FONAJE - FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FONAJE - FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS"

Transcrição

1 FONAJE - FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS Aos 9 de março de 2015, às 9h30, na sede da Associação dos Magistrados Brasileiros, reuniram-se os membros do Fórum Nacional dos Juizados Especiais - FONAJE abaixo nominados, a fim de cumprir a seguinte pauta (previamente definida e divulgada): 1. Organização do XXXVII FONAJE Florianópolis/SC; 2. Juizados Especiais x Resolução 125 do Conselho Nacional da Justiça - Elaboração de estratégia para enfrentamento da questão; 3. Elaboração de estratégia para enfrentamento do aumento da competência da Fazenda Pública, a partir de junho de 2015; 4. Revisão da estratégia para enfrentamento da questão da Turma Nacional de Uniformização; 5. Distribuição das novas PECs e PLs para elaboração das respectivas notas técnicas, conforme sugestão do juiz Ricardo Chimenti, se for o caso; 6. Outros assuntos atinentes ao Sistema dos Juizados Especiais (definição de data de reunião prévia; patrono; curso 'Integração de Competências') Após as boas-vindas aos presentes, o presidente deu início às discussões, na ordem respectiva dos temas. ITEM 1: ORGANIZAÇÃO DO XXXVII FONAJE FLORIANÓPOLIS/SC Pela vice-presidente do FONAJE e responsável pela organização do XXXVII FONAJE, Janice Ubialli, foram feitos esclarecimentos iniciais quanto à organização e à programação do evento. Em seguida, foi apresentada a minuta do respectivo regimento. A discussão entre os presentes gerou as seguintes conclusões: Deliberações Gerais (a menção a dispositivos se referem ao Regulamento do XXXVII FONAJE): - Serão incluídas boas práticas na programação; - O prazo de inscrição será até 5 de maio de 2015 (art. 11); - Será feita uma seleção pela Comissão, sob o critério formal da ordem cronológica; - Se necessário, as propostas serão limitadas a três por grupo, por ordem cronológica.

2 - A apresentação no grupo terá limitação de tempo: 5 minutos (ou outro, a critério do grupo); - Será mantido o direito de mera participação (direito a voz) a outros profissionais do Direito que não sejam magistrados; - Casos omissos serão apreciados pela Comissão Legislativa (art. 11, 1º do Regulamento) Temas: Juizados Especiais: 20 anos de Compromisso com a Conciliação e os Novos Desafios ; 1º Painel: Juizado Especial Cível e Fazendário. Conciliação. Reflexos do Novo CPC no Sistema dos Juizados Especiais. Desafios decorrentes da plena vigência da Lei /09, que criou os Juizados da Fazenda Pública. Outros desafios. 2º Painel: Juizado Especial Criminal. Novos Caminhos para a Justiça Especializada. Grupos de Trabalho: I Cível; II Criminal; III Fazenda Pública; IV Turmas Recursais e de Uniformização e Gestão e Inovações Enunciados: - Será mantida a obrigatoriedade de prazo para apresentação de enunciados; - As propostas não-apresentadas no prazo só serão levadas ao plenário se forem aprovadas pelo grupo e pela Comissão Legislativa; caso não aprovada, a Comissão Legislativa poderá deliberar pela apresentação no FONAJE seguinte; - As propostas formuladas no dia do debate (no grupo) serão submetidas à Comissão Legislativa, que fará a respectiva triagem; se aprovadas, serão levadas ao plenário com quorum especial de 2/3; - Será feita reunião prévia com os Coordenadores dos Grupos Ajustes: - Serão feitos ajustes relativos ao procedimento ora definido diretamente no texto da minuta de regimento previamente apresentada, incluindo disciplina relativa à redação da Carta de Florianópolis (a cargo de Mauro Ferrandin, com revisão de Marcos Pagan).

3 ITEM 2: JUIZADOS ESPECIAIS X RESOLUÇÃO 125 DO CONSELHO NACIONAL DA JUSTIÇA: ESTRATÉGIA PARA ENFRENTAMENTO DA QUESTÃO O presidente Gustavo noticiou que, no dia 21 de janeiro de 2015, esteve com a Ministra Nancy. Ressaltou um ponto positivo do encontro: a Ministra também é contra qualquer tipo de contaminação dos Juizados Especiais. À vista disto, deliberou-se que: - No prazo de 10 dias, o Presidente (Gustavo), a Secretária-Geral do FONAJE (Maria do Carmo) e o Presidente e Secretário da Comissão Legislativa (Ricardo Chimenti e Marcos Pagan) elaborarão minuta de Nota sobre a Resolução 125; - Referida Nota será encaminhada ao Conselho Nacional da Justiça (ao Presidente e ao Corregedor Nacional) e à Comissão nomeada pelo presidente do STF (Min. Buzzi), explicitando a posição do FONAJE a respeito da questão; - Será ressaltado que os Centros Judiciários têm que preservar o Sistema dos Juizados Especiais. ITEM 3: ELABORAÇÃO DE ESTRATÉGIA PARA ENFRENTAMENTO DO AUMENTO DA COMPETÊNCIA DA FAZENDA PÚBLICA A PARTIR DE JUNHO DE Será enfatizada a necessidade de adaptação da estrutura das respectivas unidades judiciárias para enfrentar o aumento de demanda (que ocorrerá a partir da plena vigência da Lei /09); - Sustentar-se-á que os Juizados Especiais não têm competência delegada federal; - Para tentar instituir a conciliação nos Juizados Especiais da Fazenda Pública, será elaborado e encaminhado ofício à Coordenadoria dos Juizados Especiais e à Presidência dos Tribunais de Justiça contendo minuta de projeto de lei municipal (sem prejuízo de diligências dos juízes perante autoridades locais). ITEM 4: REVISÃO DA ESTRATÉGIA PARA ENFRENTAMENTO DA QUESTÃO DA TURMA NACIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO - Em estado de alerta e atenção, o FONAJE continuará a acompanhar e a monitorar o andamento do respectivo projeto de lei; - Será dada imediata ciência aos demais membros da Diretoria e das Comissões no caso de eventual alteração da situação atual (para adoção de providências necessárias, se o caso); - Serão mantidos os contatos com os parlamentares envolvidos; - Será formalizado agradecimento não-formal à assessoria da AMB e aos deputados que estão dando apoio à posição do FONAJE.

4 ITEM 5: DISTRIBUIÇÃO DAS NOVAS PECs E PLs PARA ELABORAÇÃO DAS RESPECTIVAS NOTAS TÉCNICAS (conforme sugestão do Ricardo Chimenti, se for o caso) - No prazo de 15 dias, a Presidência da Comissão Legislativa (por intermédio do Ricardo) fará a distribuição entre os membros da Diretoria e DAS Comissões do FONAJE dos projetos de lei para a oportuna elaboração de notas técnicas (em anexo, será remetido modelo-padrão). ITEM 6: OUTROS ASSUNTOS ATINENTES AO SISTEMA DOS JUIZADOS ESPECIAIS (CONCLUSÕES E DELIBERAÇÕES) - Foi mantida a atual escala de trabalho de atualização de notícias no site do FONAJE - que será redivulgada, de tal forma a ser feito revezamento entre todos os membros da Diretoria e das Comissões; para tanto, ser-lhes-á encaminhado um procedimento passo a passo ; - Será anunciada a abertura do fórum de discussões no próximo FONAJE; - Será divulgado o 2º Curso 'Integração de Competências', a ser realizado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), bem como a obra de Práticas Integrativas na aplicação da Lei /2006, elaborada pela SENAD em conjunto com as Faculdades de Medicina e de Direito da Universidade de São Paulo; - Registrada a informação sobre o desligamento da juíza Kátia Parente Sena (TJPA) do Sistema dos Juizados Especiais - razão pela qual deixou de comparecer à reunião; - Foi definida a data e o horário da reunião prévia do XXXVII FONAJE: 27 de maio, às 15 horas, em uma das salas de reunião do hotel do evento (reunião da Diretoria e das Comissões); - Questão relativa aos Tribunais de Justiça que não estão arcando com as despesas dos magistrados que compõem a Diretoria e as Comissões do FONAJE: sem prejuízo de iniciativas perante os Tribunais de Justiça e respectivos Conselhos Supervisores, a Presidência do FONAJE solicitará ao Conselho Nacional de Justiça que edite recomendação geral, cobrando o cumprimento do Provimento 22 CNJ; - A proposta de homenagem a patrono vivo foi rejeitada; - Sobre o Regimento Interno do FONAJE: na reunião prévia ao próximo FONAJE, a Comissão de Informação e Gestão apresentará à Comissão Legislativa proposta de alteração; - O Secretário da Comissão Legislativa, Marcos Pagan, fará minuta dos documentos que devem ser padronizados; - Por fim, o presidente Gustavo comunicou a todos que o FONAJE tem reunião agendada com a assessoria da Ministra Nancy, Corregedora Nacional da Justiça, hoje ( ), às 16 horas, no 8º andar do prédio do STJ.

5 MAGISTRADOS PRESENTES À REUNIÃO (por ordem de anotação na ficha de presença) Maria do Carmo Honório - TJSP Carline Regina de Negreiros Cabral Nunes - TJAP Mário Roberto Kono de Oliveira - TJMT Sebastião de Arruda Almeida - TJMT José Anselmo de Oliveira - TJSE Gustavo A. O. Diefenthäler - TJRS Ricardo Cunha Chimenti - TJSP Marcos Alexandre Bronzatto Pagan - TJSP Mauro Ferrandin - TJSC Antônio Augusto Baggio Ubaldo - TJSC Guilherme Ribeiro Baldan - TJRO Marcelo Mesquita Silva - TJPI Janice Ubialli - TJSC

ATA DO XXXVIII FONAJE FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS. Os Juizados Especiais e o Novo CPC. Belo Horizonte-MG, de 25 a 27 de novembro de 2015

ATA DO XXXVIII FONAJE FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS. Os Juizados Especiais e o Novo CPC. Belo Horizonte-MG, de 25 a 27 de novembro de 2015 ATA DO XXXVIII FONAJE FÓRUM NACIONAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS Os Juizados Especiais e o Novo CPC. Belo Horizonte-MG, de 25 a 27 de novembro de 2015 Às dezenove horas do dia vinte e cinco de novembro de dois

Leia mais

PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal

PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal ASSESSORIA PARLAMENTAR INFORMATIVO 08 a 10 de JANEIRO de 2014 CÂMARA DOS DEPUTADOS PEC amplia composição e reduz atribuições do Supremo Tribunal Federal Pela proposta, a indicação dos ministros da Corte

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º.

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. 20-02-16 Sábado 08:30h 02-04-16 - Sábado 08:30h ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período * As aulas práticas têm início às 08:30h, impreterivelmente, não sendo tolerados atrasos. A aprovação. Em caso de reprovação

Leia mais

ATA DO XXXVI FONAJE - FÓRUM NACIONAL DE JUIZADOS ESPECIAIS. "Inovações nos Juizados Especiais"

ATA DO XXXVI FONAJE - FÓRUM NACIONAL DE JUIZADOS ESPECIAIS. Inovações nos Juizados Especiais ATA DO XXXVI FONAJE - FÓRUM NACIONAL DE JUIZADOS ESPECIAIS "Inovações nos Juizados Especiais" Belém/PA, 26 a 28 de novembro de 2014 Às dezenove horas e quarenta minutos do dia vinte e seis de dois mil

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 273/XII. Exposição de Motivos

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 273/XII. Exposição de Motivos Proposta de Lei n.º 273/XII Exposição de Motivos 1. A Lei de Organização da Investigação Criminal, aprovada pela Lei n.º 49/2008, de 27 de agosto, alterada pela Lei n.º 34/2013, de 16 de maio, estabelece

Leia mais

Art. 2º São competências do Conselho Municipal de Esporte e Lazer:

Art. 2º São competências do Conselho Municipal de Esporte e Lazer: REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER CAPÍTULO I DO CONSELHO E SUAS ATRIBUIÇÕES Art. 1º O Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Carlos Barbosa é um órgão colegiado de caráter, consultivo,

Leia mais

Edital de Convocação

Edital de Convocação Resolução da Presidência nº 004/2013 Rio de Janeiro, 15 de Abril de 2013. Assunto: Convocação da Assembléia Geral Ordinária da ANDE O Presidente da ANDE, no uso de suas atribuições no que confere o Artigo

Leia mais

Meta 4 de 2015. Superior

Meta 4 de 2015. Superior Identificar e julgar até 31/12/2015: Meta 4 de 2015 Na Justiça Estadual, pelo menos 70% das ações de improbidade administrativa e das ações penais relacionadas a crimes contra a administração pública distribuídas

Leia mais

EDITAL DE CONSULTA ELEITORAL PARA OS CARGOS DE REITOR (A) E VICE-REITOR (A) QUADRIÊNIO (2016/2020)

EDITAL DE CONSULTA ELEITORAL PARA OS CARGOS DE REITOR (A) E VICE-REITOR (A) QUADRIÊNIO (2016/2020) EDITAL DE CONSULTA ELEITORAL PARA OS CARGOS DE REITOR (A) E VICE-REITOR (A) QUADRIÊNIO (2016/2020) A Comissão Eleitoral eleita pelo Conselho Superior Universitário CONSUN no dia 20 de maio de 2016, e designada

Leia mais

(Do Sr. Betinho Gomes) O Congresso Nacional resolve:

(Do Sr. Betinho Gomes) O Congresso Nacional resolve: PROJETO DE RESOLUÇÃO N o (Do Sr. Betinho Gomes), DE 2015 - CN Dispõe sobre a realização de audiências públicas periódicas no Congresso Nacional, para apresentação de relatório detalhado quadrimestral,

Leia mais

Deliberação n.º 83 /2015. Regulamento Interno da CIC Portugal 2020

Deliberação n.º 83 /2015. Regulamento Interno da CIC Portugal 2020 Deliberação n.º 83 /2015 Regulamento Interno da CIC Portugal 2020 A CIC Portugal 2020, na reunião ordinária de 21 de dezembro de 2015, deliberou, nos temos da alínea q) do n.º 2 do artigo 10.º do Decreto-Lei

Leia mais

s. R. TRIBUNAL DA COMARCA DE LISBOA Rua Marquês de Fronteira - Palácio da Justiça de Lisboa - Edifício Norte (Piso 4) Lisboa

s. R. TRIBUNAL DA COMARCA DE LISBOA Rua Marquês de Fronteira - Palácio da Justiça de Lisboa - Edifício Norte (Piso 4) Lisboa s. R. Regulamento do Conselho de Gestão da Comarca de Lisboa \0~ I'~, - ~.... J.. a->: Preâmbulo A Lei 62/2013, de 26 de Agosto, que estabelece as normas de enquadramento e de organização do sistema judiciário,

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Consultivo

Regimento Interno do Conselho Consultivo Regimento Interno do Conselho Consultivo 2 3 Regimento Interno do Conselho Consultivo REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO CONSULTIVO CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art. 1º - Este Regimento Interno tem por objetivo estabelecer

Leia mais

11ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA PARANÁ GARANTIA DE DIREITOS NO FORTALECIMENTO DO SUAS

11ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL MUNICÍPIO DE PONTA GROSSA PARANÁ GARANTIA DE DIREITOS NO FORTALECIMENTO DO SUAS REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO OBJETIVO, TEMÁRIO Art. 1º A 11ª Conferência Municipal de Assistência Social será presidida pelo Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social CMAS e realizada em

Leia mais

CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES

CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES CONCILIAÇÃO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 12 e 13 de maio de 2016 ENUNCIADOS/RECOMENDAÇÕES A conciliação em demandas de alta complexidade, relevância social e/ou com desdobramentos estadual e regional

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROCESSO SELETIVO PARA AS FUNÇÕES DE CONCILIADOR CRIMINAL NO ÂMBITO DOS JUIZADOS ESPECIAIS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: ESTÁGIO SUPERVISIONADO V Código da Disciplina: JUR 279 Curso: Direito Semestre de oferta da disciplina: 7º Faculdade responsável: Direito Programa em vigência a partir

Leia mais

Procedimentos de cálculos no Judiciário - Proposta de uniformização *Gilberto Melo **Guilherme Melo

Procedimentos de cálculos no Judiciário - Proposta de uniformização *Gilberto Melo **Guilherme Melo Procedimentos de cálculos no Judiciário - Proposta de uniformização *Gilberto Melo **Guilherme Melo Introdução Nas linhas a seguir pretende-se expor, de maneira sintética, um panorama da atualização monetária

Leia mais

Relatório das Metas Nacionais de 2014 Meta 4 de 2014

Relatório das Metas Nacionais de 2014 Meta 4 de 2014 Relatório das Metas Nacionais de 2014 Meta 4 de 2014 Relatório gerado dia 30 de Março de 2015 Identificar e julgar até 31/12/2014 as ações de improbidade administrativa e as ações penais relacionadas a

Leia mais

PLANO DE TRABALHO. Presidente: Deputado JOAQUIM PASSARINHO. 1º Vice-Presidente: Dep. ALEXANDRE SERFIOTIS. Relator: Deputado ONYX LORENZONI

PLANO DE TRABALHO. Presidente: Deputado JOAQUIM PASSARINHO. 1º Vice-Presidente: Dep. ALEXANDRE SERFIOTIS. Relator: Deputado ONYX LORENZONI COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER AO PROJETO DE LEI Nº 4.850, DE 2016, DO SR. ANTÔNIO CARLOS MENDES THAME E OUTROS, QUE ESTABELECE MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO E DEMAIS CRIMES CONTRA O PATRIMÔNIO

Leia mais

VI CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 04, 05 e 06 de maio de 2007 São Paulo REGULAMENTO

VI CONGRESSO REGIONAL DE PSICOLOGIA 04, 05 e 06 de maio de 2007 São Paulo REGULAMENTO REGULAMENTO C a p í t u l o I - DOS OBJETIVOS DO CONGRESSO REGIONAL DA PSICOLOGIA DA 6ª REGIÃO VI CNP Art. 1º - O Congresso Regional da Psicologia da 6 ª Região VI CNP tem como objetivos: a) Promover a

Leia mais

IV ENCONTRO NACIONAL DO FÓRUM NACIONAL DE JUÍZES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER. Porto Velho - RO 7 a 9 de novembro de 2012

IV ENCONTRO NACIONAL DO FÓRUM NACIONAL DE JUÍZES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER. Porto Velho - RO 7 a 9 de novembro de 2012 IV ENCONTRO NACIONAL DO FÓRUM NACIONAL DE JUÍZES DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER Porto Velho - RO 7 a 9 de novembro de 2012 Local: Tribunal de Justiça de RO Edifício Sede TEMA: LEI MARIA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE FINANÇAS

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE FINANÇAS REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ DE FINANÇAS I DEFINIÇÃO Este Regimento Interno, organizado em conformidade com o Estatuto Social da Ser Educacional S.A. ( Companhia ), estabelece procedimentos a serem observados

Leia mais

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015

SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 SENADO FEDERAL PARECER N 670, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre a Mensagem nº 61, de 2015 (nº 312/2015, na origem), que submete à consideração do Senado Federal o nome do

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CÂMARA DOS DEPUTADOS PROF. GUSTAVO PIRES

REGIMENTO INTERNO CÂMARA DOS DEPUTADOS PROF. GUSTAVO PIRES REGIMENTO INTERNO CÂMARA DOS DEPUTADOS PROF. GUSTAVO PIRES Em regra, os candidatos diplomados deputados federais prestam compromisso em sessão preparatória e podem ser empossados por intermédio de procurador.

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº 110, DE 2010 Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, com auxílio do Tribunal de Contas da União, promova fiscalização e auditoria nos contratos

Leia mais

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo.

DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS EM CURSO NO JEF. Dra. Fiorella Ignacio Bartalo. DISPOSIÇÕES APLICÁVEIS DO NCPC NOS PROCESSOS EM CURSO NO JEF Dra. Fiorella Ignacio Bartalo fiorella@aasp.org.br Artigo 985: Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Julgado o incidente, a tese jurídica

Leia mais

Gestão de Projetos e Processos

Gestão de Projetos e Processos Gestão de Projetos e Processos Metas do CNJ Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Gestão de Projetos e Processos METAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA As Metas Nacionais do Poder Judiciário

Leia mais

Professora Susanna Schwantes

Professora Susanna Schwantes 1) São Órgãos do Poder Judiciário do Rio Grande do Sul: (a) Tribunal de Alçada e Tribunal de Justiça. (b) Pretores e Conselho da Magistratura. (c) Tribunal do Júri e Juizes de Paz. (d) Juizes de Direito

Leia mais

Direito Constitucional Português

Direito Constitucional Português Direito Constitucional Português Legislação Fundamental I CONSTITUIÇÃO E LEGISLAÇÃO COMPLEMENTAR 1. Constituição da República Portuguesa (depois da VII revisão constitucional Lei Constitucional nº 1/2005,

Leia mais

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA

RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA RELATÓRIO DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA FENACRIA Curitiba, 23 de outubro de 2015 REUNIÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DE MOBILIZAÇÃO NACIONAL PRÓ- CRIANÇA E ADOLESCENTE Data: 23 de outubro de 2015 Horário: 10hs. Local:

Leia mais

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DOS CURSOS 2 CAPÍTULO I 2

SOCIEDADE DE EDUCAÇÃO E CULTURA DE GOIANIA LTDA FACULDADE PADRÃO SUMÁRIO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DOS CURSOS 2 CAPÍTULO I 2 SUMÁRIO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DOS CURSOS 2 CAPÍTULO I 2 DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS 2 CAPITULO II 2 DO COLEGIADO DOS CURSOS 2 CAPITULO III 3 MANDATOS DO COLEGIADO DO CURSO 3 CAPÍTULO

Leia mais

PROVIMENTO CCI nº 03 /2010 SEC

PROVIMENTO CCI nº 03 /2010 SEC PROVIMENTO CCI nº 03 /2010 SEC Disciplina e uniformiza as rotinas visando ao aperfeiçoamento do procedimento de interceptação de comunicações telefônicas e de sistemas de informática e telemática nos órgãos

Leia mais

CORREGEDORIA REGIONAL ATA DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA SERVIÇO DE DISTRIBUIÇÃO DOS FEITOS DE BAURU

CORREGEDORIA REGIONAL ATA DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA SERVIÇO DE DISTRIBUIÇÃO DOS FEITOS DE BAURU TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 5ª REGIÃO ATA DE CORREIÇÃO ORDINÁRIA SERVIÇO DE DISTRIBUIÇÃO DOS FEITOS DE BAURU Aos 4 dias do mês de abril de 0, o Excelentíssimo Senhor Desembargador do Trabalho JOSÉ

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P.TJAM 67 Planejamento Estratégico Elaborado por: Carla Winalmoller

Leia mais

Nasceu em 9 de dezembro de 1932, na cidade de Itatinga-SP,

Nasceu em 9 de dezembro de 1932, na cidade de Itatinga-SP, Traços Biográficos Nasceu em 9 de dezembro de 1932, na cidade de Itatinga-SP, filho de José Benedito Pereira e Júlia Pinto Pereira. É casado com Rizoleta Mary Pereira. União que resultou no nascimento

Leia mais

PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012

PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II PORTARIA N 71 DE 12 DE JANEIRO DE 2012 Redefine as atribuições dos Chefes de Departamentos Pedagógicos e dos Coordenadores Pedagógicos/ Responsáveis por Coordenação

Leia mais

Previsão de pauta das Comissões no Congresso Nacional. Agenda da Semana 06 a 10 de Maio de 2013 RESULTADO

Previsão de pauta das Comissões no Congresso Nacional. Agenda da Semana 06 a 10 de Maio de 2013 RESULTADO Previsão de pauta das Comissões no Congresso Nacional Agenda da Semana 06 a 10 de Maio de 2013 RESULTADO COMISSÕES CAMÂRA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR Dia: 08 de Maio de 2013 Horário:

Leia mais

O Conselho Geral delibera, nos termos do parecer jurídico que se anexa à presente deliberação e para o qual se remete: Tendo em conta a imposição

O Conselho Geral delibera, nos termos do parecer jurídico que se anexa à presente deliberação e para o qual se remete: Tendo em conta a imposição Deliberação pública Deliberação 20140510.11.5 Definição do procedimento adotado pela Câmara dos Solicitadores quando lhe é diretamente solicitado uma desassociação de agente de execução Tendo em consideração

Leia mais

Capítulo I - Denominação, Sede, Objeto e Duração

Capítulo I - Denominação, Sede, Objeto e Duração REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE JOVENS ADVOGADOS DA ASSOCIAÇÃO DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO -- AASP Capítulo I - Denominação, Sede, Objeto e Duração Artigo 1º - A Comissão de Jovens Advogados da Associação

Leia mais

Acompanhamento, Apreciação e Pronúncia pela Assembleia da República no âmbito do Processo de Construção da União Europeia 1

Acompanhamento, Apreciação e Pronúncia pela Assembleia da República no âmbito do Processo de Construção da União Europeia 1 Acompanhamento, Apreciação e Pronúncia pela Assembleia da República no âmbito do Processo de Construção da União Europeia 1 Lei n.º 43/2006, de 25 de agosto (TP), com as alterações introduzidas pela Lei

Leia mais

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue

Leia mais

GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISA. Regulamento

GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISA. Regulamento GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISA Regulamento Regulamento Geral dos Grupos de Estudos Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade reger as atividades dos Grupos de Estudos e Pesquisa vinculados ao Instituto

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento para fins de Promoção por Merecimento - Administração Judiciária (Semipresencial) Público-alvo: magistrados catarinenses

Curso de Aperfeiçoamento para fins de Promoção por Merecimento - Administração Judiciária (Semipresencial) Público-alvo: magistrados catarinenses Capacitação em Competências de Mediação Judicial Joinville Público-alvo: servidores e voluntários/conveniados que atuam nas varas cíveis, juizados especiais e nos serviços não adversariais implantados

Leia mais

Gestão de Eventos. 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04

Gestão de Eventos. 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04 Gestão de Eventos 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - Combate à Corrupção Manual de Normas e Procedimentos - MNP 04 Sumário GESTÃO DE EVENTOS 1 Apresentação.3 GESTÃO DE EVENTOS.4 Elementos do processo

Leia mais

RESOLUÇÃO TJ/OE/RJ Nº11/2016 (TEXTO CONSOLIDADO)

RESOLUÇÃO TJ/OE/RJ Nº11/2016 (TEXTO CONSOLIDADO) RESOLUÇÃO TJ/OE/RJ Nº11/2016 (TEXTO CONSOLIDADO) Dispõe sobre a reorganização e consolidação da Coordenadoria Judiciária de Articulação das Varas da Infância e da Juventude e do Idoso do Tribunal de Justiça

Leia mais

DECISÃO Nº 265/2009 D E C I D E. aprovar o Regimento Interno do Instituto de Informática, como segue:

DECISÃO Nº 265/2009 D E C I D E. aprovar o Regimento Interno do Instituto de Informática, como segue: CONSUN Conselho Universitário DECISÃO Nº 265/2009 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, em sessão de 17/7/2009, tendo em vista o constante no processo nº 23078.004276/99-63, de acordo com o Parecer nº 213/2009 da

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 41/2013 DE 16 DE DEZEMBRO DE 2013 A Presidente do Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas, no uso de suas atribuições regimentais, considerando

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I. Natureza, Finalidade e Composição

COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I. Natureza, Finalidade e Composição COLÉGIO ESTADUAL DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO SISTEMA CONFEA/CREA - CIE-MG ESTATUTO CAPÍTULO I Natureza, Finalidade e Composição Art. 1º - O Colégio Estadual de Instituições de Ensino do CREA-MG (CIE-MG)

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA QUÍMICA CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPOSIÇÃO

REGULAMENTO GERAL DO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA QUÍMICA CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPOSIÇÃO REGULAMENTO GERAL DO COLEGIADO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA QUÍMICA CAPÍTULO I DA NATUREZA E COMPOSIÇÃO Art. 1 o O Colegiado do Curso de Engenharia Química, doravante denominado Colegiado, é um

Leia mais

Art. 1º - O Conselho Técnico de Vela é de caráter consultivo, normativo e fiscalizador.

Art. 1º - O Conselho Técnico de Vela é de caráter consultivo, normativo e fiscalizador. Regimento Interno do Conselho Técnico de Vela CAPÍTULO I DO CONSELHO E SUAS ATRIBUIÇÕES Art. 1º - O Conselho Técnico de Vela é de caráter consultivo, normativo e fiscalizador. Art. 2º - O Conselho Técnico

Leia mais

1. DAS INSCRIÇÕES: 2. DOS REQUISITOS:

1. DAS INSCRIÇÕES: 2. DOS REQUISITOS: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA CAMPUS SÃO VICENTE DO SUL Rua 20 de Setembro, s/nº - 97420-000 São

Leia mais

MEMO. CD. N. 016/2014 Brasília, 25 de julho de 2014.

MEMO. CD. N. 016/2014 Brasília, 25 de julho de 2014. MEMO. CD. N. 016/2014 Brasília, 25 de julho de 2014. DO: CONSELHO DELIBERATIVO - Biênio 2013/2015 PARA: PAULO HENRIQUE CARVALHO / ex Presidente da Diretoria Executiva Biênio 2007/2009. ASSUNTO: Solicita

Leia mais

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º O Estágio Curricular Supervisionado integrante

Leia mais

Regimento do Comitê de Remuneração e Sucessão GRUPO NEOENERGIA

Regimento do Comitê de Remuneração e Sucessão GRUPO NEOENERGIA Regimento do Comitê de Remuneração e Sucessão GRUPO NEOENERGIA Minuta de 18.04.2004 Regimento do Comitê de Remuneração e Sucessão do GRUPO NEOENERGIA, o qual é constituído pela NEOENERGIA S.A. e por suas

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES

REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES REGULAMENTO DA ASSEMBLEIA DE REPRESENTANTES Aprovado na Assembleia de Representantes de 25 de Março de 2000 CAPÍTULO I Natureza e composição Artigo 1.º Natureza

Leia mais

Edital AUREMN para Apoio Emergencial para Aquisição de Hélio e Nitrogênio Líquidos para Espectrômetros de Ressonância Magnética (Nuclear) no Brasil

Edital AUREMN para Apoio Emergencial para Aquisição de Hélio e Nitrogênio Líquidos para Espectrômetros de Ressonância Magnética (Nuclear) no Brasil Edital AUREMN para Apoio Emergencial para Aquisição de Hélio e Nitrogênio Líquidos para Espectrômetros de Ressonância Magnética (Nuclear) no Brasil A Associação de Usuários de Ressonância Magnética (Nuclear)

Leia mais

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Art. 1º - A Organização Administrativa corresponde à estrutura da REDE PETRO-BC que tem como finalidade garantir

Leia mais

Estado do Rio Grande do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES Gabinete do Prefeito

Estado do Rio Grande do Norte PREFEITURA MUNICIPAL DE PILÕES Gabinete do Prefeito Lei nº 345, de 21 de agosto de 2013. Nesta data, 21 de agosto de 2013, SANCIONO a presente Lei. Francisco das Chagas de Oliveira Silva PREFEITO MUNICIPAL Institui o Conselho Municipal de Desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CAMPUS CAMPINAS CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º O Núcleo de Prática Jurídica - NPJ, subordinado

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo

Ordem dos Advogados do Brasil Seção do Espírito Santo Excelentíssimo Senhor Doutor Ministro Presidente do Conselho Nacional de Justiça: ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL SEÇÃO ESPÍRITO SANTO, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 27.557.305/0001-55, com sede a Rua Alberto

Leia mais

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE JOSÉ AFONSO, LOURES

REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE JOSÉ AFONSO, LOURES REGULAMENTO PARA O RECRUTAMENTO DO DIRECTOR DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE JOSÉ AFONSO, LOURES Objecto O presente regulamento, elaborado nos termos e ao abrigo do disposto nos artigos 21.º a 23.º do Decreto Lei

Leia mais

PROCESSO Nº CSJT A C Ó R D Ã O CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CSRLP/cet/msg

PROCESSO Nº CSJT A C Ó R D Ã O CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CSRLP/cet/msg PROCESSO Nº CSJT-2171226-05.2009.5.00.0000 A C Ó R D Ã O CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CSRLP/cet/msg CONSULTA. ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO DOS MAGISTRADOS CRITÉRIO DE CÁLCULO. Consulta formulada

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0000.11.029913-8/000 Númeração 0299138- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Domingos Coelho Des.(a) Domingos Coelho 05/10/2011 17/10/2011 EMENTA: CONFLITO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NPJ

UNIVERSIDADE DO CEUMA UniCEUMA CURSO DE DIREITO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NAC NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA NPJ PROJETO VISITAS TÉCNICAS EM BRASÍLIA/DF EDITAL NAC DE SELEÇÃO nº06/2016 A Coordenadoria Geral do Curso de Direito da Universidade Ceuma, através de seu Núcleo de Atividades Complementares NAC e do Núcleo

Leia mais

Guia de Boas Práticas sobre Requerimentos e Perguntas dos Deputados

Guia de Boas Práticas sobre Requerimentos e Perguntas dos Deputados Guia de Boas Práticas sobre Requerimentos e Perguntas dos Deputados Resolução da Assembleia da República n.º 18/2008, de 15 de maio (TP) 1 A Assembleia da República resolve, nos termos do n.º 5 do artigo

Leia mais

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. ( Companhia ) C.N.P.J. n.º / N.I.R.E

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. ( Companhia ) C.N.P.J. n.º / N.I.R.E GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. ( Companhia ) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 12 DE AGOSTO DE 2013 I. Data, Horário

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO IV DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES CAPÍTULO IV DAS FUNÇÕES ESSENCIAIS À JUSTIÇA Seção I Do Ministério Público Art. 127. O Ministério Público é instituição

Leia mais

Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor

Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor Regulamento para o procedimento concursal para a eleição do Diretor OBJECTO O presente regulamento estabelece as condições de acesso e normas para a eleição do diretor da Escola Secundária Quinta das Palmeiras,

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ATRICON Nº XX/2013

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ATRICON Nº XX/2013 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO ATRICON Nº XX/2013 Altera o Estatuto da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil, visando, entre outras providências, a ampliação da sua fonte de financiamento Resumo:

Leia mais

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes

FONTES DO DIREITO. Prof. Thiago Gomes Prof. Thiago Gomes 1. CONTEXTUALIZAÇÃO QUAL FONTE VOCÊ PRECISA? 2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Expressão designa todas as representações que, de fato, influenciam a função criadora e aplicadora do Direito.

Leia mais

Nº da proposição 00048/2016

Nº da proposição 00048/2016 Nº da proposição 00048/2016 Data de autuação 10/05/2016 Assunto principal: PROPOSIÇÕES Assunto: MENSAGENS Autor: TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ementa: ORIUNDO DA MENSAGEM N.º 02 - DISPÕE SOBRE A COMPOSIÇÃO DAS TURMAS

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça RESOLUÇÃO Nº 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE Deputado GUSTAVO CARVALHO 1 VICE-PRESIDENTE Deputado POTI JÚNIOR 1 SECRETÁRIO Deputado VIVALDO COSTA 3 SECRETÁRIO Deputado LEONARDO NOGUEIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

NORMA DE ESTÁGIO PROBATÓRIO PARA SERVIDOR DOCENTE DA UNIFEI UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ DISPOSIÇÕES GERAIS

NORMA DE ESTÁGIO PROBATÓRIO PARA SERVIDOR DOCENTE DA UNIFEI UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA DE ESTÁGIO PROBATÓRIO PARA SERVIDOR DOCENTE DA UNIFEI UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Normatiza o Estágio Probatório de Docentes no âmbito da Universidade Federal de Itajubá. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR: Fábio Ramos 2015 FGV TJ/PI Analista Judiciário Escrivão Judicial 1. A Constituição de 1988, ao enunciar os seus princípios fundamentais, fez menção, em seu art. 1º, à

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA A C Ó R D Ã O Conselho Superior da Justiça do Trabalho CSIGM/ms CONSULTA GRATIFICAÇÃO POR EXERCÍCIO CUMULATIVO DE JURISDIÇÃO GECJ LEI 13.095/15 - RESOLUÇÃO 149/15 DO CSJT - TRIBUNAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL Colegiado do Curso de Engenharia Agrícola R E S O L U Ç Ã O N.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL Colegiado do Curso de Engenharia Agrícola R E S O L U Ç Ã O N. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL Colegiado do Curso de Engenharia Agrícola R E S O L U Ç Ã O N.º 01/2015 Regimentar o Núcleo Docente Estruturante NDE do Curso de Engenharia

Leia mais

Número:

Número: Conselho Nacional de Justiça PJe - Processo Judicial Eletrônico Consulta Processual Número: 0006393-77.2014.2.00.0000 31/10/2014 Classe: PROCEDIMENTO DE CONTROLE ADMINISTRATIVO REQUERENTE Tipo Partes Nome

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE CEP FAX N

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE CEP FAX N CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PRAÇA DA REPÚBLICA, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 FAX N 231-1518 PROCESSO CEE Nº : 968/94 - Ap. Prot. DEMEC nº 23.033/94-09 INTERESSADO: José Raimundo Santos Serra ASSUNTO:

Leia mais

CAPÍTULO I. Dos Objetivos da Pesquisa

CAPÍTULO I. Dos Objetivos da Pesquisa RESOLUÇÃO Nº 01/2014 DISPÕE SOBRE O REGIMENTO DO GRUPO DE INICIAÇÃO À PESQUISA CIENTÍFICA DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR FACULDADE CASA DO ESTUDANTE. A Direção Geral da IES

Leia mais

Regimento Interno. Departamento da Educação pré escolar

Regimento Interno. Departamento da Educação pré escolar AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CASTRO DAIRE 161718 Regimento Interno do Departamento da Educação pré escolar 2013//2014 Constituição do departamento O departamento curricular da educação pré-escolar é constituído

Leia mais

PODEJÜÔiCIARIO TRIBUNAL DE JUSTiÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDNCIA SECRETARIA GERAL

PODEJÜÔiCIARIO TRIBUNAL DE JUSTiÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDNCIA SECRETARIA GERAL , PODEJÜÔiCIARIO TRIBUNAL DE JUSTiÇA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DA PRESIDNCIA SECRETARIA GERAL RESOLUÇÃO N.O 18/2015-TJ, DE 16 DE SETEMBRO DE 2015 Disciplina a instalação da central de flagrantes

Leia mais

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO. INTERAMERICANA CONTRA A CORRUPÇÃO 1 abril 2004 Original: espanhol

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO. INTERAMERICANA CONTRA A CORRUPÇÃO 1 abril 2004 Original: espanhol MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO OEA/Ser.L. DA IMPLEMENTAÇÃO DA CONVENÇÃO SG/MESICIC/doc.58/04 rev.7 INTERAMERICANA CONTRA A CORRUPÇÃO 1 abril 2004 Original: espanhol Primeira Reunião da Conferência de Estados

Leia mais

EDITAL Nº 05/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES E CONTRATAÇÃO DOS SELECIONADOS PARA O 2º SEMESTRE DE 2016

EDITAL Nº 05/2016 PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES E CONTRATAÇÃO DOS SELECIONADOS PARA O 2º SEMESTRE DE 2016 FACULDADE DE TEOLOGIA DE CARATINGA URIEL DE ALMEIDA LEITÃO Rua João Pinheiro, 147 - Centro - CARATINGA - MG Credenciada pela Portaria MEC Nº 893, DE 1º/9/2015, PUBLICADA NO dou EM 2/9/2015. EDITAL Nº 05/2016

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA

REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA REGULAMENTO INTERNO DA ASSEMBLEIA DE PARCEIROS DO GRUPO DE ACÇÃO LOCAL CASTELOS DO COA PRINCÍPIOS GERAIS O presente regulamento define as normas de funcionamento da Assembleia de Parceiros do Grupo de

Leia mais

Administração de bens sequestrados: Experiência do Ministério Público Federal do Brasil

Administração de bens sequestrados: Experiência do Ministério Público Federal do Brasil MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria-Geral da República Administração de bens sequestrados: Experiência do Ministério Público Federal do Brasil Brasília, 20 de outubro de 2015 WELLINGTON CABRAL SARAIVA

Leia mais

Modelo de Regimento Interno de Associação de Moradores

Modelo de Regimento Interno de Associação de Moradores Modelo de Regimento Interno de Associação de Moradores Anexo IV Adriana Ventola Marra e-tec Brasil Associativismo e Cooperativismo DA ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DA ASSOCIAÇÃO 239 Art. 1 Para o cumprimento

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Vanessa Grinberg Machado

REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Vanessa Grinberg Machado REGIMENTO INTERNO DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ Vanessa Grinberg Machado DISPOSIÇÕES INICIAIS Conceito O regimento interno dispõe sobre o funcionamento do Tribunal, estabelece a sua competência

Leia mais

ABAD - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ATACADISTAS E DISTRIBUIDORES DE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

ABAD - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ATACADISTAS E DISTRIBUIDORES DE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS ABAD - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ATACADISTAS E DISTRIBUIDORES DE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS ATA DA REUNIÃO DO COMITÊ AGENDA POLÍTICA REALIZADA EM 27 DE ABRIL DE 2015 Coordenador: Alessandro Dessimoni Vicente

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO nº 592, de 2011

PROJETO DE LEI DO SENADO nº 592, de 2011 Autoria: Senador Antonio Russo Ementa: Consolida a legislação sanitária vegetal e animal federal. Explicação da Ementa: Consolida a legislação sanitária vegetal e animal, em que constam as seguintes Leis:

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO DE AREAL/ RJ RESOLUÇÃO N º 001/2016 O CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DO IDOSO do município de Areal, no âmbito de ação e conforme preceitua sua Lei de Criação

Leia mais

OBJETO: CONTROLE DAS ATIVIDADES DOS PROCURADORES MUNICIPAIS ESPECIALIZADOS AUTÁRQUICOS E SETORIAIS.

OBJETO: CONTROLE DAS ATIVIDADES DOS PROCURADORES MUNICIPAIS ESPECIALIZADOS AUTÁRQUICOS E SETORIAIS. PROVIMENTO DA PGM N. 007/2014 OBJETO: CONTROLE DAS ATIVIDADES DOS PROCURADORES MUNICIPAIS ESPECIALIZADOS AUTÁRQUICOS E SETORIAIS. Considerando a necessidade de acompanhamento das funções institucionais

Leia mais

Prof. Cristiano Lopes

Prof. Cristiano Lopes Prof. Cristiano Lopes Poder Legislativo Federal ü No Brasil vigora o bicameralismo federativo, no âmbito federal. Ou seja, o Poder Legislativo no Brasil, em âmbito federal, é bicameral, isto é, composto

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016. I CONCURSO DE DESENHOS DO CENTRO DE CONCILIAÇÃO DA JFRN: Ficar de mal não é legal. Em vez de arengar, vamos conversar!

EDITAL Nº 01/2016. I CONCURSO DE DESENHOS DO CENTRO DE CONCILIAÇÃO DA JFRN: Ficar de mal não é legal. Em vez de arengar, vamos conversar! EDITAL Nº 01/2016 I CONCURSO DE DESENHOS DO CENTRO DE CONCILIAÇÃO DA JFRN: Ficar de mal não é legal. Em vez de arengar, vamos conversar! O Centro de Conciliação da JFRN, tomando parte das comemorações

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Victor Mendes) Altera o art. 1.045 da Lei n. 13.105, de 16 de março de 2015 (Código de Processo Civil). O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art 1º - o art. 1.045 da Lei n.

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Núcleo de Prática Jurídica e do Estágio Supervisionado no Curso de Direito da Faculdade

Leia mais

COLÉGIO PERMANENTE DE CORREGEDORES-GERAIS DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DO BRASIL CCOGE

COLÉGIO PERMANENTE DE CORREGEDORES-GERAIS DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DO BRASIL CCOGE CARTA DE CUIABÁ O COLÉGIO PERMANENTE DE CORREGEDORES-GERAIS DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA DO BRASIL CCOGE, reunidos na cidade de Cuiabá MT, nos dias 30 de março a 1º de abril de 2016, durante os trabalhos do

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS PARA O X CONGRESSO BRASILEIRO DE REGULAÇÃO

EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS PARA O X CONGRESSO BRASILEIRO DE REGULAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS TÉCNICOS PARA O X CONGRESSO BRASILEIRO DE REGULAÇÃO A ABAR Associação Brasileira de Regulação torna pública a seleção de trabalhos técnicos a serem apresentados no X Congresso

Leia mais

o DESEMBARGADOR GILBERTO PASSOS DE FREITAS, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais;

o DESEMBARGADOR GILBERTO PASSOS DE FREITAS, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais; Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página I de 5 ( (~ PORTAL 00,.., Tribunal de Justiça do Estado de SAO PAULO TJ Notícias I Institucional I Links Jurídicos I TJ Responde PROVIMENTO CG. N 09/2006

Leia mais