UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA"

Transcrição

1

2 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE ARTES- CEART BACHARELADO EM MODA - HABILITAÇÃO EM DESIGN DE MODA Coleção de moda para o público infantil aliando Arte & Cultura à técnica de estamparia têxtil digital HELOISA PICKLER FRONZA Orientadora: Prof. Ms. Fabiana Ludwig

3 Introdução Este projeto se dedica a interferir no desenvolvimento cultural das crianças, trazendo grandes referências de obras artísticas, que são representadas através da estamparia têxtil digital, incentivando, também, a imaginação e a criatividade com o processo de criação e desenvolvimento de estampas autorais. As obras artísticas de Joan Miró, entre pinturas e esculturas, foram as grandes fontes de inspiração para poder estimular um processo criativo inovador, em que a beleza da arte pudesse transmitir uma nova cultura, conhecimentos e sentimentos às crianças modernas. Diante disto, a questão norteadora é como desenvolver uma coleção de moda para o público infantil aliando arte e cultura à técnica de estamparia têxtil digital?

4 Objetivos Objetivo Geral: Desenvolver uma coleção de moda para público infantil aliando arte e cultura à técnica de estamparia têxtil digital. Objetivos Específicos: Pesquisar macrotendências, microtendências, parâmetros de moda, público alvo, materiais, aviamentos e desenvolver seus respectivos painéis visuais. Dirigir um estudo mais aprofundado a respeito do público alvo para melhor entender o comportamento do consumidor em questão e suas atitudes. Verificar dados a respeito do artista plástico Joan Miró, que é o tema de inspiração para o desenvolvimento de estamparia têxtil digital para o produto do vestuário infantil. Desenvolver 25 gerações de alternativas de produtos de moda para a linha infantil.

5 Metodologia Metodologia de Pesquisa: Marconi & Lakatos O desenvolvimento de um projeto de pesquisa, segundo Marconi & Lakatos (2010), compreende seis passos: Seleção do tópico ou problema para investigação. Definição e diferenciação do problema. Levantamento de hipóteses de trabalho. Coleta, sistematização e classificação de dados. Análise e interpretação dos dados. Relatório do resultado da pesquisa.

6 A estrutura do projeto foi feita em forma de esquema de cronograma

7 Metodologia Metodologia de projeto de Produto de moda Gurgel (1995) define o desenvolvimento de projeto de produtos como uma sucessão estruturada de trabalhos, em que cada etapa fornece as informações para o trabalho da etapa posterior. De acordo com Slack (1997), o desenvolvimento de projeto de produto é dividido em cinco etapas: 1- Geração do conceito: A geração de ideias é o coração do pensamento criativo 2- Triagem: O produto é analisado quanto à sua elaboração e à sua adequação. 3- Projeto preliminar: Especificação dos produtos e serviços. Corresponde aos esboços dos modelos e à escolha de cores, formas, tecidos, aviamentos, componentes e acessórios. 4- Avaliação/ melhoria do projeto: Aperfeiçoamento do produto antes que seja introduzido no mercado. Modelagem, modelos, fichas, etc. 5- Prototipagem/ projeto final: O protótipo é desenvolvido e testado para confecção do look final.

8 Fundamentação Teórica Moda Moda e arte A arte pode servir de inspiração para a moda e vice-versa. Tais termos possuem pontos em comum, são considerados grandes meios de comunicação, a arte como a moda, em específico a roupa, são fatores de representação social, delineiam estilo, e podem expressar muito além da fala, através do apelo visual. Além de tudo, podem transmitir adorações, causar impactos, revelar sentimentos que exaltam a emoção. As cidades invisíveis Ítalo Calvino Inspiração: Joan Miró A moda é o fenômeno que melhor demonstra a capacidade e necessidade de mudanças na sociedade, que é refletida no processo de consumo. Moda essencialmente envolve mudança, definida pela sucessão de tendências e manias em espaço curto de tempo, é um processo de obsolescência planejada. (Ana Paula de Miranda) A arte deve se libertar da lógica e da razão e ir além da consciência cotidiana, buscando expressar o mundo do inconsciente e dos sonhos

9 Consumo Fundamentação Teórica Consumo Autoral - As gerações como empresas criativas, Francesco Morace. Lively Kids Os Lively Kids exigem articular com fantasia e riqueza de particulares mundos únicos e inventados. É vital inventar novos mundos antes de novos produtos. Influência e controle dos pais. Assumem um papel cada vez mais central na relação familiar, protagonistas não mais passivos, mas ativos e interativos na realização de um cotidiano feliz. Forte atração por mensagens, pelos produtos e contexto do consumo. As mídias eletrônicas Buckingham (2007) ressalta que as crianças são o foco especial de preocupação, a partir de sua aparente vulnerabilidade à influência das mídias. Atribui-se à mídia um superpoder capaz de governar comportamentos, moldar atitudes, construir e definir a identidade das crianças. A nova era, a era das marcas, composta pelo materialismo interfere fortemente no desenvolvimento criativo e imaginário das crianças. A falta de estímulo para exercitar tais aspectos é devido ao poder de consumo desenfreado e persuasão que possuem, se tornam autoritários e autônomos para obterem o que quiserem, são grandes formadores de opiniões e atualmente movimentam grande parte da economia pela influência midiática e tecnológica.

10 Fundamentação Teórica Estamparia Têxtil Digital J.C. Macedo (2008) afirma que a Estamparia Têxtil Digital chegou para a indústria têxtil para ficar e desempenhar um papel extremamente importante. O processo é todo informatizado e o seu desenho é transportado diretamente, não se utilizando de quadros ou cilindros, sendo tais desenhos transferidos para o substrato diretamente do programa têxtil para uma impressora industrial. Suas cores são formadas pelos pixels em jatos de tinta e podem ser estampados praticamente todos os tipos de desenhos que se desejar, de qualquer padronagem que conhecemos em estamparia e inclusive ou principalmente os formados por fotos e/ou ilustrações com todas as cores possíveis.

11 Specchio Urbano

12 Specchio Urbano

13

14 Curvas de Amor Bailarina, 1925

15

16 Espantolia

17 Estampa Localizada

18

19 Noturno, 1940 Doce Rabisco

20

21 A estamparia foi idealizada pela empresa Real Estúdio em Blumenau.

22 Coleção

23 Painel Conceito

24 Lifestyle

25 Parâmetros de Moda

26

27 Materiais

28 Aviamentos

29 Coleção Conceitual

30 Coleção Comercial

31 Considerações Finais Por meio do discurso da moda, foi possível desenvolver uma coleção infantil coerente com seu tema e inspiração em que se abordou uma pesquisa teórica, comportamental, visual e histórica para concluir os objetivos propostos pelo trabalho, que eram: Pesquisar macrotendências, microtendências, parâmetros de moda, público alvo, materiais, aviamentos e desenvolver seus respectivos painéis visuais. Dirigir um estudo mais aprofundado a respeito do público alvo para melhor entender o comportamento do consumidor em questão e suas atitudes. Verificar dados a respeito do artista plástico Joan Miró, que é o tema de inspiração para o desenvolvimento de estamparia têxtil digital para o produto do vestuário infantil. Desenvolver 25 gerações de alternativas de produtos de moda para a linha infantil.

32 Resultados

33

34

35

36 Obrigada!

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE MATRIZ CURRICULAR 2016.1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 49/15, 2015 de 7 de outubro de 2015. SUMÁRIO 2 1ª FASE... 4 01 DESENHO DE MODA I... 4 02 HISTÓRIA: ARTE E INDUMENTÁRIA...

Leia mais

CURSO DE DESIGN DE MODA

CURSO DE DESIGN DE MODA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2011.1 BRUSQUE (SC) 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 CRIATIVIDADE... 3 02 HISTÓRIA DA ARTE E DO DESIGN... 3 03 INTRODUÇÃO AO... 3 04 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 3

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2011/1 1 1 INTRODUÇÃO AO DESIGN DE MODA Terminologias e conceitos da área. Contextualização e processo de moda. Mercado. Ciência e. 2 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO Leitura analítica e crítica. Gêneros textuais.

Leia mais

FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS

FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS FORMULÁRIO DE ALTERAÇÃO DE EMENTAS CURSO: Design de Moda MATRIZ(ES) CURRICULAR(ES): 2016.1 ALTERAÇÕES PASSAM A VIGORAR A PARTIR DO SEMESTRE: 2016.1 Sistema de Moda FASE: 1ª Fase CARGA HORÁRIA: 30h Descrição

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2004/1 1 1 ACESSÓRIOS Fase: 5ª Carga Horária: 30h/a Créditos: 02 Concepção e desenvolvimento de desenho. Modelagem. Montagem. Técnicas de aprimoramento. Fichas técnicas. Processo de padronização. Mostruário.

Leia mais

MODA. HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos

MODA. HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto. PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos MODA 1. TURNO: Noturno HABILITAÇÃO: Bacharelado em Moda - habilitação em modelagem e desenvolvimento de produto GRAU ACADÊMICO: Bacharel em Moda PRAZO PARA CONCLUSÃO: Mínimo = 4 anos Máximo = 7 anos 2.

Leia mais

Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1

Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JARAGUÁ DO SUL PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Bacharelado em Moda Matriz Curricular 2010-1 Fase Cod. Disciplina I II III IV Prérequisitos Carga Horária Teórica

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2007/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2007/1 1 1 ACESSÓRIOS Fase: 5ª Carga Horária: 30h/a Créditos: 02 Pesquisa e planejamento. Conceituação. Concepção de produtos de moda voltada para o mercado de acessórios. 2 ATIVIDADES COMPLRES Fase: -x- Carga

Leia mais

2624 :: Artistas visuais,desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais

2624 :: Artistas visuais,desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais 2624 :: Artistas visuais,desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais 2624-05 - Artista (artes visuais) Aquarelista, Artesão (artista visual), Artista plástico, Caricaturista,

Leia mais

Plano de aula para três encontros de 50 minutos cada. Tema: Vida e obra de Vincent Van Gogh. Público alvo: 4º série do Ensino fundamental

Plano de aula para três encontros de 50 minutos cada. Tema: Vida e obra de Vincent Van Gogh. Público alvo: 4º série do Ensino fundamental UDESC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA DAV- DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS Curso: Licenciatura em Artes Visuais Disciplina: Cultura Visual Professora: Jociele Lampert Acadêmica: Cristine Silva Santos

Leia mais

A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR

A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR 7º Seminário de Pesquisa em Artes da Faculdade de Artes do Paraná Anais Eletrônicos A PRODUÇÃO AUTOBIOGRÁFICA EM ARTES VISUAIS: UMA REFLEXÃO SOBRE VIDA E ARTE DO AUTOR Letícia Tadra do Carmo 105 Universidade

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2015 DIRETRIZES CURRICULARES 1º ao 5º ANO ARTE OBJETIVOS GERAIS Conhecimento da Arte enquanto auto expressão e conhecimento, apreensão e comunicação

Leia mais

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2008/1

Ementário do curso de Design de Moda Grade 2008/1 1 1 CRIATIVIDADE Fase: 1ª Carga Horária: 60h Créditos: 04 Conceitos de criatividade. Criação e moda. Linguagem, identidade e estilo. Processo criativo. Desenvolvimento da capacidade da análise e percepção

Leia mais

Empreendedorismo e Tradição

Empreendedorismo e Tradição Plano de Promoção de Empreendedorismo nas Escolas do Baixo Alentejo Empreendedorismo e Tradição Proposta de Projeto Agrupamento de Escolas de Cuba OBJETIVOS Desenvolver ações que contribuam para preparar

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/

GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/ GRADE CURRICULAR DO BACHARELADO INTERDISCIPLINAREM ARTES E DESIGN http://www.ufjf.br/biad/ ESTRUTURA CURRICULAR DO 1º CICLO Bacharelado interdisciplinar em Artes e Design 3 anos Componentes curriculares

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio Matriz de Especificação de Prova da : Técnico em Design de Móveis Descrição do Perfil Profissional: Desenvolve esboços, perspectivas e desenhos normatizados de móveis. Realiza estudos volumétricos e maquetes

Leia mais

Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia

Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia Fotografia: Arte,Ciência e Tecnologia E.E. Frontino Guimarães Sala 5 2ª Sessão Professor(es) Apresentador(es): Meire Pereira de França Roseli Fernandes Euquério Lima Realização: Foco Desenvolvimento da

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO. Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 5 (CINCO) ANOS LETIVOS

MATRIZ CURRICULAR SERIADO ANUAL - NOTURNO. Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 5 (CINCO) ANOS LETIVOS MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MODA E ESTILO TECNÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 3 (TRÊS)

Leia mais

TEXTURAS E SENSAÇÕES COM PINTURAS DE AMILCAR DE CASTRO: REFLEXÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DO PIBID DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL.

TEXTURAS E SENSAÇÕES COM PINTURAS DE AMILCAR DE CASTRO: REFLEXÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DO PIBID DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL. TEXTURAS E SENSAÇÕES COM PINTURAS DE AMILCAR DE CASTRO: REFLEXÕES SOBRE A EXPERIÊNCIA DO PIBID DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL. Arachele Maria Santos 1 Maria Joseilda da Silva Oliveira 2 RESUMO Este projeto

Leia mais

PREFEITURA DO RECIFE PRONASCI GOVERNO FEDERAL

PREFEITURA DO RECIFE PRONASCI GOVERNO FEDERAL SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ PREFEITURA DO RECIFE PRONASCI GOVERNO FEDERAL RELATÓRIO DA OFICINA DE GRAFFITI NOS VIADUTOS DA CIDADE DE RECIFE/PE Períodos: Comunidade: Joana Bezerra

Leia mais

one year DESIGN DE MODA

one year DESIGN DE MODA one year DESIGN DE MODA Coordenação Luiz Wachelke Início 05/10/2015 Término 10/2016 Carga horária 360 horas Idioma Português (summer opcional em Barcelona) Aulas Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 e

Leia mais

Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS

Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS Com objetivo de auxiliar na elaboração dos trabalhos, apresentamos critérios relacionados a Economia Criativa e Inovação, conceitos

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO CST DESIGN DE MODA MÓDULO I INTRODUÇÃO AO DESIGN EMENTA: Conceituação e dimensionamento do design, aspectos éticos, legais e postura profissional do designer. História do

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO):

- COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): ETEC DE NOVA ODESSA NOVA ODESSA AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 234/04/2015

Leia mais

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com

DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com JOGOS DIGITAIS DESENVOVIMENTO DE GAMES APRESENTAÇÃO MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com Bacharel em Sistema de Informação Pós Graduado em Games : Produção

Leia mais

A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA

A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 A SUSTENTABILIDADE E A UTILIZAÇÃO DE TEMAS CULTURAIS NO DESIGN DE MODA Caroline Yurie Kikuchi 1 ;

Leia mais

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA PROJETO: ARTES NA EDUCAÇÃO ESPECIAL O CORPO E A MENTE EM AÇÃO LUCAS DO RIO VERDE 2009 APRESENTAÇÃO Em primeiro lugar é preciso compreender

Leia mais

O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA

O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA 1 O ENSINO DE DESENHO DE MODA: uma experiência de monitoria MARIA DE FATIMA SILVA E ISA MARIA MEIRA ROCHA DE LIMA INTRODUÇÃO Este artigo relata a experiência de monitora em Desenho de Moda, no Curso Superior

Leia mais

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas

PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS. 1. Qualificação Social 100 horas PROGRAMA TRILHA SETRE NA TRILHA DAS ARTES CURSOS DE 400 HORAS 1. Qualificação Social 100 horas INCLUSÃO DIGITAL - 30 horas (15 h de prática) Ementa: Introdução à informática, hardware e software. Descrição

Leia mais

DISCIPLINA CRÉD CH PRÉ-REQUISITO 1ª FASE Fundamentos da Criatividade, do Desenho e da Cor

DISCIPLINA CRÉD CH PRÉ-REQUISITO 1ª FASE Fundamentos da Criatividade, do Desenho e da Cor CURSO DE BACHARELADO EM MODA AUTORIZAÇÃO: Resolução nº 108/2007 CONSUNI RECONHECIMENTO: Decreto Estadual nº 2523/2001 renovado pelo Decreto Estadual nº 1106/2012 PERÍODO DE CONCLUSÃO: Mínimo: 4 anos /

Leia mais

Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund

Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Histórico O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud, que mostram a importância do inconsciente na

Leia mais

A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões. O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em

A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões. O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em Propaganda Eleitoral 6.05.200 A. Introdução A intenção é introduzir o tema para instigar a troca de opiniões O Partido acumula boas experiências a partir do debate iniciado em + - 998 O tema esquentou

Leia mais

CENTRO DE ARTES E DESIGN CURSO À DISTÂNCIA: DECORAÇÃO DE INTERIORES

CENTRO DE ARTES E DESIGN CURSO À DISTÂNCIA: DECORAÇÃO DE INTERIORES CENTRO DE ARTES E DESIGN CURSO À DISTÂNCIA: DECORAÇÃO DE INTERIORES Apresentação O Centro de Artes e Design é uma Instituição de Ensino especializada na área de design, decoração, paisagismo e artes. A

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Sonho Planejado, Sonho Realizado

Sonho Planejado, Sonho Realizado Sonho Planejado, Sonho Realizado Escola Estadual Alceu Gomes da Silva Sala 12 - Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Lilian Gomes dos Santos Realização: Foco Educação Financeira e apoio às habilidades

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 514502 INTRODUÇÃO AO DESIGN Conceituação e história do desenvolvimento do Design e sua influência nas sociedades contemporâneas no

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 4, Toledo PR Fone: 77-850 PLANEJAMENTO ANUAL DE ARTES VISUAIS SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS

PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS PÓS-GRADUAÇÃO PROJETOS DIGITAIS Coordenadora: Pedro Segreto 06/04/2015 > 09/2016 400 horas Idioma: Português Aulas: Segundas e quartas das 19h30 às 22h30 PÚBLICO-ALVO Profissionais e pesquisadores das

Leia mais

Criar é arte, desenhar faz parte

Criar é arte, desenhar faz parte Criar é arte, desenhar faz parte E.E. Adelaide Maria de Barros Sala 5 Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Paula Peres dos Santos Cruz Realização: Foco Desenhos gráficos, técnicas diferenciadas, desenvolvimento

Leia mais

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos

QUADRO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA QUADRO ANTERIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGENTE NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos QUADRO CURSO D PUBLICIDAD PROPAGANDA QUADRO ANTRIOR A 2001 ATÉ O CURRICULO VIGNT NO PRÓPRIO CURSO - 3 primeiros períodos DISCIPLINA A DISCIPLINA B CÓDIGO DISCIPLINA - 2008 C/H CUR -SO DISCIPLINA C/H CÓDIGO

Leia mais

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática

Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Desenho: da imagem mental à representação gráfica - uma proposta para o ensino da Matemática Patricia Andretta 1 Ana Maria P. Liblik 2 Resumo O presente projeto de pesquisa terá como objetivo compreender

Leia mais

PAPEL INSPIRANDO IDEIAS

PAPEL INSPIRANDO IDEIAS 1 PAPEL INSPIRANDO IDEIAS Colégio Londrinense Alunos: Pedro Petri Gabriel Gava Orientadora: Wiviane Knott Sá Oliveira Silva RESUMO Este trabalho celebra o poder do artesão e dos artefatos por eles produzidos,

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Pintura Mural Releituras Romero Brito Área temática: Inclusão Social 2. Responsável pelo Projeto: ( ) Discente ( X )

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.html Cursos de extensão a distância O SENAI CETIQT oferece

Leia mais

A arte do século XIX

A arte do século XIX A arte do século XIX Índice Introdução ; Impressionismo ; Romantismo ; Realismo ; Conclusão ; Bibliografia. Introdução Durante este trabalho irei falar e explicar o que é a arte no século XIX, especificando

Leia mais

ESTAMPARIA TÊXTIL: DIFERENCIAL CRIATIVO E COMPETITIVO. Ingresso janeiro 2016. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.

ESTAMPARIA TÊXTIL: DIFERENCIAL CRIATIVO E COMPETITIVO. Ingresso janeiro 2016. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm. ESTAMPARIA TÊXTIL: DIFERENCIAL CRIATIVO E COMPETITIVO Ingresso janeiro 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias ESTAMPARIA TÊXTIL: DIFERENCIAL CRIATIVO E COMPETITIVO Atualmente o design

Leia mais

PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA

PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA 1 PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA: ÁREA Artes Visuais Artes Cênicas Música Literatura Audiovisual

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO 1 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN GRÁFICO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) Consuni nº. 63/14, 2011 de 10 de dezembro de 2014. 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 3 01 INTRODUÇÃO AO CONHECIMENTO TECNOLÓGICO...

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina

Universidade Estadual de Londrina Universidade Estadual de Londrina Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Londrina 2010 1 Josiane de Freitas Santos Relatório de Estágio em Educação Infantil Relatório final

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 8.º Ano Projeto 1: ANIMAÇÂO GRÁFICA DA CAPA Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Objetivo Geral: Reinventar uma foto do aprendente através do desenho e colagem. Deste estudo resultará a ilustração

Leia mais

o museu do cão! mundo

o museu do cão! mundo mundo 34 o museu do cão! Foof é o primeiro museu do mundo dedicado exclusivamente aos cães. Inaugurado recentemente, ele está situado ao sul da cidade de Mondragone, província de Caserta, a 188 Km de Roma,

Leia mais

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO **Material elaborado por Taís Vieira e Marley Rodrigues

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO **Material elaborado por Taís Vieira e Marley Rodrigues Faccat Faculdades Integradas de Taquara Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Disciplina: Planejamento e Assessoria em Comunicação Profª Me. Taís Vieira ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO **Material

Leia mais

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03

PROJETO RECICLAGEM. 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: 2. Duração: 01 /03 a 31/03 PROJETO RECICLAGEM 1. Tema: Reciclar é bom, Reutilizar é melhor e Reduzir é melhor ainda. Área de abrangência: (x) Movimento (x) Musicalização (x) Artes Visuais (x) Linguagem Oral e Escrita (x) Natureza

Leia mais

Fashion Marketing & Communication

Fashion Marketing & Communication Os programas de Pós-Graduação oferecidos pela Faculdade de Tecnologia do Istituto Europeo di Design estão em conformidade legal e atendem as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e nº 1, de 8

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia. www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/senai-cetiqt/educacao/2014/07/1,40922/cursos-de-extensao-a-distancia.html Cursos de extensão a distância O SENAI CETIQT oferece

Leia mais

PATRIMÔNIO HISTÓRIO DE SÃO JOÃO DO CARIRI: MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES NO ESTUDO DA MATEMÁTICA MOVIDAS POR SUA ESTÉTICA APARENTE

PATRIMÔNIO HISTÓRIO DE SÃO JOÃO DO CARIRI: MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES NO ESTUDO DA MATEMÁTICA MOVIDAS POR SUA ESTÉTICA APARENTE PATRIMÔNIO HISTÓRIO DE SÃO JOÃO DO CARIRI: MÚLTIPLAS POSSIBILIDADES NO ESTUDO DA MATEMÁTICA MOVIDAS POR SUA ESTÉTICA APARENTE Gilmara Gomes MEIRA 1 1 Departamento de Matemática Mestrado em Ensino de Ciências

Leia mais

EDITAL Nº 12/2011. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC.

EDITAL Nº 12/2011. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC. EDITAL Nº 12/21 Processo Seletivo de Docentes para os Cursos de Arquitetura e Urbanismo e Moda da Estácio FIC 21. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições

Leia mais

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO FORMATO EVENTO SINOPSE PÚBLICO CARGA- HORÁRIA PREÇO SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 80,00 SENAI - AUTOMOTIVO - MECÂNICO DE TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA 120

Leia mais

Design de superfície e arte: processo de criação em estamparia têxtil como lugar de encontro. Miriam Levinbook

Design de superfície e arte: processo de criação em estamparia têxtil como lugar de encontro. Miriam Levinbook Design de superfície e arte: processo de criação em estamparia têxtil como lugar de encontro. Miriam Levinbook Resumo: Este artigo propõe conexões a respeito do design de superfície em estamparia têxtil

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

CATÁLOGO DE REFERÊNCIAS PARA A SÍNTESE VISUAL EM PROJETO DE DESIGN DE MODA

CATÁLOGO DE REFERÊNCIAS PARA A SÍNTESE VISUAL EM PROJETO DE DESIGN DE MODA CATÁLOGO DE REFERÊNCIAS PARA A SÍNTESE VISUAL EM PROJETO DE DESIGN DE MODA Catalogue of references for visual synthesis on fashion design project Prado, Marcela Monteiro; Discente; Universidade Estadual

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO DE LETRAS DIEGO LOPES MACEDO ELIANA ANTUNES DOS SANTOS GILMARA PEREIRA DE ALMEIDA RIBEIRO

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO DE LETRAS DIEGO LOPES MACEDO ELIANA ANTUNES DOS SANTOS GILMARA PEREIRA DE ALMEIDA RIBEIRO UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO DE LETRAS DIEGO LOPES MACEDO ELIANA ANTUNES DOS SANTOS GILMARA PEREIRA DE ALMEIDA RIBEIRO ANÁLISE DO DISCURSO DA PROPAGANDA MARLBORO SOROCABA 2014 1 Introdução O presente trabalho

Leia mais

CONTATOS: FASHION TEEN

CONTATOS: FASHION TEEN CONTATOS: FASHION TEEN End: QI 13 Bloco E Loja 08 Lago Sul Brasília DF Tel: + 55 61.3366.2277/ 61.8533.2515 E-mail: contato@fashionteen.com.br Web: www.fashionteen.com.br APRESENTAÇÃO CURSO FASHIONTEEN

Leia mais

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral

Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral III Mostra de Pesquisa da Pós-Graduação PUCRS Reflexões sobre as dificuldades na aprendizagem de Cálculo Diferencial e Integral Marcelo Cavasotto, Prof.ª Dra. Ruth Portanova (orientadora) Mestrado em Educação

Leia mais

UMA PROPOSTA DE USO DE INTERFACE GRÁFICA PARA O DESENVOLVIMENTO DO BORDADO MANUAL

UMA PROPOSTA DE USO DE INTERFACE GRÁFICA PARA O DESENVOLVIMENTO DO BORDADO MANUAL UMA PROPOSTA DE USO DE INTERFACE GRÁFICA PARA O DESENVOLVIMENTO DO BORDADO MANUAL A proposal use of graphic interface for development manual embroidery Mendes, Isabella Filipini; UTFPR Apucarana, isa_filipini70@hotmail.com

Leia mais

EDITAL Nº 01/2012. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC.

EDITAL Nº 01/2012. Art. 1º O processo seletivo compreende o acesso de professores para ao quadro de docentes da Estácio FIC. EDITAL Nº 01/2012 Processo Seletivo de Docentes dos Cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design de Moda, Design Gráfico da Estácio FIC 2012. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC,

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo

Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo Arquitetura e Urbanismo CARREIRA EM ARQUITETURA E URBANISMO Os arquitetos recebem uma formação geral que lhes permite trabalhar em diversos campos: em projetos de construções, de

Leia mais

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO

APRESENTAÇÃO OBJETIVO DO CURSO 1 APRESENTAÇÃO Segundo Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação em Design (2004), o curso de graduação em Design deve ensejar, como perfil desejado do formando, capacitação para a apropriação

Leia mais

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL

Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL Comunicação JOGOS TEATRAIS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO MATERNAL E EDUCAÇÃO INFANTIL ROSA, Maria Célia Fernandes 1 Palavras-chave: Conscientização-Sensibilização-Transferência RESUMO A psicóloga Vanda

Leia mais

INSTITUCIÓN: Programa Primeira Infância Melhor. Departamento de Ações em Saúde Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul

INSTITUCIÓN: Programa Primeira Infância Melhor. Departamento de Ações em Saúde Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul EXPERIENCIA PRESENTADA EN FORMATO PÓSTER: Primeira Infância Melhor Fazendo Arte: Relato de experiência da Política Pública do Estado do Rio Grande do Sul/ Brasil na formação lúdica de visitadores domiciliares

Leia mais

Vamos explorar temas como:

Vamos explorar temas como: Esse curso tem o objetivo de aprofundar a prática e o estudo de desenho no formato cartoon para utilização em registros visuais, facilitação gráfica, ilustração e outras aplicações. Ao longo desses 2 meses

Leia mais

PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015

PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015 PLANEJAMENTO ATELIER CULTURAL FULL DAY COLÉGIO FARROUPILHA 2015 A Lezanfan apresenta a programação de atividades de Capoeira, Yoga e Artes para o Full Day 2015 Capoeira Professor Maicon Vieira Técnico

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/ 2013 Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: COMUNICAÇÃO SOCIAL BACHARELADO MATRIZ CURRICULAR PUBLICIDADE E PROPAGANDA SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90.

Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4, 8, 32, 36, 72 e 90. porta aberta Nova edição Geografia 2º ao 5º ano O estudo das categorias lugar, paisagem e espaço tem prioridade nesta obra. 25383COL05 Conheça também! As demais disciplinas desta coleção nas páginas 4,

Leia mais

A ARTE DE PRODUZIR ARTE Professora: Márcia Roseli Ceretta Flôres professora de artes marciacerettaflores@yahoo.com.br ESCOLA MUNICIPAL FUNDAMENTAL

A ARTE DE PRODUZIR ARTE Professora: Márcia Roseli Ceretta Flôres professora de artes marciacerettaflores@yahoo.com.br ESCOLA MUNICIPAL FUNDAMENTAL A ARTE DE PRODUZIR ARTE Professora: Márcia Roseli Ceretta Flôres professora de artes marciacerettaflores@yahoo.com.br ESCOLA MUNICIPAL FUNDAMENTAL JOÃO GOULART INTRODUÇÃO A arte apresenta uma forma de

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:05. Ano/Semestre: 2011/1

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Curso 09/05/2011 15:05. Ano/Semestre: 2011/1 Curso: DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Centro de Ciências Humanas e da Comunicação Moda (Noturno) Ano/Semestre: 011/1 09/0/011 1:0 s por Curso Estilismo Industrial 1 ART.0111.00.00-1 ART.0.01.001-9 1 EQU.011.00.001-0

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo

Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo Secretaria Municipal de Educação de Braço do Trombudo Concurso: Prêmio AMAVI De Educação 2013 Pequenos Artistas Grandes Talentos Qualidade na Prática da Docência 2013 1 Professora: Aline de Fátima Alves

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS

TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS AULA 7 TÉCNICAS PARA COLETA DE DADOS Classificação das pesquisas científicas Classificação das pesquisas científicas: quanto a natureza Básica: Procura o progresso científico; Procura a ampliação dos conhecimentos

Leia mais

ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO

ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO ANIMAL PRINT E MODELOS EXPLICATIVOS DE CONSUMO SIMBÓLICO Animal print and symbolic consumption explaining models Garcia, Maria Carolina; Doutora; Centro Universitário Belas Artes, maria.garcia@belasartes.br

Leia mais

11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na segunda coluna:

11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na segunda coluna: TÉCNICO EM ASSUNTOS EDUCACIONAIS 4 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS QUESTÕES DE 11 A 25 11. Com base na Teoria Piagetiana, relacione os conceitos da primeira coluna de acordo com as definições apresentadas na

Leia mais

Desenvolvimento Experimental e Elaboração de Projeto de Pesquisa

Desenvolvimento Experimental e Elaboração de Projeto de Pesquisa Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Metodologia de Estudos e Pesquisas Desenvolvimento Experimental e Elaboração de Projeto de Pesquisa

Leia mais

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games

4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games 4 Cursos de nível superior no Brasil para formação de Designers de Games Este Capítulo apresenta o levantamento realizado dos cursos de nível superior no Brasil voltados para a formação de Designers de

Leia mais

PÚBLICO ALVO DO PROJETO ESTRUTURA E GÊNERO DRAMÁTICO

PÚBLICO ALVO DO PROJETO ESTRUTURA E GÊNERO DRAMÁTICO APRESENTAÇÃO A aparência é um manifesto de nossa personalidade. Através das roupas, penteados, acessórios, tatuagens etc. comunicamos ao resto do mundo uma infinidade de informações: do lugar social até

Leia mais

DESIGN BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO: PROCESSOS E EXPERIMENTOS EM MODA

DESIGN BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO: PROCESSOS E EXPERIMENTOS EM MODA DESIGN BRASILEIRO CONTEMPORÂNEO: PROCESSOS E EXPERIMENTOS EM MODA Brazilian contemporary design: process and experiments in fashion Moura, M., Dr, Universidade Estadual Paulista, monicamoura.design@gmail.com

Leia mais

EU SOU UM BONECO! UMA EXPERIÊNCIA EM AUTORRETRATO

EU SOU UM BONECO! UMA EXPERIÊNCIA EM AUTORRETRATO EU SOU UM BONECO! UMA EXPERIÊNCIA EM AUTORRETRATO Adriana D Agostino Relato de experiência Resumo A experiência apresentada foi realizada em 2013 no Colégio Salesiano Santa Teresinha a partir do material

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROJETO MODA E IDENTIDADE EM GOIÁS: CULTURA, DESIGN E PROCESSOS CRIATIVOS

RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROJETO MODA E IDENTIDADE EM GOIÁS: CULTURA, DESIGN E PROCESSOS CRIATIVOS RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROJETO MODA E IDENTIDADE EM GOIÁS: CULTURA, DESIGN E PROCESSOS CRIATIVOS Fashion And Identity in Goiás: Culture, Design and Creative Processes Aucê. Anuã; Graduanda; Universidade

Leia mais

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO RESUMOS, FICHAMENTOS E RESENHA

METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO RESUMOS, FICHAMENTOS E RESENHA METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO RESUMOS, FICHAMENTOS E RESENHA RESUMOS Definição: é a apresentação concisa e freqüentemente seletiva do texto, destacando-se os elementos de maior interesse e importância,

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL. DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE

CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL. DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN EDUCAÇÃO INFANTIL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES INFANTIL III e IV ARTE OBJETIVOS GERAIS Desenvolver o pensamento artístico, estético e crítico; Estimular a percepção visual

Leia mais

De Paris para o Brasil. www.ecolesuperieurerelooking.com.br

De Paris para o Brasil. www.ecolesuperieurerelooking.com.br De Paris para o Brasil www.ecolesuperieurerelooking.com.br A Ecole Supérieure de Relooking A Ecole Supérieure de Relooking está localizada em Paris, berço mundial das artes, da cultura, cidade que abraça

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

CORPO FEMININO E DETERMINAÇÕES DA INDÚSTRIA CULTURAL: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA SOCIAL Bruna Trevizoli Ferraz Lobo 1

CORPO FEMININO E DETERMINAÇÕES DA INDÚSTRIA CULTURAL: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA SOCIAL Bruna Trevizoli Ferraz Lobo 1 CORPO FEMININO E DETERMINAÇÕES DA INDÚSTRIA CULTURAL: CONTRIBUIÇÕES DA PSICOLOGIA SOCIAL Bruna Trevizoli Ferraz Lobo 1 (Orientador) Profa. Dra. Tatiana Machiavelli Carmo Souza 2 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design)

MATRIZ CURRICULAR. (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design) Curso: Graduação: Regime: Duração: MATRIZ CURRICULAR DESIGN DE MODA (Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design) TECNOLÓGICA SERIADO ANUAL - NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL

Leia mais

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO Deise Sachetti Pinar,Maria José Gomes Moreira de Miranda 2, Sumiko Hagiwara Sakae 3 Orientadora: Drª. Maria Tereza

Leia mais

PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL

PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL Panorama Social Viviani Bovo - Brasil 1 RELATÓRIO FINAL PARA CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL PANORAMA SOCIAL Viviani Bovo Campinas - Brasil Panorama Social Viviani Bovo - Brasil 2 Relatório para Certificação

Leia mais

OS SABERES NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA. Cleber Luiz da Cunha 1, Tereza de Jesus Ferreira Scheide 2

OS SABERES NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA. Cleber Luiz da Cunha 1, Tereza de Jesus Ferreira Scheide 2 Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 1029 OS SABERES NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA Cleber Luiz da Cunha 1, Tereza de Jesus Ferreira Scheide 2

Leia mais

MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR

MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR MODELAGEM APLICADA À INDÚSTRIA DE CONFECÇÃO: ESTUDO PRÁTICO NA CIDADE DE CIANORTE PR Marlina Salvador Radi 1 Carla Hidalgo Capelassi 2 Joyce Pavão do Prado 3 RESUMO Devido à importância do setor de no

Leia mais