HUGO FERRAMACHO Portugal/2009

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HUGO FERRAMACHO Portugal/2009"

Transcrição

1

2

3 HUGO FERRAMACHO Portugal/2009

4 AutoCAD is a registered trademark of Autodesk, Inc. in the United States and/or other countries. O Guia Prático do AutoCAD 2010 a 2 dimensões is an independent publication not affiliated with Autodesk, Inc. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES Colecção: Tecnologias Autor: Hugo Ferramacho Direcção gráfica: Centro Atlântico Revisão técnica: Centro Atlântico Capa: Paulo Buchinho Imagem da capa: Arquitectura Arq. Francisco Menezes 3D InSPAZO3D (www.inspazo3d.pt) com colaboração de André Mendes e Filipe Dinis. Centro Atlântico, Lda., 2009 Ap V. N. Famalicão Portugal Tel Impressão e acabamento: Papelmunde 1ª edição: Maio de 2009 ISBN: Depósito legal: /09 Marcas registadas: Todos os termos mencionados neste livro conhecidos como sendo marcas registadas de produtos e serviços foram apropriadamente capitalizados. A utilização de um termo neste livro não deve ser encarada como afectando a validade de alguma marca registada de produto ou serviço. O Editor e os Autores não se responsabilizam por possíveis danos morais ou físicos causados pelas instruções contidas no livro nem por endereços Internet que não correspondam às Home- -Pages pretendidas.

5 Ao meu saudoso Pai

6

7 Índice INTRODUÇÃO I. APRESENTAÇÃO Acesso à aplicação A Interface do AutoCAD II. FUNÇÕES ELEMENTARES Novo (New) Abrir um desenho (Open ) Gravar (Save) Gravar Como (Save As ) Fechar (Close) Sair (Exit) III. COORDENADAS Coordenadas Absolutas Coordenadas Relativas Cartesianas Coordenadas Relativas Polares IV. ELEMENTOS DE DESENHO Linha (Line) Polígono (Polygon) Rectângulo (Rectangle)... 47

8 8 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES Arco (Arc) Círculo (Circle) Donut Elipse (Ellipse) Nuvem de Revisão (Revision Cloud) Polilinha (Polyline) Edição da Polilinha (Pedit) Spline Edição da Spline (Splinedit) Ponto (Point) Escolha da aparência do ponto (Ddptype) V. FUNÇÕES COMPLEMENTARES Espaço de Trabalho (Definições Básicas para iniciar o trabalho) Controlo do aspecto de alguns componentes gráficos do ambiente de trabalho Como anular ou refazer funções realizadas VI. COMANDOS DE VISUALIZAÇÃO Aproximar/Afastar (Zoom) Arrastar (Pan) VII. MÉTODOS AUXILIARES DE DESENHO Grid (Grelha) Snap (Condicionador do Movimento do Cursor) Ortho (Ortogonal) Polar (utilizar direcções pré-definidas) Osnap (Trabalhar com Pontos Notáveis) Otrack (Utilização de Pontos de Referência) DUCS (Plano de Trabalho Dinâmico) DYN (Inserção Dinâmica) LWT (Espessura do Traço) QP (Propriedades Rápidas)... 87

9 ÍNDICE 9 VIII. COMANDOS DE EDIÇÃO Erase (Apagar) Move (Mover) Copy (Copiar) Offset (Cópia Paralela) Mirror (Cópia em Espelho) Array (Cópia em Série) Trim (Cortar) Extend (Estender) Fillet (Bolear) Chamfer (Chanfrar) Rotate (Rodar) Stretch (Esticar) Lengthen (Comprimento) Align (Alinhar) Break (Partir) Break at Point (Partir no Ponto) Explode (Explodir) Scale (Escala) IX. MÉTODOS DE SELECÇÃO Pick (Picar) Window (Janela) Crossing - Window (Janela de Varrimento) Remove (Remover) Add (Adicionar) All (Todos) Previous (Anterior) Last (Último) Fence (Cerca) CPolygon (Polígono de Varrimento) WPolygon (Polígono Exterior) Opções de selecção na caixa de diálogo das Opções (Options)

10 10 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES X. PONTOS NOTÁVEIS Edição de entidades manipulando os seus Pontos Notáveis Edição da aparência dos Pontos Notáveis (Grips) XI. NÍVEIS DE DESENHO (LAYERS) Como criar um Nível de Desenho Propriedades dos Níveis de Desenho (Layers) Estados de Níveis de Desenho (Layers) Filtros nos Níveis de Desenho (New Property Filter) Grupos de Níveis de Desenho (New Group Filter) Gestor de Estados dos Níveis de Desenho (Layer State Manager) Menus na caixa de diálogo dos Níveis de Desenho (Layers) Transitar Objectos entre Níveis de Desenho Configuração anterior dos Níveis de Desenho (Layer Previous) Tornar o Nível de Desenho corrente do objecto seleccionado (Make`s Object Layer Current) Outras Ferramentas XII. TEXTO Linha única de texto (Single Line Text) Texto de Linhas Múltiplas (Multiline Text) XIII. PROPRIEDADES DAS ENTIDADES (OBJECT PROPERTIES) Alteração de Propriedades (Change Properties) Igualar Propriedades (Match Properties) XIV. TABELAS (TABLES) Como desenhar uma Tabela Estilos de Tabelas Edição de uma Tabela XV. COTAGEM (DIMENSION) Tipos de Cotagem Estilo de Cotagem (Dimension Style)

11 ÍNDICE 11 XVI. MÚLTIPLAS CHAMADAS DE ATENÇÃO (MULTILEADERS) Múltiplas chamadas de atenção (Multileaders) Outras Funções Editar um Estilo Criar um Estilo XVII. BIBLIOTECAS DE BLOCOS (BLOCKS) Como criar um Bloco (Gravar Blocos) Como Inserir um Bloco Reference Block (Editar um Bloco no desenho) XVIII. PADRÕES ASSOCIATIVOS (HATCH) Como Aplicar Outras Funções Padrões através da Paleta de Ferramentas XIX. OBJECTOS PARAMÉTRICOS Restrições Geométricas Restrições Dimensionais Pontos Notáveis XX. IMPRESSÃO/PLOTAGEM O que é uma Plotter Como imprimir em apenas 7 passos Funções Complementares Gestor de configuração da página (Page Setup Manager...) Gestor de Impressoras (Plotter Manager...) Pré-visualização da Impressão (Plot Preview) Publicar (Publish ) Exportar para Impressão (Export to Impression ) Consultar pormenores da impressão e publicação (View Plot and Publish Details )

12 12 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES XXI. ESPAÇO DE COMPOSIÇÃO (LAYOUTS) / ESPAÇO DE MODELAÇÃO 291 Espaço de Modelação (Model Space) Espaço de Composição (Layouts) Composição de um Layout em 6 passos Funções complementares Maximizar ou Minimizar Janelas de Visualização (VpMax e VpMin). 315 Visualização rápida de Layouts e Desenhos (Quick View Layouts / Quick View Drawings) XXII. COMPORTAMENTO DE ANOTAÇÃO (ANNOTATIVE) Aplicação da Propriedade Articulação com Escalas Vantagens da Utilização da Propriedade de Comportamento de Anotação XXIII. FUNÇÕES DE INQUÉRITO DE DESENHO (INQUIRY) Distância (Distance) Área Medição (Measure) Listagem (List) Identificação de Ponto (ID Point) Tempo (Time) Estado (Status) XXIV. INSERÇÃO E CONTROLO DE IMAGENS Imagens Controlo na Ordem de Representação (Display Order) XXV. TROCA DE OBJECTOS ENTRE FICHEIROS Copiar (Copy) Colar (Paste) Colar nas Coordenadas Originais (Paste to Original Coordinates) Colar Especial (Paste Special) Colar como Bloco (Paste as Block)

13 ÍNDICE 13 Copiar com um Ponto Base (Copy with Base Point) Cortar (Cut) XXVI. TECLAS DE FUNÇÕES E DE ATALHO. BARRAS DE FERRAMENTAS E BOTÕES Teclas de Função Atalhos de Comandos Atalhos pela Linha de Comando (Acad.pgp) Barras de Ferramentas e Botões XXVII. FUNÇÕES DE MANIPULAÇÃO DE FICHEIROS Recover Audit Purge Drawing Properties

14

15 Introdução Cada vez mais o domínio de ferramentas que permitem o desenvolvimento projectual através do computador deixou de ser uma mera curiosidade de alguns para passar a ser um requisito, passivo de exclusão profissional para quem não as domine. O mercado da investigação e produção de software encontra-se no seu apogeu. Todos os anos surgem novos e melhorados programas capazes de realizar tarefas impensáveis de serem levadas a cabo num computador pessoal há um punhado de anos atrás. Se tal poderá, por um lado, representar oportunidades de carreira aliciantes e nichos de mercado rentáveis através do domínio e venda destes produtos, por outro lado poderá obrigar a formas confusas e extenuantes para tentar adquirir os conhecimentos necessários para se vingar no mercado de trabalho. De facto, evoluiu-se muito nos últimos anos, ao ponto de se ter passado da oferta de um grupo restrito de software, actualizado em cada três ou quatro anos, para um vastíssimo leque de soluções informáticas grande parte delas com actualizações anuais e mesmo em períodos inferiores. Será mais importante que nunca, principalmente para quem está a construir os seus conhecimentos no Ensino Superior ou Secundário, não deixar que este conjunto de ferramentas, que são apenas um meio, acabem por funcionar como um fim. Nota-se, em muitos alunos, um desconhecimento muito grande sobre o software que lhes poderá ser útil, qual o que tem mais aceitação no mercado de trabalho e qual tem realmente uma legítima função prática e se adequa ao tipo de trabalho que executam. Esta é uma questão tão mais pertinente se pensarmos que muitas das vezes é alargada também ao corpo docente. Com frequência a escolha recai sobre a tentativa de se dedicarem ao maior número possível de ferramentas para cobrir a oferta existente. Esta é evidentemente uma escolha errada por não permitir dominar efectivamente nenhuma solução, numa época em que o mercado está cada vez mais exigente. Com a periodicidade já descrita do ritmo de saída das actualizações, facilmente um utilizador que não se debruce sobre elas pelo menos uma vez por ano irá progressivamente perdendo a capacidade de obter do software tudo o que lhe permitiria ser mais produtivo e inovador.

16 16 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES Por outro lado, ao não se aperceberem da evolução permanente do AutoCAD, muitos utilizadores não sabem do que actualmente o programa é capaz e tentam realizar com outro software tarefas por ele facilmente produzidas. Nesse sentido, o presente manual não é mais do que um contributo para quem está a iniciar o seu percurso neste programa, bem como para quem pretende actualizar-se relativamente às novidades da versão mais actual do AutoCAD. Foi escrito tentando transmitir ao leitor um conjunto de explicações que lhe permitam a apreensão da informação de uma forma leve e concisa. Será um manual ideal para acompanhar uma formação ou para quem deseje relembrar matérias que lhe tenham sido ministradas anteriormente.

17 X. Pontos Notáveis Edição de entidades manipulando os seus Pontos Notáveis Os Grips (Pontos notáveis dos objectos) assumem por vezes uma importante forma de trabalho. Por um lado permitem realizar pequenas operações sem recorrer a qualquer tipo de função e, por outro, também permitem a aplicação de alguns comandos de edição sem ter de recorrer a qualquer uma das formas já tratadas no respectivo capítulo. Poderá referir-se que existem duas formas distintas de editar os objectos através dos Grips (Pontos Notáveis): usando o botão do lado esquerdo do rato e utilizando o botão do lado direito. SELECCIONANDO O PONTO NOTÁVEL (GRIP) COM O BER Terá de começar por pressionar uma vez sobre o objecto para que este fique seleccionado, ou seja, apresentar-se a tracejado e com os GRIPS (pontos notáveis) activos. Depois poderá pressionar sobre um dos vértices do objecto para que este passe da sua cor azulada para a vermelha. Figura 10.1: À esquerda, objecto seleccionado e à direita Grip deslocado A partir daí, poderá conduzir esse ponto para onde necessitar, sendo que o objecto irá distorcer a sua forma de modo a acompanhar o ponto. Essa afinal será uma forma de aplicar o Stretch (Esticar) ao objecto a partir do ponto em questão. Quando estiver a realizar esta operação, também poderá usar as coordenadas para que o movimento do ponto seja o mais exacto possível. Para sair do comando poderá pressionar em Esc.

18 120 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES Ainda sobre este procedimento será de referir que, quando pressiona sobre um Grip e este adquire a cor vermelha, ficam disponíveis na LINHA DE COMANDO algumas outras opções (Specify stretch point or [Base point/copy/ Undo/eXit]:). Em Base Point (Ponto Base) poderá alterar o ponto que está a editar. Basta digitar B e de seguida o novo ponto sem sair da função. Em Copy (Cópia), quando escolhido, permite que, ao indicar a nova posição do ponto, seja produzida uma cópia do objecto. CÓPIA PRODUZIDA OBJECTO INICIAL Figura 10.2: Cópia de um objecto através da opção Copy Através de Undo (Desfazer) poderá desfazer o último passo dado e em Exit (Sair) sair do comando. SELECCIONANDO O GRIP E PRESSIONAR DE SEGUIDA COM O BOTÃO DIREITO DO RATO Quando selecciona um ponto, e pressiona com o botão direito do rato, confronta-se com um menu de contexto onde é exposto um conjunto de opções. COMANDOS EDIÇÃO IGUAL À LINHA DE COMANDO ALTERAR PROPRIEDADES SAIR DO COMANDO Figura 10.3: O botão direito do rato dá acesso a um menu de contexto Neste menu poderá escolher entre cinco comandos de edição existentes. Move (Mover), Mirror (Espelho), Rotate (Rodar), Scale (Escala) e Stretch (Esticar) são as opções.

19 PONTOS NOTÁVEIS (GRIPS) 121 À excepção do Stretch (Esticar), que já foi explicado, as outras restantes funções modificam toda a figura seleccionada. A execução das funções é idêntica àquela já explicada nos comandos de edição. Aqui, apenas já está escolhido o ponto a partir do qual se irá fazer a edição. Edição da aparência dos Pontos Notáveis (Grips) A aparência destes pontos notáveis poderá vir a ser alterada. Par tal, terá de aceder à caixa de diálogo das Options (Opções), presente no menu descendente Tools (Ferramentas), e ao separador Selection (Selecção). Como poderá observar na figura seguinte, estas são opções bastante simples onde se poderá estipular dimensões e cores para os pontos. Relativamente às opções gerais, poderá referir-se que Enable grips (Activar Pontos Notáveis) quando não está assinalado os pontos notáveis dos objectos não serão representados; Enable grips within Blocks (Activar Pontos Notáveis em Blocos), quando activo, representa os Grips, também nos BLOCOS; Enable grip tips (Activar dicas nos Pontos Notáveis), quando activo, permite a visualização de uma dica quando o cursor está sobre algum ponto notável e, por fim, em Object Selection Limit for display grips (Número máximo de objectos a representar Pontos Notáveis) permite controlar o número máximo de pontos notáveis que se pretendem visualizar caso o objecto seleccionado possua mais do que esse número e então não será representado nenhum. DIMENSÃO DO GRIP (PONTO NOTÁVEL) COR DO GRIP QUANDO NÃO ESTÁ SELECCIONADO COR DO GRIP QUANDO ESTÁ SELECCIONADO COR DO GRIP QUANDO O CURSOR PASSA POR CIMA OPÇÕES GERAIS Figura 10.4: Opções para alterar a aparência dos Grips na Caixa de Diálogo das Options

20

21 XI. Níveis de Desenho (Layers) A ferramenta de trabalho que os Layers representam é a principal forma de organizar os elementos de desenho. Esta, de resto, não é uma ferramenta isolada do AutoCAD, visto que grande parte do software existente também a utiliza como principal forma de organização. Todos os objectos do desenho são constituídos por um conjunto de propriedades, tais como a cor, o tipo de linha, a espessura da linha, entre outros. A utilização de Layers (Níveis de Desenho) permite agrupar os objectos segundo as suas propriedades. A melhor explicação que se poderá dar será a de comparar cada Layer a uma folha de papel vegetal. Vamos imaginar que o projecto é composto por um conjunto destas folhas, e que em cada uma delas são representados apenas os objectos que possuem as mesmas propriedades, como, por exemplo: numa agrupam-se os Vãos, que têm todos a mesma cor, o mesmo tipo de linha e espessura, noutra as Paredes, noutra a Estrutura, e assim sucessivamente. A lógica será a de que quando estas folhas estão todas sobrepostas, ou seja, os Layers activos, então todo o desenho está presente, mas, quando se quiser, poder-se-á retirar as folhas de papel vegetal que se entender (desligar os Layers que se desejar) e aligeirar a informação presente no desenho. Por outro lado, ao alterar qualquer uma das propriedades presentes nos Layers, todos os objectos nele contidos assumem esse facto de imediato, o que sem dúvida se revela como uma forma muito eficaz de as gerir. Como criar um Nível de Desenho Das diversas formas possíveis para aceder à caixa de diálogo dos Layers, as mais expeditas serão através da barra de ferramentas e do Ribbon, até porque a partir daqui poderá fazer toda a gestão necessária dos mesmos, no desenvolvimento do trabalho.

22 124 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES LAYERS NÍVEIS DE DESENHO MENU DESCENDENTE FORMAT LAYER ÍCONE LINHA DE COMANDO LA RIBBON HOME LAYERS - CAIXA DE DIÁLOGO DOS LAYERS LISTA DE LAYERS ACTIVA O LAYER DO OBJECTO SELECCIONADO REPÕE A CONFIGURAÇÃO ANTERIOR DOS LAYERS ACEDE AO GESTOR DOS ESTADOS DE LAYERS CAIXA DE DIÁLOGO DOS LAYERS LISTA DE LAYERS REPÕE A CONFIGURAÇÃO ANTERIOR DOS LAYERS ACTIVA O LAYER DO OBJECTO SELECCIONADO Figura 11.1: Barra de ferramentas dos Layers em cima, e Ribbon em baixo Para criar um Layer (Nível de Desenho), terá de aceder à caixa de diálogo dos mesmos. FILTROS DE LAYERS GRUPOS DE LAYERS CRIA UM NOVO LAYER CRIA UM NOVO LAYER CONGELADO EM TODOS OS VP APAGA O LAYER SELECCIONADO ACTIVA O LAYER SELECCIONADO ESTADOS DE LAYERS LISTA DE FILTROS LISTAGEM DOS LAYERS E DAS SUAS PROPRIEDADES Figura 11.2: Caixa de diálogo dos Layers

23 NÍVEIS DE DESENHO (LAYERS) 125 O primeiro passo para criar um Layer será o de pressionar sobre o botão de criação de novo Layer. Depois de executado esse procedimento, irá surgir mais um item na lista, no qual poderá escrever o nome que desejar. Depois de atribuir o nome, terá de estipular quais as propriedades que este irá possuir. Propriedades dos Níveis de Desenho (Layers) Para alterar qualquer uma destas propriedades terá sempre de pressionar na sequência do nome do Layer e na coluna da propriedade em questão. Figura 11.3: Forma de alterar a propriedade em questão Em COR (Color) terá acesso a uma caixa de diálogo que lhe permite fazer a escolha de três formas diferentes. Através do Sistema de cores indexadas do AutoCAD (Index), que fornece um conjunto de 255 para serem escolhidas, através das cores verdadeiras (True Color), na qual poderá chegar a uma aproximação muito fiel da cor que pretende, através da definição de valores como a gama e a tonalidade, e, por fim, através das cores de impressão (Color Books), onde é apresentado um conjunto de soluções de padrões internacionais de cores predefinidas, tipo PANTONE, RAL OU DIC (Sistema Japonês de padronização de cores), entre outros. Na propriedade seguinte, TIPO DE LINHA (Linetype), ao pressionar no item da coluna correspondente irá ter acesso a uma primeira caixa de diálogo onde estarão listados todos os tipos de linha disponíveis no desenho. Caso o utilizador não tenha carregado mais nenhum, então só aparecerá disponível um tipo de linha, que é a contínua. Neste caso terá de pressionar em Load (Carregar ) para aceder à biblioteca de linhas do AutoCAD. Aqui, terá de escolher no tipo de linha pretendida seguido de Ok. Novamente na caixa inicial, será necessário pressionar uma vez mais na linha em questão antes de fazer Ok, para que esta fique associada ao Layer.

24 126 CENTRO ATLÂNTICO COLECÇÃO TECNOLOGIAS O GUIA PRÁTICO DO AUTOCAD 2010 A 2 DIMENSÕES Figura 11.4: Da esquerda para a direita, caixa de diálogo dos tipos de linha, tipos de linha existentes no AutoCAD e novamente a caixa de diálogo dos tipos de linha do desenho com um tipo de linha extra Depois de associada, todos os objectos que desenhar neste Layer ficarão a tracejado, contudo a escala do tracejado poderá não ficar como pretende, ou eventualmente até nem ser representado. Este facto acontece porque, para além de ser necessário configurar o Layer, tal como acabou de ser referido, também é indispensável na maior parte das vezes acertar a escala da linha. Para tal, terá de pressionar duas vezes sobre o objecto em questão. Figura 11.5: Da esquerda para a direita, para alterar a escala de uma linha terá de pressionar duas vezes sobre ela, introduzir outro valor em Linetype Scale e fechar a caixa Surge de imediato a caixa de diálogo das propriedades, onde na opção Linetype Scale (Escala da Linha) poderá colocar outros valores de forma a aumentar ou diminuir a escala da linha. Quando achar a escala correcta, poderá fechar a caixa. Na ESPESSURA DA LINHA (Lineweight) terá acesso a uma caixa de diálogo, onde poderá pressionar sobre a espessura que mais lhe agradar, seguido de Enter para ser associada ao Layer. Se não fizer este procedimento, então a espessura que ficará atribuída será a que existe no desenho POR OMISSÃO(Default).

25

Aprendendo AutoCAD 2011

Aprendendo AutoCAD 2011 Samuel João da Silveira Aprendendo AutoCAD 2011 Simples e Rápido Visual Books Sumário Prefácio...15 Introdução...17 Capítulo 1 - Inicializando o AutoCAD...19 1.1 Criar um Novo Desenho... 22 1.2 Definindo

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Arquitectura e Artes Licenciatura Arquitectura Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Semestre: 2 Nº ECTS: 4,0 Regente Sandra de Magalhães Campos,

Leia mais

INTRODUÇÃO WORKCAD NA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

INTRODUÇÃO WORKCAD NA ENGENHARIA DE PRODUÇÃO INTRODUÇÃO O WorkCAD é uma ferramenta para criação, edição e impressão de projetos assistidos por computador (CAD - Computer Aided Design) que inclui a criação e gerenciamento de projetos 3D, maquetes

Leia mais

Principais comandos do AutoCad

Principais comandos do AutoCad Principais comandos do AutoCad A, ARC -> Desenha arcos. Deve-se sempre considerar o sentido anti-horário para o desenho dos arcos. ADC, ADCENTER -> O AutoCAD DesignCenter (ADC), semelhante ao Explorador

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Internet Explorer. *

Leia mais

2013/2014 2º semestre SRDD turma 1BD Professor Luís Mateus Plano semanal do semestre

2013/2014 2º semestre SRDD turma 1BD Professor Luís Mateus Plano semanal do semestre 2013/2014 2º semestre SRDD turma 1BD Professor Luís Mateus Plano semanal do semestre Semana 1 (3 de Fevereiro a 7 de Fevereiro) Apresentação (programa, objectivos e regras sobre o funcionamento da disciplina).

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011

1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1 - INTRODUÇÃO AO AutoCAD 2011 1.1- INTRODUÇÃO Este capítulo tem como objetivo principal familiarizar o usuário com a interface do AutoCAD 2011, isto é, a forma com a qual o usuário se comunica com o software

Leia mais

TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS. 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo)

TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS. 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo) Profs. Paula Viero e Beatriz Lima TÉCNICAS DE CAD PARA ENGENHARIA CIVIL AULA 2 1. O AUTOCAD 2. FUNÇÕES BÁSICAS / ESTRUTURAS DE COMANDOS 3. COMO DEFINIR UMA SEÇÃO DE TRABALHO (Arquivo) 4. ALGUNS COMANDOS

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Notas de Aula AutoCad Prof. Sérgio Viana

Notas de Aula AutoCad Prof. Sérgio Viana Área de Trabalho Juntamente com a área de trabalho, poderão estar abertas algumas barras de ferramentas nas laterais da tela, que servem de suporte ai desenho. Janelas de Comandos Figura 1 Área de trabalho

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Excel 2010 Colecção: Software

Leia mais

CFAC: Introdução ao AutoCAD - II. Capitulo II: Configuração e Organização

CFAC: Introdução ao AutoCAD - II. Capitulo II: Configuração e Organização Introdução ao AutoCAD João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca Objetivos Configurar desenhos que utilizam diferentes unidades; Criar uma folha de desenho que reflita adequadamente a escala pretendida;

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt * O leitor consente, de forma expressa, a incorporação e o tratamento dos seus dados nos ficheiros automatizados da responsabilidade do Centro Atlântico, para os fins comerciais e operativos do mesmo.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AUTOCAD

INTRODUÇÃO AO AUTOCAD INTRODUÇÃO AO AUTOCAD O AUTOCAD é um software que se desenvolveu ao longo dos últimos 30 anos. No início o programa rodava no sistema D.O.S., o que dificultava um pouco seu uso. Com o surgimento do sistema

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos fichei Reservados todos os direitos por Centro Atlântico,

Leia mais

CFAC: Introdução ao AutoCAD - IV. Capitulo IV: Comandos de modificação

CFAC: Introdução ao AutoCAD - IV. Capitulo IV: Comandos de modificação Introdução ao AutoCAD João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca Objetivos Métodos de seleção dos comandos de modificação; Criação de arrays retangulares - AR ; Criação de arrays polares - AR ; Entender

Leia mais

Disciplina Desenho Técnico I ENG 1003 Material de Aula

Disciplina Desenho Técnico I ENG 1003 Material de Aula Disciplina Desenho Técnico I ENG 1003 Material de Aula AULAS 01 a 03 Apresentando o AutoCAD. O AutoCAD é um software da Autodesk muito utilizado para fazer desenhos de projetos de engenharia e arquitetura

Leia mais

APOSTILA II DAC CRIADO POR DÉBORA M. BUENO FRANCO PROFESSORA DE DESENHO ASSISTIDO POR COMPUTADOR FACULDADE EDUCACIONAL DE ARAUCÁRIA - FACEAR

APOSTILA II DAC CRIADO POR DÉBORA M. BUENO FRANCO PROFESSORA DE DESENHO ASSISTIDO POR COMPUTADOR FACULDADE EDUCACIONAL DE ARAUCÁRIA - FACEAR APOSTILA II DAC INTRODUÇÃO O WorkCAD é uma ferramenta para criação, edição e impressão de projetos assistidos por computador (CAD - Computer Aided Design) que inclui a criação e gerenciamento de projetos

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft PowerPoint 2010 Colecção: Software

Leia mais

: l : desdenha linhas simples de um ponto a outro.

: l : desdenha linhas simples de um ponto a outro. 3 Principais comandos para desenhar e modificar Os principais comandos para desenho e modificações estão nas barras: Draw (desenhar) figuras 13a e Modify (modificar) figura 13b, que podem estão disponíveis

Leia mais

MANTENHA-SE INFORMADO

MANTENHA-SE INFORMADO MANTENHA-SE INFORMADO * O leitor consente, de forma expressa, a incorporação e o tratamento dos seus dados nos ficheiros automatizados da responsabilidade do Centro Atlântico, para os fins comerciais e

Leia mais

CAPITULO II COMANDOS BÁSICOS. Menu Draw > Line Teclado: L (atalho) LINE

CAPITULO II COMANDOS BÁSICOS. Menu Draw > Line Teclado: L <ENTER> (atalho) LINE COMANDOS BÁSICOS LINE CAPITULO II Menu Draw > Line Teclado: L (atalho) Modelo: Command: LINE LINE Specify first point: P1 (Clique com botão esquerdo um ponto na tela) Specify next point

Leia mais

Gabarito. Desenho Arquitetônico

Gabarito. Desenho Arquitetônico Aula Questão Resposta - Quando queremos iniciar um documento do zero, devemos clicar em qual opção? Start Drawing. - Quando queremos iniciar um documento do zero, devemos clicar em qual opção? Start. -

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2011 Ap. 413 4764-901 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Outlook 2010 Colecção: Software

Leia mais

LICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

LICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS CAMPUS V - DIVINÓPOLIS DESENHO TÉCNICO ASSISTIDO POR COMPUTADOR (CAD) Divínopolis 2013 Sumário APRESENTAÇÃO...

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Preparação do Autocad 2009

Preparação do Autocad 2009 Preparação do Autocad 2009 No ano 2009 a Faculdade de Engenharia da UEM recebeu o pacote de programas da Autodesk que inclui: Inventor 2009, AutoCAD Mechanical 2009, AutoCAD 2009 e outros. Para facilitar

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a AutoCAD WS M

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Cloud canvas

Leia mais

e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA

e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail LIBÓRIO MANUEL SILVA e-mail Guia Prático do correio-electrónico com Gmail, Microsoft Outlook e Windows Mail Autor:

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-76-3 Depósito legal: 202574/03

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-76-3 Depósito legal: 202574/03 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. * O leitor consente,

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Janeiro de 2004 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Outlook Express 6. Reservados

Leia mais

Perguntas mais Frequentes sobre Escalas no AutoCAD e suas Respostas

Perguntas mais Frequentes sobre Escalas no AutoCAD e suas Respostas Perguntas mais Frequentes sobre Escalas no AutoCAD e suas Respostas Cleber Reis Professor de AutoCAD 2D e 3D AC5904-V Compreender as escalas no AutoCAD pode parecer uma tarefa difícil, mas não é. Qual

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-73-9 Depósito legal: 201828/03

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Outubro de 2003 ISBN: 972-8426-73-9 Depósito legal: 201828/03 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. * O leitor consente,

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2004 FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop.

Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Neste tutorial irá criar uma animação simples com base num desenho do Mechanical Desktop. Inicialize o 3D Studio VIZ. Faça duplo clique no ícone de 3D Studio VIZ Abre-se a janela da figura seguinte. Esta

Leia mais

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007

MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I Manual Prático Microsoft Excel 2007 MÓDULO - I APRESENTAÇÃO... 1 AMBIENTE DE TRABALHO... 2 A folha de cálculo... 2 O ambiente de trabalho do Excel... 3 Faixas de Opções do Excel... 4 - Guia

Leia mais

Resumo. Maria Bernadete Barison apresenta aulas práticas sobre RETAS em Desenho Geométrico. Geométrica vol.1 n.1d. 2006 RETAS CAD

Resumo. Maria Bernadete Barison apresenta aulas práticas sobre RETAS em Desenho Geométrico. Geométrica vol.1 n.1d. 2006 RETAS CAD 1 1. INTRODUÇÃO. RETAS CAD Iniciaremos o estudo das retas construindo no CAD alguns exercícios já construídos na aula teórica utilizando a régua e o compasso. Entretanto, o nosso compasso aqui será o comando

Leia mais

DESENHANDO COM PRECISÃO: OSNAP...

DESENHANDO COM PRECISÃO: OSNAP... R72,5 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 4 2 ABRINDO O AUTOCAD... 5 2.1 ÁREA DE TRABALHO... 5 2.2 JANELA DE COMANDOS... 6 2.3 SISTEMA DE COORDENADAS... 6 2.4 DICAS SOBRE OS BOTÕES DIREITO, CENTRAL E ESQUERDO DO

Leia mais

Microsoft Windows. Aspectos gerais

Microsoft Windows. Aspectos gerais Aspectos gerais É um sistema operativo desenvolvido pela Microsoft Foi desenhado de modo a ser fundamentalmente utilizado em computadores pessoais Veio substituir o sistema operativo MS-DOS e as anteriores

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

Coleção UAB UFSCar. Introdução ao CAD. Desenho Auxiliado por Computador. Engenharia Ambiental

Coleção UAB UFSCar. Introdução ao CAD. Desenho Auxiliado por Computador. Engenharia Ambiental Coleção UAB UFSCar Engenharia Ambiental Desenho auxiliado por computador Guilherme Aris Parsekian Cali Laguna Achon Edgar Peixoto de Oliveira Nathália de Paula Introdução ao CAD Desenho Auxiliado por Computador

Leia mais

Introdução ao SolidWorks (I): Funcionalidades Básicas. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca

Introdução ao SolidWorks (I): Funcionalidades Básicas. João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca Introdução ao SolidWorks (I): Funcionalidades Básicas João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca Bibliografia n SolidWorks 2014 Teacher Guide SolidWorks n SolidWorks 2014 Student Workbook SolidWorks

Leia mais

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011

ZS Rest. Manual Profissional. BackOffice Mapa de Mesas. v2011 Manual Profissional BackOffice Mapa de Mesas v2011 1 1. Índice 2. Introdução... 2 3. Iniciar ZSRest Backoffice... 3 4. Confirmar desenho de mesas... 4 b) Activar mapa de mesas... 4 c) Zonas... 4 5. Desenhar

Leia mais

Introdução ao Microsoft Windows

Introdução ao Microsoft Windows Introdução ao Microsoft Windows Interface e Sistema de Ficheiros Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Iniciar uma Sessão A interacção dos utilizadores com o computador é feita através de sessões.

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Autocad 2006 Outras ferramentas

Autocad 2006 Outras ferramentas Autocad 2006 Outras ferramentas 1 Macetes - Clique com o cursor em qualquer ponto à direita da tela e, em seguida, num outro ponto à esquerda. Observe que todos os objetos que foram tocados pela área de

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO AO MACROMEDIA DREAMWEAVER MX 2004 O Macromedia Dreamweaver MX 2004 é um software que permite a criação de páginas de Internet profissionais, estáticas

Leia mais

a) Crie 3 novos layers: margem (neste exemplo foi utilizada cor 30), vp e cotas.

a) Crie 3 novos layers: margem (neste exemplo foi utilizada cor 30), vp e cotas. Capítulo 6- Impressão, inserção de cotas e atributos Quando você cria um desenho no ProgeCAD, deve lembrar que este desenho, na grande maioria dos casos, será impresso. Numa primeira abordagem foi indicado

Leia mais

Apostila de CmapTools 3.4

Apostila de CmapTools 3.4 Apostila de CmapTools 3.4 Índice Definição do software... 3 Criando um novo mapa... 3 Adicionando um conceito... 3 Alterando a formatação das caixas (Barra de Ferramentas Estilos Paleta Styles)... 7 Guia

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre

Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL. Fevereiro/2002 - Portalegre Escola Superior de Tecnologias e Gestão Instituto Politécnico de Portalegre MS EXCEL Fevereiro/2002 - Portalegre Introdução A necessidade de efectuar cálculos complexos de uma forma mais rápida e fiável,

Leia mais

CEFET-SC - Un. São Jojé Área de Refrigeração e Ar Condicionado Prof. Gilson - Desenho Técnico com Auxílio do AutoCAD 2007

CEFET-SC - Un. São Jojé Área de Refrigeração e Ar Condicionado Prof. Gilson - Desenho Técnico com Auxílio do AutoCAD 2007 Esta é a nossa 6ª Aula. Nesta aula vamos aprender a organizar um desenho por camadas, calcular a área de um ambiente, inserir textos, tabelas e bloco num desenho. Devemos concluir a aula com a planta baixa

Leia mais

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia

Centro de Competência Entre Mar e Serra. Guia SMART Notebook Software Guia O Software Notebook permite criar, organizar e guardar notas num quadro interactivo SMART Board (em modo projectado e não-projectado), num computador pessoal e, em seguida,

Leia mais

Tutorial 3: Desenhar objetos no AutoCAD 2010

Tutorial 3: Desenhar objetos no AutoCAD 2010 Tutorial 3: Desenhar objetos no AutoCAD 2010 1 Audiência: Novos usuários do AutoCAD Pré-requisitos: Nenhum Tempo para ser completado: 15 minutos Neste tutorial Complete as lições deste tutorial na ordem.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DIGITAIS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

APOSTILA V DAC. Ferramentas Importantes

APOSTILA V DAC. Ferramentas Importantes APOSTILA V DAC Ferramentas Importantes FERRAMENTAS IMPORTANTES PARA A EXECUÇÃO DE UM DESENHO A importância do ZOOM A sintaxe do comando ZOOM permite selecionar um dos diferentes tipos de zoom, conforme

Leia mais

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção. João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção. João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca de seleção 2 Objetivos Aumentar e diminuir a visualização de um desenho por diferentes

Leia mais

Comandos vistos nas aulas F2 List (Time + enter) CIRCLE CONSTRUCTION LINE EXPLODE FILLET OFFSET OPTIONS POLYLINE RECTANGLE

Comandos vistos nas aulas F2 List (Time + enter) CIRCLE CONSTRUCTION LINE EXPLODE FILLET OFFSET OPTIONS POLYLINE RECTANGLE Comandos vistos nas aulas F2 List (Time + enter) ARC CAL CHAMFER CIRCLE COPY CONSTRUCTION LINE EDIT EXPLODE EXTEND FILLET JOIN LAYER LENGTHEN MIRROR MOVE OFFSET OPTIONS PEDIT POLYLINE RECTANGLE REGEN TRIM

Leia mais

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP

PROGRAMAÇÃO Microsoft WINDOWS XP Mais que um Sistema Operativo, o MS-Windows é um ambiente de trabalho que simula no ecrã o trabalho diário sobre uma secretária. A ideia base do MS-Windows foi a de esconder a organização do MS-DOS e apresentar

Leia mais

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS 1 NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS Este primeiro capítulo aborda conceitos elementares relacionados com bases de dados. Os conceitos abordados neste capítulo são necessários para trabalhar adequadamente

Leia mais

Início rápido. Ahead Software AG

Início rápido. Ahead Software AG Início rápido Ahead Software AG Informações sobre copyright e marcas comerciais O manual do utilizador Nero Cover Designer e a totalidade do respectivo conteúdo estão protegidos por copyright e são propriedade

Leia mais

Introdução aos Sistemas de CAD (AutoCad)

Introdução aos Sistemas de CAD (AutoCad) Introdução aos Sistemas de CAD (AutoCad) Desenho de Construção Naval Instituto Superior Técnico Secção Autónoma de Engenharia Naval Metodologia Tradicional vs. CAD Tradicional Desenho no estirador (espaço,

Leia mais

Manipulação de Células, linhas e Colunas

Manipulação de Células, linhas e Colunas Manipulação de Células, linhas e Colunas Seleccionar células Uma vez introduzidos os dados numa folha de cálculo, podemos querer efectuar alterações em relação a esses dados, como, por exemplo: apagar,

Leia mais

AutoCAD INTRODUÇÃO. Menu Superior Barra de Ferramenta Cursor. Área de Trabalho. Linha de Comando. Status Bar CONCEITOS A TELA GRÁFICA

AutoCAD INTRODUÇÃO. Menu Superior Barra de Ferramenta Cursor. Área de Trabalho. Linha de Comando. Status Bar CONCEITOS A TELA GRÁFICA INTRODUÇÃO O objetivo desta apostila é ensinar de forma simples, objetiva e didática, os recursos do AUTOCAD para projetar em duas dimensões. Os ensinamentos incluídos abrangem a maioria das necessidades

Leia mais

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção

Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção Introdução ao AutoCAD Capitulo III: Ecrã do AutoCAD e Operações de seleção João Manuel R. S. Tavares Joaquim O. Fonseca de seleção 2 Objetivos Aumentar e diminuir a visualização de um desenho por diferentes

Leia mais

ZoomText 9.1. Adenda ao Guia do Utilizador. Ai Squared

ZoomText 9.1. Adenda ao Guia do Utilizador. Ai Squared ZoomText 9.1 Adenda ao Guia do Utilizador Ai Squared Direitos de Cópia ZoomText Ampliador Copyright 2008, Algorithmic Implementations, Inc. Todos os Direitos Reservados ZoomText Ampliaddor/Leitor de Ecrã

Leia mais

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011

Domine o Word 2007. Professor: Rafael Henriques. Ano Lectivo 2010/2011 Domine o Word 2007 1 Professor: Rafael Henriques Ano Lectivo 2010/2011 Sumário Introdução aos Processadores de texto; Microsoft Word 2007 O ambiente de trabalho O Friso Os Tabuladores do Word 2007; Realização

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA III APOSTILA VISUAL

INFORMÁTICA APLICADA III APOSTILA VISUAL INFORMÁTICA APLICADA III APOSTILA VISUAL LEVANTAMENTOS QUANTITATIVOS EM PLANTAS LIGANDO O EXCEL AO AUTOCAD Para que possamos estudar os custos em uma construção, além de estarmos municiados com um bom

Leia mais

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves

MANUAL de FORMAÇÃO INICIAÇÃO. Sara Mota Marco Alves SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE FORMAÇÃO E ADAPTAÇÕES TECNOLÓGICAS DIVISÃO DE ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Microsoft Word 97 Básico

Microsoft Word 97 Básico Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Microsoft Word 97 Básico DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: I. Executando o Word... 4 II. A tela do Word 97... 6 III. Digitando

Leia mais

Centro Atlântico, Lda., 2012 Ap. 413 4760-056 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.

Centro Atlântico, Lda., 2012 Ap. 413 4760-056 V. N. Famalicão, Portugal Tel. 808 20 22 21. geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Microsoft Windows 8 Colecção: Software

Leia mais

Centro Atlântico. O Guia do. Internet Explorer 5

Centro Atlântico. O Guia do. Internet Explorer 5 Centro Atlântico O Guia do Internet Explorer 5 Pedro Remoaldo Centro Atlântico O Guia do Internet Explorer 5 Edições Centro Atlântico Portugal/1999 Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI CAMPUS ALTO PARAOPEBA PROJETO E COMPUTAÇÃO GRÁFICA APOSTILA 2D. (notas de aula)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI CAMPUS ALTO PARAOPEBA PROJETO E COMPUTAÇÃO GRÁFICA APOSTILA 2D. (notas de aula) PROJETO E COMPUTAÇÃO GRÁFICA APOSTILA 2D (notas de aula) Prof a. Renata Maria A. Baracho Porto Prof. Marcelo Franco Porto Agosto 2010 Projeto e Computação Gráfica Módulo 2D - 1 Professores Prof a Renata

Leia mais

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Fernando Ferreira 1. Iniciação do Frontpage Porquê criar páginas web? A World Wide Web é a melhor forma das pessoas comunicarem umas com as outras. É Nos

Leia mais

Produtividade com Escalas Anotativas

Produtividade com Escalas Anotativas Produtividade com Escalas Anotativas Claudia Campos Lima AC208-3V: Apresentação do uso de escalas anotativas abrangendo a configuração, aplicação alteração das escalas e a montagem de folhas no Paper Space

Leia mais

COMANDOS BÁSICOS DE AUTOCAD

COMANDOS BÁSICOS DE AUTOCAD Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Campus de Ilha Solteira MINI-CURSO COMANDOS BÁSICOS DE AUTOCAD Apostila gentilmente fornecida pelo PET - Elétrica. Marcelo Augusto Assunção Sanches

Leia mais

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática FrontPage Express Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática O que é o FrontePage Express Para aceder ao programa que vai

Leia mais

Migrar para o Excel 2010

Migrar para o Excel 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Excel 2010 é muito diferente do Excel 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as partes

Leia mais

Módulo 1 Microsoft Word 2007 ( 4 Horas)

Módulo 1 Microsoft Word 2007 ( 4 Horas) No final deste módulo o formando deverá estar apto a: Enunciar a definição do Microsoft Word 2007; Reconhecer as principais vantagens da utilização; Distinguir as diferentes áreas do ambiente de trabalho

Leia mais

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE O Inkscape (http://www.inkscape.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição electrónica de imagem vectorial. É uma ferramenta para edição

Leia mais

Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional

Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional Apresentando o Sistema GeoOffice GPS Profissional O Sistema GeoOfficeGPS é uma ferramenta de automação desenvolvida pela Solution Softwares LTDA-ME para auxiliar no armazenamento e manipulação de dados

Leia mais

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor

20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor 20 Aula Digital Manual do Utilizador do Professor Versão 1.0 Índice I. Começar a utilizar o 20 Aula Digital... 4 1. Registo... 4 2. Autenticação... 4 2.1. Recuperar palavra-passe... 5 II. Biblioteca...

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

Apostila de AutoCAD Módulo Básico

Apostila de AutoCAD Módulo Básico UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ENGENHARIA Apostila de AutoCAD Módulo Básico Nicholas Appes Mota Raphael Martins do Valle Bolsistas do Grupo PET Civil da UFJF Juiz de Fora 2011 Introdução

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Junho de 2005 ISBN: 989-615-011-7 Depósito legal: 229.

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Junho de 2005 ISBN: 989-615-011-7 Depósito legal: 229. Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Windows Movie Maker Colecção: Software

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Março de 2004 ISBN: 972-8426-81-X Depósito legal: 207877/04

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Março de 2004 ISBN: 972-8426-81-X Depósito legal: 207877/04 Reservados todos os direitos por Centro Atlântico, Lda. Qualquer reprodução, incluindo fotocópia, só pode ser feita com autorização expressa dos editores da obra. Adobe Reader 6 Colecção: Software obrigatório

Leia mais

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural

Manual de Utilização. Site Manager. Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Manual de Utilização Site Manager Tecnologia ao serviço do Mundo Rural Índice 1. Acesso ao Site Manager...3 2. Construção/Alteração do Menu Principal...4 3. Inserção/ Alteração de Conteúdos...7 4. Upload

Leia mais

AutoCAD2009- Básico 2D

AutoCAD2009- Básico 2D AutoCAD2009- Básico 2D Fast Graphics CAD Center www.autocadcurso.com.br Av. Presidente Arthur da Silva Bernardes, 1730 Curitiba - Paraná 80320-300 1 Introdução O objetivo desta apostila é ensinar de forma

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

SUMÁRIO COMANDOS DE PRECISÃO (BARRA - STATUS) 18

SUMÁRIO COMANDOS DE PRECISÃO (BARRA - STATUS) 18 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 5 CAPÍTULO I Inicialização / Comandos de Inicialização e Finalização 5 Configurações Iniciais 6 Mudando a cor do fundo da Área Gráfica 7 Tela de Apresentação do AutoCAD 9 Nome das Regiões

Leia mais

Curso de AutoCAD 2D. Instrutor : Mauro Pio Dos Santos Junior Monitora : Thainá Souza

Curso de AutoCAD 2D. Instrutor : Mauro Pio Dos Santos Junior Monitora : Thainá Souza Curso de AutoCAD 2D Instrutor : Mauro Pio Dos Santos Junior Monitora : Thainá Souza Comando Move A principal maneira de deslocar objetos no AutoCad é através do comando Move. Para acessar o comando Move

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Autorizado plea Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10 PLANO DE CURSO

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Autorizado plea Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10 PLANO DE CURSO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Autorizado plea Portaria nº 1.205 de 27/08/10 DOU de 30/08/10 Faculdade Independente do Nordeste Componente Curricular: COMPUTAÇÃO GRÁF. APLICADA À ARQUITETURA I Código:

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

1. Estilos 1. 2. Índices 7

1. Estilos 1. 2. Índices 7 Carlos Maia Índice 1. Estilos 1 1.1. Considerações gerais 1 1.2. Aplicar estilos 1 1.3. Modificar estilos 2 1.4. Criar um novo estilo 3 1.5. Cópia de estilos 5 1.6. Retirar todos os estilos presentes num

Leia mais