A importância do Relatório Anual de Atividades das Unidades e os Resultados Gerados a partir da Coleta do Ano Base 2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A importância do Relatório Anual de Atividades das Unidades e os Resultados Gerados a partir da Coleta do Ano Base 2011"

Transcrição

1 A importância do Relatório Anual de Atividades das Unidades e os Resultados Gerados a partir da Coleta do Ano Base 2011 II Encontro de Relatório de Gestão 17/12/2012

2 Agenda Parte I: Os processos que utilizam o Relatório de Atividades Anuais Parte II: Resultados da Coleta Ano Base

3 Parte I Os processos que utilizam o Relatório de Atividades Anuais 3

4 Processos O Relatório de Atividades Anuais alimenta os processos de elaboração dos seguintes documentos: Relatório de Gestão - Indicadores TCU Relatório de Autoavaliação (CPA) Anuário Estatístico e UFPA em Números Matriz Orçamentária Interna Coleta de dados para Sistemas de Informações Governamentais (Censo da Educação Superior, PingIFES, etc) 4

5 Relatório de Gestão Relatório de Gestão é peça obrigatória do processo de prestação de contas anual dos gestores da Administração Pública Federal, descreve as metas estabelecidas, ações realizadas e resultados alcançados ao longo do exercício; O conteúdo e a forma de apresentação do Relatório de Gestão são definidos anualmente pelo TCU por meio de Decisões Normativas e Portarias; Normas válidas para prestação de contas 2012: Instrução Normativa TCU nº 63/2010: traz as normas gerais sobre a prestação de contas a partir do exercício 2010; Decisão Normativa TCU nº 119/2012: Define as unidades jurisdicionadas, cujos responsáveis devem apresentar relatório de gestão referente ao exercício de 2012, especificando a forma, os conteúdos e os prazos de apresentação ; Portaria TCU nº 150/2012: Dispõe sobre orientações às unidades jurisdicionadas ao Tribunal, quanto ao preenchimento dos conteúdos dos relatórios de gestão referentes ao exercício de

6 Relatório de Gestão DN TCU nº 119/2012: Define as unidades jurisdicionadas cujos responsáveis devem apresentar relatório de gestão referente ao exercício de 2012, especificando a forma, os conteúdos e os prazos de apresentação ; As Universidades Prazo: 31/03/2013; Seguir conteúdo geral definido para autarquias e fundações do Poder Executivo; Seguir conteúdo específico definido para Instituições Federais de Ensino Superior IFES: O TCU por meio da Decisão N o 408 de 28/04/2002 determinou que as IFES apresentassem no seu Relatório de Gestão anual os indicadores de desempenho e análise da série histórica dos últimos 5 anos. Anualmente apresenta a metodologia de cálculo desses indicadores. Além de constar no Relatório de Gestão, os indicadores devem ser registrados no Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças do Ministério da Educação no Brasil (SIMEC). Exemplos: Índice de Qualificação do Corpo Docente (IQCD), Taxa de Sucesso na Graduação (TSG) e Conceito CAPES/MEC para a Pós-Graduação. 6

7 Relatório de Gestão Conteúdo geral relatório das Unidades Ações governamentais (SIMEC): Pró-reitorias, AEDI, Escola de Aplicação, Hospitais Universitários, Institutos ou Campi envolvidos diretamente no desenvolvimento da ação; Sistema de Correição: CPPAD; Gestão Ambiental e Licitações Sustentáveis : PROAD Conteúdo específico relatório das unidades Cálculo e análise dos indicadores <-> PROPLAN Dados da Pós-Graduação <-> PROPESP Dados da Residência Médica <-> Hospitais Universitários Mão-de-obra terceirizada <-> Prefeitura 7

8 Relatório de Autoavaliação - CPA PORTARIA Nº- 821, DE 24 DE AGOSTO DE 2009/MEC, artigo 6º. º As Instituições de Ensino devem postar os relatórios de autoavaliação institucional (10 Dimensões do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES)) no sistema e-mec até o dia 31 de março de cada ano; DIMENSÃO 2 PERSPECTIVA CIENTÍFICA E PEDAGÓGICA FORMADORA: políticas, normas e estímulos para o Ensino, a Pesquisa e a Extensão - Coletados a partir dos Relatórios de Atividades Anuais da PROEG, PROPESP e PROEX 8

9 Anuário Estatístico O Anuário Estatístico é um documento institucional que agrega informações sobre: Ensino de Graduação; Ensino de Pós-Graduação; Pesquisa; Extensão; Docente e Técnico-Administrativo; Órgãos suplementares (Biblioteca, CTIC); Área da Saúde; Infraestrutura Utiliza os dados coletados dos relatórios das diversas unidades 9

10 UFPA em Números O UFPA em Números é um resumo dos indicadores contidos no Anuário Estatístico. A partir da versão 2010, é acessado no endereço: Utiliza os dados coletados dos relatórios das diversas unidades 10

11 Matriz Orçamentária Interna A matriz orçamentária interna é um mecanismo de distribuição orçamentária para aplicação no Ensino, Pesquisa e Extensão, levando em consideração os indicadores de desempenho das unidades acadêmicas. Na UFPA este modelo de distribuição orçamentária começou a ser utilizado a partir de 2006; São utilizados os seguintes indicadores: Número de alunos matriculados na graduação, na pós-graduação e na residência médica (Sistema de Informações); Número de alunos diplomados da graduação (Sistema de Informações); Área construída e de laboratório (Relatório das Unidades Acadêmicas); Número de Projetos de Pesquisa (Relatório da Pró-Reitoria de Pesquisa); Número de Projetos de Extensão (Relatório da Pró-Reitoria de Extensão); Número de professores envolvidos nos projetos de pesquisa e extensão (Relatórios da PROPESP e PROEX); Índice de qualificação do corpo docente e do corpo técnico administrativo (Sistema de Informação). 11

12 Censo da Educação Superior Anualmente, o Ministério de Educação através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) realiza a coleta de dados sobre a educação superior; O censo da educação superior reúne informações sobre as instituições de ensino superior, seus cursos de graduação presencial ou à distância, cursos sequenciais, vagas oferecidas, matrículas, ingressantes e concluintes, além de informações sobre docentes, nas diferentes formas de organização acadêmica e categoria administrativa; Os dados do censo são coletados a partir dos sistemas de informação e dos relatórios de atividades anuais, tais como: dados financeiros, bibliotecas. 12

13 Censo da Educação Superior Recursos de tecnologia assistiva disponíveis às pessoas com deficiência 13

14 Censo da Educação Superior Recursos de tecnologia assistiva disponíveis às pessoas com deficiência 14

15 PingIFES O PING-IFES é um sistema de coleta de dados e padronização das informações provenientes das IFES (Instituições Federais de Ensino Superior); O propósito desta plataforma é auxiliar os dirigentes das IFES e a SESu/MEC no processo de gestão, possibilitando o acompanhamento da evolução das instituições e a apresentação de informações educacionais aos órgãos responsáveis por tal acompanhamento e à sociedade em geral, conforme perfis e controle de acesso; As informações são coletadas para cálculo da Matriz Orçamentária das IFES e Acompanhamento de Metas do REUNI. A coleta é realizada a partir dos sistemas de informações das IFES, porém algumas informações podem ser coletadas a partir dos Relatórios de Atividades Anuais. 15

16 Parte II Resultados da Coleta Ano Base

17 Indicadores da Matriz Orçamentária de 2011 a ITEC Ano base de 2009 a 2011

18 INSTITUTO DE TECNOLOGIA Tabela 1: Indicadores do ITEC para Matriz Orçamentária com base nos anos de 2009 a 2011 Indicadores Ano Base IQCD 3,95 3,95 4,08 IQCTA 1,18 0,98 4,08 Ingressantes Graduação_1 Semestre Ingressantes Graduação_2 Semestre Matriculados Graduação_1 semestre Matriculados Graduação_2 semestre Diplomados Graduação_1 Semestre Diplomados Graduação_2 Semestre AGE 2263, , ,28 Matriculados na pós-graduação Projetos de pesquisa Projetos de Extensão Professores_Pesquisa_Extensão Area_Laboratório 8804, , ,80 Area_Construída 18966, , ,79

19 IQCD PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 1: Índice de Qualificação do Corpo Docente no período de 2009 a ,10 4,08 4,05 4,00 3,95 3,95 3,95 3,90 3, Anos

20 IQCTA PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 2: Índice de Qualificação do Corpo Técnico-administrativo no período de 2009 a ,50 4,00 3,50 3,00 2,50 2,00 1,50 1,00 0,50 0,00 4,08 1,18 0, Anos

21 AGE PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 3: Aluno Equivalente da Graduação no período de 2009 a , , , , , , , , , , , , Anos

22 Número de matriculados PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 4: Número de alunos matriculados na pós-graduação no período de 2009 a Anos

23 Número de projetos de pesquisa PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 5: Número de projetos de pesquisa no período de 2009 a Anos

24 Número de projetos de extensão PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 6: Número de projetos de extensão no período de 2009 a Anos

25 Número de professores PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 7: Número de professores envolvidos no projeto de pesquisa e extensão no período de 2009 a Anos

26 Área de laboratório (m 2 ) PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 8: Área de laboratório (em m 2 ) no período de 2009 a , , , , , , , , , , , Anos

27 Área construída (m 2 ) PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 9: Área construída (em m 2 ) no período de 2009 a , , , , , , , , , , , , , , Anos

28 INSTITUTO DE TECNOLOGIA Tabela 2: Orçamento (em reais) do ITEC no período de 2011 a 2013 Valor Anos Total , , ,04 Final , , ,04

29 Valor (em R$) PROPLAN INSTITUTO DE TECNOLOGIA Gráfico 10: Orçamento (em reais) do ITEC no período de 2011 a , , , , , , , , , , , Anos Total Final

30 Resultados Obtidos - Série Histórica 2007/ /12/2012

31 Vagas Ofertadas no Processo Seletivo Processo Seletivo (PS) Vagas Ofertadas (PS) Vagas por Acréscimo - Indígenas Vagas Pessoa com Deficiência - PcD Aumento de 30,01% em relação a Vagas Ofertadas (PS)

32 Matrículas na Graduação em Cursos Presenciais Matrículas Belém Interior Aumento de 2,88% em relação a Aumento de 61,85% em relação a Belém Interior

33 Matrículas PROPLAN Matrículas na Graduação em Cursos à Distância Matrículas Aumento de 99,38% em relação a Anos

34 Concluintes na Graduação Alunos Concluintes Belém Interior Decréscimo de 9,56% em relação a 2007 Decréscimo de 26,43% em relação a 2007 Belém Interior

35 Ingressantes na Graduação Alunos Ingressantes Belém Interior Aumento de 21,19% em relação a 2007 Aumento de 120,06% em relação a 2007 Belém Interior

36 Matrículas na Pós-Graduação Matrículas Stricto Sensu Mestrado Doutorado Aumento de 24,84% em relação a Aumento de 83,94% em relação a Mestrado Doutorado

37 Títulos Outorgados Títulos Outorgados Dissertação Teses Aumento de 58,72% em relação a Aumento de 145,10% em relação a 2007 Dissertação Teses

38 IQCD PROPLAN Índice de Qualificação do Corpo Docente IQCD 3,71 3,29 3,77 3,81 3,86 4 3,9 3,8 3,7 3,71 3,77 3,81 3,86 Aumento de 4,04% em relação a ,6 3,5 3,4 3,3 3,2 3,29 3, Ano

39 Docentes PROPLAN Docentes Ativos Docentes Ativos Aumento de 7,29% em relação a Ano

40 Exemplares PROPLAN Biblioteca Acervo das Bibliotecas (Exemplares) Aumento de 14,66% em relação a Ano

41 Projetos em execução Projetos concluídos PROPLAN Pesquisa Projetos em Execução Projetos Concluídos Aumento de 57,59% em relação a 2007 Aumento de 171,70% em relação a Anos Anos

42 Obrigada! Pró-Reitoria de Planejamento Institucional PROPLAN DINFI

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO PDI: Documento elaborado pela Equipe de Assessoria da Pró-reitoria de Planejamento da UEMA Agosto de 2015 INTRODUÇÃO O Ministério de Educação (MEC) através do Sistema Nacional

Leia mais

11. Demonstrativo de Capacidade e Sustentabilidade Financeira

11. Demonstrativo de Capacidade e Sustentabilidade Financeira 11. Demonstrativo de Capacidade e Sustentabilidade Financeira 188 PDI 2015-2019 11.1 Planejamento orçamentário e financeiro O Orçamento Público, em sentido amplo, é um documento legal (aprovado por lei)

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional

Plano de Desenvolvimento Institucional data Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - 2016-2020 Prof. Esper Cavalheiro Pró-Reitor de Planejamento - PROPLAN Profa. Cíntia Möller Araujo Coordenadora de Desenvolvimento Institucional e Estudos

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA DA UEPG TELÊMACO BORBA SINAES ENADE 2011 Ponta Grossa 2013 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO SINAES ENADE 2012 Ponta Grossa 2014 REITORIA Reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO Altair Justino COMISSÃO PRÓPRIA

Leia mais

V Encontro sobre Relatório de Gestão da UFPA

V Encontro sobre Relatório de Gestão da UFPA V Encontro sobre Relatório de Gestão da UFPA 10 de dezembro de 2015 Programação Planejamento PDI Plano de Desenvolvimento institucional Análise dos resultados alcançados a partir do PDI PDU Plano de Desenvolvimento

Leia mais

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS CCR: MODALIDADE PRESENCIAL

RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 CENTRO DE CIÊNCIAS RURAIS CCR: MODALIDADE PRESENCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL RELATÓRIO DE RESPOSTAS OBTIDAS NA PESQUISA DE AUTOAVALIAÇÃO 2016 DE CIÊNCIAS RURAIS

Leia mais

SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO PARA COORDENADORES DE CURSO. Bagé, 1º e 2/fev/2011

SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO PARA COORDENADORES DE CURSO. Bagé, 1º e 2/fev/2011 SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO PARA COORDENADORES DE CURSO Bagé, 1º e 2/fev/2011 O financiamento da Educação Superior Federal: desafios à gestão dos cursos de graduação Bagé, 1º e 2/fev/2011 Objetivo: evidenciar

Leia mais

Acompanhamento do Planejamento

Acompanhamento do Planejamento MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE ENSINO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PROPLAN Acompanhamento do Planejamento A

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010

RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010 RESOLUÇÃO NORMATIVA N.º 07/CUn/2010, de 26 de outubro de 2010 Dispõe sobre as normas que regulamentam a concessão de Bolsas de Pesquisa para discentes na Universidade Federal de Santa Catarina. O PRESIDENTE

Leia mais

Avaliação de Cursos, Novo Instrumento de Avaliação Institucional e a. Função da CPA neste contexto

Avaliação de Cursos, Novo Instrumento de Avaliação Institucional e a. Função da CPA neste contexto Avaliação de Cursos, Novo Instrumento de Avaliação Institucional e a Função da CPA neste contexto Profa. Dra. Marion Creutzberg Coordenadora da CPA / PUCRS Papel da CPA na avaliação de cursos de graduação

Leia mais

ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA

ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA ORGANOGRAMA IFTM - REITORIA CONSELHO SUPERIOR - Reitoria COLÉGIO DE DIRIGENTES REITOR CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO - CEPE COORDENAÇÃO GERAL DE AUDITORIA INTERNA COORDENAÇÃO DE APOIO AOS SERVIÇOS

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI -

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - Plano de Desenvolvimento Institucional PDI - Diretrizes para Elaboração Eixos Temáticos Essenciais do PDI Perfil Institucional Avaliação e Acompanhamento do Desenvolvimento Institucional Gestão Institucional

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL - PRPDI Orientação Geral O Plano de Desenvolvimento Institucional -PDI, elaborado para um período de 5

Leia mais

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN

IV Encontro Pedagógico do IFAM 2016 DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN DIRETORIA DE ENSINO MÉDIO E TÉCNICO SISTÊMICA DET/PROEN AVALIAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO DO IFAM Lei Nª 11.872/2008 Art. 7ª - Objetivos dos Institutos Federais: I - ministrar educação profissional

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM FARMÁCIA DA UEPG SINAES ENADE 2010 Ponta Grossa 2012 REITORIA Reitor João Carlos Gomes Vice-reitor Carlos Luciano Sant Ana Vargas PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

CONSUMO (expediente e laboratório)

CONSUMO (expediente e laboratório) MINISTÉRIO A EUCAÇÃO UNIVERSIAE FEERAL A GRANE OURAOS PRÓ-REITORIA E AVALIAÇÃO E PLANEJAMENTO - PROAP COORENAORIA E PLANEJAMENTO - COPLAN NOTA EXPLICATIVA - ISTRIBUIÇÃO E RECURSOS E CUSTEIO UNIAES ACAÊMICAS

Leia mais

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Relatório da IES ENADE 2012 EXAME NACIONAL DE DESEMEPNHO DOS ESTUDANTES FLORIANÓPOLIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais G O V E R N O F E D E

Leia mais

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA DIRETORIA DE ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO GERAL DO CENSO ESCOLAR DA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR

Leia mais

Acesso e Permanência no Ensino Superior

Acesso e Permanência no Ensino Superior Acesso e Permanência no Ensino Superior José Francisco Soares Presidente do INEP Brasília-DF Março 2015 Censo da Educação Superior Características: Anual e sistemático; Declaratório; Participação obrigatória;

Leia mais

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES

ENADE 2010 ENADE. Relatório da IES EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES ENADE 2010 Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE NATAL G Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Secretaria de Métodos e Suporte ao Controle Externo Diretoria de Normas e Gestão de Contas

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO Secretaria de Métodos e Suporte ao Controle Externo Diretoria de Normas e Gestão de Contas Orientações para elaboração do item de informação Apresentação e análise dos indicadores de desempenho conforme deliberações do Tribunal de Contas da União 1. Este item compõe a Seção PLANEJAMENTO ORGANIZACIONAL

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011

RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011 COMISSÃO PROPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA- Ano: 2011 São Luis- MA 2011 1 RELATÓRIO DE ATIVIDADES EXECUTADAS PELA CPA - 2011 Programa de sensibilização de discente, coordenadores

Leia mais

Avaliação da Educação Superior

Avaliação da Educação Superior CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA Avaliação da Educação Superior Profa. Dra. Luciane Torezan Viegas luciane.viegas@metodistadosul.edu.br AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO EXTERNA: Coordenadoria de Avaliação

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS NOME DO CANDIDATO: INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS NOME DO CANDIDATO: INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA UFSC Campus Universitário Trindade Caixa Postal 476 Cep 88040-900 Florianópolis SC Brasil Fones: (048) 3721-6525, 331-6649 Fax (048) 3721-6649 MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

NOTAS ESTATÍSTICAS Censo da Educação Superior 2015

NOTAS ESTATÍSTICAS Censo da Educação Superior 2015 NOTAS ESTATÍSTICAS 2015 2015 Notas Estatísticas O, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), constitui-se em importante instrumento de obtenção

Leia mais

A Expansão do Ensino Superior no Brasil

A Expansão do Ensino Superior no Brasil AULA MAGNA UFPE 2009.1 A Expansão do Ensino Superior no Brasil Prof. Amaro Henrique Pessoa Lins Reitor UFPE POR QUE EXPANDIR? O ensino público, gratuito e de qualidade é essencial para reverter a situação

Leia mais

FUNDAÇÃO SÃO PAULO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP 2005 a 2009

FUNDAÇÃO SÃO PAULO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP 2005 a 2009 FUNDAÇÃO SÃO PAULO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP 2005 a 2009 PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ENCONTRO ANUAL DE PLANEJAMENTO 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ENCONTRO ANUAL DE PLANEJAMENTO 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO ENCONTRO ANUAL DE PLANEJAMENTO 2015 ABRIL DE 2015 PLANEJAMENTO INSTITUCIONAL Metas na LOA 2015; Atividades realizadas em 2014; Metas

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA PGO EXERCÍCIO 2017

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA PGO EXERCÍCIO 2017 Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Diretoria de Planejamento DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE GESTÃO ORÇAMENTÁRIA PGO

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017

CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 CALENDÁRIO ACADÊMICO UNIVERSITÁRIO UNILA 2017 Dias Mês Datas Atividades Letivos Janeiro 1 2 3 4 5 6 7 6 01 Dia da Confraternização Universal 8 9 10 11 12 13 14 6 9 a 17 Implantação no SIGAA das turmas

Leia mais

Realidade e perspectivas do ENADE

Realidade e perspectivas do ENADE Avaliação de cursos de Graduação em Ciência Contábeis: Realidade e perspectivas do ENADE Profa. Dra. Marion Creutzberg Coordenadora da Comissão Própria de Avaliação (CPA/PUCRS) Tópicos Coordenador x avaliação

Leia mais

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade:

Resolução n 225, de 21 de junho R E S O L V E: Art. 1º - Alterar a redação do parágrafo 2º artigo 12 do Regimento Geral da Universidade: Resolução n 225, de 21 de junho 2016. Aprova emendas ao Regimento Geral da Universidade, cria setores e dá outras providências. O Conselho Universitário CONSUNI, da Universidade do Planalto Catarinense

Leia mais

ENADE Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ

ENADE Relatório da IES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ ENADE 2011 Relatório da IES G Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE MOSSORÓ O V E R N O F E D E R A L PAÍS RICO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ANEXO I

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ANEXO I SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS ANEXO I Tabela para pontuação visando à progressão funcional docente, aprovada pela congregação do ICB em 1 e 1/0/01,

Leia mais

Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior

Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior Aluno Equivalente e Censo da Educação Superior Facilitador:Charles Vieira (Estatístico) 2 Matriz OCC Atual Base Legal: Portaria nº 651, de 14 de julho de 2013 Decreto nº 7.233, de 19 de julho de 2010 Lei

Leia mais

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC.

Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Apoio Acadêmico PAA/SESu/MEC. Seminário Andifes Eficiência e Qualidade na ocupação de Vagas Discentes nas Universidades Federais Proposta de Mecanismo de Controle, a partir do Programa de Acadêmico. COGRAD GT Evasão e Retenção Prof.

Leia mais

Treinamento Básico do SIE Módulo Administrativo

Treinamento Básico do SIE Módulo Administrativo Treinamento Básico do SIE Módulo Administrativo Rio de Janeiro,11 de Março de 2009 Centro de Processamento de Dados O Sistema de Informações para o Ensino O SIE é acessível a partir de qualquer microcomputador

Leia mais

E I X O S

E I X O S 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 5 E I X O S 10 dimensões 5 eixos 8- Planejamento e Avaliação. 1- Missão e Plano de Desenvolvimento Institucional. 0011 3- Responsabilidade 0010 1010 1101 Social 0001

Leia mais

ATUAÇÃO DA CPA. Roteiro. Avaliação do ensino superior. Avaliação do Ensino Superior. Autoavaliação na UFMS

ATUAÇÃO DA CPA. Roteiro. Avaliação do ensino superior. Avaliação do Ensino Superior. Autoavaliação na UFMS ATUAÇÃO DA CPA Avaliação do ensino superior Roteiro Avaliação do Ensino Superior Legislação SINAES Autoavaliação Institucional Dimensões Autoavaliação na UFMS Instrumentos AVALIAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

Leia mais

EIXO 2 DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL

EIXO 2 DIMENSÃO 1 A MISSÃO E O PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL EIXO 1 DIMENSÃO 8 PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO 1 O plano de desenvolvimento do instituto PDI ( http://www.ufopa.edu.br/arquivo/portarias/2015/pdi20122016.pdf/view ) faz referência a todos os processos internos

Leia mais

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência)

ANEXO 2. PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) 1. IDENTIFICAÇÃO ANEXO 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA Departamento de (Nome do departamento) Curso de (Nome do curso) PTD - PLANO DE TRABALHO DOCENTE - (Ano de referência) Nome: Unidade Acadêmica de

Leia mais

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação

II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação II FÓRUM CPA Comissão Própria da Avaliação 25 de maio de 2016 EIXO 1: PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Dimensão 8: Planejamento e avaliação Fragilidades Melhorar as reuniões da CPA e reestruturar

Leia mais

UFRRJ Pró-reitoria de Assuntos Financeiros ORÇAMENTO /03/2015

UFRRJ Pró-reitoria de Assuntos Financeiros ORÇAMENTO /03/2015 UFRRJ Pró-reitoria de Assuntos Financeiros ORÇAMENTO 2015 01/03/2015 Grupos de Natureza de Despesa Orçamento da UFRRJ - 2009 a 2015 Ano R$ Percentuais do Orçamento Inicial Orçamento Inicial Pessoal e Encargos

Leia mais

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Bibliotecas Universitárias e a Avaliação pelo MEC. Mírian Rocha Bibliotecária / Assessoria Educacional mqrocha@gmail.com (17) 8135-7993 PROCESSOS DE REGULAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº de 09 de maio de 2006

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº de 09 de maio de 2006 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Artigo 16 do Decreto nº 5.773 de 09 de maio de 2006 I Introdução A edição do Decreto n. 5.773, de 9 de maio de 2006, que dispõe sobre

Leia mais

PDI Plano de Desenvolvimento Institucional

PDI Plano de Desenvolvimento Institucional PDI 2015-2019 Plano de Desenvolvimento Institucional CENÁRIO PDI - 2016 METODOLOGIA DE TRABALHO SISTEMÁTICA DE ACOMPANHAMENTO PAINEL DE BORDO DISPONIBILIDADE NO SITE DA UFERSA PRESENCIAL PAINEL DE BORDO

Leia mais

ABRUEM Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais. Profª Drª Berenice Quinzani Jordão

ABRUEM Associação Brasileira de Reitores das Universidades Estaduais e Municipais. Profª Drª Berenice Quinzani Jordão Profª Drª Berenice Quinzani Jordão As Universidades Estaduais e Municipais dos Estados da Federação são reguladas e avaliadas diretamente pelo Conselho Estadual de Educação CEE (Instituições e Cursos),

Leia mais

Avaliação Institucional Docentes

Avaliação Institucional Docentes Avaliação Institucional Docentes A avaliação é um processo fundamental para a qualidade do trabalho desenvolvido nas Instituições de Ensino Superior. Nesse sentido, a Comissão Própria de Avaliação (CPA)

Leia mais

ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS

ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS ENADE 2015 PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) O QUE É O ENADE? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é uma avaliação que objetiva aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3 O Curso de Especialização em Saúde da Família, modalidade à distância, da Faculdade de Medicina/Instituto de Ciências da Saúde, da Universidade

Leia mais

O ACESSO E PERMANÊNCIA DOS ESTUDANTES NO ENSINO SUPERIOR E A PRÁXIS DO GESTOR

O ACESSO E PERMANÊNCIA DOS ESTUDANTES NO ENSINO SUPERIOR E A PRÁXIS DO GESTOR O ACESSO E PERMANÊNCIA DOS ESTUDANTES NO ENSINO SUPERIOR E A PRÁXIS DO GESTOR Gisele do Rocio Cordeiro Luis Fernando Lopes RESUMO A pesquisa tem o intuito de contribuir com a discussão sobre o papel do

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL PDI 2011-2015 1. PERFIL INSTITUCIONAL Com base no artigo 16 do Decreto Federal nº 5.773, de 09 de maio de 2006. 1.1 Missão (ASPLAN)

Leia mais

Apresentação PDI Plano de Desenvolvimento Institucional

Apresentação PDI Plano de Desenvolvimento Institucional Apresentação 8 PDI 2015-2019 Plano de Desenvolvimento Institucional 2015-2019 A administração pública contemporânea tem apresentado novos desafios ao planejamento estratégico. As demandas por maior racionalidade

Leia mais

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL

UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE MONITORIA PROGRAMA DE TUTORIA EDITAL O Pró-Reitor de Graduação da Universidade Federal Fluminense, no uso de suas atribuições

Leia mais

ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC

ANEXO I TRILHAS DE APRENDIZAGEM DO PFGC 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS JOÃO PESSOA PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE GESTORES

Leia mais

CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI. Diamantina, agosto de 2009.

CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI. Diamantina, agosto de 2009. CONSTRUINDO O FUTURO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI Diamantina, agosto de 2009. Até 2013 UFVJM estará entre as melhores instituições de ensino superior do Brasil... B SITUAÇÃO

Leia mais

Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade. Brasília-DF 25 de abril de 2016

Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade. Brasília-DF 25 de abril de 2016 Avaliação da Educação Superior SINAES e Indicadores de Qualidade Brasília-DF 25 de abril de 2016 Indicador de Desempenho no Enade (IDE) 1 - O Conceito Enade, atualmente, é calculado pela metodologia de

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI (versão preliminar)

Plano de Desenvolvimento Institucional PDI (versão preliminar) VII Encontro de Avaliação Institucional da USP Plano de Desenvolvimento Institucional PDI 2012-2017 (versão preliminar) Comissão Permanente de Avaliação - CPA Helio Nogueira da Cruz SP, 16 de agosto de

Leia mais

A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco

A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco A Experiência do Escritório de Processos UFRGS Gabriela Musse Branco Diretora do Escritório de Processos da UFRGS A UFRGS Negócio: Conhecimento Autarquia pertencente à administração indireta do Executivo

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA ORGANOGRAMA INSTITUCIONAL 2016

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA ORGANOGRAMA INSTITUCIONAL 2016 ORGANOGRAMA INSTITUCIONAL 2016 ORGANOGRAMA INSTITUCIONAL 2016 CONSUNI CONCUR ÓRGÃOS DA SUPERIOR COMISSÕES SUPERIORES ENSINO PESQUISA EXTENSÃO REITORIA AUDIN CONJUR GABINETE ÓRGÃOS COMPLEMENTARES COMISSÕES

Leia mais

Artigo 2º - Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação.

Artigo 2º - Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. RESOLUÇÃO UNESP Nº 45, DE 23 DE MARÇO DE 2012. Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Educação, Cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado, do Instituto de Biociências do Câmpus de Rio Claro.

Leia mais

PLANO PLURIANUAL R$ 1,00 INFORMAÇÕES SOBRE AS AÇÕES ESTRATÉGICAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - FUESPI

PLANO PLURIANUAL R$ 1,00 INFORMAÇÕES SOBRE AS AÇÕES ESTRATÉGICAS FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - FUESPI 90 - GESTÃO E MANUTENÇÃO DO PODER EXECUTIVO COORDENAÇÃO GERAL DA FUESPI PROMOVER POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR DOCENTE E ADMINISTRATIVO, INCLUINDO O PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA. AMPLIAR O QUADRO

Leia mais

Plano de Atividade Docente SIGAA

Plano de Atividade Docente SIGAA Plano de Atividade Docente SIGAA Sumário Portal do Docente - SIGAA 1. APRESENTAÇÃO...2 2. Plano de Atividade Docente: PAD...2 1. APRESENTAÇÃO SIGAA Plano de Atividade Docente >> Sobre o SIGAA O SIGAA informatiza

Leia mais

Art. 1º Aprovar, em extrato, o Instrumento de Avaliação para Reconhecimento de Cursos Superiores de Tecnologia, anexo a esta Portaria.

Art. 1º Aprovar, em extrato, o Instrumento de Avaliação para Reconhecimento de Cursos Superiores de Tecnologia, anexo a esta Portaria. SIC 01/09 Belo Horizonte, 06 de janeiro de 2009. RECONHECIMENTO. CURSOS DE TECNOLOGIA, BACHARE- LADO E LICENCIATURA, E DIREITO. INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PORTARIAS Nºs 1, 2 E 3, PUBLICADAS DIA 06/01/09

Leia mais

UNIRIO / PROPLAN DIRETORIA DE AVALIAÇÃO E INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS - DAINF ORGANOGRAMA DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS. Atualizado em

UNIRIO / PROPLAN DIRETORIA DE AVALIAÇÃO E INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS - DAINF ORGANOGRAMA DAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS. Atualizado em Atualizado em 15.03.2016 Boletim Interno nº 05/2016 1 1. GERAL REITORIA Vice-Reitoria Pró-Reitoria de Graduação Pró-Reitoria de Extensão e Cultura Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal de Santa Catarina no município: FLORIANOPOLIS SUMÁRIO

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal da Bahia no município: SALVADOR SUMÁRIO Apresentação...

Leia mais

O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes

O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes O ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação do Sinaes OUTUBRO, 2011 S I Avaliação da Cursos N A E Avaliação Instituciona l Enade S AVALIAÇÃO A avaliação das instituições visa identificar o perfil e

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 79, DE 28 DE AGOSTO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 79, DE 28 DE AGOSTO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 79, DE 28 DE AGOSTO DE 2014 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 56ª Reunião Ordinária, realizada no dia 28 de agosto de 2014, no uso das atribuições que lhe são

Leia mais

POR DENTRO DO ENADE. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG

POR DENTRO DO ENADE. Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG POR DENTRO DO ENADE Procuradoria Educacional Institucional Pró-Reitoria de Ensino IFG O QUE É O ENADE? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) é um dos instrumentos de avaliação institucional

Leia mais

Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011

Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011 Seminário sobre Avaliação da Educação Superior Perspectivas para o ENADE 2011 e demais instrumentos de avaliação JULHO, 2011 EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%)

Leia mais

Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Brasília-DF Agosto 2015

Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Brasília-DF Agosto 2015 Indicadores de Qualidade da Educação Superior Brasília-DF Agosto 2015 Sobre o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES MARCOS LEGAIS da AVALIAÇÃO da EDUCAÇÃO SUPERIOR Constituição Federal

Leia mais

Idéias sobre o dimensionamento de pessoal

Idéias sobre o dimensionamento de pessoal Idéias sobre o dimensionamento de pessoal Tônia Duarte da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul O processo de dimensionamento é um instrumento de gestão que se caracteriza como processo diagnóstico

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado da Educação e da Cultura SEEC UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN Pró-Reitoria de Ensino de Graduação PROEG BR 110 KM 46 Av.

Leia mais

LOGO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN ORÇAMENTO 2016

LOGO PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO - PROPLAN ORÇAMENTO 2016 LOGO ORÇAMENTO 2016 INTRODUÇÃO O Orçamento Geral da União OGU foi aprovado pela Lei 13.255 de 14 de Janeiro de 2016. Em 30/03/2016 foi publicado o Decreto 8.700, que dispõe sobre o cronograma mensal de

Leia mais

ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012

ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012 ENADE 2012 INFORMAÇOES IMPORTANTES PROACAD - UFPE DIRETORIA DE GESTÃO ACADÊMICA JUNHO 2012 1 Documentos 2 Estudantes ingressantes e concluintes para o ENADE 2012 3 Regularização dos estudantes em situação

Leia mais

PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação

PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação 1 CENTRO EDUCACIONAL VISCONDE DE TAUNAY CEVITA FACULDADES INTEGRADAS DE PARANAÍBA FIPAR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação 2010 2 APRESENTAÇÃO O Plano de Ação ora

Leia mais

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº AÇÃO DE AUDITORIA Nº 6.1 DO PAINT/2016 Análise da Fidedignidade dos Indicadores de Desempenho das IFES

RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº AÇÃO DE AUDITORIA Nº 6.1 DO PAINT/2016 Análise da Fidedignidade dos Indicadores de Desempenho das IFES RELATÓRIO DE AUDITORIA Nº 201602 - AÇÃO DE AUDITORIA Nº 6.1 DO PAINT/2016 Análise da Fidedignidade dos Indicadores de Desempenho das IFES Dourados MS, julho de 2016. Sumário 1. INTRODUÇÃO 3 2. VISÃO GERAL

Leia mais

PDI Plano de Desenvolvimento Institucional AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PDI

PDI Plano de Desenvolvimento Institucional AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PDI PDI Plano de Desenvolvimento Institucional 2005-2009 6 AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO PDI 6. AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DO DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL Coordenação: Maria Helena Krüger Diretora de Desenvolvimento

Leia mais

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES

Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Relatório da IES Sinaes Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior ENADE 2009 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes Relatório da IES Universidade Federal do Rio Grande do Sul no município: PORTO ALEGRE SUMÁRIO

Leia mais

São Paulo, 17 de junho de Circ.CoPGr/26/2015 BDGMF/mrs. Senhores Presidentes de CPGs e Coordenadores de Programa.

São Paulo, 17 de junho de Circ.CoPGr/26/2015 BDGMF/mrs. Senhores Presidentes de CPGs e Coordenadores de Programa. São Paulo, 17 de junho de 2015. Circ.CoPGr/26/2015 BDGMF/mrs Senhores Presidentes de CPGs e Coordenadores de Programa. Em atendimento ao Edital N. 11/2015 da CAPES referente a Novos Projetos de Mestrado

Leia mais

Avaliação Institucional

Avaliação Institucional DIRETORIA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Avaliação Institucional - 2012 Resumo dos Indicadores 1. Ensino IFF Total 43 Cursos Técnicos (Presencial): 6695 Alunos 11 Cursos Técnicos

Leia mais

Painel Relato da experiência na elaboração, aferição e avaliação de indicadores de desempenho.

Painel Relato da experiência na elaboração, aferição e avaliação de indicadores de desempenho. Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad) 3º Fórum de 2013 Painel Relato da experiência na elaboração, aferição e avaliação

Leia mais

TIC Educação 2015 Apresentação dos principais resultados

TIC Educação 2015 Apresentação dos principais resultados TIC Educação 2015 Apresentação dos principais resultados São Paulo 29 de Setembro de 2016 SOBRE O CETIC.br Produção de estatísticas TIC para políticas públicas Modelo Multissetorial de Governança da Internet

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010.

RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO CONSEPE/UFERSA Nº 007/2010, de 19 de agosto de 2010. Cria o Núcleo de Educação à Distância na estrutura organizacional da Pró- Reitoria de Graduação da

Leia mais

Pró Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRODIN. Estrutura Administrativa IFRR

Pró Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRODIN. Estrutura Administrativa IFRR Pró Reitoria de Desenvolvimento Institucional - PRODIN Estrutura Administrativa IFRR REITORIA CONSELHO SUPERIOR COLÉGIO DE DIRIGENTES PROCURADORIA JURÍDICA AUDITORIA INTERNA COMISSÃO PERMANENTE DE PESSOAL

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior. Proposta Orçamentária 2015, CENSO 2014 e Programação de Docentes e Técnicos

Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior. Proposta Orçamentária 2015, CENSO 2014 e Programação de Docentes e Técnicos Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior Proposta Orçamentária 2015, CENSO 2014 e Programação de Docentes e Técnicos Novembro/2014 Foram adotados os seguintes critérios para a elaboração

Leia mais

Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade Federal do Pará UFPA

Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade Federal do Pará UFPA Fórum Nacional de Pró-Reitores de Planejamento e de Administração das Instituições Federais de Ensino Superior (Forplad) Fórum: 2º Fórum 2015. Estudo de Caso: Indicadores: A experiência da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 1º/ 2016 EDITAL Nº 213 DIPS/UFLA, de 16 de dezembro de 2015 A Pró-Reitora de Graduação, por meio

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP TEXTO COMPILADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as

Leia mais

OBS: NÚMERO MÍNIMO DE 25 ALUNOS PARA A ABERTURA DOS CURSOS

OBS: NÚMERO MÍNIMO DE 25 ALUNOS PARA A ABERTURA DOS CURSOS , Nova Iguaçu e Barra do Piraí no Estado do Rio de Janeiro, Edital/Pós-Graduação Segundo Semestre de 2016 O Centro Universitário Geraldo Di Biase - UGB, credenciado pela Portaria n 1.920, de 03 de junho

Leia mais

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles?

RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE O que podemos aprender com eles? RESULTADOS E RELATÓRIOS DO ENADE 2014 O que podemos aprender com eles? Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES Lei nº 10.861 de 2004 Objetivos: 1. Identificar mérito e valor das instituições,

Leia mais

Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Estrutura Organizacional da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo Estrutura Básica - SEE GABINETE DO SECRETÁRIO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO - CEE FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO -

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Exercícios Censup Brasília-DF Fevereiro 2015

CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR. Exercícios Censup Brasília-DF Fevereiro 2015 CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR Exercícios Censup 2014 Brasília-DF Fevereiro 2015 Vagas 2/23 1. A IES X faz apenas um processo seletivo por ano. O curso de economia teve início de funcionamento no ano de 2014

Leia mais

Avaliação das condições de ensino - UFPE

Avaliação das condições de ensino - UFPE Avaliação das condições de ensino - UFPE Editar este formulário Prezado(a) professor(a), Considerando o ensino como uma das dimensões da docência na universidade (Ensino, pesquisa, extensão, gestão), este

Leia mais

Ministério da Educação

Ministério da Educação Page 1 of 5 Ministério da Educação Nº 1087 - Terça feira, 6 de janeiro de 2009 Gabinete do Ministro - Portaria nº 1, de 5 de janeiro de 2009 Aprova, em extrato, o instrumento de avaliação para reconhecimento

Leia mais

CENTRO DE LETRAS, COMUNICAÇAO E ARTES CLCA CAMPI CORNÉLIO PROCÓPIO E JACAREZINHO

CENTRO DE LETRAS, COMUNICAÇAO E ARTES CLCA CAMPI CORNÉLIO PROCÓPIO E JACAREZINHO Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP CENTRO DE LETRAS, COMUNICAÇAO E ARTES CLCA CAMPI CORNÉLIO PROCÓPIO E JACAREZINHO PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS EM REDE NACIONAL PROFLETRAS

Leia mais

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP

EDITAL. Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP EDITAL Abertura de inscrições para a seleção de candidatos ao Programa de Mestrado em Administração da UNIP Recomendado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES, de acordo

Leia mais