APRESENTAÇÃO. Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela para a santificar. Efésios 5:25b e 26a

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO. Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela para a santificar. Efésios 5:25b e 26a"

Transcrição

1 PROJETO Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela para a santificar. Efésios 5:25b e 26a

2 Copyright Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou total sem autorização da Igreja Adventista da Promessa. DIRETORIA GERAL EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ Rua Boa Vista, 314 6º andar Conj. A Centro São Paulo SP CEP Fone: (11) Fax: (11) Diretor Pr. Genilson S. da Silva Conselho Editorial Pr. Adelmilson Júlio Pereira Pr. Aléssio Gomes de Oliveira Pr. Ednei Rodrigues Brito Pr. Genilson S. da Silva Pr. Gilberto Fernandes Coelho Pr. Irgledson Irvison Galvão Pr. José Lima de Farias Filho Pr. Manoel Lino Simão Pr. Manoel Pereira Brito Pr. Otoniel Alves de Oliveira Pr. Valdeci Nunes de Oliveira IMPRESSÃO Gráfica e Editora A Voz do Cenáculo Rua Dr. Afonso Vergueiro, nº 12 Vila Maria São Paulo SP CEP Fone: (11) Fax: (11)

3 PROJETO Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela para a santificar. Efésios 5:25b e 26a APRESENTAÇÃO Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito. (Ef 5:25-27) A Igreja de Jesus Cristo é descrita, na Bíblia, de muitas formas. Destacamos duas: noiva e mulher ou esposa. O texto bíblico acima não deixa dúvida: A noiva e futura esposa de Cristo não é uma mulher perfeita. Ela tem muitos problemas: é cheia de máculas, rugas e defeitos. Que homem se casaria com uma mulher nessas condições? Os homens sonham e querem se casar com mu- Projeto Santificar 3

4 lheres bonitas e perfeitas. Mas não existem mulheres nem homens perfeitos. Depois do pecado, as máculas, as rugas e os defeitos contaminaram a criação divina. Quando homens e mulheres se deparam com seus próprios defeitos, instala-se a crise relacional: os machos tentam corrigir os defeitos das fêmeas, com o machismo, e as fêmeas tentam corrigir os defeitos dos machos, com o feminismo. Resultado: Quanto mais machismo, mais feminismo, e quanto mais feminismo, mais machismo. Tudo isso porque o ser humano caído esquece que Deus não criou o machismo nem o feminismo, mas criou macho e fêmea (Gn 1:27, 5:2). Exatamente por não ter sido contaminado pelo pecado, o Senhor Jesus Cristo é o padrão de noivo e de marido. Como noivo e futuro marido, ele sabe dos problemas de sua noiva e futura esposa. Ele a ama incondicionalmente! Ele a quer com todos os seus defeitos. Contudo, recusa-se a deixá-la como está. Para isso, pagou, na cruz, um altíssimo preço para santificá-la, purificá-la e lavá-la, a fim de apresentar a si mesmo igreja gloriosa, (...) santa e sem defeito (Ef 5:27). A primeira parte da obra de Cristo (a fase do namoro) é chamada de Justificação, quando, incondicionalmente, ele a amou e se entregou por ela, mesmo sabendo que era cheia de máculas, rugas e defeitos. A segunda parte (a fase do noivado) é chamada de Santificação, quando seu amor incondicional dá condições à sua amada de reagir positivamente a esse amor, de forma que as máculas, as rugas e os defeitos vão sendo eliminados gradualmente. E a terceira parte (a fase do casamento) é chamada de Glorificação, quando as máculas, as rugas e os defeitos já não mais existirão, pois ela será perfeita como ele é. A relação de Cristo e sua Igreja está na fase do meio, ou seja, a da Santificação, sem a qual, a noiva nunca se casará com o noivo (Hb 2:14). Por ser a santificação uma exigência 4 Igreja Adventista da Promessa

5 inegociável do noivo, a noiva precisa levar a sério o fato de que é sua obrigação purificar-se e lavar-se na pureza e na água que advém do futuro marido. Isso quer dizer que ela não pode se autopurificar, nem se autolavar; ela só poderá ser pura e limpa se estiver totalmente ligada no noivo (Jo15:1-8). Para tanto, a futura esposa de Jesus precisa conhecer, urgentemente, à luz da palavra de Deus, o conceito, o começo, o processo, a parceria, a amplitude, o desfecho e a insistência que deve ter, quanto à santificação pessoal. Em seguida, deve se esforçar para praticar esses princípios espirituais, de forma progressiva, até o dia do tão esperado casamento. Consciente das exigências do noivo, a Diretoria Geral Executiva, através do Departamento de Educação Cristã, elaborou o presente estudo bíblico para ser aplicado no Projeto Santificar, que será levado a efeito durante as Assembléias Regionais e Setoriais, no decorrer de toda a presente gestão, que tem como lema: Uma Igreja Santa para o Deus Santo. Que o Senhor Jesus Cristo, o Deus que santifica a Igreja, através do Espírito santo, use este material e o tempo que lhe será dispensado como um instrumento glorioso para purificar, lavar e limpar sua noiva e futura esposa. Por isso, foi que também Jesus, para santificar o povo, pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta (Hb 13:12). Continue o injusto fazendo injustiça, continue o imundo ainda sendo imundo; o justo continue na prática da justiça, e o santo continue a santificar-se. E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras. (Ap 22:10-11) Pastor José Lima de Farias Filho Presidente da IAP Projeto Santificar 5

6 SUMÁRIO Santificação pessoal Introdução º Aspecto: O conceito de santificação pessoal º Aspecto: O começo da santificação pessoal º Aspecto: O processo da santificação pessoal º Aspecto: A parceria da santificação pessoal º Aspecto: A amplitude da santificação pessoal º Aspecto: O desfecho da santificação pessoal º Aspecto: A insistência na santificação pessoal Conclusão Igreja Adventista da Promessa

7 SANTIFICAÇÃO PESSOAL INTRODUÇÃO Numa época como a nossa, em que as pessoas buscam diferentes maneiras para melhorar e aumentar a sua qualidade de vida, falar sobre santidade parece não fazer sentido algum. Isso acontece porque a maioria não percebe nenhuma relação entre santidade e qualidade de vida. O que você pensa sobre esta questão: a santidade melhora e aumenta a qualidade de vida das pessoas? Para facilitar a sua resposta, analise também estas outras questões: 1. Com o declínio da santidade, qual a tendência nos casamentos e nas famílias? O índice de divórcio aumenta ou diminui? O relacionamento entre pais e filhos se fortalece ou enfraquece? Os abusos tornam-se mais ou menos freqüentes? 2. Com o declínio da santidade, qual a tendência na vida das crianças? A juventude torna-se mais honesta, íntegra, disciplinada e respeitosa? Ou mais desonestas, egoísta e sem respeito pela autoridade? Projeto Santificar 7

8 3. Com o declínio da santidade, qual é a tendência da mídia? Os filmes, programas de TV e de rádio e revistas promovem valores sólidos, fidelidade sexual e integridade nos relacionamentos e negócios? Ou promovem a imoralidade sexual, a ganância e a violência? 4. Com o declínio da santidade, qual é a tendência na população carcerária? A porcentagem de condenações, a idade média dos detentos e o nível de violência na sociedade aumentam ou diminuem? 5. Com o declínio da santidade, qual é a tendência nas moléstias físicas? Há mais pessoas saudáveis? Os distúrbios psicológicos aumentam ou diminuem? Os indivíduos usam mais ou menos drogas para escapar dos problemas? 6. Com o declínio da santidade, qual é a tendência na moral da sociedade? As pessoas se sentem mais seguras? Nossas cidades são lugares seguros? O alcoolismo e a dependência de drogas aumentam ou diminuem? Os processos por direitos civis tornaram-se mais ou menos predominantes? 7. Com o declínio da santidade, qual é a tendência na qualidade de vida geral? As pessoas têm uma vida mais equilibrada, com mais paz e contentamento? A bondade e a boa vontade entre as pessoas tornam-se mais ou menos presentes? 1 1. WILKINSON, Bruce. Santidade pessoal em tempos de tentação. São Paulo: Mundo Cristão, 2002, pp , 8 Igreja Adventista da Promessa

9 Talvez, nunca tenhamos associado santidade com casamento, família, mídia, prisão, moléstias físicas, bem-estar emocional, vícios, moralidade e qualidade de vida, mas a Bíblia mostra de modo muito claro como a santidade afeta positivamente vários aspectos da nossa vida diária. Uma vez cientes disso, precisamos compreender o ensino da Bíblia sobre a santificação pessoal. Queremos, neste estudo, abordar sete aspectos da santificação pessoal: o conceito, o começo, o processo, a parceria, a amplitude, o desfecho e a insistência. Com o desejo sincero de ser Uma igreja santa para o Deus santo, vejamos o que a Bíblia diz sobre cada um desses sete aspectos O texto que explica os seis primeiros aspectos da santificação pessoal é uma adaptação e uma paráfrase do capítulo 38 Santificação (Tornar-se Semelhante a Cristo), do livro Teologia Sistemática escrito por Wayne Grudem (São Paulo: Mundo Cristão, 1999, pp ). Projeto Santificar 9

10 1 0 ASPECTO: O conceito de santificação pessoal Em Hebreus capítulo 12, versículo 14, está escrito que sem santificação ninguém verá o Senhor. Isto mostra o quanto a santificação pessoal é importante e necessária no processo da salvação. Mas como podemos conceituar a santificação pessoal? Podemos conceituála da seguinte maneira: santificação pessoal é uma obra progressiva da parte de Deus e do homem que nos torna cada vez mais livres do pecado e cada vez mais semelhantes a Cristo em nossa vida presente. Nota-se que a santificação é tanto uma obra progressiva quanto colaborativa. É progressiva porque continua por toda nossa vida na terra. É colaborativa porque há uma parceria entre o divino e o humano. Entretanto não podemos jamais confundir santificação com justificação. Olhando para a tabela seguinte, notamos algumas diferenças marcantes entre santificação e justificação. 10 Igreja Adventista da Promessa

11 Posição legal Justificação De uma vez por todas Obra inteiramente de Deus Perfeita nesta vida A mesma em todos os cristãos Santificação Condição Interna Continua por toda a vida Nós cooperamos Não perfeita nesta vida Maior em alguns do que em outros Tendo observado e entendido as diferenças entre santificação e justificação, vejamos, na seqüência, ensino bíblico sobre o começo da santificação. Projeto Santificar 11

12 2 0 ASPECTO: O começo da santificação pessoal Quando começa a santificação pessoal? Segundo a Bíblia Sagrada, a santificação pessoal inicia-se com a regeneração. A partir de então, acontece, em nossa vida, uma mudança moral significativa. A carta de Paulo a Tito deixa isto bem claro, quando trata do lavar regenerador e renovador do Espírito Santo (Tt 3:5 grifo nosso). De igual modo, em I João 3:9, lemos que, uma vez nascidos de novo, não podemos prosseguir pecando freqüentemente como um modelo de vida, pois o poder que a nova vida espiritual exerce em nós não nos deixa viver assim! Essa mudança, chamada regeneração, define o começo da santificação pessoal. Em I Coríntios, no capítulo 6, versículo 11, Paulo fala sobre esse primeiro estágio como sendo um fato realizado, quando diz: mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus e pelo Espírito do nosso Deus. De igual forma, em Atos dos Apóstolos, capítulo 20, versículo 32, nós o 12 Igreja Adventista da Promessa

13 vemos referindo-se aos cristãos como todos os que são santificados. Nesse primeiro estágio da santificação acontece uma ruptura definitiva com o poder dominante do pecado, para que o crente não mais seja governado nem controlado pela natureza pecaminosa. Para ficar mais claro, na justificação, que acontece de uma vez por todas, o crente é livre do castigo do pecado. Já na santificação, que é um processo que se inicia com a regeneração, o crente está sendo livre do domínio do pecado. Em sua carta aos Romanos Paulo escreveu: Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus (...) porque o pecado não terá domínio sobre vós (Rm 6:11,14). No versículo 18 desse mesmo capítulo, Paulo diz que os cristãos foram libertados do pecado. De acordo com o contexto desse versículo, estar morto para o pecado ou ser liberto do mesmo diz respeito à capacidade dada por Deus para vencer as práticas e modelos pecaminosos do nosso comportamento. Ainda nos versículos 12 e 13, Paulo pede aos irmãos que não deixem que reine o pecado em seus corpos mortais, e também diz: Nem ofereçais cada um os membros do seu corpo ao pecado, como instrumentos de iniqüidade; mas oferecei-vos a Deus. Por meio do poder do Espírito Santo e da atuação do Cristo ressurreto, nós, os cristãos, temos força para sairmos vitoriosos diante das tentações e seduções do pecado! Ele não é mais nosso senhor, como era, antes de nos tornarmos crentes em Jesus. Na prática, isso significa que devemos e podemos declarar com firmeza duas verdades. A primeira é que, por um lado, jamais poderemos dizer, nesta vida: Estou completamente livre do pecado. Como veremos logo mais, a santificação pessoal nunca estará completa nessa vida. A segunda é que, por outro lado, um verdadeiro crente em Projeto Santificar 13

14 Jesus e em sua palavra nunca deve declarar: Este pecado me derrotou. Eu desisto! Já faz 37 anos que tenho um péssimo temperamento, e o terei até o dia em que eu morrer, e as pessoas que me aceitem do jeito que eu sou! Dizer estas palavras é concordar que o pecado foi vitorioso, que ele tem permissão para reinar em nosso corpo. É admitir a derrota! É rejeitar a verdade das Escrituras, que nos dizem, em Romanos, capítulo 6, versículo 11: Assim também vós considerai-vos mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus. É dizer que é impossível cumprir a verdade bíblica expressa em Romanos, 6:14 que diz que o pecado não terá domínio sobre vós. A ruptura inicial com o pecado tem a ver com a reorientação dos nossos desejos. Não podemos mais aceitar que o pecado domine a nossa vida. Deus nos dá força para isso! Paulo entende que seus leitores no passado eram escravos do pecado (Como, de fato, são todos os incrédulos), mas diz: Outrora, escravos do pecado, viestes a obedecer de coração à forma de doutrina a que fostes entregues; e uma vez libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça (Rm 6:17-18). Essa mudança de escravos do pecado para servos da justiça, que altera o amor e os principais desejos de alguém, acontece no começo da santificação pessoal, no dia em que Deus que é riquíssimo em misericórdia (...) nos vivifica juntamente com Cristo (Ef 2:4-5). Entendido isso, passemos a analisar o terceiro aspecto da santificação pessoal: seu processo. 14 Igreja Adventista da Promessa

15 3 0 ASPECTO: O processo da santificação pessoal A santificação pessoal é algo que vai aumentando por toda a vida cristã. Embora o Novo Testamento trate de um início determinado da santificação, também a trata como um processo contínuo e gradual que perdura por toda vida. Ainda que o apóstolo Paulo diga, na carta aos Romanos, capítulo 6, versículo 18, que os cristãos de Roma foram livres da escravidão do pecado, também mostra que o pecado continua presente neles; e por conta disso, exorta-os, no mesmo capítulo, versículos 12 e 13, a jamais permiti-lo dominar e a nem se sujeitar a ele. Aqueles cristãos deveriam crescer mais e mais em santificação, do mesmo modo que, em tempo anterior, cresciam em pecado: Assim como oferecestes os vossos membros para a escravidão da impureza e da maldade para a maldade, assim oferecei, agora, os vossos membros para servirem a justiça, para a santificação (Rm 6:19). Os termos assim como, assim e agora, (gr. hosper e houtos) mostram que o após- Projeto Santificar 15

16 tolo deseja que eles façam isso da mesma forma: assim como antes se entregavam ao pecado, da mesma maneira devem agora se entregar à justiça para a santificação. Escrevendo aos coríntios, Paulo afirma que, por toda a caminhada cristã, todos nós (...) somos transformados, de glória em glória, na imagem de Cristo (II Co 3:18). Isso significa que, na medida em que progredimos na santificação pessoal, nos tornamos cada vez mais parecidos com Cristo. Por conseguinte, ele diz: Esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus (Fp 3:13-14); Paulo reconhece que ainda não havia atingido a perfeição, mas continuava a avançar, a fim de atingir todos os propósitos que Cristo tinha para sua vida ao salvá-lo. Na carta aos colossenses, capítulo 3, versículo 10, os irmãos são exortados a não mentir uns aos outros, porque foram revestidos do novo homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou. Com essas palavras, Paulo mostra que o processo da santificação está ligado ao aumento da semelhança de Cristo no viver do cristão, tanto nos pensamentos, quanto em palavras e em ações. Já o escritor da carta aos Hebreus diz: desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia (Hb 12:1), e ainda exorta, segui a paz com todos e a santificação, sem a qual, ninguém verá o Senhor (Hb 12:14). Seguindo o mesmo raciocínio, Tiago afirma: Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes (Tg 1:22), e Pedro, em sua primeira carta, aconselha: Tornaivos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento (I Pd 1:15). Não precisamos fazer uma minuciosa lista de citações, mas vale dizer que grande parte dos es- 16 Igreja Adventista da Promessa

17 critos do Novo Testamento são ensinamentos, conselhos e exortações aos crentes das diversas igrejas sobre como deveriam crescer à semelhança de Cristo. O desejo dos escritores da Bíblia, e também o de Deus, é que, a cada dia, cresçamos na santificação pessoal na jornada cristã. Como já analisamos na tabela que mostra os contrastes entre justificação e santificação, sabemos que a santificação pessoal não é perfeita nesta vida e é maior em alguns do que em outros. De acordo com o nosso comportamento, com relação a nossa vida cristã, avançamos ou regredimos no processo de santificação. É dever do crente em Jesus avançar nesse processo, por meio da obediência à palavra de Deus A Bíblia Sagrada. Mas será que o homem consegue fazer isso sozinho? É o que veremos a seguir no estudo do quarto aspecto da santificação pessoal. Projeto Santificar 17

18 4 0 ASPECTO: A parceria na santificação pessoal Há pessoas que se recusam a dizer e aceitar que Deus e o ser humano cooperam no processo da santificação pessoal. Entretanto, depois que examinarmos claramente esta afirmação e estudarmos sobre o papel que cada uma das partes desempenha, veremos que não é errado crer assim. Deus e o ser humano atuam juntos, e, com isso, de maneira nenhuma estamos afirmando que o nosso papel e o de Deus são iguais na santificação, ou que ambas as atuações são idênticas. Nesta parceria, cooperamos com Deus de acordo com a nossa condição de criaturas. Vejamos, então, como isso acontece na prática. Quais são os papéis de Deus e do ser humano? (a) O papel de Deus na santificação pessoal. Uma vez que a santificação é essencialmente uma obra de Deus, a oração que Paulo fez, em I Tessalonicenses 5:23, torna-se significativa: O mesmo Deus de paz vos santifique completamente. Um 18 Igreja Adventista da Promessa

19 dos principais papéis que Deus Pai desempenha na santificação é o de nos corrigir como seus filhos amados (cf. Hb 12:5-11). Na carta de Paulo aos Filipenses, lemos que Deus é quem efetua em nós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade (Fp 2:13). Neste texto enxergamos a maneira pela qual Deus nos santifica. Ele nos capacita tanto a desejar sua vontade quanto a realizá-la. Além de Deus Pai, Deus Filho também trabalha na nossa santificação e desempenha um papel extremamente importante. Em primeiro lugar, foi ele quem adquiriu a nossa santificação. Paulo disse em, I Coríntios 1:30, que Deus fez com que Cristo se nos tornasse sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção. Em segundo lugar, no desenvolvimento da nossa santificação, Jesus é o nosso exemplo! Corremos a carreira da vida olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus (Hb 12:2). Pedro diz que Cristo sofreu em nosso lugar, deixando-nos exemplo para seguirdes os seus passos (I Pe 2:21). Mas é principalmente Deus Espírito Santo quem trabalha dentro de nós, moldando-nos, fazendo-nos progredir, dando-nos maior santidade na vida, afinal, uma das marcas do Espírito é a santidade. Ele é Santo. Tanto Pedro como Paulo falam, em suas cartas, sobre a santi ficação do Espírito (I Pe 1:21; II Ts 2:13). Em Gálatas 5:22, lemos que é o Espírito Santo quem gera em nós o fruto do Espírito, os sinais de caráter que produzem em nós santificação cada vez maior. Quanto mais avançamos no processo da santificação pessoal, mais andamos segundo a direção do Espírito Santo, e somos cada vez mais sensíveis aos seus desejos e orientações em nossa vida e caráter. (b) O papel do ser humano na santificação pessoal. O papel que executamos no processo de santificação pode Projeto Santificar 19

20 ser visto de duas maneiras. Ele é tanto um papel passivo, porque dependemos de Deus. Para que a santificação aconteça precisamos que ele nos santifique, pois é ele quem nos molda dia a dia, quem trabalha em nós, quem nos purifica. E além do papel passivo, desempenhamos também um papel ativo, porque nós precisamos nos esforçar para obedecer a Deus e avançar na santificação. Vejamos, então, mais detalhadamente, como o ser humano desempenha o papel passivo e o ativo. O papel passivo que executamos na santificação pessoal é observado em textos que nos incentivam a acreditar em Deus ou a orar para que ele nos santifique. Na carta de Paulo aos Romanos, no capítulo 12, somos chamados a apresentar o nosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus (Rm 12:1). O apóstolo Paulo entende que somos dependentes da obra do Espírito Santo para avançar na santificação. Não foi à toa que ele disse: Se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis (Rm 8:13). Entretanto, é triste constatar, que, hoje, o papel passivo na santificação é tudo que as pessoas entendem sobre o caminho da santificação. A idéia de entregar-se a Deus e deixar ele realize em nós tanto o querer como o efetuar, às vezes, é tão destacada que muitos desconhecem a sua responsabilidade no processo de santificação. Existe uma expressão popular no meio evangélico que diz é só entregar nas mãos de Deus. Infelizmente, grande parte dos evangélicos usa essa expressão como resumo de como viver a vida cristã, o que é uma trágica distorção da doutrina da santificação. Essa expressão diz respeito a apenas uma parte do papel do ser humano, e, por isso mesmo, faz com que o cristão se torne preguiçoso, apático e negligente quando ao seu papel ativo no processo da santificação pessoal. 20 Igreja Adventista da Promessa

21 Em Romanos, encontramos uma referência clara a esse papel ativo do ser humano na santificação. Diz o texto: Se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis (Rm 8:13). Há dois ensinamentos claros no texto. Primeiro: Ele mostra que é somente pelo Espírito que somos capazes de mortificar os feitos do corpo. Segundo: Ele mostra que devemos fazer isso! Mortificar os feitos do corpo é uma ordem dada aos cristãos e não ao Espírito Santo. No mesmo sentido, Paulo escreve aos Filipenses:...como sempre obedecestes, não só na minha presença, porém, muito mais agora, na minha ausência, desenvolvei a vossa salvação com temor e tremor; porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar (Fp 2:12-13). Neste texto, Paulo encoraja os irmãos filipenses a continuar obedecendo. O apóstolo ensina que a obediência é a maneira pela qual eles desenvolvem a (própria) salvação, e mostra que essa atitude deve ser feita com reverência, temor e tremor, porque o fazem na presença de Deus. É Ele quem efetua, e é por essa razão que eles devem atuar, desenvolver e esperar que suas obras produzam resultados. Este é um texto em que vemos claramente a parceria entre Deus e o ser humano. Por um lado, Deus é quem capacita o ser humano, e, por outro, o ser humano precisa obedecer-lhe. No nosso papel ativo rumo à santidade, há alguns outros aspectos a serem considerados. É preciso seguir a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor (Hb 12:14), e cumprir fielmente a vontade de Deus, para a nossa santificação (I Ts 4:3). Em I João 3:3, está escrito que aqueles que querem tornar-se semelhantes a Cristo, quando ele aparecer, precisam purificar-se a si mesmo nesta vida: E todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Em suas cartas aos irmãos de Corinto Projeto Santificar 21

22 Paulo ordena claramente que eles fujam da impureza (I Co 6:18), e que não se associem com incrédulos (II Co 6:14). Ele também diz, em II Coríntios 7:1: Purifiquemo-nos de toda impureza, tanto da carne como do espírito, aperfeiçoando a nossa santidade no temor de Deus. Pedro nos ensina que esse tipo de empenho na obediência a Deus e na santidade deve envolver grande diligência (cf. II Pe 1:5). É preciso, diligentemente, desenvolver padrões e hábitos de santidade! Quanto mais maduros nós formos, mais teremos as nossas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal (Hb 5:14). Nas Escrituras, não encontramos a indicação de nenhum atalho pelo qual possamos avançar na santificação; muito pelo contrário: ela nos encoraja repetidamente a praticar o antigo e consagrado caminho da leitura da Bíblia e meditação (SI 1:2; Mt 4:4; 17:17), oração (Ef 6:18; Fp 4:6), adoração (Ef 5:18-20), testemunho (Mt 28:19-20), comunhão cristã (Hb 10:24-25) e domínio próprio (GI 5:23; Tt 1:8). É importante, também, atentarmos para o fato de que nunca devemos deixar de crescer, tanto em nossa confiança passiva em Deus, como em nosso esforço ativo rumo à santidade pessoal. Se não houver dedicação, esforço, empenho no papel ativo para obedecer a Deus e avançar em santidade, podemos nos tornar cristãos negligentes. E, por outro lado, se negligenciarmos o papel passivo de confiar em Deus e de nos entregarmos a ele, podemos nos tornar orgulhosos, egoístas e excessivamente confiantes em nós mesmos. Em qualquer uma das duas áreas, nossa santificação será imensamente prejudicada. O antigo hino sabiamente diz: Crer e observar (BJ 296). Não há nenhuma outra maneira para ser feliz com Jesus, é preciso crer e observar! 22 Igreja Adventista da Promessa

23 Por fim, há um ponto muitas vezes negligenciado, esquecido, ignorado e que deve, sim, ser discutido sobre nosso papel na santificação: A santificação nas Escrituras, principalmente no Novo Testamento, é vista como um processo corporativo! É algo que acontece na congregação. Em Hebreus 10:24, somos instruídos a que consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. De acordo com I Tessalonicenses 5:11, juntos, os cristãos se consolam uns aos outros e edificam-se mutuamente. Quando isso acontece, os membros que fazem parte do Corpo de Cristo avançam na maturidade e crescem na santificação (Ef 4:16; cf. l Co 12:12-26; GI 6:1-2). Sem o corpo, sem a igreja, será muito difícil avançar na santificação pessoal. Toda igreja precisa estar motivada, unida, num mesmo propósito. Ela precisa ser santa! Em I Pedro 2:5, lemos que, juntos, os cristãos são edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo. Nós, crentes em Jesus, precisamos tanto da parceria divina como da comunhão humana para avançar na santificação pessoal, por isso, seguindo a verdade cresçamos em tudo naquele que é o cabeça, Cristo (Ef 4:15). Depois de entender corretamente a parceira na santificação pessoal, caminhando um pouco mais no nosso estudo, passemos a considerar um quinto aspecto básico na santificação pessoal. Projeto Santificar 23

24 5 0 ASPECTO: A amplitude da santificação pessoal Até aqui, já estudamos sobre quatro aspectos básicos da santificação pessoal. Analisamos o conceito, e descobrimos que a santificação é uma obra progressiva que visa tornarnos mais parecidos com Jesus. Depois, vimos que ela tem um começo definido na regeneração, mas que, de acordo com o terceiro aspecto, o processo da santificação pessoal, ela aumenta por toda a vida. Por fim, aprendemos que há uma parceira entre Deus e o ser humano na santificação, cada um desempenhando papéis distintos. Neste quinto aspecto, veremos que a santificação pessoal é abrangente e afeta o ser humano como um todo: Intelecto, emoções, vontade e corpo físico. Vejamos por partes. (a) A santificação pessoal abrange nosso intelecto. Percebemos que a santificação afeta nosso intelecto e nosso conhecimento, quando Paulo diz, em Colossenses, capítulo 3, versículo 10, que nos revestimos do novo 24 Igreja Adventista da Promessa

25 homem que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou. Em Filipenses, capítulo 1, versículo 9, ele ora a Deus para que os filipenses possam ver seu próprio amor crescendo mais e mais em pleno conhecimento e toda a percepção. Em Romanos capítulo 12, versículo 12, o vemos rogando aos irmãos daquela igreja que se transformem pela renovação da mente. Ainda que nosso conhecimento de Deus seja mais do que conhecimento intelectual, existe, sem dúvida, um ingrediente intelectual nele, e Paulo diz, em Colossenses, capítulo 1, versículo 10, que esse conhecimento de Deus deve continuar sendo ampliando ao longo da vida cristã, crescendo no pleno conhecimento de Deus. II Coríntios, capítulo 10, versículo 5, registra que a santificação de nosso intelecto incluirá desenvolvimento em sabedoria e conhecimento, à medida que levamos cativo todo pensamento à obediência de Cristo, verificando, desta forma, que nossos pensamentos são cada vez mais os pensamentos que o próprio Deus nos confere pela sua palavra. (b) A santificação pessoal abrange nossas emoções. Além do nosso intelecto, a santificação afetará nossas emoções. De modo gradual, notaremos em nossa vida emoções como amor, alegria, paz, longanimidade (GI 5:22). Cada vez mais seremos capazes de atender à ordem registrada na carta de Pedro, capítulo 2, versículo 11, de nos privarmos das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma. De fato, veremos que não estamos amando o mundo nem as coisas que há no mundo, como nos ordena a I de João, capítulo 2, versículo 15, mas que à semelhança do nosso Salvador, estamos nos alegrando em cumprir a vontade de Deus de coração (Rm 6:17). Projeto Santificar 25

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4.12) Quando você se arrepende dos seus pecados e crê

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

Tipos de cristãos que amadurecem

Tipos de cristãos que amadurecem Tipos de cristãos que amadurecem TEXTO BÍBLICO BÁSICO Romanos 12.1-5 1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração Curso Bíblico Discipulado de Integração Curso Bíblico Gratuito Para Novos Discípulos de Jesus Cristo Quando aceitamos o evangelho, cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor, temos o nascimento

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30 PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:2730 FILIPENSES 1:2730 Somente deveis portarvos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos

Leia mais

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS

DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS DESENVOLVENDO MEMBROS MADUROS Movendo Pessoas da Congregação para os Comprometidos para que não mais sejamos como meninos Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo.

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Quão perfeito é perfeito? Pode o cristão ser perfeito? Edward Heppenstall

Quão perfeito é perfeito? Pode o cristão ser perfeito? Edward Heppenstall Quão perfeito é perfeito? Pode o cristão ser perfeito? Edward Heppenstall Estar em uma posição/condição correta para com Deus é a coisa mais importante da vida. Acima de tudo que fazemos, de tudo que temos,

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais

A Experiência do Novo Nascimento

A Experiência do Novo Nascimento Pr. Patrick Robert Briney Mission Boulevard Baptist Church A Experiência do Novo Nascimento A Série das Verdades do Evangelho (caderno 6) The Born Again Experience Tradução Pr. Anastácio Pereira de Sousa

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

LIÇAO 2 Jesus Cristo: um Exemplo de Crescimento

LIÇAO 2 Jesus Cristo: um Exemplo de Crescimento - LIÇAO 2 Jesus Cristo: um Exemplo de Crescimento Você se lembra de alguma vez em que você realmente surpreendeu seus pais, ou um professor com alguma demonstração de amadurecimento? Alguma vez já viu

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

Igreja Batista Fundamental Taguatinga/DF. Aula 5 - Justiça e Justificação

Igreja Batista Fundamental Taguatinga/DF. Aula 5 - Justiça e Justificação Domingo, 29/03/2009 Autor: Fábio Ramos A Recapitulação Igreja Batista Fundamental Taguatinga/DF Aula 5 - Justiça e Justificação 1 Visão Geral I) somos servos que servem evangelizando II) perdidos estão

Leia mais

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007)

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Por favor, poderiam abrir em primeira aos Coríntios, a primeira

Leia mais

Portanto, sempre existiu aqueles que eram de Deus, e aqueles que não eram de Deus, ou seja, os santos, e os pecadores.

Portanto, sempre existiu aqueles que eram de Deus, e aqueles que não eram de Deus, ou seja, os santos, e os pecadores. Santidade ao Senhor Antigo Testamento Ex 28:36 "Também farás uma lâmina de ouro puro e nela gravarás à maneira de gravuras de selos: Santidade ao Senhor." Novo testamento 1 Pe 1:15 "mas, como é santo aquele

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

INTRODUÇÃO : Através de toda a Bíblia, a santificação tem sido um elemento essencial

INTRODUÇÃO : Através de toda a Bíblia, a santificação tem sido um elemento essencial ESCOLA BIBLICA DOMINICAL LIÇÃO 01 e 02 ANO BASE 2011 Aplicado em 13 e 20/02/2011 TEMA: SANTIFICAÇÃO TEXTO AUREO : "Eu sou o Senhor, vosso Deus; portanto, vós vos consagrareis e sereis santos, porque eu

Leia mais

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ

DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ EBD DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ DOUTRINAS BÁSICAS DA VIDA CRISTÃ OLÁ!!! Sou seu Professor e amigo Você está começando,hoje, uma ETAPA muito importante para o seu CRESCIMENTO ESPIRITUAL e para sua

Leia mais

O Batismo é mencionado pela primeira vez, no Novo Testamento, quando do ministério de João Batista.

O Batismo é mencionado pela primeira vez, no Novo Testamento, quando do ministério de João Batista. Lição 11 A DOUTRINA DO BATISMO NAS ÁGUAS Por: Pr Valdimário Santos O Batismo é mencionado pela primeira vez, no Novo Testamento, quando do ministério de João Batista. Em Mateus 3.1,2 notamos que a mensagem

Leia mais

Muitos descrentes ao observarem a obra da cruz em sua visão natural pensam que tal gesto praticado por Jesus parece ser de derrota e não de vitória.

Muitos descrentes ao observarem a obra da cruz em sua visão natural pensam que tal gesto praticado por Jesus parece ser de derrota e não de vitória. 1 A OBRA DA CRUZ Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo. Gálatas 6.14 OBJETIVO. Este sermão tem

Leia mais

O Discipulado e a Vida da Igreja

O Discipulado e a Vida da Igreja Série Estudos Bíblicos Nº 2 O Discipulado e a Vida da Igreja Um Estudo Bíblico Essencial ao Crescimento e Maturidade Cristã Ademir Ifanger E s t u d o s B í b l i c o s P á g i n a 2 Índice Estudo Bíblico

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB)

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta.

Leia mais

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade

Apêndice 2. Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade APÊNDICE 2 259 Apêndice 2 Instruções para Manejar Bem a Palavra da Verdade Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade (2

Leia mais

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1

Bíblia Sagrada N o v o T e s t a m e n t o P r i m e i r a E p í s t o l a d e S ã o J o ã o virtualbooks.com.br 1 Bíblia Sagrada Novo Testamento Primeira Epístola de São João virtualbooks.com.br 1 Capítulo 1 1 O que era desde o princípio, o que temos ouvido, o que temos visto com os nossos olhos, o que temos contemplado

Leia mais

Todos Batizados em um Espírito

Todos Batizados em um Espírito 1 Todos Batizados em um Espírito Leandro Antonio de Lima Podemos ver os ensinos normativos a respeito do batismo com o Espírito Santo nos escritos do apóstolo Paulo, pois em muitas passagens ele trata

Leia mais

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e

7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e I João 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam, a respeito do Verbo da vida 2 (pois a vida foi manifestada, e nós

Leia mais

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno

www.projeto-timoteo.org 2ª edição Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo 1 Apostila do Aluno Como Viver a Plenitude de Deus Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

SERMÃO: PERMANECER EM JESUS CRISTO. JOÃO 15 : 1-9

SERMÃO: PERMANECER EM JESUS CRISTO. JOÃO 15 : 1-9 SERMÃO: PERMANECER EM JESUS CRISTO. JOÃO 15 : 1-9 Hino inicial = 13. Hino final = 303. IASD Central = 02/07/2011. INTRODUÇÃO Bom dia! Convidamos você a abrir sua Bíblia no Evangelho de São João, capítulo

Leia mais

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem?

O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? O Batismo nas Águas O que é o batismo nas águas? Por que o fazemos? Como deve ser ministrado, quando e para quem? É UMA ORDENANÇA DE JESUS O batismo é uma ordenança clara de Jesus para todo aquele que

Leia mais

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO JEJUM DO AVIVAMENTO 1 Dia do Jejum do Avivamento Leitura: Romanos 13:10 à 14 Introdução: Avivamento ou avivar é tornar mais vivo, mais desperto e renovado. O avivamento está ligado a disposição de reformar,

Leia mais

TI GO A T U A N T LIÇÃO - 06 IV TRIMESTRE

TI GO A T U A N T LIÇÃO - 06 IV TRIMESTRE cartas de TI GO 2014 IV TRIMESTRE LIÇÃO - 0 FÉ A T U A N T E RELEMBRANDO eé O homem com anel de ouro Luta de Classes Amor ao Próximo Toda a Lei Julgado pela Lei Resumo: O equilíbrio entre juízo e misericórdia

Leia mais

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO Tema geral: Cura Interior Autor: Pe. Fernando PREGAÇÃO: Tema: Curados para Amar Senhor se queres podes me curar Mt. 8, 1-4 1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo Livro 1 página 4 Lição Um Um Novo Princípio O Poder Transformador de Cristo Da Palavra de Deus: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

SEMINÁRIO TEOLÓGICO NAZARENO DO BRASIL Cátedra: Formação Espiritual Docente: Rev. Luciano Duarte

SEMINÁRIO TEOLÓGICO NAZARENO DO BRASIL Cátedra: Formação Espiritual Docente: Rev. Luciano Duarte SEMINÁRIO TEOLÓGICO NAZARENO DO BRASIL Cátedra: Formação Espiritual Docente: Rev. Luciano Duarte QUESTÕES SOBRE FORMAÇÃO ESPIRITUAL por Sandro Rogério Ribeiro Hortolândia, SP 2014 SUMÁRIO 1 Introdução...

Leia mais

Você se lembra das três palavras abordadas na lição anterior: Revelação, inspiração e iluminação?

Você se lembra das três palavras abordadas na lição anterior: Revelação, inspiração e iluminação? A BÍBLIA Parte 2 Objetivo para mudança de vida: Dar ao estudante um senso profundo e duradouro de confiança em sua capacidade de entender a Bíblia. Capacidade esta que lhe foi dada por Deus. Você se lembra

Leia mais

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo

#61. 10.14 O batismo do Espírito Santo 10.14 O batismo do Espírito Santo #61 Estudamos o novo nascimento e vimos como o Espírito Santo realiza essa obra juntamente com a Palavra de Deus. Tínhamos que entender o novo nascimento e como alguém

Leia mais

6ª Aula A Vontade de Deus

6ª Aula A Vontade de Deus 6ª Aula A Vontade de Deus Objetivo do curso: Ajudar cada cristão a orar mais! Ajudar cada cristão a entender que a oração é o meio pelo qual Deus é CONVIDADO a fazer parte de nossas vidas (não há outra

Leia mais

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão.

TIPOS DE BATISMO. Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. TIPOS DE BATISMO Existem historicamente três formas de Batismo: por imersão, por afusão (derramamento) e por aspersão. A forma praticada no Novo Testamento era por imersão, conforme vemos: A palavra grega

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus

1ª Carta de João. A Palavra da Vida. Deus é luz. Nós somos pecadores. Cristo, nosso defensor junto a Deus 1ª Carta de João A Palavra da Vida 1 1 O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e o que as nossas mãos apalparam da Palavra da Vida 2 vida esta que

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

Jovens Líderes. Resumindo: O líder íntegro tem uma vida Reta diante de Deus e das pessoas.

Jovens Líderes. Resumindo: O líder íntegro tem uma vida Reta diante de Deus e das pessoas. Jovens Líderes Estudo preparado para a UniJovem dia 27/11/2010 Por Paulo Berberth Hoje teremos a eleição para a diretoria da UniJovem 2011 2012. Então achei importante destacar algumas Qualidades Imprescindíveis

Leia mais

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus LEMA E VISÃO 2012.2015 ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus Por Pr. Amadilson de Paula Diretor

Leia mais

TRÊS ESTILOS DE VIDA

TRÊS ESTILOS DE VIDA TRÊS ESTILOS DE VIDA 1 Co 2:14 Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. 15 Porém o homem

Leia mais

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO

O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO O PODER DA ORAÇAO E DA SANTIFICAÇAO PROGRAMA A HORA MILAGROSA Assim nos ensinou o Santo Irmão Aldo sobre o poder da oração e da santificação: Todo o filho de Deus deve ser dado à oração e à meditação.

Leia mais

O Que Deus Realmente Quer

O Que Deus Realmente Quer Livrinho 2 Pàgina 19 Lição Três O Que Deus Realmente Quer Muitas pessoas ficam confusas acerca da verdadeira natureza do seu relacionamento com Deus. Esta confusão resulta dum conceito errado da natureza

Leia mais

Livre arbítrio, eleição, predestinação: dá para conciliar?

Livre arbítrio, eleição, predestinação: dá para conciliar? Livre arbítrio, eleição, predestinação: dá para conciliar? O livre arbítrio tem sido definido como a capacidade que o homem tem de escolher entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, e é óbvio, a de

Leia mais

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor

NOME DO CURSO ORAR É AÇÃO EBA. Nome do professor ORAR É AÇÃO EBA Aprendendo a ORAR com Paulo Ef. 1:15-19. Por isso também eu, tendo ouvido da fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório.

Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório. A purificação após a morte: o estado purgatório Pe. Henrique Soares da Costa Depois de termos tratado de todos os temas da escatologia cristã, vamos falar sobre o purgatório. Nossos irmãos protestantes

Leia mais

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI

Lição 07 A COMUNIDADE DO REI Lição 07 A COMUNIDADE DO REI OBJETIVO: Apresentar ao estudante, o ensino bíblico sobre a relação entre a Igreja e o Reino de Deus, para que, como súdito desse reino testemunhe com ousadia e sirva em amor.

Leia mais

A Liderança do Espírito

A Liderança do Espírito A Liderança do Espírito Autor : Andrew Murray Para muitos Cristãos a liderança do Espírito é considerada como uma sugestão de pensamentos para nossa orientação. Eles almejam e pedem por ela em vão. Quando

Leia mais

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte 8º Capítulo Petros Os Dons Pilares 1ª Parte O texto de I Co 12:7-11 fala sobre os dons espirituais, aqui chamados de carismáticos; O texto de Ef 4:11 fala sobre os dons ministeriais, aqui chamados de dons

Leia mais

Dia 24 - DOAR. Você consegue ver mudanças internas?

Dia 24 - DOAR. Você consegue ver mudanças internas? Jesus deu a resposta aos fariseus naquele dia. Portanto, deem aos pobres o que está dentro dos seus copos e dos seus pratos, e assim tudo ficará limpo para vocês. (Lc 11.41). Com aquela Palavra, Ele tocou

Leia mais

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO

PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO www.iaproparanaense.com.br PROJETO REGIONAL DE ORAÇÃO Março - 2013 Amados pastores, missionários, obreiros e irmãos em Cristo Jesus. Estamos enviando aos amados irmãos o Projeto Regional de Oração para

Leia mais

SUA SEGURANÇA COM DEUS

SUA SEGURANÇA COM DEUS SUA SEGURANÇA COM DEUS Deus deseja que você tenha convicções em sua vida espiritual. Seu pai celestial não quer que você viva com dúvidas e inseguranças acerca de sua condição espiritual e relacionamento

Leia mais

Decorando a Palavra de Deus

Decorando a Palavra de Deus Livro 1 página 73 Lição Dez Decorando a Palavra de Deus A Palavra de Deus (a Bíblia) é muito importante na vida do crente. Ela é uma fonte inesgotável de conhecimento, força e inspiração. Já aprendemos

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 Palavra Viva RELEMBRANDO SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O MUNDO A CARNE O D IABO 'Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque

Leia mais

Primeiros Passos na Vida Cristã

Primeiros Passos na Vida Cristã IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA D I S C I P U L A D O Primeiros Passos na Vida Cristã C a p í t u l o ADEUS 1À VIDA VELHA Discipulador: / / No Culto... APÓS O Culto... Agora você é um nascido

Leia mais

UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA

UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA UMA AVALIAÇÃO DA MÚSICA DA NOSSA IGREJA Aula 8 Objetivo: Capacitar o aluno para avaliar toda música (os hinos, cânticos espirituais, solos, cânticos para o coral, etc.) que cantamos e ouvimos. Segunda

Leia mais

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015

QUEM É JESUS. Paschoal Piragine Jr 1 31/08/2015 1 QUEM É JESUS Jo 1 26 Respondeu João: Eu batizo com água, mas entre vocês está alguém que vocês não conhecem. 27 Ele é aquele que vem depois de mim, e não sou digno de desamarrar as correias de suas sandálias

Leia mais

No entanto, devemos evitar tratar destas coisas como se fossem separadas. O homem deve ser visto como um ser completo, um todo indivisível.

No entanto, devemos evitar tratar destas coisas como se fossem separadas. O homem deve ser visto como um ser completo, um todo indivisível. 1 Aula 02 A CRIAÇÃO DO HOMEM À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS Depois de haver feito as outras criaturas, Deus criou o homem, macho e fêmea, com almas racionais e imortais, e dotou-as de inteligência, retidão

Leia mais

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha.

igrejabatistaagape.org.br [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo concedeu-lhe liberdade de escolha. O Plano da Salvação Contribuição de Pr. Oswaldo F Gomes 11 de outubro de 2009 Como o pecado entrou no mundo e atingiu toda a raça humana? [1] Deus criou o ser humano para ter comunhão com Ele, mas ao criá-lo

Leia mais

Liderança Cristã SEFO 2013

Liderança Cristã SEFO 2013 Liderança Cristã SEFO 2013 1ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Conteúdo Programático

Leia mais

O Propósito Eterno de Deus é Executado no Tempo

O Propósito Eterno de Deus é Executado no Tempo 1 O Propósito Eterno de Deus é Executado no Tempo W. E. Best Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto 1 O propósito de Deus na eternidade e suas realizações no tempo são da mesma extensão. Por conseguinte,

Leia mais

A Justificação em Paulo e Tiago George Knight III

A Justificação em Paulo e Tiago George Knight III 1 A Justificação em Paulo e Tiago George Knight III Nas cartas do apóstolo Paulo, a doutrina da justificação é o maravilhoso ensino bíblico de que Deus nos aceita como justos em Cristo e perdoa nossos

Leia mais

UM NOVO ANO, UMA NOVA CHANCE

UM NOVO ANO, UMA NOVA CHANCE ESTUDOS Fevereiro/14-2ª SEMANA CÉLULA FAMILIAR UM NOVO ANO, UMA NOVA CHANCE Texto Bíblico: João 8:3-11 Tem um dito popular que diz que errar é humano. Normalmente nos lembramos desse dito, e gostamos de

Leia mais

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras)

Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Como levar alguém a Jesus Cristo usando o Cubo Evangelístico (Use as setas do cubo para ajudá-lo a abrir as figuras) Mostre o "Homem em Pecado" separado de Deus Esta luz (aponte para o lado direito) representa

Leia mais

O significado de um viver santo

O significado de um viver santo O significado de um viver santo TEXTO BÍBLICO BÁSICO Efésios 4.4-3 4 - E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. 5 - Por isso deixai a mentira, e falai

Leia mais

TEMPOS DE SOLIDÃO. Jó 23:8-11

TEMPOS DE SOLIDÃO. Jó 23:8-11 TEMPOS DE SOLIDÃO Jó 23:8-11 Na semana passada, eu falei muito sobre maldições, punições e castigos que Deus envia aos desobedientes e rebeldes. Falei sobre a disciplina Divina, cuja finalidade é o verdadeiro

Leia mais

LIVRO I. Paulo pastoreia os filipenses. Entrevista imaginária com o apóstolo Paulo (5) Filipenses

LIVRO I. Paulo pastoreia os filipenses. Entrevista imaginária com o apóstolo Paulo (5) Filipenses LIVRO I Paulo pastoreia os filipenses Entrevista imaginária com o apóstolo Paulo (5) Filipenses Não sem razão a carta de Paulo aos filipenses é considerada como a carta da alegria. Nesta conversa inventada,

Leia mais

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo

Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo 4ª Semana Você foi criado para tornar-se semelhante a Cristo I- CONECTAR: Inicie o encontro com dinâmicas que possam ajudar as pessoas a se conhecer e se descontrair para o tempo que terão juntas. Quando

Leia mais

Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins

Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins Mais do que Vencedores ou Mais do que Vencidos. Missionário Pastor Danny Hawkins Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Romanos 8:37 Todos os dias nós temos

Leia mais

06 Meus Primeiros Passos por Dino Arí Fernandes

06 Meus Primeiros Passos por Dino Arí Fernandes 06 Meus Primeiros Passos por Dino Arí Fernandes O Espírito Santo e a Igreja Igreja Metodista 06- Meus Primeiros Passos Rev. Dino Arí Fernandes O Espírito Santo e a IGREJA Para melhor entender o tema, sugerimos

Leia mais

ESTUDOS PARA PEQUENOS GRUPOS TEMÁTICA. Comunhão ESTUDOS

ESTUDOS PARA PEQUENOS GRUPOS TEMÁTICA. Comunhão ESTUDOS ESTUDOS PARA PEQUENOS GRUPOS TEMÁTICA Comunhão ESTUDOS 25. Jovens interligados 26. Sendo exemplo de honra 27. Amando uns aos outros 28. A prática do encorajamento 29. Ficar de mal? Nunca mais! 30. Servir

Leia mais

EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS

EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS Aula 02 EPÍSTOLA DE PAULO AOS GÁLATAS Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão (Gl 5:1). A Epístola aos Gálatas foi escrita

Leia mais

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11)

Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Caminho, verdade e vida: Definições de Jesus; Marcas em seus discípulos (Jo.14:1-11) Mensagem 1 A metáfora do Caminho Introdução: A impressão que tenho é que Jesus escreveu isto para os nossos dias. Embora

Leia mais

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! SÉRIE: QUEM É JESUS? Jesus é o Cordeiro de Deus Data: / 09 / 2010 - Semana 4. No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 1 / 7 1)

Leia mais

2015 O ANO DO DISCIPULADO

2015 O ANO DO DISCIPULADO IGREJA DE CRISTO NO BRASIL MINISTÉRIO ICRV 2015 O ANO DO DISCIPULADO NOSSA FUNDAÇÃO A Igreja de Cristo no Brasil foi fundada em 13 de dezembro de 1932, na cidade de Mossoró RN. Como organização denominacional,

Leia mais

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA

www.comunidadepedraviva.com.br TRILHO PEDRA VIVA TRILHO PEDRA VIVA ROTEIRO PARA PLANTAÇÃO DE VIDAS Um provérbio chinês nos lembra : se sua visão é para um ano, plante trigo; se sua visão é para uma década, plante árvores; se sua visão é para toda a vida,

Leia mais

O Arrebatamento da Igreja

O Arrebatamento da Igreja Texto Base: 1Ts 4.13-18 O Arrebatamento da Igreja "Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois,

Leia mais

A Bíblia afirma que Jesus é Deus

A Bíblia afirma que Jesus é Deus A Bíblia afirma que Jesus é Deus Há pessoas (inclusive grupos religiosos) que entendem que Jesus foi apenas um grande homem, um mestre maravilhoso e um grande profeta. Mas a Bíblia nos ensina que Jesus

Leia mais

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro.

Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo nos são ditas através deste Livro. A importância do estudo bíblico para a vida cristã 2 Pedro 1.12-2121 Pr. Fernando Fernandes Eu acredito que a Bíblia é a melhor dádiva que Deus deu à humanidade. Todas as coisas boas do Salvador do mundo

Leia mais