Construindo pontes entre saberes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Construindo pontes entre saberes"

Transcrição

1 Construindo pontes entre saberes

2 Características do enfoque científico convencional Reducionismo Mecanicismo Universalismo

3

4

5

6

7 Agroecossistema como objeto de organização do conhecimento na pesquisa em agroecologia enfoques disciplinares condicionados pelo enfoque sistêmico perspectiva interdisciplinar referenciada no enfoque sistêmico

8 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas

9 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas

10 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Criação animal Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos

11 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Criação animal Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Banco de Sementes Plantio de plantas forrageiras Intensificação do uso dos quintais com plantas medicinais Fundo Rotativo de Esterco Controle alternativo de pragas

12 Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Sementes Criação Medicinais Cultivos ecológicos

13 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Criação animal Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Diagnósticos temáticos e interação com centros de pesquisa Diagnóstico da Diversidade de feijões Banco de Sementes Diagnóstico sobre sistemas pecuários Plantio de plantas forrageiras Diagnóstico sobre Plantas Nativas forrageiras Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos Intensificação do uso dos quintais com plantas medicinais Fundo Rotativo de Esterco Controle alternativo de pragas Diagnóstico sobre uso de Plantas Medicinais Diagnóstico sobre impacto do uso de agrotóxicos

14 Diagnósticos temáticos e interação com centros de pesquisa Diagnóstico da diversidade dos feijões Curso sobre pragas em sementes armazenadas UFPB Diagnóstico sobre Plantas Nativas Forrageiras Visita de intercambio ao Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos EMBRAPA Diagnóstico sobre uso de Plantas Medicinais Visita de intercambio ao Centro Nordestino de Medicina Popular

15 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Diagnósticos temáticos e interação com centros de pesquisa Formulação de propostas de pesquisa articulada aos processos locais de experimentação Diagnóstico da Diversidade de feijões Banco de Sementes Caracterização de variedades Ensaios de competição de variedades Alternativa de tratamento de sementes armazenadas Criação animal Plantio de plantas forrageiras Diagnóstico sobre sistemas pecuários Diagnóstico sobre Plantas Nativas forrageiras Estudo sobre práticas de manejo alimentar dos sistemas pecuários Balanço forrageiro dos sistemas pecuários Manejo da Caatinga Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos Intensificação do uso dos quintais com plantas medicinais Fundo Rotativo de Esterco Controle alternativo de pragas Diagnóstico sobre uso de Plantas Medicinais Diagnóstico sobre impacto do uso de agrotóxicos Identificação taxonômica de plantas medicinais Uso de extratos vegetais para controle de pragas Controle biológico de pragas Adubação verde

16 Formulação de Propostas de pesquisa associada aos processos locais de experimentação Ensaio de competição de variedades de milho com UFPB Uso de extratos vegetais para o controle de pragas e doenças Caracterização de variedades de feijão na UFPB Estudo sucessão vegetal de pastagens nativas com EMBRAPA Caprinos

17 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Diagnósticos temáticos e interação com centros de pesquisa Formulação de propostas de pesquisa articulada aos processos locais de experimentação Diagnóstico da Diversidade de feijões Banco de Sementes Disseminação de conhecimentos Dinâmica de agricultor para agricultor Caracterização de variedades Ensaios de competição de variedades Alternativa de tratamento de sementes armazenadas Criação animal Plantio de plantas forrageiras Diagnóstico sobre sistemas pecuários Diagnóstico sobre Plantas Nativas forrageiras Estudo sobre práticas de manejo alimentar dos sistemas pecuários Intercâmbios Balanço forrageiro dos sistemas pecuários Produção de material de comunicação Manejo da Caatinga Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos Cursos de agricultor para agricultor Seminários Intensificação do uso dos quintais com plantas medicinais Fundo Rotativo de Esterco Controle alternativo de pragas Diagnóstico sobre uso de Plantas Medicinais Diagnóstico sobre impacto do uso de agrotóxicos Identificação taxonômica de plantas medicinais Uso de extratos vegetais para controle de pragas Controle biológico de pragas Adubação verde

18 Disseminação de conhecimentos e da dinâmica de agricultor para agricultor

19 Diagnóstico Rápido e Participativo de Agroecossistemas Problemas técnicos e mobilização social Sementes Estimulo ao processo de experimentação e intercambio entre agricultores Diagnósticos temáticos e interação com centros de pesquisa Formulação de propostas de pesquisa articulada aos processos locais de experimentação Dinâmica de agricultor para agricultor Caracterização de variedades Diagnóstico da Diversidade de feijões Banco de Sementes Disseminação de conhecimentos Ensaios de competição de variedades Alternativa de tratamento de sementes armazenadas Criação animal Plantio de plantas forrageiras Diagnóstico sobre sistemas pecuários Diagnóstico sobre Plantas Nativas forrageiras Estudo sobre práticas de manejo alimentar dos sistemas pecuários Intercâmbios Balanço forrageiro dos sistemas pecuários Produção de material de comunicação Manejo da Caatinga Plantas Medicinais Manejo Ecológico de Cultivos Cursos de agricultor para agricultor Seminários Intensificação do uso dos quintais com plantas medicinais Fundo Rotativo de Esterco Controle alternativo de pragas Diagnóstico sobre uso de Plantas Medicinais Diagnóstico sobre impacto do uso de agrotóxicos Identificação taxonômica de plantas medicinais Uso de extratos vegetais para controle de pragas Controle biológico de pragas Adubação verde Fertilidade Economia Monitoramento de impactos sistêmicos Relações de Gênero e Geração

20 Atributos Sistêmicos de Sustentabilidade Produtividade Autonomia Estabilidade Resistência e resiliência Flexibilidade

21 Monitoramento de impactos na ecologia dos agroecossistemas Avaliação do impacto das inovações no balanço de nutrientes dos sistemas agrícolas Campo de agave abandonado Roçado (- ) Sorgoxguandu Estrada Silo Pasto Riacho com beldroega esterco produtos para venda transferências via animal

22 Monitoramento de impactos na economia dos agroecossistemas Quadro 5.1: Diagrama de fluxo: RENDA FAMILIAR Sistema inovador Ano: 2000/01 Migração Aposentadoria Programas governamentais RENDAS EXTERNAS ASSENTAMENTO PEQUENO CRIATÓRIO PALMA FORRAGEIRA 1 MEDICINAIS 2 3 FAMÍLIA 10 1 ROÇADO ÁREA RESERVADA 3 BARRAGEM SUBTERRÂNEA 4 5 ALGODÃO HERBÁCEO MATINHA E ÁRVORES NO SISTEMA ÁREA DE EXCLUSÃO MERCADO/COMUNIDADE Fonte: Pesquisa de campo Renda não-monetária Renda monetária

23 Isto é sustentável?

24 Precisamos rever nossos conceitos

25 PESQUISA PARTICIPATIVA: Quem participa do quê?

26 Validação científica Para quê? Para quem?

27 Transferência de tecnologias De quem para quem? Quais e por quê?

28

29 A verdadeira novidade que perdura é a que retoma todos os fios da tradição e os tece fazendo um motivo que a tradição não pode tecer Fernando Pessoa

FOLHA DE PROVA. b) Como poderá ser feito o processo de anamnese para plantas?

FOLHA DE PROVA. b) Como poderá ser feito o processo de anamnese para plantas? Tema 01: USO DA HOMEOPATIA NO MANEJO DE DOENÇAS DE PLANTAS a) Diante do histórico da Homeopatia, explique, detalhadamente, baseando-se, ainda, nos princípios de Hahnemam, como podem ser desenvolvidos preparados

Leia mais

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS EDSON GUIDUCCI FILHO EMBRAPA

MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS EDSON GUIDUCCI FILHO EMBRAPA MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE AGROTÓXICOS EDSON GUIDUCCI FILHO EMBRAPA Introdução - Censo Agropecuário - importância da Agricultura Familiar. - Governo e mídia destacam os resultados econômicos do agronegócio.

Leia mais

Calendário sazonal para avaliação da produção de forragem e redesenho de sistema agrossilvipastoril

Calendário sazonal para avaliação da produção de forragem e redesenho de sistema agrossilvipastoril Calendário sazonal para avaliação da produção de forragem e redesenho de sistema agrossilvipastoril Seasonal calendar for forage production evaluation and agrosilvopastoral redesigning FERNANDES, Eden

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA COMPONENTES CURRÍCULARES Código Nome Nível de Ensino 1 FTC0001 AGROECOLOGIA STRICTO

Leia mais

Carteira de projetos Manejo da cultura do feijão-comum

Carteira de projetos Manejo da cultura do feijão-comum Carteira de projetos Manejo da cultura do feijão-comum Goiânia, 20 de março de 2013 Objetivo Desenvolver e disponibilizar tecnologia para produção com uso eficiente de recursos e que assegurem a sustentabilidade

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016 1 EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA- PESCA E AQUICULTURA FUNDAÇÃO AGRISUS RELATÓRIO PARCIAL-01/10/2016 CONSÓRCIO DE MILHO COM BRAQUIÁRIA: COMPREENDENDO OS RISCOS DO ESTRESSE HÍDRICO NA

Leia mais

MILHO PARA SILAGEM E SEU EFEITO SOBRE O MANEJO DO SOLO. Dr. Rodrigo Pizzani

MILHO PARA SILAGEM E SEU EFEITO SOBRE O MANEJO DO SOLO. Dr. Rodrigo Pizzani MILHO PARA SILAGEM E SEU EFEITO SOBRE O MANEJO DO SOLO Dr. Rodrigo Pizzani Cenário atual: desafios para agricultura Alimentar 9 bilhões de pessoas em 2050 Contornar problemas: Fatores-chaves para atingir

Leia mais

Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais

Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais Estratégias de ação vinculadas ao manejo da agrobiodiversidade com enfoque agroecológico visando a sustentabilidade de comunidades rurais O desenvolvimento das ações em diferentes projetos poderão identificar

Leia mais

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre

AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre AGROECOLOGIA TECNÓLOGO Oferta por meio do SiSU 2º semestre DESCRIÇÃO DO CURSO: O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia forma profissionais para desenvolver, de modo pleno e inovador, as atividades

Leia mais

LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL

LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL ANEXO 2 LISTA DE PROPOSTAS SELECIONADAS PARA A GRADE 2015 DO PROGRAMA DE RÁDIO PROSA RURAL Região Norte Mês Semana Título principal FEV. 1ª Como lidar com a resistência de bovinos e ovinos aos antiparasitários

Leia mais

Experiências Agroflorestais na Comunidade de Boqueirão. Renato Ribeiro Mendes Eng. Florestal, Msc

Experiências Agroflorestais na Comunidade de Boqueirão. Renato Ribeiro Mendes Eng. Florestal, Msc Experiências Agroflorestais na Comunidade de Boqueirão Renato Ribeiro Mendes Eng. Florestal, Msc Localização da área de estudo Dados Climáticos da Região Clima Tropical semi-úmido, com 4 a 5 meses de seca

Leia mais

Identificação dos agroecossistemas sustentáveis nos municípios de Remígio, Casserengue e Solânea, no Curimataú Paraibano

Identificação dos agroecossistemas sustentáveis nos municípios de Remígio, Casserengue e Solânea, no Curimataú Paraibano 0785 - Identificação dos agroecossistemas sustentáveis nos municípios de Remígio, Casserengue e Solânea, no Curimataú Paraibano Identification of Sustainable agroecosystems in the municipalities of Remigio,

Leia mais

Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi

Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Semi-Árido Seminário Estratégias para uma Gestão Municipal de Convi A P R O D U Ç Ã O A N I M A L Gherman

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - HORTICULTURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - HORTICULTURA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - HORTICULTURA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DISCIPLINA: HORTICULTURA EM SISTEMA ORGÂNICO CÓDIGO: ÁREA: Domínio Específico ( x ) Domínio Conexo ( )

Leia mais

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia Semana Nacional de Ciência e Tecnologia A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) promoverá diversos eventos que integram a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que acontece entre

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 059-P

FICHA PROJETO - nº 059-P FICHA PROJETO - nº 059-P PADEQ Grande Projeto 1) TÍTULO: Apoio a Alternativas Sustentáveis no Território Portal da Amazônia. 2)MUNICÍPIOS DE ATUAÇÃO DO PROJETO: Nova Guarita, Terra Nova do Norte MT. 3)LINHA

Leia mais

Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade

Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade Manejo de plantas de cobertura para sistemas agrícolas de alta produtividade B.Sc. Agronomia José Eduardo de Macedo Soares Júnior Fazenda Capuaba / Lucas do Rio Verde-MT Fazenda Capuaba Lucas do Rio Verde

Leia mais

SISTEMAS DE PRODUÇÃO VEGETAL AGROECOLÓGICA

SISTEMAS DE PRODUÇÃO VEGETAL AGROECOLÓGICA SISTEMAS DE PRODUÇÃO VEGETAL AGROECOLÓGICA III Ciclo de Palestras Produção Animal, Meio Ambiente e Desenvolvimento - UFPR Julio Carlos B.V.Silva Instituto Emater juliosilva@emater.pr.gov.br A produção

Leia mais

AGROECOLOGIA. Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia.

AGROECOLOGIA. Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia. AGROECOLOGIA Desenvolvimento sustentável na produção de bens, tendo como matrizes principais a ecologia, agricultura e a economia. Tratado de Roma (1957): início do desenvolvimento da agricultura orgânica

Leia mais

X Encontro de Extensão

X Encontro de Extensão 5CFTDAPOUT01 CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O USO E CONSERVAÇÃO DE INIMIGOS NATURAIS NO CURIMATAÚ PARAIBANO Flávia Queiroz de Oliveira (2); José Bruno Malaquias (2); Luiz Leonardo Ferreira (2); Thiago de Souza

Leia mais

30/05/2010. Custo total da atividade de engorda (US$/100kg carcaça) Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste

30/05/2010. Custo total da atividade de engorda (US$/100kg carcaça) Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste Custo da produção de carne no Brasil Custo total da atividade de engorda (US$/100kg carcaça) Embrapa Amazônia Oriental Fonte: Agri Benchmark Beef Report (2008) Características importantes da pecuária brasileira

Leia mais

Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade

Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade AGRICULTURA E PECUÁRIA Percursos 27 e 28 Expedições Geográficas - 6ºano Profª Bruna Andrade AGRICULTURA CONDIÇÕES NATURAIS: Apesar do grande desenvolvimento técnico e científico ela ainda depende do solo,

Leia mais

REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS. Álvaro V. Resende

REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS. Álvaro V. Resende REPENSANDO A ADUBAÇÃO NPK EM SISTEMAS DE ALTA PRODUTIVIDADE DE GRÃOS Álvaro V. Resende Araxá, 19/09/2014 Roteiro Contexto dos sistemas soja-milho Repensando a adubação NPK Considerações finais Contexto

Leia mais

:: BEM VINDO :: WORKSHOP SOBRE AGROSERVIÇO E NOVAS PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO. Luiz Carlos Balbino

:: BEM VINDO :: WORKSHOP SOBRE AGROSERVIÇO E NOVAS PERSPECTIVAS PARA O AGRONEGÓCIO. Luiz Carlos Balbino WORKSHOP SOBRE AGROSERVIÇO E NOVAS PERSPECTIVAS Luiz Carlos Balbino (Embrapa) PARA O AGRONEGÓCIO Desenvolvimento e Fomento ILPF (Integração Lavoura Pecuária Floresta) :: BEM VINDO :: Realização: Apoio:

Leia mais

Principais problemas da pecuária na Amazônia

Principais problemas da pecuária na Amazônia 4ª ed. reimpresso em maio/2015, 215 páginas Moacyr Bernardino Dias-Filho Embrapa Amazônia Oriental www.diasfilho.com.br www.diasfilho.com.br Principais problemas da pecuária na Amazônia 15,2 13,0 Baixo

Leia mais

Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo

Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Crescimento vegetativo e incidência de cercosporiose em cafeeiros sob diferentes sistemas de manejo Guilherme Conceição Gonçalves

Leia mais

Seção Temática: 3. Sistemas de Produção Agroecológica:

Seção Temática: 3. Sistemas de Produção Agroecológica: Avaliação de indicadores de sustentabilidade em agroecossistemas com barragens subterrâneas a percepção dos agricultores na Bahia Sustainability indicators evaluation in agroecosystems with subsurface

Leia mais

ATER PARA MULHERES. O processo de organização das mulheres na construção do Feminismo e da Agroecologia no Brasil

ATER PARA MULHERES. O processo de organização das mulheres na construção do Feminismo e da Agroecologia no Brasil ATER PARA MULHERES O processo de organização das mulheres na construção do Feminismo e da Agroecologia no Brasil PARA NÓS A AGROECOLOGIA É Um modo de produzir, relacionar e viver na agricultura que implica

Leia mais

OBJETIVOS DE ENSINO Geral. Específicos

OBJETIVOS DE ENSINO Geral. Específicos DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: MANEJO ECOLÓGICO DE PRAGAS, DOENÇAS E VEGETAÇÃO ESPONTÂNEA Curso: AGROECOLOGIA Carga Horária: 60 HORAS Docente Responsável: LUCIANO PACELLI MEDEIROS DE MACEDO EMENTA

Leia mais

Técnicas de Experimentação Agrícola

Técnicas de Experimentação Agrícola ProSavana Programa Especial de Capacitação e Treinamento Técnicas de Experimentação Agrícola Embrapa Arroz e Feijão Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Universidade Federal de Goiás Nampula,

Leia mais

Foto R. Bocci. 10 conceitos chave SOLIBAM - cultivando a diversidade

Foto R. Bocci. 10 conceitos chave SOLIBAM - cultivando a diversidade 10 conceitos chave SOLIBAM - cultivando a diversidade Conceito 1: Resiliência Foto Riccardo Franciolini Foto F. Rey Resiliência é a capacidade de um ecossistema responder a uma perturbação, resistindo

Leia mais

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF

HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF HISTÓRICO DE ATUAÇÃO E DEMANDAS TECNOLÓGICAS DO SETOR AGROPECUÁRIO DO DF Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal SETEMBRO 2016 O QUE É A EMATER-DF? Empresa Pública, criada em

Leia mais

Data de preenchimento: Dados do Produtor/a ou da Pessoa Jurídica (PJ) Nome do Produtor/a: Nome do Sítio:

Data de preenchimento: Dados do Produtor/a ou da Pessoa Jurídica (PJ) Nome do Produtor/a: Nome do Sítio: Data de preenchimento: Dados do Produtor/a ou da Pessoa Jurídica (PJ) Nome do Produtor/a: Nome do Sítio: CPF ou CNPJ: Nome do/a Responsável Legal: (Nome que está no registro de sua propriedade) N do DAP:

Leia mais

Especificidades da soberania alimentar na Amazônia e o papel da pesquisa

Especificidades da soberania alimentar na Amazônia e o papel da pesquisa Plenária do Consea sobre Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional na Amazonia, 6 e 7 de agosto de 2013 Especificidades da soberania alimentar na Amazônia e o papel da pesquisa Tatiana Deane de Abreu

Leia mais

PONTOS PARA PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA EDITAL 048/2013. Disciplinas: Fenômenos de Transporte, Mecânica dos Fluidos, Termodinâmica Aplicada (Angicos)

PONTOS PARA PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA EDITAL 048/2013. Disciplinas: Fenômenos de Transporte, Mecânica dos Fluidos, Termodinâmica Aplicada (Angicos) PONTOS PARA PROVAS ESCRITA E DIDÁTICA EDITAL 048/2013 Disciplinas: Fenômenos de Transporte, Mecânica dos Fluidos, Termodinâmica Aplicada (Angicos) 1. Estática dos fluidos. 2. Análise integral para volume

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Matriz Curricular do Curso de Agronomia

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Matriz Curricular do Curso de Agronomia Matriz Curricular do Curso de Agronomia Total 240 120 360 24 2º Período Letivo: Componentes curriculares 1º Período Letivo: Componentes curriculares Prérequisito AGR 100 Biologia Celular Inexistente AGR

Leia mais

1ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D TOTAL ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D

1ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D TOTAL ª Fase. Disciplina Crédito C.H Pré-requisitos T P L C D Distribuição das disciplinas da matriz curricular do Curso de Agronomia do Campus Universitário de Alta Floresta por fase (semestre) CURSO DE AGRONOMIA 1ª Fase Citologia 3 0 1 0 0 Ecologia Geral 2 0 1

Leia mais

Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária

Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 7., 2010, Belo Horizonte Avaliação econômica do Sistema de Integração Lavoura-Pecuária Rafael França Fonseca (1), Maria Celuta Machado Viana (2), José Joaquim

Leia mais

Biodiversidade e prosperidade económica

Biodiversidade e prosperidade económica Biodiversidade e prosperidade económica Helena Castro e Helena Freitas Centro de Ecologia Funcional Universidade de Coimbra O que é a biodiversidade? Biodiversidade é a variedade de seres vivos. Aqui se

Leia mais

Rede de Pesquisa, Inovação, Tecnologia, Serviços e Desenvolvimento Sustentável. em Microbacias Hidrográficas

Rede de Pesquisa, Inovação, Tecnologia, Serviços e Desenvolvimento Sustentável. em Microbacias Hidrográficas PROGRAMA RIO RURAL Núcleo de Pesquisa Participativa Pesagro-Rio / Rio Rural Rede de Pesquisa, Inovação, Tecnologia, Serviços e Desenvolvimento Sustentável em Microbacias Hidrográficas Facilitar a integração

Leia mais

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO RESUMO DA PARTICIPAÇÃO

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO RESUMO DA PARTICIPAÇÃO RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO Projeto Agrisus No: 1875/16 Nome do Evento: FertBio 2016 Rumo aos novos desafios Interessado: Luiz Gustavo de Oliveira Denardin Instituição: Universidade

Leia mais

ATER em Feijão e Milho desenvolvida no Estado do Paraná. Germano do R. F. Kusdra Eng. Agrônomo Emater

ATER em Feijão e Milho desenvolvida no Estado do Paraná. Germano do R. F. Kusdra Eng. Agrônomo Emater ATER em Feijão e Milho desenvolvida no Estado do Paraná Germano do R. F. Kusdra Eng. Agrônomo Emater germano@emater.pr.gov.br PROJETO CENTRO-SUL DE FEIJÃO E MILHO O Instituto EMATER, ao longo de sua existência,

Leia mais

Caracterização Socioeconômica, Produtiva e Ambiental de Assentamentos Rurais em Sergipe

Caracterização Socioeconômica, Produtiva e Ambiental de Assentamentos Rurais em Sergipe III Seminário de Iniciação Científica e Pós-Graduação da Embrapa Tabuleiros Costeiros 139 Caracterização Socioeconômica, Produtiva e Ambiental de Assentamentos Rurais em Sergipe Rony Melo Guimarães 1 ;

Leia mais

Currículo do Curso de Agronomia

Currículo do Curso de Agronomia Currículo do Curso de Agronomia Engenheiro Agrônomo ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro Agrônomo desempenhar as atividades profissionais previstas na Resolução nº 218, de 29.6.73, do CONFEA, e atuar nos seguintes

Leia mais

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios

Serviços Técnicos e Gestão Ambiental no Agronegócio Diretoria de Agronegócios 47º Café com Sustentabilidade - Febraban Pecuária Sustentável: Agentes financeiros como indutores de boas práticas Modelos de financiamento e investimento: incentivos à adoção de boas práticas socioambientais

Leia mais

O contexto da percepção: Universidade Federal da Fronteira Sul

O contexto da percepção: Universidade Federal da Fronteira Sul "Agricultura familiar: construindo uma agenda com visão de futuro (Agropensa/EMBRAPA) Dez/2013 O Campo vai bem? Para quem? percepção sobre o contexto da Agricultura Familiar. sergio.martins@uffs.edu.br

Leia mais

FACULDADE DE AGRONOMIA. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE AGRONOMIA (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 1, de 2 de fevereiro de 2006)

FACULDADE DE AGRONOMIA. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE AGRONOMIA (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 1, de 2 de fevereiro de 2006) FACULDADE DE AGRONOMIA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE AGRONOMIA (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 1, de 2 de fevereiro de 2006) PRIMEIRO PERÍODO NDC113 Biologia Celular 72 60 - AGR151

Leia mais

Resgate, conservação, uso e manejo sustentável de populações de coqueiro gigante (Cocos nucifera L.) no Bioma Mata Atlântica

Resgate, conservação, uso e manejo sustentável de populações de coqueiro gigante (Cocos nucifera L.) no Bioma Mata Atlântica Resgate, conservação, uso e manejo sustentável de populações de coqueiro gigante (Cocos nucifera L.) no Bioma Mata Atlântica Semíramis R. Ramalho Ramos Embrapa Tabuleiros Costeiros Brasília, dezembro 2010

Leia mais

"Economia Verde nos Contextos Nacional e Global" - Desafios e Oportunidades para a Agricultura -

Economia Verde nos Contextos Nacional e Global - Desafios e Oportunidades para a Agricultura - "Economia Verde nos Contextos Nacional e Global" - Desafios e Oportunidades para a Agricultura - Maurício Antônio Lopes Diretor Executivo de Pesquisa e Desenvolvimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Leia mais

Agenda de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Cerrados

Agenda de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Cerrados Agenda de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Cerrados Definição A Agenda de P&D da Embrapa Cerrados é um documento de caráter estratégico, construído em consonância com o Sistema de Inteligência Estratégica

Leia mais

ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS

ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS ESTABELECIMENTO DE PASTAGENS PARA BUBALINOS Prof. Dr. André Mendes Jorge Pesquisador do CNPq Prof. Dr. André Mendes Jorge FMVZ-Unesp-Botucatu NECESSIDADE DE INTENSIFICAÇÃO DA PECUÁRIA Manejo intensivo

Leia mais

A construção social da inovação para uma agropecuária durável. Marcos Borba Embrapa Pecuaria Sul

A construção social da inovação para uma agropecuária durável. Marcos Borba Embrapa Pecuaria Sul A construção social da inovação para uma agropecuária durável Marcos Borba Embrapa Pecuaria Sul CARACTERÍSTICAS da CRISE (Kapra) GLOBAL - de escala planetária COMPLEXA - múltiplas causas SISTÊMICA

Leia mais

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou à Unidade 2 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Geografia 4 o ano Avaliação 2 o bimestre 1 Avaliação Geografia NOME: ESCOLA:

Leia mais

Consórcio Milho-Braquiária

Consórcio Milho-Braquiária Gessí Ceccon Consórcio Milho-Braquiária 1Oque é. É o cultivo simultâneo de milho safrinha com braquiária utilizando a semeadora de soja, ajustando-a para uma linha de milho safrinha e outra de braquiária.

Leia mais

Eucalipto Geneticamente Modificado Aspectos Regulatórios. Apresentação para:

Eucalipto Geneticamente Modificado Aspectos Regulatórios. Apresentação para: Eucalipto Geneticamente Modificado Aspectos Regulatórios Apresentação para: Março 2014 Agenda Ambiente regulatório Eucalipto GM FuturaGene Avaliação ambiental e de segurança Resumo 2 Estrutura legal no

Leia mais

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira

AGRONOMIA. COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira AGRONOMIA COORDENADOR Carlos Alberto de Oliveira calberto@ufv.br 42 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Agrônomo ATUAÇÃO Compete ao Engenheiro Agrônomo desempenhar as atividades profissionais previstas

Leia mais

Sítio Agroecológico: um sistema em conversão na Embrapa Agropecuária Oeste

Sítio Agroecológico: um sistema em conversão na Embrapa Agropecuária Oeste Sítio Agroecológico: um sistema em conversão na Embrapa Agropecuária Oeste PADOVAN, Milton Parron; MOTTA, Ivo de Sá; HERNANI, Luís Carlos; COMUNELLO, Eder; MERCANTE, Fábio Martins; URCHEI, Mário Artemio;

Leia mais

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Iara Cristina Santos Curvelo (1), Elka Fabiana Aparecida Almeida

Leia mais

SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO

SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS E SISTEMAS INTEGRADOS DE PRODUÇÃO AUTORES: FABIANA AQUINO JORGE WERNECK LIMA MARCELA COSTA O que são Serviços Ecossistêmicos? Benefícios diretos e indiretos obtidos pelo Homem a

Leia mais

Restauração Florestal de Áreas Degradadas

Restauração Florestal de Áreas Degradadas Restauração Florestal de Áreas Degradadas Seminário Paisagem, conservação e sustentabilidade financeira: a contribuição das RPPNs para a biodiversidade paulista 11/11/ 2016 Espírito Santo do Pinhal (SP)

Leia mais

FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA

FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA Especialização Latu Sensu em Agroecologia 2017-1 FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA Professor: Roberto Akitoshi Komatsu roberto.komatsu@ifsc.edu.br (49) 9.9152-9081 FUNDAMENTOS EM AGROECOLOGIA - Transferência

Leia mais

CORREDOR DE BIODIVERSIDADE DO ARAGUAIA

CORREDOR DE BIODIVERSIDADE DO ARAGUAIA CORREDOR DE BIODIVERSIDADE DO ARAGUAIA CORREDOR DE BIODIVERSIDADE Região de grande importância biológica onde são desenvolvidas atividades visando associar a proteção da biodiversidade com o desenvolvimento

Leia mais

Renascimento de florestas

Renascimento de florestas Renascimento de florestas regeneração na era do desmatamento Robin L. Chazdon SUMÁRIO 1. Percepções sobre florestas tropicais e regeneração natural... 15 1.1 Visão cíclica das florestas... 15 1.2 A resiliência

Leia mais

A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo;

A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo; A agricultura A agricultura: Atividade económica do setor primário; A palavra agricultura significa a cultura do campo; Paisagem agrária: É a forma de cultivo e a divisão dos campos; É condicionada por

Leia mais

Síntese da história ocidental

Síntese da história ocidental Síntese da história ocidental - Sorokin (1937/41): ascensão e queda de três sistemas fundamentais: Sensualista: Ideacional: Idealístico: ESCOLAS DO PENSAMENTO BIOLÓGICO: (Paul Erlich, 1974) Vitalistas

Leia mais

A gestão dos serviços ambientais e a conservação da biodiversidade na Mata Atlântica

A gestão dos serviços ambientais e a conservação da biodiversidade na Mata Atlântica A gestão dos serviços ambientais e a conservação da biodiversidade na Mata Atlântica PqC. Elaine Aparecida Rodrigues SEMINÁRIO MATA ATLÂNTICA E SERVIÇOS AMBIENTAIS Mesa: PSAs e Biodiversidade Governo do

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR : Olericultura e Plantas Medicinais Curso: Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia Série/Período: 2015.2 Carga Horária:

Leia mais

Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto

Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto Licenciatura em Ciências Biológicas Departamento de Biodiversidade, Evolução e Meio Ambiente Universidade Federal de Ouro Preto biologia da conservação Prof. Dr. Roberth Fagundes roberthfagundes@gmail.com

Leia mais

B5-44 Agrofloresta e multifuncionalidade no Sertão de Pernambuco Brasil.

B5-44 Agrofloresta e multifuncionalidade no Sertão de Pernambuco Brasil. B5-44 Agrofloresta e multifuncionalidade no Sertão de Pernambuco Brasil. Cecilia Tayse Muniz Teixeira¹, Thacya Clédina da Silva². 1 Mestranda do Programa de Extensão Rural e Desenvolvimento Local POSMEX

Leia mais

AGRICULTURA FAMILIAR, AGROECOLOGIA E SUSTENTABILIDADE: TRANSIÇÃO EM MARCHA (?)

AGRICULTURA FAMILIAR, AGROECOLOGIA E SUSTENTABILIDADE: TRANSIÇÃO EM MARCHA (?) AGRICULTURA FAMILIAR, AGROECOLOGIA E SUSTENTABILIDADE: TRANSIÇÃO EM MARCHA (?) BALESTRIN, Nádia Luzia (Administração/UNIBRASIL) A Agroecologia, pode ser considerada, tanto uma ciência quanto um conjunto

Leia mais

Manejo do solo AGRICULTURA GERAL ESCOLHA DO LOCAL ESCOLHA DO LOCAL ESCOLHA DO LOCAL LIMPEZA DA ÁREA POMBAL PB

Manejo do solo AGRICULTURA GERAL ESCOLHA DO LOCAL ESCOLHA DO LOCAL ESCOLHA DO LOCAL LIMPEZA DA ÁREA POMBAL PB AGRICULTURA GERAL Manejo do solo POMBAL PB ESCOLHA DO LOCAL - Mercado Quem vai comprar ou consumir o nosso produto? Proximidade e tamanho do meu centro consumidor ou indústria Quanto devo produzir? - Logística

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS MATRIZ CURRICULAR Curso: AGRONOMIA Grau Acadêmico: BACHARELADO Campus: SAMAMBAIA Turno: INTEGRAL Modalidade: PRESEIAL Matriz: 53BI3 N o H Componente Curricular UA PRÉREQUISITO

Leia mais

Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II

Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II Agricultura Orgânica para a Conservação da Biodiversidade PROBIO II Seminário de Integração e Missão de Supervisão DEZEMBRO-2010 COAGRE/DEPROS/SDC Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento PROJETO:

Leia mais

Fundamentos de Ecologia

Fundamentos de Ecologia CONCURSO PETROBRAS ENGENHEIRO(A) DE MEIO AMBIENTE JÚNIOR PROFISSIONAL DE MEIO AMBIENTE JÚNIOR PROFISSIONAL JR - ENG. DE MEIO AMBIENTE Fundamentos de Ecologia Questões Resolvidas QUESTÕES RETIRADAS DE PROVAS

Leia mais

Diversificação para a sustentabilidade da produção

Diversificação para a sustentabilidade da produção Diversificação para a sustentabilidade da produção Introdução O aumento populacional mundial e a inserção de novos contingentes no mercado consumidor têm gerado crescente demanda mundial por matérias-primas,

Leia mais

Agronego cio ALTERNATIVAS PARA MANTER E AMPLIAR A COMPETITIVIDADE DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO

Agronego cio ALTERNATIVAS PARA MANTER E AMPLIAR A COMPETITIVIDADE DO AGRONEGÓCIO GAÚCHO Agronegócio Agronego cio É incontestável o impacto do Agronegócio no desempenho da economia do Estado. Isto é, seu comportamento influencia sensivelmente os resultados dos indicadores econômicos do Rio

Leia mais

QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira 1 8:00-8:55

QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira 1 8:00-8:55 QUINTO PERÍODO DE ENGENHARIA AGRONÔMICA 1 8:00-8:55 2 8:55-9:50 3 10:00-10:55 Melhoramento Vegetal Fitopatologia Geral Fitopatologia Geral Entomologia Geral Turma E Laboratório de Microscopia Zootecnia

Leia mais

PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente

PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente PROJETO DE GESTÃO AMBIENTAL RURAL - GESTAR Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável SEDR Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável Coordenação

Leia mais

Corretivos Adubos e Adubações. Prof. ELOIR MISSIO

Corretivos Adubos e Adubações. Prof. ELOIR MISSIO Corretivos Adubos e Adubações Prof. ELOIR MISSIO ADUBAÇÃO ORGÂNICA Fertilidade dos solos e manejo da adubação de culturas. Carlos A. Bissani; Clesio Gianello; Marino J. Tedesco; Flávio A. O. Camargo. Porto

Leia mais

Contribuição dos Alimentos Orgânicos para a Segurança Alimentar e Nutricional

Contribuição dos Alimentos Orgânicos para a Segurança Alimentar e Nutricional Contribuição dos Alimentos Orgânicos para a Segurança Alimentar e Nutricional Dra. Regilda Saraiva dos Reis Moreira-Araújo Professora Associada (DN/CCS/UFPI) Alimentos Orgânicos e Qualidade de Vida Na

Leia mais

POTENCIALIDADES DA CAATINGA

POTENCIALIDADES DA CAATINGA POTENCIALIDADES DA CAATINGA João Luiz da Silva* A caatinga ocupa uma área de mais de 800.000km², atingindo todos os estados do Nordeste incluindo também parte do norte de Minas Gerais. A vegetação da caatinga

Leia mais

Modelização de Agroecossistemas 1 - proposta de padronização dos diagramas de fluxo -

Modelização de Agroecossistemas 1 - proposta de padronização dos diagramas de fluxo - Modelização de Agroecossistemas 1 - proposta de padronização dos diagramas de fluxo - Temos nos utilizado de modelos para a representação esquemática da estrutura e do funcionamento de agroecossistemas

Leia mais

FLO032 - Gênese, Física e Classificação do Solo- 75 h ZOO042 Metodologia Científica xxx

FLO032 - Gênese, Física e Classificação do Solo- 75 h ZOO042 Metodologia Científica xxx MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA Estrutura Curricular - vigência a partir de 2008 (Alteração

Leia mais

A criação de abelhas nativas em propriedades agroecológicas no Leste de Minas Gerais

A criação de abelhas nativas em propriedades agroecológicas no Leste de Minas Gerais 12506 - A criação de abelhas nativas em propriedades agroecológicas no Leste de Minas Gerais The creation of native bees in agro-ecological properties in eastern Minas Gerais FERRARI, Fernando Godoy 1

Leia mais

Experiências do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas com o resgate, uso, manejo e conservação da agrobiodiversidade.

Experiências do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas com o resgate, uso, manejo e conservação da agrobiodiversidade. 11985 - Experiências do Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas com o resgate, uso, manejo e conservação da agrobiodiversidade. Experiences of Alternative Agriculture Center of Northern Minas

Leia mais

PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NOS QUINTAIS NA COMUNIDADE QUATRO ESTRADAS, AMÉLIA RODRIGUES, BAHIA

PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NOS QUINTAIS NA COMUNIDADE QUATRO ESTRADAS, AMÉLIA RODRIGUES, BAHIA PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS NOS QUINTAIS NA COMUNIDADE QUATRO ESTRADAS, AMÉLIA RODRIGUES, BAHIA Maicon de Lima Carvalho²,4 ; Daillane Rosa Oliveira 1 ; Iasmin Laiane de Castro Oliveira¹; Synara Mattos Leal³,4

Leia mais

Resgate de Tradições. Hortaliças não convencionais. Banco de Hortaliças Não Convencionais da EPAMIG Centro-Oeste

Resgate de Tradições. Hortaliças não convencionais. Banco de Hortaliças Não Convencionais da EPAMIG Centro-Oeste Resgate de Tradições Hortaliças não convencionais Banco de Hortaliças Não Convencionais da EPAMIG Centro-Oeste Conhecendo um pouco sobre as hortaliças não convencionais No decorrer dos milênios, os seres

Leia mais

INCIDÊNCIA DE INSETOS EM ÁREAS DE CULTIVO DE HORTALIÇAS PRÓXIMAS A UM SISTEMA AGROFLORESTAL NO DISTRITO FEDERAL PROJETO DE PESQUISA

INCIDÊNCIA DE INSETOS EM ÁREAS DE CULTIVO DE HORTALIÇAS PRÓXIMAS A UM SISTEMA AGROFLORESTAL NO DISTRITO FEDERAL PROJETO DE PESQUISA INCIDÊNCIA DE INSETOS EM ÁREAS DE CULTIVO DE HORTALIÇAS PRÓXIMAS A UM SISTEMA AGROFLORESTAL NO DISTRITO FEDERAL PROJETO DE PESQUISA PROFESSOR: MARCELO TAVARES DE CASTRO ALUNO: EDNEI PEREIRA DO PRADO CURSO:

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRÍCOLAS

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : LICENCIATURA EM CIÊNCIAS AGRÍCOLAS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 19/06/2012-17:19:38 Curso : LICENCIATURA

Leia mais

É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica

É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica É POSSÍVEL TER SUCESSO NA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NÃO BT? Eng.º Agr.º Ezelino Carvalho GBCA / EQUIPE Consultoria Agronômica 10º Congresso Brasileiro de Algodão Foz do Iguaçu - PR, Setembro/2015 OBJETIVOS Discutir

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Semiárido Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A cultura da cebola

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Semiárido Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A cultura da cebola Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Semiárido Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento A cultura da cebola 2ª edição revista e ampliada Embrapa Brasília, DF 2012 Coleção Plantar,

Leia mais

No inverno a gente planta, no verão a gente cria

No inverno a gente planta, no verão a gente cria No inverno a gente planta, no verão a gente cria Adriana Galvão Freire, Luciano Silveira, Marilene Nascimento Melo e Francisco Nogueira A construção de relações mutualistas entre a produção vegetal e a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE FITOTECNIA PROGRAMA DE DISCIPLINA OBJETIVOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE FITOTECNIA PROGRAMA DE DISCIPLINA OBJETIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE FITOTECNIA PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO AGR 066 CARGA HORÁRIA (CRÉDITOS) TOTAL TEÓRICA PRÁTICA 60

Leia mais

ATIVIDADES REVISÃO. Prova trimestral -2º trimestre 2011

ATIVIDADES REVISÃO. Prova trimestral -2º trimestre 2011 ATIVIDADES REVISÃO Prova trimestral -2º trimestre 2011 1. Uma diferença entre sucessão ecológica primária e sucessão ecológica secundária é a) o tipo de ambiente existente no início da sucessão. b) o tipo

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ Leitura do texto: Mudanças

Leia mais

MEIO AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

MEIO AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE MEIO AMBIENTE, TECNOLOGIA E SOCIEDADE Fundamentos da proteção e conservação ambiental; Conflitos sócio-ambientais; Desenvolvimento sustentável e Políticas públicas; Novos enfoques sobre a ciência: transciência

Leia mais

Embrapa Uva e Vinho. Produtos & Serviços. Missão Institucional. Infra-Estrutura e Recursos Humanos

Embrapa Uva e Vinho. Produtos & Serviços. Missão Institucional. Infra-Estrutura e Recursos Humanos Embrapa Uva e Vinho A vitivinicultura é uma atividade que apresenta grande importância sócio-econômica em vários Estados brasileiros, com especial destaque para o Rio Grande do Sul. Por esta razão, a Embrapa

Leia mais

Sistemas de produção familiar para convivência com o Semi-árido brasileiro: uma...

Sistemas de produção familiar para convivência com o Semi-árido brasileiro: uma... Sistemas de produção familiar para convivência com o Semi-árido brasileiro: uma... 1 2 Sistemas de produção familiar para convivência com o Semi-árido brasileiro: uma... Sistemas de produção familiar para

Leia mais

Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul

Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária em Mato Grosso do Sul Julio Cesar Salton Pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste Dourados/MS É consenso afirmar que o Sistema Plantio Direto (SPD)

Leia mais

Módulo: AGRICULTURA I

Módulo: AGRICULTURA I Módulo: AGRICULTURA I Aline Gomes Aguiar Engª Agrônoma M.Sc. em Fitotecnia Barra da Estiva-Ba Julho 2012 ORIGEM, HISTÓRICO E EVOLUÇÃO DA AGRICULTURA ORIGEM DA AGRICULTURA Do latim agru que significa "terra

Leia mais