OPQ Perfil OPQ. Relatório de Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 outubro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OPQ Perfil OPQ. Relatório de Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 outubro"

Transcrição

1 OPQ Perfil OPQ Relatório de Inteligência Emocional Nome Sample Candidate Data

2 INTRODUÇÃO Este relatório descreve as competências-chave para o da Inteligência Emocional (IE), que se pode definir como o grau de compreensão que temos em relação aos nossos sentimentos e emoções, assim como em relação aos sentimentos e emoções das outras pessoas, além da maneira como gerenciamos nossos relacionamentos com os outros. Este relatório baseia-se nas suas respostas ao OPQ32. É importante observar que o OPQ32, assim como todos os questionários de auto-avaliação, não é infalível. A exatidão deste relatório dependerá da franqueza com que respondeu às perguntas do OPQ32. Entretanto, embora não se pretenda que este relatório seja definitivo, ele proporciona um ponto de partida para que você leve em consideração as necessidades de que são essenciais tanto para o sucesso individual como para o organizacional. O relatório foi estruturado a fim de fornecer um perfil direto e de fácil interpretação. Consiste em um resumo geral das suas necessidades de de IE, seguido de seções específicas relacionadas às quatro competências-chave. O modelo de IE utilizado na elaboração deste relatório encontra-se abaixo: Emocional Sample Candidate 2 de 8

3 Resumo de Inteligência Emocional (IE) Potencial necessidade de Força moderada, pode beneficiar-se do Força potencial Inteligência Emocional Geral Sua pontuação geral o coloca na faixa média de IE, o que sugere que poderia beneficiarse de algum. A tabela abaixo resume as necessidades de para as quatro competências específicas de IE. O modo como você trabalha com as outras pessoas depende, obviamente, de como você compreende suas próprias emoções; por isso é importante considerar ambos os conjuntos de competências ao examinar suas necessidades de de IE. Área de competência de IE Potencial necessidade de Força moderada, pode beneficiar-se do Força potencial Gerenciamento dos Sentimentos Sentimentos e Emoções Percepção Pessoal Administração de Relacionamentos Empatia Desenvoltura Social Emocional Sample Candidate 3 de 8

4 Gerenciamento dos Sentimentos Competência Potencial necessidade de Força moderada, pode beneficiar-se do Força potencial Sentimentos e Emoções Percepção Pessoal Sentimentos e Emoções Suas pontuações sugerem que, embora tenha a capacidade de direcionar suas emoções positivamente, há também momentos em que pode achar difícil fazê-lo, e momentos em que a maneira como compartilha seus sentimentos com os outros poderia ter um impacto mais positivo. Quando você encontra dificuldade para fazer com que as coisas avancem, quando tem preocupações sobre o resultado de uma situação ou quando enfrenta problemas com outras pessoas, como expressa as emoções que sente? Você cria tempo e espaço para deixar que suas emoções se apazigúem e para pensar sobre como e quando seus sentimentos poderão ser compartilhados com os outros de forma que tenham um efeito positivo? Até que ponto você é aberto com os outros a respeito dos seus sentimentos? Se você é alguém que gosta de expressar seus sentimentos abertamente, até que ponto está ciente do impacto que a sua maneira de se expressar emocionalmente tem sobre os outros? Se você é alguém mais reservado na hora de compartilhar seus sentimentos com os outros, já pensou em maneiras em que compartilhar emoções de maneira construtiva pode ajudar a fortalecer relacionamentos e nas oportunidades que pode estar perdendo de incentivar os outros a compartilharem seus pensamentos e sentimentos com você? Percepção Pessoal Embora você tenha a capacidade de levar a cabo mudanças pessoais quando assume esse compromisso, suas pontuações também sugerem que você precisa analisar uma maneira de manter seu compromisso e lidar com as frustrações por que pode passar na busca de seu pessoal. Você acha que tende a agir antes de pensar bem sobre as conseqüências de suas ações? Houve ocasiões recentemente em que pensar sobre a ação possa ter levado a um resultado mais positivo e mais rápido e/ou tenha lhe possibilitado administrar melhor as emoções envolvidas na resolução de questões? Pense em tais ocasiões e reflita sobre como o fato de pensar bem e analisar seus próprios sentimentos antes de agir pode tê-lo ajudado e sobre como você pode aplicar tais percepções no futuro. Você é alguém que tem dificuldade em continuar motivado ou em manter o compromisso com um curso de ação quando as coisas se mostram difíceis ou frustrantes? A sua experiência em definir metas para si próprio no passado fez com que evitasse metas difíceis? Como você se adapta a mudanças? Você vê as mudanças como fator de motivação ou não, e por quê? Você conhece outras pessoas que parecem atingir os objetivos que traçam para si mesmas, conseguem superar dificuldades e parecem adaptar-se facilmente a mudanças? Você já discutiu essas questões com elas e que percepções tais discussões lhe proporcionaram? Emocional Sample Candidate 4 de 8

5 Gerenciamento dos Sentimentos O que eu já faço? Gerenciamento dos Sentimentos O que mais eu poderia fazer? Emocional Sample Candidate 5 de 8

6 Gerenciamento de Relacionamentos Competência Potencial necessidade de Força moderada, pode beneficiar-se do Força potencial Empatia Desenvoltura Social Empatia Embora você possa "criar" um tempo para ouvir os outros e descobrir o que estão pensando, o seu impacto sobre as outras pessoas poderá ser fortalecido através da reflexão sobre como como você interage com elas. Pense na maneira como reage aos outros quando expressam uma opinião ou idéia, especialmente quando a opinião ou idéia contradizem seus próprios pensamentos ou sentimentos em relação a uma questão. Quando você sentir que uma decisão tem que ser tomada, pense em como atingir um equilíbrio entre a obtenção das percepções das outras pessoas e a necessidade de se tomar tal decisão. Você pode refletir sobre os processos de tomada de decisão que já presenciou e que foram eficazes ao atingir tal equilíbrio. Pense na sua consistência quanto ao tempo que dedica aos outros. A sua maneira de lidar com os outros varia de pessoa para pessoa? Por que seu estilo com os outros talvez varie? É em conseqüência do tipo de assunto ou questão levantados, da maneira como são levantados, ou do tipo de pessoa envolvida? Reflita sobre como levar em consideração os sentimentos, preocupações e perspectivas de uma outra pessoa poderia ajudá-lo a administrar seu tempo com tal pessoa e a aprimorar tanto a sua satisfação como a dela em relação ao tempo que passaram juntos. Desenvoltura Social Embora você seja alguém acessível e sociável com os outros, pode ser necessário um certo tempo até que se ajuste a novas pessoas e grupos. O grau de conforto que você sente quando encontra novas pessoas ou se envolve com grupos de pessoas será indicado pela sua pontuação de Sentimentos e Emoções (S&E) (quanto mais baixa esta pontuação, maior o seu provável desconforto). Se sua pontuação S&E for baixa, siga os conselhos dados em S&E a respeito de como administrar suas preocupações, como dar-se o tempo necessário para ajustar-se à situação e como permitir que emoções mais positivas venham à tona. Compare as situações em que se sente à vontade com as outras pessoas àquelas em que o mesmo não ocorre. É possível para você permitir-se transferir os sentimentos e pensamentos mais positivos dessas situações em que está mais à vontade para as situações em que se sente menos à vontade? Nessas situações em que se sente menos à vontade, você se dá tempo para relaxar quanto à situação e para ajustar-se às pessoas que estão com você, dando-lhes tempo para se ajustarem a você? Emocional Sample Candidate 6 de 8

7 Gerenciamento de Relacionamentos O que eu já faço? Gerenciamento de Relacionamentos O que mais eu poderia fazer? Emocional Sample Candidate 7 de 8

8 METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO Este Perfil baseia-se nas seguintes fontes de informações do Sample Candidate: Questionário/Teste de Habilidade OPQ32r UK English v1 (Std Inst) Grupo de comparação OPQ32r Inglês do Reino Unido Finanças e seguros 2011 (IND) SEÇÃO DE INFORMAÇÕES PESSOAIS Nome Dados do Candidato Relatório Sample Candidate RP1=9, RP2=7, RP3=3, RP4=10, RP5=1, RP6=6, RP7=9, RP8=7, RP9=4, RP10=6, TS1=3, TS2=2, TS3=5, TS4=9, TS5=8, TS6=4, TS7=6, TS8=5, TS9=1, TS10=7, TS11=2, TS12=3, FE1=9, FE2=10, FE3=4, FE4=6, FE5=4, FE6=2, FE7=8, FE8=9, FE9=4, FE10=6, CNS=3 OPQ32 Relatório de Inteligência Emocional v2.0 RE SOBRE ESTE RELATÓRIO Esse relatório foi gerado a partir da utilização do sistema de Avaliação On-line da SHL. Ele contém informações do questionário de Personalidade Ocupacional (OPQ32). A utilização desse questionário é limitada às pessoas que receberam treinamento específico para sua utilização e interpretação. O relatório é gerado através do resultado do questionário respondido pelo participante e reflete as respostas dadas por eles. A devida consideração deve ser dada à natureza subjetiva de avaliações que usam questionários como base na interpretação desses dados. Esse relatório foi gerado eletronicamente - o usuário do software pode fazer alterações e acrescentar algo no texto do relatório. SHL Group Ltda e companhias associadas não garantem que o conteúdo desse relatório não foi alterado pelo sistema do computador. Não nos responsabilizamos pelas conseqüências do uso desse relatório e isso inclui consequências de todo tipo (incluindo negligência) para com esse conteúdo. SHL e OPQ são marcas registradas da SHL Group Ltda e registradas no United Kingdom e outros países. Este relatório foi produzido pela SHL para uso de seus clientes e contém propriedade intelectual da SHL. A SHL autoriza os seus clientes a reproduzirem, distribuírem, corrigirem e armazenarem este relatório somente para uso interno e não para fins comerciais. Todos os outros direitos da SHL são reservados. Emocional Sample Candidate 8 de 8

OPQ Perfil OPQ. Relatório da Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 Outubro

OPQ Perfil OPQ. Relatório da Inteligência Emocional. Nome Sample Candidate. Data 23 Outubro OPQ Perfil OPQ Relatório da Inteligência Emocional Nome Sample Candidate Data www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório descreve competências que são importantes para o desenvolvimento da Inteligência

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Feedback de Candidato. Nome Sample Candidate. Data 21 maio

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Feedback de Candidato. Nome Sample Candidate. Data 21 maio OPQ Perfil OPQ Relatório de Feedback de Candidato Nome Sample Candidate Data 21 maio 2014 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório é confidencial e destina-se exclusivamente à pessoa que respondeu o questionário.

Leia mais

CCSQ. Relatório do Manager - Funções que lidam com o cliente. Nome Sample Candidate. Data 23 setembro

CCSQ. Relatório do Manager - Funções que lidam com o cliente. Nome Sample Candidate. Data 23 setembro CCSQ Relatório do Manager - Funções que lidam com o cliente Nome Sample Candidate Data 23 setembro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório do SHL Manager lhe ajudará a estabelecer as chances de

Leia mais

Relatório de Inteligência Emocional. Nome: Jane Smith

Relatório de Inteligência Emocional. Nome: Jane Smith Relatório de Inteligência Emocional Nome: Jane Smith Data: 8 maio 2008 Relatório de Inteligência Emocional (IE) Este relatório descreve as competências-chave para o da Inteligência Emocional (IE), que

Leia mais

> Perfil de Montagem de Equipe e de Estilos de Liderança. Nome: Peter Sample

> Perfil de Montagem de Equipe e de Estilos de Liderança. Nome: Peter Sample > Perfil de Montagem de Equipe e de Estilos de Liderança Nome: Peter Sample Data: 14 abril 2009 Tipos na equipe Pode adotar Provável que Tipos na equipe Coordenador Dinamizador Gerador de Idéias Finalizador

Leia mais

Profile Report. > Relatório de Estilos Comportamentais. Nome: Exemplo

Profile Report. > Relatório de Estilos Comportamentais. Nome: Exemplo Profile Report > Relatório de Estilos Comportamentais Nome: Exemplo Data: 08 de Maio 2008 Relatório de Estilos Comportamentais OPQ Introdução Este relatório foi elaborado para aquelas pessoas que já terminaram

Leia mais

Relatório do teste de habilidade

Relatório do teste de habilidade Relatório do teste de habilidade Data: 22 junho 2010 Relatório do teste de habilidade Esse Relatório do teste de habilidade fornece as pontuações dos Testes de habilidade "Verify" do Sr. Exemplo. Se esses

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competência Universal. Nome Sr. Exemplo 2

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competência Universal. Nome Sr. Exemplo 2 OPQ Perfil OPQ Relatório de Competência Universal Nome Sr. Exemplo 2 Data 16 outubro 2013 www.ceb.shl.com www.transformece.com.br INTRODUÇÃO Este relatório é destinado para uso de gestores e profissionais

Leia mais

OPQ. Relatório de Estilos Comportamentais. Nome Sample Candidate. Data 30 julho

OPQ. Relatório de Estilos Comportamentais. Nome Sample Candidate. Data 30 julho OPQ Relatório de Estilos Comportamentais Nome Sample Candidate Data 30 julho 2015 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório foi elaborado para aquelas pessoas que já terminaram o treinamento OPQ. Representa

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Liderança. Nome Toni Sample

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Liderança. Nome Toni Sample OPQ Perfil OPQ Relatório de Liderança Nome Toni Sample Data 1 fevereiro 2014 www.ceb.shl.com www.transformece.com.br INTRODUÇÃO A estrutura utilizada neste relatório diferencia o gerenciamento e a liderança

Leia mais

Relatório de Competências Universais. Nome: Exemplo

Relatório de Competências Universais. Nome: Exemplo Relatório de Competências Universais Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 INTRODUÇÃO Este relatório é destinado para uso de gestores e profissionais de RH. Ele resume como é o estilo preferido de Exemplo ou

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competência Universal. Nome Sample Candidate. Data 20 setembro

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Competência Universal. Nome Sample Candidate. Data 20 setembro OPQ Perfil OPQ Relatório de Competência Universal Nome Sample Candidate Data 20 setembro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório é destinado para uso de gestores e profissionais de RH. Ele resume

Leia mais

OPQ Relatório do Manager Plus

OPQ Relatório do Manager Plus OPQ Perfil OPQ Relatório do Manager Plus Nome Sra. Exemplo 2 Data 10 maio 2014 www.ceb.shl.com www.transformece.com.br INTRODUÇÃO Este relatório é destinado para uso de gerentes de linha e profissionais

Leia mais

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo

> Relatório de Vendas. Nome: Exemplo > Relatório de Vendas Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 INTRODUÇÃO O Relatório de Vendas da SHL ajuda a compreender a adequação do potencial do Exemplo na função de vendas. Este relatório é baseado nos resultados

Leia mais

> Relatório de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo

> Relatório de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo > Relatório de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Tipos na equipe Introdução Este relatório sumariza os tipos de perfis presentes em equipes que Exemplo tende

Leia mais

Testes Verify Relatório para o Candidato. Nome: Sr. Exemplo

Testes Verify Relatório para o Candidato. Nome: Sr. Exemplo Testes Verify Relatório para o Candidato Nome: Sr. Exemplo Data: 16 Julho 2012 Introdução Este relatório fornece-lhe algum feedback sobre o testes de aptidões que concluiu recentemente. Os testes a que

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório para o Gestor (Plus) Nome Sample Candidate. Data 18 Outubro

OPQ Perfil OPQ. Relatório para o Gestor (Plus) Nome Sample Candidate. Data 18 Outubro OPQ Perfil OPQ Relatório para o Gestor (Plus) Nome Sample Candidate Data 18 Outubro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório destina-se a ser utilizado por gestores e profissionais de Recursos Humanos,

Leia mais

I Seminário Nacional RED Rendimento Escolar e Desenvolvimento

I Seminário Nacional RED Rendimento Escolar e Desenvolvimento Rendimento Escolar e Desenvolvimento Aferição do Questionário de Inteligência Emocional de Bar-On para estudantes do Ensino Básico Português Candeias, Diniz, Pires, Rebelo & Franco 17 novembro 2012 Universidade

Leia mais

Se você ainda não tem clientes, não tem problemas! Você pode criar um Mapa de Empatia baseada em uma audiência mínima viável:

Se você ainda não tem clientes, não tem problemas! Você pode criar um Mapa de Empatia baseada em uma audiência mínima viável: MAPA DE EMPATIA O que é? O mapa de Empatia é uma ferramenta visual, que te ajuda a descrever o perfil de uma Pessoa ou de um grupo de pessoas. O Mapa de Empatia permite que você estruture Uma verdadeira

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório para Maximizar a Aprendizagem. Nome Sample Candidate. Data 1 Outubro 2013. www.ceb.shl.com

OPQ Perfil OPQ. Relatório para Maximizar a Aprendizagem. Nome Sample Candidate. Data 1 Outubro 2013. www.ceb.shl.com OPQ Perfil OPQ Relatório para Maximizar a Aprendizagem Nome Sample Candidate Data www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO A aprendizagem individual é cada vez mais encarada como sendo importante no desenvolvimento

Leia mais

Solteira, sem filhos, 22 anos, estudante e empresaria Estudante de Arquitetura e Urbanismo 2 anos 8 meses Entrei na Mk em Busca de uma renda extra,

Solteira, sem filhos, 22 anos, estudante e empresaria Estudante de Arquitetura e Urbanismo 2 anos 8 meses Entrei na Mk em Busca de uma renda extra, Solteira, sem filhos, 22 anos, estudante e empresaria Estudante de Arquitetura e Urbanismo 2 anos 8 meses Entrei na Mk em Busca de uma renda extra, já trabalhava com outras marcas, mas não tinha retorno!

Leia mais

> Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo

> Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança. Nome: Exemplo > Perfil de Desenvolvimento de Equipe e Estilos de Liderança Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Tipos na equipe Pode adotar Provável que Tipos na equipe Levantador de Recursos Coordenador Finalizador Dinamizador

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório de Feedback 360 Extended DISC FINXS

Fulano de Tal. Relatório de Feedback 360 Extended DISC FINXS O Feedback 360 é um instrumento projetado para fornecer um foco desenvolvimentista a respeito dos pontos fortes das habilidades comportamentais específicas e suas necessidades de desenvolvimento. Este

Leia mais

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Learning Outcomes Matrix, English Version Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Compilado por: LMETB Título do módulo Perfil pessoal Matriz dos resultados da aprendizagem Nível introdutório

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Liderança. Nome Sample Candidate. Data 20 setembro

OPQ Perfil OPQ. Relatório de Liderança. Nome Sample Candidate. Data 20 setembro OPQ Perfil OPQ Relatório de Liderança Nome Sample Candidate Data 20 setembro 2013 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO A estrutura utilizada neste relatório diferencia o gerenciamento e a liderança em função da

Leia mais

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de

desenvolva e utilize seu pleno potencial de modo coerente e convergente com os objetivos estratégicos da organização. Dentro da área de gestão de Gestão de Pessoas Hoje a sociedade busca desenvolver trabalhos para aprimorar o conhecimento das pessoas em um ambiente de trabalho. A capacitação e o preparo que uma organização deve ter para com os seus

Leia mais

Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar..." Guimarães Rosa

Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar... Guimarães Rosa Clima organizacional Cada criatura é um rascunho,a ser retocado sem cessar..." Guimarães Rosa Conceitos básicos Clima Organizacional é o potencial de energia disponível para alavancar resultados. Perfil

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA

A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA A IMPORTÂNCIA DO CLIMA ORGANIZACIONAL PARA O SUCESSO DA EMPRESA O sucesso de uma empresa e um bom clima organizacional estão intimamente ligados. Quando os funcionários sentem felicidade nas tarefas e

Leia mais

TESTE DE CODEPENDÊNCIA

TESTE DE CODEPENDÊNCIA TESTE DE CODEPENDÊNCIA Este é um teste para calcular o grau de codependência. Não é um substituto para avaliação profissional, mas uma ferramenta de autodiagnóstico. Anote em um papel as perguntas que

Leia mais

OPQ Perfi l OPQ. Relatório para as Vendas. Nome Sra. Exemplo 3

OPQ Perfi l OPQ. Relatório para as Vendas. Nome Sra. Exemplo 3 OPQ Perfi l OPQ Relatório para as Vendas Nome Sra. Exemplo 3 Data 28 Agosto 2014 www.ceb.shl.com www.transformece.com.br INTRODUÇÃO O Relatório para as Vendas da SHL ajuda a compreender a adequação potencial

Leia mais

Gerenciamento de relacionamento com o consumidor

Gerenciamento de relacionamento com o consumidor Gerenciamento de relacionamento com o UNIBAN Instituto de Comunicação Curso de Tecnologia em Marketing Unidade Tatuapé SP Disciplina Estratégias de Marketing Prof. Me. Francisco Leite Aulas de 18/10/2011.

Leia mais

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Próximo Encontro 12/09 08:45 11:30 A Importância da Motivação Para a Sua Equipe Agenda 09:00 Início: Apresentação 09:10 10:15 Vamos conversar sobre: o

Leia mais

FERRAMENTAS DE HEALTH COACH COMO APLICAR NA CONSULTA DE NUTRIÇÃO. Annie Bello

FERRAMENTAS DE HEALTH COACH COMO APLICAR NA CONSULTA DE NUTRIÇÃO. Annie Bello FERRAMENTAS DE HEALTH COACH COMO APLICAR NA CONSULTA DE NUTRIÇÃO Annie Bello MÓDULO 2 Promovendo a mudança de comportamento O que leva uma pessoa a mudar? DOR PRAZER Porque não mudam? São resistentes!

Leia mais

SELECT para Recepcionista (v2)

SELECT para Recepcionista (v2) Página 1 de 8 SELECT para Recepcionista (v2) PS v2 r i cpb n Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados. PRINT Resultados da Pesquisa para Bob Sample Identidade:

Leia mais

Os Recursos Humanos e o TQM

Os Recursos Humanos e o TQM Os Recursos Humanos e o TQM Considerações Iniciais> Círculos de Controle de Qualidade> Trabalhos em equipes> > PPGEP / UFRGS ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Os Recursos Humanos e o TQM TQM conjugação de métodos

Leia mais

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE

COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE COMO GERIR SEUS TALENTOS CRISE EM TEMPOS DE? A força de trabalho é um dos principais ativos de uma empresa. Durante os períodos de crise, os colaboradores são atingidos por uma série de incertezas e preocupações

Leia mais

OPQ Perfil OPQ. Relatório para o Candidato. Nome Sample Candidate. Data 21 Maio 2014. www.ceb.shl.com

OPQ Perfil OPQ. Relatório para o Candidato. Nome Sample Candidate. Data 21 Maio 2014. www.ceb.shl.com OPQ Perfil OPQ Relatório para o Candidato Nome Sample Candidate Data 21 Maio 2014 www.ceb.shl.com INTRODUÇÃO Este relatório é confidencial e destina-se a ser usado apenas pela pessoa que respondeu ao É-lhe

Leia mais

O que você carrega na sua mochila da escola?

O que você carrega na sua mochila da escola? O que você carrega na sua mochila da escola? O que você carrega na sua mochila da escola? Seu filho tem aprendido sobre o conceito de bem- estar: cuidar da sua mente e dos seus sentimentos, do seu corpo

Leia mais

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E PROTAGONISMO

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E PROTAGONISMO INTELIGÊNCIA EMOCIONAL E PROTAGONISMO Qualquer um pode zangar-se isso é fácil. Mas zangar-se, com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo, e da maneira certa não é fácil. Aristóteles

Leia mais

Mirar. Nichos.

Mirar. Nichos. Mirar Nichos 1 MIRAR IDENTIFICANDO SEU NICHO Nicho é Sobre Paixão e Negócios O ideal é que você tenha um nicho claro, mas você até pode trabalhar com dois: a) O Nicho Ganha Pão b) O Nicho Paixão Que fique

Leia mais

RELATÓRIO DE USO PRIVADO E CONFIDENCIAL

RELATÓRIO DE USO PRIVADO E CONFIDENCIAL PERFIL PESSOAL E PROFISSIONAL O presente relatório é des nado ao trabalho e pode ser u lizado em Recrutamento & Seleção, Treinamento & Desenvolvimento ou mesmo para o autoconhecimento. Avalia o comportamento,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE INTERFACES

AVALIAÇÃO DE INTERFACES Conceitos do Livro: Interação Humano - Computador Simone D. J. Barbosa/Bruno Santana da Silva Orienta o avaliador: Introdução Fazer julgamento sobre a qualidade de uso Identificar problemas do usuário

Leia mais

6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros

6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros 6 Dicas para Ter uma Conversa Interessante Em Encontros Saiba como ter uma conversa agradável que conquiste o homem Eu imagino que você possa provavelmente estar rindo e pensando, Eu nunca tive problemas

Leia mais

Quadro 1: Itens que constituem cada escala

Quadro 1: Itens que constituem cada escala Quadro 1: Itens que constituem cada escala Secção Questão Escala de Satisfação 2. O trabalho em si. 3. Grau de motivação que você sente em seu trabalho. Satisfação com o Trabalho Secção 2 6. Tipo de trabalho

Leia mais

Teste de Competência Profissional Seu mapa de sucesso

Teste de Competência Profissional Seu mapa de sucesso Teste de Competência Profissional Seu mapa de sucesso Autor Jorge Penillo Teste de Competência profissional Muito mais que uma ferramenta, um verdadeiro mapa para seu sucesso. Olá meu amigo e minha amiga,

Leia mais

Massachusetts Department of Elementary and Secondary Education

Massachusetts Department of Elementary and Secondary Education Massachusetts Department of Elementary and Secondary Education 75 Pleasant Street, Malden, Massachusetts 02148-4906 Telephone: (781) 338-3000 TTY: N.E.T. Relay 1-800-439-2370 Jeff Wulfson Acting Commissioner

Leia mais

Competências e Habilidades

Competências e Habilidades Competências e Habilidades Aula 11 Gestão da Carreira Autoconhecimento Personalidade Motivações Valores Habilidades Interesses Análise do Ambiente Definição de objetivos Ações / Estratégias 2 1 Gerenciamento

Leia mais

Teste das Forças e Virtudes Pessoais

Teste das Forças e Virtudes Pessoais Teste das Forças e Virtudes Pessoais As Forças e Virtudes Pessoais são habilidades pré-existentes que quando utilizamos, nos sentimos vitalizados, com maior fluidez e melhor performance no que fazemos.

Leia mais

obrigada pela presença Bemvindas! Elisandra Uesato Diretora Sênior de Vendas Ind

obrigada pela presença Bemvindas! Elisandra Uesato Diretora Sênior de Vendas Ind obrigada pela presença Bemvindas! Elisandra Uesato Diretora Sênior de Vendas Ind Treinamento TÉCNICAS DE VENDAS Conceito de Vendas: É o processo pessoal ou impessoal de persuadir um possível cliente a

Leia mais

Seminário: Atendimento Fraterno

Seminário: Atendimento Fraterno 1 Atividade Integrativa Aprenda a ouvir. Escutar para socorrer é arte valiosa. Favoreça o narrador com a expressão do seu interesse... Acompanhe a exposição, participando com emoção. Você não poderá solucionar

Leia mais

Comece seu processo de AUTOCOACHING

Comece seu processo de AUTOCOACHING Comece seu processo de AUTOCOACHING Você já percebeu que o tempo todo tem alguém ao nosso redor (incluindo eu e você) dizendo que precisa de mudanças em suas vidas? Não vou focar aqui na carreira, pois

Leia mais

Uma avaliação de Jose Teste para o cargo de Tecnico em Automação Industrial

Uma avaliação de Jose Teste para o cargo de Tecnico em Automação Industrial Uma avaliação de para o cargo de Tecnico em Automação Industrial Preparada para Caliper Estrategias Humanas do Brasil Ltda. 26 de agosto de 205 Perfil Caliper concluído em 26 de agosto de 205 Caliper Estratégias

Leia mais

Escola da Espiritualidade na Matéria

Escola da Espiritualidade na Matéria Escola da Espiritualidade na Matéria Tudo aquilo em que pensamos molda as nossas vidas. Tudo parte da nossa consciência. As nossas crenças, os nossos apegos, as nossas emoções nãoconscientes são fonte

Leia mais

Introdução. Do que trata a inteligência emocional? Dê uma olhada nas seguintes pessoas. Elas lembram você de alguém que conhece?

Introdução. Do que trata a inteligência emocional? Dê uma olhada nas seguintes pessoas. Elas lembram você de alguém que conhece? Introdução Do que trata a inteligência emocional? Dê uma olhada nas seguintes pessoas. Elas lembram você de alguém que conhece? Antônio está tentando decidir se tira dinheiro da poupança para comprar um

Leia mais

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues

Metodologias ativas na EaD. Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD Sandra Rodrigues Metodologias ativas na EaD EaD no Brasil principais características Caminhos naturais para aprendizagem ativa nessa modalidade Participação e engajamento como

Leia mais

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento.

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento. Este conteúdo faz parte da série: Avaliação de Desempenho Ver 3 posts dessa série O que é Quando o assunto é gestão de pessoas um dos tópicos mais importantes e falados é a avaliação de desempenho. Esse

Leia mais

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut

Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Relacionamento Interpessoal na Auditoria: Você está preparado? Elisabeth Sversut Você está preparado? Pense bem... Curso superior, pós-graduação, dois idiomas... Um Auditor Como qualquer outro profissional,

Leia mais

O indivíduo na organização

O indivíduo na organização Aula 2 O indivíduo na organização 1 Agenda Valores Atitudes Percepção Personalidade 2 1 Valores Valores Representam convicções básicas de que um modo específico de conduta ou de condição de existência

Leia mais

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica.

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Equipe Trabalho em Equipe São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Objetivo comum. Objetivos do grupo acima dos interesses

Leia mais

O PERFIL DO FACILITADOR

O PERFIL DO FACILITADOR O PERFIL DO FACILITADOR Seminário de Capacitação Permanente para Grupos de Apoio Afinal, quem sou? Se sou livre, afinal quem sou? Devo ser mais de uma, pois que dentro de mim gritam correntes em todos

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre:

Nesse artigo falaremos sobre: Este conteúdo faz parte da série: Gerenciamento de Projetos Ver 6 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: Gestão de custos em um projeto de consultoria Ferramenta para controlar custos de projetos

Leia mais

PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM PROFA. JAQUELINE SANTOS PICETTI

PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM PROFA. JAQUELINE SANTOS PICETTI PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM PROFA. JAQUELINE SANTOS PICETTI APRENDIZAGEM NA PERSPECTIVA HUMANISTA CARL ROGERS Dá grande importância às experiências da pessoa, a seus sentimentos e valores.

Leia mais

Qualidade de Vida no Trabalho

Qualidade de Vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Alunas: Mireli Basilio R.A: 198019 Pâmela Oliveira 204015 Jhuenner Guareis 203006 Profª: Gisele Sailler A qualidade de vida no trabalho proporciona uma maior participação

Leia mais

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio

Engenharia de Software. Gerenciamento de Pessoal. Professor Joerllys Sérgio Engenharia de Software Gerenciamento de Pessoal Professor Joerllys Sérgio Pessoas no Processo Pessoas constituem o bem mais valioso de uma organização. Atividades de um gerente são fortemente orientadas

Leia mais

Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo

Perfil de Competências de Gestão. Nome: Exemplo Perfil de Competências de Gestão Nome: Exemplo Data: 8 maio 2008 Perfil de Competências de Gestão Introdução Este perfil resume como é provável que o estilo preferencial ou os modos típicos de comportamento

Leia mais

Como acertar na contratação do consultor de TI

Como acertar na contratação do consultor de TI Como acertar na contratação do consultor de TI Esse profissional especializado normalmente atua com prazos custos e por isso é imperativo localizar o perfil adequado. A contratação de um consultor de TI

Leia mais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais Assertividade Formato do curso: Presencial Localidade: Lisboa Data: 07 Nov. 2016 a 08 Nov. 2016 Preço: 625 Horário: Laboral - 09h00-17h00 Nível: Intermédio Duração: 14 horas No final desta ação, os participantes

Leia mais

Introdução 5 MAFO 11. Escrita 27. Roda educativa 55. Janela de Johari 79. Escada de inferências 89. Linha do tempo 99. Mandala 111.

Introdução 5 MAFO 11. Escrita 27. Roda educativa 55. Janela de Johari 79. Escada de inferências 89. Linha do tempo 99. Mandala 111. ÍNDICE Introdução 5 MAFO 11 Escrita 27 Roda educativa 55 Janela de Johari 79 Escada de inferências 89 Linha do tempo 99 Mandala 111 Conclusão 123 Agradecimentos 127 Ferramentas de Coaching Educativo 12

Leia mais

Liderando com Inteligência Emocional

Liderando com Inteligência Emocional Liderando com Inteligência Emocional Quem sou eu? 1998 2000 2003 2004 2006 2008 2015 Experiência multicultural Experiência como gestora de equipes Experiência com um projeto global RH DHO Projetos globais

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Encontro 4 Tema: HABILIDADES SOCIAIS

Encontro 4 Tema: HABILIDADES SOCIAIS PROGRAMA DE ORIENTAÇÃO FAMILIAR Serviço de Atendimento Psicopedagógico Silvany Brasil Serviço Socioeducacional Divaneid Araújo Encontro 4 Tema: HABILIDADES SOCIAIS 08 de abril de 2015 A redução ou eliminação

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

Aluno: Marcos José Cosme De Souza Orientador: Prof.ª. Dra. Débora Coutinho Paschoal Dourado

Aluno: Marcos José Cosme De Souza Orientador: Prof.ª. Dra. Débora Coutinho Paschoal Dourado Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Sociais Aplicadas Departamento de Ciências Administrativas Mestrado Profissional em Administração O MODELO DE LIDERANÇA SITUACIONAL DE HERSEY E BLANCHARD

Leia mais

Estilo Comportamental

Estilo Comportamental Estilo Comportamental Comunica-se de forma marcante, é persuasivo e encantador. Também é bom ouvinte, tem capacidade de improvisação e dificuldade em dizer não. A calma é uma das principais características.

Leia mais

GUIA DO ESTUDO PERFEITO. 8 passos infalíveis para alcançar a aprovação \o/

GUIA DO ESTUDO PERFEITO. 8 passos infalíveis para alcançar a aprovação \o/ 8 passos infalíveis para alcançar a aprovação \o/ Está chegando a hora! Chegamos para nossa última sequência de aulas. Sem dúvida, você já é quase 100% um #estudantedescomplica. Vamos agora aprimorar os

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

3. O Framework é um manual/guia de como elaborar o relato integrado? Justifique.

3. O Framework é um manual/guia de como elaborar o relato integrado? Justifique. Questões Relato Integrado 1. O que é A4S? De que forma essa organização influenciou a criação do relato integrado. A4S é o projeto do príncipe de Gales Accounting for Sustainability, foi a organização

Leia mais

Avaliação 360 Graus. Relatório Individual John Smith Example

Avaliação 360 Graus. Relatório Individual John Smith Example Queremos que nossos relatórios tenham impacto em você, mas não no meio ambiente. Por favor, imprima somente as páginas que precisar. Avaliação 360 Graus Relatório Individual John Smith Example Quantidade

Leia mais

As descobertas da primeira infância

As descobertas da primeira infância As descobertas da primeira infância Uma característica natural dos seres humanos é o prazer pela descoberta. Ao nos depararmos com o novo, imediatamente sentimos o desejo de nos apropriarmos da novidade,

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Jane Doe ID: HA154779

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Jane Doe ID: HA154779 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Jane Doe ID: HA154779 Data: 01,

Leia mais

ABORDAGEM DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

ABORDAGEM DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. ABORDAGEM DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. frozza@ifc-camboriu.edu.br Para Laudon e Laudon (2007), Sistemas de Informações são considerados, juntamente com as tecnologias de

Leia mais

PSICOLOGIA. Questão nº 1. Padrão de Resposta Esperado:

PSICOLOGIA. Questão nº 1. Padrão de Resposta Esperado: Questão nº 1 Significado da perspectiva sócio-histórica Compreensão do ser humano como historicamente construído, agente e construtor da história e cultura em que vive, e com as quais interage dialeticamente,

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A1 DATA 10/09/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: 1. Considere as afirmações a seguir:

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Instrutor/Orientador Sigmar Sabin www. sigmarsabin.com.br comercial@ sigmarsabin.com.br 41.99666.8183 Whats APOIO Gandara Representações Realização Parabéns!!!

Leia mais

15/2/2012 GESTÃO DE PESSOAS. Profa. Adriana Duarte RELAÇÃO. Motivação Clima Integração Inclusão Confiança Comunicação Liderança... QUEM É VOCÊ TAREFA

15/2/2012 GESTÃO DE PESSOAS. Profa. Adriana Duarte RELAÇÃO. Motivação Clima Integração Inclusão Confiança Comunicação Liderança... QUEM É VOCÊ TAREFA 15/2/2012 Profa. Adriana Duarte GESTÃO DE PESSOAS Profa. Mary Pires Profa. Adriana Duarte 2 RELAÇÃO TAREFA Motivação Clima Integração Inclusão Confiança Comunicação Liderança... QUEM É VOCÊ 1 CONHECENDO

Leia mais

Inteligência Lingüística:

Inteligência Lingüística: Inteligência Lingüística: Capacidade de lidar bem com a linguagem, tanto na expressão verbal quanto escrita. A linguagem é considerada um exemplo preeminente da inteligência humana. Seja pra escrever ou

Leia mais

AUTOCONHECIMENTO e liderança. Mantenedor

AUTOCONHECIMENTO e liderança. Mantenedor AUTOCONHECIMENTO e liderança Mantenedor Olá, Empresário Júnior! Entramos na segunda semana do PDL Com o primeiro manual, bit.ly/pdl2017_1, foi possível entender o que significa ser um líder dentro do Movimento

Leia mais

BASES PARA ABORDAGEM DO FUMANTE

BASES PARA ABORDAGEM DO FUMANTE BASES PARA ABORDAGEM DO FUMANTE Ministério da Saúde - MS Instituto Nacional de Câncer - INCA Coordenação de Prevenção e Vigilância - Conprev Divisão de Programas de Controle do Tabagismo e outros Fatores

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Mini Curso Parte I As Forças que controlam a sua vida Página 2 de 6 Como te falei, essa é a primeira etapa do mini-curso Superando

Leia mais

Unidade IV MODELOS DE LIDERANÇA. Prof. Gustavo Nascimento

Unidade IV MODELOS DE LIDERANÇA. Prof. Gustavo Nascimento Unidade IV MODELOS DE LIDERANÇA Prof. Gustavo Nascimento Os princípios da Liderança Proativa Passividade é uma adjetivo que não combina com a liderança proativa, diferentemente da liderança reativa, na

Leia mais

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano)

AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) AMOR PROVADO Ninho Bagunçado (Décimo primeiro ao décimo nono ano) a) Manter uma identidade pessoal e uma identidade para o casamento > Dependência exagerada - A identidade do cônjuge é um reflexo do seu

Leia mais

Recomendação de políticas Privacidade Pessoal

Recomendação de políticas Privacidade Pessoal Recomendação de políticas Privacidade A oportunidade Devido à crescente digitalização de nossas vidas, um número muito maior de dados pessoais está sendo gerado e coletado. Esses dados podem ser usados

Leia mais

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Apresentação Para praticar Inteligência Competitiva (IC), uma organização deve contar com o apoio de profissionais que priorizam uma administração

Leia mais

NOÇÕES DE PSICOLOGIA DO RELACIONAMENTO

NOÇÕES DE PSICOLOGIA DO RELACIONAMENTO NOÇÕES DE PSICOLOGIA DO RELACIONAMENTO A INTELIGÊNCIA A inteligência tem significados diferentes para pessoas diferentes. É a capacidade de usar a experiência e o conhecimento que constitui o comportamento

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

Comunicação e Relacionamento Interpessoal

Comunicação e Relacionamento Interpessoal Comunicação e Relacionamento Interpessoal Prof. José Junio Lopes Prof. Roberto César Ferreira Comunicação e Relacionamento Interpessoal A beleza de um trabalho em equipe se dá através de um elemento muito

Leia mais

Apresentação Executiva

Apresentação Executiva Apresentação Executiva Ronald Alves Diretor Regional Sul da Bahia (73) 99800.0555 suldabahia@mastermind.com.br www.mastermind.com.br Alianças Internacionais: Quem Somos O Grupo Master Mind é uma das principais

Leia mais

LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO

LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO Antes de Falar de liderança iremos relembrar as funções do Gestor em uma organização, pois elas são cruciais para um eficiente

Leia mais