PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio].

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio]."

Transcrição

1 1 2 ANOS PASSADO [Muitos] anos atrás, MULHER NASCER [uma] mulher deu à luz PEGAR-x-i [A mulher pega o] bebê [e olha para ele]. [É] surdo! QUERER [Eu] não quero [o] bebê. 6 ABANDONAR ÁGUA [E] abandona [o bebê na] água [do rio]. 7 8 BARCO [Em um] barco, [o bebê foi levado pelo rio]. [E foi isso]! MULHER BANHAR-SE ÁGUA-ii CAMINHO [Uma outra] mulher [está] tomando banho [na] água [do] rio. MULHER BANHAR-SE JOGAR-y-ii [A] mulher [está tomando] banho [e] joga água [sobre seu corpo]. OUVIR CHORAR-z-iii [Ela de repente] ouve [o] choro [de um bebê]. 12 BEBÊ-iii [É um] bebê! OUVIR VER BARCO [Ela] ouve [e] vê [um] barco [com o bebê]. VER NADAR PEGAR-x-i BEBÊ(3)-i [Ela] olha, nada desesperada [e] pega [o] bebê [nas mãos]. PEGAR-x-i PRO [A mulher olha para o] bebê [em suas mãos]. [Ele é] surdo! MULHER PRO-1 ADOTAR CUIDAR [Com dó do bebê abandonado, a] mulher [resolve:] Eu [vou] adotar [e] cuidar [deste bebê]. MULHER PRO SINAL RENATA [A] mulher [deu para a] criança [o] sinal Renata. 140

2 CRESCER [A criança] cresceu [e se tornou uma moça muito] bonita. TRABALHAR ROÇA AJUDAR MÃE(3) [Ela] trabalhava [na] roça, ajudando [sua] mãe. ROÇA VERDURA-iv PEGAR-w-iv [A moça trabalhava na] roça, colhendo [as] verduras [e as colocando na cesta]. VENDER FEIRA [A moça] vendia [as verduras, na] feira. MULHER RENATA DIZER MÃE(3) [Um dia, a] mulher [com o sinal] Renata diz [para a] mãe [dela]: PRO-1 IR EMBORA FEIRA VENDER Eu [vou à] feira [para] vender [as verduras da horta]. 24 MÃE (3) LEGAL HOJE (3) AJUDAR- ME [A] mãe [diz para a filha:] Legal! [Eu] já estou velha! Obrigada [por você me] ajudar! Eu já estou [muito] velha! 25 MULHER LEGAL ANDAR (dos animais) [A moça diz]: Legal! [E] vai [para a] feira. FEIRA 26 CESTA ANDAR (dos animais) CESTA SOL [A moça, com a] cesta [no ombro], andava [sob o] sol SUAR(3) ANDAR (dos animais) CESTA [A moça] suava [muito], andando [com a] cesta [no ombro]. PRÍNCIPE SENTAR-SE [Um] príncipe [passava por ali, sentado em uma carruagem]. 29 [Ele] vê [a moça passando]. 30 HOMEM CARROÇA [Um] homem [conduz a] carruagem [O príncipe fica olhando para a] mulher. MULHER CESTA-v CAIR/DERRUBAR-a-v [A moça também fica olhando para o príncipe e] cai, derrubando [a] cesta [no chão]. 141

3 PRÍNCIPE CHAMAR CARROÇA [O] príncipe pede [e o] homem pára [a] carruagem. PRÍNCIPE DESCER AJUDAR PEGAR-b-iv [O] príncipe desce [da carruagem, eu] ajudo [você a] pegar [as] verduras [e] pôr [na] cesta. MULHER TIRAR-c [A] moça [estava muito envergonhada diante do príncipe. Ela levanta a cabeça e tira o cabelo do rosto]. PRÍNCIPE [O] príncipe, [admirando a moça, diz: como você é] bonita! [A] moça [não entende o que o príncipe está dizendo e fica sem jeito]. MULHER PRÍNCIPE transição [O] príncipe [não entende a reação da moça]. transição PRO-1 NÃO SABER NADA transição [A moça diz para o príncipe:] eu [sou] surda [e] não entendo nada [do que você está dizendo]. [O príncipe continua sem entender o que a moça quer dizer]. PEGAR-b-iv [E recomeça a ajudá-la a] pegar [as] verduras [do chão e] colocá-l[as] [na] cesta. MULHER PEGAR-b-iv RÁPIDO PEGAR-b-iv [A] moça pega [as] verduras rapidamente. PRÍNCIPE CHAMAR PRO-1 PRO PRO IR CARROÇA [O] príncipe chama [a moça e diz:] eu [e] você, [podemos] ir [juntos para a feira] nesta carruagem. transição PRO-1 Eu, [não, não]. CHAMAR [O] príncipe chama [a moça: venha, venha!]. SENTAR-SE [Os dois subiram e] sentaram [um ao lado do outro na carruagem]. PRÍNCIPE [O] príncipe [fica olhando para a moça]. 142

4 48 MULHER CESTA(4) [A] moça [está envergonhada, segurando a] cesta. 49 PRÍNCIPE PRO- 1 COMO CONVERSAR (4) [O] príncipe [pensa:] como [eu vou] conversar [com ela?]. COMO MULHER CESTA(4) [E a] moça [continua em silêncio e envergonha, segurando sua cesta]. CHEGAR [A carruagem, então,] chega [à feira]. MULHER DESCER CESTA(4) [A] moça desce [da] carruagem rapidamente, [segurando a] cesta. PRÍNCIPE DESCER [O] príncipe [vê a moça descer, fica] curioso [para saber mais sobre ela e] desce [da carruagem]. PERGUNTAR HOMEM FEIRA [O príncipe] pergunta [para o] feirante: PERGUNTA QUEM MULHER PRO QUEM Quem [é] ela, aquela moça? transição HOMEM FEIRA RESPONDER [O] feirante responde: PRO É TRABALHAR ROÇA ela é surda! Trabalha [no] campo. BOM LEGAL PRO LEGAL [É muito] boa, boazinha. Ela [é] legal! PRÍNCIPE PRO-1 IMAGINAR [O príncipe fica] curioso [sobre a moça e fica] pensando [muito nela]. IR EMBORA CASA [Ele] foi embora [para seu] castelo. ENCONTRAR MÃE(3) [E lá] encontra [com sua] mãe. CHAMAR MÃE(3) [Ele] chama a [mãe:] Mãe! AGORA PAQUERAR-SE MULHER FEIRA Hoje, eu [me] apaixonei [por uma] mulher [na] feira. [Muito] bonita! Ela [é] surda! 143

5 MÃE (3) NÃO(3) NÃO(3) COMO [A] mãe [responde:] Não, Não, Não! Surda? Não, Não, Não! Como? NETO NASCER REI [Um] neto nascer surdo? [É] proibido [um] rei [surdo]. transição PRO-1 QUERER LEI MUDAR [Mas] eu quero [que a] lei mude! PRO-1 QUERER Eu quero [muito, muito!]. MÃE(3) NÃO(3) [A] mãe [diz:] Não! Não! PRÍNCIPE TRISTE CAMINHAR [O] príncipe [fica] triste [e] caminha [pelo castelo]. AJUDAR [Enquanto isso, uma] serva [do castelo espia o príncipe e decide:] [vou] ajudá-l[o!]. 68 ANDAR (dos animais) CHAMAR [A] serva caminha [até o] príncipe [e o] chama. PRÍNCIPE PRÍNCIPE CHAMAR(5) COMO(3) [O] príncipe [vê que a serva o] chama, [vira-se para ela e pergunta:] O que foi? PRO-1 AJUDAR TER FADA LEGAL AJUDAR Eu [vou] ajudar [você]. Há [uma] fada [muito] boazinha [que pode] ajudar [você]. PRÍNCIPE ONDE MORAR [O] príncipe [pergunta:] Onde [ela] mora? LÁ MONTANHA CONHECER LÁ Lá, [nas] montanhas. [Você] conhece? [É] Lá. PRÍNCIPE ACEITAR [O] príncipe aceita [a idéia] PRÍNCIPE CAVALGAR LONGE CHEGAR CASTELO [E o] príncipe [vai] cavalgando [para bem] longe [até] chegar [a um] castelo [bem alto]. PRÍNCIPE OLHAR PORTA-vi BATER-d-vi ABRIR-e-vi [O] príncipe olha [impressionado para o castelo], bate [e] a porta [se] abre. 144

6 PRÍNCIPE CAMINHAR [O] príncipe entra [no castelo]. QUE QUERER transição [A fada vem voando e pergunta para ele:] O que [você] quer? PRO-1 QUERER PRO MUDAR TODOS(3) Eu quero [que] você transforme todos [em] surdos. PRO-1 MUDAR MUITOS PESSOA [A fada responde:] Eu [vou] transformar [um] monte [de] pessoas? [Ah!] não [dá]. PRÍNCIPE POR FAVOR PORQUE PRO-1 PAQUERAR-SE [O] príncipe [diz:] Por favor! Porque [eu estou] apaixonado [por uma] MULHER mulher [muito] bonita [e que é] surda. FADA PRO TROCAR-vii [A] fada [diz:] [Então,] você [vai ter que me] dar [algo] em troca! PRECISAR LIVRAR MEU MARIDO [Você] precisa libertar meu marido! BOM ONDE SEU MARIDO ONDE [O príncipe hesita um pouco, mas diz:] [Tá] bom! Onde [está] seu marido? LÁ MORAR CASTELO BRUXA(3) Lá, [no] castelo [da] bruxa. BRUXA(3) NOSSA PERIGO Bruxa? Nossa! [Que] perigo! FADA VOCÊ QUE SABE [A] fada [diz:] Você que sabe! [E a fada vai embora voando]. PRÍNCIPE(2 [O] príncipe [fica sem jeito diante da missão]. CAVALGAR LONGE CASA CASTELO [Mesmo assim, ele] cavalga [para bem] longe, [rumo ao] castelo [da] BRUXA(3) CAVALGAR bruxa. Cavalga, cavalga, cavalga. 88 RAIO NOITE NOITE CAVALGAR VER CASTELO No caminho, [há] raios [para todos os lados]. Anoitece [e o] príncipe [continua] cavalgando [até] ver [um] castelo. 89 BRUXA(3) PERGUNTAR QUE QUERER [A] bruxa [pergunta:] O que [você] quer? 145

7 PRO-1 QUERER PRO POR FAVOR PRO Eu quero [saber de] você, por favor, [se] você PODER LIVRAR MARIDO FADA poderia libertar [o] marido [da] fada. transição BRUXA(3) COMO(4) [A] bruxa [acha o pedido do príncipe um absurdo e diz:] Como? PRO-1 LIVRAR COMO(5) Eu libertar [assim]? Como [assim]? PORQUE PRO FADA AJUDAR-ME [Sabe] por quê? Ela, [a] fada, [vai me] ajudar. LIVRAR TODOS(3) MUDAR [Se] você libertar [o marido dela], todos [vão] virar surdos. BRUXA(3) TODOS(3) VERDADE [A] bruxa [diz entusiasmada:] Todo mundo surdo? Verdade? LEGAL PORQUE PRO-1 TAMBÉM [Que] legal! Porque eu [também estou com] PROBLEMA DIMINUIR PRO-1 QUERER problema [de perda de] audição. [Todos] surdos, eu quero! transição PRO PRÍNCIPE AJUDAR-ME [O] príncipe [diz:] Você [me] ajuda? transição BRUXA(3) LIVRAR Sim! [Responde a] bruxa. Liberto, liberto [sim]. Vai, Vai. [E o marido da fada vem ao encontro do príncipe voando]. transição CAVALGAR CHAMAR CAVALGAR [O príncipe, em cima de seu cavalo, diz para o fado:] Venha! [E os dois] cavalgam, cavalgam, CHEGAR CASA FADA [até] chegar [ao] castelo [da] fada. MULHER FADA MEU MARIDO [A] mulher, [a] fada, [então, pergunta para o príncipe:] [E o] meu marido? APRESENTAR [O] príncipe mostra [o marido da fada para ela]. HOMEM BEIJAR(4) [O] homem gordo [voa até a fada, e os dois se] beijam [apaixonados]. PRÍNCIPE VER VER [O] príncipe vê [a cena e acha] bonito [o que] vê. CHAMAR PRO-1 PRO-1 [Ele, então,] chama [a fada e pergunta:] [E] eu? [E] eu? [E] eu? FADA CALMA [A] fada [diz para ele:] Calma! 146

8 MÁGICA TRANSFORMAR [A] fada, [então,] faz [uma] mágica, [e todos os ouvintes do reino] viram [surdos]. TCHAU [A fada diz:] Pronto! [Vá]! PRÍNCIPE LEGAL [O] príncipe [diz:] Legal! Obrigado! CAVALGAR VER MULHER CESTA [E o príncipe] cavalga [de volta para seu castelo, quando,] vê [a] moça [com a] cesta [no ombro caminhando]. VER CAVALGAR DESCER CHAMAR [Ele] vê [a moça], cavalga [rapidamente até ela], desce [de seu cavalo e a] chama. MULHER CESTA CHAMAR(5) CESTA [A moça com a] cesta [no ombro vira assustada, para ver quem a] chama. transição CALMA! PRO-1 SABER LÍNGUA DE SINAIS [O príncipe diz:] Calma! Eu [já] sei língua de sinais. CESTA PRO SABER LÍNGUA DE SINAIS [A moça com a] cesta [no ombro pergunta surpresa:] Você sabe língua de sinais? PRO-1 SABER CESTA [Ele responde:] Sim! Eu sei. CESTA SINAL CESTA [A moça com a] cesta [no ombro fica um pouco sem-graça e pergunta: Qual é o seu] sinal? PRO-1 SINAL RODRIGO PRO SINAL Meu sinal [é] Rodrigo [e] você? [Qual é o seu] sinal? CESTA RENATA CESTA [A moça com a] cesta [no ombro responde muito envergonhada:] Renata. PRÍNCIPE PRO PRO-1 APRENDER LÍNGUA DE SINAIS [O] príncipe [diz:] Eu [quero] aprender mais língua de sinais. ENSINAR-ME PRO PODER AJUDAR Você pode [me] ajudar [e me] ensinar mais língua de sinais? LÍNGUA DE SINAIS MAIS MAIS 147

9 transição CESTA AJUDAR CESTA [A moça com a] cesta [responde timidamente:] Sim! [Eu] ajudo [você]! CHAMAR CONVIDAR CONHECER CASTELO [O príncipe] chama [a moça e diz:] Convido [você a] conhecer [o] castelo MÃE(3) QUERER CONVIDAR [da minha] mãe! [Você] quer? Vamos! CESTA SIMPLES CESTA [A moça responde:] Não! [Olha como eu estou. Sou] simples! transição PROBLEMA [O príncipe diz:] Não [tem] problema! Venha, Venha! PRO-DUAL-1 IR MÃE(3) [O príncipe e a moça] vão [para o castelo da] mãe [dele]. MÃE(3) PRO-1 [No castelo, a] mãe [do príncipe está angustiada:] Eu [fiquei] surda! PRO-1 MULHER Eu [estou] arrependida! Aquela moça surda... VER PRO-DUAL VIR(3) [De repente, a mãe se vira e] vê [os] dois vindo. MÃE(3) [A] mãe [fica surpresa]! PRÍNCIPE CHAMAR PRO-1 CASAR PRO MULHER [O] príncipe chama [a mãe e diz:] Eu [vou me] casar [com] ela, [a] moça RENATA PRO-1 QUERER CASAR PRO surda, [a] Renata. Eu quero [me] casar [com] ela. MÃE(3) FELICIDADE ABRAÇAR [A] mãe [diz: Que] felicidade! [E] abraça [os dois]. CASAR PRO-DUAL PRO-1 FAZER FESTA [A mãe diz:]vocês dois [vão] casar? [Então,] eu farei [uma grande] festa! VIR [Muitas pessoas, de todos os lados,] vieram [para a festa]. COMO UM LÁ LUGAR LÁ [Você não sabe] o que aconteceu? Lá, [em] um lugar, lá, 129 CARTA-viii RECEBER CONVITE [uma rainha] recebe [uma] carta. PEGAR-f-viii ABRIR-g-viii 130 CASAMENTO ABRIR-g-viii [Ao ler a carta, a rainha pensou: Um] casamento? [A noiva é] surda? 148

10 PARECER MINHA PORQUE Parece [que é a minha] filha [que] PRO-1 ABANDONAR CRESCER eu abandonei [e que] cresceu. ABRIR-g-viii PRO-1 ACEITAR [Quando terminou de ler a carta, ela] aceitou [o convite]. IR [E] foi [para a festa]. MULHER VER É MINHA [Chegando à festa, a] mulher vê [a moça surda e diz:] É minha filha! PRO É MINHA Ela é minha filha! 135 CHAMAR [A rainha] chama [a moça surda] RENATA CHAMAR(3) [A] Renata [vira, para ver quem a] chama. PERDOAR PRO-1 GRÁVIDA NASCER PRO-1 (3) [A rainha diz:] Perdoe[-me]! Eu [fiquei] grávida, dei à luz [um] bebê surdo, [e] eu ABANDONAR PORQUE REIN ANTIGO O [o] abandonei], porque, [no] reino, antigamente, [era] proibido! RENATA PRO MINHA MÃE(3) [A] Renata [pergunta surpresa:] Você [é] minha mãe? PRO-1 SUA MÃE(3) [A mãe responde:] Eu [sou] sua mãe! RENATA ABRAÇAR [A] Renata [surpresa] abraça [sua mãe biológica]. CHAMAR CONHECER MEU MARIDO [Ela] chama [a mãe e diz: você] conhece meu marido? APRESENTAR RODRIGO [Ela mostra o marido para a mãe: aqui está ele! É o] Rodrigo! PRO-MULTI-1-3 ABRAÇAR FELIZ FIM [Os] três, [então, se] abraçam felizes [e] fim. 149

Bem Vindos!!! Módulo 2

Bem Vindos!!! Módulo 2 Bem Vindos!!! Módulo 2 Como foi essa semana? Cumpriram nossa Tarefa? 1- Fazer 1 lista de pessoas para você convidar 2- Ligar e agendar 3- Realizar no mínimo 10 entrevistas Quem realizou inícios? Meta da

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 2 CENA 01. DELEGACIA INT. / NOITE Sargento

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bible. Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes. Allan Eduardo de Paiva RA

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Bible. Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes. Allan Eduardo de Paiva RA Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Bible Teoria da Imagem Expandida prof. Eliseu Lopes Allan Eduardo de Paiva RA00156710 São Paulo 2015 ROTEIRO Int.Casa_GAROTO.Manha GAROTO acorda e já sentado

Leia mais

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS Curso Básico de LIBRAS Comunicando com as Mãos de Judy Esminger Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - Curso Básico de LIBRAS Ilustração:

Leia mais

"FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de. Deborah Zaniolli

FÉRIAS NA PRAIA Roteiro de. Deborah Zaniolli "FÉRIAS NA PRAIA" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 704.710 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "FÉRIAS

Leia mais

Não Fale com Estranhos

Não Fale com Estranhos Não Fale com Estranhos Texto por: Aline Santos Sanches PERSONAGENS Cachorro, Gato, Lobo, Professora, Coelho SINOPSE Cachorro e Gato são colegas de classe, mas Gato é arisco e resolve falar com um estranho.

Leia mais

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA

Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA Bible Animacao Professor Eliseu Aluno: Rodrigo Gallucci Naufal RA 00147614 Efeitos sonoros: https://www.youtube.com/watch?v=iryixkv8_sm A musica, um instrumental, iria tocar do inicio ate aproximadamente

Leia mais

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof. Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.ª Karen Bulgareli, como produto final do projeto Contos de fadas, do programa

Leia mais

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira Ela não merecia Por Stoff Vieira (63)9211-3384 CENA 01. INT. QUARTO DE ANDRÉ. DIA Uma garrafa de vodka e um copo no chão. André deitado em uma cama velha bagunçada, ele acorda se espreguiça, coloca a mão

Leia mais

A GUARDADORA DE GANSOS IRMÃOS GRIMM

A GUARDADORA DE GANSOS IRMÃOS GRIMM A GUARDADORA DE GANSOS IRMÃOS GRIMM NARRADOR: ERA UMA VEZ UMA PRINCESA LINDA E MUITO BONDOSA CHAMADA CARINA. ELA VIVIA COM A MÃE E QUANDO FEZ 18 ANOS FICOU NOIVA DE UM PRÍNCIPE DE UM PAÍS DISTANTE E PRECISOU

Leia mais

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO.

1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. 1º DE ABRIL UM ROTEIRO DE ANE KELLY PEREIRA, JOYCE DE OLIVEIRA, LUANA MOREIRA E KELEN CRISTINA ARAÚJO. CENA 1/CASA DA /NOITE Dizia a lenda que em todo dia 1 de abril aparecia um espírito do mal que aterrorizava

Leia mais

Iracema ia fazer aniversário. Não

Iracema ia fazer aniversário. Não Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema ia fazer aniversário. Não sabia muito bem se ela podia convidar a turma do Hospital por motivos fáceis de explicar,

Leia mais

Rosa. Por Michael Jack

Rosa. Por Michael Jack Rosa Por Michael Jack 1 Em uma terra desconhecida, e uma época desconhecida, há um país chamado Phetis, nela há um castelo e a cidade capital de mesmo nome, neste lugar há um reino e uma hierarquia obedecida

Leia mais

A madrasta obrigava Cinderela a vestir roupas velhas e remendadas, mas, mesmo assim, a moça era sempre obediente e gentil. O tempo passava e a vida

A madrasta obrigava Cinderela a vestir roupas velhas e remendadas, mas, mesmo assim, a moça era sempre obediente e gentil. O tempo passava e a vida Cinderela E ra uma vez uma bela jovem chamada Cinderela que vivia feliz com a mãe e o pai. Um dia, porém, a morte da mãe interrompeu a alegria dessa família. A tristeza foi grande. Algum tempo depois,

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA RAFAEL DINIZ ABNER MONTENEGRO GABRIELA ALINE BUENO VINICIUS ISABEL MALDONADO

De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA RAFAEL DINIZ ABNER MONTENEGRO GABRIELA ALINE BUENO VINICIUS ISABEL MALDONADO De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA ABNER MONTENEGRO ALINE BUENO GUSTAVO MALDONADO KAREN BUENO CAETANO BUENO OLIVIA DINIZ MURILO BUENO CELINE MALDONADO RAMON MALDONADO ANGÉLICA

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

NADA É POR ACASO. um roteiro. Fábio da Silva. 02/09/2008 até 22/09/2008

NADA É POR ACASO. um roteiro. Fábio da Silva. 02/09/2008 até 22/09/2008 NADA É POR ACASO um roteiro de Fábio da Silva 02/09/2008 até 22/09/2008 Copyright 2008 by Fábio da Silva Todos os direitos reservados silver_mota@yahoo.com.br 2. NADA É POR ACASO FADE IN: INT. APARTAMENTO

Leia mais

PORTA ABERTA. Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO. Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO

PORTA ABERTA. Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO. Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO PORTA ABERTA Por RODRIGO MESSIAS CORDEIRO Baseado no Conto Porta Aberta de RODRIGO MESSIAS CORDEIRO 1 - INT. NOITE HALL DE ENTRADA André, trinta e poucos anos, alto, usa óculos, segura em uma das mãos

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar As Melhores 313 PIADAS para rir sem parar Excesso de velocidade Depois de mandar parar uma condutora, o polícia de trânsito diz-lhe: Minha senhora, vou multá-la. Vinha a 200 quilómetros à hora! O quê???

Leia mais

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM:

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: CENA 1 COLAGEM DE IMAGENS SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO - Carreta descendo

Leia mais

O QUE SOBE, DESCE... Por. Marcelo Gomes Soares

O QUE SOBE, DESCE... Por. Marcelo Gomes Soares O QUE SOBE, DESCE... Por Marcelo Gomes Soares Copyright 2009 by Marcelo Gomes Soares Todos os direitos resevados. Tel: (71)3314-4483 (71)8889-5015 marcelogomessoares7@gmail.com O QUE SOBE, DESCE... ROTEIRO

Leia mais

ainda não Luciano Cabral prostituta, vinte e cinco anos cliente, sessenta anos

ainda não Luciano Cabral prostituta, vinte e cinco anos cliente, sessenta anos ainda não Luciano Cabral personagens, vinte e cinco anos, sessenta anos (o apartamento é pequeno, com apenas dois cômodos: banheiro e quarto. O banheiro fica em frente à porta de entrada. No quarto, logo

Leia mais

PECADO ORIGINAL Capítulo 17 PECADO ORIGINAL. Novela de. Rômulo Guilherme. Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME

PECADO ORIGINAL Capítulo 17 PECADO ORIGINAL. Novela de. Rômulo Guilherme. Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME PECADO ORIGINAL Novela de Rômulo Guilherme Criada e escrita por RÔMULO GUILHERME Cena 01/Prefeitura/Gabinete prefeito/int/dia Rufino e Jofre continuam conversando. Rufino - Isso foi uma ameaça? Jofre -

Leia mais

OLÁ, LEITOR. Meu nome é Doctor Noel Zone e eu sou um PERIGOLOGISTA. PERIGOLOGISTA. Então você poderia dizer que

OLÁ, LEITOR. Meu nome é Doctor Noel Zone e eu sou um PERIGOLOGISTA. PERIGOLOGISTA. Então você poderia dizer que INTRODUÇÃO OLÁ, LEITOR. Meu nome é Doctor Noel Zone e eu sou um PERIGOLOGISTA. Na verdade, eu sou o ÚNICO PERIGOLOGISTA DO MUNDO. Sei que isso é verdade porque eu inventei a palavra PERIGOLOGISTA. Então

Leia mais

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 FUNDO PRETO CHEIO DE ESTRELAS. UM BANQUINHO UM VIOLÃO ÚNICO PERSONAGEM QUE SERÁ TRATADO COMO O CANTOR E ESTARÁ VESTIDO COMO CANTOR DE BARZINHO.

Leia mais

"DESEJOS SUICIDAS" Roteiro de. Deborah Zaniolli

DESEJOS SUICIDAS Roteiro de. Deborah Zaniolli "DESEJOS SUICIDAS" Roteiro de Deborah Zaniolli Copyright 2016 by Deborah Zaniolli Deborah Zaniolli Todos os direitos reservados contato@deborahzaniolli.com BN: 710351 Roteiro 2011 Piedade- SP 1. "DESEJOS

Leia mais

Garoto extraordinário

Garoto extraordinário Garoto extraordinário (adequada para crianças de 6 a 8 anos) Texto: Lucas 2:40-52 Princípio: ser como Jesus Você vai precisar de um fantoche de cara engraçada, um adulto para manipular o fantoche atrás

Leia mais

A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. A MORTE DOS FIGUEREDO - Quero matar você hoje, mamãe TEXTO DE: ARTHUR CANDOTTI. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. CENA: 01 CASA DOS FIGEREDO SALA NOITE. Sala está iluminada só pela televisão ligada em um canal

Leia mais

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Quando o Sol se apaixonou pela Lua Letícia Cruz RA00178896 Linguagem Audiovisual e Games Eliseu Lopes Desenho

Leia mais

PESQUISA NO RIO DOS SINOS

PESQUISA NO RIO DOS SINOS PESQUISA NO RIO DOS SINOS Alice Salete Bredow Ananda Vitória Corrêa Marina Torman Rodrigues Machado Rafaela Alves Jardim Turma 71 Data 06/07/2016 Professora: Melina Wasem Passos Disciplina: Língua Portuguesa

Leia mais

ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos

ROTEIRISTA DATA GRAVAÇÃO TEMPO Cristian Boragan 26/ 4/ 2006 A Definir 3 minutos Lauda 01 Take 1: Câmera pega Seu Carmelo (Chefe) de Costas enquanto ele caminha em direção à sala das secretárias, nas laterais podemos perceber todo ambiente de uma grande empresa (05 Take 2: Vemos a

Leia mais

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito

José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito José Sidinei Rodrigues Dias e João Vittor Rodrigues Brito As Aventuras de Derry Pirce Derry Pirse é um adolescente órfão que mora com o tio porque os pais morreram em um incêndio onde tiveram 12 mortos

Leia mais

Como arrasar nas vendas e crescer na carreira Mary Kay

Como arrasar nas vendas e crescer na carreira Mary Kay Como arrasar nas vendas e crescer na carreira Mary Kay Dicas de Eloisa Johnson Temos qualidade, preço e o melhor serviço de atendimento ao cliente. Ou seja, está tudo em nossas mãos. Tenham paixão e foquem

Leia mais

Muito além da amizade. Por. Stoff Vieira. Baseado em relatos reais

Muito além da amizade. Por. Stoff Vieira. Baseado em relatos reais Muito além da amizade Por Stoff Vieira Baseado em relatos reais (63) 9207-6131 (63) 8122-0608 CENA 1. INTERIOR.CASA DE.QUARTO.DIA Nando esta deitado, olhando para uma fotografia de um garoto, com fones

Leia mais

UM MUNDO ONDE OS SONHOS SE TORNAM REALIDADE...

UM MUNDO ONDE OS SONHOS SE TORNAM REALIDADE... IP INÍCIO PERFEITO UM MUNDO ONDE OS SONHOS SE TORNAM REALIDADE... Era uma vez uma mulher ambiciosa e determinada que foi a uma loja lindíssima que tinha uma reputação excelente! Ela então disse ao dono:

Leia mais

Introdução. Homens buscam uma mulher que tenha algo a lhes a acrescentar, que traga valor pra vida dele. Nada diferente do que

Introdução. Homens buscam uma mulher que tenha algo a lhes a acrescentar, que traga valor pra vida dele. Nada diferente do que 0 Introdução Sim. Existem muitas mulheres disponíveis, mulheres inclusive mais jovens que você e com aquele brilho natural dos 20 e poucos anos de idade. Mas isso não precisa ser um problema para você.

Leia mais

Gabriel Augusto Dutra de Souza RA

Gabriel Augusto Dutra de Souza RA Gabriel Augusto Dutra de Souza RA00179002 Tecnologia em Jogos Digitais O amor dói Linguagem Audiovisual em Games Eliseu De Souza Lopes Filho Desenho Conceitual e Storyboard David de Oliveira Lemes Fluxograma

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

Esta primeira sequência respeita a estrutura da sequência do Conrado que analisamos.

Esta primeira sequência respeita a estrutura da sequência do Conrado que analisamos. Esta primeira sequência respeita a estrutura da sequência do Conrado que analisamos. O template é adequado aos profissionais que podem (e querem) oferecer uma aula on-line, para fazer as vendas... ou seja,

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP. Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes. Bible

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP. Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes. Bible Pontifícia Universidade Católica de São Paulo PUC-SP Teoria da Imagem Expandida Prof. Eliseu Lopes Bible Rafael Magalhães Ussuy e Souza RA 00156709 Logline O Tiro Dois cavalheiros entram em uma disputa

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs!

Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Era só um sonho. Imagine com Munhoz e Mariano. Feito por uma fã muito apaixonada, que estava afim de compartilhar com as outras fãs! Já estava com muita saudades! No dia em que poderia ir em um show, aconteceu

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES

TABUADA DAS OBJEÇÕES TABUADA DAS OBJEÇÕES Você já sentiu acuada, sem palavras ao ouvir alguma objeção de sua potencial iniciada!? As pessoas que você vai abordar são tão especiais quanto você e se elas disserem não, lembre-se

Leia mais

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes

Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes O ATAQUE NA PISCINA Bárbara uma mulher de 25 anos, queria atrasar o livro de uma escritora famosa chamada Natália, Bárbara queria contar uns segredos bombásticos antes de Natália, Bárbara não queria que

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

O tempo passou. Branca de Neve cresceu e tornou-se uma jovem ainda mais bonita. Certo dia, ao perguntar sobre sua beleza ao espelho, a vaidosa rainha

O tempo passou. Branca de Neve cresceu e tornou-se uma jovem ainda mais bonita. Certo dia, ao perguntar sobre sua beleza ao espelho, a vaidosa rainha Branca de Neve E ra uma vez uma princesa, muito bela e de pele branquinha, chamada Branca de Neve. A mãe de Branca de Neve, uma bondosa rainha, havia morrido quando ela era ainda um bebê. Alguns anos depois,

Leia mais

Cap.1- Separação. Um roteiro

Cap.1- Separação. Um roteiro Até quando? Cap.1- Separação Um roteiro de Lucas Luiz SEQ. 1: Sala do apartamento Int. / dia Letícia procura por algo em uma caixa de sapato, sentada no sofá. A sua frente está André, em pé, observando-a.

Leia mais

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael De Débora Costa PERSONAGENS: Carolina Oliveira Família Montenegro: Abner Julio Família Bueno: Caetano Karen Murilo Aline Angélica Gouveia Bueno Rosangela Palhares Bueno (Filhas de Karen e Laerte) Otávio

Leia mais

Por quase um segundo Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09)

Por quase um segundo Giancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09) Por quase um segundo iancarla Brunetto (1º tratamento: 08/12/08 2º tratamento: 05/01/09 3º tratamento: 19/01/09) CENA 01 INT/IA ônibus Uma mulher morena, cabelos longos, aparenta ter uns 30 anos. Ela se

Leia mais

Entrevista Jessica

Entrevista Jessica Entrevista 1.10 - Jessica (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento).

Leia mais

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner

Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz. por. Lisandro Gaertner Os Quatro Pilares de um Casamento Feliz por Lisandro Gaertner Creative Commons lgaertner@gmail.com Atribuição-Uso lisandrogaertner.net Não-Comercial-Não a obras derivadas 3.0 Unported License INT. NOITE

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta OS MILAGRES DE JESUS

Bíblia para crianças apresenta OS MILAGRES DE JESUS Bíblia para crianças apresenta OS MILAGRES DE JESUS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Byron Unger; Lazarus Adaptado por: E. Frischbutter; Sarah S. O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado

Leia mais

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando Não me leve a mal Começa a cena no meio de um bloco. Ao redor há confetes, purpurinas e latas de bebida para todo o lado. A música está alta. No centro há um grupo de foliões delimitados por uma corda

Leia mais

Os três filhos entram no Labirinto e seguem o percurso da mãe através do sangue.

Os três filhos entram no Labirinto e seguem o percurso da mãe através do sangue. 1. A Mulher-Sem-Cabeça onde está ela? A mãe avança sozinha, já sem cabeça, e procura os seus três filhos. Está no quintal, a cabeça foi cortada e o sangue que vai saindo traça um percurso, um itinerário

Leia mais

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA

A LOIRA DO CEMITÉRIO. Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA A DO CEMITÉRIO Por JULIANO FIGUEIREDO DA SILVA TODOS OS DIREITOS RESERVADOS RUA: ALAMEDA PEDRO II N 718 VENDA DA CRUZ SÃO GONÇALO E-MAIL: jfigueiredo759@gmail.com TEL: (21)92303033 EXT.PRAÇA.DIA Praça

Leia mais

Este País É Uma Anedota

Este País É Uma Anedota Este País É Uma Anedota Este País É Uma Anedota É preciso gravata Um português caminha pelo deserto a gritar: Água Água Estou a morrer de sede! Entretanto, avista um homem a vir na sua direção: Amigo água

Leia mais

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda

Lilico, Coelho. Atrapalhado. Matias Miranda Matias Miranda Lilico, Um Coelho Atrapalhado Matias Miranda Dedico este livro a você que esta lendo. Jesus te ama e eu também! Lilico era um coelho muito atrapalhado que vivia com sua mãe, seu pai e seus

Leia mais

Luiz Vilela Tremor de Terra contos

Luiz Vilela Tremor de Terra contos Luiz Vilela Tremor de Terra contos 10ª edição 2017 Confissão, 7 Júri, 14 O buraco, 22 Por toda a vida, 38 Imagem, 50 Chuva, 59 Nosso dia, 69 O violino, 73 Dois homens, 89 Espetáculo de fé, 91 Velório,

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO

Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T1 ESTÚDIO Cena/Tom. Descrição da Cena Locação C1T1 Duas bactérias redondas, ligeiramente azuladas, nadam calmamente em um líquido. C1T2 Uma delas se divide, e nasce mais uma! Agora são três! Esta tabela serve de

Leia mais

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA Trechos selecionados do livro Estratégias poderosas para fazê-la voltar para você. www.salveseucasamento.com.br Mark Love E-book gratuito Esse e-book gratuito é composto de

Leia mais

Atividade Paranormal. Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane

Atividade Paranormal. Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane Atividade Paranormal Autor(a):Lauriane Autora:Lauriane Katie, uma estudante, e seu namorado Micah, um negociante de ações, vivem em uma casa de dois andares em um conjunto habitacional no subúrbio de San

Leia mais

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares AN O ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares o Literária ata Soares OC. ento Social. Dois casais discutem a vida conjugal, sofrendo a influências mútuas. Os temas casamento,

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

Mesmo assim o vento irá soprar

Mesmo assim o vento irá soprar Mesmo assim o vento irá soprar Trilha Sonora Bohemian Rhapsody Queen Personagens Silas Mãe Amigo Namorada Diabo Morte Anjos (4) Recepcionista Resumo: Jovem (Silas) mata um rapaz com um tiro, arrependido

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

TODO AMOR TEM SEGREDOS

TODO AMOR TEM SEGREDOS TODO AMOR TEM SEGREDOS VITÓRIA MORAES TODO AMOR TEM SEGREDOS TODO AMOR TEM SEGREDOS 11 19 55 29 65 41 77 87 121 99 135 111 145 É NÓIS! 155 11 12 1 2 10 3 9 4 8 7 6 5 TODO AMOR TEM SEGREDOS. Alguns a

Leia mais

Deu a louca nos contos de fadas. Alex Nascimento

Deu a louca nos contos de fadas. Alex Nascimento Personagens: Narrador Mordomo Princesa 1 Princesa 2 Bruxa 1 Bruxa 2 Bruxa 3 Fada 1 Fada 2 Fada 3 Duende Palhaço 1 Palhaço 2 Deu a louca nos contos de fadas. Alex Nascimento Narrador: Era uma vez num reino

Leia mais

DNA Capítulo 33. Falso Amor

DNA Capítulo 33. Falso Amor DNA Capítulo 33 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo DANIELA EDGAR FLÁVIO GILBERTO MIGUEL

Leia mais

Blog: CAPÍTULO 10

Blog:  CAPÍTULO 10 MSN:gilfnascimento@hotmail.com Blog: www.serenidadegf.blogspot.com CAPÍTULO 10 CENA 1-RUAS DA CIDADE-DIA Leandro e Laila caminham pelas ruas com várias sacolas e bolsas de roupas e acessórios para o bebê.

Leia mais

Congresso gen de Junho de O amor recíproco e o nascimento do Ideal

Congresso gen de Junho de O amor recíproco e o nascimento do Ideal Congresso gen 4 20-23 de Junho de 2013 O amor recíproco e o nascimento do Ideal Apresentador: Vamos dar um mergulho no tempo e voltar à 70 anos atrás, quando o Ideal estava nascendo... 0. Sons de alarmes

Leia mais

10 DICAS PARA AUMENTAR SEU INÍCIOS!!!

10 DICAS PARA AUMENTAR SEU INÍCIOS!!! 10 DICAS PARA AUMENTAR SEU INÍCIOS!!! Internamente usamos a expressão entrevista de início. Não use esta expressão com as potenciais iniciadas, porque elas não sabem o que é isso!! Para suas potenciais

Leia mais

b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta<

b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta< WA[AYAZ TÑÜxáxÇàtM b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta< håt ÉuÜt wxm ZtuÜ xä wx féâét WxÄ UxÄÄÉA III Personagens. José Roberto- Delegado. Igor- Investigador. Homero- Dono do bar. Julia- Esposa

Leia mais

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma!

Confira a seguir o excelente trabalho dessa turma! Durante as aulas no Laboratório de Informática, os alunos e alunas do 1º ano A montaram cenários de contos de fadas utilizando o software Oficina de Histórias e elaboraram textos de autoria sobre o tema.

Leia mais

Amor nos Tempos de Cólera

Amor nos Tempos de Cólera Amor nos Tempos de Cólera 1 Episódio I Narrador: Amália e Mutarro são namorados. Estão sentados no muro. Amália nota que Mutarro está muito triste. Amália: Mutarro, porque é que estás triste? Mutarro:

Leia mais

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro.

Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. 1 SEQUÊNCIA 1 - EXT. AVENIDAS DE SP. NOITE Luan e Fernando estão indo para a balada de carro. INÍCIO CRÉDITOS Luan dirige imprudentemente enquanto Fernando sofre para preparar quatro carreiras de cocaína

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS

PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS PRÁTICA DE ENSINO: JOGOS INTERATIVOS Livro digital recontando a história A Bonequinha preta da autora Alaíde Lisboa de Oliveira, livro escrito no ano de 1930, porém só foi publicado no ano de 2004 BELO

Leia mais

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena O SEGUIDOR DE S SENSÍVEIS Peça de uma única cena PERSONAGENS: ENTRA. VEM ATRÁS. SE VIRA Ei, cara! Você quer parar de me seguir! Eu não estou te seguindo. Como não? Faz tempo que você me segue. É verdade.

Leia mais

TABUADA DAS OBJEÇÕES. Vencendo as Objeções: Como tornar-se uma expert

TABUADA DAS OBJEÇÕES. Vencendo as Objeções: Como tornar-se uma expert TABUADA DAS OBJEÇÕES Vencendo as Objeções: Como tornar-se uma expert Tabuada Mary Kay Vocês se lembram quando éramos pequenas, e aprendemos a TABUADA? Ela era a base para evoluirmos nosso conhecimento

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA BRUNO

Leia mais

Língua da Montanha (mountain Language) Harold Pinter. Personagens. Mulher Jovem Mulher Velha Oficial Sargento Guarda Prisioneiro

Língua da Montanha (mountain Language) Harold Pinter. Personagens. Mulher Jovem Mulher Velha Oficial Sargento Guarda Prisioneiro Língua da Montanha (mountain Language) - 1988 Harold Pinter Personagens Mulher Jovem Mulher Velha Oficial Sargento Guarda Prisioneiro Língua da Montanha de Harold Pinter 2 Ato Único Um muro de prisão Uma

Leia mais

DESENVOLVENDO OBJEÇÕES

DESENVOLVENDO OBJEÇÕES Sejam bem-vindos! DESENVOLVENDO OBJEÇÕES Nada acontece até que alguém venda alguma coisa Mary Kay Ash VENDER Depende de informações É pessoal É como ajudar alguém Envolve comunicação Capacidade de persuadir

Leia mais

TODOS NÓS, CADA UM DE NÓS

TODOS NÓS, CADA UM DE NÓS Programa: Produção de Material Didático O Sistema Preventivo nos livros didáticos da RSE EXEMPLOS AVULSOS LÍNGUA PORTUGUESA - ENSINO FUNDAMENTAL Alfabetização UNIDADE Reprodução proibida Reproduzir livro

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

EDUARDO E MÔNICA AHAROM AVELINO. Livremente baseado em: EDUARDO E MÔNICA - música da Legião Urbana

EDUARDO E MÔNICA AHAROM AVELINO. Livremente baseado em: EDUARDO E MÔNICA - música da Legião Urbana E MÔNICA De AHAROM AVELINO Livremente baseado em: E MÔNICA - música da Legião Urbana FADE IN. QUARTO DO / INT/ DIA Eduardo está dormindo, sua mãe entra no quarto para acordá-lo. MAE Eduardo, acorda...

Leia mais

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #5 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar diálogos que muitas vezes podem

Leia mais

Manual da Conversa. Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido "branco".

Manual da Conversa. Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido branco. Manual da Conversa Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido "branco". www.setimoamoroficial.com.br Evite o Questionário Um erro muito comum

Leia mais

Jack Denski e o Mundo Mágico

Jack Denski e o Mundo Mágico Jack Denski e o Mundo Mágico Jack Denski e o Mundo Mágico Essa História tem inicio no ano de 1996 quando Julia Denski um loira dos olhos azuis de 31 anos e seu marido Felipe Denski jovem afro robusto de

Leia mais