. A temperatura em X que corresponde a 50ºC é: a) 40ºX b) 45ºX c) 50ºX d) 55ºX e) 60ºX 3) (UE-RJ) Uma temperatura na escala Fahrenheit é indicada por um número que é o dobro daquele pelo qual ela é representada na escala Celsius. Esta temperatura é: a) 160 ºC b) 148 ºC c) 140 ºC d) 130 ºC e) 120 ºC 4) Em Plutão, o planeta (agora classificado como planeta anão) mais afastado do Sol, a temperatura vai a 380 graus abaixo de zero. Embora não se tenha explicitado a escala termométrica utilizada, certamente o texto refere-se a uma temperatura na escala: a) Kelvin. b) Celsius. c) Fahrenheit. d) diferente das anteriores, pois o valor não é compatível com nenhuma das três escalas citadas. 1º Bimestre Física 1ª Série Ensino Médio de 5

3 5) O gráfico representa a relação entre as escalas termométricas lineares X e Y. De acordo com o gráfico, a temperatura de 150ºY corresponde, em graus X, a: a) 90 b) 100 c) 110 d) 113 e) 130 6) A escala de temperatura Fahrenheit foi inventada pelo cientista alemão Daniel Gabriel Fahrenheit ( ). Ele teria usado para 0 F a temperatura do dia mais frio de 1727, na Islândia, marcada por um amigo e para 100 F a temperatura do corpo da sua esposa, num determinado dia. Se isso é verdade, então: a) no ano de 1727, na Islândia, a temperatura atingiu marcas inferiores a -20 C; b) no ano de 1727, na Islândia, a temperatura não atingiu marcas inferiores a -10 C; c) nesse dia, a sua esposa estava com febre; d) nesse dia, a sua esposa estava com a temperatura inferior à normal (37 C); e) é impossível, pois 100 F corresponde a uma temperatura superior à máxima possível para o ser humano. 7) (FATEC-SP) Calor é a energia que se transfere de um corpo para outro, em determinada condição. Para esta transferência de energia, é necessário que: a) entre os corpos exista vácuo. b) entre os corpos exista contato mecânico rígido. c) entre os corpos exista ar ou um gás qualquer. d) entre os corpos exista uma diferença de temperatura. e) nenhuma das anteriores. 1º Bimestre Física 1ª Série Ensino Médio de 5

4 8) (PUCCamp-SP) Sobre o conceito de calor, pode-se afirmar que se trata de uma: a) medida da temperatura do sistema. b) forma de energia em trânsito. c) substância fluida. d) quantidade relacionada com o atrito. e) energia que os corpos possuem. 9) (PUC) Quando passamos álcool na pele, sentimos que ela esfria naquele local. Isso se deve ao fato de o álcool: a) ser normalmente mais frio que a pele. b) ser normalmente mais frio que o ar. c) absorver o calor da pele para evaporar-se. d) ser um isolante térmico. e) ter baixa densidade. 10) (PUC) A água do mar junto à praia não acompanha rapidamente a variação de temperatura que pode ocorrer na atmosfera. Isso acontece porque: a) o volume da água do mar é muito grande. b) o calor específico da água é grande. c) o calor latente da água é pequeno. d) o calor sensível da água é grande. e) a capacidade térmica da água é pequena. 11) (FUVEST-SP) A temperatura do corpo humano é cerca de 36,5 ºC. Uma pessoa toma um litro de água a 10 ºC. A energia absorvida pela água é: a) cal. b) cal. c) cal. d) cal. e) cal. 12) (UE-CE) Cedem-se 684 cal a 200 g de ferro à temperatura de 10 ºC. Sabendo-se que o calor específico do ferro vale 0,114 cal/g ºC, concluímos que a temperatura final do ferro será: a) 10 ºC. b) 20 ºC. c) 30 ºC. d) 40 ºC. e) 50 C. 1º Bimestre Física 1ª Série Ensino Médio de 5

5 13) Em uma manhã de céu azul, um banhista na praia observa que a areia está muito quente e a água do mar está muito fria. À noite, esse mesmo banhista observa que a areia da praia está fira e a água do mar está morna. O fenômeno observado deve-se ao fato de que: a) a densidade da água do mar é menor que a da areia. b) o calor específico da areia é menor que o calor específico da água. c) o coeficiente de dilatação térmica da água é maior que o coeficiente de dilatação térmica da areia. d) o calor contido na areia, à noite, propaga-se para a água do mar. e) a agitação da água do mar retarda seu resfriamento. 14) Durante o eclipse, em uma das cidades na zona de totalidade, Criciúma-SC, ocorreu uma queda de temperatura de 8,0ºC. (Zero Horas 04/11/1994) Sabendo que o calor específico sensível da água é 1,0 cal/gºc, a quantidade de calor liberada por 1000g de água, ao reduzir sua temperatura de 8,0ºC, em cal, é: a) 8,0 b) 125 c) 4000 d) 8000 e) ) A tabela abaixo apresenta a massa m de cinco objetos de metal, com seus respectivos calores específicos sensíveis c. METAL c(cal/gºc) m(g) Alumínio 0, Ferro 0, Cobre 0, Prata 0, Chumbo 0, O objeto que tem maior capacidade térmica é o de: a) alumínio b) ferro c) chumbo d) prata e) cobre 1º Bimestre Física 1ª Série Ensino Médio de 5

QUESTÕES GERAIS DE FÍSICA TÉRMICA

QUESTÕES GERAIS DE FÍSICA TÉRMICA QUESTÕES GERAIS DE FÍSICA TÉRMICA 01. (ITA) - O verão de 1994 foi particularmente quente nos Estados Unidos da América. A diferença entre a máxima temperatura do verão e a mínima do inverno anterior foi

Leia mais

Colégio Dominus Vivendi Professor Anderson Lista de exercícios 2º ano (REC)

Colégio Dominus Vivendi Professor Anderson Lista de exercícios 2º ano (REC) Colégio Dominus Vivendi Professor Anderson Lista de exercícios 2º ano (REC) 1-(Mackenzie-SP) Numa cidade da Europa, no decorrer de um ano, a temperatura mais baixa no inverno foi de 23 ºF e a mais alta

Leia mais

3. Existe uma temperatura que tem o mesmo valor na escala Celsius e na escala Fahrenheit. Qual é essa temperatura?

3. Existe uma temperatura que tem o mesmo valor na escala Celsius e na escala Fahrenheit. Qual é essa temperatura? FÍSICA CARLOS (A) 1. Maria usou um livro de receitas para fazer um bolo de fubá. Mas, ao fazer a tradução do livro do inglês para o português, a temperatura permaneceu em Fahrenheit (ºF). A receita disse

Leia mais

Termometria Marcel Becali Tononi

Termometria Marcel Becali Tononi Termometria Marcel Becali Tononi 01] (FATEC 2001) Em um laboratório um cientista determinou a temperatura de uma substância. Considerando-se as temperaturas: -100K; 32 F; -290 C; -250 C, Os possíveis valores

Leia mais

O QUE É TERMOMETRIA E TEMPERATURA??

O QUE É TERMOMETRIA E TEMPERATURA?? TERMOMETRIA O QUE É TERMOMETRIA E TEMPERATURA?? Termometria: Área específica da Termodinâmica que estuda a temperatura e suas diferentes escalas usadas pelo mundo Temperatura: Parâmetro termométrico que

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: Física Série: 2ª Professor (a): Marcos Vinicius Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

CALORIMETRIA E TERMOLOGIA

CALORIMETRIA E TERMOLOGIA CALORIMETRIA E TERMOLOGIA CALORIMETRIA Calor É a transferência de energia de um corpo para outro, decorrente da diferença de temperatura entre eles. quente Fluxo de calor frio BTU = British Thermal Unit

Leia mais

NOME: TURMA: 33AA / 33IA / 33MA Nº PROFESSOR: ELIO ASSALIN TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA (VALOR DE 2,0 PONTOS) NOTA:

NOME: TURMA: 33AA / 33IA / 33MA Nº PROFESSOR: ELIO ASSALIN TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA (VALOR DE 2,0 PONTOS) NOTA: NOME: TURMA: 33AA / 33IA / 33MA Nº PROFESSOR: ELIO ASSALIN TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA (VALOR DE 2,0 PONTOS) NOTA: Questões do 1 bimestre: Conteúdo: Escalas termométricas, conversão de temperatura

Leia mais

Testes gerais

Testes gerais Testes gerais Termometria. Em uma escala termométrica arbitrária A, atribui-se 0ºA à temperatura de fusão do gelo e 20ºA à temperatura de ebulição da água. Quando a temperatura for de 20ºC, na escala A,

Leia mais

Uma Escola Pensando em Você Aluno(a): nº Série: 2 col C Disciplina: Física. Ensino: Médio Professor: Renato Data:, de 2010

Uma Escola Pensando em Você Aluno(a): nº Série: 2 col C Disciplina: Física. Ensino: Médio Professor: Renato Data:, de 2010 Uma Escola Pensando em Você luno(a): nº Série: 2 col C Disciplina: Física Ensino: Médio Professor: Renato Data:, de 21 Trabalho de Recuperação de Física (1º e 2 imestres) Instruções: 1. O trabalho deverá

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Departamento de Estudos Básicos e Instrumentais 3 Termologia Física II Prof. Roberto Claudino Ferreira Prof. Roberto Claudino 1 ÍNDICE 1. Conceitos Fundamentais;

Leia mais

CPOG. Prof. Felipe Cardoso. Escalas Termométricas Dilatação Calorimetria

CPOG. Prof. Felipe Cardoso. Escalas Termométricas Dilatação Calorimetria AULA DO CPOG Prof. Felipe Cardoso Escalas Termométricas Dilatação Calorimetria Escalas termométricas Em um gráfico Relações de variação Petrobras maio 2010 TO prova 35 Petrobras 2010 TO prova 40 Petrobras

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho Bimestral 1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Cintia Disciplina: Química Turma: 3ª Série Médio Nome: Nº: Atividade deverá ser entregue em pasta

Leia mais

Lista 6 Exercícios de Calorimetria

Lista 6 Exercícios de Calorimetria Lista 6 Exercícios de Calorimetria 1 (FMU) A temperatura durante a mudança de estado, para uma dada substância, a) é sempre maior que zero b) é sempre menor que zero c) varia conforme o estado de agregação

Leia mais

TERMOLOGIA. Calorimetria:

TERMOLOGIA. Calorimetria: TERMOLOGIA Calorimetria: Calor: é energia térmica em trânsito. Ela ocorre sempre entre dois corpos com temperaturas diferentes. O corpo com temperatura maior sede espontaneamente calor para o corpo que

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO DEMÉTRIO RIBEIRO TERMOMETRIA. Física 2º ano Prof. Thales F. Machado

ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO DEMÉTRIO RIBEIRO TERMOMETRIA. Física 2º ano Prof. Thales F. Machado ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO DEMÉTRIO RIBEIRO TERMOMETRIA Física 2º ano Prof. Thales F. Machado 2015 Termo + metria Temperatura Medida Ramo da Termologia voltado para o estudo da temperatura, dos termômetros

Leia mais

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 37 Comparando os calores específicos da água e da areia

AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 37 Comparando os calores específicos da água e da areia AULA PRÁTICA DE QUÍMICA GERAL Estudando a água parte 37 Comparando os calores específicos da água e da areia 9º NO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 1º ANO DO ENSINO MÉDIO INTRODUÇÃO Uma das propriedades mais importantes

Leia mais

CELSIUS, TEMPERATURA E CALOR PARTE 2. CONTEÚDO Calor Capacidade térmica Calor específico

CELSIUS, TEMPERATURA E CALOR PARTE 2. CONTEÚDO Calor Capacidade térmica Calor específico CELSIUS, TEMPERATURA E CALOR PARTE 2 CONTEÚDO Calor Capacidade térmica Calor específico AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS No capítulo anterior deste material didático refletimos sobre o conceito de temperatura

Leia mais

Prof. Paulo Henrique Muel er Biologia e Ciências Naturais TERMOLOGIA

Prof. Paulo Henrique Muel er Biologia e Ciências Naturais TERMOLOGIA TERMOLOGIA Introdução Todos os corpos são constituídos por partículas que estão sempre em movimento. Esse movimento é denominado energia interna do corpo. O nível de energia interna de um corpo depende

Leia mais

Lista de exercícios Turma 1241 (2º semestre)

Lista de exercícios Turma 1241 (2º semestre) Lista de exercícios Turma 1241 (2º semestre) Experimento 1: Sensação térmica Coloque três bacias sobre a mesa. Numa delas coloque água gelada, em outra coloque água quente (mas não fervente para evitar

Leia mais

IFSP - Pirituba Prof. Renato Pugliese renatopugliese.wordpress.com. Curso Preparatório para o ENEM (frente 2) 2º semestre de 2016

IFSP - Pirituba Prof. Renato Pugliese renatopugliese.wordpress.com. Curso Preparatório para o ENEM (frente 2) 2º semestre de 2016 IFSP - Pirituba Prof. Renato Pugliese renatopugliese.wordpress.com Curso Preparatório para o ENEM (frente 2) 2º semestre de 2016 Aula 1 - Temperatura e Equilíbrio térmico; Escalas Apresentação - Professor

Leia mais

9. (Uel 95) Uma escala de temperatura arbitrária X está relacionada com a escala Celsius, conforme o gráfico a seguir.

9. (Uel 95) Uma escala de temperatura arbitrária X está relacionada com a escala Celsius, conforme o gráfico a seguir. 1. (G1) Em uma determinada escala arbitrária o ponto de congelamento da água é de 10 unidades, enquanto que o ponto de ebulição é de 210 unidades. Todas as medidas feitas ao nível do mar. Qual é a temperatura

Leia mais

Aluno(a) Nº Série: 1ª Ensino Médio Turma 1ª Unidade Disciplina: FÍSICA Data / /. Professor(a) : Antônio Barreto Ass. Resp. : 1ªLISTA DE APROFUNDAMENTO

Aluno(a) Nº Série: 1ª Ensino Médio Turma 1ª Unidade Disciplina: FÍSICA Data / /. Professor(a) : Antônio Barreto Ass. Resp. : 1ªLISTA DE APROFUNDAMENTO csjose@csjose.com.br Aluno(a) Nº Série: 1ª Ensino Médio Turma 1ª Unidade Disciplina: FÍSICA Data / /. Professor(a) : Antônio Barreto Ass. Resp. : O S e n h o r t e a b e n ç o e e t e g u a r d e v o l

Leia mais

Professor Marcel Becali Tononi. Física. Termologia Óptica Ondas.

Professor Marcel Becali Tononi. Física. Termologia Óptica Ondas. Professor Marcel Becali Tononi Física Termologia Óptica Ondas www.becali.com.br TERMOLOGIA É a parte da física que estuda os fenômenos relativos ao aquecimento, ao resfriamento ou às mudanças de estado

Leia mais

TERMOLOGIA. Calorimetria:

TERMOLOGIA. Calorimetria: TERMOLOGIA Calorimetria: Calor: é energia térmica em trânsito. Ela ocorre sempre entre dois corpos com temperaturas diferentes. O corpo com temperatura maior sede espontaneamente calor para o corpo que

Leia mais

Termometria. Temperatura

Termometria. Temperatura Termometria Termometria Temperatura A Física Térmica, também conhecida como Termologia, é a área da Física que investiga os fenômenos relacionados à energia térmica. Dentre esses fenômenos, podemos citar

Leia mais

1ª Aula do cap. 19 Termologia

1ª Aula do cap. 19 Termologia 1ª Aula do cap. 19 Termologia T e m p e r a t u r a O valor da temperatura está associada ao nível de agitação das partículas de um corpo. A temperatura é uma medida da agitação térmica das partículas

Leia mais

CALORIMETRIA Calor. CALORIMETRIA Potência ou Fluxo de Calor

CALORIMETRIA Calor. CALORIMETRIA Potência ou Fluxo de Calor CALORIMETRIA Calor É a transferência de energia de um corpo para outro, decorrente da diferença de temperatura entre eles. quente frio Unidades de calor 1 cal = 4,186 J (no SI) 1 kcal = 1000 cal Fluxo

Leia mais

Física Experimental - Termodinâmica - Conjunto para termodinâmica - EQ054

Física Experimental - Termodinâmica - Conjunto para termodinâmica - EQ054 Índice Remissivo... 4 Abertura... 6 Guarantee / Garantia... 7 Certificado de Garantia Internacional... 7 As instruções identificadas no canto superior direito da página pelos números que se iniciam pelos

Leia mais

Capitulo-4 Calor e Temperatura

Capitulo-4 Calor e Temperatura Capitulo-4 Calor e Temperatura www.plantaofisica.blogspot.com.br 1 Resumo de aula: Termometria. 1- Temperatura Termometria é a parte da física que se preocupa unicamente em formas de se medir a temperatura

Leia mais

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) FÍSICA MATÉRIA A SER ESTUDADA VOLUME CAPÍTULO ASSUNTO 5 16 Hidrostática II 5 18 Introdução à termometria 5 18 Dilatação térmica dos sólidos 6 20 Calorimetria

Leia mais

Cap 18 (8 a edição) Temperatura, Calor e Primeira lei da termodinâmica

Cap 18 (8 a edição) Temperatura, Calor e Primeira lei da termodinâmica Termodinâmica: estuda a energia térmica. Cap 18 (8 a edição) Temperatura, Calor e Primeira lei da termodinâmica O que é temperatura: mede o grau de agitação das moléculas. Um pedaço de metal a 10 o C e

Leia mais

Vestibulares da UFPB Provas de Física de 94 até 98 Prof. Romero Tavares Fone: (083) Termologia

Vestibulares da UFPB Provas de Física de 94 até 98 Prof. Romero Tavares Fone: (083) Termologia Prof. Romero avares Fone: (08)5-869 ermologia UFPB/98. 80g de uma substância, inicialmente na fase sólida, recebem calor. O gráfico da temperatura em função do calor recebido Q é dado ao lado. O calor

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho Bimestral 1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Matemática Turma: 1ª Série E. Médio Nome: Nº: Atividade deverá ser entregue em

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº CALORIMETRIA: Calor Sensível 1. (Uel 2012) O homem utiliza o fogo para moldar os mais diversos utensílios. Por

Leia mais

a) 100 C b) 205 C c) 233 C d) 305 C e) 316 C

a) 100 C b) 205 C c) 233 C d) 305 C e) 316 C Imperatriz, de de 2016 Aluno(a): Nº Série: 2º ANO Turma: Turno: [ ] MAT [ ] VESP Educar Evangelizando e Evangelizar Educando Professor: CHALEILSON ATIVIDADE DE FÍSICA NOTA: Questão 01 - (UNICAMP SP) Em

Leia mais

SUMÁRIO FÍSICA TEMPERATURA E CALOR 3 CELSIUS E FAHRENHEIT 5 KELVIN E CELSIUS 6 EXERCÍCIOS DE COMBATE 8 GABARITO 13

SUMÁRIO FÍSICA TEMPERATURA E CALOR 3 CELSIUS E FAHRENHEIT 5 KELVIN E CELSIUS 6 EXERCÍCIOS DE COMBATE 8 GABARITO 13 SUMÁRIO TEMPERATURA E CALOR 3 CELSIUS E FAHRENHEIT 5 KELVIN E CELSIUS 6 EXERCÍCIOS DE COMBATE 8 GABARITO 13 2 TEMPERATURA E CALOR Vamos iniciar nossos estudos com a diferenciação dessas duas grandezas

Leia mais

Termologia: Calorimetria

Termologia: Calorimetria Termologia: Calorimetria Física_9 EF Profa. Kelly Pascoalino Nesta aula: Temperatura x Calor; Processos de propagação de calor; Calor específico; Calor Latente e mudanças de estado. TEMPERATURA X CALOR

Leia mais

Termologia. Em um dia de inverno, a temperatura abaixou de 9 F. Essa variação na escala Celsius seria de: a) 12,7 C b) 5 C c) 9 C d) 12,5 C e) n.r.a.

Termologia. Em um dia de inverno, a temperatura abaixou de 9 F. Essa variação na escala Celsius seria de: a) 12,7 C b) 5 C c) 9 C d) 12,5 C e) n.r.a. 1. Questão Termologia Nas lâmpadas de filamento de tungstênio, a temperatura desse filamento atinge o valor de 2500 C. Determinar o valor dessa temperatura na escala Fahrenheit. a) 2685 F b) 4532 F c)

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA DE RECUPERAÇÃO DE CIÊNCIAS Aluno: Nº Série: 9º Turma: Data: Nota: Professora: Egberto Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL FÍSICA TÉRMICA E DAS RADIAÇÕES. Calor e Temperatura. Professor Elder Latosinski

INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL FÍSICA TÉRMICA E DAS RADIAÇÕES. Calor e Temperatura. Professor Elder Latosinski INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL FÍSICA TÉRMICA E DAS RADIAÇÕES Calor e Temperatura Professor Elder Latosinski INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CURSO DE GESTÃO AMBIENTAL

Leia mais

Prof. Renato. ETEC de Vila Formosa ETEC Prof. Camargo Aranha SESI Carrão. Física 1ª. Série. Aula 1

Prof. Renato. ETEC de Vila Formosa ETEC Prof. Camargo Aranha SESI Carrão. Física 1ª. Série. Aula 1 Aula 1 1. Apresentação (Conhecimento / Reconhecimento) 1.1 Pessoal Nome, Formação, Profissão, Residência... 1.2 Disciplina (Levantamento / Classificação) Física 1ª. Série 2ª. Série 3ª. Série Mecânica /

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 1ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A

PROVA DE FÍSICA 2º ANO - 1ª MENSAL - 1º TRIMESTRE TIPO A PROVA DE ÍIA º ANO - 1ª MENAL - 1º RIMERE IPO A 1) Assinale verdadeiro (V) ou falso (). () alor é a energia interna em trânsito entre dois ou mais corpos devido ao fato de estarem à mesma temperatura.

Leia mais

Professor: Renan Oliveira

Professor: Renan Oliveira Professor: Renan Oliveira Questão 01 - (PUC SP/2016) O Slide, nome dado ao skate futurista, usa levitação magnética para se manter longe do chão e ainda ser capaz de carregar o peso de uma pessoa. É o

Leia mais

2. (Fatec 2003) O gráfico a seguir relaciona as escalas termométricas Celsius e Fahrenheit.

2. (Fatec 2003) O gráfico a seguir relaciona as escalas termométricas Celsius e Fahrenheit. 1. (Ufpe 2006) O gráfico a seguir apresenta a relação entre a temperatura na escala Celsius e a temperatura numa escala termométrica arbitrária X. Calcule a temperatura de fusão do gelo na escala X. Considere

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL NILSON SOCORRO CURSO DE FÍSICA Módulo 1

COLÉGIO ESTADUAL NILSON SOCORRO CURSO DE FÍSICA Módulo 1 CURSO DE FÍSICA Módulo 1 ÍNDICE TERMOMETRIA...2 Equilíbrio térmico...2 Escalas de temperatura...2 Escala Celsius...2 Escala Fahrenheit...2 Escala Kelvin...3 Exercícios de classe...3 Atividades para casa...4

Leia mais

CALORIMETRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES

CALORIMETRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES CALORIMETRIA - EXERCÍCIOS E TESTES DE VESTIBULARES 1. (UFV-96) Ao derramarmos éter sobre a pele, sentimos uma sensação de resfriamento em conseqüência de: a. o éter penetrar nos poros, congelando imediatamente

Leia mais

Lista de Exercícios - 9º Ano - Física - Prof.: Luis Edmundo (Mundico)

Lista de Exercícios - 9º Ano - Física - Prof.: Luis Edmundo (Mundico) Nome: 1. Um termômetro graduado ou em Celsius, ou em Fahrenheit ou em Kelvin, indica -300. Qual destes termômetros pode ser o correto? Justifique detalhadamente. 2. A temperatura do corpo humano é próxima

Leia mais

Adotando-se o solo como origem dos espaços e orientando a trajetória para cima, do trecho compreendido entre os instantes 0 e 15,0s, vem: s = N Área

Adotando-se o solo como origem dos espaços e orientando a trajetória para cima, do trecho compreendido entre os instantes 0 e 15,0s, vem: s = N Área 46 b FÍSICA Um estudante que se encontrava sentado em uma praça, em frente de um moderno edifício, resolveu observar o movimento de um elevador panorâmico. Após haver efetuado algumas medidas, concluiu

Leia mais

Recursos para Estudo / Atividades

Recursos para Estudo / Atividades Caro educando, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça a lista de exercícios com atenção, ela norteará os seus estudos. Utilize o livro didático adotado pela escola como fonte de estudo. Se

Leia mais

Professor Victor M Lima. Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Escalas Termométricas

Professor Victor M Lima. Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Escalas Termométricas Professor Victor M Lima Enem Ciências da natureza e suas tecnologias Física Escalas Termométricas Escala Celsius Anders Celsius 1701-1744 Ponto de fusão 0 0 C Ponto de ebulição 100 0 C (água) Aurora Boreal

Leia mais

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o Semestre

GOIÂNIA, / / ALUNO(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o Semestre GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Fabrízio Gentil Bueno DISCIPLINA: FÍSICA SÉRIE: 2 o ALUNO(a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem TRABALHO DE RECUPERAÇÃO DE FÍSICA 1 o Semestre 01- (Fac. de Ciências da Saúde

Leia mais

Temperatura, Calor e a Primeira Lei da Termodinâmica

Temperatura, Calor e a Primeira Lei da Termodinâmica Temperatura, Calor e a Primeira Temperatura; A Lei Zero da Termodinâmica; Medindo a Temperatura; Escala Celsius e Fahrenheit; Dilatação Térmica; Temperatura e Calor; Absorção de Calor por Sólidos e Líquidos;

Leia mais

QUESTÕES DE CALORIMETRIA ORGANIZAÇÃO: Prof. Marcelo Caldas Chaves

QUESTÕES DE CALORIMETRIA ORGANIZAÇÃO: Prof. Marcelo Caldas Chaves Questão 01 - (PUC SP/2016) QUESTÕES DE CALORIMETRIA -2016 ORGANIZAÇÃO: Prof. Marcelo Caldas Chaves O Slide, nome dado ao skate futurista, usa levitação magnética para se manter longe do chão e ainda ser

Leia mais

01 Exercícios sobre calorimetria

01 Exercícios sobre calorimetria FÍSICA Termologia Professor Becali 01 Exercícios sobre calorimetria 01. (FUVEST) Um ser humano adulto e saudável consome, em média, uma potência de 120J/s. Uma caloria alimentar (1kcal) corresponde, aproximadamente,

Leia mais

Prof. Renato M. Pugliese. EME Prof. Vicente Bastos SESI Vila Carrão - CE379. Física 2º ano Aula 1. Apresentação

Prof. Renato M. Pugliese. EME Prof. Vicente Bastos SESI Vila Carrão - CE379. Física 2º ano Aula 1. Apresentação Aula 1 Apresentação 1. Recepção à escola. 2. Pessoal Nome, Formação, Profissão, Residência... 3. Disciplina (Levantamento / Classificação) Física 1º ano 2º ano 3º ano Mecânica / Astronomia / Gravitação

Leia mais

Calorimetria - Quantidade de calor - Calor especifico - Capacidade térmica - Mudanças de fase da substância

Calorimetria - Quantidade de calor - Calor especifico - Capacidade térmica - Mudanças de fase da substância ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO PARA ATENDIMENTO DA PROGRESSÃO PARCIAL ESTUDOS INDEPENDENTES- 1º e 2º SEMESTRE RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ANO

Leia mais

Termometria. Página a) 44 F. b) 58 F. c) 64 F. d) 77 F. e) 86 F. M é: e) 0,5

Termometria.  Página a) 44 F. b) 58 F. c) 64 F. d) 77 F. e) 86 F. M é: e) 0,5 Termometria 1. (Uerj 2014) Observe na tabela os valores das temperaturas dos pontos críticos de fusão e de ebulição, respectivamente, do gelo e da água, à pressão de 1 atm, nas escalas Celsius e Kelvin.

Leia mais

FÍSICA BÁSICA II 1º SEMESTRE DE 2015 Professor: Anderson H.R. Ferreira 2º LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE II TERMODINÂMICA (MÓDULO I)

FÍSICA BÁSICA II 1º SEMESTRE DE 2015 Professor: Anderson H.R. Ferreira 2º LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE II TERMODINÂMICA (MÓDULO I) 1 FÍSICA BÁSICA II 1º SEMESTRE DE 2015 Professor: Anderson H.R. Ferreira 2º LISTA DE EXERCÍCIOS Instruções: Tenha sempre em mãos uma Calculadora Científica, pois a mesma será utilizada exaustivamente no

Leia mais

Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção. Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli

Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção. Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli Física Geral e Experimental II Engenharia Ambiental e de Produção Prof. Dr. Aparecido Edilson Morcelli TERMOLOGIA A termologia é uma parte da Física que estuda as diversas manifestações de calor. A parte

Leia mais

Energia: Capacidade de realizar trabalho.

Energia: Capacidade de realizar trabalho. Energia: Capacidade de realizar trabalho. Formas de energia: Matéria: - Cinética (movim. macroscópico, térmica, etc) - Potencial (elétrica, gravitacional, elástica, etc) Tudo que tem massa e ocupa lugar

Leia mais

RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO. Resp. D

RESOLUÇÃO RESOLUÇÃO. Resp. D 10) Antes de medir a temperatura de um paciente, uma enfermeira verifica que o termômetro clínico indica 35 C. Em seguida, usando esse termômetro, ela mede a temperatura do paciente, encontrando o valor

Leia mais

2.1 Breve história da termodinâmica

2.1 Breve história da termodinâmica 2.1 Breve história da termodinâmica TERMODINÂMICA calor força, movimento No início, estudava os processos que permitiam converter calor em trabalho (força e movimento). 2.1 Breve história da termodinâmica

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO (NO PERÍODO DE FÉRIAS ESCOLARES)

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO (NO PERÍODO DE FÉRIAS ESCOLARES) ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO (NO PERÍODO DE FÉRIAS ESCOLARES) ANO 2014/2015 Aline Fernandes, Tatiana, Tadeu Samuel Física PROFESSOR (a) DISCIPLINA

Leia mais

11- Se você andar pela praia numa noite de verão, observará que a areis está mais fria do que a água do mar. Você pode explicar?

11- Se você andar pela praia numa noite de verão, observará que a areis está mais fria do que a água do mar. Você pode explicar? 1-(UFF-RJ) Três corpos, 1, 2 e 3, de mesma massa, mas de materiais diferentes estão inicialmente à mesma temperatura T o. Os corpos recebem a mesma quantidade de calor e atingem temperaturas finais T 1,

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 9º Turma: Data: 02/04/2011 Nota: Professora: Egberto Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN CAMPUS: CURSO: ALUNO:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN CAMPUS: CURSO: ALUNO: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN CAMPUS: CURSO: ALUNO: DISCIPLINA: FÍSICA PROFESSOR: EDSON JOSÉ Lista de exercícios 9 1. Defina o ponto triplo da água e seu valor na escala Kelvin.

Leia mais

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Temperatura, calor e 1ª Lei da Termodinâmica

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Temperatura, calor e 1ª Lei da Termodinâmica Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA Temperatura, calor e 1ª Lei da Termodinâmica Termodinâmica A termodinâmica explica as principais propriedades da matéria e a correlação entre estas propriedades

Leia mais

Termologia: Termometria

Termologia: Termometria Termologia: Termometria Física_9 EF Profa. Kelly Pascoalino Nesta aula: Termologia: introdução; Medição de temperatura e escalas termométricas. TERMOLOGIA: INTRODUÇÃO Termologia é a parte da Física em

Leia mais

PROFESSOR DANILO 2016 POLIEDRO - CEC - ITATIBA

PROFESSOR DANILO 2016 POLIEDRO - CEC - ITATIBA TERMOMETRIA 1. (Unesp 2014) Para testar os conhecimentos de termofísica de seus alunos, o professor propõe um exercício de calorimetria no qual são misturados 100 g de água líquida a 20 C com 200 g de

Leia mais

Física Geral e Experimental III. Exercícios Temperatura e Dilatação

Física Geral e Experimental III. Exercícios Temperatura e Dilatação Física Geral e Experimental III Exercícios Temperatura e Dilatação 1. Em um dia quando a temperatura alcança 50ºF, qual é a temperatura em graus Celsius e Kelvins? R: 10ºC; 283 K. 2. O ouro tem um ponto

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE FÍSICA

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE FÍSICA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE FÍSICA Aluno(a): Nº Ano: 2º Turma: Data: /05/2012 Nota: Professor(a): Jordana Felício Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais:

Leia mais

Fís. Professor: Leo Gomes Monitor: Arthur Vieira. Fís

Fís. Professor: Leo Gomes Monitor: Arthur Vieira. Fís . Semana 19 Professor: Leo Gomes Monitor: Arthur Vieira Exercícios de calorimetria 19 jun EXERCÍCIOS DE AULA 1. (ENEM) Aquecedores solares usados em residências têm o objetivo de elevar a temperatura da

Leia mais

CURSO: Engenharia Civil DISCIPLINA: Tópicos de Física Geral e Experimental PROFº: MSc. Demetrius Leão

CURSO: Engenharia Civil DISCIPLINA: Tópicos de Física Geral e Experimental PROFº: MSc. Demetrius Leão CURSO: Engenharia Civil DISCIPLINA: Tópicos de Física Geral e Experimental PROFº: MSc. Demetrius Leão 1 ACOMPANHE A DISCIPLINA PELA INTERNET Página com as aulas e listas de exercícios: Palavra-chave no

Leia mais

e) 300 k é igual a 26,85 ºC. c) 26,85 K é igual a 300 ºC.

e) 300 k é igual a 26,85 ºC. c) 26,85 K é igual a 300 ºC. Lista 1 Escalas Termométricas 1) Na tabela a seguir, temos os valores das temperaturas dos pontos de fusão e de ebulição do oxigênio, do fenol e do pentano. Quais seriam esses valores na escala kelvin?

Leia mais

TC 1 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo

TC 1 Revisão UECE 1 a. fase Física Prof. João Paulo 1. (IFCE 2011) Um estudante de Física resolveu criar uma nova escala termométrica que se chamou Escala NOVA ou, simplesmente, Escala N. Para isso, o estudante usou os pontos fixos de referência da água:

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS Discorra sobre o conceito de calor.

LISTA DE EXERCÍCIOS Discorra sobre o conceito de calor. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN CAMPUS: CURSO: ALUNO: DISCIPLINA: TERMOLOGIA APLICADA A TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PROFESSOR: EDSON JOSÉ LISTA DE EXERCÍCIOS 3 1. Discorra sobre o

Leia mais

TM362 - Sistemas de Medição 2. Prof. Alessandro Marques.

TM362 - Sistemas de Medição 2. Prof. Alessandro Marques. TM362 - Sistemas de Medição 2 Prof. Alessandro Marques www.metrologia.ufpr.br Medição de temperatura SM 2 Termômetro O primeiro termômetro foi inventado por Galileu no início do século XVII. densidade

Leia mais

CALORIMETRIA (CONTINUAÇÃO)

CALORIMETRIA (CONTINUAÇÃO) CALORIMETRIA (CONTINUAÇÃO) Calor latente Nem toda a troca de calor existente na natureza se detém a modificar a temperatura dos corpos. Em alguns casos há mudança de estado físico destes corpos. Neste

Leia mais

2º ANO - Prof. Patricia Caldana REVISÃO PARA PROVA EAD Tópicos Calor e temperatura Escalas termométricas Calorimetria Dilatação térmica

2º ANO - Prof. Patricia Caldana REVISÃO PARA PROVA EAD Tópicos Calor e temperatura Escalas termométricas Calorimetria Dilatação térmica REVISÃO PARA PROVA EAD Tópicos Calor e temperatura Escalas termométricas Calorimetria Dilatação térmica EXERCÍCIOS DE REVISÃO PROVA EAD 1. Uma certa massa de gás perfeito sofre uma transformação isobárica

Leia mais

Aulas 01 e 02 TEMPERATURA. Frente III

Aulas 01 e 02 TEMPERATURA. Frente III Física Frente III CAPÍTULO 1 TEMPERATURA E DILATAÇÃO TEMPERATURA Aulas 01 e 02 A temperatura está associada ao movimento das partículas, isto é, agitação térmica. Quanto maior o grau de agitação térmica

Leia mais

CONTEÚDO FISICANDO AULA 01 CHARLES THIBES

CONTEÚDO FISICANDO AULA 01 CHARLES THIBES CONTEÚDO Áreas das figuras planas: Notação científica Sistema Internacional de Unidades Termologia Escalas de temperatura Relação entre energia elétrica, potência e tempo Calorimetria Calor sensível e

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências da Natureza Disciplina: Física Ano: 2º - Ensino Médio Professor: Marcelo Caldas Chaves Física Atividades para Estudos Autônomos Data: 6 / 3 / 2017 Aluno(a): N o

Leia mais

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II

Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE FÍSICA II Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Junior Condez Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE FÍSICA II 1) Duas bolas de dimensões desprezíveis se aproximam uma da outra, executando movimentos

Leia mais

CALORIMETRIA. 1 cal = 4,2 J.

CALORIMETRIA. 1 cal = 4,2 J. CALORIMETRIA Setor 1210 Prof. Calil A CALORIMETRIA estuda energia denominada CALOR que vai, de maneira natural, do corpo quente para o corpo frio. Calor não deve ser Calor sensivel confundido com a energia

Leia mais

Resoluções dos exercícios propostos

Resoluções dos exercícios propostos 1 P.1 4 F 32 9 F 99, F 4 F 32 9 99, 32 37, 9 18 18 F 9 F 49 F 32 F 36 F 49 32 4 9 F 72 F ompletando a tabela, temos: elsius Fahrenheit 4 72 F 37, 99, F 18 36 F 4 49 F P.2 Temos: X e F X F Substituindo

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física Processos de Propagação de Calor

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física Processos de Propagação de Calor Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física Processos de Propagação de Calor 1- Transforme: a) 2,5 km= m b) 0,5 m = cm

Leia mais

Dilatação Térmica Aula 4 Allan Calderon

Dilatação Térmica Aula 4 Allan Calderon Dilatação Térmica Aula 4 Allan Calderon Transmissão de calor Def.: O calor é uma forma de energia que se propaga entre dois pontos, devido a uma diferença de temperatura entre eles. Ex.: Efeito estufa:

Leia mais

B) Determine a razão entre o volume submerso e o volume total do bloco nessa temperatura.

B) Determine a razão entre o volume submerso e o volume total do bloco nessa temperatura. lista_6-dilatacao-5 Questão 1 A Lua leva 28 dias para dar uma volta completa ao redor da Terra. Aproximando a órbita como circular, sua distância ao centro da Terra é de cerca de 380 mil quilômetros. A

Leia mais

Dados: calor latente do gelo Lg = 80cal/g, calor específico da água c(h O) = 1,0 cal g C, calor específico do alumínio c(aø) = 0,22 cal g C.

Dados: calor latente do gelo Lg = 80cal/g, calor específico da água c(h O) = 1,0 cal g C, calor específico do alumínio c(aø) = 0,22 cal g C. 1. (Unicamp 95) Numa câmara frigorífica, um bloco de gelo de massa m=8,0kg desliza sobre rampa de madeira da figura a seguir, partindo do repouso, de uma altura h=1,8m. a) Se o atrito entre o gelo e a

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - Calorimetria Mudanças de fase. Pré Universitário Uni-Anhanguera

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - Calorimetria Mudanças de fase. Pré Universitário Uni-Anhanguera Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - Calorimetria Mudanças de fase 01 - (FPS PE) Uma barra de gelo com massa

Leia mais

CONDUÇÃO TÉRMICA. Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio.

CONDUÇÃO TÉRMICA. Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio. PROPAGAÇÃO DE CALOR CONDUÇÃO TÉRMICA Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio. FLUXO DE CALOR (Φ) LEI DE FOURIER Q t (θ 1 > θ

Leia mais

Mecanismos de transferência de calor. Anjo Albuquerque

Mecanismos de transferência de calor. Anjo Albuquerque Mecanismos de transferência de calor 1 Mecanismos de transferência de calor Quando aquecemos uma cafeteira de alumínio com água ao lume toda a cafeteira e toda a água ficam quentes passado algum tempo.

Leia mais

Avaliação de Física. 2) Com relação a transferência de calor de um corpo quente para um corpo frio, numere a segunda coluna de acordo com a primeira.

Avaliação de Física. 2) Com relação a transferência de calor de um corpo quente para um corpo frio, numere a segunda coluna de acordo com a primeira. Colégio Estadual Etelvina Schottz Nota: Valor do Instrumento: 5,0 Nome: Nº: Data: / / Professor(a): Joabe Nunes Disciplina: Física Ano/Série: Turma: 2001 ( X ) Prova Avaliação de Física CONTEÚDOS AVALIADOS:

Leia mais

Avaliação: Exercícios online 3 º Bimestre. Curso: E. Fundamental TURMA: 901/ 902 DATA: / /

Avaliação: Exercícios online 3 º Bimestre. Curso: E. Fundamental TURMA: 901/ 902 DATA: / / Avaliação: Exercícios online 3 º Bimestre DISCIPLINA: Física PROFESSOR(A): Marcos Veiga Curso: E. Fundamental TURMA: 901/ 902 DATA: / / NOME: Nº.: 1. (G1) Do ponto de vista microscópico o que é a temperatura?

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA - 1 o TRI 2 o ano

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA - 1 o TRI 2 o ano Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 2 o ano Disciplina: Física - RECUPERAÇÃO DE FÍSICA - 1 o TRI 2 o ano 01 - (Fac. de Ciências da Saúde

Leia mais

O que é temperatura, energia interna e energia térmica?

O que é temperatura, energia interna e energia térmica? O CALOR O que é temperatura, energia interna e energia térmica? Temperatura: Vimos que temperatura de um corpo está associada com a energia cinética energia de movimento das moléculas/átomos que constituem

Leia mais

Física 20 Questões [Médio]

Física 20 Questões [Médio] Física 20 Questões [Médio] 01 - (UFRRJ ) Uma pessoa retira um botijão de gás de um local refrigerado e o coloca em um outro lugar, sobre o qual os raios solares incidem diretamente. Desprezando qualquer

Leia mais

Física IV Tópico 02 - Termometria. Celsius (ºC) Fahrenheit (ºF) Kelvin (K) constante C 5. Exercícios Propostos.

Física IV Tópico 02 - Termometria. Celsius (ºC) Fahrenheit (ºF) Kelvin (K) constante C 5. Exercícios Propostos. Física IV Tópico 02 - Termometria TERMOLOGIA É o ramo da Física que estuda os fenômenos térmicos 1. Conceitos básicos a. Energia Térmica: é definida como sendo a soma das energias cinéticas das partículas

Leia mais

Centro Educacional ETIP

Centro Educacional ETIP Centro Educacional ETIP Revisão de Conteúdo de Física 1 Trimestre/2014 Data: Professor: Leandro Nota: Valor : [0,0 3,0] Nome do(a) aluno(a): Nº Turma: 2 M Ciência do responsável: CONTEÚDO Escalas Termométricas;

Leia mais